LEI DE CRIMES AMBIENTAIS -LCA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LEI DE CRIMES AMBIENTAIS -LCA"

Transcrição

1 LEI DE CRIMES AMBIENTAIS -LCA PARTE II

2 A Desconsideração da P.J É o enfoque dado à figura do sócio para a ineficácia ou a regulamentação de um ato condenável praticado em nome da sociedade, ignorando-lhe a existência como pessoa jurídica; (art. 50,/CC c/c art. 28 Lei 8.078/90); A aplicação da teoria é a de tornar ineficaz a ação de sócios que desvirtuam a pessoa jurídica da sociedade, usando-a para a prática de atos fraudulentos (art. 50/CC); Ocorre nos seguintes casos: (abuso intolerável praticado por pessoa jurídica da sociedade); (fraude à lei e ao contrato) ; (fraude contra credores ou à execução);

3 A Desconsideração da P.J Visa o ressarcimento do prejuízo praticado pela P.J (art. 50,/CC); O art. 4º/LCA: dispõe que não é instituto do Direito Penal, mas Responsabilidade Civil e Responsabilidade Administrativa; P.J: ACP = Indenização Pode transferir a P.F Responsabilidade Civil; Pode transferir a P.F Responsabilidade Administrativa; Multa = R$ ,00 Impossível transferir a P.F Responsabilidade Penal; Multa = R$ ,00??

4 Teoria da Pena nos Crimes Ambientais Art. 6º/LCA: Para imposição e gradação da penalidade, a autoridade competente observa : (art.6º c/c art. 23/LCA): Para o juiz aplicar a pena, cumpre 3 etapas: 1ª etapa: fixa a quantidade de pena (pelo critério trifásico) art. 68/CP (pena base; agravantes/atenuantes; causas de aumento/diminuição de pena); 2ª etapa: fixa o regime inicial de cumprimento de pena; 3ª etapa: verifica possibilidade de: I substituir a prisão por pena restritiva de direitos ou multa; II suspender a execução da pena (SURSIS) Lei ambiental, condenado pode ser P.F ou P.J; Juiz cumpre 3 etapas Juiz cumpre 1ª etapa

5 Aplicação da pena à P.F 1ª etapa: fixa a quantidade de pena; Apenas supletivamente I pena base: art. 6º, I; II; II/LCA (não aplica art. 59/CP); I = saúde pública; II = meio ambiente; III = situação econômica no caso de multa (art. 19/LCA); II agravantes/atenuantes (genéricas): (art. 14 e 15/LCA); CP: arrependimento antes recebimento denúncia = causa diminuição pena (art. 16/CP); CP: arrependimento após recebimento denúncia = só atenuante pena (art. 68/CP); LCA: arrependimento antes ou depois recebimento denúncia/queixa = é atenuante de pena (art. 14, II/LCA); III causas gerais aumento/diminuição de pena (LCA/CP);

6 Aplicação da pena à P.F 2ª etapa: fixa o regime inicial de cumprimento da pena (art. 79/LCA);?? Regime fechado Regime semiaberto Regime aberto LCA: não tem regras de regime inicial de cumprimento de penas (subsidiária ao CP); 3ª etapa: verificar a possibilidade de substituir prisão por restritivas de direitos ou multa; Verificar a possibilidade de aplicação do sursis ;

7 I Características: Penas Restritivas de Direito à P.F a) Autonomia / substitutividade (art. 7º/LCA); b) Conversibilidade em prisão (art. 79/LCA) Analogia aplica CP II Duração: penas restritivas de direito (art. 7º, Único/LCA); Regra: mesmo prazo da prisão substituta (art. 7º, Único/LCA); EXCEÇÂO: art. 10 pena interdição temporária: 3 anos crime culposo 5 anos crime doloso

8 Espécies de Penas Restritivas de Direito LCA I - prestação de serviços a comunidade (art. 9º) II interdição temporária (art. 10) III suspensão parcial /total atividades (art. 11) IV prestação pecuniária (art. 12): só vítima; Entidades Sociais; Tb pode substituir (prestação inominada) V recolhimento domiciliar (art. 13): LCA= é pena; CP= é medida cautelar diversa da prisão; CP I IDEM (art. 46, 2º) II IDEM (art. 47, I, II e III) III SEM CORRESPONDENTE IV IDEM (art. 45, 1º): vítima, seus dependentes, Entidades Sociais; pode substituir (prestação inominada serviços/material/matéria-prima (art. 45, 2º) V NÃO EXISTE o que existe é limitação de fim de semana (art. 48,);

9 Requisitos para a substituição art. 7º, I e II/LCA LCA CRIME CULPOSO: qualquer quantidade de pena (art. 7º, I) CRIME DOLOSO: pena inferior a 4 anos (art. 7º, II) Circunstâncias jurídicas favoráveis Não exige, porque crime é contra fauna/flora É cabível ao reincidente ou crime doloso ambiental CP CRIME CULPOSO: qualquer que seja a pena CRIME DOLOSO: igual ou inferior a 4 anos IDEM Crime sem violência/grave ameaça à pessoa (crime contra pessoa) Não reincidência em crime doloso

10 Multa na LCA (cálculo: art. 18/LCA) LCA (art. 18) CP (art. 49) Multa máxima, pode ser triplicada, tendo em vista o valor da vantagem obtida Multa máxima pode ser triplicada, tendo em vista situação econômica do infrator (art. 6º, 1º) LCA (art. 79) CP (art. 49) Aplica-se subsidiariamente a disposição do Código Penal, Código de Processo Penal; Multa Substitutiva Previsão não superior a 1 ano (art. 44, 2º) Porque não diz nada a respeito

11 Sursis na LCA (arts. 16 e 17/CP) Aplicam-se subsidiariamente as regras do CP sobre o SURSIS, com 2 diferenças: LCA CP (arts. 16 e 17) Cabível Sursis nas condenações até 3 anos Sursis Especial (no CP) Concedido ao condenado que reparou dano e possui a circunstância jurídica favorável; * Porque ao invés do condenado submeter limitação fim de semana e prestação à comunidade, fica sujeito condições mais favoráveis do art. 78, 2º/CP; Cabível Sursis nas condenações até 2 anos Sursis Especial (na LCA) 1ª reparação dano ambiental só pode ser comprovada por laudo de reparação de dano ambiental; 2ª condições condenado deve cumprir não são aquelas do art. 78, 2º/CP; são condições relacionadas à proteção meio ambiente, fixadas pelo juiz;

12 Avaliação pena para P.J Juiz só cumpre 1ª etapa (art.68/cp): a) Pena base; b) Agravante/atenuante; c) Causas de aumento/diminuição de pena Penas previstas para P.J (art. 21/LCA): Isolada/cumulativa/alternativamente: não tem regra para substituir pena de multa ou restritiva de direitos (não tem como alternar);

13 Avaliação pena para P.J 1ª Obs.: não tem como alternar a pena; 2ª Obs.: CP: a prestação de serviços à comunidade é espécie de pena restritiva de direitos; LCA: a prestação de serviços à comunidade não é espécie de pena restritiva de direito (pode aplicar cumulativamente); I - MULTA: aplica-se tudo que foi dito aplicada à P.F (art.18/lca);

14 II RESTRITIVAS DE DIREITOS: (art.22/lca); 1ª Obs.: são penas principais e não substitutiva de pena de prisão (porque não existe pena de prisão para P.J); 2ª Obs.: penas art. 22/LCA não tem os limites cominados na lei (não diz qual é prazo das penas); Exceção (art. 22/LCA): I não tem prazo; II não tem prazo III tem prazo (10 anos) Avaliação pena para P.J Art. 10 P.F Inconstitucional Art. 22, 3º P.J Quanto tempo? Art. 5º, XXXIX/CF Prevê a mesma pena

15 Avaliação pena para P.J LCA (art. 10) LCA (art. 22, 3º) Crime doloso: 5 anos Crime culposo: 3 anos Prevê o máximo de até 10 anos (Crime doloso/crime culposo) Art. 22, I e II ( Inconstitucional, não se aplica); Obs.: para aplica a pena, a solução é aplicar pena de prisão, com substituir por restritiva de direitos (ABSURDO para P.J); Juiz aplica as penas, usando menos limites da pena de prisão, cominadas no tipo penal; STF/STJ?? III prestação de serviços à comunidade (art. 23/LCA) Também não tem prazos previstos (inconstitucionais); Não tem amparo legal Se houver descumprimento, não há o que fazer!!!

16 P.F: art. 9º/LCA - P.J: art. 23/LCA ATENÇÃO: art. 43, IV/CP NÃO CONFUNDIR PENA: Liquidação Forçada (art. 24/LCA) significa PENA DE MORTE para P.J; A liquidação forçada só aplica à P.J que tem como atividade preponderante Prática de crime ambiental ; P.J com eventual prática não tem liquidação forçada; Liquidação forçada: acarreta extinção da P.J; FORMA aplicar L.F: Prestação de serviços 1ª corrente: pressupõe prática crime ambiental, só pode se aplicada em sentença penal condenatória em transitada em julgada; 2ª corrente: pode se aplicada na sentença penal condenatória ou ação L.F proposta no Civil pelo M.P;

17 Finalidade: constatar materialidade delitiva, fixar valor dano ambiental; LAUDO PERICIAL: Perícia Ambiental (art. 19/LCA) 1º: fixação valor da fiança (lei /11); 2º cálculo da multa (na sentença condenatória); P/ calcular: art. 6º, III situação econômica infrator c/c art. 19 prejuízo causado pelo crime; Art. 19, Único: pericia feita no Inquérito Civil ou Ação Civil, pode ser utilizada como prova emprestada no processo penal, com contraditório; M.P: Inquérito Civil (perícia) Ação Penal crime ambiental DIFERIDO

18 Sentença Penal Condenatória Ambiental Art. 20/LCA: aplicar sanção penal; Fixar valor mínimo de indenização-danos ambientais causados; *Fixar valor mínimo: sentença penal (é título líquido/certo/exigível); Destinatário: Ofendido (criação peixes/madeira)/ PP meio ambiente (parque ambiental); Art. 387, IV/CPP: todos processos/sentenças, Juiz pode fixar valor de indenização;

19 Transporte in utilibus : da sentença penal condenatória; Nas ações coletivas quando pedido é julgado procedente a coisa julgada, pode ser utilizada em ações individuais; Art. 103, 3º/CDC: é cabível também na sentença penal (art. 104, 4º/CDC); Pedido julgado AÇÃO COLETIVA: Empresa poluidora Sentença Penal Condenatória Ambiental Coisa Julgada Ação Individual Sentença Penal condenatória Executada P.F pode executar empresa qto prejuízos forçados liquidar contra empresa poluidora Improcedente M.P Pedido procedente Ações individuais prejudicadas pelo ato da empresa julgado

20 Confisco dos Instrumentos do crime ambiental CP (art. 91, II, a ) LCA (art. 25, 4º) permite confisco de instrumentos do crime, apenas se tais instrumentos são por si só ilícitos; (Ex. arma raspada) Permite confisco de qq instrumento de crime ambiental, seja instrumento lícito/ilícito; Obs. Jurisprudência entende que art. 25, 4º/LCA deve ser interpretado luz princípio proporcionalidade, ou seja, objetos lícitos só deve ocorrer, se este objetos são usados habitualmente nos crimes ambientais; Se for usado esporadicamente nos crimes ambientais, não deve ser confiscado;

21 MUITO OBRIGADO!!!...

Material de Apoio Prof. Fernando Tadeu Marques Apontamentos de Direito Penal. Da suspensão condicional da pena - Sursis (arts.

Material de Apoio Prof. Fernando Tadeu Marques Apontamentos de Direito Penal. Da suspensão condicional da pena - Sursis (arts. Da suspensão condicional da pena - Sursis (arts. 77 ao 82, CP) Conceito A suspensão condicional da pena, também conhecida por sursis, pode ser conceituada como a suspensão parcial da execução da pena privativa

Leia mais

S U R S I S SUSPENSÃO CONDICIONAL DA PENA

S U R S I S SUSPENSÃO CONDICIONAL DA PENA S U R S I S SUSPENSÃO CONDICIONAL DA PENA arts. 77 a 82 do CP e 156 e s. da LEP. Deriva do verbo surseoir (suspender). Quer dizer suspensão. Expressão já utilizada pelo CP/1940. Conceitos: É o ato pelo

Leia mais

PROCESSO PENAL 1. PENA PRIVATIVA DE LIBERDADE. Reclusão e detenção está reservada para os crimes e a prisão simples para as contravenções.

PROCESSO PENAL 1. PENA PRIVATIVA DE LIBERDADE. Reclusão e detenção está reservada para os crimes e a prisão simples para as contravenções. 1 PROCESSO PENAL PROCESSO PENAL PONTO 1: Pena Privativa de Liberdade PONTO 2: Princípio da Individualização da Pena PONTO 3: Individualização Judicial São três: a) Reclusão b) Detenção c) Prisão Simples

Leia mais

Das Penas Parte IV. Aula 4

Das Penas Parte IV. Aula 4 Das Penas Parte IV Aula 4 PENAS RESTRITIVAS DE DIREITO Art 44 - As penas restritivas de direitos são autônomas e substituem as privativas de liberdade [...] Conceito Elas perfazem uma espécie de pena,

Leia mais

Profª Ms. Simone Schroeder SANÇÕES PENAIS

Profª Ms. Simone Schroeder SANÇÕES PENAIS Profª Ms. Simone Schroeder SANÇÕES PENAIS PENAS PRIVATIVAS DE LIBERDADE DO CP Pena privativa de liberdade Art. 33 CP Reclusão CP Detenção CP Prisão Simples Dec. Lei 3688/41 Sanções penais Penas Art. 32

Leia mais

SUSPENSÃO CONDICIONAL DA PENA. Profa. Luanna Tomaz

SUSPENSÃO CONDICIONAL DA PENA. Profa. Luanna Tomaz SUSPENSÃO CONDICIONAL DA PENA Profa. Luanna Tomaz INTRODUÇÃO Origem: Surge na França em 1884. Medida judicial que determina o sobrestamento da pena, preenchidos determinados requisitos. Natureza Jurídica:

Leia mais

PONTO 1: Teoria Geral da Sanção Penal PONTO 2: Penas Restritivas de Direito 1. TEORIA GERAL DA SANÇÃO PENAL

PONTO 1: Teoria Geral da Sanção Penal PONTO 2: Penas Restritivas de Direito 1. TEORIA GERAL DA SANÇÃO PENAL 1 PROCESSO PENAL PONTO 1: Teoria Geral da Sanção Penal PONTO 2: Penas Restritivas de Direito 1.1 Sanções penais: 1. TEORIA GERAL DA SANÇÃO PENAL * Penas: a) Pena Privativa de Liberdade b) Pena Restritiva

Leia mais

Profª. Ms Simone Schroeder

Profª. Ms Simone Schroeder Profª. Ms Simone Schroeder Base legal: Artigos 109 ao 119 do Código Penal Conceito: É a perda do poder de punir ou de executar a sanção imposta pelo Estado, causada pelo decurso de tempo fixado em Lei

Leia mais

LEI DE CRIMES AMBIENTAIS -LCA

LEI DE CRIMES AMBIENTAIS -LCA LEI DE CRIMES AMBIENTAIS -LCA A proteção do meio ambiente pela CF/88 A primazia constitucional: A conservação do meio ambiente e a realização de um desenvolvimento sustentável são imprescindíveis à sadia

Leia mais

Não se o crime tiver sido cometido com violência/grave ameaça a pessoa.

Não se o crime tiver sido cometido com violência/grave ameaça a pessoa. 1 Direito Penal Sala 207 UNIP Professor: Otávio Serra Negra Penas restritivas de direitos (art. 43 ao 48) Características: *substitutividade *autonomia *conversibilidade Crimes dolosos: *PPL aplicado menor

Leia mais

Interpretação e integração da lei penal Interpretação...11

Interpretação e integração da lei penal Interpretação...11 Sumário Notas Preliminares Finalidade do Direito Penal...2 Bens que podem ser protegidos pelo Direito Penal...2 Códigos do Brasil...3 Código Penal atual...3 Direito Penal...3 Garantismo...3 Garantias...4

Leia mais

DIREITO AMBIENTAL. Aula 9. Responsabilidades Administrativa e Penal Ambiental. Prof. Wander Garcia

DIREITO AMBIENTAL. Aula 9. Responsabilidades Administrativa e Penal Ambiental. Prof. Wander Garcia DIREITO AMBIENTAL Aula 9 Responsabilidades Administrativa e Penal Ambiental Prof. Wander Garcia 1. Responsabilidade administrativa ambiental 1.1. Infração administrativa ambiental - toda ação ou omissão

Leia mais

Suspensão Condicional da Pena. Aula 5

Suspensão Condicional da Pena. Aula 5 Suspensão Condicional da Pena Aula 5 SUSPENSÃO CONDICIONAL DA PENA Conceito Instituto importado do direito francês consistente na possibilidade de o juiz liberar o condenado do cumprimento da pena privativa

Leia mais

CEM. Magistratura Federal. Direito Penal. Das Penas

CEM. Magistratura Federal. Direito Penal. Das Penas CEM CADERNO DE EXERCÍCIOS MASTER Direito Penal Período 2010 2016 1) CESPE - JF TRF2/TRF 2/2013 A respeito de aspectos diversos relacionados às penas, assinale a opção correta. a) No concurso formal perfeito,

Leia mais

Ponto 11 do plano de ensino. Suspensão condicional da pena: conceito e jurídica.

Ponto 11 do plano de ensino. Suspensão condicional da pena: conceito e jurídica. Ponto 11 do plano de ensino Suspensão condicional da pena: conceito e jurídica. natureza Comparação da suspensão condicional da pena e da suspensão condicional do processo do artigo 89 da Lei 9.099/95.

Leia mais

Extinção de Punibilidade - Aula IV - 13/03/2017

Extinção de Punibilidade - Aula IV - 13/03/2017 Extinção de Punibilidade - Aula IV - 13/03/2017 Continuação Sursis Revogação *obrigatória: * nova CTJ por crime doloso * não reparação de dano, salvo... *descumprimento da condição do artigo 78, 1º *facultativo:

Leia mais

Material de Apoio Prof. Fernando Tadeu Marques Apontamentos de Direito Penal

Material de Apoio Prof. Fernando Tadeu Marques Apontamentos de Direito Penal Das penas restritivas de direito As penas restritivas de direito são sanções autônomas, que substituem as penas privativas de liberdade por certas restrições ou obrigações, quando preenchidas as condições

Leia mais

Tropa de Elite - Polícia Civil Legislação Penal Especial Crimes de Trânsito Liana Ximenes

Tropa de Elite - Polícia Civil Legislação Penal Especial Crimes de Trânsito Liana Ximenes Tropa de Elite - Polícia Civil Legislação Penal Especial Crimes de Trânsito Liana Ximenes 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Arts. 291-301 do CTB - Parte Geral

Leia mais

1.1.4 Execução penal: conceito, pressuposto fundamental e natureza jurídica

1.1.4 Execução penal: conceito, pressuposto fundamental e natureza jurídica SUMÁRIO 1. OBJETO E APLICAÇÃO DA LEI DE EXECUÇÃO PENAL 1.1 Direito de execução penal 1.1.1 Direito de Execução Penal e Direito Penitenciário 1.1.2 Autonomia do Direito de Execução Penal 1.1.3 Antecedentes

Leia mais

Ponto 13 do plano de ensino. Efeitos da condenação: secundários; penais e extrapenais genéricos e específicos. Reabilitação. Reincidência.

Ponto 13 do plano de ensino. Efeitos da condenação: secundários; penais e extrapenais genéricos e específicos. Reabilitação. Reincidência. Ponto 13 do plano de ensino Efeitos da condenação: secundários; penais e extrapenais genéricos e específicos. Reabilitação. Reincidência. Efeitos da Condenação Art. 91/92 Condenação 1 Efeitos da Condenação

Leia mais

L. dos Crimes Ambientais 9605/98

L. dos Crimes Ambientais 9605/98 L. dos Crimes Ambientais 9605/98 Penas aplicáveis às PJs: I - multa; II - restritivas de direitos; III - prestação de serviços à comunidade. L. dos Crimes Ambientais 9605/98 PRDs para PJs I - suspensão

Leia mais

LEI DE CRIMES AMBIENTAIS - LEI FEDERAL Nº 9.605/98

LEI DE CRIMES AMBIENTAIS - LEI FEDERAL Nº 9.605/98 LEI DE CRIMES AMBIENTAIS - LEI FEDERAL Nº 9.605/98 O que é um crime? Crime é uma violação ao direito. De modo geral A LCA define os tipos de crime: Contra a fauna (arts. 29 a 37); Contra a flora (art.

Leia mais

1. OBJETO E APLICAÇÃO DA LEI DE EXECUÇÃO PENAL 1.1 Direito de Execução Penal

1. OBJETO E APLICAÇÃO DA LEI DE EXECUÇÃO PENAL 1.1 Direito de Execução Penal 1. OBJETO E APLICAÇÃO DA LEI DE EXECUÇÃO PENAL 1.1 Direito de Execução Penal 1.2 Pena 1.1.1 Direito de Execução Penal e Direito Penitenciário 1.1.2 Autonomia do Direito de Execução Penal 1.1.3 Antecedentes

Leia mais

Polícia Civil Legislação Penal Especial Liana Ximenes

Polícia Civil Legislação Penal Especial Liana Ximenes Polícia Civil Legislação Penal Especial Liana Ximenes Crimes de Trânsito- Lei 9503/97 Arts. 291-301 do CTB - Parte Geral Arts.302-312 do CTB Crimes em espécie Parte Geral Art. 291. Aos crimes cometidos

Leia mais

Ponto 6 do plano de ensino: Penas restritivas de direito.

Ponto 6 do plano de ensino: Penas restritivas de direito. Ponto 6 do plano de ensino: Penas restritivas de direito. Espécies: prestação pecuniária, perda de bens e valores, prestação de serviços à comunidade ou a entidades públicas, interdição temporária de direitos

Leia mais

CURSO PROFESSOR ANDRESAN! CURSOS PARA CONCURSOS PROFESSORA SIMONE SCHROEDER

CURSO PROFESSOR ANDRESAN! CURSOS PARA CONCURSOS PROFESSORA SIMONE SCHROEDER CURSO PROFESSOR ANDRESAN! CURSOS PARA CONCURSOS PROFESSORA SIMONE SCHROEDER REGIME PENAL 1. Conforme entendimento do STF, a opinião do julgador sobre a gravidade em abstrato do crime não constitui motivação

Leia mais

Capítulo 1 Noções Preliminares... 1 Capítulo 2 Aplicação da Lei Penal... 29

Capítulo 1 Noções Preliminares... 1 Capítulo 2 Aplicação da Lei Penal... 29 Sumário Capítulo 1 Noções Preliminares... 1 1. Introdução... 1 2. Princípios... 4 2.1. Princípio da legalidade... 5 2.2. Princípio da anterioridade da lei penal... 5 2.3. Princípio da irretroatividade

Leia mais

PRINCIPAIS PRAZOS NO CÓDIGO PENAL (Decreto-Lei nº 2.848, de )

PRINCIPAIS PRAZOS NO CÓDIGO PENAL (Decreto-Lei nº 2.848, de ) PRINCIPAIS PRAZOS NO CÓDIGO PENAL (Decreto-Lei nº 2.848, de 7-12-1940) Contagem Art. 10. O dia do começo inclui-se no cômputo do prazo. Contam-se os dias, os meses e os anos pelo calendário comum. Imposição

Leia mais

Material de Apoio Prof. Fernando Tadeu Marques Apontamentos de Direito Penal

Material de Apoio Prof. Fernando Tadeu Marques Apontamentos de Direito Penal DAS PENAS FINALIDADES DA PENA Por que punir? O que é pena? O que se entende por pena justa? Teorias sobre as finalidades da pena: 1) Absolutas: a finalidade da pena é eminentemente retributiva. A pena

Leia mais

QUESTÃO 1 ASPECTOS MACROESTRUTURAIS QUESITOS AVALIADOS

QUESTÃO 1 ASPECTOS MACROESTRUTURAIS QUESITOS AVALIADOS QUESTÃO Capacidade de expressão na modalidade escrita e do uso das normas do registro formal culto da língua portuguesa 2. Responsabilidade do juiz, do Estado ou de ambos por ato jurisdicional doloso.00

Leia mais

DIREITO AMBIENTAL CRIMES. Professor Eduardo Coral Viegas

DIREITO AMBIENTAL CRIMES. Professor Eduardo Coral Viegas DIREITO AMBIENTAL CRIMES Professor Eduardo Coral Viegas 2010 JUIZ TRF/4 4. Dadas as assertivas abaixo, assinale a alternativa correta. I. O princípio da precaução legitima a inversão do ônus da prova nas

Leia mais

LIVRAMENTO CONDICIONAL

LIVRAMENTO CONDICIONAL LIVRAMENTO CONDICIONAL Arts. 83 a 90 do CP e 131 e s. da LEP. Consagrado no CP de 1890, mas com efetiva aplicação pelo Decreto 16.665 de 1924. É mais uma tentativa de diminuir os efeitos negativos da prisão.

Leia mais

Sumário PRINCÍPIOS DO DIREITO PENAL NORMA PENAL... 33

Sumário PRINCÍPIOS DO DIREITO PENAL NORMA PENAL... 33 CAPÍTULO 1 PRINCÍPIOS DO DIREITO PENAL... 13 1. Noções preliminares...13 2. Peculiaridades dos princípios do Direito Penal...13 3. Princípio da legalidade ou da reserva legal...14 3.1 Abrangência do princípio

Leia mais

IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA. Paula Freire 2012

IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA. Paula Freire 2012 IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA Paula Freire 2012 Improbidade... terminologia Corrupção administrativa. Improbidade é sinônimo de imoralidade administrativa? Não. Improbidade é espécie de imoralidade e é mais

Leia mais

Resumos Gráficos de Direito Penal Parte Geral

Resumos Gráficos de Direito Penal Parte Geral Resumos Gráficos de Direito Penal Parte Geral Atualização OBS: As páginas citadas neste arquivo são da 1 a edição. Pág. 163 MONITORAMENTO ELETRÔNICO (ARTS. 146-B, 146-C E 146-D DA LEP) Existe a possibilidade

Leia mais

LIVRAMENTO CONDICIONAL LUANNA TOMAZ

LIVRAMENTO CONDICIONAL LUANNA TOMAZ LIVRAMENTO CONDICIONAL LUANNA TOMAZ CONCEITO Incidente na execução da pena privativa de liberdade que possibilita a liberdade antecipada, mediante a existência de pressupostos e condicionada a determinadas

Leia mais

Penas Privativas de Liberdade

Penas Privativas de Liberdade LEGALE Regime inicial O artigo 33 do CP prevê que o Juiz, no momento de aplicação da pena deverá dizer QUAL O REGIME INICIAL DO CUMPRIMENTO DE PENA. O regime inicial poderá ser: Regime inicial Fechado

Leia mais

O RDD é o mesmo que transferência para presídio federal? (leia a lei 11671/08) O que justifica a transferência do preso para presídio federal?

O RDD é o mesmo que transferência para presídio federal? (leia a lei 11671/08) O que justifica a transferência do preso para presídio federal? Turma e Ano: Flex B (2014) Matéria / Aula: Processo Penal / Aula 21 (em 26/09/14) Professora: Elisa Pittaro Conteúdo: (cont. questões polêmicas) Execução penal Monitor: Joanes EXECUÇÃO PENAL (Continuação)

Leia mais

SUMÁRIO. Capítulo 1 Princípios do direito penal... 19

SUMÁRIO. Capítulo 1 Princípios do direito penal... 19 SUMÁRIO Apresentação da Coleção... 5 Capítulo 1 Princípios do direito penal... 19 1. Noções preliminares... 19 2. Peculiaridades dos princípios do direito penal... 20 3. Princípio da legalidade ou da reserva

Leia mais

ESPÉCIES DE PENAS. Profª Ms. Simone Schroeder

ESPÉCIES DE PENAS. Profª Ms. Simone Schroeder ESPÉCIES DE PENAS Profª Ms. Simone Schroeder Espécies de Pena : Hoje de acordo com o código penal, no seu artigo 32, as penas são: * Privativas de liberdade - Reclusão / Detenção / Prisão simples art.

Leia mais

SUMÁRIO 2. CLASSIFICAÇÃO REQUISITOS RELATÓRIO FUNDAMENTAÇÃO PARTE AUTENTICATIVA... 98

SUMÁRIO 2. CLASSIFICAÇÃO REQUISITOS RELATÓRIO FUNDAMENTAÇÃO PARTE AUTENTICATIVA... 98 SUMÁRIO PREFÁCIO... 9 ANOTAÇÕES INICIAIS... 11 CAPÍTULO I TEORIA DA SENTENÇA PENAL... 23 1. CONCEITO E GENERALIDADES... 23 2. CLASSIFICAÇÃO... 24 3. REQUISITOS... 25 4. RELATÓRIO... 27 5. FUNDAMENTAÇÃO...

Leia mais

Material de Apoio Prof. Fernando Tadeu Marques Apontamentos de Direito Penal

Material de Apoio Prof. Fernando Tadeu Marques Apontamentos de Direito Penal Aplicação da pena (arts. 59 ao 76, CP) Material de Apoio Fixação da pena (art. 59, CP) O art. 59, CP, determina que o juiz, atendendo à culpabilidade, aos antecedentes, à conduta social, à personalidade

Leia mais

ESPÉCIES DE PENAS. Direito Penal II Professora Paola Santos

ESPÉCIES DE PENAS. Direito Penal II Professora Paola Santos ESPÉCIES DE PENAS Direito Penal II Professora Paola Santos Espécies de penas (art.32 do CP) Privativas de Liberdade Alternativas DAS PENAS PRIVATIVAS DE LIBERDADE Reclusão: Pode começar a ser cumprida

Leia mais

Em várias situações a legislação consagra da junção das jurisdições civil e criminal.

Em várias situações a legislação consagra da junção das jurisdições civil e criminal. Ação civil ex delicto Objetivo: Propiciar a reparação do dano causado pelo delito. Sentença penal condenatória e reparação do dano Art. 91, I, CP: Obrigação de indenizar o dano Art. 63, CPP e 475-N, II,

Leia mais

PONTO 1: Improbidade Administrativa 1. IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

PONTO 1: Improbidade Administrativa 1. IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA 1 DIREITO ADMINISTRATIVO PONTO 1: Improbidade Administrativa 1. IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA A Administração Pública é regida por vários princípios, dentre eles, o princípio da moralidade, art. 37, caput

Leia mais

SUMÁRIO I TEORIA GERAL DO DIREITO PENAL

SUMÁRIO I TEORIA GERAL DO DIREITO PENAL SUMÁRIO I TEORIA GERAL DO DIREITO PENAL CAPÍTULO 1 DIREITO PENAL: NOÇÕES INTRODUTÓRIAS PARTE 1 Noções introdutórias 1 PARTE 2 Noções introdutórias 2 PARTE 3 Noções introdutórias 3 CAPÍTULO 2 PRINCÍPIOS

Leia mais

PONTO 1: Conceito e Princípios PONTO 2: Destinatários e Finalidades PONTO 3: Espécies de Penas PONTO 4: Aplicação da Pena

PONTO 1: Conceito e Princípios PONTO 2: Destinatários e Finalidades PONTO 3: Espécies de Penas PONTO 4: Aplicação da Pena 1 DIREITO PENAL PONTO 1: Conceito e Princípios PONTO 2: Destinatários e Finalidades PONTO 3: Espécies de Penas PONTO 4: Aplicação da Pena PENAS: ESPÉCIES, COMINAÇÃO E APLICAÇÃO 1. CONCEITO E PRINCÍPIOS

Leia mais

Tropa de Elite - Polícia Civil Direito Administrativo Improbidade Administrativa - Parte 02 Clóvis Feitosa

Tropa de Elite - Polícia Civil Direito Administrativo Improbidade Administrativa - Parte 02 Clóvis Feitosa Tropa de Elite - Polícia Civil Direito Administrativo Improbidade Administrativa - Parte 02 Clóvis Feitosa 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. 6) DAS PENALIDADES:

Leia mais

FIXAÇÃO DE REGIME INICIAL

FIXAÇÃO DE REGIME INICIAL FIXAÇÃO DE REGIME INICIAL Regime Inicial de Cumprimento de Pena É estabelecido pelo conjunto do artigo 33, 2º, a, b, c (levam em conta o tempo de pena e a primariedade e a reincidência) e o artigo 59,

Leia mais

1. Aplicação da Pena: 3ª Fase de aplicação da pena Pena Definitiva: - Majorantes/minorantes causas de aumento ou de diminuição da pena.

1. Aplicação da Pena: 3ª Fase de aplicação da pena Pena Definitiva: - Majorantes/minorantes causas de aumento ou de diminuição da pena. 1 PONTO 1: Aplicação da Pena PONTO 2: Aplicação da pena de multa PONTO 3: Fixação do Regime inicial de cumprimento de pena PONTO 4: Penas restritivas de direito 1. Aplicação da Pena: Sistema trifásico

Leia mais

DICAS E EXERCÍCIOS LEI 9.503/97 - CRIMES DE TRÂNSITO (ART. 291 AO 312 DO CTB) PCGO-2016 PROF: PAULO SÉRGIO

DICAS E EXERCÍCIOS LEI 9.503/97 - CRIMES DE TRÂNSITO (ART. 291 AO 312 DO CTB) PCGO-2016 PROF: PAULO SÉRGIO DICAS E EXERCÍCIOS LEI 9.503/97 - CRIMES DE TRÂNSITO (ART. 291 AO 312 DO CTB) PCGO-2016 PROF: PAULO SÉRGIO QUESTÃO 01 (PROVA PRF 2008 CESPE/UNB) De acordo com o CTB e acerca das ações penais por crimes

Leia mais

Direito Penal. Dr. Pietro Chidichimo CAUSAS DE EXTINÇÃO DA PUNIBILIDADE

Direito Penal. Dr. Pietro Chidichimo CAUSAS DE EXTINÇÃO DA PUNIBILIDADE CAUSAS DE EXTINÇÃO DA PUNIBILIDADE 1. Artigo 107, do Código Penal: Morte do agente Anistia Graça e Indulto Abolitio Criminis Decadência Perempção Renúncia Perdão Retratação Perdão Judicial ü Atestada por

Leia mais

PLANEJAMENTO DE ESTUDOS Você merece se preparar com os melhores! Simulado 001 Lei 8429/92 Improbidade Administrativa PROFESSOR: LEANDRO PEREIRA Questões Comentadas 1. Dentre as possíveis sanções pela prática

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Roteiro Didático de Fixação das Penas Túlio Lima Vianna* *Professor de Direito Penal da PUC Minas; Mestre em Ciências Penais pela UFMG www.tuliovianna.org Um dos temas mais negligenciados

Leia mais

Ponto 7 do plano de ensino. Pena de multa: Natureza autônoma e substitutiva. Sistema de cálculo (dias-multa). Conceito

Ponto 7 do plano de ensino. Pena de multa: Natureza autônoma e substitutiva. Sistema de cálculo (dias-multa). Conceito Ponto 7 do plano de ensino Pena de multa: Natureza autônoma e substitutiva. Sistema de cálculo (dias-multa). Conceito As penas incidentes sobre o patrimônio são denominadas patrimoniais e quando impostas

Leia mais

Processo Penal. Professor Luiz Lima CONCURSO TJSP - VUNESP

Processo Penal. Professor Luiz Lima CONCURSO TJSP - VUNESP Processo Penal Professor Luiz Lima CONCURSO TJSP - VUNESP BLOCO II: Conhecimentos em Direito (24) Questões de português; (16) Questões de informática; (4) atualidades; (6) matemática; (40) questões: 1.

Leia mais

4.8 Comunicabilidade das condições, elementares e circunstâncias 4.9 Agravantes no concurso de agentes 4.10 Cabeças 4.11 Casos de impunibilidade

4.8 Comunicabilidade das condições, elementares e circunstâncias 4.9 Agravantes no concurso de agentes 4.10 Cabeças 4.11 Casos de impunibilidade Sumário NDICE SISTEMÁTICO EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS DO CÓDIGO PENAL MILITAR 1. DA APLICAÇÃO DA LEI PENAL MILITAR 1.1 O princípio da legalidade e suas funções de garantia 1.2 Abolitio criminis e novatio legis

Leia mais

Direito Penal. Estelionato e Receptação

Direito Penal. Estelionato e Receptação Direito Penal Estelionato e Receptação Obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento.

Leia mais

ESQUEMA II Professor Raphael (Rá)

ESQUEMA II Professor Raphael (Rá) ESQUEMA II Professor Raphael (Rá) 1 Progressão de Regime Em regra, o condenado tem direito a passar do regime inicial para um regime mais brando após o cumprimento de 1/6 da pena, desde que o seu mérito

Leia mais

Ponto 12 do plano de ensino

Ponto 12 do plano de ensino Ponto 12 do plano de ensino Livramento condicional: conceito e natureza jurídica, requisitos (objetivos e subjetivos), concessão, condições, revogação obrigatória e revogação facultativa, prorrogação,

Leia mais

O instituto da reincidência está conceituado em dois artigos, tanto no art.63 do Código Penal, como no art.7º da Lei de Contravenções Penais.

O instituto da reincidência está conceituado em dois artigos, tanto no art.63 do Código Penal, como no art.7º da Lei de Contravenções Penais. REINCIDÊNCIA O instituto da reincidência está conceituado em dois artigos, tanto no art.63 do Código Penal, como no art.7º da Lei de Contravenções Penais. CP - Art. 63 - Verifica-se a reincidência quando

Leia mais

Ação civil ex delicto

Ação civil ex delicto Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo Ação civil ex delicto Gustavo Badaró aula de 02.08.2016 1. Noções Gerais PLANO DA AULA 2. Formas de satisfação do dano causado pelo crime 3. Sistemas de

Leia mais

Tratado nos artigos a a do d o CP C. P

Tratado nos artigos a a do d o CP C. P AÇÃO PENAL Tratado nos artigos 100 a 106 do CP. Conceito: Direito de exigir do Estado a aplicação da norma penal ao infrator. É o ius puniendi do Estado. CLASSIFICAÇÃO Conhecimento Cautelar Execução Art.

Leia mais

Extinção da punibilidade. Art. 107 do CP... IV - Prescrição, Decadência e Perempção

Extinção da punibilidade. Art. 107 do CP... IV - Prescrição, Decadência e Perempção LEGALE Art. 107 do CP... IV - Prescrição, Decadência e Perempção PRESCRIÇÃO é uma causa de extinção da punibilidade consistente na perda do prazo por parte do Estado para punir o agente (impor uma sentença

Leia mais

A PENALIZAÇÃO POR DANOS AMBIENTAIS

A PENALIZAÇÃO POR DANOS AMBIENTAIS A PENALIZAÇÃO POR DANOS AMBIENTAIS Aplicação de leis destinadas a proteger os bens naturais abre caminho para a preservação.virgílio Nogueira Diniz O Meio Ambiente é considerado, juridicamente, como um

Leia mais

26/08/2012 PROCESSO PENAL II PROCESSO PENAL II

26/08/2012 PROCESSO PENAL II PROCESSO PENAL II II 5ª -Parte Professor: Rubens Correia Junior 1 II Acessem!!!!!! www.rubenscorreiajr.blogspot.com 2 1 RASCUNHAO DO PROFESSOR RUBENS 2 Lei 9.099 de setembro de 1995; Todas as contravenções penais; Os crimes

Leia mais

01. (CONSULPLAN) - Considerando-se a Lei do Meio Ambiente (Lei nº 9.605/98) analise as assertivas:

01. (CONSULPLAN) - Considerando-se a Lei do Meio Ambiente (Lei nº 9.605/98) analise as assertivas: 2 BIMESTRE DIREITO AMBIENTAL ATIVIDADE DE FIXAÇÃO CRIMES AMBIENTAIS 01. (CONSULPLAN) - Considerando-se a Lei do Meio Ambiente (Lei nº 9.605/98) analise as assertivas: I. Nos crimes ambientais, aplica-se

Leia mais

Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Coisa julgada penal. Gustavo Badaró aula de

Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Coisa julgada penal. Gustavo Badaró aula de Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo Coisa julgada penal Gustavo Badaró aula de 18.08.2015 1. Noções Gerais PLANO DA AULA 2. Coisa julgada formal 3. Coisa julgada material 4. Limites objetivos

Leia mais

Direito Penal. Livramento Condicional: Conceito e Consequências, Requisitos para a Concessão e Prorrogação do Período de Prova. Professor Adriano Kot

Direito Penal. Livramento Condicional: Conceito e Consequências, Requisitos para a Concessão e Prorrogação do Período de Prova. Professor Adriano Kot Direito Penal Livramento Condicional: Conceito e Consequências, Requisitos para a Concessão e Prorrogação do Período de Prova Professor Adriano Kot www.acasadoconcurseiro.com.br www.estudaquepassa.com.br

Leia mais

Prof. Magda Hofstaetter SENTENÇA

Prof. Magda Hofstaetter SENTENÇA Prof. Magda Hofstaetter SENTENÇA DESPACHOS, DECISÕES INTERLOCUTÓRIAS E SENTENÇA A) DESPACHOS DE MERO EXPEDIENTE artigo 93, XIV, CF B)DECISÕES INTERLOCUTÓRIAS *SIMPLES: questões controvertidas no processo

Leia mais

II SEMINÁRIO INFRAÇÕES E SANÇÕES NOS SERVIÇOS PÚBLICOS REGULADOS. Conselheira Emília Maria Silva Ribeiro Curi Brasília, 05/10/2010

II SEMINÁRIO INFRAÇÕES E SANÇÕES NOS SERVIÇOS PÚBLICOS REGULADOS. Conselheira Emília Maria Silva Ribeiro Curi Brasília, 05/10/2010 II SEMINÁRIO INFRAÇÕES E SANÇÕES NOS SERVIÇOS PÚBLICOS REGULADOS Conselheira Emília Maria Silva Ribeiro Curi Brasília, 05/10/2010 Painel 2: Dosimetria da Sanção e Reformatio in Pejus Dosimetria da Sanção

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Pelo contrário! Os exemplos são os conceitos práticos de que nós sempre nos recordamos!

APRESENTAÇÃO. Pelo contrário! Os exemplos são os conceitos práticos de que nós sempre nos recordamos! APRESENTAÇÃO Olá, tudo bem? Eu sou o Professor Rafael Paiva e elaborei esta apostila com o objetivo de condensar aquilo que eu acho ser o mais importante a respeito das Penas Alternativas previstas no

Leia mais

PONTO 1: REVISÃO. PONTO 3: b) CRIMES DE MESMA ESPÉCIE CRIME FORMAL PRÓPRIO + C. CONTINUADO REQUISITO SUBJETIVO.

PONTO 1: REVISÃO. PONTO 3: b) CRIMES DE MESMA ESPÉCIE CRIME FORMAL PRÓPRIO + C. CONTINUADO REQUISITO SUBJETIVO. 1 DIREITO PENAL PONTO 1: REVISÃO PONTO 2: a) CRIME CONTINUADO PONTO 3: b) CRIMES DE MESMA ESPÉCIE CRIME CONTINUADO ART. 71 CP 1 é aquele no qual o agente mediante mais de uma ação ou omissão, pratica dois

Leia mais

b) as medidas de segurança e as penas são aplicáveis tanto aos inimputáveis como aos semi-imputáveis;

b) as medidas de segurança e as penas são aplicáveis tanto aos inimputáveis como aos semi-imputáveis; DIREITO PENAL II - CCJ0032 Título SEMANA 16 Descrição 1) As medidas de segurança diferem das penas nos seguintes pontos: a) as penas são proporcionais à periculosidade do agente; b) as medidas de segurança

Leia mais

SUSPENSÃO CONDICIONAL DA PENA CAPÍTULO IV DO CÓDIGO PENAL

SUSPENSÃO CONDICIONAL DA PENA CAPÍTULO IV DO CÓDIGO PENAL SUSPENSÃO CONDICIONAL DA PENA CAPÍTULO IV DO CÓDIGO PENAL Marlon Ricardo Lima Chaves CONCEITUAÇÃO: penal. Suspensão condicional da pena é mais conhecido como SURSIS O termo sursis é uma palavra francesa

Leia mais

PROCESSO CIVIL 1. PEDIDO

PROCESSO CIVIL 1. PEDIDO 1 PROCESSO CIVIL PONTO 1: Pedido PONTO 2: Espécies de Pedido PONTO 3: O Pedido e as Prestações Periódicas PONTO 4: Obrigação Indivisível PONTO 5: Cumulação de Pedidos PONTO 6: Interpretação do Pedido PONTO

Leia mais

A questão baseia-se na literalidade do art. 283, 284 e 285 do CPP:

A questão baseia-se na literalidade do art. 283, 284 e 285 do CPP: Cargo: S01 - AGENTE DE POLÍCIA CIVIL Disciplina: Noções de Direito Processual Penal Questão Gabarito por extenso Justificativa A questão baseia-se na literalidade do art. 283, 284 e 285 do CPP: Conclusão

Leia mais

DISPOSIÇÕES PENAIS. CRIMES ELEITORAIS São todas condutas que, durante o

DISPOSIÇÕES PENAIS. CRIMES ELEITORAIS São todas condutas que, durante o CRIMES ELEITORAIS São todas condutas que, durante o processo eleitoral atingem ou maculam a liberdade do direito ao voto, os procedimentos das atividades eleitorais, desde o alistamento até a diplomação

Leia mais

ESQUEMA II Professor Raphael (Rá)

ESQUEMA II Professor Raphael (Rá) ESQUEMA II Professor Raphael (Rá) 1 Progressão de Regime Em regra, o condenado tem direito a passar do regime inicial para um regime mais brando após o cumprimento de 1/6 da pena, desde que o seu mérito

Leia mais

TEORIA GERAL DA PENA PROFESSOR: LEONARDO DE MORAES

TEORIA GERAL DA PENA PROFESSOR: LEONARDO DE MORAES TEORIA GERAL DA PENA PROFESSOR: LEONARDO DE MORAES 1 - Conceito de Pena: Uma das espécies de sanção penal, ao lado da medida de segurança. É a resposta estatal consistente na privação ou restrição de um

Leia mais

PONTO 1: Extinção da Punibilidade PONTO 2: Prescrição Penal 1. EXTINÇÃO DA PUNIBILIDADE

PONTO 1: Extinção da Punibilidade PONTO 2: Prescrição Penal 1. EXTINÇÃO DA PUNIBILIDADE 1 DIREITO PENAL PONTO 1: Extinção da Punibilidade PONTO 2: Prescrição Penal 1. EXTINÇÃO DA PUNIBILIDADE Com a prática da infração penal, surge para o Estado o direito de punir o agente, ou seja, a punibilidade,

Leia mais

Direito Penal X - 31 de outubro. Pena de multa (art. 49 a 52,CP). Conceito. Classificação - originária. Classificação - subsidiária.

Direito Penal X - 31 de outubro. Pena de multa (art. 49 a 52,CP). Conceito. Classificação - originária. Classificação - subsidiária. 1 Direito Penal Sala 207 UNIP Professor: Otávio Serra Negra Direito Penal X - 31 de outubro Pena de multa (art. 49 a 52,CP). Conceito Classificação - originária Classificação - subsidiária Dosimetria *Critério

Leia mais

Direito Penal. Regimes penitenciários. Fixação do regime inicial da pena privativa de liberdade. Professor Adriano Kot

Direito Penal. Regimes penitenciários. Fixação do regime inicial da pena privativa de liberdade.  Professor Adriano Kot Direito Penal Regimes penitenciários. Fixação do regime inicial da pena privativa de liberdade Professor Adriano Kot www.acasadoconcurseiro.com.br www.estudaquepassa.com.br DIREITO PENAL PENAS PRIVATIVAS

Leia mais

Olá, amigos! Valeu! 1. Apresentação e estrutura textual (0,40). 2. Endereçamento à Vara Criminal da Comarca de São Paulo (0,20),

Olá, amigos! Valeu! 1. Apresentação e estrutura textual (0,40). 2. Endereçamento à Vara Criminal da Comarca de São Paulo (0,20), Olá, amigos! A peça do simulado é a prova prática do Exame de Ordem 2009.3 (CESPE). Percebam que o gabarito elaborado pela banca é bastante simples em comparação àquele da queixa do ciclo de correções.

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: Direito Penal II Código da Disciplina: JUR 213 Curso: Direito Faculdade responsável: Direito Programa em vigência a partir de: Número de créditos: 04 Carga Horária total:

Leia mais

Juizados Especiais Criminais

Juizados Especiais Criminais Direito Processual Penal Juizados Especiais Criminais Constituição Federal Art. 98. A União, no Distrito Federal e nos Territórios, e os Estados criarão: I - juizados especiais, providos por juízes togados,

Leia mais

Da Cláusula Penal. Da Cláusula Penal. Da Cláusula Penal. Da Cláusula Penal. Do Adimplemento e Extinção das Obrigações

Da Cláusula Penal. Da Cláusula Penal. Da Cláusula Penal. Da Cláusula Penal. Do Adimplemento e Extinção das Obrigações Do Adimplemento e Extinção das Obrigações TÍTULO IV Do Inadimplemento das Obrigações CAPÍTULO V 1 2 Conforme afirma Orlando Gomes, a cláusula penal, também chamada pena convencional, é o pacto acessório

Leia mais

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 77, DE 2016

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 77, DE 2016 SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 77, DE 2016 Dispõe sobre a substituição processual pelo sindicato da categoria profissional. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art. 1º O sindicato da categoria profissional,

Leia mais

Sumário FUNDAMENTAIS DO DIREITO ... PENAL ...

Sumário FUNDAMENTAIS DO DIREITO ... PENAL ... Sumário CAPITULO 1 - PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DO DIREITO PENAL... 1 1.1. Princípio da Legalidade - art. l fi do CP e art. 5 Q, inc. XXXIX, CF... 1 1.1.1. Funções e princípios decorrentes da legalidade ou

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE FOZ DO IGUAÇU 1ª VARA CRIMINAL

PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE FOZ DO IGUAÇU 1ª VARA CRIMINAL 11/10/2017: PROFERIDA CONDENATÓRIA. Arq: sentença condenatória (Fl. 151 de 158) autorização judicial; c) comparecimento mensal e obrigatório em Juízo para provar residência fixa e ocupação lícita; e, d)

Leia mais

A sentença penal poderá condenar o réu a pagar um valor de indenização para a vítima?

A sentença penal poderá condenar o réu a pagar um valor de indenização para a vítima? PRÉ-AULA/PÓS-AULA CONTEÚDO: LIVRAMENTO CONDICIONAL + EFEITOS DA CONDENAÇÃO PRÉ-AULA VER PG. 31 - https://drive.google.com/file/d/0b4mqkjpsxwqdhm0svnqmzvadee/edit?pref=2&pli=1 PÓS-AULA https://dizerodireitodotnet.files.wordpress.com/2015/06/sc3bamula-534-stj.pdf

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. PLANO DE CURSO - 2010/01 Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. DISCIPLINA: DIREITO PENAL II PROFESSOR: CARLOS EDUARDO TURMA: 4DM e 4EN UNIDADES CONTEÚDOS

Leia mais

Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Sentença Penal. Gustavo Badaró aula de

Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Sentença Penal. Gustavo Badaró aula de Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo Sentença Penal Gustavo Badaró aula de 04.08.2015 1. Conceito PLANO DA AULA 2. Classificação e denominações 3. Elementos da sentença 4. Sentença penal absolutória

Leia mais

1. Penas: espécie, cominação e aplicação:

1. Penas: espécie, cominação e aplicação: 1 PONTO 1: Penas: espécie, cominação e aplicação PONTO 2: Aplicação da pena 1. Penas: espécie, cominação e aplicação: 1. Conceito: Pena é uma sanção aflitiva imposta pelo estado, através da ação penal,

Leia mais

Execução Penal. Prof. Pietro Chidichimo LEI DE EXECUÇÃO PENAL LEI N /84 CONTINUAÇÃO DA AULA DE EXECUÇÃO PENAL

Execução Penal. Prof. Pietro Chidichimo LEI DE EXECUÇÃO PENAL LEI N /84 CONTINUAÇÃO DA AULA DE EXECUÇÃO PENAL LEI DE EXECUÇÃO PENAL LEI N. 7.210/84 CONTINUAÇÃO DA AULA DE EXECUÇÃO PENAL Progressão de Regime Carcerário (art.112da LEP): Obs.: matéria iniciada na aula 1. Quanto à necessidade da realização do exame

Leia mais

Resumos Gráficos de Direito Penal Parte Geral Vol. I

Resumos Gráficos de Direito Penal Parte Geral Vol. I Resumos Gráficos de Direito Penal Parte Geral Vol. I Arts. 1 o a 120 do Código Penal Atualização OBS: As páginas citadas neste arquivo são da 2 a edição. Pág. 148 Colocar novo item dentro dos destaques

Leia mais

Direito Penal. Causas de Extinc a o da Punibilidade. Professor Adriano Kot.

Direito Penal. Causas de Extinc a o da Punibilidade.  Professor Adriano Kot. Direito Penal Causas de Extinc a o da Punibilidade Professor Adriano Kot www.acasadoconcurseiro.com.br www.estudaquepassa.com.br DIREITO PENAL CAUSAS DE EXTINÇÃO DA PUNIBILIDADE ROL CAUSAS DE EXTINÇÃO

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

DIREITO ADMINISTRATIVO IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA DIREITO ADMINISTRATIVO IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA Atualizado em 04/11/2015 IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA A exigência de uma atuação moral se relaciona com o dever de probidade, ética e honestidade da Administração

Leia mais

Ponto 9 do plano de ensino

Ponto 9 do plano de ensino Ponto 9 do plano de ensino Concurso formal e material de crimes. Vedação ao concurso formal mais gravoso. Desígnios autônomos. Crime continuado: requisitos. Erro na execução. Resultado diverso do pretendido.

Leia mais

TJ - SP Direito Penal Dos Crimes Praticados Por Funcionários Públicos Emerson Castelo Branco

TJ - SP Direito Penal Dos Crimes Praticados Por Funcionários Públicos Emerson Castelo Branco TJ - SP Direito Penal Dos Crimes Praticados Por Funcionários Públicos Emerson Castelo Branco 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. DOS CRIMES PRATICADOS POR FUNCIONÁRIO

Leia mais