Instruções para montagem da prótese BIOT. César Augusto Martins Pereira Laboratório de Biomecânica IOT-HC-FMUSP

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Instruções para montagem da prótese BIOT. César Augusto Martins Pereira Laboratório de Biomecânica IOT-HC-FMUSP"

Transcrição

1 Instruções para montagem da prótese BIOT César Augusto Martins Pereira Laboratório de Biomecânica IOT-HC-FMUSP

2 Montagem do corpo da prótese Alargar os furos com uma broca de 13/64 ou 5mmdediâmetro. Suporte do antebraço eixo de movimento

3 Montagem do corpo da prótese Alargar os furos com uma broca de 13/64 ou 5mmdediâmetro. Mão eixo de movimento

4 Montagem do corpo da prótese Alargar os furos com uma broca de 13/64 ou 5mmdediâmetro. Mão eixo do rolete

5 Montagem do corpo da prótese Alargar o furo do rolete com uma broca de 13/64 ou 5 mm de diâmetro.

6 Montagem do corpo da prótese Acionamento por extensão do punho Alinhe o rolete entre os furos da peça mão e insira o corpo do parafusoparapastade5 mm de diâmetro e 30 mm de comprimento. Se o acionamento for porflexãodopunhonão há necessidade colocar oroleteeosparafusos.

7 Montagem do corpo da prótese Acionamento por extensão do punho Rosqueie na outra extremidade com o parafuso com cabeça de fenda. O rolete deve girar livremente sem resistência. Dependendo da escala da impressão da prótese, o corpo do parafuso pode sobrar de acordo com o seu tamanho.

8 Montagem do corpo da prótese Corte uma parte da cabeça do parafuso (parte com rosca interna) com uma serra fina(segueta). Repita o procedimento para o outro parafuso. Caso o parafuso esteja muito grande o corpo do parafuso poderá ser cortado. Parafuso para pasta, 5 mm diâmetro x 10 mm de comprimento

9 Montagem do corpo da prótese Insira o parafuso com a cabeça cortada de dentro para fora da prótese até a cabeça se encaixar em um rebaixo presente no suporte do antebraço. Rosqueie o parafuso de cabeça com fenda no corpo do parafuso. Repita o procedimento para o outro lado da prótese.

10 Montagem do corpo da prótese Alargar o furo da barra com uma broca de 3,5 mm de diâmetro. Barra tensionadora

11 Montagem do corpo da prótese Alargar os furos do suporte com uma broca de 5mmdediâmetro. Inserir as barras e rosquear os parafusos de rosca para madeira de 3,5 mm de diâmetro x 20 mm de comprimento. Suporte da barra tensionadora Se a escala de impressão for muito reduzida utilize parafusos de menor diâmetro!

12 Montagem do corpo da prótese Encaixar o suporte dos tensionadores no suporte do antebraço Suporte da barra tensionadora

13 Montagem dos dedos Alargar o furo com uma broca de 1/8 de diâmetro Limar a região cilíndrica com o objetivo de obter ajuste forçado com os furos presentes na peça mão Limar a superfície interna da peça para torná-la mais plana. Metacarpo distal

14 Montagem dos dedos Alargar o furo com uma broca de 1/8 de diâmetro(3,175 mm) Limar a superfície interna da peça para torná-la mais plana. Falange medial-distal

15 Montagem dos dedos Abrir rosca com macho diâmetro M4, utilizando somente o primeiro macho de menor diâmetro(um traço) Metacarpo distal

16 Montagem dos dedos Abrir rosca com macho diâmetro M4, utilizando somente o primeiro macho de menor diâmetro(um traço) Falange medial-distal

17 Montagem dos dedos Alargar o furo com uma broca de 5/32 de diâmetro (3,97 mm) ou brocade4mm. Limar a superfície interna da peça para torná-la mais plana. Falange proximal

18 Montagem dos dedos Unir o três segmentos através de dois parafusos (M4 x 15 mm) de maneira que exista uma pequena folga entre as superfícies de cada falange

19 Passagem dos fios -Cortar 45 cm de fio de poliéster encerado de 0.8mmdediâmetro -Cortar 12 cm de elástico de 1,5 mm de diâmetro

20 Passagem dos fios Unir o fio e o elástico através de um nó simples e bem apertado

21 Passagem dos fios Dobre ao meio um fio de aço para pesca de 30 cm de comprimento e 0,5 mm de diâmetro. Ele será utilizado para passar o fio e o elástico por dentro dos túneis das falanges. Fio passador

22 Passagem dos fios Insira a ponta dobrada do fio passador pelo túnel da falange distalmedial e insira o fio dentro da ponta dobrada do fio passador. Puxe o fio passador até o fio de poliéster atravessar o túnel.

23 Passagem dos fios Insira a ponta dobrada do fio passador pelo túnel da falange proximal e insira o fio dentro da ponta dobrada do fio passador. Puxe o fio passador até o fio de poliéster atravessar o túnel.

24 Passagem dos fios Insira a ponta dobrada do fio passador pelo túnel do metacarpo distal e insira o fio dentro da ponta dobrada do fio passador. Puxe o fio passador até o fio de poliéster atravessar o túnel.

25 Passagem dos fios Insira a ponta dobrada do fio passador pelo túnel da falange distalmedial e insira o elástico dentro da ponta dobrada do fio passador. Puxe o fio passador até o elástico atravessar o túnel.

26 Passagem dos fios Insira a ponta dobrada do fio passador pelo túnel da falange proximal e insira o elástico dentro da ponta dobrada do fio passador. Puxe o fio passador até o elástico atravessar o túnel.

27 Passagem dos fios Insira a ponta dobrada do fio passador pelo túnel do metacarpo distal e insira o elástico dentro da ponta dobrada do fio passador. Puxe o fio passador até o elástico atravessar o túnel.

28 Passagem dos fios Puxe o fio e o elástico até o nó simples ficar embutido no furo da falange distal-medial (em detalhe)

29 Passagem dos fios Tracione levemente o elástico e dê um ou dois nós em sua extremidade. Repita o procedimento para os outros dedos.

30 Passagem dos fios Entrada do túnel A extremidade do fio já montado previamente para cada dedo deverá ser passado pelos túneis presentes na peça mão

31 OBS: Na primeira versão da prótese BIOT os túneis do primeiro e segundo dedos se convergem em uma única saída! Na segunda versão as saídas dos túneis são independentes! Passagem dos fios Acionamento por extensão do punho Insira a ponta dobrada do fio passador pelo túnel da peça mão e insira o fio de poliéster dentro da ponta dobrada do fio passador. Puxe o fio passador até o fio atravessar o túnel. Repita o procedimento para os outros dedos.

32 Passagem dos fios Acionamento por extensão do punho Passe os fios pelo rolete e insira-os entre os dois arcos da prótese.

33 Passagem dos fios Acionamento por extensão do punho Insira a ponta dobrada do fio passador pelo túnel presente no arco do suporte do antebraço einsiraofiodepoliéster dentro da ponta dobrada do fio passador. Puxe o fio passador até o fio atravessar o túnel.

34 Passagem dos fios Acionamento por extensão do punho Posicione as barras tensionadoras de maneira que as mesmas fiquem em uma posição intermediária dentro do suporte dos tensionadores (utilize os parafusos). Passe o fio no furo da barra tensionadora, tracione-o com a prótese em extensão e dê vários nós firmes. Repita o procedimento para os outros fio.

35 Passagem dos fios Acionamento por flexão do punho Insira os fios pelos tuneis da peça mão como mostrado anteriormente. Insira a ponta dobrada do fio passador pelo túnel do suporte do antebraço e insira o fio de poliéster dentro da ponta dobrada do fio passador. Puxe o fio passador até o fio atravessar o túnel.

36 Passagem dos fios Acionamento por flexão do punho Repita o procedimento para os outros dedos. Amarre os fios nos tensionadores como descrito anteriormente.

37 Fixação dos dedos Primeiramente gire os dedos para se obter um correto posicionamento! Depois utilizando uma broca de 1,5 mm de diâmetro fure a peça mão com o dedo inserido de forma que não atravesse os túneis do metacarpo proximal. Repetir o procedimento para os outros dedos

38 Fixação dos dedos Retire o dedo da prótese e alargue o furo da mão... com uma broca de 2,5 mm de diâmetro. Repita o procedimento para os outros dedos.

39 Fixação dos dedos Insira um parafuso para madeira de aproximadamente 2,2 mm de diâmetro e 8 mm de comprimento dentro de cada furo.

MESA ESTABILIZADORA MANUAL DE CONFECÇÃO

MESA ESTABILIZADORA MANUAL DE CONFECÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE MECÂNICA TECNOLOGIA ASSISTIVA (http://www.damec.ct.utfpr.edu.br/assistiva/) MESA ESTABILIZADORA MANUAL DE CONFECÇÃO PROJETO ELABORADO

Leia mais

HASTE PROXIMAL FEMORAL TÉCNICA CIRÚRGICA

HASTE PROXIMAL FEMORAL TÉCNICA CIRÚRGICA TÉCNICA CIRÚRGICA TÉCNICA CIRÚRGICA PFN Obs.: A técnica deve ser aplicada com o auxílio do intensificador de imagens. DETERMINAÇÃO DO COMPRIMENTO E POSICIONAMENTO DA HASTE Coloque o Gabarito Visual sobre

Leia mais

SUPORTE AIRON WALL MF 100

SUPORTE AIRON WALL MF 100 SUPORTE AIRON WALL MF 100 INSTRUÇÕES DE MONTAGEM Imagens Ilustrativas www.aironflex.com INSTRUÇÕES DE MONTAGEM 05 07 03 05 06 Componentes - Haste do Tv - Distanciador Regulável 03 - Trava de Segurança

Leia mais

Yep. Console 60/80/100 com 1 Gaveta Aramada - 57cm. Partes do Produto. Componentes

Yep. Console 60/80/100 com 1 Gaveta Aramada - 57cm. Partes do Produto. Componentes Yep Partes do Produto Console 60/80/00 com Gaveta Aramada - 57cm Tampo Vendido Separadamente Frentes de Gaveta Vendida Separadamente - Lateral Direita/Esquerda (x) 3- Corrediça Telescópica (x) - Base (x)

Leia mais

Elementos de máquina. Curso Técnico Concomitante em Mecânica 3º módulo. Diego Rafael Alba

Elementos de máquina. Curso Técnico Concomitante em Mecânica 3º módulo. Diego Rafael Alba E Curso Técnico Concomitante em Mecânica 3º módulo Diego Rafael Alba 1 Roscas É um conjunto de filetes em torno de uma superfície cilíndrica; Podem ser internas e externas. 2 Perfil de rosca Triangular;

Leia mais

Yep. Balcão Inferior Lava-Louças 60-53cm Balcão Inferior Lava-Louças 60-57cm. Partes do Produto. Componentes

Yep. Balcão Inferior Lava-Louças 60-53cm Balcão Inferior Lava-Louças 60-57cm. Partes do Produto. Componentes Yep Partes do Produto Balcão Inferior Lava-Louças 60-53cm Balcão Inferior Lava-Louças 60-57cm Tampo Vendido Separadamente - Lateral Direita/Esquerda (x) - Base (x) 3- Travessa (x) 4- Traseiro (x) 5- Fechamento

Leia mais

CO C NTEÚ E DO D D O D KI K T pe p rf r i f s i voltar para o índice

CO C NTEÚ E DO D D O D KI K T pe p rf r i f s i voltar para o índice CONTEÚDO DO KIT MONTAGEM DO BATENTE MONTAGEM DA FOLHA elementos de fixação perfis acessórios corte dos perfis laterais corte do perfil superior colocação da escova conexão dos perfis instalação das contraplacas

Leia mais

Arrow. Armário com 4 Portas. Partes do Produto. *Puxadores vendidos separadamente

Arrow. Armário com 4 Portas. Partes do Produto. *Puxadores vendidos separadamente Arrow Armário com Portas Partes do Produto *Puxadores vendidos separadamente - Lateral Direita (x) - Lateral Esquerda (x) 3- Porta (x) - Divisão (x) 5- Fundo (x) Pessoas ecessárias para Montagem Ferramentas

Leia mais

Instruções de montagem do Irrigador Solar. Washington Luiz de Barros Melo

Instruções de montagem do Irrigador Solar. Washington Luiz de Barros Melo Instruções de montagem do Irrigador Solar Washington Luiz de Barros Melo Versão 8/2015 1 Irrigador Solar Irrigação ativada pelo sol Washington Luiz de Barros Melo 1. As partes do irrigador O irrigador

Leia mais

Manual de montagem. Fecho I - Manual de montagem

Manual de montagem. Fecho I - Manual de montagem Manual de montagem SUMÁRIO. LISTA E PEÇAS...4 2. PROCESSO DE MONTAGEM...5 3. INDICAÇÕES... 4. INSTRUÇÃO DE MONTAGEM... 2 4.. Porta de madeira (abre para dentro)... 2 4.2. Porta de madeira (abre para fora)...

Leia mais

MESA ADAPTÁVEL PARA CADEIRA DE RODAS MANUAL DE CONFECÇÃO MESA ADAPTÁVEL PARA CADEIRA DE RODAS MANUAL DE CONFECÇÃO

MESA ADAPTÁVEL PARA CADEIRA DE RODAS MANUAL DE CONFECÇÃO MESA ADAPTÁVEL PARA CADEIRA DE RODAS MANUAL DE CONFECÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE MECÂNICA TECNOLOGIA ASSISTIVA (http://www.damec.ct.utfpr.edu.br/assistiva/) UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO

Leia mais

Diverte-te com a tua Nova Capa para Telemóvel! Cortar os quatro cantos com cuidado para não cortar os pontos.

Diverte-te com a tua Nova Capa para Telemóvel! Cortar os quatro cantos com cuidado para não cortar os pontos. Instruções De que precisa: Máquina de costura Totally Me! 2 pedaços de tecido (4,5" x 13") (11,4 cm x 33 cm) 1 pedaço de enchimento adesivo 2,5" (6,4 cm) de elástico fino 1 botão colorido Tesoura Pinos

Leia mais

Ajustagem Mecânica. Convenções para Acabamento de Superfícies. Material elaborado por Prof.MEng.Ivandro Bonetti

Ajustagem Mecânica. Convenções para Acabamento de Superfícies. Material elaborado por Prof.MEng.Ivandro Bonetti Convenções para Acabamento de Superfícies Ajustagem Mecânica Rugosidade Rugosidade são erros microgeométricos existentes nas superfícies das peças. Símbolo sem indicação de rugosidade A ABNT adota o desvio

Leia mais

Parafusos II. roscas. Nesta e nas próximas aulas são apresentadas informações sobre parafusos.

Parafusos II. roscas. Nesta e nas próximas aulas são apresentadas informações sobre parafusos. A UU L AL A Parafusos II Na aula anterior você teve noções gerais de roscas. Nesta e nas próximas aulas são apresentadas informações sobre parafusos. Introdução Parafusos Parafusos são elementos de fixação,

Leia mais

MESA PARA CADEIRA DE RODAS MANUAL DE CONFECÇÃO (Regulável em altura por sistema de pinos)

MESA PARA CADEIRA DE RODAS MANUAL DE CONFECÇÃO (Regulável em altura por sistema de pinos) UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE MECÂNICA TECNOLOGIA ASSISTIVA (http://www.damec.ct.utfpr.edu.br/assistiva/) MESA PARA CADEIRA DE RODAS MANUAL DE CONFECÇÃO (Regulável

Leia mais

Instruções de Montagem do

Instruções de Montagem do Instruções de Montagem do Irrigador Solar Washington Luiz de Barros Melo Versão 8/2015 1 Irrigador Solar Irrigação ativada pelo sol Washington Luiz de Barros Melo 1. As partes do irrigador O irrigador

Leia mais

MESA PARA CADEIRA DE RODAS MANUAL DE CONFECÇÃO (Regulável em altura pelo comprimento dos pés)

MESA PARA CADEIRA DE RODAS MANUAL DE CONFECÇÃO (Regulável em altura pelo comprimento dos pés) UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE MECÂNICA TECNOLOGIA ASSISTIVA (http://www.damec.ct.utfpr.edu.br/assistiva/) MESA PARA CADEIRA DE RODAS MANUAL DE CONFECÇÃO (Regulável

Leia mais

Manual de Montagem e Manutenção - RSK. DDG

Manual de Montagem e Manutenção - RSK.  DDG Manual de Montagem e Manutenção - www.antaresacoplamentos.com.br DDG 0800.9701.909 Modelo Potência kw a 1000 RPM Torque Contínuo Máximo DADOS TÉCNICOS Torque de Pico em Sobrecarga RPM Máximo Massa Und.

Leia mais

1- Lateral Direita (1x) 6- Rodapé (1x) 7- Fundo (2x) 8- Tampo (1x) 9 - Porta (1x) Componentes. A- Parafuso 3,5x14 c.c.(23x) Chave de Boca de 8mm

1- Lateral Direita (1x) 6- Rodapé (1x) 7- Fundo (2x) 8- Tampo (1x) 9 - Porta (1x) Componentes. A- Parafuso 3,5x14 c.c.(23x) Chave de Boca de 8mm Seck rmário Inferior com Cesto para Roupas com Portas Partes do Produto - Lateral Direita (x) - Lateral Esquerda (x) - Base (x) - Divisória (x) - Prateleira (x) Puxadores Vendidos Separadamente - Rodapé

Leia mais

INSTRUÇÃO DE USO. Descrição Geral

INSTRUÇÃO DE USO. Descrição Geral INSTRUÇÃO DE USO Descrição Geral O Parafuso de Compressão HBS é constituído por uma família de dois modelos de parafusos, sendo um modelo de alta compressão na cor azul, e outro de compressão padrão na

Leia mais

MESA DE ATIVIDADES MANUAL DE CONFECÇÃO

MESA DE ATIVIDADES MANUAL DE CONFECÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE MECÂNICA TECNOLOGIA ASSISTIVA (http://www.damec.ct.utfpr.edu.br/assistiva/) MESA DE ATIVIDADES MANUAL DE CONFECÇÃO PROJETO ELABORADO

Leia mais

luminária em pvc

luminária em pvc 24 luminária em pvc www.dremel.com.br 25 gabarito na página: 90 1 ferramenta Dremel Série 300 1 broca de corte ref. 561 1 disco de corte EZ Lock ref. EZ476 1 acoplamento multiestação de trabalho ref. 2500

Leia mais

Symmetry. 3,05 m e 3,66 m. Guarda-corpos de compósito de baixa manutenção INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO. fiberondecking.com.

Symmetry. 3,05 m e 3,66 m. Guarda-corpos de compósito de baixa manutenção INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO. fiberondecking.com. Symmetry Guarda-corpos de compósito de baixa manutenção 3,05 m e 3,66 m INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO Fabricado por fiberondecking.com secções lineares de 3,05 e 3,66 m Ferramentas e materiais necessários:

Leia mais

#02 PROJETO MESA DE IMPRESSÃO SIMPLES FIXA NA PAREDE

#02 PROJETO MESA DE IMPRESSÃO SIMPLES FIXA NA PAREDE Esse projeto é essencial para impressão na serigrafia em superfícies planas. Essa mesa simples ou berço é muito comum no uso de impressões de camisetas já costuradas. Vamos criar uma mesa com uma estrutura

Leia mais

GUILHOTINA SEMI-INDUSTRIAL 51cm Manual de Instruções Conheça em detalhes, neste site, toda, a linha de produtos Lassane

GUILHOTINA SEMI-INDUSTRIAL 51cm Manual de Instruções Conheça em detalhes, neste site, toda, a linha de produtos Lassane Manual de Instruções GUILHOTINA SEMI-INDUSTRIAL 51cm DIMENSÕES: Área de Corte: 510mm Mesa: 655 x 710 mm Altura: 470 mm Peso: 37kg www.lassane.com.br Conheça em detalhes, neste site, toda, a linha de produtos

Leia mais

MANUAL DO CONSUMIDOR VENTILADOR DE TETO

MANUAL DO CONSUMIDOR VENTILADOR DE TETO VENTILADOR DE TETO MODELOS: SUNNY, SUNNY CONTR FHARO Obrigado por adquirir o. Antes de utilizar o seu produto leia atentamente este manual de instruções. Após a leitura guarde-o em local seguro para consultas

Leia mais

web curso 2015 Instalação de Produtos Economizadores de Água

web curso 2015 Instalação de Produtos Economizadores de Água web curso 2015 Instalação de Produtos Economizadores de Água Misturadores Pressmatic O uso de misturadores junto a torneiras e duchas garante o fornecimento de água na temperatura desejada, já que o equipamento

Leia mais

CATÁLOGO DE PEÇAS MANUAL DE SERVIÇOS ELGIN SUPÉRIA JX-2050

CATÁLOGO DE PEÇAS MANUAL DE SERVIÇOS ELGIN SUPÉRIA JX-2050 CATÁLOGO DE PEÇAS MANUAL DE SERVIÇOS ELGIN SUPÉRIA JX-2050 ELGIN SUPÉRIA JX-2050 INDICE 1. Catálogo de Peças VISTA EXPLODIDA... 3 TABELA DE PEÇAS... 4 ACESSÓRIOS... 5 2. Manual de Serviços Desmontagem

Leia mais

PRENSA PARA ESTÊNCIL A TINTA

PRENSA PARA ESTÊNCIL A TINTA MANUAL PARA A FABRICAÇÃO DE UMA PRENSA PARA ESTÊNCIL A TINTA Vivaldo Armelin Júnior 2006 Todos os direitos Reservados e pertencentes ao Portal ArteEducar. Proibido qualquer uso que não seja em sala de

Leia mais

Instruções para Instalação

Instruções para Instalação Instruções para Instalação 1- PARA MARCAR A POSIÇÃO DE COLOCAÇÃO DA FECHADURA NA PORTA: Marque uma linha horizontal na altura que será colocada a fechadura, sugerimos que a maçaneta fique a 1,10m de altura

Leia mais

Task. Cômoda / Rack com 6 Gavetas. Partes do Produto. Componentes

Task. Cômoda / Rack com 6 Gavetas. Partes do Produto. Componentes Task Cômoda / Rack com avetas Partes do Produto - Tampo (x) - Base (x) - ateral Direita (x) - ateral Esquerda (x) - ateral Interna (x) - Fundo (x) 7- Prateleira (x) 0 0 8- Frente de aveta Dir.(x) Componentes

Leia mais

Marionete do Woody. Chapéu Copa. Chapéu Aba (parte superior) Cabeça. Chapéu Aba (parte inferior) disneybabble.com.br 1/5

Marionete do Woody. Chapéu Copa. Chapéu Aba (parte superior) Cabeça. Chapéu Aba (parte inferior) disneybabble.com.br 1/5 Marionete do Woody hapéu opa hapéu ba (parte superior) abeça D D hapéu ba (parte inferior) disneybabble.com.br 1/5 orpo Disney / Pixar raço direito raço esquerdo oldre ntebraço direito ntebraço esquerdo

Leia mais

Convites. Produto virtual para impressão! Você vai precisar de: Dica:

Convites. Produto virtual para impressão! Você vai precisar de: Dica: Convites Você vai precisar de: - 1 ou mais folhas no formato A4 (recomendamos folhas na gramatura 180 gramas) - 1 tesoura Dica: Você pode fazer a impressão em uma gráfica rápida da sua cidade: Envie o

Leia mais

INTRODUÇÃO - LEIA TODO MANUAL DE INSTRUÇÕES ANTES DA MONTAGEM

INTRODUÇÃO - LEIA TODO MANUAL DE INSTRUÇÕES ANTES DA MONTAGEM INSTRUÇÕES DE MONTAGEM ELOS ACESSÓRIOS PARA CABO REDE SUBTERRÂNEA PÁG. 1 / 7 EMCF 36kV TAM. 3 Edição: JUN 14 DESCRIÇÃO: A EMENDA ELOS COMPACTA FRIA é um acessório de cabo de média tensão isolado com EPR

Leia mais

III CONSTRUÇÃO DOS SUPORTES DAS BOBINAS

III CONSTRUÇÃO DOS SUPORTES DAS BOBINAS III CONSTRUÇÃO DOS SUPORTES DAS BOBINAS Serão construídos dois suportes, um para a bobina transmissora, o qual será fixado na barra do detector de metal em posição vertical e outro, para a bobina receptora

Leia mais

BARRA ANTI-PÂNICO MODELO 1200

BARRA ANTI-PÂNICO MODELO 1200 BARRA ANTI-PÂNICO MODELO 1200 Apresentação: Agradecemos a sua escolha pelo produto. Nosso principal objetivo é assegurar sua total satisfação com nossos produtos e serviços. Leia atentamente este manual

Leia mais

FIG. 1 FIG. 2. OBS: Aconselha-se a divisão simétrica entre os dois tubos maiores para que não haja desequilíbrio. FIG. 3

FIG. 1 FIG. 2. OBS: Aconselha-se a divisão simétrica entre os dois tubos maiores para que não haja desequilíbrio. FIG. 3 INTRODUÇÃO O enrolador para capa Sodramar tem a função de facilitar a abertura e a retirada da mesma de sua piscina. Este equipamento foi desenvolvido para trabalhar exclusivamente com capas térmicas (plástico

Leia mais

CALIBRADOR. Prof. Dr. Roger Nabeyama Michels

CALIBRADOR. Prof. Dr. Roger Nabeyama Michels CALIBRADOR Prof. Dr. Roger Nabeyama Michels Medição Indireta Consiste em confrontar a peça que se quer medir com a peça padrão. Um eixo pode ser medido indiretamente utilizando um calibrador de eixos.

Leia mais

Sistema de monitorização da pressão dos pneus (TPMS)

Sistema de monitorização da pressão dos pneus (TPMS) Instrução n.º Versão Peça N.º 31330604 1.7 31414189, 31201481 Sistema de monitorização da pressão dos pneus (TPMS) Página 1 / 9 Ferramentas especiais T9513035 Ferramenta TPMS Número de ferramenta: T9513035

Leia mais

Acesse:

Acesse: Segurando as pontas As operações de tornear superfícies cilíndricas ou cônicas, embora simples e bastante comuns, às vezes apresentam algumas dificuldades. É o que acontece, por exemplo, com peças longas

Leia mais

Manual de instalação

Manual de instalação Manual de instalação 1 INTRODUÇÃO O enrolador para capa Sodramar tem a função de facilitar a abertura e a retirada da mesma de sua piscina. Este equipamento foi desenvolvido para trabalhar exclusivamente

Leia mais

Instruções de Montagem e Desmontagem de Buchas sob Rolamentos Autocompensadores com Furo Cônico

Instruções de Montagem e Desmontagem de Buchas sob Rolamentos Autocompensadores com Furo Cônico Instruções de Montagem e Desmontagem de Buchas sob Rolamentos Autocompensadores com Furo Cônico Engenharia de Aplicação BGL 08: MONTAGEM de BUCHA DE DESMONTAGEM sob ROLAMENTO Veja o passo-a-passo deste

Leia mais

Instruções de Instalação do Rack para o IBM Gen-II Slides Kit

Instruções de Instalação do Rack para o IBM Gen-II Slides Kit Instruções de Instalação do Rack para o IBM Gen-II Slides Kit Revise a documentação fornecida com o gabinete do rack para obter informações de segurança e cabeamento. Antes de instalar o servidor em um

Leia mais

CORREÇÃO GRADUAL DE DEFORMIDADES PEDIÁTRICAS PARA EXTREMIDADES SUPERIORES E INFERIORES TÉCNICA CIRÚRGICA

CORREÇÃO GRADUAL DE DEFORMIDADES PEDIÁTRICAS PARA EXTREMIDADES SUPERIORES E INFERIORES TÉCNICA CIRÚRGICA CORREÇÃO GRADUAL DE DEFORMIDADES PEDIÁTRICAS PARA EXTREMIDADES SUPERIORES E INFERIORES TÉCNICA CIRÚRGICA INDICAÇÕES Indicado para correção gradual de deformidades pediátricas para as extremidades superiores

Leia mais

Módulo 08 DESENHO TÉCNICO. Luiz Fontanella

Módulo 08 DESENHO TÉCNICO. Luiz Fontanella Módulo Luiz Fontanella 2 ÍNDICE SCRIÇÃO PÁG. ÍNDICE 2 ROSCAS 3 TIPOS 4 SENTIDO DIREÇÃO 4 NOMENCLATURA 5 ROSCAS TRIANGULARES 5 o ROSCA MÉTRICA 6 o ROSCA WHITWORTH 6 PARAFUSOS 7 PARAFUSOS PASSANTES 7 PARAFUSOS

Leia mais

CADEIRA COM ADUTOR MANUAL DE CONFECÇÃO

CADEIRA COM ADUTOR MANUAL DE CONFECÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE MECÂNICA TECNOLOGIA ASSISTIVA (http://www.damec.ct.utfpr.edu.br/assistiva/) CADEIRA COM ADUTOR MANUAL DE CONFECÇÃO PROJETO ELABORADO

Leia mais

Detalhes que fazem a diferença! TWIN. Manual de Execução

Detalhes que fazem a diferença! TWIN. Manual de Execução Detalhes que fazem a diferença! Sistema Twin TL TWIN Manual de Execução Índice Índice O Sistema TWIN é um sistema de corrediças sincronizado para portas de madeira ou alumínio, de até 80 Kg. cada folha.

Leia mais

Manual de Instalação do Batten Car

Manual de Instalação do Batten Car Manual de Instalação do Batten Car Ferramentas necessários: Ferramentas 1) Pano de limpeza 2) Lima redonda 3) Lima chata 4) Alicate 5) Grampo 6) Fita isolante 7) Fita métrica 8) Serra 9) Parafusadeira

Leia mais

Reparo artroscópico do menisco

Reparo artroscópico do menisco Reparo artroscópico do menisco usando o Meniscal Cinch Técnica cirúrgica Reparo artroscópico do menisco Pequenos implantes de PEEK e FiberWire 2-0 oferecem fixação segura e de baixo perfil Cânula curvada

Leia mais

COMO MONTAR O ARO MÓVEL 4 FUROS NO REQUADRO COM VIDRO:

COMO MONTAR O ARO MÓVEL 4 FUROS NO REQUADRO COM VIDRO: 1 INDÚSTRIA DE APARELHOS PARA GINÁSTICA LTDA VITA BASKET TABELA DE BASKET HIDRÁULICA MANUAL E ELÉTRICA MONTAGEM DA ESTRUTURA: Coloque o pino de trava da peça n. 2 (pistão) na peça n.1 (base). Coloque e

Leia mais

Parafuso EIS Técnica Cirúrgica da Osteotomia de Scarf do M1 Princípios Gerais Indicações da Osteotomia de SCARF Contra-Indicação

Parafuso EIS Técnica Cirúrgica da Osteotomia de Scarf do M1 Princípios Gerais Indicações da Osteotomia de SCARF Contra-Indicação EIS Parafuso EIS da Osteotomia de Scarf do M1 Princípios Gerais Permite a transação lateral da primeira cabeça metatarsal, juntamente com o realinhamento sobre os sesamóides. Osteotomia extra-articular.

Leia mais

Instruções de Montagem e Desmontagem de Buchas sob Rolamentos Autocompensadores com Furo Cônico

Instruções de Montagem e Desmontagem de Buchas sob Rolamentos Autocompensadores com Furo Cônico Instruções de Montagem e Desmontagem de Buchas sob Rolamentos Autocompensadores com Furo Cônico Engenharia de Aplicação BGL Vídeo 05: MONTAGEM de BUCHA DE FIXAÇÃO HIDRÁULICA sob ROLAMENTO Veja o passo-a-passo

Leia mais

Cachepô Técnica utilizada: reaproveitamento de jornal

Cachepô Técnica utilizada: reaproveitamento de jornal Cachepô 1 Técnica utilizada: reaproveitamento de jornal Materiais 2 Folhas de jornais Cola branca Agulha de tricô n 8 Verniz acrílico à base de água Tinta látex branco neve Pincel tipo trincha ¾ polegada

Leia mais

ESCORAMENTO ESPECIFICAÇÕES OBJETIVO... 2 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 2 CONSIDERAÇÕES ESPECÍFICAS... 2

ESCORAMENTO ESPECIFICAÇÕES OBJETIVO... 2 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 2 CONSIDERAÇÕES ESPECÍFICAS... 2 MÓDULO ESCORAMENTO 5 MOS ESPECIFICAÇÕES REVISÃO 2 PÁGINA 1/9 SUMÁRIO OBJETIVO... 2 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 2 CONSIDERAÇÕES ESPECÍFICAS... 2 0501 ESCORAMENTO DE MADEIRA... 2 0502 ESCORAMENTO METÁLICO...

Leia mais

INSTRUÇÃO DE MONTAGEM

INSTRUÇÃO DE MONTAGEM INSTRUÇÃO MONTGM PINL STURNO TNÇÃO 1 - Leia atentamente toda a instrução antes de iniciar a montagem; 2 - montagem do produto deverá ser feita em uma superfície limpa e plana. conselhamos utilizar a própria

Leia mais

PULS. Placa Radio Distal. Sistema de Placas para o Rádio Distal com ângulo fixo

PULS. Placa Radio Distal. Sistema de Placas para o Rádio Distal com ângulo fixo PULS Placa Radio Distal Sistema de Placas para o Rádio Distal com ângulo fixo Introdução Ao contrário dos implantes tradicionais, as placas de angulação fixa permitem um tratamento funcional precoce, desejado

Leia mais

Concurso de tecnologia assistiva de baixo custo do tipo faça você mesmo. Ficha de inscrição

Concurso de tecnologia assistiva de baixo custo do tipo faça você mesmo. Ficha de inscrição Concurso de tecnologia assistiva de baixo custo do tipo faça você mesmo Ficha de inscrição Título da TA proposta: ERG - Apoio para o movimento de se levantar Componente 1 Nome: Roberto Gutierrez Beraldo

Leia mais

SEÇÃO 12 Synchro -Balance e Oscilação de Balanço do Contador

SEÇÃO 12 Synchro -Balance e Oscilação de Balanço do Contador SEÇÃO Synchro -Balance e Oscilação de Balanço do Contador ÍNDICE DA SEÇÃO Página Synchro -Balance Operação do Synchro--Balance... Operação do Sistema de Oscilação de Balanço do Contador... Modelos 70000,

Leia mais

Pyxis. Parafuso de compressão canulado Ø 2,5 mm

Pyxis. Parafuso de compressão canulado Ø 2,5 mm - Indicações O parafuso é indicado para a estabilização de osteotomias do antepé: Osteotomias do º metatarso para correção do Hálux Valgo (por exemplo, Scarf, Chevron), Osteotomias da falange do hálux,

Leia mais

Partes do Produto. 1- Cabeceira Direita (1x) 7- Proteção Lateral Direita (2x) 12- Prateleira Direita (2x) 17- Travessa Traseira (2x)

Partes do Produto. 1- Cabeceira Direita (1x) 7- Proteção Lateral Direita (2x) 12- Prateleira Direita (2x) 17- Travessa Traseira (2x) Robbit istema Quarto ntegrado 88 Partes do Produto - Tampo (x) 5- Barra Lateral entral (x) - abeceira ireita (x) - abeceira Esquerda (x) - Barra Lateral uperior (x) 6- Barra Lateral nferior (x) 7- Proteção

Leia mais

RECEITA PRÁTICA PARA UMA BOA INSTALAÇÃO

RECEITA PRÁTICA PARA UMA BOA INSTALAÇÃO RECEITA PRÁTICA PARA UMA BOA INSTALAÇÃO Madeiramento: Verifique se os ripões ou sarrafos foram bem fixados e distribuídos sobre os caibros com o espaçamento correto para o assentamento e fixação das telhas

Leia mais

ESPECTRÔMETRO ÓPTICO. Cad. Cat. Ens. Fis., Florianópolis, 2(1): 31-36, abr

ESPECTRÔMETRO ÓPTICO. Cad. Cat. Ens. Fis., Florianópolis, 2(1): 31-36, abr ESPECTRÔMETRO ÓPTICO Norberto C. Ferreira IF USP São Paulo SP José de Pinho Alves Filho Depto de Física UFSC Florianópolis SC Introdução Quando se fala em espectrômetro óptico, imediatamente vem à mente

Leia mais

TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA

TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA DEFINIÇÃO: COSSINETES São ferramentas de corte construídas de aço especial, com rosca temperada e retificada; é similar a uma porca, com cortes radiais dispostos convenientemente

Leia mais

Instruções de Montagem e Desmontagem de Buchas sob Rolamentos Autocompensadores com Furo Cônico

Instruções de Montagem e Desmontagem de Buchas sob Rolamentos Autocompensadores com Furo Cônico Instruções de Montagem e Desmontagem de Buchas sob Rolamentos Autocompensadores com Furo Cônico Engenharia de Aplicação BGL Vídeo 09: MONTAGEM de BUCHA DE DESMONTAGEM sob ROLAMENTO Veja o passo-a-passo

Leia mais

Instruções de Montagem e Desmontagem de Buchas sob Rolamentos Autocompensadores com Furo Cônico

Instruções de Montagem e Desmontagem de Buchas sob Rolamentos Autocompensadores com Furo Cônico Instruções de Montagem e Desmontagem de Buchas sob Rolamentos Autocompensadores com Furo Cônico Engenharia de Aplicação BGL Vídeo 10: MONTAGEM de BUCHA DE DESMONTAGEM HIDRÁULICA sob ROLAMENTO autocompensador

Leia mais

MANUAL DO CONSUMIDOR VENTILADOR DE TETO

MANUAL DO CONSUMIDOR VENTILADOR DE TETO VENTILADOR DE TETO MODELO: Obrigado por adquirir o. Antes de utilizar o seu produto leia atentamente este manual de instruções. Após a leitura guarde-o em local seguro para consultas futuras. Este aparelho

Leia mais

Toshiba Satellite L305-S5946 substituição Processor

Toshiba Satellite L305-S5946 substituição Processor Toshiba Satellite L305-S5946 substituição Processor O S5946 permite atualizações para a unidade de processamento; use este guia para instalar um novo processador no seu Toshiba. Redigido por: Michael Erberich

Leia mais

Instruções de Montagem Sistema de engate rápido VOSS 246 NX

Instruções de Montagem Sistema de engate rápido VOSS 246 NX Instruções de Montagem Sistema de engate rápido VOSS 246 NX Conexão, posicionamento e destravamento convenientes A. Informações importantes Por favor, antes de utilizar o Sistema de engate rápido saiba

Leia mais

Como Darn um buraco em uma malha de

Como Darn um buraco em uma malha de Como Darn um buraco em uma malha de vestuário Reparar um buraco em uma sua camisola, peúga, ou vestuário de malha por cerzir. Redigido por: Brittany McCrigler ifixit CC BY-NC-SA /Www.ifixit.com Página

Leia mais

MANUAL DE MONTAGEM PLATAFORMA PARA ANDAIME SUSPENSO MANUAL PFM

MANUAL DE MONTAGEM PLATAFORMA PARA ANDAIME SUSPENSO MANUAL PFM MANUAL DE MONTAGEM PLATAFORMA PARA ANDAIME SUSPENSO MANUAL PFM (REVISÃO-0) SUMÁRIO. COMPONENTES PRINCIPAIS DA PLATAFORMA PARA ANDAIME SUSPENSO MANUAL...PÁG. 0. CARACTERISTICAS GERAIS DA PLATAFORMA PARA

Leia mais

Kit de luzes de travão e de sinalização Veículo Workman MD/MDX/MDE Modelo nº Instruções de instalação

Kit de luzes de travão e de sinalização Veículo Workman MD/MDX/MDE Modelo nº Instruções de instalação Form No. 3366-127 Rev B Kit de luzes de travão e de sinalização Veículo Workman MD/MDX/MDE Modelo nº 115-7749 Instruções de instalação Segurança Autocolantes de segurança e de instruções Os autocolantes

Leia mais

PISTOLA DE PINTURA HVLP10

PISTOLA DE PINTURA HVLP10 *Imagens meramente ilustrativas PISTOLA DE PINTURA HVLP10 Manual de Instruções 1. DADOS TÉCNICOS PISTOLA DE PINTURA HVLP10 Modelo Bico Pressão de trabalho Consumo de ar V8-HVLP10 1,4 mm 30-50 PSI 380

Leia mais

Acesse:

Acesse: Roda, roda, gira... Acesse: http://fuvestibular.com.br/ Você já parou para pensar em quanto sua vida depende de parafusos, pinos, rebites e da qualidade das montagens dos muitos conjuntos mecânicos que

Leia mais

Guia básico para acolchoamento Acolchoar

Guia básico para acolchoamento Acolchoar Guia básico para acolchoamento colchoar Preparar materiais e equipamentos Tecido... Recomendamos tecido 00% de algodão, não muito espesso. Enchimento... Normalmente, é usado enchimento 00% de poliéster

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO. LISTA DE PEÇAS 2 Porcas (tipo mola) 2003 HONDA FIT FAROL DE NEBLINA MAR Farol de Neblina Direito

MANUAL DE INSTALAÇÃO. LISTA DE PEÇAS 2 Porcas (tipo mola) 2003 HONDA FIT FAROL DE NEBLINA MAR Farol de Neblina Direito MANUAL DE INSTALAÇÃO Acessório Modelo Aplicável 2003 HONDA FIT No. da publicação Data de emissão MAR. 2003 LISTA DE PEÇAS 2 Porcas (tipo mola) Farol de Neblina Direito 2 Parafusos Auto-Travantes Farol

Leia mais

várias experiências, um só lugar

várias experiências, um só lugar Intro 01 Introdução Muitos aparelhos no nosso dia a dia possuem motores elétricos, como o liquidificador e a furadeira, por exemplo. Que tal construir um modelo didático de motor elétrico para aprender

Leia mais

Bomba Manual QUICKSHOT BAM.B01 Manual de Montagem e Utilização

Bomba Manual QUICKSHOT BAM.B01 Manual de Montagem e Utilização Bomba Manual QUICKSHOT BAM.B01 Manual de Montagem e Utilização Sumário Sequência de montagem da bomba BAM.B01... 3 Carabinas que usam bicos de encher com conexão 1/8 BSP diretamente... 6 Usando a bomba

Leia mais

MANUAL DE MANUTENÇÃO DE BRAÇO DE CARREGAMENTO POR CIMA

MANUAL DE MANUTENÇÃO DE BRAÇO DE CARREGAMENTO POR CIMA MANUAL DE MANUTENÇÃO DE BRAÇO DE CARREGAMENTO POR CIMA Este folheto engloba as instruções gerais de manutenção para braços de carregamento REDLANDS e seus componentes. Caso necessite de peças de reposição,

Leia mais

Adaptando um apontador laser. Introdução. Materiais Necessários

Adaptando um apontador laser. Introdução. Materiais Necessários dução Adapte um apontador laser, usando materiais simples, para funcionar em um suporte fixo, com pilhas e ser ligado através de um interruptor. Ideal para demonstrações utilizando laser. Materiais Necessários

Leia mais

Terceira parte - Roteiro das Modificações Mecânicas

Terceira parte - Roteiro das Modificações Mecânicas Terceira parte - Roteiro das Modificações Mecânicas Passemos agora as modificações mecânicas no virador. Primeiro devemos desmontá-lo, remover e descartar as duas engrenagens, o motor com seu suporte plástico,

Leia mais

Manual de montagem Sistema de envidraçamento de Sacada

Manual de montagem Sistema de envidraçamento de Sacada Manual de montagem Sistema de envidraçamento de Sacada Envidraçamento de Sacada NBR -16259 Envidraçamento de Sacada NBR -16259 Envidraçamento de Sacada NBR -16259 Informações Técnicas Perfis Utilizados

Leia mais

Partes do Produto. 2- Lateral Esquerda (1X) 1- Lateral Direita (1X) Componentes. A- Parafuso Minifix (20x) E- Fixador RV8 (16x)

Partes do Produto. 2- Lateral Esquerda (1X) 1- Lateral Direita (1X) Componentes. A- Parafuso Minifix (20x) E- Fixador RV8 (16x) Axis Armário 4 ortas artes do roduto 3- Chapéu/Base (4X) 6- Rodapé Frontal (X) 7- Rodapé raseiro (X) 3- Fundo de Gaveta (4X) 8- raseiro de Gaveta (4X) 9- Frente de Gaveta (4X) *uxadores vendidos separadamente

Leia mais

SCORE. SCORE total knee prosthesis cemented or cementless. Técnica Cirúrgica Mecânica

SCORE. SCORE total knee prosthesis cemented or cementless. Técnica Cirúrgica Mecânica SCORE SCORE total knee prosthesis cemented or cementless Técnica Cirúrgica Mecânica 1. Índice 2. Introdução 3. Tíbia 3.1 Montagem do guia tibial 3.1.1 Guia de corte intramedular 3.1.2 Guia de corte extra

Leia mais

Emissão : Dez/2006 Nº.: INFO- 002/06

Emissão : Dez/2006 Nº.: INFO- 002/06 Página 1 de 7 Prezado Concessionário Estamos informando com o presente boletim, os procedimentos para substituição da tela frontal do capuz dos tratores 1155 pela grade perfurada que pode ser aplicada

Leia mais

Guia Prático de Instalação Completo Painel Nexacustic. Revisão: 2

Guia Prático de Instalação Completo Painel Nexacustic. Revisão: 2 Guia Prático de Instalação Completo Painel Nexacustic Revisão: 2 Guia Prático de Instalação Nexacustic Cuidados Iniciais Cuidados iniciais: Os painéis Nexacustic foram desenvolvidos para aplicação em ambientes

Leia mais

web CurSo 2015 InStALAção DE ProDutoS EConomIzADorES DE ÁguA ACESSIBILIDADE

web CurSo 2015 InStALAção DE ProDutoS EConomIzADorES DE ÁguA ACESSIBILIDADE web curso 2015 Instalação de Produtos Economizadores de Água ACESSIBILIDADE A Linha Benefit da Docol possui produtos adequados a pessoas com dificuldades de locomoção, deficientes físicos e crianças. Os

Leia mais

DE TETO PARA PLASMA/LCD

DE TETO PARA PLASMA/LCD SUPORTE ARTICULÁVEL DE TETO PARA PLASMA/LCD MANUAL DE UTILIZAÇÃO 1 Características: - Fixação no teto. - Articulações que permitem diversas combinações de movimentos laterais e angulares para baixo. -

Leia mais

SEMEADEIRA MANUAL INSTRUÇÕES DO OPERADOR

SEMEADEIRA MANUAL INSTRUÇÕES DO OPERADOR R SEMEADEIRA MANUAL INSTRUÇÕES DO OPERADOR INDÚSTRIA MECÂNICA KNAPIK LTDA Rua Prefeito Alfredo Metzler, 480 Bairro Santa Rosa 89.400-000 Porto União - SC Telefone (42)3522-2789 - 3522-1819 E-mail: vendas@knapik.com.br,

Leia mais

LEIA E GUARDE ESTAS INSTRUÇÕES

LEIA E GUARDE ESTAS INSTRUÇÕES INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO PARA OS VENTILADORES DE TETO HUNTER UTILIZANDO OPÇÕES DE MONTAGEM À ESCOLHA DO USUÁRIO LEIA E GUARDE ESTAS INSTRUÇÕES ATENÇÃO: 1. Leia cuidadosamente todas as instruções antes

Leia mais

Calibrador. Seguindo as diretrizes da empresa para implantar. Um problema. Medição indireta. Calibradores

Calibrador. Seguindo as diretrizes da empresa para implantar. Um problema. Medição indireta. Calibradores A UU L AL A Calibrador Seguindo as diretrizes da empresa para implantar um programa de qualidade e produtividade, um dos funcionários alertou o supervisor sobre a perda de tempo em medir um grande lote

Leia mais

Yep. Porta Inferior/Superior 80/100 Baixo Basculante com Pistão. Partes do Produto

Yep. Porta Inferior/Superior 80/100 Baixo Basculante com Pistão. Partes do Produto Yep Porta Inferior/Superior 80/00 Baixo Basculante com Pistão Partes do Produto - Porta (x) Pessoas Necessárias para Montagem Ferramentas Necessárias (Não Fornecidas) Componentes pessoa Chave Fenda Chave

Leia mais

Guia Prático de Instalação Completo Forro NexaLux. Revisão: 2

Guia Prático de Instalação Completo Forro NexaLux. Revisão: 2 Guia Prático de Instalação Completo Forro NexaLux Revisão: 2 Guia Prático de Instalação Nexacustic Cuidados Iniciais Cuidados iniciais: Os produtos Nexacustic foram desenvolvidos para aplicação em ambientes

Leia mais

Manual de serviço FS-X406. Eaton Transmissions. Desmontagem/Montagem torre de controle com PPA (Assistência Pneumática para Engates)

Manual de serviço FS-X406. Eaton Transmissions. Desmontagem/Montagem torre de controle com PPA (Assistência Pneumática para Engates) Manual de serviço Eaton Transmissions Desmontagem/Montagem torre de controle com PPA (Assistência Pneumática para Engates) FS-X406 Junho de 2010 Índice Informações Gerais... 3 Ferramentas especiais...

Leia mais

Bebedouros JONAS para beija-flor. Fotos e textos : Sr Jonas - Distribuição rotadasaves.com.br

Bebedouros JONAS para beija-flor. Fotos e textos : Sr Jonas - Distribuição rotadasaves.com.br Fotos e textos : Sr Jonas - Distribuição rotadasaves.com.br Bebedouros simples: São feitos com garrafas PET; sugiro os tamanhos de 500ml, 600ml ou 1.000ml. Conforme o diâmetro/volume da garrafa podem-se

Leia mais

Engenharia Ambiental Laboratório de Física II PONTE LEVADIÇA. Lucas Augusto Silva Nogueira

Engenharia Ambiental Laboratório de Física II PONTE LEVADIÇA. Lucas Augusto Silva Nogueira Engenharia Ambiental Laboratório de Física II PONTE LEVADIÇA Bruno Duarte Yamanaka Felipe Goulart Moraes Larissa Yumi Kuroki Lucas Augusto Silva Nogueira RA:132270331 RA:132270455 RA:132270684 RA:132270587

Leia mais

INSTRUÇÃO DE MONTAGEM

INSTRUÇÃO DE MONTAGEM INSTRUÇÃO E MONTGEM RK URNO TENÇÃO 1 - Leia atentamente toda a instrução antes de iniciar a montagem; 2 - montagem do produto deverá ser feita em uma superfície limpa e plana. conselhamos utilizar a própria

Leia mais

Manual de Instruções. 510 mm Master.

Manual de Instruções. 510 mm Master. Manual de Instruções GUILHOTINA SEMI-INDUSTRIAL 510 mm Master GUILHOTI NA SEMI-INDUSTRIAL 510 mm Master DIMENSÕES: Área de Corte: 510mm Mesa: 650 x 810 mm Altura: 1220 mm www.lassane.com.br Conheça em

Leia mais

1. Objetivo Estabelecer procedimentos básicos a serem seguidos pelos eletricistas na operação de ferramenta de interrupção sob carga (Loadbuster).

1. Objetivo Estabelecer procedimentos básicos a serem seguidos pelos eletricistas na operação de ferramenta de interrupção sob carga (Loadbuster). 1/5 1. Objetivo Estabelecer procedimentos básicos a serem seguidos pelos eletricistas na operação de ferramenta de interrupção sob carga (Loadbuster). 2. Aplicação Distribuição. 3. Documentos Referência

Leia mais

Móvel com Curvas Acentuadas. Esquema de apoio fácil de adaptar

Móvel com Curvas Acentuadas. Esquema de apoio fácil de adaptar Móvel com Curvas Acentuadas Os móveis para banheiro, na sua maioria, são retangulares. A forma arredondada pode ser uma saída criativa e interessante, além de manter o espaço livre. Esquema de apoio fácil

Leia mais

Completa Assembleia Fogão Solar

Completa Assembleia Fogão Solar Completa Assembleia Fogão Solar Este guia irá ajudá-lo a montar completamente o Fogão Solar parabólica. Redigido por: Ashlie Reott INTRODUÇÃO O conjunto de fogão solar deve ser realizada em uma grande

Leia mais