ENSINANDO HISTÓRIA E GEOGRAFIA. A Geografia Levada a Sério

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ENSINANDO HISTÓRIA E GEOGRAFIA. A Geografia Levada a Sério"

Transcrição

1 ENSINANDO HISTÓRIA E GEOGRAFIA 1

2 Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina. Cora Coralina 2

3 Aquarela Toquinho Vinícius de Moraes M. Fabrízio G. Moura

4 Tempo e espaço Deve-se trabalhar desde cedo noções de tempo e espaço; Muitas vezes há receio em trabalhar estes assuntos, pois envolvem conteúdos da física; Estas noções estão no nosso dia a dia; A noção de tempo da criança está em função do desejo dela mesmo; O sorvete ou o chocolate, demorar a comer, vai durar mais ; Ela consegue construir essa noção no cotidiano, a hora de lanchar, brincar, etc.; O tempo não é cronológico, mas uma sequência de procedimentos, de suas ações; A criança tem dificuldade em associar o real do subjetivo, prevalecendo este último. 4

5 5

6 Importância na leitura de mapas Mapa é a representação gráfica dos elementos da realidade; É a representação simbólica do espaço; Todo mapa deve conter alguns elementos indispensáveis: Título; Legenda; Escala. Ensinar o aluno a ler e a obter informações em diferentes tipos de mapa. 6

7 Em seu planejamento, o professor pode elaborar atividades que privilegiem dois eixos de trabalho: o da produção e o da leitura de mapas; Não há necessidade de os alunos aprenderem primeiro a produzir para depois aprender a ler e consultar mapas ou vice-versa. 7

8 A produção de mapas É importante que os alunos representem um objeto ou lugar; A produção pode ser planejada a partir de atividades bastante simples, como desenhar objetos e localidades do cotidiano; Os desenhos produzidos pelos alunos, devem ser avaliados quanto a forma, tamanho, posição, orientação, distância, direção e produção dos objetos e locais representados. 8

9 A representação do espaço Ao elaborarmos um mapa, os elementos do espaço precisam ser reduzidos, a fim de caberem numa folha de papel; Para a redução de uma projeção utiliza-se a unidade de medida; os múltiplos e submúltiplos do metro que são: 9

10 Os tipos de escalas A escala utilizada para a construção de um mapa pode ser indicada de duas maneiras: com números (escala numérica) ou com gráficos (escala gráfica) 10

11 Escala pequena e escala grande De uma forma geral, podemos dizer que os mapas de pequena escala são aqueles em que a realidade foi muito reduzida. Representam grandes áreas, como o mundo (Mapa A). Por outro lado, os mapas de grande escala são aqueles que apresentam a realidade pouco reduzida. Representam pequenas áreas, como cidades ou bairros. 11

12 Calculando as distâncias Usando a escala, sabe-se que E = escala; D = distância na realidade e d = distância gráfica. Para encontrar E, utiliza-se a seguinte fórmula: Para encontrar D, utiliza-se a seguinte fórmula: Para encontrar d, utiliza-se a seguinte fórmula: 12

13 As Categorias Geográficas Correspondem a uma série de conceitos geográficos; Paisagem Lugar Território Região 13

14 Localização Geográfica Embora o conceito de espaço geográfico envolva elementos concretos e abstratos, para a localização de um lugar no espaço precisamos trabalhar com algo concreto. 14

15 Localizando as coordenadas geográficas a) A igreja está a OESTE do campo de futebol. b) A rodoviária está localizada ao SUL da igreja. c) O campo de futebol encontra se a LESTE da igreja. d) A igreja está a LESTE da escola. e) O aeroporto está localizado ao NORTE da igreja. f) A escola está a OESTE da igreja. g) A igreja está ao NORTE da rodoviária. 15

16 As coordenadas geográficas São estabelecidas por linhas imaginárias: os paralelos e os meridianos. O cruzamento entre o paralelo e o meridiano de um lugar dará a sua localização exata na superfície terrestre; 16

17 Localizando as coordenadas geográficas 17

18 Localizando as coordenadas geográficas Qual é a localização do cinema? 18

19 Dinâmica da População População; População absoluta; Densidade demográfica; Taxa de natalidade; Taxa de mortalidade; Taxa de mortalidade infantil; Crescimento vegegetativo; Estrutura etária. 19

20 O Relevo O relevo é o conjunto de formas da crosta terrestre e resultado da ação de fatores endógenos e exógenos; Em geral são 4 formas do relevo: Planícies, áreas de baixa altitudes e planas, pode ser costeira, fluvial e lacustre; Planaltos superfícies com elevadas altitudes, acima de 300 m.; Depressão áreas de relevo levemente aplainado e rebaixado em relação as áreas no entorno, podendo ser relativa ou absoluta; Montanhas Grande elevação natural do terreno, com altura superior a 300 m, constituída por uma ou mais elevações. 20

21 A Classificação do Relevo Brasileiro Cerca de 85% do território apresenta altitudes inferiores a 600m; Para melhor compreender o relevo, foi elaborado diferentes modelos de classificação; A diversidade natural, tornou o seu detalhamento uma tarefa difícil; É geologicamente antigo, exposto aos agentes externos, sem grandes cadeias montanhosas; A primeira classificação de 1940, de Aroldo de Azevedo; A segunda classificação de 1958, de Aziz Ab Saber; A terceira classificação de 1989, de Jurandyr Ross. 21

22 A Classificação de Aroldo de Azevedo Classificou em planaltos e planície; Os planaltos representava 59% do relevo, conceituado como áreas superiores a 200 m; Áreas acima de 1.200m refere-se a 0,58%; As planícies representavam 41% do relevo, conceituando como áreas inferiores a 200m; Áreas acima de 1200m refere-se a 0,58% Ela foi dividida em 8 unidades: 4 planaltos Das Guianas; Central;Atlântico e Meridional; 4 planícies Da Amazônia; do Pantanal; Costeira e Pampa. 22

23 A Classificação deaziz Ab Saber Classificou o relevo em 10 unidades, não mais pelo critério de altitude, mas pelos processos geomorfológicos predominantes; Sendo 7 planaltos Das Guianas; Central; Maranhão-Piauí; Nordestino; Serras e Planaltos do Leste e Sudeste; Meridional e Sul-Rio-Grandense; Sendo 3 planícies Do Pantanal; Planície e Terras baixas Amazônicas; Planícies de Terras baixas costeiras. Definiu as planícies como áreas em que o processo de sedimentação supera as de erosão, correspondendo a 25%; Os planaltos, as áreas em que o processo de erosão é superior ao de sedimentação. 23

24 A Classificação de Jurandyr Ross Utilizou como ponto de partida a classificação de Aziz Ab Saber, por meio do projeto Radam Brasil entre e 1985; Além dos planaltos e planícies, introduziu as depressões; Qualquer área de relevo aplainada rebaixada em relação ao seu entorno; Depressões relativas; Depressões absolutas; Dividiu o território em 28 unidades: 11 planaltos; 11 depressões; 6 planícies. 24

25 Classificação de Jurandyr Ross 25

ESCALA GEOLÓGICA

ESCALA GEOLÓGICA Aula Relevo ESCALA GEOLÓGICA Estrutura da Terra Tipos de Rochas Tipos de Rochas Estrutura da Terra Placas Tectônicas SISMÓGRAFO Placas Tectônicas Encontro de Placas Convergente ou Subducção Encontro

Leia mais

Atividade 14 Exercícios Complementares de Revisão sobre Geologia Brasileira

Atividade 14 Exercícios Complementares de Revisão sobre Geologia Brasileira Atividade 14 Exercícios Complementares de Revisão sobre Geologia Brasileira Atenção: Pesquise PREFERENCIALMENTE em seu Livro e complemente a pesquisa em sites. 1. Comparação entre as Classificações do

Leia mais

Conceito de Relevo. Internas ou endógenas: constroem o relevo. Externas ou exógenas: desgastam, modificam e modelam o relevo.

Conceito de Relevo. Internas ou endógenas: constroem o relevo. Externas ou exógenas: desgastam, modificam e modelam o relevo. Conceito de Relevo Relevo pode ser definido o conjunto das desnivelações que ocorrem sobre a superfície terrestre e que formam o modelado do planeta. Os desnivelamentos da crosta terrestre resultam da

Leia mais

UNIDADES DO RELEVO E CLASSIFICAÇÃO DO RELEVO BRASILEIRO. Módulos 29 e 30 Livro 2 paginas 122 a 124 / 127 a 129

UNIDADES DO RELEVO E CLASSIFICAÇÃO DO RELEVO BRASILEIRO. Módulos 29 e 30 Livro 2 paginas 122 a 124 / 127 a 129 UNIDADES DO RELEVO E CLASSIFICAÇÃO DO RELEVO BRASILEIRO Módulos 29 e 30 Livro 2 paginas 122 a 124 / 127 a 129 Formas de relevo Escarpa: encosta de planalto intensamente dissecada (erodida) Serra: Morros

Leia mais

Geografia. Estrutura Geológica do Brasil. Professor Luciano Teixeira.

Geografia. Estrutura Geológica do Brasil. Professor Luciano Teixeira. Geografia Estrutura Geológica do Brasil Professor Luciano Teixeira Geografia ESTRUTURA GEOLÓGICA DO BRASIL Formas de Relevo Montanhas Montanhas constituem grandes elevações da superfície, cujas altitudes

Leia mais

Geologia e relevo. Bases geológicas e Classificação do relevo

Geologia e relevo. Bases geológicas e Classificação do relevo Geologia e relevo Bases geológicas e Classificação do relevo Bases Geológicas Placas tectônicas Formação geológica brasileira é antiga e estável, pois são escudos cristalinos e bacias sedimentares Essa

Leia mais

A REPRESENTAÇÃO DO ESPAÇO. A Geografia Levada a Sério

A REPRESENTAÇÃO DO ESPAÇO.  A Geografia Levada a Sério 1 Mapa É a representação dos elementos de um determinado espaço na superfície plana, tornando-se um importante instrumento de orientação e de localização; O mapa de Ga-Sur é o mapa mais antigo que se tem

Leia mais

GEOLOGIA GERAL E DO BRASIL Profº Gustavo Silva de Souza

GEOLOGIA GERAL E DO BRASIL Profº Gustavo Silva de Souza GEOLOGIA GERAL E DO BRASIL Profº Gustavo Silva de Souza EXERCÍCIOS DE REVISÃO Foi declarado Patrimônio Natural da Humanidade, em dezembro de 2001, pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência

Leia mais

CARTOGRAFIA GEOGRÁFICA Profº Gustavo Silva de Souza

CARTOGRAFIA GEOGRÁFICA Profº Gustavo Silva de Souza CARTOGRAFIA GEOGRÁFICA Profº Gustavo Silva de Souza ORIENTAÇÃO E LOCALIZAÇÃO NO ESPAÇO GEOGRÁFICO REPRESENTAÇÕES DO ESPAÇO TERRESTRE GLOBO TERRESTRE MAPA PRINCIPAIS ELEMENTOS DO MAPA TÍTULO ORIENTAÇÃO

Leia mais

GEOMORFOLOGIA GERAL E DO BRASIL

GEOMORFOLOGIA GERAL E DO BRASIL GEOMORFOLOGIA GERAL E DO BRASIL ESTRUTURA GEOLÓGICA DA TERRA Manto Superior Manto Inferior Núcleo SIAL SIMA TECTÔNICA DE PLACAS TECTÔNICA DE PLACAS FORÇAS TECTÔNICAS DERIVA CONTINENTAL MAIOR EXTINÇÃO EM

Leia mais

Formas de relevo. Professora: Jordana Costa

Formas de relevo. Professora: Jordana Costa Formas de relevo Professora: Jordana Costa Relevo Observando a parte superficial da litosfera, isto é, o terreno sobre o qual vivemos, sobre o qual construímos cidades e estradas, vemos que ela apresenta

Leia mais

Orogênese (formação de montanhas): o choque entre placas tectônicas forma as cordilheiras.

Orogênese (formação de montanhas): o choque entre placas tectônicas forma as cordilheiras. O RELEVO TERRESTRE A superfície terrestre não é uniforme, mas sim composta por irregularidades, apresentando formas altas ou baixas, planas ou onduladas. O relevo pode ser definido como o conjunto das

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DO RELEVO BRASILEIRO. Prof.º Elves Alves

CLASSIFICAÇÃO DO RELEVO BRASILEIRO. Prof.º Elves Alves CLASSIFICAÇÃO DO RELEVO BRASILEIRO Prof.º Elves Alves www.professorelves.webnode.com.br ERAS GEOLÓGICAS ERAS GEOLÓGICAS Cenozoica (Terciário e Quaternário): Dobramentos modernos: Alpes, Andes, Himalaia,

Leia mais

ESTRUTURAS E FORMAS DE RELEVO

ESTRUTURAS E FORMAS DE RELEVO O relevo terrestre pode ser definido como as formas da superfície do planeta. O relevo se origina e se transforma sob a interferência de dois tipos de agentes: os agentes internos e externos. endógenos:

Leia mais

Conceitos Básicos mapa

Conceitos Básicos mapa Cartografia Conceitos Básicos Entende-se por mapa a representação gráfica convencional, geralmente plana e em pequena escala, de áreas relativamente extensas, como acontece nos mapas dos atlas. Para tal,

Leia mais

Relevo e Geologia do Brasil. Willen Ferreira Lobato

Relevo e Geologia do Brasil. Willen Ferreira Lobato Relevo e Geologia do Brasil Willen Ferreira Lobato Geomorfologia é o ramo da Geografia que estuda as formas e a dinâmica do relevo Relevo é o termo aplicado ao modelado terrestre Existem uma infinidade

Leia mais

Estrutura Geológica e o Relevo Brasileiro

Estrutura Geológica e o Relevo Brasileiro Estrutura Geológica e o Relevo Brasileiro Estrutura Geológica e o Relevo Brasileiro 1. Sobre a estrutura geológica e relevo brasileiro é correto afirmar que: a) a formação recente das estruturas geológicas

Leia mais

2. AS PAISAGENS NATURAL E CULTURAL DAS UNIDADES FEDERATIVAS

2. AS PAISAGENS NATURAL E CULTURAL DAS UNIDADES FEDERATIVAS 2. AS PAISAGENS NATURAL E CULTURAL DAS UNIDADES FEDERATIVAS 1. Escreva V para as informações verdadeiras e F para as informações falsas. A superfície dos lugares não é igual em toda a sua extensão. b)

Leia mais

LISTA DE RECUPERAÇÃO PARALELA DE CIÊNCIAS HUMANAS - GEOGRAFIA

LISTA DE RECUPERAÇÃO PARALELA DE CIÊNCIAS HUMANAS - GEOGRAFIA LISTA DE RECUPERAÇÃO PARALELA DE CIÊNCIAS HUMANAS - GEOGRAFIA Professor: GUILHERME Data: / /2016 Aluno (a): 3º ANO 1) O cálculo de fuso horário hoje é muito comum em uma sociedade globalizada. Explique

Leia mais

O que é tempo geológico

O que é tempo geológico O Relevo da América TEMPO GEOLÓGICO O que é tempo geológico escala temporal dos eventos da história da Terra, ordenados em ordem cronológica. Baseada nos princípios de superposição das camadas litológicas

Leia mais

CARTOGRAFIA CURSINHO TRIU- MARÇO 2016

CARTOGRAFIA CURSINHO TRIU- MARÇO 2016 CARTOGRAFIA CURSINHO TRIU- MARÇO 2016 NAVEGAR É PRECISO 2500 A.C. uma das primeiras representações de mapa, produzido na região da mesopotâmia. NAVEGAR É PRECISO Mapa do Salmo (1260) e Mappe-Monde (1707),

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS SOBRE CARTOGRAFIA GERAL. 1) Sobre o sistema de coordenadas de localização, julgue os itens a seguir:

LISTA DE EXERCÍCIOS SOBRE CARTOGRAFIA GERAL. 1) Sobre o sistema de coordenadas de localização, julgue os itens a seguir: LISTA DE EXERCÍCIOS SOBRE CARTOGRAFIA GERAL 1) Sobre o sistema de coordenadas de localização, julgue os itens a seguir: I. ( ) A Linha do Equador não exerce função sobre os sistemas de localização, sendo

Leia mais

GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 07 ESTRUTURA GEOLÓGICA BRASILEIRA

GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 07 ESTRUTURA GEOLÓGICA BRASILEIRA GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 07 ESTRUTURA GEOLÓGICA BRASILEIRA Como pode cair no enem? A partir dos dados apresentados, assinale a alternativa correta. a) A maior quantidade de minerais concentra-se em áreas

Leia mais

PROJEÇÃO AZIMUTAL POLAR OU PLANA

PROJEÇÃO AZIMUTAL POLAR OU PLANA PROJEÇÃO AZIMUTAL POLAR OU PLANA Projeção que tem o polo em sua porção central. As maiores deformações estão em suas áreas periféricas. É uma projeção equidistante. (Sistema Equidistante: conserva as

Leia mais

GEOLOGIA GERAL DO BRASIL E BACIAS HIDROGRÁFICAS Prof ª Gustavo Silva de Souza

GEOLOGIA GERAL DO BRASIL E BACIAS HIDROGRÁFICAS Prof ª Gustavo Silva de Souza GEOLOGIA GERAL DO BRASIL E BACIAS HIDROGRÁFICAS Prof ª Gustavo Silva de Souza TEORIA DAS PLACAS TECTÔNICAS CICLO GEOLÓGICO GEOGRAFIA, 7º Ano A estrutura geológica do Brasil e sua relação com a formação

Leia mais

ENSINO DA HISTÓRIA E DA GEOGRAFIA

ENSINO DA HISTÓRIA E DA GEOGRAFIA UNIVERSIDADE VALE DO ACARAÚ - UVA UNIVERSIDADE ABERTA VIDA - UNAVIDA CURSO: PEDAGOGIA DISCIPLINA: ENSINO DA HISTÓRIA E DA GEOGRAFIA Ensinando História e Geografia ENSINANDO HISTÓRIA E GEOGRAFIA O tempo

Leia mais

18ª LISTA DE EXERCÍCIOS

18ª LISTA DE EXERCÍCIOS 18ª LISTA DE EXERCÍCIOS Ciências Igor Matemática Pedro Henrique Geografia Cleidiane Data: 03 / 09 / 16 UNIDADE II www.colégioplaneta.com.br LISTA DE CIÊNCIA Prof.: Igor DATA: 03 / 09 / 2016 PREPARATÓRIO

Leia mais

ECO GEOGRAFIA. Prof. Felipe Tahan BIOMAS

ECO GEOGRAFIA. Prof. Felipe Tahan BIOMAS ECO GEOGRAFIA Prof. Felipe Tahan BIOMAS DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS Os domínios morfoclimáticos representam a combinação de um conjunto de elementos da natureza relevo, clima, vegetação que se inter-relacionam

Leia mais

CARTOGRAFIA GEOGRÁFICA Prof ª Gustavo Silva de Souza

CARTOGRAFIA GEOGRÁFICA Prof ª Gustavo Silva de Souza CARTOGRAFIA GEOGRÁFICA Prof ª Gustavo Silva de Souza CONCEITO A cartografia é a ciência da representação gráfica da superfície terrestre, tendo como produto final o mapa. Ou seja, é a ciência que trata

Leia mais

Interbits SuperPro Web

Interbits SuperPro Web 1. (Ufrn 2013) Um estudante australiano, ao realizar pesquisas sobre o Brasil, considerou importante saber a localização exata de sua capital, a cidade de Brasília. Para isso, consultou o mapa a seguir:

Leia mais

Avaliação Mensal Geografia 6ºA FAF *Obrigatório

Avaliação Mensal Geografia 6ºA FAF *Obrigatório 09/06/2015 Avaliação Mensal Geografia 6ºA FAF Avaliação Mensal Geografia 6ºA FAF *Obrigatório 1. Nome Completo * 2. Número: * https://docs.google.com/forms/d/1rugydx0wmgqj2mksyvxzx0hojrw0zczpc9todmytph4/printform

Leia mais

Os mapas abaixo apresentam duas formas de divisão do relevo brasileiro, resultado de conceitos geomorfológicos distintos.

Os mapas abaixo apresentam duas formas de divisão do relevo brasileiro, resultado de conceitos geomorfológicos distintos. ESTRUTURA GEOLÓGICA BRASILEIRA Questão 01 - (UFSC/2013) Os mapas abaixo apresentam duas formas de divisão do relevo brasileiro, resultado de conceitos geomorfológicos distintos. Assinale a(s) proposição(ões)

Leia mais

Estrutura Geológica e o Relevo Brasileiro

Estrutura Geológica e o Relevo Brasileiro Estrutura Geológica e o Relevo Brasileiro 1. (ENEM-2010) TEIXEIRA, W. et. al. (Orgs.) Decifrando a Terra. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2009 O esquema mostra depósitos em que aparecem fósseis

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS GEOGRAFIA

LISTA DE EXERCÍCIOS GEOGRAFIA LISTA DE EXERCÍCIOS GEOGRAFIA P2-1º BIMESTRE 7º ANO FUNDAMENTAL II Aluno (a): Turno: Turma: Unidade Data: / /2016 HABILIDADES E COMPETÊNCIAS Entender o papel das sociedades na produção do território, da

Leia mais

Os principais aspectos físicos do continente americano

Os principais aspectos físicos do continente americano Os principais aspectos físicos do continente americano O CONTINENTE AMERICANO CARACTERÍSTICAS GERAIS O continente americano se destaca pela sua grande extensão Norte-Sul. É o segundo maior continente do

Leia mais

Por que as paisagens possuem características únicas?

Por que as paisagens possuem características únicas? Por que as paisagens possuem características únicas? GEOGRAFIA 6 Anos Ensino Fundamental II Profª Bruna Andrade http://www.youtube.com/watch?v=yqt9pezurb0 Os elementos que compõe as paisagens são responsáveis

Leia mais

7. o ANO FUNDAMENTAL. Prof. a Andreza Xavier Prof. o Walace Vinente

7. o ANO FUNDAMENTAL. Prof. a Andreza Xavier Prof. o Walace Vinente 7. o ANO FUNDAMENTAL Prof. a Andreza Xavier Prof. o Walace Vinente CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade III Cidadania e movimento. Aula 13. 2 Conteúdo Estrutura geológica e relevo. Habilidade Compreender a

Leia mais

CARTOGRAFIA: ELEMENTOS E TÉCNICAS MÓDULO 01 GEOGRAFIA 01

CARTOGRAFIA: ELEMENTOS E TÉCNICAS MÓDULO 01 GEOGRAFIA 01 CARTOGRAFIA: ELEMENTOS E TÉCNICAS MÓDULO 01 GEOGRAFIA 01 Cartografia ciência responsável pela elaboração de representações da superfície da Terra. Com a ajuda da matemática, evoluiu e aprimorou mapas e

Leia mais

1) Em se tratando de questões de natureza cartográfica, assinale o correto.

1) Em se tratando de questões de natureza cartográfica, assinale o correto. 1) Em se tratando de questões de natureza cartográfica, assinale o correto. a) A realização de mapeamentos temáticos muito detalhados requer a utilização de produtos de sensoriamento remoto de alta resolução

Leia mais

GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 10 CLASSIFICAÇÕES DO RELEVO BRASILEIRO

GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 10 CLASSIFICAÇÕES DO RELEVO BRASILEIRO GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 10 CLASSIFICAÇÕES DO RELEVO BRASILEIRO Como pode cair no enem? (UFG) Analise os mapas a seguir. Os mapas apresentados destacam as unidades de relevo e as bacias hidrográficas

Leia mais

Pedro Moreira. 1. Completa os espaços com as palavras adequadas.

Pedro Moreira. 1. Completa os espaços com as palavras adequadas. Pedro Moreira International Teacher 1. Completa os espaços com as palavras adequadas. A Geografia é a (ciência/ideologia) que tem por objeto o estudo da distribuição (territorial/temporal) dos fenómenos

Leia mais

Cartografia GEOGRAFIA DAVI PAULINO

Cartografia GEOGRAFIA DAVI PAULINO Cartografia GEOGRAFIA DAVI PAULINO Curvas de Nível Mapas temáticos Representação de fenômenos e suas diversidades: Qualitativas: Representa os diferentes elementos cartográficos Ex: Rios, cidades, industrias,

Leia mais

EIXO CAPACIDADES CONTEÚDOS / CONCEITOS CICLO COMPLEMENTAR

EIXO CAPACIDADES CONTEÚDOS / CONCEITOS CICLO COMPLEMENTAR SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS SUBSECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃOBÁSICA SUPERINTENDÊNCIA DE EDUCAÇÃO INFANTIL E FUNDAMENTAL DIRETORIA DE ENSINO FUNDAMENTAL 5 MATRIZ CURRICULAR

Leia mais

Prof. Rodolfo Visentin 1

Prof. Rodolfo Visentin 1 EXERCÍCIOS GEOGRAFIA - Noções básicas de Cartografia (orientação: pontos cardeais; localização: coordenadas geográficas, latitude, longitude e altitude; representação: leitura, escala, legendas e convenções)

Leia mais

DATA: 04 / 05 / 2015 I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE GEOGRAFIA 5.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR (A): VALOR: 8,0 MÉDIA: 4,8 RESULTADO: %

DATA: 04 / 05 / 2015 I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE GEOGRAFIA 5.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR (A): VALOR: 8,0 MÉDIA: 4,8 RESULTADO: % SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 04 / 05 / 205 I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE GEOGRAFIA 5.º ANO/EF UNIDADE: ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR (A): VALOR:

Leia mais

Coordenadas Geográficas

Coordenadas Geográficas Coordenadas Geográficas Coordenadas Geográficas É a posição exata no globo terrestre Intersecção entre latitude e longitude Paralelos Linhas paralelas a Linha do Equador Trópico de Capricórnio Hemisfério

Leia mais

QUESTÃO 02. Identifique os pontos cardeais e colaterais de acordo com os números e letras que estão na Rosa. dos Ventos. 1: a: 2: b: 3: c: 4: d:

QUESTÃO 02. Identifique os pontos cardeais e colaterais de acordo com os números e letras que estão na Rosa. dos Ventos. 1: a: 2: b: 3: c: 4: d: NOME: DATA: TURMA: PROFESSOR (A): ADRIANA RODRIGUES ASSINATURA DOS PAIS E/ OU RESPONSAVEIS: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO DISCIPLINA: GEOGRAFIA NOTA: QUESTÃO 01. Paisagem é a parte do espaço geográfico que pode

Leia mais

Geografia Prof. Davi Cartografia

Geografia Prof. Davi Cartografia Geografia Prof. Davi Cartografia EXERCÍCIOS 4. (Fuvest 2012) Observe os seguintes mapas do Brasil: 1. (UNIFEI) Em um mapa no qual a escala é de 1: 100 000, a distância em linha reta entre duas cidades

Leia mais

7ºs anos Professor Daniel Fonseca

7ºs anos Professor Daniel Fonseca Salesiano Dom Bosco Capítulo 3 Geologia, Solo e Relevo 7ºs anos Professor Daniel Fonseca ROCHAS: Aglomerado de um ou mais minerais ÍGNEAS OU MAGMÁTICAS (cristalinas) - intrusivas ou plutônicas - extrusivas

Leia mais

SUBDOMÍNIO OBJETIVOS DESCRITORES CONTEÚDOS

SUBDOMÍNIO OBJETIVOS DESCRITORES CONTEÚDOS DISCIPLINA: Geografia ANO DE ESCOLARIDADE: 7.º Ano 2016/2017 METAS CURRICULARES PROGRAMA SUBDOMÍNIO OBJETIVOS DESCRITORES CONTEÚDOS A Terra: Estudos e Representações - A Geografia e o Território - A representação

Leia mais

Fundamentos de Cartografia A Rede Geográfica

Fundamentos de Cartografia A Rede Geográfica UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA NATUREZA DEPARTAMENTO DE GEOCIÊNCIAS Disciplina: Leitura e Interpretação de Cartas Fundamentos de Cartografia A Rede Geográfica Prof. Dr.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA Instituto de Ciências Ambientais e Desenvolvimento Sustentável Cartografia Sistemática e Temática (IAD319) Prof. pablosantos@ufba.br 02 a Aula CARTOGRAFIA SISTEMÁTICA

Leia mais

Relevo Brasileiro. Professora: Jordana Costa

Relevo Brasileiro. Professora: Jordana Costa Relevo Brasileiro Professora: Jordana Costa Relevo Observando a parte superficial da litosfera, isto é, o terreno sobre o qual vivemos, sobre o qual construímos cidades e estradas, vemos que ela apresenta

Leia mais

Data: /08/2014 Bimestre: 2. Nome: 6 ANO B Nº. Disciplina: Geografia Professor: Geraldo

Data: /08/2014 Bimestre: 2. Nome: 6 ANO B Nº. Disciplina: Geografia Professor: Geraldo Data: /08/2014 Bimestre: 2 Nome: 6 ANO B Nº Disciplina: Geografia Professor: Geraldo Valor da Atividade: 2,0 (Dois) Nota: GRUPO 3 1- (0,5) Embora haja dificuldade em oficializar a data do primeiro mapa

Leia mais

Questões para Revisão Cap. 3-7ºs anos - prova 2

Questões para Revisão Cap. 3-7ºs anos - prova 2 Questões para Revisão Cap. 3-7ºs anos - prova 2 1. Um pesquisador visitou as cidades de Salvador, Brasília e Manaus para caracterizar o compartimento geomorfológico de cada uma delas. Ao final do trabalho

Leia mais

RELEVO E CLIMA DO BRASIL. Prof. Bruno Peres

RELEVO E CLIMA DO BRASIL. Prof. Bruno Peres RELEVO E CLIMA DO BRASIL Prof. Bruno Peres Relevo submarino Relevo submarino CLASSIFICAÇÕES DO RELEVO BRASILEIRO Aroldo de Azevedo - esta classificação data de1940, sendo a mais tradicional. Ela considera

Leia mais

Geografia - 6º AO 9º ANO

Geografia - 6º AO 9º ANO 5ª Série / 6º Ano Eixos norteadores Temas Conteúdo Habilidades Competências A Geografia como uma - Definição de Geografia - Noções de tempo e -Compreender processos - Identificar diferentes formas de representação

Leia mais

DIVISÃO REGIONAL BRASILEIRA

DIVISÃO REGIONAL BRASILEIRA DIVISÃO REGIONAL BRASILEIRA DIVISÃO REGIONAL O termo região é extremamente utilizado, principalmente na ciência geográfica que representa uma das categorias da Geografia. A palavra região pode ser utilizada

Leia mais

Com base nos pontos foram determinadas direções intermediárias, conhecidas como. pontos : nordeste (NE), (NO), sudeste (SE) e (SO).

Com base nos pontos foram determinadas direções intermediárias, conhecidas como. pontos : nordeste (NE), (NO), sudeste (SE) e (SO). PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES - GEOGRAFIA - 6º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================= 01- Complete as

Leia mais

INTRODUÇÃO À CARTOGRAFIA. Prof. Rogério da Mata

INTRODUÇÃO À CARTOGRAFIA. Prof. Rogério da Mata INTRODUÇÃO À CARTOGRAFIA A importância dos pontos de referência Pontos Cardeais: são pontos principais utilizados como padrão de localização ou pontos de referência. Através deles é possível localizar

Leia mais

PLANIFICAÇÃO DE SUBDOMÍNIOS. Geografia 7º ANO ANO LETIVO 2015 / 2016

PLANIFICAÇÃO DE SUBDOMÍNIOS. Geografia 7º ANO ANO LETIVO 2015 / 2016 SUBDOMÍNIO: 1 A geografia e o território PLANIFICAÇÃO DE SUBDOMÍNIOS Geografia 7º ANO ANO LETIVO 2015 / 2016 DOMÍNIO: A TERRA: ESTUDOS E REPRESENTAÇÕES 1. Compreender o objeto e o método da Geografia 1.1.

Leia mais

A GÊNESE DO RELEVO. GEOMORFOLOGIA (estudo do relevo) FORMAÇÃO DA TERRA (1) FORMAÇÃO DA TERRA (3) FORMAÇÃO DA TERRA (2) ORIGEM DO UNIVERSO

A GÊNESE DO RELEVO. GEOMORFOLOGIA (estudo do relevo) FORMAÇÃO DA TERRA (1) FORMAÇÃO DA TERRA (3) FORMAÇÃO DA TERRA (2) ORIGEM DO UNIVERSO GEOMORFOLOGIA (estudo do relevo) A GÊNESE DO RELEVO ORIGEM DO UNIVERSO Teoria do Big Bang. FORMAÇÃO DA TERRA (1) Resfriamento - de massa gasosa para líquido-pastosa. FORMAÇÃO DA TERRA (2) Formação da litosfera.

Leia mais

Representação Cartográfica. Instituto Federal Santa Catarina Câmpus Joinville Unidade Curricular Geografia Professor Mauricio Ruiz Camara

Representação Cartográfica. Instituto Federal Santa Catarina Câmpus Joinville Unidade Curricular Geografia Professor Mauricio Ruiz Camara Representação Cartográfica Instituto Federal Santa Catarina Câmpus Joinville Unidade Curricular Geografia Professor Mauricio Ruiz Camara A representação de fenômenos sobre a Terra pode ser feita por várias

Leia mais

Decifrar as formas. Nesta aula, vamos acompanhar o trabalho

Decifrar as formas. Nesta aula, vamos acompanhar o trabalho A UU L AL A Decifrar as formas Nesta aula, vamos acompanhar o trabalho do geógrafo na interpretação das formas que as diferentes paisagens assumem. Vamos perceber que a crosta terrestre, ou litosfera,

Leia mais

LISTA DE EXERCICIOS I TOPOGRAFIA I

LISTA DE EXERCICIOS I TOPOGRAFIA I LISTA DE EXERCICIOS I TOPOGRAFIA I 1-Em um mapa cuja escala é 1:2.500.000, duas cidades estão separadas, em linha reta, por 5 centímetros. A distância real (no terreno) entre essas duas cidades é a) 50

Leia mais

Exercícios para Recuperação

Exercícios para Recuperação Exercícios para Recuperação Nome: Nº 6º ano / Ensino Fundamental Turma: Disciplina: Geografia Data: Professor: Leonardo 1 - O documento "Planeta Vivo", emitido pela World Wide Fund for Nature WWF (Ong

Leia mais

A DINÂMICA DO RELEVO TERRESTRE

A DINÂMICA DO RELEVO TERRESTRE A DINÂMICA DO RELEVO TERRESTRE As formas do relevo Quatro principais É o nome dado ao conjunto das formas da superfície da crosta terrestre. Montanhas Planaltos Planícies Depressões Altitude é uma distância

Leia mais

BRASIL ASPECTOS NATURAIS. Território de Km². 5º maior país do mundo. Ocupa 47% da América do Sul.

BRASIL ASPECTOS NATURAIS. Território de Km². 5º maior país do mundo. Ocupa 47% da América do Sul. BRASIL ASPECTOS NATURAIS Território de 8.514.876.599 Km². 5º maior país do mundo. Ocupa 47% da América do Sul. Mapa político do mundo Pangea Durante a separação dos continentes ocorreram movimentos orogenéticos

Leia mais

Professores: Jaime, Clodoaldo

Professores: Jaime, Clodoaldo Professores: Jaime, Clodoaldo Ciência que abrange os fenômenos humanos e naturais, como condições ambientais(clima, vegetação, relevo, hidrografia) e as relações humanas Ela descreve e interpreta de maneira

Leia mais

TURMA: BOLSISTAS: Dayan / Débora Professor Supervisor: Ary Pereira TURNO: DATA: / /

TURMA: BOLSISTAS: Dayan / Débora Professor Supervisor: Ary Pereira TURNO: DATA: / / UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIEÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID) NOME: SÉRIE: TURMA: BOLSISTAS:

Leia mais

Plano de Recuperação Semestral 1º Semestre 2016

Plano de Recuperação Semestral 1º Semestre 2016 Disciplina: GEOGRAFIA Série/Ano: 1º ANO Professores: Carboni e Luis Otavio Objetivo: Proporcionar ao aluno a oportunidade de resgatar os conteúdos trabalhados durante o 1º semestre nos quais apresentou

Leia mais

RELEVO - Picos. Pico da Neblina 2994 metros Pico 31 de março 2972,66 metros

RELEVO - Picos. Pico da Neblina 2994 metros Pico 31 de março 2972,66 metros RELEVO - Picos Pico da Neblina 2994 metros Pico 31 de março 2972,66 metros Localiza-se na Serra do Imeri, na fronteira com a Venezuela. Situa-se a apenas 687 metros de distância um do outro. Os dois picos

Leia mais

MATRIZ DE REFERÊNCIA DE GEOGRAFIA - ENSINO FUNDAMENTAL

MATRIZ DE REFERÊNCIA DE GEOGRAFIA - ENSINO FUNDAMENTAL D1 Identificar diferentes tipos de representação da superfície terrestre (globo terrestre, maquetes, mapas, plantas, croquis). Identificar diferenças entre as representações do espaço geográfico. Comparar

Leia mais

Atividade 11 - Exercícios sobre Relevo Brasileiro Cap. 03 7º ano. Atenção: Pesquise PREFERENCIALMENTE em seu Livro e complemente a pesquisa em sites.

Atividade 11 - Exercícios sobre Relevo Brasileiro Cap. 03 7º ano. Atenção: Pesquise PREFERENCIALMENTE em seu Livro e complemente a pesquisa em sites. Atividade 11 - Exercícios sobre Relevo Brasileiro Cap. 03 7º ano Atenção: Pesquise PREFERENCIALMENTE em seu Livro e complemente a pesquisa em sites. 1. Comparação entre as Classificações do Relevo Brasileiro

Leia mais

PLANIFICAÇÃO /2017

PLANIFICAÇÃO /2017 PLANIFICAÇÃO - 2016/2017 ENSINO BÁSICO - PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DE GEOGRAFIA 7º ANO DE ESCOLARIDADE CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS A Terra: Estudos e Representações A Geografia e o território - O objeto e

Leia mais

7ºANO ANO LECTIVO: 2008/2009 p.1/2

7ºANO ANO LECTIVO: 2008/2009 p.1/2 7ºANO ANO LECTIVO: 2008/2009 p.1/2 1º A Terra: Estudos e Representações Descrição da paisagem Exprimir-se de forma correcta utilizando o vocabulário geográfico Observar paisagens, para identificar os principais

Leia mais

1º Período Conteúdos Habilidades Atividades desenvolvidas

1º Período Conteúdos Habilidades Atividades desenvolvidas 1º Período Conteúdos Habilidades Atividades desenvolvidas UNIDADE 1 O Planeta Terra Tema 1: O planeta onde vivemos; Tema 2: Conhecendo a Terra; Tema 3: Continentes e oceanos; Tema 4: Trabalhando com mapas..

Leia mais

Que formas conheces de representação da Terra?

Que formas conheces de representação da Terra? Que formas conheces de representação da Terra? Desde sempre o Homem sentiu necessidade de representar os lugares que ia conhecendo e tudo aquilo que contribuía para a sua sobrevivência. Dessa necessidade

Leia mais

GEOGRAFIA REVISÃO 1 REVISÃO 2. Aula 25.1 REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE IV

GEOGRAFIA REVISÃO 1 REVISÃO 2. Aula 25.1 REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE IV Aula 25.1 REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE IV Complexos Regionais Amazônia: Baixa densidade demográfica e grande cobertura vegetal. 2 3 Complexos Regionais Nordeste: Mais baixos níveis de desenvolvimento

Leia mais

ATIVIDADE DE RECUPERAÇÕ DE GEOGRAFIA

ATIVIDADE DE RECUPERAÇÕ DE GEOGRAFIA Nome: Série: Nota: Disciplina: Professor (a): ATIVIDADE DE RECUPERAÇÕ DE GEOGRAFIA 1)-Coloque o nome de cada planeta. Pinte cada planeta. 2)-Complete a Rosa dos Ventos: 3) - Assinale a alternativa correta!!!

Leia mais

EXERCICIOS DE CARTOGRAFIA 2016

EXERCICIOS DE CARTOGRAFIA 2016 EXERCICIOS DE CARTOGRAFIA 2016 Em uma escala numérica, quanto maior foi o seu denominador isto é, o número que vem depois dos dois pontos, menor será a escala. Mas quanto menor for uma escala, maior será

Leia mais

Cartografia: projeções cartograficas

Cartografia: projeções cartograficas Cartografia: projeções cartograficas Projeção cartográfica é a representação de uma superfície esférica num plano (o mapa) ou, ainda, um sistema plano de paralelos e meridianos sobre os quais pode-se desenhar

Leia mais

Exercícios Extras de Cartografia. Prof. Carlão Abril/14

Exercícios Extras de Cartografia. Prof. Carlão Abril/14 Exercícios Extras de Cartografia. Prof. Carlão Abril/14 01. (Uerj/2014) Observe na imagem uma feição de relevo em escarpa, área de desnível acentuado de altitude, encontrada geralmente nas bordas de planalto,

Leia mais

Coordenadas Geográficas

Coordenadas Geográficas GEOGRAFIA SÉRIE: 1º ano Coordenadas Geográficas Profº Luiz Gustavo Silveira Unidade I A linguagem geográfica e a leitura no mundo Livro: parte I Capítulo 4 Nós estamos aqui Tópicos do capítulo Terra no

Leia mais

LEITURA E INTERPRETAÇÃO DE PROJETOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL

LEITURA E INTERPRETAÇÃO DE PROJETOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL LEITURA E INTERPRETAÇÃO DE PROJETOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL Prof: Helano Abreu hasantos@sfiec.org.br www.profhelanoabreu.wordpress.com 1 PROJETO TOPOGRÁFICO 2 O que é Topografia? ETIMOLOGIA: A palavra TOPOGRAFIA

Leia mais

ANÁLISE GEOMORFOLÓGICA DO MUNICÍPIO DE JARDIM OLINDA - PR

ANÁLISE GEOMORFOLÓGICA DO MUNICÍPIO DE JARDIM OLINDA - PR ANÁLISE GEOMORFOLÓGICA DO MUNICÍPIO DE JARDIM OLINDA - PR 17 Luiz Giovanni Bornia Acadêmico 4º Geografia - UEM luiz.bornia@cocamar.com.br Wérica Cardoso de Oliveira Acadêmica 1º Geografia - UEM wericaco@gmail.com

Leia mais

REPRESENTAÇÕES GRÁFICAS E CARTOGRÁFICAS

REPRESENTAÇÕES GRÁFICAS E CARTOGRÁFICAS REPRESENTAÇÕES GRÁFICAS E CARTOGRÁFICAS 1 CONHECENDO A CARTOGRAFIA E OS MAPAS 2 CARTOGRAFIA SEGUNDO A ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT), CARTOGRAFIA É DEFINIDA COMO: "A ARTE DO LEVANTAMENTO,

Leia mais

LABORATÓRIO DE GEOPROCESSAMENTO DIDÁTICO. Professora: Selma Regina Aranha Ribeiro

LABORATÓRIO DE GEOPROCESSAMENTO DIDÁTICO. Professora: Selma Regina Aranha Ribeiro LABORATÓRIO DE GEOPROCESSAMENTO DIDÁTICO Professora: Selma Regina Aranha Ribeiro Estagiários: Ricardo Kwiatkowski Silva / Carlos André Batista de Mello ESCALAS - AULA 3 Precisão Gráfica É a menor grandeza

Leia mais

O que é Cartografia?

O que é Cartografia? O que é Cartografia? Nações Unidas As Nações Unidas, definiu em 1949, através de comissão especializada, cartografia como sendo A ciência que se ocupa da elaboração de mapas de toda espécie. Abrange todas

Leia mais

O local de cruzamento de um meridiano e de um paralelo é chamado de intersecção, é a coordenada.

O local de cruzamento de um meridiano e de um paralelo é chamado de intersecção, é a coordenada. O local de cruzamento de um meridiano e de um paralelo é chamado de intersecção, é a coordenada. Na antiguidade os navegadores precisavam dominar bem a cartografia. Abaixo temos algumas notações: Considerando

Leia mais

O QUE É CARTOGRAFIA? É A TÉCNICA DE FAZER MAPAS. MAPA NÃO É MERO DESENHO E SIM UM CONJUNTO DE MOTIVO: NECESSIDADE DO HOMEM SE LOCALIZAR.

O QUE É CARTOGRAFIA? É A TÉCNICA DE FAZER MAPAS. MAPA NÃO É MERO DESENHO E SIM UM CONJUNTO DE MOTIVO: NECESSIDADE DO HOMEM SE LOCALIZAR. PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS (CARTOGRAFIA) O QUE É CARTOGRAFIA? É A TÉCNICA DE FAZER MAPAS. MAPA NÃO É MERO DESENHO E SIM UM CONJUNTO DE INFORMAÇÕES VISUAIS. MOTIVO: NECESSIDADE DO HOMEM SE LOCALIZAR. GA-SUR

Leia mais

Professora: Jordana Costa

Professora: Jordana Costa Professora: Jordana Costa Cartografia Cartografia, segundo a ABNT é definida como: A arte de levantamento, construção e edição de mapas e cartas de qualquer natureza. Função principal: Representar a realidade

Leia mais

FOTOGRAMETRIA E FOTOINTERPRETAÇÃO

FOTOGRAMETRIA E FOTOINTERPRETAÇÃO FOTOGRAMETRIA E FOTOINTERPRETAÇÃO Mosar Faria Botelho PONTOS DE APOIO Objetiva relacionar os objetos contidos na foto aérea com os objetos contidos no terreno. MÉTODOS DE POSICIONAMENTO POR GPS Modo Ponto

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PROF. PAULA NOGUEIRA - OLHÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS PROGRAMA CURRICULAR - 3º CICLO - 7º ANO GEOGRAFIA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PROF. PAULA NOGUEIRA - OLHÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS PROGRAMA CURRICULAR - 3º CICLO - 7º ANO GEOGRAFIA ANO 2015-2016 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PROF. PAULA NOGUEIRA - OLHÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS PROGRAMA CURRICULAR - 3º CICLO - 7º ANO GEOGRAFIA DOMINÍOS e SUBDOMÍNIOS OBJETIVOS 1 1º PERÍODO

Leia mais

ATIVIDADES ESTRATÉGIAS. Diálogo com os alunos. Análise e interpretação de fontes documentais (gráficos, mapas e imagens, fotografia, entre outras).

ATIVIDADES ESTRATÉGIAS. Diálogo com os alunos. Análise e interpretação de fontes documentais (gráficos, mapas e imagens, fotografia, entre outras). ENSINO BÁSICO Agrupamento de Escolas Nº 1 de Abrantes ESCOLA BÁSICA DOS 2.º E 3.º CICLOS D. MIGUEL DE ALMEIDA DISCIPLINA: GEOGRAFIA ANO: 7º ANO 2013/2014 CONTEÚDOS A TERRA ESTUDOS E REPRESENTAÇÕES Paisagens

Leia mais

Evolução da Terra. Geografia Prof. Cristiano Amorim

Evolução da Terra. Geografia Prof. Cristiano Amorim Evolução da Terra Geografia Prof. Cristiano Amorim Estrutura interna da Terra A estrutura interna da Terra é composta de: Litosfera (50 a 60 km de espessura). Manto (4.600 km de espessura). Núcleo (1.700

Leia mais

SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEORREFERENCIADAS EXA 519. Prof. Dr. Ardemirio de Barros Silva

SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEORREFERENCIADAS EXA 519. Prof. Dr. Ardemirio de Barros Silva SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEORREFERENCIADAS EXA 519 Prof. Dr. Ardemirio de Barros Silva abarros@uefs.br barros@ige.unicamp.br A CARTOGRAFIA É CONSIDERADA COMO A CIÊNCIA E A ARTE DE EXPRESSAR, POR MEIO DE

Leia mais

Paulo Tumasz Junior. Cartografia Geral

Paulo Tumasz Junior. Cartografia Geral Paulo Tumasz Junior Cartografia Geral APRESENTAÇÕES Slides - A cartografia é a ciência da representação gráfica da superfície terrestre, tendo como produto final o mapa, ciência que trata da concepção,

Leia mais

Exercícios Complementares de Ciências Humanas Geografia Ensino Fundamental. Orientação, Localização e Representações Cartográficas

Exercícios Complementares de Ciências Humanas Geografia Ensino Fundamental. Orientação, Localização e Representações Cartográficas de Geografia Exercícios Complementares Orientação, Localização e Representações Cartográficas 1. Identifique, na Rosa dos Ventos, os pontos cardeais e colaterais: 2. Preencha o planisfério a seguir, indicando

Leia mais

Ano Lectivo 2006/2007 3º Ciclo 7º Ano

Ano Lectivo 2006/2007 3º Ciclo 7º Ano AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Planificação DISCIPLINA DE GEOGRAFIA Ano Lectivo 2006/2007 3º Ciclo 7º Ano Unidade Didáctica Conteúdos Competências Específicas Avaliação A TERRA

Leia mais