Brasil e a diversidade do nosso povo: Resgatando valores. Conhecendo as regiões brasileiras.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Brasil e a diversidade do nosso povo: Resgatando valores. Conhecendo as regiões brasileiras."

Transcrição

1 EMEB MARIA TOMICH MONTEIRO DA SILVA Projeto Educacional Interdisciplinar TEMA: Brasil e a diversidade do nosso povo: Resgatando valores SUB-TEMA: Conhecendo as regiões brasileiras. CUIABÁ-MT 2016

2 JUSTIFICATIVA Na percepção do cotidiano escolar, verificamos que os nossos alunos ainda não possuem conhecimentos sobre a região em que vive e sobre as regiões que formam o nosso país. Estudar os costumes, as tradições das regiões brasileiras e conhecer a nós mesmos e ao nosso povo, é compreender nossa realidade e a pluralidade de hábitos que refletem na dança, nos instrumentos musicais, nas festas, nos jogos, nas religiões e cultos, nas artes, nas comidas, nas brincadeiras, nos mitos, nos pontos turísticos, no processo de colonização e outros. A cultura é transmitida de pais para filhos, de geração após geração e é de grande relevância que os alunos conheçam e vivenciam a história e os hábitos do nosso povo. Dessa forma, a nossa cultura popular, social, econômica, territorial merece ser estudada e aproveitada, sob todos os aspectos: intelectuais, artísticos, técnicos, recreativos; assim favorecer a aprendizagem, formar bons hábitos e atitudes, despertando sentimentos e emoção, entusiasmo e amor por nossa terra. Levar a conhecer os aspectos característicos de nosso povo e a preservar as nossas tradições. A intenção deste projeto é fazer com que os alunos buscam a integração e valorização para com o nosso país, bem como reconhecer que o Brasil é um dos maiores países em extensão territorial, os educandos deverão resgatar o estudo e o conhecimento sobre os aspectos naturais e culturais, assim para ter um bom êxito será dividido em cinco regiões: Norte, Nordeste, Sudeste, Sul e Centro-Oeste. Assim, trabalharemos o projeto de forma interdisciplinar, proporcionando condições de conhecimento da cultura popular entrelaçado a natureza lúdica como atividades: cantigas de rodas, lendas, parlendas, brincadeiras, trava-línguas, adivinhas, artesanato, personagens, costumes, cultura, crenças, enfim o folclore em geral, que aumentam e fazem evoluir as possibilidades com o corpo, pois de acordo Vygotsky: O brincar é uma atividade humana criadora, na qual a imaginação, fantasia e realidade interagem na produção de novas possibilidades de interpretação, de expressão e de ação pelas crianças, assim como novas formas de construir relações com outros sujeitos, criança e adultos. (ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS, 2007, p.35). Acreditamos que esta proposta de trabalho é uma proposta que propõe a formação do cidadão para o terceiro milênio, pois os conteúdos habituais interligados aos temas transversais apresentarão uma metodologia desafiadora, no qual os educandos se tornam ativos, criativos e construtores do conhecimento.

3 OBJETIVO GERAL: O projeto Brasil e a diversidade de nosso povo: Resgatando valores tem como objetivo demonstrar a importância do reconhecimento de culturas diferentes, principalmente das comunidades tradicionais brasileiras oprimidas e marginalizadas no decorrer da história, que seja preservada a sua cultura como patrimônio cultural da humanidade sendo protegida em nome das futuras gerações. Demonstrar a importância e as características das comunidades tradicionais brasileiras, da sua relação sustentável com o meio ambiente, fundamentais para a preservação da diversidade biológica e cultural e que lutam pelos direitos coletivos, do direito à cultura, ao ambiente cultural e ao patrimônio comum da humanidade tem como objetivo possibilitar aos alunos um maior conhecimento sobre o Brasil a partir de suas regiões em seus aspectos culturais, socioeconômicos, geográficos e ambientais. Sabendo-se que nosso país é caracterizado por uma grande diversidade cultural, sentiu-se a necessidade de desenvolver ações de vivência, onde se pudesse conhecer ainda mais o país em que se vive. As experiências proporcionadas aos alunos nesse projeto também serão de essencial importância quanto ao resgate dos valores morais do ser humano, que contribuirão para o trabalho em grupo, o respeito mútuo aos colegas, o respeito às diferenças e diversidades e o desenvolvimento da identidade cultural. OBJETIVOS ESPECÍFICOS: Nomear os estados e capitais de cada região bem como suas características; Reconhecer a população, costumes e cultura de cada região; Despertar na comunidade escolar o espírito de colaboração, pesquisa e participação; Destacar as atividades econômicas, culturais, comidas típicas e recursos naturais. Despertar o interesse pela pesquisa como fonte de conhecimento; Expressar artisticamente; Estimular a criatividade através da releitura e das ilustrações que serão propostas; Adquirir novos conhecimentos através da criatividade; Perceber por meio de uma lenda o gosto pela arte e pela música; Proporcionar a reflexão sobre as questões sociais e cientificas; Relacionar fatos históricos do passado e do presente percebendo a importância da cultura popular;

4 Desenvolver atitudes de respeito e solidariedade; Conhecer e valorizar as manifestações folclóricas brasileira. DESENVOLVIMENTO DAS ATIVIDADES: Este projeto foi desenvolvido de acordo com o Projeto Político Pedagógico da escola, no qual tem como princípio despertar a iniciativa, a responsabilidade, a consciência crítica do educando, capacitando-o para se adaptar, operar e transformar o mundo em que vive de maneira responsável e criativa. As ações serão desenvolvidas de acordo com as diversas áreas de conhecimento, utilizando os materiais pedagógicos possíveis e os espaços disponíveis da nossa unidade de ensino. Dessa maneira iniciaremos o trabalho: Levantamento dos conhecimentos prévios; Apresentaremos aos alunos diversos textos sobre o tema. Realizaremos pesquisas na internet, jornais, em livros, revistas, na comunidade e com a família. Realizaremos entrevistas sobre os costumes e tradições com os familiares. Reescreveremos lendas e mitos. Confeccionaremos artesanatos, brinquedos e instrumentos musicais que retratam a região estudada. Músicas. Danças típicas. Hábitos alimentares das regiões. Murais. Visitas a museus, zoológico e parques: Museu do Índio e o Museu da Pré-História. Fotografias. Cartões-postais Mapas

5 CONTEÚDOS: Matematica: Tabelas e Gráfico; Sequencia numerica; Situacoes problema; Linha do tempo; Grandezas e medidas; Linguagem: Pesquisas; Entrevistas; Vocabulário e termos regionais; Confecção de cartazes; Geografia: Relevo; Características gerais do clima; Vegetação; Ecossistema predominante; História: Os povos nativos antes da chegada dos portugueses; O processo de colonização; Os principais centros urbanos; As atividades econômicas (agropecuária, extrativismo, indústria, comércio); Artes e Educação Física: A Formação Cultural Alimentação Pratos típicos Festas folclóricas e religiosas

6 Jogos e brincadeiras; Pontos turísticos; Danças; Artes plásticas; Musicas; Artesanatos ; Artes Cênicas; AVALIAÇÃO: O sistema de avaliação será integral e contínuo observando o interesse, participação e criatividade dentre as ações desenvolvidas. Participação, empenho e dedicação na elaboração da pesquisa e apresentação das atividades durante o transcorrer do processo. Espera-se que os alunos envolvidos nesta atividade compreendam com clareza a importância da diversidade cultural no Brasil. A partir dessa pesquisa, possam ver a beleza dessa diversidade, a importância dessas influencias na formação histórica de nossas raízes e culturas. Possam também ver como eles se relacionam com a natureza e como a respeitam. Se sensibilizem para o respeito as culturas e as diferenças, reconhecendo que os índios e os quilombolas retratam um povo discriminado desrespeitado nos seus direitos e princípios básicos de sobrevivência e dignidade.

7 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS LDB nº 9394/966. Brasília:MEC, Sistema Avançado de Pesquisa.Ensino Fundamental. Método de Ensino Atual. (http://www.brasilescola.com/brasil/regioes-brasileiras.htm, acesso dia 22 de outubro de 2012). OLIVEIRA, Zilma. Educação Infantil: fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez, PAGEL, Sandra Denise, et al. Ensino Fundamental de nove anos: Orientações para inclusão da criança de seis anos de idade. Brasília: FNDE, Estação Gráfica, QUEIROZ, Tânia Dias, Temas transversais & conteúdos normais: proposta prática de construção do conhecimento transversal: 1 ciclo. São Paulo: Didática Paulista, VYGOTSKY, Lev. S. Pensamentos e Linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 1987.

PLANEJAMENTO Julho. Professor (a): Janete Neusa Perin NOME DO LIVRO: Objetivo geral:

PLANEJAMENTO Julho. Professor (a): Janete Neusa Perin NOME DO LIVRO: Objetivo geral: PLANEJAMENTO Julho NOME DO LIVRO: Estratégias de outras áreas do conhecimento A BRUXA SALOMÉ Leitura e escrita; Oralidade; Dias da Semana; Rimas. -Desenvolver o gosto pela leitura, valorizando a como fonte

Leia mais

LOCAL: DIA: 15/07/ 2017 HORÁRIO:

LOCAL: DIA: 15/07/ 2017 HORÁRIO: COORDENAÇÃO DE PROJETOS CULTURAIS: ANÁLIA DO VALLY COORDENAÇÃO GERAL: MOISÉS MALHEIROS COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA: FELIPE LUCENA DIREÇÃO GERAL: VALÉRIA VAZ LOCAL: DIA: 15/07/ 2017 HORÁRIO: OBJETIVO A cultura

Leia mais

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 2 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 2 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS UNIDADE 1 MUITO PRAZER, EU SOU CRIANÇA. *Conhecer e estabelecer relações entre a própria história e a de outras pessoas,refletindo sobre diferenças e semelhanças. *Respeitar e valorizar a diversidade étnico

Leia mais

E.E.F. Alberto Pretti Portfólio do mês de Agosto

E.E.F. Alberto Pretti Portfólio do mês de Agosto CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRUSQUE - UNIFEBE E.E.F. Alberto Pretti Portfólio do mês de Agosto Coordenadora Institucional: Marcilene Pöpper Gomes Coordenadora de Área: Fabiani Cervi Colombi Professora Supervisora:

Leia mais

SEMEC Lendo e Escrevendo

SEMEC Lendo e Escrevendo SEMEC Lendo e PREFEITURA MUNICIPAL DE IELMO MARINHO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA ESCOLA MUNICIPAL REGINA PIO GONÇALVES TURMA: 4 e 5 ANOS TURNO: MATUTINO PROFESSORA: ELIANE CAMPELO SISTEMA

Leia mais

1.1. Creche Objectivos gerais

1.1. Creche Objectivos gerais 1.1. Creche 1.1.1. Objectivos gerais Os processos de ensino e aprendizagem deverão contribuir nesta primeira etapa da Educação para a Infância, para que as crianças alcancem os seguintes objectivos: -

Leia mais

SUGESTÕES DE AVALIAÇÃO

SUGESTÕES DE AVALIAÇÃO UNIDADE 1 EU E OS OUTROS *Perceber a diversidade étnica física e de gênero no seu meio de convivência. *Reconhecer mudanças e permanências nas vivências humanas, presentes na sua realidade e em outras

Leia mais

Planificações 1º PERÍODO - 3/4 anos Educação Pré-escolar Ano lectivo 2016/2017

Planificações 1º PERÍODO - 3/4 anos Educação Pré-escolar Ano lectivo 2016/2017 Planificações 1º PERÍODO - 3/4 anos Educação Pré-escolar Ano lectivo 2016/2017 ÁREAS COMPONENTES OBJETIVOS ATIVIDADES/ESTRATÉGIAS ÁREA DA FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIA Construção da identidade e da auto estima

Leia mais

Centro Social Monsenhor Júlio Martins

Centro Social Monsenhor Júlio Martins Centro Social Monsenhor Júlio Martins Plano Anual de Atividades 2014/2015 Tema do Projeto Educativo: Brincar a Aprender Tema do Projeto Curricular de Turma: Descobrir com as emoções Sala dos 3,4 e 5 anos

Leia mais

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 3 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 3 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS UNIDADE 1 SER CIDADÃO *Reconhecer e valorizar atitudes de convivência, respeito, solidariedade a outras pessoas. *Desenvolver, reconhecer e valorizar as atividades do cotidiano. *Conhecer direitos e deveres

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL 1º Período

EDUCAÇÃO INFANTIL 1º Período EDUCAÇÃO INFANTIL 1º Período Objetivo Geral Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações; Descobrir

Leia mais

Externato Cantinho Escolar. Plano Anual de Atividades

Externato Cantinho Escolar. Plano Anual de Atividades Externato Cantinho Escolar Plano Anual de Atividades Ano letivo 2016 / 2017 Pré-escolar e 1º Ciclo Receção dos Fomentar a integração da criança no meio escolar. Promover a socialização dos alunos. Receção

Leia mais

Justificativa. Centro Educacional Mundo do Saber. Palhoça, 18 de Fevereiro de Professora. Bárbara pereira. Turma. Maternal I.

Justificativa. Centro Educacional Mundo do Saber. Palhoça, 18 de Fevereiro de Professora. Bárbara pereira. Turma. Maternal I. Centro Educacional Mundo do Saber Palhoça, 18 de Fevereiro de 2013 Professora Bárbara pereira Turma Maternal I Projeto anual Justificativa O Projeto tem a importância essencial para a aprendizagem das

Leia mais

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:Geografia ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 5 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:Geografia ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 5 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS UNIDADE 1 BRASIL: UM PAIS DE MUITAS DIVERSIDADES *Conhecer e compreender a diversidade de paisagens do Brasil *Conhecer a diversidade da população brasileira. *Perceber os contrastes sociais existentes

Leia mais

Projeto Literatura Viva. Tema: Nacionalismo

Projeto Literatura Viva. Tema: Nacionalismo Projeto Literatura Viva Tema: Nacionalismo 2017 Justificativa Expressar-se oralmente é algo que requer confiança em si mesmo. Isso se conquista em ambientes favoráveis à manifestação do que se pensa, do

Leia mais

Plano Anual de Actividades do Pré Escolar

Plano Anual de Actividades do Pré Escolar Plano Anual de s do Á época III Quadro do Plano Anual de s Dia 10 Setembro Reunião de Encarregados de Educação Sensibilizar ao Pais para acompanhar e valorizar o ensino Educadora s; ; Encarregados de Educação

Leia mais

Plano Anual de Atividades. Mês Atividade/Tarefa Objetivos Intervenientes

Plano Anual de Atividades. Mês Atividade/Tarefa Objetivos Intervenientes Mês Atividade/Tarefa Objetivos Intervenientes Setembro Integração e adaptação das Crianças Reunião de pais - Promover a (re)integração e adaptação das crianças à creche; - Proporcionar um ambiente que

Leia mais

CANTIGAS, ADIVINHAS CANTIGAS, ADIVINHAS. cantigas, adivinhas e outros versos volumes 1 e 2. e outros versos. e outros versos. projeto pedagógico

CANTIGAS, ADIVINHAS CANTIGAS, ADIVINHAS. cantigas, adivinhas e outros versos volumes 1 e 2. e outros versos. e outros versos. projeto pedagógico projeto pedagógico cantigas, adivinhas e outros versos volumes 1 e 2 CANTIGAS, AS, ADIVINHAS INH AS e outros versos VOLUME 2 ilustrado por Veridiana Scarpelli Rua Tito, 479 Lapa São Paulo SP CEP 05051-000

Leia mais

FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I DESAFIO DO DIA ARTES. Conteúdo: Danças Folclóricas brasileiras.

FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I DESAFIO DO DIA ARTES. Conteúdo: Danças Folclóricas brasileiras. CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA INTERATIVA I Conteúdo: Danças Folclóricas brasileiras. 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA INTERATIVA I Habilidades:

Leia mais

Plano Anual de Actividades

Plano Anual de Actividades Plano Anual de Actividades 2015/2016 Dia 02 de Setembro Dias 22 a 25 de Setembro Recepção das crianças à escola Reunião de pais e Encarregados de Educação Promover a integração das crianças que frequentam

Leia mais

VI Encontro Mineiro Sobre Investigação na Escola /II Seminário Institucional do PIBID-UNIUBE TITULO O FOLCLORE BRASILEIRO DENTRO DA EDUCAÇÃO

VI Encontro Mineiro Sobre Investigação na Escola /II Seminário Institucional do PIBID-UNIUBE TITULO O FOLCLORE BRASILEIRO DENTRO DA EDUCAÇÃO VI Encontro Mineiro Sobre Investigação na Escola /II Seminário Institucional do PIBID-UNIUBE TITULO O FOLCLORE BRASILEIRO DENTRO DA EDUCAÇÃO Rosimeire Cristina da silva rosicristinadasilva@gmail.com Linha

Leia mais

Turismo Histórico-Cultural. diretrizes para o desenvolvimento Ministério do Turismo

Turismo Histórico-Cultural. diretrizes para o desenvolvimento Ministério do Turismo Turismo Histórico-Cultural diretrizes para o desenvolvimento Ministério do Turismo Proposta de Recorte para a Conceituação de Turismo Cultural l o MTur, em parceria com o Ministério da Cultura e o IPHAN,

Leia mais

Viajando pelo Folclore Brasileiro. E.M.E.B. Nossa Senhora Do Loreto. Professor(es) Apresentador(es): Mariane de Oliveira Santos.

Viajando pelo Folclore Brasileiro. E.M.E.B. Nossa Senhora Do Loreto. Professor(es) Apresentador(es): Mariane de Oliveira Santos. Viajando pelo Folclore Brasileiro E.M.E.B. Nossa Senhora Do Loreto Professor(es) Apresentador(es): Mariane de Oliveira Santos Realização: Foco do Projeto Ampliar o repertório do grupo quanto ao tema folclore.

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CRECHE MUNICIPAL JOSÉ LUIZ BORGES GARCIA PROJETO DO 2 SEMESTRE EDUCAÇÃO INFANTIL: CONSTRUINDO O CONHECIMENTO

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CRECHE MUNICIPAL JOSÉ LUIZ BORGES GARCIA PROJETO DO 2 SEMESTRE EDUCAÇÃO INFANTIL: CONSTRUINDO O CONHECIMENTO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CRECHE MUNICIPAL JOSÉ LUIZ BORGES GARCIA PROJETO DO 2 SEMESTRE EDUCAÇÃO INFANTIL: CONSTRUINDO O CONHECIMENTO CUIABÁ 2015 Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar

Leia mais

Atividades Significativas: de 16/10/17 a 20/10/17

Atividades Significativas: de 16/10/17 a 20/10/17 PLANEJAMENTO SEMANAL GRUPO 4 e 5 2017 GRUPO ARARA ADI: JANAINA Atividades Significativas: de 16/10/17 a 20/10/17 Jogos Pedagógicos Massinha Desenho Dirigido da história contada Parque no Gramado Pesquisa

Leia mais

Plano Anual de Atividades 2014/2015 CENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE SÃO PEDRO DE LOUSA

Plano Anual de Atividades 2014/2015 CENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE SÃO PEDRO DE LOUSA CENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE SÃO PEDRO DE LOUSA Mês Temas/conteúdos Atividades Objetivos gerais Intervenientes Espaço -Início do Ano Escolar; -Recepção dos Alunos. - Atividades de grupo; -Acolhimento e receção

Leia mais

MUNICIPAL PROFESSOR LAÉRCIO FERNANDES NÍVEL DE ENSINO:

MUNICIPAL PROFESSOR LAÉRCIO FERNANDES NÍVEL DE ENSINO: UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PIBID- Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR LAÉRCIO FERNANDES NÍVEL DE ENSINO: Ensino Fundamental I- TURMA: 3º

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Jardim de Infância

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Jardim de Infância PL ANUAL DE ATIVIDADES Jardim de Infância LETIVO 2016/2017 Para além do trabalho previsto no projeto de sala, não podemos deixar de referir algumas atividades que surgem como comemoração de algumas datas

Leia mais

COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA

COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA SGAS Quadra 906 Conjunto E Brasília - DF Telefone: (61) 3443-7878 Site: www.lasalledf.com.br E-mail: lasalledf@lasalledf.com.br DIRETRIZES CURRICULARES Maternal 3 1º Período Conteúdo

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL LUIZ VAZ DE CAMÕES

ESCOLA ESTADUAL LUIZ VAZ DE CAMÕES ESCOLA ESTADUAL LUIZ VAZ DE CAMÕES IPEZAL-DISTRITO DE ANGÉLICA-MS SETEMBRO/2016 ESCOLA ESTADUAL LUIZ VAZ DE CAMÕES FEIRA DE CIÊNCIAS E NOITE CULTURAL/2016 Projeto elaborado para se desenvolvido na E.E.

Leia mais

Centro de Ocupação de Tempos Livres de Santo Tirso Ano Letivo 2015/2016

Centro de Ocupação de Tempos Livres de Santo Tirso Ano Letivo 2015/2016 Ano Letivo 2015/2016 SETEMBRO Início do ano letivo Acolhimento das Jogos de interação Visita pelas instalações do ATL Conhecimento dos transportes e das pessoas e regras que os acompanham Proporcionar

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO DEPARTAMENTOS DE PEDAGOGIAA PLANO DE ENSINO DE MATEMÁTICA 2017

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO DEPARTAMENTOS DE PEDAGOGIAA PLANO DE ENSINO DE MATEMÁTICA 2017 UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO DEPARTAMENTOS DE PEDAGOGIAA PLANO DE ENSINO DE MATEMÁTICA 2017 Disciplina: Matemática Nível: Ensino Fundamental Série: 2º Ano

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL 2º Período

EDUCAÇÃO INFANTIL 2º Período EDUCAÇÃO INFANTIL 2º Período Objetivo Geral Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações; Descobrir

Leia mais

Atividades Significativas: de 13/11/17 a 17/11/17 Dia 15/11 Expediente Suspenso Feriado Nacional

Atividades Significativas: de 13/11/17 a 17/11/17 Dia 15/11 Expediente Suspenso Feriado Nacional PLANEJAMENTO SEMANAL GRUPO 4 e 5 2017 GRUPO ARARA ADI: JANAINA Atividades Significativas: de 13/11/17 a 17/11/17 Dia 15/11 Expediente Suspenso Feriado Nacional Jogos de encaixe e de construção Massinha

Leia mais

Vamos brincar de construir as nossas e outras histórias

Vamos brincar de construir as nossas e outras histórias MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA Vamos brincar de construir as nossas e outras histórias Ano 02

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS SÃO GABRIEL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS SÃO GABRIEL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS SÃO GABRIEL PROJETO Teatro com enfoque biológico abordando os temas transversais Escola Municipal de Ensino Fundamental Presidente João Goulart Coordenadores Analía

Leia mais

Plano Anual de Actividades do ATL 2016/2017

Plano Anual de Actividades do ATL 2016/2017 Setembro Acolhimento das crianças Organização dos espaços Regras e rotinas Promover a adaptação e readaptação das crianças Criar laços de afecto e confiança entre os adultos, as crianças e as famílias

Leia mais

RESGATE DE JOGOS E BRINCADEIRAS TRADICIONAIS RESUMO

RESGATE DE JOGOS E BRINCADEIRAS TRADICIONAIS RESUMO RESGATE DE JOGOS E BRINCADEIRAS TRADICIONAIS Dayany Nascimento Chiarelli Rosangela Socorro Prates Silva RESUMO Com os avanços da tecnologia os tempos mudaram, e isto acaba interferindo em diversos aspectos

Leia mais

Centro Social de Santa Maria de Sardoura Plano Anual de Atividades Prolongamento Escolar

Centro Social de Santa Maria de Sardoura Plano Anual de Atividades Prolongamento Escolar Data Comemoração Objetivos Atividades/Local 1 a 30 de setembro Receção e integração das crianças Bem-vindos Promover o conhecimento entre colegas; Conhecer as regras do Prolongamento; Conhecer os diferentes

Leia mais

PROPOSTA CURRICULAR PARA O 2º SEGMENTO História

PROPOSTA CURRICULAR PARA O 2º SEGMENTO História PREFEITURA MUNICIPAL DE IPATINGA ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO/SEÇÃO DE ENSINO NÃO FORMAL CENFOP Centro de Formação Pedagógica PROPOSTA CURRICULAR PARA

Leia mais

Fundamentos Pedagógicos e Estrutura Geral da BNCC. BNCC: Versão 3 Brasília, 26/01/2017

Fundamentos Pedagógicos e Estrutura Geral da BNCC. BNCC: Versão 3 Brasília, 26/01/2017 Fundamentos Pedagógicos e Estrutura Geral da BNCC BNCC: Versão 3 Brasília, 26/01/2017 1 INTRODUÇÃO 1.3. Os fundamentos pedagógicos da BNCC Compromisso com a formação e o desenvolvimento humano global (dimensões

Leia mais

MAPA DE ATIVIDADES AVALIATIVAS DO ENSINO FUNDAMENTAL II TURMA: 6º A BIMESTRE: 3º/2016

MAPA DE ATIVIDADES AVALIATIVAS DO ENSINO FUNDAMENTAL II TURMA: 6º A BIMESTRE: 3º/2016 MAPA DE ATIVIDADES AVALIATIVAS DO ENSINO FUNDAMENTAL II TURMA: 6º A BIMESTRE: 3º/2016 ARTES 29/08 Criar uma pequena história para ser ilustrada. A ser realizada em sala. 05/08 Confecção de brinquedos:

Leia mais

PLANO DE CURSO Disciplina: NATUREZA E SOCIEDADE Série: JARDIM II Educação Infantil

PLANO DE CURSO Disciplina: NATUREZA E SOCIEDADE Série: JARDIM II Educação Infantil PLANO DE CURSO Disciplina: NATUREZA E SOCIEDADE Série: JARDIM II Educação Infantil UNIDADE IV: Identidade Quem sou eu? Meu nome Gênero: menino e menina Raça (Etnia) UNIDADE V: Meio de comunicação Escrito

Leia mais

CONTEÚDO OBJETIVOS ESTRATÉGIAS RECURSOS AVALIAÇÃO. - Roda de música. cantadas - Momentos

CONTEÚDO OBJETIVOS ESTRATÉGIAS RECURSOS AVALIAÇÃO. - Roda de música. cantadas - Momentos CUIDAR DE I, DO OUTRO E DO AMBIENTE. CONTEÚDO OBJETIVO ETRATÉGIA RECURO Higiene e cuidado pessoal Reconhecimento do próprio corpo Respeito às características pessoais relacionadas ao gênero, etnia, peso,

Leia mais

Apresentação para Sala de Aula para alunos de 1ª a 4ª série

Apresentação para Sala de Aula para alunos de 1ª a 4ª série Apresentação para Sala de Aula para alunos de 1ª a 4ª série O que é Patrimônio Cultural? Patrimônio é constituído pelos bens materiais e imateriais que se referem à nossa identidade, nossas ações, costumes,

Leia mais

Projeto Escola Estadual Luís Vaz de Camões. Projeto do índio

Projeto Escola Estadual Luís Vaz de Camões. Projeto do índio Projeto Escola Estadual Luís Vaz de Camões Projeto do índio Ipezal MS Abril 2012 Projeto Escola Estadual Luís Vaz de Camões Projeto do índio Professoras Responsáveis Elisângela e Gislayne com a colaboração

Leia mais

PROJETO DE REFORÇO ESCOLAR:

PROJETO DE REFORÇO ESCOLAR: PROJETO DE REFORÇO ESCOLAR: NOS CAMINHOS DA ALFABETIZAÇÃO E DO LETRAMENTO ENSINO FUNDAMENTAL PROJETO: NOS CAMINHOS DA ALFABETIZAÇÃO E DO LETRAMENTO JUSTIFICATIVA: Produzir bons leitores é o grande desafio

Leia mais

Sala: CATL. Educadora: Helena Salazar Professora: Elisabete Oliveira

Sala: CATL. Educadora: Helena Salazar Professora: Elisabete Oliveira Sala: CATL Educadora: Helena Salazar Professora: Elisabete Oliveira CALENDARIZAÇÃO TEMAS/CONTEÚDOS OBJETIVOS ATIVIDADES SETEMBRO Receção e integração das crianças Conhecer os diferentes espaços da instituição

Leia mais

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Nome: Educação Física Curso: Técnico em Meio Ambiente Integrado ao Ensino Médio Série: 1º, 2º, 3º Ano Carga Horária: 80h/a (67/H) Docente Responsável: EMENTA

Leia mais

CAMINHOS DA ESCOLA Arte na Escola

CAMINHOS DA ESCOLA Arte na Escola CAMINHOS DA ESCOLA Arte na Escola Resumo A série Caminhos da Escola nos apresenta neste episódio Arte na Escola, uma coletânea de matérias gravadas a partir de experiências em escolas de formação técnica

Leia mais

E.E Zumbi dos Palmares. Jaraguari MS/2012. Professor Gerenciador: Luzia Bento Soares. Turmas: Alunos do Ensino Fundamental.

E.E Zumbi dos Palmares. Jaraguari MS/2012. Professor Gerenciador: Luzia Bento Soares. Turmas: Alunos do Ensino Fundamental. E.E Zumbi dos Palmares. Jaraguari MS/2012. Professor Gerenciador: Luzia Bento Soares. Turmas: Alunos do Ensino Fundamental. Inserir: Numero de alunos envolvidos (aproximado) Professores envolvidos Projeto:

Leia mais

Projeto: Aprendendo com o Turismo

Projeto: Aprendendo com o Turismo Projeto: Aprendendo com o Turismo Integrantes: Carina Benetti, Elisabete Pistorello Dalanhol, Neiva Giacometti, Márcia Baretta, Haide Borges, Rosa Giacometti Escola : EMEF Dr Carlos Nelz- CAIC Gramado

Leia mais

Plano anual de atividades 2016 / 2017

Plano anual de atividades 2016 / 2017 Atividades Valências dinamizadoras Calendarização Objetivos Recursos humanos Recursos materiais Adaptação das crianças happy day setembro 2016 Fomentar o desenvolvimento da autonomia quer em relação ao

Leia mais

EMEB BERNADETE BARBOSA DE OLIVEIRA PLANO DE TRABALHO 2015

EMEB BERNADETE BARBOSA DE OLIVEIRA PLANO DE TRABALHO 2015 EMEB BERNADETE BARBOSA DE OLIVEIRA PLANO DE TRABALHO 2015 PERÍODO AÇÃO OBJETIVO ESTRATÉGIAS RECURSOS BIMESTRALMENTE DIAGNÓSTICO DIAGNOSTICAR O NIVEL DE APRENDIZAGEM DO ALUNO ATIVIDADE INDIVIDUAL DE ESCRITA,

Leia mais

COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA

COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA SGAS Quadra 906 Conjunto E Brasília - DF Telefone: (61) 3443-7878 Site: www.lasalledf.com.br E-mail: lasalledf@lasalledf.com.br DIRETRIZES CURRICULARES Série: Maternal 2 1º Período

Leia mais

Eixos/temas Noções / Conceitos Competências e Habilidades UNIDADE 1 SOU UM SER HUMANO COM NOME E IDENTIDADE UNIDADE 2 EU VIVO UNIDADE 3 MEU CORPO

Eixos/temas Noções / Conceitos Competências e Habilidades UNIDADE 1 SOU UM SER HUMANO COM NOME E IDENTIDADE UNIDADE 2 EU VIVO UNIDADE 3 MEU CORPO AMNT ND 1 O AL F NSINO RLIGIOSO 1 ANO 2 VIVO u vivo u vivo com os outros u cuido do outro 3 u tenho um nome que me identifica. u gosto de... u desejo e sonho com... SO M SR HMANO COM NOM IDNTIDAD M CORPO

Leia mais

PROJETO: MINHA CIDADE TEM HISTÓRIA

PROJETO: MINHA CIDADE TEM HISTÓRIA PROJETO: MINHA CIDADE TEM HISTÓRIA POEMA PARA MINHA CIDADE Minha cidade tem praias, Tem rios, tem cores... Minha cidade tem flores, Tem festas, tem amores... Minha cidade tem praças, Tem preces, tem pressa...

Leia mais

Associação de Pais, Encarregados de Educação e Amigos dos Alunos da EB1/JI de Pinhal de Frades. Plano de Actividades 2012/2013

Associação de Pais, Encarregados de Educação e Amigos dos Alunos da EB1/JI de Pinhal de Frades. Plano de Actividades 2012/2013 Setembro Recepção dos alunos (dias 03 a 07) Promover a integração/adaptação das crianças Desenvolver atitudes de auto-estima e auto-confiança Conhecer os colegas e a escola Conhecer as regras da sala Recepção

Leia mais

1.1. Identificar os elementos de composição de obras de artes visuais Usar vocabulário apropriado para a análise de obras de artes visuais.

1.1. Identificar os elementos de composição de obras de artes visuais Usar vocabulário apropriado para a análise de obras de artes visuais. Conteúdo Básico Comum (CBC) em Arte do Ensino Fundamental do 6º ao 9º ano Os tópicos obrigatórios são numerados em algarismos arábicos Os tópicos complementares são numerados em algarismos romanos Eixo

Leia mais

LER PARA CRESCER APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA:

LER PARA CRESCER APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA: AVALIAÇÃO DIFERENCIADA PARCIAL 2 ROTEIRO DE CIÊNCIAS, GEOGRAFIA, HISTÓRIA, ENSINO RELIGIOSO, LÍNGUA PORTUGUESA, MATEMÁTICA, ARTE E EDUCAÇÃO FÍSICA 2º ANO LER PARA CRESCER APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA: A Avaliação

Leia mais

Sala: 12 meses aos 24 meses Educadora: Idalina Barros

Sala: 12 meses aos 24 meses Educadora: Idalina Barros Sala: 12 meses aos 24 meses Educadora: Idalina Barros CALENDARIZAÇÃO TEMAS/CONTEÚDOS OBJETIVOS ATIVIDADES RECURSOS SETEMBRO Adaptação Os primeiros grupos sociais Observar e explorar activamente o seu meio

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO COLÉGIO NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO PLANEJAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA 2016 Professores Responsáveis Prof. Ana Paula da Costa Ricart Prof. Danielle Naegele Fernandes Prof. Eduardo Henrique Leal Prof. Idalina

Leia mais

DISCIPLINA DE ARTE OBJETIVOS: 1 Ano

DISCIPLINA DE ARTE OBJETIVOS: 1 Ano DISCIPLINA DE ARTE OBJETIVOS: 1 Ano Desenvolver e explorar as percepções manuais, artísticas e de ludicidade, desenvolvendo ainda as habilidades motoras e intelectuais. Estimular os sentidos e a sensibilidade

Leia mais

Plano Anual de Atividades

Plano Anual de Atividades Calendarização Actividades Objectivos Intervenientes Recursos Dia 2 de setembro Dias 21, 22, 23, 24, 25 e 28 de setembro Recepção das crianças à escola Reunião de pais e Encarregados de Educação Dia 23

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL PLANO DE ENSINO. CARGA HORÁRIA TURMA ANO LETIVO TOTAL SEMANAL horas. Maternal II A/Matutino CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

EDUCAÇÃO INFANTIL PLANO DE ENSINO. CARGA HORÁRIA TURMA ANO LETIVO TOTAL SEMANAL horas. Maternal II A/Matutino CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DISCIPLINA Linguagem PROFESSOR Serena Silva EDUCAÇÃO INFANTIL PLANO DE ENSINO CARGA HORÁRIA TURMA ANO LETIVO TOTAL SEMANAL 2017 20 horas Maternal II A/Matutino CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1º TRIMESTRE Início:

Leia mais

OBJETIVOS ATIVIDADES INTERVENIENTES ESPAÇO

OBJETIVOS ATIVIDADES INTERVENIENTES ESPAÇO CALENDARIZAÇÃO E TEMÁTICA Setembro / Outubro Integração das crianças no Outubro / Novembro O Outono Outubro Dia Mundial da Alimentação OBJETIVOS ATIVIDADES INTERVENIENTES ESPAÇO - Organizar o ambiente

Leia mais

Colégio Cor Jesu Brasília DF. Plano de Curso Infantil II. Educação Infantil

Colégio Cor Jesu Brasília DF. Plano de Curso Infantil II. Educação Infantil Colégio Cor Jesu Brasília DF Plano de Curso 2011 Infantil II Educação Infantil Disciplina: LINGUAGEM Série: INFANTIL II Educação Infantil Competências Habilidades a serem desenvolvidas Eixo/Conteúdos Desenvolver

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Departamento da Educação Pré-Escolar Planificação Mensal Ano Letivo 2015/2016

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Departamento da Educação Pré-Escolar Planificação Mensal Ano Letivo 2015/2016 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Departamento da Educação Pré-Escolar Planificação Mensal Ano Letivo 2015/2016 MÊS: maio Área de Conteúdo Domínio Objetivos Estratégias Formação Pessoal e Social

Leia mais

TRABALHOS AVALIATIVOS DO 5º ANO

TRABALHOS AVALIATIVOS DO 5º ANO TRABALHOS AVALIATIVOS DO 5º ANO 1 Trabalho de História: Título do trabalho: Impeachment Data da entrega: 20/05/2016 Material a ser realizado o trabalho: Papel almaço Sabemos que estamos passando por uma

Leia mais

RESGATE CULTURA HISTÓRIA POTIGUAR

RESGATE CULTURA HISTÓRIA POTIGUAR RESGATE DA E CULTURA HISTÓRIA POTIGUAR I TEMA Resgate da Cultura e História Potiguar II CARACTERIZAÇÃO Segmento: Fundamental II e Ensino Médio PROFESSORES RESPONSÁVEIS: Fyedka Paula de Oliveira Profª de

Leia mais

Atividades rítmicas e expressão corporal

Atividades rítmicas e expressão corporal Atividades rítmicas e expressão corporal LADAINHAS CANTIGAS BRINQUEDOS CANTADOS FOLCLORE MOVIMENTOS COMBINADOS DE RÍTMOS DIFERENTES RODAS Estas atividades estão relacionados com o folclore brasileiro,

Leia mais

JAMBO! jambo! uma manhã com os bichos da áfrica ROGÉRIO ANDRADE BARBOSA. projeto pedagógico

JAMBO! jambo! uma manhã com os bichos da áfrica ROGÉRIO ANDRADE BARBOSA. projeto pedagógico projeto pedagógico jambo! uma manhã com os bichos da áfrica ROGÉRIO ANDRADE BARBOSA JAMBO! UMA MANHÃ COM OS BICHOS DA ÁFRICA Rua Tito, 479 Lapa São Paulo SP CEP 05051-000 ilustrações Edu Engel divulgação

Leia mais

PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS. Educação infantil Creche e pré escolas

PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS. Educação infantil Creche e pré escolas PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS Educação infantil Creche e pré escolas O QUE É? Os Parâmetros Curriculares Nacionais - PCN - são referências de qualidade para os Ensinos Fundamental e Médio do país,

Leia mais

SUELI MARTINHO PLANEJAMENTO ANUAL DO GRUPO 1

SUELI MARTINHO PLANEJAMENTO ANUAL DO GRUPO 1 SUELI MARTINHO PLANEJAMENTO ANUAL DO GRUPO 1 FEVEREIRO ILHA SOLTEIRA-2017 PLANEJAMENTO ANUAL Objetivos e Metas do CCI O objetivo geral da proposta é valorizar a educação infantil como um instrumento de

Leia mais

Plano Anual de Atividades 2016/ 2017

Plano Anual de Atividades 2016/ 2017 Plano Anual de Atividades 2016/ 2017 Setembro Dia 02 Para além de criar um Acolhimento em cada sala, Receção das crianças ambiente acolhedor, fazer de cada criança, dando-lhe a sentir às crianças o conhecer

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS III TRIMESTRE

PLANO DE ESTUDOS III TRIMESTRE Componente Curricular: Educação Artística Prof. responsável: : Ingobert Ramos Bernicker Objetivo do componente Curricular do trimestre: - Desenvolver a criatividade, percepção, imaginação e concentração.

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO ESCOLA ESTADUAL MARECHAL RONDON NOVA ANDRADINA-MS

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO ESCOLA ESTADUAL MARECHAL RONDON NOVA ANDRADINA-MS R E.E. MARECHAL RONDON - NOVA ANDRADINA - ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO ESCOLA ESTADUAL MARECHAL RONDON NOVA ANDRADINA-MS O Folclore Brasileiro representado pelos alunos

Leia mais

De acordo com o lema A variedade dá sabor à vida, elaboramos a seguinte planificação anual, tendo em conta a articulação horizontal.

De acordo com o lema A variedade dá sabor à vida, elaboramos a seguinte planificação anual, tendo em conta a articulação horizontal. PRIMEIRO PERÍODO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES DO 1.º CICLO ANO LETIVO 2011-2012 De acordo com o lema A variedade dá sabor à vida, elaboramos a seguinte planificação anual, tendo em conta a articulação horizontal.

Leia mais

VAMOS TRAVAR OU DESTRAVAR? DEPENDE SÓ DE VOCÊ.

VAMOS TRAVAR OU DESTRAVAR? DEPENDE SÓ DE VOCÊ. VAMOS TRAVAR OU DESTRAVAR? DEPENDE SÓ DE VOCÊ. Vera Lúcia Pereira Borges Neste texto, relato a proposta de sequência didática com o gênero textual trava-línguas, realizada com as turmas do 2 ano da Escola

Leia mais

Sequência Didática Interdisciplinar

Sequência Didática Interdisciplinar Sequência Didática Interdisciplinar SÉRIE: 3º Ano COMPONENTES CURRICULARES: Língua Portuguesa, História e Artes CONTEÚDOS: LÍNGUA PORTUGUESA: Oralidade, leitura e Escrita: Gênero Textual Parlendas, Trava-línguas,

Leia mais

Sala: Berçário/transição Educadora: Idalina Barros

Sala: Berçário/transição Educadora: Idalina Barros Sala: Berçário/transição Educadora: Idalina Barros CALENDARIZAÇÃO TEMAS/CONTEÚDOS OBJETIVOS ATIVIDADES RECURSOS SETEMBRO Adaptação Os primeiros grupos sociais Observar e explorar activamente o seu meio

Leia mais

4º Ano Ensino Fundamental

4º Ano Ensino Fundamental 4º Ano Ensino Fundamental Eixo 1 Avalição Introdução 01 aula -Ler o texto; -Valorizar os sentidos -Texto: Dentro de casa ; Dentro de casa -Explorar as palavras novas do texto; -Pesquisa sobre a vida do

Leia mais

Associação de Pais, Encarregados de Educação e Amigos dos Alunos da EB1/JI de Pinhal de Frades. Plano de Atividades 2013/2014

Associação de Pais, Encarregados de Educação e Amigos dos Alunos da EB1/JI de Pinhal de Frades. Plano de Atividades 2013/2014 Setembro Receção e Acolhimento dos alunos (dias 02 a 06) Integrar as novas crianças e promover a facilidade de interação no grupo Promover o bem-estar e o fácil convívio entre as crianças Atividades relacionadas

Leia mais

AÇÕES E CONTEÚDOS HISTÓRIA 3º BIMESTRE

AÇÕES E CONTEÚDOS HISTÓRIA 3º BIMESTRE 1 GERAIS DE APRENDIZAGEM Sujeitos históricos: no tempo, no espaço, nos fatos e nas fontes históricas. Reconhecer-se como sujeito histórico no tempo e no espaço, estabelecendo relações com a comunidade

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2017/2018 REV. 00

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2017/2018 REV. 00 Atividades Valências dinamizadoras Calendarização Objetivos Recursos humanos Recursos materiais Adaptação das crianças Jogos de movimento e jogos de socialização Favorecer o desenvolvimento da auto-estima

Leia mais

PROJETO: SOU LETRANDO.

PROJETO: SOU LETRANDO. PROJETO: SOU LETRANDO. Acadêmicos: Thainara Lobo e Ailton Ourique Escola Estadual de Ensino Fundamental Dr Mário Vieira Marques (CIEP) São Luiz Gonzaga, 2016 1.TEMA Projeto de Leitura: Sou Letrando. 2.PROBLEMA

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III, IV e V EDUCAÇÃO FÍSICA

DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III, IV e V EDUCAÇÃO FÍSICA CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN ENSINO INFANTIL 2015 DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III, IV e V EDUCAÇÃO FÍSICA OBJETIVOS GERAIS Favorecer o desenvolvimento corporal e mental harmônicos, a melhoria

Leia mais

Externato de Santa Margarida. Rua Manuel Ribeiro de Almeida, 141 Quinta da Azenha S. Cosme- Gondomar Tel Fax.

Externato de Santa Margarida. Rua Manuel Ribeiro de Almeida, 141 Quinta da Azenha S. Cosme- Gondomar Tel Fax. Externato de Santa Margarida Rua Manuel Ribeiro de Almeida, 141 Quinta da Azenha 4420-195-S. Cosme- Gondomar Tel. 224830104 Fax. 224837223 Ano Letivo 2016/2017 Plano anual de atividades SETEMBRO Dia 2

Leia mais

Associação de Pais, Encarregados de Educação e Amigos dos Alunos da EB1/JI de Pinhal de Frades. Plano de Atividades 2016/2017

Associação de Pais, Encarregados de Educação e Amigos dos Alunos da EB1/JI de Pinhal de Frades. Plano de Atividades 2016/2017 Setembro Dias 01 a 04 de Setembro Receção e Integração dos alunos v Integrar/adaptar as crianças no CATL; v Desenvolver laços de relação entre criança/criança; equipa do CATL/crianças; v v Atividades relacionadas

Leia mais

PROJETO: A TERRA PEDE SOCORRO! PODEMOS AJUDAR?

PROJETO: A TERRA PEDE SOCORRO! PODEMOS AJUDAR? EMEF Professora Ubaldina Santo Amaro do Amaral PROJETO: A TERRA PEDE SOCORRO! PODEMOS AJUDAR? 1º TRIMESTRE Boa Esperança - ES 2015 PROJETO PEDAGÓGICO IDENTIFICAÇÃO: Escola: EMEF Professora Ubaldina Santo

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES PLANO DE ATIVIDADES 2016/2017

PLANO DE ATIVIDADES PLANO DE ATIVIDADES 2016/2017 PLANO DE ATIVIDADES 2016/2017 O Plano Anual de Atividades deve ser entendido como o instrumento da planificação das Atividades escolares, para um ano letivo, no qual estão plasmadas as decisões sobre os

Leia mais

O FOLCLORE DE PERNAMBUCO

O FOLCLORE DE PERNAMBUCO O FOLCLORE DE PERNAMBUCO O QUE É FOLCLORE Folclore é tudo simboliza os hábitos do povo, que foram conservados através do tempo, como conhecimento passado de geração em geração, por meio de lendas, canções,

Leia mais

EIXO CAPACIDADES CONTEÚDOS / CONCEITOS CICLO COMPLEMENTAR

EIXO CAPACIDADES CONTEÚDOS / CONCEITOS CICLO COMPLEMENTAR SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS SUBSECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃOBÁSICA SUPERINTENDÊNCIA DE EDUCAÇÃO INFANTIL E FUNDAMENTAL DIRETORIA DE ENSINO FUNDAMENTAL 5 MATRIZ CURRICULAR

Leia mais

Confecção do dedoche da mula Adivinhas em parlendas p/ casa: 16 à 19

Confecção do dedoche da mula Adivinhas em parlendas p/ casa: 16 à 19 Aulas dadas: Conteúdos e tarefas da Semana- 101 Semana de 22 a 26 de agosto de 2016 ------------------------------ Sociais Brincadeiras Folclóricas: cirandinha, canoa, serpente Confecção da mascará do

Leia mais

PLANO DE ENSINO 2º TRIMESTRE

PLANO DE ENSINO 2º TRIMESTRE Componente Curricular: GEOGRAFIA Professor: AYANNE, ANDREIA, CLEYDI, FRANCISCA, JULIANY, MARIA DO CARMO, MARIA EVILÂNIA Segmento: ENS. FUND. I Ano/Série: 4º ANO Apresentação da disciplina A educação em

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL. DIRETRIZES CURRICULARES Infantil ao 5º ANO MÚSICA

ENSINO FUNDAMENTAL. DIRETRIZES CURRICULARES Infantil ao 5º ANO MÚSICA CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN ENSINO FUNDAMENTAL 2013 DIRETRIZES CURRICULARES Infantil ao 5º ANO MÚSICA OBJETIVOS GERAIS Explorar e identificar elementos da música para se expressar e interagir com

Leia mais

ROBOFREVANDO. Professora: Silveira Munhoz, Rosemeire.

ROBOFREVANDO. Professora: Silveira Munhoz, Rosemeire. ROBOFREVANDO Professora: Silveira Munhoz, Rosemeire. Resumo: Este artigo descreve o projeto realizado pela equipe da Escola Municipal EMEIEF Governador Mário Covas da cidade de Tupã-SP, envolvendo todas

Leia mais

A ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA PARA CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL CONGÊNITA E ADQUIRIDA ATRAVÉS DE JOGOS PEDAGÓGICOS.

A ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA PARA CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL CONGÊNITA E ADQUIRIDA ATRAVÉS DE JOGOS PEDAGÓGICOS. A ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA PARA CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL CONGÊNITA E ADQUIRIDA ATRAVÉS DE JOGOS PEDAGÓGICOS. Luciana Barros Farias Lima Instituto Benjamin Constant Práticas Pedagógicas Inclusivas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO INTRODUÇÃO A Escola Estadual e Centro Estadual de Atendimento e Apoio ao Deficiente Auditivo CEAADA Prof. ª Arlete Pereira Migueletti, criada pelo Decreto.º 1.138 D.º 20/01/2000, está situada no município

Leia mais

PLANEJAMENTO 1º TRIMESTRE/2015

PLANEJAMENTO 1º TRIMESTRE/2015 PLANEJAMENTO 1º TRIMESTRE/2015 TURMA: Nível 1 PERÍODO: 23/02 a 22/05 DISCIPLINA/PROFESSOR/A OBJETIVO CONTEÚDOS Viviane Bhoes Identidade e Autonomia * Reconhecer colegas e professores pelo nome; * Ampliar

Leia mais