Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ Criada pela Lei nº , de 24 de abril de AUDITORIA INTERNA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ Criada pela Lei nº. 10.435, de 24 de abril de 2002. AUDITORIA INTERNA"

Transcrição

1 RELATÓRIO DE AUDITORIA Nº. 03/2007 Setor: Licitações, Contratos e Convênios (CCC e DCF) Período: 02/07/2007 a 10/08/2007 Legislação Aplicada: - Lei nº /93 - Lei nº / Decreto nº /01 - Decreto nº /05 - Decreto nº /07 - Instrução Normativa STN nº. 01/97 ESCOPO DO TRABALHO I Os trabalhos de auditoria foram realizados no período de 02 de julho a 10 de agosto de 2007, em estrita observância às normas de auditoria aplicáveis ao serviço público federal, com o objetivo de examinar e comprovar a legalidade e legitimidade dos fatos e atos administrativos e avaliar os resultados alcançados, quanto aos aspectos de eficiência, eficácia e economicidade. Em específico, proceder à análise das licitações, dos contratos e dos convênios firmados pela UNIFEI - Universidade Federal de Itajubá, verificando o cumprimento das normas internas e da legislação pertinente e avaliar os controles internos existentes. Nenhuma restrição foi imposta aos nossos exames. II Os trabalhos foram feitos por amostragem, não tendo sido utilizado nenhum método específico para seleção dos itens auditados. Em relação aos contratos e convênios, foram priorizados os vigentes, tendo sido examinado os seguintes processos: A) Licitações: 01) / ; 02) / ; 03) / ; 04) / ; 05) / ; 06) / ; 07) / ; 08) / ; 09) / ; 10) / ; 11) / ; 12) / ; 13) / ; 14) / ; 15) / ; 16) / ; 17) / ; 18) / ; 19) / ; 20) / ; 21) / ; 22) / ; 23) / ; 24) / ; 1

2 25) / ; 26) / ; 27) / ; 28) / ; 29) / ; 30) / B) Contratos: 01) / ; 02) / ; 03) / ; 04) / ; 05) / ; 06) / ; 07) / ; 08) / ; 09) / ; 10) / ; 11) / ; 12) / ; 13) / ; 14) / C) Convênios: 01) - 118/2005 (Concedente: Secretaria de Educação Superior - SESu. Objeto: Apoio financeiro destinado ao Projeto de Implementação da Qualidade do Ensino Superior na UNIFEI. Valor: R$ ,00). Em relação a este convênio foram examinados os seguintes processos: a) / ; b) / ; c) / d) / ; e) / III Resultado dos Exames: Em relação às licitações verificamos as seguintes situações nos processos examinados: A) Item 3. - Processo nº / (Ref. Reembolso de Despesas com Alimentação, Restituição). Foi juntado aos autos e pago pela Administração a título de reembolso um Cupom Fiscal da empresa MCDONALD S COMÉRCIO DE ALIMENTOS LTDA. (Ribeirão Preto - SP) no valor de R$ 9,45 (nove reais e quarenta e cinco centavos) datado de 20/07/2005, sendo que o evento I Workshop de Pós-Graduação em Engenharia de Produção foi realizado em São Carlos - SP no período de 11 a 13 de setembro de Constatada esta impropriedade, a Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós- Graduação (PRPPG) foi imediatamente notificada a tomar as devidas providências, tendo o aluno no dia 16/08/2007 procedido à restituição do valor recebido indevidamente (R$ 9,45) conforme comprovante de recolhimento anexo. B) Item Processo nº / (Ref. Reembolso de Despesas com Alimentação, Restituição). Foi juntado aos autos e pago pela Administração a título de reembolso um Cupom Fiscal da empresa GAROTA DA URCA RESTAURANTE E BAR LTDA. no valor de R$ 54,40 (cinqüenta e quatro reais e quarenta centavos) datado de 02/05/2007, sendo que o evento Workshop Brasil-India Tecnologia Social foi realizado nos dias 2

3 04 e 05 de maio de Foi também reembolsado indevidamente ao aluno o valor de R$ 15,00 (quinze reais) referente aos gastos que teve no hotel em que se hospedou (Lemon Spirit Hostel) com o consumo de bebida alcoólica (cervejas). Constatadas estas impropriedades, a Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG) foi imediatamente notificada a tomar as devidas providências, tendo o aluno no dia 04/07/2007 procedido à restituição do valor recebido indevidamente (R$ 69,40) conforme comprovante de recolhimento anexo. C) Item Processo nº / (Ref. Reembolso de Despesas com Alimentação, Restituição). Foi reembolsado indevidamente ao aluno o valor de R$ 12,00 (doze reais) referente aos gastos que teve no hotel em que se hospedou (Lemon Spirit Hostel) com o consumo de bebida alcoólica (cervejas). Constatada esta impropriedade, a Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG) foi imediatamente notificada a tomar as devidas providências, tendo o aluno no dia 04/07/2007 procedido à restituição do valor recebido indevidamente (R$ 12,00) conforme comprovante de recolhimento anexo. Em relação aos contratos verificamos as seguintes situações nos processos examinados: A) Item Processo nº / (Contrato nº.: 040/2004. Contratada: Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa - FUNDEP. Objeto: Serviço de manutenção da conectividade IP - Internet Protocol - à espinha dorsal da RNP. Valor: R$ 2.000,00. Vigência: 25/11/2006 a 24/11/2007). I - A minuta do 1º Termo Aditivo não foi encaminhada à Procuradoria Federal para o devido parecer. II - Não foi localizado no processo o empenho de anulação nº. 2005NE no valor de R$ 2.000,00. Constatadas estas impropriedades, a Coordenação Central de Compras (CCC) foi imediatamente notificada por meio do Memorando Interno - AUDIN/027/2007 a tomar as devidas providências (Anexo à resposta da Coordenação Central de Compras - CCC). B) Item Processo nº / (Contrato nº.: 018/2006. Contratada: BPS Turismo Ltda. Objeto: Contratação de hotel para execução de serviço de hotelaria, incluindo o fornecimento de restaurante e estacionamento. Valor: R$ ,00. Vigência: 09/12/2006 a 31/12/2007). Houve um erro de digitação na data do contrato. Ficou registrado como 09 de dezembro de 2007 a data de assinatura do contrato quando o correto é 09 de dezembro de Constatada esta impropriedade, a Coordenação Central de Compras (CCC) foi imediatamente notificada por meio do Memorando Interno - AUDIN/027/2007 a tomar as devidas providências (Anexo à resposta da Coordenação Central de Compras - CCC). C) Item Processo nº / (Contrato nº.: 013/2006. Contratada: Fundação Arthur Bernardes - FUNARBE e Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa - 3

4 FUNDEP. Objeto: Liberação de acesso ao conteúdo das seções para assinantes - BUSCA, CADASTRE-SE e DESTAQUES - da base de dados disponíveis no sistema FINANCIAR para 50 (cinqüenta) usuários. Valor: R$ 7.900,00. Vigência: 18/10/2006 a 18/10/2007). Não foram procedidas as alterações na cláusula décima do contrato conforme determinado no Parecer nº. 500/2006 da Procuradoria Federal da UNIFEI: A Cláusula décima contraria as disposições legais que rege o Contrato, ou seja, a Lei nº /93 estabelece as penalidades e multas pelo descumprimento das obrigações contratuais. A UNIFEI, na condição de uma Autarquia Federal, tem o dever de atender a legislação vigente, não cabendo renunciar ou omitir suas obrigações no caso de descumprimento do contrato por parte das Contratadas. (fls. 24/27). Constatada esta impropriedade, a Coordenação Central de Compras (CCC) foi imediatamente notificada por meio do Memorando Interno - AUDIN/027/2007 a tomar as devidas providências (Anexo à resposta da Coordenação Central de Compras - CCC). D) Item Processo nº / (Contrato nº.: 001/2007. Contratada: S.S. viver Tour Viagens e Turismo Ltda. Objeto: Contratação de empresa especializada para fornecimento de passagens aéreas nacionais e internacionais. Valor: R$ ,40. Vigência: 18/01/2007 a 31/12/2007). A empresa contratada não esta cumprimento o estipulado na CLÁUSULA QUARTA, Item 4.1.9: Prestar os serviços através de filial, escritório ou representante com atuação no segmento, devidamente constituído em Itajubá/MG;. Constatada esta impropriedade, a Coordenação Central de Compras (CCC) foi imediatamente notificada por meio do Memorando Interno - AUDIN/027/2007 a tomar as devidas providências (Anexo à resposta da Coordenação Central de Compras - CCC). E) Item Processo nº / (Contrato nº.: 003/2007; 004/2007; 005/2007; 006/2007. Contratadas: Inter Aduaneira Importação e Exportação Ltda.; Logimaster & Dachser Transportes Nacionais e Internacionais Ltda.; Sec Figueiredo Ltda.; Naveport Internacional Ltda. - Objeto: Contratação de empresa para execução de serviço de desembaraço alfandegário. Valor: R$ 5.000,00; R$ 1.098,00; R$ 148,00; R$ 585,00. Vigência: 30/03/2007 a 31/12/2007). I - Foram juntados por engano ao processo Atestados de Capacidade Técnica (fls. 50/51), Declaração de Fatos Supervenientes (fl. 52) e Declaração de Pleno Conhecimento e Atendimento às Exigências de Habilitação (fl. 53) de empresa que não participou do certame (Maxtour - S.S. Viver Tour Viagens e Turismo Ltda.). II - Não foi publicado no D.O.U. a retificação de fl Constatadas estas impropriedades, a Coordenação Central de Compras (CCC) foi imediatamente notificada por meio do Memorando Interno - AUDIN/027/2007 a tomar as devidas providências (Anexo à resposta da Coordenação Central de Compras - CCC). IV Orientações: - Em relação aos reembolsos de despesas com alimentação, transporte, locomoção urbana e hospedagem de alunos, recomendamos que tanto os responsáveis pela formalização dos processos quanto os responsáveis pelos respectivos pagamentos, fiquem atentos quanto a apresentação dos comprovantes de despesas (recibos, notas 4

5 fiscais e etc.), principalmente no que se refere à especificação da mercadoria consumida, o valor e a data de emissão dos documentos; - No tocante aos próximos contratos a serem firmados pela Instituição, recomendamos uma maior atenção na elaboração e formalização dos mesmos, a fim de evitar estas e outras impropriedades similares; - Por fim, recomendamos a Coordenação Central de Compras (CCC) e ao Departamento de Contabilidade, Orçamento e Finanças (DCF) que concentrem esforços para corrigirem as falhas acima apontadas. V Conclusão: Em face dos exames realizados, concluímos que as falhas acima apontadas decorrem basicamente de alguns descuidos na hora de formalizar os processos. Cremos que isto se deva, em parte, a pouca quantidade de servidores e ao grande volume de trabalho a que estão sendo submetidos diariamente, principalmente no tocante aos servidores lotados na Coordenação Central de Compras (CCC). Entretanto, acreditamos que estas falhas podem ser gradativamente corrigidas ao longo deste exercício e nos próximos. É o nosso relatório. Itajubá, 17 de agosto de Anderson Christi Duarte Pinto Ferreira Auditor Interno - UNIFEI 5

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ Criada pela Lei nº. 10.435, de 24 de abril de 2002. AUDITORIA INTERNA

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ Criada pela Lei nº. 10.435, de 24 de abril de 2002. AUDITORIA INTERNA RELATÓRIO DE AUDITORIA Nº. 03/2008 Setor: Licitações, Contratos e Convênios (CCC e DCF) Período: 09/06/2008 a 30/06/2008 Legislação Aplicada: - Lei nº. 8.666/93 - Lei nº. 11.170/2005 - Decreto nº. 3.931/01

Leia mais

CONTRATO 035/2014 CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO

CONTRATO 035/2014 CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO CONTRATO 035/2014 A Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência (FATEC), inscrita no CNPJ n.º 89.252.431/0001-59, sediada na Cidade Universitária, em Santa Maria /RS, neste ato representada pelo Diretor Presidente,

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ Criada pela Lei nº. 10.435, de 24 de abril de 2002. AUDITORIA INTERNA

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ Criada pela Lei nº. 10.435, de 24 de abril de 2002. AUDITORIA INTERNA RELATÓRIO DE AUDITORIA Nº. 02/2012 Setor: Patrimônio - Divisão de Material (PCU) Período: 12/03/2012 a 30/03/2012 Legislação Aplicada: - Lei nº. 4.320/64 - Lei nº. 8.666/93 - Decreto-Lei nº. 200/67 - Decreto

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ Criada pela Lei nº. 10.435, de 24 de abril de 2002. AUDITORIA INTERNA

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ Criada pela Lei nº. 10.435, de 24 de abril de 2002. AUDITORIA INTERNA PLANO ANUAL DE ATDADES DE EXERCÍCO DE 2011 1 Í N D C E : NTRODUÇÃO DA FATORES CONSDERADOS NA ELABORAÇÃO DO PANT DO PLANO ANUAL DE ATDADES DE CONSDERAÇÕES GERAS ANUAL 2 N T R O D U Ç Ã O Ministério da Educação

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ Criada pela Lei nº. 10.435, de 24 de abril de 2002. AUDITORIA INTERNA

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ Criada pela Lei nº. 10.435, de 24 de abril de 2002. AUDITORIA INTERNA RELATÓRIO DE ESPECIAL SUPRIMENTO DE FUNDOS / CARTÃO DE CRÉDITO CORPORATIVO EXERCÍCIOS 2006 e 2007 Setor: Suprimento de Fundos (DCF) Período: 19/02/2008 a 28/03/2007 Legislação Aplicada: - Decreto nº. 93.872,

Leia mais

INSTRUÇÃO INTERNA DE PROCEDIMENTOS IIP Nº 005, de 24 de agosto de 2011 (*)

INSTRUÇÃO INTERNA DE PROCEDIMENTOS IIP Nº 005, de 24 de agosto de 2011 (*) INSTRUÇÃO INTERNA DE PROCEDIMENTOS IIP Nº 005, de 24 de agosto de 2011 (*) Disciplina no âmbito do IFPR as Orientações acerca da Execução Orçamentária e Financeira, relativas à Concessão de Suprimentos

Leia mais

EDITAL 02/2015 EDITAL DE CONCESSÃO DO AUXÍLIO EVENTOS

EDITAL 02/2015 EDITAL DE CONCESSÃO DO AUXÍLIO EVENTOS EDITAL 02/2015 EDITAL DE CONCESSÃO DO AUXÍLIO EVENTOS A Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), por meio da Pró-Reitoria de Sustentabilidade e Integração Social (PROSIS) torna público o presente EDITAL

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/2008

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/2008 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/2008 ATA DO REGISTRO DE PREÇOS CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DO RAMO DE PRESTAÇÃO DE

Leia mais

CERTIFICADO DE AUDITORIA Nº 001/2010

CERTIFICADO DE AUDITORIA Nº 001/2010 CERTIFICADO DE AUDITORIA Nº 001/2010 UNIDADES: Senado Federal Fundo Especial do Senado Federal - FUNSEN EXERCÍCIO: 2009 Examinamos os atos de gestão dos responsáveis relacionados às fls. 95 a 97 deste

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AUDITORIA ANUAL DE CONTAS TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2007 PROCESSO Nº

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2006 PROCESSO Nº : 08297.001142/2007-01 UNIDADE AUDITADA

Leia mais

RELATÓRIO DE AUDITORIA Nº 05/2014. Suprimento de Fundos - CPGF

RELATÓRIO DE AUDITORIA Nº 05/2014. Suprimento de Fundos - CPGF RELATÓRIO DE AUDITORIA Nº 05/2014 Suprimento de Fundos - CPGF 1. INTRODUÇÃO Em atenção ao preceituado no item 11 do PAINT/2014, devidamente aprovado pela Controladoria Geral da União Controladoria Regional

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA AGE N.º 10, DE 20 DE MAIO DE 2010.

INSTRUÇÃO NORMATIVA AGE N.º 10, DE 20 DE MAIO DE 2010. AUDITORIA GERAL DO ESTADO ATOS DO AUDITOR-GERAL INSTRUÇÃO NORMATIVA AGE N.º 10, DE 20 DE MAIO DE 2010. Estabelece normas de organização e apresentação das prestações de contas de convênios que impliquem

Leia mais

ADIANTAMENTO E REEMBOLSO DE DESPESAS

ADIANTAMENTO E REEMBOLSO DE DESPESAS ADIANTAMENTO E REEMBOLSO DE DESPESAS NÚMERO CIR.FIN.MAT.0001 Elaborada em: 08/08/2011 Atualizada em: - Quant. Páginas DEPARTAMENTO DE ORIGEM Departamento Finanças 5 1 Objetivo Este documento tem como objetivo

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO NO ESTADO DE RONDÔNIA

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO NO ESTADO DE RONDÔNIA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO NO ESTADO DE RONDÔNIA TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2006

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO CEARÁ TERMO DE REFERÊNCIA

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO CEARÁ TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA AQUISIÇÃO DE VALE-REFEIÇÃO ELEIÇÕES 2016 1 OBJETO 1.1 Contratação de empresa especializada no fornecimento de 11.958 (onze mil, novecentos e cinquenta e oito) vales-refeições de valor

Leia mais

RELATÓRIO DE AUDITORIA INTERNA Nº 03/2009 SERVIÇOS TERCEIRIZADOS

RELATÓRIO DE AUDITORIA INTERNA Nº 03/2009 SERVIÇOS TERCEIRIZADOS RELATÓRIO DE AUDITORIA INTERNA Nº 03/2009 SERVIÇOS TERCEIRIZADOS I. Dos Procedimentos: Visando dar cumprimento ao item de número 05 do PAINT/2009, devidamente aprovado pelo Conselho Superior desta Instituição,

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO CONTROLADORIA-REGIONAL DA UNIÃO NO ESTADO DE RORAIMA

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO CONTROLADORIA-REGIONAL DA UNIÃO NO ESTADO DE RORAIMA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO CONTROLADORIA-REGIONAL DA UNIÃO NO ESTADO DE RORAIMA TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2006

Leia mais

Presidência da República - Controladoria-Geral da União - Secretaria Federal de Controle Interno

Presidência da República - Controladoria-Geral da União - Secretaria Federal de Controle Interno Presidência da República - Controladoria-Geral da União - Secretaria Federal de Controle Interno Certificado: 201203352 Unidade Auditada: INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS

Leia mais

RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE VENÂNCIO AIRES CONTROLE INTERNO

RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE VENÂNCIO AIRES CONTROLE INTERNO 01/06 1 DOS OBJETIVOS 1.1 Definir normas para elaboração dos contratos de aquisição de materiais, prestação de serviços gerais e prestação de serviços e obras de engenharia. 1.2 Normatizar os procedimentos

Leia mais

EDITAL Nº 30, DE 15 DE AGOSTO DE 2014

EDITAL Nº 30, DE 15 DE AGOSTO DE 2014 EDITAL Nº 30, DE 15 DE AGOSTO DE 2014 A DIRETORA GERAL Pro-tempore DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL (IFRS) -, por intermédio da Coordenação de Extensão, no uso

Leia mais

PROJETO DE ORGANISMO INTERNACIONAL EDITAL Nº 1/2008 (BRA/03/032)

PROJETO DE ORGANISMO INTERNACIONAL EDITAL Nº 1/2008 (BRA/03/032) PROJETO DE ORGANISMO INTERNACIONAL EDITAL Nº 1/2008 (BRA/03/032) SELECIONA PROFISSIONAL, COM O SEGUINTE PERFIL: CONSULTOR (Consultor por Produto - Serviços Não Continuados) Consultor Especialista em Projetos

Leia mais

ISO 9001:2008 Recertificação do ciclo 3,5 ISO 9001 1º ano manutenção semestral 1 ISO 9001:2008 Reemissão do certificado com acreditação INMETRO -

ISO 9001:2008 Recertificação do ciclo 3,5 ISO 9001 1º ano manutenção semestral 1 ISO 9001:2008 Reemissão do certificado com acreditação INMETRO - TERMO DE CONTRATO: Nº 17/2011 CONTRATANTE: TRIBUNAL DE CONTAS DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO CONTRATADA: BSI BRASIL SISTEMAS DE GESTÃO LTDA. OBJETO DO CONTRATO: RECERTIFICAÇÃO E MANUTENÇÃO DO SISTEMA :2008

Leia mais

PROJETO BÁSICO PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ACADÊMICOS NA ÁREA DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

PROJETO BÁSICO PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ACADÊMICOS NA ÁREA DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA PROJETO BÁSICO PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ACADÊMICOS NA ÁREA DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA IMPLEMENTAÇÃO DE PROJETO DE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO LATU SENSO EM EFICIÊNCIA ENERGÉTICA PARA COMPOR O PROGRAMA DE EFICIÊNCIA

Leia mais

RELATÓRIO DE AUDITORIA Nº 03/2013. Suprimento de Fundos - CPGF

RELATÓRIO DE AUDITORIA Nº 03/2013. Suprimento de Fundos - CPGF RELATÓRIO DE AUDITORIA Nº 03/2013 Suprimento de Fundos - CPGF 1. INTRODUÇÃO Em atenção ao preceituado no item 09 do PAINT/2013, devidamente aprovado pelo Conselho Universitário da UNIFAL-MG em 29/05/2013,

Leia mais

JUSTIÇA DO TRABALHO DIVISÃO DE DOCUMENTO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA

JUSTIÇA DO TRABALHO DIVISÃO DE DOCUMENTO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA DIVISÃO DE DOCUMENTO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA Objeto: Contratação de empresa para prestação do serviço de agenciamento de viagens (emissão, remarcação e cancelamento de passagens aéreas nacionais

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AUDITORIA ANUAL DE CONTAS

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AUDITORIA ANUAL DE CONTAS PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AUDITORIA ANUAL DE CONTAS TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2007 PROCESSO Nº

Leia mais

PROJETO DE ORGANISMO INTERNACIONAL EDITAL Nº 3/2008 (BRA/03/032)

PROJETO DE ORGANISMO INTERNACIONAL EDITAL Nº 3/2008 (BRA/03/032) PROJETO DE ORGANISMO INTERNACIONAL EDITAL Nº 3/2008 (BRA/03/032) SELECIONA PROFISSIONAL, COM O SEGUINTE PERFIL: CONSULTOR (Consultor por Produto - Serviços Não Continuados) Consultor Especialista em Projetos

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ Criada pela Lei nº. 10.435, de 24 de abril de 2002. AUDITORIA INTERNA

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ Criada pela Lei nº. 10.435, de 24 de abril de 2002. AUDITORIA INTERNA RELATÓRIO DE AUDITORIA Nº. 06/2012 Setor: Transportes (PCU) Período: 15/10/2012 a 31/10/2012 Legislação Aplicada: - Instrução Normativa nº. 03/08 - IN/SEDAP nº. 205/88 ESCOPO DO TRABALHO I Os trabalhos

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO

TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO 1.1 Contratação de serviço de fornecimento de assinatura de jornais impressos e revistas, assim como acesso às matérias on line dos respectivos jornais e revistas para

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/DIR/2012

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/DIR/2012 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/DIR/2012 ESTABELECE AS NORMAS E PROCEDIMENTOS DE CONCESSÃO DE ADIANTAMENTO, PARA COMPENSAR FUTURAS DESPESAS COM HOSPEDAGEM, LOCOMOÇÃO URBANA E ALIMENTAÇÃO, DE ALUNOS, TÉCNICOS,

Leia mais

RELATÓRIO DE AUDITORIA Nº 05/2012 Licitações e Contratos

RELATÓRIO DE AUDITORIA Nº 05/2012 Licitações e Contratos RELATÓRIO DE AUDITORIA Nº 05/2012 Licitações e Contratos 1. INTRODUÇÃO Em atenção ao preceituado no item nº 11 do PAINT/2012, devidamente aprovado ad referendum pelo Reitor da UNIFAL-MG, em 28/12/2011

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AUDITORIA ANUAL DE CONTAS TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2008 PROCESSO Nº

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ Criada pela Lei nº. 10.435, de 24 de abril de 2002. AUDITORIA INTERNA

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ Criada pela Lei nº. 10.435, de 24 de abril de 2002. AUDITORIA INTERNA RELATÓRIO DE AUDITORIA Nº. 08/2010 Setor: Fundações de Apoio (FTS, FUPAI e FAPEPE) Período: 27/09/2010 a 15/10/2010 Legislação Aplicada: - Lei nº. 8.666/93 - Lei nº. 8.958/94 - Decreto nº. 5.205/04 - Decreto

Leia mais

I - Proposto: pessoa que viaja e presta contas da viagem realizada;

I - Proposto: pessoa que viaja e presta contas da viagem realizada; 1 PORTARIA MEC 403/2009 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 403, DE 23 DE ABRIL DE 2009 Dispõe sobre a solicitação, autorização, concessão e prestação de contas de diárias, passagens

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS DO PROAP/CAPES

INSTRUÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS DO PROAP/CAPES INSTRUÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS DO PROAP/CAPES PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS PESQUISA DE CAMPO(REEMBOLSO DE DESPESAS, PASSAGENS AÉREAS E TX. DE INSCRIÇÃO) Introdução: O recurso PROAP/CAPES permite o

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 013/UNIR//PRAD/2014 DE 25 DE AGOSTO DE 2014

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 013/UNIR//PRAD/2014 DE 25 DE AGOSTO DE 2014 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 013/UNIR//PRAD/2014 DE 25 DE AGOSTO DE 2014 Estabelece procedimentos para solicitação e acompanhamento dos serviços hospedagem no âmbito da Fundação Universidade Federal de Rondônia

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO TIPO DE AUDITORIA : Auditoria de Gestão PROCESSO Nº : COAD-DIR 001/2007 UNIDADE AUDITADA : Observatório Nacional CÓDIGO UG : 240126 : Rio de Janeiro RELATÓRIO Nº : 189914 UCI Executora : 170130 CGU-REGIONAL/RJ

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS n 037. Processo n 35 /2016 Pregão 13/2016

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS n 037. Processo n 35 /2016 Pregão 13/2016 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS n 037 Processo n 35 /2016 Pregão 13/2016 Aos dezessete dias do mês de março do ano de 2.016, o MUNICÍPIO DE RIO NEGRO-PR, neste ato representado pelo seu PREFEITO MUNICIPAL, MILTON

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA SECRETARIA DE CONTROLE INTERNO GERÊNCIA DE AUDITORIA TOMADA DE CONTAS ANUAL SIMPLIFICADA RELATÓRIO DE AUDITORIA Nº 18/2007/GEAUD/CISET/MD TIPO DE AUDITORIA : AVALIAÇÃO DE GESTÃO EXERCÍCIO

Leia mais

BANRISUL ARMAZÉNS GERAIS S.A. EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 001/2007 Regida pela Lei nº 8.666/93 e suas alterações

BANRISUL ARMAZÉNS GERAIS S.A. EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 001/2007 Regida pela Lei nº 8.666/93 e suas alterações BANRISUL ARMAZÉNS GERAIS S.A. EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 001/2007 Regida pela Lei nº 8.666/93 e suas alterações A Banrisul Armazéns Gerais S.A., atendendo ao disposto nos arts. 13 e 25 II da lei nº 8.666/93,

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2006 PROCESSO Nº : 01350.000002/2007-76 UNIDADE AUDITADA

Leia mais

SOLICITAÇÕES DE DIÁRIAS/PASSAGENS - SERVIDORES DA UFPB -

SOLICITAÇÕES DE DIÁRIAS/PASSAGENS - SERVIDORES DA UFPB - Página 1 de 5 SOLICITAÇÕES DE DIÁRIAS/PASSAGENS - SERVIDORES DA UFPB - Atualizado em: 18/05/2015 Abaixo segue o passo a passo (dividido em 3 tópicos) para este tipo de solicitação. A partir da página 03

Leia mais

ROTEIRO PARA CRIAÇÃO DE CURSO E OFERTA DE TURMA DE ESPECIALIZAÇÃO

ROTEIRO PARA CRIAÇÃO DE CURSO E OFERTA DE TURMA DE ESPECIALIZAÇÃO ROTEIRO PARA CRIAÇÃO DE CURSO E OFERTA DE TURMA DE ESPECIALIZAÇÃO (Conforme a Resolução 42/03-COUN, de 05 de novembro de 2003 e suas alterações). I. PROCEDIMENTO PARA CRIAÇÃO DE NOVO CURSO: A. ABERTURA

Leia mais

LEI Nº 1326/2014 De 10 de dezembro de 2014

LEI Nº 1326/2014 De 10 de dezembro de 2014 LEI Nº 1326/2014 De 10 de dezembro de 2014 Dispõe sobre concessão de diária aos Vereadores e servidores que menciona e dá outras providências. A Câmara Municipal de Piranguinho aprovou e eu, Prefeito Municipal,

Leia mais

9.8 Toda comunicação eletrônica entre os proponentes e a empresa contratada deverá ocorrer com cópia para o NIT, através do e-mail nit@ifrs.edu.br.

9.8 Toda comunicação eletrônica entre os proponentes e a empresa contratada deverá ocorrer com cópia para o NIT, através do e-mail nit@ifrs.edu.br. EDITAL PROPPI Nº 013/2015 SELEÇÃO DE INVENÇÃO OU MODELO DE UTILIDADE PARA BUSCA DE ANTERIORIDADES E ESCRITA DE RELATÓRIO DESCRITIVO PARA ENCAMINHAMENTO DE PEDIDO DE PATENTE O Pró-Reitor de Pesquisa, Pós-Graduação

Leia mais

NORMA PARA REGULAMENTAÇÃO DAS ATRIBUIÇÕES DOS AGENTES DE COMPRAS DA UNIFEI

NORMA PARA REGULAMENTAÇÃO DAS ATRIBUIÇÕES DOS AGENTES DE COMPRAS DA UNIFEI NORMA PARA REGULAMENTAÇÃO DAS ATRIBUIÇÕES DOS AGENTES DE COMPRAS DA UNIFEI NORMA PARA REGULAMENTAÇÃO DAS ATRIBUIÇÕES DOS AGENTES DE COMPRAS DA UNIFEI Dispõe sobre as atribuições dos agentes de compras

Leia mais

Norma para pagamento de diária a serviço e solicitação de passagem aérea

Norma para pagamento de diária a serviço e solicitação de passagem aérea Norma para pagamento de diária a serviço e solicitação de passagem aérea Objetivo: A presente norma tem por objetivo formalizar e agilizar os pedidos de diária e passagem a serviço da entidade bem como

Leia mais

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul : CONS. IRAN COELHO DAS NEVES

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul : CONS. IRAN COELHO DAS NEVES Relatório Voto : REV - G.ICN - 00901/2011 PROCESSO TC/MS : 6107/2008 PROTOCOLO : 908430 ÓRGÃO : PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA ALVORADA DO SUL ORDENADOR (A) DE : ARLEI SILVA BARBOSA DESPESAS CARGO DO ORDENADOR

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AUDITORIA

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AUDITORIA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2007 PROCESSO Nº : 04600.001267/2008-71 UNIDADE AUDITADA

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO UNIDADE AUDITADA : CONAB SUREG/PE CÓDIGO UG : 135285 RELATÓRIO Nº : 190674 UCI EXECUTORA : 170063 RELATÓRIO DE AUDITORIA Chefe da CGU-Regional/PE, Em atendimento

Leia mais

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO PROAF N.º 009 / 2006

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO PROAF N.º 009 / 2006 ASSUNTO: Guia de Requisição de Serviços de Hospedagem Considerando a necessidade de regulamentar a solicitação dos serviços de Requisição de Serviços de Hospedagem (convidados e/ou visitantes) no âmbito

Leia mais

Art. 3º - Além do serviço de Agenciamento de Viagens, o instrumento convocatório poderá prever, justificadamente, outros serviços correlatos.

Art. 3º - Além do serviço de Agenciamento de Viagens, o instrumento convocatório poderá prever, justificadamente, outros serviços correlatos. Campinas, 12 de março de 2015. Of. 18.222 O.E. Sr. Edner Mabeline LNX TRAVEL VIAGENS E TURISMO EIRELE Assunto: Esclarecimentos Pregão Presencial NLP 003/2015 Prezados Senhores, Em resposta à solicitação

Leia mais

3. DA ABERTURA, DIA, HORA E LOCAL

3. DA ABERTURA, DIA, HORA E LOCAL Cotação Prévia de Preço n 003-2012 Convênio 11.778 FBB Maior percentual de desconto Cotação prévia de Preços na modalidade maior percentual de desconto para contratação de empresa para intermediação de

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS CONTRATO N 047/2013.

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS CONTRATO N 047/2013. CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS CONTRATO N 047/2013. Contrato de prestação de serviços de consultoria técnicoespecializada na área tributária. MUNICÍPIO DE GOIATUBA, pessoa jurídica de direito

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 003/15. PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/15.

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 003/15. PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/15. ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 003/15. PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/15. Aos 13 dias do mês de maio de 2015, o Município de Roca Sales, entidade de direito público, situada na Rua Eliseu Orlandini, nº 51, nesta

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2006 PROCESSO Nº : 23036.000146/2007-28 UNIDADE AUDITADA

Leia mais

FUNDAÇÃO THEODOMIRO SANTIAGO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 201150062 TIPO: MENOR PREÇO

FUNDAÇÃO THEODOMIRO SANTIAGO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 201150062 TIPO: MENOR PREÇO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 201150062 TIPO: MENOR PREÇO A FUNDAÇÃO THEODOMIRO SANTIAGO, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica do Ministério

Leia mais

BOLETIM ADMINISTRATIVO Nº 020 DE 12 a 16/05/14

BOLETIM ADMINISTRATIVO Nº 020 DE 12 a 16/05/14 Leia-se:...Art. 1º DELEGAR COMPETÊNCIA e as responsabilidades decorrentes ao Superintendente Regional do DNIT nos estados de Goiás e Distrito Federal para Lavrar o Termo Aditivo de Prorrogação de prazo,

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO UNIDADE AUDITADA : NÚCLEO ESTADUAL DO MINISTÉRIO DA SAÚDE/PE CÓDIGO UG : 250029 RELATÓRIO Nº : 189831 UCI EXECUTORA : 170063 Chefe da CGU-Regional/PE, RELATÓRIO

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ Criada pela Lei nº. 10.435, de 24 de abril de 2002. AUDITORIA INTERNA

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ Criada pela Lei nº. 10.435, de 24 de abril de 2002. AUDITORIA INTERNA RELATÓRIO DE AUDITORIA Nº. 08/2011 Setor: Transportes (PCU) Período: 17/10/2011 a 04/11/2011 Legislação Aplicada: - Instrução Normativa nº. 03/08 - IN/SEDAP nº. 205/88 ESCOPO DO TRABALHO I Os trabalhos

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADO Página: 1/5 Tipo: PROCEDIMENTO Data: 29/08/2015 Título: CLÁUSULA ANTICORRUPÇÃO

SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADO Página: 1/5 Tipo: PROCEDIMENTO Data: 29/08/2015 Título: CLÁUSULA ANTICORRUPÇÃO SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADO Página: 1/5 1 OBJETIVO Em observância à Política Anticorrupção adotada pela NM ENGENHARIA E CONSTRUÇÕES LTDA. (a Política Anticorrupção ), o modelo de cláusula a seguir deve

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AUDITORIA ANUAL DE CONTAS TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO UNIDADE AUDITADA : SECRETARIA NACIONAL DE ESPORTE DE ALTO RENDIMENTO CÓDIGO UG : 180009 RELATÓRIO Nº : 209307 UCI EXECUTORA

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ Criada pela Lei nº. 10.435, de 24 de abril de 2002. AUDITORIA INTERNA

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ Criada pela Lei nº. 10.435, de 24 de abril de 2002. AUDITORIA INTERNA RELATÓRIO DE AUDITORIA Nº. 03/2012 Setor: Licitações, Contratos e Convênios (CCC e DCF) Período: 23/04/2012 a 29/06/2012 Legislação Aplicada: - Lei nº. 8.666/93 - Decreto nº. 3.931/01 - Decreto nº. 5.450/05

Leia mais

Número: 00190.012047/2013-59 Unidade Examinada: Instituto Benjamin Constant - RJ

Número: 00190.012047/2013-59 Unidade Examinada: Instituto Benjamin Constant - RJ Número: 00190.012047/2013-59 Unidade Examinada: Instituto Benjamin Constant - RJ Relatório de Demandas Externas n 00190.012047/2013-59 Sumário Executivo Este Relatório apresenta os resultados das ações

Leia mais

DECRETO Nº 951 DE 23 DE JULHO DE 2014.

DECRETO Nº 951 DE 23 DE JULHO DE 2014. DECRETO Nº 951 DE 23 DE JULHO DE 2014. Regulamenta a Lei nº 2.054 de 12 de junho de 2014 para dispor sobre o custeio de transporte, hospedagem e alimentação do colaborador eventual e do profissional técnico

Leia mais

Análise da Prestação de Contas apresentada pelo Convenente.

Análise da Prestação de Contas apresentada pelo Convenente. PARECER Nº.: 007/2012 PROCESSO: 59510.001420/2012-48 ASSUNTO: Análise da Prestação de Contas apresentada pelo Convenente. DATA: 09/07/2012. A - HISTÓRICO: A.1 - CONVENENTE: Instituto de Promoção do Desenvolvimento.

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AUDITORIA ANUAL DE CONTAS

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AUDITORIA ANUAL DE CONTAS PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AUDITORIA ANUAL DE CONTAS TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2008 PROCESSO Nº

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AÇÃO DE CONTROLE FISCALIZAÇÃO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AÇÃO DE CONTROLE FISCALIZAÇÃO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AÇÃO DE CONTROLE FISCALIZAÇÃO NÚMERO DO RELATÓRIO : 201118434 FUNCIONAL-PROGRAMÁTICA : 2012513442C020001

Leia mais

ROTEIRO PARA UTILIZAÇÃO DE RECURSOS CAPES-PROAP CONVÊNIO Nº 80.3875/2014 e-convênios nº 35183

ROTEIRO PARA UTILIZAÇÃO DE RECURSOS CAPES-PROAP CONVÊNIO Nº 80.3875/2014 e-convênios nº 35183 ROTEIRO PARA UTILIZAÇÃO DE RECURSOS CAPES-PROAP CONVÊNIO Nº 80.3875/2014 e-convênios nº 35183 1) Da legislação aplicável - Portaria CAPES nº 156 de 28 de Novembro de 2014 a. Decreto nº 7.692 de 02 de Março

Leia mais

BANRISUL ARMAZÉNS GERAIS S.A. EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 001/2014 Regida pela Lei nº 8.666/93 e suas alterações

BANRISUL ARMAZÉNS GERAIS S.A. EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 001/2014 Regida pela Lei nº 8.666/93 e suas alterações BANRISUL ARMAZÉNS GERAIS S.A. EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 001/2014 Regida pela Lei nº 8.666/93 e suas alterações A Banrisul Armazéns Gerais S.A., atendendo ao disposto nos arts. 13 e 25 II da lei nº 8.666/93,

Leia mais

NORMAS PARA SOLICITAÇÃO, AUTORIZAÇÃO, CONCESSÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE TRANSPORTE, PASSAGENS, HOSPEDAGEM E ADIANTAMENTO AOS CONSELHEIROS DE SAÚDE

NORMAS PARA SOLICITAÇÃO, AUTORIZAÇÃO, CONCESSÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE TRANSPORTE, PASSAGENS, HOSPEDAGEM E ADIANTAMENTO AOS CONSELHEIROS DE SAÚDE RESOLUÇÃO Nº 058/2012 NORMAS PARA SOLICITAÇÃO, AUTORIZAÇÃO, CONCESSÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE TRANSPORTE, PASSAGENS, HOSPEDAGEM E ADIANTAMENTO AOS CONSELHEIROS DE SAÚDE O Conselho Municipal de Saúde,

Leia mais

Orientações para o. Alexandre Lages Cavalcante Controlador Geral do Estado. Juliana Barros da Cruz Oliveira Superintendente de Controle Financeiro

Orientações para o. Alexandre Lages Cavalcante Controlador Geral do Estado. Juliana Barros da Cruz Oliveira Superintendente de Controle Financeiro Orientações para o Controle de Convênios Alexandre Lages Cavalcante Controlador Geral do Estado Juliana Barros da Cruz Oliveira Superintendente de Controle Financeiro Maio/2010 Devolução de recursos de

Leia mais

Os exames foram conduzidos de acordo com as normas de auditoria geralmente praticadas no serviço público.

Os exames foram conduzidos de acordo com as normas de auditoria geralmente praticadas no serviço público. FINANCEIRA, CONTÁBIL E ADMINISTRATIVA - RAO PERÍODO DA AUDITORIA DATA De 07/10/2012 a 03/11/2012 1/9 ÓRGÃO AUDITADO Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Tocantins - Ipem/TO EQUIPE AUDITORA NOME Valmir

Leia mais

EDITAL CAPES N 004/2012/ CAPES. Seleção pública de propostas de projetos de eventos voltados ao Programa de Apoio a Eventos no País - PAEP

EDITAL CAPES N 004/2012/ CAPES. Seleção pública de propostas de projetos de eventos voltados ao Programa de Apoio a Eventos no País - PAEP PAEP Programa de Apoio a Eventos no País EDITAL CAPES N 004/2012/ CAPES Seleção pública de propostas de projetos de eventos voltados ao Programa de Apoio a Eventos no País - PAEP A Fundação Coordenação

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE FORNECIMENTO DE PASSAGENS AÉREAS PROCESSO Nº 7331-09.00/08-0 PREGÃO Nº 46/08 AJDG N 127/2008 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA,

Leia mais

ANEXO II MODELOS DA LICITAÇÃO MODELO N.º 3 DECLARAÇÃO DE PLENO ATENDIMENTO AOS REQUISITOS DE HABILITAÇÃO

ANEXO II MODELOS DA LICITAÇÃO MODELO N.º 3 DECLARAÇÃO DE PLENO ATENDIMENTO AOS REQUISITOS DE HABILITAÇÃO ANEXO II MODELOS DA LICITAÇÃO MODELO N.º 1 CARTA CREDENCIAMENTO MODELO N.º 2 PROPOSTA COMERCIAL MODELO N.º 3 DECLARAÇÃO DE PLENO ATENDIMENTO AOS REQUISITOS DE HABILITAÇÃO MODELO N.º 4 DECLARAÇÃO DE REGULARIDADE

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE GOIÁS TERMO DE REFERÊNCIA

ESTADO DE GOIÁS DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE GOIÁS TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA EM SERVIÇOS DE FORNECIMENTO DE PASSAGENS AÉREAS, NACIONAIS E INTERNACIONAIS, TRASLADOS, RESERVAS, HOSPEDEGENS E ALIMENTAÇÃO EM HÓTEIS, PARA

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AUDITORIA ANUAL DE CONTAS TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO UNIDADE AUDITADA : HOSPITAL DE IPANEMA CÓDIGO UG : 250103 RELATÓRIO Nº : 208073 UCI EXECUTORA : 170130 Senhor Chefe da CGU-Regional/RJ,

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AUDITORIA ANUAL DE CONTAS TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2008 PROCESSO Nº

Leia mais

REGIMENTO INTERNO AUDITORIA INTERNA DA UNIFEI. CAPÍTULO I Disposições Preliminares

REGIMENTO INTERNO AUDITORIA INTERNA DA UNIFEI. CAPÍTULO I Disposições Preliminares REGIMENTO INTERNO DA UNIFEI CAPÍTULO I Disposições Preliminares Art. 1º. A Auditoria Interna da Universidade Federal de Itajubá é um órgão técnico de assessoramento da gestão, vinculada ao Conselho de

Leia mais

Ministério Público Federal Procuradoria da República em Pernambuco

Ministério Público Federal Procuradoria da República em Pernambuco Inquérito Civil Público n. º 1.26.000.002238/2010-98 Promoção de Arquivamento nº 599-2013/MPF/PRPE/AT PROMOÇÃO Cuida-se de inquérito civil público instaurado nesta Procuradoria da República, com o intuito

Leia mais

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO E

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO E PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO - ANEXOS - ANEXO I - PROCEDIMENTOS PARA CAPACITAÇÃO INTERNA DO REQUERIMENTO Art. 1º - A capacitação interna poderá ser proposta pela Reitoria, Pró-Reitorias ou Diretorias

Leia mais

Disciplina a concessão de auxílio-transporte às Prefeituras Municipais para garantir aos alunos acesso à escola pública estadual

Disciplina a concessão de auxílio-transporte às Prefeituras Municipais para garantir aos alunos acesso à escola pública estadual 32 São Paulo, 121 (89) Diário Ofi cial Poder Executivo - Seção I sexta-feira, 13 de maio de 2011 Resolução SE-28, de 12-5-2011 Disciplina a concessão de auxílio-transporte às Prefeituras Municipais para

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ Criada pela Lei nº. 10.435, de 24 de abril de 2002. AUDITORIA INTERNA

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ Criada pela Lei nº. 10.435, de 24 de abril de 2002. AUDITORIA INTERNA RELATÓRIO DE AUDITORIA Nº. 07/2010 Setor: Obras Públicas (Assessoria Especial de Obras) Período: 26/07/2010 a 13/08/2010 Legislação Aplicada: - Lei nº. 8.666/93 - Lei nº. 4.320/64 - Lei nº. 6.496/77 -

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº, DE DE DE 2015.

RESOLUÇÃO Nº, DE DE DE 2015. RESOLUÇÃO Nº, DE DE DE 2015. Estabelece as informações contábeis e societárias a serem apresentadas pelas Concessionárias de Serviço Público de Infraestrutura Aeroportuária e pelos administradores dos

Leia mais

Roteiro para Pagamento de Auxílio à Estudante: PROAP - 2014 Convênio 806696

Roteiro para Pagamento de Auxílio à Estudante: PROAP - 2014 Convênio 806696 Aluno deverá: Roteiro para Pagamento de Auxílio à Estudante: PROAP 2014 Convênio 806696 1) Atender as condições previstas na Portaria 64 da CAPES e preencher o formulário de requisição de auxílio. 2) Informar

Leia mais

Edital 01/2013 PRPPG/Unespar Apoio à publicação de artigos em periódicos científicos

Edital 01/2013 PRPPG/Unespar Apoio à publicação de artigos em periódicos científicos Edital 01/2013 PRPPG/Unespar Apoio à publicação de artigos em periódicos científicos A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Estadual do Paraná PRPPG/Unespar torna pública a seleção

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CASA CIVIL SECRETARIA DE CONTROLE INTERNO COORDENAÇÃO-GERAL DE AUDITORIA RELATÓRIO DE AUDITORIA

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CASA CIVIL SECRETARIA DE CONTROLE INTERNO COORDENAÇÃO-GERAL DE AUDITORIA RELATÓRIO DE AUDITORIA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CASA CIVIL SECRETARIA DE CONTROLE INTERNO COORDENAÇÃO-GERAL DE AUDITORIA TIPO DE AUDITORIA : Auditoria de Gestão EXERCÍCIO : 2009 PROCESSO : 00181.000687/2010-82 UNIDADE AUDITADA

Leia mais

ANEXO III PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG MINUTA DO CONTRATO

ANEXO III PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG MINUTA DO CONTRATO ANEXO III PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG MINUTA DO CONTRATO Instrumento Particular de Contrato referente ao PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG, que entre si fazem o Serviço Social do Comércio

Leia mais

PROJETOS DE PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA NORMAS E PROCEDIMENTOS GERAIS UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS http://www.fapemig.br/files/manual.

PROJETOS DE PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA NORMAS E PROCEDIMENTOS GERAIS UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS http://www.fapemig.br/files/manual. PROJETOS DE PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA NORMAS E PROCEDIMENTOS GERAIS UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS http://www.fapemig.br/files/manual.pdf INFORMAÇÕES GERAIS Duração do projeto O prazo de vigência do projeto

Leia mais

DECRETO Nº 7.622, DE 20 DE MAIO DE 2005.

DECRETO Nº 7.622, DE 20 DE MAIO DE 2005. DECRETO Nº 7.622, DE 20 DE MAIO DE 2005. Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no artigo 15, 3º da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993 e artigo 11 da Lei Federal nº 10.520, de 17 de julho

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AUDITORIA ANUAL DE CONTAS TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO UNIDADE AUDITADA : JBRJ/ACF/DIRAD CÓDIGO UG : 443020 RELATÓRIO Nº : 208056 UCI EXECUTORA : 170130 Sr. Chefe da CGU-Regional/RJ,

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2006 PROCESSO Nº : 50600.003157/2007-81 UNIDADE AUDITADA

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2006 PROCESSO Nº : 23087.000109/2007-14 UNIDADE AUDITADA

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviço de Agenciamento de Viagens PO I ESIS

TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviço de Agenciamento de Viagens PO I ESIS TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviço de Agenciamento de Viagens POIESIS ÍNDICE DO TERMO DE REFERÊNCIA TÉCNICA 1. OBJETIVO GERAL 2. JUSTIFICATIVA 3. DOS SERVIÇOS 4. DOS CRITÉRIOS DE JULGAMENTO 5. OBRIGAÇÕES

Leia mais

NORMA DE EXECUÇÃO Nº 03, DE 21 DE JUNHO DE 2011

NORMA DE EXECUÇÃO Nº 03, DE 21 DE JUNHO DE 2011 NORMA DE EXECUÇÃO Nº 03, DE 21 DE JUNHO DE 2011 * Publicada no DOE em 28/06/2011 Estabelece procedimentos a serem observados pelos agentes fiscais para fins de lançamento do crédito tributário relativo

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural Serviço Nacional de Aprendizagem Rural REGULAMENTO DOS PROCEDIMENTOS PARA CELEBRAÇÃO DE TERMOS DE COOPERAÇÃO Estabelece diretrizes, normas e procedimentos para celebração, execução e prestação de contas

Leia mais

ESTADO DO AMAZONAS PREFEITURA MUNICIPAL DE BARCELOS

ESTADO DO AMAZONAS PREFEITURA MUNICIPAL DE BARCELOS CARTA CONTRATO Nº 054/2014, que celebram entre si a PREFEITURA MUNICIPAL DE BARCELOS e LOMAQ TRANSPORTES E CONSTRUÇÕES LTDA - ME, objetivando a execução de SERVIÇOS DE LIMPEZA E CAPINAÇÃO PARA REMOÇÃO

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CASA CIVIL SECRETARIA DE CONTROLE INTERNO COORDENAÇÃO-GERAL DE AUDITORIA RELATÓRIO DE AUDITORIA

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CASA CIVIL SECRETARIA DE CONTROLE INTERNO COORDENAÇÃO-GERAL DE AUDITORIA RELATÓRIO DE AUDITORIA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CASA CIVIL SECRETARIA DE CONTROLE INTERNO COORDENAÇÃO-GERAL DE AUDITORIA TIPO DE AUDITORIA : Auditoria de Gestão EXERCÍCIO : 2009 PROCESSO : 0912/2010 UNIDADE AUDITADA : Empresa

Leia mais