EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 007/2015 Tipo Técnica e Preço

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 007/2015 Tipo Técnica e Preço"

Transcrição

1 EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 007/2015 Tipo Técnica e Preço NESTOR TISSOT, Prefeito Municipal de Gramado (RS), no uso legal de suas atribuições, e de conformidade com a Lei n.º de e demais alterações, através do Departamento Municipal de Licitações e Contratos, torna público, para o conhecimento dos interessados que às 10 horas do dia 31 de março de 2015, na sede da Prefeitura Municipal de Gramado (RS), sito a Av. das Hortênsias, n.º 2029, se reunirá a Comissão de Licitações, com a finalidade de receber propostas em atendimento ao item 01 desta TOMADA DE PREÇOS, cujo processo e julgamento serão realizados de acordo com os procedimentos da Lei n /93, e suas alterações. 1 DO OBJETO 1.1 A presente licitação através de Tomada de preços do tipo Técnica e Preço, tem por objeto a contratação de 60 (sessenta) licenças simultâneas, 380 (trezentos e oitenta) horas de treinamento e implantação, 150 (cento e cinquenta) horas técnicas para customizações específicas e suporte e manutenção mensal de Software avançado e gerenciador eletrônico de documentos da qualidade, para permitir a divulgação de normas, manuais, instruções de trabalho e documentos gerais, compatível com os padrões ISO 9000 e integração com os modelos de planejamento estratégico e operacional atendendo a metodologia Balanced Scorrecard (BSC), gestão das não conformidades e pesquisas eletrônicas de satisfação, gestão de auditorias, gestão dos processos e gestão de riscos contemplando todas as necessidades da Prefeitura Municipal de Gramado, conforme exigências constantes no presente Edital e no Projeto Básico Anexo I. 1.2 Deverão ser convertidos os dados e a movimentação atualmente existente nos sistemas, e de modo prioritário e imediato. 1.3 Deverá ser fornecido um treinamento inicial que satisfaça aos usuários com relação a sua capacitação e utilização do sistema, a fim de que cada usuário possa operar de forma inde - pendente em sua área Os treinamentos deverão ser ministrados na sede da Prefeitura. 2 - DO RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS Os documentos necessários à habilitação e as propostas serão recebidas pela Comissão de Licitações no dia, hora e local mencionados no preâmbulo, em 03 (três) envelopes distintos, fechados e identificados, respectivamente, como de nº 1, nº 2 e nº 3, para o que sugere-se a seguinte inscrição:

2 Ao Município de Gramado (RS) Tomada de preços n.º 007/2015 Envelope n.º 01- DOCUMENTAÇÃO NOME DA EMPRESA:... Ao Município de Gramado (RS) Tomada de preços n.º 007/2015 Envelope n.º 02- TÉCNICA NOME DA EMPRESA:... Ao Município de Gramado (RS) Tomada de preços n.º 007/2015 Envelope n.º 03 PROPOSTA FINANCEIRA NOME DA EMPRESA: DA HABILITAÇÃO: 3.1 Para participar desta licitação, as empresas interessadas deverão estar cadastradas no Cadastro de Fornecedores do Município de Gramado até o dia, 27 de março de Para efetuar o cadastro junto ao Município, a licitante deverá apresentar os seguintes documentos: a) Prova de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ); b) Cópia do Contrato Social da Empresa, devidamente registrado, com todas as suas últimas alterações; c) No caso de Sociedade Anônima ou Associação Civil, estatuto da empresa, com suas alterações acompanhada da ata de eleição dos atuais diretores; d) Cópia dos documentos de identidade e CPF dos gerentes e/ou diretores; e) Cópia do registro de inscrição estadual e/ou municipal; f) Certificado de Regularidade junto ao FGTS; g) Certidão Negativa de Débito (CND) junto ao INSS; h) Certidão Negativa de Débito junto ao município sede da licitante; i) Certidão Negativa de débitos junto a Fazenda Estadual; j) Certidão Negativa da Dívida Ativa expedida pela Procuradoria Geral da União; k) Certidão Negativa de Débitos de Tributos e Contribuições Federais; l) Negativa de Falências e concordatas emitida pelo Poder Judiciário da sede da licitante, com data de emissão não superior a noventa dias. m) Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas (CNDT); n) Declaração de que não está descumprindo o disposto no art. 7, inciso XXXIII, da Constituição Federal, assinada pelo representante legal da licitante. o) No caso de empresa optante pelo Simples Nacional, comprovação de enquadramento ME ou EPP. p) Formulário de Cadastro de fornecedores, disponível no site devidamente preenchido. Observações: a) A licitante interessada, deverá promover visita técnica até o dia 27 de março

3 de 2015, para apresentar demonstração técnica (Prova de Conceito) e ser aprovada nos requisitos de classificação obrigatório, sendo que a demonstração não poderá exceder à 06 horas, devendo ser agendado horário com servidor fiscal dos serviços Sr. Anderson Bohrer, pelo telefone (54) e, obrigatoriamente, deverá ter a presença do responsável técnico da licitante, sob pena da não emissão do atestado. b) Não será aceito a participação de empresas consorciadas. 3.3 Caso alguma das certidões constantes no Certificado de Registro Cadastral do Município de Gramado esteja com o prazo de validade expirado ou irá expirar até a data de abertura dos envelopes de habilitação, a licitante deverá regularizá-lo no órgão emitente até o dia 27 de março de 2015 sob pena de inabilitação. 3.4 Caso alguma das certidões constantes no Certificado de Registro Cadastral do Município de Gramado, tenha sua data de validade expirada entre a o prazo para regularização de cadastro e o dia aprazado para abertura dos envelopes, nos casos em que o órgão emissor somente libere nova certidão a partir da data de vencimento, a licitante deverá anexar o documento no envelope de habilitação. 3.5 Os documentos poderão ser apresentados nos originais ou em fotocópias autenticadas por um tabelião, ou por servidor desta Administração Pública Municipal, sendo dispensada a autenticação quando se tratar de cópia disponibilizada por intermédio da Internet. 4 DO ENVELOPE DE HABILITAÇÃO 4.1 O envelope n.º 01 deverá conter os seguintes documentos: a) Certificado de Registro Cadastral emitido pela Prefeitura Municipal de Gramado, devidamente atualizado com todas as certidões constantes no corpo do instrumento dentro do prazo de validade; b) Atestado emitido pela Administração Publica, de que a licitante promoveu demonstração técnica (Prova de Conceito) e foi aprovado nos requisitos de classificação obrigatório. c) Declaração de que os aplicativos ofertados são plenamente compatíveis com o sistema operacional, ambiente de rede e estrutura de hardware verificados no Município por ocasião da visita técnica. 5 DA QUALIFICAÇÃO TÉCNICA 5.1 O envelope nº 02 deverá conter os seguintes documentos: a) Planilha dos Requisitos de Qualificação Técnica, conforme Anexo II, totalmente preenchida, sem rasuras, emendas ou entrelinhas. Deverá conter a identificação da licitante, bem como conter a rubrica ou assinatura em todas as páginas do representante legal da empresa. b) Declaração com o prazo máximo para a conclusão dos trabalhos de instalação,

4 implantação, migração/conversão de dados e o treinamento dos servidores para os sistemas licitados, com dados a serem convertidos por estarem atualmente já em uso no município. c) Declarações ou Atestados comprovando a capacidade de fornecimento dos sistemas e a qualidade de atendimento, conforme anexo II deste edital caso a Comissão de Licitações julgar necessário, poderá realizar diligências para comprovar a efetiva operacionalidade das soluções atestadas. d) Todos os documentos exigidos poderão ser apresentados em original ou por processo de cópia reprográfica autenticada por tabelião de notas ou por oficiais de Registro Civil das Pessoas Naturais, publicações de órgãos da imprensa oficial e na forma da lei, ou ainda poderão ser autenticados por servidor desta administração municipal. 6 - DA PROPOSTA FINANCEIRA 6.1 O envelope n.º 03 deverá conter os seguintes documentos: a) A Proposta Financeira, mencionando o valor unitário a ser pago pelo objeto licitado, considerando os itens abaixo descritos, conforme modelo de proposta (anexo IV) e observados os seguintes itens: 1 Locação dos Sistemas: discriminar o valor da locação, de forma mensal, de cada um dos sistemas relacionados no item 1 deste Edital. O valor total deste item será a soma de todos os valores de locações mensais. 2 - Taxa de Suporte e Manutenção Mensal: discriminar o valor da taxa de suporte, de forma mensal, aos sistemas relacionados no item 1 deste Edital. O valor total deste item será a soma de todos os valores de suporte e manutenção mensais. 3 Implantação e Treinamento: discriminar o valor unitário da hora de treinamento trabalhada in loco, na sede da proponente, para os sistemas relacionados no item 1 deste Edital. Este valor hora deverá ser multiplicado por 380 (trezentas e oitenta) horas para dar o valor deste item. 4 Customizações e Desenvolvimentos Específicos: discriminar o valor unitário da hora técnica voltada para customizações específicas, vinculada aos sistemas relacionados no item 1 deste Edital. Este valor hora deverá ser multiplicado por 150 (cento e cinquenta) horas para dar o valor deste item. 5 Valor Total Global: a proposta deverá ser totalizada com a soma dos totais de todos os itens descritos acima, sendo esse o seu valor global para fins de julgamento. 6.2 O prazo de validade da proposta financeira deverá ser de no mínimo 60 (sessenta) dias a contar da data determinada para abertura das propostas; 6.3 Os valores deverão ser apresentados em moeda corrente nacional, sendo que o valor total da proposta deverá ser expresso em algarismo e por extenso, prevalecendo este último, em caso de discordância;

5 6.4 Os preços já deverão estar onerados dos impostos ou encargos trabalhistas, previdenciários e fiscais e deduzidos de eventuais descontos ou quaisquer outras vantagens; 6.5 Quaisquer inserções que visem modificar, extinguir ou criar direitos, sem previsão no edital, serão tidas como inexistentes, aproveitando-se a proposta no que não for conflitante com o presente Edital. 7 DO PROCEDIMENTO 7.1 Fica estabelecido que os anexos e todos os documentos são complementares entre si, de modo que qualquer exigência, requisito, especificação ou determinação que se mencione em um e se omita em outro, será considerado especificado e válido; 7.2 Recebidos os envelopes, na data e horário designados, a Comissão de Licitações passará à apreciação da fase de habilitação; 7.3 Abertos o envelope da habilitação, os documentos serão rubricados pelos membros da Comissão de Licitações, e pelos licitantes presentes. 7.4 A seguir, a Comissão de Licitações, se julgar em condições, decidirá sobre a habilitação dos concorrentes, considerando-se automaticamente inabilitado aquele que deixar de apresentar qualquer dos documentos exigidos no item 4 deste Edital. 7.5 Ao declarado inabilitado, será devolvido, fechado, os envelopes da Proposta Técnica e da Proposta Financeira, mediante consignação em ata ou, se não tiver o licitante representante autorizado presente, após a homologação, contra recibo. 7.6 Nenhum adendo será admitido nesta fase. 7.7 A seguir, a Comissão de Licitações abrirá os envelopes de Técnica, rubricando cada folha e colhendo a rubrica dos licitantes presentes, que poderão examinar as informações. 7.8 A seguir, a Comissão de Licitações, fará a análise da pontuação atingida por cada licitante. 7.9 A seguir, a Comissão de Licitações abrirá os envelopes da Proposta Financeira, rubricando cada folha e colhendo a rubrica dos licitantes presentes, que poderão examinar as informações Qualquer documento apresentado com inverdade de informações ou comprovada sua falsidade, gerará a automática desclassificação da licitante, independente da fase que se encontre o julgamento Em todas as fases da presente licitação serão observadas as normas previstas nos incisos, alíneas e parágrafos do art. 109 da Lei nº / Os prazos para impugnação do presente Edital são os constantes da Lei Federal 8.666/ A impugnação feita tempestivamente pelo licitante não o impedirá de participar da licitação até o julgamento e decisão. 8 DO JULGAMENTO DA PROPOSTA TÉCNICA 8.1 Será verificada a pontuação obtida por cada licitante, conforme planilhas do Anexo II, sendo classificadas com base na pontuação técnica obtida, considerando-se: - todos os itens classificados com Atendimento valerão 1(um) ponto caso atendido e 0 (zero) pontos caso não atendido;

6 - todos os itens classificados com Atendimento valerão 1(um) ponto caso atendido e 0 (zero) pontos caso não atendido, sendo que qualquer item obrigatório que não for atendido causará a desclassificação da empresa; - O total de pontuação que uma empresa poderá atingir será de 100 pontos; 8.2 Pontuação Proposta Técnica A Proposta Técnica será avaliada com atribuição de pontuação máxima de 100 (cem) pontos, correspondente a 70% (setenta por cento) da Nota Final. 8.3 Nota da Proposta Técnica Para cada proposta será calculada a Nota da Proposta Técnica (NT), considerado-se a soma dos itens discriminados no Anexo II, através da aplicação da seguinte fórmula: NT = PT x Onde: NT = Nota da Proposta Técnica. PT = Pontuação Obtida na avaliação da Proposta Técnica. 9 - DO JULGAMENTO DA PROPOSTA FINANCEIRA 9.1 A Proposta Financeira (PF) será considerada pelo Valor Global, sendo atribuída a pontuação de no máximo 100 (cem) pontos, na seguinte forma: Proposta com menor valor global pontos Proposta com segundo menor valor global - 95 pontos Proposta com terceiro menor valor global - 90 pontos Proposta com quarto menor valor global - 85 pontos Observação: O critério acima, decrescendo de 05 (cinco) em 05 (cinco) pontos, será utilizado para tantas quantas forem as propostas participantes. 9.2 Pontuação da Proposta Financeira A Proposta Financeira (PF) será avaliada com atribuição de pontuação máxima de 100 (cem) pontos, correspondente a 30% (trinta por cento) da Nota Final. 9.3 Nota da Proposta Financeira Para cada proposta será calculada a Nota da Proposta Financeira (NF), através da aplicação da seguinte fórmula: Onde: NF = PF x

7 NF = Nota da Proposta Financeira. PF = Pontuação obtida na avaliação da Proposta Financeira DO JULGAMENTO FINAL 10.1 Esta licitação é do tipo técnica e Preço e o julgamento será realizado pela Comissão de Licitações, considerando vencedora a proposta com a maior Classificação Final (CF), respeitados os critérios e determinações do presente Edital na escolha da proposta mais vantajosa para o Município Para efeito de cálculo da Classificação Final mencionada no item 10.1 serão levadas em consideração duas casas decimais, desprezando-se a fração remanescente A classificação final se dará da seguinte forma: CF = NT + NF Onde: CF = Classificação Final dos licitantes. NT = Nota da Proposta Técnica. NF = Nota da Proposta Financeira Será considerada vencedora a licitante que obter a maior Classificação Final (CF), em favor da qual será adjudicado o objeto do certame Em caso de empate de duas ou mais propostas, obedecido ao disposto no parágrafo 2 do artigo 3 da Lei n /93, será utilizado o sorteio, em ato público, com a convocação prévia de todos os licitantes Será verificada a conformidade das propostas apresentadas com os requisitos estabelecidos no edital, sendo desclassificadas as que estiverem em desacordo Serão desclassificadas as propostas que não atenderem às exigências contidas no objeto desta licitação, as que contiverem opções de preços alternativos, as que forem omissas em pontos essenciais, de modo a gerar dúvidas, ou que se oponham a qualquer dispositivo legal vigente. 11 DOS SERVIÇOS Serão obrigações da Licitante vencedora: a) Cumprir todas as cláusulas e condições do presente Edital, dos seus anexos e do contrato decorrente; b) Instalar, implantar, customizar, migrar dados e treinamento dos softwares, num prazo máximo de 08 (oito) meses para os sistemas licitados e atualmente já em uso pelo município e com dados a serem convertidos; c) Custear as despesas com salários, encargos, seguro, transporte, alojamento, alimentação do pessoal técnico e outras que porventura venham a ser criadas e exigidas por Lei, durante a execução dos serviços; d) Aceitar, nas mesmas condições contratuais, os acréscimos ou as supressões que se fizerem necessárias, em até 25% (vinte e cinco por cento) do valor inicialmente contratado,

8 atualizado, nos termos do parágrafo 1º da letra d do inciso II do art. 65 da Lei 8.666/93 e Diplomas Complementares; e) Manter, durante a execução do contrato, em compatibilidade com as obrigações a serem assumidas, todas as condições de habilitação e qualificação exigidas neste Edital; f) Não subcontratar os serviços objeto desta Tomada de Preços; g) Responsabilizar-se pela idoneidade e pelo comportamento de seus empregados, prepostos ou subordinados; h) Comunicar por escrito, qualquer anormalidade que, eventualmente, ocorra na execução dos serviços ou que possa comprometer a sua qualidade; i) Acatar as normas de acesso de pessoal às instalações do município ou de seus usuários; j) Solicitar por escrito a prorrogação do prazo de implantação, se ocorrer atrasos por motivos atribuíveis ao município, pelo mesmo período do atraso, acompanhada da devida justificativa e sujeita à aprovação do município; l) Solicitar autorização com antecedência, sempre que for necessária a execução dos serviços fora do horário normal de expediente da administração, pois dependerá de prévia autorização da administração para a entrada e/ou permanência dos funcionários da licitante vencedora; m) Prestar os serviços de suporte técnico e manutenção nos sistemas na sede da Prefeitura Municipal, no horário comercial, das 08:00 às 12:00hs e das 13:30 às 18:00hs, de segunda a sexta-feira, mediante solicitação do município e dentro das condições contratuais vigentes; n) Os serviços de suporte técnico realizados na sede da empresa contratada, deverão ser mediante o uso de telefone, tele-suporte, fax ou outros meios/ferramentas de acesso/comunicação remota, ou com a presença/comparecimento pessoal de servidores do município de Gramado. o) Detectados erros nos sistemas (bugs), a contratada deverá providenciar sua correção, colocando-os em perfeitas condições de operacionalidade. p) Manter absoluto sigilo sobre quaisquer documentos, informações ou dados que tiver conhecimento ou acesso, em decorrência da execução dos serviços e não prestar declarações ou informações sem prévia autorização por escrito da Prefeitura Municipal a respeito do contrato e dos serviços a ele inerentes. 12 DO PAGAMENTO 12.1 Pela locação dos sistemas serão efetuados mensalmente, até o 5º (quinto) dia útil do mês subsequente ao da prestação dos serviços, à vista das notas fiscais decorrentes ou outros documentos equivalentes, sendo o valor incidente a partir da data de instalação dos sistemas nas máquinas da Prefeitura Municipal e sendo a primeira mensalidade de valor proporcional ao número de dias dentro daquele mês, contando-se a data de instalação inclusive, até o último dia do mês Pelos serviços de migração (conversão, instalação, implantação e treinamento dos sistemas), serão efetuados semanalmente conforme decorrerem os trabalhos, à vista das notas fiscais decorrentes ou outros documentos equivalentes Pelos serviços de suporte técnico prestado mensalmente, envolvendo atendimentos e atualizações, serão realizados até 10 (dez) dias úteis após a prestação dos serviços, à vista das notas fiscais decorrentes ou outros documentos equivalentes.

9 12.4 Não serão permitidos adiantamentos de pagamentos Em caso de atraso, os valores contratados serão acrescidos de multa de 1% (um por cento), mais juros de 2% (dois por cento) ao mês, a título de compensação financeira, desde o dia subsequente ao do vencimento até o do seu efetivo pagamento A despesa com a locação dos sistemas e serviços, objeto do presente Edital, ocorrerá pela seguintes dotações orçamentárias do município: Categoria econômica: Outros serviços de 3º- Pessoa Jurídica 13 DAS PENALIDADES 13.1 A licitante vencedora que descumprir quaisquer das cláusulas ou condições da presente Tomada de Preços ficará sujeita às penalidades previstas nos art. 86 e 87 da Lei Federal n 8.666, de 21 de junho de 1993, especialmente de: a) Pela inexecução total ou parcial do contrato a Administração poderá, garantida a prévia defesa, aplicar, também, as seguintes sanções: a.1) Advertência; a.2) Multa de 10% (dez por cento) sobre o valor inadimplido de locação mensal vigente; a.3) Suspensão temporária em licitação e impedimento de contratar com a Administração Pública, por prazo não superior a 02 (dois) anos; a.4) Declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração Pública, enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição ou até que seja promovida sua reabilitação b) O atraso que exceder ao prazo proposto para a conclusão de implantação e migração dos dados do sistema, acarretará a multa de 0,5 (zero vírgula cinco por cento), por dia de atraso, limitado ao máximo de 10% (dez por cento), sobre o valor mensal de locação vigente referente ao sistema cuja implantação sofreu atraso; c) O não-cumprimento de obrigação acessória, sujeitará o fornecedor à multa de 10% (dez por cento) sobre o valor mensal de locação vigente; 13.2 Na aplicação das penalidades previstas no presente Edital, o Município considerará, motivadamente, a gravidade da falta, seus efeitos, bem como os antecedentes do licitante ou contratado, podendo deixar de aplicá-las, se admitidas as suas justificativas, nos termos do que dispõe o artigo 87, "caput", da Lei nº 8.666/ As penalidades serão registradas no cadastro do contratado, quando for o caso Nenhum pagamento será efetuado enquanto pendente de liquidação qualquer obrigação financeira que for imposta ao fornecedor em virtude de penalidade ou inadimplência contratual DAS DISPOSIÇÕES GERAIS 14.1 A empresa vencedora terá o prazo máximo de 05 (cinco) dias para assinar o contrato, sob pena da perda do direito objeto desta licitação O atraso na implantação dos sistemas, acarretará em multas previstas no termo contratual; 14.3 Em nenhuma hipótese será concedido prazo para apresentação da documentação e proposta exigidas e não apresentadas na reunião de recebimento;

10 14.4 Não serão admitidas, por qualquer motivo, modificações ou substituições das propostas ou quaisquer outros documentos; 14.5 Só terão direito a usar a palavra, rubricar as propostas e apresentar reclamações ou recursos, assinar atas e o contrato os licitantes ou seus representantes presentes à reunião e os membros da Comissão de Licitações; 14.6 Uma vez iniciada a abertura dos envelopes relativos à documentação não serão admitidos à licitação os participantes retardatários; 14.7 A empresa vencedora da presente licitação, se desistir de fornecer o produto licitado, poderá, a critério da Administração, ser suspensa do direito de licitar, pelo prazo de 02 (dois) anos, independentemente das medidas judiciais cabíveis; 14.8 Ao Prefeito fica assegurado o direito de, no interesse do Município, revogar ou anular a presente Licitação, sem que caiba aos licitantes quaisquer direitos a reclamação ou indenização; 14.9 O presente Edital poderá ser obtido no site São anexos e parte integrante deste Edital: Anexo I Projeto Básico; Anexo II Requisitos de Qualificação Técnica; Anexo III Minuta de Contrato; Anexo IV Modelo de Proposta Financeira. Gramado, 26 de fevereiro de NESTOR TISSOT Prefeito Municipal

11 EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS 007/2015 Anexo 01 PROJETO BÁSICO 1. Do Objeto Tomada de Preços, do tipo técnica e preço, com análise de requisitos técnicos e funcionais para contratação de Software avançado e gerenciador eletrônico de documentos da qualidade, para permitir a divulgação de normas, manuais, instruções de trabalho e documentos gerais. Deverá ser compatível com os padrões ISO 9000 e integração com os modelos de planejamento estratégico e operacional, gestão das não conformidades, gestão das auditorias, gestão dos processos, gestão dos riscos e pesquisas eletrônicas de satisfação, contemplando todas as necessidades da Prefeitura. 2. Da Justificativa da Contratação A Prefeitura de Gramado instituiu desde o ano 2006 um sistema de gestão para melhor controlar sua administração. Com o tempo a administração percebeu que manualmente estaria sendo impossível ter estes controles. Surge a necessidade da aquisição de um sistema de software gerencial que atenda nossas necessidades e nossos dados estejam melhores controlados para melhores tomadas de decisões. 3. Especificação dos Serviços ITEM ESPECIFICAÇÃO 1 Locação de 60 Licenças de Uso 2 Serviços Técnicos de Suporte, Manutenção e Atualização 3 Serviços de Treinamento e Implantação 4 Serviços de Customizações 4. Licença de Uso Locação por prazo indeterminado, de acesso simultâneo (concorrente), onde a contratante terá direito ao uso do software, após assinatura de contrato, e os pagamentos serão mensais. Durante esse período serão contratados os serviços de garantia, manutenção e suporte técnico Dos requisitos técnicos O aplicativo deve apresentar interface gráfica e operar em ambiente Web permitindo o acesso através de navegadores internet (browsers) padrões de mercado; Linguagem orientada à Objetos: Java; Implementada segundo padrão RIA - Rich Internet Application; Suportar múltiplos navegadores, inclusive os padrões de mercado (Internet Explorer 9+, Firefox 10+, Chrome, Safari 5+ entre outros); Não requer qualquer instalação ou configuração especial na estação de trabalho cliente; Totalmente compatível com webservertomcat6 e/ou superiores; Roda em ambiente seguro, sobre o protocolo HTTPS (HyperTextTransferProtocolSecure); Software Multiplataforma (Windows, Linux, MacOS, IOS, Android, etc); Suportar banco de dados relacionais SQL Structured Query Language (Oracle, SQL Server, MySQL) Multi-usuários; Diversos métodos de autenticação, com possibilidade de uso de SSO (Single Sign-On), integração nativa com os serviços LDAP e Microsoft Active Directory; Integração com servidores de correio eletrônico compatíveis com os protocolos SMTP, MAPI ou IMAP4; Compatível com plataforma de 64 bits (processadores e sistemas operacionais); Controle contra alterações simultâneas de operações, garantindo a integridade de dados;

12 Administração centralizada do sistema, no que tange atividades como manutenção de usuários, configuração e definição de perfis de acesso, e configurações gerais; A interface com os usuários deve ser totalmente em Português (Brasil), inclusive os manuais, porém a ferramenta deverá permitir a utilização do software traduzido também para Espanhol e Inglês; Possuir ajuda (help) em Português (Brasil) disponível para consulta na ferramenta; Todos as soluções deverão estar contempladas na mesma suíte, e não será permitida a integração de sistemas e aplicativos de fornecedores terceiros; Categorização parametrizável de usuários baseada em regras (Roles); Ferramenta para formação e gerenciamento de Grupos de usuários; Ferramentas para transferência de responsabilidades de usuários voltada ao Planejamento Estratégico e Operacional; A execução das atividades relacionadas à integração com os sistemas já utilizados na prefeitura será de responsabilidade da contratada; Permitir a importação de dados históricos de planilha eletrônica Excel, para carga de dados históricos; A integração de dados deverá ser totalmente automatizada e deverá ser possível com qualquer banco de dados; A integração deverá ser registrada em tabela auxiliar no banco de dados do sistema e permitir que se faça conferência dos dados importados; Compatibilidade com o servidor de aplicação Windows 2003/2008 Server e Linux O software deverá permitir customizações para atender necessidades específicas; Possuir repositório de arquivos para compartilhamento de arquivos digitais no âmbito da ferramenta Dos requisitos funcionais Criar e configurar diferentes categorias de documentos. Através das categorias que os documentos serão gerados, será determinado o fluxo no workflow, passando por elaboração, validação e distribuição até a disponibilização do documento publicado em pasta/local pré-definida em um repositório de documentos; Workflow completo para gerenciamento eletrônico de documentos; Controlar o vencimento das versões dos documentos, assim como sua notificação antecipada de vencimento; Limitar o número de versões do documento que será armazenada no repositório; Definir o padrão de numeração/código dos documentos, bem como a geração automática desta numeração assim que o documento for elaborado; Definir responsáveis pela elaboração, validação e distribuição dos documentos por categoria e utilização de grupos de usuários, nas etapas de validação, contendo no mínimo duas etapas. Exemplo: verificação e aprovação de documentos ; Criar layouts de relatórios de impressão de documentos a partir da seleção de campos, estes layouts deverão estar disponíveis no momento da impressão, podendo o usuário escolher e modelo de relatório que desejar imprimir; Manter e controlar os registros de eventos de cada documento; Transferir ou remover a responsabilidade de um evento de validação dos documentos; Acessar todos os documentos, através de um repositório de documentos global, construído através de pastas e subpastas e permitira funções como criar, editar, excluir pastas e subpastas deste repositório; Possuir informações de gerenciamento, como: total de documentos, documentos vencidos, documentos em edição, documentos em leitura, documentos em quarentena e documentos não acessados; Controle de documentos por versão; Possuir funcionalidade que permita configurar uma lista de usuários que devam ser notificados assim que um documento for publicado; Conseguir visualizar por documento quais usuários estão fazendo leitura do mesmo; Possibilitar a geração de atalhos pelo próprio usuário em seu ambiente, para que seja possível acessar rapidamente os documentos que mais utiliza; Conseguir configurar por documento quais usuários podem visualizar o mesmo; Permitir a inserção de arquivos anexos a um documento; Permitir a elaboração, validação e publicação de um pacote de documentos; Através do repositório de documentos, permitir criar novas versões, prorrogar documento vencido, abrir os documentos, inspecionar as propriedades dos documentos, visualizar histórico, exportar documento, controle de acesso, enviar mensagens, mover o documento de uma pasta para outra, excluir versão, excluir todas as versões, recuperar versões antigas;

13 Modificar o status inativo ou obsoleto dos documentos, assim como voltar ao status normal; Controlar versões, permitindo a publicação somente da última versão publicada; As versões históricas devem estar disponíveis somente para o administrador da ferramenta; Controlar a impressão/distribuição das cópias dos documentos, permitindo imprimir cópias controladas e cópias não controladas Controlar a localização das cópias impressas; Gerar relatório/protocolo para colher assinatura das entregas de cópias físicas; Gerar relatórios em formato PDF e permitir que usuários administrador possam definir os modelos e tipos de relatórios a serem criados, sem que haja necessidade de desenvolvimento técnico; Visualizar documentos em PDF, permitindo a impressão dos documentos neste formato somente por usuários autorizados; Visualizador PDF nativo da aplicação; Possuir recurso que permita somente visualização por parte dos usuários a documentos em formato PDF; Repositório eletrônico de documentos, onde seja possível criar estrutura de pastas e subpastas para melhor organizar os documentos. Que seja possível que durante o fluxo de validação dos documentos, o mesmo seja organizado manualmente para determinada pastas e também de forma automática através de definição prévia na categoria do documento; Criar documentos a partir de modelos pré-estabelecidos no sistema e estes modelos de documentos também devem seguir uma regra de validação como qualquer outro documento; Que seja possível diferenciar um documento normal de um modelo/template de documentos; Que o elaborador do sistema possa abortar o processo de validação de um documento caso tenha identificado que ainda precise realizar alterações neste mesmo documento; Efetuar pesquisa/busca de documentos utilizando: palavra chave, código, título, responsável; Ambiente amigável e de fácil operação para usuários responsáveis pela elaboração, validação dos documentos; Permitir a validação/aprovação de um documento através de uma agenda consolidada; Notificar via os envolvidos no workflow, assim que um documento for liberado para validação/aprovação; Criar uma lista de documentos e definir um grupo de usuários que devem fazer a leitura, efetuar a confirmação de entendimento do documento; Consultar/buscar e imprimir documentos, permitindo localizar documentos por código, título, validadores, distribuidor, palavra-chave, informações, data de publicação, data de validade, tamanho, categoria, requisitos e local; Visualizar em tela única, documentos em edição, documentos em leitura, documentos vencidos, documentos a vencer, documentos a serem validados, documentos obsoletos, documentos aguardando vigência e todos documentos; Permitir que seja possível substituir arquivo de um documento em edição/revisão; Funcionalidade que permita exportar documentos; Permitir anotações referentes ao documento; Não permitir que qualquer usuário apague documentos; Não permitir que qualquer usuário do sistema crie novas versões dos documentos; Das ocorrências, ações preventivas e corretivas: Cadastrar, editar, tratar, excluir e consultar ocorrências e não conformidades; Criar categorias/tipos de ocorrências; Criar formulários das ocorrências com a personalização flexível dos campos a serem preenchidos para cada categoria; Criar lista de entrada nos campos do formulário de ocorrência para o usuário selecionar opções; Alterar as listas de entrada dos formulários após utilização; Possibilitar impressão do formulário criado para fins de conferência; Possuir notificação automática por assim que uma ocorrência passar de uma etapa a outra no workflow; Criar um workflow para cada formulário permitindo no mínimo as seguintes etapas: cadastro, aceite, análise, aprovação, controle, verificação e arquivamento; Criar workflow simplificado, seguindo o Relatório de Ação Imediata, e permitir que se configure para cada formulário responsáveis por etapa no workflow; As ocorrências registradas devem alimentar automaticamente um indicador no planejamento estratégico, quantificando o número de registros de uma determinada ocorrência; Configurar responsável por categoria e por formulário, para que este possa realizar o gerenciamento de cada uma delas;

14 Monitorar as ocorrências através de uma tela única do workflow; Gráfico de acompanhamento de toda a carga de trabalho dos envolvidos e por etapas do workflow; Análises das ocorrências e registros por gráficos Pareto; Gerar numeração automática das ocorrências na etapa de cadastro, podendo esta numeração ser definida por categoria ou por formulário; Inserir causa provável e ações no registro da ocorrência; Inserir usuários em cada registro de ocorrência para acompanhar a mesma através de notificações; Deve informar na própria tela, número de registro e informações gerais sobre a ocorrência cadastrada; Permitir editar uma ocorrência para inserção de novas informações até o seu efetivo aceite; Analisar a ocorrência através de diagrama de Ishikawa e também registro de causas; Legenda que permita visualizar através de ícones os status dos registros de ocorrências: Ocorrência em Revisão, Ocorrência Nova, Ocorrência Aceita, Ocorrência Em Análise, Ocorrência Analisada, Ocorrência A Executar, Ocorrência Em Andamento, Ocorrência Concluída, Ocorrência Efetiva, Ocorrência Não Efetiva, Ocorrência Ignorada, Ocorrência Atrasada, Ocorrência Devolvida e Incidente; Criar ações corretivas e preventivas, na etapa de análise, através da metodologia 5W2H; As ações corretivas e preventivas, deverão conter as seguintes recursos: O quê, Por que, Como, Onde, Escopo, Responsável, Equipe, Ação Antecessora, Data de Inicio Estimado, Data Fim Estimado, Investimento Estimado, Instruções para Execução, Data Inicio Realizado, Data Fim Realizado, % Andamento da Ação, Investimento Realizado, Retorno/Feedback da Execução, Verificação de Eficácia, Data da Verificação, Quem Verificou, Retorno da Verificação, Anexo da Ação, Anotações da Ação, Possibilidade de Suspensão da Ação; Possibilidade de colocar data para execução, e que em todas as etapas do workflow os seus respectivos responsáveis possam observá-las; Apresentar como pendência no sistema ao responsável após a aprovação da ocorrência, e que esta pendência seja exibida na agenda do usuário e na tela inicial do sistema; Execução das ações será somente após a aprovação da ocorrência; Não permitir a conclusão da execução da ocorrência enquanto todas as ações não estiverem concluídas; Quando do arquivamento de uma ocorrência e a mesma for classificada como não efetiva, o sistema deverá permitir que seja criado novo registro e este deverá ficar vinculado ao registro anterior; As ações corretivas e preventivas provenientes da etapa de análise de uma ocorrência, deverão cair automaticamente na agenda dos responsáveis por sua execução; No workflow, o sistema somente pode passar para a etapa de verificação, assim que todas as ações estiverem finalizadas; Na execução das ações, o usuário poderá colocar data retroativa, isto é, colocar uma data anterior a data atual como data de início de uma ação; Na execução das ações, o usuário não poderá colocar data superior a data atual para finalizar a ação; Verificar a efetividade da resolução da ocorrência e inserir as evidências da verificação após a finalização da execução; Quando uma ocorrência for definida como não efetiva, permitir que seja efetuado novo registro para executar o workflow novamente; A ocorrência poderá ser devolvida pelo responsável para etapa anterior, mediante justificativa; Inserir anexos internos e externos ao sistema em qualquer etapa do workflow da ocorrência; Configurar prazo para cada etapa da ocorrência; Classificar a prioridade de cada ocorrência; Ignorar a ocorrência mediante justificativa e que esta justificativa seja obrigatória; Transferir a responsabilidade de um grupo de ocorrências; Configurar um repositório de formulários previamente definidos; Tela para cada usuário gerenciar/executar as ocorrências e ações sob sua responsabilidade; Enviar notificações por de determinados registros selecionados; Enviar mensagens internas pelo sistema de registros selecionados; Executar ações de responsabilidade do usuário e consultar as informações das ocorrências as quais as estas ações estão associadas; Excluir ocorrências e formulários já cadastrados do sistema; Filtros avançados para construção de gráfico, com frequência numérica e percentual por tipo de formulário, definir

15 níveis de detalhamento; Possuir ferramenta de análise de ocorrências, através de diagrama/gráfico de ocorrências, permitindo as seguintes ações: imprimir análise, filtrar o diagrama, salvar filtragem realizada, editar e limpar filtragem realizada; Na ferramenta de diagrama de ocorrências permitir os seguintes agrupamentos: por categoria de ocorrência, por tipo de ocorrência, por setor da ocorrência, por ano da ocorrência, por causa da ocorrência, por situação da ocorrência e por resultado da ocorrência; Visualizar as ocorrências através de diagrama, que possibilite o agrupamento por categoria, tipo de ocorrência, setor, ano, causa, situação e resultado; Ferramenta para acompanhamento de todas as ações planejadas na análise das ocorrências. Permitir inspecionar e realizar impressão de relatórios; Possuir ferramenta de análise de ações corretivas e preventivas das ocorrências; Possuir ferramenta de análise Pareto, que permita imprimir o gráfico de Pareto e também permitir filtrar as informações de forma bem prática; Possuir filtro avançado para pesquisar/classificar ocorrências e este filtro deverá permitir: salvar a filtragem realizada, abrir filtragem salva, editar filtragem realizada e limpar filtragem realizada; Em qualquer etapa do workflow, que seja possível inspecionar a ocorrência e ver todas as suas informações; Enviar mensagens aos usuários através das ferramentas de análise; Capturar a imagem, salvar e imprimir gráficos e diagramas; Permitir duplicar um tipo de ocorrência para que seja utilizada as suas configurações padrão; Inserir cenários, temas estratégicos e análise Swot, missão, visão, valores e outros tópicos; Anexar documentos do tipo texto, imagem, planilhas, pdf, páginas web a qualquer item do planejamento, como perspectiva, objetivo, indicador e plano de ação; O sistema deverá possuir logo que o usuário efetuar seu login, em sua tela inicial, notificações das pendências do usuário, estas pendências do usuário, deverão ser emitidas via software de Planejamento Estratégico, podendo executar as pendências e atividades via lista de pendência. Bem como agenda consolidada do usuário, tanto de itens que deverão ser atualizados, quanto de itens pendentes de atualização; O sistema deve permitir que cada usuário possa criar um ambiente personalizado, de modo que neste local seja permitido inserir as principais informações de seu planejamento estratégico e operacional, assim como, documentos e elementos ligados a não conformidades e pesquisas de satisfação. Isto tudo para facilitar o gerenciamento de seus itens do planejamento. Neste ambiente é preciso ser de fácil utilização por parte do usuário, um ambiente com interface amigável e permitir que o mesmo possa criar pastas e sub-pastas para melhor organização. Que neste ambiente seja possível inserir, excluir e analisar os seguintes itens; Executar um script ou rotina de atividade ligada ao sistema; Selecionar uma pesquisa eletrônica que foi realizada no sistema; Registro das principais ocorrências e não conformidades de que deseja acompanhar; Tipo de ocorrência; Documento controlado pelo sistema; Pasta que armazena documentos controlados; Modelo de Planejamento; Mapa Estratégico; Perspectiva e Objetivos Estratégicos; Estratégias e Planos de Ação Indicadores Estratégicos e Operacionais; Visão de dados com ferramentas para a tomada de decisão; Link para página web; Link para algum arquivo da rede; Painel de bordo/dashboard; Apresentações executivas; Painéis comparativos de gestão; Apresentar tela de resumo com dados estatísticos e propriedades dos itens do planejamento e que por este resumo possa saber a performance do modelo de planejamento estratégico e operacional; Gerar automaticamente um scorecard/mapa estratégico e que nesse mapa o usuário possa realizar as ligações de causa e efeito entro os objetivos estratégicos;

16 Permitir colocar um painel de bordo/dashboard no local no mapa estratégico padrão do sistema; Permitir editar, excluir e modificar o scorecard; Que seja possível realizar alterações no scorecard; Permitir visualizar diferentes mapas estratégicos com base nos temas estratégicos utilizados na prefeitura; Mostrar no scorecard a performance de cada objetivo através de semáforos; Permitir que com apenas um duplo clique em um objetivo estratégico no scorecard a análise de todos os itens que contribuem para o resultado daquele objetivo; O sistema deverá permitir a atribuição de uma data de inicio e fim ao modelo de planejamento; Definição de planejamento como obsoleto e protegido através de permissão de usuário; Implementar e gerenciar mais de um modelo de planejamento, permitindo que estes modelos possam estar vinculados e consolidados em modelo corporativo, isto é, a ferramenta precisa permitir o gerenciamento de várias empresas, como por exemplo matriz e filiais; Possuir filtro que permita exibir ou não itens inativos e concluídos de um modelo de planejamento; Possuir editor de fórmulas, que permitam cálculos entre indicadores de modelos de planejamentos diferentes. Que neste editor de fórmulas seja possível: Adicionar indicadores de vários modelos estratégicos e operacionais diferentes; Realizar cálculos dos mais variados, não somente cálculos simples como adição e subtração; Permitir que o usuário possa definir se deseja ou não calcular a meta; Ter a possibilidade de inserir funções de cálculos customizados; Que seja possível ver os valores dos indicadores na própria fórmula; Que seja possível incluir o resultado de benchmark junto a esta fórmula; Que seja possível definir sobre qual período dos indicadores a fórmula será aplicada; Na estrutura operacional do planejamento, permitir a criação de classificações, que possam servir para organizar esta estrutura. Possibilitar a alteração dos ícones dessas classificações, para modelos como por exemplo: ícone de perspectiva, objetivo, estratégia, processo e outros modelos customizados, com estes ícones é possível deixar o modelo estratégico e operacional mais familiar ao modelo da prefeitura; Permitir proteger as classificações contra exclusão e edição; Que seja possível dar permissão de visualização a usuários e grupo de usuários; Que seja possível inativar e ativar determinada pasta; Atribuir responsáveis pelas classificações, tais como: Presidente, Gestor e Gerente Ao clicar sobre determinada classificação operacional, que seja possível exibir um resumo contendo: pontuação ou performance da classificação, quantidade total de indicadores, quantidade total de indicadores dentro da meta, quantidade total de indicadores fora da meta, quantidade total de indicadores desatualizados, quantidade de planos de ação, quantidade de ações, quantidade de ações em atraso, quantidade de ações fora do investimento, quantidade de ações não efetivas; Que cada classificação tenha um semáforo que indique a performance dos indicadores que estão sendo armazenados na mesma; Gerar relatórios dos itens do Planejamento Estratégico e Operacional; Gerar relatório do Planejamento Estratégico com data da criação, validade, quantidade de cenários, temas estratégicos, perspectivas, objetivos, estratégias, anexos e indicadores; indicadores dentro da meta, fora da meta, desatualizados, de monitoramento, concluídos, inativos e clones; quantidade de planos de ação, concluídos, inativos e clones, fora do investimento, não efetivos e período; Gerar relatório da estrutura estratégica, com as perspectivas, objetivos, estratégias e indicadores; Gerar relatório de toda estrutura operacional; Gerar relatório de relação entre indicadores; Duplicar e clonar elementos de um modelo de planejamento; Apresentar agenda consolidada do usuário, tanto de itens que deverão ser atualizados, quanto de itens pendentes de atualização; Inserir, editar, excluir e consultar perspectivas, objetivos e iniciativas estratégicas; Apresentar o desempenho de um objetivo estratégico pela performance dos indicadores que o compõe e permitir a utilização de pesos para cada um dos indicadores; Permitir a montagem de análises com elementos do planejamento estratégico que sirva de apoio para a tomada de decisão;

17 Cadastrar, editar e excluir indicadores; Cadastrar metas internas e campo para referencial comparativo(benchmarking); Configurar a relações entre indicadores; A alimentação dos indicadores deverá ser por meio da digitação ou captura em outros sistemas organizacionais, planilhas ou bancos de dados, através de uma funcionalidade de importação; Incluir um indicador com previsão de inclusão de resultados para o ciclo de um ano; Preencher o campo com uma justificativa para o desvio, a fim de manter histórico das variações dos resultados. Quando selecionado o indicador, o gráfico será visualizado junto com a referida observação; A visualização gráfica dos resultados de indicadores e metas deve ser automaticamente processada; Permitir a visualização gráfica dos resultados de cada indicador, meta, tendência, acumulado anos, acumulado atual, externos/benchmark; Permitir até 4 níveis de configuração de pesos para os indicadores; Poder configurar indicadores de monitoramento e que os mesmos sejam vistos de forma diferente na estrutura de indicadores; Cada indicador terá um gráfico com escala, representação por resultado, performance, variação, taxa, diferença e evolução, cálculo, individual, acumulado e média, comparação contínua, mensal, trimestral, semestral, anual e com a possibilidade de na mesma visualização do gráfico visualizar o histórico e a consolidação do período, exibição de meta, benchmark, direção, valores, anotações, regressão linear, períodos anteriores; Definir a direção de cada indicador, sendo quando maior melhor e quanto menor melhor; Exibir no rótulo no indicador se é ativo, inativo, concluído ou clonado; Sinalizador de desempenho acima da meta, dentro da meta, quase na meta, abaixo da meta para cada indicador, cada status com uma cor diferente; Sinalizador de tendência positiva, negativa e estática para cada indicador; Configurar periodicidade de alimentação do indicador, como diário, semanal, mensal, bimensal, bimestral, trimestral, quadrimestral, semestral e anual; Campo para unidade de medida de cada indicador; Configurar casas decimais para dados do indicador; Apresentar resumo do indicador com as seguintes informações: responsável, última atualização, próxima atualização, meta, resultado, unidade, tendência, desempenho, cálculo que o compõe, quantidade de ações planejadas, em andamento, suspensas, concluídas, em atraso, fora do investimento, efetivas, estimadas e realizadas; Permitir a inserção de dashboards, painéis, apresentações, planilhas, pdf e documentos, alinhados em classificação estratégica, seja em indicadores, pastas ou planos de ação; Permitir aos usuários remeter notificações através de mensagem aos responsáveis pelos indicadores; Criar agenda para execução de análise no padrão FCA(fato causa e ação), bem como permitir ao selecionar um indicador que o usuário visualize todas as ocorrências de análise crítica, realizadas na mesma tela; Visualizar as ações relacionadas ao indicador selecionado, sem precisar mudar de tela; Utilizar um indicador como modelo para criação de outros indicadores; O mesmo indicador pode estar alinhado tanto na estrutura estratégica quanto na estrutura operacional do modelo planejamento; Definir visualização diferenciada para indicadores medidos por percentual; Definir metas para o indicador, proporcional ao período de alimentação do indicador de forma automática e proporcional; Autorização de visualização de determinados indicadores, somente para um grupo de usuários; Permitir ambiente separado para o planejamento operacional com possibilidade de alinhamento destes itens ao ambiente estratégico e organizacional; Ambiente para a estruturação do planejamento estratégico, permitindo a estruturação do planejamento alinhado a metodologia BSC, estruturando uma visão através de perspectivas e objetivos estratégicos, estratégias, indicadores, projetos e planos de ação; Permitir a estruturação organizacional e acompanhamento desta estruturação unidade/ departamento/setor/colaborador ou Área/Setor/Colaborador; Permitir a visualização dos itens de responsabilidade de cada unidade, área/departamento, setor e colaborador; Cadastrar, editar, excluir e consultar ações; Possuir semáforos sinalizando status das ações de prazo e orçamento;

18 Mecanismo que permite notificar os responsáveis pelas ações por meio de mensagens eletrônicas ( corporativo) no caso de alterações, inclusões, reprogramações; Permite a reprogramação e manter os principais dados originais em forma de anotação da ação; Caso necessário o sistema deverá colocar um código automaticamente nos planos de ação; Campos separados para investimentos, e instruções de execução, prevendo datas de início e de fim da ação; Permitir a geração de relatório consolidado da situação de todas as ações; Permitir a geração de relatórios de cada ação com o detalhamento do 5W2H de todas as etapas; Permitir que o responsável pelo plano de ação possa suspender uma ação e também possa fazer uma verificação de eficácia; Permitir a criação de uma ação alinhada a um determinado indicador; Permitir a utilização de um plano de ação como modelo para criação de outros planos com as mesmas ações; Ferramenta que permita utilizar a aplicação da metodologia 5W2H; Permitir que uma ação possua um responsável e que fique a cargo deste a criação das etapas, podendo criar quantidade ilimitada de etapas para colaboradores diversos da organização. Estas etapas deverão cair imediatamente na caixa de mensagens eletrônicas ( corporativo) destes colaboradores; Possuir recurso que permita a autorização de visualização de determinadas ações, somente para um grupo de usuários autorizados; Permitir definir uma etapa antecessora que deve ser obrigatória à conclusão, para o início da etapa vinculada; Configuração e exibição de um cronograma das ações com rótulos indicativos de investimento e prazo, utilizando como referência de cronograma de forma gráfica; Que ao selecionar um plano de ação o sistema apresente uma estatística completa deste plano, obrigatoriamente com as seguintes informações: gestor do plano, responsável do plano, equipe do plano, data estimada do plano, data proposta do plano, próximo vencimento de ação deste plano, orçamento do plano, investimento estimado do plano, investimento realizado do plano, quantidade total de ações, quantidade de ações planejadas, quantidade de ações em andamento, quantidade de ações suspensas, quantidade de ações concluídas, quantidade de ações verificadas, quantidade de ações em atraso, quantidade de ações fora do investimento, quantidade de ações não efetivas, quantidade de ações, período estimado, período realizado; Permitir desdobrar uma ação de um plano em outro plano de ação; Permitir o registro de anotações nas ações e a inserção de arquivos anexos; Ferramenta que em forma de protocolo exiba de um modo geral e descritivo todas as ações de um determinado plano de ação; Sinalização gráfica que mostre a situação do plano de ação, contendo no mínimo as seguintes sinalizações: plano de ação ativo, plano de ação inativo, plano de ação concluído e plano de ação clonado; Ao visualizar um plano de ação na estrutura estratégica e operacional seja permitido identificar através de semáforos as seguintes sinalizações: plano de ação novo, plano de ação não iniciado e atualizado, plano de ação não iniciado e desatualizado, plano de ação em andamento e atualizado, plano de ação em andamento e desatualizado, plano de ação dentro da meta, plano de ação abaixo da meta; O plano de ação precisa apresentar obrigatoriamente dois cockpits, sendo um deles apresente informações sobre o período executado em dias e o outro cockpits apresente informações a respeito dos investimentos, ambos precisam sinalizar com um ponteiro as cores verde, vermelho e amarelo, conforme os resultados do plano de ação; Permitir que os planos de ação estejam alinhadas tanto na estrutura estratégica quanto na estrutura operacional ou organizacional, sem que seja necessária a duplicação ou a clonagem do plano de ação; Possuir ferramenta que se possa visualizar o cronograma dos planos de ação em modelo gráfico de gantt; Que no gráfico de gantt sinalize e possua uma legenda para as ações não efetivas, suspensas, fora do investimento, período estimado da ação, período realizado da ação, período em andamento da ação, se há instruções para execução da ação, se existir registro de feedback de execução da ação e percentual de execução da ação; Permitir no cronograma a visualização em modo anual e mensal; Possibilitar visualização no cronograma de todas as ações independentemente do seus status; Permitir escolha do período das ações no cronograma gráfico de gantt; Ter ambiente exclusivo para os usuários que somente executam ações; Permitir que na execução das ações, o usuário possa colocar data retroativa, isto é, colocar uma data anterior a data atual como data de início de uma ação, porém não permitir colocar data superior a data atual para finalizar a ação; Dashboards/painéis de bordo e painéis de gestão á vista;

19 Construção de dashboards de forma flexível com a utilização de figuras geométricas e edição de cores e tamanhos; Elaboração de painéis de bordo que possuam vínculos com elementos estratégicos e operacionais; Permitir a importação de imagens para a criação de dashboards; Construção de painéis de bordo com possibilidade de vinculação e visualização de indicadores, planos de ação, documentos anexos e arquivos de todos os formatos; Que os gestores possam através de um dashboard ter acesso a todas as informações estratégicas e operacionais e assim tomar decisões; Permitir criar painéis comparativos e este serem utilizado para gestão à vista; Permitir a impressão dos painéis de gestão, e que seja possível configurar o logotipo da prefeitura no cabeçalho do painel e que o mesmo assim possa ser impresso; Permitir a guarda de um painel e que o mesmo atualize automaticamente assim que um dado de um indicador ou plano de ação for alimentado ou alterado; Antes de imprimir um painel de gestão, que seja permitida a pré-visualização do mesmo; Possuir ferramenta que permita gerenciar os eventos de análise FCA dos elementos do planejamento. Que nessa ferramenta seja possível cadastrar, editar, reprogramar, excluir e consultar as análises; Na realização da análise crítica, permitir ou não a classificação do resultado, a critério da organização, com as seguintes classificações: Não classificado; Ótimo; Favorável; Regular; Desfavorável; Ruim; Crítico; A análise crítica é formada um conjunto de elementos do planejamento, como por exemplo uma lista de indicadores, os quais devem ser organizados e visualizados por diferentes visões, tais como, operacional, estratégica, estrutura organizacional, entre outros; Deve ser possível anexar documentos a uma análise crítica de todos os formatos; A analise crítica deve ser gerada a partir da visualização dos gráficos de indicadores e deve permitir a edição das observações redigidas na análise crítica apenas pelos participantes autorizados e os administradores do sistema, bem como a impressão de relatórios Quando da análise dos indicadores, deve ser possível à navegação entre as estruturas de planejamento e sua respectiva composição, a fim evidenciar a causa dos desvios; Possuir tela de alerta de pendência de análise crítica pelo administrador ou evento de análise crítica, a qual poderá já agendar o período para todo ano (ex.: mensal, bimestral, trimestral, quadrimestral, anual); Possuir itens para administrar as análises, como: liberar, encerrar, editar, excluir, dar parecer e imprimir; Permitir que possa ser gerada ocorrências de análise crítica para diferentes grupos de indicadores, como por exemplo indicadores trimestrais e mensais; Todas as análises críticas realizadas devem ficar registradas em aba específica do próprio item e deve ser permitido visualizar as análises já realizadas; Permitir a criação de plano de ação no momento da realização da análise crítica; O sistema deve permitir filtrar ações de planos de ação estratégicos/operacionais de ações de análise crítica; Durante a realização da análise crítica atual, que o sistema mostre as ações das análise anteriores; Que seja possível incluir um arquivo anexo a uma análise crítica; Possuir ferramenta que permita criar apresentações dos mais diversos elementos da estrutura de planejamento para as reuniões de análise crítica de desempenho, sem que haja necessidade de uso outros softwares complementares; Estas apresentações devem ser dinâmicas, podendo detalhar cada item, buscando de forma automática a estrutura do planejamento, deve permitir a inserção de elementos não previstos a qualquer momento, sendo simples e rápido voltar ao ponto da sequência de slides de onde a apresentação foi interrompida; As apresentações deverão atualizar seus dados automaticamente, ter visualização em tela inteira, permitir inserir imagem e a gerar PDF de uma determinada apresentação; O sistema deve permitir a parametrização e configuração do apresentador de modo a deixá-lo com a interface e layout da organização; Permitir salvar uma apresentação para uso posterior; Permitir a apresentação em tela cheia e que seja possível incluir nova informação sem que seja necessária cancelar a apresentação em tela cheia; As informações precisam ser atualizadas automaticamente numa apresentação criada, não necessitando criá-la novamente; Ferramentas para monitoramento, gerenciamento e tomada de decisão Acompanhamento da estratégia, evolução de cada objetivo, ação, indicadores;

20 Análise de indicadores que possibilite análise da tendência de resultados; Configuração de painéis com a possibilidade de visualizar no mínimo 6 quadrantes na mesma tela, para rápida análise do desempenho dos indicadores; Gerar relatório que analise as performances de outros indicadores, dados ou itens de controle que contribuem para o resultado de um indicador; Comparação de vários indicadores e/ou itens de controle de diversas áreas e processos no mesmo gráfico; Análise que possibilite visualizar as informações estratégias filtradas por modelo de planejamento; Uma análise constituída de uma lista pré-definida de indicadores que percentualmente serão comparados a outro indicador de referencial comparativo; Configuração de indicadores que são comparados através de dados dos referenciais comparativos; Evolução dos projetos, ações e etapas, demonstrando o status de cumprimento de datas e valores orçados; Ferramenta que permita comparar vários indicadores em um único diagrama, com a utilização de dois eixos diferentes na visualização; Criar workflow completo para as operações de pesquisas eletrônicas; Criar questionários para diferentes tipos de pesquisa; Aplicar a pesquisa de forma eletrônica ou de forma convencional (com opção para tabulação dos dados coletados manualmente); Acompanhar o feedback dos participantes em tempo real; Avaliações segmentadas por entidades de participantes e por ocorrências; Opção de pesquisas anônimas com proteção pessoal por senha ou identificada; Gerar relatórios consolidados e segmentados com visões sintéticas e detalhadas; Criar gráficos de cruzamento de dados em 3D; Efetuar análises estatísticas e gerência pelo cruzamento das respostas; Repetir as pesquisas com históricos comparativos; Permitir que uma pesquisa possa ser configurada por pontuação ou percentual; Permitir que uma pesquisa possa ser enviada por ; Ferramenta para duplicar uma pesquisa; Ao selecionar uma pesquisa, deverá mostrar as seguintes informações: período da aplicação da pesquisa, tipo de pesquisa, última aplicação, última ocorrência, estimativa de participantes, pontuação máxima, pontuação atingida, aproveitamento; Permitir a visualização dos resultados da pesquisa por entidade em separado e todas agrupadas; Vincular um indicador a uma pesquisa; Gerar diagramas ao selecionar uma entidade pesquisada; Ferramenta para apoiar no gerenciamento das respostas e que apresente as seguintes informações: entidade participante, total de senhas, senha utilizadas, senhas restantes, total de respostas, percentual utilizado; Possibilidade de configurar a pesquisa como anônima e não anônima; Possibilidade de criar palavras-chave e utilizá-las para geração de relatórios de pesquisas; Permitir a geração de senhas para responder pesquisas; Permitir a configuração do a ser enviado para responder uma pesquisa; Permitir pesquisa pelo sistema através de login e senha do sistema; Permitir que uma pesquisa seja enviada para e respondida pelos usuários; Permitir criar processos organizados por categoria, que são estruturas administrativas para a gestão dos processos; Permite manter o ciclo de vida do processo em 3 estágios: Desenvolvimento, Homologação e Produção, com controles específicos para cada estágio; Permitir Liberar o processo para execução ou Suspender uma determinada instância em execução; Permitir criar novas versões com melhorias no processo; Controlar a execução em paralelo de versões diferentes do processo para instâncias já em execução; Permitir criar Métricas para o processo, que serão coletadas em tempo de execução; As métricas devem ter suas Metas definidas onde um controle de BAM (Business Activity Monitoring) pode ser definido, avisando responsáveis no momento que uma métrica fica fora dos padrões estabelecidos; Possuir ambiente de análise sobre os processos em execução; Possibilitar configuração de painéis de diagramas para rápida análise sobre Métricas gerais do processo ou Métricas específicas criadas no módulo de Administração dos processos;

FICHA DE CADASTRO DE FORNECEDOR

FICHA DE CADASTRO DE FORNECEDOR FICHA DE CADASTRO DE FORNECEDOR Pelo presente, vimos requerer no registro no Cadastro de Fornecedores e Licitantes da Prefeitura Municipal de Iraí RS, para fins e efeitos dos artigos 34 e seguintes da

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 034/2014

EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 034/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 034/2014 JOÃO PEDRO TILL, Diretor Presidente da Autarquia Municipal de Turismo GRAMADOTUR, no uso legal de suas atribuições, e de conformidade com a Lei n.º 8.666 de 21.06.93

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 019/2015

EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 019/2015 EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 019/2015 JOÃO PEDRO TILL, Diretor Presidente da Autarquia Municipal de Turismo GRAMADOTUR, no uso legal de suas atribuições, e de conformidade com a Lei n.º 8.666 de 21.06.93

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS EDITAL DE CARTA CONVITE 027/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA, torna público, para conhecimento dos interessados, que no dia 20 DE NOVEMBRO DE 2015, às 10 horas, reunirse-á a Comissão Permanente

Leia mais

EDITAL DE CONCORRÊNCIA N.º 001/2014 Tipo Técnica e Preço

EDITAL DE CONCORRÊNCIA N.º 001/2014 Tipo Técnica e Preço EDITAL DE CONCORRÊNCIA N.º 001/2014 Tipo Técnica e Preço O Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 10ª Região CREFITO-10, com jurisdição no Estado de Santa Catarina, através de sua Comissão

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 011/2015

EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 011/2015 EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 011/2015 JOÃO PEDRO TILL, Diretor Presidente da Autarquia Municipal de Turismo GRAMADOTUR, no uso legal de suas atribuições, e de conformidade com a Lei n.º 8.666 de 21.06.93

Leia mais

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014 O Município de Mariano Moro, RS, torna público, em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações, que no dia 30 de setembro as 14

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO Modalidade...: Tomada de Preços Número...: 008/2014 Número da Modalidade: 003/2014 Data de Abertura da Licitação...: 20/02/2014 Data de Abertura das Propostas..: 14/03/2014 Horário...:

Leia mais

Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015

Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015 Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015 DATA DA ABERTURA: 13/11/2015 HORA DA ABERTURA: 09:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 024/2015

EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 024/2015 EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 024/2015 JOÃO PEDRO TILL, Diretor Presidente da Autarquia Municipal de Turismo GRAMADOTUR, no uso legal de suas atribuições, e de conformidade com a Lei n.º 8.666 de 21.06.93

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 017/2015

EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 017/2015 EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 017/2015 JOÃO PEDRO TILL, Diretor Presidente da Autarquia Municipal de Turismo GRAMADOTUR, no uso legal de suas atribuições, e de conformidade com a Lei n.º 8.666 de 21.06.93

Leia mais

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF Ref: Aviso de Edital ADG nº 003/2014 publicado em 28/10/2014. 1 1. OBJETO A

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO 1 CARTA CONVITE n.º 001/2011 São Paulo, 20 de outubro de 2011. O CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA - 1ª REGIÃO, nos termos da autorização constante no Processo Administrativo em epígrafe, vem, por intermédio

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO - MODALIDADE CONVITE

EDITAL DE LICITAÇÃO - MODALIDADE CONVITE EDITAL DE LICITAÇÃO - MODALIDADE CONVITE PROCESSO nº 001/2014 CARTA CONVITE nº 001/2014 TIPO MENOR PREÇO POR ITEM A Presidenta da ASSOCIAÇÃO CASA DA MULHER CATARINA - CMC, mantenedora do Projeto: JORNALISTAS

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 003/2014 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 22/08/2014 HORÁRIO: 10h00min LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro Edifício

Leia mais

EDITAL DE PREGÃO N.º 069/2015

EDITAL DE PREGÃO N.º 069/2015 EDITAL DE PREGÃO N.º 069/2015 JOÃO PEDRO TILL, Diretor Presidente da Autarquia Municipal de Turismo GRAMADOTUR, no uso legal de suas atribuições, e de conformidade com a Lei n.º 8.666 de 21.06.93 e demais

Leia mais

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com. 1/7 INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.br) INFORMAÇÕES I. O interessado na inscrição no Cadastro de Fornecedores

Leia mais

EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº

EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº 07/2013. A Prefeitura Municipal de General Salgado, sito à Av: Antonino José de Carvalho, 940, centro, fará realizar

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 014/2015

EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 014/2015 EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 014/2015 JOÃO PEDRO TILL, Diretor Presidente da Autarquia Municipal de Turismo GRAMADOTUR, no uso legal de suas atribuições, e de conformidade com a Lei n.º 8.666 de 21.06.93

Leia mais

CARTA CONVITE 12/2015 FUnC REPUBLICAÇÃO

CARTA CONVITE 12/2015 FUnC REPUBLICAÇÃO 1 CARTA CONVITE 12/2015 FUnC REPUBLICAÇÃO 1 - PREÂMBULO 1.1 - A Fundação Universidade do Contestado, através do seu Departamento de Compras, situado à Rua Victor Sopelsa, 3000, Bairro Salete, Concórdia,

Leia mais

CARTA CONVITE 15/2015 FUnC Serviços de Avaliação Institucional

CARTA CONVITE 15/2015 FUnC Serviços de Avaliação Institucional 1 CARTA CONVITE 15/2015 FUnC Serviços de Avaliação Institucional 1 - PREÂMBULO 1.1 - A Fundação Universidade do Contestado, através do seu Departamento de Compras, situado à Rua Victor Sopelsa, 3000, Bairro

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO 003/2015

EDITAL DE CREDENCIAMENTO 003/2015 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 003/2015 AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR, pessoa jurídica de direito público interno, inscrita no CNPJ/MF sob n.º 18.137.082/0001-86, neste ato representado por seu

Leia mais

CONVITE Nº 050A/2015

CONVITE Nº 050A/2015 Processo nº 0308.1511/15-3 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 050A/2015 DATA DA ABERTURA: 19/08/2015 HORA DA ABERTURA: 09:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

- CARTA CONVITE Nº001/2015 - CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE MORMAÇO RS ORDENADOR DE DESPESA: EDUARDO ZANIN EXERCÍCIO 2015 TIPO TÉCNICA E PREÇO

- CARTA CONVITE Nº001/2015 - CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE MORMAÇO RS ORDENADOR DE DESPESA: EDUARDO ZANIN EXERCÍCIO 2015 TIPO TÉCNICA E PREÇO - CARTA CONVITE Nº001/2015 - DE RS ORDENADOR DE DESPESA: EDUARDO ZANIN EXERCÍCIO 2015 TIPO TÉCNICA E PREÇO Nos termos da Lei nº8.666/93, suas alterações posteriores e demais dispositivos legais aplicáveis,

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA EM TRANSPORTE DE VALORES.

TERMO DE REFERÊNCIA OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA EM TRANSPORTE DE VALORES. TERMO DE REFERÊNCIA OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA EM TRANSPORTE DE VALORES. JUSTIFICATIVA O Museu do Amanhã será uma das âncoras do plano de revitalização da região portuária da cidade

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2.

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2. IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM 03 (TRÊS) DIAS DE ANTECEDENCIA NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001

Leia mais

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES:

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES: EDITAL de LICITAÇÃO MODALIDADE: CARTA CONVITE N.º 17/2013 Data da abertura dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas Data limite para entrega dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014 Encerramento: às 17:00 horas do dia 30 de setembro de 2014 Abertura dos Envelopes: às 8:00 horas do dia 01 de outubro de 2014 A SANTA CASA DE

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º19/2013

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º19/2013 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º19/2013 O Município de Mariano Moro, RS, torna público, em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações, que no dia 16 de outubro de 2013, às 09:00 horas,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ Convite N. 004/2015 Natureza da Despesa/ OBJETIVO: Fonte do Recurso Contratação de Serviço de INSTALAÇÃO DE SERVIÇO DE LINK DE INTERNET - 5MB Dotação Orçamentária Data da Emissão 22/06/2015 Data da Licitação

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE MARIANO MORO MARIANO MORO RS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE MARIANO MORO MARIANO MORO RS EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS 08 /2013 O Município de Mariano Moro, RS, torna público, em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações, que no dia 24 de Maio 2013, às 10 horas, junto a Prefeitura

Leia mais

www.fundacaoaraucaria.org.br 2

www.fundacaoaraucaria.org.br 2 EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE 02/2013 Serviços de Auditoria 1. DO PREÂMBULO 1.1. A Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico, estabelecida em Curitiba, Av. Comendador Franco,

Leia mais

QUANT UND PREÇO/LT 01 ÓLEO DIESEL 3.726,50 LT

QUANT UND PREÇO/LT 01 ÓLEO DIESEL 3.726,50 LT MODALIDADE: CARTA CONVITE Nº 003/2009 EXPEDIDA EM: 27/01/2009 TIPO DE LICITAÇÃO: MENOR PREÇO POR ITEM REPARTIÇÃO INTERESSADA: SECRETARIA MUNICIPAL DE INFRA- ESTRUTURA E LOGÍSTICA FUNDAMENTO LEGAL: REGIDA

Leia mais

EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA 01/2014

EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA 01/2014 EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA 01/2014 O PRESIDENTE DA COMPANHIA ÁGUAS TERMAIS MARCELINO RAMOS no uso de suas atribuições legais e estatutárias e de conformidade com a Lei 8666/93 de 21 de junho de 1993

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 021/2015 Tipo Técnica e Preço

EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 021/2015 Tipo Técnica e Preço EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 021/2015 Tipo Técnica e Preço NESTOR TISSOT, Prefeito Municipal de Gramado (RS), no uso legal de suas atribuições, e de conformidade com a Lei n.º 8.666 de 21.06.93 e demais

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO 002/2015

EDITAL DE CREDENCIAMENTO 002/2015 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 002/2015 AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR, pessoa jurídica de direito público interno, inscrita no CNPJ/MF sob n.º 18.137.082/0001-86, neste ato representado por seu

Leia mais

COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO (Portaria nº 002/2013) Edital de Licitação Pública Lei nº 8.666/93

COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO (Portaria nº 002/2013) Edital de Licitação Pública Lei nº 8.666/93 COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO (Portaria nº 002/2013) Edital de Licitação Pública Lei nº 8.666/93 Processo: N.º 001/2013 Carta Convite: N.º001/2013 A Câmara Municipal e Uruaçu, Estado e Goiás, em Cumprimento

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º 004/2015. Objeto

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º 004/2015. Objeto EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º 004/2015 O Município de Benjamin Constant do Sul - RS, em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações, torna público para conhecimento dos interessados a

Leia mais

AV. BRASÍLIA, 1057 FONE: 054-3356 1244. Edital de Licitação

AV. BRASÍLIA, 1057 FONE: 054-3356 1244. Edital de Licitação Edital de Licitação Modalidade.:Tomada de Preço Numero...:0006/15 DATA DA ABERTURA DA LICITAÇÃO: 11/02/2015 DATA ABERTURA DAS PROPOSTAS..: 04/03/2015 HORARIO...: 14:00 Fornecedor.: Endereço...: CGCMF...:

Leia mais

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Processo...: 8/2015 Modalidade.: Convite Número...: 6/2015

Leia mais

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014.

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. Emissão: 09/12/2014. Abertura: 29/12/2014. Horário: 10:00 H. O Fundo de Previdência dos Servidores Municipais

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 001/2012 TIPO: MENOR PREÇO

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 001/2012 TIPO: MENOR PREÇO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 001/2012 TIPO: MENOR PREÇO A Associação Paulista dos Criadores de Suínos APCS - SP, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita no Cadastro Nacional de

Leia mais

Version Notes (Notas da versão) Versão 4.11.1.7-26-02-2013

Version Notes (Notas da versão) Versão 4.11.1.7-26-02-2013 Florianópolis, 26 de fevereiro de 2013. Abaixo você confere as características e funcionalidades da nova versão 4.11.1.7 do Channel. Para quaisquer dúvidas ou na necessidade de maiores esclarecimentos,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA ROMA DO SUL DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES E D I T A L

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA ROMA DO SUL DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES E D I T A L CONVITE Nº 06/2013 MANUTENÇÃO DE POÇOS ARTESIANOS E D I T A L O Prefeito Municipal de Nova Roma do Sul, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei Federal n 8.666, de 21 de junho de

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 017/2014 UnC PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL E AFINS CAMPUS CONCÓRDIA SC.

CARTA CONVITE Nº 017/2014 UnC PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL E AFINS CAMPUS CONCÓRDIA SC. 1 CARTA CONVITE Nº 017/2014 UnC PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL E AFINS CAMPUS CONCÓRDIA SC. 1 - PREÂMBULO 1.1 - A Fundação Universidade do Contestado, através do seu Departamento de Compras,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARAÇU ESTADO DE MINAS GERAIS EDITAL DE LICITAÇÃO PÚBLICA

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARAÇU ESTADO DE MINAS GERAIS EDITAL DE LICITAÇÃO PÚBLICA EDITAL DE LICITAÇÃO PÚBLICA PROCESSO LICITATÓRIO Nº014/2014 MODALIDADE: CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº001/2014 TIPO: MAIOR OFERTA GABINETE DO PREFEITO DATA, HORÁRIO, E LOCAL DE RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS: 11 de

Leia mais

CONVITE Nº 060E/2015

CONVITE Nº 060E/2015 Processo nº 0405.1511/15-3 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 060E/2015 DATA DA ABERTURA: 16/10/2015 HORA DA ABERTURA: 10:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES PROCESSO LICITATÓRIO Nº 003/2016 TOMADA DE PREÇO Nº 003/2016 Aldoir Godois Vezaro, Prefeito Municipal de São Pedro das Missões RS, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei nº 8.666,

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 002/2010

CARTA CONVITE Nº 002/2010 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

PREFEITURA DE ARROIO DO PADRE

PREFEITURA DE ARROIO DO PADRE PREFEITURA DE ARROIO DO PADRE SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO, PLANEJAMENTO, FINANÇAS, GESTÃO E TRIBUTOS SETOR DE COMPRAS E LICITAÇÕES FONE FAX: (53) 3224 9000 32249141. EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE

Leia mais

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado.

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado. EDITAL DE CARTA CONVITE N 02/2010 CRM-PR OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA PARA O DESENVOLVIMENTO E SUPERVISÃO DE PROJETO DE TELEMEDICINA, VIDEOCONFERÊNCIA E EDUCAÇÃO CONTINUADA PARA

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 014/2013

PROCESSO SELETIVO Nº 014/2013 PROCESSO SELETIVO Nº 014/2013 O Instituto de Gestão e Humanização IGH, torna público para conhecimento dos interessados, que fará realizar Processo Seletivo objetivando a Contratação de Empresa para a

Leia mais

2.01.1 Atenderem as condições e exigências estabelecidas neste CONVITE;

2.01.1 Atenderem as condições e exigências estabelecidas neste CONVITE; CONVITE Nº 009/2007 LICITAÇÃO PARA AQUISIÇÃO DE 63 (SESSENTA E TRÊS) LICENÇAS DO SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS XP PROFESSIONAL-FULL VERSÃO EM PORTUGUÊS PARA ESTAÇÕES DE TRABALHO E 01(UMA) LICENÇA DE WINDOWS

Leia mais

Tomada de Preços n.º 015/2010

Tomada de Preços n.º 015/2010 Tomada de Preços n.º 015/2010 Procedimento Administrativo n.º 0848/2010 Modalidade: Tomada de Preços Tipo: Menor Preço Julgamento: global Regime de execução: empreitada por preço unitário Objeto: Contratação

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO RS/SC

CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO RS/SC CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO CONVITE Nº 05/2013 SERVIÇOS DE ASSESSORIA CONTÁBIL O Conselho Regional de Biologia 3ª Região, através da Comissão Permanente de Licitações, convida V.S.a. a apresentar

Leia mais

Carta Convite Nº 012/2015

Carta Convite Nº 012/2015 Carta Convite Nº 012/2015 A PREFEITURA MUNICIPAL DE AGUA BRANCA - PI torna público que realizará licitação na modalidade de CARTA CONVITE, do tipo MENOR PREÇO GLOBAL, às 08h30min do dia 19/06/2015, na

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 O Instituto de Gestão e Humanização IGH, torna público para conhecimento dos interessados, que fará realizar Processo Seletivo objetivando a contratação de serviços de Coleta,

Leia mais

EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011. PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas

EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011. PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011 PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas ABERTURA DOS ENVELOPES DOCUMENTAÇÃO Dia 17 de Outubro

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ PREENCHER O RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL, CONSTANTE DO ANEXO I E DEVOLVER COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013

Leia mais

CONVITE Nº. 001/2014

CONVITE Nº. 001/2014 CONVITE Nº. 001/2014 O CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 4ª REGIÃO RIO GRANDE DO SUL, autarquia federal criada pela Lei 1.411/51, através de sua Comissão de Licitações, designada pela Ata nº 1412/2014, da

Leia mais

PROCESSO LICITATÓRIO nº 050/2014 - TOMADA DE PREÇOS n.º 007/2014. TIPO TÉCNICA E PREÇO RECIBO DE RETIRADA. FIRMA:. CNPJ/MF n.º.:.

PROCESSO LICITATÓRIO nº 050/2014 - TOMADA DE PREÇOS n.º 007/2014. TIPO TÉCNICA E PREÇO RECIBO DE RETIRADA. FIRMA:. CNPJ/MF n.º.:. PROCESSO LICITATÓRIO nº 050/2014 - TOMADA DE PREÇOS n.º 007/2014. TIPO TÉCNICA E PREÇO RECIBO DE RETIRADA. FIRMA:. CNPJ/MF n.º.:. ENDEREÇO:. FONE / FAX:. CIDADE / ESTADO:. REPRESENTANTE LEGAL:. DATA:.

Leia mais

Parágrafo Segundo: A proposta poderá ser preenchida nos anexos I e II.

Parágrafo Segundo: A proposta poderá ser preenchida nos anexos I e II. CONVITE Nº 023/2012 LICITAÇÃO, MODALIDADE CONVITE, VISANDO A CONTRATAÇÃO DE PESSOA JURÍDICA PARA EFETUAR SEGURO DOS PRÉDIOS E VEÍCULOS PERTENCENTES AO MUNICÍPIO. DIOGO SEGABINAZZI SIQUEIRA, PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE CARTA CONVITE N.º 006/2006

EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE CARTA CONVITE N.º 006/2006 2 EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE CARTA CONVITE N.º 006/2006 TIPO: DATA DE ABERTURA HORÁRIO LOCAL MENOR PREÇO 04/12/2006 10 HORAS SALA DE REUNIÃO 1 - DO OBJETO DA LICITAÇÃO 1.1 A COMISSÃO PERMANNTE DE LICITAÇÃO

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 O Município de Boa Vista do Buricá, comunica aos interessados

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

FACULDADE DE DIREITO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO CONVITE N.º 21/2012 PROCESSO DE COMPRA N.º 146/2012 CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA REMANEJAMENTO DO SISTEMA DE TELEFONIA (PABX) DE PROPRIEDADE DA FACULDADE DE DIREITO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 O CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA 7ª REGIÃO CREF7/DF, Autarquia Federal, criada pela Lei nº 9.696/98, torna público

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE SUPORTE TÉCNICO EM SISTEMA DE COLABORAÇÃO ZIMBRA 1. OBJETO

TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE SUPORTE TÉCNICO EM SISTEMA DE COLABORAÇÃO ZIMBRA 1. OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE SUPORTE TÉCNICO EM SISTEMA DE COLABORAÇÃO ZIMBRA 1. OBJETO 1.1. Prestação de serviços de suporte técnico em sistema de colaboração ZIMBRA. 2. DESCRIÇÃO GERAL DOS SERVIÇOS

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 20150007

TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 20150007 TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 20150007 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto Estadual nº 28.397,

Leia mais

COLETA DE PREÇO IIRS N.º 010/09-CP ENCERRAMENTO: 07/04/09 às 10:00hs ABERTURA: 07/04/09 às 10:00hs

COLETA DE PREÇO IIRS N.º 010/09-CP ENCERRAMENTO: 07/04/09 às 10:00hs ABERTURA: 07/04/09 às 10:00hs COLETA DE PREÇO IIRS N.º 010/09-CP ENCERRAMENTO: 07/04/09 às 10:00hs 1. Encontra-se aberto no Instituto Israelita de Responsabilidade Social - Hospital Albert Einstein, na Rua Coronel Lisboa, 139 Centro

Leia mais

CONVITE N.º 001/2007

CONVITE N.º 001/2007 CONVITE N.º 001/2007 A Companhia das Docas do Estado da Bahia - CODEBA, com observância da Lei n.º 8.666/93, de 21/6/1993, e demais disposições legais, convida essa empresa a participar de Licitação acima

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 O Município de Vale do Sol, RS, através do Prefeito Municipal. Sr. Clécio Halmenschlager, comunica aos interessados que está procedendo ao CREDENCIAMENTO de pessoas

Leia mais

AV. BRASÍLIA, 1057 FONE: 054-3356 1244. Edital de Licitação

AV. BRASÍLIA, 1057 FONE: 054-3356 1244. Edital de Licitação Edital de Licitação Modalidade.:Tomada de Preço Numero...:0002/15 DATA DA ABERTURA DA LICITAÇÃO: 13/01/2015 DATA ABERTURA DAS PROPOSTAS..: 30/01/2015 HORARIO...: 09:00 Fornecedor.: Endereço...: CGCMF...:

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2013 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 003/2013 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 003/2013 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 003/2013 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 19/03/2013 HORÁRIO: 10:00 Horas LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAJUBÁ CREDENCIAMENTO Nº 001/09 PREÂMBULO

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAJUBÁ CREDENCIAMENTO Nº 001/09 PREÂMBULO PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAJUBÁ CREDENCIAMENTO Nº 001/09 CHAMAMENTO PÚBLICO PARA FINS DE CREDENCIAMENTO DE CLINICAS PARA TRATAMENTO DE DEPENDENTES QUIMICOS. PREÂMBULO A Prefeitura Municipal de Itajubá,

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º 011/2014

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º 011/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º 011/2014 O Município de Itatiba do Sul, RS, torna público, em conformidade com a Lei Federal nº 8.666/93 e suas alterações, que no dia 09 de dezembro de 2014, às 14:00 horas,

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICIPIO DE ITATIBA DO SUL COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N 003/2013

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICIPIO DE ITATIBA DO SUL COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N 003/2013 EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N 003/2013 O Município de Itatiba do Sul, Estado do Rio Grande do Sul, torna público para o conhecimento dos interessados, que em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93

Leia mais

FUNDAÇÃO DE APOIO À EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DE MINAS GERAIS CNPJ: 00.278.912/0001-20

FUNDAÇÃO DE APOIO À EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DE MINAS GERAIS CNPJ: 00.278.912/0001-20 EDITAL DE LICITAÇÃO N.º 04/07 MODALIDADE: CONVITE FORMA DE EXECUÇÃO: INDIRETA ENTREGA DO ENVELOPE ATÉ AS 17:00 HORAS DO DIA: 13/03/2007 DATA DA ABERTURA: 14/03/2007 OBJETO DA LICITAÇÃO: Plantio e fornecimento

Leia mais

Município de Xangri-Lá Fone: (51) 3689-2400 www.xangrila.rs.gov.br

Município de Xangri-Lá Fone: (51) 3689-2400 www.xangrila.rs.gov.br EDITAL Nº 62/2012 PREGÃO ELETRÔNICO 34/2012 PROCESSO DE DESPESA: 2318/2012 (SEC. DE EDUCAÇÃO) PROCESSO DE LICITAÇÃO 2318/2012 PROCESSO DE COMPRA 45-12 ABERTURA: 29/03/2012 HORÁRIO: 15 horas O Prefeito

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA EDITAIS DE CULTURA 2008

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA EDITAIS DE CULTURA 2008 Seleção Pública de Projetos na área de Audiovisual/ Implantação e Programação de Espaços de Exibição Cinematográfica Utilizando Tecnologia Digital e Analógica Chamada pública nº 0002/2008 O ESTADO DO RIO

Leia mais

ANEXO VI TOMADA DE PREÇOS Nº 002/2015 MINUTA DO CONTRATO

ANEXO VI TOMADA DE PREÇOS Nº 002/2015 MINUTA DO CONTRATO ANEXO VI TOMADA DE PREÇOS Nº 002/2015 MINUTA DO CONTRATO CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DE SANTA CATARINA, autarquia federal de fiscalização profissional regida pela Lei n 12.378, de 31 de dezembro

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 023/2009

CARTA CONVITE Nº 023/2009 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

NORMA DE PRÉ - QUALIFICAÇÃO PARA OPERADOR PORTUÁRIO NO PORTO DE ILHÉUS

NORMA DE PRÉ - QUALIFICAÇÃO PARA OPERADOR PORTUÁRIO NO PORTO DE ILHÉUS NORMA DE PRÉ - QUALIFICAÇÃO PARA OPERADOR PORTUÁRIO NO PORTO DE ILHÉUS APROVADA NA REUNIÃO REALIZADA EM 18/02/2011, DO CONSELHO DE AUTORIDADE PORTUÁRIA DO PORTO DE ILHÉUS. SUMÁRIO 1. Objetivo... 3 2. Âmbito

Leia mais

Tomada de Preços n.º 006/2009

Tomada de Preços n.º 006/2009 Tomada de Preços n.º 006/2009 Procedimento Administrativo n.º 0802/2008 Modalidade: Tomada de Preços Tipo: Menor Preço Julgamento: por item Regime de execução: empreitada por preço global Objeto: Aquisição

Leia mais

EDITAL. TOMADA DE PREÇO Nº 16/2015 PROCESSO n 33.000.000301.2015. DATA DA REALIZAÇÃO: 23 de novembro de 2015. HORÁRIO: 09:00 horas

EDITAL. TOMADA DE PREÇO Nº 16/2015 PROCESSO n 33.000.000301.2015. DATA DA REALIZAÇÃO: 23 de novembro de 2015. HORÁRIO: 09:00 horas EDITAL EDITAL DE TOMADA DE PREÇO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇO TÉCNICO PROFISSIONAL DE ASSESSORIA E CONSULTORIA DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS, CONFORME DESCRITO NO TERMO DE REFERÊNCIA E PROJETO

Leia mais

MUNICÍPIO DE CRISTAL / RS

MUNICÍPIO DE CRISTAL / RS CONVITE Nº 001/2013 PROCESSO N 0021/2013 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE REALIZAÇÃO E EMISSÃO DE LAUDOS PARA EXAMES DE RAIO X e ASSINATURA PELA RESPONSABILIDADE TÉCNICA DO SETOR DE RADIOLOGIA DO MUNICÍPIO. O

Leia mais

CONVITE Nº. 007/2014

CONVITE Nº. 007/2014 CONVITE Nº. 007/2014 O CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 4ª REGIÃO RIO GRANDE DO SUL, Autarquia Pública Federal criada pela Lei 1.411/51, através de sua Comissão de Licitações, designada pela Ata nº 1412/2014,

Leia mais

Prefeitura Municipal de Antonina do Norte GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.594.500/0001-48 EDITAL CONVOCATÓRIO

Prefeitura Municipal de Antonina do Norte GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.594.500/0001-48 EDITAL CONVOCATÓRIO EDITAL CONVOCATÓRIO CONVITE Nº 2013.02.18.2 1.0 EDITAL 1.1 Órgão: SECRETARIA MUNICIPAL DE AÇÃO SOCIAL 1.2 Modalidade: CONVITE 1.3 Tipo de Licitação: Menor preço Global 1.4 Torna público para conhecimento

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º 017/2011

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º 017/2011 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º 017/2011 O Município de Mariano Moro, RS, torna público, em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações, que no dia 31 de outubro de 2011, às 10:30 horas,

Leia mais

Av. Presidente Vargas, 1261 CEP: 20071-004 - Centro - Rio de Janeiro Tel: +55 (21) 2532-2661

Av. Presidente Vargas, 1261 CEP: 20071-004 - Centro - Rio de Janeiro Tel: +55 (21) 2532-2661 TERMO DE REFERÊNCIA OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PROJETO DOS SISTEMAS DE CFTV DA BIBLIOTECA PARQUE ESTADUAL DE MANGUINHOS BPM JUSTIFICATIVA A Biblioteca Parque Estadual de Manguinhos é um

Leia mais

Edital de Credenciamento 003/2012

Edital de Credenciamento 003/2012 1/5 Edital de Credenciamento 003/2012 1 DO OBJETO: 1.1. O presente Termo tem por objetivo o credenciamento de Instituições Financeiras autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil, para prestação

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE

EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE CONVITE Nº 006 / 2007 - DFEPAF ENCERRAMENTO E ABERTURA DAS PROPOSTAS: Dia 27 de novembro de 2007 às 10:00 horas. TIPO: Menor preço global 1. OBJETO DO CONVITE Constitui objeto

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N.º 5030005-01/2011

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N.º 5030005-01/2011 1 CONVITE N.º 5030005-01/2011 A FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA -, CNPJ n.º 89.252.431/0001-59, realizará licitação por CONVITE, do tipo menor preço global, para a AQUISIÇÃO DE CERCA/MANGUEIRA

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO N 001/2015 MODALIDADE: CARTA CONVITE 01/2015 TIPO: MENOR PREÇO GLOBAL

EDITAL DE LICITAÇÃO N 001/2015 MODALIDADE: CARTA CONVITE 01/2015 TIPO: MENOR PREÇO GLOBAL 1 EDITAL DE LICITAÇÃO N 001/2015 MODALIDADE: CARTA CONVITE 01/2015 TIPO: MENOR PREÇO GLOBAL 1 PREÂMBULO 1.1 A CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO NORTE, Estado do Rio Grande do Sul, inscrita no CNPJ sob o

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP Aos 27 (vinte e sete) dias de mês de maio do ano de 2015, o Município de Parazinho/RN, CNPJ nº. 08.113.631/0001-29, com sede na Praça Senador

Leia mais

CONVITE Nº 14/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas

CONVITE Nº 14/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas CONVITE Nº 14/2010 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas 01. DISPOSIÇÕES INICIAIS 1.1 O Senac Departamento Nacional torna público que, na Seção de Material,

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA NOS SERVIÇOS DE DESIGN E DESENVOLVIMENTO DE WEBSITE PARA O MUSEU DO AMANHÃ.

TERMO DE REFERÊNCIA OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA NOS SERVIÇOS DE DESIGN E DESENVOLVIMENTO DE WEBSITE PARA O MUSEU DO AMANHÃ. TERMO DE REFERÊNCIA OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA NOS SERVIÇOS DE DESIGN E DESENVOLVIMENTO DE WEBSITE PARA O MUSEU DO AMANHÃ. JUSTIFICATIVA PARA CONTRATAÇÃO DO SERVIÇO O Museu do Amanhã

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - 3ª Região (SP, MS)

CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - 3ª Região (SP, MS) TOMADA DE PREÇOS N.º: 2/213 PROCESSO N.º: 11-4/213 TIPO: MENOR PREÇO EDITAL O CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS 3ª. REGIÃO, por intermédio da COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO, torna pública a realização

Leia mais