Novo Superintendente da Susep garante a volta da carteira de identidade profissional do Corretor de Seguros

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Novo Superintendente da Susep garante a volta da carteira de identidade profissional do Corretor de Seguros"

Transcrição

1 Nº MAIO DE 2014 Novo Superintendente da Susep garante a volta da carteira de identidade profissional do Corretor de Seguros Em seu primeiro encontro com corretores de Seguros no Rio de Janeiro, o novo superintendente da Susep, Roberto Westenberger, garantiu a volta da carteira de identidade profissional do Corretor de Seguro. A questão foi colocada em pauta pelo vice-presidente da Fenacor e ex-presidente do Clube dos Corretores de Seguros do Rio de Janeiro (CCSRJ), Amilcar Vianna. Ele pleiteou a retomada da identidade durante o almoço em homenagem ao superintendente da Susep, nesta quarta-feira, 14 de maio. (Página 05) Paulo dos Santos é eleito presidente do Ibracor e apresenta planos da autorreguladora Paulo dos Santos, eleito presidente do Ibracor, defende que a principal função da entidade é assessorar a Susep na regulação e fiscalização do mercado de corretagem de seguros. A Susep tem por obrigação fiscalizar todo o mercado de seguros e, em caso de falhas, aplicar sanções. Evidentemente não tem estrutura para cobrir 80 mil corretores que estão espalhados pelo país, então as autorreguladoras a auxiliam nesse processo. As autorreguladoras não existem para multar ou penalizar os corretores, mas fiscalizar orientando. No entanto, se encontrarmos algum corretor tendo uma atitude condenada ou que denigre a categoria, aí sim, vamos tomar medida mais séria. (Página 08) Almoço de Negócios do Clube da Bolinha do Ceará (Página 11) Menos crimes e mais seguros com nova lei (Página 12) O deputado Armando Vergílio (SDD-GO), presidente da FENACOR e da Comissão Especial que discute mudanças no Estatuto da Micro e Pequena Empresa, convocou os corretores de seguros a participarem ativamente da restruturação do Simples Nacional (Supersimples). Para Vergílio, há pontos positivos na reformulação, como a universalização do Simples para toda e qualquer empresa que fatura até R$ 3,6 milhões anuais. Mas o deputado faz ressalvas importantes na proposta. (Página 03) MINISTRO AFIF DOMINGOS (PSD)

2 2 Maio 2014 O MERCADO DE SEGUROS SACODE O NORDESTE SINCOR/CE 25 ANOS Manoel Nésio No dia 04 de maio de 2014, um domingo, o SINCOR/CE teve muito que comemorar pois, neste dia, a entidade completou um quarto de século, tendo sempre à sua frente uma Diretoria empenhada em lutar pelo desenvolvimento da categoria no estado do Ceará, contando com o impreterível apoio dos corretores de seguros e dos parceiros seguradores. Fundado no dia 04 de maio de 1989, o SINCOR/CE presta serviços de orientação aos segurados e o consumidor de seguros em geral, principalmente sobre a orientação de liquidação de sinistros em todos os ramos e coberturas de seguros, e do DPVAT, além de oferecer completa assistência aos nossos associados no campo jurídico, administrativo e vários benefícios através de convênios com outras entidades e empresas. Nossa missão consiste na proteção, auxílio e aperfeiçoamento dos corretores de seguros, no exercício de suas atribuições e na defesa dos segurados, em razão de sua valiosa identidade social. Missão esta que defendemos ferrenhamente durante duas décadas e meia. Os corretores são as pilastras do sistema de corretagem de seguros, como também são as vigas de sustentação de seus sincors. Com a ajuda dos profissionais de nossa categoria, nestes 25 anos, nosso sindicato vem prestando inúmeros serviços aos corretores de seguros e à sociedade em geral como o atendimento DPVAT. Também contribui o SINCOR/CE com o crescimento da economia e ajuda a formar no Ceará uma comunidade que tem voz e voto. Trabalhar sozinho torna qualquer empreendimento praticamente inviável, portanto, associar-se traz vantagens. O SINCOR/CE, durante todos estes anos, também assumiu a responsabilidade de defender direitos coletivos e individuais da categoria que representamos, inclusive em questões judiciais e administrativas. Para que o sindicato crie fôlego a fim de desenvolver com habilidade e maestria suas funções, é preciso robustecê-lo e inspirar ânimo aos clamores do setor. Maduro e experiente, o SINCOR/CE tem plena consciência de que vivemos um momento de mudanças. Precisamos estar juntos para superarmos os desafios e a participação das empresas corretoras de seguros, corretores e Seguradoras é de vital importância para que logremos êxito em nossa comum empreitada. Que esta data se repita por muitos anos, como um sinal triunfante das conquistas obtidas pelos corretores cearenses no competitivo mercado nacional. Se você é corretor ou corretora de seguros, frequente o sindicato, intere-se, participe, associese! A sua presença é importante e nós precisamos de sua voz para nos fazermos ouvir. Que o Grande Arquiteto do Universo nos ilumine. DIRETORIA EFETIVOS SUPLENTES PRESIDENTE: MANOEL NÉSIO SOUSA MARIA ALICE FERNANDES PIMENTEL SECRETÁRIA: SILVIA HELENA PEREIRA DE SOUSA DELEGADOS REPRESENTANTES JUNTO À FENACOR TESOUREIRO: FRANCISCO PEREIRA DE SOUSA EFETIVOS SUPLENTES 1 DELEGADO - MANOEL NÉSIO SOUSA ALEXANDRE AKSAKOF PEREIRA DE SOUSA 2 DELEGADO - CICERO GUARACI PEREIRA DE SOUSA CICERO GUARACI PEREIRA DE SOUSA SUPLENTES LÍSIAS BARBOSA PEREIRA DE SOUSA 1ª SUPLENTE - SILVIA HELENA PEREIRA DE SOUSA CONSELHO FISCAL EFETIVOS 2 SUPLENTE - ALEXANDRE AKSAKOF PEREIRA DE SOUSA MARIA RAIMUNDA LOPES FERNANDES SIRLANE ABREU DE ARAÚJO CARLOS ALBERTO PONTES DE ARAÚJO

3 Maio 2014 Combate ao Seguro Pirata é obrigação da Susep, diz novo Superintendente oberto Westenberger A atuação da Susep sempre, e em r e c o n h e c e u q u e a 100% dos casos, será baseada na Rdinâmica de atuação legalidade, com o cumprimento da precisa passar por melhorias Lei, seguindo as regras e normas que O novo superintendente da Susep, estão vigentes no mercado. Vamos Roberto Westenberger, disse que é coibir o que estiver contra a legislação. A dinâmica de atuação obrigação da entidade combater o precisa passar por melhorias, conta Seguro Pirata e as cooperativas ilegais com uma lentidão indesejada, que que atuam no Brasil. A declaração foi será corrigida ao longo da minha dada durante o primeiro encontro do gestão. superintendente com os corretores do Segundo o presidente do CCSRJ, Jayme Torres, o Clube dos disposição para colaborar de alguma Clube dos Corretores de Seguros do Corretores de Seguros repudia este forma para combater esse grande Rio de Janeiro (CCSRJ), na úlitma tipo de atividade irregular. câncer do mercado segurador. Essas quarta-feira, 14 de maio. A gente se coloca a associações de faixada são abertas Armando Vergílio 3 para comercializar de forma disfarçada os produtos de seguro. Fonte: CQCS Armando Vergílio convoca corretores a solicitarem aprovação de emendas do Simples Nacional Trata-se de um momento crucial e mail aos parlamentares de sua região, governo. precisamos dessa mobilização, diz o solicitando a aprovação da emendas 6 Para Vergílio, há pontos positivos na presidente da FENACOR e 22. Trata-se de um momento crucial r e f o r m u l a ç ã o, c o m o a O deputado Armando Vergílio (SDD- e precisamos dessa mobilização. universalização do Simples para toda GO), presidente da FENACOR e da Após duas derrotas de emendas que e qualquer empresa que fatura até R$ Comissão Especial que discute visavam incluir no Supersimples 3,6 milhões anuais. Mas o deputado mudanças no Estatuto da Micro e produtores de bebidas alcoólicas, faz ressalvas importantes na proposta. Pequena Empresa, convocou os partidos favoráveis à medida Contudo, a Tabela VI, incluída como corretores de seguros a participarem entraram em obstrução, no dia 13 de anexo pelo relator, não atende aos ativamente da restruturação do maio, e adiaram a votação dos demais anseios dos corretores de seguros. Simples Nacional (Supersimples). destaques ao projeto, que revisa o Cada corretor precisará analisar suas A participação dos corretores de regime simplificado de tributação das contas, como o peso da folha de seguros continua sendo vital e micro e pequenas empresas pagamento e o nível de formalização, indispensável para a mudança no (PLP221/12). Esses partidos querem antes de decidir ou não pelo Simples. texto aprovado. É muito importante ganhar tempo para angariar mais que cada corretor de seguros envie e- apoio ou negociar o tema com o Fonte: CQCS Superintendente da Susep apoia valorização do corretor Não é uma questão de gostar do equilíbrio nas decisões que que o andamento do projeto de corretor, o ponto principal é que todos beneficiem, a longo prazo, todos os enquadramento no Simples pelo teto vocês são agentes necessários sem os agentes produtivos do setor, de R$ 3,6 milhões anuais, de modo a quais não existe a operação do capacitação, desenvolvimento de incluir o corretor. Segundo o segurador. É muito fácil gostar, porém novos produtos e internacionalização parlamentar, o texto voltará para mais importante é a autarquia no sentido de diálogo com instituições apreciação da Câmara hoje 07/05 com valorizar a categoria. A declaração é estrangeiras. uma novidade: a tabela intermediária do novo superintendente da Susep, Além do presidente do Sincor-SP, que varia de 16,93% a 22,45%, Roberto Westenberger, durante Alexandre Camillo, a mesa do evento conforme o faturamento anual. almoço promovido pelo Sincor-SP. O f o i c o m p o s t a t a m b é m p o r Cada empresa vai ver se pede ou não evento aconteceu ontem (06/05), em personalidades do mercado como o o enquadramento. Mas a luta São Paulo, reunido mais de duzentas presidente da Fenacor e deputado Roberto Westenberger continuará pois existe o compromisso pessoas, entre corretores, seguradores federal, Armando Vergílio, bem como do governo para revisar as alíquotas exemplo, das empresas de construção e representantes de entidades de pelos presidentes do Sindseg, FenSeg em 90 dias e assim o corretor poderá de móveis e serviços de vigilância, classe. e FenaPrevi, respectivamente, Mauro entrar na tabela mais adequada ao seu que recolhem no mínimo 45%. De acordo com Westenberger, um dos Batista, Paulo Marracini e Osvaldo negócio, esclarece Vergílio, Vergílio ainda ressaltou a importância desafios da autarquia é a busca de Nascimento, e pela 2ª vice-presidente lembrando que a proposta, se da recente aprovação da lei do conciliação e entendimento para que do Sincor-SP, Simone Fávaro aprovada, contempla agora mais desmonte legal e desejou sucesso à os players do mercado de seguros Martins. categorias e a tributação será aplicada gestão do grupo liderado por encontrem o caminho adequado para Vergílio comentou o status de a todas, inclusive corretores de Alexandre Camillo no Sincor-SP. manter o crescimento. O superintende aprovação da Lei 3.555/04, mais seguros, numa faixa intermediária, Estamos juntos, pode contar com a apontou que, nesse contexto, a nova conhecida como Lei do Contrato de maior que as micro e pequenas Fenacor, conclui. g e s t ã o t e r á p i l a r e s c o m o Seguro, cuja votação está marcada empresas, que pagam entre 4% e 12%, reconhecimento ao servidor da Susep, para 13 de maio. Ele também explicou e menor que o valor cobrado, por Fonte: CQCS Pedro Duarte DIRETOR DA MBM VISITA A SEDE DO SINCOR/CE. O Sindicato dos Corretores troca de experiência que um encontro de Seguros, Capitalização, como esse proporciona. Nésio elogiou Previdência Privada e de Empresas o trabalho que a MBM Seguro de Corretoras de Seguros no Estado do Pessoas vem fazendo na região norte e Ceará - SINCOR/CE., recebeu em nordeste, junto aos corretores de 15 de maio, a visita dos Srs. Jorge seguros, seguradores e o mercado em Figueiredo Diretor da MBM Seguro geral. de Pessoas, Sra. Patrícia Freitas Na oportunidade, Nésio e Auxiliar Administrativo e Max Cid Lísias e toda Diretoria do Sincor-CE Holanda Furtado. Nésio Presidente foram parabenizados pelo Sr. Jorge do Sincor-CE e Lísias Barbosa Figueiredo, pelo excelente trabalho Diretor, agradeceram a parceria entre que o SINCOR/CE., vem realizando SINCOR/CE e a MBM Seguro de nesses últimos anos junto ao mercado Pessoas, destacando a integração e a segurador e à sociedade.

4 4 Maio 2014 CONCILIAR É PRECISO! Posta em prática desde DPVAT ou devido a criação de posteriores conciliações. Soma-se a do Ceará SINCOR/CE, onde o 2009, a Política de expectativas equivocadas nos estes obstáculos o fato de muitos atendimento é gratuito e autorizado C o n c i l i a ç ã o d a beneficiários, que acabam esperando beneficiários e seus advogados pela Seguradora Líder. É importante Seguradora Líder-DPVAT tem por muito mais tempo para terem suas acreditarem que as Seguradoras se que os interessados fiquem atentos ao objetivo garantir que o pagamento das contendas satisfeitas. opõem a pagar o que é devido, o que prazo para fazer o pedido do Seguro Em 5 anos, a Seguradora indenizações do Seguro DPVAT não condiz com a realidade. A própria DPVAT, que é de três anos a contar da Líder-DPVAT já celebrou mais de 300 pleiteadas por meio de ações judiciais Política de Conciliação da Líder- data de ocorrência do acidente. Para mil acordos, o que possibilita uma se dê no menor prazo possível e seja DPVAT é uma prova disso. maior agilidade ao trâmite processual H o j e, a p o l í t i c a d e receber o atendimento ou saber quais efetuada aos beneficiários de fato, no atendimento às demandas dos conciliação da Seguradora Lídersegundo legislação vigente. Por documentos são necessários para dar usuários do Seguro DPVAT, como DPVAT alcança todo o Território entrada ao processo, basta que os m o t i v o d e d i v e rg ê n c i a s n a também garante uma otimização do Nacional, mas ainda há muito a ser interessados se desloquem à sede do compreensão da legislação aplicável trabalho da Justiça, reduzindo o feito. Em algumas localidades, ainda sindicato, localizada à Rua Perboyre e ao Seguro DPVAT ou por falta de montante de ações, diminuindo custos existe dificuldade na alocação de Silva, nº 111, 6º andar, sala 606, conhecimento do meio apropriado e aumentando a eficiência na gestão espaço e estrutura necessários para a Edifício Alvorada, ou entrem em para realizar os pedidos das dos recursos do Seguro DPVAT. realização de avaliações médicas em contato através do telefone (85) 3226 indenizações, muitos usuários, ao Assim, todos os lados envolvidos Mutirões de Conciliação. Também é 1328 e do invés de procurar as Seguradoras saem satisfeitos das conciliações. preciso que os tribunais deixem de Consorciadas que operam esse seguro O que ainda gera muita acolher pleitos inadequados e em todo o Brasil, recorrem a resistência na população brasileira é o incompatíveis com a legislação advogados que os orienta a ingressar fato de não haver em nosso país uma vigente do Seguro DPVAT e os judicialmente para receber as cultura de conciliação. Estruturas extingam sem a resolução do mérito, indenizações que lhes são devidas. físicas adequadas ao atendimento de encaminhando os usuários do Seguro Deste modo, os beneficiários que um grande número de pessoas e a DPVAT para o atendimento gratuito, poderiam receber seus benefícios em acomodação das instalações que pode ser obtido em mais de até 30 dias, são levados a mover ações necessárias às perícias médicas não pontos de atendimento autorizado, que duram, em média, 2 anos. costumam estar disponíveis, incluindo os Sincors, em todo o Processos que poderiam ser atendidos simultaneamente, com facilidade. Brasil. administrativamente em até 30 dias Acrescenta-se a isso a dificuldade de No Ceará, durante todo o ano, após a entrega da documentação reunir as partes envolvidas para a o seguro DPVAT pode ser solicitado exigida são levados ao Judiciário por realização das avaliações médicas e no Sindicato dos Corretores do Estado falta de intimidade com o Seguro Emerson Braga - Assessor de imprensa do Sincor/Ce.

5 Maio Novo Superintendente da Susep garante a volta da carteira de identidade profissional do Corretor de Seguros Questão foi pleiteada pelo essa decisão, talvez equivocada ou vice- presidente da Fenacor e ex- que são advogados e que sua diretor do Clube dos excessiva, se deu em cima de uma presidente do Clube dos Corretores de identidade é reconhecida por sua Corretores de Seguros do redução de custos de um projeto Seguros do Rio de Janeiro (CCSRJ), entidade de classe. O corretor tinha Rio de Janeiro maior que ocorreu na casa. Talvez Amilcar Vianna. Ele pleiteou a isso e lhe foi tirado. Acho que é um tenha faltado a sensibilidade de retomada da identidade durante o símbolo que só percebemos a Em seu primeiro encontro com perceber que um símbolo, como a a l m o ç o e m h o m e n a g e m a o importância quando perdemos. corretores de Seguros no Rio de superintendente da Susep, nesta carteirinha, tem um significado e Janeiro, o novo superintendente da quarta-feira, 14 de maio. Amilcar Vianna agradeceu a Roberto representa quem a porta com tanto Susep, Roberto Westenberger, Westenberger pelas iniciativas de orgulho, como os corretores. Por isso, Alguém pode achar que é uma mera garantiu a volta da carteira de r e t o r n a r c o m a c a r t e i r a d e nós já iniciamos as gestões para a carteirinha, mas não é. Eu faço um identidade profissional do Corretor de identicidade profissional dos volta da carteirinha o mais rápido paralelo com os advogados, que Seguro. corretores em breve. possível. muitas vezes se identificam pelo Eu já peço desculpas em nome da número da carteira da OAB e nem F o n t e : C Q C S N O T Í C I A S - A questão foi colocada em pauta pelo presidente Dilma, nossa chefa, pois SEGUROS mencionam o RG. Eles estão dizendo Maio Amarelo: Estatísticas do DPVAT reforçam importância do movimento Mudar o cenário de 2013, onde mais referem, também, a acidentes fatais deparando nos últimos anos. O país de até três anos após a data do de 630 mil pessoas receberam ocorridos em anos anteriores, tendo vive uma verdadeira epidemia acidente para solicitar a indenização. indenização pelo Seguro DPVAT. em vista que o cidadão pode solicitar a quando o assunto é o trânsito Este valor corresponde à queda de 225 Este foi o número de indenizações indenização em um prazo de três brasileiro. De acordo com os dados do aeronaves com 200 passageiros por pagas pela Seguradora Líder-DPVAT, anos. Seguro DPVAT, percebemos que ano; 16 atentados ao World Trade por Morte, Invalidez Permanente e Assim como os movimentos Outubro Center por ano, ou mais de quatro estamos perdendo nossos jovens, Reembolso de Despesas Médicas e Rosa e Novembro Azul, que alertam a tufões que atingiram as Filipinas em vítimas de 50,9% dos acidentes que Hospitalares, apenas no ano de 2013 necessidade de prevenção aos 2013 por ano. Para Xavier, é indenizamos em 2013", afirma o por acidentes de trânsito em todo o cânceres de mama e próstata, necessária a realização de um amplo diretor-presidente da Seguradora país. respectivamente, o Maio Amarelo debate que vise a constituição de Líder DPVAT, Ricardo Xavier. A O movimento Maio Amarelo nasce na tem como objetivo envolver a ações urgentes e de ordem prática Seguradora Líder DPVAT estima que década do trânsito por iniciativa de sociedade, órgãos governamentais, para que haja uma real transformação o número de mortes no trânsito empresas interessadas na redução da entidades de classe e associações para do trânsito brasileiro. Durante o mês brasileiro em 2013 deva chegar perto violência do trânsito brasileiro, como o e n g a j a m e n t o d e a ç õ e s e d e m a i o a c o n t e c e r ã o a ç õ e s d e 4 5 m i l, l e v a n d o - s e e m a Seguradora. A quantidade de óbitos conhecimentos sobre a segurança promocionais para chamar a atenção indenizados pela Seguradora Líder viária. consideração as indenizações por da sociedade, além de palestras e em 2013 chegou a O amarelo do movimento representa morte pagas pelo Seguro DPVAT no debates sobre o tema em empresas, E s t e s n ú m e r o s l e v a m e m cor semelhante ao do sinal de trânsito, ano de 2013 cujos acidentes e s c o l a s, o r g a n i z a ç õ e s n ã o consideração os pagamentos que destaca a atenção para a realidade ocorreram no próprio ano e a projeção governamentais e entidades. realizados no ano passado e se com que a sociedade vem se de novos pedidos em razão do prazo Fonte: Alagoas 24h A Bradesco Seguros inaugurou na unidades do BAC em Belo complementar aberta. Tal valor liderança do mercado nacional de última segunda-feira, 26 de maio, em H o r i z o n t e / M G, B r a s í l i a / D F, representou evolução de 4,5% em prêmios de seguros, rendas de Fortaleza/CE, unidade do Bradesco Campinas/SP, Caxias do Sul/RS, relação ao totalizado no mesmo c o n t r i b u i ç ã o e r e c e i t a s d e Auto Center (BAC). A partir de agora, C u r i t i b a / P R, C u i a b á / M T, período de Esse faturamento capitalização. em um mesmo lugar, os segurados da F o r t a l e z a / C E, G o i â n i a / G O, mantém o Grupo Segurador na Fonte: Bradesco Seguros c a p i t a l c e a r e n s e e r e g i ã o metropolitana contam com diversos serviços, tais como: atendimento a sinistros, retirada de carro reserva, Joinville/SC, Maceió/AL, Natal/RN, Osasco/SP, Porto Alegre/RS, Recife/PE, Ribeirão Preto/SP, Rio de Janeiro/RJ (Botafogo e Barra da vistoria prévia, instalação de T i j u c a ), S a n t o A n d r é / S P, equipamentos antifurto, reparos ou troca de vidros, locação de automóveis e 2ª via de boletos. O evento contou com a participação da Diretoria da Bradesco Seguros, do Banco Bradesco e do Sincor/CE. Todos os serviços podem ser feitos com hora marcada, por meio de a g e n d a m e n t o. É s ó a c e s s a r ou l i g a r p a r a a C e n t r a l d e Relacionamento: (capitais e regiões metropolitanas) ou (demais localidades). Toda a rede do BAC atende de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. A Bradesco Seguros conta com Fortaleza ganha unidade do Bradesco Auto Center Salvador/BA, Vitória/ES e São Paulo/SP Indianápolis, Ipiranga, Lapa, Santana, Santo Amaro, São Miguel e Tatuapé. Serviço: Bradesco Auto Center Fortaleza: Rua Desembargador Leite Albuquerque, S.N. (esquina Av. Desembargador Moreira, 1.250), Aldeota. Tel. (85) Sobre a Bradesco Seguros A Bradesco Seguros, conglomerado de seguros da Organização Bradesco, tem atuação multilinha em âmbito nacional. Até março de 2014, seu faturamento atingiu R$ 11,5 bilhões n o s s e g m e n t o s d e s e g u r o s, c a p i t a l i z a ç ã o e p r e v i d ê n c i a Legenda Foto Da esquerda para a direita: Dirlei Severo Brandão, Superintendente-Executivo Nordeste; André Hirszberg, Superintendente de Operações de Auto/RE; Alan Vasconcelos, Superintendente Fortaleza/CE; Humberto Marques Siqueira, Diretor de Operações de Auto/RE; Tarcísio Godoy, Diretor-Geral de Auto/RE; Ana Paula Formiga, gestora do Bradesco Auto Center de Fortaleza/CE; André Ferreira Gomes, Diretor Regional Ceará do Banco Bradesco; João Giuseppe Esmeraldo, Superintendente Executivo de Produção Nordeste; e Cláudio Leão, Superintendente da BSP Empreendimentos Imobiliários. Crédito: Casa da Photo

6 6 Maio 2014

7 Maio

8 8 Maio 2014 Mercado de seguros debate crescimento do seguro de transportes no Brasil atual panorama e os Spencer, o diretor da Argo Salvatore presidente da comissão de seguro de do mercado segurador brasileiro, a desafios do mercado Lombardi, o presidente da comissão transportes da FenSeg, Paulo Robson Federação Nacional de Seguros Obrasileiro de seguro de de seguro de transportes da FenSeg Alves, ressalta que o Brasil vive um Gerais (FenSeg), uma das federações transporte serão os destaques durante momento diferenciado, também pelo da Confederação Nacional das Paulo Robson Alves, também da o Encontro Internacional IUMI Seguradoras (CNseg), está voltada Zurich Seguros, e o advogado alto volume de cargas vindo para o Spring Meeting, a se realizado nesta para o desenvolvimento das país por conta dos grandes eventos. "A C h r i s t i a n S m e r a, d o S m e r a quinta-feira, 22 de maio, de 8h às 12h, atividades específicas dos ramos de expectativa é que haja uma maior no Rio de Janeiro. O evento, que A d v o g a d o s A s s o c i a d o s & seguros do segmento denominado eficiência dos portos, o que faz com ocorre pela primeira vez no Brasil, é Consultores em Sinistros. "seguros de danos". A Federação Entre janeiro e novembro de 2013, a que os custos caiam, tornando o Brasil resultado de uma parceria entre a possui 68 associadas, que atuam em carteira de transportes teve um lugar atrativo para aportar Federação Nacional de Seguros todas as carteiras do segmento. Os Gerais (FenSeg) e a International arrecadação de R$ 2,5 bilhões, 3,8% a mercadorias", destaca o executivo. "O trabalhos da FenSeg concentram-se, Union of Marine Insurance (IUMI). mais do que os R$ 2,4 bilhões mercado de seguros de transportes no principalmente, nas comissões Entre os participantes, o presidente da registrados no ano anterior. Os Brasil está altamente competitivo, o técnicas que discutem melhorias para Federação Paulo Marraccini, o diretor números mostram que hoje, no Brasil, que reduziu as taxas e pode ajudar a cada uma das carteiras do segmento. da FenSeg Luiz Felipe Smith, também há forte e crescente demanda pelo impulsionar a contratação no país", Atualmente, onze comissões estão seguro de transportes, especialmente completa. ativas e são presididas por diretor executivo da Tokio Marine, o pelo fato de o país estar reforçando sua Sobre a FenSeg: representantes das seguradoras gerente regional de marítimo da posição no cenário de importações. Criada em 2007 para compor o novo associadas. América Latina da Chubb, Amílcar Um dos coordenadores do evento, o modelo de representação institucional Fonte: CNseg Armando Vergílio denuncia uso indevido do nome da Câmara CURSOS A DISTÂNCIA PREPARAM PARA EXAME DE CORRETORES Um fato bastante grave foi denunciado pelo deputado Armando Vergílio (SD- GO). O parlamentar - que também é presidente da Fenacor - pediu que a Mesa Diretora da Câmara e a Procuradoria da Casa investiguem o uso indevido do nome da Câmara dos Deputados em um seminário promovido no Plenário do Superior Tribunal de Justiça (STJ), nesta terça-feira (20). Vergílio revelou que nesse evento, cujo objetivo principal foi criticar o projeto que trata de normas de contrato de seguro privado (PL 3555/04), foi divulgado um apoio falso da Casa. "Não foi dada nenhuma autorização para que se fosse utilizado o nome da Câmara. Esse seminário foi promovido por um instituto que se coloca como representante do setor de juristas, mas querem detonar o projeto", disse Vergílio, que é o relator da comissão especial que analisa o PL. O PL 3555 estabelece regras para contratos de seguro privado e revoga dispositivos do Código Civil (Lei /02) e do Código Comercial Brasileiro (Lei 556/1850), entre outras leis. Vergílio já apresentou o seu parecer, que ainda não foi votado pelo colegiado. Fonte: Fenacor com Agência Câmara Paulo dos Santos é eleito presidente do Ibracor e apresenta planos da autorreguladora A eleição para definição da nova diretoria do Ibracor (Instituto Brasileiro de Autorregulação do Mercado de Corretagem de Seguros, de Resseguros, de Capitalização e de Previdência Complementar Aberta), conhecido como a autorreguladora dos corretores de seguros, em 22 de maio, com apenas uma chapa inscrita para a gestão Para quem se inscreveu no Exame para Habilitação de Corretores de Seguros e quer se preparar para as provas, a Escola Nacional de Seguros (Funenseg) oferece cursos a distância, que permitem assistir aos conteúdos online, baixar o material didático, esclarecer dúvidas com professores-tutores e participar de fóruns e simulados. Estão com matrículas abertas cursos para quem se inscreveu em Todos os Ramos (Fases 1, 2 e 3); Capitalização (Fase 1); Capitalização, Vida e Previdência (Fases 1 e 2); Vida e Previdência (Fase 2); e Demais Ramos (Fase 3). O tempo de estudo varia de um a seis meses, e o investimento, entre R$ 310,00 e R$ 1.440,00, de acordo com a opção selecionada. Para participar é pré-requisito ensino médio completo e registro profissional de corretor de Capitalização (para quem se inscrever em Vida e Previdência Fase 2) e de Vida e Previdência (para quem se inscrever em Demais Ramos Fase 3). O valor do curso não inclui a taxa de inscrição no Exame. Mais informações estão disponíveis no Fonte: Revista Apólice Paulo dos Santos, eleito presidente do tão desejada pelos corretores, para Santos, integrado com outros Ibracor, defende que a principal Paulo dos Santos é a realização de profissionais de reconhecidas função da entidade é assessorar a um sonho. Embora eu não seja capacidades jurídica e técnica do Susep na regulação e fiscalização do corretor, tenho a oportunidade de setor de seguros, o Ibracor irá fazer mercado de corretagem de seguros. valorizar a imagem e a participação uma supervisão efetiva, trazendo um A Susep tem por obrigação fiscalizar desses profissionais no mercado de novo disciplinamento ético e todo o mercado de seguros e, em caso seguros. É grande o desafio, mas profissional para a categoria. d e f a l h a s, a p l i c a r s a n ç õ e s. existe para que eu possa realizar um Diretoria eleita Ibracor Evidentemente não tem estrutura para sonho. Já que infelizmente a Susep Conselho Diretor: Presidente Paulo cobrir 80 mil corretores que estão não tem estrutura para atender todo o dos Santos Diretor Administrativo espalhados pelo país, então as pessoal, esse trabalho é necessário e a Financeiro Gumercindo Rocha autorreguladoras a auxiliam nesse classe dos corretores merece mostrar Filho Diretor de Fiscalização Paulo processo. As autorreguladoras não para o mundo que ela trabalha bem. de Tarso Meinberg Diretor de existem para multar ou penalizar os O deputado federal e presidente da Julgamento Amilcar Feres de corretores, mas fiscalizar orientando. Fenacor Armando Vergílio defende a Carvalho Vianna Suplentes do No entanto, se encontrarmos algum atuação do Ibracor como a primeira Conselho Diretor: Adevaldo corretor tendo uma atitude condenada autorreguladora de âmbito nacional, Calegari, Junio Marcos Andrade ou que denigre a categoria, aí sim, constituída por todos os sindicatos de Souza Matos, Max Konradt Júnior e vamos tomar medida mais séria. corretores de seguros, mas de forma Jorge Olavo da Camara Jaeger Ele afirma que já estão sendo tratadas independente. Para ser diretor do Conselho Fiscal: Gianni Moreira conversas com a Susep para ampliar Ibracor não se pode pertencer à Azevedo; Jayme Torres Pereira as atividades do Ibracor, talvez diretoria de nenhum sindicato, nem Junior e Júlio Cezar Braga. Suplentes incluindo o serviço de cadastro de mesmo da própria Fenacor. O do Conselho Fiscal: Bertier Cândido corretores de seguros. Vai depender objetivo é dar ao Ibracor autonomia e de Oliveira; Ricardo Ricci Florentino dos convênios que iremos fechar. independência para cumprir com essa Santos e Kijiro Fujii Ouvidor: José Uma das possibilidades é realizar o nova missão de ser uma entidade Vaslanv Viana de Oliveira Suplente serviço de cadastramento e reguladora e supervisora da profissão recadastramento dos corretores, mas de corretor de seguros. do Ouvidor: Marco Antonio Tecles ainda não está definido. E completou: Tendo na presidência o Brandão. Presidir a autorreguladora, entidade ex-superintendente da Susep Paulo Fonte: CQCS

9 Maio Lei endurece pena para quem praticar rachas o t o r i s t a s q u e participarem de pegas Mterão, daqui a seis meses, pena maior e pagarão multa mais alta. Mesmo que não cause acidente, quem participar de pegas ou rachas ou fizer manobras perigosas terá multas aumentadas em dez vezes Brasília. Com o intuito de diminuir a violência no trânsito, a presidente Dilma Rousseff (PT) sancionou ontem a lei que eleva para até dez anos a pena de prisão para motoristas que provocarem mortes ou lesões corporais graves ao participarem dos chamados "rachas" ou "pegas". O texto altera o Código de Trânsito Brasileiro para punir motoristas com mais rigor e entra em vigor daqui a seis meses. A lei também aumenta o valor das multas para quem participar dos "pegas" ou realizar ultrapassagens e manobras perigosas. Caso o motorista flagrado seja reincidente, o valor a ser pago será dobrado. Os condutores também perdem o direito de dirigir e o veículo é apreendido. A lei determina que quem fizer pegas e acabar provocando algum acidente pode ser penalizado em cinco a dez anos de prisão se houver morte e de três a seis anos se causar lesão corporal grave. Agravantes No caso de morte, a pena pode ser agravada ainda mais, aumentando de um terço à metade, se o condutor não possuir carteira de motorista, se o acidente acontecer em faixa de pedestre ou na calçada, se ele deixar de prestar socorro à vítima e quando for motorista profissional e estiver conduzindo o veículo de transporte de passageiro no qual trabalha. Se não houver vítimas, o motorista que participar de Rachas pode pegar de seis meses a três anos de reclusão. Atualmente, a pena para rachas varia de seis meses a dois anos de prisão, que é cumprida em regime aberto. Mesmo que não cause nenhum acidente, quem participar de pegas ou rachas, ou ainda, fizer manobras perigosas e participar de campeonatos de arrancadas terão as multas de trânsito aumentadas em dez vezes. Atualmente, o valor delas varia de uma a cinco vezes. No caso de reincidência dentro de um período de 12 meses, a multa será aplicada em dobro. O recolhimento do veículo e a suspensão do direito de dirigir continuam, como já está previsto no C ó d i g o d e T r â n s i t o. O texto também estabelece agravantes para os casos em que o motorista está embriagado ou sob efeito de drogas. Em caso de homicídio culposo, sem intenção de matar, o condutor pode pegar de dois a quatro anos de prisão. A lei traz novas regras para casos de ultrapassagens perigosas e em locais proibidos. A multa passa a ser de cinco vezes o valor normal, e pode ser dobrada em caso de reincidência. Falta gravíssima No caso de ultrapassagem pelo acostamento, intersecções ou passagens de nível da pista, a multa será equivalente a cinco vezes o valor normal, e a falta passa a ser considerada gravíssima. O condutor do veículo pode perder sete pontos na carteira. Ultrapassagem em pistas de duplo sentido, se o condutor forçar a passagem entre veículos, a multa será de dez vezes a atual, com aplicação em dobro na reincidência e suspensão do direito de dirigir. A Câmara havia aprovado o Projeto 2.592/07, que prevê penas mais duras para esses casos, em 15 de abril. F O N T E : J O R N A L D I Á R I O D O NORDESTE - FOTO: ÉRIKA FONSECA Seja sócio do Sincor-Ceará O Sindicato dos Corretores de Seguros, Capitalização, Previdência Privada e de Empresas Corretoras de Seguros no Estado do Ceará SINCOR/CE é a entidade representativa da categoria no Estado do Ceará. A nossa entidade completou, no mês de maio de 2014, 25 anos de fundação. O Sincor/Ce faz parte, juntamente com os demais sindicatos de todo o Brasil, da Fenacor Federação Nacional dos Corretores de Seguros Privados, de Capitalização, de Previdência Privada e das Empresas Corretoras de Seguros. O Sincor/Ce é o representante oficial dos Corretores de Seguros e das Empresas Corretoras de Seguros do Ceará, e a nível estadual, tem um papel importante no mercado de seguros. Aos corretores, empresas corretoras, seus dependentes/funcionários, a nossa entidade oferece uma série de serviços e benefícios oriundos de convênios e acordos com entidades de classe e empresas seguradoras. Para usufruir desses benefícios, o corretor deve filiar-se ao Sincor/Ce. Para nós que fazemos a diretoria do Sincor-Ce é uma honra recebê-lo como sócio do sindicato e assim podermos beneficiá-lo com toda a estrutura que a entidade dispõe e oferecer-lhe nosso esforço e solidariedade corporativista. Sendo sócio do Sindicato você estará fortalecendo a categoria e ajudando a diretoria a combater as irregularidades do mercado e a conquistar novos benefícios para a classe. Filiando-se ao sindicato, você ganha a legitimidade básica para pleitear, no futuro, funções executivas na sua diretoria, inclusive Presidente da entidade, no próximo pleito. Não perca tempo! Seja associado do Sindicato dos Corretores de Seguros, Capitalização, Previdência Privada e de Empresas Corretoras de Seguros do Estado do Ceará. Venha ao SINCOR/CE., solicitar sua Filiação Pessoa Física ou Jurídica. Maiores informações pelo número: (85) no horário de funcionamento 08:00h às 15:00h, ou pelo site Atenciosamente, Manoel Nésio Sousa Presidente do SINCOR/CE. Prezados(as) Corretores(as) e Representantes de Empresas Corretoras de Seguros; O Presidente do SINCOR/CE, Manoel Nésio Sousa, recebeu na manhã de quarta-feira, 21 de maio, uma equipe da afiliada da Rede Globo no Ceará TV Verdes Mares. Durante a entrevista, Manoel Nésio prestou esclarecimentos sobre o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres, o SEGURO DPVAT, informando quem tem direito ao seguro e que o mesmo dispensa serviços prestados por terceiros para ser pleiteado. O prazo para pedir a indenização é de três anos a partir da data do acidente. O próprio acidentado pode fazer o pedido e o procedimento é gratuito. Basta apenas apresentar os documentos exigidos pela Seguradora Líder-DPVAT e esperar 30 dias para receber o pagamento, caso não haja nenhuma pendência processual. No Estado do Ceará, os processos DPVAT podem ser abertos em diversos pontos autorizados. Dentre eles, Empresas Corretoras parceiras, SINCOR/CE e os Correios.

10 10 Maio 2014 Como faço para saber tudo sobre o pedido do Seguro DPV AT? Ligue para o SAC SAC DPVAT DPVAT no ou no site O que posso esperar do Seguro DPVAT? Onde posso pedir o Seguro DPVAT? Veja no site, ou ligue para o SAC, para saber o ponto mais perto de você. Vá até lá e cuide você mesmo do seu pedido! O atendimento é GRA TUITO! O atendimento é GRATUITO! O Seguro DPVAT paga indenizações por danos pessoais causados a pessoas que sofreram acidentes de trânsito. Despesas Médicas poderão ser reembolsadas até R$ 2.700,00 Em caso de Invalidez Permanente, a indenização pode chegar até R$ ,00 Em caso de Morte do cônjuge, companheiro ou parente, a indenização é de R$ ,00 partilhada entre os herdeiros legais. Que documentos preciso ter para fazer o meu pedido? Para qualquer tipo de pedido, você vai precisar de: 1. Registro Policial da Ocorrência (B.O. ou R.O.) - Original ou cópia autenticada 2. CPF e Documento de Identificação da vítima ou beneficiário - Cópia simples 3. Comprovante de Residência da vítima ou do beneficiário do pedido - Cópia simples 4. Ficha de Autorização de Pagamento - Grátis no site e nos pontos de atendimento Além desses documentos, para pedidos de indenização por invalidez permanente e reembolsos de despesas médicas é preciso ter também: Boletim de Atendimento Hospitalar ou Ambulatorial - cópia simples. Relatório Médico indicando as lesões sofridas e o tratamento realizado, emitido em formulário do próprio hospital ou ambulatório - cópia simples. Laudo do IML do local do acidente, ou da residência da vítima - original ou cópia autenticada do laudo apenas para os casos de Invalidez Permanente; ou Declaração de Ausência de Laudo do IML - modelo da declaração GRÁTIS no site do DPVAT ou nos pontos de atendimento. Comprovantes originais das despesas Médico-Hospitalares pagas - Somente para pedidos de reembolso. Notas Fiscais originais dos medicamentos comprados e cópia simples dos respectivos receituários médicos. A elaboração e divulgação desse cartaz decorrem da celebração do TCAC vinculado ao Inquérito Civil Público nº / PRM-Piracicaba, Ministério Público Federal. Em caso de denúncias ou reclamações Para pedidos de indenização por morte, você precisará apresentar: Os documentos mencionados nos itens de 1 a 4. Certidão de Óbito da Vítima. Declaração de Únicos Herdeiros - GRÁTIS no site do DPVAT, ou nos pontos de atendimento autorizados. Comprovante de que é beneficiário da vítima (cônjuge, ou companheiro e herdeiros legais) - veja no site do DPVAT, ligue GRÁTIS para o SAC DPVAT ou informe-se em um dos pontos de atendimento. ATENÇÃO: PROCEDIMENTO, FORMULÁRIOS, LAUDOS E RELATÓRIOS MÉDICOS NECESSÁRIOS PARA RECEBER O DPVAT SÃO GRATUITOS. PEÇA AO MÉDICO E/OU AO HOSPITAL, QUE ATENDEU APÓS O ACIDENTE, TODA A DOCUMENTAÇÃO DE SEU TREINAMENTO. VOCÊ MESMO PODE DAR ENTRADA SEM INTERMÉDIÁRIOS. OUVIDORIA DPVAT OU DISQUE SUSEP

11 Maio Almoço de Negócios do Clube da Bolinha do Ceará 10º Ciclo de palestras para corretores Prezados(as) Senhores(as), Almoço de negócios do mês de maio do Clube da Bolinha do Ceará ocorreu no último dia 08 no Restaurante Dallas, contando com a Opresença e participação de mais 100 sócios. O palestrante do dia foi Dr. Rommel Kerth Diretor das Delegacias Especializadas de Policia, que abordou as diversas ações desenvolvidas pela Secretaria de Segurança do Estado no combate à violência. O bate-papo foi extremamente positivo e bastante elogiado pelos sócios, que puderam ao término da apresentação realizar perguntas em diversas áreas de atuação da policia e que foram prontamente respondidas pelo palestrante. O encontro foi concluído com delicioso almoço e a costumeira interação dos sócios. Atenciosamente Clube da Bolinha do Ceará Diretoria A Susep informa a publicação dos seguintes normativos: Tipo: Carta Circular SUSEP/CGPRO Número: 1 Data da Publicação: 14/05/2014 Ementa: Seguro Garantia - endosso, prorrogação e renovação - Arts. 23 e 24 da Circular SUSEP nº 477/13. Link:http://www2.susep.gov.br/bibliotecaweb/docOriginal.aspx?tipo=1&c odigo=32929 O Sindicato dos Corretores de Seguros, Capitalização, Previdência Privada e de Empresas Corretoras de Seguros no Estado do Ceará Sincor-Ceará, com o apoio da Funenseg e Fenacor, irá promover durante o ano de 2014, 06(seis) palestras dentro do 10º Ciclo de Palestras para corretores de seguros, no período de abril a novembro do corrente ano. A exemplo das palestras realizadas no ano passado, o certame deverá, atrair a atenção dos interessados em torno de temas importantes para a categoria, todos previamente escolhidos, ouvindo a opinião dos corretores cearenses. Cada palestra, a cargo de autoridades do mercado e/ou professores do quadro da Funenseg, é destinada a 150 corretores devidamente inscritos, podendo também contar com a presença de dirigentes e funcionários de seguradoras parceiras atuantes no estado. Como no ano anterior, a presença de várias Companhias Seguradoras, reforçaram ainda mais a parceria existente entre corretores e seguradores, fortalecendo a nossa iniciativa de promover eventos em nível regional buscando sempre a melhoria da qualificação do corretor e a sua sintonia com o mercado e as instituições de seguros. Importante: 1. As palestras são realizadas sempre no SENAC da Av. Tristão Gonçalves, 1245 ou em um hotel de Fortaleza com auditório com total infra-estrutura; 2. No evento haverá coffee-break; 3. (podendo haver alterações de data/palestrante/tema); 4. Informações: Tel: (85) Inscrições gratuitas. Temas: 04 abril 'A arte de negociar' - Palestrante: Bernardo Wolak 09 maio 'Canais de distribuição aprendendo a enxergar novas oportunidades' - Palestrante: Bruno Kelly 01 agosto 'Plano de Marketing para Corretores satisfação e fidelização' - Palestrante: Maurício Tadeu 05 setembro 'Análise de carteira e venda cruzada' - Palestrante: Rodrigo Maia 03 outubro 'Desbravando novas possibilidades' - Palestrante: Andresa Pugliesi 07 novembro 'Gestão de Vendas e Gestão Empresarial para corretores' - Palestrante: Guilherme Contrucci Lísias Barbosa Diretor 0**(85) **(85) E contem sempre com o SINCOR/CE.

12 12 Maio 2014 Menos crimes e mais seguros com nova lei O deputado e presidente da Fenacor, publicação. Para o deputado, o a violência e drasticamente o número do mosquito da dengue, por exemplo. Armando Vergilio (SD-GO), disse que número de roubo de carro vai cair de carros roubados. Cerca de 470 mil Isso vai ser corrigido. As peças que a Lei do Desmonte, que regulariza a cerca de 50% nos primeiros anos de veículos são roubados por ano no puderem ser reaproveitadas serão atividade de desmontagem de veículos vigência da lei. Brasil para abastecer o mercado certificadas e recolocadas no e permite a reposição de peças Ainda segundo Vergilio, hoje milhares marginal e criminoso do desmanche mercado, com um custo muito menor. recicladas com selo de qualidade, de veículos com mais de quatro ou d a v e n d a d e p e ç a s u s a d a s. Logo, ocorrerá a formalização de um beneficia vários setores do país. Com a cinco anos de uso não contratam Obviamente, na esteira desse roubo, mercado, gerando novos empregos, lei, a expectativa é de que os seguros p r o t e ç ã o s e c u r i t á r i a p o r q u e vem a ação criminosa e violenta, que arrecadando impostos. Já as peças que de veículos fiquem mais baratos. financeiramente é inviável. Ele tem vitimado centenas de milhares de não puderem ser reaproveitadas, tanto Para o setor de seguros é uma lei explica que, pelo regulamento atual, pessoas. Além disso, a lei vai melhorar pela questão de segurança, quanto por extremamente importante, já que a as peças de reposição devem ser novas muito a segurança no trânsito. Hoje serem inadequadas, como peças de redução do número de roubo de e isso deixa o preço do seguro alto. várias peças oriundas desse mercado suspensão e de freio, deverão ser, veículos vai trazer a redução no custo Com a lei, isso não vai mais ocorrer clandestino não poderiam estar sendo obrigatoriamente, encaminhadas para do seguro de automóvel novo, e vai porque o custo de reposição vai ser usadas e ocasionam vários acidentes, reciclagem. permitir a criação do seguro de m u i t o m a i s b a i x o e, justamente por causa da utilização automóvel popular. Com a utilização consequentemente, vai se criar um inadequada. de peças certificadas tanto de mercado novo. Nós acreditamos que Sobre os benefícios ambientais, procedência, quanto de qualidade e cerca de 20 milhões de veículos vão Vergilio ressalta a questão do s e g u r a n ç a, v a i s e r e d u z i r poder ter acesso à proteção porque vai subproduto do desmonte, como sensivelmente o custo de reprodução se tornar viável. fluídos de freio, peças que não são dos veículos avaliados. O deputado também aponta melhorias reutilizadas, borrachas em geral; que A sanção da Lei nº foi no setor de segurança pública e de são descartados incorretamente. publicada no Diário Oficial da União, trânsito, como consequência da nova A própria carcaça do veículo roubado nesta quarta-feira, 21 de maio, e lei. é descartada no meio ambiente, de entrará em vigor um ano após a O objetivo é diminuir sensivelmente forma aleatória, servindo de criadouro Fonte: CQCS SEGURO PARA FUSÕES E AQUISIÇÕES COBRE RISCOS PARA OPERAÇÕES ATÉ US$ 1 BILHÃO Seguro se compromete a cobrir pode ser contratado por empresas em financeiras da AIG, afirma a têm algum mecanismo para que a eventuais prejuízos do comprador se processo de fusão, aquisição ou seguradora. parte compradora se sinta segura. algo inesperado ocorrer reestruturação com transações entre Mary Duffy, vice-presidente global de Segundo a AIG, o mais comum é a US$ 20 milhões e US$ 1 bilhão, seguros de fusões e aquisições utilização das Escrow Accounts que, cobrindo as declarações e garantias (M&A), afirma haverá custos em além de fazer com que a parte As operações de fusões & aquisições vendedora deixe parte do capital se mantiveram aquecidas em De que a parte vendedora oferece para a qualquer que seja a opção de proteção bloqueado por um longo período, traz acordo com estudo da PWC, no ano parte compradora. escolhida para as declarações e ainda a necessidade de concordância passado o Brasil assistiu a 811 De acordo com a AIG, empresa de garantias do contrato de compra e das duas partes, compradora e transações e atingiu crescimento de seguros gerais, patrimoniais e de venda. Contudo, a contratação do vendedora, para a liberação de 5,2%. Um seguro específico para este responsabilidade civil, essa seguro pode resultar em uma valores, caso imprevistos aconteçam modalidade de seguro já é conhecida tipo de operação se compromete a engenharia financeira mais favorável depois da transação. O seguro também em grande escala nos Estados Unidos cobrir eventuais prejuízos do a todos os envolvidos, sem oferece flexibilidade para realizar e na Europa, mas ainda não estava comprador se algo inesperado ocorrer necessariamente incluir uma nova declarações e garantias específicas disponível no Brasil. A partir deste em determinado período após o saída de caixa. que integrarão a proteção do seguro. cenário, a AIG adaptou a solução ao fechamento da transação. O seguro País, por meio dos produtos de linhas Essas declarações e garantias sempre Fonte: Info Money JORNAL DO SINCORCE Brasil! Queremos educação, saúde, transporte, segurança e infraestrutura. Nós fazemos o Congresso Nacional! FEDERAÇÃO NACIONAL DOS CORRETORES DE SEGUROS PRIVADOS, DE CAPITALIZAÇÃO, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA E DAS EMPRESAS CORRETORAS DE SEGUROS SINCOR - CE

WEBINAR SEGURO DPVAT O SEGURO DO TRÂNSITO. Palestrante Vera Cataldo

WEBINAR SEGURO DPVAT O SEGURO DO TRÂNSITO. Palestrante Vera Cataldo 1 WEBINAR SEGURO DPVAT O SEGURO DO TRÂNSITO Palestrante Vera Cataldo Seguro DPVAT Seguro Obrigatório de Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Via Terrestre ou por sua carga, a pessoas transportadas

Leia mais

Cavalo de Troia no seu quintal?

Cavalo de Troia no seu quintal? Nº 212 - SETEMBRO DE 2014 Cavalo de Troia no seu quintal? Fabio Luchetti Presidente da Porto Seguro Tenho falado bastante sobre sites de informações e, principalmente, nos procura pelo melhor preço não

Leia mais

CIRCULAR SUSEP N o 451, de 17 de outubro de 2012 ANEXO

CIRCULAR SUSEP N o 451, de 17 de outubro de 2012 ANEXO Fl. 2 da CIRCULAR SUSEP N o 451, de 17 de outubro de 2012. CIRCULAR SUSEP N o 451, de 17 de outubro de 2012 ANEXO INSTRUÇÕES COMPLEMENTARES PARA A OPERAÇÃO DO SEGURO OBRIGATÓRIO DE DANOS PESSOAIS CAUSADOS

Leia mais

Todo início de ano é a mesma coisa: fazemos a

Todo início de ano é a mesma coisa: fazemos a Entre nós www.marinhodespachantes.com Novas oportunidades! de todos nossos clientes, parceiros, amigos e colaboradores em 2012 e renovar nosso contrato de amizade para 2013 Elza Aguiar Presidente Todo

Leia mais

Nº DO SINISTRO CAMPO PREENCHIDO PELA SEGURADORA

Nº DO SINISTRO CAMPO PREENCHIDO PELA SEGURADORA AUTORIZAÇÃO DE PAGAMENTO DE INDENIZAÇÃO DO SEGURO DPVAT Nº DO SINISTRO CAMPO PREENCHIDO PELA SEGURADORA Este formulário deve ser preenchido exclusivamente com dados do beneficiário da indenização do Seguro

Leia mais

Fusões & Aquisições AIG. Representations & Warranties

Fusões & Aquisições AIG. Representations & Warranties Fusões & Aquisições AIG Representations & Warranties Fusões e aquisições são estratégias corporativas que visam a melhoria de desempenho e a vantagem competitiva. Uma transação é considerada bem-sucedida

Leia mais

Fiec entra na Justiça contra norma fiscal sobre importados

Fiec entra na Justiça contra norma fiscal sobre importados Fonte: Dr. Richard Dotoli (sócio do setor tributário na SCA Rio de Janeiro) MEDIDA DO CONFAZ Fiec entra na Justiça contra norma fiscal sobre importados 01.05.2013 A ação requer que indústrias importadoras

Leia mais

MANUAL DE SINISTROS PARA SEGURADOS RSA SEGUROS AUTO FROTAS

MANUAL DE SINISTROS PARA SEGURADOS RSA SEGUROS AUTO FROTAS MANUAL DE SINISTROS PARA SEGURADOS RSA SEGUROS AUTO FROTAS 1 Prezados (as), A RSA Seguros se preocupa com a tranquilidade de seus clientes e quer contribuir para que seus negócios se mantenham em movimento.

Leia mais

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO PROJETO DE LEI Nº 4.976, DE 2013 III - PARECER DA COMISSÃO

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO PROJETO DE LEI Nº 4.976, DE 2013 III - PARECER DA COMISSÃO Página 1 de 7 CÂMARA DOS DEPUTADOS COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO PROJETO DE LEI Nº 4.976, DE 2013 III - PARECER DA COMISSÃO A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço

Leia mais

PROCEDIMENTOS E DOCUMENTAÇÃO EM CASO DE SINISTRO. b) Providenciar especificação detalhada de todos os prejuízos sofridos, além da comprovação

PROCEDIMENTOS E DOCUMENTAÇÃO EM CASO DE SINISTRO. b) Providenciar especificação detalhada de todos os prejuízos sofridos, além da comprovação PROCEDIMENTOS E DOCUMENTAÇÃO EM CASO DE SINISTRO 1. PROCEDIMENTO DO SEGURADO 1.1. SINISTRO DE INCÊNDIO E EXPLOSÃO Em caso de Incêndio e/ou Explosão, o Segurado deve atentar para as seguintes orientações:

Leia mais

A representação institucional do mercado segurador

A representação institucional do mercado segurador A representação institucional do mercado segurador A Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização CNseg é a entidade de representação

Leia mais

Presidência da República Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI N o 4.594, DE 29 DE DEZEMBRO DE 1964. Regula a profissão de corretor de seguros. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, faço saber que o CONGRESSO NACIONAL

Leia mais

SINDICATO DOS CORRETORES DE SEGUROS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

SINDICATO DOS CORRETORES DE SEGUROS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SINDICATO DOS CORRETORES DE SEGUROS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Diretoria PRESIDENTE Ricardo Pansera - Canoas VICE PRESIDENTES Celso Marini Passo Fundo Roseli de Castro Viamão Sérgio Petzhold Porto

Leia mais

Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania

Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania PROJETO DE LEI N o 6.332, DE 2005 Dá nova redação aos arts. 20 e 123 do Decreto-Lei nº 73, de 21 de novembro de 1966, que dispõe sobre o Sistema Nacional

Leia mais

LEI N o 4.594, DE 29 DE DEZEMBRO DE 1964.

LEI N o 4.594, DE 29 DE DEZEMBRO DE 1964. LEI N o 4.594, DE 29 DE DEZEMBRO DE 1964. Regula a profissão de corretor de seguros. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, faço saber que o CONGRESSO NACIONAL decreta e eu sanciono a seguinte Lei: CAPíTULO I Do Corretor

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O CLUBE CORREIO DO POVO DE VANTAGENS SEGURO DE VIDA

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O CLUBE CORREIO DO POVO DE VANTAGENS SEGURO DE VIDA FAQ Atualizado em 16/10/2014-1 PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O CLUBE CORREIO DO POVO DE VANTAGENS O que é o Clube Correio do Povo de Vantagens? O Correio do Povo volta a proporcionar aos seus assinantes,

Leia mais

CARTILHA SOBRE COMBATE E PREVENÇÃO À FRAUDE

CARTILHA SOBRE COMBATE E PREVENÇÃO À FRAUDE CARTILHA SOBRE COMBATE E PREVENÇÃO À FRAUDE Setembro/2015 MITSUI SUMITOMO SEGUROS Parte integrante do MS&AD Insurance Group, o maior grupo segurador do Japão e um dos maiores do mundo, a Mitsui Sumitomo

Leia mais

CARTILHA DPVAT. Todo proprietário de veículo é obrigado a pagar anualmente o seguro obrigatório, sob pena de não licenciar o veículo junto ao DETRAN.

CARTILHA DPVAT. Todo proprietário de veículo é obrigado a pagar anualmente o seguro obrigatório, sob pena de não licenciar o veículo junto ao DETRAN. CARTILHA DPVAT - Apresentação Esta cartilha nasceu da constatação dos Promotores de Justiça, que atuam nas Varas de Delitos de Trânsito e nos Juizados Especiais Criminais, de que grande parte das vítimas

Leia mais

PROCEDIMENTOS DO SEGURADO EM CASO DE SINISTRO

PROCEDIMENTOS DO SEGURADO EM CASO DE SINISTRO PROCEDIMENTOS DO SEGURADO EM CASO DE SINISTRO 46 1. COLISÃO DO VEÍCULO SEGURADO Em caso de colisão, o Segurado deve atentar para as seguintes orientações: REGISTRO DE OCORRÊNCIA POLICIAL Para sua segurança

Leia mais

SUPERSIMPLES ABRE NOVOS HORIZONTES PARA O CORRETOR DE IMÓVEIS

SUPERSIMPLES ABRE NOVOS HORIZONTES PARA O CORRETOR DE IMÓVEIS 1 Lei Complementar nº 147/2014 SUPERSIMPLES ABRE NOVOS HORIZONTES PARA O CORRETOR DE IMÓVEIS Redução drástica dos impostos e burocracia com inclusão no CNPJ 3 APRESENTAÇÃO Simples é uma lei viva, ela

Leia mais

LEI 4594 de 1964 - Seguros - Regulamentação da Profissão de Corretor

LEI 4594 de 1964 - Seguros - Regulamentação da Profissão de Corretor LEI 4594 de 1964 - Seguros - Regulamentação da Profissão de Corretor LEI Nº 4.594, DE 29 DEZEMBRO DE 1964 (DOU 05.01.1965) Regula a Profissão de Corretor de Seguros. Nota: Ver Resolução SUSEP nº 81, de

Leia mais

Sinistro Seguros de Vida e Acidentes Pessoais. O que fazer?

Sinistro Seguros de Vida e Acidentes Pessoais. O que fazer? Sinistro Seguros de Vida e Acidentes Pessoais. O que fazer? A fim de auxiliá-lo na prestação de serviços a seus clientes (segurados/beneficiários), a Unibanco Seguros & Previdência preparou este guia para

Leia mais

Para análise do processo, favor proceder conforme as instruções a seguir:

Para análise do processo, favor proceder conforme as instruções a seguir: São Paulo, de de 20. Ref.: Solicitação de Documentos Para análise do processo, favor proceder conforme as instruções a seguir: Aviso de Sinistro: devidamente preenchido e assinado. Formulário de Declaração

Leia mais

Apresentação... 03. O que é lavagem de dinheiro.. 04. Etapas da lavagem de dinheiro.. 04. Regulamentação 06. Penalidades 07

Apresentação... 03. O que é lavagem de dinheiro.. 04. Etapas da lavagem de dinheiro.. 04. Regulamentação 06. Penalidades 07 1 de 16 ÍNDICE Apresentação... 03 O que é lavagem de dinheiro.. 04 Etapas da lavagem de dinheiro.. 04 Regulamentação 06 Penalidades 07 Operações suspeitas dos crimes de lavagem de dinheiro. 07 Outras operações

Leia mais

PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº 31, DE 2004. RELATÓRIO PRÉVIO (reformulado)

PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº 31, DE 2004. RELATÓRIO PRÉVIO (reformulado) PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº 31, DE 2004. RELATÓRIO PRÉVIO (reformulado) Propõe que a Comissão de Finanças e Tributação realize ato de fiscalização e controle, por meio de órgão competente, acerca

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 5.554, DE 2009 (Do Sr. Capitão Assumção)

PROJETO DE LEI N.º 5.554, DE 2009 (Do Sr. Capitão Assumção) CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 5.554, DE 2009 (Do Sr. Capitão Assumção) Dispõe sobre a profissão do profissional de coaching (coach), e dá outras providências. DESPACHO: ÀS COMISSÕES DE: TRABALHO,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI N o 8.662, DE 7 DE JUNHO DE 1993. (Mensagem de veto). Dispõe sobre a profissão de Assistente Social e dá outras providências O

Leia mais

Designação Profissional CERSIM Corretor Especialista da Rede Secovi de Imóveis REGULAMENTO

Designação Profissional CERSIM Corretor Especialista da Rede Secovi de Imóveis REGULAMENTO Designação Profissional CERSIM Corretor Especialista da Rede Secovi de Imóveis REGULAMENTO As Diretorias do SECOVI SP (Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais

Leia mais

Horário Atividades Descrição Informações Importantes Visitação dos participantes ao Complexo Portuário de SUAPE e Abertura Oficial do CONSEG

Horário Atividades Descrição Informações Importantes Visitação dos participantes ao Complexo Portuário de SUAPE e Abertura Oficial do CONSEG C o n g r e s s o d e S e g u r o s Horário Atividades Descrição Informações Importantes 13h às 22h Visitação dos participantes ao Complexo Portuário de SUAPE e Abertura Oficial do CONSEG Ônibus sairá

Leia mais

EDITAL Nº 21/2011 CHAMAMENTO PARA INSCRIÇÃO CURSO SOBRE TRANSPORTE ESCOLAR

EDITAL Nº 21/2011 CHAMAMENTO PARA INSCRIÇÃO CURSO SOBRE TRANSPORTE ESCOLAR EDITAL Nº 21/2011 CHAMAMENTO PARA INSCRIÇÃO CURSO SOBRE TRANSPORTE ESCOLAR 1. OBJETIVO DO CURSO Analisar os aspectos que devem ser contemplados no regulamento municipal do transporte escolar, através de

Leia mais

A Susep no rumo certo. (Página 03) DIRETORIA DO SINCOR/CE SE REÚNE COM SECRETÁRIO MUNICIPAL DE FINANÇAS DE FORTALEZA /CE.

A Susep no rumo certo. (Página 03) DIRETORIA DO SINCOR/CE SE REÚNE COM SECRETÁRIO MUNICIPAL DE FINANÇAS DE FORTALEZA /CE. Nº 211 - AGOSTO DE 2014 PALESTRA: ANÁLISE DE CARTEIRA E VENDA CRUZADA Na sexta-feira do dia 05 de Alto Impacto, graduado em setembro, o SINCOR/CE teve a grata Comunicação e pós-graduado em felicidade de

Leia mais

Relato de Casos: Comissão Técnica Riscos Pessoais

Relato de Casos: Comissão Técnica Riscos Pessoais Relato de Casos: Comissão Técnica Riscos Pessoais Convidado para Diretor Sem Fronteiras Dr. Lodi Maurino Sodré Comissão indicou para os Grupos de Trabalhos e demais Comissões. A questão está na aplicação

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 2640, DE 2007

PROJETO DE LEI Nº 2640, DE 2007 COMISSÃO DE VIAÇÃO E TRANSPORTES PROJETO DE LEI Nº 2640, DE 2007 Dispõe sobre a comercialização de seguro facultativo complementar de viagem no âmbito dos serviços de transporte rodoviário interestadual

Leia mais

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA VENDA DE SEGUROS EM ORGANIZAÇÕES VAREJISTAS

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA VENDA DE SEGUROS EM ORGANIZAÇÕES VAREJISTAS MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA VENDA DE SEGUROS EM ORGANIZAÇÕES VAREJISTAS 18/03/2014 Manual de Boas Práticas para Venda de Seguro em Organizações Varejistas 1. Introdução A estabilização da economia nacional,

Leia mais

LEI Nº 4.594, DE 29 DE SETEMBRO DE 1.964

LEI Nº 4.594, DE 29 DE SETEMBRO DE 1.964 Regula a profissão de Corretor de Seguros. CAPÍTULO I Do Corretor de Seguros e da sua Habilitação Profissional Art. 1º O corretor de seguros, seja pessoa física ou jurídica, é o intermediário legalmente

Leia mais

CIRCULAR SUSEP N o 327, de 29 de maio de 2006.

CIRCULAR SUSEP N o 327, de 29 de maio de 2006. MINISTÉRIO DA FAZENDA Superintendência de Seguros Privados CIRCULAR SUSEP N o 327, de 29 de maio de 2006. Dispõe sobre os controles internos específicos para o tratamento de situações relacionadas à prática

Leia mais

SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS

SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS Marco Antonio Rossi Presidente da Fenaprevi Presidente da Bradesco Seguros Agenda Mercado Segurador Nacional Os direitos dos Segurados e Participantes Legislação O Brasil

Leia mais

Comunicação de Sinistro para Planos de Previdência com Coberturas Acessórias. Evento Morte Natural ou Morte Acidental

Comunicação de Sinistro para Planos de Previdência com Coberturas Acessórias. Evento Morte Natural ou Morte Acidental Planos de Previdência Itaú - Proteção Familiar Comunicação de Sinistro para Planos de Previdência com Coberturas Acessórias Evento Morte Natural ou Morte Acidental O Itaú está a sua disposição e sabe a

Leia mais

ESECS-PJ. Estudo Socioeconômico das

ESECS-PJ. Estudo Socioeconômico das ESECS-PJ Estudo Socioeconômico das Empresas Corretoras de Seguros A G O S T O / 2 0 1 3 O Estudo Socioeconômico das Empresas Corretoras de Seguros Pessoa Jurídica (ESECS-PJ) é fruto de um trabalho de

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP N.º 510, DE 22 DE JANEIRO DE 2015.

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP N.º 510, DE 22 DE JANEIRO DE 2015. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP N.º 510, DE 22 DE JANEIRO DE 2015. Dispõe sobre o registro de corretor de seguros, de capitalização e de previdência, pessoa física e pessoa jurídica,

Leia mais

Treinamento de Prevenção a Fraudes

Treinamento de Prevenção a Fraudes Treinamento de Prevenção a Fraudes 1. Introdução Esse treinamento visa orientar os colaboradores, parceiros, fornecedores, terceiros e pessoas com as quais mantém relacionamento comercial com a PAN Seguros,

Leia mais

PORTARIA Nº 60, DE 25 DE JANEIRO DE 2010

PORTARIA Nº 60, DE 25 DE JANEIRO DE 2010 PORTARIA Nº 60, DE 25 DE JANEIRO DE 2010 Estabelece orientações e procedimentos a serem adotados na celebração de Contratos, Termos de Cooperação, Acordos de Cooperação Técnica e outros instrumentos congêneres,

Leia mais

ARM Sul Americana Unibrás Corretora de Seguros. Proposta de Seguro de Excursão

ARM Sul Americana Unibrás Corretora de Seguros. Proposta de Seguro de Excursão ARM Sul Americana Unibrás Corretora de Seguros Proposta de Seguro de Excursão Brasília, 01 de fevereiro de 2011 Proposta de Seguro de Excursão Seguradora: MAPFRE Seguros 1. Descrição Este seguro é um produto

Leia mais

O surgimento de associações de agricultores ocorre em função de três movimentos sociais importante:

O surgimento de associações de agricultores ocorre em função de três movimentos sociais importante: 1. ASSOCIATIVISMO 1.1. Introdução As formas associativas de trabalho no campo já eram encontradas há muito tempo atrás entre os primitivos povos indígenas da América. As grandes culturas précolombianas

Leia mais

Regulatory Practice Insurance News

Regulatory Practice Insurance News INSURANCE Regulatory Practice Insurance News FINANCIAL SERVICES Junho 2008 SUSEP Questionário Trimestral Carta-Circular DECON 05, de 09.06.2008 - Demonstrações contábeis e questionário trimestral A presente

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR

AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR RESOLUÇÃO NORMATIVA-RN No- 117, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2005 Dispõe sobre a identificação de clientes, manutenção de registros e prevê relação de operações

Leia mais

Saiba mais sobre o Seguro Escoteiro

Saiba mais sobre o Seguro Escoteiro Definição do Seguro: Este seguro garante ao Beneficiário, o pagamento do capital segurado ou reembolso das despesas médicas, hospitalares e/ou odontológicas, exceto se o evento caracterizar-se como um

Leia mais

sicomerciotr.com.br 1

sicomerciotr.com.br 1 1 2 3 Amigo empresário, Estamos chegando ao final do prazo para a implantação do imposto detalhado no cupom e na nota fiscal entregues ao consumidor. Além de cumprir a legislação, essa medida vai tornar

Leia mais

Mensagem do Diretor. Conte conosco! Jabson Magalhães da Silva

Mensagem do Diretor. Conte conosco! Jabson Magalhães da Silva Mensagem do Diretor A Adventist Risk Management Sul-Americana é uma parceira da Divisão Sul-Americana referente à administração de riscos. Nosso trabalho é identificar e eliminar riscos que possam impedir

Leia mais

Ministro apresenta programa Bem Mais Simples Brasil para deputados de comissão que discute novo Código Comercial

Ministro apresenta programa Bem Mais Simples Brasil para deputados de comissão que discute novo Código Comercial Ministro apresenta programa Bem Mais Simples Brasil para deputados de comissão que discute novo Código Comercial O ministro da Secretaria da Micro e Pequena Empresa (SMPE), Guilherme Afif Domingos, apresentou

Leia mais

TEXTO INTEGRAL DA INSTRUÇÃO CVM N o 497, DE 3 DE JUNHO DE 2011, COM AS ALTERAÇÕES INTRODUZIDAS PELA INSTRUÇÃO CVM Nº 515/11.

TEXTO INTEGRAL DA INSTRUÇÃO CVM N o 497, DE 3 DE JUNHO DE 2011, COM AS ALTERAÇÕES INTRODUZIDAS PELA INSTRUÇÃO CVM Nº 515/11. TEXTO INTEGRAL DA INSTRUÇÃO CVM N o 497, DE 3 DE JUNHO DE 2011, COM AS ALTERAÇÕES INTRODUZIDAS PELA INSTRUÇÃO CVM Nº 515/11. Dispõe sobre a atividade de agente autônomo de investimento. A PRESIDENTE DA

Leia mais

Quinta-feira, 26 de março de 2015

Quinta-feira, 26 de março de 2015 Quinta-feira, 26 de março de 2015 TRT-CE e Ministério Público realizam ação contra o trabalho infantil O Tribunal Regional do Trabalho do Ceará, em parceria com o Ministério Público do Trabalho e diversas

Leia mais

GUIA RESUMIDO DE SEGUROS E ASSISTÊNCIAS DE VIAGENS.

GUIA RESUMIDO DE SEGUROS E ASSISTÊNCIAS DE VIAGENS. SETEMBRO 2013 GUIA RESUMIDO DE SEGUROS E ASSISTÊNCIAS DE VIAGENS. *As informações contidas neste guia são válidas exclusivamente para cartões MasterCard Black e Visa Infinite. SERVIÇO DE CONCIERGE Você

Leia mais

Seguro viagem Kit de sinistro relação de documentos para aviso

Seguro viagem Kit de sinistro relação de documentos para aviso Seguro viagem Kit de sinistro relação de documentos para aviso Para o Aviso de Sinistro, o beneficiário do segurado, ou o próprio segurado, deverá apresentar os seguintes documentos básicos, além dos documentos

Leia mais

Circular 429/2012 - Revogada CIRCULAR 510/2015 IMPACTOS

Circular 429/2012 - Revogada CIRCULAR 510/2015 IMPACTOS Circular 429/2012 - Revogada CIRCULAR 510/2015 IMPACTOS Art. 1o O registro e as atividades de corretagem de seguros realizadas no país ficam subordinadas às disposições desta Circular. Parágrafo único.

Leia mais

Cumprir as leis, regulamentos, normas vigentes aplicáveis aos negócios da EMPRESA:

Cumprir as leis, regulamentos, normas vigentes aplicáveis aos negócios da EMPRESA: POLÍTICA DE PREVENÇÃO A LAVAGEM DE DINHEIRO Revisado em Abril de 2013 1. INTRODUÇÃO Na economia global de hoje, a Lavagem de Dinheiro é um problema cada vez mais complexo que provoca conseqüências econômicas,

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO DECRETA:

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO DECRETA: PROJETO DE LEI Nº. 243/2015 Dispõe sobre regulamentação do atendimento ao serviço de Transporte Individual de Passageiros, Táxi, em casos de solicitação por aplicativo (APP) ou internet, no Município de

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO PARAR 2015

REGULAMENTO DO PRÊMIO PARAR 2015 REGULAMENTO DO PRÊMIO PARAR 2015 1. INFORMAÇÕES PRELIMINARES: Lançado pelo Instituto PARAR, o Prêmio PARAR foi pioneiro no reconhecimento de empresas e gestores que, na administração de suas frotas, adotaram

Leia mais

Resultados do 3T08 PSSA3

Resultados do 3T08 PSSA3 Resultados do PSSA3 Porto Seguro Fundação Mudança de controle Líder Segmento Auto no Brasil Grupos Seguradores Funcionários diretos Sucursais e escritórios no Brasil Principais cidades 2 Estrutura Societária

Leia mais

RETROSPECTIVA CSP-MG presente e atuante

RETROSPECTIVA CSP-MG presente e atuante RETROSPECTIVA CSP-MG presente e atuante Eventos que o CSP-MG prestigiou em 2013: SINCOR-MG Dia Internacional da Mulher Fórum de debates Tauá SINDSEG MG/MO/MT/DF Posse nova Diretoria Palestras Evento de

Leia mais

4. É possível receber mais de uma indenização em decorrência de um mesmo acidente em coberturas diferentes?

4. É possível receber mais de uma indenização em decorrência de um mesmo acidente em coberturas diferentes? www.blabus.com.br DICAS Seguro DPEM. O que é DPEM? O seguro DPEM foi instituído pela Lei nº 8.74, de 0//9, que em seu artigo º alterou a alínea "l" do artigo 0 do Decreto lei nº 7, de //66. Tem por finalidade

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP N o 429, DE 15 DE FEVEREIRO DE 2012. Dispõe sobre o registro de corretor e de sociedade corretora de seguros, sobre a atividade de corretagem de seguros

Leia mais

SUL AMÉRICA SEGUROS DE VIDA E PREVIDÊNCIA S/A. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 9.000,00.

SUL AMÉRICA SEGUROS DE VIDA E PREVIDÊNCIA S/A. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 9.000,00. Recurso nº 1847 Processo SUSEP nº 15414.002869/2002-74 SUL AMÉRICA SEGUROS DE VIDA E PREVIDÊNCIA S/A. EMENTA: RECURSO ADMINISTRATIVO. Representação. Não atender à Carta SUSEP/DECON/GERES/DISEC/ nº 352/02.

Leia mais

Resultados do 4T08 e 2008 PSSA3

Resultados do 4T08 e 2008 PSSA3 Resultados do 4T08 e 2008 PSSA3 Questões Onde queremos chegar? Como vamos chegar? Onde estamos? Como estamos indo? 2 Mercado Segurador Brasileiro Expanção Geográfica: Oportunidade de Crescimento Queremos

Leia mais

A ABERTURA DO MERCADO BRASILEIRO DE RESSEGUROS

A ABERTURA DO MERCADO BRASILEIRO DE RESSEGUROS REVISTA JURÍDICA CONSULEX ONLINE Conjuntura Walter Douglas Stuber e Adriana Maria Gödel Stuber WALTER DOUGLAS STUBER é Advogado especializado em Direito Empresarial, Bancário e Mercado de Capitais e sócio-fundador

Leia mais

Manual de Boas Práticas para Venda de Seguro em Organizações Varejistas

Manual de Boas Práticas para Venda de Seguro em Organizações Varejistas Manual de Boas Práticas para Venda de Seguro em Organizações Varejistas 1. Introdução A estabilização da economia nacional, a facilidade de acesso ao crédito e as ações do governo para incentivar o consumo

Leia mais

Unimed Responsabilidade Civil Profissional para Consultório Individual

Unimed Responsabilidade Civil Profissional para Consultório Individual Matriz: Alameda Ministro Rocha Azevedo, 346 01410-901 - São Paulo - SP Atendimento Nacional: 0800 016 6633 Atendimento ao Deficiente Auditivo: 0800 770 3611 Unimed Responsabilidade Civil Profissional para

Leia mais

Mensagem do Diretor. Conte conosco! Jabson Magalhães da Silva

Mensagem do Diretor. Conte conosco! Jabson Magalhães da Silva Mensagem do Diretor A Adventist Risk Management Sul-Americana é uma parceira da Divisão Sul-Americana referente à administração de riscos. Nosso trabalho é identificar e eliminar riscos que possam impedir

Leia mais

SEGUROS, RESSEGUROS E PREVIDÊNCIA. Resoluções CNSP de fevereiro de 2013. 1. Resolução CNSP nº. 276, de 30 de janeiro de 2013

SEGUROS, RESSEGUROS E PREVIDÊNCIA. Resoluções CNSP de fevereiro de 2013. 1. Resolução CNSP nº. 276, de 30 de janeiro de 2013 SEGUROS, RESSEGUROS E PREVIDÊNCIA 08/03/2013 Resoluções CNSP de fevereiro de 2013 1. Resolução CNSP nº. 276, de 30 de janeiro de 2013 A Resolução CNSP nº. 276, publicada em 18 de fevereiro de 2013 no Diário

Leia mais

ACÓRDÃOS DA 153ª SESSÃO SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE: Multa no valor de R$ 32.115,68.

ACÓRDÃOS DA 153ª SESSÃO SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE: Multa no valor de R$ 32.115,68. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP Recurso nº 3258 Processo SUSEP nº 010-00195/00 ACÓRDÃOS DA 153ª

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. BASE LEGAL: 2º do art. 801 do Código Civil.

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. BASE LEGAL: 2º do art. 801 do Código Civil. Recurso nº 5656 Processo SUSEP nº 15414.004271/2007-24 FEDERAL DE SEGUROS S/A EMENTA: RECURSO ADMINISTRATIVO. Denúncia. Alterar unilateralmente apólice de seguro de vida em grupo. Recurso conhecido e PENALIDADE

Leia mais

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DO RIO GRANDE DO SUL DIRETORIA TÉCNICA DIVISÃO DE HABILITAÇÃO RACHA

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DO RIO GRANDE DO SUL DIRETORIA TÉCNICA DIVISÃO DE HABILITAÇÃO RACHA DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DO RIO GRANDE DO SUL DIRETORIA TÉCNICA DIVISÃO DE HABILITAÇÃO RACHA Uma atitude que pode custar vidas Racha, também chamado popularmente de pega, é uma forma de corrida

Leia mais

Projeto Seguro DPVAT

Projeto Seguro DPVAT SEGURO DPVAT Projeto Seguro DPVAT Contribuindo com a Responsabilidade Social, o Sincor-Go através das Unidades de Atendimento oferece a população goiana atendimento gratuito no processo do DPVAT, serviço

Leia mais

AGOSTo 2013 *AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE GUIA SÃO VÁLIDAS EXCLUSIVAMENTE PARA CARTÕES MASTERCARD BLACK E VISA INFINITE.

AGOSTo 2013 *AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE GUIA SÃO VÁLIDAS EXCLUSIVAMENTE PARA CARTÕES MASTERCARD BLACK E VISA INFINITE. AGOSTo 2013 G u i a r e s u m i d o d e s e g u r o s e a s s i s t ê n c i a s d e v i a g e n s. *AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE GUIA SÃO VÁLIDAS EXCLUSIVAMENTE PARA CARTÕES MASTERCARD BLACK E VISA INFINITE.

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP ACÓRDÃOS DA 99ª SESSÃO Recurso nº 1662 Processo SUSEP nº 15414.002046/2002-49

Leia mais

Decreto-Lei n.º 72-A/2003 de 14 de Abril

Decreto-Lei n.º 72-A/2003 de 14 de Abril Decreto-Lei n.º 72-A/2003 de 14 de Abril A Directiva n.º 2000/26/CE, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 16 de Maio, relativa à aproximação das legislações dos Estados membros respeitantes ao seguro

Leia mais

::PORTFOLIO PORTFOLIO

::PORTFOLIO PORTFOLIO PORTFOLIO ::PORTFOLIO :: A EMPRESA Cesar e Cesar Sociedade de Advogados, é um escritório de advocacia e de assessoria jurídica formado por uma equipe de profissionais com experiência nas áreas relacionadas

Leia mais

SCATOLINI ADVOGADOS. SCATOLINI Advogados

SCATOLINI ADVOGADOS. SCATOLINI Advogados ADVOGADOS Um escritório dinâmico, focado nas necessidades e anseios de seus clientes e que reúne profissionais especializados em ampla gama de assuntos jurídicos. Proporcionamos aos nossos clientes atendimento

Leia mais

Manual de Usuário. Seguro para Igrejas

Manual de Usuário. Seguro para Igrejas Manual de Usuário Seguro para Igrejas Seguro para Igrejas Mensagem do Diretor A Adventist Risk Management Sul-Americana é uma parceira da Divisão Sul-Americana referente à administração de riscos. Nosso

Leia mais

Para análise do processo, favor proceder conforme as instruções a seguir:

Para análise do processo, favor proceder conforme as instruções a seguir: São Paulo, de de 20. Ref.: Solicitação de Documentos Para análise do processo, favor proceder conforme as instruções a seguir: Aviso de Sinistro: devidamente preenchido e assinado. Formulário de Declaração

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO SINCOR/CE NO DESENVOLVIMENTO DA CATEGORIA É ESTAR SEMPRE AO LADO DO CORRETOR DE SEGUROS E DOS SEGURADOS

A IMPORTÂNCIA DO SINCOR/CE NO DESENVOLVIMENTO DA CATEGORIA É ESTAR SEMPRE AO LADO DO CORRETOR DE SEGUROS E DOS SEGURADOS Nº 222 - JULHO DE 2015 A IMPORTÂNCIA DO SINCOR/CE NO DESENVOLVIMENTO DA CATEGORIA É ESTAR SEMPRE AO LADO DO CORRETOR DE SEGUROS E DOS SEGURADOS SEGURADORA LÍDER E FÓRUM CLÓVIS BEVILÁQUA REALIZAM MULTIRÃO

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º, DE 2009 (Do Sr. Capitão Assumção)

PROJETO DE LEI N.º, DE 2009 (Do Sr. Capitão Assumção) PROJETO DE LEI N.º, DE 2009 (Do Sr. Capitão Assumção) Dispõe sobre a profissão de treinador de recursos humanos coaching e dá outras providências. O Congresso Nacional decreta: CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES INTRODUTÓRIAS

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DESENVOLVIDAS EXERCÍCIO DE 2014

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DESENVOLVIDAS EXERCÍCIO DE 2014 RELATÓRIO DE ATIVIDADES DESENVOLVIDAS EXERCÍCIO DE 2014 CORRETORES DE SEGUROS DO RIO GRANDE DO SUL PESSOA FÍSICA E JURÍDICA 4000 3792 3500 3000 2728 TOTAL TOTAL RGS - SINCOR-RS 2500 2000 1500 1000 500

Leia mais

Leia atentamente as condições antes de participar do leilão

Leia atentamente as condições antes de participar do leilão Leia atentamente as condições antes de participar do leilão LANCES ONLINE Todos os lances serão acolhidos como condicional e a venda será realizada a quem maior lance oferecer através da Internet ou Presencial,

Leia mais

Novas vantagens do Supersimples poderão ser aprovadas ainda este ano

Novas vantagens do Supersimples poderão ser aprovadas ainda este ano Novas vantagens do Supersimples poderão ser aprovadas ainda este ano Ainda durante este ano, o Congresso Nacional poderá aprovar novas vantagens para as micro e pequenas empresas optantes do Simples Nacional,

Leia mais

SUPERINTENDENTE DA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP

SUPERINTENDENTE DA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP SUPERINTENDENTE DA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP Circular nº 266 de 25.08.2004 Dispõe sobre instruções complementares para a operação do seguro obrigatório de danos pessoais causados por

Leia mais

SEGURO PRESTAMISTA. Condições Especiais Perda de Renda (DI e IFTA) Cartão de Crédito. Processo SUSEP Nº 15414. 004450/2009-23

SEGURO PRESTAMISTA. Condições Especiais Perda de Renda (DI e IFTA) Cartão de Crédito. Processo SUSEP Nº 15414. 004450/2009-23 SEGURO PRESTAMISTA Condições Especiais Perda de Renda (DI e IFTA) Cartão de Crédito Processo SUSEP Nº 15414. 004450/2009-23 COMPANHIA DE SEGUROS ALIANÇA DO BRASIL - CNPJ: 28.196.889/0001-43 Serviço de

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO DE MONITORES, INSTRUTORES E GUIAS DE ESCALADA DA AGUIPERJ

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO DE MONITORES, INSTRUTORES E GUIAS DE ESCALADA DA AGUIPERJ REGULAMENTO DO PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO DE MONITORES, INSTRUTORES E GUIAS DE ESCALADA DA AGUIPERJ CAPÍTULO I DO OBJETIVO Art. 1. Este Regulamento de Comportamento Ético tem por objetivo estabelecer normas

Leia mais

Responsabilidade Civil Engenheiros e Arquitetos E&O e D&O

Responsabilidade Civil Engenheiros e Arquitetos E&O e D&O Responsabilidade Civil Engenheiros e Arquitetos E&O e D&O AsBEA Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura Encontro Regional AsBEA 2010 Nada a perder, algo a ganhar... Algo a ganhar, pouco a

Leia mais

Engenheiro Agrônomo Ricardo Veiga Presidente em exercício do Confea

Engenheiro Agrônomo Ricardo Veiga Presidente em exercício do Confea Brasília, 17 de maio de 2008 Ano I, nº 16 Reta final para as eleições do Sistema Confea/Crea Faltam 18 dias para as eleições que indicarão os presidentes do Conselho Federal e dos 27 Conselhos Regionais

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS RESERVE CLUBCAR

CONDIÇÕES GERAIS RESERVE CLUBCAR Seja bem-vindo à Blue Service Assistance, a opção mais vantajosa em assistência e clube de vantagens. É uma enorme satisfação ter você como nosso associado. A Blue Service Assistance está cada vez mais

Leia mais

Resultados do 2T08 PSSA3

Resultados do 2T08 PSSA3 Resultados do PSSA3 Perspectivas Perspectivas para o para segundo 2008 semestre de 2008 A Aumento criação de de empregos 31,6% no formais número até de empregos junho foi o formais maior desde em relação

Leia mais

RECURSO ADMINISTRATIVO SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE: multa de R$ 16.057,84. BASE LEGAL: Art. 88 do Decreto-Lei nº 73/66.

RECURSO ADMINISTRATIVO SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE: multa de R$ 16.057,84. BASE LEGAL: Art. 88 do Decreto-Lei nº 73/66. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP ACÓRDÃOS DA 88ª SESSÃO Recurso nº 0754 Processo SUSEP nº 15414.005763/97-31

Leia mais

Gestão de Benefícios

Gestão de Benefícios Gestão de Benefícios 2EASY GESTÃO DE BENEFÍCIOS A 2Easy Benefícios é uma unidade de negócios da 2Easy Solutions, reconhecida pelo seu know how em Soluções para Gestão de Pessoas. A 2Easy Benefícios nasceu

Leia mais

Cartilha do ORÇAMENTO DOMÉSTICO. seja um

Cartilha do ORÇAMENTO DOMÉSTICO. seja um Cartilha do ORÇAMENTO DOMÉSTICO seja um A Boa Vista Serviços é uma empresa genuinamente brasileira, atualizada e inovadora, constituída para a operação do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito).

Leia mais

SEGUROS. Manual de Seguros. Banco Mercedes-Benz do Brasil S/A

SEGUROS. Manual de Seguros. Banco Mercedes-Benz do Brasil S/A SEGUROS Manual de Seguros Banco Mercedes-Benz do Brasil S/A 2013 SUMÁRIO 1. CONCEITOS... 3 1.1. Objeto do Seguro... 3 1.2. Tipos de Seguro... 3 1.3. Vigência... 3 2. COBERTURAS ADICIONAIS... 4 2.1. Responsabilidade

Leia mais

COMISSÃO DE VIAÇÃO E TRANSPORTES. PROJETO DE LEI N o 4.607, DE 2009 I - RELATÓRIO

COMISSÃO DE VIAÇÃO E TRANSPORTES. PROJETO DE LEI N o 4.607, DE 2009 I - RELATÓRIO COMISSÃO DE VIAÇÃO E TRANSPORTES PROJETO DE LEI N o 4.607, DE 2009 Altera dispositivos do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), aumentando a progressividade das penalidades nos casos em que o condutor de

Leia mais

PRÊMIO FUNARTE DE APOIO A ORQUESTRAS

PRÊMIO FUNARTE DE APOIO A ORQUESTRAS PRÊMIO FUNARTE DE APOIO A ORQUESTRAS O Presidente da Fundação Nacional de Arte FUNARTE,, no uso das atribuições que lhe confere o inciso V, artigo 14 do Estatuto aprovado pelo Decreto 5037 de 07/04/2004,

Leia mais