MANUAL DE USO DA MARCA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DE USO DA MARCA"

Transcrição

1 MANUAL DE US MARCA

2 Este manual apresenta os conceitos básicos que fundamentam a identidade do Sistema Maxi de Ensino. Seu objetivo é estabelecer parâmetros para a aplicação dos elementos gráficos que identificam a marca junto a seus públicos. Respeitar essas orientações é fundamental para que todos os materiais sejam integrados, garantindo a consistência de nossa comunicação e a consolidação de nossa imagem institucional. Consulte este manual sempre que necessário, pois seus capítulos orientam de forma prática cada ação que utilize a nossa marca. Contamos com a colaboração de todos que tenham contato com a marca do Sistema Maxi de Ensino em seguir os fundamentos aqui descritos. Afinal, seu êxito depende da atenção e do comprometimento de cada um. Este Manual apresenta os conceitos básicos que fundamentam o programa de identidade do sistema de ensino Motivo. Tem como objetivo normatizar e estabelecer parâmetros para a aplicação dos elementos gráficos que identificam a marca perante os públicos: interno, clientes, fornecedores e parceiros. Respeitar esses parâmetros é fundamental para que todos os materiais sejam integrados, garantindo assim a unidade da comunicação e a consolidação da imagem institucional. Este manual foi elaborado para orientar de forma prática o uso da marca em todas as nossas ações. Será de grande ajuda como documento de consulta cotidiana. Contamos também com a colaboração de todos que tenham contato com a marca em seguir os fundamentos aqui descritos. Afinal, seu êxito depende da atenção e do comprometimento de cada um dos envolvidos.

3 ÍNDICE 1. Posicionamento da marca do Sistema Maxi de Ensino 2. Apresentação da marca 3. Regras de uso 3.1 Proporções entre marcas - marca da escola vertical 3.2 Proporções entre marcas - marca da escola horizontal 3.3 Exceções 3.4 Área de reserva 3.5 Diagrama construtivo 3.6 Usos preferenciais 3.7 Reduções 3.8 Uso em fundo de cor 3.9 Uso em fundo de imagem 3.10 Usos incorretos 3.11 Recomendações 3.12 Cuidados na veiculação 4. Aplicações 4.1 rafismos 4.2 Exemplos de uso 5. Cronograma Este Manual apresenta os conceitos básicos que fundamentam o programa de identidade do sistema de ensino Motivo. Tem como objetivo normatizar e estabelecer parâmetros para a aplicação dos elementos gráficos que identificam a marca perante os públicos: interno, clientes, fornecedores e parceiros. Respeitar esses parâmetros é fundamental para que todos os materiais sejam integrados, garantindo assim a unidade da comunicação e a consolidação da imagem institucional. Este manual foi elaborado para orientar de forma prática o uso da marca em todas as nossas ações. Será de grande ajuda como documento de consulta cotidiana. Contamos também com a colaboração de todos que tenham contato com a marca em seguir os fundamentos aqui descritos. Afinal, seu êxito depende da atenção e do comprometimento de cada um dos envolvidos.

4 1. Posicionamento da marca do Sistema Maxi de Ensino SISTEMA MAXI DE ENSIN: atenção que transforma o processo de ensino-aprendizagem A afetividade faz toda diferença na motivação das crianças e dos jovens, especialmente no ambiente escolar, verdadeira extensão da casa desses alunos. É nesse contexto que o Sistema Maxi de Ensino se apresenta, consciente de sua participação fundamental na formação de todos os aspectos do indivíduo, despertando o melhor de cada um. Sua proposta pedagógica - a Pedagogia Afetiva considera aspectos emocionais do estudante, garantido o estímulo ao diálogo e à participação, o que maximiza o potencial desse aluno, garantindo resultados pedagógicos consistentes ao mesmo tempo em que forma valores. Sistema Maxi de Ensino é ideal para escolas que tenham o compromisso de se tornar um forte parceiro na formação das crianças e dos jovens, de forma humana e atenciosa, transformando aprendizados em comportamento. Este é o jeito do Sistema Maxi de Ensino: próximo e cuidadoso.

5 2. Apresentação da Marca A marca do Sistema Maxi de Ensino é caracterizado por dois elementos em destaque: a letra X e o símbolo de Pedagogia Afetiva. A gestualidade do X expressa motivação, maximização de potencial e resultados, enquanto o símbolo de Pedagogia Afetiva reflete a importância da afetividade e dos aspectos emocionais através da combinação do livro com o coração.

6 3. RERAS DE US Apresentamos a seguir as principais regras de utilização do uso conjunto entre a marca da Escola e a marca do Sistema Maxi de Ensino: proporções entre as marcas, área de reserva, reduções, usos preferenciais, usos em fundo de cor e/ou imagem, usos incorretos e recomendações.

7 3. RERAS DE US 3.1 PRPRÇÕ ENTRE MARCAS - MARCA C VERTICAL h 0,55h Para que a hierarquia e a ordem de leitura das marcas sejam mantidas, foi criada uma regra de proporção que deve ser escolhida conforme o desenho da marca da escola. Quando a marca da escola for na configuração vertical, a marca do sistema de ensino deve corresponder a 0,55 da altura total da marca da escola, como mostrado ao lado. BSERVAÇÃ: É muito importante que mesmo ao fazer uso dessa regra, o visual do conjunto seja avaliado. Deve-se privilegiar a marca da escola, deixando-a visualmente maior do que a marca do sistema de ensino. 7

8 3. RERAS DE US 3.2 PRPRÇÕ ENTRE MARCAS - MARCA C HRIZNTAL Para que a hierarquia e a ordem de leitura das marcas sejam mantidas, foi criada uma regra de proporção que deve ser escolhida conforme o desenho da marca da escola. Quando a marca da escola for na configuração horizontal, a marca do sistema de ensino deve corresponder a 0,7 da largura total da marca da escola, como mostrado ao lado. BSERVAÇÃ: É muito importante que mesmo ao fazer uso dessa regra, o visual do conjunto seja avaliado. Deve-se privilegiar a marca da escola, deixando-a visualmente maior do que a marca do sistema de ensino. y 0,7 y 8

9 3. RERAS DE US 3.3 EXCEÇÕ MARCA C MUIT LNA As regras de proporção entre as marcas foram criadas com o objetivo de valorizar a marca da escola nas aplicações conjuntas. ideal é que a marca da escola seja apresentada com um peso visual cerca de 30% maior do que a marca do sistema de ensino. y 0,7y Aplicação da regra acarreta em um peso excessivo para a marca do sistema de ensino Exemplo com compensação visual MARCA C MUIT CURTA As regras foram baseadas na medida mais usual de desenhos de marcas. Porém, poderão ocorrer exceções nos casos onde a marca da escola tenha predominância muito acentuada na horizontal ou na vertical, bem como em nomes muito curtos ou muito longos. Caso após a aplicação das regras dos capítulos 3.1 e 3.2 a marca do sistema de ensino fique com maior destaque ou muito pequena em relação à marca da escola, deverá ser feita uma compensação visual, ajustando as proporções de maneira que a marca da escola aparente ser 30% maior do que a marca do sistema de ensino. Veja exemplos ao lado. h 0,55h Aplicação da regra acarreta em um peso para a escola muito maior do que 30% Exemplo com compensação visual 9

10 3. RERAS DE US 3.4 ÁREA DE RERVA A proximidade de outros elementos gráficos pode reduzir o impacto visual ou mesmo a legibilidade da marca. Dessa forma, recomendamos que seja adotada uma área de não interferência em torno das marcas, equivalente a uma letra X. Quaisquer outros elementos gráficos, como desenhos, fios e textos, devem respeitar o espaço mínimo indicado no diagrama ao lado. 10

11 3. RERAS DE US 3.5 DIARAMA CNSTRUTIV área de reserva z Para que o conjunto entre a marca da escola e a marca do sistema de ensino possa ser montado de forma correta, disponibilizamos ao lado os diagramas construtivos com as informações necessárias para a construção do conjunto e de sua área de reserva. h linha de centro 0,55h z Dica: as marcas devem ser centralizadas na altura, respeitando as regras ao lado. A depender dos pesos das marcas, podem ser feitos ajustes para garantir que, visualmente, as marcas pareçam centralizadas. área de reserva z linha de centro z y 0,7y 11

12 3. RERAS DE US 3.6 USS PREFERENCIAIS Visando preservar a identidade visual e o seu reconhecimento, as marcas devem ser preferencialmente utilizadas sobre fundo branco. Uso preferencial: marcas sobre fundo branco Muitas vezes a cor é um importante elemento identificador da marca, então, de forma secundária e a depender dos objetivos de cada peça de comunicação, pode-se optar pelo uso das marcas sobre fundo na cor do Sistema Maxi de Ensino ou como mostrado nos exemplos ao lado, nas cores que simbolizam a escola. Usos secundários: marcas sobre fundo de cor do Sistema Maxi de Ensino BSERVAÇÕ A marca do Sistema Maxi de Ensino só poderá ser usada sobre fundo de cor da escola conveniada, se a sua aplicação estiver totalmente de acordo com as regras do capítulo US EM FUND DE CR na página 15 deste manual. Usos secundários: marcas sobre fundo de cor da escola 12

13 3. RERAS DE US 3.7 REDUÇÕ FFSET Para utilização em aplicações, as marcas devem ser sempre redimensionadas em conjunto. 35 mm conjunto pode ser reduzido até o momento em que a marca do Sistema Maxi de Ensino atingir uma das dimensões ao lado, dependendo do processo de impressão utilizado. Não devem ser usadas aplicações em que a marca do Sistema Maxi de Ensino esteja em tamanho menor do que os mostrados ao lado. FLEXRAFIA BSERVAÇÃ É primordial que, mesmo seguindo a tabela de reduções, seja sempre verificada a questão da legibilidade e da integridade visual, tanto da marca da escola quanto da marca do sistema de ensino. 50 mm 13

14 3. RERAS DE US 3.7 REDUÇÕ SILK SCREEN (PAPEL/PLÁSTIC) VERSÃ CHAPA US RTRIT SILK SCREEN (TECID) VERSÃ CHAPA US RTRIT 65 mm 80 mm 14

15 3. RERAS DE US 3.8 US EM FUND DE CR Em casos em que não se tenha controle sobre a cor do fundo, por limitação da aplicação ou por necessidades específicas de comunicação, as marcas devem ser aplicadas seguindo os padrões descritos nas próximas duas páginas. As escolhas do fundo e das versões das marcas (coloridas ou negativas) deverão ser feitas para proporcionar a máxima legibilidade, integração e manutenção da identidade visual. Em situações em que as marcas forem aplicadas sobre cores claras, utilize as versões coloridas. Em aplicações sobre fundos de cores médias e escuras, as marcas devem ser usadas em suas versões negativas. ATENÇÃ Sempre que for realizada uma aplicação das marcas, avalie o contraste em relação à cor de fundo, evitando situações de baixa legibilidade, vibração ou desarmonia. 15

16 3. RERAS DE US 3.8 US EM FUND DE CR MARCA EM CR SBRE FUND CLRID L C L C L C L C L C L C L C L C L C L C L C L C L C L C L C L C L C L C L C L C L C L C L C L C L C L C L C L C 16

17 3.8 US EM FUND DE CR MARCA NEATIVA SBRE FUND CLRID 3. RERAS DE US L L C L C L A L C L L L L A C C L C L C L L C L A C C L C L C L C A L A L L C C L A C L L L C L A C C L L L L L L C C L C L C L C A L C C C C L 17

18 3. RERAS DE US 3.9 US EM FUND DE IMAEM L L L L C C C Aplicar a marca de forma correta sobre fundos fotográficos, demanda uma atenção especial e um planejamento prévio da peça de comunicação. Esse processo começa pela escolha da imagem, passando pelo posicionamento da marca sobre a mesma. As marcas devem ser sempre aplicadas de forma a garantir a máxima legibilidade. Para isso, devem ser posicionadas em áreas livres e homogêneas com poucos detalhes que possam causar interferência visual ou baixa legibilidade. Caso a imagem não ofereça áreas livres, pode-se utilizá-la dentro de um box branco, seguindo as proporções da área de reserva da marca conjunta. C As imagens à esquerda ilustram exemplos de posicionamentos adequados. ATENÇÃ Evite aplicar a marca em situações de muita interferência visual ou que a deixem com baixa legibilidade. Avalie sempre o contraste em relação à cor de fundo, evitando situações de baixa legibilidade, vibração ou desarmonia com as cores e formas da marca. 18

19 3. RERAS DE US L 3.9 US EM FUND DE IMAEM Aplicar a marca de forma correta sobre fundos fotográficos, demanda uma atenção especial e um planejamento prévio da peça de comunicação. Esse processo começa pela escolha da imagem, passando pelo posicionamento da marca sobre a mesma. C L L L C C Caso a imagem não ofereça áreas livres, pode-se utilizá-la dentro de um box branco, seguindo as proporções da área de reserva da marca conjunta. C L C L As marcas devem ser sempre aplicadas de forma a garantir a máxima legibilidade. Para isso, devem ser posicionadas em áreas livres e homogêneas com poucos detalhes que possam causar interferência visual ou baixa legibilidade. C As imagens à esquerda ilustram exemplos de posicionamentos adequados. ATENÇÃ Evite aplicar a marca em situações de muita interferência visual ou que a deixem com baixa legibilidade. Avalie sempre o contraste em relação à cor de fundo, evitando situações de baixa legibilidade, vibração ou desarmonia com as cores e formas da marca. 19

20 3. RERAS DE US 3.10 USS INCRRETS A identidade visual e o reconhecimento de sua marca dependem da conscientização e respeito de suas regras de utilização. C EXEMPL. MELHR FUTUR PARA SEUS FILHS. A aplicação incorreta da marca mesmo descuidos mínimos poderá comprometer a percepção da imagem da marca e seu reconhecimento frente ao público. Portanto, não altere nenhum dos seus elementos. A marca da Escola é muito importante dentro da comunicação. Portanto, não altere as proporções entre as marcas, para que a hierarquia e o equilíbrio visual não sejam modificados e prejudiquem a comunicação. Nesta página são apresentados alguns exemplos de aplicações incorretas que deverão ser rigorosamente evitadas. A posição das marcas é um ponto muito importante. Ela influencia na leitura e na hierarquia entre as marcas. Dessa forma, não altere a ordem entre as marcas, para que a marca da escola fique sempre em destaque. Em materiais de comunicação, fachadas, etc., não aplique a marca do sistema de ensino sozinha. Sempre use a marca da escola. 20

21 3. RERAS DE US 3.10 USS INCRRETS não utilize alinhamentos diferentes dos mostrados neste manual não altere as cores da marca do sistema de ensino A identidade visual e o reconhecimento de sua marca dependem da conscientização e respeito de suas regras de utilização. A aplicação incorreta da marca mesmo descuidos mínimos poderá comprometer a percepção da imagem da marca e seu reconhecimento frente ao público. Portanto, não altere nenhum dos seus elementos. Nesta página são apresentados alguns exemplos de aplicações incorretas que deverão ser rigorosamente evitadas. SISTEMA DE ENSIN não altere ou reconstrua a marca do sistema de ensino não utilize sombras no uso conjunto das marcas lorem ipsum asdj; fkaj kja lmen ips cakrn rert mca não desenhe bordas ao redor das marcas sempre respeite a área de não interferência da marca 21

22 3. RERAS DE US 3.11 RECMENÇÕ NÃ UTILIZE A MARCA D SISTEMA DE ENSIN SEM QUE A MARCA C TAMBÉM SEJA UTILIZA. Ao lado, são dadas algumas recomendações para o uso conjunto entre a marca da escola e a marca do Sistema Maxi de Ensino. Para uma boa convivência entre elas, é importante que essas recomendações sejam seguidas. RPEITE AS RERAS DE US TABELECIS NTE MANUAL PARA US CNJUNT S MARCAS. TDS S MATERIAIS DE CMUNICAÇÃ EXTERNA DEVEM PASSAR PE APRVAÇÃ D MARKETIN ABRIL EDUCAÇÃ. 22

23 3. RERAS DE US 3.12 CUIDS NA VEICUÇÃ LEIBILIDE MARCA HIERARQUIA A marca é um dos elementos mais importantes em nossa comunicação, pois é ela que nos identifica e diferencia. Sendo assim, é fundamental que a sua legibilidade seja preservada. Nossa comunicação deve ser criada e planejada de forma a favorecer a leitura das marcas. Por isso, cores e imagens devem ser escolhidas de forma a não interferir ou prejudicar a legibilidade do conjunto. Caso não seja possível preservar a marca dessa forma, crie uma área branca, nunca menor do que a sua área de reserva (veja na página 10 deste manual). Numa peça de comunicação, procure estabelecer uma hierarquia de informações, organizando a ordem de importância de textos. Para isso, use tamanhos, cores e pesos diferentes de letra, que vão atrair naturalmente os olhos do público para a sequência de leitura desejada. layout da comunicação deve ser criado de forma a orientar o público uma clara ordem de leitura. Agrupar as informações em blocos também pode ajudar a construir um layout mais fácil de ser compreendido. É importante que as campanhas e anúncios sejam produzidos em uma linguagem visual adequada ao posicionamento da marca e que mantenham um padrão visual de qualidade. Ao lado, são dadas algumas dicas de como proceder em pontos importantes para que o resultado final seja o mais próximo do ideal, garantindo a qualidade do material. DIN CLEAN branco e os espaços vazios na proporção certa ajudam na leitura e fixação das mensagens principais. Preencher todos os espaços do anúncio com informações e dados não é garantia de boa comunicação. Espaços vazios (em branco) podem colaborar para a objetividade, a clareza e o entendimento das mensagens, além de proporcionar um visual mais limpo e moderno. EXCS DE INFRMAÇÕ excesso de textos, informações, imagens e elementos visuais dispersa a atenção e prejudica o entendimento da mensagem principal. Existe um ditado que sempre funciona: Menos é mais. Em campanhas e anúncios, procure resumir as informações, tornando-as mais diretas, e foque sempre na mensagem principal e na identificação da marca e dos canais de contato. IMAENS As imagens são importantes formas de transmitir mensagens. Dizem até que uma boa imagem vale mais que mil palavras. Uma imagem correta reforça a mensagem e traz a inspiração necessária à comunicação. Portanto, ao selecionar uma imagem para a comunicação, certifiquese de que ela está adequada ao posicionamento da marca, descrito neste manual. u seja, se a imagem ajuda a transmitir os conceitos da marca que queremos comunicar a nossos públicos. Além disso, confira se sua resolução é suficiente, levando-se em conta o meio em que ela será aplicada e se existem restrições de uso, como direitos autorais, etc. DICAS RÁPIS Evite misturar muitos tipos de fonte diferentes; Procure utilizar cores harmônicas na composição das peças; Cuidado com o exagero no uso de cores e imagens; Não crie um layout se tiver dúvida em relação ao uso da marca. Consulte sempre o manual. 23

24 4. APLICAÇÕ As aplicações deverão garantir a máxima eficiência na reprodução das cores, formas e tipografia. As marcas não poderão ser modificadas ou distorcidas. Para garantir a qualidade na reprodução, deverão ser utilizados os arquivos eletrônicos fornecidos.

25 4. APLICAÇÕ 4.1 RAFISMS Para reforçar a identidade visual, as demais peças de comunicação apoiam o posicionamento da marca através do grafismo. Todas as suas variações possuem frame branco e utilizam um box como elemento de composição. Além disso, como forma de reforçar o posicionamento da marca, utilizouse o grafismo de X. Estes grafismos podem ser utilizados em peças de comunicação institucional e promocional, como: anúncios, campanhas publicitárias, cartazes, internet, visual merchandising e materiais didáticos. IMPRTANTE: Nunca aplique mais de um box. Mantenha as cores e a forma (desenho) dos grafismos. Evite a utlização de sombra, relevo ou transparência como recurso visual. 25

26 4. APLICAÇÕ 4.2 EXEMPLS DE US Ao lado observamos algumas aplicações da marca em: banner, camiseta e caneta. C EXEMPL. MELHR FUTUR PARA SEUS FILHS. camiseta banner caneta 26

27 5. CRNRAMA Além de conhecer todas as aplicações da marca do Sistema Maxi de Ensino, é necessário um cronograma para estipular datas limites para as escolas conveniadas se adequarem à utilização do manual de uso da marca. cronograma de implementação é diferenciado para as escolas novas e escolas da base.

28 5. CRNRAMA 5. CRNRAMA º ano da parceria 2º ano em diante Em relação ao limite que as escolas conveniadas possuem para se adequarem ao manual de marcas, seguem cronogramas diferenciados para as escolas novas e escolas da base no que diz respeito à implementação: CS NVAS Inserção do uso do manual de marcas no contrato de parceria. Limite para adequação de materiais impressos, ambiente escolar, fachada da escola, uniformes e redes sociais. Padrão para as novas escolas para todos os anos seguintes. 1 ano de limite após contrato assinado para adequação em diante CS BASE Inserção do uso do manual de marcas no termo de renovação de parceria. Limite para adequação de materiais impressos e redes sociais. Limite para adequação do ambiente escolar, fachada da escola e uniformes. Padrão para as escolas da base para todos os anos seguintes. 28

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Sumário Apresentação 3 Logotipo - Versões Cromáticas 4 Diagrama de Construção, Área de Reserva e Redução 5 Convivência com Outras Marcas 6 Patrocínio 7 Aplicações sobre Fundos 8 Aplicações Incorretas 9

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Introdução A logomarca Rio+20 - Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável - e o material de campanha foram desenhados pela Graphic Design Unit, nas Nações

Leia mais

Guia de Uso DAMARCA V1.0 - Maio. 2011

Guia de Uso DAMARCA V1.0 - Maio. 2011 Guia de Uso DAMARCA V1.0 - Maio. 2011 Apresentação 3 Elementos da marca 4 Versões de uso preferencial 5 Cores 6 Aplicação em substrato metalizado 7 Versão degradê 8 Versões em P&B 9 Área de não interferência

Leia mais

MANUAL APLICAÇÃO LOGOTIPO LINTEC

MANUAL APLICAÇÃO LOGOTIPO LINTEC SUMÁRIO INTRODUÇÃO 03 APRESENTAÇÃO 04 VERSÃO INSTITUCIONAL 05 VERSÃO VERTICAL E HORIZONTAL 06 PRETO E BRANCO 07 PADRÕES CROMÁTICOS 08 MALHA CONSTRUTIVA 09 ÁREA DE PROTEÇÃO 10 REDUÇÃO MÁXIMA 11 APLICAÇÕES

Leia mais

Uso correto da Marca ONS. versão 1.0 dezembro 2012

Uso correto da Marca ONS. versão 1.0 dezembro 2012 Uso correto da Marca ONS versão 1.0 dezembro 2012 O ONS desempenha com eficiência e eficácia seu papel no setor elétrico. A Marca ONS identifica e representa a organização e todos que a formam. Este documento

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Logomarca da CBC / Logo de Formação de Atletas Comunicação & Marketing Índice 1 Logomarca da CBC 1.1 Elementos da Logomarca 1.2 Significado 1.3 A Marca 1.4 Variantes de cor

Leia mais

Manual de Identidade Visual RIO +20

Manual de Identidade Visual RIO +20 Manual de Identidade Visual RIO +20 ÍNDICE Introdução 1. O selo 2. Aplicação principal 2.1. Construção 2.2. Aplicação em cores sólidas 2.3. Tons de cinza 2.4. Versões monocromáticas 2.5. Redução máxima

Leia mais

Código de Identidade Visual

Código de Identidade Visual Manual da Marca Apresentação O manual da marca Academia da Saúde tem a função de ordenar e padronizar o signo que distingue e diferencia o Programa, compreendendo os padrões e as regras de aplicação da

Leia mais

A marca. Versão beta 28 / 04/ 2010

A marca. Versão beta 28 / 04/ 2010 A marca O símbolo transmite brasilidade e a fluidez da Eletrobras, além de representar a evolução constante e o movimento contínuo e dinâmico da empresa rumo ao futuro. Em suas cores, temos o azul, representando

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Objetivos Este manual estabelece as formas de comunicação e aplicação da marca Balada Segura para aumentar o seu reconhecimento e consistência para o público. A aplicação das

Leia mais

2013: Ano da Contabilidade no Brasil. Manual de aplicação da marca

2013: Ano da Contabilidade no Brasil. Manual de aplicação da marca Apresentação A profissão contábil é um ofício antigo, que evoluiu e continua evoluindo, mas a sociedade não tem consciência dessa visão histórica, nem mesmo da importância dessa profissão para os dias

Leia mais

guia de aplicação da marca

guia de aplicação da marca guia de aplicação da marca Sumário 03 apresentação A marca mek Usos incorretos 04 a marca principal 12 o que não fazer 05 06 07 08 09 10 11 cores da marca variações - aplicações sobre fundos nas cores

Leia mais

SUMÁRIO INTRODUÇÃO ELEMENTOS E PROPORÇÕES DA ASSINATURA HORIZONTAL VERSÕES DA ASSINATURA HORIZONTAL SÍMBOLO CHAPADO

SUMÁRIO INTRODUÇÃO ELEMENTOS E PROPORÇÕES DA ASSINATURA HORIZONTAL VERSÕES DA ASSINATURA HORIZONTAL SÍMBOLO CHAPADO SUMÁRIO INTRODUÇÃO ELEMENTOS E PROPORÇÕES DA ASSINATURA HORIZONTAL VERSÕES DA ASSINATURA HORIZONTAL SÍMBOLO CHAPADO ELEMENTOS E PROPORÇÕES DA ASSINATURA VERTICAL VERSÕES DA ASSINATURA VERTICAL SÍMBOLO

Leia mais

Manual de Padronização

Manual de Padronização Manual de Padronização das Marcas EBC e seus veículos Novembro de 2013 1. Marca da EBC 4 1.1 Reduções mínimas 5 1.2 Aplicações da marca 6 1.3 Tipografia 7 1.4 Cor da marca 8 1.5 Usos Indevidos 9 2. Marca

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Í n d i c e Apresentação........................................................................................ Uso do Manual.....................................................................................

Leia mais

FORA DA ESCOLA NÃO PODE. Cada criança e adolescente tem o direito de aprender. Manual de Aplicação de Marcas

FORA DA ESCOLA NÃO PODE. Cada criança e adolescente tem o direito de aprender. Manual de Aplicação de Marcas NÃO PODE Cada criança e adolescente tem o direito de aprender Manual de Aplicação de Marcas Sumário p1 Apresentação p15 Banners p2 Assinatura Principal p19 Faixa p3 Variações da Marca p20 Outdoor p4 Cores

Leia mais

Aplicações da Logomarca Logomarca Preferencial - Assinatura Horizontal - Secretaria Logomarca Preferencial - Assinatura Vertical - Secretaria

Aplicações da Logomarca Logomarca Preferencial - Assinatura Horizontal - Secretaria Logomarca Preferencial - Assinatura Vertical - Secretaria Índice 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 Apresentação A logomarca da Prefeitura de Palmas Proporções e medições Zona de exclusão Redução mínima Variantes de cor Cores

Leia mais

manual de identidade visual

manual de identidade visual manual de identidade visual manual-perpart2.indd 1 índice 02 03 Apresentação A Marca 20 Papelaria Institucional Cartão de Visita I 04 A Marca 21 Cartão de Visita II 05 Logotipo 22 Envelope Ofício 06 Símbolo

Leia mais

Manual de uso da marca da 1ª Conferência Nacional sobre Transparência e Controle Social

Manual de uso da marca da 1ª Conferência Nacional sobre Transparência e Controle Social Manual de uso da marca da 1ª Conferência Nacional sobre Transparência e Controle Social Manual de uso da marca da 1ª Conferência Nacional sobre Transparência e Controle Social Apresentação... 3 Marca e

Leia mais

IT- MKT-001-COM Data: 28/01/2015 versão: 04. Manual de aplicação da marca

IT- MKT-001-COM Data: 28/01/2015 versão: 04. Manual de aplicação da marca Manual de aplicação da marca IT- MKT-001-COM Data 15/08/2014 versão 02 SumárioApresentação 3 A marca 4 Memorial descritivo... 5 Versão preferencial... 6 Padrões cromáticos... 7 Versões positiva/negativa...

Leia mais

Manual de Identidade Visual Golin Módulo II Guia Rápido de Utilização do Logotipo / Meios Digitais. Manual de Identidade Visual junho 2010

Manual de Identidade Visual Golin Módulo II Guia Rápido de Utilização do Logotipo / Meios Digitais. Manual de Identidade Visual junho 2010 1 Manual de Identidade Visual Golin Módulo II Guia Rápido de Utilização do Logotipo / Meios Digitais Manual de Identidade Visual junho 2010 Sumário 2 A marca 3 Introdução 4 Comunicação através de Símbolos

Leia mais

Manual de Identidade Visual. Uso e aplicação do logotipo

Manual de Identidade Visual. Uso e aplicação do logotipo Manual de Identidade Visual Uso e aplicação do logotipo 2 Apresentação O Manual de Identidade Visual da Fundação de Apoio à Universidade Federal de São Paulo, FapUnifesp, é um documento técnico, elaborado

Leia mais

Enap. Manual de uso da marca

Enap. Manual de uso da marca Manual de uso da marca O símbolo transmite seriedade, objetividade e contemporaneidade compatíveis com a instituição e também continuidade em relação ao sinal de identificação anteriormente usado. O desenho

Leia mais

Apresentação. Identidade Visual

Apresentação. Identidade Visual Apresentação Identidade Visual É o conjunto de elementos gráficos que compõem o universo da marca. Neste manual, apresentamos regras e orientações para utilizá-los de maneira coerente e consistente, transmitindo

Leia mais

CECOM/IFC MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL CURSOS DO IFC

CECOM/IFC MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL CURSOS DO IFC CECOM/IFC MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL CURSOS DO IFC O OBJETIVO DO PROJETO A criação dos ícones dos cursos tem como objetivo construir uma identidade visual única para os cursos ofertados pelo IFC, principalmente

Leia mais

INSTITUTO DOS IRMÃOS MARISTAS

INSTITUTO DOS IRMÃOS MARISTAS INSTITUTO DOS IRMÃOS MARISTAS Como líderes do instituto neste momento histórico, voltamos nosso olhar para Maria, aurora dos novos tempos, nos quais encontramos inspiração para descobrir como as atitudes

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual IMPORTANTE Na impossibilidade de resolver de antemão todos os possíveis problemas relativos ao universo de aplicações da marca Golfran, cabe a este manual fornecer o máximo

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA MARCA

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA MARCA MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA MARCA APRESENTAÇÃO E JUSTIFICATIVA A identidade visual é um importante instrumento para a construção e consolidação da imagem de uma instituição perante o público. É através dela

Leia mais

Manual de utilização do selo

Manual de utilização do selo Manual de utilização do selo Introdução O manual do selo Empresa Parceira da Saúde tem a função de ordenar e padronizar o signo que distingue e diferencia a parceira, compreendendo padrões e regras de

Leia mais

manual de identidade visual instituto fonte

manual de identidade visual instituto fonte manual de identidade visual instituto fonte por quê um manual de identidade visual é importante para o instituto fonte? Por uma razão de sentido. Faz sentido para nós conseguir comunicar, em um conjunto

Leia mais

Apresentação 3. Conceitos Básicos 4. Conceito da Marca 6

Apresentação 3. Conceitos Básicos 4. Conceito da Marca 6 Sumário Apresentação 3 Conceitos Básicos 4 O Clube 5 Conceito da Marca 6 Versões da Marca Assinatura Principal 7 Assinatura Secundária 8 Escala de Cinza 9 Colorida 9 Preto e Branco positivo 9 Preto e Branco

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Marca Sumário 1. Apresentação 03 2. Uso do Manual 04 3. Componentes do Design 05 4. Logomarca 06 5. Assinatura 09 6. Área de Proteção 10 7. Alinhamento 11 8. Grade de Construção 12 9. Tipologia

Leia mais

MANUAL DE MARCA E IDENTIDADE VISUAL IMPÉRIO C R I A T I V O

MANUAL DE MARCA E IDENTIDADE VISUAL IMPÉRIO C R I A T I V O MANUAL DE MARCA E IDENTIDADE VISUAL DESENVOLVEDORES: Breno Rodrigues Lucas Xavier ÍNDICE 3 - Conceitos 4 - Marca 4 - Desenvolvimento da marca 5 - Assinaturas 6 - Área de proteção 7 - Tipografia 8 - Dimensionamento

Leia mais

Logomarca para Parceiros de Negócios. Junho / 2012

Logomarca para Parceiros de Negócios. Junho / 2012 Logomarca para Parceiros de Negócios Junho / 2012 Apresentação Este manual tem como objetivo facilitar ao nosso Parceiro de Negócios, o entendimento da aplicação dos logos da Valspe em suas comunicações.

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Os símbolos são usados pela humanidade desde o início dos tempos como representações que fortalecem a comunicação ao despertar emoções. Entre esses, encontram-se as marcas.

Leia mais

GUIA DE Identidade Visual

GUIA DE Identidade Visual Texto GUIA DE Identidade Visual UNA-SUS Guia de Identidade Visual 1 Index Apresentação Malha Construtiva Símbolo Tipograma Símbolo + Logotipo Arejamento Aplicações Preto e Branco Horizontais Verticais

Leia mais

A ETIAM Etiquetadora Amaral Ltda. pretende através deste documento, consolidar o bem mais valioso que uma instituição pode ter: sua marca.

A ETIAM Etiquetadora Amaral Ltda. pretende através deste documento, consolidar o bem mais valioso que uma instituição pode ter: sua marca. INTRODUÇÃO Ter uma identidade visual, que passe uma mensagem de qualidade e segurança aos clientes é fundamental para o sucesso da empresa. A identidade visual é a imagem ou, em outras palavras, a roupa

Leia mais

Manual de Identidade Junho de 2011

Manual de Identidade Junho de 2011 Manual de Identidade Junho de 2011 Índice Identidade Visual... 2 O que é a Identidade Visual... 2 Objectivos do Manual de Identidade Visual... 2 Marca... 3 Versão Preferencial... 4 Versão Auxiliar... 4

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Normas e padrões de utilização Versão 1.3 Alterada em 13/11/2014 Alteração: inclusão do elemento de marca registrada, após a concessão do registro da marca pelo INPI. Sumário

Leia mais

Uma empresa que já atua há tanto tempo no mercado de maneira tão sólida e vitoriosa precisa, através dos tempos, portar-se institucionalmente de um

Uma empresa que já atua há tanto tempo no mercado de maneira tão sólida e vitoriosa precisa, através dos tempos, portar-se institucionalmente de um Uma empresa que já atua há tanto tempo no mercado de maneira tão sólida e vitoriosa precisa, através dos tempos, portar-se institucionalmente de um modo que justifique e reafirme o seu lugar na vanguarda.

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Confiabilidade Confiabilidade será nossa palavra-chave: todas as nossas ações serão no sentido de conquistar o reconhecimento da OniSat como uma grande empresa na área de rastreamento.

Leia mais

Manual da marca 2014

Manual da marca 2014 Manual da marca 2014 Índice 1. Marca 2. Elementos, versões e proporções 3. Área de reserva e redução 4. As cores da marca 4.1. Uso preferencial e versão PB 4.2. Cor complementar 5. Variação de fundos 6.

Leia mais

Conceito Visual. Manual de aplicação de Marca

Conceito Visual. Manual de aplicação de Marca Conceito Visual Conceito Visual Qualidade e Durabilidade Principal característica a ser transmitida na comunicação, os produtos são feitos com alto padrão de qualidade e durabilidade, é o ponto mais forte

Leia mais

a marca bematech Tudo o que você precisa para usar a marca. Dezembro de 2009

a marca bematech Tudo o que você precisa para usar a marca. Dezembro de 2009 16 a marca bematech Tudo o que você precisa para usar a marca. 17 Marca Dinâmica e evolutiva, a marca Bematech é formada pelo símbolo e logotipo. Suas elipses simbolizam a essência de uma empresa empreendedora.

Leia mais

Manual pra quê? O que move uma marca? Ela é movida pela CONFIANÇA E PERCEPÇÃO DE VALOR POR SEUS CONSUMIDORES.

Manual pra quê? O que move uma marca? Ela é movida pela CONFIANÇA E PERCEPÇÃO DE VALOR POR SEUS CONSUMIDORES. Manual pra quê? O que move uma marca? Ela é movida pela CONFIANÇA E PERCEPÇÃO DE VALOR POR SEUS CONSUMIDORES. E a marca HEAVYLOAD transmite essa confiança e, também, cria essa percepção! Em cada momento

Leia mais

A marca de uma empresa é construída ao longo de sua existência e inclui seu nome, sua logomarca e identidade visual, suas peças de comunicação, seu

A marca de uma empresa é construída ao longo de sua existência e inclui seu nome, sua logomarca e identidade visual, suas peças de comunicação, seu A marca de uma empresa é construída ao longo de sua existência e inclui seu nome, sua logomarca e identidade visual, suas peças de comunicação, seu relacionamento com todos os públicos de interesse, seus

Leia mais

Manual de Uso da Marca do Governo Federal Patrocínio

Manual de Uso da Marca do Governo Federal Patrocínio Manual de Uso da Marca do Governo Federal Patrocínio SECOM / PR - 2011 Manual de uso da marca do Governo Federal Introdução...3 Assinatura de marcas do Governo Federal em patrocínios...4 Reserva de integridade...6

Leia mais

A extensa região territorial que abrange a estrutura multicampi da Unoesc é fator de orgulho

A extensa região territorial que abrange a estrutura multicampi da Unoesc é fator de orgulho Manual de Marca Apresentação A marca da Unoesc foi desenvolvida a partir de um estudo baseado no perfil histórico representativo da instituição Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc), tomando

Leia mais

Índice. Manual de Aplicação da Marca

Índice. Manual de Aplicação da Marca Índice MPF...2 Por que utilizar uma marca?...3 Por que utilizar uma sigla?...4 Definição tipo de letra...5 Aplicação para as unidades...6 Marca...7 Grid de construção...8 Tipografia...11 Reserva de integridade...12

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual ÍNDICE 1. IDENTIDADE VISUAL 1.1 Área de proteção... 4 1.2 Limite de redução... 5 1.3 Marca Original... 6 1.3.1 Versão a traço... 7 1.3.2 Versão negativa... 8 1.6.1 Assinatura

Leia mais

Manual de Aplicação da Marca do BRB

Manual de Aplicação da Marca do BRB Manual de Aplicação da Marca do BRB Banco de Brasília Superintendência de Marketing Dezembro de 2011 Redução Para garantir que a marca do BRB esteja sempre legível e não apresente ruídos, foi estabelecido

Leia mais

seguros IASA manual de identidade visual

seguros IASA manual de identidade visual manual de identidade visual Sumário A marca Sobre a Marca... 03 Assinaturas da Marca... 04 Versões da Marca... 05 Padrão Cromático... 06 Mallha Construtiva... 07 Limite de Redução... 08 Área de Proteção...

Leia mais

Guia da Marca Editora do Brasil Guia da Marca 1

Guia da Marca Editora do Brasil Guia da Marca 1 1 Índice Branding 3 Como aplicar 30 Missão, Visão e Valores Proposta de valor Discurso da Marca Posicionamento 5 6 8 9 Marca Cores Bandeiras Tipografia Imagens 31 38 41 49 55 Universo Visual 10 Livro 60

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE MANUAL DE APLICAÇÕES GRÁFICAS DA LOGOMARCA DO PROGRAMA BRASIL SORRIDENTE

MINISTÉRIO DA SAÚDE MANUAL DE APLICAÇÕES GRÁFICAS DA LOGOMARCA DO PROGRAMA BRASIL SORRIDENTE MINISTÉRIO DA SAÚDE MANUAL DE APLICAÇÕES GRÁFICAS DA LOGOMARCA DO PROGRAMA BRASIL SORRIDENTE Introdução 01 Logotipo / Modulação 1.1 Slogan 1.2 Redução 1.3 Versão 3D 1.4 Construção Modular 1.5 Logotipo

Leia mais

M A N U A L D E I D E N T I D A D E V I S U A L

M A N U A L D E I D E N T I D A D E V I S U A L M A N U A L D E I D E N T I D A D E V I S U A L Í N D I C E 1. MARCA Apresentação Cores Institucionais Família Tipográfica Reprodução da Marca Usos Incorretos Redução da Marca Arejamento da Marca Versões

Leia mais

BRAND BOOK. Locamerica 2011 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

BRAND BOOK. Locamerica 2011 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS BRAND BOOK Locamerica 2011 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS BRAND BOOK Este BRAND BOOK foi criado para orientar a expressão da marca Locamerica em todos os momentos de contato com seus públicos. Seu objetivo

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Apresentação A marca é o maior patrimônio de uma empresa. Nela estão depositadas toda sua força e história. A forma como você escreve essa marca, acrescentando características

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual 2 Índice Apresentação A Marca Criação da Marca Elementos Tipografia Cores Redução Máxima Área de Proteção Grid de Construção Versão Monocromática Aplicação Aplicação - Fundo Preto Aplicação - Fundo Especial

Leia mais

Manual de Identidade Visual Diretrizes de uso e gestão da marca

Manual de Identidade Visual Diretrizes de uso e gestão da marca Manual de Identidade Visual Diretrizes de uso e gestão da marca Manual de Identidade Visual - 1 Um projeto de identidade visual tem o propósito de desenvolver a marca e os elementos gráficos que constituem

Leia mais

Manual de Identidade Visual. Manual de identidade 2013 - Solidariedade

Manual de Identidade Visual. Manual de identidade 2013 - Solidariedade Manual de Identidade Visual Manual de identidade 2013 - Solidariedade É com muita satisfação que apresentamos, neste Guia, a nova identidade visual do Solidariedade, contendo o logotipo e suas aplicações,

Leia mais

Manual de Uso da Marca do Governo Federal Patrocínio. SECOM / PR - Janeiro de 2015

Manual de Uso da Marca do Governo Federal Patrocínio. SECOM / PR - Janeiro de 2015 Manual de Uso da Marca do Governo Federal Patrocínio SECOM / PR - Manual de uso da marca do Governo Federal 1.1 Introdução 1.2 Assinatura de marcas do Governo Federal em patrocínios 1.3 Reserva de integridade

Leia mais

THE BRAND GUIDE BOOKLET

THE BRAND GUIDE BOOKLET THE BRAND GUIDE BOOKLET APRESENTAÇÃO 1ª Edição Março de 2015 A experiência de uma pedalada perfeita só pode ser intensificada por uma bicicleta perfeita. Audax foi criada por almas aventureiras que entendem

Leia mais

MANUAL DE USO E APLICAÇÃO DA MARCA INSTITUCIONAL

MANUAL DE USO E APLICAÇÃO DA MARCA INSTITUCIONAL MANUAL DE USO E APLICAÇÃO DA MARCA INSTITUCIONAL Manual da Marca Institucional.indd 1 17/06/2011 20 48 25 INTRODUÇÃO Este manual apresenta, documenta e normatiza a utilização da nova identidade visual

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL. Versão 04 - publicado em 12/junho/2013.

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL. Versão 04 - publicado em 12/junho/2013. MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Versão 04 - publicado em 12/junho/2013. Marca Introdução A marca da nossa empresa tem vida: ela reflete nossos valores, cultura e imagem. Por isso, o respeito na aplicação da

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Índice Apresentação 5 A Marca 7 Criação da Marca 8 Elementos 9 Tipografia 10 Cores 11 Redução Máxima 12 Área de Proteção 13 Grid de Construção 14 Versão Monocromática 15 Aplicação

Leia mais

MANUAL. de Identidade Visual

MANUAL. de Identidade Visual MANUAL de Identidade Visual ÍNDICE APRESENTAÇÃO 1 ELEMENTOS Gráficos Logomarca...04 Malha Construtiva e Arejamento...05 Escala de Cores...06 USO da Marca 2 3 Material de Divulgação Institucional...08 Material

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual ÍNDICE 1. Marca 1.1 Apresentação 1.2 Versões de assinatura 1.2.1 Recomendações 1.3 Negativo e positivo 1.4 Escala de cinza 1.5 Versão não cromia 1.6 Área de proteção 1.7 Redução

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual ÍNDICE 1. MARCA Apresentação... 04 Cores Institucionais... 05 Família Tipográfi ca... 06 Construção... 07 Versões... 08 Fantasia... 09 Grayscale... 10 Uma Cor... 11 Assinaturas...

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE. inside office

MANUAL DE IDENTIDADE. inside office ÍNDICE APRESENTAÇÃO 3 CORES 4 FAMÍLIA TIPOGRÁFICA 5 APLICAÇÕES DA MARCA 6 USOS INCORRETOS 0 REDUÇÃO DA MARCA AREJAMENTO DA MARCA VERSÕES MONOCROMÁTICAS MARCA EM NEGATIVO 1 4 2 3 APRESENTAÇÃO Esta é a marca

Leia mais

MANUAL DE MARCA R E G R A S D E U T I L I Z A Ç Ã O

MANUAL DE MARCA R E G R A S D E U T I L I Z A Ç Ã O MANUAL DE MARCA R E G R A S D E U T I L I Z A Ç Ã O Fundado por um grupo de cirurgiões-dentistas em 1987, o Grupo OdontoPrev é líder absoluto em Assistência Odontológica na América Latina e reúne corporativamente

Leia mais

Manual da Marca CORITIBA FOOT BALL CLUB

Manual da Marca CORITIBA FOOT BALL CLUB Manual da Marca CORITIBA FOOT BALL CLUB APRESENTAÇÃO Marca forte é o primeiro passo para se alcançar o sucesso. Mas, para ser forte, a marca precisa estar exposta corretamente, sem variações de formato

Leia mais

MANUAL DE USO E APLICAÇÃO DA MARCA

MANUAL DE USO E APLICAÇÃO DA MARCA MANUAL DE USO E APLICAÇÃO DA MARCA ÍNDICE 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 APRESENTAÇÃO DEFESA DA MARCA FAMÍLIA TIPOGRÁFICA PADRÃO CROMÁTICO APLICAÇÕES E VERSÕES LIMITES DE REDUÇÃO

Leia mais

TRANSBRASILEIRO CARGAS & MUDANÇAS

TRANSBRASILEIRO CARGAS & MUDANÇAS Manual de Identidade Visual INTRODUÇÃO AO MANUAL Respeitar às orientações deste manual significa respeitar a imagem da empresa, dentro e fora de sua corporação, e mostra como é importante a apresentação

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Índice Aplicações Papelaria Cartão de Visita Envelope Papel Carta Pasta Publicidade Banners Anúncios Eventos Conjuntos Sinalização Placa Tótem Uniforme Camiseta Boné Material

Leia mais

APRESENTAÇÃO. A identidade visual da Virada da Saúde foi desenvolvida para expressar o conceito do evento.

APRESENTAÇÃO. A identidade visual da Virada da Saúde foi desenvolvida para expressar o conceito do evento. APRESENTAÇÃO A identidade visual da Virada da foi desenvolvida para expressar o conceito do evento. urbanidade e saúde qualidade de vida do homem sustentabilidade como promoção de saúde protagonismo pertencimento

Leia mais

2. Marcas Complementares. 2.2. Marca Infraero Meio Ambiente

2. Marcas Complementares. 2.2. Marca Infraero Meio Ambiente 2. Marcas Complementares 2.2. Marca Infraero Meio Ambiente Importante elemento da identidade visual da Empresa, contribui para transmitir os atributos de sua imagem e compromisso com questões ambientais.

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL INTRODUÇÃO A marca de uma empresa é seu símbolo mais importante. Através dela o público reconhece a presença da empresa, suas conquistas, sua tradição e seus ideais. Ela nos

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual manual.indd 1 11/29/2012 3:56:27 PM Faculdade Senac Rio Graduação Tecnológica em Design Gráfico Projeto Integrador 01 Período: 2012.2 Turma: 2012.2 Eloana Baldo Gonçalves Estela

Leia mais

Manual de identidade visual

Manual de identidade visual Manual de identidade visual A empresa Chrysalis Nutri Essences nasceu de uma necessidade de atender a uma grande demanda na área de saúde, qualidade de vida e educação alimentar, com a finalidade de prestar

Leia mais

Manual de Uso da Marca do Governo Federal. SECOM / PR Novembro de 2011

Manual de Uso da Marca do Governo Federal. SECOM / PR Novembro de 2011 SECOM / PR 1.1 Introdução 3 1.2 Logomarca do Governo Federal 4 1.3 Proporções e medições 5 1.4 Zona de eclusão 6 1.5 Reduções mínimas 7 1.6 Variantes de cor 8 1.7 Cores da logomarca 9 1.8 Aplicação sobre

Leia mais

Guia da marca. 23 de junho de 2009

Guia da marca. 23 de junho de 2009 Guia da marca 23 de junho de 2009 Apresentação da Presidência A Marca BNDES é um de nossos principais ativos intangíveis. Maximizar sua eficácia e zelar por este ativo é uma tarefa de todos os participantes

Leia mais

Manual de uso da marca do Governo Federal. SECOM / PR Janeiro de 2015

Manual de uso da marca do Governo Federal. SECOM / PR Janeiro de 2015 Manual de uso da marca do Governo Federal SECOM / PR Manual de uso da marca do Governo Federal 1.1 Introdução 3 1.2 Logomarca do Governo Federal 4 1.3 Proporções e medições 5 1.4 Zona de eclusão 6 1.5

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL VOLUME 1 - SISTEMA BÁSICO MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL GUIA PARA APLICAÇÃO DA IDENTIDADE VISUAL DO PROJETO TARAMANDAHY - FASE 2 1 MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL SISTEMA BÁSICO 2 REDESENHO DA MARCA TARAMANDAHY

Leia mais

Manual de uso da marca do Governo Federal

Manual de uso da marca do Governo Federal Manual de uso da marca do Governo Federal SECOM / PR - 2011 Manual de uso da marca do Governo Federal 1.1 Introdução 03 1.2 Logomarca do Governo Federal 04 1.3 Proporções e medições 05 1.4 Zona de eclusão

Leia mais

manual de identidade visual

manual de identidade visual manual de identidade visual Índice do nosso manual 1.Nosso Logo 1.1. Apresentação...3 1.2. Versões...4 Logo A Aplicações...5 Cores...6 Logo B Aplicações...7 Cores...8 Logo C Aplicações...9 Cores...10 1.3.

Leia mais

MANUAL DE APLICAÇÃO DA MARCA FAPERJ

MANUAL DE APLICAÇÃO DA MARCA FAPERJ MANUAL DE APLICAÇÃO DA MARCA FAPERJ ÍNDICE A marca FAPERJ 01 Malha de construção geométrica 02 Cor institucional 03 Cores monocromáticas 04 Versão preto e branco/negativo 05 Fonte tipográfica padrão 06

Leia mais

ÍNDICE. 1. Marca 1.1 Valores 1.2 Conceito visual

ÍNDICE. 1. Marca 1.1 Valores 1.2 Conceito visual 09.05.2013 ÍNDICE 1. Marca 1.1 Valores 1.2 Conceito visual 2. Elementos Visuais 2.1 Construção 2.2 Área de protecção 2.3 Dimensão mínima 2.4 Tipografia 2.5 Cores 2.6 Marca Registada 3. Assinatura 3.1 Conceito

Leia mais

REDE MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

REDE MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Índice Apresentação Logomarca Grid de construção Reserva de integridade Positivo / negativo / monocromia Cores institucionais Tipografia Material de expediente Apresentações

Leia mais

Uma empresa que já atua há tanto tempo no mercado de maneira tão sólida e vitoriosa precisa portar-se institucionalmente, através dos tempos, de um

Uma empresa que já atua há tanto tempo no mercado de maneira tão sólida e vitoriosa precisa portar-se institucionalmente, através dos tempos, de um Uma empresa que já atua há tanto tempo no mercado de maneira tão sólida e vitoriosa precisa portar-se institucionalmente, através dos tempos, de um modo que justifique e reafirme o seu lugar na vanguarda.

Leia mais

Manual de Marca Fundação Espaço ECO. Versão 03. Janeiro, 2015.

Manual de Marca Fundação Espaço ECO. Versão 03. Janeiro, 2015. Ω Manual de Marca Fundação Espaço ECO Versão 03. Janeiro, 2015. Ω CADERNO AZUL 02 01. Introdução 03 01.1 Apresentação 04 01.2 A marca Fundação Espaço ECO 06 02. Diretrizes da marca 07 02.1 Formatos da

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL ÍNDICE CONSTRUÇÃO Versão preferencial... 03 Malha construtiva... 04 Cores institucionais... 05 USABILIDADE Área de não interferência... 06 Redução máxima... 07 Aplicações sobre

Leia mais

Manual de uso da marca do Governo Federal

Manual de uso da marca do Governo Federal Manual de uso da marca do Governo Federal SECOM / PR - 2011 Manual de uso da marca do Governo Federal 1.1 2.2 Introdução Logomarca Governo Federal 2.1.1 Reduções Mínimas 2.1.2 Variantes do Logo 2.1.3 Cores

Leia mais

MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS

MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS CONTEÚDOS 01 RENOVAÇÃO DA MARCA 02 CONSTRUÇÃO DA MARCA 03 DIMENSÕES MÍNIMAS MARGEM MÍNIMA DE SEGURANÇA 04 05 06 CORES COMPORTAMENTOS SOBRE FUNDOS TIPOGRAFIA E RESPETIVOS ESTILOS

Leia mais

Este é o Manual de Identidade Visual da Fundação CERTI. Ele serve para você conhecer melhor a nossa marca.

Este é o Manual de Identidade Visual da Fundação CERTI. Ele serve para você conhecer melhor a nossa marca. Manual de Para que serve este Manual Este é o Manual de Identidade Visual da Fundação CERTI. Ele serve para você conhecer melhor a nossa marca. Pag. 03 Pag. 04 Pag. 05 Pag. 06 Pag. 08 Pag. 12 Pag. 22 Pag.

Leia mais

Resumo MANUAL DE MARCA. neodent.com.br/identidade-corporativa

Resumo MANUAL DE MARCA. neodent.com.br/identidade-corporativa neodent.com.br/identidade-corporativa MANUAL Resumo DE MARCA 01 a Componentes da marca Cores da marca As cores podem incitar uma emoção e evocar uma associação com a marca. A importância da cor não está

Leia mais

A Identidade Visual de uma empresa é um de seus principais patrimônios.

A Identidade Visual de uma empresa é um de seus principais patrimônios. Apresentação A Identidade Visual de uma empresa é um de seus principais patrimônios. É por meio dela que uma instituição apresenta, seus valores, sua filosofia, sua postura profis-sional, torna-se visível

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual rede de atenção À urgência Manual de Identidade Visual Versão 1.0 / Abr. 2012 As marcas do sus Introdução O Ministério da Saúde, por meio do SUS (Sistema Único de Saúde), presta inúmeros serviços à população

Leia mais

Introdução. A cartilha visa uniformizar o uso da marca pelos órgãos municipais com regras e limites claros.

Introdução. A cartilha visa uniformizar o uso da marca pelos órgãos municipais com regras e limites claros. 1 1 Introdução O Núcleo de Comunicação da Prefeitura de Londrina apresenta nesta cartilha a marca da administração municipal, criada a partir do brasão oficial do município. A marca é uma modernização

Leia mais

Manual de Identidade Visual Corporativa

Manual de Identidade Visual Corporativa Manual de Identidade Visual Corporativa Apresentação O Manual de Identidade Visual Corporativa, é um documento técnico que reúne as especificações, recomendações e normas essenciais para a preservação

Leia mais

MANUAL. de Identidade Visual FACULDADE DE INFORMÁTICA DE PRESIDENTE PRUDENTE

MANUAL. de Identidade Visual FACULDADE DE INFORMÁTICA DE PRESIDENTE PRUDENTE MANUAL de Identidade Visual ÍNDICE APRESENTAÇÃO 1 ELEMENTOS Gráficos Marca...04 Malha Construtiva e Arejamento...05 Escala de Cores...06 USO da Marca 2 3 Material de Divulgação Promocional...07 Aplicação

Leia mais