PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ARAUCÁRIA. Concurso Público Edital n 041/2012. Prova Objetiva 20/05/2012. Cirurgião Dentista

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ARAUCÁRIA. Concurso Público Edital n 041/2012. Prova Objetiva 20/05/2012. Cirurgião Dentista"

Transcrição

1 PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ARAUCÁRIA Concurso Público Edital n 041/2012 Prova Objetiva 20/05/2012 Anos 212 Cirurgião Dentista INSTRUÇÕES 1. Confira, abaixo, o seu número de inscrição, turma e nome. Assine no local indicado. 2. Aguarde autorização para abrir o caderno de prova. Antes de iniciar a resolução das questões, confira a numeração de todas as páginas. 3. A prova é composta de 50 questões objetivas e 1 questão discursiva. 4. Nesta prova, as questões objetivas são de múltipla escolha, com 5 alternativas cada uma, sempre na sequência a, b, c, d, e, das quais somente uma deve ser assinalada. 5. As questões discursivas deverão ser resolvidas no caderno de provas e transcritas nas folhas de versão definitiva, que serão distribuídas pelo aplicador de prova no momento oportuno. 6. A interpretação das questões é parte do processo de avaliação, não sendo permitidas idas perguntas aos aplicadores de prova. 7. Ao receber o cartão-resposta e as folhas de versão definitiva, examine-os e verifique ique se o nome impresso neles corresponde ao seu. Caso haja qualquer irregularidade, ade, comunique-a imediatamente ao aplicador de prova. 8. O cartão-resposta deverá ser preenchido com caneta esferográfica preta, tendo-se o cuidado de não ultrapassar o limite do espaço para cada marcação. 9. As respostas das questões discursivas devem ser transcritas NA ÍNTEGRA para as folhas de versão definitiva, com caneta preta. Serão consideradas para correção apenas as respostas que constem na folha de versão definitiva. 10. Não serão permitidos empréstimos, consultas e comunicação entre os candidatos, tampouco o uso de livros, apontamentos e equipamentos eletrônicos ou não, inclusive relógio. O não cumprimento dessas exigências implicará a eliminação do candidato. 11. Os aparelhos celulares deverão ser desligados e colocados OBRIGATORIAMENTE no saco plástico. Caso essa exigência seja descumprida, o candidato será excluído do concurso. 12. A duração da prova é de 4 horas. Esse tempo inclui a resolução das questões e a transcrição das respostas para o cartão-resposta e para as folhas de versão definitiva. 13. Ao concluir a prova, permaneça a em seu lugar e comunique ao aplicador de prova. Aguarde autorização para entregar o caderno de prova, o cartão-resposta, a folha de versão definitiva e a ficha de identificação. 14. Se desejar, anote as respostas no quadro abaixo, recorte na linha indicada e leve-o consigo. DURAÇÃO DESTA PROVA: 4 horas. Língua Portuguesa Raciocínio Lógico Informática Conhecimentos Gerais e Atualidades Conhecimentos Específicos Discursiva NÚMERO DE INSCRIÇÃO TURMA NOME DO CANDIDATO ASSINATURA DO CANDIDATO... RESPOSTAS

2 2

3 3 As questões de 01 a 04 baseiam-se no texto a seguir. Apessoados LÍNGUA PORTUGUESA Nossa língua tem mistérios nunca devidamente estudados ou então já fartamente esclarecidos sem que nós, os comuns, ficássemos sabendo. Por exemplo: nunca entendi o que quer dizer "bem apessoado". Se existe "bem apessoado" deve existir "mal apessoado" significando exatamente o quê? Eu sei, diz-se que alguém é "bem apessoado" quando tem uma boa aparência. O "bem apessoado" é agradável aos olhos, sua companhia é sempre bem-vinda e seu visual melhora qualquer ambiente. Já o "mal apessoado" deve ser alguém que não se completou como pessoa, que falhou na sua representação humana. Pode até ter um belo interior, mas não o exterioriza. Desconfio que a expressão "bem apessoado" surgiu como eufemismo. Quando não se podia dizer que alguém era bonito, dizia-se que era bem apessoado. Como chamar uma mulher de vistosa quando não se pode chamála de linda. "Vistosa" é um adjetivo suficientemente vago descreve montanhas tanto quanto mulheres para não melindrar ninguém. Curiosamente, não se usa, que eu saiba, "bem apessoada". O termo só se aplica a homens. O que leva a outra conclusão: "bem apessoado" seria uma maneira de um homem falar da beleza de outro homem sem, epa, malentendidos. Bem, você não acha o George Clooney maravilhoso? Bem apessoado, bem apessoado. Outrossim, outro termo intrigante que raramente tive a oportunidade de usar é "outrossim". Descobri que a palavra quer dizer exatamente o que parece, outro "sim", ou um "sim" adicional, mas que nunca é usada nesse sentido. "Outrossim" é como ponto e vírgula: poucos sabem como e onde empregá-lo corretamente. Nas poucas vezes em que usei "outrossim" e ponto e vírgula também foi uma certa trepidação, como quem invade a propriedade de alguém sem saber se vai ser corrido pelos cachorros, no caso os guardiões do vernáculo. Há quem sugira que só se possa usar o ponto e vírgula com autorização expressa da Academia Brasileira de Letras. Outra palavra estranha é "amiúde". Ninguém mais a usa, pelo menos não amiúde. Mas ela pode voltar, graças à música Geni que o Chico Buarque resgatou do seu musical A ópera do malandro e é um dos pontos altos do seu show atual. A Geni vai com todo o mundo... "E também vai amiúde com os velhinhos sem saúde." Bendita Geni. (Luís F. Veríssimo, Gazeta do Povo, 25/03/2012.) 01 - Considerando a definição dada pelo texto, assinale a alternativa que apresenta um eufemismo. a) Todas as casas são bonitas. b) Sua companhia é sempre bem-vinda, c) O orador não foi feliz em suas colocações. d) Outra palavra estranha é amiúde. e) O termo só se aplica a homens Assinale a alternativa que apresenta a explicação correta para "outrossim", de acordo com o texto. a) É sinônimo de "além disso". b) É sinônimo de "não". c) É sinônimo de "às vezes". d) É sinônimo de "por outro lado". e) É sinônimo de "no entanto" De acordo com o texto, amiúde usa-se com o significado de: a) "por isso". b) "nunca". c) "frequentemente". d) "talvez". e) "ainda" De acordo com o texto, o adjetivo serve para designar: a) ações praticadas pelo sujeito. b) o nome dos seres, vivos ou não. c) a relação entre termos ou orações. d) qualidades de um ser. e) quantidades.

4 4 Os quadrinhos abaixo, extraídos do jornal Gazeta do Povo de 23/03/2012, são referência para as questões 05 e No primeiro quadrinho, qual é o sujeito do verbo "conduzir"? a) A força dos bons resultados. b) A felicidade. c) A constancia dos bons resultados. d) Os bons resultados. e) A força e a constancia dos bons resultados O primeiro quadrinho apresenta desvios da norma culta. Assinale a alternativa que os corrige. a) Não é à força, mas a constancia dos bons resultados que conduz os homens a felicidade. b) Não é a força, mas a constância dos bons resultados que conduz os homens a felicidade. c) Não é à força, mas à constância dos bons resultados que conduz os homens a felicidade. d) Não é a força, mas a constância dos bons resultados que conduz os homens à felicidade. e) Não é à força, mas à constância dos bons resultados que conduz os homens à felicidade Considere o texto a seguir, extraído do jornal Gazeta do Povo, de 23/03/2012. Sobre o emprego do futuro do pretérito na norma culta, diz a Gramática Metódica da Língua Portuguesa,de Napoleão Mendes de Almeida, 1979, na p. 231:... para evidenciar uma suposição.... Celso Cunha, em sua Gramática da Língua Portuguesa, 1982, na p. 442, diz:... para exprimir a possibilidade de um fato passado.... Assinale a alternativa que mostra o emprego dessa forma verbal no texto. a)... e mais 26 brasileiros que se encontravam internados (praticamente detidos)... b)... deixavam Bad Giddesberg para serem permutados... c)... por cidadãos retidos no Brasil. d) A negociação foi feita pelo governo português... e)... a troca seria efetivada em Lisboa Considere a seguinte pergunta e a respectiva resposta: Como você faria para derrubar um ovo cru em um piso de concreto sem quebrá-lo? De qualquer maneira, pois pisos de concreto são muito difíceis de quebrar. Sobre a resposta dada, assinale alternativa correta. a) A resposta é adequada, pois retoma uma das interpretações possíveis para a forma pronominal usada em "quebrá-lo". b) A resposta não tem sentido, pois não corresponde à pergunta feita. c) A resposta é adequada, uma vez que toma "ovo cru" como antecedente do pronome "o". d) A resposta é absurda, pois não leva em consideração a relação entre a forma pronominal em "quebrá-lo" e seu antecedente. e) A resposta é adequada, pois leva em conta as duas interpretações possíveis para o antecedente do pronome "o".

5 5 11 RACIOCÍNIO LÓGICO 09 - Desenvolvendo a expressão , obtém-se um número com 13 algarismos. Qual é a soma desses algarismos? a) 89. b) 90. c) 96. d) 98. e) Uma sequência do tipo Fibonacci é uma lista de números na qual os três primeiros termos são escolhidos ao acaso e cada um dos termos seguintes é obtido aplicando-se alguma regra sobre os três termos anteriores. Por exemplo, a seguinte sequência é do tipo Fibonacci: 1, 3, 2, 0, 1, 1, 0, 0, 1, 1,... Caso os três primeiros números fossem 1, 1, 1, usando a mesma regra acima, qual das sequências abaixo seria obtida? a) 1, 1, 1, 0, 2, 2, 0, 0, 2, 2,... b) 1, 1, 1, 0, 0, 1, 1, 1, 0, 1,... c) 1, 1, 1, 0, 1, 1, 2, 3, 5, 8,... d) 1, 1, 1, 1, 1, 3, 5, 9, 17, 31,... e) 1, 1, 1, 1, 2, 4, 8, 16, 32, 64, Considere a seguinte sequência de figuras: x y Por quais valores devemos substituir x e y, respectivamente, para que a sequência lógica fique correta? a) 1 e 2. b) 1 e 4. c) 2 e 1. d) 5 e 4. e) 4 e A sequência de números abaixo foi construída seguindo-se uma regra lógica: 30, 29, 27, 24, 25, 27, 30, 26, x, 15, 19, 24, 30 Respeitando essa regra de construção, qual número deve ser colocado no lugar de x para completar a sequência? a) 23. b) 21. c) 20. d) 19. e) 17. INFORMÁTICA 13 - No que diz respeito ao Windows Explorer, em sistema operacional Windows XP, considere as seguintes afirmativas: 1. Para selecionar arquivos ou pastas não consecutivos, pressione e mantenha pressionada a tecla SHIFT e, em seguida, clique nos itens desejados. 2. Para copiar o item em vez de movê-lo, pressione e mantenha pressionada a tecla SHIFT enquanto o arrasta. 3. Ao arrastar um item para outro disco, ele será copiado, e não movido. 4. Para excluir um arquivo permanentemente, pressione e mantenha pressionada a tecla SHIFT e arraste-o até a Lixeira. a) Somente a afirmativa 1 é verdadeira. b) Somente as afirmativas 1 e 2 são verdadeiras. c) Somente as afirmativas 3 e 4 são verdadeiras. d) Somente as afirmativas 1, 2 e 3 são verdadeiras.

6 No Internet Explorer 9.0, o filtro SmartScreen é: a) um recurso que ajuda a detectar sites de phishing. b) um mecanismo que bloqueia imagens inapropriadas. c) uma conexão SSL (Secure Sockets Layer) de 128 bits para usar sites seguros. d) um recurso que avisa se as configurações de segurança estiverem abaixo dos níveis recomendados. e) um mecanismo que impede que o Internet Explorer 9 armazene dados de sua sessão de navegação Com relação à funcionalidade Pincel no MS Word 2007, considere as seguintes afirmativas: 1. Está localizada na guia Início. 2. Utiliza-se Ctrl+Shift+C como teclas de atalho. 3. Permite a opção de definição de cor, largura e forma do traço. 4. Para usar a cor do plano de fundo, mantenha o botão direito do mouse pressionado e arraste o ponteiro. a) Somente a afirmativa 3 é verdadeira. b) Somente as afirmativas 1 e 2 são verdadeiras. c) Somente as afirmativas 3 e 4 são verdadeiras. d) Somente as afirmativas 1, 2 e 4 são verdadeiras Sobre o MS Excel 2007, considere as seguintes afirmativas: 1. Ao clicar em uma célula e, em seguida, pressionar DELETE ou BACKSPACE, remover-se-á o conteúdo da célula, mas não os comentários ou formatos de célula. 2. O valor de uma célula limpa é 0 (zero); uma fórmula que fizer referência a essa célula receberá um valor Quando se excluem células, elas são removidas da planilha e as células adjacentes são deslocadas para preencher o espaço. 4. Uma fórmula que faz referência a uma célula excluída exibe o valor de erro #REF! a) Somente a afirmativa 1 é verdadeira. b) Somente as afirmativas 2 e 3 são verdadeiras. c) Somente as afirmativas 1, 2 e 4 são verdadeiras. d) Somente as afirmativas 2, 3 e 4 são verdadeiras. CONHECIMENTOS GERAIS E ATUALIDADES 17 - A imagem abaixo foi divulgada na Internet no dia 21 de abril de Considerando os elementos representados e o contexto de sua publicação, é correto afirmar que a imagem: a) critica a influência da igreja sobre os poderes legislativo e executivo. b) mostra como está esquecida a imagem do presidente Juscelino Kubitschek, fundador de Brasília. c) representa a homenagem de um site de buscas à capital brasileira no aniversário de sua fundação. d) destaca a influência do comunismo sobre o congresso, a igreja e a presidência da República. e) denuncia a permanência de práticas de corrupção nas várias instâncias do governo Quando se fala do mau desempenho brasileiro do Programa Internacional de avaliação de alunos (Pisa), costuma-se mencionar a quantidade de alunos nos níveis mais baixos de proficiência. Na prova de leitura, quase metade tirou no máximo nota 2. É muita gente, mas a situação verdadeira é ainda pior: falta considerar quem está fora da escola ou em situação de atraso escolar. No caso brasileiro, esse grupo corresponde a 19,4% da população na faixa etária avaliada. A soma do contingente fora da escola com o de baixa proficiência dá 59,4%. Ou seja: seis em cada dez jovens de 15 anos ou não reúne condições para fazer a prova ou não é capaz de compreender textos relativamente simples. (Adaptado de Nova Escola, mar. 2011) O problema apresentado acima aponta a necessidade de: a) investir na infraestrutura das escolas e na elaboração de material de ensino. b) equipar as escolas e aumentar o acesso dos estudantes à Internet. c) treinar os alunos para realizarem a prova do Pisa. d) melhorar a qualidade do ensino e reduzir a evasão escolar. e) aumentar as horas dedicadas às aulas de leitura nas escolas.

7 7 *19 - Em 2012 serão realizadas eleições municipais em todo o Brasil. A idade requerida para disputa dos cargos de prefeito e vereador são, respectivamente: a) 18 e 21 anos, completos até a data da posse. b) 18 e 21 anos, completos até a data da votação. c) 21 e 25 anos, completos até a data da posse. d) 21 e 25 anos, completos até a data da homologação da candidatura. e) 21 e 25 anos, completos até a data da votação O quadro abaixo contém informações sobre a distribuição da população indígena no Brasil. Distribuição de indígenas por zonas urbana e rural Zona Urbana Zona Rural (http://g1.globo.com/natureza/noticia/2012/04/populacao-indigena-volta-crescer-na-zona-rural-em-2010-diz-ibge.html. Acesso em 22/04/2012.) A partir das informações contidas no quadro, é correto afirmar: a) A migração da população indígena para áreas urbanas se acentuou na primeira década do século 21. b) A população indígena no Brasil aumentou na última década do século 20 e diminuiu na primeira década do século 21. c) Houve um crescimento progressivo da população indígena no Brasil no período de 1991 a d) A proporção de indígenas nas zonas urbanas e rural se manteve constante entre 1991 e e) Na primeira década do século 21, a população indígena no Brasil manteve uma taxa de crescimento similar à observada na última década do século Em relação à sífilis, considere as seguintes afirmativas: CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 1. A sífilis é uma doença infecciosa crônica provocada pela bactéria Treponema pallidum que, ao penetrar na mucosa bucal, produz uma lesão de aspecto bolhoso, denominada de cancro. 2. Indivíduos com sífilis na fase secundária apresentam alterações esbranquiçadas na mucosa bucal, conhecidas por goma sifilítica. 3. A infecção fetal pela bactéria Treponema pallidum pode dar origem aos incisivos de Hutchinson e aos molares de amora. 4. A fase terciária da sífilis compreende o período mais grave da doença, que se caracteriza pelo surgimento de linfoadenopatia indolor, febre e lesões maculopapulares vermelhas difusas cutâneas. a) Somente a afirmativa 3 é verdadeira. b) Somente as afirmativas 2 e 4 são verdadeiras. c) Somente as afirmativas 1, 2 e 4 são verdadeiras. d) Somente as afirmativas 1 e 4 são verdadeiras Em relação aos sinais e sintomas que o paciente pode apresentar, numere a coluna da direita de acordo com sua correspondência com a coluna da esquerda: 1. Xerostomia. 2. Leucemia. 3. Hipogeusia. 4. Ageusia. 5. Disgeusia. ( ) Desordem caracterizada pela diminuição da percepção do paladar. ( ) Desordem bucal caracterizada pela sensação de secura bucal. ( ) Distorção do paladar com ou sem um estímulo presente. ( ) Neoplasia das células brancas do sangue. ( ) Desordem caracterizada pela perda ou ausência do paladar. Assinale a alternativa que apresenta a numeração correta na coluna da direita, de cima para baixo. a) b) c) d) e) * Questão anulada, portanto todos os candidatos serão pontuados.

8 Paciente do sexo masculino, 17 anos de idade, estudante, procurou atendimento odontológico na companhia dos pais com a queixa de apinhamento dentário. Durante o exame físico do paciente, observou-se a presença de uma elevação esbranquiçada semelhante a uma cúspide de esmalte no sulco central dos dentes 34 e 44. O exame radiográfico periapical desses dentes revelou a presença de uma estrutura radiopaca semelhante a um tubérculo, que exibia uma discreta extensão pulpar. Com base nesses dados clínicos, qual a hipótese diagnóstica que o cirurgião dentista deverá investigar? a) Amelogênese imperfeita. b) Dentinogênese imperfeita. c) Pérola de esmalte. d) Concrescência. e) Dente evaginado Com relação aos exames complementares utilizados em Odontologia, identifique as afirmativas a seguir como verdadeiras (V) ou falsas (F): ( ) Para a confirmação diagnóstica de um caso de candidose bucal, o cirurgião dentista pode utilizar os seguintes exames laboratoriais: velocidade de hemossedimentação e FTA-ABS. ( ) O diagnóstico da síndrome de Sjögren pode ser estabelecido com base nos achados clínicos e com auxílio de dois marcadores sorológicos: o anti-ss-a e o anti-ss-b. ( ) Quando há suspeita de lesão óssea nos maxilares decorrente do hiperparatireoidismo, cabe ao cirurgião dentista realizar uma investigação radiográfica e bioquímica por meio dos níveis séricos de cálcio, fosfato, fosfatase alcalina e do paratormônio. ( ) O cirurgião dentista pode confirmar o diagnóstico de um nevo melanocítico na mucosa bucal por meio da realização de uma biopsia incisional seguida do exame histopatológico. Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo. a) F F V V. b) V F F V. c) V F V F. d) F V V F. e) V V V V Numere a coluna da direita de acordo com sua correspondência com a coluna da esquerda. 1. Apoptose. 2. Displasia. 3. Hipertrofia. 4. Degeneração. 5. Hiperplasia. ( ) Aumento do número de células num órgão ou num tecido. ( ) Condição caracterizada pelo aumento dos constituintes estruturais e das funções celulares, resultando no aumento volumétrico das células e dos órgãos afetados. ( ) Lesões reversíveis decorrentes de alterações bioquímicas que resultam no acúmulo de substâncias no interior das células. ( ) Condição adquirida, caracterizada por alterações do crescimento e da diferenciação celulares acompanhadas de redução ou perda da diferenciação das células afetadas. ( ) Fenômeno em que uma célula é estimulada a acionar mecanismos que culminam com a sua morte. Assinale a alternativa que apresenta a numeração correta na coluna da direita, de cima para baixo. a) b) c) d) e) Em relação às situações de trauma, considere as seguintes afirmativas: 1. Quando um dente é acidentalmente deslocado em seu alvéolo, os vasos sanguíneos podem ser comprimidos ou rompidos e as reações subsequentes na polpa dependem do grau e da duração dos distúrbios circulatórios, do estágio de desenvolvimento radicular e de uma eventual contaminação microbiana dos tecidos afetados. 2. As reabsorções radiculares externas após traumatismos de luxação são descritas como inflamatórias ou por substituição, das quais apenas a reabsorção inflamatória está associada com uma polpa necrosada e infectada. 3. A alteração na coloração de um dente pós-traumatismo pode variar de uma ausência de translucidez até uma descoloração rosa, azulada ou cinza. 4. A anquilose progressiva desenvolve-se quando todo o ligamento periodontal é removido antes do reimplante ou após uma secagem extensa do dente antes do reimplante. a) Somente as afirmativas 3 e 4 são verdadeiras. b) Somente as afirmativas 2 e 4 são verdadeiras. c) Somente as afirmativas 1, 3 e 4 são verdadeiras. d) Somente as afirmativas 1, 2 e 3 são verdadeiras.

9 Uma paciente do sexo feminino, 55 anos de idade, portadora de diabetes, procurou atendimento odontológico com a queixa de odontalgia no dente 21. Durante o atendimento odontológico emergencial para tratar o quadro da dor, a paciente desenvolveu uma tumefação difusa do lábio superior logo após a realização da anestesia local. Com base nesses dados clínicos, qual a hipótese de diagnóstico clínico mais provável para esse caso? a) Leucoedema. b) Sarcoidose. c) Edema angioneurótico. d) Coristoma. e) Queilite glandular Com relação à periodontia, identifique as afirmativas a seguir como verdadeiras (V) ou falsas (F): ( ) A técnica de Bass é um método de escovação que consiste em colocar as cerdas da escova num ângulo de 90 graus em relação ao longo do eixo do dente e vibrar a escova numa direção superior-inferior para remover a placa. ( ) A periodontite é tratada pela remoção da placa e do cálculo, junto com o cemento alterado e por uma efetiva estabilização do controle diário da placa. ( ) O acúmulo local e a retenção de placa aumentam por diversos fatores anatômicos e iatrogênicos, que têm um efeito profundo sobre a saúde do periodonto. ( ) A retração gengival está ligada ao uso frequente de escova de textura macia. Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo. a) F V V F. b) V V F V. c) F V F F. d) V F V F. e) F F V V Em relação à ergonomia, considere as seguintes afirmativas: 1. O cirurgião dentista que não tem uma boa postura durante a jornada de trabalho pode desenvolver varizes e problemas de coluna, tais como cifose, lordose, escoliose e hérnia discal. 2. Quando o cirurgião dentista apresentar problemas na coluna vertebral, deverá fortalecer os músculos da coluna usando um apoio rígido entre as pernas e o encosto do equipo. 3. Para evitar hábitos defeituosos de trabalho, o ideal é que o cirurgião dentista trabalhe utilizando dois mochos, auxiliares, paciente na posição supina, visão direta em todos os quadrantes e equipamento correto de acordo com a técnica de trabalho adotada. 4. Longas horas de trabalho sem intervalo, prolongamento noite adentro e desconsideração ao ritmo de trabalho (como no caso de pessoas com atividades noturnas e diurnas) são situações que influenciam a capacidade de produção do cirurgião dentista. a) Somente a afirmativa 2 é verdadeira. b) Somente as afirmativas 1 e 2 são verdadeiras. c) Somente as afirmativas 1, 3 e 4 são verdadeiras. d) Somente as afirmativas 2, 3 e 4 são verdadeiras Considerando o atendimento do paciente, identifique as afirmativas a seguir como verdadeiras (V) ou falsas (F): ( ) Quando o paciente está sentado na cadeira odontológica na posição supina, a língua cai para trás, fechando a faringe, e a boca pode ser completamente cheia de água sem que o paciente sinta a necessidade de engolir. ( ) A técnica de sucção de alta potência permite que o profissional utilize refrigeração abundante durante os preparos cavitários, elimine a necessidade e o tempo necessário para o paciente cuspir e remova rapidamente a maior parte da água e dos resíduos acumulados na boca, para manter o campo operatório livre e visível. ( ) Certos tipos de pacientes, como os hipertensos, respiradores bucais e mulheres na fase final da gravidez deverão sofrer restrições quanto ao tratamento na posição supina. ( ) O jaleco, as peças do equipo, a cuspideira, o braço da cadeira odontológica e o sugador de saliva representam áreas de forte contaminação no consultório. Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo. a) V V V V. b) V V F V. c) F V F F. d) V F V F. e) F F V F.

10 Com base nas situações de emergências na clínica odontológica, considere as seguintes afirmativas: 1. Se houver a obstrução completa das vias aéreas após a aspiração de um corpo estranho durante um procedimento odontológico, o cirurgião dentista deverá proceder com a pressão abdominal ou manobra de Heimlich até obter sucesso na expulsão do objeto. 2. Deve-se evitar o uso do bisturi elétrico nos pacientes que utilizam marcapasso cardíaco, pois esse equipamento pode interferir no funcionamento do aparelho e desencadear arritmias. 3. A ocorrência de uma convulsão durante o tratamento odontológico, embora possa gerar grande preocupação ao profissional e sua equipe, raramente é uma emergência que precise de outras ações diferentes da simples proteção do paciente contra lesões. 4. A causa mais comum da perda transitória da consciência no consultório odontológico é síncope vagal, que decorre de uma elevação na pressão arterial com correspondente aumento no fluxo sanguíneo cerebral. a) Somente a afirmativa 4 é verdadeira. b) Somente as afirmativas 2 e 4 são verdadeiras. c) Somente as afirmativas 1, 2 e 3 são verdadeiras. d) Somente as afirmativas 1 e 4 são verdadeiras Sobre terapêutica, considere as seguintes afirmativas: 1. A infiltração anestésica sem vasoconstritor pode contribuir para reduzir a perda sanguínea durante um procedimento cirúrgico e auxiliar na visualização do campo operatório. 2. A capsaicina é um alcaloide derivado da pimenta-vermelha e de outras plantas que tem sido usado como tratamento tópico em dores crônicas neurálgicas. 3. Os analgésicos opioides e não opioides são considerados drogas seguras para serem utilizadas por pacientes gestantes. 4. Para uma correta prescrição medicamentosa direcionada aos pacientes pediátricos, o cirurgião-dentista precisa calcular a posologia tomando como base a altura ou a superfície corporal da criança. a) Somente as afirmativas 1 e 2 são verdadeiras. b) Somente as afirmativas 1 e 4 são verdadeiras. c) Somente as afirmativas 2 e 3 são verdadeiras. d) Somente as afirmativas 2, 3 e 4 são verdadeiras Sobre patologia geral, considere as seguintes afirmativas: 1. A metaplasia é a mudança de um tipo de tecido adulto (epitelial ou mesenquimal) em outro da mesma linhagem. 2. Nas lesões inflamatórias, podem ser encontrados todos os tipos de leucócitos, já que todos eles podem expor moléculas de adesão ao endotélio e apresentar receptores para um ou alguns dos diferentes quimiotáticos liberados. 3. O infarto é descrito como uma área de necrose tecidual causada por isquemia absoluta prolongada por obstrução arterial ou venosa. 4. Embolia consiste na existência de um corpo sólido, líquido ou gasoso transportado pelo sangue e capaz de obstruir um vaso sanguíneo. a) Somente as afirmativas 1 e 3 são verdadeiras. b) Somente as afirmativas 2 e 3 são verdadeiras. c) Somente as afirmativas 2, 3 e 4 são verdadeiras. d) Somente as afirmativas 1, 2 e 4 são verdadeiras No que diz respeito a emergências, identifique as afirmativas a seguir como verdadeiras (V) ou falsas (F): ( ) Após um traumatismo dental, os dentes extruídos parecem alongados e mais frequentemente com um desvio lingual da coroa, ficando suspensos apenas pela gengiva palatina. ( ) As trincas no esmalte aparecem como fissuras no interior da estrutura do esmalte que não atravessam a junção amelodentinária e podem aparecer com ou sem a perda da substância dental. ( ) A constatação radiográfica das fraturas radiculares é facilitada pelo fato de que, com maior frequência, a linha de fratura é oblíqua e está em um ângulo ideal para ser observada radiograficamente. ( ) Um traumatismo às estruturas de sustentação do dente sem um aumento de mobilidade ou deslocamento anormal mas com uma reação marcante à percussão é denominado de luxação. Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo. a) F F V V. b) V V V F. c) V F V V. d) F F F V. e) V V F F.

11 Uma paciente do sexo feminino, com 18 anos de idade, procurou atendimento odontológico com a queixa de halitose e desconforto bucal. Durante a anamnese, a paciente relatou que era tabagista e diabética. Durante o exame físico, observou-se inflamação gengival generalizada e necrose de algumas papilas interdentais. O exame minucioso das gengivas revelou que as papilas afetadas encontravam-se recobertas por uma pseudomembrana brancoacinzentada. Com base nesses dados clínicos, a hipótese de diagnóstico mais provável para esse caso é: a) candidíase pseudomembranosa. b) hiperplasia gengival. c) abscesso periodontal generalizado. d) gengivite descamativa. e) gengivite ulcerativa necrosante Considerando a definição e os princípios de promoção de saúde bucal, assinale a alternativa correta. a) Promoção de saúde direciona atenção às pessoas em risco para doenças específicas ao invés de envolver a população como um todo no contexto de sua vida cotidiana, a fim de promover responsabilidade sobre a própria saúde e os benefícios positivos de comportamentos saudáveis. b) Promoção de saúde bucal é igual a educação em saúde bucal, pois ambas são processos pelos quais as pessoas adquirem conhecimento para alcançar saúde bucal. c) Promoção de saúde bucal é qualquer esforço planejado para construir políticas públicas saudáveis, criar ambientes suportivos, fortalecer ação comunitária, desenvolver habilidades pessoais ou reorientar serviços de saúde na busca de metas em saúde bucal. d) Promoção de saúde é o processo pelo qual as pessoas adquirem conhecimento, se conscientizam e desenvolvem habilidades necessárias para alcançar saúde bucal. e) A abordagem preventiva para a promoção de saúde bucal inclui atividades educacionais focadas em oportunidade de aprendizagem das pessoas, o que evita o surgimento de novos casos de doença A modificação das taxas de incidência do câncer bucal depende, parcialmente, de uma maior conscientização do cirurgião-dentista quanto ao seu papel na promoção de saúde bucal, incluindo a identificação dos fatores de risco, bem como o diagnóstico precoce do câncer e das lesões cancerizáveis. A respeito do assunto, considere as seguintes afirmativas: 1. O palato duro e a região central do dorso da língua têm um risco baixo para o câncer, enquanto que o assoalho da cavidade é o local de maior prevalência para o aparecimento dessa doença. 2. Todas as lesões que se manifestam na cavidade bucal como áreas vermelhas, brancas ou intercaladas por áreas vermelhas e brancas sofrem risco de transformação maligna. 3. Lesões com áreas avermelhadas e/ou brancas, ulceradas e endurecidas, que não sofram regressão e permaneçam na boca por um período maior que duas semanas podem ser consideradas malignas. 4. A leucoplasia é considerada uma lesão cancerizável. a) Somente a afirmativa 4 é verdadeira. b) Somente as afirmativas 1, 2 e 3 são verdadeiras. c) Somente as afirmativas 2, 3 e 4 são verdadeiras. d) Somente as afirmativas 1 e 4 são verdadeiras Considerando o diagnóstico das doenças da polpa dentária, identifique as afirmativas a seguir como verdadeiras (V) ou falsas (F): ( ) A precisão da descrição da dor pelo paciente depende se o estado inflamatório está limitado ao tecido pulpar. Se a inflamação não atingiu o ligamento periodontal, pode ser difícil para o paciente localizar a dor. ( ) É muito comum a dor referida manifestar-se em dentes adjacentes ou no quadrante oposto. ( ) A dor de natureza odontogênica raramente atravessa a linha média da cabeça. ( ) A dor referida pode ser também atribuída à área pré-auricular e à região abaixo do pescoço, do mesmo lado. Nesses casos, um dente posterior é quase sempre a origem da dor. Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo. a) V V V V. b) F F V V. c) F V F V. d) F V V F. e) V F F F Uma injeção acidental com hipoclorito refere-se a qualquer evento no qual o hipoclorito de sódio ultrapassa o ápice de um dente, durante o tratamento endodôntico. A respeito do assunto, assinale a alternativa correta. a) O paciente manifesta imediatamente a combinação de edema e sangramento, porém sem presença de dor. E o edema e equimose podem persistir por longo período de tempo. b) Haverá sangramento profuso, tanto intersticialmente quanto através do ligamento periodontal. c) Haverá parestesia a longo prazo, devido à necrose do tecido pulpar e dos tecidos subjacentes ao dente. d) O paciente manifesta alguma combinação dos seguintes sintomas: dor intensa, mesmo em áreas que foram previamente anestesiadas para o tratamento, edema e sangramento profuso. e) Apesar de ser uma experiência que nem o paciente, nem o profissional esquecerão tão cedo, a maioria dos pacientes se recupera dentro de 24 horas.

12 Em relação aos procedimentos para o diagnóstico das doenças pulpares, numere a coluna da direita de acordo com sua correspondência com a coluna da esquerda. 1. Pulpite reversível. 2. Pulpite hiperplásica. 3. Pulpite irreversível sintomática. 4. Necrose. 5. Reabsorção interna. ( ) Caracterizada por episódios espontâneos (não provocados) intermitentes ou contínuos de dor. ( ) Nos dentes anteriores, pode ocorrer descoloração da coroa. ( ) Variante da pulpite irreversível assintomática. ( ) Resposta térmica rápida que cessa assim que o estímulo é removido. ( ) Identificada durante o exame radiográfico. Assinale a alternativa que apresenta a numeração correta na coluna da direita, de cima para baixo. a) b) c) d) e) Sobre técnicas anestésicas utilizadas em Odontologia, assinale a alternativa correta. a) A anestesia infiltrativa mucosa superficial e submucosa insensibiliza tecidos moles, tecidos ósseos adjacentes e pode anestesiar um dente próximo. b) A anestesia subperióstica utiliza-se de uma solução anestésica que é depositada entre o periósteo e o osso, infiltrandose por difusão e anestesiando as lâminas ósseas vestibular e palatina da maxila, através das foraminas aí existentes. c) Quando se realiza a anestesia subperióstica no palato, deve-se evitar penetrar a agulha na região situada a 10 mm distante dos colos palatinos dos dentes, onde a fibromucosa é mais espessa e dificulta a difusão da solução anestésica. d) A anestesia peridentária intraligamentosa é bastante utilizada, porém não consegue insensibilizar o tecido pulpar, devendo ser complementada com a intrapulpar. e) A anestesia parcial troncular é contraindicada em idosos, pois eles apresentam tecido ósseo mais compacto, o que dificulta a introdução da agulha A respeito das lesões fundamentais que podem ocorrer na mucosa da boca, considere as seguintes afirmativas: 1. Manchas ou máculas podem surgir sobre outro tipo de lesão fundamental, como pápulas, nódulos ou placas. 2. A erosão representa perda parcial do epitélio, com exposição do tecido conjuntivo subjacente. 3. Vesículas, bolhas e pápulas são lesões semelhantes em todos seus aspectos e podem ser únicas ou múltiplas. 4. Nódulos são lesões sólidas, circunscritas, com localização superficial ou profunda e formadas por tecido epitelial, conjuntivo ou misto. a) Somente a afirmativa 2 é verdadeira. b) Somente as afirmativas 1 e 3 são verdadeiras. c) Somente as afirmativas 2, 3 e 4 são verdadeiras. d) Somente as afirmativas 1 e 4 são verdadeiras Em relação à polimerização das resinas compostas, assinale a alternativa correta. a) Em situações em que o acesso da luz de polimerização representa um problema, tais como caixas distais de restauração MOD de compósito, o uso de matrizes metálicas está bem indicado, devido à dispersão da luz no interior da restauração. b) Os compósitos à base de Bis-GMA possuem mecanismo intrínseco de defesa contra o ataque da cárie, pois não apresentam a contração de polimerização, evitando a formação da fenda marginal e microinfiltração. c) A profundidade da polimerização de um compósito usado com uma determinada fonte de luz alcança um limite máximo. Logo, polimerização por períodos longos não é um meio de se obter maiores profundidades de polimerização. d) Tempos de polimerização maiores que 60 segundos tendem a ser mais eficientes nos compósitos à base de Bis-GMA. e) A ponteira da fonte de luz de polimerização deve ser posicionada a uma distância de 6 cm da superfície de restauração, para não contaminar a resina e permitir uma perfeita ação da luz sobre o compósito A respeito dos cimentos de ionômero de vidro (CIV), considere as seguintes afirmativas: 1. Os CIV indicados para a restauração de cavidades classe I conservativas são os reforçados por prata e os modificados por resina, pelo fato de apresentarem maior resistência frente aos esforços mastigatórios. 2. O preparo cavitário para a restauração com CIV deve ser limitado à remoção do tecido cariado. 3. Os CIV modificados por resina podem apresentar três sistemas diferentes de ativação do componente resinoso: fotoativado, de presa dual e quimicamente ativado. 4. Os ionômeros convencionais apresentam melhora na estética com o passar do tempo, diferentemente dos ionômeros modificados por resina, que apresentam alteração de cor em períodos de 1 e 2 anos. a) Somente a afirmativa 1 é verdadeira. b) Somente as afirmativas 2 e 3 são verdadeiras. c) Somente as afirmativas 2 e 4 são verdadeiras. d) Somente as afirmativas 1, 3 e 4 são verdadeiras.

13 Considerando os conceitos e procedimentos de biossegurança no consultório odontológico, assinale a alternativa correta. a) A esterilização pode ser realizada por agentes físicos, químicos ou físico-químicos. Na prática odontológica, a esterilização por autoclave é o método preferencial entre todos os outros. b) Para a desinfecção (conjunto de medidas adotadas para evitar a chegada de germes a local que não os contenha), é indicado o uso da solução de glutaraldeído a 2% e formaldeído alcoólico 8-10%. c) O emprego de substância capaz de impedir, pela inativação ou destruição, a proliferação dos micróbios é conhecido como assepsia e deve ser realizado por meio de fricção. d) O calor seco é um excelente método de desinfecção do instrumental. Para que ela seja efetiva, deve-se utilizar uma estufa à temperatura constante de 160 ºC durante 60 minutos. e) O glutaraldeído a 2% é considerado um excelente agente de esterilização químico, desde que utilizado durante um período de 30 minutos de exposição Em relação às políticas de saúde bucal no Brasil, assinale a alternativa correta. a) O antigo conceito de saúde, definido no artigo 196 da Constituição da República, não deverá ser adotado para nortear a mudança dos serviços, os quais deverão evoluir de um modelo assistencial centrado na doença para um modelo de atenção integral à saúde e de proteção ao indivíduo. b) A promoção de saúde bucal está inserida num conceito amplo de saúde que transcende a dimensão meramente técnica do setor odontológico, integrando a saúde bucal às demais práticas de saúde coletiva. c) É recomendável à equipe de saúde trabalhar numa linha de motivação e orientação adequada para a automedicação do indivíduo, a fim de evitar a sua dependência excessiva em relação aos profissionais ou serviços de saúde. d) As ações de proteção à saúde devem ser focadas especialmente no nível coletivo e deve-se garantir acesso a escovas e pastas fluoretadas no planejamento junto à comunidade. e) Os conteúdos de educação em saúde bucal deverão ser trabalhados exclusivamente pelos cirurgiões-dentistas, mas de forma integrada com as demais áreas Com base nas Diretrizes Nacionais de Saúde Bucal, a aplicação tópica de flúor é recomendada para populações nas quais se constate uma ou mais das seguintes situações: 1. Exposição à água de abastecimento sem flúor. 2. Exposição a flúor na água há menos de 5 anos. 3. Índice de CPOD igual ou menor que 3 aos 12 anos de idade. 4. Menos de 30% dos indivíduos do grupo são livres de cárie aos 12 anos de idade. Está/estão correto(s) o(s) item(ns): a) 1 e 3 apenas. b) 2 e 3 apenas. c) 1, 2 e 4 apenas. d) 2 e 4 apenas. e) 1, 2, 3 e Em trabalho conjunto com a equipe de saúde, a gestante, ao iniciar o pré-natal, deve ser encaminhada para uma consulta odontológica, que minimamente inclua os seguintes atos: 1. Diagnóstico de gengivite ou doença periodontal crônica e necessidade de tratamento. 2. Exame de tecidos moles e identificação de risco à saúde bucal. 3. Diagnóstico de lesões de cárie e necessidade de tratamento curativo. 4. Orientação sobre possibilidade de atendimento durante a gestação. Estão corretos os itens: a) 3 e 4 apenas. b) 2 e 3 apenas. c) 1, 2 e 4 apenas. d) 1, 3 e 4 apenas. e) 1, 2, 3 e Os dentes decíduos e permanentes podem apresentar anomalias no seu desenvolvimento. Em relação a aspectos dessas anomalias, assinale a alternativa correta. a) A hipodontia é rara na dentição decídua, porém poderá ser observada ocasionalmente na região de incisivos, principalmente em maxila. b) Na dentinogênese imperfeita, os dentes afetados apresentam raízes curtas e rombas, obliteração da câmara pulpar e de canais radiculares, coloração normal e esmalte íntegro. c) A agenesia é facilmente diagnosticada no exame radiográfico. Para tanto, basta o profissional observar a ausência de um dente decíduo ou permanente na radiografia. d) A geminação é mais frequente na dentição decídua que na permanente. Ao exame radiográfico, o dente afetado apresenta dois canais radiculares e duas câmaras pulpares independentes. e) Na amelogênese imperfeita, todos os dentes são afetados, tanto na sua estrutura dentinária quanto na sua forma clínica.

14 Considerando a dieta e suas consequências na saúde bucal, é correto afirmar: a) O amido é tão cariogênico quanto a sacarose. b) A quantidade de açúcar na dieta não é de primordial importância na incidência da doença cárie. c) A forma física dos alimentos doces (considerando seu potencial retentivo) não é crítica quanto à incidência de cáries dentárias. d) É possível adquirir imunidade à doença cárie desde que a dieta do indivíduo seja lactovegetariana da infância até o irrompimento total de todos os dentes permanentes. e) Várias amamentações noturnas no peito ou mamadeiras com leite humano não são capazes de provocar cáries dentárias. QUESTÃO DISCURSIVA O brasileiro apanhou muito quando era criança ou adolescente, mas os americanos apanharam mais. Pesquisa de 2010 com pessoas com mais de 16 anos em 11 capitais do país revelou que 70,5% sofreram alguma forma de castigo físico quando jovens. Já nos EUA, a porcentagem passa dos 90% e fica em torno dos 10% na Suécia, segundo o cientista social Renato Alves, pesquisador do Núcleo de Estudos da Violência da USP. O tema afeta a delicada área dos direitos individuais e da intromissão do Estado na vida privada, como demonstraram os debates no ano passado sobre a Lei da Palmada projeto de lei para proibir castigos físicos em crianças e adolescentes, em tramitação no Congresso. Há pais que defendem o direito de disciplinarem suas crias da maneira que bem entenderem. Mas defensores dos direitos humanos sustentam que eles "começam em casa". E, claro, há o fato de o Brasil ser signatário da Convenção Internacional sobre os Direitos da Criança. Mas Alves diz que há pouca chance de a Lei da Palmada vingar. Ele nota a ironia: um adulto bater em outro é crime, mas um adulto bater na sua criança não é. BONALUME NETO, Ricardo. Folha on-line, 11 abr.2012 Escreva um texto de 12 a 15 linhas, manifestando sua opinião sobre a questão discutida no texto acima. Seu texto deve: situar o tema, considerando as informações dadas por Bonalume Neto; assumir uma posição a favor ou contra a aprovação da Lei da Palmada no Brasil; apresentar argumentos que sustentem seu ponto de vista. RASCUNHO Limite mínimo

PROCESSO SELETIVO EDITAL 23/2014

PROCESSO SELETIVO EDITAL 23/2014 PROCESSO SELETIVO EDITAL 23/2014 CARGO E UNIDADES: Odontólogo (Unidade Móvel) Atenção: NÃO ABRA este caderno antes do início da prova. Tempo total para resolução desta prova: 3 (três) horas. I N S T R

Leia mais

2. Quando o implante dental é indicado?

2. Quando o implante dental é indicado? Dúvidas sobre implantodontia: 1. O que são implantes? São cilindros metálicos (titânio) com rosca semelhante a um parafuso que são introduzidos no osso da mandíbula (arco inferior) ou da maxila (arco superior),

Leia mais

Placa bacteriana espessa

Placa bacteriana espessa A IMPORTÂNCIA DA SAÚDE BUCAL A saúde bucal é importante porque a maioria das doenças e a própria saúde começam pela boca. Por exemplo, se você não se alimenta bem, não conseguirá ter uma boa saúde bucal,

Leia mais

A Importância da Saúde Bucal. na Saúde Geral

A Importância da Saúde Bucal. na Saúde Geral PALESTRA A Importância da Saúde Bucal na Saúde Geral A saúde começa pela boca Os dentes são importantes na mastigação dos alimentos, fala, e estética, influenciando diretamente na auto-estima do indivíduo

Leia mais

DIAGNÓSTICO COLETA DE DADOS RACIOCÍNIO E DEDICAÇÃO

DIAGNÓSTICO COLETA DE DADOS RACIOCÍNIO E DEDICAÇÃO EXAME CLÍNICO DA DOENÇA PERIODONTAL DIAGNÓSTICO PERIODONTAL CONSISTE O DIAGNÓSTICO NA ANÁLISE DO PERIODONTAL HISTÓRICO DO CASO, NA AVALIAÇÃO DOS SINAIS CLÍNICOS E SINTOMAS, COMO TAMBÉM DOS RESULTADOS DE

Leia mais

INSTRUÇÕES NÃO SERÃO ACEITAS RECLAMAÇÕES FORMULADAS APÓS O INÍCIO DA PROVA. Não efetue qualquer marcação nos campos destinados à atribuição de notas.

INSTRUÇÕES NÃO SERÃO ACEITAS RECLAMAÇÕES FORMULADAS APÓS O INÍCIO DA PROVA. Não efetue qualquer marcação nos campos destinados à atribuição de notas. INSTRUÇÕES Verifique, com muita atenção, este Caderno de QUESTÕES que deverá conter 14 (treze) questões de múltipla escolha, sendo 10 (dez) de Conhecimentos Específicos de Odontologia e 4 (quatro) de Língua

Leia mais

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL Analisando-se a imagem de um dente íntegro, todas as suas partes são facilmente identificáveis, pois já conhecemos sua escala de radiopacidade e posição

Leia mais

Dr. Felipe Groch CRO 101.353 Especialização em Implantes Dentários

Dr. Felipe Groch CRO 101.353 Especialização em Implantes Dentários Nosso consultório odontológico está equipado para oferecer ao produtor rural todos os tratamentos odontológicos disponíveis na atualidade. Segue abaixo uma discriminação detalhada de cada tratamento oferecido

Leia mais

MANTENHA SEU SORRISO FAZENDO A HIGIENE BUCAL CORRETAMENTE

MANTENHA SEU SORRISO FAZENDO A HIGIENE BUCAL CORRETAMENTE MANTENHA SEU SORRISO FAZENDO A HIGIENE BUCAL CORRETAMENTE SAÚDE BUCAL Para ter um sorriso bonito, saudável e com hálito bom, é preciso: Escovar os dentes, utilizando uma escova de dente de tamanho adequado

Leia mais

CUIDE DOS SEUS DENTES

CUIDE DOS SEUS DENTES SENADO FEDERAL CUIDE DOS SEUS DENTES SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Cuide dos seus dentes apresentação Pesquisas científicas comprovam que dentes estragados provocam outras doenças que aparentemente não têm

Leia mais

A gengivite é uma inflamação das gengivas provocada por acumulação de placa bacteriana e tártaro como consequência

A gengivite é uma inflamação das gengivas provocada por acumulação de placa bacteriana e tártaro como consequência Periodontologia É a disciplina da medicina dentária que se dedica à prevenção, diagnóstico e tratamento das doenças das gengivas e das estruturas de suporte dos dentes. A inflamação e o sangramento das

Leia mais

PROVA ESPECÍFICA Cargo 23

PROVA ESPECÍFICA Cargo 23 13 PROVA ESPECÍFICA Cargo 23 QUESTÃO 31 Com relação aos tecidos dentários, analise as afirmativas abaixo: 1) O esmalte é um tecido duro, que constitui a maior parte do dente, determinando a forma da coroa.

Leia mais

ASPECTOS DE IMAGEM DAS ALTERAÇÕES DA RAIZ DENTAL

ASPECTOS DE IMAGEM DAS ALTERAÇÕES DA RAIZ DENTAL ASPECTOS DE IMAGEM DAS ALTERAÇÕES DA RAIZ DENTAL Vamos descrever a seguir as principais imagens das alterações da raiz dental. As ocorrências, em sua maioria, são provenientes de causas patológicas. FORMA

Leia mais

PROJETO DE EXTENSÃO: TRATAMENTO DE INFECÇÕES DENTÁRIAS / PROEC

PROJETO DE EXTENSÃO: TRATAMENTO DE INFECÇÕES DENTÁRIAS / PROEC PROJETO DE EXTENSÃO: TRATAMENTO DE INFECÇÕES DENTÁRIAS / PROEC FERREIRA, Jean Carlos Barbosa.*¹; MARQUES, Aline Silva¹; SILVA, Julio. Almeida² DECURCIO, Daniel Almeida²; ALENCAR, Ana Helena Gonçalves³;

Leia mais

GUIA DE SAÚDE BUCAL E TRAUMATISMO DENTAL PARA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA)

GUIA DE SAÚDE BUCAL E TRAUMATISMO DENTAL PARA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA) GUIA DE SAÚDE BUCAL E TRAUMATISMO DENTAL PARA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA) AUTORES Ingryd Coutinho de Oliveira Priscila Cunha Nascimento Discentes da Graduação em Odontologia e Bolsistas de Ensino

Leia mais

Doenças Periodontais. Tratamento e Prevenção. 1º e-book - COS - Clínica Odontológica Soares

Doenças Periodontais. Tratamento e Prevenção. 1º e-book - COS - Clínica Odontológica Soares Doenças Periodontais Tratamento e Prevenção 1º e-book - COS - Clínica Odontológica Soares Gengivite e Periodontite Guia para o paciente Aprenda mais sobre as Doenças Periodontais (de gengiva) As doenças

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM DESPACHO-MG PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL 001/2009 CARGO: ODONTÓLOGO CADERNO DE PROVAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM DESPACHO-MG PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL 001/2009 CARGO: ODONTÓLOGO CADERNO DE PROVAS CADERNO DE PROVAS 1 A prova terá a duração de duas horas, incluindo o tempo necessário para o preenchimento do gabarito. 2 Marque as respostas no caderno de provas, deixe para preencher o gabarito depois

Leia mais

Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde Bucal CID 10

Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde Bucal CID 10 Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde Bucal CID 10 K00 - Distúrbios do Desenvolvimento e da Erupção Dos Dentes K00.0 - Anodontia K00.1 - Dentes Supranumerários

Leia mais

Escrito por Administrator Ter, 02 de Fevereiro de 2010 09:14 - Última atualização Qua, 10 de Março de 2010 08:44

Escrito por Administrator Ter, 02 de Fevereiro de 2010 09:14 - Última atualização Qua, 10 de Março de 2010 08:44 Mitos e Verdades da Odontologia Mitos: Quanto maior e colorida for nossa escova dental, melhor! Mentira. A escova dental deve ser pequena ou média para permitir alcançar qualquer região da nossa boca.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CAMPUS DE SOBRAL CURSO DE ODONTOLOGIA PATOLOGIA GERAL E ORAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CAMPUS DE SOBRAL CURSO DE ODONTOLOGIA PATOLOGIA GERAL E ORAL SUB- PATOLOGIA GERAL E ORAL Estomatologia Métodos de Diagnóstico I e II Processos Patológicos PROGRAMA SUGERIDO (PROVA ESCRITA / DIDÁTICA / PRÁTICA) - TEMAS 1. Cistos dos maxilares. 2. Neoplasias benignas

Leia mais

PROCESSOS PROLIFERATIVOS NÃO NEOPLÁSICOS

PROCESSOS PROLIFERATIVOS NÃO NEOPLÁSICOS DISCIPLINA DE PATOLOGIA ORAL E MAXILOFACIAL Graduação em Odontologia - 5º Período PROCESSOS PROLIFERATIVOS NÃO NEOPLÁSICOS http://lucinei.wikispaces.com Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira 2012 GRANULOMA

Leia mais

ODONTOLOGIA CANINA. Introdução

ODONTOLOGIA CANINA. Introdução ODONTOLOGIA CANINA Juliana Kowalesky Médica Veterinária Mestre pela FMVZ -USP Pós graduada em Odontologia Veterinária - ANCLIVEPA SP Sócia Fundadora da Associação Brasileira de Odontologia Veterinária

Leia mais

Curso de Especialização em Endodontia

Curso de Especialização em Endodontia Curso de Especialização em Endodontia Coordenador: Prof. Nilton Vivacqua EndodontiaAvancada.com OBJETIVOS DO CURSO Este curso tem como objetivos colocar à disposição de clínicos gerais, a oportunidade

Leia mais

Dra. Rosângela Ap. de Freitas Albieri TSB: Andre Santos e Clarice R.Silva Secretaria Municipal de Saúde Centro de Especialidades Odontologicas- CEO

Dra. Rosângela Ap. de Freitas Albieri TSB: Andre Santos e Clarice R.Silva Secretaria Municipal de Saúde Centro de Especialidades Odontologicas- CEO SAÚDE BUCAL Dra. Rosângela Ap. de Freitas Albieri TSB: Andre Santos e Clarice R.Silva Secretaria Municipal de Saúde Centro de Especialidades Odontologicas- CEO ANATOMIA BUCAL ANATOMIA DENTAL TIPOS DE DENTES

Leia mais

CENTRO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS REGIONAL CEO/ CISA

CENTRO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS REGIONAL CEO/ CISA CENTRO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS REGIONAL CEO/ CISA Versão I 2013 PROTOCOLO INTEGRADO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS CEO CISA/IJUI 1. ENDODONTIA 2. PERIODONTIA 3. CIRURGIA ORAL MENOR 4. PACIENTES

Leia mais

PESQUISA MAU HÁLITO NO IDOSO - ABHA - 2013

PESQUISA MAU HÁLITO NO IDOSO - ABHA - 2013 PESQUISA MAU HÁLITO NO IDOSO - ABHA - 2013 A estrutura etária da população brasileira vem mudando ao longo dos anos, com aumento da expectativa de vida. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia

Leia mais

Corpo de Bombeiros. São Paulo

Corpo de Bombeiros. São Paulo Corpo de Bombeiros São Paulo NOÇÕES DE PRIMEIROS SOCORROS Acionamento do serviço de emergência Antes de iniciar qualquer procedimento, garanta sua segurança e acione o serviço de emergência. 193 192 Fonte:

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DAS AÇÕES DE SAÚDE BUCAL NA REDE DE SERVIÇOS DA SMSA DOCUMENTO AUXILIAR

DESENVOLVIMENTO DAS AÇÕES DE SAÚDE BUCAL NA REDE DE SERVIÇOS DA SMSA DOCUMENTO AUXILIAR PREFEITURA DE BELO HORIZONTE SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE GERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA DESENVOLVIMENTO DAS AÇÕES DE SAÚDE BUCAL NA REDE DE SERVIÇOS DA SMSA DOCUMENTO AUXILIAR COORDENAÇÃO TÉCNICA DE SAÚDE BUCAL

Leia mais

IMAGENS DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL

IMAGENS DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL IMAGENS DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL Em um dente íntegro, suas imagens são facilmente identificáveis, pois já conhecemos a escala de radiopacidade. Estudamos as imagens das estruturas anatômicas, suas

Leia mais

Manipulação de Tecido Mole ao Redor de Implantes na Zona Estética

Manipulação de Tecido Mole ao Redor de Implantes na Zona Estética Manipulação de Tecido Mole ao Redor de Implantes na Zona Estética Figura 9 1A Diagrama de secção transversal mostrando um implante no local do incisivo. A forma côncava do rebordo vestibular é evidenciada.

Leia mais

Premissa. Códigos e rios

Premissa. Códigos e rios Índices epidemiológicos em saúde bucal 3/10/2011 Prof. Samuel Jorge Moysés, Ph.D. 1 Premissa A epidemiologia pode ser definida como o estudo da distribuição e dos determinantes de eventos ou estados relacionados

Leia mais

MISSÃO DA EMPRESA. O nosso compromisso é atingir e superar as expectativas dos clientes, garantindo sua total satisfação, fazendo da Dental Plus

MISSÃO DA EMPRESA. O nosso compromisso é atingir e superar as expectativas dos clientes, garantindo sua total satisfação, fazendo da Dental Plus MISSÃO DA EMPRESA O nosso compromisso é atingir e superar as expectativas dos clientes, garantindo sua total satisfação, fazendo da Dental Plus Manual sinônimo do Dentista de excelência Credenciado em

Leia mais

METODOLOGIA DO EXAME CLÍNICO

METODOLOGIA DO EXAME CLÍNICO Disciplina: Estomatologia METODOLOGIA DO EXAME CLÍNICO Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira 2012 Levantamentos Epidemiológicos Clássicos Exame Clínico Nível de Doença não detectada Exames Complementares

Leia mais

ÁREA TÉCNICA DE SAÚDE BUCAL

ÁREA TÉCNICA DE SAÚDE BUCAL Prefeitura do Município de São Paulo Secretaria Municipal da Saúde Coordenação de Desenvolvimento da Gestão Descentralizada ÁREA TÉCNICA DE SAÚDE BUCAL DIAGNÓSTICO PRECOCE E PREVENÇÃO DO CÂNCER BUCAL RELATÓRIO

Leia mais

ESPECIALIDADE MEDICINA DENTÁRIA

ESPECIALIDADE MEDICINA DENTÁRIA ESPECIALIDADE MEDICINA DENTÁRIA Cirurgia Oral A Cirurgia Oral é uma especialidade da Medicina Dentária que inclui o diagnóstico e o tratamento cirúrgico de patologias dos tecidos moles e tecidos duros

Leia mais

É a etapa inicial do tratamento do canal, consiste em o dentista atingir a polpa dentária (nervinho do dente).

É a etapa inicial do tratamento do canal, consiste em o dentista atingir a polpa dentária (nervinho do dente). É a etapa inicial do tratamento do canal, consiste em o dentista atingir a polpa dentária (nervinho do dente). Consiste na regularização do alvéolo (local onde está inserido o dente), geralmente após a

Leia mais

Diretrizes Assistenciais

Diretrizes Assistenciais Diretrizes Assistenciais Protocolo de Tratamento Odontológico Versão eletrônica atualizada em Janeiro 2009 A EQUIPE DE SAÚDE BUCAL NA UTMO Fernanda de Paula Eduardo Letícia Mello Bezinelli Pacientes que

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE NÍVEIS SUPERIOR, MÉDIO E TÉCNICO NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO DO MUNICÍPIO DE PALMARES

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE NÍVEIS SUPERIOR, MÉDIO E TÉCNICO NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO DO MUNICÍPIO DE PALMARES CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE NÍVEIS SUPERIOR, MÉDIO E TÉCNICO NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO DO MUNICÍPIO DE PALMARES AVISO DE RETIFICAÇÃO DE EDITAL Nº 01 A Comissão de Concurso torna publica

Leia mais

Leia estas instruções:

Leia estas instruções: Leia estas instruções: 1 2 Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. Caso se identifique em qualquer outro local deste

Leia mais

Cárie Dental Conceitos Etiologia Profa Me. Gilcele Berber

Cárie Dental Conceitos Etiologia Profa Me. Gilcele Berber Cárie Dental Conceitos Etiologia Profa Me. Gilcele Berber Perda localizada dos tecidos calcificados dos dentes, decorrentes da fermentação de carboidratos da dieta por microrganismos do biofilme Princípios

Leia mais

SAÚDE BUCAL DO ADOLESCENTE

SAÚDE BUCAL DO ADOLESCENTE SAÚDE BUCAL DO ADOLESCENTE Texto montado a partir dos manuais: MINAS GERAIS. Secretaria de Estado de Saúde. Atenção à saúde do adolescente: Belo Horizonte: SAS/MG, 2006. p. 75-79. BARROS, Claudia Márcia

Leia mais

E L R A C U B ED SOB Ú R AS FALAS O VAM

E L R A C U B ED SOB Ú R AS FALAS O VAM VAMOS FALAR SOBRE SAÚDE BUCAL Como manter uma boa saúde Saúde bucal bucal na terceira idade? É sempre importante manter Se você cuidar bem dos seus dentes e fizer consultas saúde periódicas com seu dentista,

Leia mais

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS ODONTÓLOGO

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS ODONTÓLOGO 12 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS ODONTÓLOGO QUESTÃO 21 Assinale a alternativa CORRETA quanto à obtenção da analgesia (anestesia regional): a) O método do bloqueio de nervo é aplicado para a obtenção

Leia mais

PROTOCOLO INTEGRADO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS CREO CISAMUSEP 1. PRÓTESE 2. ENDODONTIA 3. PERIODONTIA 4. CIRURGIA ORAL MENOR

PROTOCOLO INTEGRADO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS CREO CISAMUSEP 1. PRÓTESE 2. ENDODONTIA 3. PERIODONTIA 4. CIRURGIA ORAL MENOR PROTOCOLO INTEGRADO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS CREO CISAMUSEP 1. PRÓTESE 2. ENDODONTIA 3. PERIODONTIA 4. CIRURGIA ORAL MENOR 5. PACIENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS 6. ORTOPEDIA FUNCIONAL DOS MAXILARES

Leia mais

COBERTURAS DO PLANO VIP PLUS

COBERTURAS DO PLANO VIP PLUS COBERTURAS DO PLANO VIP PLUS DESCRIÇÃO DO SERVIÇO 01. DIAGNÓSTICO Exame clínico inicial Consultas com hora marcada Exame clínico final Exame admissional (exame de sanidade dentária) 02. ATENDIMENTO DE

Leia mais

PROTOCOLOS OPERACIONAIS DOS SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS A SEREM SEGUIDOS PELOS PERITOS E PRESTADORES DE SERVIÇO DO SESI/DR/AC

PROTOCOLOS OPERACIONAIS DOS SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS A SEREM SEGUIDOS PELOS PERITOS E PRESTADORES DE SERVIÇO DO SESI/DR/AC PROTOCOLOS OPERACIONAIS DOS SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS A SEREM SEGUIDOS PELOS PERITOS E PRESTADORES DE SERVIÇO DO SESI/DR/AC A) TIPOS DE SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS A.1 Consulta Inicial Entende-se como exame clínico,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO 001/2014 Prefeitura Municipal de Bom Despacho AUXILIAR DE SAÚDE BUCAL

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO 001/2014 Prefeitura Municipal de Bom Despacho AUXILIAR DE SAÚDE BUCAL 1)Para a prevenção e o controle da cárie, é necessário atuar em um conjunto de fatores : a) Restauração, polimento, bala b) Controle do açúcar, limpeza dos dentes, uso do flúor. c) Escovação, açúcar, flúor

Leia mais

ROL DE PROCEDIMENTOS Atendimento em consultórios particulares dos cooperados em todo o Brasil

ROL DE PROCEDIMENTOS Atendimento em consultórios particulares dos cooperados em todo o Brasil ROL DE PROCEDIMENTOS Atendimento em consultórios particulares dos cooperados em todo o Brasil 1 DIAGNÓSTICO 1.1 Consulta Clínico 1.2 Consulta Especialista 1.3 Condicionamento em Odontologia para crianças

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Biblioteca Virtual em Saúde do Ministério da Saúde www.saude.gov.br/bvs

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Biblioteca Virtual em Saúde do Ministério da Saúde www.saude.gov.br/bvs MINISTÉRIO DA SAÚDE Biblioteca Virtual em Saúde do Ministério da Saúde www.saude.gov.br/bvs Brasília DF 2012 O Sistema Único de Saúde (SUS) possui o Programa Brasil Sorridente, criado para cuidar da saúde

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO Faculdade de Odontologia Departamento de Odontopediatria e Ortodontia

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO Faculdade de Odontologia Departamento de Odontopediatria e Ortodontia UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO Faculdade de Odontologia Departamento de Odontopediatria e Ortodontia DISCIPLINAS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ODONTOPEDIATRIA 1. ODONTOPEDIATRIA PROFESSOR RESPONSÁVEL:

Leia mais

UMA ESCOVA PARA CADA USO

UMA ESCOVA PARA CADA USO UMA ESCOVA PARA CADA USO Nem só das importantes medidas preventivas(alimentação sadia e Flúor na água/tópico),vive o cuidado adequado com os dentes e cavidade bucal...tem aquele diário, cada vez que você

Leia mais

Caso 14. 1ª Parte. Refletindo e Discutindo

Caso 14. 1ª Parte. Refletindo e Discutindo Caso 14 1ª Parte Gabriel, 17 anos, procurou Maria, agente comunitária de saúde, para saber onde poderia tratar de seus vários dentes com buracos porque queria servir ao Exército. Maria pergunta se esse

Leia mais

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DO PERIODONTO

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DO PERIODONTO ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DO PERIODONTO ESTUDAR COM ATENÇÃO AMPLIAR AS IMAGENS PARA OBSERVAR OS DETALHES O periodonto (peri= em redor de; odontos = dente) compreende a gengiva, o ligamento periodontal,

Leia mais

CONTROLE MECÂNICO DO BIOFILME DENTAL

CONTROLE MECÂNICO DO BIOFILME DENTAL CONTROLE MECÂNICO DO BIOFILME DENTAL PLACA DENTAL OU BACTERIANA = BIOFILME DENTAL BIOFILME pode ser definido como uma comunidade bacteriana, em uma matriz composta por polímeros extracelulares, aderidas

Leia mais

RASPAGEM E ALISAMENTO RADICULAR E TRATAMENTO PERIODONTAL DE SUPORTE

RASPAGEM E ALISAMENTO RADICULAR E TRATAMENTO PERIODONTAL DE SUPORTE INAPÓS - Faculdade de Odontologia e Pós Graduação Disciplina de Periodontia 5 o período RASPAGEM E ALISAMENTO RADICULAR E TRATAMENTO PERIODONTAL DE SUPORTE Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira http://lucinei.wikispaces.com

Leia mais

RETIFICAÇÃO Nº 01 AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007

RETIFICAÇÃO Nº 01 AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007 Estado de Santa Catarina PREFEITURA MUNICIPAL DE HERVAL D OESTE RETIFICAÇÃO Nº 01 AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007 CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E/OU PROVAS E TÍTULOS, PARA PROVIMENTO DE VAGAS NO

Leia mais

AULA 1 ERGONOMIA E ODONTOLOGIA A 4 MÃOS PROF.ESP.RICHARD SBRAVATI

AULA 1 ERGONOMIA E ODONTOLOGIA A 4 MÃOS PROF.ESP.RICHARD SBRAVATI CURSO ASB UNIODONTO/APCD AULA 1 ERGONOMIA E ODONTOLOGIA A 4 MÃOS PROF.ESP.RICHARD SBRAVATI PROF. ESP. RICHARD SBRAVATI BREVE CURRÍCULO Cirurgião Dentista Unicamp. Especialista em Dentística Restauradora-Unicamp.

Leia mais

Técnicas Anestésicas Aplicadas à Cirurgia Oral

Técnicas Anestésicas Aplicadas à Cirurgia Oral Técnicas Anestésicas Aplicadas à Cirurgia Oral Anestesias Locais 1. Periférica, tópica ou de superfície 2. Infiltrativa terminal 3. Troncular, regional ou bloqueio de condução Aula de cirurgia Anestesia

Leia mais

Células-tronco podem ser futuro para salvar pacientes que necessitam de reconstrução óssea

Células-tronco podem ser futuro para salvar pacientes que necessitam de reconstrução óssea Ano V Edição nº 45 Dezembro de 2015 AVANÇOS Células-tronco podem ser futuro para salvar pacientes que necessitam de reconstrução óssea Estudo de brasileira já apresenta bons resultados para tratar lábio

Leia mais

Aula 4: TÉCNICA RADIOGRÁFICA INTRA-ORAL

Aula 4: TÉCNICA RADIOGRÁFICA INTRA-ORAL Aula 4: TÉCNICA RADIOGRÁFICA INTRA-ORAL Técnicas Radiográficas Periapical Exame do dente e osso alveolar que o rodeia; Interproximal Diagnóstico de cáries proximais, excessos marginais de restaurações;

Leia mais

HIGIENE BUCAL PARA BEBÊS

HIGIENE BUCAL PARA BEBÊS HIGIENE BUCAL PARA BEBÊS Deve-se pensar em higiene bucal do bebê desde o momento em que se introduz alguma coisa que não esteja esterilizada em sua boca, como por exemplo o bico do peito. A higiene, enquanto

Leia mais

Cobertura dos Planos Odontológicos OdontoPrev

Cobertura dos Planos Odontológicos OdontoPrev Cobertura dos Planos Odontológicos OdontoPrev Plano Integral... TRATAMENTO AMBULATORIAL/DIAGNÓSTICO Consulta EMERGÊNCIA Colagem de fragmentos (consiste na recolocação de partes de dente que sofreu fratura,

Leia mais

Tabela de Procedimentos Odontológicos Página: 1 de 8 Especialidade: DENTÍSTICA RESTAURADORA

Tabela de Procedimentos Odontológicos Página: 1 de 8 Especialidade: DENTÍSTICA RESTAURADORA Tabela de Procedimentos Odontológicos Página: 1 de 8 Grupo: 100-Diagnose - As consultas deverão ser faturadas em Guias de Atendimento - GA, separadamente dos demais procedimentos, que serão faturados na

Leia mais

Lesão do Ligamento Cruzado Posterior (LCP)

Lesão do Ligamento Cruzado Posterior (LCP) Lesão do Ligamento Cruzado Posterior (LCP) INTRODUÇÃO O ligamento cruzado posterior (LCP) é um dos ligamentos menos lesados do joelho. A compreensão dessa lesão e o desenvolvimento de novos tratamentos

Leia mais

UNA-SUS Universidade Aberta do SUS SAUDE. da FAMILIA. CASO COMPLEXO 6 Dona Margarida. Fundamentação Teórica: Odontologia geriátrica

UNA-SUS Universidade Aberta do SUS SAUDE. da FAMILIA. CASO COMPLEXO 6 Dona Margarida. Fundamentação Teórica: Odontologia geriátrica CASO COMPLEXO 6 Dona Margarida : Maria Angela M. Mimura As alterações e patologias apresentadas no caso de Dona Margarida são diversas e de etiologias diferentes, portanto serão tratadas por itens de modo

Leia mais

Guia para um. Sorriso Saudável

Guia para um. Sorriso Saudável Guia para um Sorriso Saudável Fotos meramente ilustrativas. Seja bem-vindo ao serviço odontológico do Sesc Rio! 3 Serviços Nosso serviço está disponível em diversas Unidades Operacionais, exclusivamente

Leia mais

INTRODUÇÃO À PATOLOGIA Profª. Thais de A. Almeida

INTRODUÇÃO À PATOLOGIA Profª. Thais de A. Almeida INTRODUÇÃO À PATOLOGIA Profª. Thais de A. Almeida DEFINIÇÃO: Pathos: doença Logos: estudo Estudo das alterações estruturais, bioquímicas e funcionais nas células, tecidos e órgãos visando explicar os mecanismos

Leia mais

Bem-vindo ao Plano Odontológico Riachuelo!

Bem-vindo ao Plano Odontológico Riachuelo! Bem-vindo ao Plano Odontológico Riachuelo! Sorria! Assim como cerca de 6,2 milhões de brasileiros, você agora poderá contar com os melhores serviços odontológicos do país. Este Plano, resultado de uma

Leia mais

Alterações da polpa, do periápice e do periodonto

Alterações da polpa, do periápice e do periodonto Disciplina: Patologia Oral Alterações da polpa, do periápice e do periodonto Parte 2 Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira 2º Semestre - 2012 ALTERAÇÕES DA POLPA, DO PERIÁPICE E DO PERIODONTO PATOLOGIA

Leia mais

ODONTOLOGIA ESTÉTICA

ODONTOLOGIA ESTÉTICA ODONTOLOGIA ESTÉTICA O sorriso enaltece os dentes que podem assim como outros elementos da face denunciar a idade cronológica do ser humano por meio de desgastes ou mesmo pela alteração da cor. Nesse contexto,

Leia mais

MANUAL INSTRUTIVO DOS CÓDIGOS ODONTOLÓGICOS DO SIA/SUS - TSB E ASB -

MANUAL INSTRUTIVO DOS CÓDIGOS ODONTOLÓGICOS DO SIA/SUS - TSB E ASB - 1 MANUAL INSTRUTIVO DOS CÓDIGOS ODONTOLÓGICOS DO SIA/SUS - TSB E ASB - Porto Alegre, 2014. 1 2 S ODONTOLÓGICOS PARA AUXILIARES E TÉCNICOS EM SAÚDE BUCAL Tabela 1: Tipos de Procedimentos Odontológicos para

Leia mais

Por isso é fundamental amamentar o bebê no seio durante os primeiros 6 meses de vida, o que irá garantir uma boa mordedura, mastigação e deglutição.

Por isso é fundamental amamentar o bebê no seio durante os primeiros 6 meses de vida, o que irá garantir uma boa mordedura, mastigação e deglutição. Guia da Dentição Por Ana Paula M. Anequini Um Sorriso lindo! Um belo dia surge uma novidade! Nasceu o primeiro dentinho! O evento é logo comunicado aos familiares! Mais uma pequena festa para a família!

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO SIMPLIFICADO nº 002/2013 AUXILIAR DE SAÚDE BUCAL e AUXILIAR OPERACIONAL

PROCESSO DE SELEÇÃO SIMPLIFICADO nº 002/2013 AUXILIAR DE SAÚDE BUCAL e AUXILIAR OPERACIONAL PROCESSO DE SELEÇÃO SIMPLIFICADO nº 002/2013 AUXILIAR DE SAÚDE BUCAL e AUXILIAR OPERACIONAL CARGO: AUXILIAR DE SAÚDE BUCAL Nome do Candidato: Nº do RG: Assinatura: INSTRUÇÕES 1. Verifique se o seu caderno

Leia mais

Como administrar Nebido com segurança (ampolas)

Como administrar Nebido com segurança (ampolas) Como administrar Nebido com segurança (ampolas) Informação para profissionais de saúde Este folheto fornece informações sobre certos aspetos da administração de Nebido, a fim de ampliar o seu conhecimento

Leia mais

ANATOMIA DO PERIODONTO

ANATOMIA DO PERIODONTO INAPÓS - Faculdade de Odontologia e Pós Graduação DISCIPLINA DE PERIODONTIA ANATOMIA DO PERIODONTO Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira http://lucinei.wikispaces.com 2012 PERIODONTO DE SUSTENTAÇÃO Ligamento

Leia mais

ANEXO I. Rol de Procedimentos Odontológicos

ANEXO I. Rol de Procedimentos Odontológicos ANEXO I Rol de Procedimentos Odontológicos Classificam-se como procedimentos de DIAGNÓSTICO: I Consulta inicial II Exame histopatológico Consiste em anamnese, preenchimento de ficha clínica odontolegal,

Leia mais

Saúde Bucal no Programa de Saúde da Família De Nova Olímpia - MT. Importância da Campanha de. Nova Olímpia MT.

Saúde Bucal no Programa de Saúde da Família De Nova Olímpia - MT. Importância da Campanha de. Nova Olímpia MT. Saúde Bucal no Programa de Saúde da Família De Nova Olímpia - MT Importância da Campanha de câncer bucal no Município de Nova Olímpia MT. Autores: - CD Fabrício Galli e - CD Michelle Feitosa Costa. Com

Leia mais

ROL DE PROCEDIMENTOS E SUAS ESPECIFICAÇÕES

ROL DE PROCEDIMENTOS E SUAS ESPECIFICAÇÕES ROL DE PROCEDIMENTOS E SUAS ESPECIFICAÇÕES Classificam-se como procedimentos de DIAGNÓSTICOS: I Consulta Inicial Consiste em anamnese, preenchimento de ficha clínica Odontolegal, diagnósticos das doenças

Leia mais

PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA. Orientações Gerais sobre as ações de Saúde Bucal no Programa Saúde na Escola

PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA. Orientações Gerais sobre as ações de Saúde Bucal no Programa Saúde na Escola PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA Orientações Gerais sobre as ações de Saúde Bucal no Programa Saúde na Escola A avaliação e promoção de saúde bucal é ação essencial que integra o Componente I do Programa Saúde

Leia mais

Disciplina: Patologia Oral PARTE. Curso: Odontologia 4º e 5º Períodos

Disciplina: Patologia Oral PARTE. Curso: Odontologia 4º e 5º Períodos Graduação em Odontologia Disciplina: Patologia Oral PATOLOGIA ÓSSEA { 4 a PARTE Curso: Odontologia 4º e 5º Períodos h t t p : / / l u c i n e i. w i k i s p a c e s. c o m Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira

Leia mais

COMPOSIÇÃO Cada 1 g de pó contém: benzocaína... 0,006 g bicarbonato de sódio... 0,884 g clorato de potássio... 0,11g

COMPOSIÇÃO Cada 1 g de pó contém: benzocaína... 0,006 g bicarbonato de sódio... 0,884 g clorato de potássio... 0,11g IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO: Albicon benzocaína, bicarbonato de sódio, clorato de potássio APRESENTAÇÕES Pó para uso tópico. Cada grama contém 0,006 g de benzocaína, 0,884 g de bicarbonato de sódio e

Leia mais

Cobertura do Plano Star

Cobertura do Plano Star Cobertura do Plano Star Diagnóstico Consulta inicial Exame histopatológico Condicionamento em odontologia. Urgência Curativo em caso de hemorragia bucal consiste na aplicação de hemostático e sutura no

Leia mais

27/05/2014. Dentística I. Classe III. Classe I. Classe V. Terapêutica ou protética; Simples, composta ou complexa.

27/05/2014. Dentística I. Classe III. Classe I. Classe V. Terapêutica ou protética; Simples, composta ou complexa. Mauro A Dall Agnol UNOCHAPECÓ mauroccs@gmail.com Classe I Classe II Classe III Classe IV Classe V Classe I Classe II Classe III Classe IV Classe V Dentística I Terapêutica ou protética; Simples, composta

Leia mais

Doença Periodontal Orientações para manter uma boca saudável Anatomia Estrutura saudável Gengivas A A figura mostra as gengivas de uma pessoa que tenha a constituição clara. As pessoas de pele escura têm

Leia mais

Cimentos para cimentação

Cimentos para cimentação Curso de Auxiliar em Saude Bucal - ASB Faculdade de Odontologia - UPF Requisitos de um agente cimentante ideal Cimentos para cimentação Ser adesivo; Ser insolúvel no meio bucal; Permitir bom selamento

Leia mais

Técnicas radiográficas. Técnicas Radiográficas Intraorais em Odontologia. Técnicas Radiográficas Intraorais. Técnicas Radiográficas

Técnicas radiográficas. Técnicas Radiográficas Intraorais em Odontologia. Técnicas Radiográficas Intraorais. Técnicas Radiográficas Técnicas Radiográficas Intraorais em Odontologia Técnicas radiográficas Divididas em dois grandes grupos: Técnicas Intraorais Profª Paula Christensen Técnicas Radiográficas Técnicas Extraorais Técnicas

Leia mais

Traumatismo Alvéolo-Dentário em Dentes Permanentes: Elementos para Diagnóstico e Tratamento por Cristina Braga Xavier e Eduardo Luiz Barbin

Traumatismo Alvéolo-Dentário em Dentes Permanentes: Elementos para Diagnóstico e Tratamento por Cristina Braga Xavier e Eduardo Luiz Barbin Traumatismo Alvéolo-Dentário em Dentes Permanentes: Elementos para Diagnóstico e Tratamento por Cristina Braga Xavier e Eduardo Luiz Barbin Espera-se que a leitura deste documento forneça, de maneira rápida

Leia mais

MANTENHA SEU SORRISO FAZENDO A HIGIENE BUCAL CORRETAMENTE

MANTENHA SEU SORRISO FAZENDO A HIGIENE BUCAL CORRETAMENTE MANTENHA SEU SORRISO FAZENDO A HIGIENE BUCAL CORRETAMENTE Brasília - DF 2013 ministério da Saúde SAÚDE BUCAL Para ter um sorriso bonito e saudável, é preciso: Escovar os dentes todos os dias, após cada

Leia mais

CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria MEC nº 131 de 13.01.11, DOU de 17.01.11

CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria MEC nº 131 de 13.01.11, DOU de 17.01.11 Componente Curricular: HISTOLOGIA BUCO-DENTAL Código: ODO-007 Pré-Requisito: HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA HUMANA Período Letivo: 2013.1 CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria MEC nº 131 de 13.01.11,

Leia mais

Capítulo 3 Úlceras Tróficas de Perna

Capítulo 3 Úlceras Tróficas de Perna 10 Capítulo 3 Úlceras Tróficas de Perna As úlceras tróficas de perna constituem uma doença mutilante comum, que surge geralmente a partir de um pequeno trauma ou de uma infecção secundária em regiões da

Leia mais

CILODEX Pomada. Cloridrato de Ciprofloxacino (3,5 mg/g) Dexametasona (1,0 mg/g)

CILODEX Pomada. Cloridrato de Ciprofloxacino (3,5 mg/g) Dexametasona (1,0 mg/g) Bula Paciente_ CILODEX Pomada CILODEX Pomada Cloridrato de Ciprofloxacino (3,5 mg/g) Dexametasona (1,0 mg/g) APRESENTAÇÃO Pomada Oftálmica Estéril. Tubo contendo 3,5 g de pomada oftálmica estéril de cloridrato

Leia mais

REAÇÕES TECIDUAIS ÀS FORÇAS ORTODÔNTICAS

REAÇÕES TECIDUAIS ÀS FORÇAS ORTODÔNTICAS REAÇÕES TECIDUAIS ÀS FORÇAS S DENTES ORTODONTIA FORÇA MOVIMENTO -Inicialmente,na Era Cristã, preconizava-se pressões digitais nos dentes mal posicionados visando melhorar a harmonia dos arcos dentários.

Leia mais

Centro Universitário Cesmac CAMILA MARIA BEDER RIBEIRO

Centro Universitário Cesmac CAMILA MARIA BEDER RIBEIRO Centro Universitário Cesmac CAMILA MARIA BEDER RIBEIRO TUMORES ODONTOGÊNICOS Tumores odontogênicos - grupo de doenças heterogêneas que vão desde hamartomas ou proliferação de tecido não neoplásico a neoplasias

Leia mais

Capa (esse texto não será impresso) Dr. Celso Rios Dr. Renato Cabral. Manual de Orientação ao Paciente de IMPLANTES DENTÁRIOS

Capa (esse texto não será impresso) Dr. Celso Rios Dr. Renato Cabral. Manual de Orientação ao Paciente de IMPLANTES DENTÁRIOS Capa (esse texto não será impresso) Dr. Celso Rios Dr. Renato Cabral Manual de Orientação ao Paciente de IMPLANTES DENTÁRIOS Página propositalmente em branco Este foi o melhor investimento que fiz em toda

Leia mais

Dra. Elena Portes Teixeira Will CUIDADOS AO PACIENTE COM GENGIVITE OU PERIODONTITE: DOENÇA PERIODONTAL:

Dra. Elena Portes Teixeira Will CUIDADOS AO PACIENTE COM GENGIVITE OU PERIODONTITE: DOENÇA PERIODONTAL: CUIDADOS AO PACIENTE COM GENGIVITE OU PERIODONTITE: 1Muita atenção na escovação. Siga as dicas abaixo: Escovar sempre depois das refeições. Mesmo quando fizer apenas um lanchinho ; Sempre usar o fio dental

Leia mais

Aula 9: Laudo Radiográfico

Aula 9: Laudo Radiográfico Aula 9: Laudo Radiográfico Autora: Profª. Rosana da Silva Berticelli Edição: Luana Christ e Bruna Reuter Definição: É a interpretação das imagens radiográficas, reconhecendo as estruturas e reparos anatômicos

Leia mais

COMPROMETIMENTO COM OS ANIMAIS, RESPEITO POR QUEM OS AMA.

COMPROMETIMENTO COM OS ANIMAIS, RESPEITO POR QUEM OS AMA. COMPROMETIMENTO COM OS ANIMAIS, RESPEITO POR QUEM OS AMA. CITOLOGIA CLÍNICA O exame citológico é uma das grandes ferramentas para auxiliar o médico veterinário no diagnóstico, prognóstico e na tomada de

Leia mais

MEDIDAS DE ADEQUAÇÃO DO MEIO BUCAL PARA CONTROLE DA CÁRIE DENTÁRIA EM ESCOLARES DO CASTELO BRANCO

MEDIDAS DE ADEQUAÇÃO DO MEIO BUCAL PARA CONTROLE DA CÁRIE DENTÁRIA EM ESCOLARES DO CASTELO BRANCO MEDIDAS DE ADEQUAÇÃO DO MEIO BUCAL PARA CONTROLE DA CÁRIE DENTÁRIA EM ESCOLARES DO CASTELO BRANCO BARROS, Ítala Santina Bulhões 1 LIMA, Maria Germana Galvão Correia 2 SILVA, Ariadne Estffany Máximo da

Leia mais

Microsoft Office 2007

Microsoft Office 2007 Produzido pela Microsoft e adaptado pelo Professor Leite Júnior Informática para Concursos Microsoft Office 2007 Conhecendo o Office 2007 Visão Geral Conteúdo do curso Visão geral: A nova aparência dos

Leia mais

Estado do Ceará PREFEITURA MUNICIPAL DE CEDRO CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Estado do Ceará PREFEITURA MUNICIPAL DE CEDRO CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 1. O paciente João compareceu ao consultório odontológico uma semana depois de realizar uma exodontia do segundo molar inferior esquerdo. Qual das alternativas abaixo contém os

Leia mais