Unidade II. Unidade II

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Unidade II. Unidade II"

Transcrição

1 Unidade II 66 Nesta unidade, abordaremos conceitos um pouco mais técnicos, às vezes, de maior dificuldade de compreensão. Serão mostrados os recursos necessários para que um professor possa utilizar o computador como uma ferramenta de planejamento, de pesquisa e também de administração. Trabalharemos em um conceito misto de necessidades administrativas e ferramentas educacionais a fim de trazer para você uma realidade no seu convívio educacional. Serão trabalhados ainda os sistemas operacionais que permitem o funcionamento do computador, propostas para utilizar a internet na educação, as ferramentas do Google como apoio às escolas e aos professores, o aplicativo de editor de textos Word, a planilha eletrônica Excel e o software de apresentação PowerPoint. 5 SISTEMA OPERACIONAL Mais importante que as riquezas naturais são as riquezas artificiais da educação e tecnologia (Roberto Campos). O computador somente funciona se existir um sistema operacional instalado nele; neste capítulo, vamos mostrar quais são os sistemas operacionais disponíveis no mercado para que você possa analisar e verificar com qual se familiariza. Explicar cada um deles não é tão simples, pois cada escola possui versões diferentes. Assim a sugestão é que verifique em sua escola qual é o sistema operacional e se possível faça um curso relativo a ele. O sistema operacional é o principal programa do computador, que tem a função de controlar todos os seus recursos. Controlando o hardware (parte física/equipamento) e o software (programas), é responsável por gerenciar a memória, criar arquivos e interpretar todas as solicitações do usuário, fazendo com que o dispositivo funcione de maneira flexível e previsível. Um sistema operacional é o primeiro programa que a máquina executa; a partir daí, passa a funcionar como um gerenciador dos recursos, executando os aplicativos que estão instalados no computador. Suas maiores dificuldades são resolver o compartilhamento, a segurança de acesso às informações, a proteção dos dados e atender com agilidade a todas as solicitações dos usuários. Os sistemas operacionais podem ser comprados ou livres. Os principais comprados no mercado são o Windows da Microsoft e o Mac da Apple. Os sistemas operacionais livres são gratuitos, dispõem de permissão para serem usados, modificados e distribuídos sem que seja necessário pagar pelos seus direitos de uso ou autorais. Esses programas podem ser utilizados em sua forma original ou com modificações, pois têm seu código-fonte aberto, podendo sofrer atualizações.

2 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EM EDUCAÇÃO O software livre não pertence a uma única pessoa, mas a um grupo que, através de trabalhos voluntários e gratuitos, desenvolve aplicações. Figura 42 Tipos de software Nessa guerra, de pago ou gratuito, de liberdade ou licenciamento, cabe à escola decidir qual a melhor forma de adoção. O que não pode é optar pela pirataria, pela cópia indevida; daí você estará cometendo um crime, e é inadmissível que isso ocorra em uma escola ou com um professor. Lembrete Pirataria de software É o ato de instalar, copiar ou baixar em seu computador um software licenciado que necessita ser comprado. Temos uma vasta série de programas de domínio público gratuitos, se necessário solicite apoio, mas não cometa o crime da pirataria. 5.1 Sistemas operacionais Microsoft A Microsoft começou a desenvolver sistemas operacionais em 1980, sendo o DOS (Disk Operating System) o primeiro. A partir daí, foram desenvolvidas e aperfeiçoadas várias versões do DOS, até serem substituídas pelas versões do Windows. Hoje, a Microsoft possui duas versões, que atuam em grande parte do mercado, o Windows 7 e o Windows Windows 7 O Windows 7 foi lançado em outubro de 2009, com a intenção de simplificar as tarefas encontradas no Windows XP, aumentando a produtividade e a estabilidade do Windows Vista. Existem várias edições do Windows 7 espalhadas pelo mercado. São elas: 67

3 Windows 7 Starter: versão Windows mais simples e básica de todas. Essa versão não terá o modo XP, o Windows Media Center e os avançados efeitos gráficos. Executará somente em processadores de 32-bits; Windows 7 Home Basic: versão intermediária, com mais funções que a Starter e menos que a Home Premium, poderá ser executada em processadores de 32 e 64-bits; Windows 7 Home Premium: acumula todas as funcionalidades das edições citadas anteriormente e soma mais algumas, como o Windows Media Center, os avançados efeitos gráficos, gerenciamento de redes wireless e do recurso Touch Windows (tela sensível ao toque); Windows 7 Professional: voltada para as pequenas empresas, possui diversos recursos que visam aumentar e facilitar a comunicação e a segurança entre computadores, impressoras e demais dispositivos, além de acumular todas as funcionalidades da versão Home Premium; Windows 7 Ultimate: a versão mais completa, pois contém todas as funcionalidades das edições anteriores e mais algumas, como a possibilidade de trabalhar em diversos idiomas; Windows 7 Enterprise: digamos que essa é a versão Ultimate, voltada para empresas de médio e grande porte, podendo ser licenciada somente para grandes quantidades de computadores. Figura 43 - Área de trabalho do Windows 7 Configuração mínima de hardware para uso do Windows 7 Processador: 1 gigahertz (GHz) ou superior de 32 bits (x86) ou 64 bits (x64); Memória: 1 gigabyte (GB) de RAM (32 bits) ou 2 GB de RAM (64 bits); Disco rígido: 16 GB de espaço em disco disponível (32 bits) ou 20 GB (64 bits); Vídeo: dispositivo gráfico DirectX 9 com driver WDDM 1.0 ou superior. 68

4 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EM EDUCAÇÃO Essa configuração se refere ao computador que é necessário para rodar o sistema operacional Windows 2008 Lançado em fevereiro de 2008, veio para substituir o Windows Trata-se de um sistema operacional de rede que apresenta diversas ferramentas para monitoração, administração e implantação de complexas redes de computadores. Trabalha em alto desempenho, com processamentos em 64-bits. Atualmente existem edições diferentes de Windows 2008, cada uma com características que dependem do número de usuários, extensão da estrutura e finalidades específicas: Web Server 2008: com a finalidade única de ser um servidor web, apresenta uma base sólida de recursos de infraestrutura web. Permite implantar rapidamente páginas, sites, aplicações e serviços web; Server 2008 Foundation: voltada para redes com até quinze usuários, é uma plataforma para capacidades básicas de TI; Server 2008 Standard: versão mais comum do sistema operacional, tem praticamente todas as funções disponíveis; Server 2008 Enterprise: voltada para empresas de médio a grande porte, ativando a infraestrutura da empresa, aplicativos de linha de negócios e transações de comércio eletrônico; Server 2008 Datacenter: oferece uma plataforma de nível corporativo para implantação de aplicações críticas e virtualização em larga escala de pequenos e grandes servidores. Figura 44 - Área de trabalho do Windows Server 2008 Configuração mínima de hardware para uso do Windows Server 2008 Processador: 1,4 GHz (processador x64). Nota: processador Intel Itanium 2 é exigido para o Windows Server 2008 para sistemas baseados em Itanium; 69

5 Memória: 512 MB RAM; máximo: 8 GB (Foundation) ou 32 GB (Standard) ou 2 TB (Enterprise, Datacenter, for Itanium). Nota: computadores com mais de 16 GB de RAM podem exigir mais espaço em disco para paginação, hibernação e arquivos de despejo; Disco rígido: 32 GB; Foundation: 10 GB ou mais; Unidades: unidade de DVD-ROM; Vídeo: Super VGA ( ) ou superior. 5.2 Linux e suas versões O Linux é um popular sistema operacional que possui seu código-fonte e diversos programas aplicativos livres, desenvolvidos por programadores e empresas espalhados pelo mundo. Por possuir seu código-fonte aberto, existem várias versões criadas a partir do código-padrão, como a versão brasileira Linux Kurumin (que foi uma das primeiras versões), desenvolvida para os padrões brasileiros de hardwares. Versões mais conhecidas pelos fãs do Linux: Conectiva Fedora Slackware Red Hat SuSE Ubuntu Debian Figura 45 - Área de trabalho do Kurumin Linux 70

6 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EM EDUCAÇÃO Observação Softwares Linux Alguns dos sistemas operacionais gratuitos podem ser baixados ou solicitados pela internet. Acesse o site <www.zacariotto.com.br>, nos itens softwares livres, e veja a lista de programas e políticas para solicitar seu programa. 5.3 Mac OS da Apple O sistema operacional padrão dos computadores Macintosh, produzidos pela Apple, é o Mac OS. Ele foi um dos primeiros sistemas gráficos em computadores desktops que apresentavam os programas em forma de ícones. Figura 46 - Área de trabalho do MAC OS X Saiba mais Espaço Microsoft: educação na internet A Microsoft dispõe de um espaço na internet destinado à educação. Segundo a empresa, a educação de alta qualidade é a base para o crescimento pessoal e representa o alicerce do sucesso das nações. Mas há muitos desafios a serem superados para atingir esse objetivo, sendo necessário investir no aperfeiçoamento do currículo escolar, ampliar o número de educadores com formação qualificada e garantir o direito de acesso universal a uma educação de qualidade. A Microsoft acredita que é possível transformar a educação desde que se ofereçam essas condições, aliadas a uma política de realização de parcerias, complementada com os recursos tecnológicos mais adequados para o processo de ensino-aprendizado. 71

7 No site da empresa, são apresentadas soluções para educação básica com espaços pedagógicos e soluções enviadas por professores. Também há um espaço dedicado ao ensino superior, com atividades para professores, estudantes e instituições de ensino. O endereço do site é: <http://www.microsoft.com/brasil/educacao/espaco/proj_professor. mspx> 6 O USO DA INTERNET NA EDUCAÇÃO É preciso parar de encarar a Internet como uma rede de computadores. Ela é uma rede de pessoas (David Siegel). Neste capítulo, abordaremos o uso da internet na educação, como utilizá-la, como colocar um site na internet e como funcionam os navegadores da internet. Também apresentaremos conceitos básicos dos principais navegadores de mercado (Internet Explorer, Firefox e Opera). Uma pesquisa sobre tecnologia foi aplicada, de outubro de 2007 a junho de 2008, pelo projeto Educarede. Responderam aos questionários 25 mil estudantes da América Latina (Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, México, Peru e Venezuela). Em específico, no Brasil, participaram 790 crianças entre 6 e 9 anos e estudantes entre 10 e 18 anos, de todas as áreas urbanas do Estado de São Paulo. O Brasil destaca-se por ter uma geração interativa de vanguarda, com alto número de crianças e adolescentes que navegam e produzem conteúdo na internet. Segundo a pesquisa, de cada dez estudantes, dois já contam com página web ou blog na internet. A visão obtida pela pesquisa apresenta relato de uma determinada região do país, mas não podemos esquecer que a internet tem invadido nossos lares. Como ilustrado na charge abaixo, mães e pais ficam abismados com o nível de acessibilidade e pesquisa dos jovens. Figura 47 Internet mudando vidas... Essas novas mídias inserem no contexto um controle maior, um acompanhamento mais preciso de pais e dos educadores na própria escola. 72

8 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EM EDUCAÇÃO A internet na educação pode ser uma ferramenta de apoio pedagógico maravilhosa, desde que utilizada no local certo, no tempo certo e mediada por um professor ou por um sistema. Essa mediação é não desviar a conduta do que se ensina e aprende, direcionando as pesquisas e atividades para o que se pede no planejamento pedagógico. A internet é um conjunto de milhares de redes de computadores que servem a milhões de pessoas em todo o mundo. Apesar de seu objetivo inicial ter sido permitir que pesquisadores acessassem sofisticados recursos de hardware, a internet demonstrou excelentes níveis de velocidade e de eficiência e acabou transcendendo sua missão original. Trata-se de um meio de comunicação através do qual, mediante a utilização de hardware e software adequados e de outro meio de comunicação que lhe dá suporte, se realiza o envio e recebimento de textos, imagens e sons, em tempo real. É baseada na tecnologia cliente-servidor, que utiliza a rede para controlar as aplicações dos clientes, os dados, as mensagens de e as páginas web são armazenados em servidores. As ferramentas que a internet dispõe, segundo Laudon (2004), são: correio eletrônico ( ) permite direcionar a mensagem às pessoas, comunicar-se e compartilhar documentos; grupos de discussão permite discussões em painéis eletrônicos de notícias; listservers grupos de discussão com o uso de s para controle; bate-papo conversações interativas; Telnet trabalhar e conectar-se em computadores remotos; FTP transferir arquivos de um computador para outro; WWW (World Wide Web) extrair, formatar e apresentar informações, incluindo texto, áudio, elementos gráficos, vídeos utilizando links de hipertexto. A internet tem sido ampliada pela Word Wide Web (WWW), que é a parte multimídia da internet. Ela é uma nova estrutura de navegação pelos diversos itens de dados em vários computadores diferentes. O modelo da WWW trata todos os dados da internet como hipertexto, isto é, vinculações entre as diferentes partes do documento para permitir que as informações sejam exploradas interativamente, e não apenas de uma forma linear. Os programas utilizados para a navegação pela internet são conhecidos como browsers. Os mais conhecidos são o Internet Explorer, o Fedora e o Netscape Navigator, que aumentaram muito a popularidade da internet, graças as suas potencialidades de examinador multimídia, capazes de apresentar documentos formatados, gráficos embutidos, vídeo, som e ligações ou vinculações etc., com total integração à www. 73

9 74 Com um browser, você poderá ir a um local (site) na internet através de determinado endereço (ex.: yahoo.com), localizado em qualquer região do planeta, com apenas um clique, ou saltar para a página (home page) de um servidor de dados localizado em outro continente. 6.1 Domínio na rede mundial de computadores Para acessar um site na internet, é necessário ter um domínio, um nome ativo na rede. Esse nome cria uma ligação e identifica cada computador remoto ligado nessa rede. Ele deverá identificar os computadores usuários de forma inequívoca. Na internet, esse endereço é chamado de URL (Uniform Resource Locator Localizador Uniforme de Recurso), formado por partes que identificam o usuário, tipo de uso e país (ZACARIOTTO, 2008). <www.nomededominio.tipo.pais> O nome de domínio está ligado ao seu nome, seguido do seu tipo e do país de origem que licenciam e administram a internet. Portanto, cada domínio deverá ter um nome, um tipo (considerado subdomínio) e o país de origem da criação. O nome quem escolhe é o usuário; portanto, pode ou não representar a ação ou a sua localidade, nada impede que no Brasil você tenha um domínio da Argentina ou dos EUA. Os tipos de domínio mais comuns e conhecidos são:.com organizações comerciais,.gov governamental,.edu educacional,.int internacional,.mil militar,.net network,.org organizações sem fins lucrativos,.art artes, música, pintura,.esp esportes,.ind organizações industriais,.inf provedores de informação ou internet,.psi provedores de serviço internet,.rec recreação,.nom p/ nomes pessoais,.arq arquitetura, adv advogados e.eng engenharia. O país de domínio indica onde se encontram os dados do site. No Brasil, é adotada a terminologia br. Seguem alguns países e seus domínios: pt Portugal, ar Argentina, au Austrália, bd Bangladesh, ca Canadá, cl Chile, cn China, fr França, gr Grécia, it Itália e uk Reino Unido. No Brasil, o domínio pode ser adquirido desde que o usuário tenha um CIC ou uma empresa através do site <http://www.registro.br>. Nele, você pode visualizar se o domínio se encontra disponível. Para verificar o domínio, basta indicar o nome e clicar em pesquisar, como no exemplo abaixo. Após a pesquisa, será mostrado se o domínio (nome) está disponível; caso contrário, será mostrado que já se encontra registrado e onde está hospedado. Para colocar seu conteúdo na internet é necessário desenvolver as aplicações em uma linguagem hipertexto, contratar um provedor de serviços para hospedagem, deter um domínio licenciado e transmitir todo o conteúdo para o provedor. A partir do momento de transferência, seu portal é colocado à disposição do mundo inteiro ou de um grupo selecionado de pessoas.

10 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EM EDUCAÇÃO Compra domínio Visualiza site WEB Desenvolve site Aluga provedor Figura 48 Registro de domínios Os sites web podem conter quaisquer tipos de informações-dados de uma empresa, o currículo de um indivíduo, fotografias, clipes de vídeos e outras coisas mais. A ideia é tornar as informações disponíveis, rápida e facilmente, aos clientes ou outras pessoas interessadas naqueles dados (LAQUEY, 2004). O site (também conhecido como sítio) é um conjunto de páginas web, isto é, de hipertextos acessíveis, geralmente pelo protocolo HTTP, na Internet. O conjunto de todos os sites públicos existentes compõem a World Wide Web. As páginas num site são organizadas a partir de um URL básico, onde fica a página principal, e geralmente residem no mesmo diretório de um servidor. As páginas são organizadas dentro do site numa hierarquia observável no URL, embora as hiperligações entre elas controlem o modo como o leitor se apercebe da estrutura global, modo esse que pode ter pouco a ver com a estrutura hierárquica dos arquivos do site (ZACARIOTTO, 2008). Vale lembrar que, para escolas, entidades assistenciais, órgãos públicos e associações sem fins lucrativos, o domínio é gratuito, bastando enviar ao orgão regulamentador os documentos necessários. É importante respeitar a hierarquia também, você deve verificar primeiro se o órgão que é responsável pela sua administração autoriza a publicação de um site da escola. Seja município, estado ou país, deve ter regras; portanto, é melhor verificar inicialmente com os superiores do que ter problemas futuramente. Lembrete Para colocar um site no ar É necessário o registro do domínio e um local para hospedagem, já os blogs, o nome e a hospedagem, em sua maioria, são gratuitos. 75

11 Saiba mais No Brasil, há uma série de sites que permitem o uso de blogs gratuitos. Seguem os links onde podem ser criados esses blogs: Wordpress: <http://www.wordpress.com> Blogger: <http://www.blogger.com> 6.2 Os navegadores da internet Para visualizar os sites na internet, além de estar conectado, é necessário que você utilize um navegador que faça a interação do sistema operacional com a página na internet. O navegador é também conhecido como web browser ou simplesmente browser (termo em inglês). O termo browser vem do verbo to browse: olhar páginas de um livro, revista etc., sem um propósito em particular; olhar coisas numa loja sem intenção explícita de compra. É um programa que habilita seus usuários a interagirem com documentos HTML (em linguagem de hipertexto) hospedados em um servidor Web, de acesso à Internet. É o tipo mais comumente usado de agente. A maior coleção interligada de documentos de hipertexto, dos quais os documentos HTML são uma substancial fração, é conhecida como World Wide Web a grande teia ou rede mundial de computadores (ZACARIOTTO, 2008). Nos dias atuais, é quase impossível não estar familiarizado com termos como navegador (browser), Netscape Navigator e Internet Explorer. Esses aplicativos-cliente tornaram a internet um lugar muito mais amigável ao usuário. Os navegadores lhe permitem surfar pela internet e examinar sites web. Navegadores gráficos, como os do Netscape e da Microsoft, permitem ver e ouvir sites web complexos, contendo informações dinâmicas, som e vídeo. A seguir, a figura dos principais navegadores da internet: Figura 49 Principais navegadores da Internet 76

12 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EM EDUCAÇÃO 6.3 Como funciona cada navegador Por meio dos itens a seguir, será possível conhecer um pouco mais dos principais navegadores da internet. São eles o Firefox, o Internet Explorer e o Opera, todos gratuitos. O Internet Explorer vem baixado junto com as versões do Windows, e o Firefox nas versões do sistema operacional Linux, já o Opera é necessário baixar da internet Como baixar os navegadores Como são navegadores gratuitos, basta realizar o download dos aplicativos e instalá-los. Firefox: <http://br.mozdev.org/> Internet Explorer: <http://www.microsoft.com/brasil/windows/downloads/ie/getitnow.mspx> Opera: <http://superdownloads.uol.com.br/download/192/opera/> Firefox O Firefox foi desenvolvido pela fundação Mozilla e é mantido pela sua comunidade, que se encontra localizada no site <http://pt-br.www.mozilla.com/pt-br/firefox/community/>. A finalidade da comunidade é tornar a web um espaço melhor para todos, com segurança, velocidade e clareza. É um navegador livre e multiplataforma que, ao longo dos anos, tem sido formulado e desenvolvido por centenas de colaboradores, transformando-o num navegador leve, seguro e altamente extensível. Foi lançado em 9 de novembro de 2004, e é uma das alternativas mais viáveis para utilização na internet. A seguir, disponibilizamos a barra de ferramentas do navegador Mozilla Firefox 2.0.0: Figura 50 Barra de ferramentas do Mozilla Firefox A barra de ferramentas fornece acesso aos comandos mais utilizados, o que irá facilitar muito a navegação. 77

13 Comandos individualizados do Firefox Esses dois botões servirão para voltar e avançar, respectivamente, nas páginas já exibidas na seção. O botão Atualizar faz um novo carregamento da página exibida atualmente, atualizando seu conteúdo. O botão Parar interrompe o carregamento da página que está sendo aberta. O botão Página inicial abre a primeira página exibida na seção atual, que poderá ser mudada facilmente. Figura 51 Comandos individualizados do Firefox Internet Explorer O Internet Explorer é um componente integrado das versões mais recentes do Microsoft Windows. Está disponível como um produto gratuito, separado para as versões mais antigas do sistema operacional. Sua primeira versão foi lançada em agosto de 1995, e tem sido atualizado pela Microsoft anualmente. Figura 52 Barra de ferramentas do Internet Explorer 7.0 Botões do Internet Explorer Esses dois botões servirão para voltar e avançar, respectivamente, nas páginas já exibidas na seção. O botão Atualizar faz um novo carregamento da página exibida atualmente, atualizando seu conteúdo. O botão Interromper interrompe o carregamento da página que está sendo aberta. O botão Favorito armazena somente as páginas de sua preferência que são armazenadas por você. O botão Adicionar a Favoritos é o instrumento para você armazenar as páginas de sua preferência. Esse botão volta para a página inicial. Esse botão permite trabalhar com feeds, uma tecnologia que envia conteúdos determinados ao seu navegador. Esse botão manda a página para impressão. Esse botão, quando acionado por você, deverá escolher o comando que deseja, como abrir uma nova página, recortar etc. O menu Ferramentas exibe todas as opções de configuração da página. Figura 53 Botões do Internet Explorer 78

14 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EM EDUCAÇÃO Opera O Opera é um navegador web criado em 1994 pela empresa Noruega Telenor de telecomunicações. Trata-se de um navegador gratuito, conhecido por apresentar inovações constantes. A seguir, a barra de navegação do Opera: Botões do Opera 9.27 Figura 54 Barra de navegação do Opera Novas páginas. Apaga a página exibida. Voltar à navegação. Ir para a próxima página já navegada. Atualiza as páginas na internet em tempo real. Calcula a velocidade de execução do navegador. Figura 55 Botões do Opera 9.27 Link onde se encontra a página atual. Amplia a forma de visualização. Saiba mais A Google lançou recentemente o navegador Google Chrome, que pode ser baixado pelo site: <http://www.google.com/chrome/?hl=pt-br> Resumo O funcionamento dos computadores depende exclusivamente de programas, os quais permitem a integração e a interação do homem e da máquina. A única forma de os computadores funcionarem é tendo como ferramenta de interação um sistema operacional. 79

15 O sistema operacional é considerado um software de finalidade específica. Um computador somente funciona se existir um sistema operacional instalado nele. O sistema operacional é o principal programa do computador, tem a função de controlar todos os seus recursos. Controlando o hardware (parte física/equipamento) e o software (programas), é responsável por gerenciar a memória, criar arquivos e interpretar todas as solicitações do usuário, fazendo com que o dispositivo funcione de maneira flexível e previsível. Podem ser comprados ou livres. No mercado, os principais comprados são o Windows, da Microsoft, e o Mac, da Apple. O Linux é um popular sistema operacional que possui seu código-fonte e diversos programas aplicativos livres. A internet, na educação, pode ser uma maravilhosa ferramenta de apoio pedagógico, desde que utilizada no local e no tempo certos e mediada por um professor ou por um sistema. Essa mediação significa não desviar a conduta do que se ensina e aprende, direcionando as pesquisas e atividades para o que se pede no planejamento pedagógico. 80 Exercícios Questão 1. Qual das seguintes alternativas é uma função básica executada pelo sistema operacional na operação do sistema de um computador? A) Fornecer uma interface com o usuário, utilitários e serviços de apoio. B) Realizar o gerenciamento de recursos e tarefas. C) Realizar o gerenciamento de arquivos. D) Executar todas as funções acima. E) Nenhuma das opções acima. Resposta correta: alternativa D. Análise das alternativas A) Alternativa incorreta. Justificativa: a alternativa está incorreta porque não é a única a responder à questão. A interface com o usuário é o meio pelo qual tem a interação com a máquina. É uma das funções básicas executadas pelo sistema operacional na operação do sistema de um computador. B) Alternativa incorreta. Justificativa: a alternativa está incorreta porque não é a única a responder à questão. Realizar o controle e o gerenciamento dos recursos e tarefas é uma função básica executada pelo sistema operacional.

16 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EM EDUCAÇÃO C) Alternativa incorreta. Justificativa: a alternativa está incorreta porque não é a única a responder à questão. Gerenciar a criação, armazenamento, alteração dos arquivos é uma das funções básicas executadas pelo sistema operacional na operação do sistema de um computador. C) Alternativa correta. Justificativa: fornecer uma interface com o usuário, utilitários e serviços de apoio; realizar o gerenciamento de recursos e tarefas e realizar o gerenciamento de arquivos respondem corretamente à questão. C) Alternativa incorreta. Justificativa: a alternativa está incorreta porque não considera como verdadeiras as afirmações das alternativas A, B e C. Questão 2. O uso de softwares no contexto escolar é de suma importância, visto que eles motivam e despertam o educando de forma lúdica, interessante e prazerosa. O trabalho Sistema Operacional e seus Aplicativos consiste na escolha de softwares e aplicativos para uso na escola, adequando-os à atividade que se pretende realizar. A atividade desenvolvida pretende registrar a história de uma cidade através do olhar de alunos do Ensino Médio. Cada grupo de alunos realizará uma pesquisa sobre um dos aspectos da cidade: físicos, humanos, políticos, econômicos, culturais, históricos, sociais e educacionais. De posse do material coletado na pesquisa por meio de entrevistas, leituras, fotos, pesquisas em documentos nos órgãos públicos, na internet etc., será feita a produção escrita sobre cada um dos aspectos pesquisados. Os textos deverão ser analisados, deverão ser feitas as devidas correções e o alinhavo das partes que formarão o texto panorama da cidade. Os textos deverão ser digitados, depois será feito o ajuste de margens, o alinhamento, as correções de erros de digitação, a inserção de figuras, tabelas, gráficos e fotos. Uma apresentação deverá ser montada de forma coerente e organizada. Depois de pronto, o material deverá ser disponibilizado na biblioteca virtual da escola. Para a execução do trabalho, será necessário um editor de textos, um software de apresentação, um software de edição de imagens e acesso à internet. Identifique, entre os laboratórios listados a seguir os que apresentam condições de realização da atividade pretendida: I. Sistema Operacional Windows 7 e software de escritório Windows Vista. II. Sistema Operacional Windows XP e software de escritório Office XP. III. Sistema Operacional Linux e software de escritório OpenOffice. IV. Sistema Operacional Solaris e software de escritório VIM. 81

17 V. Sistema Operacional Mac Os e software de escritório McEscritório. Assinale a afirmativa correta: A) II, III e IV. B) II e III. C) I, II, III, IV e V. D) II, IV e V. E) I, III e V. Resolução desta questão na Plataforma. 82

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E Unidade II TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EM EDUCAÇÃO Prof. Me. Eduardo Fernando Mendes Fundamentos da tecnologia da informação Os conteúdos abordados neste módulo são: Componentes da Tecnologia

Leia mais

No mercado atual, podemos encontrar vários tipos de sistemas operacionais que fazem parte das seguintes classes:

No mercado atual, podemos encontrar vários tipos de sistemas operacionais que fazem parte das seguintes classes: Módulo 4 Sistema Operacional Sistemas Operacionais Neste módulo falaremos sobre alguns sistemas operacionais existentes no mercado, suas características, e conheceremos o básico das redes de computadores.

Leia mais

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador Microsoft Internet Explorer Browser/navegador/paginador Browser (Navegador) É um programa que habilita seus usuários a interagir com documentos HTML hospedados em um servidor web. São programas para navegar.

Leia mais

CONCEITOS INICIAIS. Agenda A diferença entre páginas Web, Home Page e apresentação Web;

CONCEITOS INICIAIS. Agenda A diferença entre páginas Web, Home Page e apresentação Web; CONCEITOS INICIAIS Agenda A diferença entre páginas Web, Home Page e apresentação Web; O que é necessário para se criar páginas para a Web; Navegadores; O que é site, Host, Provedor e Servidor Web; Protocolos.

Leia mais

INTERNET OUTLOOK. 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta.

INTERNET OUTLOOK. 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta. Prof. Júlio César S. Ramos P á g i n a 1 INTERNET OUTLOOK 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta. A O Outlook Express permite criar grupo de pessoas

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E Unidade III TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EM EDUCAÇÃO Prof. Me. Eduardo Fernando Mendes Google: um mundo de oportunidades Os conteúdos abordados neste modulo são: Google: Um mundo de oportunidades;

Leia mais

APOSTILA BÁSICA INFORMÁTICA: 1. PROCESSADOR DE TEXTOS 1.1 Conhecendo o aplicativo Word 2007 2.EDITOR DE PLANILHAS

APOSTILA BÁSICA INFORMÁTICA: 1. PROCESSADOR DE TEXTOS 1.1 Conhecendo o aplicativo Word 2007 2.EDITOR DE PLANILHAS APOSTILA BÁSICA INFORMÁTICA: 1. PROCESSADOR DE TEXTOS 1.1 Conhecendo o aplicativo Word 2007 2.EDITOR DE PLANILHAS 3.INTERNET 3.1. Internet: recursos e pesquisas 3.2. Conhecendo a Web 3.3. O que é um navegador?

Leia mais

Curso Introdução à Educação Digital - Carga Horária: 40 horas (30 presenciais + 10 EaD)

Curso Introdução à Educação Digital - Carga Horária: 40 horas (30 presenciais + 10 EaD) ******* O que é Internet? Apesar de muitas vezes ser definida como a "grande rede mundial de computadores, na verdade compreende o conjunto de diversas redes de computadores que se comunicam e que permitem

Leia mais

CAPÍTULO 2. Este capítulo tratará :

CAPÍTULO 2. Este capítulo tratará : 1ª PARTE CAPÍTULO 2 Este capítulo tratará : 1. O que é necessário para se criar páginas para a Web. 2. A diferença entre páginas Web, Home Page e apresentação Web 3. Navegadores 4. O que é site, Host,

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática. Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos

FTIN Formação Técnica em Informática. Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos FTIN Formação Técnica em Informática Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos Aula 01 SISTEMA OPERACIONAL PROPRIETÁRIO WINDOWS Competências do Módulo Instalação e configuração do

Leia mais

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr Tecnologia da Informação Prof Odilon Zappe Jr Internet Internet Internet é o conglomerado de redes, em escala mundial de milhões de computadores interligados, que permite o acesso a informações e todo

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE INTERNET. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA

CONCEITOS BÁSICOS DE INTERNET. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA CONCEITOS BÁSICOS DE INTERNET Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA conceito inicial Amplo sistema de comunicação Conecta muitas redes de computadores Apresenta-se de várias formas Provê

Leia mais

Starter: instalada em netbooks, possui recursos praticamente apenas para uso de e-mails e navegação na Internet; Home Basic: disponível apenas para

Starter: instalada em netbooks, possui recursos praticamente apenas para uso de e-mails e navegação na Internet; Home Basic: disponível apenas para Starter: instalada em netbooks, possui recursos praticamente apenas para uso de e-mails e navegação na Internet; Home Basic: disponível apenas para mercados emergentes, dispõe de pouquíssimos recursos;

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicações Web

Desenvolvimento de Aplicações Web Desenvolvimento de Aplicações Web André Tavares da Silva andre.silva@udesc.br Método de Avaliação Serão realizadas duas provas teóricas e dois trabalhos práticos. MF = 0,1*E + 0,2*P 1 + 0,2*T 1 + 0,2*P

Leia mais

15. OLHA QUEM ESTÁ NA WEB!

15. OLHA QUEM ESTÁ NA WEB! 7 a e 8 a SÉRIES / ENSINO MÉDIO 15. OLHA QUEM ESTÁ NA WEB! Sua home page para publicar na Internet SOFTWARES NECESSÁRIOS: MICROSOFT WORD 2000 MICROSOFT PUBLISHER 2000 SOFTWARE OPCIONAL: INTERNET EXPLORER

Leia mais

Manual do Usuário Janeiro de 2016

Manual do Usuário Janeiro de 2016 Manual do Usuário Janeiro de 2016 SOBRE CMX CMX é uma interface que dá acesso aos estudantes a milhares de atividades, exercícios e recursos todos posicionados com os padrões e conceitos curriculares.

Leia mais

Desenvolvimento em Ambiente Web. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com

Desenvolvimento em Ambiente Web. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Desenvolvimento em Ambiente Web Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Internet A Internet é um conjunto de redes de computadores de domínio público interligadas pelo mundo inteiro, que tem

Leia mais

AFRE. a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento, como o LILO ou o GRUB. a. ( ) Data Werehouse ; Internet ; Linux

AFRE. a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento, como o LILO ou o GRUB. a. ( ) Data Werehouse ; Internet ; Linux 1. De que forma é possível alterar a ordem dos dispositivos nos quais o computador procura, ao ser ligado, pelo sistema operacional para ser carregado? a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento,

Leia mais

Informática. Informática. Valdir

Informática. Informática. Valdir Informática Informática Valdir Questão 21 A opção de alterar as configurações e aparência do Windows, inclusive a cor da área de trabalho e das janelas, instalação e configuração de hardware, software

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL

TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E ANALISTA (EXCETO PARA O CARGO 4 e 8) GABARITO 1. (CESPE/2013/MPU/Conhecimentos Básicos para os cargos 34 e 35) Com a cloud computing,

Leia mais

Noções sobre sistemas operacionais, funcionamento, recursos básicos Windows

Noções sobre sistemas operacionais, funcionamento, recursos básicos Windows INE 5223 Sistemas Operacionais Noções sobre sistemas operacionais, funcionamento, recursos básicos Windows Baseado no material de André Wüst Zibetti Objetivos Obter noções básicas sobre o funcionamento

Leia mais

MANUAL DO NVDA Novembro de 2013

MANUAL DO NVDA Novembro de 2013 MANUAL DO NVDA Novembro de 2013 PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL Núcleo IFRS Manual do NVDA Sumário O que são leitores de Tela?... 3 O NVDA - Non Visual Desktop Access... 3 Procedimentos para Download

Leia mais

Aula 03 Internet. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/

Aula 03 Internet. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/ Aula 03 Internet Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/ Agenda da Aula Internet O que é a Internet? A Internet é: Rede mundial de computadores interconectados; Serve

Leia mais

PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL DO IFRS Manual Rápido do NVDA. Sumário

PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL DO IFRS Manual Rápido do NVDA. Sumário PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL DO IFRS Manual Rápido do NVDA Sumário O que são leitores de Tela?... 1 O NVDA - Non Visual Desktop Access... 1 Procedimentos para Download e Instalação do NVDA... 2 Iniciando

Leia mais

Como Criar uma Aula? Na página inicial do Portal do Professor, acesse ESPAÇO DA AULA: Ao entrar no ESPAÇO DA AULA, clique no ícone Criar Aula :

Como Criar uma Aula? Na página inicial do Portal do Professor, acesse ESPAÇO DA AULA: Ao entrar no ESPAÇO DA AULA, clique no ícone Criar Aula : Como Criar uma Aula? Para criar uma sugestão de aula é necessário que você já tenha se cadastrado no Portal do Professor. Para se cadastrar clique em Inscreva-se, localizado na primeira página do Portal.

Leia mais

Guilherme Pina Cardim. Pesquisa de Sistemas Operacionais I

Guilherme Pina Cardim. Pesquisa de Sistemas Operacionais I Guilherme Pina Cardim Pesquisa de Sistemas Operacionais I Presidente Prudente - SP, Brasil 30 de junho de 2010 Guilherme Pina Cardim Pesquisa de Sistemas Operacionais I Pesquisa realizada para identicar

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 01. Prof. André Lucio

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 01. Prof. André Lucio FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 01 Prof. André Lucio Competências do modulo Introdução ao sistema operacional Windows Instalação e configuração do sistema

Leia mais

Informática - Prof. Frank Mattos

Informática - Prof. Frank Mattos Informática - Prof. Frank Mattos Q298262 1. Por padrão, a lixeira do Windows 7 ocupa uma área correspondente a 10% do espaço em disco rígido do computador. Impressionante como essa informação está muito

Leia mais

MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 UTILIZANDO O VMWARE PLAYER

MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 UTILIZANDO O VMWARE PLAYER MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 UTILIZANDO O VMWARE PLAYER TÁSSIO JOSÉ GONÇALVES GOMES tassiogoncalvesg@gmail.com MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 TÁSSIO GONÇALVES - TASSIOGONCALVESG@GMAIL.COM 1 CONTEÚDO Arquitetura

Leia mais

Manual de instalação Priority HIPATH 1100 versão 7.0

Manual de instalação Priority HIPATH 1100 versão 7.0 Manual de instalação Priority HIPATH 1100 versão 7.0 2014 Innova Soluções Tecnológicas Este documento contém 28 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Novembro de 2014. Impresso

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO 1) ORACLE VIRTUALBOX ; 2) MICROSOFT WINDOWS ; 3) SUMÁRIOS GENEPLUS.

MANUAL DE INSTALAÇÃO 1) ORACLE VIRTUALBOX ; 2) MICROSOFT WINDOWS ; 3) SUMÁRIOS GENEPLUS. PROGRAMA EMBRAPA DE MELHORAMENTO DE GADO DE CORTE MANUAL DE INSTALAÇÃO 1) ORACLE VIRTUALBOX ; 2) MICROSOFT WINDOWS ; 3) SUMÁRIOS GENEPLUS. MANUAL DE INSTALAÇÃO: 1) ORACLE VIRTUALBOX ; 2) MICROSOFT WINDOWS

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal Regional Federal da Terceira Região

Poder Judiciário Tribunal Regional Federal da Terceira Região Poder Judiciário Tribunal Regional Federal da Terceira Região DIMI - Divisão de Microinformática e Redes Índice: O que é a Internet? 3 O que são Intranets? 3 Sobre o Nestcape Navigator 3 Para iniciar o

Leia mais

Novell Vibe 3.4. Novell. 1º de julho de 2013. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos

Novell Vibe 3.4. Novell. 1º de julho de 2013. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos Novell Vibe 3.4 1º de julho de 2013 Novell Inicialização Rápida Quando você começa a usar o Novell Vibe, a primeira coisa a se fazer é configurar sua área de trabalho pessoal e criar uma área de trabalho

Leia mais

Guia do usuário do Seagate Dashboard

Guia do usuário do Seagate Dashboard Guia do usuário do Seagate Dashboard Guia do usuário do Seagate Dashboard 2013 Seagate Technology LLC. Todos os direitos reservados. Seagate, Seagate Technology, o logotipo Wave e FreeAgent são marcas

Leia mais

PROJETO INFORMÁTICA NA ESCOLA

PROJETO INFORMÁTICA NA ESCOLA EE Odilon Leite Ferraz PROJETO INFORMÁTICA NA ESCOLA AULA 1 APRESENTAÇÃO E INICIAÇÃO COM WINDOWS VISTA APRESENTAÇÃO E INICIAÇÃO COM WINDOWS VISTA Apresentação dos Estagiários Apresentação do Programa Acessa

Leia mais

É uma rede mundial de computadores ligados entre si. INTERNET

É uma rede mundial de computadores ligados entre si. INTERNET INTERNET O QUE É A INTERNET? O QUE É NECESSÁRIO PARA ACEDER À INTERNET? QUAL A DIFERENÇA ENTRE WEB E INTERNET? HISTÓRIA DA INTERNET SERVIÇOS BÁSICOS DA INTERNET 2 1 INTERCONNECTED NETWORK INTERNET A Internet

Leia mais

INTERNET CONCEITOS. Internet é a "grande rede mundial de computadores"

INTERNET CONCEITOS. Internet é a grande rede mundial de computadores INTERNET CONCEITOS O que é Internet Estamos acostumados a ouvir que Internet é a "grande rede mundial de computadores" Entretanto, essa definição não é muito simplista. Na realidade, Ela é uma coleção

Leia mais

Software de gerenciamento do sistema Intel. Guia do usuário do Pacote de gerenciamento do servidor modular Intel

Software de gerenciamento do sistema Intel. Guia do usuário do Pacote de gerenciamento do servidor modular Intel Software de gerenciamento do sistema Intel do servidor modular Intel Declarações de Caráter Legal AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE DOCUMENTO SÃO RELACIONADAS AOS PRODUTOS INTEL, PARA FINS DE SUPORTE ÀS PLACAS

Leia mais

O que é o Virto ERP? Onde sua empresa quer chegar? Apresentação. Modelo de funcionamento

O que é o Virto ERP? Onde sua empresa quer chegar? Apresentação. Modelo de funcionamento HOME O QUE É TOUR MÓDULOS POR QUE SOMOS DIFERENTES METODOLOGIA CLIENTES DÚVIDAS PREÇOS FALE CONOSCO Suporte Sou Cliente Onde sua empresa quer chegar? Sistemas de gestão precisam ajudar sua empresa a atingir

Leia mais

BOLETIM TÉCNICO NComputing Brasil - #110502 Instalando o Oracle Virtualbox 4.0.2 e Criando uma VM Windows Server 2008 no Virtualbox O que é virtualbox? O virtualbox é um aplicativo de virtualização multi-plataforma

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

ADOBE FLASH PLAYER 10.3 Gerenciador de configurações locais

ADOBE FLASH PLAYER 10.3 Gerenciador de configurações locais ADOBE FLASH PLAYER 10.3 Gerenciador de configurações locais PRERELEASE 03/07/2011 Avisos legais Avisos legais Para consultar avisos legais, acesse o site http://help.adobe.com/pt_br/legalnotices/index.html.

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA AULA 06 INTERNET

INFORMÁTICA APLICADA AULA 06 INTERNET UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: Bacharelado em Ciências e Tecnologia INFORMÁTICA APLICADA AULA 06 INTERNET Profª Danielle Casillo SUMÁRIO O que é Internet Conceitos básicos de internet

Leia mais

Como criar e editar Blogs. Manual Básico do. Mario Roberto Barro Jerino Queiroz Ferreira Profª Drª Salete Linhares Queiroz

Como criar e editar Blogs. Manual Básico do. Mario Roberto Barro Jerino Queiroz Ferreira Profª Drª Salete Linhares Queiroz Como criar e editar Blogs Manual Básico do Mario Roberto Barro Jerino Queiroz Ferreira Profª Drª Salete Linhares Queiroz São Carlos Setembro / 2008 Sumário Introdução...3 Criando um Blog no Edublogs...4

Leia mais

OURO MODERNO www.ouromoderno.com.br SISTEMA OPERACIONAL APOSTILA DE EXEMPLO. (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo)

OURO MODERNO www.ouromoderno.com.br SISTEMA OPERACIONAL APOSTILA DE EXEMPLO. (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo) SISTEMA OPERACIONAL APOSTILA DE EXEMPLO (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo) 1 ÍNDICE Aula 1 Conhecendo o Linux... 3 Apresentação... 3 Tela de Logon... 4 Área de trabalho... 5 Explorando o Menu

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS ÍNDICE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS ÍNDICE ÍNDICE INTERNET EXPLORER...2 A Janela Principal...2 Barra de endereços...3 Menu Favoritos...4 Adicionar endereços no Menu Favoritos...4 Organizar endereços no Menu Favoritos...5 Navegar nas páginas...5

Leia mais

Apresento a resolução da prova para Agente da Polícia Federal. Observe as possibilidades de recurso que anotei nas questões.

Apresento a resolução da prova para Agente da Polícia Federal. Observe as possibilidades de recurso que anotei nas questões. Olá, pessoal, Apresento a resolução da prova para Agente da Polícia Federal. Observe as possibilidades de recurso que anotei nas questões. Para proferir uma palestra acerca de crime organizado, um agente

Leia mais

Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB

Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB Disciplina: Programação Orientada a Objetos II Professor: Cheli dos S. Mendes da Costa Modelo Cliente- Servidor Modelo de Aplicação Cliente-servidor Os

Leia mais

Google Drive. Passos. Configurando o Google Drive

Google Drive. Passos. Configurando o Google Drive Google Drive um sistema de armazenagem de arquivos ligado à sua conta Google e acessível via Internet, desta forma você pode acessar seus arquivos a partir de qualquer dispositivo que tenha acesso à Internet.

Leia mais

Servidor de OpenLAB Data Store A.02.01 Lista de Preparação do Local. Objetivo do Procedimento. Responsabilidades do cliente

Servidor de OpenLAB Data Store A.02.01 Lista de Preparação do Local. Objetivo do Procedimento. Responsabilidades do cliente Servidor Lista de Preparação de OpenLAB do Data Local Store A.02.01 Objetivo do Procedimento Assegurar que a instalação do Servidor de OpenLAB Data Store pode ser concluída com sucesso por meio de preparação

Leia mais

www.leitejunior.com.br 05/12/2011 12:30 Leite Júnior

www.leitejunior.com.br 05/12/2011 12:30 Leite Júnior INTERNET EXPLORER 8 Também conhecidos como BROWSERS (navegadores). Usados para visualizar página na Web. Entende a linguagem HTML e permite visualiza conteúdos de discos, funcionando como se fosse um Windows

Leia mais

Guia de instalação UEG Linux 14.04 LTS

Guia de instalação UEG Linux 14.04 LTS 1. Apresentação O UEG Linux 14.04 LTS é um sistema operacional baseado em Linux e derivado do Ubuntu, customizado pela Gerência de Núcleo de Inovação Tecnológica da Universidade Estadual de Goiás para

Leia mais

Manual do Usuário Android Neocontrol

Manual do Usuário Android Neocontrol Manual do Usuário Android Neocontrol Sumário 1.Licença e Direitos Autorais...3 2.Sobre o produto...4 3. Instalando, Atualizando e executando o Android Neocontrol em seu aparelho...5 3.1. Instalando o aplicativo...5

Leia mais

HP Mobile Printing para Pocket PC

HP Mobile Printing para Pocket PC HP Mobile Printing para Pocket PC Guia de Iniciação Rápida O HP Mobile Printing para Pocket PC permite imprimir mensagens de e-mail, anexos e arquivos em uma impressora Bluetooth, de infravermelho ou de

Leia mais

Manual do Usuário. E-DOC Peticionamento Eletrônico TST

Manual do Usuário. E-DOC Peticionamento Eletrônico TST E-DOC Peticionamento APRESENTAÇÃO O sistema E-DOC substituirá o atual sistema existente. Este sistema permitirá o controle de petições que utiliza certificado digital para autenticação de carga de documentos.

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL ALUNO Versão 1.0 2014 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE

Leia mais

INFORMÁTICA FUNDAMENTOS DE INTERNET. Prof. Marcondes Ribeiro Lima

INFORMÁTICA FUNDAMENTOS DE INTERNET. Prof. Marcondes Ribeiro Lima INFORMÁTICA FUNDAMENTOS DE INTERNET Prof. Marcondes Ribeiro Lima Fundamentos de Internet O que é internet? Nome dado a rede mundial de computadores, na verdade a reunião de milhares de redes conectadas

Leia mais

APOSTILA BÁSICA SOBRE INTERNET

APOSTILA BÁSICA SOBRE INTERNET APOSTILA BÁSICA SOBRE INTERNET DEFINIÇÕES BÁSICAS A Internet é um conjunto de redes de computadores interligados pelo mundo inteiro, ue têm em comum um conjunto de protocolos e serviços. O ue permite a

Leia mais

Manual do usuário - Service Desk SDM - COPASA. Service Desk

Manual do usuário - Service Desk SDM - COPASA. Service Desk Manual do usuário - Service Desk SDM - COPASA Service Desk Sumário Apresentação O que é o Service Desk? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web Fazendo Login no Sistema Tela inicial

Leia mais

Anote aqui as informações necessárias:

Anote aqui as informações necessárias: banco de mídias Anote aqui as informações necessárias: URL E-mail Senha Sumário Instruções de uso Cadastro Login Página principal Abrir arquivos Área de trabalho Refine sua pesquisa Menu superior Fazer

Leia mais

Introdução a Informática - 1º semestre AULA 02 Prof. André Moraes

Introdução a Informática - 1º semestre AULA 02 Prof. André Moraes Introdução a Informática - 1º semestre AULA 02 Prof. André Moraes 3 MÁQUINAS VIRTUAIS Em nossa aula anterior, fizemos uma breve introdução com uso de máquinas virtuais para emularmos um computador novo

Leia mais

CargoBoss 2.0 Guia de Configuração

CargoBoss 2.0 Guia de Configuração CargoBoss 2.0 Guia de Configuração INFORMAÇÕES DE DIREITOS AUTORAIS Este documento não pode ser reproduzido, no todo ou em parte e por quaisquer meios, sem a autorização prévia da HONEYWELL MARINE. CargoBoss

Leia mais

Novell Vibe 4.0. Março de 2015. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos

Novell Vibe 4.0. Março de 2015. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos Novell Vibe 4.0 Março de 2015 Inicialização Rápida Quando você começa a usar o Novell Vibe, a primeira coisa a se fazer é configurar sua área de trabalho pessoal e criar uma área de trabalho de equipe.

Leia mais

Como acessar o novo webmail da Educação? Manual do Usuário. 15/9/2009 Gerencia de Suporte, Redes e Novas Tecnologias Claudia M.S.

Como acessar o novo webmail da Educação? Manual do Usuário. 15/9/2009 Gerencia de Suporte, Redes e Novas Tecnologias Claudia M.S. Como acessar o novo webmail da Educação? Manual do Usuário 15/9/2009 Gerencia de Suporte, Redes e Novas Tecnologias Claudia M.S. Tomaz IT.002 02 2/14 Como acessar o Webmail da Secretaria de Educação? Para

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

Estamos muito felizes por compartilhar com você este novo serviço educacional do Centro Universitário de Patos de Minas.

Estamos muito felizes por compartilhar com você este novo serviço educacional do Centro Universitário de Patos de Minas. PALAVRA DO COORDENADOR Estimado, aluno(a): Seja muito bem-vindo aos Cursos Livres do UNIPAM. Estamos muito felizes por compartilhar com você este novo serviço educacional do Centro Universitário de Patos

Leia mais

15/8/2007 Gerencia de Tecnologia da Informação Claudia M.S. Tomaz

15/8/2007 Gerencia de Tecnologia da Informação Claudia M.S. Tomaz 15/8/2007 Gerencia de Tecnologia da Informação Claudia M.S. Tomaz MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL GETEC 01 2/13 Como acessar o Webmail da Secretaria de Educação? Para utilizar o Webmail da Secretaria de

Leia mais

milenaresende@fimes.edu.br

milenaresende@fimes.edu.br Fundação Integrada Municipal de Ensino Superior Sistemas de Informação A Internet, Intranets e Extranets milenaresende@fimes.edu.br Uso e funcionamento da Internet Os dados da pesquisa de TIC reforçam

Leia mais

Manual Do Usuário ClinicaBR

Manual Do Usuário ClinicaBR Manual Do Usuário ClinicaBR SUMÁRIO 1 Introdução... 01 2 ClinicaBR... 01 3 Como se cadastrar... 01 4 Versão experimental... 02 5 Requisitos mínimos p/ utilização... 03 6 Perfis de acesso... 03 6.1 Usuário

Leia mais

Internet: Site da Simonsen e Secretaria Online

Internet: Site da Simonsen e Secretaria Online Capítulo 9 Internet: Site da Simonsen e Secretaria Online 9.1 Introdução a Internet A palavra Internet é o resultado da junção dos termos inter (internacional) e net (rede), e é o nome da grande rede mundial

Leia mais

Fiery Network Controller para Xerox WorkCentre 7800 Series. Bem-vindo

Fiery Network Controller para Xerox WorkCentre 7800 Series. Bem-vindo Fiery Network Controller para Xerox WorkCentre 7800 Series Bem-vindo 2013 Electronics For Imaging. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos dos Avisos de caráter legal deste produto.

Leia mais

Sumário. Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web

Sumário. Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web Sumário Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web Fazendo Login no Sistema Tela inicial do Portal WEB Criando um

Leia mais

Professor: Roberto Franciscatto. Curso: Engenharia de Alimentos 01/2010 Aula 3 Sistemas Operacionais

Professor: Roberto Franciscatto. Curso: Engenharia de Alimentos 01/2010 Aula 3 Sistemas Operacionais Professor: Roberto Franciscatto Curso: Engenharia de Alimentos 01/2010 Aula 3 Sistemas Operacionais Um conjunto de programas que se situa entre os softwares aplicativos e o hardware: Gerencia os recursos

Leia mais

Universidade Federal da Fronteira Sul Campus Chapecó Sistema Operacional

Universidade Federal da Fronteira Sul Campus Chapecó Sistema Operacional Universidade Federal da Fronteira Sul Campus Chapecó Sistema Operacional Elaboração: Prof. Éverton Loreto everton@uffs.edu.br 2010 Objetivo Conhecer as características e recursos do Sistema Operacional

Leia mais

Inicialização Rápida do Novell Vibe Mobile

Inicialização Rápida do Novell Vibe Mobile Inicialização Rápida do Novell Vibe Mobile Março de 2015 Introdução O acesso móvel ao site do Novell Vibe pode ser desativado por seu administrador do Vibe. Se não conseguir acessar a interface móvel do

Leia mais

EMANNUELLE GOUVEIA ROLIM

EMANNUELLE GOUVEIA ROLIM EMANNUELLE GOUVEIA ROLIM Bacharel em Ciência da Computação, especialista em Gerência de Projetos e em Criptografia e Segurança da Informação. Servidora Publica. Atua na área acadêmica em cursos de Graduação

Leia mais

Agregadores de Conteúdo

Agregadores de Conteúdo Agregadores de Conteúdo São programas ou sites capazes de interpretar e mostrar o conteúdo dos Feeds RSS. Essa é uma forma de facilitar a leitura de vários sites e blogs, acessando o que há de novo em

Leia mais

Novell Teaming 2.0. Novell. 29 de julho de 2009. Início Rápido. Iniciando o Novell Teaming. Conhecendo a interface do Novell Teaming e seus recursos

Novell Teaming 2.0. Novell. 29 de julho de 2009. Início Rápido. Iniciando o Novell Teaming. Conhecendo a interface do Novell Teaming e seus recursos Novell Teaming 2.0 29 de julho de 2009 Novell Início Rápido Quando você começa a usar o Novell Teaming, a primeira coisa a se fazer é configurar sua área de trabalho pessoal e criar uma área de trabalho

Leia mais

Windows 2008 Server. Windows 2008 Server IFSP Boituva Prof. Sérgio Augusto Godoy. www.profsergiogodoy.com sergiogutogodoy@hotmail.

Windows 2008 Server. Windows 2008 Server IFSP Boituva Prof. Sérgio Augusto Godoy. www.profsergiogodoy.com sergiogutogodoy@hotmail. Windows 2008 Server IFSP Boituva Prof. Sérgio Augusto Godoy www.profsergiogodoy.com sergiogutogodoy@hotmail.com Windows 2008 Server Construído sob o mesmo código do Vista Server Core (Instalação somente

Leia mais

DWEB. Design para Web. Fundamentos Web I. Curso Superior de Tecnologia em Design Gráfico

DWEB. Design para Web. Fundamentos Web I. Curso Superior de Tecnologia em Design Gráfico DWEB Design para Web Curso Superior de Tecnologia em Design Gráfico Fundamentos Web I E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BUENO BRANDÃO ESTÂNCIA CLIMÁTICA E HIDROMINERAL CNPJ: 18.940.098/0001-22

PREFEITURA MUNICIPAL DE BUENO BRANDÃO ESTÂNCIA CLIMÁTICA E HIDROMINERAL CNPJ: 18.940.098/0001-22 1. Qual programa não faz parte do pacote BrOffice.org? a) Groove b) Writer c) Draw d) Math e) Calc 2. Considerando a figura abaixo que apresenta uma parte da Barra de ferramentas de formatação do LibreOffice

Leia mais

GESTÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS II

GESTÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS II GESTÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS II Servidores Definição Servidores História Servidores Tipos Servidores Hardware Servidores Software Evolução do Windows Server Windows Server 2003 Introdução Windows Server

Leia mais

Manual do Painel Administrativo

Manual do Painel Administrativo Manual do Painel Administrativo versão 1.0 Autores César A Miggiolaro Marcos J Lazarin Índice Índice... 2 Figuras... 3 Inicio... 5 Funcionalidades... 7 Analytics... 9 Cidades... 9 Conteúdo... 10 Referência...

Leia mais

Guia do usuário do PrintMe Mobile 3.0

Guia do usuário do PrintMe Mobile 3.0 Guia do usuário do PrintMe Mobile 3.0 Visão geral do conteúdo Sobre o PrintMe Mobile Requisitos do sistema Impressão Solução de problemas Sobre o PrintMe Mobile O PrintMe Mobile é uma solução empresarial

Leia mais

Como Configurar Catálogos de Correio Eletrônico com o MDaemon 6.0

Como Configurar Catálogos de Correio Eletrônico com o MDaemon 6.0 Como Configurar Catálogos de Correio Eletrônico com o MDaemon 6.0 Alt-N Technologies, Ltd 1179 Corporate Drive West, #103 Arlington, TX 76006 Tel: (817) 652-0204 2002 Alt-N Technologies. Todos os Direitos

Leia mais

Administração pela Web Para MDaemon 6.0

Administração pela Web Para MDaemon 6.0 Administração pela Web Para MDaemon 6.0 Alt-N Technologies, Ltd 1179 Corporate Drive West, #103 Arlington, TX 76006 Tel: (817) 652-0204 2002 Alt-N Technologies. Todos os Direitos Reservados. Os nomes de

Leia mais

Tecnologias da Informação e Comunicação. Principais tipos de serviços da Internet

Tecnologias da Informação e Comunicação. Principais tipos de serviços da Internet Tecnologias da Informação e Comunicação Principais tipos de serviços da Internet Introdução à Internet Serviços básicos Word Wide Web (WWW) Correio electrónico (e-mail) Transferência de ficheiros (FTP)

Leia mais

Desenvolvendo Websites com PHP

Desenvolvendo Websites com PHP Desenvolvendo Websites com PHP Aprenda a criar Websites dinâmicos e interativos com PHP e bancos de dados Juliano Niederauer 19 Capítulo 1 O que é o PHP? O PHP é uma das linguagens mais utilizadas na Web.

Leia mais

LW1. Como a internet funciona? PROF. ANDREZA S. AREÃO

LW1. Como a internet funciona? PROF. ANDREZA S. AREÃO LW1 Como a internet funciona? PROF. ANDREZA S. AREÃO O que é a Internet? Rede de Computadores: Consiste de dois ou mais computadores ligados entre si e compartilhando dados, impressoras, trocando mensagens

Leia mais

ADMINISTRAÇÃODEREDES BASEADASEM WINDOWS. IsmaelSouzaAraujo

ADMINISTRAÇÃODEREDES BASEADASEM WINDOWS. IsmaelSouzaAraujo ADMINISTRAÇÃODEREDES BASEADASEM WINDOWS IsmaelSouzaAraujo INFORMAÇÃOECOMUNICAÇÃO Autor Ismael Souza Araujo Pós-graduado em Gerência de Projetos PMBOK UNICESP, graduado em Tecnologia em Segurança da Informação

Leia mais

Como criar PDFs rapidamente (tutpdf.php)

Como criar PDFs rapidamente (tutpdf.php) 1 de 5 6/8/2008 15:23 Anúncios Google Apostila InDesign Programa PDF Acrobat PDF Adobe PDF Editor Acrobat Professional :: Tutoriais Como criar PDFs rapidamente (tutpdf.php) Introdução O formato de arquivos

Leia mais

Satélite. Manual de instalação e configuração. CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br

Satélite. Manual de instalação e configuração. CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br Satélite Manual de instalação e configuração CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br Índice Índice 1.Informações gerais 1.1.Sobre este manual 1.2.Visão geral do sistema 1.3.História

Leia mais

Manual de Apoio à Assinatura Eletrônica DISO

Manual de Apoio à Assinatura Eletrônica DISO Manual de Apoio à Assinatura Eletrônica DISO Índice Hyperlinks Descanse o mouse na frase, aperte sem largar o botão Ctrl do seu teclado e click com o botão esquerdo do mouse para confirmar. Introdução

Leia mais

Guia de Inicialização para o Windows

Guia de Inicialização para o Windows Intralinks VIA Versão 2.0 Guia de Inicialização para o Windows Suporte 24/7/365 da Intralinks EUA: +1 212 543 7800 Reino Unido: +44 (0) 20 7623 8500 Consulte a página de logon da Intralinks para obter

Leia mais

Informática Aplicada

Informática Aplicada Informática Aplicada SO Windows Aula 3 Prof. Walteno Martins Parreira Jr www.waltenomartins.com.br waltenomartins@yahoo.com 2014 APRESENTAÇÃO Todo computador precisa de um sistema operacional. O Windows

Leia mais

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares SENAI São Lourenço do Oeste Introdução à Informática Adinan Southier Soares Informações Gerais Objetivos: Introduzir os conceitos básicos da Informática e instruir os alunos com ferramentas computacionais

Leia mais

http://aurelio.net/vim/vim-basico.txt Entrar neste site/arquivo e estudar esse aplicativo Prof. Ricardo César de Carvalho

http://aurelio.net/vim/vim-basico.txt Entrar neste site/arquivo e estudar esse aplicativo Prof. Ricardo César de Carvalho vi http://aurelio.net/vim/vim-basico.txt Entrar neste site/arquivo e estudar esse aplicativo Administração de Redes de Computadores Resumo de Serviços em Rede Linux Controlador de Domínio Servidor DNS

Leia mais

1 ACESSO AO PORTAL UNIVERSITÁRIO 3 3 PLANO DE ENSINO 6 4 AULAS 7 5 AVALIAÇÃO E EXERCÍCIO 9 6 ENQUETES 12 7 QUADRO DE AVISOS 14

1 ACESSO AO PORTAL UNIVERSITÁRIO 3 3 PLANO DE ENSINO 6 4 AULAS 7 5 AVALIAÇÃO E EXERCÍCIO 9 6 ENQUETES 12 7 QUADRO DE AVISOS 14 portal@up.com.br Apresentação Este manual contém informações básicas, e tem como objetivo mostrar a você, aluno, como utilizar as ferramentas do Portal Universitário e, portanto, não trata de todos os

Leia mais