OBS: foram feitos diversos gráficos feitos em sala de aula ELASTICIDADES DA OFERTA E DA DEMANDA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "OBS: foram feitos diversos gráficos feitos em sala de aula ELASTICIDADES DA OFERTA E DA DEMANDA"

Transcrição

1 Aula 3 31/08/ Microeconomia. PINDYCK (2007) Capítulo 2 pg 27 a 38. OBS: foram feitos diversos gráficos feitos em sala de aula ELASTICIDADES DA OFERTA E DA DEMANDA A elasticidade é uma medida da sensibilidade de uma variável em relação a outra. Ela nos informa a variação percentual em uma variável em decorrência da variação de 1% em outra variável. Exemplo: Qual seria a variação na demanda se o preço aumentasse 5%? Elasticidade Preço da Demanda: EP = (% Q)/(% P) A variação percentual de uma variável corresponde à sua variação absoluta dividida por seu valor original. EP demanda cai. Q/Q = = P/P P Q Q P É geralmente um número negativo, pois se o preço de uma mercadoria aumenta, sua Se EP > 1, a variação percentual na quantidade é maior do que a variação percentual no preço. Nesse caso, dizemos que a demanda é elástica em relação ao preço. Nesse caso a variação percentual na quantidade é maior do que a variação no preço. Se EP < 1, a variação percentual na quantidade é menor do que a variação percentual no preço. Nesse caso, dizemos que a demanda é inelástica em relação ao preço. Nesse caso a variação percentual na quantidade é menor do que a variação no preço. O determinante básico da elasticidade de preço da demanda é a disponibilidade de bens substitutos. Se há muitos bens substitutos: a demanda é elástica em relação ao preço. Se há poucos bens substitutos: a demanda é inelástica em relação ao preço. 1

2 Curva de demanda linear Para melhor verificar as propriedades da curva de demanda, podemos utilizar uma curva de demanda linear (na verdade é uma reta). Q=a-bP Exemplo: Q=8-2P Nesta Curva Q P é sempre -2. Só que a elasticidade não é constante. Nas proximidades da intersecção da curva com o eixo de preços, Q é muito pequeno, de tal modo que a elasticidade preço é muito elevada. Já na intersecção com o eixo das quantidades, P é muito pequeno, de modo que a elasticidade é próxima de zero. FONTE: PINDYCK (2007) Infinitamente Elástica: FONTE: PINDYCK (2007) 2

3 A qualquer variação positiva do preço, a demanda cai a zero. Já com uma redução do preço, a variação na quantidade demandada é gigantesca. Completamente Inelástica: Os consumidores comprarão sempre uma quantidade fixa, qualquer seja o preço. Outras elasticidades da demanda: Elasticidade Renda é dada por: EI Q/Q I Q = = - Corresponde a variação percentual da quantidade demandada I/I Q I dado um aumento de 1% na renda I (do inglês income). Elasticidade cruzada da demanda é dada por: E QaPb = Q a/qa P b/pb P = Q b a Q P a b A elasticidade cruzada é positiva no caso de bens substitutos e negativa no caso de bens complementares. Isso ocorre porque se o preço da margarina subir, a quantidade de manteiga consumida sobe. Neste caso é positiva. Nesse exemplo Qa é a quantidade de manteiga, e Pb é o preço da margarina. 3

4 Se o preço da gasolina aumentar, o que ocorre com o consumo do óleo de motor? Se reduz, pois as pessoas andam menos de carro uma vez que gasolina e óleo para motor são bens complementares. Elasticidade da Oferta. Em geral, a elasticidade é positiva, dado que o preço e a quantidade ofertada são positivamente relacionados (se o preço aumentar, as empresas desejarão produzir e ofertar maiores quantidades). Podemos falar de elasticidades da oferta em relação a variáveis como taxas de juros, salários e custos de matérias-primas. Elasticidades no ponto e no arco: Até agora vimos elasticidade em um determinado ponto das curvas de demanda e oferta. Podemos, entretanto, estar interessados em calcular a elasticidade em determinado trecho da curva de demanda. Para calcular a elasticidade em um determinado trecho utilizamos: E P = ( Q/ P)( P / Q) P= preço médio Q= quantidade média Exemplo: O preço aumenta de $8 para $10 e a quantidade demandada cai de 6 para 4. E P= ( Q/ P)( P / Q) P1= 8 Q1= 6 E p P 2= 10 Q 2= P = = Q = = 5 2 = ( 4 6 /10 8)($9 / 5) E p= ( 2 / $2)($9 / 5) = 1,8 ->Elasticidade Preço é Negativa e maior do que um. Logo a demanda é elástica neste arco. 4

5 O MERCADO DE TRIGO DOS EUA: Curva de oferta de trigo em 1981: QS = P Curva de demanda de trigo em 1981: QD = P Achando o equilíbrio: P= P 506 P =1.750 P = 3,46 / bushel Para achar a quantidade de equilíbrio substituímos o preço na curva de oferta: Q = (240)(3,46) = milhões de bushels Ocorre, entretanto que o mercado norte americano de trigo se modificou. Em parte por causa da mudança na demanda do trigo. A demanda tem 2 componentes, a demanda nacional e a estrangeira. A demanda nacional aumentou ligeiramente, mas a demanda estrangeira reduziu-se bastante, devido fundamentalmente à Revolução Verde. Com base em novas técnicas agrícolas, os países como a Índia passaram a se tornar auto-suficientes. Além disso, países europeus ficaram mais protecionistas e começam a impedir a entrada de trigo americano. Curva de oferta de trigo em 2002: QS = P Curva de demanda de trigo em 2002: QD = P Achando o novo equilíbrio temos: P= P P=$2,78 por bushel Q=2.809-(226)2,78)=2.181 milhões de bushels. O que acontece hoje é que o preço está acima desse valor pois o governo utiliza o mecanismo de subsídio para os produtores americanos de trigo. 5

6 Elasticidades de Curto Prazo versus elasticidades de Longo Prazo. DEMANDA: Para a maioria dos bens e serviços: A elasticidade de curto prazo é menor que a elasticidade de longo prazo para alguns bens como a gasolina. Caso ocorra um aumento no preço da gasolina, no curto prazo eu ando menos de carro. No longo prazo, pode-se comprar um carro mais econômico ou se mudar para mais perto do trabalho, economizando ainda mais. Logo é mais elástica no longo prazo. Para outros bens (duráveis), como os automóveis a elasticidade de curto prazo é maior que a elasticidade de longo prazo. Eu posso adiar a decisão de comprar um carro por um ano, mas não posso adiar a decisão de encher o tanque por um ano. GRÁFICOS EM SALA OFERTA: Para a maioria dos bens e serviços a elasticidade de preço da oferta é maior no longo prazo do que no curto prazo. Isso ocorre porque as empresas tem restrições de capacidade produtiva no curto prazo. Uma empresa precisa de mais máquinas, e mais plantas para produzir mais, e isto demanda tempo para ser construído. Exemplo: Imóveis residenciais no curto prazo possuem a oferta inelástica, pois demandam tempo para serem produzidos e não ficam pronto de um dia para outro. Para outros bens (duráveis, recicláveis): A elasticidade de preço da oferta é menor no longo prazo do que no curto prazo. No começo com a subida dos preços do cobre, é fácil achar mais sucata. Depois, passa a ser uma tarefa mais difícil, e os estoques de sucata se reduzem a medida em que o estoque está sendo consumido. GRÁFICOS EM SALA 6

Elasticidades da demanda. Elasticidades da demanda. Elasticidades da demanda

Elasticidades da demanda. Elasticidades da demanda. Elasticidades da demanda Elasticidade Capítulo III Em geral, a elasticidade é uma medida da sensibilidade de uma variável em relação a outra. Ela nos informa a variação percentual em uma variável em decorrência da variação de

Leia mais

Economia. Sumário. Prof.Carlos NEMER 1. Conceito. Elasticidade da Demanda e da Oferta

Economia. Sumário. Prof.Carlos NEMER 1. Conceito. Elasticidade da Demanda e da Oferta Economia Carlos Nemer 3ª Ed. Capítulo 6: Elasticidade da Demanda e da Oferta Poli-UFRJ Copyright 2005. Direitos Autorais reservados ao II-6-1 43/01 05 Sumário 1. Conceito; 2. ; 3. Elasticidade- Cruzada

Leia mais

MERCADO: OFERTA X DEMANDA OFERTA - ELASTICIDADE

MERCADO: OFERTA X DEMANDA OFERTA - ELASTICIDADE MERCADO: OFERTA X DEMANDA OFERTA - ELASTICIDADE 2º SEMESTRE 2011 Definição Medida de Sensibilidade da Oferta A elasticidade-preço da oferta é a medida da sensibilidade da quantidade ofertada de um bem

Leia mais

Capítulo 2 -Análise da Oferta e da Procura

Capítulo 2 -Análise da Oferta e da Procura Capítulo 2 -Análise da Oferta e da Procura 1. Motivação O Mercado de Milho nos EUA 2. Definição de Mercados Competitivos 3. A Curva de Demanda de Mercado 4. A Curva de Oferta de Mercado 5. Equilíbrio 6.

Leia mais

Introdução à Microeconomia. Elasticidades. Danilo Igliori

Introdução à Microeconomia. Elasticidades. Danilo Igliori Introdução à Microeconomia Elasticidades Danilo Igliori (digliori@usp.br) Elasticidade (sensibilidade de resposta à mudança de uma variavel) Noção de elasticidade: Por exemplo, se a oferta aumentar, o

Leia mais

MICROECONOMIA AULA 02 Prof. Jorge Junior

MICROECONOMIA AULA 02 Prof. Jorge Junior MICROECONOMIA AULA 02 Prof. Jorge Junior AULA SOBRE ELASTICIDADE a) CONCEITO: Elasticidade se refere à um tipo de sensibilidade, tem a ver com variações co-relacionadas. Por exemplo: Se eu digo que a demanda

Leia mais

PRO 2208 Introdução a Economia. Aula 4 - Elasticidade. Prof. Dr. Regina Meyer Branski

PRO 2208 Introdução a Economia. Aula 4 - Elasticidade. Prof. Dr. Regina Meyer Branski PRO 2208 Introdução a Economia Aula 4 - Elasticidade Prof. Dr. Regina Meyer Branski Elasticidade Objetivos Elasticidade-Preço da Demanda Elasticidade-Preço Cruzada da Demanda Elasticidade-Renda da Demanda

Leia mais

P x ( $ )

P x ( $ ) 1 DEMANDA 1) Explique de onde surge a expressão Qd x = f ( P x ), ceteris paribus? 2) Qual é a relação entre a expressão Qd x = f ( P x ), ceteris paribus, e a expressão Qd x = 8 P x, ceteris paribus?

Leia mais

TEORIA ECONÔMICA I. Princípios de Microeconomia

TEORIA ECONÔMICA I. Princípios de Microeconomia TEORIA ECONÔMICA I Princípios de Microeconomia INTRODUÇÃO À MICROECONOMIA A MICROECONOMIA é também conhecida como teoria dos preços, pois analisa a formação de preços no mercado. PRESSUPOSTOS BÁSICOS DA

Leia mais

Introdução à Microeconomia

Introdução à Microeconomia Introdução à Microeconomia Marcelo Pessoa de Matos Aula 9 PARTE I: O MERCADO COMPETITIVO BIBLIOGRAFIA DA PARTE I: Krugman & Wells, apêndice cap. 2 e caps. 3 a 6 Varian, caps. 1, 14,15 BIBLIOGRAFIA DESTA

Leia mais

Sistema de preços. Prof. Regis Augusto Ely. Agosto de Revisão Novembro de Oferta e demanda. 1.1 Curva de demanda

Sistema de preços. Prof. Regis Augusto Ely. Agosto de Revisão Novembro de Oferta e demanda. 1.1 Curva de demanda Sistema de preços Prof. Regis Augusto Ely Agosto de 2011 - Revisão Novembro de 2012 1 Oferta e demanda 1.1 Curva de demanda A curva de demanda descreve a relação entre preço e quantidade demandada. Aumentando

Leia mais

EAE Fundamentos de Microeconomia

EAE Fundamentos de Microeconomia EAE0110 - Fundamentos de Microeconomia Prof. Sergio Almeida Departamento de Economia Março 03, 2017 Plano para hoje 1 Parte 1: O problema do consumidor e a curva de demanda 2 Parte 2: s da demanda e aplicações

Leia mais

ELASTICIDADE E SUAS APLICAÇÕES

ELASTICIDADE E SUAS APLICAÇÕES ELASTICIDADE E SUAS APLICAÇÕES OBJETIVO GERAL Introduzir o conceito de elasticidade e suas aplicações como forma de entender melhor e específica os efeitos de mudanças nos preços sobre a oferta e a demanda.

Leia mais

Elasticidade. 5. Elasticidade e Suas Aplicações. Determinantes da Elasticidade- Preço da Demanda. Elasticidade-Preço da Demanda

Elasticidade. 5. Elasticidade e Suas Aplicações. Determinantes da Elasticidade- Preço da Demanda. Elasticidade-Preço da Demanda 5. Elasticidade e Suas Aplicações Elasticidade é uma medida de como compradores e vendedores reajem a uma mudança s preços s permite analisar a oferta e a demanda com muito mais precisão Elasticidade-

Leia mais

Elasticidade e Suas Aplicações

Elasticidade e Suas Aplicações Elasticidade e Suas Aplicações à Economia Mankiw, N.G. Capítulo 5 Motivação A Embrapa lança um novo híbrido de milho que aumenta em 20% a produtividade (kg/ha). Como reagir a essa notícia? Será que deve

Leia mais

ECONOMIA - LISTA DE EXERCÍCIOS 1

ECONOMIA - LISTA DE EXERCÍCIOS 1 1. Constitui um bem de capital: ECONOMIA - LISTA DE EXERCÍCIOS 1 a) os bens e serviços que se destinam ao atendimento direto das necessidades humanas. b) os bens que aumentam a eficiência do trabalho humano.

Leia mais

Administração AULA- 8. Economia Elasticidade. Prof. Isnard Martins. Bibliografia: Rosseti J. Introdução à Economia. Atlas Isnard Martins Pag - 1

Administração AULA- 8. Economia Elasticidade. Prof. Isnard Martins. Bibliografia: Rosseti J. Introdução à Economia. Atlas Isnard Martins Pag - 1 Administração AULA- 8 1 Economia Prof. Isnard Martins Bibliografia: Rosseti J. Introdução à Economia. Atlas 2006 Robert Heilbroner Micro Economia N.Gregory Mankiw Isnard Martins Pag - 1 As curvas apresentam

Leia mais

Elasticidade. Copyright 2004 South-Western

Elasticidade. Copyright 2004 South-Western Elasticidade 5 Copyright 2004 South-Western Copyright 2004 South-Western/Thomson Learning Elasticidade Permite analisar oferta e demanda com precisão. Mede o quanto compradores e vendedores respondem a

Leia mais

Fundamentos de Microeconomia

Fundamentos de Microeconomia Fundamentos de Microeconomia Prof. Danilo Igliori Lista 1 1. Existem dois conceitos similares muito utilizados em Economia. Eles são a Fronteira de Possibilidade de Produção e a Restrição Orçamentária.

Leia mais

Aula 8 21/09/2009 - Microeconomia. Demanda Individual e Demanda de Mercado. Bibliografia: PINDYCK (2007) Capítulo 4

Aula 8 21/09/2009 - Microeconomia. Demanda Individual e Demanda de Mercado. Bibliografia: PINDYCK (2007) Capítulo 4 Aula 8 21/09/2009 - Microeconomia. Demanda Individual e Demanda de Mercado. Bibliografia: PINDYCK (2007) Capítulo 4 Efeito de modificações no preço: Caso ocorram modificações no preço de determinada mercadoria

Leia mais

Elasticidade 2. Trata-se de um conceito de ampla aplicação em Economia. Vejamos alguns exemplos:

Elasticidade 2. Trata-se de um conceito de ampla aplicação em Economia. Vejamos alguns exemplos: Elasticidade 1 Quando aumenta o preço de um bem, a quantidade demandada deve cair, coeteris paribus. Ou seja, conhecemos apenas a direção, o sentido, mas não a magnitude numérica: isto é, se o preço aumenta

Leia mais

Qdx= Px, que é a simples multiplicação da função para mil indivíduos.

Qdx= Px, que é a simples multiplicação da função para mil indivíduos. Aula 9 Microeconomia 29/03/2010 Mankiw (2007) Cap 4 e Pinho; Vasconcellos (2006) cap 4 Continuação da teoria elementar da demanda: Exercício: Imagine que a demanda de uma pessoa pelo bem x é dada por:

Leia mais

EXERCICIOS SOBRE: TEORIA DO CONSUMIDOR VII Rendimento total, médio e marginal e conceito de elasticidade aplicado á procura e á oferta

EXERCICIOS SOBRE: TEORIA DO CONSUMIDOR VII Rendimento total, médio e marginal e conceito de elasticidade aplicado á procura e á oferta EXERCICIOS SOBRE: TEORIA DO CONSUMIDOR VII Rendimento total, médio e marginal e conceito de elasticidade aplicado á procura e á oferta Exercício Nº 1 Defina e caracterize os seguintes conceitos: a) Receita

Leia mais

TEORIA ELEMENTAR DE FUNCIONAMENTO DO MERCADO. Teoria da Demanda Teoria da Oferta Equilíbrio de Mercado Elasticidade Aplicações da Teoria de Mercado

TEORIA ELEMENTAR DE FUNCIONAMENTO DO MERCADO. Teoria da Demanda Teoria da Oferta Equilíbrio de Mercado Elasticidade Aplicações da Teoria de Mercado TEORIA ELEMENTAR DE FUNCIONAMENTO DO MERCADO Teoria da Demanda Teoria da Oferta Equilíbrio de Mercado Elasticidade Aplicações da Teoria de Mercado Teoria da Demanda Demanda Individual definição Determinantes

Leia mais

A MICROECONOMIA estuda como os preços podem harmonizar a OFERTA e a DEMANDA, gerando equilíbrio.

A MICROECONOMIA estuda como os preços podem harmonizar a OFERTA e a DEMANDA, gerando equilíbrio. Microeconomia A MICROECONOMIA estuda como os preços podem harmonizar a OFERTA e a DEMANDA, gerando equilíbrio. É responsável pela análise de formação de preços no mercado, ou melhor, como a empresa e o

Leia mais

Microeconomia. UNIDADE 1 Aula 3.1

Microeconomia. UNIDADE 1 Aula 3.1 Microeconomia UNIDADE 1 Aula 3.1 Prof - Isnard Martins Rosseti, J, Introdução à Economia, Atlas, 2006 Vasconcelos M.A, Economia Micro e Macro, 4a Edição 1 ELASTICIDADE CONCEITOS Elasticidade O que ocorre

Leia mais

Capítulo 5 Elasticidade e sua Aplicação

Capítulo 5 Elasticidade e sua Aplicação Capítulo 5 Elasticidade e sua Aplicação Lista de Exercícios: 1. Quando se estuda como determinado evento ou política afeta o mercado, a elasticidade fornece informações quanto: a. aos efeitos da equidade

Leia mais

Aula 9 23/09/ Microeconomia. Demanda Individual e Demanda de

Aula 9 23/09/ Microeconomia. Demanda Individual e Demanda de Mercado. Aula 9 23/09/2009 - Microeconomia. Demanda Individual e Demanda de PINDYCK (2007) Capítulo 4 Continuação Elasticidade da demanda: A elasticidade de preço da demanda mede a variação percentual

Leia mais

Microeconomia. Mercados Competitivos e Eficiência Econômica. Prof.: Antonio Carlos Assumpção

Microeconomia. Mercados Competitivos e Eficiência Econômica. Prof.: Antonio Carlos Assumpção Microeconomia Mercados Competitivos e Eficiência Econômica Prof.: Antonio Carlos Assumpção Análise de Mercados Competitivos A análise de mercados competitivos Os excedentes do produtor e consumidor Calculando

Leia mais

Elasticidade e Suas Aplicações

Elasticidade e Suas Aplicações Elasticidade e Suas Aplicações Um dos conceitos mais importantes em economia Mankiw (Cap 5) Elasticidade...... é uma medida do quanto que compradores e vendedores respondem a mudanças nas condições de

Leia mais

Elasticidade da Oferta e Procura. Aula 6 Isnard Martins

Elasticidade da Oferta e Procura. Aula 6 Isnard Martins Elasticidade da Oferta e Procura 5 Aula 6 Isnard Martins Revisão - A Procura Na Geometria Euclidiana, dados dois pontos P1=(x1,y1) e P2=(x2,y2) X1 X2 No plano cartesiano, existe uma única reta que passa

Leia mais

Lista 2 Somente os ímpares Entrega 10/04/2006 CAPÍTULO 2 OS FUNDAMENTOS DA OFERTA E DA DEMANDA QUESTÕES PARA REVISÃO

Lista 2 Somente os ímpares Entrega 10/04/2006 CAPÍTULO 2 OS FUNDAMENTOS DA OFERTA E DA DEMANDA QUESTÕES PARA REVISÃO Lista 2 Somente os ímpares Entrega 10/04/2006 CAPÍTULO 2 OS FUNDAMENTOS DA OFERTA E DA DEMANDA QUESTÕES PARA REVISÃO 1. Suponhamos que um clima excepcionalmente quente ocasione um deslocamento para a direita

Leia mais

INTRODUÇÃO À ECONOMIA PARA ENGENHEIROS CAPÍTULO 2 - OS FUNDAMENTOS DA OFERTA E DA DEMANDA - PINDYCK

INTRODUÇÃO À ECONOMIA PARA ENGENHEIROS CAPÍTULO 2 - OS FUNDAMENTOS DA OFERTA E DA DEMANDA - PINDYCK INTROUÇÃO À ECONOMIA ARA ENGENHEIRO CAÍTULO 2 - O FUNAMENTO A OFERTA E A EMANA - INYCK 1 uponhamos que um clima excepcionalmente quente ocasione um deslocamento para a direita na curva da demanda de sorvete

Leia mais

Assine e coloque seu número de inscrição no quadro abaixo. Preencha, com traços firmes, o espaço reservado a cada opção na folha de resposta.

Assine e coloque seu número de inscrição no quadro abaixo. Preencha, com traços firmes, o espaço reservado a cada opção na folha de resposta. 1 Prezado(a) candidato(a): Assine e coloque seu número de inscrição no quadro abaixo. Preencha, com traços firmes, o espaço reservado a cada opção na folha de resposta. Nº de Inscrição Nome PROVA DE CONHECIMENTOS

Leia mais

I. Conceitos Básicos

I. Conceitos Básicos I. Conceitos Básicos Escolha Múltipla 1. A economia foca-se em a) Indivíduos e como os recursos são utilizados para satisfazer as necessidades humanas. b) Dinheiro. c) Bancos d) Control 2. Um recurso é

Leia mais

Economia dos Recursos Naturais. Agentes e Circuito Económico

Economia dos Recursos Naturais. Agentes e Circuito Económico Economia dos Recursos Naturais Agentes e Circuito Económico Agentes Económicos numa economia simplificada Famílias Empresas Engloba as famílias enquanto unidades de consumo e de fornecimento de trabalho

Leia mais

Disciplina: Economia & Negócios Líder da Disciplina: Ivy Jundensnaider Professora: Rosely Gaeta / /

Disciplina: Economia & Negócios Líder da Disciplina: Ivy Jundensnaider Professora: Rosely Gaeta / / Disciplina: Economia & Negócios Líder da Disciplina: Ivy Jundensnaider Professora: Rosely Gaeta NOTA DE AULA 03 MICROECONOMIA DEMANDA E OFERTA SEMANA E DATA / / 3.1. A curva de demanda Em uma economia

Leia mais

Examinemos as duas curvas de demanda dispostas abaixo. Qual a diferença entre uma e outra?

Examinemos as duas curvas de demanda dispostas abaixo. Qual a diferença entre uma e outra? Economia de Mercado Módulo 17 A ELASTICIDADE PREÇO DA DEMANDA Examinemos as duas curvas de demanda dispostas abaixo. Qual a diferença entre uma e outra? A forma e a inclinação de uma curva de demanda constituem

Leia mais

Introdução à economia: microeconomia

Introdução à economia: microeconomia Introdução à economia: microeconomia Prof. Salomão Neves 1 2 Quem é o Prof. Salomão Neves? Titulação Área Local Bacharel Especialização Mestrado Doutorado Ciências Econômicas Administração de Empresas

Leia mais

preço das matérias primas e dos fatores de

preço das matérias primas e dos fatores de Oferta Individual versus Oferta de Mercado A oferta de determinado bem depende de vários fatores: preço do próprio bem preço das matérias primas e dos fatores de produção tecnologia utilizada Oferta Individual

Leia mais

Oferta e Demanda. 4. Oferta e Demanda. Mercado. O Que São os Mercados? Preços. Mercado

Oferta e Demanda. 4. Oferta e Demanda. Mercado. O Que São os Mercados? Preços. Mercado Oferta e Demanda 4. Oferta e Demanda São as duas palavras mais usadas por economistas São as forças que fazem os mercados funcionarem A microeconomia moderna lida com a oferta, demanda e o equilíbrio do

Leia mais

UC: Economia da Empresa

UC: Economia da Empresa UC: Economia da Empresa 8ª Sessão Curso: Licenciatura em Gestão de Marketing Docente: Nuno J. Farinha 1 2. 3. Análise da Procura da Procura e da Oferta e da Oferta - Aplicações Elasticidade da Procura

Leia mais

MICROECONOMIA PA R T E I I. Demanda Individual e de Mercado Slutsky (Efeito Renda e Substituição) Escolha Intertemporal Elasticidades Incerteza

MICROECONOMIA PA R T E I I. Demanda Individual e de Mercado Slutsky (Efeito Renda e Substituição) Escolha Intertemporal Elasticidades Incerteza MICROECONOMIA PA R T E I I Demanda Individual e de Mercado Slutsky (Efeito Renda e Substituição) Escolha Intertemporal Elasticidades Incerteza DEMANDA INDIVIDUAL E DE MERCADO A demanda individual revela

Leia mais

Microeconomia Tópicos para Discussão

Microeconomia Tópicos para Discussão Microeconoia Tópicos para iscussão Elasticidades da eanda Elasticidades Elasticidades da Oferta PINYCK, R. e RUBINFEL,. Microeconoia. São Paulo: Prentice Hall. 2008. Capítulo 2: Os fundaentos da oferta

Leia mais

Demanda individual e demanda de mercado Parte Demanda Individual 2. Efeito Renda e Efeito Substituição

Demanda individual e demanda de mercado Parte Demanda Individual 2. Efeito Renda e Efeito Substituição Demanda individual e demanda de mercado Parte 1 1. Demanda Individual 2. Efeito Renda e Efeito Substituição 1 Demanda Individual Efeitos de variações nos preços: A curva de demanda individual mostra a

Leia mais

Fundamentos de Microeconomia

Fundamentos de Microeconomia Fundamentos de Microeconomia Capítulo 4. Análise de mercados competitivos Ciclo Básico 2 período / 2012 Graduação em Ciências Econômicas V. Filipe Martins-da-Rocha (FGV) Fundamentos de Microeconomia 2

Leia mais

Parte 1: Oferta, demanda e equilíbrio de mercado. Parte 2: Elasticidades. O conceito de utilidade marginal. Microeconomia - Prof. Marco A.

Parte 1: Oferta, demanda e equilíbrio de mercado. Parte 2: Elasticidades. O conceito de utilidade marginal. Microeconomia - Prof. Marco A. A lei da oferta e Parte 1: Oferta, e equilíbrio de mercado Parte 2: Elasticidades Prof. Ms. Marco A. Arbex marco.arbex@live.estacio.br BLOG: www.marcoarbex.wordpress.com Dois reais......e noventa centavos

Leia mais

MICROECONOMIA OFERTA E DEMANDA

MICROECONOMIA OFERTA E DEMANDA MICROECONOMIA OFERTA E DEMANDA Disciplina: Economia e Mercado Professora: Karina Cabrini Zampronio Micro e Macroeconomia Microeconomia é o ramo da Teoria Econômica que estuda o funcionamento do mercado

Leia mais

Sumário. Gestão Empresarial e Economia. Economia. Microeconomia. Mercado e concorrência perfeita Procura. Oferta. Equilíbrio de mercado

Sumário. Gestão Empresarial e Economia. Economia. Microeconomia. Mercado e concorrência perfeita Procura. Oferta. Equilíbrio de mercado Gestão Empresarial e Economia Economia Microeconomia Sumário Mercado e concorrência perfeita Procura o Procura individual o Procura de mercado Oferta o Oferta individual o Oferta de mercado Equilíbrio

Leia mais

MICROECONOMIA

MICROECONOMIA MICROECONOMIA 01. (Fiscal ISS-SP/98) Se a quantidade demandada de um bem permanece inalterada quando o seu preço aumenta, pode-se concluir que a elasticidade preço deste bem é: a) Menor do que a unidade.

Leia mais

Universidade Federal de Roraima Departamento de Economia

Universidade Federal de Roraima Departamento de Economia Universidade Federal de Roraima Departamento de Economia Última Atualização: 03/06/03 ) Avalie, com análise gráfica, a variação do Excedente do Consumidor e/ou Excedente do Produtor para as seguintes situações:

Leia mais

Elasticidade e Análise Marginal

Elasticidade e Análise Marginal GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO CÂMPUS JUAZEIRO/BA COLEG. DE ENG. ELÉTRICA PROF. PEDRO MACÁRIO DE MOURA MATEMÁTICA APLICADA A ADM 2015.2 Discentes CPF

Leia mais

A economia é o estudo da organização social através do qual os homens satisfazem suas necessidades de bens e serviços escassos.

A economia é o estudo da organização social através do qual os homens satisfazem suas necessidades de bens e serviços escassos. IMPORTANTE: Tratando-se de uma representação esquematizada das aulas previstas, o material que integra esse Desenvolvimento Programático não é suficiente para o acompanhamento do curso. Sua leitura, sem

Leia mais

[Ano] Estruturas de Mercado e Decisão. Campus Virtual Cruzeiro do Sul

[Ano] Estruturas de Mercado e Decisão. Campus Virtual Cruzeiro do Sul [Ano] Estruturas de Mercado e Decisão Estruturas de Mercado e Decisão MATERIAL TEÓRICO Responsável pelo Conteúdo: Prof. Ms. Andressa Guimarães Rego Revisão Textual: Profa. Ms. Alessandra Fabiana Cavalcante

Leia mais

DFB 2006 Economia para Advogados: Microeconomia. 1 a prova turma B

DFB 2006 Economia para Advogados: Microeconomia. 1 a prova turma B DFB 2006 Economia para Advogados: Microeconomia. 1 a prova turma B Roberto Guena de Oliveira 18 de maio de 2010 1. Suponha que o governo queira aumentar sua arrecadação tributária e que, para esse fim,

Leia mais

Prova de Conhecimentos Específicos 1 a QUESTÃO: (2,0 pontos)

Prova de Conhecimentos Específicos 1 a QUESTÃO: (2,0 pontos) Prova de Conhecimentos Específicos 1 a QUESTÃO: (2,0 pontos) Em um mercado competitivo, temos o conhecimento, a partir de levantamentos estatísticos, de que em 1981 a curva de oferta de trigo nos Estados

Leia mais

Microeconomia. UNIDADE 1 Aula 2.2

Microeconomia. UNIDADE 1 Aula 2.2 Microeconomia UNIDADE 1 Aula 2.2 Prof - Isnard Martins Rosseti, J, Introdução à Economia, Atlas, 2006 Vasconcelos M.A, Economia Micro e Macro, 4a Edição 1 A EQUAÇÃO DA DEMANDA 2 Y Na Geometria Euclidiana,

Leia mais

Introdução. à Macroeconomia. Mensuração do PIB

Introdução. à Macroeconomia. Mensuração do PIB Introdução à Macroeconomia Mensuração do PIB Microeconomia vs. Macroeconomia Microeconomia: O estudo de como famílias e empresas tomam decisões e de como interagem nos mercados. Macroeconomia: O estudo

Leia mais

PRO Introdução à Economia

PRO Introdução à Economia PRO 2208 Introdução à Economia Aulas 2 e 3 Mercados, Oferta e Demanda PRO 2208 Davi Nakano Mercados, Oferta e Demanda Mercado: grupo de compradores e de vendedores de um dado bem ou serviço Oferta e Demanda

Leia mais

demandantes ofertantes

demandantes ofertantes MICROECONOMIA DEMANDA, OFERTA E EQUILIBRIO DE MERCAD0 O funcionamento do sistema de economia de mercado mercado demandantes ofertantes DEMANDA CONCEITO DE DEMANDA FATORES QUE AFETAM A DEMANDA: PREÇO DO

Leia mais

Noções de Microeconomia

Noções de Microeconomia Noções de Microeconomia Demanda, Oferta e Equilíbrio de Mercado: A Demanda e a Lei da Demanda; A Curva da Demanda; A Oferta e a Lei da Oferta; A Curva da Oferta; Equilíbrio de Mercado; Elasticidades. Introdução

Leia mais

Economia é a ciência que se preocupa em alocar recursos escassos, orientando a escolha do que, como e para quem produzir com teorias e informação.

Economia é a ciência que se preocupa em alocar recursos escassos, orientando a escolha do que, como e para quem produzir com teorias e informação. Economia é a ciência que se preocupa em alocar recursos escassos, orientando a escolha do que, como e para quem produzir com teorias e informação. Escassez Necessidades Ilimitadas Recursos Limitados 1

Leia mais

Oferta e Procura. Aula 5 Isnard Martins

Oferta e Procura. Aula 5 Isnard Martins Oferta e Procura 5 Aula 5 Isnard Martins Análise da Demanda de Mercado Demanda (ou procura) é a quantidade de determinado bem ou serviço que os consumidores desejam adquirir, num dado período. A Demanda

Leia mais

Monopólio. Varian cap. 24

Monopólio. Varian cap. 24 Monopólio Varian cap. 24 Introdução Definição: Uma empresa produz uma mercadoria sem substitutos próximos. Monopolista pode obter lucro econômico puro, mesmo no longo prazo. Mas, e novas empresas não são

Leia mais

Módulo 7 Demanda, Oferta e Equilíbrio de mercado

Módulo 7 Demanda, Oferta e Equilíbrio de mercado Módulo 7 Demanda, Oferta e Equilíbrio de mercado Como vimos, a microeconomia ou teoria dos preços analisa como consumidores e empresas interagem no mercado, e como essa interação determina o preço e a

Leia mais

Oferta, Demanda, e Políticas Econômicas do Governo

Oferta, Demanda, e Políticas Econômicas do Governo Oferta, Demanda, e Políticas Econômicas do Governo à Economia Mankiw, N.G. Capítulo 6 Copyright 2001 by Harcourt, Inc. All rights reserved. Requests for permission to make copies of any part of the work

Leia mais

Oferta (Cap. 8) 2º SEMESTRE 2011

Oferta (Cap. 8) 2º SEMESTRE 2011 Oferta (Cap. 8) 2º SEMESTRE 2011 Marta Lemme - IE/UFRJ Função de Produção A função de produção é a relação entre a quantidade de insumos que uma firma usa e a quantidade de produto que ela produz. Um insumo

Leia mais

INSS Economia Macroeconomia Keynesiana Fábio Lobo

INSS Economia Macroeconomia Keynesiana Fábio Lobo INSS Economia Macroeconomia Keynesiana Fábio Lobo 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. MACROECONOMIA KEYNESIANA Nesta aula, estudaremos que variáveis determinam

Leia mais

Por vezes podemos identificar, em várias situações práticas, variáveis que estão em relação de dependência.

Por vezes podemos identificar, em várias situações práticas, variáveis que estão em relação de dependência. Título : B1 FUNÇÕES Conteúdo : 1. FUNÇÕES Na matemática, uma relação é apenas um conjunto de pares requisitados. Se utilizamos {} como o símbolo para o conjunto, temos abaixo alguns exemplos de relações

Leia mais

Mercados e Fundamentos da Oferta e Demanda. Mankiw (Cap 4)

Mercados e Fundamentos da Oferta e Demanda. Mankiw (Cap 4) Mercados e Fundamentos da Oferta e Demanda Mankiw (Cap 4) 1 As Forças de Mercado da Oferta e da Demanda Oferta e demanda são duas palavras que quem trabalha com economia usa frequentemente. Oferta e demanda

Leia mais

Matemática para Economia I - 6 a lista de exercícios Prof. - Juliana Coelho

Matemática para Economia I - 6 a lista de exercícios Prof. - Juliana Coelho Matemática para Economia I - 6 a lista de exercícios Prof. - Juliana Coelho 1 - Ache as derivadas parciais pedidas: (a) f y onde f(x, y) = x 2 + 3xy 2y + 1; (b) f x onde f(x, y) = x 2 + y 2 ; (c) f xx

Leia mais

Lista de Exercícios # 2 - Questões

Lista de Exercícios # 2 - Questões EAE0110 - Fundamentos de Microeconomia Professor: Sergio Almeida Lista de Exercícios # 2 - Questões Níveis de Dificuldade: D1 (Básico), D2 (Intermediário) e D3 (Avançado) Questão 1 (D1): Escreva a fórmula

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 1ª PARTE: Concorrência Perfeita, Concorrência Monopolística, Monopólio e Oligopólio.

LISTA DE EXERCÍCIOS 1ª PARTE: Concorrência Perfeita, Concorrência Monopolística, Monopólio e Oligopólio. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL - UFRGS FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS DISCIPLINA: TEORIA MICROECONÔMICA II ESTÁGIO DOCÊNCIA: VÍVIAN DOS SANTOS QUEIROZ PROFESSOR:

Leia mais

Aula 15 Teoria da Produção 19/04/2010 Bibliografia: Vasconcellos (2006) Cap. 6, Mankiw (2007) Cap. 13. Texto: Eu vos declaro marido e mulheres

Aula 15 Teoria da Produção 19/04/2010 Bibliografia: Vasconcellos (2006) Cap. 6, Mankiw (2007) Cap. 13. Texto: Eu vos declaro marido e mulheres Aula 15 Teoria da Produção 19/04/2010 Bibliografia: Vasconcellos (2006) Cap. 6, Mankiw (2007) Cap. 13. Texto: Eu vos declaro marido e mulheres Teoria da produção Firma ou empresa para economia é uma unidade

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 3

LISTA DE EXERCÍCIOS 3 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL - UFRGS FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS DISCIPLINA: TEORIA MICROECONÔMICA I PROF: Prof. Dr.Giácomo Balbinotto Neto Estágio Docência: Mestranda do PPGE/Economia

Leia mais

1) Se o preço de um fogão da marca XYZ é de R$ 500,00, determine a receita total para venda de 20 fogões.

1) Se o preço de um fogão da marca XYZ é de R$ 500,00, determine a receita total para venda de 20 fogões. RESUMO Ponto de equilíbrio de mercado é o ponto de intersecção do gráfico entre a () e a (qo), ou seja é o ponto onde ocorre a igualdade entre () e (qo). Suas coordenadas são preço de equilíbrio (pe) e

Leia mais

Lista de exercícios 5 Microeconomia 1

Lista de exercícios 5 Microeconomia 1 Lista de exercícios 5 Microeconomia 1 Graduação em economia Exercícios para entrega 08 de junho de 2016 Exercício 1. Uma empresa produz bolas de gude e possui a seguinte função de produção: Q = 2(KL) 0.5,

Leia mais

Teoria da demanda e oferta

Teoria da demanda e oferta Análise da Demanda de mercado Teoria da demanda e oferta Capítulo III Demanda (ou procura) é a quantidade de determinado bem ou serviço que os consumidores deseja adquirir, num dado período. Representa

Leia mais

Produção e o Custo da Empresa. Conceitos básicos; Função de produção; Lei dos rendimentos decrescentes; Equilíbrio da firma; Custos de Produção.

Produção e o Custo da Empresa. Conceitos básicos; Função de produção; Lei dos rendimentos decrescentes; Equilíbrio da firma; Custos de Produção. Produção e o Custo da Empresa Conceitos básicos; Função de produção; Lei dos rendimentos decrescentes; Equilíbrio da firma; Custos de Produção. 1. Conceitos básicos A economia é formada por diversas empresas

Leia mais

Procura, Excedente do Consumidor e Elasticidades

Procura, Excedente do Consumidor e Elasticidades Procura, Excedente do Consumidor e Elasticidades IST, LEGI - Teoria Económica II Margarida Catalão Lopes 1 D de mercado obtém-se por agregação horizontal das procuras individuais (somar quantidades para

Leia mais

UNIVERSIDADE METODISTA DE ANGOLA

UNIVERSIDADE METODISTA DE ANGOLA UNIVERSIDADE METODISTA DE ANGOLA!"#$%&'(&)($*+%&(&,'-./.$*#,0+%&'(&(-1#($,& 23&$(-($*#(&& PROF. MÁRIO DE CARVALHO UMA@WELVITCHIA.COM WWW.WELVITCHIA.COM RESUMO!%/*(4'%&& 25 *(%#.,&(6(-(/*,#&'%&7"/!.%/,-(/*%&'%&-(#!,'%!

Leia mais

A Teoria do Dinheiro de Keynes

A Teoria do Dinheiro de Keynes A Teoria do Dinheiro de Keynes A Teoria Completa: A Preferência Pela Liquidez na Escolha de Ativos Professor Fabiano Abranches Silva Dalto SE506-Economia Economia Monetária e Financeira Capítulo 17 No

Leia mais

ECONOMIA MICRO E MACRO

ECONOMIA MICRO E MACRO ECONOMIA MICRO E MACRO AULA 02: DEMANDA, OFERTA E EQUILÍBRIO DE MERCADO TÓPICO 02: TEORIA DA OFERTA A decisão do que produzir é tomada pelas empresas na expectativa de realização de lucros. Preços altos

Leia mais

Administração e Economia para Engenharia

Administração e Economia para Engenharia Administração e Economia para Engenharia Aula 3.1: Fundamentos da matemática financeira diegofernandes.weebly.com Emiliano Silva 1 Economia Ciência social que estuda a administração dos recursos escassos

Leia mais

Curso DSc Microeconomia Bacen - Básico 2015

Curso DSc Microeconomia Bacen - Básico 2015 Curso DSc Microeconomia Bacen - Básico 2015 Exercícios Oferta e Demanda Prof. Antonio Carlos Assumpção 1) Analista Economia MPU - 2005 35. O deslocamento para a esquerda da curva de oferta de um bem num

Leia mais

ão: Custos da Tributação

ão: Custos da Tributação Aplicação ão: Custos da Tributação Introdução à Economia Mankiw, N.G. Capítulo 8 Copyright 2001 by Harcourt, Inc. All rights reserved. Requests for permission to make copies of any part of the work should

Leia mais

Demanda Muito Elástica

Demanda Muito Elástica A Sensibilidade da Demanda a Preços Um preço P mais baixo tende a aumentar a quantidade demandada Q0 A elasticidade Preço da demanda mede a sensibilidade da quantidade em relação ao preço, ou seja: Elasticidade

Leia mais

Introdução à Microeconomia. As forças de mercado: oferta e demanda. Danilo Igliori

Introdução à Microeconomia. As forças de mercado: oferta e demanda. Danilo Igliori Introdução à Microeconomia As forças de mercado: oferta e demanda Danilo Igliori (digliori@usp.br) As Forças de Mercado de Oferta e Demanda Oferta e demanda estão entre as palavras que os economistas utilizam

Leia mais

Microeconomia I. Bibliografia. Mercado. Arilton Teixeira Mankiw, cap 4. Pindyck and Rubenfeld, caps. 2 e 4

Microeconomia I. Bibliografia. Mercado. Arilton Teixeira Mankiw, cap 4. Pindyck and Rubenfeld, caps. 2 e 4 Microeconomia I Arilton Teixeira arilton@fucape.br 2012 1 Bibliografia Mankiw, cap 4. Pindyck and Rubenfeld, caps. 2 e 4 2 Mercado Definição: É o conjunto de agentes, compradores e vendedores, que negociam

Leia mais

Introdução à Microeconomia

Introdução à Microeconomia Fundamentos de economia: introdução à microeconomia e macroeconomia Prof. Ms. Marco A. Arbex marco.arbex@live.estacio.br Introdução à Microeconomia Blog: www.marcoarbex.wordpress.com Introdução à Microeconomia

Leia mais

Unidade II MATEMÁTICA APLICADA. Prof. Luiz Felix

Unidade II MATEMÁTICA APLICADA. Prof. Luiz Felix Unidade II MATEMÁTICA APLICADA Prof. Luiz Felix Equações do 1º grau Resolver uma equação do 1º grau significa achar valores que estejam em seus domínios e que satisfaçam à sentença do problema, ou seja,

Leia mais

FUNDAMENTOS DE MICROECONOMIA: DEMANDA, OFERTA E EQUILÍBRIO DE MERCADO

FUNDAMENTOS DE MICROECONOMIA: DEMANDA, OFERTA E EQUILÍBRIO DE MERCADO FUNDAMENTOS DE MICROECONOMIA: DEMANDA, OFERTA E EQUILÍBRIO DE MERCADO MICROECONOMIA É a parte da teoria econômica que estuda o comportamento das famílias e das empresas e os mercados nos quais operam.

Leia mais

Capítulo 4 As Forças de Mercado da Oferta e da Demanda

Capítulo 4 As Forças de Mercado da Oferta e da Demanda Capítulo 4 As Forças de Mercado da Oferta e da Demanda Lista de Exercícios: 1. Em um mercado competitivo, a quantidade produzida e o preço do produto são determinados pelo(s): a. compradores. b. vendedores.

Leia mais

Qte depois da entrada

Qte depois da entrada CAPÍTULO 3 OFERTA E DEMANDA 1 MERCADO COMPETITIVO muitos compradores e vendedores, ações de qualquer indivíduo não tem efeito perceptível sobre o preço. Ex. de merc não competitivo coca-cola. O merc competitivo

Leia mais

PARTE I MERCADO: OFERTA X DEMANDA

PARTE I MERCADO: OFERTA X DEMANDA Introdução à Microeconomia PARTE I MERCADO: OFERTA X DEMANDA Prof. Marta Lemme IE/UFRJ 1º SEMESTRE 2014 OFERTA E DEMANDA Mercado Competitivo O modelo da oferta e da demanda A curva de demanda A curva de

Leia mais

TP043 Microeconomia 23/11/2009 AULA 21 Bibliografia: PINDYCK capítulo 12 Competição monopolística e oligopólio.

TP043 Microeconomia 23/11/2009 AULA 21 Bibliografia: PINDYCK capítulo 12 Competição monopolística e oligopólio. TP043 Microeconomia 3//009 AULA Bibliografia: PINDYCK capítulo Competição monopolística e oligopólio. Características da competição monopolística:. Muitas empresas. Livre entrada e saída 3. Produtos diferenciados

Leia mais

EXERCICIOS SOBRE: TEORIA DO PRODUTOR VIII Teoria da produção (analise em período curto)

EXERCICIOS SOBRE: TEORIA DO PRODUTOR VIII Teoria da produção (analise em período curto) EXERCICIOS SOBRE: TEORIA DO PRODUTOR VIII Teoria da produção (analise em período curto) Exercício Nº 1 Defina e caracterize os seguintes conceitos: a) Função produção É uma relação técnica entre os factores

Leia mais

ELASTICIDADE: UMA MEDIDA DE CAPACIDADE DE RESPOSTA 3-1

ELASTICIDADE: UMA MEDIDA DE CAPACIDADE DE RESPOSTA 3-1 ELASTICIDADE: UMA MEDIDA DE CAPACIDADE DE RESPOSTA 3-1 Conceito de elasticidade Elasticidade é uma medida de sensibilidade de resposta das pessoas a mudanças em variáveis econômicas. 3-2 Conceito de elasticidade

Leia mais

Introdução à Macroeconomia. Danilo Igliori

Introdução à Macroeconomia. Danilo Igliori Introdução à Macroeconomia Danilo Igliori (digliori@usp.br) Construindo o modelo IS-LM 1 Contexto No último capítulo introduzimos o modelo de demanda e oferta agregadas. No longo prazo: preços flexíveis

Leia mais

(1) (a) Há um deslocamento para a esquerda da curva de oferta de creme de leite. Issofazcomque, nomercadode cremedeleite, hajaumaumento

(1) (a) Há um deslocamento para a esquerda da curva de oferta de creme de leite. Issofazcomque, nomercadode cremedeleite, hajaumaumento REPOTA O CAPÍTULO 3 OFERTA E EMANA (1) (a) Há um deslocamento para a esquerda da curva de oferta de creme de leite. Issofazcomque, nomercadode cremedeleite, hajaumaumento no de equilíbrio e uma redução

Leia mais