RACIOCÍNIO LÓGICO / ESTATÍSTICA LISTA 1

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RACIOCÍNIO LÓGICO / ESTATÍSTICA LISTA 1"

Transcrição

1 RACIOCÍNIO LÓGICO / ESTATÍSTICA LISTA 1 I. Conceitos Iniciais RESUMO TEÓRICO 1 1. A Estatística Descritiva ou Dedutiva é o ramo da Estatística que tem por objetivo descrever e analisar fatos relacionados a determinado grupo ou população, sem pretender tirar conclusões de caráter mais genérico. 2. A Estatística Indutiva ou Inferência Estatística, baseando-se nos resultados obtidos da análise de amostra de uma população, procura inferir ou estimar as leis de comportamento de toda a população. 3. Fases do Método Estatístico Metodologia, normalmente usada na Estatística descritiva, que visa estruturar e organizar as fases que devem ser estabelecidas num estudo estatístico qualquer. As principais fases do método estatístico são: Coleta de Dados, Crítica dos Dados, Apuração dos Dados, Apresentação dos Dados e Análise dos resultados. 4. População e Amostra População: é um conjunto de elementos que apresentam uma ou mais características em comum. Amostra: é qualquer subconjunto finito, representativo de uma população, ou seja, uma porção ou fração da população que preserva todas as características importantes dos elementos que a integram. 5. Variáveis Variável é, convencionalmente, o conjunto de resultados possíveis de um fenômeno. Uma característica que pode assumir diferentes valores de indivíduo para indivíduo é denominada variável. A variável pode ser: Qualitativa ou Atributo: ex: sexo, raça, religião, escolaridade, etc. A variável qualitativa poderá ser nominal (sexo: masculino, feminino) ou ordinal (estado de saúde: ruim, regular, bom). Quantitativa: quando seus valores podem ser expressos por dados numéricos (medidas ou contagem). A variável quantitativa poderá ser contínua, se os seus valores puderem assumir quaisquer resultados dentro de um intervalo qualquer (normalmente decorrente de medidas) ou poderá ser discreta, se os seus valores pertencerem a um conjunto enumerável (normalmente decorrente de contagens). 6. Variável aleatória Um experimento é dito aleatório quando, mesmo repetido nas mesmas condições iniciais, pode gerar resultados diferentes, não sendo possível indicar qual será o resultado do experimento. Entretanto podemos descrever esses possíveis resultados. Uma variável é denominada aleatória quando ela só assume valores decorrentes de experimentos aleatórios, ou seja, quando o valor da mesma é obtido através de observações ou experimentos, e a cada valor estiver associada uma certa probabilidade. 7. Dados brutos É o conjunto dos dados na forma em que foram coletados, sem nenhum tipo de tratamento. 8. Rol São os dados brutos organizados de sua forma mais simples, podendo ser em ordem crescente ou decrescente. 9. Amplitude total Corresponde à diferença entre o maior e o menor valor observado em um conjunto de dados. 10. Freqüência absoluta Corresponde ao número de observações que temos de um elemento ou em uma determinada classe ou em um determinado atributo de uma variável qualitativa. 11. Freqüência relativa Corresponde à proporção do número de observações de um determinado elemento, ou classe, em relação ao total de observações que temos. 12. Séries estatísticas São as tabelas em que os dados estatísticos são apresentados. Para a classificação das séries devemos levar em consideração o componente que varia, podendo ser este o tempo, local ou a espécie do elemento. IGEPP RACIOCÍNIO LÓGICO ESTATÍSTICA LISTA 1 1

2 Assim, dependendo do elemento variável, as séries podem ser classificadas com históricas (temporais, cronológicas ou marcha) quando a única variável é o tempo. B) Gráfico em barras Usados, normalmente, para séries temporais, específicas e geográficas. Sendo a única variável o local a série é classificada como geográfica (territorial, espacial ou de localização). Temos a série específica (categórica ou específica) quando a única variável é a descrição do fenômeno. Quando a série apresenta mais de uma variável temos as séries conjugadas (mistas ou compostas). Exemplos: geográfica-temporal, específica-geográfica, etc. 13. Gráficos estatísticos: Utilizamos os gráficos para oferecer uma visualização rápida dos elementos numéricos a serem analisados. C) Gráfico em colunas Usados, principalmente, para séries geográficas e específicas. Como o gráfico em barras podem também representar tabelas bidimensionais. Alguns exemplos: A) Gráfico de linhas Usados, principalmente, na representação de séries temporais. IGEPP RACIOCÍNIO LÓGICO ESTATÍSTICA LISTA 1 2

3 D) Gráfico em setores Usado, em geral, quando se deseja comparar proporções ou se deseja mostrar as partes de um todo. F) Polígono de frequência Este gráfico é construído unindo-se por linhas retas os pontos médios das bases superiores dos retângulos de um histograma. G) Ogiva São os gráficos construídos a partir das frequências acumuladas. E) Histograma Destinado à representação de distribuições de frequências. IGEPP RACIOCÍNIO LÓGICO ESTATÍSTICA LISTA 1 3

4 EXERCÍCIOS PARA DISCUSSÃO E TREINAMENTO 1. (ESAF/TCU) Assinale a opção correta. a) A Estatística inferencial compreende um conjunto de técnicas destinadas à síntese de dados numéricos. b) O processo utilizado para se medirem as características de todos os membros de uma dada população recebe o nome de censo. c) A Estatística Descritiva compreende as técnicas por meio das quais são tomadas decisões sobre uma população com base na observação de uma amostra. d) Uma população só pode ser caracterizada se forem observados todos os seus componentes. 2. (FUNIVERSA/TCDF) Assinale a opção correta: a) Em Estatística, entende-se por população um conjunto de pessoas. b) A variável é discreta, quando pode assumir qualquer valor dentro de determinado intervalo. c) Freqüência relativa de uma variável aleatória é o número de repetições dessa variável. d) A série estatística é cronológica, quando o elemento variável é o tempo. e) Amplitude total é a diferença entre dois valores quaisquer do atributo. c) histograma; d) gráfico de colunas; e) gráfico em barras. 6. (ESAF/TCU) Gráficos são instrumentos úteis na análise estatística. Assinale a afirmação incorreta. a) Um histograma representa uma distribuição de freqüências para variáveis do tipo contínuo. b) O gráfico de barras representa, por meio de uma série de barras, quantidades ou freqüências para variáveis categóricas. c) O gráfico de setores é apropriado, quando se quer representar as divisões de um montante total. d) Um histograma pode ser construído, utilizando-se, indistintamente, as freqüências absolutas ou relativas de um intervalo de classe. e) Uma ogiva pode ser obtida, ligando-se os pontos médios dos topos dos retângulos de um histograma. 7. (FISCAL-MG) Ouvindo-se 300 pessoas sobre o tema Reforma da Previdência, contra ou a favor?, foram obtidas 123 respostas a favor, 72 contra, 51 pessoas não quiseram opinar, e o restante não tinha opinião formada sobre o assunto, Distribuindo-se esses dados numa tabela, obtém-se: 3. (CESPE/FTE-AL) Julgue os seguintes itens. OPINIÃO FREQUÊNCIA FREQUÊNCIA 1 Um censo consiste no estudo de todos os indivíduos da população considerada. SIMPLES RELATIVA 2 Como a realização de um censo tipicamente é muito onerosa e (ou) demorada, muitas vezes é conveniente estudar um subconjunto próprio da população, denominada amostra. 4. (FUNIVERSA/TCDF) Em relação aos tipos de gráficos, assinale a opção correta. a) Uma série categórica é melhor representada por um gráfico de linha. b) Uma série cronológica é melhor representada por um gráfico de setores. c) O gráfico de barras é usado somente para séries geográficas. d) O gráfico de setores é usado para comparar proporções. 5. (FISCAL/CAMPINAS-SP) O gráfico estatístico, destinado a representar uma distribuição de freqüência por classe, denomina-se: a) cronograma; b) polígono de freqüência; FAVORÁVEL 123 X CONTRA 72 Y OMISSOS 51 0,17 SEM OPINIÃO 54 0,18 TOTAL 300 1,00 Na coluna freqüência relativa, os valores de X e Y são, respectivamente: a) 0,41 e 0,24 b) 0,38 e 0,27 c) 0,37 e 0,28 d) 0,35 e 0,30 e) 0,30 e 0,35. IGEPP RACIOCÍNIO LÓGICO ESTATÍSTICA LISTA 1 4

5 8. As notas de 80 alunos de uma turma na prova de estatística está representada na tabela abaixo. A respectiva média aritmética é, aproximadamente, igual a: A B C X x i (notas) f i Y a) 5,96 b) 6,01 c) 6,33 d) 7,15 e) 7, Um aluno recebeu as seguintes notas finais: 82 em Matemática, 90 em Estatística, 65 em História e 70 em Geografia. Atribuindo-se a essas matérias, respectivamente, os pesos 3, 3, 2, 2 calcular a média aritmética das notas recebidas pelo aluno. a) 55,49 b) 68,73 c) 74,50 d) 78,60 e) 79, (CESPE) Em um concurso público, os candidatos foram submetidos às provas objetivas A, B e C compostas, cada uma delas, de 50 questões, em que cada questão vale 2 pontos. A prova A tem peso 2; a prova B, peso 3, e a prova C, peso 5. Será imediatamente eliminado o candidato que obtiver média aritmética ponderada inferior a 75 pontos. Candidato com média aritmética ponderada igual ou superior a 80 pontos será imediatamente selecionado. Os outros candidatos serão submetidos a entrevistas para posterior seleção. Os candidatos X, Y e Z obtiveram, nas provas A, B e C, as pontuações apresentadas na tabela a seguir, antes da ponderação. Z Com base nessas informações, julgue os itens seguintes. 1 Ordenando as médias aritméticas ponderadas dos candidatos X, Y e Z tem-se: média de Y < média de Z < média de X. 2 Se o candidato Z tivesse acertado mais duas questões da prova C, então ele não teria sido eliminado. 3 Se o candidato Y tivesse acertado mais uma questão da prova A e mais uma questão da prova C, então ele teria sido imediatamente selecionado. 4 Ainda com base no texto anterior, se houvesse alteração nos critérios de avaliação de forma que as provas A, B e C passassem a ter o mesmo peso, então, nesse caso, a ordenação dos candidatos X, Y e Z pela média seria: média de X < média de Y = média de Z. 5 Nenhum dos 3 candidatos citados seria eliminado. 6 Y e Z seriam imediatamente selecionados. 11. (FUNIVERSA/TCDF) Em uma empresa, o salário médio dos empregados é de R$ 500,00. Os salários médios pagos aos empregados dos sexos masculino e feminino são de R$ 520,00 e R$ 420,00, respectivamente. Então, nessa empresa: a) o número de homens é o dobro do número de mulheres; b) o número de homens é o triplo do número de mulheres; c) o número de homens é o quádruplo do número de mulheres; d) o número de mulheres é o triplo do número de homens; e) o número de mulheres é o quádruplo do número de homens. 12. (FISCAL DE TRIBUTOS DE MINAS GERAIS) A estatura média dos sócios de um clube é 165 cm, sendo a dos homens 172 cm e a das mulheres 162 cm. A porcentagem de mulheres no clube é de: a) 62% b) 65% c) 68% d) 70% e) 72% IGEPP RACIOCÍNIO LÓGICO ESTATÍSTICA LISTA 1 5

6 13. (ESAF/AUDITOR DO TESOURO MUNICIPAL DA PREFEITURA DO RECIFE) Em uma amostra, realizada para obter-se informação sobre a distribuição salarial de homens e mulheres, encontrou-se que o salário médio vale R$ 1.200,00. O salário médio observado para os homens foi de R$ 1.300,00 e para as mulheres foi de R$ 1.100,00. Assinale a opção correta. a) o número de homens na amostra é igual ao de mulheres. b) o número de homens na amostra é o dobro do de mulheres. c) o número de homens na amostra é o triplo do de mulheres. d) o número de mulheres é o dobro do número de homens. e) o número de mulheres é o quádruplo do número de homens. 14. (ESAF/AFPS) Numa pesquisa amostral, observa-se que o salário médio mensal dos indivíduos entrevistados é de R$ 500,00. Os salários médios de homens e mulheres são R$ 600,00 e R$ 420,00, respectivamente. Assinale a opção que dá a relação entre o número de homens e de mulheres da amostra. a) O número de homens é o dobro do número de mulheres. b) O número de homens é 4/5 do número de mulheres. c) O número de homens é igual ao número de mulheres. d) O número de homens é 1/5 do número de mulheres. e) O número de homens é 3/5 do número de mulheres. 15. (ISS/SP) No presente mês, o salário médio mensal pago a todos os funcionários de uma firma foi de R$ 530,00. Sabe-se que os salários médios mensais dos homens e mulheres são respectivamente iguais a R$ 600,00 e R$ 500,00. No próximo mês, todos os homens receberão um adicional de R$ 20,00 e todas as mulheres um reajuste salarial de 10%, sobre os salários atuais. Supondo que o quadro de funcionários não se alterou, após esses reajustes o salário médio mensal de todos os funcionários passará a ser igual a: (A) R$ 540,00 (B) R$ 562,00 (C) R$ 571,00 (D) R$ 578,00 (E) R$ 580,00 4,5,5,6,6,6,6,7,7,7,7,7,7,8,8,8,8,8,8,8,8,8,9,9,9,9,9,9,10,10, 10,10,10,10,10,10,11,11,12,12,13,13,14,15,15,15,16,16, 18,23 Com base nestes dados, assinale a opção que corresponde ao preço modal. a) 7 b) 23 c) 10 d) 8 e) (ESAF/FISCAL DE TRIBUTOS DE MG) Dados os conjuntos de valores: A = {1,1,2,3,4,5,8,8,8,8,9,10} B={6,7,8,9,10,11,12} C={1,2,4,4,4,4,5,6,9,9,9,9,10} Em relação à moda, afirmamos que: I A é unimodal e a moda é 8; II B é unimodal e a moda é 9; III C é bimodal e as modas são 4 e 9; Então. em relação às afirmativas, é correto dizer que: a) todas são verdadeiras; b) somente I e II são verdadeiras; c) somente I e III são verdadeiras; d) somente II e III são verdadeiras. 18. (FCC/TRF) Assinale a alternativa correta, considerando a série 8, 5, 14, 10, 8 e 15: a) a média aritmética é 10 e a mediana é 12. b) a amplitude total é 7 e a moda é 8. c) a mediana é 9 e a amplitude total é 10. d) a média aritmética é 10 e a amplitude total é 7 e) a mediana é 12 e a amplitude total é (SEFAZ-SP) Considere o seguinte conjunto de medidas: 21, 18, 26, 37, 23, 43, 24, 47,18, 24 Então, a mediana e a média são, respectivamente: a) 33 e 30 b) 24 e 28,1 c) 23 e 30,3 d) 24 e 28,5 e) 33 e 28,9 16. (ESAF/AFTN) Os dados seguintes, ordenados do menor para o maior, foram obtidos de uma amostra aleatória, de 50 preços (Xi) de ações, tomada numa bolsa de valores internacional. A unidade monetária é o dólar americano. IGEPP RACIOCÍNIO LÓGICO ESTATÍSTICA LISTA 1 6

7 20. (CESPE) 21. (UFSC/FTE-SC) A tabela abaixo mostra a distribuição de freqüência dos salários mensais, em reais, de 95 funcionários da empresa TUDO TOPA LTDA. Salários (em reais) Nº de funcionários a a a a a a a a Preocupado com o alto índice de reprovação e com o objetivo de subsidiar a implantação de novas metodologias de ensino, um diretor decidiu verificar com qual idade (em anos completos) os alunos estão concluindo a educação básica na escola sob sua direção. Os resultados obtidos foram apresentados sob a forma gráfica acima. A partir desse gráfico, julgue os itens. 1 O gráfico mostrado é um histograma. 2 Dos alunos considerados, 10% concluem a educação básica aos 17 anos de idade. 3 A mediana, medida tanto de tendência central como separatriz, é 19 anos de idade. 4 A moda das idades é 20 anos. 5 Segundo o gráfico mostrado, os dados apresentam assimetria negativa. 6 Para se calcular a idade média ( x m ), é suficiente somar as idades e dividir o resultado dessa soma por 7, ou seja, a idade média é obtida por x m = = = Em relação a essa tabela, a porcentagem de funcionários que ganham menos de R$ 7.000,00 é de: a) 21,1% b) 15,7% c) 36,9% d) 63,1% e) 78,9% (ESAF/FISCAL-MG) Responda às três próximas questões considerando a distribuição de freqüências por intervalos, dada pela tabela abaixo: Nº de pontos Frequência Total Nessa distribuição, os pontos médios dos intervalos são: a) 20,40,60,80,100; b) 0,20,40,60,80; c) 0,10,20,30,40; d) 10,20,30,40,50; e) 10,30,50,70,90. IGEPP RACIOCÍNIO LÓGICO ESTATÍSTICA LISTA 1 7

8 23. A amplitude dos intervalos de classe é: a) 14 b) 20 c) 32 d) 34 e) A quantidade de pessoas que conseguiram até 45 pontos é: a) 34 b) 38 c) 40 d) 42 e) (FGV) A tabela abaixo apresenta os resultados de 25 análises de uma substância química em porcentagens. Determinar a média da distribuição. a) 34,18; b) 46,40; c) 32,15; d) 28,30; e) 49,66. % f i TOTAL 25 (FGV) O enunciado a seguir refere-se às questões de números 26 e 27. A tabela abaixo mostra a distribuição de salários dos 50 empregados de certa empresa: 27. Qual é a porcentagem de empregados que têm salários de 800 (exclusive) a reais (inclusive)? (A) 2% (B) 3% (C) 5% (D) 6% (E) 10% (ESAF/TTN) Considere a distribuição de freqüências transcrita a seguir para responder às quatro próximas questões: Xi Marque a correta. a) 65% das observações têm peso não inferior a 4 kg e inferior a 10 kg b) Mais de 65 % das observações têm peso maior ou igual a 4 kg c) Menos de 20% das observações têm peso igual ou superior a 4 kg d) A soma dos pontos médios dos intervalos de classe 8 10 é inferior ao tamanho da população e) 8% das observações tem peso no intervalo A média da distribuição é igual a: a) 5,27 b) 5,24 c) 5,21 d) 5,19 e) 5, A mediana da distribuição é igual a: a) 5,30 kg; b) 5,00 kg; c) um valor inferior a 5 kg; d) 5,10 kg; e) 5,20 kg. Fi A melhor estimativa da média aritmética dos salários é: (A) R$ 650,00. (B) R$ 700,00. (C) R$ 800,00. (D) R$ 925,00. (E) R$ 1.100, A moda da distribuição: a) coincide com o limite superior de um intervalo de classe; b) coincide com o ponto médio de um intervalo de classe; c) é maior do que a mediana e do que a média geométrica; d) é um valor inferior à média aritmética e à mediana; e) pertence a um intervalo de classe distinto do da média aritmética. IGEPP RACIOCÍNIO LÓGICO ESTATÍSTICA LISTA 1 8

9 (ESAF/AFRF) Para efeito das duas próximas questões faça uso da tabela de freqüência abaixo. Classes de Salário Freqüências Acumuladas ( 3;6 ] 12 ( 6;9 ] 30 ( 9;12 ] 50 ( 12;15 ] 60 ( 15;18 ] 65 ( 18;21 ] Quer se estimar o salário médio anual para os empregados da Cia.Alfa. Assinale a opção que representa a aproximação desta estatística calculada com base na distribuição de freqüências. a) 9,93 b) 15,00 c) 13,50 d) 10,00 e) 12, Quer-se estimar o salário mediano anual da Cia.Alfa. Assinale a opção que corresponde ao valor aproximado desta estatística, com base na distribuição de freqüências. a) 12,50 b) 9,60 c) 9,00 d) 12,00 e) 12,10 (ESAF/AFRF) Para a solução das duas próximas questões, utilize o enunciado que segue. O atributo do tipo contínuo X, observado como um inteiro, numa amostra de tamanho 100 obtida de uma população de indivíduos, produziu a tabela de freqüências seguintes: Classes Freqüência (f) 29,5 39,5 4 39,5 49,5 8 49,5 59, ,5 69, ,5 79, ,5 89, ,5 99, Assinale a opção que corresponde à estimativa da mediana amostral do atributo X. a) 71,04 b) 65,02 c) 75,03 d) 68,08 e) 70, Assinale a opção que corresponde ao valor modal do atributo X no conceito de Czuber. a) 69,50 b) 73,79 c) 71,20 d) 74,53 e) 80,10 (ESAF/FTE-PA) A tabela de freqüência abaixo deve ser utilizada nas duas próximas questões e apresenta as freqüências acumuladas (F) correspondentes a uma amostra da distribuição dos salários anuais de economistas (Y) em R$ 1.000,00, do departamento de fiscalização da Cia.X. Não existem realizações de Y coincidentes com as extremidades das classes salarias. Classes 29,5-39,5 2 39,5-49,5 6 49,5-59, ,5-69, ,5-79, ,5-89, ,5-99, Assinale a opção que corresponde ao salário anual médio estimado para o departamento de fiscalização da Cia.X. a) 70,0 b) 69,5 c) 68,0 d) 74,4 e) 60,0 37. Assinale a opção que corresponde ao salário modal anual estimado para o departamento de fiscalização da Cia.X, no conceito de Czuber. a) 94,5 b) 74,5 c) 71,0 d) 69,7 e) 73,8 F IGEPP RACIOCÍNIO LÓGICO ESTATÍSTICA LISTA 1 9

10 38. (ESAF/ACE-MICT) Num estudo sobre a distribuição do preço de venda de um produto, obteve-se, a partir de uma amostra aleatória de 25 revendedores, a tabela de freqüências seguinte: Classe de Preços m i ( 5 9] 7 3 ( 9 13 ] 11 5 ( 13 17] 15 7 ( 17 21] 19 6 ( 21 25] 23 3 ( 25 29] 27 1 f i 40. (ESAF/FTE-PI) A tabela mostra a distribuição de frequência obtida de uma amostra aleatória dos salários anuais em reais de uma firma. As freqüências são acumuladas. Classes de Salário Frequências ( ) 12 ( ) 28 ( ) 52 ( ) 74 ( ) 89 ( ) 97 ( ) 100 Deseja-se obter informação sobre o preço mediano praticado na amostra. Assinale a opção que melhor aproxima este valor. a) 16,80 b) 19,01 c) 17,44 d) 11,32 e) 15,57 Assinale a opção que corresponde ao salário mediano. R$ ,00 b) R$ 8.000,00 c) R$ 8.700,00 d) R$ 9.375,00 e) R$ 9.500, (CESPE) 39. (FISCAL CAMPINAS-SP) Dada a distribuição de frequência abaixo, indique o valor da moda e mediana, respectivamente. Classes Fi a) 7,14 e 7,28 b) 6,54 e 5,78 c) 7,24 e 6,38 d) 5,84 e 7,58 e) 6,24 e 6,78 Considerando a figura acima, que ilustra a função de densidade de probabilidade de uma variável aleatória X, julgue o seguinte item. 1 Infere-se do gráfico acima que a distribuição é assimétrica à direita e, portanto, o valor médio de X é maior que a sua mediana. IGEPP RACIOCÍNIO LÓGICO ESTATÍSTICA LISTA 1 10

11 GABARITO 1. B 2. D 3. C C 4. D 5. C 6. E 7. A 8. C 9. D 10. E C E C C E 11. C 12. D 13. A 14. B 15. C 16. D 17. C 18. C 19. B 20. E C E C C E 21. D 22. E 23. B 24. D 25. B 26. A 27. E 28. B 29. A 30. B 31. D 32. A 33. B 34. A 35. B 36. B 37. E 38. E 39. A 40. D 41. C IGEPP RACIOCÍNIO LÓGICO ESTATÍSTICA LISTA 1 11

Prof. Sérgio Carvalho Estatística. I Jornada de Especialização em Concursos

Prof. Sérgio Carvalho Estatística. I Jornada de Especialização em Concursos DISTRIBUIÇÃO DE FREQÜÊNCIAS & INTERPOLAÇÃO LINEAR DA OGIVA 0. (AFRF-000) Utilize a tabela que se segue. Freqüências Acumuladas de Salários Anuais, em Milhares de Reais, da Cia. Alfa Classes de Salário

Leia mais

Conceitos Iniciais 1. Conceito de Estatística É uma técnica científica, uma metodologia adotada para se trabalhar com dados, com elementos de pesquisa. Um processo estatístico constitui se nas seguintes

Leia mais

Unidade I ESTATÍSTICA. Prof. Celso Ribeiro Campos

Unidade I ESTATÍSTICA. Prof. Celso Ribeiro Campos Unidade I ESTATÍSTICA Prof. Celso Ribeiro Campos Visão geral da estatística Estatística: Conjunto de métodos e processos destinados a permitir o entendimento de um universo submetido a certas condições

Leia mais

Adilson Cunha Rusteiko

Adilson Cunha Rusteiko Janeiro, 2015 Estatística , A Estatística Estatística: É a parte da matemática aplicada que fornece métodos para coleta, organização, descrição, análise e interpretação

Leia mais

Sumário. Estatistica.indb 11 16/08/ :47:41

Sumário. Estatistica.indb 11 16/08/ :47:41 Sumário CAPÍTULO 1 CONCEITOS INICIAIS... 19 1.1. Introdução... 19 1.2. Estatística... 19 1.2.1. Estatística Descritiva ou Dedutiva... 21 1.2.2. Estatística Indutiva ou Inferencial... 21 1.3. População...

Leia mais

ESTATÍSTICA- I 3- POPULAÇÃO E AMOSTRA Variáveis A cada fenômeno corresponde um número de resultados possíveis. Assim, por exemplo:

ESTATÍSTICA- I 3- POPULAÇÃO E AMOSTRA Variáveis A cada fenômeno corresponde um número de resultados possíveis. Assim, por exemplo: ESTATÍSTICA- I 1- INTRODUÇÃO -A Estatística é a parte da Matemática Aplicada que fornece métodos para a coleta, organização, descrição, análise e interpretação de dados e para a utilização dos mesmos na

Leia mais

Unidade I. Profa. Ana Carolina Bueno

Unidade I. Profa. Ana Carolina Bueno Unidade I ESTATÍSTICA Profa. Ana Carolina Bueno Estatística Interpretar processos em que há variabilidade. Estatísticas indica qualquer coleção de dados quantitativos, ou ainda, ramo da matemática que

Leia mais

ESTATÍSTICA PROFESSOR ARGEU CARDIM. Só Concursos e Afins - (71)

ESTATÍSTICA PROFESSOR ARGEU CARDIM. Só Concursos e Afins - (71) ESTATÍSTICA PROFESSOR ARGEU CARDIM 1 NOÇÕES DE ESTATÍSTICA A realização de uma pesquisa envolve muitas etapas, como a escolha de uma amostra, a coleta e organização dos dados (informações), o resumo desses

Leia mais

Unidade I ESTATÍSTICA APLICADA. Prof. Luiz Felix

Unidade I ESTATÍSTICA APLICADA. Prof. Luiz Felix Unidade I ESTATÍSTICA APLICADA Prof. Luiz Felix O termo estatística Provém da palavra Estado e foi utilizado originalmente para denominar levantamentos de dados, cuja finalidade era orientar o Estado em

Leia mais

Conceito de Estatística

Conceito de Estatística Conceito de Estatística Estatística Técnicas destinadas ao estudo quantitativo de fenômenos coletivos, observáveis. Unidade Estatística um fenômeno individual é uma unidade no conjunto que irá constituir

Leia mais

MEDIDAS DE POSIÇÃO. Lucas Santana da Cunha Universidade Estadual de Londrina. 26 de abril de 2017

MEDIDAS DE POSIÇÃO. Lucas Santana da Cunha  Universidade Estadual de Londrina. 26 de abril de 2017 MEDIDAS DE POSIÇÃO Lucas Santana da Cunha lscunha@uel.br http://www.uel.br/pessoal/lscunha/ Universidade Estadual de Londrina 26 de abril de 2017 Introdução Medidas de posição São utilizadas para sintetizar,

Leia mais

CURSO DE ESTATÍSTICA STICA DESCRITIVA Adriano Mendonça Souza Departamento de Estatística - UFSM -

CURSO DE ESTATÍSTICA STICA DESCRITIVA Adriano Mendonça Souza Departamento de Estatística - UFSM - CURSO DE ESTATÍSTICA STICA DESCRITIVA Adriano Mendonça Souza Departamento de Estatística - UFSM - A imaginação é mais importante que o conhecimento Albert Einstein Estatística stica?!? Conjunto de técnicas

Leia mais

Profa. Lidia Rodella UFPE-CAA

Profa. Lidia Rodella UFPE-CAA Profa. Lidia Rodella UFPE-CAA O que é estatística? É conjunto de técnicas que permite, de forma sistemática, coletar, organizar, descrever, analisar e interpretar dados oriundos de estudos ou experimentos,

Leia mais

Estatística Descritiva

Estatística Descritiva Estatística Descritiva 1 O que é Estatística A Estatística originou-se com a coleta e construção de tabelas de dados para o governo. A situação evoluiu e esta coleta de dados representa somente um dos

Leia mais

Análise Descritiva de Dados

Análise Descritiva de Dados Análise Descritiva de Dados 1 Estatística estatística descritiva estatística inferencial 2 Estatística descritiva Envolve técnicas que permitem representar, mensurar e analisar um conjunto de dados 3 Estatística

Leia mais

IFF FLUMINENSE CST EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL

IFF FLUMINENSE CST EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL IFF FLUMINENSE CST EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL Estatística e Probabilidade CH: 40 h/a Classificação de variáveis, Levantamento de Dados: Coleta; Apuração; Apresentação; e Análise de resultados. Séries Estatísticas.

Leia mais

Medidas de Tendência Central. Prof.: Joni Fusinato

Medidas de Tendência Central. Prof.: Joni Fusinato Medidas de Tendência Central Prof.: Joni Fusinato joni.fusinato@ifsc.edu.br jfusinato@gmail.com 1 Medidas de Tendência Central A Estatística trabalha com diversas informações que são apresentadas por meio

Leia mais

Distribuição de Frequência de Variáveis Qualitativas e Quantitativas Discretas (Tabelas e Gráficos)

Distribuição de Frequência de Variáveis Qualitativas e Quantitativas Discretas (Tabelas e Gráficos) Distribuição de Frequência de Variáveis Qualitativas e Quantitativas Discretas (Tabelas e Gráficos) Prof. Gilberto Rodrigues Liska UNIPAMPA 10 de Agosto de 2017 Material de Apoio e-mail: gilbertoliska@unipampa.edu.br

Leia mais

INTRODUÇÃO A ESTATISTICA PROF. RANILDO LOPES

INTRODUÇÃO A ESTATISTICA PROF. RANILDO LOPES INTRODUÇÃO A ESTATISTICA PROF. RANILDO LOPES DESCRIÇÃO DOS DADOS CONTÍNUOS Trazem informações que expressam a tendência central e a dispersão dos dados. Tendência Central: Média ( x ), Mediana ( Md ),

Leia mais

Estatística descritiva básica: Medidas de tendência central

Estatística descritiva básica: Medidas de tendência central Estatística descritiva básica: Medidas de tendência central ACH2021 Tratamento e Análise de Dados e Informações Marcelo de Souza Lauretto marcelolauretto@usp.br www.each.usp.br/lauretto *Parte do conteúdo

Leia mais

A Estatística é aplicada como auxílio nas tomadas de decisão diante de incertezas para justificar cientificamente as decisões

A Estatística é aplicada como auxílio nas tomadas de decisão diante de incertezas para justificar cientificamente as decisões A IMPORTÂNCIA DA ESTATÍSTICA A Estatística é aplicada como auxílio nas tomadas de decisão diante de incertezas para justificar cientificamente as decisões Governo Indústria Ciências Econômicas, sociais,

Leia mais

Estatística Descritiva Lista 1 de exercícios (nivelamento)

Estatística Descritiva Lista 1 de exercícios (nivelamento) 1. População é um conjunto de: a) Pessoas. b) Elementos quaisquer. c) Pessoas com uma característica comum. d) Elementos com pelo menos uma característica em comum. e) Indivíduos de um mesmo município,

Leia mais

25/08/2016. Estatística. Estatística. Medidas Estatísticas Medidas de Posição. Mariele Bernardes. Mariele Bernardes

25/08/2016. Estatística. Estatística. Medidas Estatísticas Medidas de Posição. Mariele Bernardes. Mariele Bernardes s 12/08/2016 As medidas estatísticas resumem as informações obtidas dando uma visão global dos dados. s ou estimadores dados da amostra Parâmetros dados populacionais. de posição de dispersão de posição

Leia mais

As outras medidas de posição são as separatrizes, que englobam: a própria mediana, os decis, os quartis e os percentis.

As outras medidas de posição são as separatrizes, que englobam: a própria mediana, os decis, os quartis e os percentis. RESUMO Medidas de Posição são as estatísticas que representam uma série de dados orientando-nos quanto à posição da distribuição em relação ao eixo horizontal do gráfico da curva de frequência As medidas

Leia mais

Variáveis estatísticas ou variáveis: Os atributos (modalidades) ou magnitudes (valores) que se observam nos indivíduos de uma população.

Variáveis estatísticas ou variáveis: Os atributos (modalidades) ou magnitudes (valores) que se observam nos indivíduos de uma população. CPAR - UFMS A Estatística: é a ciência que estuda, mediante métodos quantitativos, as populações que se obtém com síntese da observação de unidades estatísticas (Ibarrola et. Al, 2006). População: qualquer

Leia mais

Estatística Descritiva

Estatística Descritiva C E N T R O D E M A T E M Á T I C A, C O M P U T A Ç Ã O E C O G N I Ç Ã O UFABC Estatística Descritiva Centro de Matemática, Computação e Cognição March 17, 2013 Slide 1/52 1 Definições Básicas Estatística

Leia mais

PARTE 1- INTRODUÇÃO VERSÃO: JANEIRO DE 2017

PARTE 1- INTRODUÇÃO VERSÃO: JANEIRO DE 2017 COMUNICAÇÃO SOCIAL E MARKETING CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PETRÓPOLIS ESTATÍSTICA APLICADA PARA PESQUISA EM MARKETING E COMUNICAÇÃO (BASEADO NO MATERIAL DE AULA DO PROFESSOR

Leia mais

Introdução à Bioestatística Turma Nutrição Aula 3 Análise Descritiva: Medidas de Tendência Central Medidas de Variabilidade

Introdução à Bioestatística Turma Nutrição Aula 3 Análise Descritiva: Medidas de Tendência Central Medidas de Variabilidade Universidade Federal de Minas Gerais Instituto de Ciências Exatas Departamento de Estatística Introdução à Bioestatística Turma Nutrição Aula 3 Análise Descritiva: Medidas de Tendência Central Medidas

Leia mais

Aulão - Estatística Ministério da Fazenda Professor: Ronilton Loyola 1. Conceito de Estatística É uma técnica científica, uma metodologia adotada para se trabalhar com dados, com elementos de pesquisa.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CÁLCULO DAS PROBABILIDADES E ESTATÍSTICA I

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CÁLCULO DAS PROBABILIDADES E ESTATÍSTICA I UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CÁLCULO DAS PROBABILIDADES E ESTATÍSTICA I Departamento de Estatística Tarciana Liberal CONCEITOS FUNDAMENTAIS DE ESTATÍSTICA O que a Estatística significa para você? Pesquisas

Leia mais

Departamento de Estatística

Departamento de Estatística Laboratório de Ciências - Aula 3 Departamento de Estatística 7 de Janeiro de 2014 Introdução Suponha que dispomos de um conjunto de dados, por exemplo, número de gols (ou número de impedimentos, chutes

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Disciplina: Estatística e Probabilidade Carga Horária: 40h Período: 1º. Ementa

PLANO DE ENSINO. Disciplina: Estatística e Probabilidade Carga Horária: 40h Período: 1º. Ementa Disciplina: Estatística e Probabilidade Carga Horária: 40h Período: 1º PLANO DE ENSINO Ementa Classificação de variáveis, Levantamento de Dados: Coleta; Apuração; Apresentação e Análise de resultados.

Leia mais

QUESTÕES DE CONCURSOS PÚBLICOS ESTATÍSTICA DESCRITIVA

QUESTÕES DE CONCURSOS PÚBLICOS ESTATÍSTICA DESCRITIVA QUESTÕES DE CONCURSOS PÚBLICOS ESTATÍSTICA DESCRITIVA 1) Um pesquisador que ordena uma lista de cidades segundo o ritmo de vida, do mais lento para o mais acelerado, está operando no nível de medida: (A)

Leia mais

Determinação de medidas de posição a partir de dados agrupados

Determinação de medidas de posição a partir de dados agrupados Determinação de medidas de posição a partir de dados agrupados Rinaldo Artes Em algumas situações, o acesso aos microdados de uma pesquisa é restrito ou tecnicamente difícil. Em seu lugar, são divulgados

Leia mais

Dados de identificação do Acadêmico: Nome: Login: CA: Cidade: UF Assinatura: CARTÃO RESPOSTA

Dados de identificação do Acadêmico: Nome: Login: CA: Cidade: UF Assinatura: CARTÃO RESPOSTA ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS TURMA 2008 4º PERÍODO 7º MÓDULO AVALIAÇÃO A2 DATA 08/10/2009 ESTATÍSTICA 2009/2 Dados de identificação do Acadêmico: Nome: Login: CA: Cidade: UF Assinatura: CARTÃO

Leia mais

Distribuição de frequências:

Distribuição de frequências: Distribuição de frequências: Uma distribuição de frequências é uma tabela que reúne o conjunto de dados conforme as frequências ou as repetições de seus valores. Esta tabela pode representar os dados em

Leia mais

Introdução à Estatística Estatística Descritiva 22

Introdução à Estatística Estatística Descritiva 22 Introdução à Estatística Estatística Descritiva 22 As tabelas de frequências e os gráficos constituem processos de redução de dados, no entanto, é possível resumir de uma forma mais drástica esses dados

Leia mais

2) Dados os valores a seguir, , determinar a moda dos mesmos.

2) Dados os valores a seguir, , determinar a moda dos mesmos. 1) O gráfico abaixo, apresenta dados referentes a faltas por dia em uma classe, durante um certo período de tempo. 1 De acordo com o gráfico, no período observado, ocorreram: (A) 15 faltas em 8 dias. (B)

Leia mais

NOÇÕES DE ESTATÍSTICA

NOÇÕES DE ESTATÍSTICA ONALDO CHAVES ESTATÍSTICA BIBLIOGRAFIA SUGERIDA: 1 Estatística Aplicada Autores: Larson e Farber Editora: Pearson 4ª edição 2009 2 Estatística para Ciências Humanas Autor: Levin, Fox e Ford Editora: Pearson

Leia mais

ESTATÍSTICA. PROF. RANILDO LOPES U.E PROF EDGAR TITO

ESTATÍSTICA. PROF. RANILDO LOPES  U.E PROF EDGAR TITO ESTATÍSTICA PROF. RANILDO LOPES http://ueedgartito.wordpress.com U.E PROF EDGAR TITO Introdução à Estatística Básica 1- O que é Estatística? A Estatística é uma ciência exata que visa fornecer subsídios

Leia mais

RESUMO DE DADOS. Lucas Santana da Cunha Universidade Estadual de Londrina. 24 de abril de 2017

RESUMO DE DADOS. Lucas Santana da Cunha  Universidade Estadual de Londrina. 24 de abril de 2017 RESUMO DE DADOS Lucas Santana da Cunha lscunha@uel.br http://www.uel.br/pessoal/lscunha/ Universidade Estadual de Londrina 24 de abril de 2017 e gráficos Apresentação de dados A apresentação de dados estatísticos

Leia mais

AULA 2 UNIDADE 1 DISTRIBUIÇÃO DE FREQUÊNCIAS 1.1 INTRODUÇÃO

AULA 2 UNIDADE 1 DISTRIBUIÇÃO DE FREQUÊNCIAS 1.1 INTRODUÇÃO AULA UNIDADE 1 DISTRIBUIÇÃO DE FREQUÊNCIAS 1.1 INTRODUÇÃO As tabelas estatísticas, geralmente, condensam informações de fenômenos que necessitam da coleta de grande quantidade de dados numéricos. No caso

Leia mais

Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar - Campus Pombal Disciplina: Estatística Básica Aula 1 Professor: Carlos Sérgio

Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar - Campus Pombal Disciplina: Estatística Básica Aula 1 Professor: Carlos Sérgio Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar - Campus Pombal Disciplina: Estatística Básica - 2013 Aula 1 Professor: Carlos Sérgio UNIDADE 1 - INTRODUÇÃO GERAL (NOTAS DE AULA) 1 A Estatística Para algumas

Leia mais

Estatística Descritiva (I)

Estatística Descritiva (I) Estatística Descritiva (I) 1 O que é Estatística Origem relacionada com a coleta e construção de tabelas de dados para o governo. A situação evoluiu: a coleta de dados representa somente um dos aspectos

Leia mais

Estatística

Estatística Estatística 1 2016.2 Sumário Capítulo 1 Conceitos Básicos... 3 MEDIDAS DE POSIÇÃO... 3 MEDIDAS DE DISPERSÃO... 5 EXERCÍCIOS CAPÍTULO 1... 8 Capítulo 2 Outliers e Padronização... 12 VALOR PADRONIZADO (Z)...

Leia mais

Estatística Descritiva

Estatística Descritiva Estatística Descritiva Prof. Henrique Dantas Neder Instituto de Economia Universidade Federal de Uberlândia Typeset by FoilTEX 1 Tópicos introdutórios A estatística descritiva trata dos métodos estatísticos

Leia mais

Estatística Descritiva: organização dos dados. 1 - Distribuição de frequências

Estatística Descritiva: organização dos dados. 1 - Distribuição de frequências Universidade Estadual de Alagoas UNEAL. Campus II Santana do Ipanema. Curso: Zootecnia. Disciplina: Estatística Básica. Professor: Wellyngton Chaves Monteiro da Silva Estatística Descritiva: organização

Leia mais

ESTATÍSTICA Medidas de Síntese

ESTATÍSTICA Medidas de Síntese 2.3 - Medidas de Síntese Além das tabelas e gráficos um conjunto de dados referente a uma variável QUANTITATIVA pode ser resumido (apresentado) através de Medidas de Síntese, também chamadas de Medidas

Leia mais

ESTATÍSTICA DESCRITIVA

ESTATÍSTICA DESCRITIVA ESTATÍSTICA DESCRITIVA Organização Descrição Quantificação de variabilidade Identificação de valores típicos e atípicos Elementos básicos: Tabelas Gráficos Resumos numéricos CONCEITOS BÁSICOS Variável

Leia mais

Estatística. Professor Jair Vieira Silva Júnior.

Estatística. Professor Jair Vieira Silva Júnior. Estatística Professor Jair Vieira Silva Júnior Ementa da Disciplina Estatística descritiva; Interpretação de gráficos e tabelas; Amostras, representação de dados amostrais e medidas descritivas de uma

Leia mais

Introdução à Probabilidade e Estatística I

Introdução à Probabilidade e Estatística I Introdução à Probabilidade e Estatística I População e Amostra Medidas resumo Prof. Alexandre G Patriota Sala: 298A Email: patriota@ime.usp.br Site: www.ime.usp.br/ patriota Passos iniciais O primeiro

Leia mais

Estatística. Professor Jair Vieira Silva Júnior.

Estatística. Professor Jair Vieira Silva Júnior. Estatística Professor Jair Vieira Silva Júnior Ementa da Disciplina Estatística descritiva; Interpretação de gráficos e tabelas; Amostras, representação de dados amostrais e medidas descritivas de uma

Leia mais

CAD. 8 SETOR A AULAS 45-48

CAD. 8 SETOR A AULAS 45-48 CAD. 8 SETOR A AULAS 45-48 48 ESTATÍSTICA STICA Prof. Suzart ESTATÍSTICA Elabora métodos para coleta, organização, descrição, análise e intepretação de dados. Experimentos não-determinísticos. Determinação

Leia mais

Após essa disciplina você vai ficar convencido que a estatística tem enorme aplicação em diversas áreas.

Após essa disciplina você vai ficar convencido que a estatística tem enorme aplicação em diversas áreas. UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA ESTATÍSTICA DESCRITIVA Departamento de Estatística Luiz Medeiros CONCEITOS FUNDAMENTAIS DE ESTATÍSTICA O que a Estatística significa para você? Pesquisas eleitorais Taxa

Leia mais

Probabilidade e Estatística

Probabilidade e Estatística Probabilidade e Estatística Aula 2 Definições Básicas: Freqüência, Dados Brutos e Rol Organização de dados quantitativos: Tabelas de distribuição de freqüência para dados agrupados e não agrupados em classes

Leia mais

EXERCÍCIOS SEÇÃO 1 - ESTATÍSTICA 1

EXERCÍCIOS SEÇÃO 1 - ESTATÍSTICA 1 EXERCÍCIOS SEÇÃO 1 - ESTATÍSTICA 1 1. População ou universo é: a) Um conjunto de pessoas; b) Um conjunto de elementos quaisquer c) Um conjunto de pessoas com uma característica comum; d) Um conjunto de

Leia mais

Medidas de Tendência Central. Introdução Média Aritmética Moda Mediana Análise de Assimetria Separatrizes

Medidas de Tendência Central. Introdução Média Aritmética Moda Mediana Análise de Assimetria Separatrizes Medidas de Tendência Central Introdução Média Aritmética Moda Mediana Análise de Assimetria Separatrizes Introdução A maioria dos dados apresenta uma tendência de se concentrar em torno de um ponto central

Leia mais

Revisão Conceitos de Estatística aplicados à Epidemiologia

Revisão Conceitos de Estatística aplicados à Epidemiologia Revisão Conceitos de Estatística aplicados à Epidemiologia Carlos R. V. Kiffer Médico Infectologista Professor Doutor / Pesquisador Visitante LEMC / UNIFESP Sumário O que é Estatística? Conceitos População

Leia mais

DISCIPLINA: PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA TURMA: Informática de Gestão

DISCIPLINA: PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA TURMA: Informática de Gestão Aula # 04 DISCIPLINA: PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA TURMA: Informática de Gestão Escala de Medidas de Variáveis. Frequência absoluta e relativa de dados quantitativos. Professor: Dr. Wilfredo Falcón Urquiaga

Leia mais

Estatística Profº Driko

Estatística Profº Driko Estatística Profº Driko Estatística O que é: É a ciência que coleta, organiza e interpreta dados colhidos entre um grupo aleatório de pessoas. Divisão da estatística: Estatística geral Visa elaborar métodos

Leia mais

Descrição de Estatística

Descrição de Estatística Descrição de Estatística Elaborado pelo Prof. Leandro Maciel Estatística é um conjunto de métodos aplicados nas ciências com a finalidade de quantificar e analisar as ocorrências (fenômenos) de mesma natureza,

Leia mais

Medidas Descritivas de Posição, Tendência Central e Variabilidade

Medidas Descritivas de Posição, Tendência Central e Variabilidade Medidas Descritivas de Posição, Tendência Central e Variabilidade Prof. Gilberto Rodrigues Liska UNIPAMPA 24 de Agosto de 2017 Material de Apoio e-mail: gilbertoliska@unipampa.edu.br Local: Sala dos professores

Leia mais

Química e Estatística

Química e Estatística Revisão dos Conceitos Básicos de Química e Revisão dos Conceitos Básicos de Definições Básicas de Média Separatrizes (Quartil, Decis e Percentil) Desvio Padrão Variância Função de Distribuição de Probabilidade

Leia mais

CURSO DE SPSS AULA 2 MEDIDAS DESCRITIVAS. UFBA/FACED José Albertino Lordello Sheila Regina Pereira

CURSO DE SPSS AULA 2 MEDIDAS DESCRITIVAS. UFBA/FACED José Albertino Lordello Sheila Regina Pereira CURSO DE SPSS AULA 2 MEDIDAS DESCRITIVAS UFBA/FACED José Albertino Lordello Sheila Regina Pereira MEDIDAS RESUMO Uma maneira conveniente de descrever um grupo como um todo é achar um número único que represente

Leia mais

Estatística Fácil. Prof.º Mario César Castro 2015

Estatística Fácil. Prof.º Mario César Castro 2015 Estatística Fácil Prof.º Mario César Castro 2015 A Estatística é um ramos da Matemática que dispõe de processos apropriados para recolher, organizar, classificar, apresentar e interpretar determinados

Leia mais

Elementos de Estatística. Michel H. Montoril Departamento de Estatística - UFJF

Elementos de Estatística. Michel H. Montoril Departamento de Estatística - UFJF Elementos de Estatística Michel H. Montoril Departamento de Estatística - UFJF O que é a estatística? Para muitos, a estatística não passa de conjuntos de tabelas de dados numéricos. Os estatísticos são

Leia mais

RANILDO LOPES. Estatística

RANILDO LOPES. Estatística RANILDO LOPES Estatística 1 A Estatística é um ramos da Matemática que dispõe de processos apropriados para recolher, organizar, classificar, apresentar e interpretar determinados conjuntos de dados. A

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA ESTATÍSTICA VITAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA ESTATÍSTICA VITAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA ESTATÍSTICA VITAL Departamento de Estatística Tarciana Liberal CONCEITOS FUNDAMENTAIS DE ESTATÍSTICA O que a Estatística significa para você? Pesquisas eleitorais Taxa de

Leia mais

Cálculo das Probabilidades e Estatística I

Cálculo das Probabilidades e Estatística I Cálculo das Probabilidades e Estatística I Prof a. Juliana Freitas Pires Departamento de Estatística Universidade Federal da Paraíba - UFPB juliana@de.ufpb.br Introdução O que é Estatística? Coleção de

Leia mais

POR QUE ESTUDAR ESTATÍSTICA?

POR QUE ESTUDAR ESTATÍSTICA? Prof. Gilberto Gil POR QUE ESTUDAR ESTATÍSTICA? Estatística é a arte e a ciência de coletar, analisar, apresentar, e interpretar dados, para que se tomem decisões sob incerteza. PRINCIPAIS CONCEITOS Na

Leia mais

MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL

MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL Professor Jair Wyzykowski Universidade Estadual de Santa Catarina Média aritmética INTRODUÇÃO A concentração de dados em torno de um valor pode ser usada para representar todos

Leia mais

Estatística I Aula 3. Prof.: Patricia Maria Bortolon, D. Sc.

Estatística I Aula 3. Prof.: Patricia Maria Bortolon, D. Sc. Estatística I Aula 3 Prof.: Patricia Maria Bortolon, D. Sc. Estatística: Prof. André Carvalhal Dados quantitativos: medidas numéricas Propriedades Numéricas Tendência Central Dispersão Formato Média Mediana

Leia mais

PROBABILIDADE E ESTATISTICA. Unidade III Medidas de Posição

PROBABILIDADE E ESTATISTICA. Unidade III Medidas de Posição PROBABILIDADE E ESTATISTICA Unidade III Medidas de Posição 0 1 MEDIDAS DE POSIÇÃO As medidas de posições mais importantes são as medidas de tendência central e as medidas separatrizes. As medidas de tendência

Leia mais

Prof. Dr. Engenharia Ambiental, UNESP

Prof. Dr. Engenharia Ambiental, UNESP INTRODUÇÃO A ESTATÍSTICA ESPACIAL Análise Exploratória dos Dados Estatística Descritiva Univariada Roberto Wagner Lourenço Roberto Wagner Lourenço Prof. Dr. Engenharia Ambiental, UNESP Estrutura da Apresentação

Leia mais

CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSOS

CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSOS CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSOS ANEXOS INTRODUÇÃO ANEXO 1 TABELA I Fator para estimar o desvio padrão ANEXO 2 TABELA II Valores padronizados para distribuição normal ANEXO 3 TABELA III Distribuição de

Leia mais

Estatística Descritiva: organização dos dados 1 SÉRIES ESTATÍSTICAS

Estatística Descritiva: organização dos dados 1 SÉRIES ESTATÍSTICAS Universidade Estadual de Alagoas UNEAL Campus II Santana do Ipanema Curso: Zootecnia. Disciplina: Estatística Básica. Professor: Wellyngton Chaves Monteiro da Silva Estatística Descritiva: organização

Leia mais

Número: Dois. Lista de Exercícios Estatística

Número: Dois. Lista de Exercícios Estatística Professor: Assunto(s): Curso(s): William Costa Rodrigues Inferência ; Tipo de Variáveis, Tipos de Amostras; Tamanho da Amostra; Medidas de tendência central: Medidas de Variação Ciências Contábeis Q1.

Leia mais

É um tipo de tabela que condensa uma coleção de dados conforme as frequências (repetições de seus valores).

É um tipo de tabela que condensa uma coleção de dados conforme as frequências (repetições de seus valores). RESUMO Uma distribuição de frequência é um método de se agrupar dados em classes de modo a fornecer a quantidade (e/ou a percentagem) de dados em cada classe Com isso, podemos resumir e visualizar um conjunto

Leia mais

INTRODUÇÃO À ESTATÍSTICA: Medidas de Tendência Central e Medidas de Dispersão. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior

INTRODUÇÃO À ESTATÍSTICA: Medidas de Tendência Central e Medidas de Dispersão. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior INTRODUÇÃO À ESTATÍSTICA: Medidas de Tendência Central e Medidas de Dispersão Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior Relembrando!!! Não é uma CIÊNCIA EXATA!!! É UMA CIÊNCIA PROBABILÍSTICA!!!!!!! Serve

Leia mais

Av. Higienópolis, 769 Sobre Loja Centro Londrina PR. CEP: Fones: / site:

Av. Higienópolis, 769 Sobre Loja Centro Londrina PR. CEP: Fones: / site: ESTATÍSTICA Ao realizar uma pesquisa é aconselhável realizar um estudo estatístico dos dados apresentados. Através desse estudo podemos tirar as conclusões necessárias sobre o universo pesquisado. A estatística

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA MEDIDAS DESCRITIVAS Departamento de Estatística Luiz Medeiros http://www.de.ufpb.br/~luiz/ MEDIDAS DESCRITIVAS Vimos que é possível sintetizar os dados sob a forma de distribuições

Leia mais

CAPÍTULO 3 POPULAÇÃO E AMOSTRA

CAPÍTULO 3 POPULAÇÃO E AMOSTRA DEPARTAMENTO DE GEOCIÊNCIAS GCN 7901 ANÁLISE ESTATÍSTICA EM GEOCIÊNCIAS PROFESSOR: Dr. ALBERTO FRANKE CONTATO: alberto.franke@ufsc.br F: 3721 8595 CAPÍTULO 3 POPULAÇÃO E AMOSTRA As pesquisas de opinião

Leia mais

Cap 1 - Bioestatística Cap V Princípios de estatística

Cap 1 - Bioestatística Cap V Princípios de estatística Estatística Geral (Tabelas e frequencias) Item: Tabulação de dados (cronograma) Cap 1 - Bioestatística Cap V Princípios de estatística Profº: Glauco Vieira de Oliveira ICET/CUA/UFMT Estruturação Cabeçalho

Leia mais

8/20/2010 MEDIDAS DE POSIÇÃO

8/20/2010 MEDIDAS DE POSIÇÃO BIOESTATÍSTICA 4 MEDIDAS DE POSIÇÃO As medidas de tendência central são assim denominadas por indicarem um ponto em torno do qual se concentram os dados. Este ponto tende a ser o centro da distribuição

Leia mais

Medidas Descritivas de Posição, Tendência Central e Variabilidade

Medidas Descritivas de Posição, Tendência Central e Variabilidade Medidas Descritivas de Posição, Tendência Central e Variabilidade Prof. Gilberto Rodrigues Liska UNIPAMPA 27 de Março de 2017 Material de Apoio e-mail: gilbertoliska@unipampa.edu.br Sumário 1 Introdução

Leia mais

Resumo de Dados. Tipos de Variáveis

Resumo de Dados. Tipos de Variáveis Resumo de Dados Tipos de Variáveis Exemplo 2.1 Um pesquisador está interessado em fazer um levantamento sobre alguns aspectos socioeconômicos dos empregados da seção de orçamentos da Companhia MB. Usando

Leia mais

2ª Lista de Estatística Básica Média Aritmética: Simples e Ponderada. Professor: Alessandro Monteiro

2ª Lista de Estatística Básica Média Aritmética: Simples e Ponderada. Professor: Alessandro Monteiro 01. Defina média aritmética simples. 02. Defina média aritmética ponderada. 03. Determinar a média da distribuição x i f i 0 30 1 5 2 3 3 1 4 1 Total 40 Uma solução: (0 30) (1 5) (2 3) (3 1) (4 1) 18 x

Leia mais

Bioestatística Básica

Bioestatística Básica Bioestatística Básica Curso de Pós-Graduação RCA 5804 PROF. DR. ALFREDO J RODRIGUES DEPARTAMENTO DE CIRURGIA E ANATOMIA FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO alfredo@fmrp.usp.br

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. JOSÉ AFONSO

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. JOSÉ AFONSO ESCOLA SECUDÁRIA DR. JOSÉ AFOSO úcleo Gerador: Saberes Fundamentais Sociedade, Tecnologia e Ciência EFA_EF_SE1 Ano Lectivo 010/11 Ficha de Trabalho º 1 - Estatística Unidade de Competência 7 - Identificar,

Leia mais

Negócios II - Estatística -- Séries Estatísticas Slide 1 de 34

Negócios II - Estatística -- Séries Estatísticas Slide 1 de 34 Séries Estatísticas Introdução à Tabelas Estatísticas Definição de Séries Estatísticas Distribuição de Frequências Dados brutos dados em rol Limite de classes Amplitude total Número de classes amplitude

Leia mais

CURSO DE SPSS AULA 1. UFBA/FACED José Albertino Lordello Sheila Regina Pereira

CURSO DE SPSS AULA 1. UFBA/FACED José Albertino Lordello Sheila Regina Pereira CURSO DE SPSS AULA 1 UFBA/FACED José Albertino Lordello Sheila Regina Pereira Introdução O Statistical Package for Social Science for Windows (SPSS) - O SPSS e um software estatístico que permite a utilização

Leia mais

Aula 3 Distribuição de Frequências.

Aula 3 Distribuição de Frequências. 1 Estatística e Probabilidade Aula 3 Distribuição de Frequências. Professor Luciano Nóbrega Distribuição de frequência 2 Definições Básicas Dados Brutos são os dados originais que ainda não foram numericamente

Leia mais

MEDIDAS DE POSIÇÃO E DE DISPERSÃO. Profª Andréa H Dâmaso

MEDIDAS DE POSIÇÃO E DE DISPERSÃO. Profª Andréa H Dâmaso MEDIDAS DE POSIÇÃO E DE DISPERSÃO Profª Andréa H Dâmaso Bioestatística e Delineamento Experimental - 2012 Tópicos da aula Medidas de tendência central e dispersão Variáveis contínuas: distribuição normal

Leia mais

Número: Dois. Lista de Exercícios Estatística/Introdução a Estatística

Número: Dois. Lista de Exercícios Estatística/Introdução a Estatística /Introdução a Professor: Assunto(s): Curso(s): William Costa Rodrigues Inferência ; Tipo de Variáveis, Tipos de Amostras; Tamanho da Amostra; Medidas de tendência central: Medidas de Variação. Engenharia

Leia mais

Unidade I ESTATÍSTICA. Prof. Celso Guidugli

Unidade I ESTATÍSTICA. Prof. Celso Guidugli Unidade I ESTATÍSTICA Prof. Celso Guidugli Visão geral da estatística Estatística: Conjunto de métodos e processos destinados a permitir o entendimento de um universo submetido a certas condições de incerteza,

Leia mais

ESTATÍSTICA. Prof.º Mário Castro

ESTATÍSTICA. Prof.º Mário Castro ESTATÍSTICA Prof.º Mário Castro Estatística O que é: É a ciência que coleta, organiza e interpreta dados colhidos entre um grupo aleatório de pessoas. Divisão da estatística: Estatística geral Visa elaborar

Leia mais

Estatística Lousã, 07 de Março de 2008

Estatística Lousã, 07 de Março de 2008 Estatística Lousã, 07 de Março de 08 A estatística é um ramo da Matemática que nos ajuda a recolher, organizar e interpretar dados para tirar conclusões e fazer previsões. Recolha, organização e representação

Leia mais

Medidas Estatísticas de Posição

Medidas Estatísticas de Posição Medidas Estatísticas de Posição 1 - Medidas de Tendência Central Denição medida de tendência central é um único valor que representa ou tipica um conjunto de valores. Nunca pode ser menor que o menor valor

Leia mais