DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA REVISÃO E REDAÇÃO SESSÃO: O. TURNO: Matutino. TIPO DA SESSÃO: Solene - CD. LOCAL: Plenário Principal - CD

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA REVISÃO E REDAÇÃO SESSÃO: 289.1.53.O. TURNO: Matutino. TIPO DA SESSÃO: Solene - CD. LOCAL: Plenário Principal - CD"

Transcrição

1 DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA REVISÃO E REDAÇÃO SESSÃO: O DATA: 18/10/07 TURNO: Matutino TIPO DA SESSÃO: Solene - CD LOCAL: Plenário Principal - CD INÍCIO: 10h24min TÉRMINO: 12h54min DISCURSOS RETIRADOS PELO ORADOR PARA REVISÃO Hora Fase Orador 12:28 HO PAES LANDIM Obs.:

2 CÂMARA DOS DEPUTADOS Ata da 289ª Sessão, em 18 de outubro de 2007 Presidência dos Srs ÀS 10 HORAS 24 MINUTOS COMPARECEM À CASA OS SRS.: Arlindo Chinaglia Narcio Rodrigues Inocêncio Oliveira Osmar Serraglio Ciro Nogueira Waldemir Moka José Carlos Machado Manato Arnon Bezerra Alexandre Silveira Deley

3 I - ABERTURA DA SESSÃO O SR. PRESIDENTE (Arlindo Chinaglia) - Declaro aberta a sessão. Sob a proteção de Deus e em nome do povo brasileiro iniciamos nossos trabalhos. O Sr. Secretário procederá à leitura da ata da sessão anterior. II - LEITURA DA ATA O SR. PRESIDENTE (Arlindo Chinaglia) - Fica dispensada a leitura da ata da sessão anterior. O SR. PRESIDENTE (Arlindo Chinaglia) - Passa-se à leitura do expediente. O SR. EMANUEL FERNANDES, servindo como 1 Secretário, procede à leitura do seguinte III - EXPEDIENTE 3

4 passa-se à O SR. PRESIDENTE (Assis do Couto) - Finda a leitura do expediente, IV - HOMENAGEM O SR. PRESIDENTE (Arlindo Chinaglia) - Sessão solene em homenagem ao Dia do Aviador, requerida pelo nobre Deputado Henrique Eduardo Alves. Convido para compor a Mesa Diretora dos trabalhos o Tenente-Brigadeiro-do- Ar Juniti Saito, Comandante da Aeronáutica; o General-de-Exército Luiz Edmundo Maia de Carvalho, Chefe do Estado-Maior-do-Exército, representando o Comandante do Exército, General-de-Exército Enzo Martins Peri; o Almirante-de- Esquadra Álvaro Luiz Pinto, Secretário-Geral da Marinha, representando o Comandante da Marinha, Almirante-de-Esquadra Júlio Soares de Moura Neto; o Tenente-Brigadeiro-do-Ar Henrique Marini e Souza, Ministro Presidente do Superior Tribunal Militar. Compõe também a Mesa o Deputado Inocêncio Oliveira, 2º Vice-Presidente da Câmara dos Deputados. Convido todos a ouvirem, de pé, o Hino Nacional brasileiro, executado pela Banda de Música da Base Aérea de Brasília, sob a regência do Suboficial Luiz Laurentino de Oliveira. (É executado o Hino Nacional.) 4

5 O SR. PRESIDENTE (Arlindo Chinaglia) - Neste momento, assistiremos a um vídeo institucional. (Segue-se exibição de imagens.) 5

6 O SR. PRESIDENTE (Arlindo Chinaglia) - Prezado Tenente-Brigadeiro-do-Ar, Comandante Juniti Saito; prezado General-de-Exército Luiz Edmundo Maia Carvalho, que aqui representa o General-de-Exército Enzo Martins Peri; prezado Almirante-de-Esquadra Álvaro Luiz Pinto, que aqui representa o Almirante-de- Esquadra Júlio Soares de Moura Neto; prezado Tenente-Brigadeiro-do-Ar Henrique Marini e Souza, Ministro Presidente do Superior Tribunal Militar, ao cumprimentá-los, saúdo todos os senhores e senhoras presentes, componentes da Força Aérea Brasileira, e demais representantes das outras forças e parlamentares. Ao comemorar o Dia do Aviador e o Dia da Força Aérea Brasileira, nesta sessão solene requerida pelo nobre Deputado Henrique Eduardo Alves, a Câmara dos Deputados presta a justa e devida homenagem às brasileiras e aos brasileiros que pilotam as nossas aeronaves e a todos os componentes da Força Aérea Brasileira. No dia 23 de outubro de 1906, um gênio chamado Alberto Santos Dumont realizava, em Paris, o primeiro vôo de um aparelho mais pesado que o ar. Abria-se, assim, uma era de revolucionárias mudanças na ciência, na tecnologia e nos meios de transporte mundiais. Em memória desse prodigioso acontecimento, lei assinada em 1936 instituiu o 23 de outubro como Dia do Aviador, posteriormente consagrado também à Força Aérea Brasileira. Passado pouco mais de um século, o conceito profissional dos nossos aviadores não desmerece o relevo histórico de pioneiros como Augusto Severo, Anésia Pinheiro Machado, Ada Rogatto e Eduardo Gomes, que deram aos aeronautas de hoje o exemplo do idealismo, da bravura e da determinação. Plantaram as sementes de uma Aeronáutica que cumpre a missão, dia a dia 6

7 renovada, de manter a soberania no espaço aéreo nacional, com vistas à defesa da Pátria. Além das responsabilidades estratégicas, desempenha a Força Aérea Brasileira importante papel nas áreas de transporte, patrulha, busca e salvamento, cujo beneficiário direto é, muita vezes, o homem do povo, o cidadão comum. Destaquem-se, por exemplo, as ações cívico-sociais de apoio a programas de saúde e de cidadania em comunidades carentes, a que se somam as chamadas missões de misericórdia, que asseguram o transporte de pessoas enfermas ou acidentadas para centros onde possam receber socorro médico. Nesse capítulo, é meritória a atuação do Correio Aéreo Nacional, o célebre CAN, que desde 1931 concorre, de maneira admirável, para a integração do território brasileiro. Quando milhões de brasileiros viviam praticamente isolados em vilarejos do interior, pelos aviões C-47 seguiam, além dos malotes postais, ajuda humanitária e assistência social. Hoje, a aviação brasileira vai muito além das missões de natureza militar que lhe competem: nossa indústria aeronáutica é uma das 4 maiores do mundo, reconhecida pelo desenvolvimento científico e tecnológico, que lhe dá excelente competitividade no mercado internacional. Vendidas para 63 países dos 5 continentes, as aeronaves brasileiras ocupam o segundo lugar em nossa pauta de exportações. Com referência à história e ao valor da Força Aérea Brasileira nesse processo, foi a FAB que, por seu planejamento e investimento financeiro, propiciou, entre outros, a fundação do Instituto Tecnológico da Aeronáutica, em São José dos 7

8 Campos. Também foi a FAB que planejou e executou a própria fundação da EMBRAER, hoje privatizada. Apesar do discurso do momento, não concordo com a tese de que foi a privatização que deu à EMBRAER a importância que hoje ela tem. A FAB e o Estado, com seu planejamento e investimento, ajudaram a constituí-la. Nossas e empresas aéreas cresceram e se internacionalizaram sob o escudo de maciça intervenção estatal e regulamentação de nossa Aeronáutica, especialmente no período de 1973 a Quando fazemos o registro do investimento estatal, não se faça a leitura de que a Câmara dos Deputados defende alterações contratuais decorrentes de outras decisões; entenda-se como uma homenagem, porque foi o dinheiro do Estado e, portanto, da sociedade brasileira, que viabilizou esse investimento. A partir de 1992, teve início a liberalização gradual do setor no que tange à formação de preços. Em 2003, após a crise da VARIG, o Departamento de Aviação Civil deu uma guinada regulamentadora, de modo a solucionar as instabilidades do setor. Em 2006 foi criada a ANAC, vinculada ao Ministério da Defesa, substituindo o antigo DAC, com missão de manter os altos padrões regulatórios do antigo órgão, integrando a aviação civil aos problemas de segurança da população. Com efeito, o Brasil ainda é membro do Grupo I do Conselho do OACI, reflexo da nossa boa reputação internacional. O novo momento regulatório iniciado em 2006 não prejudicou, no entanto, a tendência de maior flexibilização tarifária e maior facilidade de entrada para novas empresas. Ocorrem 2 tragédias seguidas, 2 acidentes que levaram à morte centenas de brasileiros. Em razão disso, aqui se instalou a chamada CPI da Crise do Sistema de 8

9 Tráfego Aéreo, que fez sugestões importantes para a solução dos problemas advindos dos 2 trágicos e recentes acidentes, tais como: readequar a malha aeroviária das empresas, impedir a operação de pequenas aeronaves em aeroportos como Congonhas, aumentar o número e capacitação de controladores de vôo, ampliar a capacidade dos aeroportos estratégicos, criar novo marco regulatório e melhorar a coordenação dos componentes do sistema de transporte aéreo, entre outras. O Poder Legislativo assumiu, portanto, papel ativo na busca de soluções para a crise que assolou o País, em colaboração com o nosso setor de defesa. Mais ainda, em suas investigações, tornou explícitas as preocupações de segurança que tanto afetam a atividade dos nossos homenageados, como a própria população brasileira. O Congresso faz sua a luta de Santos Dumont e de nossa Aeronáutica pela construção e manutenção de um setor de aviação próspero e vibrante. Estamos conscientes dos problemas de reaparelhamento de nossa Força Aérea e das necessidades pelas quais ela passa. Um setor militar desaparelhado não é algo desejável para defesa de nosso território e o Congresso está consciente disto. Que nossos aviões continuem a simbolizar a força do Brasil e a capacidade do povo brasileiro. Esse o sentimento da Câmara dos Deputados, quando nos reunimos para comemorar o Dia do Aviador. Aos homens e mulheres que se orgulham de ser pilotos brasileiros, a saudação respeitosa desta Casa. 9

10 Encerro minhas palavras, cumprimentando, mais uma vez, o Deputado Henrique Eduardo Alves, pela iniciativa de realizar esta solenidade, bem como homenageando todos os membros da Força Aérea Brasileira. Parabéns a todos. (Palmas.) 10

11 O SR. PRESIDENTE (Arlindo Chinaglia) - Concedo a palavra ao Sr. Deputado Henrique Eduardo Alves. O SR. HENRIQUE EDUARDO ALVES (PMDB-RN. Sem revisão do orador.) - Exmo. Sr. Presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia; Exmo. Sr. Tenente-Briagdeiro-do-Ar Juniti Saito, Comandante da Aeronáutica; Exmo. Sr. General-de-Exército Luiz Edmundo Maia de Carvalho, representando também o Comandante do Exército, General-de-Exército Enzo Martins Peri; Exmo. Sr. Almirante-de-Esquadra Álvaro Luiz Pinto, Secretário-Geral da Marinha, representando o Comandante da Marinha, Almirante-de-Esquadra Júlio Soares; Exmo. Sr. Tenente-Brigadeiro-do-Ar Henrique Marini e Souza, Ministro Presidente do Superior Tribunal Militar; Sras e Senhores Deputados. Fico muito feliz por ter tido a iniciativa de propor ao Presidente da Câmara dos Deputados esta sessão. Contar com a presença aqui, não só de Parlamentares mas de ilustres autoridades, revela quão qualificativo é este evento para todos nesta Casa. À aviação brasileira, respeitemos-lhe a honra, porque esta lhe não pertence; esta pertence à nossa própria Pátria. O brasileiro e patriota Alberto Santos Dumont é uma das mais valiosas figuras históricas que a ciência e a técnica de toda a humanidade conheceram. Era um gênio criativo que abriu o caminho para que a aviação se tornasse possível, e homens e mulheres buscassem os céus do mundo para coroarem a verticalidade aspirada por quem, desde a pré-história, olhava os pássaros, as nuvens e almejava a vocação, dada por Deus, de voar. 11

12 Hoje, quando admiramos os ases das Forças Aéreas de todos os países, ao vermos a Terra redonda e azul pelas fotos da Estação Espacial, quando encostamos o rosto na janela da aeronave que nos conduz ao destino desejado, e vemos, logo abaixo, as nuvens que encobrem campos e cidades, veneramos a memória de um idealista que só podia ser brasileiro: Santos Dumont, o Pai da Aviação. Ao longo do tempo, a aviação aperfeiçoou-se, especializou-se e passou a ser uma atividade complexa, com uma malha aérea sofisticada e uma infra-estrutura desenvolvida, que requer tecnologia e treinamento civil e militar. No Brasil, é um serviço que envolve agentes públicos e privados na missão da segurança interna e externa do País e no interesse dos usuários e consumidores do sistema aéreo. É uma grande honra para esta Casa ter a oportunidade de, mais uma vez, poder saudar os componentes da Força Aérea Brasileira pelo Dia do Aviador. Neste momento, lembrar Santos Dumont e o Brigadeiro Eduardo Gomes significa resgatar a auto-estima do brasileiro, em razão de serem homens que, mesmo em condições adversas, fizeram os nossos sonhos decolarem. A carreira da aviação implica estudo e prática responsável e constante, desprendimento e capacidade de lidar com transferências, mas é uma das mais empolgantes profissões. Ela põe à prova os sentimentos de prazer, de beleza, de vitória, de realização, de competência, de frustração, de perigo e, até mesmo, de medo. Em todo e qualquer aeroporto, homenagear a coragem e a saga dos aviadores do Brasil é o mínimo que se pode fazer em memória dessa brava gente. Enquanto os homens viverem, Sras. e Srs. Deputados, vivos serão os feitos de nossos aviadores, na aviação de combate e na aviação civil; enquanto os seres humanos honrarem o heroísmo, a coragem e o altruísmo, nossos corações 12

13 assinalarão a batida mais forte no peito dos cidadãos que se encantam com esses pilotos dessas maravilhosas máquinas que rasgam os nossos céus. Lembremos e temos de registrar, ressaltar e agradecer, neste momento, os feitos da FAB, com o Correio Aéreo Nacional; o socorro aéreo às populações mais interiorizadas e humildes deste País, com os aviadores levando médicos, remédios, transferindo doentes; a atuação de nossos bravos pilotos lutando contra o nazi-fascismo na Segunda Guerra Mundial; o Centro Técnico Aeroespacial citado aqui pelo Presidente, em São José dos Campos, e seu magnífico Instituto Tecnológico da Aeronáutica. O Sr. Mauro Benevides - Nobre Deputado e Líder Henrique Eduardo Alves, V.Exa. me permite uma breve intervenção? O SR. HENRIQUE EDUARDO ALVES - Pois não. Com muita honra, Deputado Mauro Benevides, um dos mais experientes Parlamentares desta Casa. O Sr. Mauro Benevides - É bondade de V.Exa. Sem dúvida, V.Exa. interpreta não apenas o sentimento da nossa bancada do PMDB, mas, naturalmente, o sentimento da Casa, o qual será reiterado pelos outros companheiros que ocuparão a tribuna logo mais, na forma preceituada pelo Regimento. Entretanto, no instante em que V.Exa., no magnífico discurso que profere, faz uma referência ao Correio Aéreo Nacional, não me dispensaria, representando o Ceará nesta Casa, de relembrar a figura notável do grande Brigadeiro Casimiro Montenegro. Aquele homem, com sua coragem, bravura e competência, promoveu a integração nacional, indo visitar as áreas ainda inóspitas do Norte brasileiro. E soube fazê-lo possuído daquela que foi a maior mensagem que ele transmitiu: o sentimento de consciência nacional e de cidadania. É a 13

14 homenagem que, neste discurso, presto ao grande brigadeiro Casimiro Montenegro, aplaudido por todas as gerações da Força Aérea Brasileira. O SR. HENRIQUE EDUARDO ALVES - Agradeço ao Deputado Mauro Benevides o aparte, que, por sua riqueza, engrandece o nosso pronunciamento. Eu citava lutas e vitórias da Força Aérea Brasileira contra o nazi-fascismo na Segunda Guerra Mundial; o Centro Técnico Aeroespacial, em São José dos Campos e seu magnífico Instituto Tecnológico da Aeronáutica; a EMBRAER e os pilotos de prova brasileiros. Desde que o homem conseguiu voar, desde aquele primeiro instante, o Brasil esteve na vanguarda tecnológica dessa linda atividade. Linda atividade, registro, até porque Deus e a natureza contemplam o aviador com o nascer e o pôr do sol, o claro azul do céu, o dourado dos raios, a lua prateada, as estrelas e, principalmente, o belíssimo Cruzeiro do Sul. Mas pousar os olhos sobre a extensão territorial de nossa Nação, sobrevoar em todas as possíveis altitudes e velocidades este País aumenta em nossos aviadores o amor pelo Brasil, pela responsabilidade de defesa do que é nosso, pelo zelo do patrimônio de nossas futuras gerações. Para concluir, meus senhores e minhas senhoras, com muita honra pela presença de todos nesta manhã histórica nesta Casa, reitero que ser aviador é olhar para o alto e ter a sensação de subir na estável experiência de um vôo; ser aviador é ter o especial arrojo, a perseverança e o espírito iluminado pelas estrelas, colorido pelo sol e revelado pelo azul do céu. Bravos aviadores brasileiros, a honra da Pátria faz-se presente em tão digna profissão. Muito obrigado. (Palmas.) 14

15 O SR. INOCÊNCIO OLIVEIRA - Sr. Presidente, peço a palavra pela ordem. O SR. PRESIDENTE (Arlindo Chinaglia) - Tem V.Exa. a palavra. O SR. INOCÊNCIO OLIVEIRA (PR-PE. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Exmo. Sr. Presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia; Exmo. Sr. Brigadeiro-do-Ar Juniti Saito, Comandante da Aeronáutica e representante, neste ato, do Ministro da Defesa, Nelson Jobim; Exmo. Sr. General-de-Exército Luiz Edmundo Maia de Carvalho, Chefe do Estado-Maior do Exército, representando o Comandante do Exército, General-de-Exército Enzo Martins Peri; Exmo. Sr. Almirante-de-Esquadra Álvaro Luiz Pinto, Secretário-Geral da Marinha, representando o Comandante da Marinha, Almirante-de-Esquadra Júlio Soares de Moura Neto; Tenente-Brigadeiro-do-Ar Henrique Marini e Souza, Ministro Presidente do Superior Tribunal Militar, senhores brigadeiros, coronéis, tenentes-coronéis, majores, capitães, tenentes, sargentos, praças que constituem a gloriosa e valorosa Força Aérea Brasileira, Srs. Parlamentares, minhas senhoras e meus senhores. Caçula das Forças Armadas, cujo ministério foi criado em 1941 pelo Presidente Getúlio Vargas, a Aeronáutica brasileira celebra na data de 23 de outubro o Dia do Aviador, em homenagem ao seu patrono Alberto Santos Dumont, e para assinalar o dia histórico em que pela primeira vez a máquina voadora 14-BIS sobrepôs-se à força da gravidade e flanou na atmosfera de Paris numa heróica altitude de 6 metros e trajetória inédita de 220 metros. O engenho de Santos Dumont voou por autopropulsão em 23 de outubro de 1906 e desde então a imaginação humana navega a bordo dos aeroplanos, jatos, supersônicos e também do primeiro avião, naves, foguetes e sondas espaciais. 15

16 A EMBRAER, orgulho brasileiro que compete com o mundo inteiro na fabricação de aviões de grande qualidade, bem como o Centro Espacial Brasileiro, instalado no Centro de Treinamento em Alcântara, no Maranhão, deram e dão grande contribuição à Força Aérea Brasileira. Os estudos sobre a criação do chamado Ministério do Ar remontam ao início dos anos 30. Nesses primórdios, as Forças Aéreas do Exército e da Marinha atuavam em paralelo. Em meio às tempestades da Segunda Guerra Mundial, na década seguinte, as paralelas se encontraram, e o Presidente da República editou o Decreto nº 2.961, em 20 de janeiro de 1941, criando o Ministério da Aeronáutica e estabelecendo a fusão das forças aéreas do Exército e da Marinha numa só corporação, denominada Forças Aéreas Nacionais. Logo depois a denominação foi mudada para Força Aérea Brasileira FAB, nome que permanece até hoje. Revolucionário de 1930, sob a liderança de Getúlio Vargas, Ministro do Trabalho, Deputado Federal, integrante desta instituição, e Senador, o magistrado e político nascido no Rio Grande do Sul, Joaquim Pedro Salgado Filho, foi o primeiro Ministro da Aeronáutica e também um dos criadores do Correio Aéreo Nacional e da Escola de Aeronáutica. Em suas profícuas atividades nos campos da Aeronáutica, atuou de modo pioneiro na criação de aeroportos para a aviação comercial no Brasil. Por uma triste fatalidade, faleceu em um acidente aéreo, ao viajar para um encontro com Getúlio Vargas na sua fazenda em São Borja. A Força Aérea Brasileira já foi a mais importante da América do Sul em contingente, número de aeronaves e poder de combate. Integrante da Força Expedicionária Brasileira FEB, junto com os Aliados que lutaram contra o nazifascismo, a FAB consagrou-se vitoriosa nas batalhas de Monte Castelo, 16

17 Castelnuovo e Montese, nos teatros de guerra da Itália. Foi o batismo de fogo dos pracinhas da FEB. Comandante da 2 ª Zona Aérea e responsável pela Aviação de Patrulha contra os submarinos estrangeiros que ameaçavam o território nacional, o Patrono da Força Aérea Brasileira, o Brigadeiro Eduardo Gomes tornou-se Marechal-do-Ar, por decreto presidencial de 1984, depois de ter falecido em 1981 aos 84 anos de idade. Ministro da Aeronáutica de 1954 a 1955, no Governo Café Filho e, já na reserva, voltou a ocupar o cargo no período de 1965 a 1967 por convocação do Presidente Castelo Branco. Além de Patrono da Força Aérea, o Marechal-do-Ar também ficou consagrado como um dos mais notáveis personagens das Forças Armadas brasileiras. Quero dizer uma particularidade, Sr. Presidente: tenho como ídolo o pai do Deputado Henrique Eduardo Alves, o grande rio-grandense-do-norte Aluizio Alves, que foi Ministro e Governador de Estado. Fui da banda, fui do lencinho branco da UDN. Na terra de Agamenon Magalhães, fazíamos oposição à Agamenon e votávamos na UDN. Em 2 pleitos memoráveis, em 1946 e em 1950, desfraldamos a bandeira de Eduardo Gomes como um dos símbolos maiores do País. Sucedâneo dos antigos Correio Aéreo Militar, do Exército, e Correio Aéreo Naval, o Correio Aéreo Nacional é uma das mais admiráveis corporações existentes no âmbito da Aeronáutica. Foi criado em 1941 o Ministério da Aeronáutica, após a fusão da Aviação Militar do Exercito com a Aviação Naval da Marinha. Fator de integração nacional e desbravador de fronteiras, os precursores do Correio Aéreo Nacional haviam chegado à Amazônia em 1935 para levar correspondências, mantimentos e 17

18 remédios destinados às populações. Na inauguração, oficiais da Aviação Militar funcionaram como pombos-correios, levando uma mala postal do Rio de Janeiro para São Paulo. Atuando em dezenas de linhas aéreas em todas as latitudes do Brasil e também em rotas internacionais na América do Sul, aviões da FAB cruzam os céus do Brasil transportando toneladas de correspondências, alimentos, cargas, passageiros e informações para comunidades em pontos os mais remotos do território nacional. Os bandeirantes do ar cumprem a missão patriótica de encurtar distâncias, promover a integração nacional, levar educação e informação para redimir exclusões sociais. Visionário da Aeronáutica, o então major Eduardo Campos foi um dos mentores do antigo Serviço Postal Aéreo Militar na década de Benemérito da instituição, o Tenente-Brigadeiro-do-Ar Nelson Freire Lavenère teve seus méritos reconhecidos ao ser eleito Patrono do Correio Aéreo Nacional. Aeronauta que dá nome ao aeroporto de Natal, o Rio Grande do Norte, o Parlamentar Augusto Severo é chamado de Mártir da Tecnologia Aeronáutica, por sua obstinação em dominar espaços nos tempos precursores da aviação. Contemporâneo de Santos Dumont, construiu o dirigível Pax, que representava uma nova concepção em aerodinâmica. Faleceu ao tentar um vôo experimental em Paris devido à explosão do dirigível. A evolução tecnológica conduz a Força Aérea Brasileira aos megaprojetos em defesa da nossa integridade territorial, vigilância das fronteiras e salvaguardas da soberania nacional. Esta é a concepção do Sistema de Vigilância da Amazônia SIVAM, inaugurado em 2002 como parte do Sistema de Proteção da Amazônia 18

19 SIPAMA e decidido em reunião do Conselho de Segurança Nacional, de que participei como Presidente da Câmara dos Deputados. Neste momento, eu estava em Serra Talhada, era o Presidente da Câmara e não havia Vice-Presidente, era o Vice-Presidente constitucional, e o Presidente Itamar Franco mandou-me buscar em um avião da FAB em Serra Talhada, onde hoje há um aeroporto muito bom, com metros. Estamos esperando apenas a homologação da Aeronáutica, mas está em fase final. Haverá vôos noturnos também. S.Exa. mandou me pegar lá. Fui para Petrolina e peguei um avião da FAB. Quero citar uma particularidade: foi o único avião da FAB que utilizei como Presidente da Câmara. Nunca pedi um avião da FAB. Viajava em avião de carreira, e era cumprimentado efusivamente por todos os brasileiros, que julgavam que naquele momento deveríamos zelar pelo País. Mas isso não é mérito nenhum. Referi-me a essa particularidade porque o SIVAM tinha dificuldade de ser aprovado. O Presidente da Casa vizinha não queria votar o SIVAM. Então, o Presidente Itamar Franco me chamou. Li aquilo tudo, S.Exa. me explicou e mandou todos explicarem. Levei para casa e estudei. No outro dia, modéstia à parte, dei uma contribuição decisiva para que o SIVAM fosse aprovado, porque eu julgava, como julgo hoje, que era uma mudança total e absoluta em relação à segurança da Amazônia e, sobretudo, à integridade da Amazônia brasileira. O sistema é composto por equipamentos ultramodernos como radares, aeronaves de sensoriamento remoto e de vigilância área, aviões-laboratórios e plataformas de coleta de dados. O sistema também compreende centros de apoio logístico em Manaus, Belém, nos Estados do Acre e Tocantins. 19

20 O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais aperfeiçoou a recepção e o tratamento de imagens por satélites. Aeronaves fabricadas pela EMBRAER apresentam a mais avançada tecnologia em sensoriamento remoto no setor da indústria aeronáutica internacional. Detentora de um terço das florestas tropicais do planeta, da biodiversidade mais rica do mundo, a fauna e a flora riquíssimas como fonte de pesquisas para a produção de medicamentos, vacinas e exploração da engenharia genética, a Amazônia possui reservas em riquezas minerais e estratégicas cobiçadas por organismo e empresas internacionais. O SIVAM é empreendimento de grande monta para gerar benefícios tecnológicos, econômicos e sociais em favor do Brasil, da nossa soberania e da preservação de nossas riquezas naturais. O controle do tráfego aéreo e de superfície passa pelo monitoramento do SIVAM. Estas, em linhas gerais, fazem parte das macropolíticas na esfera da Aeronáutica e da Força Aérea Brasileira. O atual Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro-do-Ar Junito Saito, personalidade exemplar que dignifica as Forças Armadas em seus valores de patriotismo, competência e honradez, faz jus ao legado edificante dos timoneiros da Força Aérea Brasileira, em sua missão institucional de engrandecer cada vez mais a Nação brasileira, zelar pela nossa integridade, soberania e desenvolvimento social. Por último, estava em risco a vida de milhões de brasileiros, logo após o acidente do vôo 1907 da Gol, que se chocou com o avião Legacy, produzido pela EMBRAER, pertencente a uma empresa americana que o tinha comprado, quando surgiu a idéia de se criar a CPI do Tráfego Aéreo. Foram criadas uma na Câmara e outra no Senado, para investigar as causas. 20

21 Recente pesquisa de opinião mostrou que a Força Aérea Brasileira é a instituição de maior credibilidade entre os brasileiros. Em segundo lugar vem a INFRAERO e, em terceiro, a ANAC, que precisa ser devidamente reformulada e fortalecida para cumprir sua finalidade precípua. As Forças Armadas de modo geral são democratas por natureza, são profissionais. Temos as melhores Forças Armadas do mundo. Só intervêm quando solicitadas e normalmente instituem o poder civil. Sua participação naquele episódio ocorrido há 20 anos é devido ao fato de o poder civil não ter sido capaz de assumir, naquele momento, as responsabilidades do País. O Brigadeiro Juniti Saito, Comandante da Aeronáutica, ao participar da reunião na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, em nome da corporação mostrou o atual quadro da Força Aérea Brasileira. De 719 aviões, 220 estão parados por falta de manutenção; dos 499 em uso, somente 267 estão em plena atividade. Há um projeto para fortalecer e reequipar as Forças Aéreas Brasileiras em Ao Ministro da Defesa, Nelson Jobim, este grande brasileiro, extraordinário homem público, brilhante nos diferentes cargos que ocupou, saindo-se sempre airosamente, e ao Presidente Lula, esse grande Presidente da República que engrandece este País, quero fazer um apelo para que antecipem a liberação desses recursos. E que esta Casa tenha a devida responsabilidade de fazer uma emenda ao Orçamento para permitir a reequiparação da Força Aérea Brasileira, para o bem do País e para o bem dos brasileiros. 21

22 Finalizando quero registrar que são os valorosos militares da Aeronáutica que se espelham hoje no exemplo do Brigadeiro Eduardo Gomes e assim enobrecem as Forças Armadas como representantes da sociedade brasileira. Muito obrigado.(palmas.) 22

23 O SR. PRESIDENTE (Arlindo Chinaglia) - Convido o Deputado Henrique Eduardo Alves para assumir a Presidência desta sessão solene, para também homenageá-lo pela iniciativa. Informo a todos que a minha ausência e do Deputado Inocêncio Oliveira a seguir se darão devido a atividades da Mesa. É praxe na Casa ceder a presidência dos trabalhos da sessão solene ao autor ou aos autores do requerimento. E esse será o caso. Portanto, nossos cumprimentos, mais uma vez, à Força Aérea Brasileira. O Sr. Arlindo Chinaglia, Presidente, deixa a cadeira da presidência, que é ocupada pelo Sr. Henrique Eduardo Alves, 2º do art. 18 do Regimento Interno. 23

24 O SR. PRESIDENTE (Henrique Eduardo Alves) - É com muita honra que assumo a Presidência na condição de autor do requerimento desta sessão solene, que engrandece profundamente a Casa pela presença maciça e respeitável de todas as senhoras e os senhores da Aeronáutica. Concedo a palavra ao Deputado Colbert Martins, que falará pela Liderança do meu partido, o PMDB. O SR. COLBERT MARTINS (Bloco/PMDB-BA. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, Deputado Henrique Eduardo Alves; Sr. Tenente-Brigadeiro-do-Ar Juniti Saito, Comandante da Aeronáutica e representante do Ministro da Defesa, Nelson Jobim; General-de-Exército Luiz Edmundo Maia de Carvalho, Chefe do Estado- Maior do Exército, representante do Comandante do Exército, General Enzo Martins Peri; Almirante-de-Esquadra Álvaro Luiz Pinto, Secretário-Geral da Marinha, representante do Comandante da Marinha, Almirante-de-Esquadra Júlio Soares de Moura Neto; Tenente-Brigadeiro-do-Ar Henrique Marini e Souza, Ministro-Presidente do Superior Tribunal Militar; senhoras e senhores das Forças Armadas e da Aeronáutica, Sras. e Srs. Deputados, um bom meio de avaliar a importância de determinada tecnologia é imaginar como seria nosso cotidiano se ela não estivesse presente. Sem a aviação, a sociedade globalizada em que vivemos provavelmente nem teria sido possível, e isso diz tudo sobre o significado do grande feito do brasileiro Alberto Santos Dumont, relembrado, anualmente, no Dia do Aviador. Mais que a formalidade da data comemorativa, portanto, 23 de outubro dia em que ocorreu, há 101 anos, o vôo pioneiro de um aparelho mais pesado que o ar transformou-se em marco histórico mundial, o que devemos assinalar com entusiasmo. 24

E já surgia vitoriosa! Pois todos os vetos de Goulart foram rejeitados.

E já surgia vitoriosa! Pois todos os vetos de Goulart foram rejeitados. Senhoras e senhores Companheiros da Radiodifusão, É para mim e para todos os meus colegas da ABERT uma enorme alegria e uma honra receber tantos amigos e presenças ilustres nesta noite em que comemoramos

Leia mais

Senhoras e Senhores Parlamentares; está desenvolvendo a frente desta Casa, onde tem. demostrado uma postura séria e coerente, ajudando o nosso

Senhoras e Senhores Parlamentares; está desenvolvendo a frente desta Casa, onde tem. demostrado uma postura séria e coerente, ajudando o nosso Discurso proferido pelo Deputado Federal Capitão Wayne, dia 28/06/2005, por ocasião da Sessão Solene em Homenagem aos Bombeiros Militares. Senhor Presidente; Senhores Comandantes Geral do Bombeiro Militar;

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 66 Discurso na solenidade de comemoração

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 32 Discurso na inauguração da ala

Leia mais

DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO NÚCLEO DE REDAÇÃO FINAL EM COMISSÕES TEXTO COM REDAÇÃO FINAL

DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO NÚCLEO DE REDAÇÃO FINAL EM COMISSÕES TEXTO COM REDAÇÃO FINAL CÂMARA DOS DEPUTADOS DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO NÚCLEO DE REDAÇÃO FINAL EM COMISSÕES TEXTO TRANSCRIÇÃO IPSIS VERBIS CPI - SIVAM EVENTO: Reunião Ordinária N : 0454/02 DATA: 21/05/02

Leia mais

INFORMES SETORIAL Aeronáutica fala sobre a segurança nos céus do Brasil

INFORMES SETORIAL Aeronáutica fala sobre a segurança nos céus do Brasil INFORMES SETORIAL Aeronáutica fala sobre a segurança nos céus do Brasil A reportagem exibida na semana passada mostrava algumas falhas na comunicação entre o avião monomotor em que estava o nosso repórter

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 110 Discurso na cerimónia de formatura

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 21 DE ABRIL PALÁCIO DO PLANALTO BRASÍLIA-DF

Leia mais

PROGRAMA ESPACIAL BRASILEIRO. Camila Maria Sitko (ICV-UNICENTRO), Eduardo Vicentini (Orientador), e- mail: camilasitko@yahoo.com.br.

PROGRAMA ESPACIAL BRASILEIRO. Camila Maria Sitko (ICV-UNICENTRO), Eduardo Vicentini (Orientador), e- mail: camilasitko@yahoo.com.br. PROGRAMA ESPACIAL BRASILEIRO Camila Maria Sitko (ICV-UNICENTRO), Eduardo Vicentini (Orientador), e- mail: camilasitko@yahoo.com.br. Universidade Estadual do Centro-Oeste, Setor de Ciências Exatas e de

Leia mais

o Sr. Gérson Camata - Permite-me V. Ex a um aparte? o Sr. Jutahy Magalhães - Ouço V. Ex a com prazer. (71 Senador JUTAHY MAGALHÃES

o Sr. Gérson Camata - Permite-me V. Ex a um aparte? o Sr. Jutahy Magalhães - Ouço V. Ex a com prazer. (71 Senador JUTAHY MAGALHÃES (71 Senador JUTAHY MAGALHÃES PSDB BA Eu gostaria de dizer - já é do conhecimento público - que o Deputado Jamil Haddad, Ministro da Saúde do atual Governe), colocou seu cargo à disposição do Presidente

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI COMPLEMENTAR Nº 97, DE 9 DE JUNHO DE 1999 Dispõe sobre as normas gerais para a organização, o preparo e o emprego das Forças Armadas.

Leia mais

Discurso da Presidenta da República, Dilma Rousseff, durante almoço de confraternização com os Oficiais-Generais das Forças Armadas

Discurso da Presidenta da República, Dilma Rousseff, durante almoço de confraternização com os Oficiais-Generais das Forças Armadas Discurso da Presidenta da República, Dilma Rousseff, durante almoço de confraternização com os Oficiais-Generais das Forças Armadas Quartel General do Exército Brasília-DF, 20 de dezembro de 2012 Boa tarde

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Goiânia, 24 de outubro de 1962. Na

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 21 Discurso na cerimónia de instalação

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca RIO DE JANEIRO, 25 DE NOVEMBRO DE

Leia mais

O SR. ISAÍAS SILVESTRE (PSB-MG) pronuncia o. Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados,

O SR. ISAÍAS SILVESTRE (PSB-MG) pronuncia o. Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, O SR. ISAÍAS SILVESTRE (PSB-MG) pronuncia o seguinte discurso: Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, gostaria de Parabenizar o Dep. Adelor Vieira pela iniciativa louvável de requerer esta Sessão

Leia mais

DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO NÚCLEO DE REDAÇÃO FINAL EM COMISSÕES TEXTO SEM SUPERVISÃO

DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO NÚCLEO DE REDAÇÃO FINAL EM COMISSÕES TEXTO SEM SUPERVISÃO CÂMARA DOS DEPUTADOS DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO NÚCLEO DE REDAÇÃO FINAL EM COMISSÕES TEXTO TRANSCRIÇÃO IPSIS VERBIS CPI - SIVAM EVENTO: N : 0528/02 DATA: 04/06/02 INÍCIO: 15h35min TÉRMINO:

Leia mais

Centenário da Imigração Japonesa

Centenário da Imigração Japonesa Centenário da Imigração Japonesa MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES Ministro de Estado Secretário-Geral Embaixador Celso Amorim Embaixador Samuel Pinheiro Guimarães FUNDAÇÃO ALEXANDRE DE GUSMÃO Presidente

Leia mais

DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO

DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO SESSÃO: 237.2.54.O DATA: 04/09/12 TURNO: Noturno TIPO DA SESSÃO: Extraordinária - CD LOCAL: Plenário Principal - CD INÍCIO: 21h11min TÉRMINO: 21h21min DISCURSOS

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher Palácio do Planalto, 12 de março de 2003 Minha cara ministra Emília Fernandes, Minha cara companheira Benedita da

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 81 Discurso na cerimónia de entrega

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 77 Discurso na cerimónia de lançamento

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Pronunciamento na primeira reunião

Leia mais

02/12/2004. Discurso do Presidente da República

02/12/2004. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de entrega do Prêmio Finep e sanção da Lei de Inovação de Incentivo à Pesquisa Tecnológica Palácio do Planalto, 02 de dezembro de 2004 Meus companheiros ministros,

Leia mais

CIDADANIA FINANCEIRA A Educação e a Tecnologia a Serviço do Cidadão

CIDADANIA FINANCEIRA A Educação e a Tecnologia a Serviço do Cidadão CIDADANIA FINANCEIRA A Educação e a Tecnologia a Serviço do Cidadão Ozires Silva UNIMONTE Reitor 04 Novembro 2015 Educar-se financeiramente pode agregar à vida, conhecimentos úteis, dicas aplicáveis e

Leia mais

DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO

DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO SESSÃO: 314.3.54.O DATA: 10/10/13 TURNO: Matutino TIPO DA SESSÃO: Não Deliberativa Solene - CD LOCAL: Plenário Principal - CD INÍCIO: 10h40min TÉRMINO: 12h18min

Leia mais

Discurso da Presidente da Comissão Organizadora das Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, Profª Doutora Elvira

Discurso da Presidente da Comissão Organizadora das Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, Profª Doutora Elvira Discurso da Presidente da Comissão Organizadora das Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, Profª Doutora Elvira Fortunato Lamego, 10 de Junho de 2015 Senhor Presidente

Leia mais

LIGA DOS COMBATENTES

LIGA DOS COMBATENTES LIGA DOS COMBATENTES NÚCLEO DISTRITAL DE VIANA DO CASTELO DISCURSO EVOCATIVO DO 95º ANIVERSÁRIO DO ARMISTÍCIO DA 1ª GUERRA MUNDIAL, O 90º ANIVERSÁRIO DA FUNDAÇÃO DA LIGA DOS COMBATENTES E O 39º ANIVERSÁRIO

Leia mais

Câmara Municipal de Cubatão

Câmara Municipal de Cubatão 2 ATA DA 1ª SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DO 2º ANO LEGISLATIVO DA 16ª LEGISLATURA REALIZADA EM 27 DE MAIO DE 2014 PRESIDÊNCIA - Sr. César da Silva Nascimento. SECRETARIAS - Sr. Fábio Alves Moreira e Sr. Ricardo

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 36 Discurso por ocasião do jantar

Leia mais

Miguel Nicolelis: Vamos transformar o RN na Califórnia

Miguel Nicolelis: Vamos transformar o RN na Califórnia Miguel Nicolelis: Vamos transformar o RN na Califórnia Emanuel Amaral CIÊNCiA - Reconhecido internacionalmente, Miguel Nicolelis tem planos ambiciosos para o RN 05/08/2007 - Tribuna do Norte Anna Ruth

Leia mais

SAUDAÇÃO À BANDEIRA NOVEMBRO/2008 A BANDEIRA DO BRASIL

SAUDAÇÃO À BANDEIRA NOVEMBRO/2008 A BANDEIRA DO BRASIL SAUDAÇÃO À BANDEIRA 2008 NOVEMBRO/2008 A BANDEIRA DO BRASIL Quando Dom Pedro I ergueu a espada E independência pediu O povo gritou com força E liberdade conseguiu. Foram feitas outras bandeiras Para o

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 106 Discurso na cerimónia de entrega

Leia mais

PATOS, ASAS E BALÕES

PATOS, ASAS E BALÕES PATOS, ASAS E BALÕES Nível de Ensino/Faixa Etária: Série indicada para o Ensino Fundamental (EF9) de 4º, 5º, 6º e 7º anos. Áreas Conexas: História, Ciências, Geografia, Artes, Língua Portuguesa e Estrangeira.

Leia mais

COMISSÃO DE RELAÇÕES EXTERIORES E DE DEFESA NACIONAL. MENSAGEM N o 546, DE 2005

COMISSÃO DE RELAÇÕES EXTERIORES E DE DEFESA NACIONAL. MENSAGEM N o 546, DE 2005 COMISSÃO DE RELAÇÕES EXTERIORES E DE DEFESA NACIONAL MENSAGEM N o 546, DE 2005 Submete ao Congresso Nacional o texto do Acordo entre o Governo da República Federativa do Brasil e o Governo da República

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 54 Discurso na cerimónia de inauguração

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 97, DE 9 DE JUNHO DE 1999. Dispõe sobre as normas gerais para a organização, o preparo e o emprego das Forças Armadas.

LEI COMPLEMENTAR Nº 97, DE 9 DE JUNHO DE 1999. Dispõe sobre as normas gerais para a organização, o preparo e o emprego das Forças Armadas. LEI COMPLEMENTAR Nº 97, DE 9 DE JUNHO DE 1999 Dispõe sobre as normas gerais para a organização, o preparo e o emprego das Forças Armadas. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta

Leia mais

III ENCONTRO Economia Ecológica e a Gestão Ambiental: elementos para o Desenvolvimento Sustentável GESTÃO AMBIENTAL: ESTADO, EMPRESAS E ONG.

III ENCONTRO Economia Ecológica e a Gestão Ambiental: elementos para o Desenvolvimento Sustentável GESTÃO AMBIENTAL: ESTADO, EMPRESAS E ONG. III ENCONTRO Economia Ecológica e a Gestão Ambiental: elementos para o Desenvolvimento Sustentável Pedro Bara Neto 1 GESTÃO AMBIENTAL: ESTADO, EMPRESAS E ONG. CASO SIPAM Enseja a proposta temática a discussão

Leia mais

Pronunciamento Exército 18.08.2014 (Senador Pedro Taques) Senhor Presidente, Senhores senadores, Amigos que nos acompanham na TV Senado,

Pronunciamento Exército 18.08.2014 (Senador Pedro Taques) Senhor Presidente, Senhores senadores, Amigos que nos acompanham na TV Senado, Pronunciamento Exército 18.08.2014 (Senador Pedro Taques) Senhor Presidente, Senhores senadores, Amigos que nos acompanham na TV Senado, Hoje minha palavra é dirigida a uma classe importante para o Brasil:

Leia mais

45 ANOS DO PRIMEIRO VOO DO EMB 100 BANDEIRANTE. Semana da Asa 2013

45 ANOS DO PRIMEIRO VOO DO EMB 100 BANDEIRANTE. Semana da Asa 2013 45 ANOS DO PRIMEIRO VOO DO EMB 100 BANDEIRANTE Semana da Asa 2013 A Semana da Asa e o Bandeirante A Semana da Asa foi Idealizada pelo aviador Godofredo Vidal em 1935 e viabilizada pela Comissão de Turismo

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 13 Discurso em jantar oferecido ao

Leia mais

UNIDADE 2 Empreendedorismo

UNIDADE 2 Empreendedorismo UNIDADE 2 Empreendedorismo O mundo tem sofrido inúmeras transformações em períodos de tempo cada vez mais curtos. Alguns conceitos relativos à administração predominaram em determinados momentos do século

Leia mais

MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU DA ADJETIVO - CETEP

MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU DA ADJETIVO - CETEP MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU DA ADJETIVO - CETEP Solenidade de Colação de Grau A Colação de grau é o ato Institucional que se realiza para conferir graus acadêmicos aos formandos, em dia e hora marcados.

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 11 Discurso na cerimónia de posse

Leia mais

BANDEIRA NACIONAL: IDENTIDADE BRASILEIRA

BANDEIRA NACIONAL: IDENTIDADE BRASILEIRA SAUDAÇÃO À BANDEIRA 2009 NOVEMBRO/2009 BANDEIRA NACIONAL: IDENTIDADE BRASILEIRA Assim como nós, cidadãos, temos documentos para sermos identificados onde quer que estejamos, como brasileiros temos nossa

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Lançamento do Programa «Pólos Florestais»

Leia mais

DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO

DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO SESSÃO: 380.1.55.O DATA: 07/12/15 TURNO: Matutino TIPO DA SESSÃO: Não Deliberativa Solene - CD LOCAL: Plenário Principal - CD INÍCIO: 11h38min TÉRMINO: 13h54min

Leia mais

SENHORAS E SENHORES RERESENTANTES DOS DIFERENTES ÓRGAOS E ENTIDADES. SENHORAS E SENHORES TRABALHADORES DE EDUCAÇÃO DESTE CENTRO.

SENHORAS E SENHORES RERESENTANTES DOS DIFERENTES ÓRGAOS E ENTIDADES. SENHORAS E SENHORES TRABALHADORES DE EDUCAÇÃO DESTE CENTRO. SENHORAS AUTORIDADES PRESENTES NESTE ATO DE POSSE. SENHORAS E SENHORES RERESENTANTES DOS DIFERENTES ÓRGAOS E ENTIDADES. SENHORAS E SENHORES TRABALHADORES DE EDUCAÇÃO DESTE CENTRO. CAROS ESTUDANTES E DEMAIS

Leia mais

Mensagem do senhor presidente da República para a 3ª Fispal Latino e ao 28º Congresso Hemisférico das Câmaras do Comércio e Indústrias Latinas:

Mensagem do senhor presidente da República para a 3ª Fispal Latino e ao 28º Congresso Hemisférico das Câmaras do Comércio e Indústrias Latinas: Íntegras da mensagem do Presidente Lula e do discurso da ministra Marta Suplicy no encerramento do XXVIII Congresso Hemisférico de Câmaras de Comércio e Indústrias Latinas Miami 02/06/2007. Antes de tudo,

Leia mais

Excelentíssima Senhora Dilma Roussef, Presidenta do nosso país,

Excelentíssima Senhora Dilma Roussef, Presidenta do nosso país, Excelentíssima Senhora Dilma Roussef, Presidenta do nosso país, Em nome dos presentes neste evento, gostaria de começar agradecendo à Vossa Excelência por acolher em Palácio e presidir a cerimônia de posse

Leia mais

Leia a íntegra do pronunciamento da presidente eleita Dilma Rousseff

Leia a íntegra do pronunciamento da presidente eleita Dilma Rousseff 31/10/2010 23h56 - Atualizado em 01/11/2010 11h24 Leia a íntegra do pronunciamento da presidente eleita Dilma Rousseff Em Brasília, ela fez primeiro discurso após anúncio do resultado da eleição. Ela afirmou

Leia mais

É uma enorme honra para mim assumir, hoje, o comando da Brigada de Reacção Rápida.

É uma enorme honra para mim assumir, hoje, o comando da Brigada de Reacção Rápida. Discurso tomada de posse do Major-General Fernando Serafino como Comandante da Brigada de Reacção Rápida, em Tancos a 30 de Maio de 2011. Oficiais, Sargentos, Praças e Funcionários Civis da Brigada de

Leia mais

DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA REVISÃO E REDAÇÃO SESSÃO: 130.2.53.O. TURNO: Vespertino. TIPO DA SESSÃO: Solene - CD. LOCAL: Plenário Principal - CD

DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA REVISÃO E REDAÇÃO SESSÃO: 130.2.53.O. TURNO: Vespertino. TIPO DA SESSÃO: Solene - CD. LOCAL: Plenário Principal - CD DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA REVISÃO E REDAÇÃO SESSÃO: 130.2.53.O DATA: 06/06/08 TURNO: Vespertino TIPO DA SESSÃO: Solene - CD LOCAL: Plenário Principal - CD INÍCIO: 15h12min TÉRMINO: 15h57min DISCURSOS

Leia mais

Eleições presidenciais no Brasil em 2010: o perfil dos candidatos e de suas alianças

Eleições presidenciais no Brasil em 2010: o perfil dos candidatos e de suas alianças Eleições presidenciais no Brasil em 2010: o perfil dos candidatos e de suas alianças Aline Bruno Soares Rio de Janeiro, julho de 2010. Desde seu início, o ano de 2010 tem se mostrado marcante em relação

Leia mais

Discurso do Secretário de Estado do Emprego. Octávio Oliveira. Dia Nacional do Mutualismo. 26 de outubro 2013 Centro Ismaili, Lisboa

Discurso do Secretário de Estado do Emprego. Octávio Oliveira. Dia Nacional do Mutualismo. 26 de outubro 2013 Centro Ismaili, Lisboa Discurso do Secretário de Estado do Emprego Octávio Oliveira Dia Nacional do Mutualismo 26 de outubro 2013 Centro Ismaili, Lisboa Muito boa tarde a todos! Pretendia começar por cumprimentar o Senhor Presidente

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca o futuro, sem esquecer as nossas

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 88 Discurso na cerimónia de inauguração

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 108 Solenidade de Entrega do 7a Prémio

Leia mais

União das Polícias faz violência cair no Município Após assumir há seis

União das Polícias faz violência cair no Município Após assumir há seis 2 3 União das Polícias faz violência cair no Município Após assumir há seis meses a Seccional de Diadema, a delegada Martha Rocha de Castro (foto) afirma que está feliz com o trabalho da Polícia Civil,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca fervor, repeli-o com vigor. Lembrai-vos

Leia mais

INFORMATIVO DOZE DE OURO

INFORMATIVO DOZE DE OURO INFORMATIVO DOZE DE OURO ABRIL 2013/24 EDITORIAL O IDO do início de abril destaca algumas das atividades que conferem ao Btl o conhecido reconhecimento no âmbito da 4ª RM: Capacitação dos Quadros para

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca BRASÍLIA, 2 DE FEVEREIRO DE 1960.

Leia mais

Classe de espaço aéreo

Classe de espaço aéreo Curso n 7 Classe de espaço aéreo As classes de espaço aéreo são uma normalização dos serviços prestados nos espaços aéreos. Uma classe de espaço define os serviços que são prestados de acordo com o regime

Leia mais

DISCURSO ABERTURA DO SEMINÁRIO DA OISC CPLP HOTEL PESTANA, 10 DE JUNHO DE 2013, SUA EXCELÊNCIA O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA NACIONAL;

DISCURSO ABERTURA DO SEMINÁRIO DA OISC CPLP HOTEL PESTANA, 10 DE JUNHO DE 2013, SUA EXCELÊNCIA O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA NACIONAL; DISCURSO ABERTURA DO SEMINÁRIO DA OISC CPLP HOTEL PESTANA, 10 DE JUNHO DE 2013, SUA EXCELÊNCIA O PRESIDENTE DA REPÚBLICA; SUA EXCELÊNCIA O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA NACIONAL; MERITÍSSIMO JUIZ CONSELHEIRO

Leia mais

4 NOVA ELEIÇÃO PARA A PRESIDÊNCIA DO SENADO FEDERAL ( 1º do art. 59 do RISF)

4 NOVA ELEIÇÃO PARA A PRESIDÊNCIA DO SENADO FEDERAL ( 1º do art. 59 do RISF) 4 NOVA ELEIÇÃO PARA A PRESIDÊNCIA DO SENADO FEDERAL ( 1º do art. 59 do RISF) Em 20 de setembro de 2001, realizou-se Sessão Extraordinária, às 14h30, destinada à eleição do Presidente do Senado Federal

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 26 DE OUTUBRO PALANQUE-PRAÇA SÃO

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca São Paulo, 10 de dezembro de 1961.

Leia mais

Discurso do concluinte do Ensino Médio Gabriel Mansur Colação 2011. Excelentíssimo Senhor Manoel de Medeiros Brito, Presidente da Liga de

Discurso do concluinte do Ensino Médio Gabriel Mansur Colação 2011. Excelentíssimo Senhor Manoel de Medeiros Brito, Presidente da Liga de Discurso do concluinte do Ensino Médio Gabriel Mansur Colação 2011 Excelentíssimo Senhor Manoel de Medeiros Brito, Presidente da Liga de Ensino do RN, Excelentíssima Senhora Angela Guerra, diretora do

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca deirantes de ontem, mas dos homens

Leia mais

República de Moçambique. Presidência da República

República de Moçambique. Presidência da República República de Moçambique Presidência da República Discurso de Sua Excelência Filipe Jacinto Nyusi, Presidente da República de Moçambique e Comandante-Chefe das Forças de Defesa e Segurança, por ocasião

Leia mais

DISCURSO PROFERIDO PELO NOBRE DEPUTADO HELIO DE SOUSA, EM CARÁTER EXCEPCIONAL, NO DIA 08 DE OUTUBRO DE 2015

DISCURSO PROFERIDO PELO NOBRE DEPUTADO HELIO DE SOUSA, EM CARÁTER EXCEPCIONAL, NO DIA 08 DE OUTUBRO DE 2015 DISCURSO PROFERIDO PELO NOBRE DEPUTADO HELIO DE SOUSA, EM CARÁTER EXCEPCIONAL, NO DIA 08 DE OUTUBRO DE 2015 Senhores Deputados, meu pronunciamento é em caráter excepcional. Eu tenho uma história de vida

Leia mais

Brasileira percorre 7 mil quilômetros para contar histórias de refugiados africanos

Brasileira percorre 7 mil quilômetros para contar histórias de refugiados africanos Brasileira percorre 7 mil quilômetros para contar histórias de refugiados africanos por Por Dentro da África - quarta-feira, julho 29, 2015 http://www.pordentrodaafrica.com/cultura/brasileira-percorre-7-mil-quilometros-para-contar-historias-derefugiados-africanos

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 40 Discurso na cerimónia comemorativa

Leia mais

Senhor Ministro da Defesa Nacional, Professor Azeredo Lopes, Senhora Vice-Presidente da Assembleia da República, Dra.

Senhor Ministro da Defesa Nacional, Professor Azeredo Lopes, Senhora Vice-Presidente da Assembleia da República, Dra. Senhor Representante de Sua Excelência o Presidente da República, General Rocha Viera, Senhor Ministro da Defesa Nacional, Professor Azeredo Lopes, Senhora Vice-Presidente da Assembleia da República, Dra.

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Cerimônia de Assinatura do Decreto

Leia mais

Daniel Nunes Pereira

Daniel Nunes Pereira -Excelentíssimos vereadores e vereadoras -Excelentíssimos comendadores e comendadeiras -Excelentíssimos secretários e demais autoridades presentes -Imprensa que democraticamente acompanha diariamente os

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Lançamento da Campanha Contra a Poliomielite

Leia mais

Excelentíssima Senhora Desembargadora Maria Helena Mallmann, Digníssima Presidente do Egrégio Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região;

Excelentíssima Senhora Desembargadora Maria Helena Mallmann, Digníssima Presidente do Egrégio Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região; Discurso Sessão Solene de Ratificação de Posse das Desembargadoras Lucia Ehrenbrink e Tânia Regina Silva Reckziegel 30/11/2012 18 horas Plenário do TRT4 Excelentíssima Senhora Desembargadora Maria Helena

Leia mais

de Matos, enquanto trilhava o caminho do aperfeiçoamento no trabalho e do enriquecimento humanístico. Com o advento da Revolução de 1930, O Globo

de Matos, enquanto trilhava o caminho do aperfeiçoamento no trabalho e do enriquecimento humanístico. Com o advento da Revolução de 1930, O Globo O SR. INOCÊNCIO OLIVEIRA (PMDB/PE pronuncia o seguinte discurso.) Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados: Um dos símbolos da modernidade brasileira e referência internacional em tecnologia de vanguarda,

Leia mais

Jobim diz que empresas aéreas fazem "terrorismo" para impedir mudanças

Jobim diz que empresas aéreas fazem terrorismo para impedir mudanças Jobim diz que empresas aéreas fazem "terrorismo" para impedir mudanças CAPA KLÉCIO SANTOS A bordo de um avião da FAB, ZH acompanhou a primeira vinda de Nelson Jobim a Porto Alegre como ministro da Defesa.

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 42 Discurso no Hotel Tropical MANAUS,

Leia mais

ESTATUTO DA ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA

ESTATUTO DA ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA ESTATUTO DA ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA Nós, representantes democraticamente eleitos dos Parlamentos de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné- Bissau, Moçambique, Portugal,

Leia mais

DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA REVISÃO E REDAÇÃO SESSÃO: 156.2.53.O. TIPO DA SESSÃO: Solene - CD. LOCAL: Plenário Principal - CD.

DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA REVISÃO E REDAÇÃO SESSÃO: 156.2.53.O. TIPO DA SESSÃO: Solene - CD. LOCAL: Plenário Principal - CD. DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA REVISÃO E REDAÇÃO SESSÃO: 156.2.53.O DATA: 30/06/08 TURNO: Matutino TIPO DA SESSÃO: Solene - CD LOCAL: Plenário Principal - CD INÍCIO: 10h51min TÉRMINO: 12h21min DISCURSOS RETIRADOS

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 81 Discurso no jantar oferecido pelo

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca MO DE JANEIRO, 7 DE ABRIL DE 1958.

Leia mais

DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO NÚCLEO DE REDAÇÃO FINAL EM COMISSÕES TEXTO COM REDAÇÃO FINAL TRANSCRIÇÃO IPSIS VERBIS

DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO NÚCLEO DE REDAÇÃO FINAL EM COMISSÕES TEXTO COM REDAÇÃO FINAL TRANSCRIÇÃO IPSIS VERBIS CÂMARA DOS DEPUTADOS DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO NÚCLEO DE REDAÇÃO FINAL EM COMISSÕES TEXTO TRANSCRIÇÃO IPSIS VERBIS CPI - GRUPOS DE EXTERMÍNIO NO NORDESTE EVENTO: Reunião ordinária

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 17 Discurso no encerramento do Fórum

Leia mais

A Deputada GORETE PEREIRA (PR-CE) pronuncia. discurso sobre o Dia Internacional da Mulher: Senhoras e Senhores Deputados,

A Deputada GORETE PEREIRA (PR-CE) pronuncia. discurso sobre o Dia Internacional da Mulher: Senhoras e Senhores Deputados, A Deputada GORETE PEREIRA (PR-CE) pronuncia discurso sobre o Dia Internacional da Mulher: Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, Queremos, mais uma vez, unirmos às manifestações pelo transcurso

Leia mais

Roteiro Aula 01 Saber Direito.

Roteiro Aula 01 Saber Direito. 1 Roteiro Aula 01 Saber Direito. O Direito aeronáutico Internacional, segundo Rodriguez Jurado: é o conjunto de princípios e normas de direito público e privado, de ordem interna e internacional, que regem

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Reunião de Foz do Iguaçu Excelentíssimo

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 98 Discurso no espaço cultural, em

Leia mais

Hinário SOIS BALIZA De Germano Guilherme

Hinário SOIS BALIZA De Germano Guilherme Hinário SOIS BALIZA De Germano Guilherme Edição oficial do CICLUMIG Flor do Céu De acordo com revisão feita pelo Sr. Luiz Mendes do Nascimento, zelador do hinário. www.mestreirineu.org 1 01 - DIVINO PAI

Leia mais

O Sr. ELIMAR MÁXIMO DAMASCENO (Prona- SP) pronuncia o seguinte discurso: Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, manifestamos o especial

O Sr. ELIMAR MÁXIMO DAMASCENO (Prona- SP) pronuncia o seguinte discurso: Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, manifestamos o especial O Sr. ELIMAR MÁXIMO DAMASCENO (Prona- SP) pronuncia o seguinte discurso: Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, manifestamos o especial sentimento de ocupar a tribuna para tecermos comentários

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 55 Discurso na cerimónia de abertura

Leia mais

CIVISMO. Vamos primeiro conhecer a lei que nos mostra a forma correta de usarmos a nossa bandeira.

CIVISMO. Vamos primeiro conhecer a lei que nos mostra a forma correta de usarmos a nossa bandeira. CIVISMO Civismo é a dedicação pelo interesse público, é o patriotismo que cada cidadão deve ter no seu dia a dia, para isso devemos conhecer bem os nossos símbolos nacionais. Vamos primeiro conhecer a

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 9. INTEGRAÇÃO DA AMAZÔNIA RIO BRANCO,

Leia mais

Quero, também, que os Estaleiros Navais de Viana do Castelo sejam capazes de colocar no exterior noutros mercados, projectos

Quero, também, que os Estaleiros Navais de Viana do Castelo sejam capazes de colocar no exterior noutros mercados, projectos DECLARAÇÕES AOS JORNALISTAS DO MINISTRO PAULO PORTAS, EM VIANA DO CASTELO, APÓS REUNIÕES DE TRABALHO COM O CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO E COM A COMISSÃO DE TRABALHADORES DOS ESTALEIROS NAVAIS DE VIANA DO

Leia mais

AsBea Associação Brasileira de Escritórios de Arquitetura 38ª Assembléia Anual e 1º FORUM INTERNACIONAL

AsBea Associação Brasileira de Escritórios de Arquitetura 38ª Assembléia Anual e 1º FORUM INTERNACIONAL AsBea Associação Brasileira de Escritórios de Arquitetura 38ª Assembléia Anual e 1º FORUM INTERNACIONAL DE UM MERCADOS SEM FRONTEIRAS AO FUTURO DA ARQUITETURA Ozires Silva UNIMONTE 21 Maio 2010 SÉCULO

Leia mais

REQUERIMENTO. (Do Sr. Deputado Celso Russomanno)

REQUERIMENTO. (Do Sr. Deputado Celso Russomanno) REQUERIMENTO (Do Sr. Deputado Celso Russomanno) Requer o envio de Indicação ao Poder Executivo, relativo à criação de órgão civil para controle do tráfego aéreo. Senhor Presidente: Nos termos do art. 113,

Leia mais

TRANSPORTE AEROVIÁRIO. Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados!

TRANSPORTE AEROVIÁRIO. Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados! TRANSPORTE AEROVIÁRIO Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados! Dentre os diferentes segmentos de transportes no Brasil, o que recebe menor atenção por parte das autoridades e, conseqüentemente,

Leia mais