O DESENVOLVIMENTO DO SEU MUNICÍPIO PASSA PELAS SUAS MÃOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O DESENVOLVIMENTO DO SEU MUNICÍPIO PASSA PELAS SUAS MÃOS"

Transcrição

1 O DESENVOLVIMENTO DO SEU MUNICÍPIO PASSA PELAS SUAS MÃOS Vencedores do VII Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor Categoria - Melhor Projeto Prefeitura do Município de Marechal Deodoro - AL

2 O DESENVOLVIMENTO DO SEU MUNICÍPIO PASSA PELAS SUAS MÃOS Vencedores do VII Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor FICHA TÉCNICA Presidente do Conselho Deliberativo Nacional Roberto Simões Diretor Presidente Luiz Eduardo Pereira Barretto Filho Diretor Técnico Carlos Alberto dos Santos Diretor de Administração e Finanças José Claudio dos Santos Gerente da Unidade de Políticas Públicas Bruno Quick Gerente da Unidade de Marketing e Comunicação Cândida Bittencourt Coordenadora Nacional do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor Denise Donati Consultor do Prêmio Sandro Salvatore Coordenação Editorial Plano Mídia Comunicação (61) / 67 Coordenador e Editor Abnor Gondim Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Sebrae Textos Anna Bernardes, Carolina Andrade, Cláudio Barbosa, Emília Andrade, Pelágio Gondim, Rafael Carvalho,Valtermir Rodrigues e Vanessa Simas (Plano Mídia) Produção Elias Azeredo, Gilmara Vieira, Luiza Xavier e Veruchka Fabre Colaboração Unidades de Políticas Públicas/Sebrae UF Fotos Agência Sebrae de Notícias/Sebrae UF Assessorias das Prefeituras Capa e ilustrações Lew Lara Projeto gráfico e diagramação Vanessa Farias, Grupo Informe Comunicação Integrada Revisão Diego Freitas, Grupo Informe Comunicação Integrada Versão eletrônica Plano Mídia Comunicação/Maven Agradecimentos Aos prefeitos e às prefeitas que Hzeram inscrições habilitadas nas sete edições do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor (2001, 2002, 2003, 2005, 2007, 2009 e 2011) e aos futuros participantes da VIII Edição Realização Unidade de Políticas Públicas do Sebrae Sebrae SGAS 604/605 Módulos 30 e 31 Asa Sul Brasília Distrito Federal CEP: Tel.: (61) Central de Relacionamento Sebrae

3 S umário Ficha técnica Identificação do município Dados cadastrais da equipe técnica do projeto.4 3. Dados estatistícos Relatos do prefeito Categorias Ações Ações Ações Ações Ações Ações Ações... 23

4 1. Identificação do município 1.1. Dados Cadastrais do Município Nome do Prefeito/Administrador Regional: Cristiano Matheus da Silva e Souza Nome do Município/Administração Regional: Prefeitura do Município de Marechal Deodoro 2. Dados cadastrais da equipe técnica do projeto Responsável Nome: HERBERT FREIRE DE ARAÚJO Cargo: SECRETÁRIO DE TURISMO 3. DADOS ESTATISTÍCOS 3.1. Dados do Município População Fonte da Informação Ano IBGE 2010 IDH-M Fonte da Informação Ano 0,539 IBGE 2000 PIB (em R$) Fonte da Informação Ano ,56 IBGE RELATOS DO PREFEITO Como e por que tomei a decisão de apoiar as ME e EPP do meu município Desde o momento que decidi estar a frente da administração pública de Marechal Deodoro, mesmo antes da vitória expressiva no último pleito eleitoral de 2009, verifiquei junto àqueles que viriam a compor nossa equipe de governo, que pelas características sócio-territorial-político-econômica que o município apresentava, Marechal era composto por um verdadeiro leque de oportunidades com identidades próprias e definidas. Em seu território, importantes núcleos populacionais estavam distribuídos em um cenário, onde povoados como, o da Praia do Francês, Massagueira, Ilha de Santa Rita (Comunidades de Barra Nova, Ilha de Santa Rita e Riacho Velho) e o Centro Histórico, onde fica a sede administrativa, encontravam-se dispersos, desconectados e apresentavam suas peculiaridades nos aspectos acima citados. Ao mesmo tempo, também, verificamos que os mesmos possuíam algo em comum um variado número de estabelecimentos comerciais nos mais diversificados setores econômicos em um município eminentemente vocacionado para o Turismo, associado à presença de um promissor Polo Industrial. Devido a estes fatores, imaginamos uma política de desenvolvimento com inclusão social que atingisse o maior número possível dos atores sociais locais e incrementasse um maior número dos elos das cadeias produtivas mais relevantes para Marechal Deodoro. Assim, os eixos adotados para serem trabalhados pela nossa equipe, e que vem sendo desenvolvidos de forma sistemática, foram focados na formação profissional, pois os recursos humanos, a mão de obra local encontrava-se deficitária; também o fortalecimento associativista, assim como a formalização dos trabalhadores ativos, foram dois outros fatores que apostamos para o nosso sucesso que já vimos conseguindo nessa atual gestão. Foi desta forma que por nossa análise de, vi nas parcerias com o sistema S de desenvolvimento, entre outras entidades governamentais, que uma das saídas para um avanço sustentável para Marechal Deodoro, deveria versar por mecanismos que contemplassem as ME s, as EPP s e MEI s, sem esquecer de fortalecer com integração geral, as indústrias do Pólo Multifabril em expansão, instalado em nosso município Quais foram as minhas primeiras iniciativas nesta direção e quais as dificuldades que tive que superar 4

5 Vencedores do 7º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor ( ) Pelos motivos acima explicitados que me levaram a apoiar as ME s e EPP s em Marechal Deodoro, passo a relatar quais as minhas, para melhor dizer, as nossas iniciativas, que fizeram com que atualmente nosso município passe por um estágio bem diferente, do que encontramos quando assumimos a Prefeitura. O cenário inicial que encontrei, foi, além de receber a máquina pública operando em déficit, salários atrasados, com dívidas administrativas, nas mais diferentes esferas, as maiores dificuldades que tive de superar, foi o de encontrar um povo desacreditado, com problemas de auto estima, formação profissional precária e os principais setores econômicos importantes para Marechal Deodoro como o Turismo, as Indústrias do Polo Fabril, a Pesca e a Indústria sucro-alcooleira, totalmente desconexas e alguns, com baixa competitividade. Para superação destes obstáculos, as principais iniciativas adotadas basearam-se em fortes parcerias governamentais e privativas, onde a máquina passou a movimentar-se concernente aos interesses dos entes envolvidos. Ou seja, o fomento de uma infra-estrutura e ações governamentais capazes de atrair novos investidores e seus respectivos investimentos, aliada a uma intensa capacitação das comunidades locais. Com isso, por meio de um novo código tributário e seus incentivos fiscais, conseguimos com essas parcerias, captar novas Indústrias, mais MPE s, além de induzir um fortalecimento da mão de obra local a fim de absorver as oportunidades criadas com a geração de novas frentes de trabalho, ocupadas por uma população mais consciente de suas potencialidades, mais confiantes no futuro e alegres por estarem participando do crescimento ordenado de seu município Quais foram as minhas estratégias para apoiar os pequenos negócios do meu município e quais foram os pontos fracos e fortes destas estratégias Depois de inventariar, sentir e diagnosticar a situação encontrada em 2009, buscamos dirimir os principais entraves herdados pela Prefeitura de Marechal Deodoro. Tínhamos nesse momento, uma missão no tocante a administração dos recursos financeiros e humanos: elaborar processos de desenvolvimento baseado na sustentabilidade, onde a unidade territorial com suas diferentes comunidades e respectivas vocações, pudessem colaborar com a reconstrução e fortalecimento municipal e passar a ter um novo sentimento positivo a sua terra natal. Foi no desenvolver desse pensamento, que lançamos no segundo trimestre do corrente ano, o material impresso, produzido pela Secretaria Municipal de Turismo, o Marechal Te Adoro Um Leque de Oportunidades (ver em anexo), mostrando a todos os interessados em investir e abraçar Marechal Deodoro, que acreditar no nosso município, e apostar nas diversas possibilidades de investimentos, dos mais diversificados portes, era não apenas uma segurança para os moradores locais, como a todos que virem em Marechal, um lugar ideal para visitar e montar seus negócios. Como pontos fracos para a execução de nossas estratégias, a baixo autoestima e o descrédito da população, aliada a escassa e deficiente formação profissional para atender as necessidades do mercado, em destaque, a ampliação do Polo Industrial, foram uns dos entraves, que fomos remediando através de parcerias institucionais, como o Programa ACREDITAR da Odebrecht. Como pontos fortes, a interação: Prefeitura Municipal, Governo do Estado, iniciativa privada, e as instituições do sistema S foram fundamentais para o sucesso pelo qual nosso município se encontra. Somado a esse fator, sobressalta-se a implementação da Lei Geral das MPE s e os programas do SEBRAE e seus parceiros, no tocante ao nosso engajamento municipal, com a formação dos Agentes de Desenvolvimento, o apoio a ADLIS local a ADLIS da República, e suas respectivas associações de Classes envolvidas (Artesãs, cocadeiras, etc), a atuação da FEDERALAGOAS e a ACEMDE Associação Comercial e Empresarial de Marechal Deodoro, juntas, veem realizando um consistente trabalho de assistência aos ambulantes e as artesãs da Praia do Francês e às cocadeiras de Massagueira, e finalmente, a colaboração de ONG s, como o Programa MD BRASIL (Instituto Nossa Senhora do Rosário de Fátima), com seu lema: Ajudando a construir uma nova Marechal, vem fazendo diferenças; quando Governo, a iniciativa 5

6 privada e as comunidades organizadas, juntos, com um instrumental adequado, são capazes de por meio da participação integrada, transformar e tornar viável à vida de seus cidadãos no lugar onde vivem Resumo dos meus planos para os pequenos negócios do meu município até o fim do meu mandato Consolidar nosso plano de desenvolver de forma integrada, participativa e sustentável o município de Marechal Deodoro, por meio do fortalecimento das parcerias existentes as entidades do Sistema S de desenvolvimento e a busca de novos parceiros tanto da esfera estadual, como federal e nas Organizações Não Governamentais é um dos nossos propósitos para viabilizar nosso crescimento com a qualificação dos recursos humanos locais. Sem esquecer da interação regional, como os vizinhos da Lagoas e Mares do Sul, pretendemos gerar um maior envolvimento por parte do que dispomos, em todo litoral sul alagoano e a região metropolitana de Maceió, uma rede de contatos, um sistema econômico, através das MPE s da região, que possibilite que os recursos, estes, financeiros possam circular e gerar frentes de trabalhos que fixem nossos munícipes em seus locais de domicílios, gerando um sentimento de pertença de seu lugar, com um maior engajamento no respeito aos seus patrimônios naturais, e histórico culturais. 5. CATEGORIAS 5.1. Categorias Escolhidas para Participar Melhor Projeto 6. AÇÕES 6.1. Descrição da Ação nº Título da Ação Davi e Golias em Marechal Deodoro Unidos para o Desenvolvimento Local Integrado e Sustentado Natureza da Ação Capacitação e empreendedorismo Descritivo Sintético da Ação Esta ação consiste em ver, como no caso de Marechal Deodoro, municípios que possuem polos industriais, de que maneira atingir de forma sistemática, as comunidades locais, por meio de capacitações, qualificando-as para o mercado de trabalho demandado por estas empresas, mas sem perder o foco de, por meio deste legado da formação profissional, induzir a formalização de MEI s para a prestação de serviços oriundos da terceirização que a política empresarial atualmente adota. Além deste fato, observa-se, quanto de aquecimento da economia interna, outros setores são beneficiados com esta sinergia entre o grande empresário e as pequenas e micro-empresas influenciadas nesse processo de mutualismo operacional Público Alvo Seq. Setor Econômico MPE Município MPE Beneficiada Percentual (%) 01 Alojamento e Alimentação ,00 02 Comércio e Repar. de Veíc. Automotores e Motocicletas; e Com. Varejo de Combustíveis ,00 03 Construção ,00 04 Fabricação de Produtos Químicos ,00 05 Transporte Terrestre ,03 06 Comércio Varejista e Reparação de Objetos Pessoais e Domésticos ,00 6

7 Vencedores do 7º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor ( ) 6.3. Objetivos Principais Demonstrar que a união entre as grandes e pequenas e micro-empresas, por meio de um planejamento estratégico sistematizado é viável para o desenvolvimento sustentável dos municípios. Criar por mecanismos administrativos ações indutoras de captação de novos investimentos, de diferentes portes, visando o fortalecimento das comunidades locais para absorver as oportunidades de emprego e geração de renda, seja como prestadores de serviços ou como MPE s, incluídas no processo de terceirização das atividades demandadas. Qualificar os recursos humanos locais para a absorção das oportunidades geradas entre a interação dos diferentes atores da iniciativa privada envolvidas nestes processos Histórico da Implantação Todo processo desta ação deu início com a ampliação da Braskem, por meio de sua nova planta de duplicação no Polo Multifabril Industrial José Aprígio Vilela, localizado em Marechal Deodoro uma ação da política de atração de investimentos do governo de Alagoas, em parceria com o governo municipal. Para tal, Leis municipais de incentivos fiscais foram criadas (ver em anexo) visando também a garantia de inclusão e da participação das comunidades de Marechal Deodoro nas novas frentes de trabalho surgidas por este fato. Como o quadro da mão de obra local encontrava-se deficiente, para a capacitação de trabalhadores, o instrumento principal foi o Programa Acreditar, criado em 2008, na região Norte do país, iniciativa de sucesso da Norberto Odebrecht indústria responsável por esta duplicação. Numa Parceria entre Braskem, Odebrecht, SENAI, governo do Estado e Prefeitura de Marechal, O Programa ACREDITAR foi adequado às necessidades da referida obra, e implantado em Marechal Deodoro, quando foram realizados vários cursos, com a finalidade de preparar os futuros trabalhadores para atuar nas 765 vagas na implantação das obras da nova planta industrial. Esses cursos e treinamentos ocorreram no Centro de Formação Santa Rosa de Lima, no Povoado de Barra Nova, onde este espaço e o transporte dos envolvidos ficou de responsabilidade da Prefeitura. Com um número de 1185 inscritos, oriundos de uma ampla campanha de divulgação e recebimentos de currículos junto aos moradores de Marechal, segundo Cristiane Haun, Relações Públicas da Odebrecht, do final de setembro de 2010 até o dia 30 de novembro, 578 trabalhadores foram formados, destes 233 já foram contratados. Como um dos fatores importantes desta iniciativa, destacamos a ampla contribuição na formação e qualificação profissional que fica como legado, diante do potencial crescimento que o município vem passando. Outros aspectos relevantes e sinérgicos que esta ação vem consolidando ainda mais este processo de desenvolvimento sustentável, passa pelo considerável incremento na captação de novas indústrias, por parte do Estado; no fomento da infraestrutura de acesso, com a duplicação da Rodovia AL 101 Sul e no avanço do setor de construções e empreendimentos da cadeia produtiva do turismo, diversificando seu efeito multiplicador. Este último, com esta ação, vem sofrendo positivamente um forte impacto com a ocupação de inúmeras pousadas, não apenas em Marechal Deodoro, como em municípios vizinhos, como a Barra de São Miguel, no período de baixa estação pelo considerável aumento na demanda por serviços de uma forma em geral, estimulando a abertura de novos mercados Resultados Alcançados Além do resultado direto da ação no tocante a capacitação, outros itens econômicos do município foram influenciados positivamente, sendo inevitável a citação destes resultados no que é o núcleo desta iniciativa, o de induzir o desenvolvimento sistemático, onde o maior número de elos das cadeias produtivas locais sejam influenciados, a partir de uma ação pontual. No nosso caso, aproveitar a sinergia existente para o setor industrial, mostrando que é possível, com planejamento, que outros setores sejam envolvidos no processo. 7

8 Dos 1185 inscritos, residentes de Marechal Deodoro, até 11 de novembro, 578 foram formados e destes, 233 trabalhadores foram contratados e estão em plena atividade profissional; Realização de 12 cursos de qualificação (média de 150 a 160 h de carga horária), nas áreas de armador de ferragens, carpinteiro, caldeireiro, encanador industrial, eletricista força e controle, eletricista montador, mecânico ajustador, mecânico montador e soldador. Com a duplicação da nova Planta industrial da BRASKEM, dezenas de pessoas foram atraídas para Marechal Deodoro, demandando uma série de serviços, nos mais variados setores. O setor imobiliário de hospitalidade, foram dois que mais foram influenciados por esta ação, quando dezenas de imóveis foram locados, dentre prédios residenciais e meios de hospedagens como diversas pousadas da Praia do Francês (Coco Loco, Miragem, Le Baron, Miroco, Chales Beija Flor, Blue Viking e Flats Big Big, dentre outros) e da Barra de São Miguel, onde aproximadamente, segundo fontes ligadas a estes setores, aproximadamente 500 pessoas (apenas na Praia do Francês) aquecem estes dois vetores nesta fase de implantação no polo Multifabril. Um complexo de alojamento e quadras poliesportivas foi construído na sede administrativa para hospedar os funcionários contratados (atualmente 260 funcionários trabalhadores ocupam esse complexo), originados de outros Estados e municípios, onde esse complexo erguido, após as conclusões das obras de duplicação, será repassado para o município para o funcionamento da Faculdade de Marechal Deodoro. (ver foto em anexo) 6.6. Investimentos Realizados Receitas Seq. Parceiro Valor Percentual (%) 01 BRASKEM/ODEBRECHT ,00 80,00 02 Prefeitura de Marechal Deodoro ,00 20,00 Totais ,00 100, Aplicações de Recursos Seq. Natureza Prórpio (%) Parceiro (%) Total (%) 01 Trasporte para os engajados nos cursos ,00 20, ,00 20, ,00 20,00 02 Operacionalização dos cursos (instrutores, equipamentos, etc) ,00 80, ,00 80,00 Totais ,00 100,00 0,00 0, ,00 100,00.7. Relato dos Beneficiados Nome: José Rosinaldo da Silva 38 anos Relação: Fez o curso do Programa ACREDITAR, de eletricista fc, durante 3 meses: de junho a agosto. Relato: Eu já trabalhava com eletricidade, mas não tinha a teoria, o certificado. O curso de eletricista me ensinou a parte elétrica industrial e residencial, aprendi muita coisa que não sabia. Hoje posso fazer pequenos trabalhos extras, que ajudam a renda no final do mês e no final do ano. Fazer o curso me ajudou a melhorar a qualidade de vida da minha família. Nome: Fernanda Márcia Santos de Oliveira 32 anos Relação: Fez o curso do Programa ACREDITAR, de Solda Tig Relato: Eu sempre fui uma pessoa curiosa. Quando surgiram os cursos, me interessou o de solda pela possibilidade de trabalhar no estaleiro que está para surgir por aqui. Agora, pretendo me especializar mais nessa área para ter a experiência de utilizar esse conhecimento num trabalho futuro e melhorar de vida. 8

9 Vencedores do 7º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor ( ) Nome: Fernando Santos da Silva 19 anos Relação: Fez o curso do Programa ACREDITAR, de Solda Eletrodo Relato: Eu nunca tinha trabalhado. Daí fiz o curso e já estou trabalhando como auxiliar de eletricista. Nem é exatamente a área do curso, mas ajudou porque vai servir para o meu futuro dele. Possivelmente todos nós que fizeram os cursos profissionalizantes seremos chamados para trabalhar no estaleiro que será instalado em Alagoas. 7. AÇÕES 7.1. Descrição da Ação nº Título da Ação Instrumentalização e reciclagem na Gestão Pública Eficiência com Sustentabilidade à serviço da Comunidade Natureza da Ação Modernização da Gestão Pública para o desenvolvimento sustentável Descritivo Sintético da Ação Composto por uma série de iniciativas administrativas, essa ação envolve desde o uso da tecnologia (programas, softwares, novos equipamentos, treinamento pessoal) para um melhor atendimento e funcionamento interno da máquina pública, até o seu extremo, com relação ao uso de um equipamento potencialmente poluidor, os pneus automotivos e as garrafas pet, veem sendo reciclados e transformados em móveis e peças utilitárias e que atualmente vem compondo ambientes de estabelecimentos comerciais, Posto de Saúde, repartições públicas, etc P úblico Alvo Seq. Setor Econômico MPE Município MPE Beneficiada Percentual (%) 01 Administração Pública, Defesa e Seguridade Social ,00 02 Fabricação de Produtos Químicos ,00 03 Comércio Varejista e Reparação de Objetos Pessoais e Domésticos ,00 04 Transporte Terrestre ,00 05 Educação , Objetivos Principais Tornar mais eficiente a administração pública através da comunicação interinstitucional, estilo Messenger, agilizando as resoluções demandadas, encurtando caminhos entre os diversos setores que compõem a prefeitura; Contribuir para um melhor atendimento aos fornecedores e contribuintes da Prefeitura (os passivos públicos de uma forma geral), com uma estrutura adequeda, por meio do uso da tecnologia, da reestruturação do setor de tributos e procuradoria municipal, com os associados treinamentos do pessoal, planejados e executados para operarem todos num espaço físico, e/ou próximos, uns dos outros setoresserviços. Reduzir por meio da reciclagem, com o uso da criatividade e artes das comunidades locais, o destino das garrafas pet, dos pneus automotivos, entre outros componentes constituintes dos resíduos sólidos, reutilizando-os dentro das políticas de educação ambiental institucional, distribuindo entre as repartições públicas (como meio de difusão destas práticas), os produtos finais móveis como, centros, bancos de espera, armários, etc. Contribuir para a redução dos resíduos sólidos jogados na natureza, reciclando-os e reutilizando-os para outros fins e destinos. diminuindo com isso, os efeitos nocivos que esses materiais provocam ao ambiente e à saúde da população. 9

10 7.4. Histórico da Implantação Desde o começo desta atual administração municipal, que a visão de recuperar a confiança da gestão pública diante de seus moradores e fornecedores é uma de nossas metas, que vimos aos poucos procurando o uso da tecnologia, planejamento, treinamento funcional e integração institucional, tornar a máquina Prefeitura de Marechal Deodoro, mais eficaz, mais próxima dos que dela necessitam. A implantação de novos equipamentos, aquisição de programas e softwares e os treinamentos oferecidos ao corpo funcional, oferencendo um maior conforto, com a reestruturação do ambiente de atendimento, com mais guichês para melhor receber o público alvo, dos setores que lidam mais próximos com o público externo - os que adotaram o município como sua segunda residência e local para instalação de seus negócios, assim como, todo cidadão deodorense. Já a adoção da reciclagem do chamado lixo, ou seja, dos resíduos sólidos não orgânicos, pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, nestes dois anos se intensificaram, primeiramente nas adequações da escolha dos materiais e design adequados, dentro da própria secretaria, para depois, passar para a etapa de difusão da técnica, fabricação artesanal, para a amostra das peças chave da produção, ou seja, os móveis de garrafas pet e de pneus e esculturas de papel jornal, etc. Atualmente a técnica é apresentada em eventos locais e regionais, despertando o interesse de todos que veem nessa prática uma saída para o problema do lixo e sua consequente redução nos lugares públicos e das questões referentes ao consumo excessivo por certos equipamentos e objetos industriais Resultados Alcançados O Setor de Tributos, da Secretaria de Finanças totalmente reequipado, com sala climatizada, com TV para diminuir o efeito da espera, montagem de sete guichês para atendimento ao público, com seu pessoal devidamente treinado; Instalação de divisórias para o atendimento ao contribuinte dando maior privacidade e mantendo o sigilo fiscal, aquisição de 15 novas cadeiras para um maior conforto. Informatização de todo setor, com programa de informática contratado, tornando mais ágil e rápido o atendimento. De forma sistematizada, junto ao setor de tributos, foram criados e equipados o setor de atendimento ao público da Procuradoria Geral do Município, como também a criação de uma nova sala para a auditoria fiscal e a Sala do Empreendedor, favorecendo uma recepção mais adequada aos interessados em abrir novas MPE s e/ou atualizar suas relações com o fisco municipal. O programa de comunicação interna, o SPARK foi instalado em todos os setores, com destaque para todos os Postos de Saúde de Marechal Deodoro, encurtando distâncias, diminuindo o tempo de resposta e atendimentos internos entre as secretarias, superintendências municipais, agilizando seus processos administrativos e seus consequentes resultados favoráveis às comunidades locais. Com uma demanda cada vez maior, oficinas de reciclagem e treinamento de pessoal para adquirir a técnica, foram realizadas pela Secretaria de Meio Ambiente do município e alguns estabelecimentos comerciais e repartições públicas já possuem produtos reciclados de pneus automotivos. Alguns produtos já encontram-se dispostos na sala de espera do Espaço Cultural, em Postos de Atendimento de Saúde, e estabelecimento de bar e restaurante no centro histórico Investimentos Realizados Receitas Seq. Parceiro Valor Percentual (%) 10

11 Vencedores do 7º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor ( ) 01 Prefeitura de Marechal Deodoro ,00 100,00 Totais ,00 100, Aplicações de Recursos Seq. Natureza Prórpio (%) Parceiro (%) Total (%) 01 Prefeitura de Marechal Deodoro - Aquisição de equipamentos de informática, divisórias, softaares,treinamentos de pessoal ,00 100, ,00 100,00 Totais ,00 100,00 0,00 0, ,00 100, Relato dos Beneficiados Nome: Vera Tortelli Relação: Empresária do setor de Hospedagens, da Praia do Francês Relato: É de sensível mudança o que vimos hoje aqui com o atendimento a nós contribuintes. Apesar de aparentemente pequeno, o local é super confortável, com ar condicionado e TV para diminuir a sensação dos momentos de espera, apesar de ver que o número de pessoal para o atendimento tbambém melhorou bastante. Excelente mudança neste setor. Nome: Maria Sileira Ferreira dos Santos Lima Relação: Moradora de Marechal Deodoro, possui em família uma micro empresa Relato: Estou esperando aqui faz um certo tempo, mas vejo o interesse a atenção que esse pessoal dá para nós. Mesmo esperando, sei que não é culpa deles, é da internet. Mas além do atendimento muito bom, o local é bem agradável, com TV para a gente assitir enquanto somos atendidos, e estando bem sentada e com ar condicionado, tudo isso ajuda no atendimento. Gostei muito do pessoal e de tudo aqui. Nome: Maria Ivanêz Alcantara Quintela Relação: Contribuinte e empresária de Marechal Deodoro Relato: Hoje a realidade do setor é outra, onde sou bem atendida pelos funcionários, como os fiscais, balconistas, ccordenador...sem falar também no espaço físico que ficou bem melhor para receber nós contribuintes, onde hoje temos, televisão, café, água, acomodações mais ocnfortáveis e o principal, a agilidade do atendimento, isto devido ao novo sitema implantado, como como o maior número de funcionários que ali fazem aquele setor. 8. AÇÕES 8.1. Descrição da Ação nº Título da Ação Implementando Lei Geral das MPE s em Marechal Deodoro Natureza da Ação Lei Geral Municipal Descritivo Sintético da Ação Após instituirmos a Lei Geral municipal das MPE s, em novembro de 2010, nossa maior preocupação era dar sentido a mesma e não apenas cumprirmos com mais uma diretriz das políticas públicas. Com isso procuramos criar um suporte que realmente retirasse do papel, o apoio necessário para que mais novas MPE s fossem instaladas no município, assim como, procuramos nos engajar em programas nos quais à formalização de empreendedores natos e os empresários informais tivessem um atendimento, benefícios e um tratamento diferenciado, 11

12 como sustentáculo nos momentos de instalação e acompanhamento consultivo para uma melhor operacionalização de seus micro/pequenos negócios Público Alvo Seq. Setor Econômico MPE Município MPE Beneficiada Percentual (%) 01 Alojamento e Alimentação ,00 02 Educação ,00 03 Atividades Associativas ,00 04 Comércio Varejista e Reparação de Objetos Pessoais e Domésticos ,00 05 Construção ,00 06 Serviços Pessoais ,00 07 Artesanato ,00 08 Transporte Terrestre , Objetivos Principais Criar mecanismos jurídicos diferenciados para os microempreendedores individuais e as MPE s de Marechal Deodoro; Instituir em um Novo Código Tributário, aspectos que contemplassem de direito esta enorme parcela, responsável pela maior fonte e geração de emprego e renda dos municípios brasileiros, que são as MPE s; Formar, dentro os recursos humanos de Marechal Deodoro, um corpo de Agentes Locais, que atuassem diretamente, atendendo ao público alvo da Lei Geral das MPE s, atuando como agentes articuladores e facilitadores na formalização, orientação e acompanhamento destes atores sócio-econômicos; Montar um espaço físico, que pudesse além de prestar tais serviços de atendimento aos microemprendedores, funcionasse como um ramal local do Serviço Brasileiro de Apoio as Micro e Pequenas Empresas, o SEBRAE-AL Histórico da Implantação Desde os últimos meses de 2010, quando instituímos o Novo Código Tributário, em conjunto com outras iniciativas jurídicas pertinentes ao fortalecimento e uma atenção mais dedicada as MPE s, que nos dispomos a nos engajar nas políticas públicas que apostam neste valoroso segmento econômico, como eixo de desenvolvimento local dos municípios. Neste ano, importantes passos formam dados, no sentido de consolidar e incrementar a Lei Geral das MPE s em Marechal Deodoro, através de um planejamento focado para esse setor. Meados deste ano, com a instalação e treinamento do pessoal, do quadro funcional da prefeitura, da REDESIM - Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios, com a capacitação dos 5 ALIEDS, Programa do SEBRAE-AL, realizada pela BR CONSULT na formação dos Agentes Locais de Inovação, Empreendedorismo e Desenvolvimento Sustentável e com a abertura e funcionamento pleno da Sala do Empreendedor, em novembro próximo, avançamos consideravelmente, com os resultados diretamente associados aos itens acima, oferencendo as comunidades que procuram estes instrumentos e entidades para assessoria, assistência, orientação na abertura e acompanhamento das MPE s em Marechal Deodoro Resultados Alcançados Novo Código Tributário instituído desde novembro de 2010, contemplando, regulando e disciplinando as MPE s de Marechal Deodoro (ver cópia em anexo - CD dos anexos); Cinco Agentes de Desenvolvimento Local treinados, agindo cada um em uma localidade específica, de acordo com sua área de atuação e residência. Arlisson, na Praia do Francês, José Eberaldo, na Massagueira, Fátima Farias, pela ADLIS da República, Ivânia e Gilmara, como articuladoras internas entre os microempreendedores e os órgãos da Prefeitura, e Her- 12

13 Vencedores do 7º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor ( ) bert Araújo, como articulador do Grupo Gestor de Turismo, pelo Programa de Planejamento e Gestão de Marechal Deodoro, pelo MTur. Conseguimos incrementar a formalização com a inscrição de 144 MEI s do início do ano de 2011, aos 308 MEI s inscritos ate 28 de novembro de 2011, gerando um aumento de aproximadamente 213% devidamente formalizados. FONTE:http://www8.receita.fazenda. gov.br/simplesnacional/aplicacoes/atbhe/estatisticas.app/estatisticas/menusimei.aspx?ano=2010 A abertura da Sala do Empreendedor, num espaço anexo ao prédio da Prefeitura, mas com entrada independente e próximo a Secretaria de Finanças, do setor de tributos e da Procuradoria Geral do Município Investimentos Realizados Receitas Seq. Parceiro Valor Percentual (%) 01 Prefeitura de Marechal Deodoro 4.000,00 100,00 Outros 0,00 Totais 4.000,00 100, Aplicações de Recursos Seq. Natureza Prórpio (%) Parceiro (%) Total (%) 01 Computador, Impressora 1.200,00 30,00 0, ,00 30,00 02 Moveis e equipamentos 2.800,00 70,00 0, ,00 70,00 Totais 4.000,00 100,00 0,00 0, , Relato dos Beneficiados Nome: Eulália Almeida Relação: Comerciante informal, do Café Delícia, em visita à Sala do Empreendedor. Relato: a iniciativa é muito importante para os empreendedores informais do município, pois, é um incentivo a formalidade e a vários conhecimentos sobre a criação de uma empresa formal, que foi que vim buscar neste momento, mais informações. Fantástica essa iniciativa, é um estímulo à formalidade. A prefeitura está levando a população o empreendedorismo e noções de investimentos. Nome: Rita de Cássia do Nascimento Relação: Fornecedora de Alimentos (quentinhas) da Massagueira Relato: Trabalho na área de alimentos a vinte anos com quentinhas e eventos, ai ouvi no carro de som que tinha a sala do empreendedor aqui. Moro na Massagueira e nunca tive empresa registrada e aqui na sala do estou tendo a oportunidade de abrir minha empresa, agora vou poder vender mais e comprar mais, porque posso passar nota fiscal para outras empresas. Acho que vou melhorar de vida porque vai aumentar meus ganhos. Nome: Walmira Lopes dos Santos Ferreira Relação: Moradora de Marechal em processo de abertura de sua ME Relato: Ter um espaço onde nós moradores possamos procurar e ter as orientações e facildades de como abrir nossa micro empresa é muito bom e gratificante, ver que não apenas a prefeitura, como o sebrae estão abrindo as portas no lugar onde moramos. Agora sei que tenho onde me dirigir quando tiver minhas dúvidas e buscar apoio para tocar os nossos negócios 9. AÇÕES 13

14 9.1. Descrição da Ação nº Título da Ação Sustentabilidade em ação - Fortalecendo o Empreendedorismo e o Associativismo em Marechal Deodoro Natureza da Ação Representação, cooperação e o associativismo Descritivo Sintético da Ação Esta ação visou o desenvolvimento de atividades de mobilização, motivação, sensibilização e capacitação técnica que assistissem as MPE s, identificando suas principais e específicas demandas, induzindo a prática do associativismo como saída a busca de uma maior competitividade de seus negócios Público Alvo Seq. Setor Econômico MPE Município MPE Beneficiada Percentual (%) 01 Alojamento e Alimentação ,00 02 Artesanato ,33 03 Atividades Associativas ,56 04 Comércio Varejista e Reparação de Objetos Pessoais e Domésticos ,00 05 Construção ,00 06 Fabricação de Produtos Alimentícios e Bebidas ,67 07 Pesca, Aqüicultura e Atividades dos Serviços Relacionados com essas Atividades ,00 08 Transporte Terrestre , Serviços Prestados Principalmente às Empresas 0, Objetivos Principais Elevar a competitividade das MPE s de Marechal Deodoro e promover o desenvolvimento organizacional das mesmas através do fortalecimento da ACEMDE MD e sua relação com a Prefeitura; Promover o desenvolvimento de segmentos econômicos, identificados como fortes e possuidor de um histórico tradicional, atendendo suas necessidades específicas; Sensibilizar os empresários para a prática de comportamentos adequados diante dos desafios atuais e as tendências do mercado; 9.4. Histórico da Implantação Esta ação possui dois ramos de um mesmo tronco em comum ou seja, o fortalecimento do Associativismo por intermédio de dois programas institucionais, o Programa Empreender desenvolvido pela FEDERALAGOAS - Federação das Associações Comerciais do Estado de Alagoas, e pela ADLIS Agência de Desenvolvimento Local Integrado e Sustentável, cujas atividades, em Marechal Deodoro está sob a coordenação de sua representante local, a ADLIS da República. Nestes últimos dois anos, mais intensamente, a partir de novembro de 2010, estes Programas de Desenvolvimento veem trabalhando em Marechal Deodoro, apoiando as associações de classes organizadas, tendo o SEBRAE-AL como um dos fortes parceiros, sensibilizando, capacitando e orientando os membros das associações envolvidas a atingirem suas metas, na busca da sobrevivência de seus negócios. A primeira, a FEDERALAGOAS, junto com a ACEMDE Associação Comercial e Empresarial de Marechal Deodoro, adotou como núcleos setoriais três vetores a serem trabalhados: as cocadeiras da Massagueira, um grupo de rendeiras e os ambulantes da 14

15 Vencedores do 7º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor ( ) Praia do Francês. A ADLIS da República desenvolveu, de novembro de 2010 e este ano de 2011, por meio de parceria direta com o SEBRAE-AL, dentre outras instituições, como a ELETROBRÁS e a BRASKEM, uma série de cursos de capacitação e sensibilização, para as suas associações engajadas (4 associações e 5 grupos de artesãos). Outro aspecto trabalhado foi a questão de lideranças para o sucesso dos grupos de interesses comuns. Desde março deste ano, que a ADLIS da República participa de modo oficial do Grupo Gestor do Programa de Planejamento e Gestão de Destinos Turísticos, do MTur, sendo um ativo representante destas comunidades organizadas, na incansável meta da inclusão deste elo importante da cadeia produtiva do Turismo, formador da identidade cultural de Marechal Deodoro Resultados Alcançados Através do Programa Empreender da Federação das Associações Comerciais do Estado de Alagoas Federalagoas, um grupo de artesãs criaram um núcleo setorial e com o apoio de uma consultora empresarial conseguiram realizar capacitações nas áreas de vendas, atendimento e gestão empresarial. Em 11 de novembro de 2010, este grupo de artesãs acreditaram em seus potenciais adormecidos e criaram a Arte Nossa, dando início a Feirinha de Artesanato da Praia do Francês, da qual conseguiu um espaço como case de sucesso, na Revista Empresa Brasil, da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil, de fevereiro de 2011(ver matéria em anexo) ; Para a continuidade das ações da FEDERALAGOAS, para 2012, um convênio foi assinado no início de dezembro, garantindo a continuidade nos processo de consultorias e assistências aos 3 núcleos temáticos; Realização de Oficina motivacional e encontros com as cocadeiras de Massagueira, para noções de empreendedorismo, associativismo, etc. Em reconhecimento das ações de apoio e parcerias entre a questão associativista, a Prefeitura de Marechal Deodoro recebeu o Prêmio Prefeitura Parceira, durante o 4º Congresso da FEDERALAGOAS no último dia 23 de novembro, no Centro de Convenções em Maceió Investimentos Realizados Receitas Seq. Parceiro Valor Percentual (%) 01 FEDERALAGOAS ,00 100,00 Totais ,00 100, Aplicações de Recursos Seq. Natureza Prórpio (%) Parceiro (%) Total (%) 01 Ajuda de custo para aluguel do espaço da feirinha de Artesanato 4.000,00 100,00 0, ,00 100,00 Totais 4.000,00 100,00 0,00 0, ,00 100, Relato dos Beneficiados Nome: Jarinete da Silva Alves Relação: Liderança da Associação de Artesãs, que participou da Capacitação de Formação de Lideranças Comunitárias, de realização da Eletrobrás Relato: Para mim foi um grande aprendizado e mais conhecimento pra gente somar no grupo das artesões o curso veio para beneficiar a mim e todos que participaram principalmente ensinou como falar com as pessoas que está ao meu lado e também respeitar a comunidade em que moro, agora eu posso dizer que conheço os direitos e deveres dos outros e o meu com todo 15

16 ensinamento que recebi no curso, eu mim sinto líder sem machucar e nem pisar ninguém, porque liderança não quer dizer poder e sim um aprendizado, eu Nome: Cícero Agenor da Silva Relação: Vendedor de abacaxi e coco da Praia do Francês Relato: Trabalho vendendo nesta praia a muito tempo e agora estou vendo acontecer mudanças para todo mundo, coisas que foi feito e foi abandonado, largado, tudo, aqui é bagunçado mas estou vendo as mudanças que estão vindo para melhorar tudo aqui na praia. Tem o projeto que faz e vai treinar ainda mais todos aqui para fazer as coisas ficarem mais organizada. Agora com o treinamento vai acabar essa invasão de vendedor de fora, que so faz exploração dos visitantes. Vamos chamar mais gente pra ser treinad Nome: Vera Lúcia Relação: Artesã da Feirinha de Artesanato ARTE NOSSA, da Praia do Francês. Relato: Trabalho com artesanato a muito tempo e acredito neste programa porque com a orientação que recebi, melhorou minhas vendas, adquiro mais produtos, vendo mais, melhorei a qualidade do produto, tenho orientação, apoio e incentivo, vendo em feiras de outros estados, e quero no futuro ser uma empreendedora legalizada. 10. AÇÕES Descrição da Ação nº Título da Ação Projeto Meu Currículo, Meu Emprego Natureza da Ação Formalização da economia local Descritivo Sintético da Ação Uma exitosa e promissora parceria com o Instituto Nossa Senhora do Rosário de Fátima, por meio de seu Programa MD Brasil, é o cerne desta ação que vem provocando sensíveis mudanças na articulação entre as Instituições Públicas e Privadas com as comunidades potencialmente ativas de Marechal Deodoro. Seu foco de atuação envolve questões relacionadas com os problemas de desemprego e exclusão social, presentes nos diversos programas Nacionais. Direcionado como público alvo desta ação, os jovens e adultos desempregados, com um currículo básico, são trabalhados e dirigidos a cursos específicos, como forma de atender às necessidades a curto prazo, do mercado direta e indiretamente envolvidos com as atividades turísticas. Após os cursos de capacitação, os mesmos são encaminhaminhados à estágios em instituições parceiras, credenciadas, para ao final deste processo, estarem preparadas para serem absorvidos e contratados, por meio da etapa de Intermediação de Mão de Obra, que fecha o ciclo gerador desta ação. Atendendo e fomentando as tendências de mercado turístico, sua área de abrangência atinge não apenas Marechal Deodoro, como também as suas regiões de entorno, ou seja, a região metropolitana de Maceió e a das Lagoas e Mares do Sul. 16

17 Vencedores do 7º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor ( ) Público Alvo Seq. Setor Econômico MPE Município MPE Beneficiada Percentual (%) 01 Alojamento e Alimentação ,00 02 Atividades Associativas ,00 03 Educação ,00 04 Transporte Aquaviário , Objetivos Principais Contribuir para o desenvolvimento direcionado dos recursos humanos locais por meio de programas de treinamento, capacitação aperfeiçoamento técnico de jovens e adultos, para o ingresso às oportunidades de empregos para o mercado local e regional, envolvidos com a cadeia produtiva do turismo; Receber currículos das comunidades locais, para desenvolver um banco de dados com o perfil da mão de obra ativa, com vistas a um reposicionamento dos interessados, no mercado de trabalho de Marechal Deodoro e região de entorno; Intermediar a mão de obra capacitada e engajada nesta ação, por meio da firmação de convênios com empresas para realização de estágios, assim como ao encaminhamento aos empregos ofertados Histórico da Implantação Sem deter em dados meramente históricos desta ONG local, parceira e responsável por inúmeras ações visando o desenvolvimento das comunidades de Marechal Deodoro, para a implantação desta ação, nos deteremos como marco central, a Lei Municipal nº 996/2010, de 03 de novembro de 2010, declarando de utilidade pública o Instituto Nossa Senhora do Rosário de Fátima, instituição filantrópica sem fins lucrativos, com sede em Marechal Deodoro. O Programa MD Brasil, como o referido Instituto é conhecido, inicia suas atividades desta ação em específico, em 2010, oferecendo a população em geral a oportunidade de conhecer e participar dos seus projetos, que envolvem a inclusão digital, curso de idiomas para as atividades turísticas, cursos de capacitação para a rede de hotelaria, intermediação de mão de obra, entre outros. Destes, os dois últimos, o MD Brasil conseguiu emprega entre 2010 e este ano de 2011, cerca de 60 profissionais (diretamente e indiretamente envolvidos com a cadeia produtiva do turismo), por meio de vários cursos de qualificação, elaborando como consequencia, um banco de currículos, composto por aproximadamente 200 potenciais trabalhadores com os requisitos mínimos para ocupar as novas oportunidades de trabalhos, que por conseguinte, venham a ser detectadas pelo outro aspecto deste Projeto, o de Intermediação de Mão de Obra, fechando o circuito de apoio comunitário Resultados Alcançados Com as primeiras iniciativas do Projeto, cerca de 2500 pessoas procuraram e fizeram o cadastro na sede do Programa DM Brasil, confirmando e indicando que as projeções estimadas por seus idealizadores estavam corretas, ou seja, existe uma demanda carente de formação e qualificação em busca de uma melhor competitividade profissional; Atualmente o Programa recebeu e administra um banco de aproximadamente 200 currículos de interessados e recém capacitados nas entidades formais de ensino, que aguardam não apenas por novos cursos de aperfeiçoamento, como também, enquanto aguardam uma oportunidade de ingressar no mercado de trabalho, aproveitam para adquirir mais bagagem instrutiva; Realização dos seguintes cursos de qualificação nas áreas abaixo citadas, mediante os interesses dos principais parceiros, como o Sindicato dos Hotéis, Bares e Restaurantes de Alagoas, a ASSERTSUL, a Prefeitura de Marechal Deodoro, entre outras entidades públicas 17

18 e privadas: Governança (8 turmas de 22 alunos, cada) Qualidade no Atendimento (4 turmas de 22 alunos), Front Office, Hostess e Recepcionistas e Inglês Instrumental (4 turmas de 22 alunos) inglês básico e Técnico, para Hotelaria e Restaurantes (6 turmas de 22 participantes). Mais de 40 profissionais ingressos no mercado de trabalho, por meio da outra vertente do Programa - a Intermediação de Mão de Obra. Como consequência destes resultados a influencia do projeto Meu Currículo, Meu Emprego atinge potencialmente, a totalidade dos estabelecimentos de meios de hospedagens, bares e restaurantes, entre outras ME s ligadas diretamente com as atividades turísticas em todo município de Marechal Deodoro e para não dizer toda a Região Metropolitana de Maceió e da Região das Lagoas e Mares do Sul Investimentos Realizados Receitas Seq. Parceiro Valor Percentual (%) 01 Programa MD Brasil ,00 53,00 02 Prefeitura de Marehal Deodoro ,00 47,00 Totais ,00 100, Aplicações de Recursos Seq. Natureza Prórpio (%) Parceiro (%) Total (%) 01 Programa MD Brasil, ,00 52,63 0, ,00 52,63 Totais ,00 100,00 0,00 0, ,00 100, Relato dos Beneficiados Nome: Luciano Trovo Relação: Empresário proprietário da Pousada Casa Del Sole, na Praia do Francês Relato: Esta atitude do Programa MD Brasil é de uma grandiosidade imensa. Dar capacitação a pessoas da municipalidade e orientar tais pessoas para o encontro de quem possa emprega-los, sem falar que estas tais pessoas foram qualificadas diante das maiores necessidades de nós empresários, constrói-se uma via de mão dupla, como dizem. Estou contratando uns trabalhadores, que vem com muita disposição pela oportunidade que foi criada. Maravilhosa iniciativa. Nome: Adriana Franco Relação: Membro da Diretoria da ASSERTSUL Associação dos Empreendedores de Turismo do Litoral Sul e Proprietária da Pousada Capitães de Areia. Relato: A parceria que a ASSERTSUL firmou neste ano com o Programa MD Brasil, com seu projeto Meu Currículo, Meu Emprego vem ao encontro dos anseios desta associação, que é possuir um mecanismo de captação de novos funcionários, e estes virem capacitados e conscientes das atividades que uma pousada, hotel, ou restaurantes desenvolvem. Por isso entramos como parceiros, pois além de fortalecer o destino Litoral Sul, e a Praia do Francês, estamos dando oportunidade de empregos as comunidades locais. Nome: Alyne Rayane Almeida de Lima Relação: Ex aluna do Projeto Meu Currículo, Meu Emprego, do Programa MD Brasil. Relato: Estou realizada e super contente por estar trabalhando dentro da área que escolhi para viver. Todo concluinte de um curso superior sonha com seu primeiro emprego. Tiver a oportunidade de concluir o Curso Tecnológico em Turismo aqui memso no IFAL Marechal Deodoro e por meio dos cursos oferecidos pelo MD Brasil, conseguir um estágio e ser encaminhada para onde estou atualmente, no Tropicalis Hotel, em Maceió. 18

19 Vencedores do 7º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor ( ) 11. AÇÕES Descrição da Ação nº Título da Ação Massagueira Polo Gastronômico e Cultural Saberes e Sabores das Lagoas de Alagoas Natureza da Ação Capacitação e empreendedorismo Descritivo Sintético da Ação As atividades contidas nesta ação visam consolidar de fato, o Povoado de Massagueira, como o primeiro Polo Gastronômico e Cultural de Alagoas. Para isso, um Projeto do Ministério do Turismo, capitaneado pela Secretaria Estadual de Turismo e implantado pelo INCEP Instituto Cultural e Educacional do Paraguaçu, após oferecimento de parceria para a Prefeitura de Marechal Deodoro, inúmeras consultorias e intervenções foram realizadas neste bucólico Povoado, as margens dos canais da lagoa Manguaba, objetivando aumentar a competitividade dos empreendimentos de bares Público Alvo Seq. Setor Econômico MPE Município MPE Beneficiada Percentual (%) 01 Alojamento e Alimentação ,00 02 Atividades Anexas e Auxiliares do Transporte e Agências de Viagem ,00 03 Atividades Recreativas, Culturais e Desportivas ,00 04 Comércio Varejista e Reparação de Objetos Pessoais e Domésticos ,00 05 Fabricação de Produtos Alimentícios e Bebidas ,00 06 Pesca, Aqüicultura e Atividades dos Serviços Relacionados com essas Atividades ,00 07 Transporte Terrestre ,03 08 Transporte Aquaviário , Objetivos Principais Potencializar as atividades existentes, no Povoado de Massagueira, através da consolidação de um Polo Gastronômico e Cultural, gerando mais competitividade, autonomia e melhorias sociais para todos os envolvidos. Agregar valor aos produtos locais com a associação do patrimônio cultural, baseado nos saberes, artes e musicalidade de Marechal Deodoro, valorizando com isso a forte identidade cultural de seu povo. Incrementar a cadeia produtiva da pesca artesanal com o aumento da demanda por parte dos empreendimentos de bares e restaurantes ocasionados pela maior divulgação, com a nova forma de apresentação dos estabelecimentos e serviços associados a ação Histórico da Implantação Tradicionalmente conhecido e usufruído pela população de Alagoas, Massagueira, com seus aproximadamente 32 estabelecimentos de bares e restaurantes, a maioria localizados as margens dos canais da lagoa Manguaba, já é considerada como um lugar ideal para o desfrute de bons pratos à base de frutos do mar, dentre outros itens da gastronomia local, como as cocadas de vários sabores, suspiros, etc. O Instituto de Cultural e Educacional de Paraguaçu (InCEP), em parceria com o Ministério do Turismo iniciou, em maio deste ano, este projeto para o fortalecimento e reestruturação do Polo Gastronômico e Cultural no Município de Marechal Deodoro, no povoado de Massagueira. As ações foram especialmente pensadas para o desenvolvimento local no povoado de Massagueira. 19

20 Com o objetivo estimular o associativismo, qualificar a oferta e apoiar a promoção e divulgação do Município de Marechal Deodoro como Polo Gastronômico e Cultural, o projeto conta com a participação de 20 bares e restaurantes da região e 20 grupos culturais locais e artesãos. Destes últimos, inserem-se as cocadeiras, doceiras e pescadores artesanais com seus saberes, tradições e costumes. Desde o início dos trabalhos, os estabelecimentos e os grupos culturais participantes vêm recebendo qualificação através de cursos e consultorias para melhorar a competitividade do destino como um todo Resultados Alcançados A realização de um diagnóstico situacional composto com as seguintes etapas: Diagnóstico Empresarial: Identificação dos empreendimentos de Gastronomia locais 27 empreendimentos participantes; Diagnóstico Cultural: Identificação e grupos culturais, artistas e artesãos locais 32 participantes; Realização de Pesquisa com Clientes dos empreendimentos da Massagueira: Identificação do público alvo. Foram realizadas as seguintes oficinas de capacitação: 02 cursos em Boas Práticas e Manipulação de Alimentos 60 manipuladores capacitados; Gestão de Negócios para restaurantes - 20 participantes; 1º turma de Atendimento ao Cliente para garçons e empresários; Associativismo para Restaurantes e Grupos Culturais - 28 participantes; Captação e Realização de Eventos para lideranças culturais 35 participantes; Além dos cursos acima citados, foram oferecidas e realizadas as consultorias nas seguintes áreas: Consultorias Individuais aos empreendimentos para aplicação de boas práticas; Ambientação Temática visitas individualizadas às 20 empresas participantes do Projeto e a posterior entrega dos 20 projetos de ambientação temática para os restaurantes envolvidos; consultoria em redução de desperdício em alimentos, energia elétrica, consumo de água e gás de cozinha e a entrega de diagnóstico e início da aplicação do plano de ação; Consultoria para Inserção dos Grupos Culturais nos empreendimentos Gastronômicos; Criação de Identidade Visual para os empreendimentos de gastronomia da Massagueira (ver documento em anexo); Criação do Grupo Gestor do Polo Gastronômico e Cultural da Massagueira, cujo representante faz parte do Grupo Gestor de Turismo de Marechal Deodoro, pelo Programa de Planejamento e Gestão de Destinos Turísticos, do MTur; Site institucional no ar, rico de informações, interativo e envolvendo toda a potencialidade que o povoado de Massagueira possui, como todo o município de Marechal Deodoro. Corroborando a indução de toda a cadeia produtiva do turismo local. ( com.br) Investimentos Realizados Receitas Seq. Parceiro Valor Percentual (%) 01 Ministério do Turismo ,00 97,00 02 Prefeitura de Marechal Deodoro ,00 3,00 Totais ,00 100, Aplicações de Recursos Seq. Natureza Prórpio (%) Parceiro (%) Total (%) 01 Ministério do Turismo - Consultorias, Cursos, Elaboração do site, entre outras mídias, criação da logo, etc 02 Prefeitura de Marechal Deodoro - apoio as comunidades locais, elaboração de material impresso alusivo, divulgação ,00 97,09 0, ,00 97, ,00 2,91 0, ,00 2,91 Totais ,00 100,00 0,00 0, ,00 100,00 20

O DESENVOLVIMENTO DO SEU MUNICÍPIO

O DESENVOLVIMENTO DO SEU MUNICÍPIO O DESENVOLVIMENTO DO SEU MUNICÍPIO Vencedores do 7º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor (2011-2012) PASSA PELAS SUAS MÃOS Vencedores do VII Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2011 2012 Categoria Médios

Leia mais

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: TURISMO DE EXCELÊNCIA

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: TURISMO DE EXCELÊNCIA Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor Vencedores Estaduais na categoria Promoção do turismo de excelência CATEGORIA: TURISMO DE EXCELÊNCIA Município de Nova Friburgo RJ Vencedores do 4º

Leia mais

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: PLANEJAMENTO

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: PLANEJAMENTO Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor Vencedores Estaduais na categoria PLANEJAMENTO CATEGORIA: PLANEJAMENTO Município de Florânia RN Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor

Leia mais

O DESENVOLVIMENTO DO SEU MUNICÍPIO

O DESENVOLVIMENTO DO SEU MUNICÍPIO O DESENVOLVIMENTO DO SEU MUNICÍPIO Vencedores do 7º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor (2011-2012) PASSA PELAS SUAS MÃOS Vencedores do VII Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2011 2012 VENCEDOR ESTADUAL

Leia mais

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: GRANDES CIDADES

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: GRANDES CIDADES Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor Vencedores Estaduais na categoria Grandes Cidades CATEGORIA: GRANDES CIDADES Município de Cuiabá MT Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor

Leia mais

O DESENVOLVIMENTO DO SEU MUNICÍPIO

O DESENVOLVIMENTO DO SEU MUNICÍPIO O DESENVOLVIMENTO DO SEU MUNICÍPIO Vencedores do 7º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor (2011-2012) PASSA PELAS SUAS MÃOS Vencedores do VII Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2011 2012 Categoria Promoção

Leia mais

Vencedor Estadual Novos Projetos

Vencedor Estadual Novos Projetos COMO MUDAR A PERSPECTIVA DE SUA CIDADE O desenvolvimento acontece com a força dos Pequenos Negócios Vencedores do 8º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor (2013-2014) Vencedor Estadual Novos Projetos Município

Leia mais

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: GRANDES CIDADES

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: GRANDES CIDADES Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor Vencedores Estaduais na categoria Grandes Cidades CATEGORIA: GRANDES CIDADES Município de Santa Luzia MG Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor

Leia mais

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: REGIÃO SUDESTE PLANEJAMENTO

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: REGIÃO SUDESTE PLANEJAMENTO Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor Vencedores Estaduais em várias categorias CATEGORIA: REGIÃO SUDESTE PLANEJAMENTO Município de Três Marias MG Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito

Leia mais

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: TURISMO DE EXCELÊNCIA

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: TURISMO DE EXCELÊNCIA Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor Vencedores Estaduais na categoria Promoção do turismo de excelência CATEGORIA: TURISMO DE EXCELÊNCIA Município de Praia Grande SP Vencedores do 4º

Leia mais

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: GRANDES CIDADES

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: GRANDES CIDADES Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor Vencedores Estaduais na categoria Grandes Cidades CATEGORIA: GRANDES CIDADES Município de Feira de Santana BA Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito

Leia mais

METODOLOGIA SEBRAE BAHIA PARA PÓLOS DE EMPREENDEDORISMO CULTURAL

METODOLOGIA SEBRAE BAHIA PARA PÓLOS DE EMPREENDEDORISMO CULTURAL Trabalho apresentado no III ENECULT Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura, realizado entre os dias 23 a 25 de maio de 2007, na Faculdade de Comunicação/UFBa, Salvador-Bahia-Brasil. METODOLOGIA

Leia mais

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: TURISMO DE EXCELÊNCIA

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: TURISMO DE EXCELÊNCIA Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor Vencedores Estaduais na categoria Promoção do turismo de excelência CATEGORIA: TURISMO DE EXCELÊNCIA Município de Santo Antônio da Patrulha RS Vencedores

Leia mais

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: TRATAMENTO DIFERENCIADO

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: TRATAMENTO DIFERENCIADO Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor Vencedores Estaduais na categoria Tratamento diferenciado CATEGORIA: TRATAMENTO DIFERENCIADO Município de Itapecuru Mirim MA Vencedores do 4º Prêmio

Leia mais

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: TRATAMENTO DIFERENCIADO

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: TRATAMENTO DIFERENCIADO Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor Vencedores Estaduais na categoria Tratamento diferenciado CATEGORIA: TRATAMENTO DIFERENCIADO Município de Pelotas RS Vencedores do 4º Prêmio Sebrae

Leia mais

Vencedor Estadual Pequenos Negócios no Campo COMO MUDAR A PERSPECTIVA DE SUA CIDADE. Município de Lucrécia (RN)

Vencedor Estadual Pequenos Negócios no Campo COMO MUDAR A PERSPECTIVA DE SUA CIDADE. Município de Lucrécia (RN) COMO MUDAR A PERSPECTIVA DE SUA CIDADE O desenvolvimento acontece com a força dos Pequenos Negócios Vencedores do 8º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor (2013-2014) Vencedor Estadual Pequenos Negócios

Leia mais

Finalista Estadual Novos Projetos

Finalista Estadual Novos Projetos COMO MUDAR A PERSPECTIVA DE SUA CIDADE O desenvolvimento acontece com a força dos Pequenos Negócios Vencedores do 8º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor (2013-2014) Finalista Estadual Novos Projetos Município

Leia mais

Finalista Estadual Lei Geral Implementada

Finalista Estadual Lei Geral Implementada COMO MUDAR A PERSPECTIVA DE SUA CIDADE O desenvolvimento acontece com a força dos Pequenos Negócios Vencedores do 8º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor (2013-2014) Finalista Estadual Lei Geral Implementada

Leia mais

Vencedores Estadual - Melhor Projeto

Vencedores Estadual - Melhor Projeto COMO MUDAR A PERSPECTIVA DE SUA CIDADE O desenvolvimento acontece com a força dos Pequenos Negócios Vencedores do 8º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor (2013-2014) Vencedores Estadual - Melhor Projeto

Leia mais

Vencedor Estadual Compras Governamentais COMO MUDAR A PERSPECTIVA DE SUA CIDADE. Município de Bom Jesus (RN)

Vencedor Estadual Compras Governamentais COMO MUDAR A PERSPECTIVA DE SUA CIDADE. Município de Bom Jesus (RN) COMO MUDAR A PERSPECTIVA DE SUA CIDADE O desenvolvimento acontece com a força dos Pequenos Negócios Vencedores do 8º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor (2013-2014) Vencedor Estadual Compras Governamentais

Leia mais

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA:

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor VENCEDOR NACIONAL CATEGORIA: Grandes Cidades Município de Embu das Artes sp Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor VENCEDOR NACIONAL

Leia mais

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: PLANEJAMENTO

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: PLANEJAMENTO Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor Vencedores Estaduais na categoria PLANEJAMENTO CATEGORIA: PLANEJAMENTO Município de Santana AP Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor

Leia mais

SEU MUNICÍPIO COM FOCO NO DESENVOLVIMENTO. Vencedores do V Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2007 2008 MUNICÍPIO DE FOZ DO IGUAÇU (PR)

SEU MUNICÍPIO COM FOCO NO DESENVOLVIMENTO. Vencedores do V Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2007 2008 MUNICÍPIO DE FOZ DO IGUAÇU (PR) SEU MUNICÍPIO COM FOCO NO DESENVOLVIMENTO Vencedores do V Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2007 2008 MUNICÍPIO DE FOZ DO IGUAÇU (PR) VENCEDOR ESTADUAL DESTAQUE TEMÁTICO ESTÍMULO A FORMALIZAÇÃO SEU

Leia mais

Vencedor Estadual Lei Geral Implementada

Vencedor Estadual Lei Geral Implementada COMO MUDAR A PERSPECTIVA DE SUA CIDADE O desenvolvimento acontece com a força dos Pequenos Negócios Vencedores do 8º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor (2013-2014) Vencedor Estadual Lei Geral Implementada

Leia mais

O DESENVOLVIMENTO MUNICIPAL SAIU DO PAPEL. Vencedores do VI Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2009 2010 MUNICÍPIO DE CAÇADOR SC

O DESENVOLVIMENTO MUNICIPAL SAIU DO PAPEL. Vencedores do VI Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2009 2010 MUNICÍPIO DE CAÇADOR SC O DESENVOLVIMENTO MUNICIPAL SAIU DO PAPEL Vencedores do VI Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2009 2010 MUNICÍPIO DE CAÇADOR SC VENCEDOR ESTADUAL (SC) CATEGORIA: EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA E INOVAÇÃO O DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Vencedor Estadual Pequenos Negócios no Campo COMO MUDAR A PERSPECTIVA DE SUA CIDADE. Município de Pedrinhas (SE)

Vencedor Estadual Pequenos Negócios no Campo COMO MUDAR A PERSPECTIVA DE SUA CIDADE. Município de Pedrinhas (SE) COMO MUDAR A PERSPECTIVA DE SUA CIDADE O desenvolvimento acontece com a força dos Pequenos Negócios Vencedores do 8º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor (2013-2014) Vencedor Estadual Pequenos Negócios

Leia mais

Vencedor Estadual Melhor Projeto

Vencedor Estadual Melhor Projeto COMO MUDAR A PERSPECTIVA DE SUA CIDADE O desenvolvimento acontece com a força dos Pequenos Negócios Vencedores do 8º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor (2013-2014) Vencedor Estadual Melhor Projeto Município

Leia mais

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE Palestra para o Conselho Regional de Administração 1 O QUE É O SEBRAE? 2 O Sebrae O Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas da Bahia

Leia mais

Política Metropolitana Integrada de Formação e Qualificação Profissional

Política Metropolitana Integrada de Formação e Qualificação Profissional Política Metropolitana Integrada de Formação e Qualificação Profissional Objetivos Objetivo Geral: Ampliar capacidade da força de trabalho se inserir no processo de desenvolvimento econômico da RMBH, com

Leia mais

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor Vencedores Estaduais na categoria Grandes Cidades CATEGORIA: GRANDES CIDADES Município de BOA VISTA RR Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor

Leia mais

O DESENVOLVIMENTO MUNICIPAL SAIU DO PAPEL. Vencedores do VI Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2009 2010 MUNICÍPIO DE PESQUEIRA PE

O DESENVOLVIMENTO MUNICIPAL SAIU DO PAPEL. Vencedores do VI Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2009 2010 MUNICÍPIO DE PESQUEIRA PE O DESENVOLVIMENTO MUNICIPAL SAIU DO PAPEL Vencedores do VI Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2009 2010 MUNICÍPIO DE PESQUEIRA PE VENCEDOR ESTADUAL (PE) CATEGORIA: COMPRAS GOVERNAMENTAIS O DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: TURISMO DE EXCELÊNCIA

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: TURISMO DE EXCELÊNCIA Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor Vencedores Estaduais na categoria Promoção do turismo de excelência CATEGORIA: TURISMO DE EXCELÊNCIA Município de Alcântara ma Vencedores do 4º Prêmio

Leia mais

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA:

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor VENCEDOR NACIONAL CATEGORIA: Região SUL Município de Chapecó SC Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor VENCEDOR NACIONAL CATEGORIA: Região

Leia mais

Propostas de Políticas OS PEQUENOS NEGÓCIOS COMO FORÇA INDUTORA PARA O DESENVOLVIMENTO LOCAL

Propostas de Políticas OS PEQUENOS NEGÓCIOS COMO FORÇA INDUTORA PARA O DESENVOLVIMENTO LOCAL Propostas de Políticas OS PEQUENOS NEGÓCIOS COMO FORÇA INDUTORA PARA O DESENVOLVIMENTO LOCAL CANDIDATOS A PREFEITOS E PREFEITAS MUNICIPAIS Pleito Eleitoral 2012 PROPOSTAS DE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A PROMOÇÃO

Leia mais

SEU MUNICÍPIO COM FOCO NO DESENVOLVIMENTO. Vencedores do V Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2007 2008 MUNICÍPIO DE NEÓPOLIS (SE) VENCEDOR ESTADUAL

SEU MUNICÍPIO COM FOCO NO DESENVOLVIMENTO. Vencedores do V Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2007 2008 MUNICÍPIO DE NEÓPOLIS (SE) VENCEDOR ESTADUAL SEU MUNICÍPIO COM FOCO NO DESENVOLVIMENTO Vencedores do V Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2007 2008 MUNICÍPIO DE NEÓPOLIS (SE) VENCEDOR ESTADUAL DESTAQUE TEMÁTICO COMPRAS GOVERNAMENTAIS SEU MUNICÍPIO

Leia mais

Atuação das Instituições GTP- APL. Sebrae. Brasília, 04 de dezembro de 2013

Atuação das Instituições GTP- APL. Sebrae. Brasília, 04 de dezembro de 2013 Atuação das Instituições GTP- APL Sebrae Brasília, 04 de dezembro de 2013 Unidade Central 27 Unidades Estaduais 613 Pontos de Atendimento 6.554 Empregados 9.864 Consultores credenciados 2.000 Parcerias

Leia mais

II Concurso de Artigos de Agentes de Desenvolvimento, 2014

II Concurso de Artigos de Agentes de Desenvolvimento, 2014 II Concurso de Artigos de Agentes de Desenvolvimento, 2014 FORTALECIMENTO DOS PEQUENOS EMPREENDIMENTOS NA CIDADE DE MONTES CLAROS ATRAVÉS DA IMPLEMENTAÇÃO DA LEI GERAL DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS E AÇÕES

Leia mais

O DESENVOLVIMENTO MUNICIPAL SAIU DO PAPEL. Vencedores do VI Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2009 2010 MUNICÍPIO DE PALMAS TO

O DESENVOLVIMENTO MUNICIPAL SAIU DO PAPEL. Vencedores do VI Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2009 2010 MUNICÍPIO DE PALMAS TO O DESENVOLVIMENTO MUNICIPAL SAIU DO PAPEL Vencedores do VI Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2009 2010 MUNICÍPIO DE PALMAS TO VENCEDOR ESTADUAL (TO) CATEGORIA: REGIÃO NORTE O DESENVOLVIMENTO MUNICIPAL

Leia mais

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS PEQUENOS negócios no BRASIL 99% 70% 40% 25% 1% do total de empresas brasileiras da criação de empregos formais da massa salarial do PIB das exportações

Leia mais

Vencedor Estadual Novos Projetos

Vencedor Estadual Novos Projetos COMO MUDAR A PERSPECTIVA DE SUA CIDADE O desenvolvimento acontece com a força dos Pequenos Negócios Vencedores do 8º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor (2013-2014) Vencedor Estadual Novos Projetos Município

Leia mais

Sede Sebrae Nacional

Sede Sebrae Nacional Sede Sebrae Nacional Somos o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresa, uma entidade privada sem fins lucrativos, e a nossa missão é promover a competitividade e o desenvolvimento sustentável

Leia mais

O DESENVOLVIMENTO MUNICIPAL SAIU DO PAPEL. Vencedores do VI Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2009 2010 MUNICÍPIO DE SAPÉ PB VENCEDOR ESTADUAL (PB)

O DESENVOLVIMENTO MUNICIPAL SAIU DO PAPEL. Vencedores do VI Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2009 2010 MUNICÍPIO DE SAPÉ PB VENCEDOR ESTADUAL (PB) O DESENVOLVIMENTO MUNICIPAL SAIU DO PAPEL Vencedores do VI Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2009 2010 MUNICÍPIO DE SAPÉ PB VENCEDOR ESTADUAL (PB) CATEGORIA: REGIÃO NORDESTE O DESENVOLVIMENTO MUNICIPAL

Leia mais

Ministério de Planejamento Orçamento e Gestão Secretaria de Orçamento Federal. Ações Orçamentárias Integrantes da Lei Orçamentária para 2012

Ministério de Planejamento Orçamento e Gestão Secretaria de Orçamento Federal. Ações Orçamentárias Integrantes da Lei Orçamentária para 2012 Programa 2047 - Micro e Pequenas Empresas Número de Ações 10 Tipo: Operações Especiais 0473 - Honra de Aval decorrente de Garantia do Risco das Operações de Financiamento a Micro, Pequenas e Médias Empresas

Leia mais

Seminário Nordestino de Pecuária Turismo no Espaço Rural e Natural. Porque capacitar meus funcionários é fundamental para o sucesso da minha empresa?

Seminário Nordestino de Pecuária Turismo no Espaço Rural e Natural. Porque capacitar meus funcionários é fundamental para o sucesso da minha empresa? Seminário Nordestino de Pecuária Turismo no Espaço Rural e Natural Porque capacitar meus funcionários é fundamental para o sucesso da minha empresa? O atual mundo do trabalho ANTIGO Qualifica para o trabalho;

Leia mais

ANEXO XXII POLÍTICA MUNICIPAL DE TURISMO DE FOZ DO IGUAÇU LEI Nº 4.291, DE 31 DE OUTUBRO DE 2014.

ANEXO XXII POLÍTICA MUNICIPAL DE TURISMO DE FOZ DO IGUAÇU LEI Nº 4.291, DE 31 DE OUTUBRO DE 2014. ANEXO XXII POLÍTICA MUNICIPAL DE TURISMO DE FOZ DO IGUAÇU LEI Nº 4.291, DE 31 DE OUTUBRO DE 2014. DISPÕE SOBRE A POLÍTICA MUNICIPAL DE TURISMO, PREVISTA NO CAPÍTULO X, DO TÍTULO V, DA LEI ORGÂNICA DO MUNICÍPIO,

Leia mais

Vencedor Estadual Pequenos Negócios no Campo COMO MUDAR A PERSPECTIVA DE SUA CIDADE. Município de Guaçuí (ES)

Vencedor Estadual Pequenos Negócios no Campo COMO MUDAR A PERSPECTIVA DE SUA CIDADE. Município de Guaçuí (ES) COMO MUDAR A PERSPECTIVA DE SUA CIDADE O desenvolvimento acontece com a força dos Pequenos Negócios Vencedores do 8º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor (2013-2014) Vencedor Estadual Pequenos Negócios

Leia mais

Vencedor Estadual Pequenos Negócios no Campo COMO MUDAR A PERSPECTIVA DE SUA CIDADE. Município de Gurjão (PB)

Vencedor Estadual Pequenos Negócios no Campo COMO MUDAR A PERSPECTIVA DE SUA CIDADE. Município de Gurjão (PB) COMO MUDAR A PERSPECTIVA DE SUA CIDADE O desenvolvimento acontece com a força dos Pequenos Negócios Vencedores do 8º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor (2013-2014) Vencedor Estadual Pequenos Negócios

Leia mais

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA:

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor VENCEDOR NACIONAL CATEGORIA: Royalties e Compensações Financeiras Município de Coari am Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor VENCEDOR

Leia mais

CARTILHA DA LEI GERAL DA MICROEMPRESA E DA EMPRESA DE PEQUENO PORTE DO MUNICÍPIO DE CURITIBA

CARTILHA DA LEI GERAL DA MICROEMPRESA E DA EMPRESA DE PEQUENO PORTE DO MUNICÍPIO DE CURITIBA CARTILHA DA LEI GERAL DA MICROEMPRESA E DA EMPRESA DE PEQUENO PORTE DO MUNICÍPIO DE CURITIBA Curitiba tem se mostrado uma cidade dinâmica e de grandes oportunidades para os trabalhadores e empreendedores.

Leia mais

Grupo 1. Oportunidades

Grupo 1. Oportunidades Grupo Todos nós, de forma direta ou indireta, possuímos relação com atividades, fornecendo produtos e/ou serviços a elas Aumento da carteira de clientes; Possibilidade de oferecer novos serviços/produtos

Leia mais

DE INOVAÇÃO E TECNOLOGIA 52, 102, CEP

DE INOVAÇÃO E TECNOLOGIA 52, 102, CEP DADOS JURÍDICOS O Instituto SAVIESA DE INOVAÇÃO E TECNOLOGIA é uma associação, pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, com sede no município de Vitória, Estado do Espírito Santo, à Rua

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM MARKETING EMPRESARIAL E PESSOAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM MARKETING EMPRESARIAL E PESSOAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM MARKETING EMPRESARIAL E PESSOAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais)

Leia mais

Projeto Vila Planalto Gastronomia e Cultura. instituto Cultural e Educacional do Paraguaçú

Projeto Vila Planalto Gastronomia e Cultura. instituto Cultural e Educacional do Paraguaçú Projeto Vila Planalto Gastronomia e Cultura Histórico: Localizada a apenas 4 km do Palácio do Planalto, encontramos a Vila Planalto, lugar de rica história que hoje possui 14 mil habitantes e características

Leia mais

O DESENVOLVIMENTO DO SEU MUNICÍPIO

O DESENVOLVIMENTO DO SEU MUNICÍPIO O DESENVOLVIMENTO DO SEU MUNICÍPIO Vencedores do 7º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor (2011-2012) PASSA PELAS SUAS MÃOS Vencedores do VII Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2011 2012 VENCEDOR ESTADUAL

Leia mais

O EVENTO A Maior Feira para Hotelaria e Gastronomia do interior do RJ

O EVENTO A Maior Feira para Hotelaria e Gastronomia do interior do RJ O EVENTO A Maior Feira para Hotelaria e Gastronomia do interior do RJ De 12 a 14 de Agosto de 2014 das 16h às 22h Local: Geribá Tennis Park em Búzios/RJ Tema: O novo perfil do turista: Tendências e Oportunidades

Leia mais

Subvenção aos Núcleos Estaduais ODM do Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade

Subvenção aos Núcleos Estaduais ODM do Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade Subvenção aos Núcleos Estaduais ODM do Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade EDITAL 2015 PROJETO BRA/11/023 Desenvolvimento de capacidades, de justiça econômica sustentável e promoção de boas

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS, GERAÇÃO DE EMPREGO E INCLUSÃO SOCIAL. XII Seminario del CILEA Bolívia 23 a 25/06/2006

DESENVOLVIMENTO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS, GERAÇÃO DE EMPREGO E INCLUSÃO SOCIAL. XII Seminario del CILEA Bolívia 23 a 25/06/2006 DESENVOLVIMENTO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS, GERAÇÃO DE EMPREGO E INCLUSÃO SOCIAL. XII Seminario del CILEA Bolívia 23 a 25/06/2006 Conteúdo 1. O Sistema SEBRAE; 2. Brasil Caracterização da MPE; 3. MPE

Leia mais

CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC

CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 013/2010 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA PARA GESTÃO COMERCIAL E VENDAS Contatos Luiz Augusto Gonçalves

Leia mais

Departamento de Qualificação e Certificação e Produção Associada ao Turismo

Departamento de Qualificação e Certificação e Produção Associada ao Turismo Ministério do Turismo Ministério do Turismo Departamento de Qualificação e Certificação e Produção Associada ao Turismo Funções e Objetivos Coordenar as ações voltadas à qualificação profissional e à melhoria

Leia mais

Vencedor Estadual Lei Geral Implementada

Vencedor Estadual Lei Geral Implementada COMO MUDAR A PERSPECTIVA DE SUA CIDADE O desenvolvimento acontece com a força dos Pequenos Negócios Vencedores do 8º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor (2013-2014) Vencedor Estadual Lei Geral Implementada

Leia mais

O DESENVOLVIMENTO DO SEU MUNICÍPIO PASSA PELAS SUAS MÃOS

O DESENVOLVIMENTO DO SEU MUNICÍPIO PASSA PELAS SUAS MÃOS O DESENVOLVIMENTO DO SEU MUNICÍPIO PASSA PELAS SUAS MÃOS Vencedores do VII Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2011 2012 VENCEDOR ESTADUAL E FINALISTA NACIONAL NA CATEGORIA COMPRAS PÚBLICAS DOS PEQUENOS

Leia mais

Elas formam um dos polos mais dinâmicos da economia brasileira, e são o principal sustentáculo do emprego e da distribuição de renda no país.

Elas formam um dos polos mais dinâmicos da economia brasileira, e são o principal sustentáculo do emprego e da distribuição de renda no país. Fonte: http://www.portaldaindustria.org.br 25/02/2015 PRONUNCIAMENTO DO PRESIDENTE DO CONSELHO DELIBERATIVO NACIONAL (CDN) DO SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS (SEBRAE), NA SOLENIDADE

Leia mais

INTRODUÇÃO. Apresentação

INTRODUÇÃO. Apresentação ANEXO ÚNICO DA RESOLUÇÃO ATRICON 09/2014 DIRETRIZES DE CONTROLE EXTERNO ATRICON 3207/2014: OS TRIBUNAIS DE CONTAS E O DESENVOLVIMENTO LOCAL: CONTROLE DO TRATAMENTO DIFERENCIADO E FAVORECIDO ÀS MICROEMPRESAS

Leia mais

DESENVOLVIMENTO REGIONAL E A INDÚSTRIA

DESENVOLVIMENTO REGIONAL E A INDÚSTRIA DESENVOLVIMENTO REGIONAL E A INDÚSTRIA Regionalismo e Cooperação Intermunicipal o caso do Grande ABC Paulista Fausto Cestari Filho Características do Grande ABC Primeiro povoado brasileiro fora do litoral

Leia mais

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: TRATAMENTO DIFERENCIADO

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: TRATAMENTO DIFERENCIADO Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor Vencedores Estaduais na categoria Tratamento diferenciado CATEGORIA: TRATAMENTO DIFERENCIADO Município de Irauçuba CE Vencedores do 4º Prêmio Sebrae

Leia mais

PROGRAMA BOM NEGÓCIO PARANÁ- APOIO AO EMPREENDEDORISMO AVALIAÇÃO DO NÚCLEO MARINGÁ

PROGRAMA BOM NEGÓCIO PARANÁ- APOIO AO EMPREENDEDORISMO AVALIAÇÃO DO NÚCLEO MARINGÁ PROGRAMA BOM NEGÓCIO PARANÁ- APOIO AO EMPREENDEDORISMO AVALIAÇÃO DO NÚCLEO MARINGÁ AREA TEMÁTICA: TRABALHO LAIS SILVA SANTOS 1 CARLOS VINICIUS RODRIGUES 2 MARCELO FARID PEREIRA 3 NEUZA CORTE DE OLIVEIRA

Leia mais

UGE UNIDADE DE GESTÃO ESTRATÉGICA

UGE UNIDADE DE GESTÃO ESTRATÉGICA PLANO PLURIANUAL 2010 2012 Brasília, outubro de 2009. ESTRATÉGIA DE ATUAÇÃO DO SEBRAE/DF CENÁRIO DE RECURSOS DO SEBRAE/DF RESUMO DE RECEITA LIMITES ORÇAMENTÁRIOS RESUMO POR TIPOLOGIA CARTEIRA DE PROJETO

Leia mais

CIEDS, Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável Missão:

CIEDS, Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável Missão: O CIEDS, Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável, é uma Instituição Social Sem Fins Lucrativos, de Utilidade Pública Federal, fundada em 1998, com sede na cidade do Rio de

Leia mais

2. Disseminar o conhecimento gerado no Instituto Federal do Amazonas.

2. Disseminar o conhecimento gerado no Instituto Federal do Amazonas. Extensão ETENSÃO A implementação da politica de Extensão, no Instituto Federal do Amazonas reafirma a missão deste Instituto e seu comprometimento com o desenvolvimento local e regional promovendo a integração

Leia mais

Experiência: Projeto Rede Nacional de Agentes de Comércio Exterior Redeagentes

Experiência: Projeto Rede Nacional de Agentes de Comércio Exterior Redeagentes Experiência: Projeto Rede Nacional de Agentes de Comércio Exterior Redeagentes Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior em parceria com o Ministério do Trabalho e Emprego (através do

Leia mais

MODELO 1 PARA SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS

MODELO 1 PARA SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS ANEXO 1 MODELO 1 PARA SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS Este documento serve como base orientadora para a apresentação de propostas de Arranjos Produtivos Locais para enquadramento no

Leia mais

Conselho Deliberativo Nacional Roberto Simões Presidente. Diretoria Executiva Luiz Barretto Diretor-Presidente

Conselho Deliberativo Nacional Roberto Simões Presidente. Diretoria Executiva Luiz Barretto Diretor-Presidente SISTEMA SEBRAE DIRECIONAMENTO ESTRATÉGICO 2013-2022 1 2 2012 Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Sebrae Todos os direitos reservados. A reprodução não autorizada desta publicação,

Leia mais

PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESIDUOS SOLIDOS URBANOS

PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESIDUOS SOLIDOS URBANOS PREFEITURA MUNICIPAL DE TUCURUÍ PARÁ SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE DE TUCURUÍ SEMMA / TUCURUÍ PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESIDUOS SOLIDOS URBANOS APRESENTAÇAO O presente documento consolida o diagnóstico

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM VENDAS E COACHING EM PLANO DE VIDA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 07/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM VENDAS E COACHING EM PLANO DE VIDA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 07/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM VENDAS E COACHING EM PLANO DE VIDA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 07/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais)

Leia mais

Comissão avalia qualidade de ensino da FABE

Comissão avalia qualidade de ensino da FABE CPA / PESQUISA Comissão avalia qualidade de ensino da FABE Avaliação positiva: A forma de abordagem dos objetivos gerais dos cursos também foi bem avaliada e a qualidade do corpo docente continua em alta.

Leia mais

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: PLANEJAMENTO

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: PLANEJAMENTO Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor Vencedores Estaduais na categoria PLANEJAMENTO CATEGORIA: PLANEJAMENTO Município de Sorriso MT Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS CASTELO BRANCO CONSULTORIA E ASSESSORIA CONTÁBIL LTDA

PLANO DE NEGÓCIOS CASTELO BRANCO CONSULTORIA E ASSESSORIA CONTÁBIL LTDA Felipe Pedroso Castelo Branco Cassemiro Martins PLANO DE NEGÓCIOS CASTELO BRANCO CONSULTORIA E ASSESSORIA CONTÁBIL LTDA Belo Horizonte 2011 Felipe Pedroso Castelo Branco Cassemiro Martins PLANO DE NEGÓCIOS

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA DE PROJETOS 2016 TRANSFORMANDO PESSOAS E IDEIAS.

CHAMADA PÚBLICA DE PROJETOS 2016 TRANSFORMANDO PESSOAS E IDEIAS. CHAMADA PÚBLICA DE PROJETOS 2016 TRANSFORMANDO PESSOAS E IDEIAS. CHAMADA PÚBLICA 2016 A Política de Responsabilidade Social da AngloGold Ashanti define como um de seus princípios que a presença de nossa

Leia mais

EDITAL. Subvenção aos Núcleos Estaduais ODM do Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade

EDITAL. Subvenção aos Núcleos Estaduais ODM do Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade EDITAL Subvenção aos Núcleos Estaduais ODM do Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade 1. Justificativa Geral A Declaração do Milênio deixa clara a importância da participação social ao considerar

Leia mais

Presidente do Conselho Deliberativo Nacional Roberto Simões. Diretor-Presidente do Sebrae Luiz Barretto

Presidente do Conselho Deliberativo Nacional Roberto Simões. Diretor-Presidente do Sebrae Luiz Barretto 2012 Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Sebrae TODOS OS DIREITOS RESERVADOS A reprodução não autorizada desta publicação, no todo ou em parte, constitui violação dos direitos autorais (Lei n.º

Leia mais

O MARKETING COLETIVO COMO FORÇA COMPETITIVA

O MARKETING COLETIVO COMO FORÇA COMPETITIVA VAREJO Julho - 2012 O MARKETING COLETIVO COMO FORÇA COMPETITIVA Fonte imagem: Disponível em:< http://4.bp.blogspot.com/_caqa6tpillu/tjevn_ah_ei/ AAAAAAAAAAM/3dTp5VPhJ9E/s1600/69589_Papel-de-Parede-Todos-juntos_1280x800.

Leia mais

Termo de Referência para Política Nacional de Apoio ao Desenvolvimento de Arranjos Produtivos Locais

Termo de Referência para Política Nacional de Apoio ao Desenvolvimento de Arranjos Produtivos Locais 1 POLÍTICA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS Termo de Referência para Política Nacional de Apoio ao Desenvolvimento de Arranjos Produtivos Locais Versão para Discussão do GT Interministerial

Leia mais

A Política e a Atividade de Microcrédito como Instrumentos de Geração de Trabalho e Renda e Inclusão Produtiva

A Política e a Atividade de Microcrédito como Instrumentos de Geração de Trabalho e Renda e Inclusão Produtiva Projeto de Pesquisa - Microcrédito Produtivo Orientado: Inovações de Tecnologia Social e Aperfeiçoamento de Política A Política e a Atividade de Microcrédito como Instrumentos de Geração de Trabalho e

Leia mais

OBJETIVO CARACTERIZAÇÃO

OBJETIVO CARACTERIZAÇÃO OBJETIVO Incrementar a economia digital do Estado de Alagoas e seus benefícios para a economia local, através de ações para qualificação, aumento de competitividade e integração das empresas e organizações

Leia mais

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: REGIÃO NORDESTE

Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor CATEGORIA: REGIÃO NORDESTE Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor Vencedores Estaduais na categoria REGIONAL CATEGORIA: REGIÃO NORDESTE Município de Pedreiras MA Vencedores do 4º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor

Leia mais

Vencedores Estadual - Novos Projetos COMO MUDAR A PERSPECTIVA DE SUA CIDADE. Município de Vidal Ramos - SC

Vencedores Estadual - Novos Projetos COMO MUDAR A PERSPECTIVA DE SUA CIDADE. Município de Vidal Ramos - SC COMO MUDAR A PERSPECTIVA DE SUA CIDADE O desenvolvimento acontece com a força dos Pequenos Negócios Vencedores do 8º Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor (2013-2014) Vencedores Estadual - Novos Projetos

Leia mais

Escritório Modelo da Faculdade de Diadema

Escritório Modelo da Faculdade de Diadema Escritório Modelo da Faculdade de Diadema Profª. Vânia Amaro Gomes Coordenação de Curso DIADEMA, 2015 Introdução Atualmente há uma grande dificuldade dos alunos egressos das Faculdades em obter emprego

Leia mais

TÉCNICO EM HOSPEDAGEM

TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Imagens para explicar que às vezes o turista quer um lugar simples, no meio da natureza para descansar, basta estar limpo, asseado e arejado, nem todos querem luxo, existe vários perfis de clientes.(grifo

Leia mais

Políticas Públicas para Faixa de Fronteira Desenvolvimento Sustentável e o apoio aos Pequenos Negócios

Políticas Públicas para Faixa de Fronteira Desenvolvimento Sustentável e o apoio aos Pequenos Negócios Políticas Públicas para Faixa de Fronteira Desenvolvimento Sustentável e o apoio aos Pequenos Negócios Foz do Iguaçu PR 30 de maio de 2014 Força das Pequenas Empresas 8,7 Milhões optantes no Simples 4

Leia mais

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA DE EUNÁPOLIS

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA DE EUNÁPOLIS PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA DE EUNÁPOLIS Eunápolis, Julho/2013 1. CONTEXTUALIZAÇÃO Eunápolis possui a terceira maior população do Extremo Sul da Bahia estimada em 102 mil habitantes, sendo

Leia mais

Conhecendo a Fundação Vale

Conhecendo a Fundação Vale Conhecendo a Fundação Vale 1 Conhecendo a Fundação Vale 2 1 Apresentação Missão Contribuir para o desenvolvimento integrado econômico, ambiental e social dos territórios onde a Vale atua, articulando e

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA 1 IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Contratação de consultoria pessoa física para serviços de preparação

Leia mais

REGIONALIZAÇÃO DO TURISMO

REGIONALIZAÇÃO DO TURISMO REGIONALIZAÇÃO DO TURISMO PROGRAMA NACIONAL DE ESTRUTURAÇÃO DE DESTINOS TURÍSTICOS (Documento base Câmara Temática de Regionalização) Brasília, 08.02.2013 SUMÁRIO 1. CONTEXTUALIZAÇÃO... 2 2. DIRETRIZES...

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Turismo, Hotelaria e Gastronomia

Universidade. Estácio de Sá. Turismo, Hotelaria e Gastronomia Universidade Estácio de Sá Turismo, Hotelaria e Gastronomia A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades

Leia mais

Prefeito Empreendedor. Guia de Recomendações Preliminares para o Fomento do Empreendedorismo nos Municípios

Prefeito Empreendedor. Guia de Recomendações Preliminares para o Fomento do Empreendedorismo nos Municípios Prefeito Empreendedor Guia de Recomendações Preliminares para o Fomento do Empreendedorismo nos Municípios Março/2012 Expediente Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior MDIC Fernando

Leia mais

PLANO DE AÇÃO . TREINAMENTOS . PROGRAMAS . PALESTRAS PARANAÍBA MS

PLANO DE AÇÃO . TREINAMENTOS . PROGRAMAS . PALESTRAS PARANAÍBA MS PLANO DE AÇÃO. TREINAMENTOS. PROGRAMAS. PALESTRAS PARANAÍBA MS 2015 TREINAMENTO - Ciclo de Palestras - Auxiliar o empresário, ou potencial empreendedor, desde a tomada de decisão de abrir um novo negócio

Leia mais

Política Metropolitana Integrada de Apoio à Produção em Pequena Escala

Política Metropolitana Integrada de Apoio à Produção em Pequena Escala Política Metropolitana Integrada de Apoio à Produção em Pequena Escala Objetivos Dar visibilidade à produção em pequena escala e promover sua expansão, integrando-a ao atual movimento de expansão econômica

Leia mais

APL DE TURISMO NO LITORAL DO PIAUÍ

APL DE TURISMO NO LITORAL DO PIAUÍ APL DE TURISMO NO LITORAL DO PIAUÍ (A) Teresina; (B) Cajueiro da Praia; (C) Luis Correia; (D) Parnaíba; (E) Ilha Grande Rota das Emoções: Jericoacoara (CE) - Delta (PI) - Lençóis Maranhenses (MA) Figura

Leia mais

2 MANUAL A R R U M A N D O A C A S A

2 MANUAL A R R U M A N D O A C A S A Direitos reservados desta edição à FACIAP Federação das Associações Comerciais e Empresarias do Paraná R. Marechal Deodoro, 869 2º andar centro Tel (41)309-3000 CEP 80.060-010 Curitiba-PR www.faciap.org.br

Leia mais

VI FIPEN CONVÊNIO PETROBRAS SEBRAE

VI FIPEN CONVÊNIO PETROBRAS SEBRAE VI FIPEN CONVÊNIO PETROBRAS SEBRAE PETROBRAS - REGAP Contagem 19 de outubro de 2011 Iniciativas de Qualificação - PROMINP PROMINP O PROMINP (Programa de Mobilização da Indústria Nacional do Petróleo e

Leia mais