Pesquisa Nacional em Gerenciamento de Processos de Negócio

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Pesquisa Nacional em Gerenciamento de Processos de Negócio - 2013"

Transcrição

1 Pesquisa Nacional em Gerenciamento de Processos de Negócio O status e a evolução do Gerenciamento de Processos de Negócio nas organizações brasileiras. 1

2 editorial BPM GLOBAL TRENDS Prezado(a) leitor(a), É com grande satisfação que encaminhamos a você a 1ª Edição da Pesquisa Nacional em Gerenciamento de Processos de Negócio realizada em A pesquisa foi realizada pela ABPMP Brasil, com o objetivo de identificar o status e evolução do Gerenciamento de Processos de Negócio (BPM) nas organizações brasileiras, tanto públicas quanto privadas. Para coleta de dados, utilizamos um questionário eletrônico distribuído a participantes de todo o Brasil. O questionário captou inicialmente informações da organização e do profissional representante, seguidas de informações sobre o status das organizações no que tange ao tema Gerenciamento de Processos de Negócios (BPM). Apresentamos nas próximas páginas a análise da pesquisa e os resultados que acreditamos representar o nível atual de desenvolvimento do tema nas organizações atuantes no Brasil. É importante destacar que optamos por não divulgar informações individuais de nenhum participante, mas apenas o conjunto das respostas obtidas. Agradecemos imensamente a todos os profissionais que disponibilizaram informações sobre suas organizações e, com isso, viabilizaram a publicação desta pesquisa. Esperamos que os resultados desta sirvam como inspiração pela busca constante da evolução em BPM. Desde já nos colocamos à disposição para esclarecimentos. Direção Geral André Macieira e Leandro Jesus Editorial e Redação Elisa Baruffi Renê Boaventura Patrícia Margonari Revisão Final Renê Boaventura Natália Turrioni Design e Projeto Gráfico Mariana Alves Henrique Ferreira Renê Boaventura Ilustrações Renê Boaventura Capa Luciana Nunes WEB E REDES SOCIAIS BPMGlobalTrends CONTATO 2

3 ÍNDICE 04 DADOS GERAIS DA ORGANIZAÇÃO Qual o perfil das organizações participantes? 19 ATIVIDADES DO GERENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO REALIZADAS PELA Qual a unidade federativa das organizações? ORGANIZAÇÃO Qual a faixa de receita das organizações? Qual a maturidade das iniciativas de BPM Qual a quantidade de colaboradores das atualmente realizadas pela organização? 07 organizações? DADOS GERAIS DO RESPONDENTE Qual o cargo dos profissionais que participaram da 23 TECNOLOGIAS E NOTAÇÕES ADOTADAS Qual o cargo dos profissionais que participaram da pesquisa? pesquisa? 28 CONSIDERAÇÕES FINAIS 09 HISTÓRICO E STATUS ATUAL DO 31 CONCLUSÕES GENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO Há quantos anos a organização vem trabalhando 33 OPINIÃO com o Gerenciamento de Processos de Negócio? 15 RESULTADOS ALCANÇADOS E ESPERADOS COM O GERENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO Quais foram os principais resultados alcançados pela organização em 2012? Quais são os principais resultados esperados pela organização ao final de 2013? 3

4 DADOS GERAIS DAS ORGANIZAÇÕES Analisaremos nesse relatório os dados de 385 profissionais obtidos na primeira edição da Pesquisa Nacional em Gerenciamento de Processos de Negócio, a qual foi realizada durante o ano de Nessa primeira seção, os participantes informaram os dados gerais das organizações em que trabalham. A seguir, analisaremos os dados levantados, a fim de identificar o perfil das organizações participantes. 4

5 Qual o perfil das organizações participantes? 0 ONG e OSCIP 1 Economia Mista 5 De acordo com as respostas dos profissionais, as organizações representadas por eles se enquadram principalmente no setor privado, ficando em segundo lugar as organizações do setor público. O gráfico 1 a seguir demostra essa divisão das organizações dentre os setores da economia. Podemos observar que as organizações de economia mista e do terceiro setor participaram em menor proporção, representando juntas 6 do total. Pública 26 da Qual a unidade federativa das organizações? As organizações participantes se concentram principalmente na região Sudeste, sendo que se encontram localizadas em São Paulo e Rio de Janeiro. A terceira maior parcela das organizações se encontra no Rio Grande do Sul, representando 10 do total. 5 Observamos ainda que o Estado da Bahia representa 9 do total das organizações Economia participantes, Públicae o Distrito Federal outros Mista ONG e OSCIP Privada 68 7 Gráfico 1 - Setores das organizações ONG e OSCIP Economia Mista São Paulo Rio de Janeiro Rio Grande do Sul Bahia Distrito Privada Federal 68 Minas Gerais Goiás Espirito Santo Pernambuco Paraná Outros ONG: Organização Não Governamental OSCIP: Organização da Sociedade Civil de Interesse Público Gráfico 2 - Unidade federativa das organizações Pública 26 5

6 Qual a receita das organizações? Das organizações participantes da pesquisa (excluindo-se as organizações cuja receita era inferior a 20 milhões de reais), 52 se enquadram na faixa de receita anual que ultrapassa 300 milhões de reais. A segunda maior parcela das organizações, com 29, se encontra na faixa entre 50 e 300 milhões anuais. Entre 20 e 50 milhões 19 Percebemos que a amostra da pesquisa está dividida em duas grandes categorias, isto é, das organizações com receita até 300 milhões e daquelas com receita acima desse valor. O primeiro grupo representa 48 do total das organizações e o segundo, 52. Entre 50 e 300 milhões 29 Até 50 colaboradores Mais de 300 milhões 52 Gráfico 3 - Receita das organizações Entre 50 e 100 colaboradores Entre 100 e 500 colaboradores Entre 500 e colaboradores Mais de colaboradores Gráfico 4 - Quantidade de colaboradores Qual a quantidade de colaboradores das organizações? Observando o gráfico 4, percebemos que a maior parcela das organizações participantes possui mais de colaboradores, sendo representada por 59 do total. 6

7 DADOS GERAIS DOS RESPONDENTES Na segunda seção da pesquisa, os participantes foram questionados quanto às suas características profissionais. No entanto, coube divulgar nesse relatório apenas a informação de cargo dos participantes, a qual poderá ser observada no tópico a seguir. As questões de caráter individual não serão expostas, porém não geram nenhum prejuízo à análise dos resultados que buscamos com essa pesquisa. 7

8 Qual o cargo dos profissionais que participaram da pesquisa? Em sua maioria, isto é, 40 dos participantes, são profissionais com cargo de analista. Os participantes com cargo de gerente representaram 20 e aqueles com cargo de coordenador, 18. Outras parcelas significativas se referem aos especialistas e consultores, que representam juntos 16 do total de respondentes Analista Gerente Coordenador Especialista Consultor Diretor Assistente Gráfico 5 Cargos dos profissionais 8

9 HISTÓRICO E STATUS ATUAL DO GERENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO Com a terceira seção da pesquisa, buscamos conhecer o histórico da organização no que tange Gerenciamento de Processos de Negócio, bem como sua experiência atual com o tema. Foram obtidas informações sobre o tempo de experiência da organização com BPM, como a área compõe a estrutura organizacional e o entendimento do tema de forma geral. Essas e outras questões são apresentadas a seguir, com objetivo de entender a situação atual de BPM nas organizações. 9

10 Há quantos anos a organização vem trabalhando com o Gerenciamento de Processos de Negócio? Observamos com o gráfico 6 que a maior parte das organizações participantes trabalha com Gerenciamento de Processos de Negócio há menos de 3 anos, isto é, 63 do total. A parcela restante, de 37 das organizações, possui um tempo maior que 3 anos de trabalho com BPM. 4 a 5 Anos 15 Menos de 1 Ano 32 Gráfico 6 Tempo de adoção do BPM pelas organizações Mais de 5 Anos 22 1 a 3 Anos 31 10

11 Quais foram os motivadores para introdução do Gerenciamento de Processos de Negócio? Planejamento Estratégico Implementação de modelos de referência para TI (ITIL, COBIT, CMM etc.) Implementação de sistema ERP Ao analisar os motivos para o início do trabalho com BPM, percebemos que a maior parte dos representantes das organizações enxerga o Planejamento Estratégico como motivador para adoção desta disciplina. Foram percebidos também como motivadores a implementação de modelos de referência ou sistema de ERP, adequação para a ISO 9000/9001 e o Modelo da Qualidade Total (Total Quality Management TQM). Os demais temas como Lean, Seis Sigma e Custeio ABC foram considerados como fatores de motivação por menor quantidade de organizações. ISO 9000/9001 TQM/ Qualidade Lean ou Seis Sigma 15 Custeio ABC 8 Outros Nas organizações que trabalham há menos de 3 anos com BPM, predominaram entre os motivadores o Planejamento Estratégico, Implementação de modelos de referência de TI e sistema ERP e Modelo da Qualidade Total (TQM). Já nas organizações que trabalham há mais de 3 anos com BPM, predominaram os motivadores ISO 9000/9001, Lean ou Seis Sigma e Custeio ABC, os quais tiveram participação de 51, 52 e 53 do total, respectivamente. Motivadores Planejamento Estratégico Implementação de modelos de referência para TI (ITIL, COBIT, CMM etc.) Implementação de sistema ERP Gráfico 7 Motivadores para introdução em BPM Menos de 1 Ano a 3 Anos a 5 Anos Mais de 5 Anos De modo geral, percebemos uma tendência atual das orga- ISO 9000/ nizações iniciarem suas experiências com BPM principalmente devido ao Planejamento Estratégico, conforme observamos na tabela anterior. TQM/ Qualidade Lean ou Seis Sigma Custeio ABC Tabela 1 Motivadores por tempo de introdução ao BPM 11

12 BPM é uma abordagem para melhoria e gestão do desempenho organizacional 63 Como sua organização entende, hoje, o Gerenciamento de Processos de Negócio? Ninguém fala em BPM na organização BPM é uma forma de documentação das rotinas de trabalho Em relação à visão que o profissional tem sobre o entendimento de BPM pela organização, uma maioria de 63 informou que BPM é uma abordagem para melhoria e gestão do desempenho organizacional. Chamamos atenção para a parcela significativa de 16 daqueles que acreditam que ninguém fala em BPM na organização. Possui Escritório de Processos? BPM é uma tecnologia para automatizar Como a Organização Entende BPM processos BPM é uma abordagem para redução de custos BPM é uma abordagem para melhoria e gestão do desempenho organizacional BPM é uma abordagem para redução de custos BPM é uma forma de documentação das rotinas de trabalho BPM é uma tecnologia para automatizar processos Ninguém fala em BPM na organização 2 6 SIM NÃO Gráfico 8 Como as organizações entendem BPM Observamos na tabela 2 que 71 dos profissionais que acreditam que Ninguém fala em BPM na organização trabalham em organizações que não possuem Escritório de Processos. No mesmo sentido, observamos que 70 daqueles que selecionaram a primeira opção, isto é, BPM é uma abordagem para melhoria e gestão do desempenho organizacional, trabalham em organizações que possuem Escritório de Processos, conforme apresentado na tabela 2. Dessa forma, podemos concluir que os profissionais que trabalham em organizações com Escritórios de Processos possuem melhor compreensão sobre Gerenciamento de Processos de Negócio, enquanto aqueles, cujas organizações não possuem Escri- Possui Escritório de Processos? Como a Organização Entende BPM SIM NÃO tório de Processos, acreditam que esse tema não é tratado entre os colaboradores. BPM é uma abordagem para melhoria e gestão do desempenho organizacional BPM é uma abordagem para redução de custos BPM é uma forma de documentação das rotinas de trabalho BPM é uma tecnologia para automatizar processos Ninguém fala em BPM na organização Tabela 2 Como as organizações entendem BPM por existência de Escritório de Processos 12

13 61 Sim Existe um Escritório ou área formal responsável pelo Gerenciamento de Processos de Negócio na organização? O gráfico 9 permite visualizar que 61 das organizações que participaram da pesquisa possuem Escritório de Processos. Os demais 39 estão representados por organizações que não possuem uma área de processos na organização. 39 Não Ao estratificar as respostas sobre a existência de uma área de processos pela faixa de receita anual, percebemos que a maior diferença entre organizações que possuem Escritório de Processos se referem àquelas cuja receita anual é maior que 300 milhões de reais, sendo que 70 delas possuem Escritório de Processos. Possui Escritório de Processos? SIM NÃO Receita Anual Entre 20 e 50 milhões Entre 50 e 300 milhões Mais de 300 milhões Tabela 3 Existência de Escritório de Processos por faixa de faturamento anual Ao comparar a existência de Escritório de Processos pelo tempo que a organização trabalha com BPM, identificamos que as organizações que trabalham há menos de 1 ano com BPM apresentam o menor percentual com Escritório de Processos, ou seja, 43 delas. Percebemos com isso que as organizações implantam o Escritório de Processos ao longo do tempo, ao invés de introduzir o tema na organização por meio da implantação dessa área. Possui Escritório de Processos? Tempo de Trabalho Com BPM SIM NÃO Menos de 1 ano a 3 anos Sim 39 Não Gráfico 9 Existência de 3 a 5 anos Mais de 5 anos escritórios de processos formais nas organizações Tabela 4 Existência de Escritório de Processos por tempo de trabalho com BPM 13

14 Recursos Humanos 3 Outros 20 Caso sim, a quem essa área está subordinada? Quantos profissionais trabalham formalmente nessa área? Em relação àquelas organizações que possuem 0 Escritório 5de Processos, 10 identifica- 15É possível 6 a 10 Anos observar 20 no gráfico que a grande maioria dos Escritórios de Processos mos que 24 delas está subordinada à área de Tecnologia da Informação e outra parte significativa de 18 se subordina a uma Assessoria ligada ao nível Executivo. das organizações possui até 2 profissionais trabalhando formalmente na área, representando 40 do total. Verifica-se também que a segunda maior parcela 3 a 5 Anos das orga- 16 nizações, de 29, possui de 3 a 5 colaboradores atuando no Escritório de Processos. 29 Tecnologia da Informação Assessoria ligada ao nível executivo a 2 Colaboradores 40 Qualidade 12 Planejamento e Orçamento 11 Administrativo Finanças 4 8 Mais de 10 Colaboradores 14 Recursos Humanos 3 Outros a 10 Colaboradores 16 3 a 5 Colaboradores 29 Gráfico 10 Áreas de subordinação do Escritório de Processos Gráfico 11 Quantidade de profissionais da área de processos 14

15 RESULTADOS ALCANÇADOS E ESPERADOS COM O GERENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO Com as questões contidas nessa seção, buscamos ter uma percepção sobre os resultados alcançados pela organização com o BPM em relação ao ano anterior à aplicação da pesquisa, isto é, 2012, bem como sobre as expectativas de resultados para o ano em questão, no caso Nos tópicos a seguir, podemos identificar e comparar esses resultados. 15

16 Quais foram os principais resultados alcançados pela organização em 2012? Quanto aos principais resultados alcançados em 2012, identificamos que a maior percepção de resultados significativos alcançados para muitas áreas da organização se referem à Padronização de Processos, já que 20 dos profissionais indicaram esse resultado Documentação de conhecimento tácito Padronização de processos Aumentos de eficiência dos processos (redução de custos, eliminação de desperdícios, simplificação/ uniformização de rotinas) Aumento da qualidade de produtos e serviços, visando maior satisfação dos clientes, consumidores ou cidadãos Atendimento (conformidade) com normativos, regulações, legislações, certificações ou modelos de referência Melhoria da estrutura de monitoramento e aumento da visibilidade operacional para tomada de decisão Implantação da estratégia a partir da transformação dos processos chaves Aumento da satisfação dos funcionários e desenvolvimento do clima organizacional Suporte a evento específico (fusão, aquisição, terceirização) Significativo para Muitas Áreas Significativo para Poucas Áreas Preliminar e Pontual Não foi Percebido na Organização Gráfico 12 Resultados alcançados em

17 Foram percebidos também como resultados expressivos para muitas áreas em 2012, o atendimento à conformidade com normativos, regulações, legislações, certificações ou modelos de referência e a documentação de conhecimento tácito, com 18 e 17 de seleção pelos participantes. Em relação aos resultados que tiveram significância para poucas áreas da organização, os mais selecionados pelos participantes são a padronização de processos, atendimento à conformidade e documentação de conhecimento tácito, nessa ordem. Sendo conhecimento comum à maioria dos profissionais envolvidos com BPM e de acordo com as informações supracitadas, podemos constatar que as organizações ainda buscam e têm uma grande preocupação em ter resultados com iniciativas de BPM que tenham como foco a documentação e a internalização do conhecimento através da manualização de seus processos, bem como para o atendimento a auditorias internas ou normas regulatórias externas. Os demais resultados podem ser observados no gráfico 12. Documentação de conhecimento tácito Padronização de processos Aumentos de eficiência dos processos (redução de custos, eliminação de desperdícios, simplificação/ uniformização de rotinas) Aumento da qualidade de produtos e serviços, visando maior satisfação dos clientes, consumidores ou cidadãos Atendimento (conformidade) com normativos, regulações, legislações, certificações ou modelos de referência Em seguida, comparamos os resultados alcançados em 2012 entre as respostas dos profissionais vinculados a organizações que possuem Escritório de Processos com aquelas cujas organizações não o possuem. O cálculo foi realizado somente em relação à categoria Significativo para muitas áreas. Com isso, podemos observar que os profissionais que trabalham em organizações com Escritórios de Processos têm uma percepção expressivamente superior dos resultados alcançados com BPM em Os resultados que apresentaram maior discrepância entre os dois tipos de organizações são três, a saber: melhoria da estrutura de monitoramento e aumento da visibilidade operacional para tomada de decisão, documentação de conhecimento tácito e padronização de processos. Melhoria da estrutura de monitoramento e aumento da visibilidade operacional para tomada de decisão Implantação da estratégia a partir da transformação dos processos chaves Aumento da satisfação dos funcionários e desenvolvimento do clima organizacional Suporte a evento específico (fusão, aquisição, terceirização) Gráfico 13 Resultados alcançados vs.existência de Escritório de Processos Possui Escritório de Processos Não possui Escritório de Processos 17

18 Quais são os principais resultados esperados pela organização ao final de 2013? Analisando as respostas obtidas, percebe-se que havia uma enorme expectativa sobre os resultados a serem alcançados com Gerenciamento de Processos de Negócio em Cabe destacar, no entanto, a grande diferença entre os resultados alcançados em 2012 (gráfico 12) frente aos resultados esperados para 2013 (gráfico 14). Enquanto apenas 13 dos profissionais consideram que alcançaram um aumento de eficiência de processos, por exemplo, em 2012, a expectativa para aumento de eficiência em 2013 passa a ser de 41. Essa expectativa de aumento dos resultados com BPM é percebida em todas as demais finalidades, conforme observamos no gráfico a seguir Documentação de conhecimento tácito Padronização de processos Aumentos de eficiência dos processos (redução de custos, eliminação de desperdícios, simplificação/ uniformização de rotinas) Aumento da qualidade de produtos e serviços, visando maior satisfação dos clientes, consumidores ou cidadãos Atendimento (conformidade) com normativos, regulações, legislações, certificações ou modelos de referência Melhoria da estrutura de monitoramento e aumento da visibilidade operacional para tomada de decisão Implantação da estratégia a partir da transformação dos processos chaves Aumento da satisfação dos funcionários e desenvolvimento do clima organizacional Suporte a evento específico (fusão, aquisição, terceirização) Significativo para Muitas Áreas Preliminar e Pontual Significativo para Poucas Áreas Não foi Percebido na Organização Gráfico 14 Resultados esperados ao final de

19 19

20 ATIVIDADES DO GERENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO REALIZADAS PELA ORGANIZAÇÃO Nessa seção, o objetivo da pesquisa é demonstrar o grau de maturidade das atividades de BPM conforme seu desenvolvimento pelas organizações. A seguir podemos observar o relacionamento entre o grau de maturidade e a localização das organizações dentre os diversos Estados da Federação, bem como entre a maturidade e as faixas de faturamento anual destas. 20

21 Qual a maturidade das iniciativas de BPM atualmente realizadas pela organização? Observando o gráfico 15, identificamos que pequena parcela dos respondentes acredita que suas iniciativas de BPM, de maneira geral, estão plenamente disseminadas e internalizadas. As práticas apontadas como mais maduras são as de construção e atualização dos manuais e procedimentos, modelagem de processos e auditoria de conformidade de processos Desdobramento da estratégia para processos Atualização da Arquitetura de Processos / Cadeia de Valor Modelagem de Processos Análise e Melhoria de processos Acompanhamento da implementação de mudanças nos processos Inovação de processos Construção e atualização dos manuais e procedimentos Especificação requisitos para o desenvolvimento de sistemas orientado por processos Automação de processos com uso de BPMS Acompanhamento dos indicadores de processos Monitoração de riscos nos processos Auditoria de conformidade de processos Capacitação de profissionais em seus processos de trabalho Capacitação de profissionais em BPM Plenamente disseminada e internalizada pela organização Amadurecendo na organização - a partir do 2º ano Em implementação formal - 1º ano Não realizada ou realizada de maneira pontual e informal Gráfico 15 Maturidade das iniciativas de BPM 21

22 Construção e atualização dos manuais e procedimentos Modelagem de Processos Análise e Melhoria de processos Capacitação de profissionais em seus processos de trabalho Especificação requisitos para desenvolvimento de sistemas orientado a processos Acompanhamento dos indicadores de processos Acompanhamento da implementação de mudanças nos processos Atualização da Arquitetura de Processos / Cadeia de Valor Auditoria de conformidade de processos Inovação de processos Desdobramento da estratégia para processos Capacitação de profissionais em BPM A pesquisa nos indica também que as práticas de automação de processos com uso de BPMS, monitoração de riscos nos processos e auditoria de conformidade de processos são aquelas menos realizadas ou realizadas de maneira pontual e informal nas organizações, tendo recebido a pior classificação por 62, 56 e 47 dos respondentes, respectivamente. Para uma melhor visualização da maturidade de cada uma das iniciativas de BPM dentro das organizações, demonstramos ao lado um grau de maturidade para as diversas iniciativas do Gerenciamento de Processos de Negócio. Para cálculo do grau de maturidade, consideramos a pontuação de 1 a 4 para as categorias, sendo o nível mais baixo de maturidade 1 e o mais alto 4, os quais foram ponderados pelas respectivas proporções de respondentes. Assim, podemos observar no gráfico 16 o grau de maturidade encontrado para cada atividade de BPM Monitoração de riscos nos processos Automação de processos com uso de BPMS 0 Gráfico 16 Grau de maturidade médio das atividades de BPM 22

23 No gráfico 17 comparamos o grau de maturidade com o porte da organização, isto é, considerando sua faixa de faturamento anual. Percebemos que, a partir do grau de maturidade médio calculado nessa pesquisa, as organizações, cuja receita anual é maior que 300 milhões de reais, apresentam superioridade significativa nas categorias de Atualização da Arquitetura de Processos/ Cadeia de Valor, Construção e Atualização dos Manuais e Procedimentos e Auditoria de Conformidade de Processos. Para as três categorias citadas anteriormente, o intervalo entre a nota máxima das organizações de faturamento anual acima de 300 milhões de reais para a nota mínima foi de 0,30, 0,23 e 0,22 pontos, respectivamente, sendo que o intervalo dos resultados obtidos em todas as categorias vai de 1,48 a 2,34. Identificamos também dois pontos bastante interessantes em relação às organizações menores, isto é, aquelas que possuem faturamento anual entre 20 e 50 milhões de reais. Em primeiro lugar, estas organizações demonstraram um resultado médio superior em relação à maturidade da capacitação de profissionais em seus processos de trabalho. Acreditamos que esse resultado se deva à facilidade da organização de menor porte em perceber os resultados desta atividade do Gerenciamento de Processos de Negócio. Assim, para uma empresa maior, a capacitação dos profissionais em seus processos de trabalho seja uma tarefa menos relacionada com a disciplina de BPM. Em segundo lugar, estas organizações também apresentaram um grau de maturidade mais elevado quanto à inovação de processos. Acreditamos ser possível que os profissionais de organizações de menor porte tenham maior autonomia para trabalhar com BPM e dessa forma atuem buscando a inovação nos processos. Desdobramento da estratégia para processos Atualização da Arquitetura de Processos / Cadeia de Valor Modelagem de Processos Análise e Melhoria de processos Inovação de processos Acompanhamento da implementação de mudanças nos processos Construção e atualização dos manuais e procedimentos Especificação de requisitos para desenvolvimento de sistemas orientado a processos Automação de processos com uso de BPMS Acompanhamento dos indicadores de processos Monitoração de riscos nos processos Auditoria de conformidade de processos Capacitação de profissionais em seus processos de trabalho Capacitação de profissionais em BPM Gráfico 17 Grau de maturidade por faixa de faturamento das organizações 0 0,5 1,0 1,5 2,0 2,5 Entre 20 e 50 Milhões Entre 20 e 300 Milhões Mais de 300 Milhões 23

24 TECNOLOGIAS E NOTAÇÕES ADOTADAS A sexta seção dessa pesquisa tem como objetivo verificar como as organizações têm trabalhado com BPM no que tange à modelagem e automação de processos. A seguir podemos observar as informações obtidas em relação à notação de modelagem, bem como quanto às ferramentas utilizadas para modelar e automatizar processos 24

25 Qual a notação adotada para modelagem de processos? Podemos identificar a partir do gráfico 18 que a principal notação de modelagem de processos utilizada nas organizações nacionais é o BPMN (Business Process Model and Notation), a qual foi indicada por 53,11 dos profissionais participantes. Os fluxogramas tradicionais foram indicados por 37,58 dos respondentes, seguidos pelo EPC (Event-driven Process Chain) com 4, Gráfico 18 Notações para modelagem de processos BPMN Fluxogramas EPC SIPOC IDEF 25

26 Qual(is) a(s) ferramenta(s) adotada(s) pela organização para modelar processos? Quanto às ferramentas adotadas para modelagem de processos, percebemos pelo gráfico 19 que a maioria das organizações, isto é, 49 utilizam o Bizagi. A segunda ferramenta mais utilizada, em 44 das organizações, é o Microsoft Visio Bizagi MS-Visio MS-Excel ou PowerPoint ARIS Oracle BPA ARPO Casewise Outras Nenhuma Gráfico 19 Ferramentas para modelagem de processos 26

27 Qual(is) a(s) ferramenta(s) de processos adotada(s) pela organização para automatizar processos? A partir das respostas demonstradas no gráfico 20 verificamos que 63 do total de participantes não utiliza ainda nenhuma ferramenta para automatizar processos. A ferramenta Bizagi é citada por 16 das organizações, seguida pelo Oracle BPM com 8 e IBM Websphere com 5. Dessa forma, é possível verificar que existe uma grande oportunidade para que as organizações possam realizar a modelagem de sistemas orientados por processos Bizagi Oracle BPM IBM Websphere Bonita Agiles Intalio Orquestra BPM Atos Lecom Tibco Web Methods Outras Nenhuma Gráfico 20 Ferramentas para automatização de processos 27

28 Modelagem de Processos Execução de Workflow Publicação Web (intranet) Gerenciamento de Regras de Negócio Monitoramento de desempenho Simulação de Processos Business Intelligence Gerenciamento de Conteúdo Orquestração de Serviços Qual(is) componente(s) dessa(s) ferramenta(s) são utilizados? Ao decompor as ferramentas BPMS em seus componentes, foi indicado por 84 dos profissionais que a utilização se destina à modelagem de processos. A modelagem de processos é utilizada em muitas organizações para documentação, bem como para discutir melhorias nos processos e formalizar a nova forma de execução das atividades. Nota-se que a execução de workflow (ferramenta de fluxo de trabalho) foi indicada por 32 dos profissionais, sendo utilizado, por exemplo, para diminuir o prazo e ter maior controle das atividades. A publicação web (intranet) indicada por 29 dos respondentes é um componente importante, pois é uma maneira de disseminar modelos de processos tornando-os acessíveis a todos os colaboradores. Colaboração em Grupo / Redes Sociais Gráfico 21 Componentes das ferramentas de automatização de processos 28

29 CONSIDERAÇÕES FINAIS Concluímos a pesquisa questionando os profissionais sobre as principais restrições percebidas para evolução da disciplina de BPM dentro das organizações. O objetivo da questão é identificar as barreiras enfrentadas pelas organizações, que de alguma forma dificultam a evolução do tema. Tendo em vista esse objetivo, buscamos estratificar as respostas em relação às organizações que possuem Escritórios de Processos e aquelas que não o possuem. Dessa forma, conseguiremos observar as diferenças em relação aos desafios enfrentados por cada uma delas. 29

Pesquisa sobre Iniciativas em BPM

Pesquisa sobre Iniciativas em BPM Pesquisa sobre Iniciativas em BPM Apresentação...2 1. Perfil dos Participantes da Pesquisa...3 2. Como as organizações estão adotando o BPM... 4 2.1. Como as organizações entendem o conceito de BPM?...

Leia mais

Gerenciamento de Processos de Negócio

Gerenciamento de Processos de Negócio Gestão por Processos By Alan Lopes +55 22-99202-0433 alopes.campos@mail.com http://prof-alan-lopes.weebly.com Gerenciamento de Processos de Negócio - Conceitos e fundamentos - Modelagem de processo - Análise

Leia mais

Rio de Janeiro São Paulo Belo Horizonte Brasília

Rio de Janeiro São Paulo Belo Horizonte Brasília Rio de Janeiro São Paulo Belo Horizonte Brasília Rio de Janeiro São Paulo Belo Horizonte Brasília AVALIAÇÃO DA ADOÇÃO DE BPM NO BRASIL: ERROS, APRENDIZADOS E BOAS PRÁTICAS Leandro Jesus INVESTIR EM PROCESSOS:

Leia mais

Como alcançar os objetivos estratégicos de sua organização

Como alcançar os objetivos estratégicos de sua organização Como alcançar os objetivos estratégicos de sua organização 15 DE MAIO DE 2014 Hotel Staybridge - Sao Paulo PATROCÍNIO GOLD PATROCÍNIO BRONZE APOIO REALIZAÇÃO Desafios para a Implementação por Processos

Leia mais

CONTRIBUIÇÃO DE UMA DIRETORIA DE PROJETOS

CONTRIBUIÇÃO DE UMA DIRETORIA DE PROJETOS www.tecnologiadeprojetos.com.br Diretoria de Acompanhamento e Avaliação de Projetos da Secretaria de Estado da Educação de Minas Gerais DAPE/SEE-MG RELATÓRIO DE PESQUISA 1 : CONTRIBUIÇÃO DE UMA DIRETORIA

Leia mais

De Boas Ideias para Uma Gestão Baseada em Processos

De Boas Ideias para Uma Gestão Baseada em Processos De Boas Ideias para Uma Gestão Baseada em Processos O que você vai mudar em sua forma de atuação a partir do que viu hoje? Como Transformar o Conteúdo Aprendido Neste Seminário em Ação! O que debatemos

Leia mais

Etapas e Desafios. plataforma de BPM corporativa. BPMS Showcase 2014. Kelly Sganderla Consultora de Processos, CBPP Kelly.sganderla@iprocess.com.

Etapas e Desafios. plataforma de BPM corporativa. BPMS Showcase 2014. Kelly Sganderla Consultora de Processos, CBPP Kelly.sganderla@iprocess.com. BPMS Showcase 2014 Etapas e Desafios na seleção de uma plataforma de BPM corporativa Apresentado por: Kelly Sganderla Consultora de Processos, CBPP Kelly.sganderla@iprocess.com.br Apresentando a iprocess

Leia mais

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti e d a id 4 m IN r fo a n m Co co M a n ua l Governança AMIGA Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti Um dos grandes desafios atuais da administração

Leia mais

Uma nova cultura em processos e projetos

Uma nova cultura em processos e projetos Uma nova cultura em processos e projetos 10 KPMG Business Magazine Mercado caminha para a maturidade, com uma maior percepção dos benefícios da gestão por processos para atender aos objetivos estratégicos

Leia mais

O Valor da TI. Introduzindo os conceitos do Val IT para mensuração do valor de Tecnologia da Informação. Conhecimento em Tecnologia da Informação

O Valor da TI. Introduzindo os conceitos do Val IT para mensuração do valor de Tecnologia da Informação. Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação O Valor da TI Introduzindo os conceitos do Val IT para mensuração do valor de Tecnologia da Informação 2010 Bridge Consulting

Leia mais

GTI Governança de TI

GTI Governança de TI GTI Governança de TI Planejamento, implantação e gerenciamento da Governança de TI Governança de TI FERNANDES & ABREU, cap. 5 1 Implantação empreendimento de longo prazo. Requisitos básicos: Liderança

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA 1 IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Contratação de consultoria pessoa física para serviços de preparação

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO. Professor: Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br

GERENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO. Professor: Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br GERENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO Professor: Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br Guia de Estudo Vamos utilizar para a nossa disciplina de Modelagem de Processos com BPM o guia

Leia mais

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey Executivos em todos os níveis consideram que a sustentabilidade tem um papel comercial importante. Porém, quando se trata

Leia mais

PROCESSOS PODEROSOS DE NEGÓCIO. ideiaconsultoria.com.br 43 3322 2110 comercial@ideiaconsultoria.com.br

PROCESSOS PODEROSOS DE NEGÓCIO. ideiaconsultoria.com.br 43 3322 2110 comercial@ideiaconsultoria.com.br PROCESSOS PODEROSOS DE NEGÓCIO ideiaconsultoria.com.br 43 3322 2110 comercial@ideiaconsultoria.com.br POR QUE ESCREVEMOS ESTE E-BOOK? Nosso objetivo com este e-book é mostrar como a Gestão de Processos

Leia mais

biblioteca Cultura de Inovação Dr. José Cláudio C. Terra & Caspar Bart Van Rijnbach, M Gestão da Inovação

biblioteca Cultura de Inovação Dr. José Cláudio C. Terra & Caspar Bart Van Rijnbach, M Gestão da Inovação O artigo fala sobre os vários aspectos e desafios que devem ser levados em consideração quando se deseja transformar ou fortalecer uma cultura organizacional, visando a implementação de uma cultura duradoura

Leia mais

PMI-SP PMI-SC PMI-RS PMI PMI-PR PMI-PE

PMI-SP PMI-SC PMI-RS PMI PMI-PR PMI-PE ESTUDO DE BENCHMARKING EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 2009 Brasil Uma realização dos Chapters Brasileiros do PMI - Project Management Institute PMI-SP PMI-RJ PMI-AM PMI-SC PMI-BA ANEXO 1 PMI-RS PMI PMI-CE

Leia mais

BPM. (Business Process Management) Gerenciamento de Processos de Negócio. Meta IT Mapeamento de Processos BPM ARIS Módulo 1

BPM. (Business Process Management) Gerenciamento de Processos de Negócio. Meta IT Mapeamento de Processos BPM ARIS Módulo 1 BPM (Business Process Management) Gerenciamento de Processos de Negócio Meta IT Mapeamento de Processos BPM ARIS Módulo 1 Agenda 1 2 3 Conceitos BPM x TI Softwares BPM 4 Certificações Conceitos O que são

Leia mais

Qualidade na gestão de projeto de desenvolvimento de software

Qualidade na gestão de projeto de desenvolvimento de software Qualidade na gestão de projeto de desenvolvimento de software [...] O que é a Qualidade? A qualidade é uma característica intrínseca e multifacetada de um produto (BASILI, et al, 1991; TAUSWORTHE, 1995).

Leia mais

A Área de Marketing no Brasil

A Área de Marketing no Brasil A Área de Marketing no Brasil Relatório consolidado das etapas qualitativa e quantitativa Job 701/08 Fevereiro/ 2009 Background e Objetivos A ABMN Associação Brasileira de Marketing & Negócios deseja

Leia mais

Gerenciamento de Processos de Negócio. Macaé. 08 de setembro de 2015. Marcos Santos. www.foccus.adm.br

Gerenciamento de Processos de Negócio. Macaé. 08 de setembro de 2015. Marcos Santos. www.foccus.adm.br Gerenciamento de Processos de Negócio 08 de setembro de 2015 Marcos Santos www.foccus.adm.br Macaé @santos_marcos adm.santos.marcos@gmail.com marcos..santos 22/99922-8672 A ABPMP (Association of Business

Leia mais

Leandro Jesus leandro.jesus@elogroup.com.br

Leandro Jesus leandro.jesus@elogroup.com.br Escritório de Processos: Atuações possíveis e arranjos em estruturas organizacionais Leandro Jesus leandro.jesus@elogroup.com.br ELO Group - Visão Institucional Consultoria especializada nas áreas de Gestão

Leia mais

Transformação e Otimização de Processos

Transformação e Otimização de Processos Treinamentos em Gestão por Processos Transformação e Otimização de Processos Inovando processos através das melhores práticas em análise e melhoria, simulação e avaliação do retorno do investimento na

Leia mais

Modelagem de Processos na ECT

Modelagem de Processos na ECT Modelagem de Processos na ECT BPM DAY - Brasília 2012 AGENDA Iniciativas de BPI Método para Gestão de Processos de TIC Criação da Gerencia de Modelagem (GMON) Planejamento Estratégico 2020 Diagnóstico

Leia mais

Apresentação da Empresa

Apresentação da Empresa Apresentação da Empresa Somos uma empresa especializada em desenvolver e implementar soluções de alto impacto na gestão e competitividade empresarial. Nossa missão é agregar valor aos negócios de nossos

Leia mais

Como vai a Governança de TI no Brasil? Resultados de pesquisa com 652 profissionais

Como vai a Governança de TI no Brasil? Resultados de pesquisa com 652 profissionais Fórum de Governança Tecnologia e Inovação LabGTI/UFLA Como vai a Governança de TI no Brasil? Resultados de pesquisa com 652 profissionais Pamela A. Santos pam.santos91@gmail.com Paulo H. S. Bermejo bermejo@dcc.ufla.br

Leia mais

Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM

Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM É COM GRANDE PRAZER QUE GOSTARÍAMOS DE OFICIALIZAR A PARTICIPAÇÃO DE PAUL HARMON NO 3º SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE BPM!! No ano passado discutimos Gestão

Leia mais

Título do Slide Máximo de 2 linhas. Aprimorando o Gerenciamento de Projetos com Mapeamento de Processos

Título do Slide Máximo de 2 linhas. Aprimorando o Gerenciamento de Projetos com Mapeamento de Processos Título do Slide Aprimorando o Gerenciamento de Projetos com Mapeamento de Processos Título Palestrante do Slide Renato Borges de Souza Diretor de Comunicação PMI AM, Chefe da Divisão de Produtos e Negócios

Leia mais

PMI-SP PMI-SC PMI-RS PMI PMI-PR PMI-PE

PMI-SP PMI-SC PMI-RS PMI PMI-PR PMI-PE ESTUDO DE BENCHMARKING EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 2009 Brasil Uma realização dos Chapters Brasileiros do PMI - Project Management Institute PMI-SP PMI-RJ PMI-AM PMI-SC PMI-BA ANEXO 2 PMI-RS PMI PMI-CE

Leia mais

Processos de Atendimento ao Cidadão

Processos de Atendimento ao Cidadão GOVERNO PELA ÓTICA DO CIDADÃO Serviços Para a Sociedade Processos de Atendimento ao Cidadão Processos Internos de Governo A ANTIGA REALIDADE DO ATENDIMENTO AO CIDADÃO Pouco Efetivo de Servidores Apenas

Leia mais

RELATÓRIO DE GERENCIAMENTO DO RISCO OPERACIONAL NO BANCO BMG POSIÇAO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2008

RELATÓRIO DE GERENCIAMENTO DO RISCO OPERACIONAL NO BANCO BMG POSIÇAO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2008 SUPERINTENDÊNCIA DE CONTROLE GERÊNCIA DE CONTROLE DE TESOURARIA ANÁLISE DE RISCO OPERACIONAL RELATÓRIO DE GERENCIAMENTO DO RISCO OPERACIONAL NO BANCO BMG POSIÇAO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2008 Belo Horizonte

Leia mais

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Novembro 2014

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Novembro 2014 Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Novembro 2014 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO EM EMPRESAS DE CONSTRUÇÃO CIVIL DE MÉDIO PORTE NO BRASIL. Elisabete Maria de Freitas Arquiteta

Leia mais

Teoria e Prática. Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009. Rosaldo de Jesus Nocêra, PMP, PMI-SP, MCTS. do PMBOK do PMI. Acompanha o livro:

Teoria e Prática. Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009. Rosaldo de Jesus Nocêra, PMP, PMI-SP, MCTS. do PMBOK do PMI. Acompanha o livro: Gerenciamento de Projetos Teoria e Prática Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009 do PMBOK do PMI Acompanha o livro: l CD com mais de 70 formulários exemplos indicados pelo PMI e outros desenvolvidos

Leia mais

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Planejamento do Gerenciamento das Comunicações (10) e das Partes Interessadas (13) PLANEJAMENTO 2 PLANEJAMENTO Sem 1 Sem 2 Sem 3 Sem 4 Sem 5 ABRIL

Leia mais

Estratégia de TI. Posicionamento Estratégico da TI: como atingir o alinhamento com o negócio. Conhecimento em Tecnologia da Informação

Estratégia de TI. Posicionamento Estratégico da TI: como atingir o alinhamento com o negócio. Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação Estratégia de TI Posicionamento Estratégico da TI: como atingir o alinhamento com o negócio 2011 Bridge Consulting Apresentação

Leia mais

Ricardo Paulino Gerente de Processos e Estratégia

Ricardo Paulino Gerente de Processos e Estratégia Ricardo Paulino Gerente de Processos e Estratégia Agenda Sobre a Ferrettigroup Brasil O Escritório de Processos Estratégia Adotada Operacionalização do Escritório de Processos Cenário Atual Próximos Desafios

Leia mais

A Sustentabilidade na perspectiva de gestores da qualidade

A Sustentabilidade na perspectiva de gestores da qualidade A Sustentabilidade na perspectiva de gestores da qualidade Realização Patrocínio Objetivo da pesquisa Captar a perspectiva dos gestores e professores de gestão da qualidade sobre: 1. Os conceitos de sustentabilidade

Leia mais

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação Pesquisa realizada com os participantes do de Apresentação O perfil do profissional de Projetos Pesquisa realizada durante o 12 Seminário Nacional de, ocorrido em 2009, traça um importante perfil do profissional

Leia mais

Modelagem de Processos para Automação

Modelagem de Processos para Automação Treinamentos em Gestão por Processos Modelagem de Processos para Automação [ipe03] Implementando a Visão Futura: um curso prático para vencer a barreira existente entre negócio e TI. Implantar processos

Leia mais

Roadmap para implantação de um Escritório de Processos

Roadmap para implantação de um Escritório de Processos - Promovendo a inovação organizacional e a governança de BPM - Introdução... 2 A necessidade de governança das ações de BPM... 3 O papel do Escritório de Processos como promotor da inovação organizacional

Leia mais

BPM Congress 27 e 28-11-2012. Palestrante: Ranussy Gonçalves

BPM Congress 27 e 28-11-2012. Palestrante: Ranussy Gonçalves BPM Congress 27 e 28-11-2012 Palestrante: Ranussy Gonçalves O SEBRAE-MG Mais de 700 funcionários Orçamento para 2012 de mais de R$ 185 milhões 130 mil empresas atendidas em 2011 e 150 mil para 2012 O início

Leia mais

QUALIDADE DE SOFTWARE

QUALIDADE DE SOFTWARE QUALIDADE DE SOFTWARE AULA N.3 Curso: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Disciplina: Qualidade de Software Profa. : Kátia Lopes Silva 1 QUALIDADE DE SOFTWARE Objetivos: Introduzir os três modelos para implementar

Leia mais

Pessoas e Negócios em Evolução

Pessoas e Negócios em Evolução Empresa: Atuamos desde 2001 nos diversos segmentos de Gestão de Pessoas, desenvolvendo serviços diferenciados para empresas privadas, associações e cooperativas. Prestamos serviços em mais de 40 cidades

Leia mais

DJALMA DE PINHO REBOUÇAS DE OLIVEIRA ,.., ADMINISTRAÇAO PUBLICA FOCO NA OTIMIZAÇÃO DO MODELO ADMINISTRATIVO

DJALMA DE PINHO REBOUÇAS DE OLIVEIRA ,.., ADMINISTRAÇAO PUBLICA FOCO NA OTIMIZAÇÃO DO MODELO ADMINISTRATIVO DJALMA DE PINHO REBOUÇAS DE OLIVEIRA,.., ADMINISTRAÇAO, PUBLICA FOCO NA OTIMIZAÇÃO DO MODELO ADMINISTRATIVO SÃO PAULO EDITORA ATLAS S.A. - 2014 "A diferença entre a empresa privada e a empresa é que aquela

Leia mais

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016 Versão 1.0 1 APRESENTAÇÃO O Planejamento

Leia mais

Pessoas no centro da estratégia Soluções para desafios em RH

Pessoas no centro da estratégia Soluções para desafios em RH Pessoas no centro da estratégia Soluções para desafios em RH Os papéis do executivo de RH Pessoas são os principais ativos de uma empresa e o executivo de Recursos Humanos (RH), como responsável por administrar

Leia mais

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS Versão 2.0 09/02/2015 Sumário 1 Objetivo... 3 1.1 Objetivos Específicos... 3 2 Conceitos... 4 3 Princípios... 5 4 Diretrizes... 5 4.1

Leia mais

Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI. Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios

Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI. Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios Garanta a eficiência e a competitividade da sua empresa Análise de Maturidade de Governança

Leia mais

As Novas Profissões em Computação. Integrantes Eder Leão Leonardo Jorente Rafael Stéfano Vinícius Akihiro Kuwabara

As Novas Profissões em Computação. Integrantes Eder Leão Leonardo Jorente Rafael Stéfano Vinícius Akihiro Kuwabara As Novas Profissões em Integrantes Eder Leão Leonardo Jorente Rafael Stéfano Vinícius Akihiro Kuwabara Tópicos Contextualização Novas Profissões Impacto Conclusões Referências Contextualização (Histórico

Leia mais

Módulo 6. Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste material sem a permissão expressa do autor.

Módulo 6. Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste material sem a permissão expressa do autor. Módulo 6 Módulo 6 Desenvolvimento do projeto com foco no negócio BPM, Análise e desenvolvimento, Benefícios, Detalhamento da metodologia de modelagem do fluxo de trabalho EPMA. Todos os direitos de cópia

Leia mais

Introdução ao BPM e CBOK. Decanato de Planejamento e Orçamento DPO Diretoria de Processos Organizacionais - DPR

Introdução ao BPM e CBOK. Decanato de Planejamento e Orçamento DPO Diretoria de Processos Organizacionais - DPR Introdução ao BPM e CBOK Decanato de Planejamento e Orçamento DPO Diretoria de Processos Organizacionais - DPR BPM CBOK O Guia para o Gerenciamento de Processos de Negócio - Corpo Comum de Conhecimento

Leia mais

Curso de. Formação Executiva em Estratégia, Governança e Processos de TI

Curso de. Formação Executiva em Estratégia, Governança e Processos de TI Curso de Formação Executiva em Estratégia, Governança e Processos de TI Descrição da Ementa do Curso Como integrar negócio e tecnologia? Como maximizar o retorno sobre investimentos em projetos de Tecnologia

Leia mais

INOVANDO UM PROCESSO DE SERVIÇOS DE TI COM AS BOAS PRÁTICAS DO ITIL E USO DE BPMS

INOVANDO UM PROCESSO DE SERVIÇOS DE TI COM AS BOAS PRÁTICAS DO ITIL E USO DE BPMS INOVANDO UM PROCESSO DE SERVIÇOS DE TI COM AS BOAS PRÁTICAS DO ITIL E USO DE BPMS Cilene Loisa Assmann (UNISC) cilenea@unisc.br Este estudo de caso tem como objetivo trazer a experiência de implantação

Leia mais

Fraternidade e Saúde Pública. Guillermo Asper, PhD., Prof. ADM/FACE/UnB 1

Fraternidade e Saúde Pública. Guillermo Asper, PhD., Prof. ADM/FACE/UnB 1 Fraternidade e Saúde Pública Guillermo Asper, PhD., Prof. ADM/FACE/UnB 1 Fev 28 01.1 Orientação do módulo básico de Gestão e Inovação de Processos de Saúde. 01.2 Dimensões para a melhor saúde sob a perspectiva

Leia mais

RELATÓRIO DE ENTREGA DO PROJETO DE BPM ADMINISTRATIVO-FINANCEIRO-EMPREL

RELATÓRIO DE ENTREGA DO PROJETO DE BPM ADMINISTRATIVO-FINANCEIRO-EMPREL Diretoria de Soluções em Tecnologia da Informação DSI Departamento Projetos, Processos e Requisitos - DEPR Unidade Operacional de Projetos e Processos UOPP RELATÓRIO DE ENTREGA DO PROJETO DE BPM ADMINISTRATIVO-FINANCEIRO-EMPREL

Leia mais

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul Planejamento Estratégico de TIC da Justiça Militar do Estado do Rio Grande do Sul MAPA ESTRATÉGICO DE TIC DA JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO (RS) MISSÃO: Gerar, manter e atualizar soluções tecnológicas eficazes,

Leia mais

Treinamento BPM e BPMN Apresentação Executiva

Treinamento BPM e BPMN Apresentação Executiva Apresentação Executiva 1 O treinamento de BPM e BPMN tem como premissa capacitar o aluno a captar as atividades relativas a determinado processo da empresa, organizá-las, gerando um fluxograma de atividades/processos,

Leia mais

Pesquisa IBOPE Ambiental. Setembro de 2011

Pesquisa IBOPE Ambiental. Setembro de 2011 Pesquisa IBOPE Ambiental Setembro de 2011 Com quem falamos? Metodologia & Amostra Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas telefônicas. Objetivo geral Identificar

Leia mais

Agenda ! GRUPO SABEMI. ! Contexto Geral de Processos e TI na SABEMI. ! Case: Processo de Atendimento dos Canais de Venda. ! Resultados da Automação

Agenda ! GRUPO SABEMI. ! Contexto Geral de Processos e TI na SABEMI. ! Case: Processo de Atendimento dos Canais de Venda. ! Resultados da Automação Agenda! GRUPO SABEMI! Contexto Geral de Processos e TI na SABEMI! Case: Processo de Atendimento dos Canais de Venda! Resultados da Automação Grupo SABEMI Vídeo Institucional Contexto Geral de Processos

Leia mais

V Congresso Auditar. Tema:

V Congresso Auditar. Tema: V Congresso Auditar Tema: Carreira em Organizações Públicas - Conceitos e Experiências Prof. Dr. José Antonio Monteiro Hipólito Brasília, 05 de setembro de 014 14:00 15:30h Agenda 1. Introdução: Importância

Leia mais

RELATÓRIO DA PESQUISA DE SATISFAÇÃO DO CLIENTE EXTERNO EMBRAPA MEIO AMBIENTE ANO BASE - 2011. Sistema de Gestão da Qualidade

RELATÓRIO DA PESQUISA DE SATISFAÇÃO DO CLIENTE EXTERNO EMBRAPA MEIO AMBIENTE ANO BASE - 2011. Sistema de Gestão da Qualidade RELATÓRIO DA PESQUISA DE SATISFAÇÃO DO CLIENTE EXTERNO EMBRAPA MEIO AMBIENTE ANO BASE - 2011 Sistema de Gestão da Qualidade SUMÁRIO 1. - Introdução.... 3 2. - Metodologia.... 3 2.1 - Amostragem e coleta

Leia mais

PRÊMIO FINEP DE INOVAÇÃO

PRÊMIO FINEP DE INOVAÇÃO PRÊMIO FINEP DE INOVAÇÃO Objetivo: O Prêmio FINEP de Inovação foi criado para reconhecer e divulgar esforços inovadores realizados por empresas, Instituições Científicas e Tecnológicas - ICTs e inventores

Leia mais

RHIND Group. Rhind Group. Nossa Equipe. Nosso objetivo

RHIND Group. Rhind Group. Nossa Equipe. Nosso objetivo Rhind Group É uma empresa estruturada para prover soluções em consultoria e assessoria empresarial aos seus clientes e parceiros de negócios. Com larga experiência no mercado, a Rhind Group tem uma trajetória

Leia mais

PLANO DE COMUNICAÇÃO DA ESTRATÉGIA DO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro

PLANO DE COMUNICAÇÃO DA ESTRATÉGIA DO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro Revisão do Plano Estratégico 2013/2014 PLANO DE COMUNICAÇÃO DA ESTRATÉGIA DO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 2014 Página 1 de 16 Sumário 1 Apresentação... 3 2 Objetivos... 4 3 Público-Alvo

Leia mais

Plano de Ação 2015: Objetivos estratégicos, Indicadores, Metas e Projetos priorizados

Plano de Ação 2015: Objetivos estratégicos, Indicadores, Metas e Projetos priorizados E77p Espírito Santo. Tribunal de Contas do Estado. Plano de Ação 2015: Objetivos estratégicos, Indicadores, Metas e Projetos priorizados / Tribunal de Contas do Estado. Vitória/ES: TCEES, 2015. 13p. 1.Tribunal

Leia mais

Como entendemos a Gestão por Processos?

Como entendemos a Gestão por Processos? RIO DE JANEIRO SÃO PAULO BRASÍLIA BELO HORIZONTE Como entendemos a Gestão por Processos? Mobilizando pessoas para promover melhorias e inovações a partir de processos André Macieira & Leandro Jesus Alguns

Leia mais

Visão estratégica para compras

Visão estratégica para compras Visão estratégica para compras FogStock?Thinkstock 40 KPMG Business Magazine Mudanças de cenário exigem reposicionamento do setor de suprimentos O perfil do departamento de suprimentos das empresas não

Leia mais

Pesquisa realizada com os participantes do 16º Seminário Nacional de Gestão de Projetos APRESENTAÇÃO

Pesquisa realizada com os participantes do 16º Seminário Nacional de Gestão de Projetos APRESENTAÇÃO Pesquisa realizada com os participantes do de APRESENTAÇÃO O perfil do profissional de projetos Pesquisa realizada durante o 16 Seminário Nacional de, ocorrido em Belo Horizonte em Junho de, apresenta

Leia mais

Governança de TI. ITIL v.2&3. parte 1

Governança de TI. ITIL v.2&3. parte 1 Governança de TI ITIL v.2&3 parte 1 Prof. Luís Fernando Garcia LUIS@GARCIA.PRO.BR ITIL 1 1 ITIL Gerenciamento de Serviços 2 2 Gerenciamento de Serviços Gerenciamento de Serviços 3 3 Gerenciamento de Serviços

Leia mais

AT&S Ganha Eficiência e Agilidade de Negócio com Melhor Gestão de TI

AT&S Ganha Eficiência e Agilidade de Negócio com Melhor Gestão de TI CUSTOMER SUCCESS STORY Março 2014 AT&S Ganha Eficiência e Agilidade de Negócio com Melhor Gestão de TI PERFIL DO CLIENTE Indústria: Manufatura Empresa: AT&S Funcionários: 7.500 Faturamento: 542 milhões

Leia mais

GESTÃO DE SERVIÇOS DE TI: OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E PROCESSOS. Realização:

GESTÃO DE SERVIÇOS DE TI: OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E PROCESSOS. Realização: GESTÃO DE SERVIÇOS DE TI: OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E PROCESSOS Realização: Ademar Luccio Albertin Mais de 10 anos de experiência em Governança e Gestão de TI, atuando em projetos nacionais e internacionais

Leia mais

Soluções em Tecnologia da Informação

Soluções em Tecnologia da Informação Soluções em Tecnologia da Informação Curitiba Paraná Salvador Bahia A DTS Sistemas é uma empresa familiar de Tecnologia da Informação, fundada em 1995, especializada no desenvolvimento de soluções empresariais.

Leia mais

Vice-Presidência de Tecnologia. Governança de TI Uma Jornada

Vice-Presidência de Tecnologia. Governança de TI Uma Jornada Vice-Presidência de Tecnologia Governança de TI Uma Jornada Contexto Conhecer-se é condição fundamental para evoluir Evolução da TI Governança de TI Contexto Evolução da TI Aumento de importância e complexidade

Leia mais

PMONow! Serviço de Implantação de um Escritório de Projetos

PMONow! Serviço de Implantação de um Escritório de Projetos PMONow! Serviço de Implantação de um Escritório de Projetos PMONow! Serviço de Implantação de um Escritório de Projetos As organizações em torno do mundo estão implantando processos e disciplinas formais

Leia mais

Pesquisa sobre: Panorama da Gestão de Estoques

Pesquisa sobre: Panorama da Gestão de Estoques Pesquisa sobre: Panorama da Gestão de Estoques Uma boa gestão de estoques comprova sua importância independente do segmento em questão. Seja ele comércio, indústria ou serviços, o profissional que gerencia

Leia mais

GESTÃO E OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS. Vanice Ferreira

GESTÃO E OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS. Vanice Ferreira GESTÃO E OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS Vanice Ferreira 12 de junho de 2012 GESTÃO E OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS: conceitos iniciais DE QUE PROCESSOS ESTAMOS FALANDO? GESTÃO E OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS: conceitos iniciais

Leia mais

Gestão de Sistemas de Informação II Introdução ao COBIT

Gestão de Sistemas de Informação II Introdução ao COBIT Gestão de Sistemas de Informação II Introdução ao COBIT Professor Samuel Graeff prof.samuel@uniuv.edu.br COBIT O que e? COBIT significa Control Objectives for Information and related Technology - Objetivos

Leia mais

1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit.

1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit. 1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit. 2 Regras e Instruções: Antes de começar a fazer a avaliação leia as instruções

Leia mais

"A experiência da implantação do PMO na Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia" Marta Gaino Coordenadora PMO

A experiência da implantação do PMO na Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia Marta Gaino Coordenadora PMO "A experiência da implantação do PMO na Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia" Marta Gaino Coordenadora PMO Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia A Sefaz/BA é um órgão da Administração Pública Direta

Leia mais

Fernando Escobar, PMP CGTI ENAP. BPM Day - Três Poderes 2014 19/03/2014

Fernando Escobar, PMP CGTI ENAP. BPM Day - Três Poderes 2014 19/03/2014 Fernando Escobar, PMP CGTI ENAP BPM Day - Três Poderes 2014 19/03/2014 A ENAP Timeline de Processos na ENAP Modelo Proposto Planejamento Execução Desafios 2014 Automação Fatores Críticos de Sucesso Lições

Leia mais

PROCESSO DE QUALIFICAÇÃO DA ÁREA ADMINISTRATIVA DO INSTITUTO EMATER - REGIÃO DE CORNÉLIO PROCÓPIO

PROCESSO DE QUALIFICAÇÃO DA ÁREA ADMINISTRATIVA DO INSTITUTO EMATER - REGIÃO DE CORNÉLIO PROCÓPIO CONCURSO: PRÊMIO DE EXTENSÃO RURAL EXTENSIONISTA GESTÃO PARA RESULTADOS. RECONHECIMENTO CATEGORIA: INOVAÇÃO EM PROCESSOS ADMINISTRATIVOS AUTOR: VALDIMIR DE JESUS PASSOS CO-AUTOR PRINCIPAL: WANDER ADRIANO

Leia mais

SIMPLIFICAÇÃO DE PROCESSOS

SIMPLIFICAÇÃO DE PROCESSOS SIMPLIFICAÇÃO DE PROCESSOS 1 FINALIDADE DO PROJETO ESTRATÉGICO Simplificar e padronizar os processos internos, incrementando o atendimento ao usuário. Especificamente o projeto tem o objetivo de: Permitir

Leia mais

Entrevista: Gart Capote ABPMP Brasil Precisamos de exemplos positivos

Entrevista: Gart Capote ABPMP Brasil Precisamos de exemplos positivos Entrevista: Gart Capote ABPMP Brasil Precisamos de exemplos positivos Publicado em 25 de junho de 2013 por Itamar Pelizzaro Gart Capote, presidente da ABPMP Association of Business Process Management Professionals

Leia mais

As informações foram coletadas por meio de uma pesquisa aplicada aos profissionais que estiveram presentes no 6º Fórum de Gestão Fiscal e Sped.

As informações foram coletadas por meio de uma pesquisa aplicada aos profissionais que estiveram presentes no 6º Fórum de Gestão Fiscal e Sped. Panorama da área fiscal e tributária A área fiscal no Brasil recebe constantemente mudanças e atualizações ligadas aos processos de fiscalização, tributação, contribuição, regulamentação entre outros.

Leia mais

Gerenciamento de Processos de Negócios para e-governo

Gerenciamento de Processos de Negócios para e-governo Gerenciamento de Processos de Negócios para e-governo Rodney Ferreira de Carvalho SERPRO Serviço Federal de Processamento de Dados Departamento de Gestão de Soluções Integradas para a RFB SUNAC/ACGSI/ACCSO

Leia mais

Gestão e melhoria de processos no Governo de Minas Gerais: trajetória e resultados alcançados. Palestrante: Vanice Cardoso Ferreira

Gestão e melhoria de processos no Governo de Minas Gerais: trajetória e resultados alcançados. Palestrante: Vanice Cardoso Ferreira Gestão e melhoria de processos no Governo de Minas Gerais: trajetória e resultados alcançados Palestrante: Vanice Cardoso Ferreira Agenda A trajetória da Gestão de Processos no Governo de Minas A trajetória

Leia mais

Grupo Seres Adota CA Cloud Service Management para Automatizar e Gerenciar Chamados de Service Desk

Grupo Seres Adota CA Cloud Service Management para Automatizar e Gerenciar Chamados de Service Desk CUSTOMER SUCCESS STORY Abril 2014 Grupo Seres Adota CA Cloud Service Management para Automatizar e Gerenciar Chamados de Service Desk PERFIL DO CLIENTE Indústria: Consultoria Empresa: Grupo Seres Colaboradores:

Leia mais

Formação Efetiva de Analistas de Processos

Formação Efetiva de Analistas de Processos Formação Efetiva de Analistas de Processos Este Curso visa dar subsídios para reduzir os impactos das constantes transformações organizacionais nas empresas, em face do aumento das demandas por mais competividade.

Leia mais

TREINAMENTOS MAGAZINE 3 WORKSHOP INTERNACIONAL DE LIDERANÇA 5 GERENCIAMENTO DE RISCOS EM PROJETOS 7 INTRODUÇÃO AO GERENCIAMENTO DE PROJETOS

TREINAMENTOS MAGAZINE 3 WORKSHOP INTERNACIONAL DE LIDERANÇA 5 GERENCIAMENTO DE RISCOS EM PROJETOS 7 INTRODUÇÃO AO GERENCIAMENTO DE PROJETOS TREINAMENTOS MAGAZINE 3 WORKSHOP INTERNACIONAL DE LIDERANÇA Líderes eficazes devem encontrar maneiras de melhorar o nível de engajamento, compromisso e apoio das pessoas, especialmente durante os períodos

Leia mais

ESCRITÓRIO RIO DE PROJETOS

ESCRITÓRIO RIO DE PROJETOS PMO PROJETOS PROCESSOS MELHORIA CONTÍNUA PMI SCRUM COBIT ITIL LEAN SIX SIGMA BSC ESCRITÓRIO RIO DE PROJETOS DESAFIOS CULTURAIS PARA IMPLANTAÇÃO DANIEL AQUERE DE OLIVEIRA, PMP, MBA daniel.aquere@pmpartner.com.br

Leia mais

Estudo ABERJE 2012 Comunicação Interna. Comunicação Interna

Estudo ABERJE 2012 Comunicação Interna. Comunicação Interna Estudo ABERJE 2012 JULHO DE 2012 20 2012 ABERJE Pesquisa 2012 Associação Brasileira de Comunicação Empresarial Concepção e planejamento: Prof. Dr. Paulo Nassar Coordenação: Carlos A. Ramello Desenvolvimento:

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS

SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS 1 SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS John F. Eichstaedt, Toni Édio Degenhardt Professora: Eliana V. Jaeger RESUMO: Este artigo mostra o que é um SIG (Sistema de Informação gerencial) em uma aplicação prática

Leia mais

1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL

1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL 1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL 1.1 APRESENTAÇÃO O Plano de Comunicação e Participação Social subsidiará a elaboração do Plano Diretor de Mobilidade Urbana, criando as bases para

Leia mais

Planejamento estratégico 2016-2019

Planejamento estratégico 2016-2019 Planejamento estratégico 2016-2019 Fortalecer as instituições e a qualidade dos serviços públicos para fortalecer a democracia e a competitividade. www.agendapublica.org.br 2 GOVERNANÇA PARA UM FUTURO

Leia mais

Alinhamento Estratégico. A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1

Alinhamento Estratégico. A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1 Conhecimento em Tecnologia da Informação Alinhamento Estratégico A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1 2010 Bridge Consulting Apresentação

Leia mais

CIGAM SOFTWARE CORPORATIVA LTDA.

CIGAM SOFTWARE CORPORATIVA LTDA. CIGAM SOFTWARE CORPORATIVA LTDA. Raquel Engeroff Neusa Cristina Schnorenberger Novo Hamburgo RS Vídeo Institucional Estratégia Visão Missão Ser uma das 5 maiores empresas de software de gestão empresarial

Leia mais

PDTI UFLA: Plano Diretor de Tecnologia da Informação Segundo Modelo de Referência da SLTI/MPOG

PDTI UFLA: Plano Diretor de Tecnologia da Informação Segundo Modelo de Referência da SLTI/MPOG PDTI UFLA: Plano Diretor de Tecnologia da Informação Segundo Modelo de Referência da SLTI/MPOG Forplad Regional Sudeste 22 de Maio de 2013 Erasmo Evangelista de Oliveira erasmo@dgti.ufla.br Diretor de

Leia mais

Perfil dos Participantes Compilação das Respostas dos Questionários

Perfil dos Participantes Compilação das Respostas dos Questionários Perfil dos Participantes Compilação das Respostas dos Questionários Outubro/2011 Temas de Interesse Meio Ambiente Ações Sociais / Projetos Sociais / Programas Sociais Sustentabilidade / Desenvolvimento

Leia mais

Automação de Processos de Negócios com BPMS:

Automação de Processos de Negócios com BPMS: Automação de Processos de Negócios com BPMS: Um Relato de Experiência da ATI ATI- /UPG Unidade de Processos de Negócios do Governo Adelnei Felix adelnei.felix@ati.pe.gov.br 1 Agenda Introdução Relato da

Leia mais