MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO PROFISSIONAL VOLUNTÁRIO DENTISTAS GUIA DO VOLUNTÁRIO.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO PROFISSIONAL VOLUNTÁRIO DENTISTAS GUIA DO VOLUNTÁRIO. www.fundacaoromi.org.br"

Transcrição

1 MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO PROFISSIONAL DENTISTAS GUIA DO

2 MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO PROFISSIONAL DENTISTAS O dentista deverá atuar em ações educativas e preventivas de saúde bucal, na própria Fundação Romi ou nas escolas parceiras. Essa atuação preventiva, por meio de palestras e vídeos educativos com noções de higiene e saúde bucal aos profissionais e alunos da Fundação (ou das escolas parceiras) será a grande contribuição do voluntário, e será incluída na programação da instituição, devendo ocorrer, no mínimo, duas vezes por ano (uma vez por semestre, como mínimo). O profissional também poderá fazer o atendimento individual em seu próprio consultório. Este manual de procedimentos pretende facilitar o acesso dos voluntários ao programa da Fundação Romi, explicitando os compromissos a serem assumidos pelos profissionais engajados e trazendo orientações para a atuação e o atendimento às crianças e aos adolescentes. Seja bem-vindo e sinta-se à vontade para opinar e dar sugestões que redundem na melhoria desse programa!!! 01

3 O ATENDIMENTO No dia agendado, a criança/adolescente irá comparecer ao consultório acompanhado de um responsável, portando uma carta de apresentação da Fundação Romi e o Termo de Autorização" do responsável. A presença de um responsável é indispensável para o atendimento da criança/adolescente. Nesta primeira consulta, o profissional explicará o tratamento ao responsável e solicitará a assinatura do Termo de Autorização", que ficará em seu poder, junto com o histórico do paciente. No consultório, o dentista pode realizar todos os procedimentos necessários para o atendimento da criança/adolescente, tais como: Cirurgia Dentística Endodontia Ortodontia Periodontia Prevenção Prótese 02

4 O ATENDIMENTO No caso da criança/adolescente necessitar de algum procedimento que o dentista não realize, o voluntário tentará o atendimento em sua rede de contato, motivando mais um profissional a integrar o Programa de Voluntariado da Fundação Romi. Por conta disso, a criança/adolescente pode ser acompanhado por mais de um profissional voluntário. O tratamento odontológico poderá ser iniciado na primeira consulta. Se a criança/adolescente não necessitar de curativos, o dentista aplicará os procedimentos preventivos e agendará o retorno do paciente para seis meses ou quando necessário. Neste caso, se considera que o tratamento foi concluído e que a criança ou adolescente entrou em fase de prevenção, retornando, pelo menos, a cada seis meses para a manutenção do tratamento. Se a criança/adolescente necessitar de procedimentos curativos, eles podem ser iniciados no mesmo dia da primeira consulta e os retornos devem ser programados com o responsável pelo Paciente. 03

5 NOME: GUIA DO O ATENDIMENTO Oresponsável deve ser orientado quanto às faltas, pois se a criança/adolescente tiver mais do que três faltas, consecutivas ou não, e sem justificativa, perderá o direito de participar do Programa. Esse tópico é de responsabilidade da Fundação Romi, mas a orientação do voluntário reforça o comprometimento da família. Após concluir o tratamento da criança/adolescente, o voluntário precisa preencher a ficha de atendimento. Esta ficha tem como objetivo registrar o resumo do histórico do atendimento do paciente. As informações consideradas confidenciais não precisam ser incluídas. É muito importante que o profissional voluntário mantenha sempre atualizadas as informações de histórico de atendimento. FICHA ODONTOLÓGICA ENDEREÇO: IDADE: TELEFONE: RESPONSÁVEL: OBSERVAÇÃO 04

6

SEJA BEM-VINDO! AGORA VOCÊ É UM DENTISTA DO BEM

SEJA BEM-VINDO! AGORA VOCÊ É UM DENTISTA DO BEM SEJA BEM-VINDO! AGORA VOCÊ É UM DENTISTA DO BEM Caro dentista, agora você faz parte da Turma do Bem! É com grande satisfação que preparamos esse manual com informações sobre o Projeto DENTISTA DO BEM.

Leia mais

Para a sociedade Promover soluções de acesso a tratamentos odontológicos.

Para a sociedade Promover soluções de acesso a tratamentos odontológicos. REGIONAL VOLUNTÁRIO 2010 / 2011 CONHECENDO A TURMA DO BEM A Turma do Bem é uma OSCIP Organização da Sociedade Civil de Interesse Público fundada em 2002 que tem como missão mudar a percepção da sociedade

Leia mais

MANUAL DO COORDENADOR REGIONAL VOLUNTÁRIO E TERMO DE COMPROMISSO DO COORDENADOR REGIONAL

MANUAL DO COORDENADOR REGIONAL VOLUNTÁRIO E TERMO DE COMPROMISSO DO COORDENADOR REGIONAL MANUAL DO COORDENADOR REGIONAL VOLUNTÁRIO E TERMO DE COMPROMISSO DO COORDENADOR REGIONAL 2010 TURMA DO BEM A Turma do Bem é uma OSCIP Organização da Sociedade Civil de Interesse Público fundada em 2002

Leia mais

Serviço odontológico. normas e orientações

Serviço odontológico. normas e orientações 1 Serviço odontológico normas e orientações 2 3 Seja bem-vindo ao Serviço Odontológico do Sesc! 4 Normas e Orientações do Serviço Odontológico As normas e orientações a seguir garantem um tratamento mais

Leia mais

O presente trabalho visa relatar um programa de promoção de saúde. desenvolvido como atividade de Extensão Universitária da Faculdade de

O presente trabalho visa relatar um programa de promoção de saúde. desenvolvido como atividade de Extensão Universitária da Faculdade de TÍTULO:PROGRAMA DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA DE ALUNOS DA FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE PERNAMBUCO FOP/UPE AUTORES: BARROS, E.S,, MACIEL, A*. E, MENEZES, V. A**., MESQUITA, M. F INSTITUIÇÃO: Faculdade de Odontologia

Leia mais

Manual de Orientação ao Beneficiário OdontoGroup. Prezado Beneficiário, Seja Bem-Vindo!

Manual de Orientação ao Beneficiário OdontoGroup. Prezado Beneficiário, Seja Bem-Vindo! Prezado Beneficiário, Seja Bem-Vindo! É uma honra para a OdontoGroup tê-lo como cliente. Afinal, são mais de 18 anos trabalhando para levar a você e à sua família uma das melhores e mais seguras coberturas

Leia mais

MANUAL DO DENTISTA VOLUNTÁRIO E TERMO DE COMPROMISSO DO DENTISTA DO BEM

MANUAL DO DENTISTA VOLUNTÁRIO E TERMO DE COMPROMISSO DO DENTISTA DO BEM MANUAL DO DENTISTA VOLUNTÁRIO E TERMO DE COMPROMISSO DO DENTISTA DO BEM 2008 TURMA DO BEM Fundada em 2002, a Turma do Bem é uma OSCIP - Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, que tem como

Leia mais

FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA Instituição Adventista Nordeste Brasileira de Educação e Assistência Social CURSO DE ODONTOLOGIA

FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA Instituição Adventista Nordeste Brasileira de Educação e Assistência Social CURSO DE ODONTOLOGIA MATRIZ CURRICULAR - FADBA Período Núcleos Componente curricular Créditos Anatomia geral 1º período Básica Bioquímica Citologia, Histologia e Embriologia Humanas 5 72 18 90 Políticas de Saúde Anatomia e

Leia mais

Manual de Acolhimento e Orientações do Usuário

Manual de Acolhimento e Orientações do Usuário FAPAC - FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS ITPAC PORTO NACIONAL INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS PORTO LTDA CLÍNICA ODONTOLÓGICA Manual de Acolhimento e Orientações do Usuário Normas de

Leia mais

A EMPRESA. Visão. Missão

A EMPRESA. Visão. Missão MANUAL DE RH 2015 A EMPRESA Com mais de 18 anos e com profundo conhecimento sobre saúde bucal, a DENTALPAR destaca-se no mercado odontológico pela qualidade nos serviços prestados e por promover e manter

Leia mais

Guia para um. Sorriso Saudável

Guia para um. Sorriso Saudável Guia para um Sorriso Saudável Fotos meramente ilustrativas. Seja bem-vindo ao serviço odontológico do Sesc Rio! 3 Serviços Nosso serviço está disponível em diversas Unidades Operacionais, exclusivamente

Leia mais

Prezado Associado, Porque o nosso maior compromisso é com você! Como Manter Contato com a Operadora OdontoGroup

Prezado Associado, Porque o nosso maior compromisso é com você! Como Manter Contato com a Operadora OdontoGroup Prezado Associado, É um grande prazer ter você como cliente. Afinal, trabalhamos muito para levar a você e a sua família uma das melhores e mais seguras coberturas de plano odontológico do Brasil. Para

Leia mais

RESOLUÇÃO. Artigo 2º - O Currículo, ora alterado, será implantado no início do ano 2000, para os matriculados no 1º semestre.

RESOLUÇÃO. Artigo 2º - O Currículo, ora alterado, será implantado no início do ano 2000, para os matriculados no 1º semestre. RESOLUÇÃO CONSEPE 51/99 ALTERA O PLANO CURRICULAR E O REGIME DO CURSO DE ODONTOLOGIA, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no uso da atribuição

Leia mais

Projeto Dentista em casa

Projeto Dentista em casa Projeto Dentista em casa Oscip : 08071.001062/2010-97, publicado no diário oficial de 02 de março de 2010. Cnpj: 10.200.021/0001-04 SOS Dental Assistência Médica Odontologica SDAMO Consiste em levar à

Leia mais

Bem-vindo ao Plano Odontológico Riachuelo!

Bem-vindo ao Plano Odontológico Riachuelo! Bem-vindo ao Plano Odontológico Riachuelo! Sorria! Assim como cerca de 6,2 milhões de brasileiros, você agora poderá contar com os melhores serviços odontológicos do país. Este Plano, resultado de uma

Leia mais

Cré d. Cód Sem Módulo Ementa Créd

Cré d. Cód Sem Módulo Ementa Créd Conselho Universitário - CONSUNI Câmara de Ensino Curso de Graduação em Odontologia da UNIPLAC Quadro de Equivalência para Fins de Aproveitamento de Estudos entre duas Estruturas Curriculares Modulares

Leia mais

REGULAMENTO DA ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA - UNICOODONTO

REGULAMENTO DA ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA - UNICOODONTO REGULAMENTO DA ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA - UNICOODONTO V.02 jan./14 Este Regulamento aplica-se ao serviço de assistência odontológica oferecido pela Atual Tecnologia e Administração de Cartões Ltda ("ATUAL"),

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR 2012.2 NOVO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO (PPC) OBRIGATÓRIAS: 264 CREDITOS OPTATIVAS: 14 CRÉDITOS TOTAL: 278 CRÉDITOS

MATRIZ CURRICULAR 2012.2 NOVO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO (PPC) OBRIGATÓRIAS: 264 CREDITOS OPTATIVAS: 14 CRÉDITOS TOTAL: 278 CRÉDITOS MATRIZ CURRICULAR 2012.2 NOVO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO (PPC) TOTAL DE CRÉDITOS: 278 TOTAL DE HORAS: 4448 HORAS OBRIGATÓRIAS: 2 CREDITOS OPTATIVAS: 14 CRÉDITOS TOTAL: 278 CRÉDITOS SEMESTRE 01 Módulo

Leia mais

Conselho Federal de Odontologia. Dados e Informações Sobre as Especialidades Odontológicas no Brasil

Conselho Federal de Odontologia. Dados e Informações Sobre as Especialidades Odontológicas no Brasil Dados e Informações Sobre as Especialidades Odontológicas no Brasil Luciano M Sampaio Barreto ( Gerente de Tecnologia e Informação ) Conselho Federal de Odontologia - CFO Dezembro/2013 Histórico das Especialidades

Leia mais

ÍNDICE I PROPOSTA TÉCNICA... 3

ÍNDICE I PROPOSTA TÉCNICA... 3 ÍNDICE I PROPOSTA TÉCNICA... 3 1. PREÂMBULO:... 3 1.1 OBJETIVOS COMUNS:... 3 1.2 OBJETIVOS PARA O SERVIDOR:... 3 1.3 SERVIÇOS PROPOSTOS:... 3 ASSESSORIA NA ÁREA DA SAÚDE BUCAL:... 4 PALESTRAS ODONTOLÓGICAS:...

Leia mais

Diretoria de Saúde da Marinha Centro Médico Assistencial da Marinha Odontoclínica Central da Marinha

Diretoria de Saúde da Marinha Centro Médico Assistencial da Marinha Odontoclínica Central da Marinha Diretoria de Saúde da Marinha Centro Médico Assistencial da Marinha Odontoclínica Central da Marinha MANUAL DE DIREITOS E RESPONSABILIDADES DOS PACIENTES www.ocm.mar.mil.br MARINHA DA BRASIL ODONTOCLÍNICA

Leia mais

NORMATIZAÇÃO DO FUNCIONAMENTO DO SERVIÇO DE ODONTOLOGIA HOSPITALAR

NORMATIZAÇÃO DO FUNCIONAMENTO DO SERVIÇO DE ODONTOLOGIA HOSPITALAR NORMATIZAÇÃO DO FUNCIONAMENTO DO SERVIÇO DE ODONTOLOGIA HOSPITALAR Atuação e conceitos da Odontologia Hospitalar e Medicina Oral A Odontologia exercida pela grande maioria dos dentistas brasileiros enfoca

Leia mais

Institucional Invest Oral

Institucional Invest Oral Institucional Invest Oral A Invest Oral Fundada em 2003, por nosso sócio fundado Dr. Fabio Loriato Calmon; possui grande expertise conquistada ao longo de seus 12 anos de existência; Uma empresa operadora

Leia mais

Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Enfermagem Estágio Curricular II - Administração em Enfermagem ÂNGELA BAGATTINI

Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Enfermagem Estágio Curricular II - Administração em Enfermagem ÂNGELA BAGATTINI 0 Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Enfermagem Estágio Curricular II - Administração em Enfermagem ÂNGELA BAGATTINI RELATÓRIO DO ESTÁGIO CURRICULAR II- REDE BÁSICA DE SAÚDE: Unidade básica

Leia mais

CURSO DE BACHARELADO EM ODONTOLOGIA-FORMAÇÃO ODONTÓLOGO

CURSO DE BACHARELADO EM ODONTOLOGIA-FORMAÇÃO ODONTÓLOGO CURSO DE BACHARELADO EM ODONTOLOGIA-FORMAÇÃO ODONTÓLOGO E-mail: odontologia@immes.com.br Telefone (96)3223-4244 ramal: 228 Objetivos do Curso Formar Odontólogo para atuar em todos os níveis de atenção

Leia mais

PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO. Categoria Franqueador Senior

PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO. Categoria Franqueador Senior PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueador Senior Dados da empresa Razão Social: Sorridents Franchising Ltda Nome Fantasia: Sorridents Clínicas Odontológicas

Leia mais

Manual do Cliente. Ao aderir o plano da OdontoGroup, você recebe o cartão de acesso para a sua identificação perante nossa rede credenciada.

Manual do Cliente. Ao aderir o plano da OdontoGroup, você recebe o cartão de acesso para a sua identificação perante nossa rede credenciada. Manual do Cliente IDENTIFICAÇÃO ODONTOGROUP Ao aderir o plano da OdontoGroup, você recebe o cartão de acesso para a sua identificação perante nossa rede credenciada. No seu cartão de acesso personalizado,

Leia mais

perfazendo carga horária semanal de 120 hs. semanais + 1 Auxiliar em Saúde Bucal (ASB) por CD *

perfazendo carga horária semanal de 120 hs. semanais + 1 Auxiliar em Saúde Bucal (ASB) por CD * A Política Nacional de Saúde Bucal, intitulada Brasil Sorridente, propicia a ampliação e a qualificação da Atenção Especializada em Saúde Bucal, através de uma de suas principais linhas de atuação, com

Leia mais

RESPONSABILIDADE CIVIL DO ODONTÓLOGO

RESPONSABILIDADE CIVIL DO ODONTÓLOGO RESPONSABILIDADE CIVIL DO ODONTÓLOGO Dra. Thaissa Taques A responsabilidade civil tem o seu nascimento sempre que houver violação de um dever jurídico preexistente, e dessa violação resultar um certo dano

Leia mais

Facimed Inaugura 2ª Clínica Odontológica Dr. Clóvis Marzola

Facimed Inaugura 2ª Clínica Odontológica Dr. Clóvis Marzola Facimed Inaugura 2ª Clínica Odontológica Dr. Clóvis Marzola Com presenças de autoridades municipais e estaduais, a Facimed inaugurou sua segunda Clínica Odontológica na Unidade I, cerca de 400 acadêmicos

Leia mais

Sorriso de criança... Questão de educação!

Sorriso de criança... Questão de educação! Cidade Sorridente Sorriso de criança... Questão de educação! Dados oficiais (Mesmo entre os cidadãos com renda mensal acima de 6 SM) O Brasil é campeão mundial de cárie 60% dos dentes cariados estão sem

Leia mais

Perfil do egresso Profissional generalista, e com possibilidades de aprofundamento em áreas específicas, consciente de suas responsabilidades no

Perfil do egresso Profissional generalista, e com possibilidades de aprofundamento em áreas específicas, consciente de suas responsabilidades no Perfil do egresso Profissional generalista, e com possibilidades de aprofundamento em áreas específicas, consciente de suas responsabilidades no processo saúde/doença, com sólida formação técnico-científica,

Leia mais

Balanço Social UNINORTE 2015

Balanço Social UNINORTE 2015 Balanço Social UNINORTE 2015 Diretora Acadêmica Vanessa Voglio Igami Diretora Administra va Ká a Cris na Do o Gasparini Diretora Comercial Indira Maria Kitamura Diretor Financeiro Fábio Ricardo Leite Secretária

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE NÍVEIS SUPERIOR, MÉDIO E TÉCNICO NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO DO MUNICÍPIO DE PALMARES

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE NÍVEIS SUPERIOR, MÉDIO E TÉCNICO NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO DO MUNICÍPIO DE PALMARES CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE NÍVEIS SUPERIOR, MÉDIO E TÉCNICO NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO DO MUNICÍPIO DE PALMARES AVISO DE RETIFICAÇÃO DE EDITAL Nº 01 A Comissão de Concurso torna publica

Leia mais

QUESTIONÁRIO DOS PROFISSIONAIS QUE ATUAM NAS INSTITUIÇÕES DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS ILPIS

QUESTIONÁRIO DOS PROFISSIONAIS QUE ATUAM NAS INSTITUIÇÕES DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS ILPIS QUESTIONÁRIO DOS PROFISSIONAIS QUE ATUAM NAS INSTITUIÇÕES DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS ILPIS NDF IN PROFISSIONAIS Entrevistador (a): Supervisor(a): Data da entrevista: Nome da Instituição (fantasia):

Leia mais

NOVA PROFISSÃO NA ÁREA DE SAÚDE O MELHOR CURSO DE AUXILIAR EM SAÚDE BUCAL DE BRASÍLIA INÍCIO: IMEDIATO

NOVA PROFISSÃO NA ÁREA DE SAÚDE O MELHOR CURSO DE AUXILIAR EM SAÚDE BUCAL DE BRASÍLIA INÍCIO: IMEDIATO NOVA PROFISSÃO NA ÁREA DE SAÚDE O MELHOR CURSO DE AUXILIAR EM SAÚDE BUCAL DE BRASÍLIA INÍCIO: IMEDIATO 1. JUSTIFICATICAS Com a Globalização da Economia e a competitividade a cada dia mais presente no mercado

Leia mais

Cartão A&L Odonto. Rua Vergueiro, 2949-11 andar, Vila Mariana - São Paulo/SP CEP: 04101-000 www.prevident.com.br 1

Cartão A&L Odonto. Rua Vergueiro, 2949-11 andar, Vila Mariana - São Paulo/SP CEP: 04101-000 www.prevident.com.br 1 Cartão A&L Odonto Rua Vergueiro, 2949-11 andar, Vila Mariana - São Paulo/SP CEP: 04101-000 www.prevident.com.br 1 ÍNDICE 1. PREVIDENT... 3 1.1 - HISTÓRICO...3 1.2 DADOS DA PREVIDENT ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA

Leia mais

Educação Continuada em Odontologia Via Web: um Estado da Arte no Brasil

Educação Continuada em Odontologia Via Web: um Estado da Arte no Brasil Daniela Garbin, Graziela Oro Cericato, Ana Paula Soares Fernandes Universidade Federal de Santa Catarina Educação Continuada em Odontologia Via Web: um Estado da Arte no Brasil Introdução Odontologia:

Leia mais

5 dicas para uma excelente higiene oral

5 dicas para uma excelente higiene oral 5 dicas para uma excelente higiene oral O nosso objetivo é exaltar a adequada saúde bucal como geradora de bem-estar e qualidade de vida. Acreditamos que podemos brindar-lhe todo o conhecimento e motivação

Leia mais

Por isso, neste e-book, descrevemos 7 critérios importantes para você escolher o melhor serviço odontológico.

Por isso, neste e-book, descrevemos 7 critérios importantes para você escolher o melhor serviço odontológico. Todos nós precisamos das clínicas odontológicas seja para fazer uma restauração, limpeza, clareamento de dentes e outros serviços, que em determinados momentos pode ser até uma cirurgia. Já sabemos também

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 2.891, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2002

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 2.891, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2002 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 2.891, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2002 Define o currículo do Curso de Graduação em Odontologia. O REITOR

Leia mais

Linha 1: Resposta biológica nas terapias em Odontologia.

Linha 1: Resposta biológica nas terapias em Odontologia. Linha 1: Resposta biológica nas terapias em Odontologia. Descrição. O entendimento dos processos fisiológicos, celulares e moleculares associados com o uso de diversos materiais, medicamentos e demais

Leia mais

PROJETO ESCOLARES: A INTEGRALIDADE NA ATENÇÃO BÁSICA EM SAÚDE BUCAL NO MUNICÍPIO DE SANTA CRUZ DO SUL/RS

PROJETO ESCOLARES: A INTEGRALIDADE NA ATENÇÃO BÁSICA EM SAÚDE BUCAL NO MUNICÍPIO DE SANTA CRUZ DO SUL/RS PROJETO ESCOLARES: A INTEGRALIDADE NA ATENÇÃO BÁSICA EM SAÚDE BUCAL NO MUNICÍPIO DE SANTA CRUZ DO SUL/RS Autor (a): Daiane kuczynski Co Autor (a): Tássia Silvana Borges, Michele Chabat, Cláudia Fabiana

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO CONSELHO DELIBERATIVO DO PROGRAMA TST-SAÚDE

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO CONSELHO DELIBERATIVO DO PROGRAMA TST-SAÚDE TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO CONSELHO DELIBERATIVO DO PROGRAMA TST-SAÚDE ATO DELIBERATIVO Nº 56, DE 25 DE NOVEMBRO DE 2014 Dispõe sobre a assistência odontológica indireta aos beneficiários do Programa

Leia mais

MANUAL DO ASSOCIADO. SAÚDE desde 1928

MANUAL DO ASSOCIADO. SAÚDE desde 1928 MANUAL DO ASSOCIADO SAÚDE desde 1928 1 Seja Bem-Vindo, Associado IBCM! É com muita satisfação que oferecemos a você, nosso associado, este manual, que vai ajudá-lo a entender melhor todos os benefícios

Leia mais

TABELA DE PREÇOS PME SAÚDE COM COPARTICIPAÇÃO TABELA DE PREÇOS PME SAÚDE SEM COPARTICIPAÇÃO. área de atuação d3. 2 a 29 VIDAS.

TABELA DE PREÇOS PME SAÚDE COM COPARTICIPAÇÃO TABELA DE PREÇOS PME SAÚDE SEM COPARTICIPAÇÃO. área de atuação d3. 2 a 29 VIDAS. TABELA DE PREÇOS PME SAÚDE SEM COPARTICIPAÇÃO TABELA DE PREÇOS PME SAÚDE COM COPARTICIPAÇÃO COM ODONTOLOGIA INCLUSA 1 COM ODONTOLOGIA INCLUSA 1 2 a 29 VIDAS D3 2 a 29 VIDAS D3 PROPOSTA MAX 250 MAX 300

Leia mais

Prof Dr.Avelino Veit Mestre Ortodontia Doutor Implantodontia Fundador projetos socio-ambientais Natal Azul e Salve o Planeta Azul

Prof Dr.Avelino Veit Mestre Ortodontia Doutor Implantodontia Fundador projetos socio-ambientais Natal Azul e Salve o Planeta Azul Prof Dr.Avelino Veit Mestre Ortodontia Doutor Implantodontia Fundador projetos socio-ambientais Natal Azul e Salve o Planeta Azul Reabilitação oral e estética Amamos reconstruir sorrisos Protocolo Branemark

Leia mais

RESOLUÇÃO. Artigo 4º - Os alunos inseridos no regime anual seguem o currículo previsto na Resolução CONSEPE 38/96, até sua extinção.

RESOLUÇÃO. Artigo 4º - Os alunos inseridos no regime anual seguem o currículo previsto na Resolução CONSEPE 38/96, até sua extinção. RESOLUÇÃO CONSEPE 91/2000 ATERA O CURRÍCULO DO CURSO DE ODONTOLOGIA DO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CCBS. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no uso de suas atribuições

Leia mais

INFORMÁTICA ANS GUIA TISS CERTIFICADO DIGITAL TABELA TUSS TABELA DE ATOS ESPECIALIDADES

INFORMÁTICA ANS GUIA TISS CERTIFICADO DIGITAL TABELA TUSS TABELA DE ATOS ESPECIALIDADES INFORMÁTICA ANS GUIA TISS CERTIFICADO DIGITAL TABELA TUSS TABELA DE ATOS ESPECIALIDADES 21/06/2014 A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) é a agência reguladora vinculada ao Ministério da Saúde

Leia mais

Como obter resultados com a otimização dos consultórios com os TSB e ASB

Como obter resultados com a otimização dos consultórios com os TSB e ASB Como obter resultados com a otimização dos consultórios com os TSB e ASB 6º SINPLO Simpósio Internacional de Planos Odontológicos Fabiana Car Pernomiam 2011 Ergonomia racionalizar o trabalho, possibilitar

Leia mais

CONEXÃO SISTEMAS DE PRÓTESE AGÊNCIA USP DE NOTÍCIAS

CONEXÃO SISTEMAS DE PRÓTESE AGÊNCIA USP DE NOTÍCIAS CONEXÃO SISTEMAS DE PRÓTESE 18/08/2005-22:14 Construindo Sorrisos O objetivo do projeto Construindo Sorrisos é conscientizar a população sobre os cuidados necessários para evitar cáries. Todos os profissionais

Leia mais

ORIENTAÇÕES SOBRE O ACOMPANHAMENTO DO CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO INFANTIL (PUERICULTURA)

ORIENTAÇÕES SOBRE O ACOMPANHAMENTO DO CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO INFANTIL (PUERICULTURA) ORIENTAÇÕES SOBRE O ACOMPANHAMENTO DO CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO INFANTIL (PUERICULTURA) I- Introdução O acompanhamento do crescimento e desenvolvimento, do nascimento até os 5 anos de idade, é de fundamental

Leia mais

Matriz Curricular. Carga Horária. Unidades Acadêmicas. Período

Matriz Curricular. Carga Horária. Unidades Acadêmicas. Período Matriz Curricular Período 1º Unidades Acadêmicas UAI: Introdução ao Estudo da Odontologia Conhecer a estrutura do indivíduo nas suas bases biomoleculares e celulares quanto às propriedades e interrelações

Leia mais

ORIENTADOR ODONTOLÓGICO ÍNDICE

ORIENTADOR ODONTOLÓGICO ÍNDICE ORIENTADOR ODONTOLÓGICO ÍNDICE Introdução... Acesso Web... Beneficiários e Orientador Odontológico... PG.03 PG.04 PG.08 3 Tópico I Introdução Seja bem-vindo à Mogidonto Planos Odontológicos. Prezado (a)

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 1559/02, DE 16 DE JULHO DE 2002.

LEI MUNICIPAL Nº 1559/02, DE 16 DE JULHO DE 2002. LEI MUNICIPAL Nº 1559/02, DE 16 DE JULHO DE 2002. Cria e extingue cargos na estrutura do Quadro Permanente de Cargos, lei Municipal 1338/98, e dá outras providências. WOLMIR ÂNGELO DALL`AGNOL, Prefeito

Leia mais

Carência Doenças e Lesões Preexistentes Urgência e Emergência

Carência Doenças e Lesões Preexistentes Urgência e Emergência Carência Doenças e Lesões Preexistentes Urgência e Emergência Prazos de carência Cheque-caução Preenchimento da declaração de saúde SÉRIE PLANOS DE SAÚDE CONHEÇA SEUS DIREITOS Carência Doenças e Lesões

Leia mais

ANEXO I EDITAL Nº 20/2010-SEADM DESCRIÇÃO DAS ATRIBUIÇÕES DA FUNÇÃO PROGRAMA SAÚDE DA FAMÍLIA PSF - LEI Nº 6.938/2005

ANEXO I EDITAL Nº 20/2010-SEADM DESCRIÇÃO DAS ATRIBUIÇÕES DA FUNÇÃO PROGRAMA SAÚDE DA FAMÍLIA PSF - LEI Nº 6.938/2005 ANEXO I EDITAL Nº 20/2010-SEADM DESCRIÇÃO DAS ATRIBUIÇÕES DA FUNÇÃO PROGRAMA SAÚDE DA FAMÍLIA PSF - LEI Nº 6.938/2005 FUNÇÃO: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE Realizar mapeamento de sua área; Cadastrar as famílias

Leia mais

Dados e Informações Sobre as Especialidades Odontológicas no Brasil

Dados e Informações Sobre as Especialidades Odontológicas no Brasil Dados e Informações Sobre as Especialidades Odontológicas no Brasil José Mário Morais Mateus Conselheiro Federal - MG Julho/2014 Histórico das Especialidades Odontológicas Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Faciais

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE GOIÂNIA CONCURSO PÚBLICO ADMINISTRAÇÃO DIRETA, AUTÁRQUICA E FUNDACIONAL GABARITO OFICIAL

PREFEITURA MUNICIPAL DE GOIÂNIA CONCURSO PÚBLICO ADMINISTRAÇÃO DIRETA, AUTÁRQUICA E FUNDACIONAL GABARITO OFICIAL ANALISTA EM SAÚDE I MÉDICO: CARDIOLOGISTA 16 17 18 19 20 B B B B B B D B C B D D B C A B C C D D 41 42 43 44 45 C A C D A B D B D C ANALISTA EM SAÚDE I MÉDICO: CLÍNICO GERAL A B D B D C D C B D A D D B

Leia mais

EDITAL N.º 08/2014 - SELEÇÃO DE PROJETOS

EDITAL N.º 08/2014 - SELEÇÃO DE PROJETOS EDITAL N.º 08/2014 - SELEÇÃO DE PROJETOS A Coordenação de Pesquisa e Extensão das Faculdades Integradas de Patos FIP torna público o lançamento do presente Edital e convida os professores da respectiva

Leia mais

ODONTOLOGIA PESQUISA EXAME NACIONAL DE CURSOS

ODONTOLOGIA PESQUISA EXAME NACIONAL DE CURSOS EXAME NACIONAL DE CURSOS Esta pesquisa é parte integrante do Exame Nacional de Cursos o Provão e tem por objetivo não só levantar informações que permitam traçar o perfil do conjunto de graduandos, mas

Leia mais

ATO NORMATIVO n.º 007, de 13 de junho de 2013.

ATO NORMATIVO n.º 007, de 13 de junho de 2013. ATO NORMATIVO n.º 007, de 13 de junho de 2013. Divulga REVOGAÇÃO de quadros de disciplinas do Ato Normativo nº 006/2013, de 10 de junho de 2013, sobre processo de seleção de professores para ministrar

Leia mais

OBJETIVO. Aproveitar as diversas competências dos pais e da equipe da Escola nos projetos sugeridos pela comissão

OBJETIVO. Aproveitar as diversas competências dos pais e da equipe da Escola nos projetos sugeridos pela comissão DESCRIÇÃO Grupo de mães do Conselho de Pais da Escola Nova que constituiu uma Comissão Social para propor iniciativas na CSI. Fundação assiste 221 crianças nas idades de 3 a 10 anos. Alunos se distribuem

Leia mais

EDITAL Abertura de inscrições para a seleção de candidatos ao Programa de Mestrado em Odontologia da UNIP

EDITAL Abertura de inscrições para a seleção de candidatos ao Programa de Mestrado em Odontologia da UNIP EDITAL Abertura de inscrições para a seleção de candidatos ao da UNIP Recomendado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior CAPES, de acordo com o Ofício CAA/GTC de 30 de julho de

Leia mais

Categoria Franqueador Sênior

Categoria Franqueador Sênior PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2013 Dados da empresa FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueador Sênior Razão Social: Sorridents Franchising Ltda. Nome fantasia: Sorridents Clinicas Odontológicas.

Leia mais

MANUAL DO ASSOCIADO. Plano Empresarial. A solução definitiva em odontologia

MANUAL DO ASSOCIADO. Plano Empresarial. A solução definitiva em odontologia MANUAL DO ASSOCIADO Plano Empresarial A solução definitiva em odontologia MISSÃO DA EMPRESA O nosso compromisso é atingir e superar as expectativas dos clientes, garantindo sua total satisfação, fazendo

Leia mais

Odontologia Estágio Extra Muros II. 9º Período/Carga Horária: 90 horas (prática)

Odontologia Estágio Extra Muros II. 9º Período/Carga Horária: 90 horas (prática) Odontologia Estágio Extra Muros II 9º Período/Carga Horária: 90 horas (prática) 1. PRÉ-REQUISITOS: Dentística I; Periodontia I; Cirurgia Buco Dental I e Anestesiologia; Estágio Extra Muros I; Endodontia

Leia mais

EXCELÊNCIA NOS RESULTADOS

EXCELÊNCIA NOS RESULTADOS INSTITUCIONAL 31 anos no mercado odontológico; Presença com sedes em 10 cidades brasileiras, dentre elas 9 capitais; Solidez e tradição na atenção à Saúde Bucal; Mais de 2 milhões de beneficiários; Mais

Leia mais

Brazilian Health System PLACEO. Programa Latino Americano de Convergência em Educação Odontológica

Brazilian Health System PLACEO. Programa Latino Americano de Convergência em Educação Odontológica Brazilian Health System PLACEO Programa Latino Americano de Convergência em Educação Odontológica PLACEO, o que é? Compartilhar e melhorar as experiencias educativas para criar melhores sistemas de educação

Leia mais

ODONTOLOGIA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC

ODONTOLOGIA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC ODONTOLOGIA Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: ODONTOLOGIA Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo Base legal

Leia mais

EDITAL. Abertura de inscrições para a seleção de candidatos ao Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Odontologia da UNIP

EDITAL. Abertura de inscrições para a seleção de candidatos ao Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Odontologia da UNIP EDITAL Abertura de inscrições para a seleção de candidatos ao Doutorado do da UNIP Recomendado pela Comissão de Avaliação da área e julgado pelo CTC/CAPES, na sua 158º Reunião, que aconteceu no período

Leia mais

SORRISO BONITO E SAUDÁVEL PARA TODA A VIDA!

SORRISO BONITO E SAUDÁVEL PARA TODA A VIDA! SORRISO BONITO E SAUDÁVEL PARA TODA A VIDA! INTRODUÇÃO Um sorriso bonito, saudável e harmônico faz toda a diferença! Na autoestima traz diversos benefícios, pois quem sorri abertamente acredita em si mesmo

Leia mais

CURSO ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14

CURSO ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 CURSO ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 Componente Curricular: ODONTOGERIATRIA Código: Pré-requisito: - Período Letivo: 2015.1

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE ODONTOLOGIA PROGRAMA DE DISCIPLINA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE ODONTOLOGIA PROGRAMA DE DISCIPLINA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE ODONTOLOGIA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: Estágio Curricular Supervisionado em Saúde Coletiva IV Código: 3451 Carga Horária:

Leia mais

Manual do Referenciamento ANS - 41.553-7

Manual do Referenciamento ANS - 41.553-7 1. CONSIDERAÇÕES GERAIS A 1 A ODONTO é uma Operadora de Planos Odontológicos, devidamente registrada nos órgãos competentes, conforme estabelecido pela Lei 9656/98 que dispõe de Rede Referenciada de Profissionais

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Obrigações de meio e de resultado Publicado desde 8/8/2005 Érica Novas Da formação do contrato odontológico é que derivam obrigações para as partes contratantes. Todavia, apenas

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE IBIPORÃ Estado do Paraná

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE IBIPORÃ Estado do Paraná A CÂMARA MUNICIPAL DE IBIPORÃ,, aprovou e eu, Prefeito do Município, sanciono a seguinte: L E I Nº 2.299/2009 SÚMULA: Dá nova redação a Lei Municipal n 1989/2006, de 20 de janeiro de 2006, que instituiu

Leia mais

Liberação de procedimentos de forma direta.

Liberação de procedimentos de forma direta. Novos diferenciais. Novas formas de fazer o cliente sorrir. Atuação em todo território Nacional de forma direta. Liberação de procedimentos de forma direta. Ainda mais profissionais para atendimento. Cooperativa

Leia mais

PINTI SAÚDE PLANOS ODONTOLÓGICOS LTDA. MANUAL DO USUÁRIO

PINTI SAÚDE PLANOS ODONTOLÓGICOS LTDA. MANUAL DO USUÁRIO PINTI SAÚDE PLANOS ODONTOLÓGICOS LTDA. ANS: 41946-0 MANUAL DO USUÁRIO APRESENTAÇÃO: A PINTI SAÚDE PLANOS ODONTOLÓGICOS LTDA, ENTIDADE PRIVADA, COM REGISTRO NA AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE (ANS) SOB O NÚMERO

Leia mais

MANUAL PARA PREENCHIMENTO DAS FICHAS

MANUAL PARA PREENCHIMENTO DAS FICHAS MANUAL PARA PREENCHIMENTO DAS FICHAS OBJETIVO Este manual foi elaborado para orientar o usuário quanto ao preenchimento das fichas de Coleta de Dados Simplificados (CDS). Esse documento visa descrever

Leia mais

Carência, Urgência e Emergência, Doenças e Lesões Preexistentes

Carência, Urgência e Emergência, Doenças e Lesões Preexistentes 3 Carência, Urgência e Emergência, Doenças e Lesões Preexistentes CARÊNCIA, URGÊNCIA E EMERGÊNCIA, DOENÇAS E LESÕES PREEXISTENTES Informações Indispensáveis ao Consumidor Ao contratar ou aderir a um plano

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE RORAIMA SECRETARIA DE ESTADO DA GESTÃO ESTRATÉGICA E ADMINISTRAÇÃO AMAZÔNIA: PATRIMÔNIO DOS BRASILEIROS

GOVERNO DO ESTADO DE RORAIMA SECRETARIA DE ESTADO DA GESTÃO ESTRATÉGICA E ADMINISTRAÇÃO AMAZÔNIA: PATRIMÔNIO DOS BRASILEIROS GOVERNO DO ESTADO DE RORAIMA SECRETARIA DE ESTADO DA GESTÃO ESTRATÉGICA E ADMINISTRAÇÃO AMAZÔNIA: PATRIMÔNIO DOS BRASILEIROS CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR- CONCURSO

Leia mais

Orientador Odontológico SITTRATER/DF ÍNDICE

Orientador Odontológico SITTRATER/DF ÍNDICE Orientador Odontológico SITTRATER/DF ÍNDICE Introdução... Pág. 03 Acesso Web... Pág. 04 Orientações ao Beneficiário... Pág. 09 Atendimento de Urgência 24 horas... Pág. 11 Orientador Odontológico... Pág.

Leia mais

EDITAL Abertura de inscrições para a seleção de candidatos ao Programa de Mestrado em Odontologia da UNIP. Ano Letivo de 2013 (segundo semestre)

EDITAL Abertura de inscrições para a seleção de candidatos ao Programa de Mestrado em Odontologia da UNIP. Ano Letivo de 2013 (segundo semestre) EDITAL Abertura de inscrições para a seleção de candidatos ao Programa de Mestrado em Odontologia da UNIP Recomendado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior CAPES, de acordo com

Leia mais

NORMAS PARA ENVIO DE TRABALHOS INSTRUÇÕES PARA PREPARAÇÃO DO RESUMO (PAINEL E COMUNICAÇÃO ORAL)

NORMAS PARA ENVIO DE TRABALHOS INSTRUÇÕES PARA PREPARAÇÃO DO RESUMO (PAINEL E COMUNICAÇÃO ORAL) NORMAS PARA ENVIO DE TRABALHOS 1- REGRAS GERAIS: SERÃO ACEITOS TRABALHOS EM DUAS CATEGORIAS: - Painel: Poderão concorrer pesquisas científicas, relatos de caso e revisão de literatura. - Comunicação oral:

Leia mais

Dr. Felipe Groch CRO 101.353 Especialização em Implantes Dentários

Dr. Felipe Groch CRO 101.353 Especialização em Implantes Dentários Nosso consultório odontológico está equipado para oferecer ao produtor rural todos os tratamentos odontológicos disponíveis na atualidade. Segue abaixo uma discriminação detalhada de cada tratamento oferecido

Leia mais

Benefício Plano Odontológico

Benefício Plano Odontológico ÍNDICE 1. OBJETIVO... 2 2. ABRANGÊNCIA... 2 3. DISPOSIÇÕES GERAIS... 2 3.1. Planos do Benefício Odontológico... 2 3.1.1. Dental I... 2 3.1.2. Dental II... 2 3.1.3. Dental II Plus E (com porcelana)... 2

Leia mais

Companhia Hidro Elétrica do São Francisco DIRETORIA ADMINISTRATIVA. Superintendência de Tecnologia da Informação - STI

Companhia Hidro Elétrica do São Francisco DIRETORIA ADMINISTRATIVA. Superintendência de Tecnologia da Informação - STI Companhia Hidro Elétrica do São Francisco DIRETORIA ADMINISTRATIVA Superintendência de Tecnologia da Informação - STI Número Sistema : RECURSOS HUMANOS Sub-Sistema : Vigência : 01/12/2014 Emissão : 01/12/2014

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PLANOS MUNICIPAIS DE SAÚDE BUCAL

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PLANOS MUNICIPAIS DE SAÚDE BUCAL Atualizado por Danusa em Nov/2007 ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PLANOS MUNICIPAIS DE SAÚDE BUCAL Para organizar um serviço local de atenção à saúde é necessário que o administrador, coordenador, gerente

Leia mais

Av. Júlio de Castilhos, 2101, sala 51, Centro 95010-005. Caxias do Sul-RS (54) 32239207 (54) 99012424 ncguerra@terra.com.br

Av. Júlio de Castilhos, 2101, sala 51, Centro 95010-005. Caxias do Sul-RS (54) 32239207 (54) 99012424 ncguerra@terra.com.br Currículo Natalia Comerlato Guerra Hecher Cirurgiã Dentista Especialista em Dentística Restauradora Av. Júlio de Castilhos, 2101, sala 51, Centro 95010-005. Caxias do Sul-RS (54) 32239207 (54) 99012424

Leia mais

F.A.Q. ( FREQUENTLY ASKED QUESTIONS)

F.A.Q. ( FREQUENTLY ASKED QUESTIONS) F.A.Q. ( FREQUENTLY ASKED QUESTIONS) Cobertura dos planos e procedimentos. PLANO FIRST Rol ANS Consultas e Diagnóstio; Urgência/Emergência; Radiologia (Radiografias Intraorais e Rx Panorâmica); Odontopediatria;

Leia mais

PERFIL DEMOGRÁFICO DOS CONSULTÓRIOS

PERFIL DEMOGRÁFICO DOS CONSULTÓRIOS SUMÁRIO EXECUTIVO PERFIL DEMOGRÁFICO DOS CONSULTÓRIOS - Região - Idade do titular - Ano de abertura da clínica - Número de dentistas - Número de cadeiras - Especialização MACRO TENDÊNCIAS Especialidades

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO ESPECIFICAÇÃO DE PRODUTOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO ESPECIFICAÇÃO DE PRODUTOS UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO ESPECIFICAÇÃO DE PRODUTOS S COM ABRANGÊNCIA NACIONAL AMIL ASSISTÊNCIA MÉDICA INTERNACIONAL LTDA. a) Plano Básico (Amil 120) Plano Ambulatorial e Hospitalar com Obstetrícia,

Leia mais

VERITAE TRABALHO - PREVIDÊNCIA SOCIAL - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX TRABALHO

VERITAE TRABALHO - PREVIDÊNCIA SOCIAL - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX TRABALHO VERITAE TRABALHO - PREVIDÊNCIA SOCIAL - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX TRABALHO Orientador Empresarial Dentistas-Consolidação das Normas para Procedimentos nos Conselhos de Odontologia-Alteração RESOLUÇÃO

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE ODONTOLOGIA. Reconhece a Acupuntura, a Homeopatia e a Odontologia do Esporte como especialidades odontológicas.

CONSELHO FEDERAL DE ODONTOLOGIA. Reconhece a Acupuntura, a Homeopatia e a Odontologia do Esporte como especialidades odontológicas. CONSELHO FEDERAL DE ODONTOLOGIA RESOLUÇÃO CFO-160, DE 2 DE OUTUBRO DE 2015 Reconhece a Acupuntura, a Homeopatia e a Odontologia do Esporte como especialidades odontológicas. O presidente do Conselho Federal

Leia mais

Tabela de Procedimentos Odontológicos Página: 1 de 8 Especialidade: DENTÍSTICA RESTAURADORA

Tabela de Procedimentos Odontológicos Página: 1 de 8 Especialidade: DENTÍSTICA RESTAURADORA Tabela de Procedimentos Odontológicos Página: 1 de 8 Grupo: 100-Diagnose - As consultas deverão ser faturadas em Guias de Atendimento - GA, separadamente dos demais procedimentos, que serão faturados na

Leia mais

SulAmérica Odonto Empresarial

SulAmérica Odonto Empresarial SulAmérica Odonto Empresarial O sorriso dos seus colaboradores está em nossos planos. A partir de 100 vidas sulamerica.com.br Sobre a SulAmérica A SulAmérica Seguros, Previdência e Investimentos, com 116

Leia mais

OBJETIVOS. Objetivo Gerail

OBJETIVOS. Objetivo Gerail TÍTULO:PROJETO CUIDADOS ODONTOLÓGICOS AO PORTADOR DE DEFICIÊNCIA AUTORES: Profª. Gracia Maria Salles Maciel Koerich Ac. Janaína Masson Ac. Márcia Martins Pacheco T. A. Sérgio José Sena INSTITUIÇÃO:UNIVERSIDADE

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DA ASSEFAZ. TISS TROCA DE INFORMAÇÕES EM SAÚDE SUPLEMENTAR Odontologia

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DA ASSEFAZ. TISS TROCA DE INFORMAÇÕES EM SAÚDE SUPLEMENTAR Odontologia MANUAL DE ORIENTAÇÃO DA ASSEFAZ TISS TROCA DE INFORMAÇÕES EM SAÚDE SUPLEMENTAR Odontologia Brasília/DF - 2007 1 1. Introdução A meta deste trabalho é estruturar e auxiliar no correto preenchimento das

Leia mais

FORMULÁRIO DE CADASTRAMENTO/ENTIDADES /ORGANIZAÇÕES DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

FORMULÁRIO DE CADASTRAMENTO/ENTIDADES /ORGANIZAÇÕES DE ASSISTÊNCIA SOCIAL FORMULÁRIO DE CADASTRAMENTO/ENTIDADES /ORGANIZAÇÕES DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Denominação: Endereço: Número: Bairro: Distrito Município: CEP: Telefone: Fax: Caixa Postal Correio Eletrônico

Leia mais