FURADAN 50 G VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FURADAN 50 G VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ"

Transcrição

1 FURADAN 50 G VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento MAPA sob nº COMPOSIÇÃO: 2,3-dihydro-2,2-dimethylbenzofuran-7-yl methyl carbamate (CARBOFURANO)...50 g/kg (5% m/m) Ingredientes inertes g/kg (95% m/m) PESO LÍQUIDO: Vide Rótulo. CLASSE: Inseticida e Nematicida sistêmico, do grupo químico Metilcarbamato de Benzofuranila. TIPO DE FORMULAÇÃO: Granulado (GR). TITULAR DO REGISTRO: FMC QUÍMICA DO BRASIL LTDA. Av. Dr. José Bonifácio Coutinho Nogueira, 150 1º andar Campinas SP Fone: (19) CNPJ: / Reg. CFICS/CDA/SAA/SP n. 423 FABRICANTE DO PRODUTO TÉCNICO: FMC CORPORATION 100 Niagara Street Middleport, NY EUA FORMULADORES: FMC QUÍMICA DO BRASIL LTDA. Av. Antônio Carlos Guillaumon, 25 Distrito Industrial III CEP Uberaba MG CNPJ: / Reg. IMA/MG /2006 SIPCAM ISAGRO BRASIL S.A. Rua Igarapava, 599 Distrito Industrial III CEP Uberaba MG CNPJ: / Reg. IMA/MG /2007 IHARABRAS S.A. INDÚSTRIAS QUÍMICAS Av. Liberdade, 1701 Sorocaba SP CNPJ: / Reg. CFICS/CDA/SAA/SP n.708 FERSOL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA Rod. Presidente Castelo Branco, km 68,5 Mairinque SP CNPJ: / Reg. CFICS/CDA/SAA/SP n.031 SYNGENTA PROTEÇÃO DE CULTIVOS LTDA Rod. SP 332, km 130 Paulínia SP CNPJ: / Reg. CFICS/CDA/SAA/SP n.453 BAYER S.A. Estrada da Boa Esperança, 650 Parte Centro Belford Roxo RJ CNPJ: / FEEMA LO n. FE

2 Nº do lote ou partida: Data de fabricação: VIDE EMBALAGEM Data de vencimento: Furadan e FMC (logotipo) são marcas registradas da FMC Corporation. ANTES DE USAR O PRODUTO LEIA O RÓTULO, A BULA E A RECEITA E CONSERVE-OS EM SEU PODER. É OBRIGATÓRIO O USO DE EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL. PROTEJA-SE. É OBRIGATÓRIA A DEVOLUÇÃO DA EMBALAGEM VAZIA. Indústria Brasileira CLASSIFICAÇÃO TOXICOLÓGICA III MEDIANAMENTE TÓXICO CLASSIFICAÇÃO DO POTENCIAL DE PERICULOSIDADE AMBIENTAL II MUITO PERIGOSO INSTRUÇÕES DE USO: FURADAN 50 GR é um Inseticida e Nematicida sistêmico utilizado para controle de pragas conforme recomendações abaixo: CULTURA PRAGA DOSE (p.c) ALGODÃO Tripes Frankliniella schulzei BROCA-DO-ALGODOEIRO Eutinobothrus brasiliensis PULGÃO-DAS- INFLORESCÊNCIAS Aphis gossypii kg/ha MODO DE APLICAÇÃO INTERVALO DE SEGURANÇA (dias) Aplicação incorporada ao solo. 45 AMENDOIM ARROZ IRRIGADO BANANA BATATA NEMATÓIDE-DAS-GALHAS Meloidogyne javanica NEMATÓIDE-RENIFORME Rotylenchulus reniforms TRIPeS-DO- BRONZEAMENTO Enneothrips flavens BICHEIRA-DA-RAIZ-DO- ARROZ Oryzophagus oryzae MOLEQUE-DA-BANANEIRA Cosmopolites sordidus NEMATÓIDE Helicotylenchus dihystera NEMATÓIDE- CAVERNÍCOLA Radopholus similis LAGARTA-ROSCA Agrotis ipsilon PULGÃO-VERDE Myzys persicae TRAÇA-DA-BATATINHA Phthorimaea operculella LARVA-ARAME Conoderus scalaris kg/ha 50 kg/ha Kg/ha Aplicação incorporada ao solo Kg/ha Aplicar após inundação e/ou aparecimento das pragas com equipamento de aplicação manual, terrestre ou aéreo. Manter a água fechada por 48 horas. Atentar para incompatibilidade com os herbicidas à base de propanil. 3-5 g/isca tipo queijo 80 g/cova Distribuir o produto entre o pseudocaule da bananeira que já produziu o cacho e o queijo. Aplicação na cova de plantio mais outra dose em cobertura após 4 meses kg/ha Aplicação incorporada ao solo

3 BICHO-TROMBA Phyrdenus muriceus PULGA-DO-FUMO Epitrix fasciata VAQUINHA-VERDE- AMARELA Diabrotica speciosa VAQUINHA-DAS- SOLANÁCEAS Epicauta atomaria PULGÃO-DAS- SOLANÁCEAS Macrosiphum euphorbiae Kg/ha CAFÉ NEMATÓIDE-DAS-GALHAS Meloidogyne javanica NEMATÓIDE-DAS-LESÕES Pratylenchus brachyurus BICHO-MINEIRO-DO-CAFÉ Leucoptera coffeella NEMATÓIDE-DAS-GALHAS Meloidogyne exígua Meloidogyne incógnita Transplante a 1 ano: 10g/cova 2 a 3 anos: 20 g/cova acima de 4 anos: 30 g/cova Transplante a 1 ano: 20g/cova 2 a 3 anos: 30 g/cova acima de 4 anos: 40 g/cova Para cafeeiros adultos com grande desenvolvimento vegetativo, aumentar a dose em até 10 g/cova. Aplicação mecânica (granuladeira ou matraca), incorporando o produto ao solo ao redor do pé de café sob a projeção da saia do cafeeiro. Época de aplicação: 1 a no início das chuvas, 2 a. antes do fim das chuvas. Incorporada ao solo. 90 CANA-DE- AÇÚCAR COCHONILHA-VERDE Coccus viridis CIGARRAs-DO-CAFEEIRO Fidicina pullata Quesada gigas BROCA-DA-CANA Diatraea saccharalis 10 g/cova 60 g/cova 30 kg/ha Incorporada em sulco na projeção da copa ou em sulcos laterais. 90 NEMATÓIDE-DAS-GALHAS Meloidogyne javanica NEMATÓIDE-DAS-LESÕES Pratylenchus zeae NEMATÓIDE Helicotylenchus dihystera kg/ha Aplicação junto com os toletes durante o plantio ou incorporado ao solo em banda ou faixa em cana. CIGARRINHA DA RAIZ Mahanarva fimbriolata 40 kg/ha CENOURA FEIJÃO FUMO NEMATÓIDE DAS GALHAS Meloidogyne javanica TRIPeS DO FUMO Thrips tabaci CIGARRINHA VERDE Empoasca kraemeri MOSCA BRANCA Bemisia tabaci LAGARTA ROSCA Agrotis ipsilon PULGA DO FUMO 80 kg/ha Aplicação incorporada ao solo kg/ha 75 Aplicação incorporada ao solo kg/ha kg/ha Aplicação incorporada ao solo. * 3

4 Epitrix fasciata BROCA DO FUMO Faustinus cubae LARVA ARAME Conoderus scalaris 30 kg/ha MILHO VAQUINHA VERDE AMARELA Diabrotica speciosa NEMATÓIDE DAS GALHAS Meloidogyne incognita ELASMO Elasmopalpus lignosellus 20 kg/ha 80 Kg/ha 30 kg/ha 30 LAGARTA DO CARTUCHO Spodoptera frugiperda kg/ha Aplicação incorporada ao solo. REPOLHO TOMATE NEMATÓIDE DAS LESÕES Pratylenchus zeae TRAÇA Plutella xylostella TRIPeS Frankliniella schulzei PULGÃO VERDE Myzus persicae 35 kg/ha 40 Kg/ha Aplicação incorporada ao solo. 90 Tomate rasteiro kg/ha 60 VAQUINHA VERDE- AMARELA Diabrotica speciosa NEMATÓIDE DAS GALHAS Meloidogyne javanica TRIPeS Frankliniella schulzei PULGÃO VERDE Myzus persicae NEMATÓIDE DAS GALHAS Meloidogyne javanica kg/ha kg/ha Tomate envarado 3-5 g/cova 4 g/cova Aplicação incorporada ao solo. TRIGO p.c.= produto comercial LAGARTA ELASMO Elasmopalpus lignosellus kg/ha Aplicação incorporada ao solo. 30 * = uma Uso não alimentar NÚMERO, ÉPOCA E INTERVALO DE APLICAÇÃO: O produto FURADAN 50 GR deve ser aplicado logo após o transplante ou plantio, e conforme as recomendações no modo de aplicação. O número de aplicações poderá variar de acordo com a infestação da praga. Efetuar a aplicação de forma que possibilite uma boa uniformidade dos grânulos. Não deixar o produto exposto na superfície quando a aplicação for na modalidade incorporada. CULTURA NÚMERO MÁXIMO DE APLICAÇÕES POR CICLO DA CULTURA OU SAFRA ALGODÃO 1 AMENDOIM 1 ARROZ IRRIGADO 1 BANANA 1 BATATA 2 CANA-DE-AÇÚCAR 1 4

5 CENOURA 1 CAFÉ 2 FEIJÃO 1 FUMO 1 MILHO 1 REPOLHO 1 TOMATE 1 TRIGO 1 MODO DE APLICAÇÃO: Algodão: aplicar o produto com granuladeira, no sulco de plantio no juntamente com a Amendoim: aplicar o produto com granuladeira, no sulco de plantio no juntamente com a Não deixar o produto exposto na superfície. Arroz irrigado: Aplicar após inundação e/ou aparecimento das pragas. Manter a água fechada por 48 horas. Atentar para incompatibilidade com os herbicidas à base de propanil. Banana: Moleque-da-bananeira (Cosmopolites sordidus): Aplicar com uso de iscas tipo telha, obtidas do pseudocaule de bananeiras que já produziram, e colocadas em cada 4 plantas ou covas. Nematóide (Helicotylenchus dihystera), Nematóide-cavernícola (Radopholus similis): Aplicação na cova de plantio ou próximo ao pseudocaule com incorporação ao solo. Batata: aplicação do produto no sulco de plantio e amontoa incorporar o produto ao solo. Café: controle de bicho-mineiro e nematóide, cafeeiros adultos com grande desenvolvimento vegetativo, aumentar a dose em até 10 g/cova. Aplicação mecânica (granuladeira ou matraca), incorporando o produto ao solo ao redor do pé de café sob a projeção da saia do cafeeiro. Época de aplicação: 1 a. no início das chuvas, 2 a. antes do fim das chuvas. Para controle de colchonilha verde e cigarrinha: incorporar o produto no sulco na projeção da copa ou em sulcos laterais, sempre próximos as raízes e projeção da copa. Cana-de-açúcar: Aplicar junto com os toletes durante o plantio ou incorporada ao solo em banda ou faixa em cana soca. Não deixar o produto exposto na superfície. Cenoura: Aplicar o produto com granuladeira, no sulco de plantio juntamente com a Feijão: aplicar o produto com granuladeira, no sulco de plantio juntamente com a Fumo: Aplicar o produto com granuladeira, no sulco de plantio juntamente com a 5

6 Milho: Aplicar o produto com granuladeira, no sulco de plantio juntamente com a Repolho: Aplicar o produto com granuladeira, no sulco de plantio juntamente com a Tomate: Aplicar o produto com granuladeira, no sulco de plantio juntamente com a Trigo: Aplicar o produto com granuladeira, no sulco de plantio juntamente com a Equipamentos de aplicação: Pode ser aplicado utilizando-se equipamentos manuais (matracas) e tratorizados (granuladeiras). Quando utilizar equipamento tratorizado para distribuição de grânulos, procurar regular o aparelho para que faça uma distribuição homogênea do produto e libere a dosagem recomendada. Na aplicação manual procurar uniformizar a distribuição do produto (utilizar o equipamento de proteção individual EPI). Para controle de bicheira-da-raiz no Arroz irrigado recomendamos aplicação aérea. INTERVALO DE SEGURANÇA: CULTURA DIAS ALGODÃO 45 AMENDOIM 14 ARROZ IRRIGADO 30 BANANA 30 BATATA 60 CAFÉ 90 CANA-DE-AÇÚCAR 90 CENOURA 90 FEIJÃO 75 FUMO UNA MILHO 30 REPOLHO 90 TOMATE 60 TRIGO 30 * UNA USO NÃO ALIMENTAR INTERVALO DE REENTRADA DE PESSOAS NAS CULTURAS E ÁREAS TRATADAS: Não deve o ocorrer a reentrada de pessoas nas culturas antes de 24 horas após aplicação, a menos que se usem roupas protetoras. LIMITAÇÕES DE USO: Deve-se aguardar um intervalo de 21 dias após a germinação para se aplicar herbicidas à base de Propanil, guardando-se também um intervalo de 3 a 5 dias para a aplicação de Carbofuran após o uso de Propanil. INFORMAÇÕES SOBRE OS EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL A SEREM UTILIZADOS: 6

7 De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana ANVISA/MS INFORMAÇÕES SOBRE OS EQUIPAMENTOS DE APLICAÇÃO A SEREM USADOS: Vide Modo de Aplicação. INFORMAÇÕES SOBRE MANEJO DE RESISTÊNCIA: Qualquer agente de controle de insetos pode ficar menos efetivo ao longo do tempo se o inseto alvo desenvolver algum mecanismo de resistência. Implementando as seguintes estratégias de manejo de resistência a inseticidas (MRI) poderíamos prolongar a vida útil dos inseticidas. Qualquer produto para controle de inseto da mesma classe ou de mesmo modo de ação não deve ser utilizado em aplicações consecutivas da mesma praga. Utilizar somente as doses recomendadas no rótulo/bula. Sempre consultar um Engenheiro Agrônomo para orientação sobre as recomendações locais para o MRI. INFORMAÇÕES SOBRE O MANEJO INTEGRADO DE PRAGAS: Incluir outros métodos de controle de doenças (ex. controle cultural, biológico, etc) dentro do programa de Manejo Integrado de Doenças (MID) quando disponíveis e apropriados. DADOS RELATIVOS À PROTEÇÃO DA SAÚDE HUMANA: PRECAUÇÕES GERAIS: Não coma, não beba e não fume durante o manuseio do produto. Não utilize equipamento com vazamento. Não distribua o produto com as mãos desprotegidas. Não transporte o produto junto com alimento, medicamento, ração, animais e pessoas. Uso exclusivo agrícola. PRECAUÇÕES NO MANUSEIO E APLICAÇÃO PROPRIAMENTE DITA: Use protetor ocular. Se houver contato do produto com os olhos, lave-os imediatamente e veja PRIMEIROS SOCORROS. Use máscara cobrindo o nariz e a boca. Produto perigoso se inalado ou aspirado. Caso o produto seja inalado ou aspirado, procure local arejado e veja PRIMEIROS SOCORROS. Use luvas de borracha. Ao contato do produto com a pele, lave-a imediatamente e veja PRIMEIROS SOCORROS. Ao abrir a embalagem, faça de modo a evitar poeira. Use macacão com mangas compridas,touca árabe, óculos ou viseira facial, luvas, botas e máscara apropriada. Evite o máximo possível o contato com a área de aplicação. Não aplique o produto contra o vento e nas horas mais quentes do dia. PRECAUÇÕES APÓS A APLICAÇÃO: Não reutilize a embalagem vazia. Mantenha o restante do produto adequadamente fechado em local trancado, longe do alcance de crianças e animais. 7

8 Tome banho, troque e lave as suas roupas. Ao lavar as roupas de proteção, separadas das demais roupas da família, utilizar luvas e avental impermeável PRIMEIROS SOCORROS: Ingestão: Provoque vômito e procure logo o médico, levando a embalagem, rótulo, bula ou receituário agronômico do produto. Não dar nada via oral, nem induzir vômito a uma pessoa inconsciente. Olhos: Lave com água em abundância e procure o médico, levando a embalagem, rótulo, bula ou receituário agronômico do produto. Pele: Lave com água e sabão em abundância e procure o médico, levando a embalagem, rótulo, bula ou receituário agronômico do produto. Inalação: Procurar local arejado e ir ao médico levando a embalagem, rótulo, bula ou receituário agronômico do produto. ANTÍDOTO / TRATAMENTO (INFORMAÇÕES PARA USO MÉDICO): ATROPINA É ANTÍDOTO DE EMERGÊNCIA EM CASO DE INTOXICAÇÃO. NUNCA ADMINISTRE ATROPINA ANTES DO APARECIMENTO DOS SINTOMAS DE INTOXICAÇÃO. Se o acidentado parar de respirar, aplique imediatamente respiração artificial. Transporteo imediatamente para assistência médica mais próxima. SULFATO DE ATROPINA crianças 0,05 mg/kg via intravenosa a cada minutos. A administração contínua da dose deve ser de 0,05 mg/kg/15 minutos ou 200 μg/kg/hora. A dosificação apropriada é alcançada através do monitoramento da atropinização. Adultos 2 a 4 mg/dose via intravenosa a cada minutos, e infusão de atropina de 8 a 16 mg/hora. A dosificação apropriada é alcançada através do monitoramento da atropinização. A atropinização deve ser suspensa quando o paciente estiver assintomático após algum tempo, com espaçamento de pelo menos 2 horas, e nunca antes disso, pois pode haver rebote e reaparecimento do quadro de intoxicação. Tal procedimento deve ser feito com cautela, uma vez que pode haver piora do quadro. Manter em observação por 72 horas, com monitoramento cardíaco. CONTRA-INDICAÇÕES: oximas (contrathion), morfina, aminofilina, tranqüilizantes. MECANISMOS DE AÇÃO, ABSORÇÃO E EXCREÇÃO PARA O SER HUMANO: O CARBOFURANO, pertencendo ao grupo de N-metil-carbamatos, age como inibidor da colinesterase. Esta inibição, ao contrário daquela causada pelos organofosforados, é reversível, e os efeitos do CARBOFURANO não são cumulativos, ou seja, não ocorre depressão crônica da colinesterase resultante de exposições repetitivas ao produto. A principal via de absorção é a dérmica. É rapidamente metabolizado e excretado principalmente pela urina. A duração do intervalo entre exposição e aparecimento de sinais e sintomas está relacionada com a dose. Pode variar de alguns minutos a 1 hora. A duração dos sintomas, que corresponde à metabolização do produto, também depende da dose. Em casos de intoxicação moderada, a recuperação espontânea ocorre entre 1 a 4 horas. EFEITOS AGUDOS E CRÔNICOS: Os efeitos agudos são aqueles causados pela inibição da colinesterase, ou seja, dor de cabeça, fraqueza, náuseas, tonturas e posteriormente constrição das pupilas, tremores, salivação e transpiração excessivas, cólicas abdominais, diarréia e vômitos. 8

9 Como dito anteriormente, os efeitos do CARBOFURANO não são cumulativos, pois a depressão da colinesterase é reversível (6 a 24 horas). O CARBOFURANO não tem demonstrado nenhum potencial neurotóxico, mutagênico, teratogênico ou carcinogênico. SINTOMAS DE ALARME: Fraqueza, dor de cabeça, opressão no peito, visão turva, pupilas não reativas, salivação abundante, náuseas, vômito, diarréia e cólicas abdominais. EFEITOS ADVERSOS: Por não ser o produto de finalidade terapêutica, não há como caracterizar seus efeitos adversos. DADOS RELATIVOS À PROTEÇÃO DO MEIO AMBIENTE: 1. PRECAUÇÕES DE USO E ADVERTÊNCIAS QUANTO AOS CUIDADOS DE PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE. Este produto é: [ ] Altamente Perigoso ao Meio Ambiente (CLASSE I). [X] Muito Perigoso ao Meio Ambiente (CLASSE II). [ ] Perigoso ao Meio Ambiente (CLASSE III). [ ] Pouco Perigoso ao Meio Ambiente (CLASSE IV). - Este produto é ALTAMENT PERSISTENTE no meio ambiente. - Este produto é ALTAMENTE MÓVEL, apresentando alto potencial de deslocamento no solo, podendo atingir principalmente águas subterrâneas. - Este produto é ALTAMENTE TÓXICO para microcrustáceos. - Este produto é ALTAMENTE TÓXICO para aves - Evite a contaminação ambiental Preserve a Natureza. - Não utilize equipamento com vazamento. - Não aplique o produto na presença de ventos fortes ou nas horas mais quentes. - Aplique somente as doses recomendadas. - Não lave as embalagens ou equipamento aplicador em lagos, fontes, rios e demais corpos d água. - A destinação inadequada de embalagens ou restos de produtos ocasiona contaminação do solo, da água e do ar, prejudicando a fauna, a flora e a saúde das pessoas. - Não execute aplicação aérea de agrotóxicos em áreas situadas a uma distância inferior a 500 (quinhentos) metros de povoação e de mananciais de captação de água para abastecimento público e de 250 (duzentos e cinqüenta) metros de mananciais de água, moradias isoladas, agrupamentos de animais e vegetação suscetível a danos. 2. INSTRUÇÕES DE ARMAZENAMENTO DO PRODUTO, VISANDO SUA CONSERVAÇÃO E PREVENÇÃO CONTRA ACIDENTES: - Mantenha o produto em sua embalagem original sempre fechada. - O local deve ser exclusivo para produtos tóxicos, devendo ser isolado de alimentos, bebidas, rações ou outros materiais. - A construção deve ser de alvenaria ou de material não combustível. - O local deve ser ventilado, coberto e ter piso impermeável. - Coloque placa de advertência com os dizeres: CUIDADO VENENO. 9

10 - Trancar o local, evitando o acesso de pessoas não autorizadas, principalmente crianças.deve haver sempre embalagens adequada disponíveis para envolver embalagens rompidas ou para o recolhimento de produtos vazados. - Em caso de armazéns, deverão ser seguidas as instruções constantes na NBR 9843 da Associação Brasileira de Normas Técnicas ABNT. - Observe as disposições constantes da legislação estadual e municipal. 3. INSTRUÇÕES EM CASO DE ACIDENTES: - Isole e sinalize a área contaminada. - Contate as autoridades locais e competentes e a Empresa FMC QUÍMICA DO BRASIL LTDA. Telefone de emergência: (0XX34) Utilize equipamento de proteção individual EPI (macacão impermeável, luvas e botas de borracha, óculos protetores e máscara com filtros). - Em caso de derrame, siga as instruções abaixo: Piso pavimentado: recolha o material com auxílio de uma pá e coloque em recipiente lacrado e identificado devidamente. O produto derramado não deverá ser mais utilizado. Neste caso, consulte o registrante através do telefone indicado no rótulo para a sua devolução e destinação final. Solo: retire as camadas de terra contaminada até atingir o solo não contaminado, recolha esse material e coloque em um recipiente lacrado e devidamente identificado. Contate a empresa registrante conforme indicado acima. Corpos d água: interrompa imediatamente a captação para o consumo humano ou animal, contate o órgão ambiental mais próximo e o centro de emergência da empresa, visto que as medidas a serem adotadas dependem das proporções do acidente, das características do corpo hídrico em questão e da quantidade do produto envolvido. -Em caso de incêndio, USE EXTINTORES DE ÁGUA EM FORMA DE NEBLINA, CO 2 OU PÓ QUÍMICO, ficando a favor do vento para evitar intoxicações. 4. PROCEDIMENTOS DE LAVAGEM, ARMAZENAMENTO, DEVOLUÇÃO, TRANSPORTE E DESTINAÇÃO DE EMBALAGENS VAZIAS E RESTOS DE PRODUTOS IMPRÓPRIOS PARA UTILIZAÇÃO OU EM DESUSO: ESTA EMBALAGEM NÃO PODE SER LAVADA ARMAZENAMENTO DA EMBALAGEM VAZIA: O armazenamento da embalagem vazia, até sua devolução pelo usuário, deve ser efetuado em local coberto, ventilado, ao abrigo de chuva e com piso impermeável, no próprio local onde são guardadas as embalagens cheias. Use luvas no manuseio dessa embalagem. Essa embalagem deve ser armazenada separadamente das lavadas, em saco plástico transparente (Embalagens Padronizadas modelo ABNT), devidamente identificado e com lacre, o qual deverá ser adquirido nos Canais de Distribuição. DEVOLUÇÃO DA EMBALAGEM VAZIA: No prazo de até um ano da data da compra, é obrigatória a devolução da embalagem vazia, pelo usuário, ao estabelecimento onde foi adquirido o produto ou no local indicado na nota fiscal, emitida no ato da compra. 10

11 Caso o produto não tenha sido totalmente utilizado nesse prazo, e ainda esteja dentro de seu prazo de validade, será facultada a devolução da embalagem em até 6 meses após o término do prazo de validade. O usuário deve guardar o comprovante de devolução para efeito de fiscalização, pelo prazo mínimo de um ano após a devolução da embalagem vazia. TRANSPORTE: As embalagens vazias não podem ser transportadas junto com alimentos, bebidas, medicamentos, rações, animais e pessoas. Devem ser transportadas em saco plástico transparente (Embalagens Padronizadas modelo ABNT), devidamente identificado e com lacre, o qual deverá ser adquirido nos Canais de Distribuição. EMBALAGENS SECUNDÁRIAS (NÃO CONTAMINADA) ESTA EMBALAGEM NÃO PODE SER LAVADA ARMAZENAMENTO DA EMBALAGEM VAZIA: O armazenamento da embalagem vazia, até sua devolução pelo usuário, deve ser efetuado em local coberto, ventilado, ao abrigo de chuva e com piso impermeável, no próprio local onde são guardadas as embalagens cheias. DEVOLUÇÃO DA EMBALAGEM VAZIA: É obrigatória a devolução da embalagem vazia, pelo usuário, onde foi adquirido o produto ou no local indicado na nota fiscal, emitida pelo estabelecimento comercial. TRANSPORTE: As embalagens vazias não podem ser transportadas junto com alimentos, bebidas, medicamentos, rações, animais e pessoas. DESTINAÇÃO FINAL DAS EMBALAGENS VAZIAS: A destinação final das embalagens vazias, após a devolução pelos usuários, somente poderá ser realizada pela Empresa Registrante ou por empresas legalmente autorizadas pelos órgãos competentes É PROIBIDO AO USUÁRIO A REUTILIZAÇÃO E A RECICLAGEM DESTA EMBALAGEM VAZIA OU FRACIONAMENTO E REEMBALAGEM DESTE PRODUTO. EFEITOS SOBRE O MEIO AMBIENTE DECORRENTES DA DESTINAÇÃO INADEQUADA DA EMBALAGEM VAZIA E RESTOS DE PRODUTO: A destinação inadequada das embalagens vazias e restos de produtos no meio ambiente causa contaminação do solo, da água e do ar, prejudicando a fauna, a flora e a saúde das pessoas. PRODUTOS IMPRÓPRIOS PARA UTILIZAÇÃO OU EM DESUSO: Caso este produto venha a se tornar impróprio para utilização ou em desuso, consulte o registrante através do telefone indicado no rótulo para sua devolução e destinação final. A desativação do produto é feita através de incineração em fornos destinados para este tipo de operação, equipados com câmaras de lavagem de gases efluentes e aprovados por órgãos ambientais competentes. TRANSPORTE DE AGROTÓXICOS, COMPONENTES E AFINS: 11

12 O transporte está sujeito às regras e aos procedimentos estabelecidos na legislação específica, que inclui o acompanhamento da ficha de emergência do produto, bem como determina que os agrotóxicos não podem ser transportados junto de pessoas, animais, rações, medicamentos ou outros materiais. 12

PERMIT VERIFICAR RESTRIÇÕES CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO ESTADO DO PARANÁ

PERMIT VERIFICAR RESTRIÇÕES CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO ESTADO DO PARANÁ PERMIT VERIFICAR RESTRIÇÕES CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO ESTADO DO PARANÁ registrado no ministério da agricultura, pecuária e abastecimento mapa sob nº 00801 COMPOSIÇÃO: 0,0-diethyl-0-fenyl-fosforotiato...50%

Leia mais

FURADAN 350 FS VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ

FURADAN 350 FS VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ FURADAN 350 FS VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento MAPA sob nº 02198792. COMPOSIÇÃO: Nome químico:

Leia mais

RELATÓRIO DO PRODUTO

RELATÓRIO DO PRODUTO Composição Grupo químico Classe Modo de ação Formulação Classif. toxicológica Classif. ambiental Empresa CARBOFURANO 350 g/l METILCARBAMATO DE BENZOFURANILA INSETICIDA NEMATICIDA SISTÊMICO SC - SUSPENSÃO

Leia mais

JOINT OIL VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ

JOINT OIL VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ JOINT OIL VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA sob nº 002294 COMPOSIÇÃO: ÓLEO MINERAL (mistura

Leia mais

AUREO - [Adjuvante] bayercropscience.com.br/site/nossosprodutos/ /DetalheDoProduto.fss?Produto=176

AUREO - [Adjuvante] bayercropscience.com.br/site/nossosprodutos/ /DetalheDoProduto.fss?Produto=176 Você está em: Home» AUREO - [Adjuvante] Princípio ativo Éster metílico de óleo de soja REGISTRO Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento/MAPA sob nº 001507. COMPOSIÇÃO Éster metílico

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO TOXICOLÓGICA IV - POUCO TÓXICO CLASSIFICAÇÃO DO POTENCIAL DE PERICULOSIDADE AMBIENTAL IV - PRODUTO POUCO PERIGOSO AO MEIO AMBIENTE

CLASSIFICAÇÃO TOXICOLÓGICA IV - POUCO TÓXICO CLASSIFICAÇÃO DO POTENCIAL DE PERICULOSIDADE AMBIENTAL IV - PRODUTO POUCO PERIGOSO AO MEIO AMBIENTE Ag-Bem 1012 VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ ANTES DE USAR O PRODUTO LEIA O RÓTULO, A BULA E A RECEITA, E CONSERVE-OS EM SEU PODER. É OBRIGATÓRIO O USO DE EQUIPAMENTOS

Leia mais

MINER OIL. Verificar as restrições de uso constantes na lista de agrotóxicos do Paraná

MINER OIL. Verificar as restrições de uso constantes na lista de agrotóxicos do Paraná MINER OIL Verificar as restrições de uso constantes na lista de agrotóxicos do Paraná Registrado Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento MAPA sob Nº 05400 COMPOSIÇÃO: Mistura de hidrocarbonetos

Leia mais

PACTO VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ

PACTO VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ PACTO VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA sob nº 07398 Composição: Methyl-3-choro-2-(5-ethoxy-7-fluorol[1,2,4]triazolo[1,5c]pyrimidin-2-yl

Leia mais

Joint* Oil ANTES DE USAR O PRODUTO, LEIA O RÓTULO, A BULA E A RECEITA E CONSERVE-OS EM SEU PODER.

Joint* Oil ANTES DE USAR O PRODUTO, LEIA O RÓTULO, A BULA E A RECEITA E CONSERVE-OS EM SEU PODER. Joint* Oil 1012 ANTES DE USAR O PRODUTO, LEIA O RÓTULO, A BULA E A RECEITA E CONSERVE-OS EM SEU PODER. É OBRIGATÓRIO O USO DE EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL. PROTEJA-SE. É OBRIGATÓRIA A DEVOLUÇÃO

Leia mais

GLADIUM - [Herbicida]

GLADIUM - [Herbicida] Você está em: Home» GLADIUM - [Herbicida] Produto aplicável nas culturas Princípio ativo Arroz Irrigado Etoxissulfurom REGISTRO Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento/MAPA sob

Leia mais

BROMEX VERIFICAR RESTRIÇÕES CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO ESTADO DO PARANÁ

BROMEX VERIFICAR RESTRIÇÕES CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO ESTADO DO PARANÁ BROMEX VERIFICAR RESTRIÇÕES CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO ESTADO DO PARANÁ REGISTRADO NO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO, SOB Nº 005886-88 Composição: Methyl bromide (Brometo

Leia mais

Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico. Produto CHOICE

Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico. Produto CHOICE 1. Identificação do Produto Nome do Produto: CHOICE Código do Produto: - Nome da Empresa: De Sangosse Agroquímica Ltda. Endereço: Rua Raimundo Ramos Ferreira, 136 - CURITIBA/PR CEP: 81.350-040 Telefone

Leia mais

FISPQ Ficha de Informação de Segurança de Produtos Químicos em acordo com a NBR-14725 Data da revisão: 14/01/08 Data da impressão: 12/8/2013

FISPQ Ficha de Informação de Segurança de Produtos Químicos em acordo com a NBR-14725 Data da revisão: 14/01/08 Data da impressão: 12/8/2013 Página 1 de 6 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do produto: ACTARA PLUS Empresa: SYNGENTA Proteção de Cultivos Ltda Rodovia SP 332, Km 130. 13140-000 - Paulínia São Paulo (19) 3874.5800 Telefone

Leia mais

MOSPILAN VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ

MOSPILAN VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ MOSPILAN VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA sob nº 10498 COMPOSIÇÃO: (E)-N1-[(6-chloro-3-pyridyl)methyl]-N2-cyano-N1-methylacetamidine

Leia mais

NORPACIFIC DO BRASIL LTDA. FUMISPORE

NORPACIFIC DO BRASIL LTDA. FUMISPORE NORPACIFIC DO BRASIL LTDA Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico Página 1 de 6 1. Identificação do Produto e da Empresa FUMISPORE Fabricante / Registrante: L.C.B. S.A. Laboratoire de Chimie

Leia mais

AG BEM VERIFICAR RESTRIÇÕES CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO ESTADO DO PARANÁ

AG BEM VERIFICAR RESTRIÇÕES CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO ESTADO DO PARANÁ AG BEM VERIFICAR RESTRIÇÕES CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO ESTADO DO PARANÁ Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento MAPA sob nº 014385-91 COMPOSIÇÃO: Resina sintética emulsionada...387

Leia mais

REGENT 20 GR VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ

REGENT 20 GR VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ REGENT 20 GR VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento MAPA sob nº 05694. COMPOSIÇÃO: (RS)-5-amino-1-(2,6-dichloro-α,α,α,-trifluoro-p-toly)-4-trifluoromethylsulfinylpyrazole-3-

Leia mais

CORBEL Fungicida. Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA sob o n 01188593

CORBEL Fungicida. Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA sob o n 01188593 CORBEL Fungicida Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA sob o n 01188593 COMPOSIÇÃO: (R,S)cis-4-[3-(4-tert-butylphenyl)-2-methylpropyl]-2,6-dimethylmorpholine (FENPROPIMORFE)...

Leia mais

FISPQ Ficha de Informação de Segurança de Produtos Químicos em acordo com a NBR-14725

FISPQ Ficha de Informação de Segurança de Produtos Químicos em acordo com a NBR-14725 Produto: ICON 5 CE Página 1 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do produto: ICON 5 CE Empresa: SYNGENTA Proteção de Cultivos Ltda Rodovia SP 332, km 130. 13140-000 - Paulínia São Paulo (19) 3874.5800

Leia mais

FISPQ Ficha de Informação de Segurança de Produtos Químicos em acordo com a NBR-14725

FISPQ Ficha de Informação de Segurança de Produtos Químicos em acordo com a NBR-14725 Produto: Data da impressão: 15/6/2015 Página 1 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do produto: Empresa: SYNGENTA Proteção de Cultivos Ltda Rodovia SP 332, km 130. 13140-000 - Paulínia São Paulo

Leia mais

TAJ Inseticida. Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA sob nº 04406

TAJ Inseticida. Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA sob nº 04406 TAJ Inseticida Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA sob nº 04406 COMPOSIÇÃO: (RS)-5-amino-1-(2,6-dichloro-α,α,α-trifluoro-p-tolyl)-4-trifluoromethylsulfinylpyrazole-3-carbonitrile

Leia mais

RELATÓRIO DO PRODUTO

RELATÓRIO DO PRODUTO Composição Grupo químico Classe Modo de ação Formulação Classif. toxicológica Classif. ambiental Empresa CIPERMETRINA 200 g/l PIRETRÓIDE INSETICIDA CONTATO E INGESTÃO CONCENTRADO EMULSIONÁVEL III - MEDIANAMENTE

Leia mais

KEEPDRY. Verificar as restrições de uso constantes na lista de Agrotóxicos do Estado do Paraná

KEEPDRY. Verificar as restrições de uso constantes na lista de Agrotóxicos do Estado do Paraná KEEPDRY Verificar as restrições de uso constantes na lista de Agrotóxicos do Estado do Paraná Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento MAPA sob nº 00600 COMPOSIÇÃO: TERRA DE DIATOMÁCEA

Leia mais

PRIMEPLUS BR. COMPOSIÇÃO: 12,5% m/v de FLUMETRALIN: N (2 cloro 6 fluorobenzil) N etil trifluoro 2,6 dinitro p toluidina + 87,5% m/v de inertes

PRIMEPLUS BR. COMPOSIÇÃO: 12,5% m/v de FLUMETRALIN: N (2 cloro 6 fluorobenzil) N etil trifluoro 2,6 dinitro p toluidina + 87,5% m/v de inertes PRIMEPLUS BR COMPOSIÇÃO: 12,5% m/v de FLUMETRALIN: N (2 cloro 6 fluorobenzil) N etil trifluoro 2,6 dinitro p toluidina + 87,5% m/v de inertes Peso Líquido: VIDE RÓTULO CLASSE: Regulador de Crescimento

Leia mais

VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ

VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ Aterbane BR 1501 VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ ANTES DE USAR O PRODUTO LEIA O RÓTULO, A BULA E A RECEITA, E CONSERVE-OS EM SEU PODER. É OBRIGATÓRIO O USO DE EQUIPAMENTOS

Leia mais

07/06/2010 PRODUTO: PLATINUM NEO

07/06/2010 PRODUTO: PLATINUM NEO PRODUTO: Data da impressão: 5/8/2011 Página 1 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do produto: Empresa: SYNGENTA Proteção de Cultivos Ltda. Rodovia SP 332, km 130. 13140-000 - Paulínia São Paulo

Leia mais

ACTELLIC 500 EC. Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA sob nº:01238404 COMPOSIÇÃO:

ACTELLIC 500 EC. Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA sob nº:01238404 COMPOSIÇÃO: ACTELLIC 500 EC Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA sob nº:01238404 COMPOSIÇÃO: O-2-diethylamino-6-methylpyrimidin-4-yl O,O-dimethyl phosphorothioate PIRIMIFÓS-METÍLICO...,

Leia mais

Imidacloprid 700WG TRIPLA AÇÃO NA PROTEÇÃO DE CULTIVOS

Imidacloprid 700WG TRIPLA AÇÃO NA PROTEÇÃO DE CULTIVOS Imidacloprid 700WG TRIPLA AÇÃO NA PROTEÇÃO DE CULTIVOS Imidacloprid 700WG Inseticida de tripla ação: sistêmico, de contato e ingestão Galeão é um inseticida sistêmico, do grupo dos neonicotinóides que

Leia mais

FISPQ - Ficha de Informação de Segurança de Produtos Químicos RATOKILL PÓ DE CONTATO

FISPQ - Ficha de Informação de Segurança de Produtos Químicos RATOKILL PÓ DE CONTATO RATOKILL PÓ DE CONTATO CÓDIGOS : 313, 314, 325 e 326. Páginas 1 de 5 01 - IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO: Nome do produto... : RATICIDA RATOKILL PÓ DE CONTATO Fabricante... : INSETIMAX INDÚSTRIA QUÍMICA LTDA

Leia mais

QUATERMON. ESCRITÓRIO: Rua Palmares nº 51 Bairro do Ipiranga CEP: 04210 040 São Paulo/SP

QUATERMON. ESCRITÓRIO: Rua Palmares nº 51 Bairro do Ipiranga CEP: 04210 040 São Paulo/SP QUATERMON VERIFICAR AS RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO ESTADO DO PARANÁ Composição: alkvl benzyl dimethylammonium chloride (cloreto de benzalconio)...125 ml/l ou (12,5% v/v) Ingredientes

Leia mais

FISPQ Ficha de Informação de Segurança de Produtos Químicos em acordo com a NBR-14725

FISPQ Ficha de Informação de Segurança de Produtos Químicos em acordo com a NBR-14725 Produto: Página 1 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do produto: Empresa: SYNGENTA Proteção de Cultivos Ltda Rodovia SP 332, Km 130. 13140-000 - Paulínia São Paulo (19) 3874.5800 Telefone para

Leia mais

ISCA TAMANDUÁ BANDEIRA S

ISCA TAMANDUÁ BANDEIRA S 1 ISCA TAMANDUÁ BANDEIRA S Verificar restrições de uso constantes na lista de agrotóxicos do Paraná REGISTRADO NO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO MAPA SOB Nº COMPOSIÇÃO: N-etil perfluoroctano

Leia mais

Estádio de Crescimento. até 4 perfilhos 4 6 perfilhos. até 4 perfilhos 4 6 perfilhos. até 4 perfilhos 4 6 perfilhos. 20 50 cm.

Estádio de Crescimento. até 4 perfilhos 4 6 perfilhos. até 4 perfilhos 4 6 perfilhos. até 4 perfilhos 4 6 perfilhos. 20 50 cm. FALCON 250 WG Dados técnicos Nome comum do ingrediente ativo: BUTROXYDIM Registro no Ministério da Agricultura e do Abastecimento: nº 01597 Classe: herbicida graminicida sistêmico Composição: 2 [1 (etoxiamino)

Leia mais

EVIDENCE VERIFICAR AS RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS NO PARANÁ

EVIDENCE VERIFICAR AS RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS NO PARANÁ EVIDENCE VERIFICAR AS RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS NO PARANÁ Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento MAPA sob nº 05996 COMPOSIÇÃO: 1 (6 Chloro 3 pyridylmethy)

Leia mais

METHOMEX 215 SL VERIFICAR AS RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ

METHOMEX 215 SL VERIFICAR AS RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ METHOMEX 215 SL VERIFICAR AS RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento MAPA sob nº 07895 Composição: S-methyl N-(methylcarbamoyloxy)

Leia mais

Nome do Produto: Inseticida Granulado LANDREX PLUS FISPQ N-: 17 Página 1/5 Data da última revisão: 24.05.2015

Nome do Produto: Inseticida Granulado LANDREX PLUS FISPQ N-: 17 Página 1/5 Data da última revisão: 24.05.2015 Página 1/5 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Empresa fabricante: Landrin Indústria e Comércio de Inseticidas Ltda. Tel.: XX54-3330-9600 Informação em caso de emergência Tel.: 0800 707 0550 Tel.:

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO Produto: GLIATO Revisão: 01 Data: 16/08/2011 Páginas: 1/7

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO Produto: GLIATO Revisão: 01 Data: 16/08/2011 Páginas: 1/7 Revisão: 01 Data: 16/08/2011 Páginas: 1/7 1 IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do produto: Gliato Código interno de identificação do produto: N.A. Nome da empresa: Prentiss Química LTDA Endereço:

Leia mais

Produto: PREVENT N.º do FISPQ: CC 04 Data/Atualizada em: 30/01/08

Produto: PREVENT N.º do FISPQ: CC 04 Data/Atualizada em: 30/01/08 1. Identificação do produto e da empresa. PREVENT CROPCHEM LTDA. Av. Cristóvão Colombo, 2.834 Conj. 804 Porto Alegre, RS, CEP 90 560-002 Telefone de Emergência: (51) 3342-1300 2.Composição e Informações

Leia mais

Ficha de segurança DDVP ROGAMA 1000 CE

Ficha de segurança DDVP ROGAMA 1000 CE Rev. 00 18/07/06 Ficha de segurança 1. Identificação do Produto e da Empresa DDVP ROGAMA 1000 CE Empresa ROGAMA INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. Av. Alexandrina das Chagas Moreira, 964, Distrito Industria Pindamonhangaba

Leia mais

FISPQ - Ficha de Informação de Segurança de Produtos Químicos

FISPQ - Ficha de Informação de Segurança de Produtos Químicos CÓDIGO: 559 PAGINA 1/ 5 CÓDIGOS: 488, 412, 9256, 551, 420, 413. Nei Aparecido PAG Padovan 1/ 4 01 - IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do produto: BIOPLEN 150 SC Fabricante: Insetimax Indústria

Leia mais

GALLANT*R LEIA O RÓTULO E A BULA ANTES DE UTILIZAR O PRODUTO E CONSERVE-A EM SEU PODER. É OBRIGATÓRIO O USO DE EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA. PROTEJA-SE.

GALLANT*R LEIA O RÓTULO E A BULA ANTES DE UTILIZAR O PRODUTO E CONSERVE-A EM SEU PODER. É OBRIGATÓRIO O USO DE EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA. PROTEJA-SE. (MODELO DE BULA - TEXTO) GALLANT*R LEIA O RÓTULO E A BULA ANTES DE UTILIZAR O PRODUTO E CONSERVE-A EM SEU PODER. É OBRIGATÓRIO O USO DE EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA. PROTEJA-SE. 1. DADOS GERAIS 1.1. Composição:

Leia mais

Registrado no IBAMA sob nº 0230/99

Registrado no IBAMA sob nº 0230/99 Registrado no IBAMA sob nº 0230/99 COMPOSIÇÃO: (RS)-5-amino-1-(2,6-dichloro-α,α,α-trifluoro-p-tolyl)-4-trifluoromethylsulfinylpyrazole-3- carbonitrile (FIPRONIL)... 0,03 g/kg (0,003% m/m) Ingredientes

Leia mais

SPANTA POMBO PASTILHA

SPANTA POMBO PASTILHA SPANTA POMBO PASTILHA CÓDIGO : 702 Páginas 1 de 5 01 - IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO: Nome do produto... : SPANTA POMBO PASTILHA Fabricante... : INSETIMAX INDÚSTRIA QUÍMICA LTDA Endereço... : Rua Adelaide Zangrande

Leia mais

Nome Comum Nome Científico Estágio de Crescimento Dose(litro*/ha) 0,5. Reaplicar se houver Capim marmelada Brachiaria plantaginea

Nome Comum Nome Científico Estágio de Crescimento Dose(litro*/ha) 0,5. Reaplicar se houver Capim marmelada Brachiaria plantaginea FUSILADE 250 EW Dados técnicos Nome comum do ingrediente ativo: FLUAZIFOP P BUTIL Registro no Ministério da Agricultura e do Abastecimento: nº 005796 Classe: herbicida graminicida sistêmico do grupo químico

Leia mais

ACTARA 10 GR VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICO DO ESTADO DO PARANÁ.

ACTARA 10 GR VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICO DO ESTADO DO PARANÁ. ACTARA 10 GR VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICO DO ESTADO DO PARANÁ. Registrado no Ministério da agricultura, Pecuária e Abastecimento/MAPA sob nº 03200 Composição: 3-(2-cloro-tiazol-5-ilmetil)-5-metil-[1,3,5]oxadiazinan-4-ilideno-N-nitroamina.

Leia mais

Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico. Produto Metarex SP

Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico. Produto Metarex SP 1. Identificação do Produto e da Empresa Nome do Produto: Metarex SP Código do Produto: 2030/2031/2032 Nome da Empresa: De Sangosse Agroquímica Ltda. Endereço: Rua Raimundo Ramos Ferreira, 136 - CURITIBA/PR

Leia mais

FISPQ (Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos) KALIPTO (Eucalipto, Herbal, Lavanda, Marine, Pinho, Talco e Flores do Campo)

FISPQ (Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos) KALIPTO (Eucalipto, Herbal, Lavanda, Marine, Pinho, Talco e Flores do Campo) Página 1 de 5 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome: Kalipto Código interno: Eucalipto: 8028 (750ml), 19027 (2L) e 19029 (5L) Herbal: 8029 (750ml), 19028 (2L) e 19277 (5L) Lavanda: 8031 (750ml),

Leia mais

Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico. Produto Papillon

Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico. Produto Papillon 1. Identificação do Produto Nome do Produto: Papillon Código do Produto: - Nome da Empresa: De Sangosse Agroquímica Ltda. Endereço: Rua Raimundo Ramos Ferreira, 136 - CURITIBA/PR CEP: 81.350-040 Telefone

Leia mais

Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico Produto Maki Pó

Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico Produto Maki Pó 1 Identificação do Produto e da Empresa Nome do Produto Maki Pó Fabricante/Registrante De Sangosse Agroquímica Ltda Endereço Rua Raymundo Ramos Ferreira nº 136 CIC Curitiba/PR CEP: 81.530-040 Telefone

Leia mais

CLORIMURON MASTER NORTOX

CLORIMURON MASTER NORTOX CLORIMURON MASTER NORTOX Verificar as restrições de uso constantes na lista de Agrotóxicos do Estado do Paraná Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e do Abastecimento sob n : 000902 COMPOSIÇÃO:

Leia mais

FISPQ Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico.

FISPQ Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico. Página 1 de 7 1- IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do produto: CARPRODYL Nome da Empresa/Fabricante: SESPO INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. Rua Manoel Joaquim Filho, 303, CEP. 13148-115 Paulínia / SP

Leia mais

Controle de Qualidade R-CQ 06 Rev. 05 Registro Nº 012/15 Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico TERMIFIN MULTI-INSETOS

Controle de Qualidade R-CQ 06 Rev. 05 Registro Nº 012/15 Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico TERMIFIN MULTI-INSETOS Página 1 de 5 1. IDENTIFICAÇÃO Nome do Produto: TERMIFIN MULTI-INSETOS Nome da Empresa: DEXTER LATINA IND. E C O M. P R O D U T O S QUÍMICOS LTDA Endereço: Rua Leozir Ferreira dos Santos, 428 Campo Largo

Leia mais

FLURAMIN VERIFICAR RESTRIÇÕES CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ

FLURAMIN VERIFICAR RESTRIÇÕES CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ FLURAMIN VERIFICAR RESTRIÇÕES CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento MAPA sob nº 79996 COMPOSIÇÃO: N-ethylperfluoro-octane-1-sulfonamide

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO Produto: PREN-D 806 Revisão: 01 Data: 16/08/2011 Páginas: 1/7

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO Produto: PREN-D 806 Revisão: 01 Data: 16/08/2011 Páginas: 1/7 Revisão: 01 Data: 16/08/2011 Páginas: 1/7 1 IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do produto: Pren-D 806 Código interno de identificação do produto: Nome da empresa: Prentiss Química LTDA Endereço:

Leia mais

Pode causar irritação na mucosa e dores abdominais. Não são conhecidos casos de irritação nas vias respiratórias.

Pode causar irritação na mucosa e dores abdominais. Não são conhecidos casos de irritação nas vias respiratórias. Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos - FISPQ FISPQ nº 032 Página 1 / 5 Data da última revisão 08/05/2008 1 Identificação do produto e da empresa Nome do produto: Tinta P.V.A.para Artesanato

Leia mais

FISPQ (Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos) SAPÓLIO RADIUM PÓ (Limão, Pinho, Clássico, Lavanda, Bouquet e Laranja)

FISPQ (Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos) SAPÓLIO RADIUM PÓ (Limão, Pinho, Clássico, Lavanda, Bouquet e Laranja) Página 1 de 6 1 - IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome: Sapólio Radium Pó Códigos Internos: Limão: 14001 / 14017 Pinho: 14005 / 14018 Clássico: 14033 Lavanda: 14031 Bouquet: 14030 Laranja: 14032

Leia mais

FUTUR 300 VERIFICAR RESTRIÇÕES CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ

FUTUR 300 VERIFICAR RESTRIÇÕES CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ FUTUR 300 VERIFICAR RESTRIÇÕES CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento MAPA sob nº 004894 COMPOSIÇÃO: 3,7,9,13-tetramethyl-5-11-dioxa-2,8,14,trithia-4,7,9,12-tetra-azapentadeca-3,12-diene-

Leia mais

FISPQ (Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos)

FISPQ (Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos) Pág.: 1 de 7 1 - IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome: Código interno: 03022 Empresa: BOMBRIL S/A Endereço: Marginal Direita da Via Anchieta s/n.º, km 14 Bairro: Rudge Ramos - Cidade: São Bernardo

Leia mais

DRIVER VERIFICAR AS RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ

DRIVER VERIFICAR AS RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ DRIVER VERIFICAR AS RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento MAPA sob nº 06700 COMPOSIÇÃO: 1,1-dimethilpiperidinium

Leia mais

caruru-de-mancha caruru-verde (Amaranthus viridis) falsa-serralha bela-emilia (Emilia sonchifolia) caruru-de-mancha caruru-verde (Amaranthus viridis)

caruru-de-mancha caruru-verde (Amaranthus viridis) falsa-serralha bela-emilia (Emilia sonchifolia) caruru-de-mancha caruru-verde (Amaranthus viridis) METRIMEX 500 SC Ficha Técnica Nome Comum: Ametrina Nome Comercial: Metrimex 500 SC Grupo Químico: Triazina Concentração: 500 g/l Formulação: SC - Suspensão Concentrada Classe tóxicológica: III - Medianamente

Leia mais

SILWET L-77 Ag VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ

SILWET L-77 Ag VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ SILWET L-77 Ag VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento sob nº 02696 COMPOSIÇÃO: Heptametiltrisiloxano

Leia mais

KIT DENGUE PLUS. CÓDIGO: 223 Página 1 de 6

KIT DENGUE PLUS. CÓDIGO: 223 Página 1 de 6 KIT DENGUE PLUS CÓDIGO: 223 Página 1 de 6 01 - IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO: Nome do produto... : INSETICIDA PÓ KIT DENGUE PLUS Fabricante... : INSETIMAX INDÚSTRIA QUÍMICA EIRELI Endereço... : Rua Adelaide

Leia mais

FISPQ - Ficha de Informação de Segurança de Produtos Químicos

FISPQ - Ficha de Informação de Segurança de Produtos Químicos CÓDIGO:476, 477, 478, 479 e 480 Página 1 de 5 01 - IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO: Nome do produto. : DELTAMAX 25 SC Fabricante... : INSETIMAX INDÚSTRIA QUÍMICA LTDA Endereço... : Rua Adelaide Zangrande nº 141-A-

Leia mais

Controle de Qualidade R-CQ 06 Rev. 03 Registro Nº 025/15 Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico Produto: MASTER GEL HS

Controle de Qualidade R-CQ 06 Rev. 03 Registro Nº 025/15 Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico Produto: MASTER GEL HS Página 1 de 5 1. IDENTIFICAÇÃO Nome do Produto: MÁSTER GEL HS Nome da Empresa: DEXTER LATINA IND. E C O M. P R O D U T O S QUÍMICOS LTDA Endereço: Rua Leozir Ferreira dos Santos, 428 Campo Largo da Roseira

Leia mais

Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA sob Nº 002793

Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA sob Nº 002793 Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA sob Nº 002793 COMPOSIÇÃO: racemate comprising (S)-a-cyano-3-phenoxybenzyl (1R,3R)-3-(2,2-dichlorovinyl)-2,2- dimethylcyclopropanecarboxylate

Leia mais

FISPQ. FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO NBR 14725 NOME DO PRODUTO: Solução Titulante

FISPQ. FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO NBR 14725 NOME DO PRODUTO: Solução Titulante NOME DO PRODUTO: Solução Titulante 1/12 FISPQ NRº. 28 1- IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA: Nome Comercial do Produto: Solução Titulante Nome Químico: Solução Ácida a 0,1 N Nome da Empresa: Hidroazul

Leia mais

Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA sob nº 01938789

Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA sob nº 01938789 Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA sob nº 01938789 COMPOSIÇÃO: Mistura de hidrocarbonetos parafínicos, ciclo parafínicos e aromáticos saturados e insaturados provenientes

Leia mais

DIMEXION BULA. INSTRUÇÕES DE USO: Dimexion é um inseticida organofosforado, com ação de contato, de profundidade e sistêmica.

DIMEXION BULA. INSTRUÇÕES DE USO: Dimexion é um inseticida organofosforado, com ação de contato, de profundidade e sistêmica. BULA DIMEXION Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento -MAPA sob o n o 01808701 COMPOSIÇÃO: Ingrediente ativo: O,O-dimethyl S-methylcarbamoylmethyl phosphorodithioate (DIMETOATO)...

Leia mais

CLASSE: INSETICIDA SISTÊMICO DO GRUPO QUÍMICO DOS NEONICOTINÓIDES TIPO DE FORMULAÇÃO: SUSPENSÃO CONCENTRADA PARA TRATAMENTO DE SEMENTES (FS)

CLASSE: INSETICIDA SISTÊMICO DO GRUPO QUÍMICO DOS NEONICOTINÓIDES TIPO DE FORMULAÇÃO: SUSPENSÃO CONCENTRADA PARA TRATAMENTO DE SEMENTES (FS) CRUISER 350 FS DADOS TÉCNICOS COMPOSIÇÃO: Ingrediente ativo: 3 (2 cloro tiazol 5 ilmetil) 5 metil [1,3,5] oxadiazinan 4 ilideno N nitroamina (TIAMETOXAM)......... 35 % m/v (350 g/l) Ingredientes inertes:...

Leia mais

INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA SOBRE PRODUTOS (FISPQ)

INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA SOBRE PRODUTOS (FISPQ) Página 1 de 5 TECNOCELL AGROFLORESTAL LTDA Rua dos Tucanos, 535 - Parque Industrial 06330-281 Carapicuíba SP FONE: (11) 4186-1433 4186-1278 4186-2857 comercial@tecnocellagro.com.br NOME: VECTOCELL 40 PM

Leia mais

Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA sob o nº 00389004

Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA sob o nº 00389004 Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA sob o nº 00389004 COMPOSlÇÃO: 3,7-dichloroquinoline-8-carboxylic acid (QUINCLORAQUE)...500 g/kg (50% m/m) Outros Ingredientes...500

Leia mais

O produto MATCH CE é recomendado para o controle das pragas nas culturas relacionadas a seguir e suas respectivas doses:

O produto MATCH CE é recomendado para o controle das pragas nas culturas relacionadas a seguir e suas respectivas doses: MATCH CE Dados técnicos Nome comum do ingrediente ativo: LUFENURON Registro no Ministério da Agricultura e do Abastecimento: nº 09195 Classe: inseticida fisiológico do grupo químico aciluréia Composição:

Leia mais

FISPQ (Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos) SAPÓLIO RADIUM CREMOSO (Bouquet, Clássico, Laranja, Lavanda, Limão e Pinho)

FISPQ (Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos) SAPÓLIO RADIUM CREMOSO (Bouquet, Clássico, Laranja, Lavanda, Limão e Pinho) Página 1 de 6 1 - IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Produto: Sapólio Radium Cremoso Códigos Internos: Bouquet 14015 (24/300ml) Clássico 14007 (24/300ml) Laranja 14025 (12/300ml) Lavanda 14014 (24/300ml)

Leia mais

FISPQ (FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS.) DETERGENTE EUCALIPTO GEL 1- IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA:

FISPQ (FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS.) DETERGENTE EUCALIPTO GEL 1- IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA: 1- IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA: 1.1 Nome Comercial: Detergente Eucalipto Gel Maranso 1.2 Código de Venda:004 1.3 Nome do Fabricante: QOB MATERIAIS DOMISSANEANTES LTDA EPP Rua Ministro Joaquim

Leia mais

NOMOLT 150 VERIFICAR RESTRIÇÕES CONSTANTES NA LISTA DE AGROTOXICOS DO ESTADO DO PARANA

NOMOLT 150 VERIFICAR RESTRIÇÕES CONSTANTES NA LISTA DE AGROTOXICOS DO ESTADO DO PARANA NOMOLT 150 VERIFICAR RESTRIÇÕES CONSTANTES NA LISTA DE AGROTOXICOS DO ESTADO DO PARANA Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento MAPA sob nº 01393 COMPOSIÇÃO: 1-(3,5-dichloro-2,4-difluorophenyl)-3-(2,6-difluorobenzoyl)urea

Leia mais

STIMULATE VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ

STIMULATE VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ STIMULATE VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTÓXICOS DO PARANÁ Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento MAPA sob nº 03601 COMPOSIÇÃO: N6-furfuryladenine (CINETINA)...

Leia mais

Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento MAPA sob o nº 06997

Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento MAPA sob o nº 06997 Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento MAPA sob o nº 06997 COMPOSIÇÃO: Sulfur (ENXOFRE)... 800g/kg (80% m/m) Ingredientes inertes... 200g/kg (20% m/m) PESO LÍQUIDO: VIDE RÓTULO

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA PARA PRODUTOS QUÍMICOS-FISPQ

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA PARA PRODUTOS QUÍMICOS-FISPQ FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA PARA PRODUTOS QUÍMICOS-FISPQ Página 1 de 5 1 IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do produto: HIPERPLASTIFICANTE PARA CONCRETO C-44 Nome da empresa fabricante: ALLCHEM

Leia mais

Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico FISPQ Limpa Vidros Worker

Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico FISPQ Limpa Vidros Worker Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico FISPQ Limpa Vidros Worker 1. IDENTIFICAÇÃO Nome do Produto: Limpa Vidros Worker. Aplicação: Limpeza de Vidros e Acrílicos Fabricante: Ivan P. Ramos Produtos

Leia mais

(*) IMPORTADOR DO PRODUTO FORMULADO FABRICANTE DO PRODUTO TÉCNICO:

(*) IMPORTADOR DO PRODUTO FORMULADO FABRICANTE DO PRODUTO TÉCNICO: Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento/MAPA sob nº 01404 COMPOSIÇÃO: Methyl 4-iodo-2-[3-(4-methoxy-6-methyl-1,3,5-triazin-2-yI)ureidosulfonyl] benzoate (IODOSULFUROM-METÍLICO)...

Leia mais

FISPQ Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico. Rua Manoel Joaquim Filho, 303, CEP. 13148-115 Paulínia / SP

FISPQ Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico. Rua Manoel Joaquim Filho, 303, CEP. 13148-115 Paulínia / SP Página 1 de 7 1- IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do produto: Nome da empresa: AMIPUR CÃES SESPO INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA, Rua Manoel Joaquim Filho, 303, CEP. 13148-115 Paulínia / SP Nome do

Leia mais

Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico. Raticida Nitrosin

Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico. Raticida Nitrosin 1. Identificação do Produto e da Empresa Nome do Produto Raticida Nitrosin Fabricante/Registrante De Sangosse Agroquímica Ltda Endereço Rua Raymundo Ramos Ferreira nº 136 CIC Curitiba/PR CEP: 81.530-040

Leia mais

INSTRUÇÕES AO PROFISSIONAL

INSTRUÇÕES AO PROFISSIONAL INSTRUÇÕES AO PROFISSIONAL 1 RECEITA AGRONÔMICA 1.1. É registrada uma Anotação de Responsabilidade Técnica ART, para aquisição de cada bloco de 30 receitas (Ato 01/85 CREA-RJ), cujos dados formarão seu

Leia mais

MOSCAUTE GRANULADO. CÓDIGO: 215, 216 e 222 Página 1 de 6

MOSCAUTE GRANULADO. CÓDIGO: 215, 216 e 222 Página 1 de 6 MOSCAUTE GRANULADO CÓDIGO: 215, 216 e 222 Página 1 de 6 01 - IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO: Nome do produto... : MOSQUICIDA ISCA GRANULADA MOSCAUTE Fabricante... : INSETIMAX INDÚSTRIA QUÍMICA EIRELI Endereço...

Leia mais

Ingredientes que contribuam para o perigo: Nome químico ou genérico N CAS % Classificação e rotulagem

Ingredientes que contribuam para o perigo: Nome químico ou genérico N CAS % Classificação e rotulagem FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS FISPQ Nome do produto: DENINPLUS 400-N Página 1 de 5 1. Identificação do produto e da empresa Nome do produto: DENINPLUS 400-N Nome da Empresa: INDÚSTRIA

Leia mais

Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos. Página 1 de 7 Produto: PIMETROZINA TÉCNICA Data / Atualizada em: 04/06/2003

Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos. Página 1 de 7 Produto: PIMETROZINA TÉCNICA Data / Atualizada em: 04/06/2003 Syngenta Proteção de Cultivos Ltda. Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos Página 1 de 7 1. Identificação do produto e da empresa PIMETROZINA TÉCNICA Syngenta Proteção de Cultivos Ltda.

Leia mais

IVAN P RAMOS PRODUTOS QUÍMICOS

IVAN P RAMOS PRODUTOS QUÍMICOS Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico FISPQ Limpa Carpetes Worker 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do Produto: Limpa Carpetes Worker Aplicação: Limpador de carpetes e tapetes

Leia mais

Indicações de uso Modalidade de Emprego Dose p.c. Volume de Calda Terrestre Myzus persicae. 200 a 1000 L/ha. Foliar

Indicações de uso Modalidade de Emprego Dose p.c. Volume de Calda Terrestre Myzus persicae. 200 a 1000 L/ha. Foliar azamax Número do registro: 14807 Registrante: UPL do Brasil Classe Agronômica: Acaricida + Inseticida Modalidade de emprego: + (mudas) Composição Química: azadiractina (12 g/l) Grupo Químico: tetranortriterpenóide

Leia mais

FISPQ. Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico ACELERADOR DE VULCANIZAÇÃO MBTS-80 ACELERADOR DE VULCANIZAÇÃO MBTS-80

FISPQ. Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico ACELERADOR DE VULCANIZAÇÃO MBTS-80 ACELERADOR DE VULCANIZAÇÃO MBTS-80 Folha: 1 / 5 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do Produto: Código Interno: Principais usos recomendados: Master de acelerador de vulcanização de borracha MBTS-80. Acelerador de vulcanização;

Leia mais

FISPQ N 193 N da Revisão 04 FIREGUARD

FISPQ N 193 N da Revisão 04 FIREGUARD Página 1 de 5 1 - Identificação do Produto e da Empresa Nome do produto: Nome da empresa: Anchortec Industrial e Comercial Ltda. Endereço: Rua Tenente Onofre Rodrigues de Aguiar, 800, Mogi das Cruzes -

Leia mais

Regent 800 WG Inseticida

Regent 800 WG Inseticida Regent 800 WG Inseticida Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA sob nº 005794 COMPOSIÇÃO: (RS)-5-amino-1-(2,6-dichloro-α,α,α-trifluoro-p-tolyl)-4-trifluoromethylsulfinylpyrazole-3-carbonitrile

Leia mais

Controle de Qualidade R-CQ 06 Rev. 05 Registro Nº 019/15

Controle de Qualidade R-CQ 06 Rev. 05 Registro Nº 019/15 1. IDENTIFICAÇÃO Controle de Qualidade R-CQ 06 Rev. 05 Página 1 de 5 Nome do Produto: STRAIK GEL MATA S Nome da Empresa: DEXTER LATINA IND. E C O M. P R O D U T O S QUÍMICOS LTDA Endereço: Rua Leozir Ferreira

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA PARA PRODUTOS QUÍMICOS

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA PARA PRODUTOS QUÍMICOS Página 1 de 5 FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA PARA PRODUTOS QUÍMICOS 1 IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA TIRA MANCHAS DE TECIDOS Nome do produto: Nome da empresa: ALLCHEM QUÍMICA INDÚSTRIA E COMERCIO

Leia mais

Ficha de Informação de Segurança de Produtos Quimicos

Ficha de Informação de Segurança de Produtos Quimicos Pág. 1/8 Ficha de Informação de Segurança de Produtos Quimicos 1. Identificação do produto e da empresa Nome do produto: SHOOT Código do Produto: 101.012 Nome da Empresa: ROGAMA INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA.

Leia mais

Revisão 15 Abril/13 FISPQ N o 0002-13 Página 1 de 5

Revisão 15 Abril/13 FISPQ N o 0002-13 Página 1 de 5 FISPQ N o 0002-13 Página 1 de 5 1 IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA NOME COMERCIAL Thinner 2750 NOME DO FABRICANTE ANJO QUIMICA DO BRASIL LTDA Rodovia SC, 447 Km 02 Criciúma Santa Catarina CEP: 88.817-440

Leia mais

FUSILADE 250 EW. Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) sob nº: 005796

FUSILADE 250 EW. Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) sob nº: 005796 FUSILADE 250 EW Registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) sob nº: 005796 COMPOSIÇÃO: Ingrediente ativo: butyl (R) 2 [4 (5 trifluoromethyl 2 pyridyloxy) phenoxy]propionate

Leia mais