Computação L2. Linguagem C++ Observação: Material Baseado na Disciplina Computação Eletrônica.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Computação L2. Linguagem C++ Observação: Material Baseado na Disciplina Computação Eletrônica."

Transcrição

1 Computação L2 Linguagem C++ Observação: Material Baseado na Disciplina Computação Eletrônica.

2 Alfabeto São os símbolos ( caracteres ) permitidos na linguagem: Letras (maiúsculas e minúsculas); Dígitos decimais; Alguns caracteres especiais. 2

3 Alfabeto Os caracteres especiais: Operadores: + - * / = < > Delimitadores: ( ) [ ] { }., : ; ^ Símbolos que aparecem aos pares: << >> <= >= -> // /* 3

4 Itens Léxicos São os elementos básicos de um programa: Palavras reservadas; Dados; Identificadores; e comentários. 4

5 Itens Léxicos Palavras reservadas têm um significado prédeterminado. Exemplo: swich, const, do, break, else, for, if, repeat, type, while, char, class, try, catch, virtual, public. 5

6 Itens Léxicos Identificadores também têm um significado pré-determinado. Exemplo: false, true, null, int, double, boolean, char, string, cout, cin, new. 6

7 Itens Léxicos Dados são valores constantes que aparecem no texto do programa. Números (inteiros e reais): sequências de dígitos que podem ser precedidos por um sinal (+,-); Cadeias de caracteres (ou strings): Sequência de caracteres entre aspas simples; Valores lógicos (true e false); Os comentários: Sequências de caracteres escritas entre /* e */, ou numa linha depois de //. 7

8 A cada variável estão associados: Um nome (identificador); Um conteúdo (valor); Um tipo (de dados); Conjunto de valores que podem servir como conteúdo da variável. 8

9 Tipo de Dados Um tipo de dados é um conjunto de valores (constantes) que uma variável pode assumir. Numéricos: Inteiros Reais integer: a Byte: 0 a 255 float: 2.9E-39 a 1.7E+38 double: 5.0E-324 a 1.7E+308 9

10 Tipo de Dados Literal - char: refere-se aos caracteres do teclado (código ASCII); Lógico bool: utiliza dois valores constantes: true e false; Cadeia de caracteres string: corresponde a sequências de caracteres, isto é, de elementos do tipo char; 10

11 Abstração da memória: Um imenso gaveteiro; Cada gaveta pode conter uma informação: Folha de papel contendo um número; Folha de papel contendo um nome; Na programação as variáveis são estas gavetas; Como acessar a variável: Através do nome; 11

12 Em C++ os nomes de variáveis seguem a seguinte regra: É formado por uma única letra ou por uma letra seguida de letras ou dígitos; Não é permitido espaço em branco ou outros caracteres *, ;, /, etc. Exemplos permitidos: A, Nota, Matricula, LucroTotal Exemplos incorretos: 5B, X-Y, A:B, Terca-Feira, km/h 12

13 Em C++, devemos nomear a gaveta através da declaração de uma variável: #include <iostream> using namespace std; int main () { String nome; cout << "Olá " << nome << endl; return 0; } 13

14 Como o programa identifica a variável nome na memória? Ilustrar!!! 14

15 Computadores trabalham com variáveis de diferentes tipos: Em C++: int, double, bool, char e String. Vamos trabalhar apenas com inteiros 15

16 Executando o programa passo a passo. #include <iostream> using namespace std; int main () { String nome; cout << "Olá " << nome << endl; return 0; } 16

17 O comando de atribuição: #include <iostream> using namespace std; int main () { int n; n = 10; return 0; } 17

18 O comando de atribuição: #include <iostream> using namespace std; int main () { int n; n = 10; n = 8; return 0; } 18

19 Declaração de mais de uma variável; #include <iostream> using namespace std; int main () { int x, y; int z; return 0; } 19

20 Atribuições: #include <iostream> using namespace std; int main () { int x = 0; int y; Y = 3; x = 4; return 0; } 20

21 Executando operações e guardando na memória: #include <iostream> using namespace std; int main () { int x = 0; int y; y = 3 + 7; x = y 2 ; return 0; } 21

22 Executando uma troca de valores entre duas variáveis: #include <iostream> using namespace std; int main () { int x = 2; int y = 3; temp = x; x = y; y = temp; return 0; } 22

23 Interagindo com o teclado: #include <iostream> using namespace std; int main () { int x; cin >> x; cout << x*x; return 0; } 23

24 Exercícios: Criar um programa para calcular a média de três números inteiros obtidos via teclado. Um programa para calcular a velocidade média a partir da distância percorrida e do tempo gasto fornecidos via teclado. 24

Linguagem C++ Estruturas de controle Parte II Estruturas de repetição

Linguagem C++ Estruturas de controle Parte II Estruturas de repetição Fundamentos de Programação Linguagem C++ Estruturas de controle Parte II Estruturas de repetição Prof. Bruno E. G. Gomes IFRN 1 Estruturas de Controle Permitem o controle da sequência de execução de um

Leia mais

Fundamentos de Programação

Fundamentos de Programação Fundamentos de Programação Linguagem C++: arrays - aula I Bruno Emerson Gurgel Gomes 1 1 Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RN (IFRN) 2012 Bruno Gomes (IFRN) Fundamentos de Programação

Leia mais

Computação Eletrônica

Computação Eletrônica Computação Eletrônica Variáveis Inteiras A memória A memória pode ser vista como um imenso gaveteiro Em cada gaveta, guardamos uma informação. Por eemplo, um pedaço de papel contendo um número. Ou um pedaço

Leia mais

Introdução e Conceitos

Introdução e Conceitos Introdução e Conceitos Aula 1 11/08/2017 diegoquirino@gmail.com 1 Agenda 1. Motivações: porque estudar linguagens de programação? 2. Breve Histórico sobre as Linguagens de Programação 3. Processos de Tradução

Leia mais

Aula 3 Conceitos de memória, variáveis e constantes Cleverton Hentz

Aula 3 Conceitos de memória, variáveis e constantes Cleverton Hentz Aula 3 Conceitos de memória, variáveis e constantes Cleverton Hentz Sumário de Aula } Conceito de Memória } Variáveis e Tipos de Dados } Constantes 2 Conceito de Memória } A memória de um computador é

Leia mais

Conceitos básicos de programação

Conceitos básicos de programação Para aprender uma linguagem de programação podemos começar por conhecer os vocábulos ou símbolos que formam o seu léxico e depois aprender como esses vocábulos integram as instruções (frases) que compõe

Leia mais

Fundamentos de Programação. Linguagem C++ Introdução, identificadores, tipos de dados. Prof. Bruno E. G. Gomes IFRN

Fundamentos de Programação. Linguagem C++ Introdução, identificadores, tipos de dados. Prof. Bruno E. G. Gomes IFRN Fundamentos de Programação Linguagem C++ Introdução, identificadores, tipos de dados Prof. Bruno E. G. Gomes IFRN 1 Linguagem de Programação Constituída por símbolos e por regras para combinar esses símbolos

Leia mais

Conceitos básicos de programação

Conceitos básicos de programação Constantes class Exemplo { static void Main() { float fahr, celsius; int lower, upper, step; lower = 0; /* limite inferior da tabela de temperaturas */ upper = 300; /* limite superior */ step = 20; /*

Leia mais

Programação Aplicada à Engenharia

Programação Aplicada à Engenharia Universidade Federal Rural do Semi-Árido Departamento de Ciências Ambientais Programação Aplicada à Engenharia Aula 07: Aritmética e Tomada de decisão Silvio Fernandes 2009.1 1 Operadores Aritméticos Operadores

Leia mais

Estruturas da linguagem C. 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões.

Estruturas da linguagem C. 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões. 1 Estruturas da linguagem C 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões. Identificadores Os identificadores seguem a duas regras: 1. Devem ser começados por letras

Leia mais

Universidade de Mogi das Cruzes Implementação Orientada a Objetos - Profª. Danielle Martin. Guia da Sintaxe do Java

Universidade de Mogi das Cruzes Implementação Orientada a Objetos - Profª. Danielle Martin. Guia da Sintaxe do Java Guia da Sintaxe do Java TIPOS PRIMITIVOS DE DADOS DO JAVA São os tipos nativos de dados do Java, que podem ser usados na declaração de atributos, variáveis, parâmetros. Tipo primitivo Tamanho Valor padrão

Leia mais

Aula 4 TECNOLOGIA EM JOGOS DIGITAIS PROGRAMACAO E INTEGRACAO DE JOGOS I. Marcelo Henrique dos Santos

Aula 4 TECNOLOGIA EM JOGOS DIGITAIS PROGRAMACAO E INTEGRACAO DE JOGOS I. Marcelo Henrique dos Santos Aula 4 Mestrado em Educação (em andamento) Pós-graduação em Negócios em Mídias Digitais (em andamento) MBA em Marketing e Vendas Especialista em games : Produção e Programação Bacharel em Sistema de Informação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA E MATEMÁTICA APLICADA. DIM0320 Algoritmos e Programação de Computadores

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA E MATEMÁTICA APLICADA. DIM0320 Algoritmos e Programação de Computadores UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA E MATEMÁTICA APLICADA DIM0320 Algoritmos e Programação de Computadores #VARIÁVEIS #TIPOS DE DADOS E L I EZ I O S O A R ES E L I EZ

Leia mais

Tipos, Literais, Operadores

Tipos, Literais, Operadores Tipos, Literais, Operadores Identificadores São palavras utilizadas para nomear variáveis, métodos e classes Na linguagem Java, o identificador sempre começa por letra, sublinhado(_) ou cifrão ($) Não

Leia mais

Tipos, Literais, Operadores

Tipos, Literais, Operadores Tipos, Literais, Operadores Identificadores São palavras utilizadas para nomear variáveis, métodos e classes Na linguagem Java, o identificador sempre começa por letra, sublinhado(_) ou cifrão ($) Não

Leia mais

PROGRAMAS BÁSICOS EM C++ Disciplina: Introdução à Ciência da Computação Prof. Modesto Antonio Chaves Universidade estadual do Sudoeste da Bahia

PROGRAMAS BÁSICOS EM C++ Disciplina: Introdução à Ciência da Computação Prof. Modesto Antonio Chaves Universidade estadual do Sudoeste da Bahia PROGRAMAS BÁSICOS EM C++ Disciplina: Introdução à Ciência da Computação Prof. Modesto Antonio Chaves Universidade estadual do Sudoeste da Bahia Calculo da área de um triângulo Algoritmo Área Var base,

Leia mais

ITENS FUNDAMENTAIS Programando em C++

ITENS FUNDAMENTAIS Programando em C++ INFORMÁTICA E COMPUTAÇÃO - CMP 1060 AULA 3 ITENS FUNDAMENTAIS Programando em C++ 1. Constantes São valores que são mantidos fixos pelo compilador. Tipo de Dado Exemplos de Constantes char b \n \0 int 2

Leia mais

Teoria da Computação e Algoritmos. Introdução à Linguagem Pascal. ALGORITMO <Nome do algoritmo>; <definições>; INÍCIO <Comandos>; FIM.

Teoria da Computação e Algoritmos. Introdução à Linguagem Pascal. ALGORITMO <Nome do algoritmo>; <definições>; INÍCIO <Comandos>; FIM. Teoria da Computação e Algoritmos Introdução à Linguagem Pascal 1 Estrutura de um programa INÍCIO FIM. PROGRAM END.

Leia mais

PROGRAMAÇÃO I E N T R A DA E S A Í DA D E DA D O S

PROGRAMAÇÃO I E N T R A DA E S A Í DA D E DA D O S PROGRAMAÇÃO I VA R I Á V E I S, C O N S TA N T E S, O P E R A D O R E S E N T R A DA E S A Í DA D E DA D O S Variáveis 2 Variáveis são locais onde são armazenados os valores na memória. Toda variável é

Leia mais

PCS Laboratório de Programação Orientada a Objetos 1a. Prova. 02 de Setembro de 2015

PCS Laboratório de Programação Orientada a Objetos 1a. Prova. 02 de Setembro de 2015 PCS - 3111 Laboratório de Programação Orientada a Objetos 1a. Prova 02 de Setembro de 2015 Questão 1 (2,6) Deseja-se implementar um programa que recebe um mês e um dia atual de um ano e o mês e o dia de

Leia mais

Sintaxe da linguagem Java

Sintaxe da linguagem Java Sintaxe da linguagem Java (PG) Centro de Cálculo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Pedro Alexandre Pereira (palex@cc.isel.ipl.pt) Classe pública com método main Uma classe pública com nome A tem

Leia mais

Algoritmos: Conceitos Fundamentais. Slides de autoria de Rosely Sanches e Simone Senger de Souza

Algoritmos: Conceitos Fundamentais. Slides de autoria de Rosely Sanches e Simone Senger de Souza Algoritmos: Conceitos Fundamentais Slides de autoria de Rosely Sanches e Simone Senger de Souza DADOS E EXPRESSÕES Uso da Informação Computador manipula informações contidas em sua memória. Classificadas

Leia mais

Diagramas Sintáticos

Diagramas Sintáticos Diagramas Sintáticos Centro de Cálculo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Pedro Alexandre Pereira (palex@cc.isel.ipl.pt) Classe pública com método main Cada classe X pública é declarada num ficheiro

Leia mais

Introdução a Programação de Jogos

Introdução a Programação de Jogos Introdução a Programação de Jogos Aula 03 Introdução a Linguagem C Edirlei Soares de Lima Estrutura de um Programa C Inclusão de bibliotecas auxiliares: #include Definição

Leia mais

Introdução à Ciência da Computação

Introdução à Ciência da Computação Introdução à Ciência da Computação Variáveis Conceitos Básicos Variáveis x Constantes a = x + 5 a, x e 5 são variáveis ou constantes? Variáveis As variáveis são recipientes de valores É um espaço reservado

Leia mais

Bacharelado em Ciência e Tecnologia Processamento da Informação. Equivalência Portugol Java. Linguagem Java

Bacharelado em Ciência e Tecnologia Processamento da Informação. Equivalência Portugol Java. Linguagem Java Linguagem Java Objetivos Compreender como desenvolver algoritmos básicos em JAVA Aprender como escrever programas na Linguagem JAVA baseando-se na Linguagem Portugol aprender as sintaxes equivalentes entre

Leia mais

Introdução à Computação MAC0110

Introdução à Computação MAC0110 Introdução à Computação MAC0110 Prof. Dr. Paulo Miranda IME-USP Aula 2 Variáveis e Atribuições Memória Principal: Introdução Vimos que a CPU usa a memória principal para guardar as informações que estão

Leia mais

Algoritmos e Estruturas de Dados I

Algoritmos e Estruturas de Dados I Algoritmos e Estruturas de Dados I Tipo de Dados Orivaldo Santana Jr ovsj@cin.ufpe.br Observação: Este material esta baseado no material do Prof. Tiago Massoni e Prof. Fernando Buarque Tipos de Dados Primitivos

Leia mais

Programação de Computadores I Dados, Operadores e Expressões PROFESSORA CINTIA CAETANO

Programação de Computadores I Dados, Operadores e Expressões PROFESSORA CINTIA CAETANO Programação de Computadores I Dados, Operadores e Expressões PROFESSORA CINTIA CAETANO Dados em Algoritmos Quando escrevemos nossos programas, trabalhamos com: Dados que nós fornecemos ao programa Dados

Leia mais

Estrutura do programa

Estrutura do programa Linguagem C Estrutura do programa Exemplo: #include #include main() { printf( Ola, mundo! ); system( pause ); }

Leia mais

AULA TEÓRICA 3 Tema 2. Introdução a programação em Java (JVM, JDK)

AULA TEÓRICA 3 Tema 2. Introdução a programação em Java (JVM, JDK) AULA TEÓRICA 3 Tema 2. Introdução a programação em Java (JVM, JDK) Ø LP Java. Estrutura de um programa em Java. Ø Conjunto de caracteres utilizado. Ø Identificadores. Ø Variáveis e constantes. Ø Tipos

Leia mais

Técnicas de Programação:

Técnicas de Programação: Técnicas de Programação: Programação Orientada a Objeto PROF. PROTÁSIO DEE-UFPB Classes e Objetos Classe É uma estrutura de dados que pode conter: Objeto Dados, e Funções. É uma instância de uma classe.

Leia mais

Ciência da Computação. Prof. Dr. Leandro Alves Neves Prof. Dr. Adriano M. Cansian

Ciência da Computação. Prof. Dr. Leandro Alves Neves Prof. Dr. Adriano M. Cansian Algoritmos e Programação Informática II Ciência da Computação Prof. Dr. Leandro Alves Neves Prof. Dr. Adriano M. Cansian 1 Sumário Tipos de Dados Variáveis Modelo esquemático Características e Regras para

Leia mais

Introdução à linguagem C++

Introdução à linguagem C++ Estrutura de Dados e Algoritmos e Programação e Computadores II Aula 2: Introdução à linguagem C++ Introdução à linguagem C++ Conceitos básicos: variáveis, tipos de dados, constantes, I/O, etc. Estruturas

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA AULA 03 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++

INFORMÁTICA APLICADA AULA 03 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++ UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: Bacharelado em Ciências e Tecnologia INFORMÁTICA APLICADA AULA 03 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++ Profª ª Danielle Casillo OPERADORES Um operador é um símbolo

Leia mais

Fábio da Fontoura Beltrão Felipe Augusto Chies Lucas Fialho Zawacki Marcos Vinicius Cavinato Matheus de Carvalho Proença

Fábio da Fontoura Beltrão Felipe Augusto Chies Lucas Fialho Zawacki Marcos Vinicius Cavinato Matheus de Carvalho Proença C++ Fábio da Fontoura Beltrão Felipe Augusto Chies Lucas Fialho Zawacki Marcos Vinicius Cavinato Matheus de Carvalho Proença Primeiro Programa //Primeiro Programa C++ #include int main() { std::cout

Leia mais

Bacharelado em Ciência e Tecnologia Processamento da Informação. Equivalência Portugol Java. Linguagem Java

Bacharelado em Ciência e Tecnologia Processamento da Informação. Equivalência Portugol Java. Linguagem Java Linguagem Java Objetivos Compreender como desenvolver algoritmos básicos em JAVA Aprender como escrever programas na Linguagem JAVA baseando-se na Linguagem Portugol aprender as sintaxes equivalentes entre

Leia mais

Puca Huachi Vaz Penna / José Américo T. Messias

Puca Huachi Vaz Penna / José Américo T. Messias BCC201 Introdução à Computação Turmas 61, 62, 63, 64, 65 e 66 Puca Huachi Vaz Penna / José Américo T. Messias Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto http://www.decom.ufop.br/puca

Leia mais

Características da Linguagem C

Características da Linguagem C Características da Linguagem C Na aula passada, foi implementado o exemplo utilizado do reajuste salarial O resultado impresso pode ser visualizado da seguinte forma: Características da Linguagem C Introdução

Leia mais

Linguagens compiladas: C++ Fora do livro adoptado

Linguagens compiladas: C++ Fora do livro adoptado Linguagens compiladas: C++ Fora do livro adoptado (rep.) Conceitos iniciais Computador Um computador é genericamente uma máquina programável capaz de receber, processar, e fornecer informação. Computador

Leia mais

Linguagens de Programação Conceitos e Técnicas. Amarrações

Linguagens de Programação Conceitos e Técnicas. Amarrações Linguagens de Programação Conceitos e Técnicas Amarrações Conceituação Amarração (ou binding) é uma associação entre entidades de programação, tais como entre uma variável e seu valor ou entre um identificador

Leia mais

Disciplina de Algoritmos e Programação

Disciplina de Algoritmos e Programação Disciplina de Algoritmos e Programação Aula Passada 1º Programa: olamundo.c #include // biblioteca padrão de E/S /* Programa Olá Mundo */ int main(void) { printf( Olá mundo\n ); //exibe Olá mundo

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 2

LISTA DE EXERCÍCIOS 2 UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES 1. TIPOS COMPOSTOS DE DADOS LISTA DE EXERCÍCIOS 2 1. Considerando as declarações abaixo, responda dizendo

Leia mais

Algoritmos I Aula 13 Linguagem de Programação Java

Algoritmos I Aula 13 Linguagem de Programação Java Algoritmos I Aula 13 Linguagem de Programação Java Professor: Max Pereira http://paginas.unisul.br/max.pereira Ciência da Computação IDE Eclipse IDE (Integrated development environment) Criar um projeto

Leia mais

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Introdução à Programação (PG) Docente: Pedro Viçoso Fazenda (pfazenda@cedet.isel.ipl.pt) Professor Responsável: Pedro Alexandre Pereira (palex@cc.isel.ipl.pt)

Leia mais

Algoritmos e Lógica de Programação Introdução e formas de representação

Algoritmos e Lógica de Programação Introdução e formas de representação Algoritmos e Lógica de Programação Introdução e formas de representação Agostinho Brito Departamento de Engenharia da Computação e Automação Universidade Federal do Rio Grande do Norte 15 de agosto de

Leia mais

Introdução à Computação (IC) Linguagem C: Variáveis e Constantes

Introdução à Computação (IC) Linguagem C: Variáveis e Constantes Introdução à Computação (IC) Linguagem C: Variáveis e Constantes Prof.ª Dr.ª Symone Gomes Soares Alcalá Universidade Federal de Goiás (UFG) Regional Goiânia (RG) Campus Aparecida de Goiânia (CAP) Faculdade

Leia mais

Introdução à Linguagem C

Introdução à Linguagem C Engenharia de CONTROLE e AUTOMAÇÃO Introdução à Linguagem C Aula 02 DPEE 1038 Estrutura de Dados para Automação Curso de Engenharia de Controle e Automação Universidade Federal de Santa Maria beltrame@mail.ufsm.br

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÓFONA DE HUMANIDADES E TECNOLOGIAS 1º Semestre 2007/2008

UNIVERSIDADE LUSÓFONA DE HUMANIDADES E TECNOLOGIAS 1º Semestre 2007/2008 UNIVERSIDADE LUSÓFONA DE HUMANIDADES E TECNOLOGIAS 1º Semestre 2007/2008 Introdução à Programação em C 28/01/2008 Leia com atenção as perguntas e justifique cuidadosamente todas as respostas 1. Descreva,

Leia mais

U.C. (21093) Programação por Objetos. XX de Julho de INSTRUÇÕES --

U.C. (21093) Programação por Objetos. XX de Julho de INSTRUÇÕES -- Ministério da Educação e Ciência p-fólio U.C. (21093) Programação por Objetos XX de Julho de 2015 -- INSTRUÇÕES -- O estudante deverá responder à prova na folha de ponto e preencher o cabeçalho e todos

Leia mais

INTRODUÇÃO AO C++ SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DR. EDNALDO B. PIZZOLATO

INTRODUÇÃO AO C++ SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DR. EDNALDO B. PIZZOLATO INTRODUÇÃO AO C++ SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DR. EDNALDO B. PIZZOLATO Tópicos Estrutura Básica B de Programas C e C++ Tipos de Dados Variáveis Strings Entrada e Saída de Dados no C e C++ INTRODUÇÃO O C++ aceita

Leia mais

Fundamentos de Programação

Fundamentos de Programação Fundamentos de Programação Linguagem C++: arrays de caracteres (strings) Bruno Emerson Gurgel Gomes 1 1 Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RN (IFRN) 2011 Bruno Gomes (IFRN) Fundamentos

Leia mais

Anhanguera Educacional S.A. Centro Universitário Ibero-Americano

Anhanguera Educacional S.A. Centro Universitário Ibero-Americano O C++ foi inicialmente desenvolvido por Bjarne Stroustrup durante a década de 1980 com o objetivo de melhorar a linguagem de programação C, mantendo a compatibilidade com esta linguagem. Exemplos de Aplicações

Leia mais

Disciplina de Algoritmos e Programação

Disciplina de Algoritmos e Programação Disciplina de Algoritmos e Programação Aula Passada Prática com declaração e inicialização de variáveis Capacidade de representação (estouro de representação) Tamanho ocupado pela variável na memória (comando

Leia mais

Programação Orientada a Objetos

Programação Orientada a Objetos Programação Orientada a Objetos Professor: Diego Oliveira Conteúdo 05: Linguagem Java Conteúdo da Aula Linguagem Java Tipos Primitivos Operadores Aritiméticos Operadores Lógicos Precedência de Operadores

Leia mais

Aula 14: Funções Passagem de Parâmetros por Referência

Aula 14: Funções Passagem de Parâmetros por Referência CI208 - Programação de Computadores Aula 14: Funções Passagem de Parâmetros por Referência Prof. MSc. Diego Roberto Antunes diegor@inf.ufpr.br www.inf.ufpr.br/diegor Universidade Federal do Paraná Setor

Leia mais

Paradigmas de Linguagens

Paradigmas de Linguagens Paradigmas de Linguagens Aula 2: Tipos de dados Professora Sheila Cáceres Tipos de dados Dados são a matéria prima da computação junto com os programas. LPs precisam manipular dados. LPS utilizam os conceitos

Leia mais

Introdução à Programação. Introdução a Linguagem C. Prof. José Honorato F. Nunes

Introdução à Programação. Introdução a Linguagem C. Prof. José Honorato F. Nunes Introdução à Programação Introdução a Linguagem C Prof. José Honorato F. Nunes honorato.nunes@ifbaiano.bonfim.edu.br Resumo da aula Introdução Variáveis Tipos de dados Operadores e Expressões: Operadores

Leia mais

Introdução. 17-out-08 Leandro Tonietto 2

Introdução. 17-out-08 Leandro Tonietto 2 Programação II Leandro Tonietto Algoritmos e Programação em C++ Curso de Segurança da Informação ltonietto@unisinos.br http://www.inf.unisinos.br/~ltonietto/tsi/ica/programacao2.pdf out-08 Introdução O

Leia mais

Lição 4 Fundamentos da programação

Lição 4 Fundamentos da programação Lição 4 Fundamentos da programação Introdução à Programação I 1 Objetivos Ao final desta lição, o estudante será capaz de: Identificar as partes básicas de um programa em Java Reconhecer as diferenças

Leia mais

Revisões de PG. Programação Orientada por Objetos (POO) Centro de Cálculo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa

Revisões de PG. Programação Orientada por Objetos (POO) Centro de Cálculo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Revisões de PG (POO) Centro de Cálculo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Pedro Alexandre Pereira (palex@cc.isel.ipl.pt) Compilar e executar programas em Java Ficheiro fonte (Prog.java) Ficheiro

Leia mais

Material III-Bimestre Introdução e conceitos fundamentais da Linguagem C#

Material III-Bimestre Introdução e conceitos fundamentais da Linguagem C# Universidade do Vale do Paraíba Colégio Técnico Antônio Teixeira Fernandes Disciplina POO -2017 Material III-Bimestre Introdução e conceitos fundamentais da Linguagem C# http://www1.univap.br/~wagner Prof.

Leia mais

Introdução a Linguagem C. Prof. Me. Hélio Esperidião

Introdução a Linguagem C. Prof. Me. Hélio Esperidião Introdução a Linguagem C Prof. Me. Hélio Esperidião Características de um programa De forma geral a maioria dos programas são compostos por dados de entrada, processamento e dados de saída. Entrada de

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo. Programação I Tipos de Dados Básicos - C Professora: Norminda Luiza

Universidade Federal do Espírito Santo. Programação I Tipos de Dados Básicos - C Professora: Norminda Luiza Universidade Federal do Espírito Santo Programação I Tipos de Dados Básicos - C Professora: Norminda Luiza Variáveis Tipos de Dados Básicos Formação dos identificadores o nome deve começar com uma letra

Leia mais

Fábio Rodrigues / Israel Lucania

Fábio Rodrigues / Israel Lucania Fábio Rodrigues / Israel Lucania Variável é um local na memória principal, isto é, um endereço que armazena um conteúdo. Em linguagem de alto nível nos é permitido dar nomes a esse endereço, facilitando

Leia mais

LINGUAGEM C: VARIÁVEIS E EXPRESSÕES

LINGUAGEM C: VARIÁVEIS E EXPRESSÕES LINGUAGEM C: VARIÁVEIS E EXPRESSÕES Prof. André Backes LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO Linguagem de Máquina Computador entende apenas pulsos elétricos Presença ou não de pulso 1 ou 0 Tudo no computador deve

Leia mais

LINGUAGEM C: VARIÁVEIS E EXPRESSÕES

LINGUAGEM C: VARIÁVEIS E EXPRESSÕES LINGUAGEM C: VARIÁVEIS E EXPRESSÕES Prof. André Backes LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO Linguagem de Máquina Computador entende apenas pulsos elétricos Presença ou não de pulso 1 ou 0 Tudo no computador deve

Leia mais

Carlos Eduardo Batista. Centro de Informática - UFPB

Carlos Eduardo Batista. Centro de Informática - UFPB Linguagem de Programação I Carlos Eduardo Batista Centro de Informática - UFPB bidu@ci.ufpb.br Complexidade dos sistemas de software Estrutura Decomposição Abstração Hierarquia Projeto de sistemas complexos

Leia mais

PRIMEIROS PASSOS COM PYTHON. Prof. Msc. Luis Filipe Alves Pereira 2015

PRIMEIROS PASSOS COM PYTHON. Prof. Msc. Luis Filipe Alves Pereira 2015 PRIMEIROS PASSOS COM PYTHON Prof. Msc. Luis Filipe Alves Pereira 2015 PRIMEIROS PASSOS COM PYTHON 02/47 O QUE É PYTHON? Python é uma linguagem de propósito geral, de alto nível e interpretada Python será

Leia mais

PCS3111. Laboratório de Programação Orientada a Objetos para Engenharia Elétrica. Aula 1: Visão Geral

PCS3111. Laboratório de Programação Orientada a Objetos para Engenharia Elétrica. Aula 1: Visão Geral PCS3111 Laboratório de Programação Orientada a Objetos para Engenharia Elétrica Aula 1: Visão Geral Escola Politécnica da Universidade de São Paulo Objetivos Conceitos de Orientação a Objetos (OO) Aspectos

Leia mais

Linguagem C Princípios Básicos (parte 1)

Linguagem C Princípios Básicos (parte 1) Linguagem C Princípios Básicos (parte 1) Objetivos O principal objetivo deste artigo é explicar alguns conceitos fundamentais de programação em C. No final será implementado um programa envolvendo todos

Leia mais

Universidade Estadual da Paraíba - UEPB Curso de Licenciatura em Computação

Universidade Estadual da Paraíba - UEPB Curso de Licenciatura em Computação Universidade Estadual da Paraíba - UEPB Curso de Licenciatura em Computação Análise Semântica Disciplina: Compiladores Equipe: Luiz Carlos dos Anjos Filho José Ferreira Júnior Compiladores Um compilador

Leia mais

#include <stdio.h> Void main() { printf( Cheguei!\n"); } INTRODUÇÃO A LINGUAGEM C

#include <stdio.h> Void main() { printf( Cheguei!\n); } INTRODUÇÃO A LINGUAGEM C #include Void main() { printf( Cheguei!\n"); } INTRODUÇÃO A LINGUAGEM C ANTES DO C ERA A LINGUAGEM B B foi essencialmente uma simplificação da linguagem BCPL. B só tinha um tipo de dado, que

Leia mais

Módulo 03. Identificadores, Palavras Reservadas, e Tipos

Módulo 03. Identificadores, Palavras Reservadas, e Tipos Módulo 03 Identificadores, Palavras Reservadas, e Tipos Objetivos Utilizar comentários em um programa. Distinguir entre identificadores válidos e não-válidos. Reconhecer palavras-reservadas da tecnologia

Leia mais

Introdução a Programação na Linguagem C.

Introdução a Programação na Linguagem C. Introdução a Programação na Linguagem C. Prof. Gemilson George E-mail: gemilson@geo.com.br Skype: gemilson_geo MSN: gemilsongeorge@gmail.com Facebook: facebook.com/gemilson Fone: (83)8880-2046 Blog: informaticageo.wordpress.com

Leia mais

Algoritmos. Algoritmos. Linguagem de programação. Conceitos. Conceitos. Conceitos. Sintaxe do comando para incluir bibliotecas no programa:

Algoritmos. Algoritmos. Linguagem de programação. Conceitos. Conceitos. Conceitos. Sintaxe do comando para incluir bibliotecas no programa: Algoritmos Algoritmos Leandro Tonietto Unisinos ltonietto@unisinos.br http://www.inf.unisinos.br/~ltonietto/inf/pg1/algoritmosi_java.pdf Mar-2008 Possuem sintaxe flexível e são mais úteis para descrição

Leia mais

Linguagem C: Introdução

Linguagem C: Introdução Linguagem C: Introdução Linguagem C É uma Linguagem de programação genérica que é utilizada para a criação de programas diversos como: Processadores de texto Planilhas eletrônicas Sistemas operacionais

Leia mais

Variáveis, Tipos de Dados e Operadores

Variáveis, Tipos de Dados e Operadores ! Variáveis, Tipos de Dados e Operadores Engenharias Informática Aplicada 2.o sem/2013 Profa Suely (e-mail: smaoki@yahoo.com) VARIÁVEL VARIÁVEL É um local lógico, ligado a um endereço físico da memória

Leia mais

Aula 5 Oficina de Programação Introdução ao C. Profa. Elaine Faria UFU

Aula 5 Oficina de Programação Introdução ao C. Profa. Elaine Faria UFU Aula 5 Oficina de Programação Introdução ao C Profa. Elaine Faria UFU - 2017 Linguagem de Programação Para que o computador consiga ler um programa e entender o que fazer, este programa deve ser escrito

Leia mais

JSP Prof. Daniela Pires. VARIAVEIS... 2 Tipos de Dados... 2 String Float Integer Boolean... 3

JSP Prof. Daniela Pires. VARIAVEIS... 2 Tipos de Dados... 2 String Float Integer Boolean... 3 Conteúdo VARIAVEIS... 2 Tipos de Dados... 2 String... 2 Float... 3 Integer... 3 Boolean... 3 Variáveis... 4 O que são variáveis?... 4 Tipo de variáveis... 5 Concatenação:... 6 1 VARIAVEIS Antes de falarmos

Leia mais

Computação e Programação Aula prática nº 5. Enunciados dos problemas

Computação e Programação Aula prática nº 5. Enunciados dos problemas Enunciados dos problemas 1 2. Implementação de uma calculadora 2.1 Objectivos do exercício análise sequencial de um problema baseada em objectos e desenvolvimento do respectivo algoritmo; codificação do

Leia mais

Linguagem Pascal. Prof. Sérgio Rodrigues. É a descrição, de forma lógica, dos passos a serem executados no cumprimento de determinada tarefa;

Linguagem Pascal. Prof. Sérgio Rodrigues. É a descrição, de forma lógica, dos passos a serem executados no cumprimento de determinada tarefa; Linguagem Pascal Prof. Sérgio Rodrigues Introdução Algoritmo É a descrição, de forma lógica, dos passos a serem executados no cumprimento de determinada tarefa; Programa é a formalização de um algoritmo

Leia mais

Variáveis primitivas e Controle de fluxo

Variáveis primitivas e Controle de fluxo Variáveis primitivas e Controle de fluxo Material baseado na apostila FJ-11: Java e Orientação a Objetos do curso Caelum, Ensino e Inovação, disponível para download em http://www.caelum.com.br/apostilas/

Leia mais

Linguagem de Programação II Implementação

Linguagem de Programação II Implementação Linguagem de Programação II Implementação Prof. Alessandro Borges 2 Tópicos Implementação em Java Variáveis Palavras reservadas Pacotes Identificador this Acessando membros de outros objetos API Java Nossa

Leia mais

Linguagens de Programação PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES. Linguagem C. Linguagem C Estrutura Básica. Constante (literais) Linguagem C Primeiro Programa

Linguagens de Programação PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES. Linguagem C. Linguagem C Estrutura Básica. Constante (literais) Linguagem C Primeiro Programa Linguagens de Programação PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES Linguagem C - Introdução Linguagens de Máquina Representação numérica Difícil utilização e compreensão Específica para cada máquina Linguagens Simbólicas(Assembly)

Leia mais

Algoritmos e Introdução à Programação. Lógica e Linguagem de Programação

Algoritmos e Introdução à Programação. Lógica e Linguagem de Programação Algoritmos e Introdução à Programação Lógica e Linguagem de Programação Prof. José Honorato Ferreira Nunes honoratonunes@softwarelivre.org http://softwarelivre.org/zenorato/honoratonunes Linguagem C Prof.

Leia mais

Legibilidade do código fonte

Legibilidade do código fonte Sumário Legibilidade do código fonte Exemplos Normas Instrução switch Sintaxe e Semântica Exemplo Tipos enumerados Exemplo Programação 2007/2008 DEEC-IST 1 Legibilidade do código fonte Exemplo: Considere

Leia mais

Introdução à Programação Aula 3 Primeiros programas

Introdução à Programação Aula 3 Primeiros programas Introdução à Programação Aula 3 Primeiros programas Pedro Vasconcelos DCC/FCUP 2015 Pedro Vasconcelos (DCC/FCUP) Introdução à Programação Aula 3 Primeiros programas 2015 1 / 23 Nesta aula... 1 Tipos básicos

Leia mais

Linguagem de Programação I

Linguagem de Programação I Linguagem de Programação I Carlos Eduardo Ba6sta Centro de Informá6ca - UFPB bidu@ci.ufpb.br Aula passada... Complexidade dos sistemas de sodware Estrutura Decomposição Abstração Hierarquia Projeto de

Leia mais

Introdução a JAVA. Variáveis, tipos, expressões, comandos e blocos

Introdução a JAVA. Variáveis, tipos, expressões, comandos e blocos + Introdução a JAVA Variáveis, tipos, expressões, comandos e blocos +Roteiro 2 Variáveis e tipos Operadores aritméticos, lógicos, relacionais e bit-a-bit Atribuição Comandos básicos Ler, Escrever, Condicional,

Leia mais

Fundamentos de Programação. Linguagem C++ aula II - Variáveis e constantes. Prof.: Bruno Gomes

Fundamentos de Programação. Linguagem C++ aula II - Variáveis e constantes. Prof.: Bruno Gomes Fundamentos de Programação Linguagem C++ aula II - Variáveis e constantes Prof.: Bruno Gomes 1 Variáveis Representa uma porção da memória que pode ser utilizada pelo programa para armazenar informações

Leia mais

C++ - Matrizes. Observ.: C++ não avisa quando o limite de uma matriz foi excedido. Providenciar a verificação é responsabilidade do programador.

C++ - Matrizes. Observ.: C++ não avisa quando o limite de uma matriz foi excedido. Providenciar a verificação é responsabilidade do programador. C++ - Matrizes É um conjunto de variáveis, do mesmo tipo, referenciadas por um único nome, onde cada variável é diferenciada por meio de um número entre colchetes chamado índice. Declaração : tipo nome

Leia mais

4 Variáveis. Unesp Campus de Guaratinguetá

4 Variáveis. Unesp Campus de Guaratinguetá 4 Variáveis Unesp Campus de Guaratinguetá Curso de Programação Computadores Prof. Aníbal Tavares Profa. Cassilda Ribeiro Ministrado por: Prof. André Amarante Composição do Hardware MEMÓRIA UNIDADES FUNCIONAIS

Leia mais

Olimpíadas de Informática

Olimpíadas de Informática Olimpíadas de Informática Aulas preparatórias Introdução a Programação em C++. Prof. Gemilson George gemilson_geo gemilson@colegiogeo.com.br (83)8792-7419 informaticageo.wordpress.com (Grupo): GEO.OBI

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA AULA 05 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++

INFORMÁTICA APLICADA AULA 05 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++ UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: Bacharelado em Ciências e Tecnologia INFORMÁTICA APLICADA AULA 05 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++ Profª ª Danielle Casillo LAÇOS Laços são comandos da linguagem

Leia mais

Módulo Lógica Programação com aplicações em Java. Projeto khouse Profissionalizante Profª Larissa Brandão

Módulo Lógica Programação com aplicações em Java. Projeto khouse Profissionalizante Profª Larissa Brandão Educação Módulo Lógica e Ética de Programação com aplicações em Java Projeto khouse Profissionalizante Profª Larissa Brandão Educação e Ética Fundamentos da Programação Objetivos: Reconhecer as diferenças

Leia mais

Introdução à Ciência da Computação scc-120

Introdução à Ciência da Computação scc-120 ICMC USP 1.semestre/2011 Introdução à Ciência da Computação scc-120 Aula : Variáveis em C Profa. Roseli Romero mailto: rafrance@icmc.sc.usp.br Slides cedidos pela profa. Renata Fortes Variáveis variáveis

Leia mais

Faculdade de Computação

Faculdade de Computação Faculdade de Computação Programação Procedimental 1 o Laboratório de Programação C Prof. Cláudio C. Rodrigues 1. Introdução O objetivo desta aula prática é exercitar o uso de variáveis de vários tipos

Leia mais

Hello World. Linguagem C. Tipos de Dados. Palavras Reservadas. Operadores Aritméticos. Pré e pós incremento e pré e pós decremento

Hello World. Linguagem C. Tipos de Dados. Palavras Reservadas. Operadores Aritméticos. Pré e pós incremento e pré e pós decremento Hello World Linguagem C printf("hello world!\n"); main é a função principal, a execução do programa começa por ela printf é uma função usada para enviar dados para o vídeo Palavras Reservadas auto double

Leia mais

Conceitos Básicos Linguagem C

Conceitos Básicos Linguagem C Conceitos Básicos Linguagem C PROF. MAURÍCIO A DIAS MACDIASPAE@GMAIL.COM 2 Método Método básico para construção de algoritmos 1. Compreender completamente o problema a ser resolvido, se possível dividindo

Leia mais