The Portuguese- Speaking. World. O Mundo Lusófono. The Portuguese- speaking World / O Mundo Lusófono. Portuguese Speaking. World O Mundo Lusófono

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "The Portuguese- Speaking. World. O Mundo Lusófono. The Portuguese- speaking World / O Mundo Lusófono. Portuguese Speaking. World O Mundo Lusófono"

Transcrição

1 dossiers Portuguese Speaking O Mundo Lusófono The Portuguese- speaking / The Portuguese- Speaking Last Update Última Actualização: Portugal Economy Probe (PE Probe) Prepared by PE Probe Preparado por PE Probe Copyright 2014 Portugal Economy Probe PE Probe All rights reserved

2 The Portuguese- speaking / Index / Índice I. 1 language, 10 territories, 9 CPLP member-states 1 língua, 10 territórios, 9 membros da CPLP 4 II. Population of portuguese-speaking countries 261 million inhabitants (3.6% of Population) * População dos países de língua portuguesa 261 milhões de habitantes (3,6% da População mundial) * 4 III. Geographical Surface million km 2 (2.1% of the world surface) Superfície Geográfica milhões de km 2 (2.1% da superfície mundial) IV. Economic Exclusive Zone 7.78 million km 2 (1.53% of world surface) Zona Económica Exclusiva 7.78 milhões de km 2 (1.53% da superfície mundial) V. Geographical Surface vs Exclusive Economic Zone Superfície Geográfica vs Zona Económica Exclusiva VI. Gross Domestic Product million euro ( million euro with Macau) Produto Interno Bruto milhões de euros ( milhões de euros com Macau) VII. Gross Domestic Product per capita ( with Macau) Produto Interno Bruto per capita ( com Macau) VIII. Gross Domestic Product (relative to 5 main world economies) Produto Interno Bruto ( relativo a 5 das principalis economias mundiais) IX. Exports and Imports (% of Total) Exportações e Importações (% do total) X. Main Exports (goods) Principais exportações (bens) XI. Political Profile Perfil Político XII. Human Development, Competitiveness, Corruption and Institutions Desenvolvimento Humano, Competitividade, Corrupção e Instituições XIII. Doing Business in the CPLP For countries with a GDP per capita above CPLP Fazer Negócio nas CPLP Para países com um PIB per capita superior à média da CPLP XIV. Doing Business in the CPLP For countries with a GDP per capita below CPLP Fazer Negócio nas CPLP Para países com um PIB per capita inferior à média da CPLP 11 2

3 The Portuguese- speaking / Index / Índice XV. Doing Business in the CPLP For countries with a GDP per capita below 1000 Fazer Negócio nas CPLP Para países com um PIB per capita inferior a XVI. The portuguese language in the A língua portuguesa no Mundo 11 XVII. Portuguese-speaking Authors Autores Lusófonos XVIII. Testimonials Testemunhos

4 The Portuguese- speaking / I. 1 language, 10 territories, 9 CPLP member-states 1 língua, 10 territórios, 9 membros da CPLP Member since Membro desde 24/07/2014 Non-CPLP Não-membro da CPLP Sources / Fontes: Comunidade dos Países de Língua Portuguesa II. Population of portuguese-speaking countries 261 million inhabitants (3.6% of Population) * População dos países de língua portuguesa 261 milhões de habitantes (3,6% da População mundial) * 10,5 0,018 0,5 1,7 1,8 0,6 1,2 198,7 20,8 25,2 Sources / Fontes: Bank, ONU, INE * Including Macau / Incluindo Macau Millions of inhabitants / Milhões de habitantes 4

5 The Portuguese- speaking / III. Geographical Surface million km 2 (2.1% of the world surface) Superfície Geográfica milhões de km 2 (2.1% da superfície mundial) (111º) (5º) (23º) (36º) Sources / Fontes: Bank, INE, Sea Around Us Projects and others * Including Macau / Incluindo Macau IV. Economic Exclusive Zone 7.78 million km 2 (1.53% of world surface) Zona Económica Exclusiva 7.78 milhões de km 2 (1.53% da superfície mundial) km 2 ( Ranking) / (Ranking Mundial) (21º) (12º) Sources / Fontes: Bank, INE, Sea Around Us Projects and others km 2 ( Ranking) / (Ranking Mundial) 5

6 The Portuguese- speaking / V. Geographical Surface vs Exclusive Economic Zone Superfície Geográfica vs Zona Económica Exclusiva x 199x

7 The Portuguese- speaking / VI. Gross Domestic Product million euro ( million euro with Macau) Produto Interno Bruto milhões de euros ( milhões de euros com Macau) Sources / Fontes: International Monetary Fund (IMF) Calculations (Exchange Rates) / Cálculos (Taxas de Câmbio): USD/EUR: , MOP/EUR: VII. Gross Domestic Product per capita ( with Macau) Produto Interno Bruto per capita ( com Macau) Million euro / milhões de euros Sources / Fontes: International Monetary Fund (IMF) Calculations (Exchange Rates) / Cálculos (Taxas de Câmbio): USD/EUR: , MOP/EUR:

8 The Portuguese- speaking / VIII. Gross Domestic Product (relative to 5 main world economies) Produto Interno Bruto ( relativo a 5 das principalis economias mundiais) 125% of Russia s GDP do PIB da Russia 97% of France s GDP do PIB de França 73% of Germany s GDP do PIB da Alemanha 29% of China s GDP do PIB da China 16% of United State s GDP do PIB dos Estados Unidos Sources / Fontes: International Monetary Fund, Eurostat, Bank, Bank of China, Federal Reserve of the US IX. Exports and Imports (% of Total) Exportações e Importações (% do total) Million euro / milhões de euros Total Exports million euro Exportações Totais milhões de euros 58.7% 21.8% 13.2% 3.8% 1.2% 1% 0.3% 67.4% 19.8% 5.7% 1.8% 2% 0.7% 2.3% 0.3% Total Imports million euro Importações Totais milhões de euros Sources / Fontes: PEProbe, INE, International Monetary Fund (IMF), Macrobond and WTO Values calculated for 2013 / Valores calculados para

9 The Portuguese- speaking / X. Main Exports (goods) Principais exportações (bens) Oil and Oil Products Petróleo e Derivados Fish Products Produtos de Peixaria Coffee Café Aluminum Alumínio Tobacco Tabaco Diamonds Diamantes Machinery Maquinaria Vehicle parts Partes de Veículos Jóias Jewelry Sources / Fontes: Observatory of Economic Complexity (MIT) XI. Political Profile Perfil Político Type of Government Tipo de Regime Presidential Presidencialista Presidential Federative Constitutional Republic República Federativa Constitucional Presidencialista Semi-presidential Democratic Representative Republic República semi-presidencial democrática representativa Semi-presidential Democratic Representative Republic República semi-presidencial democrática representativa Presidential Republic República Presidencial Special Administrative Region Região Administrativa Especial Presidential Presidencialista Semi-presidential Democratic Constitutional Republic República semi-presidencial constitucional democrática Semi-presidential Democratic Representative Republic República semi-presidencial democrática representativa Democratic Republic República Democrática President / Prime Minister Presidente / Primeiro Ministro José Eduardo dos Santos Dilma Rousseff Sources / Fontes: International Monetary Fund, Wikipédia, Global Competitiveness Index Jorge Carlos Fonseca / José Maria Neves Manuel Pinto da Costa / Gabriel Costa Teodoro Obiang Nguema Mbasogo / Vicente Ehate Tomi Xi Jinping / Fernando Chui Sai On Armando Emílio Guebuza /Alberto Vaquina Cavaco Silva / Pedro Passos Coelho Manuel Pinto da Costa / Gabriel Costa Taur Matan Ruak / Kay Rala Xanana Gusmão 9

10 The Portuguese- speaking / XII. Human Development, Competitiveness, Corruption and Institutions Desenvolvimento Humano, Competitividade, Corrupção e Instituições Human Development Index (in 185 countries) (1) Índice de Desenvolvimento Humano (em 185 países) Global Competitiveness Index (in 148 countries) Índice de Competitividade (em 148 países) Corruption Perception Index (in 177 countries) Índice de Corrupção (em 177 países) State of the institutions (2) Estado das Instituições (149º) 3.1 (142º) 23 (153º) 2.8 (145º) (79º) 4.3 (56º) 42 (72º) 3.7 (80º) (123º) 3.5 (122º) 58 (41º) 3.9 (69º) (144º) - 19 (163º) (177º) - 19 (163º) (2) (25º) (178º) 3.3 (137º) 30 (119º) 3.3 (120º) (41º) 4.4 (51º) 62 (33º) 4.3 (46º) (142º) - 42 (72º) (128º) 3.2 (138º) 30 (119º) 3.4 (106º) Sources / Fontes: PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento Humano) IDH para 2013, GCI , Corruption Perception Index 2013 (1) Values estimated in 2014 for 2013 / Valores estimados em 2014 para 2013 (2) Taken from GCI Report / Retirado do Relatório do GCI XIII. Doing Business in the CPLP For countries with a GDP per capita above CPLP Fazer Negócio nas CPLP Para países com um PIB per capita superior à média da CPLP Solving Insolvencies / Resolver Insolvências Enforcing of Contracts / Cumprimento de Contratos Start a Business / Começar uma empresa Building Permits / Licenças para Construção Utilities / Electricidade CPLP Portugal Brasil Guiné Equatorial Trading Abroad / Comércio além fronteiras Property Rights / Registo de Propriedade Taxes / Impostos Sources / Fontes: Bank Doing Business 2014 Protection for Investors / Protecção de Investidores Financing Conditions / Condições de Crédito 10

11 The Portuguese- speaking / XIV. Doing Business in the CPLP For countries with a GDP per capita below CPLP Fazer Negócio nas CPLP Para países com um PIB per capita inferior à média da CPLP Solving Insolvencies / Resolver Insolvências Enforcing of Contracts / Cumprimento de Contratos Start a Business / Começar uma empresa Building Permits / Licenças para Construção Utilities / Electricidade CPLP Angola S. Tomé e Príncipe Cabo Verde Trading Abroad / Comércio além fronteiras Property Rights / Registo de Propriedade Taxes / Impostos Protection for Investors / Protecção de Investidores Financing Conditions / Condições de Crédito Sources / Fontes: Bank Doing Business 2014 XV. Doing Business in the CPLP For countries with a GDP per capita below 1000 Fazer Negócio nas CPLP Para países com um PIB per capita inferior a 1000 Solving Insolvencies / Resolver Insolvências Enforcing of Contracts / Cumprimento de Contratos Start a Business / Começar uma empresa Building Permits / Licenças para Construção Utilities / Electricidade CPLP Guiné-Bissau Moçambique Trading Abroad / Comércio além fronteiras Property Rights / Registo de Propriedade Taxes / Impostos Sources / Fontes: Bank Doing Business 2014 Protection for Investors / Protecção de Investidores Financing Conditions / Condições de Crédito 11

12 The Portuguese Language/ A Língua Portuguesa XVI. The portuguese language in the A língua portuguesa no Mundo The Portuguese- speaking / 1ª Most spoken language in the Southern Hemisphere Língua mais falada no Hemisfério Sul 3ª Most spoken language among european languages Língua mais falada entre as línguas europeias 4ª Most spoken language on Twitter Língua mais falada no Twitter 5ª Most spoken language in the Língua mais falada no Mundo 5ª Most spoken language on the Internet Língua mais falada na Internet 6º Most spoken language in a business environment Língua mais falada em negócios Sources / Fontes: ESTANTE (Revista FNAC, Edição nº 1, Primavera 2014) e Nações Unidas XVII. Portuguese-speaking Authors Autores Lusófonos O Memorial do Convento José Saramago Jesusalém Mia Couto O Alquimista Paulo Coelho Ilha Amílcar Cabral A Gloriosa Família Pepetela Não posso adiar a palavra Hélder Proença Sources / Fontes: ESTANTE (Revista FNAC, Edição nº 1, Primavera 2014) e Nações Unidas 12

13 The Portuguese Language/ A Língua Portuguesa XVIII. Testimonials Testemunhos The Portuguese- speaking / "Vamos plantar a a bandeira da da lusofonia nos nos negócios do mundo. mundo. Portugal Portugal está está muito muito empenhado em que assim seja" Pedro Passos Coelho, Primeiro Ministro Ministro de Portugal de Portugal durante durante um seminário um seminário económico económico em Díli em Díli "Com mais de 250 milhões de falantes de oito países diferentes (ocupam mais de 7% do território do planeta), a língua portuguesa tem todas as condições para ser um actor principal na "Com mais de 250 milhões de falantes de oito países diferentes (ocupam mais de economia do mundo. 7% do território do planeta), a língua portuguesa tem todas as condições para ser Luis Reto, Reitor do ISCTE-IUL e autor do livro Potencial Económico da Língua Portuguesa um actor principal na economia do mundo. Luis Reto, Reitor do ISCTE-IUL e autor do livro Potencial Económico da Língua Portuguesa A língua portuguesa é exuberante e é fácil, ao contrário do que todo mundo diz. Além de ser uma língua A língua extremamente portuguesa flexível é exuberante e, por isso, e tão é fácil, falada ao e contrário tão usada do no que ocidente todo Roberto Pontes, mundo professor diz. de Além Literaturas de ser de uma Língua língua Portuguesa extremamente da Universidade flexível e, Federal por isso, do Ceará (UFC) tão falada e tão usada no ocidente Roberto Pontes, professor de Literaturas de Língua Portuguesa da Universidade Federal do Ceará (UFC) Explore more documents prepared by PE Probe on Economic Outlook Explore outros documentos preparados pela equipa PE Probe na secção Conjuntura Económica 13

14 14 Explore more documents prepared by PE Probe on The Portuguese- speaking / Economic Outlook Explore outros documentos preparados pela equipa PE Probe na secção Conjuntura Económica Portugal ID Portugal BI

International Trade: Statistics and Top 10 Partners Comércio Internacional: Estatísticas e Top 10 Parceiros. Economic Outlook. Económica.

International Trade: Statistics and Top 10 Partners Comércio Internacional: Estatísticas e Top 10 Parceiros. Economic Outlook. Económica. dossiers Economic Outlook Conjuntura International Trade: Statistics and Top 10 Partners Comércio Internacional: Estatísticas e Top 10 Parceiros Last Update Última Actualização 15-07-2015 Prepared by PE

Leia mais

International Trade and FDI between Portugal-China Comércio Internacional e IDE entre Portugal-China. dossiers. Economic Outlook Conjuntura Económica

International Trade and FDI between Portugal-China Comércio Internacional e IDE entre Portugal-China. dossiers. Economic Outlook Conjuntura Económica dossiers Economic Outlook Conjuntura Económica International Trade and FDI between Portugal-China Comércio Internacional e IDE entre Portugal-China Last Update Última Actualização: 10-02-2015 Prepared

Leia mais

Portugal ID Portugal BI. dossiers. Economic Outlook Conjuntura Económica. Last Update Última Actualização: 17-06-2014

Portugal ID Portugal BI. dossiers. Economic Outlook Conjuntura Económica. Last Update Última Actualização: 17-06-2014 dossiers Economic Outlook Conjuntura Económica Portugal ID Portugal BI Last Update Última Actualização: 17-06-2014 Copyright 2014 Portugal Economy Probe PE Probe Prepared by PE Probe Preparado por PE Probe

Leia mais

General Elections. Legislativas. dossiers. State and. Estado e Governo. Portugal Economy Probe (PE Probe) Last Update Última Actualização: 29-09-2015

General Elections. Legislativas. dossiers. State and. Estado e Governo. Portugal Economy Probe (PE Probe) Last Update Última Actualização: 29-09-2015 dossiers State and General Elections/ Government Legislativas Estado e General Elections Legislativas Last Update Última Actualização: 29-09-2015 Portugal Economy Probe (PE Probe) Prepared by PE Probe

Leia mais

Investir em Angola Perspectiva de um Banco Alemão. 5º Fórum Económico Alemão-Angolano, Luanda, Junho 2013

Investir em Angola Perspectiva de um Banco Alemão. 5º Fórum Económico Alemão-Angolano, Luanda, Junho 2013 Investir em Angola Perspectiva de um Banco Alemão Commerzbank AG Commerzbank: 1.00 agências, 50 países, 14 milhões clientes particulares, 1 milhão clientes empresas e institucionais, 59.100 colaboradores

Leia mais

Insurance Sector Sector Segurador. Insurance Sector Sector Segurador. dossiers. Banking and Insurance. Banca e Seguros

Insurance Sector Sector Segurador. Insurance Sector Sector Segurador. dossiers. Banking and Insurance. Banca e Seguros dossiers Banking and Insurance Banca e Last Update Última Actualização: 21/4/214 Portugal Economy Probe (PE Probe) Prepared by PE Probe Preparado por PE Probe Copyright 214 Portugal Economy Probe PE Probe

Leia mais

Overview. Resumo. dossiers. Financial Markets. Mercados Financeiros. Mercados Financeiros. Capital Markets Overview / Mercados Financeiros Resumo

Overview. Resumo. dossiers. Financial Markets. Mercados Financeiros. Mercados Financeiros. Capital Markets Overview / Mercados Financeiros Resumo dossiers Capital Markets Overview / Mercados Resumo Financial Markets Mercados Financial Markets Overview Mercados Resumo Last Update Última Actualização: 12/213 Next Release Próxima Actualização: 5/214

Leia mais

Statistics Estatísticas do Mercado de Trabalho. Labour Market Statistics Estatísticas do Mercado de Trabalho. dossiers

Statistics Estatísticas do Mercado de Trabalho. Labour Market Statistics Estatísticas do Mercado de Trabalho. dossiers dossiers Economic Outlook Conjuntura Last Update Última Atualização: 13-02-2015 Prepared by PE Probe Preparado por PE Probe Copyright 2015 Portugal Economy Probe PE Probe All rights reserved Index / Índice

Leia mais

Public Debt Dívida Pública. dossiers. Economic Outlook Conjuntura Económica. Conjuntura Económica. Estado e Governo. Public Debt / Dívida Pública

Public Debt Dívida Pública. dossiers. Economic Outlook Conjuntura Económica. Conjuntura Económica. Estado e Governo. Public Debt / Dívida Pública dossiers Economic Outlook Conjuntura Public Debt Dívida Pública Last Update Última Actualização:08/12/2015 Portugal Economy Probe (PE Probe) Prepared by PE Probe Preparado por PE Probe Copyright 2015 Portugal

Leia mais

and Troika Troika dossiers Structural Reforms and Troika Reformas Troika Reformas Estruturais e Troika

and Troika Troika dossiers Structural Reforms and Troika Reformas Troika Reformas Estruturais e Troika dossiers Structural Reforms and /Reformas Structural Reforms and Reformas Structural Reforms and Reformas Last Update Última Actualização: 25/01/2016 Portugal Economy Probe (PE Probe) Prepared by PE Probe

Leia mais

Golden Visa Vistos Gold. Golden Visa Vistos Gold. dossiers. Public Finances and Debt Dívida e Finanças Públicas

Golden Visa Vistos Gold. Golden Visa Vistos Gold. dossiers. Public Finances and Debt Dívida e Finanças Públicas dossiers Public Finances and Debt Dívida e Finanças Públicas Last Update Última Actualização: Next Release Próxima Actualização Copyright 2014 Portugal Economy Probe PE Probe Prepared by PE Probe Preparado

Leia mais

III.4.1 - Indicadores do comércio internacional por NUTS II, 2004. III.4.1 - Indicators of international trading by NUTS II, 2004

III.4.1 - Indicadores do comércio internacional por NUTS II, 2004. III.4.1 - Indicators of international trading by NUTS II, 2004 III.4.1 - Indicadores do comércio internacional por NUTS II, 2004 III.4.1 - Indicators of international trading by NUTS II, 2004 Unidade: % Unit:% Taxa de cobertura das pelas para os 4 principais mercados

Leia mais

Portugal ID Portugal BI. Economic Outlook. Conjuntura. Económica. Económica. Last Update Última Actualização: 23/12/2014

Portugal ID Portugal BI. Economic Outlook. Conjuntura. Económica. Económica. Last Update Última Actualização: 23/12/2014 dossiers Economic Outlook Conjuntura Portugal ID Portugal BI Last Update Última Actualização: 23/12/2014 Copyright 2014 Portugal Economy Probe PE Probe Prepared by PE Probe Preparado por PE Probe All rights

Leia mais

DR.ª JUDITE CORREIA LISBOA, PORTUGAL 21 DE OUTUBRO DE 2011 4º CONGRESSO NACIONAL DOS ECONOMISTAS

DR.ª JUDITE CORREIA LISBOA, PORTUGAL 21 DE OUTUBRO DE 2011 4º CONGRESSO NACIONAL DOS ECONOMISTAS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA: DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO, RELAÇÕES E PARCERIAS 1 DR.ª JUDITE CORREIA LISBOA, PORTUGAL 21 DE OUTUBRO DE 2011 4º CONGRESSO NACIONAL DOS ECONOMISTAS 1. Introdução 2 2. Diagnóstico

Leia mais

CARDIOLOGIA EM PORTUGUÊS: UM SONHO PARA TORNAR REALIDADE?

CARDIOLOGIA EM PORTUGUÊS: UM SONHO PARA TORNAR REALIDADE? CARDIOLOGIA EM PORTUGUÊS: UM SONHO PARA TORNAR REALIDADE? CARDIOLOGY IN PORTUGUESE: A DREAM TO COME TRUE? Miguel Mendes (Portugal) 35º Congresso Português de Cardiologia 23 de maio de 2014 A expansão portuguesa

Leia mais

Cabo Verde como plataforma no Atlântico: VELHA realidade num NOVO contexto

Cabo Verde como plataforma no Atlântico: VELHA realidade num NOVO contexto Cabo Verde como plataforma no Atlântico: VELHA realidade num NOVO contexto Lisbon Atlantic Conference 2013 Territorial and Neighboring Cooperation. Lisboa, 5 de Dezembro de 2013 Carlos Rocha Administrador

Leia mais

Education Educação. Bem-Estar. Famílias e. Bem-Estar Families and Well Being. Last Update Última Actualização: 30/06/2014

Education Educação. Bem-Estar. Famílias e. Bem-Estar Families and Well Being. Last Update Última Actualização: 30/06/2014 dossiers Families and Well Being Education Educação Last Update Última Actualização: 30/06/2014 Prepared by PE Probe Preparado por PE Probe Copyright 2014 Portugal Economy Probe PE Probe All rights reserved

Leia mais

Missão Empresarial EUA Flórida. 21 a 26 de Março 2015

Missão Empresarial EUA Flórida. 21 a 26 de Março 2015 Missão Empresarial EUA Flórida 21 a 26 de Março 2015 Apoiamos empresas a ter sucesso nos mercados internacionais Sobre nós Na Market Access prestamos serviços de apoio à exportação e internacionalização.

Leia mais

1. OEstudo 2. Portugal como destino de NearshoreOutsourcing (Edição 2012) 3. Conclusões

1. OEstudo 2. Portugal como destino de NearshoreOutsourcing (Edição 2012) 3. Conclusões PORTUGAL COMO DTINO DE NEARSHORE OUTSOURCING EDIÇÃO 2012 Sumário Executivo Índice 1. OEstudo 2. Portugal como destino de NearshoreOutsourcing (Edição 2012) 3. Conclusões Este estudo baseou-se em informação

Leia mais

Fórum Permanente de Micro e Pequenas Empresas. Comitê de Comércio Exterior. Brasília Julho de 2011

Fórum Permanente de Micro e Pequenas Empresas. Comitê de Comércio Exterior. Brasília Julho de 2011 Fórum Permanente de Micro e Pequenas Empresas Comitê de Comércio Exterior Brasília Julho de 2011 BALANÇA BRASILEIRA DE COMÉRCIO EXTERIOR DE BENS E SERVIÇOS* US$ Bilhões BRAZILIAN FOREIGN TRADE IN GOODS

Leia mais

PAÍSES BAIXOS Comércio Exterior

PAÍSES BAIXOS Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC PAÍSES BAIXOS Comércio Exterior Outubro de 2014 Índice. Dados Básicos.

Leia mais

FIT FOR A NEW ERA ECONOMIA DAS LÍNGUAS PORTUGUESA E ESPANHOLA LÍNGUA, COMÉRCIO EXTERNO E INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PERSPECTIVAS EMPRESARIAIS

FIT FOR A NEW ERA ECONOMIA DAS LÍNGUAS PORTUGUESA E ESPANHOLA LÍNGUA, COMÉRCIO EXTERNO E INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PERSPECTIVAS EMPRESARIAIS LÍNGUA, COMÉRCIO EXTERNO E Paternoster Square Londres ECONOMIA DAS LÍNGUAS PORTUGUESA E ESPANHOLA INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PERSPECTIVAS EMPRESARIAIS Francisco Cary 19 de Maio de 2011 O Mercado dos Países

Leia mais

Brasil - Síntese País

Brasil - Síntese País Informação Geral sobre o Brasil Área (km 2 ): 8 547 400 Vice-Presidente: Michel Temer População (milhões hab.): 202,8 (estimativa 2014) Risco de crédito: 3 (1 = risco menor; 7 = risco maior) Capital: Brasília

Leia mais

ROSÁRIO MARQUES Internacionalizar para a Colômbia Encontro Empresarial GUIMARÃES 19/09/2014

ROSÁRIO MARQUES Internacionalizar para a Colômbia Encontro Empresarial GUIMARÃES 19/09/2014 ROSÁRIO MARQUES Internacionalizar para a Colômbia Encontro Empresarial GUIMARÃES 19/09/2014 REPÚBLICA DA COLÔMBIA POPULAÇÃO 48 Milhões SUPERFÍCIE 1.141.748 Km2 CAPITAL Bogotá 7,3 milhões PRINCIPAIS CIDADES

Leia mais

GUINÉ. Indicadores sociodemográficos e estruturais. MONTEPIO l Departamento de Estudos // março 2015 GUINÉ

GUINÉ. Indicadores sociodemográficos e estruturais. MONTEPIO l Departamento de Estudos // março 2015 GUINÉ MONTEPIO l Departamento de Estudos // março GUINÉ GUINÉ Indicadores sociodemográficos e estruturais Superfície > 25 857Km2 Dens. Populacional> 5 Hab/Km2 Reservas Externas>.611^9 $ 1 MONTEPIO l Departamento

Leia mais

I REUNIÃO DE MINISTROS DA ENERGIA DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Cascais, 23 de junho de 2015. Declaração de Cascais

I REUNIÃO DE MINISTROS DA ENERGIA DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Cascais, 23 de junho de 2015. Declaração de Cascais I REUNIÃO DE MINISTROS DA ENERGIA DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA Cascais, 23 de junho de 2015 Declaração de Cascais Os Ministros responsáveis pela Energia da Comunidade dos Países de Língua

Leia mais

PORTUGAL Comércio Exterior

PORTUGAL Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC PORTUGAL Comércio Exterior Abril de 2015 Principais Indicadores

Leia mais

Listed Companies Results First Quarter 2015 Resultados das Empresas Cotadas Primeiro Trimestre 2015. dossiers

Listed Companies Results First Quarter 2015 Resultados das Empresas Cotadas Primeiro Trimestre 2015. dossiers dossiers Business and Companies Empresas e Listed Companies Results First Quarter 215 Resultados das Empresas Cotadas Primeiro Trimestre 215 Last Update Última Actualização: 8/6/215 Portugal Economy Probe

Leia mais

Conferência CIP. Crescimento Económico: Diversificar o Modelo de Financiamento das PME

Conferência CIP. Crescimento Económico: Diversificar o Modelo de Financiamento das PME ! Crescimento e compe22vidade para as empresas portuguesas está normalmente ligado à conquista de mercados externos! Mercado domés2co é pequeno! Poder de compra diminuiu INTERNACIONALIZAR PARA CRESCER

Leia mais

imigração e comércio internacional no contexto da integração europeia o caso português

imigração e comércio internacional no contexto da integração europeia o caso português imigração e comércio internacional no contexto da integração europeia o caso português Nuno Gonçalves Ana Paula Africano Resumo: Palavras-chave Códigos JEL Abstract: Keywords model. JEL Codes 41 estudos

Leia mais

Perspetivas de colaboração Portugal China, Apoios à internacionalização e o papel da AICEP

Perspetivas de colaboração Portugal China, Apoios à internacionalização e o papel da AICEP Perspetivas de colaboração Portugal China, Apoios à internacionalização e o papel da AICEP AIMINHO Braga, 24 de Outubro, 2014 1 P a g e Distintas Entidades aqui presentes, Senhores Empresários, Minhas

Leia mais

Alemanha - Síntese País

Alemanha - Síntese País Informação Geral sobre a Alemanha Área (km 2 ): 356 970 km 2 Chanceler Federal: Angela Merkel População (milhões hab.): 81 (estimativa 2014) Risco de crédito (*): Capital: Berlim Risco do país: A (AAA

Leia mais

Portugal como destino de Nearshore Outsourcing Rogério Carapuça

Portugal como destino de Nearshore Outsourcing Rogério Carapuça Portugal como destino de Nearshore Outsourcing Rogério Carapuça Presidente da Mesa da Assembleia Geral da Associação Portugal Outsourcing 2008/2010 PORTUGAL COMO DESTINO DE NEARSHORE OUTSOURCING EDIÇÃO

Leia mais

Ambiente de Negócios: O Mercado Americano. Donzelina Barroso, Presidente, Portugal-US Chamber of Commerce 25 de Novembro de 2013, Lisboa

Ambiente de Negócios: O Mercado Americano. Donzelina Barroso, Presidente, Portugal-US Chamber of Commerce 25 de Novembro de 2013, Lisboa Ambiente de Negócios: O Mercado Americano Donzelina Barroso, Presidente, Portugal-US Chamber of Commerce 25 de Novembro de 2013, Lisboa A Câmara de Comércio: Historial Fundada em 1979 Única Câmara bilateral

Leia mais

Este documento faz parte de uma iniciativa entre o Expresso e a PwC que compara países semelhantes a Portugal em população ou PIB.

Este documento faz parte de uma iniciativa entre o Expresso e a PwC que compara países semelhantes a Portugal em população ou PIB. Países como nós Portugal vs Grécia Este documento faz parte de uma iniciativa entre o Expresso e a PwC que compara países semelhantes a Portugal em população ou PIB. Índice Dados gerais Estado e Finanças

Leia mais

França - Síntese País

França - Síntese País Informação Geral sobre França Área (km 2 ): 543 965 Primeiro-Ministro: Manuel Valls População (milhões hab.): 66,3 (estimativa janeiro ) - Insee Risco de crédito: (*) Capital: Paris Risco do país: A (AAA=risco

Leia mais

ICC 111 8. 15 agosto 2013 Original: francês. Conselho Internacional do Café 111. a sessão 9 12 setembro 2013 Belo Horizonte, Brasil.

ICC 111 8. 15 agosto 2013 Original: francês. Conselho Internacional do Café 111. a sessão 9 12 setembro 2013 Belo Horizonte, Brasil. ICC 111 8 15 agosto 2013 Original: francês P Conselho Internacional do Café 111. a sessão 9 12 setembro 2013 Belo Horizonte, Brasil O café na China Antecedentes Consoante os objetivos do Acordo Internacional

Leia mais

Guia de Negócios São Tomé e Príncipe

Guia de Negócios São Tomé e Príncipe Ministério das Relações Exteriores Departamento de Promoção Comercial e Investimentos Divisão de Inteligência Comercial Guia de Negócios São Tomé e Príncipe Guia de Negócios São Tomé e Príncipe Guia de

Leia mais

de Investimento em Angola e Cabo Verde

de Investimento em Angola e Cabo Verde Conferência Client Perspectivas name appearse Oportunidades here de Investimento em Angola e Cabo Verde PwC Conferência Estruturas de Investimento: Cabo Verde Leendert Verschoor Agenda Introdução 1 Ficha

Leia mais

PORTUGAL - INDICADORES ECONÓMICOS. Evolução 2005-2011 Actualizado em Setembro de 2011. Unid. Fonte 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Notas 2011

PORTUGAL - INDICADORES ECONÓMICOS. Evolução 2005-2011 Actualizado em Setembro de 2011. Unid. Fonte 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Notas 2011 Evolução 2005-2011 Actualizado em Setembro de 2011 Unid. Fonte 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Notas 2011 População a Milhares Hab. INE 10.563 10.586 10.604 10.623 10.638 10.636 10.643 2º Trimestre

Leia mais

Faturamento - 1966/2008 Revenue - 1966/2008

Faturamento - 1966/2008 Revenue - 1966/2008 1.6 Faturamento 1966/008 Revenue 1966/008 1966 1967 1968 1969 1970 1971 197 1973 1974 1975 1976 1977 1978 1979 198 AUTOVEÍCULOS VEHICLES 7.991 8.11 9.971 11.796 13.031 15.9 17.793 0.78 3.947 6.851 6.64

Leia mais

BRASIL Comércio Exterior

BRASIL Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC BRASIL Comércio Exterior Novembro de 2014 Índice. Dados Básicos.

Leia mais

Sociedade de Geografia de Lisboa

Sociedade de Geografia de Lisboa Sociedade de Geografia de Lisboa Tema A internacionalização das empresas portuguesas para os Países da Europa Central e Oriental (PECO) Autor Rui Paulo Almas Data Lisboa, 25 de Junho de 2012 1 A internacionalização

Leia mais

Políticas Públicas. Lélio de Lima Prado

Políticas Públicas. Lélio de Lima Prado Políticas Públicas Lélio de Lima Prado Política Cambial dez/03 abr/04 ago/04 dez/04 abr/05 ago/05 Evolução das Reservas internacionais (Em US$ bilhões) dez/05 abr/06 ago/06 dez/06 abr/07 ago/07 dez/07

Leia mais

Comércio Externo de Bens (10 9 USD) 8,0 15,0 2009a 2010a 2011a 2012a 2013a 2014b 6,0 10,0

Comércio Externo de Bens (10 9 USD) 8,0 15,0 2009a 2010a 2011a 2012a 2013a 2014b 6,0 10,0 Informação Geral sobre a Palestina População (milhões hab.): 4,5 (estimativa 2014) Unidade monetária: Shequel de Israel (ILS) e Língua oficial: Árabe Dinar Jordano (JOD) Chefe de Estado: Mahmoud Abbas

Leia mais

Ambiente de Negócios e Reformas Institucionais no Brasil

Ambiente de Negócios e Reformas Institucionais no Brasil Ambiente de Negócios e Reformas Institucionais no Brasil Fernando Veloso IBRE/FGV Book Launch of Surmounting the Middle Income Trap: The Main Issues for Brazil (IBRE/FGV e ILAS/CASS) Beijing, 6 de Maio

Leia mais

BANGLADESH Comércio Exterior

BANGLADESH Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC BANGLADESH Comércio Exterior Fevereiro de 2015 Índice. Dados Básicos.

Leia mais

QUADRO 1 Quotizações Membros Efectivos & Associados

QUADRO 1 Quotizações Membros Efectivos & Associados QUADRO 1 Quotizações Membros Efectivos & Associados CIDADES 2005 2006 2007 Ano Adesão Portugal LISBOA 1.500,00 1.500,00 1.500,00 1985 GUIMARÃES 1.500,00 1.500,00 1.500,00 1990 Subtotal 3.000,00 3.000,00

Leia mais

CAZAQUISTÃO Comércio Exterior

CAZAQUISTÃO Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC CAZAQUISTÃO Comércio Exterior Agosto de 2014 Índice. Dados Básicos.

Leia mais

RÚSSIA Comércio Exterior

RÚSSIA Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC RÚSSIA Comércio Exterior Dezembro de 2014 Índice. Dados Básicos.

Leia mais

A INFLUÊNCIA DO ENVELHECIMENTO NA SUSTENTABILIDADE DAS ORGANIZAÇÕES

A INFLUÊNCIA DO ENVELHECIMENTO NA SUSTENTABILIDADE DAS ORGANIZAÇÕES A INFLUÊNCIA DO ENVELHECIMENTO NA SUSTENTABILIDADE DAS ORGANIZAÇÕES CÉSAR FONSECA (VICE PRESIDENTE AAGI ID) COMUNICAÇÃO OFICIAL DIRECÇÃO DA ASSOCIAÇÃO 2 DE JULHO DE 2010 POLITICAS PARA O ENVELHECIMENTO

Leia mais

'DWD 7HPD $FRQWHFLPHQWR

'DWD 7HPD $FRQWHFLPHQWR 'DWD 7HPD $FRQWHFLPHQWR 22/01 Economia 25/01 Comércio Internacional 26/01 Taxas de Juro 29/01 Economia 31/01 Desemprego 31/01 Investimento Banco de Portugal divulgou Boletim Estatístico Janeiro 2007 http://epp.eurostat.ec.europa.eu/pls/portal/docs/page/pgp_prd_cat_prerel/pge_cat_prerel_year_2007/pge_

Leia mais

O ECOSSISTEMA DA INDÚSTRIA SUÍÇA UMA PLATAFORMA DE NEGOCIOS

O ECOSSISTEMA DA INDÚSTRIA SUÍÇA UMA PLATAFORMA DE NEGOCIOS O ECOSSISTEMA DA INDÚSTRIA SUÍÇA UMA PLATAFORMA DE NEGOCIOS O que você sabe sobre a Suíça? Roger Federer Chocolates Relógios de luxo 2 O que você também deve saber Hotspot para Pesquisa e Desenvolvimento

Leia mais

Tunísia : 10.3 Líbia : 6.4. Egito : 76.7 Jordânia : 51.4

Tunísia : 10.3 Líbia : 6.4. Egito : 76.7 Jordânia : 51.4 Grande Mercado Marroco Argélia População e PIB (2009) Tunísia Líbia Egípto Síria Iraq Jordânia Kuwait Bahrain Qatar Arabia S. E.A.U Iémen Oman Tunísia : 10.3 Líbia : 6.4 Egito : 76.7 Jordânia : 51.4 População

Leia mais

2011 / Portugal 2012 / Brasil. 2013 / Angola. 2014 / Cabo Verde

2011 / Portugal 2012 / Brasil. 2013 / Angola. 2014 / Cabo Verde 2011 / Portugal 2012 / Brasil 2013 / Angola 2014 / Cabo Verde Índice: - Porquê GetOut? - O Congresso do Empreendedor Lusófono - Angola - Missão ao Congresso Porquê GetOut? Portugal: Crescimento económico

Leia mais

A INOVAÇÃO EM PORTUGAL

A INOVAÇÃO EM PORTUGAL A INOVAÇÃO EM PORTUGAL Luís Portela BIAL 2 VIVEMOS NUM QUADRO DE PRONUNCIADO DUALISMO evolução notável na produção de conhecimento científico. acentuado desfasamento em comparação com as economias que

Leia mais

SPEED/Presentations/2011/001. Doing Business. Como Melhorar o Ranking de Moçambique? Perspectiva de curto prazo. PSWG 13 de Abril de 2011

SPEED/Presentations/2011/001. Doing Business. Como Melhorar o Ranking de Moçambique? Perspectiva de curto prazo. PSWG 13 de Abril de 2011 SPEED/Presentations/2011/001 Doing Business Como Melhorar o Ranking de Moçambique? Perspectiva de curto prazo PSWG 13 de Abril de 2011 1 1. Introdução 1.1. Critérios para a identificação das reformas Exequibilidade

Leia mais

Moçambique Seminário PSI. Inclusão Financeira

Moçambique Seminário PSI. Inclusão Financeira Moçambique Seminário PSI Inclusão Financeira 1 Resumo 1. Definição da inclusão financeira 2. Factos estilizados 3. Experiência internacional 4. Implicações para as políticas 2 Inclusão financeira O problema:

Leia mais

Desafios da Internacionalização O papel da AICEP. APAT 10 de Outubro, 2015

Desafios da Internacionalização O papel da AICEP. APAT 10 de Outubro, 2015 Desafios da Internacionalização O papel da AICEP APAT 10 de Outubro, 2015 Internacionalização - Desafios Diversificar Mercados Alargar a Base Exportadora 38º PORTUGAL TEM MELHORADO A SUA COMPETITIVIDADE

Leia mais

COREIA DO NORTE Comércio Exterior

COREIA DO NORTE Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC COREIA DO NORTE Comércio Exterior Dezembro de 2014 Índice. Dados

Leia mais

Espanha - Síntese País e Relacionamento Bilateral

Espanha - Síntese País e Relacionamento Bilateral Informação Geral sobre Espanha Área (km 2 ): 504 880 Primeiro-Ministro: Mariano Rajoy População (milhões hab.): 47,1 (estimativa ) Risco de crédito: (*) Capital: Madrid Risco do país: BBB (AAA = risco

Leia mais

REINO UNIDO Comércio Exterior

REINO UNIDO Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC REINO UNIDO Comércio Exterior Setembro de 2014 Índice. Dados Básicos.

Leia mais

Bélgica - Síntese País

Bélgica - Síntese País Informação Geral sobre a Bélgica Área (km 2 ): 30 528 Primeiro-Ministro: Charles Michel População (milhões hab.): 11,1 (estimativa 2014) Risco de crédito: (*) Capital: Bruxelas Risco do país: A2 (AAA =

Leia mais

Análise do Relatório Doing Business 2016

Análise do Relatório Doing Business 2016 CTA-CONFEDERAÇÃO DASASSOCIAÇÕES ECONÓMICAS DE MOÇAMBIQUE Análise do Relatório Doing Business 2016 esengo@cta.org.mz Novembro, 2015 1 O Banco Mundial divulgou recentemente o relatório Doing Business 2016,

Leia mais

Unidade: taxa de crescimento % 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020

Unidade: taxa de crescimento % 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 Superfície 11 56 Km 2 Densidade Populacional 193 Hab/Km 2 Reserv as Ex ternas 3,521 1^9 $ MONTEPIO Departamento de Estudos // junho QATAR Previsões económicas e indicadores sociais e demográficos Unidade:

Leia mais

ARGENTINA Comércio Exterior

ARGENTINA Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC ARGENTINA Comércio Exterior Agosto de 2014 Índice. Dados Básicos.

Leia mais

I Seminário Nacional dos Fóruns Estaduais das

I Seminário Nacional dos Fóruns Estaduais das BALANÇA BRASILEIRA DE COMÉRCIO EXTERIOR DE SERVIÇOS* - US$ Bilhões BRAZILIAN FOREIGN TRADE IN SERVICES BALANCE* - US$ Billion I Seminário Nacional dos Fóruns Estaduais das Microempresas e Empresas 2010

Leia mais

Investimento em Infraestrutura de Transporte como Indutor do Crescimento Econômico

Investimento em Infraestrutura de Transporte como Indutor do Crescimento Econômico Investimento em Infraestrutura de Transporte como Indutor do Crescimento Econômico Fernando Arbache Patrocínio Realização Ofereço alguns elementos para interagirmos acerca da relevância dos investimentos

Leia mais

Porque é que o Turismo. é essencial para a Economia Portuguesa?

Porque é que o Turismo. é essencial para a Economia Portuguesa? Porque é que o Turismo é essencial para a Economia Portuguesa? 14 milhões de hóspedes Vindos do Reino Unido, Alemanha, Espanha, França, Brasil, EUA Num leque de países que alarga ano após ano. 9,2 % do

Leia mais

Retrato de Portugal alguns indicadores

Retrato de Portugal alguns indicadores Retrato de Portugal alguns indicadores Apresentação de Joel Felizes Resumo O Índice de Desenvolvimento Humano e o PIB A posição de Portugal vista em diversas dimensões Comparação a nível mundial e da UE

Leia mais

SURINAME Comércio Exterior

SURINAME Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC SURINAME Comércio Exterior Novembro de 2014 Índice. Dados Básicos.

Leia mais

Nova Zelândia - Síntese País

Nova Zelândia - Síntese País Informação Geral sobre a Nova Zelândia Área (km 2 ): 270 534 Primeiro-Ministro: John Key População (milhões hab.): 4,6 () Risco de crédito: (*) Capital: Wellington Risco do país: AA (AAA = risco menor;

Leia mais

Namíbia - Síntese País

Namíbia - Síntese País Informação Geral sobre a Namíbia Área (km 2 ): 824 269 Primeiro-Ministro: Saara Kuugongelwa-Amadhila População (milhões hab.): 2,2 (estimativa ) Risco de crédito: 3 (1 = risco menor; 7 = risco maior) Capital:

Leia mais

Escalando a muralha de Zhõngguó

Escalando a muralha de Zhõngguó ASSUNTO em pauta Getty Images Escalando a muralha de Zhõngguó Competitividade, desafios sociais e futuros consumidores chineses. Por Marcelo Zorovich 11 R E V I S T A D A E S P M março / abril de 011 D

Leia mais

EVOLUÇÃO DA ATIVIDADE ECONÓMICA... 2. Atividade global... 2. Atividade setorial... 3. - Produção... 3. - Volume de negócios... 5

EVOLUÇÃO DA ATIVIDADE ECONÓMICA... 2. Atividade global... 2. Atividade setorial... 3. - Produção... 3. - Volume de negócios... 5 SÍNTESE DE CONJUNTURA Mensal fevereiro 2015 - Newsletter ÍNDICE EVOLUÇÃO DA ATIVIDADE ECONÓMICA... 2 Atividade global... 2 Atividade setorial... 3 - Produção... 3 - Volume de negócios... 5 Comércio internacional...

Leia mais

Mercados informação global

Mercados informação global Mercados informação global Rússia Informações e Contactos Úteis Maio 2015 Índice Dados Gerais 03 Informações Úteis 06 Contatos Úteis 07 2 Dados Gerais Fonte: EIU- The Economist Intelligence Unit Área:

Leia mais

A competitividade da Finlândia e a economia baseada na inovação

A competitividade da Finlândia e a economia baseada na inovação Projeto Perspectivas do Desenvolvimento Brasileiro Livro II: Trajetórias Recentes de Desenvolvimento: Estudos de Experiências Internacionais Selecionadas A competitividade da Finlândia e a economia baseada

Leia mais

UNIÃO EUROPEIA Comércio Exterior Intercâmbio comercial com o Brasil

UNIÃO EUROPEIA Comércio Exterior Intercâmbio comercial com o Brasil Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC UNIÃO EUROPEIA Comércio Exterior Intercâmbio comercial com o Brasil

Leia mais

Indicadores socioeconómicos dos Países de Língua Portuguesa

Indicadores socioeconómicos dos Países de Língua Portuguesa Publicação anual Outubro 2015 Indicadores socioeconómicos dos Países de Língua Portuguesa Comunidade em gráficos Área terrestre Milhares de km 2 População Milhões de habitantes, PIB EUR, mil milhões, preços

Leia mais

Portugal e Espanha: Comparações no contexto europeu

Portugal e Espanha: Comparações no contexto europeu Portugal e Espanha: Comparações no contexto europeu A Península Ibérica em Números 2010 Os Institutos Nacionais de Estatística de Espanha e de Portugal publicam a 7ª edição de A Península Ibérica em Números/La

Leia mais

Brasil: Potência ou Colônia? Uma reflexão necessária...

Brasil: Potência ou Colônia? Uma reflexão necessária... Brasil: Potência ou Colônia? Uma reflexão necessária... Sede Nacional Sede Nacional - SP Fundação: 1937 - origem em um sindicato têxtil; Possui 1.500 empresas associadas e representa 4,5 mil empresas;

Leia mais

Mercados informação global

Mercados informação global Mercados informação global Moçambique Informações e Contactos Úteis Janeiro 2015 Índice Dados Gerais 03 Informações Úteis 06 Contactos Úteis 07 2 Dados Gerais: Fonte: EIU- The Economist Intelligence Unit

Leia mais

Angola Breve Caracterização. Julho 2007

Angola Breve Caracterização. Julho 2007 Breve Caracterização Julho 2007 I. Actividade e Preços. Após o final da guerra civil em 2002, e num contexto de relativa estabilidade política, tornou-se numa das economias de mais elevado crescimento

Leia mais

Brasil Em Números. Novembro 2013

Brasil Em Números. Novembro 2013 Brasil Em Números Novembro 2013 Introdução Na contagem regressiva para receber a Copa do Mundo da FIFA 2014, o Brasil comemora conquistas importantes no campo econômico e social: elevou 37 milhões de brasileiros

Leia mais

Dinâmicas de rede e valor económico da língua portuguesa

Dinâmicas de rede e valor económico da língua portuguesa 1 Jornada de Diplomacia Económica ISEG 5.12.2012 Dinâmicas de rede e valor económico da língua portuguesa jose.esperanca@iscte.pt 2 As línguas no mundo Ecologia da Língua (Calvet) 3 Hipercentral Inglês

Leia mais

CABO VERDE COMO PLATAFORMA PARA ENTRADA EM OUTROS MERCADOS. Agencia Cabo Vendeana de Promoção de Investimentos

CABO VERDE COMO PLATAFORMA PARA ENTRADA EM OUTROS MERCADOS. Agencia Cabo Vendeana de Promoção de Investimentos CABO VERDE COMO PLATAFORMA PARA ENTRADA EM OUTROS MERCADOS Agencia Cabo Vendeana de Promoção de Investimentos SUMARIO 1-Quem somos, onde estamos -localização geoestratégica, CV em números 2-Nossa economia

Leia mais

ESPANHA Porta de acesso à Europa para as multinacionais brasileiras

ESPANHA Porta de acesso à Europa para as multinacionais brasileiras ESPANHA Porta de acesso à Europa para as multinacionais brasileiras ESPANHA: UM PAÍS QUE SAE DA CRISE 2,00% 1,50% Evolução do PIB espanhol 1,70% 1,00% 1% 0,50% 0,00% -0,50% -0,20% 0,10% 2010 2011 2012

Leia mais

ABDIB Associação Brasileira da Infra-estrutura e Indústrias de base

ABDIB Associação Brasileira da Infra-estrutura e Indústrias de base ABDIB Associação Brasileira da Infra-estrutura e Indústrias de base Cenário Econômico Internacional & Brasil Prof. Dr. Antonio Corrêa de Lacerda antonio.lacerda@siemens.com São Paulo, 14 de março de 2007

Leia mais

Conhecimento e Desigualdade

Conhecimento e Desigualdade Conhecimento e Desigualdade Marcos Cavalcanti CRIE Centro de Referência em Inteligência Empresarial Programa de Engenharia de Produção - COPPE/UFRJ marcos@crie.coppe.ufrj.br Segundo a OCDE o conhecimento

Leia mais

África do Sul - Síntese País

África do Sul - Síntese País Informação Geral sobre a África do Sul Área (km 2 ): 1 219 090 Vice-Presidente: Cyril Ramaphosa População (milhões hab.): 53 (2013) Risco de crédito: 4 (1 = risco menor; 7 = risco maior) Capital: Pretória

Leia mais

TURISMO NO CONTEXTO INTERNACIONAL

TURISMO NO CONTEXTO INTERNACIONAL TURISMO NO CONTEXTO INTERNACIONAL US$ bilhões O TURISMO NO COMÉRCIO INTERNACIONAL 3,500 Exportações worldwide Mundiais 3,000 2,500 Turismo 6% do total de exportações 30% das exportações de serviços US$

Leia mais

HAITI Comércio Exterior

HAITI Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC HAITI Comércio Exterior Outubro de 2015 Tabela 1 Principais Indicadores

Leia mais

Fundação de Economia e Estatística Centro de Informações Estatísticas Núcleo de Contabilidade Social

Fundação de Economia e Estatística Centro de Informações Estatísticas Núcleo de Contabilidade Social Fundação de Economia e Estatística Centro de Informações Estatísticas Núcleo de Contabilidade Social COMENTÁRIOS ACERCA DOS NÚMEROS FINAIS DO PIB DO RS E DAS DEMAIS UNIDADES DA FEDERAÇÃO EM 2010 Equipe

Leia mais

Ajuste Macro implica em baixo crescimento para 2015

Ajuste Macro implica em baixo crescimento para 2015 1 Ajuste Macro implica em baixo crescimento para 2015 Maurício Molan 55 11 3012 57 24 mmolan@santander.com.br Setembro 2014 Conclusão 2 O ambiente internacional não é tão ruim. Porém, tende a se tornar

Leia mais

VANUATU Comércio Exterior

VANUATU Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC VANUATU Comércio Exterior Abril de 2014 Índice. Dados Básicos.

Leia mais

Em Agosto de 2014, o indicador de sentimento económico diminuiu na União Europeia (-1.2 pontos) e na Área Euro (-1.5 pontos).

Em Agosto de 2014, o indicador de sentimento económico diminuiu na União Europeia (-1.2 pontos) e na Área Euro (-1.5 pontos). Ago-04 Ago-05 Ago-06 Ago-07 Ago-08 Ago-09 Ago-10 Ago-11 Ago-12 Ago-13 Ago-14 Análise de Conjuntura Setembro 2014 Indicador de Sentimento Económico Em Agosto de 2014, o indicador de sentimento económico

Leia mais

120,0. Principais Produtos Exportados - 2014 Principais Produtos Importados - 2014

120,0. Principais Produtos Exportados - 2014 Principais Produtos Importados - 2014 Informação Geral sobre o Chile Área (km 2 ): 756 096 Risco de crédito (*): População (milhões hab.): 17,7 (estimativa ) Risco do país: A2 (A = risco menor; D = risco maior) Capital: Santiago do Chile Unidade

Leia mais

ICC 115-8. O café na Federação Russa. Conselho Internacional do Café 115. a sessão 28 setembro 2 outubro 2015 Milão, Itália.

ICC 115-8. O café na Federação Russa. Conselho Internacional do Café 115. a sessão 28 setembro 2 outubro 2015 Milão, Itália. ICC 115-8 18 agosto 215 Original: inglês P Conselho Internacional do Café 115. a sessão 28 setembro 2 outubro 215 Milão, Itália O café na Federação Russa Antecedentes Cumprindo o disposto no Artigo 34

Leia mais

ÁFRICA DO SUL AERLIS - Oeiras 31.03.2011

ÁFRICA DO SUL AERLIS - Oeiras 31.03.2011 ÁFRICA DO SUL AERLIS - Oeiras 31.03.2011 Alguns factos históricos 1487 Bartolomeu Dias chega ao Cabo da Boa Esperança 1652 Holandeses, ao serviço da Dutch East India Company, instalam-se no Cabo. Colónia

Leia mais