Xadrez. todos. para. Aprendendo a jogar xadrez passo a passo

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Xadrez. todos. para. Aprendendo a jogar xadrez passo a passo"

Transcrição

1 Xadrez para todos Aprendendo a jogar xadrez passo a passo

2 James Mann de Toledo Juliana Kyoo Kamada Xadrez para todos Aprendendo a jogar xadrez passo a passo Americana - SP 2013

3 Copyright 2004 James Mann de Toledo / Juliana Kyoo Kamada. Projeto Editorial Aquiles Berggren Comelato Magali Berggren Comelato Projeto Gráfico Paula Leite Revisão Textual Maria Lucia Nascimento Capozzi Lara Milani Revisão Técnica GM Rafael Duailibe Leitão T582x CIP-BRASIL. CATALOGAÇÃO NA PUBLICAÇÃO SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ Toledo, James Mann de Xadrez para todos: aprendendo a jogar xadrez passo a passo / James Mann de Toledo, Juliana Kyoo Kamada ed. 3. reimpressão - Americana, SP : Adonis, p. : il. ; 16x22 cm. ISBN Xadrez. I. Kamada, Juliana Kyoo. II. Título CDD: CDU: /07/ /07/2013 Todos os direitos reservados à Gráfica e Editora Adonis. Rua do Acetato, Dist. Ind. Abdo Najar. CEP: Americana/SP, Tel. (19) Este livro é dedicado aos nossos filhos Nicholas e Lívia.

4 Agradecimentos Agradecemos a todos que, de alguma forma, tornaram possível este livro, em especial: Ao compadre e colega Luiz Loureiro, por ter enriquecido o texto original com seus valiosos conhecimentos sobre o xadrez. Ao Grande Mestre Rafael Duailibe Leitão, por ter feito a revisão técnica. Ao Dr. José Carlos Dias de Toledo, pai e sogro, pelas sugestões quanto ao conteúdo do livro. Elas espelharam, sem se dar conta, sua filosofia de vida, segundo a qual uma obra pode ser sempre melhorada e, portanto, nunca termina. Aos amigos José de Anchieta Aguiar Toschi, Augusto Horiguti, Carlos Alberto Sega e Sérgio Simon da Fonseca pelas diversas contribuições. A toda a equipe da Gráfica e Editora Adonis, em especial a Aquiles Berggren Comelato, por ter desengavetado este nosso antigo sonho. Os autores.

5 Sumário APRESENTAÇÃO 1 O TABULEIRO 2 AS PEÇAS 3 MOVIMENTOS E CAPTURAS 4 XEQUE E XEQUE-MATE 5 MOVIMENTOS ESPECIAIS 6 TIPOS DE EMPATE 7 NOTAÇÃO ALGÉBRICA 8 ESTRATÉGIA 9 TÁTICA 10 AS FASES DE UMA PARTIDA 11 LIÇÕES DE GRECO 12 COMBINAÇÕES DE GRECO 13 DEZ PARTIDAS MAGISTRAIS 14 HISTÓRIA DO XADREZ 15 ORGANIZAÇÃO DE TORNEIOS 16 AVALIAÇÕES 17 RESPOSTAS DOS EXERCÍCIOS BIBLIOGRAFIA CONSULTADA

6 Apresentação O xadrez é um jogo disputado entre duas pessoas, num quadriculado de 64 casas chamado tabuleiro. Um jogador conduz as peças brancas (ou claras) e o outro, as peças pretas (ou escuras). Os lances são feitos alternadamente, o mesmo jogador nunca joga dois lances seguidos. As brancas começam a partida fazendo sempre o primeiro lance. Existem seis tipos de peças diferentes que compõem o jogo: o rei, a dama, dois bispos, dois cavalos, duas torres e oito peões, totalizando 16 peças para cada jogador iniciar a partida. Cada peça tem sua maneira de andar e capturar. Juntas, lutam contra as forças adversárias para atingir o objetivo do jogo, que é o xeque-mate. Se alguém tivesse de inventar um jogo para ser jogado contra um computador, poderia muito bem ter inventado o xadrez! Esse jogo, no entanto, tem cerca de anos e incorporou elementos das mais diversas culturas por onde passou, até chegar aos dias de hoje. Este livro oferece ao leitor a oportunidade de aprender a jogar xadrez por meio de um processo ilustrado com muitos diagramas. Além das regras e objetivos, fornece noções de estratégia e tática. As partidas magistrais explicadas, que estão no final do livro, podem introduzi-lo em níveis superiores. O livro contém também um capítulo sobre a história do xadrez, pois entendemos que o aprendizado de uma ciência não deve estar dissociado do aprendizado de sua história. O capítulo sobre organização de torneios certamente será de grande auxílio na realização de competições. As três avaliações do último capítulo podem testar o conhecimento do leitor e ser útil nas atividades em classe. Sejam todos bem-vindos ao xadrez! Os autores. 11

7 O tabuleiro 1 O tabuleiro de xadrez é um quadrado quadriculado constituído de 64 casas, sendo 32 brancas (ou claras) e 32 pretas (ou escuras), representadas pelo diagrama abaixo: Diagrama 1 O tabuleiro de xadrez. A casa à direita de quem está sentado diante do tabuleiro é de cor branca. O tabuleiro de xadrez é o mesmo que o do jogo de damas. O xadrez e o jogo de damas são parecidos? Podemos comparar o xadrez e o jogo de damas como dois esportes que usam a mesma quadra, como o voleibol e o basquete. Mas, apesar de usarem a mesma quadra, têm regras e limites muito diferentes. O xadrez é jogado nas 64 casas do tabuleiro. As três linhas retas do tabuleiro As três linhas retas do tabuleiro são chamadas coluna, fileira e diagonal. Elas são os caminhos pelos quais as peças se movimentam. 13

8 Coluna A coluna do tabuleiro é um conjunto de oito casas verticais. O tabuleiro tem oito colunas. A coluna também pode levar o nome de vertical. Nome das colunas e fileiras Cada coluna tem um nome. Os nomes são as letras a, b, c, d, e, f, g e h. (observe que as letras das colunas são minúsculas) Cada fileira tem um nome, que são os números 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7 e 8. Diagrama 2 A coluna. Diagrama 5 Colunas e fileiras nomeadas. Nome das casas Fileira A fileira do tabuleiro é um conjunto de oito casas horizontais. O tabuleiro tem oito fileiras. A fileira também pode levar o nome de horizontal ou fila. Cada casa tem um nome. Ela leva o nome da coluna e da fileira em que se encontra. Exs. a1, c4, e7, h3. O nome da casa é seu endereço, por exemplo: rua (coluna) b, número (fileira) 3: casa b3. Diagrama 3 A fileira. Diagonal A diagonal é um conjunto de duas ou mais casas dispostas numa linha inclinada, como se fossem os degraus de uma escada. Observe que existem diagonais de casas brancas e diagonais de casas pretas. O tabuleiro possui 26 diagonais, sendo 13 brancas e 13 pretas. Diagrama 4 A diagonal. Diagrama 6 Diagrama com o nome de todas as casas. E as diagonais, levam nome? Sim. Mas como seus nomes são usados com menos frequência, eles são menos conhecidos e, às vezes, não são ensinados. O nome de uma diagonal leva o nome da casa em que começa e o da casa em que termina. Exemplos: diagonal a1-h8, diagonal e1-a5. Diagrama 7 Diagonal a1-h8. Diagrama 8 Diagonal e1-a

9 AS PEÇAS2 Diagrama 9 O pequeno centro. O grande centro O grande centro é o quadrado compreendido pelas casas c3, d3, e3, f3, c4, d4, e4, f4, c5, d5, e5, f5, c6, d6, e6 e f6. O pequeno centro O pequeno centro é o quadrado compreendido pelas casas d4, e4, d5 e e5. Diagrama 10 O grande centro. O xadrez é jogado sempre por dois jogadores, adversários, colocados frente a frente, um conduzindo as peças brancas (ou claras) e o outro conduzindo as peças pretas (ou escuras). As peças conduzidas por cada um dos jogadores são: 1 rei K é a coroa do rei R 1 dama Q é a coroa da rainha D 2 bispos L é a mitra do bispo B 2 cavalos N é a cabeça do cavalo C 2 torres R é a torre do castelo T 8 peões P é o chapéu do soldado P Total = 16 peças para cada jogador A dama não é uma rainha? Sim. A dama é a rainha. Não está errado chamá-la de rainha, mas oficialmente a peça é chamada de dama. Como a peça é representada por sua letra inicial maiúscula e o rei é representado pela letra R, é conveniente chamá-la de dama, representada pela letra D. As 16 peças são colocadas nas duas fileiras mais próximas do jogador, como representado pelo diagrama abaixo. A borda A borda é o conjunto de casas contidas nas colunas a e h e nas fileiras 1 e 8. Diagrama 11 A borda. Diagrama 12 A posição inicial

10 Todos os diagramas deste livro terão o condutor das peças brancas posicionado na parte inferior do diagrama e o condutor das peças pretas posicionado na parte superior do diagrama. As torres brancas ocupam as casas a1 e h1, enquanto as torres pretas ocupam as casas a8 e h8. Essa convenção é universal para todos os livros de xadrez. A metade da direita do diagrama é chamada ala do rei e a metade da esquerda do diagrama é chamada ala da dama. A partida começa com o movimento do condutor das peças brancas. Segue-se alternando a vez de jogar até o final da partida. Um jogador nunca joga duas vezes seguidas. A partida termina com um dos três resultados possíveis: vitória das brancas, vitória das pretas ou empate. Existe alguma dica para lembrar a colocação inicial das peças? Comece colocando as torres. Você está montando um castelo, e as torres ficam nos cantos do castelo. Em seguida, coloque um cavalo ao lado de cada torre. Por quê? Porque, se chover, os cavalos se protegem debaixo das torres. Em seguida coloque os bispos, que gostam de conversar com o casal real. Nas casas das colunas centrais coloque o rei e a dama obedecendo à regra: dama branca na casa branca e dama preta na casa preta. Mas por que isso? A dama branca não pode iniciar a partida na casa preta? Tudo tem uma explicação, mas antes me responda: quem gosta de se vestir melhor, os homens ou as mulheres? As mulheres, é claro! Então! As mulheres têm de ter tudo combinando, principalmente se forem rainhas! A coroa branca, o vestido branco e o sapato branco devem combinar com a poltrona branca (casa branca). A coroa preta, o vestido preto e o sapato preto têm de estar combinando com a poltrona preta (casa preta). Caso contrário, ficarão extremamente zangadas. E existem poucas coisas na vida piores que uma rainha zangada... Pergunte ao rei! Existem seis peças diferentes, e cada uma delas tem uma maneira particular de se movimentar e de capturar as peças adversárias. Posso capturar as minhas próprias peças? Nunca. Todas as peças podem capturar e ser capturadas? Todas podem capturar. Todas podem ser capturadas, menos o rei. Um dos privilégios reais é o de nunca poder ser capturado. Jamais! Mas, se é assim, como se ganha uma partida? Calma. A resposta está no capítulo 4, xeque e xeque-mate. Movimento O bispo anda em diagonal, para frente ou para trás, quantas casas quiser. O bispo é uma peça que se movimenta saindo de onde está para uma casa desocupada pertencente a uma diagonal na qual se encontra. MOVIMENTOS E CAPTURAS 3 O bispo Diagrama 13 O bispo anda nas diagonais

11 Diagrama 14 O bispo se encontra em c3. Diagrama 15 O bispo vai para g7 pela diagonal. Diagrama 18 O bispo mira o cavalo. Diagrama 19 O bispo capturou o cavalo. Diagrama 16 O bispo se encontra em b5. Diagrama 17 O bispo vai para f1 pela diagonal. Diagrama 20 O bispo mira o peão. Diagrama 21 O bispo capturou o peão. Como as diagonais são compostas de casas de mesma cor, o bispo nunca ocupará uma casa de cor diferente da casa onde iniciou o movimento. No início do jogo, temos um bispo de casas brancas e um bispo de casas pretas. Captura Se na mesma diagonal em que se encontra o bispo estiver uma peça do adversário, o bispo pode capturá-la ocupando a casa da peça capturada. Podemos capturar mais de uma peça adversária no mesmo movimento? Não. Podemos capturar somente uma peça no mesmo movimento. Posso falar comer uma peça em vez de capturar uma peça? Capturar é o termo técnico enquanto comer é o termo gastronômico. As capturas são obrigatórias no xadrez? Não. Você captura se lhe convier. O bispo pode pular uma peça que se encontra na mesma diagonal e continuar o movimento? Não. Uma peça que se encontra no caminho do bispo é como se fosse uma parede, independentemente de sua cor. Se a parede for do adversário, o bispo até pode capturá-la, mas nunca pulá-la

Módulo 1. Tabuleiro, peças, movimentos e capturas

Módulo 1. Tabuleiro, peças, movimentos e capturas Módulo 1 Tabuleiro, peças, movimentos e capturas O Tabuleiro O Xadrez é praticado entre duas pessoas, que comandam seus exércitos (brancas e negras). O objetivo do jogo é dar Xeque Mate ao rei adversário,

Leia mais

XADREZ NA UFG. Módulo I -Introdução. Prof. Dr. André Carlos Silva Profa. MSc. Elenice Maria Schons Silva

XADREZ NA UFG. Módulo I -Introdução. Prof. Dr. André Carlos Silva Profa. MSc. Elenice Maria Schons Silva XADREZ NA UFG Módulo I -Introdução Prof. Dr. André Carlos Silva Profa. MSc. Elenice Maria Schons Silva História do Xadrez Benjamin Franklin disputando uma partida de xadrez, quadro do artista Edward Harrison

Leia mais

XADREZ REGRAS BÁSICAS INTRODUÇÃO O xadrez, diferentemente de muitos jogos, não depende de sorte. O desenvolver do jogo não depende do resultado de

XADREZ REGRAS BÁSICAS INTRODUÇÃO O xadrez, diferentemente de muitos jogos, não depende de sorte. O desenvolver do jogo não depende do resultado de XADREZ REGRAS BÁSICAS INTRODUÇÃO O xadrez, diferentemente de muitos jogos, não depende de sorte. O desenvolver do jogo não depende do resultado de dados ou das cartas que são tiradas do baralho. O resultado

Leia mais

Aprendendo a jogar Xadrez

Aprendendo a jogar Xadrez O núcleo de xadrez da nossa Escola continua particularmente activo, e dando continuidade ao material produzido para o número anterior da nossa revista, onde detalhou a forma como se procede à anotação

Leia mais

1ª Colocação 10 pontos. 2ª Colocação 08 pontos. 3ª Colocação 06 pontos

1ª Colocação 10 pontos. 2ª Colocação 08 pontos. 3ª Colocação 06 pontos Regras: Jogo do Xadrez 1. Sorteio: Os confrontos serão definido através de sorteio e relacionados no chaveamento da competição; A ordem de disputa será de acordo com a ordem de retira no sorteio. PS: 2

Leia mais

CAPÍTULO 1. Os elementos. O jogo de xadrez é um desafio para a mente. J. W. von Goethe O TABULEIRO DE XADREZ

CAPÍTULO 1. Os elementos. O jogo de xadrez é um desafio para a mente. J. W. von Goethe O TABULEIRO DE XADREZ CAPÍTULO 1 Os elementos O jogo de xadrez é um desafio para a mente. J. W. von Goethe O TABULEIRO DE XADREZ Joga-se xadrez sobre um tabuleiro quadrado, formado por 64 casas quadradas, sendo sua cor, alternadamente,

Leia mais

O JOGO DE XADREZ. Vamos conhecer as peças que compõe o jogo: O Tabuleiro

O JOGO DE XADREZ. Vamos conhecer as peças que compõe o jogo: O Tabuleiro O JOGO DE XADREZ O xadrez é um esporte intelectual, disputado entre duas pessoas que possuem forças iguais (peças) sobre um tabuleiro. Este jogo representa uma batalha em miniatura, onde cada lado comanda

Leia mais

Professor: Paulo Adolfo Kepler (Zé)

Professor: Paulo Adolfo Kepler (Zé) Professor: Paulo Adolfo Kepler (Zé) INTRODUÇÃO Caro aluno! Você acaba de ingressar no fascinante mundo do Xadrez, o jogo de tabuleiro mais praticado no mundo. Você estará no comando de um poderoso exército,

Leia mais

Torneio de Xadrez. Escola Básica Adriano Correia de Oliveira. Centro de Recursos Biblioteca Escolar

Torneio de Xadrez. Escola Básica Adriano Correia de Oliveira. Centro de Recursos Biblioteca Escolar Torneio de Xadrez Escola Básica Adriano Correia de Oliveira Centro de Recursos Biblioteca Escolar Atividade do PAA do CRBE 2015/2016 Professor Frederico Oliveira Fonte: WEB Divertida e amiga, porque te

Leia mais

JOGOS LIVRO REGRAS M AT E M Á T I CO S. 11.º Campeonato Nacional

JOGOS LIVRO REGRAS M AT E M Á T I CO S. 11.º Campeonato Nacional Vila Real JOGOS M AT E M Á T I CO S.º Campeonato Nacional LIVRO DE REGRAS Semáforo Autor: Alan Parr Material Um tabuleiro retangular por. 8 peças verdes, 8 amarelas e 8 vermelhas partilhadas pelos jogadores.

Leia mais

Semáforo. Um tabuleiro retangular 4 por 3. 8 peças verdes, 8 amarelas e 8 vermelhas partilhadas pelos jogadores.

Semáforo. Um tabuleiro retangular 4 por 3. 8 peças verdes, 8 amarelas e 8 vermelhas partilhadas pelos jogadores. Semáforo Autor: Alan Parr Um tabuleiro retangular por. 8 peças verdes, 8 amarelas e 8 vermelhas partilhadas pelos jogadores. Ser o primeiro a conseguir uma linha de três peças da mesma cor na horizontal,

Leia mais

Tabuleiro. Movimento das peças (torre)

Tabuleiro. Movimento das peças (torre) Tabuleiro Posição inicial ¼¼¼¼ ¼¼¼¼ ¼¼¼¼ ¼¼¼¼ ¼¼¼¼ ¼¼¼¼ ¼¼¼¼ ¼¼¼¼ Uma linha é uma sequencia de oito casas dispostas de forma contigua horizontalmente. ¼¼¼¼ ¼¼¼¼ ¼¼¼¼ ¼¼¼¼ ¼¼¼¼ ¼¼¼¼ ¼¼¼¼ ¼¼¼¼ ÖÑÐÒ ÓÔÓÔÓÔÓÔ

Leia mais

O peão Se um peão consegue chegar até a outra extremidade do tabuleiro(linha 8), ele é promovido. Um peão promovido é substituído, ainda na mesma jogada em que o movimento foi feito, por um cavalo, bispo,torreoudamadamesmacor.

Leia mais

ABC DO XADREZ GUIA DE APRENDIZAGEM

ABC DO XADREZ GUIA DE APRENDIZAGEM AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE ARCOZELO ABC DO XADREZ GUIA DE APRENDIZAGEM A Coordenadora: Prof. Fernanda Marinho Regras Básicas A posição do Tabuleiro deve ser colocada de uma forma que o jogador

Leia mais

Gatos & Cães Simon Norton, 1970s

Gatos & Cães Simon Norton, 1970s Gatos & Cães Simon Norton, 1970s Um tabuleiro quadrado 8 por 8. 28 peças gato e 28 peças cão (representadas respectivamente por peças negras e brancas). Ganha o jogador que realizar a última jogada. zona

Leia mais

Distribuição de Jogos por Ciclo

Distribuição de Jogos por Ciclo REGRAS DOS JOGOS Distribuição de Jogos por Ciclo 1º CEB 2º CEB 3º CEB Sec. Semáforo x Gatos & Cães x x Rastros x x x Produto x x x Avanço x x Flume x 2 Semáforo Autor: Alan Parr 8 peças verdes, 8 amarelas

Leia mais

Trabalho Final de Programação II. Xadrez. Integrantes: José Mauro Nazareth Cardoso Neto, Pablo Santana Satler, Juliano Rodrigues Rossi.

Trabalho Final de Programação II. Xadrez. Integrantes: José Mauro Nazareth Cardoso Neto, Pablo Santana Satler, Juliano Rodrigues Rossi. Trabalho Final de Programação II Xadrez Integrantes: José Mauro Nazareth Cardoso Neto, Pablo Santana Satler, Juliano Rodrigues Rossi. Professores: Crediné Menezes Orivaldo de Lira Tavares Vitória, 15 de

Leia mais

12 = JL (DE UMA A TRÊS CASAS EM QUALQUER DIREÇÃO, INCLUSIVE R1 PARA OS PEÕES)

12 = JL (DE UMA A TRÊS CASAS EM QUALQUER DIREÇÃO, INCLUSIVE R1 PARA OS PEÕES) XADREZ DA SORTE MATERIAL UM TABULEIRO COMUM DE 64 CASAS. DOIS DADOS COMUNS. AS 32 PEÇAS DO JOGO DE XADREZ. PONTUAÇÃO DOS DADOS A PONTUAÇÃO PARA MOVIMENTAÇÃO É A SEGUINTE: 2 = R1 (RETORNA UMA CASA) 3 =

Leia mais

Gatos & Cães Simon Norton, 1970s

Gatos & Cães Simon Norton, 1970s Gatos & Cães Simon Norton, 970s Um tabuleiro quadrado 8 por 8. 8 peças gato e 8 peças cão (representadas respectivamente por peças negras e brancas). Ganha o jogador que realizar a última jogada. zona

Leia mais

Aprenda a jogar Xadrez!

Aprenda a jogar Xadrez! GÊNESIS Então disse Deus: haja luz, e houve luz O xadrez, como o amor, como a música, tem o poder de fazer as pessoas felizes Siegbert Tarrash médico e pedagogo Informativo Educacional e Cultural - Itaúna

Leia mais

XADREZ: REGRAS BÁSICAS DO JOGO. Prof. Dr. Wilson da Silva

XADREZ: REGRAS BÁSICAS DO JOGO. Prof. Dr. Wilson da Silva XADREZ: REGRAS BÁSICAS DO JOGO Prof. Dr. Wilson da Silva 1 O TABULEIRO O tabuleiro de xadrez é formado por um quadrado de 8x8 com 64 casas iguais alternadamente claras (as casas brancas ) e escuras (as

Leia mais

Explique que as regras do xadrez são diferentes das regras do Jogo de Peões. Agora, não se ganha mais uma partida ao levar um peão à

Explique que as regras do xadrez são diferentes das regras do Jogo de Peões. Agora, não se ganha mais uma partida ao levar um peão à 1 VI. O REI, XEQUE E XEQUE-MATE Objetivos desta lição: Praticar as regras para todas as peças de xadrez Resolver problemas com todas as peças Usar o xeque e regras de lances ilegais em posições elementares

Leia mais

A história do Xadrez

A história do Xadrez A história do Xadrez Não se sabe ao certo qual a verdadeira origem do Xadrez, porém duas histórias se destacam como ser a mais provável e verdadeira lenda. A primeira se passa em Taligana, uma pequena

Leia mais

O principal objetivo desta lição é ensinar as regras de movimentação dos cavalos.

O principal objetivo desta lição é ensinar as regras de movimentação dos cavalos. 1 V. (a) CAVALOS Objetivos: 1. Fixar e aplicar as regras de movimentação dos cavalos. 2. Resolver problemas elementares usando os cavalos. O principal objetivo desta lição é ensinar as regras de movimentação

Leia mais

Ministério do Esporte ANTONIO VILLAR SANDRO HELENO ANTONIO BENTO ADRIANO VALLE

Ministério do Esporte ANTONIO VILLAR SANDRO HELENO ANTONIO BENTO ADRIANO VALLE Ministério do Esporte ANTONIO VILLAR SANDRO HELENO ANTONIO BENTO ADRIANO VALLE XADREZ NAS ESCOLAS A ATIVIDADE XADREZ O xadrez é uma agradável atividade lúdica, praticada por dois jogadores que movem peças

Leia mais

FINAIS APRENDENDO A DAR MATE

FINAIS APRENDENDO A DAR MATE CURSO DE XADREZ FÁBRICA DO ESPORTE FINAIS APRENDENDO A DAR MATE Mate elementar de dama Rei e dama contra rei Lucas Bibiana de Brito, RF 036684 PRAIA GRANDE FEVEREIRO 2012 INTRODUÇÃO Mates elementares são

Leia mais

Projeto Xadrez Entrega 01: Polimorfismo e Herança

Projeto Xadrez Entrega 01: Polimorfismo e Herança Professore: Aluno PAE (Turma A): Aluno PAE (Turma C): João do E.S. Batista Neto (jbatista at icmc.usp.br) Felipe S. L. G. Duarte (fgduarte at icmc.usp.br) Oscar Cuadros Linares (ocuadrosl at gmail.com)

Leia mais

O posicionamento inicial das peças assim como o formato do tabuleiro é como o que se mostra na figura seguinte:

O posicionamento inicial das peças assim como o formato do tabuleiro é como o que se mostra na figura seguinte: Regras do Xadrez Introdução O jogo de Xadrez é jogado por dois jogadores. Um jogador joga com as peças brancas o outro com as pretas. Cada um inicialmente tem dezasseis peças: Um Rei, uma Dama, duas Torres,

Leia mais

Jogos de tabuleiro por todos os lados

Jogos de tabuleiro por todos os lados Jogos Jogos de tabuleiro por todos os lados Amplie o acervo e inclua esses importantes recursos didáticos na rotina de alunos e professores Daniele Pechi Qual foi a última vez que você viu os alunos jogando

Leia mais

5. Problemas que podem surgir. 6. Estratégia Básica. 7. Questões de revisão. Traduzido e adaptado do inglês U.S.

5. Problemas que podem surgir. 6. Estratégia Básica. 7. Questões de revisão. Traduzido e adaptado do inglês U.S. 1 I. O TABULEIRO DE XADREZ E MOVIMENTOS DE PEÕES Objetivos desta lição: Nomear as casas do tabuleiro e as peças de xadrez Colocar as peças na sua posição inicial Enunciar e aplicar as regras de movimento

Leia mais

Curso básico de Xadrez

Curso básico de Xadrez Projeto LIPRA Livro Interativo Potencializado com Realidade Aumentada Curso básico de Xadrez Autor: Raryel Costa Souza Orientação: Claudio Kirner Xadrez 1 Introdução O xadrez é um jogo de tabuleiro para

Leia mais

Regulamento do Torneio de Matraquilhos

Regulamento do Torneio de Matraquilhos Regulamento do Torneio de Matraquilhos O Plano de Atividades e Orçamento da Associação de Estudantes do Externato Frei Luís de Sousa para o mandato 2013/2014 prevê a organização de um Torneio de Damas.

Leia mais

O jogo de Go. O tabuleiro e as pedras. Tabuleiro 19x19 Tabuleiro 13x13 9x9

O jogo de Go. O tabuleiro e as pedras. Tabuleiro 19x19 Tabuleiro 13x13 9x9 O JOGO DE GO O jogo de Go O Go é um antigo jogo de tabuleiro e acredita-se ter surgido entre 2500 e 4000 anos atrás na China. É um jogo de regras simples, mas por outro lado é extremamente complexo. Segundo

Leia mais

Nome: Bispo Pontos: 3,5. Nome: Torre Pontos: 5. Anda quantas casas quiser para cima, para baixo e para os lados (horizontal e vertical).

Nome: Bispo Pontos: 3,5. Nome: Torre Pontos: 5. Anda quantas casas quiser para cima, para baixo e para os lados (horizontal e vertical). Xadrez para Todos Professor: Frederic Cesa Dias E-mail: fredericcesadias@gmail.com Site: www.fredericcesadias.com > Xadrez * O objetivo do jogo é ameaçar o rei adversário sem que este possa se salvar na

Leia mais

XADREZ I - ATIVIDADES INICIALIZAÇÃO/TABULEIRO. O Tabuleiro de Xadrez: Observe o diagrama abaixo e responda as seguintes questões:

XADREZ I - ATIVIDADES INICIALIZAÇÃO/TABULEIRO. O Tabuleiro de Xadrez: Observe o diagrama abaixo e responda as seguintes questões: I - ATIVIDADES INICIALIZAÇÃO/TABULEIRO O Tabuleiro de Xadrez: Observe o diagrama abaixo e responda as seguintes questões: Diagrama. 01 1 - Responda com (V) para verdadeiro e (F) para falso. ( ) O diagrama

Leia mais

ESCOLA EMEF PROFª MARIA MARGARIDA ZAMBON BENINI - PIBID 08/10/2014, 29/10/2014 e 05/11/2014

ESCOLA EMEF PROFª MARIA MARGARIDA ZAMBON BENINI - PIBID 08/10/2014, 29/10/2014 e 05/11/2014 ESCOLA EMEF PROFª MARIA MARGARIDA ZAMBON BENINI - PIBID 08/10/2014, 29/10/2014 e 05/11/2014 Bolsistas: Mévelin Maus, Milena Poloni Pergher e Odair José Sebulsqui. Supervisora: Marlete Basso Roman Disciplina:

Leia mais

Objetivos desta lição:

Objetivos desta lição: VII. PROMOÇÃO DE PEÃO E A REGRA DO AFOGAMENTO 1 Objetivos desta lição: Revisão de xeque e xeque-mate Enunciar e aplicar as regras da promoção de peão Enunciar e aplicar as regras do afogamento Reconhecer

Leia mais

1 HABILIDADES INTELECTUAIS ATRIBUÍDAS AO ESTUDO E PRÁTICA DO XADREZ

1 HABILIDADES INTELECTUAIS ATRIBUÍDAS AO ESTUDO E PRÁTICA DO XADREZ INTRODUÇÃO - VALOR EDUCATIVO DO XADREZ O xadrez provou ter valor educativo, em nada parecido a outros jogos de mesa. Ele é praticado em todo o mundo e antes mesmo da criação da Federação Internacional

Leia mais

História. Entendendo o jogo. Os movimentos das peças. Movimentos especiais. Como Jogar. Capturas, xeque e xeque mate.

História. Entendendo o jogo. Os movimentos das peças. Movimentos especiais. Como Jogar. Capturas, xeque e xeque mate. História O xadrez descende de jogos desenvolvidos na Índia, dos quais o mais antigo conhecido é o chaturanga, do século VI EC. O jogo logo foi levado para Pérsia, onde se tornou uma atividade da nobreza

Leia mais

CONTEÚDO DOS 6º ANOS MAT E VESP REFERENTE AO 4º BIMESTRE DE 2016

CONTEÚDO DOS 6º ANOS MAT E VESP REFERENTE AO 4º BIMESTRE DE 2016 CONTEÚDO DOS 6º ANOS MAT E VESP REFERENTE AO 4º BIMESTRE DE 2016 Jogos cooperativos e jogos cooperativos Conceitos: Nos jogos cooperativos existe cooperação, que significa agir em conjunto para superar

Leia mais

Estas reflexões objetivam oferecer alguns recursos metodológicos aos. professores de xadrez. Nossa experiência tem indicado que trabalhar com todos

Estas reflexões objetivam oferecer alguns recursos metodológicos aos. professores de xadrez. Nossa experiência tem indicado que trabalhar com todos 1 JOGOS PRÉ-ENXADRÍSTICOS Professor Wilson da Silva Estas reflexões objetivam oferecer alguns recursos metodológicos aos professores de xadrez. Nossa experiência tem indicado que trabalhar com todos os

Leia mais

EDITAL DO 2º TORNEIO DE XADREZ DEL REI XADREZ

EDITAL DO 2º TORNEIO DE XADREZ DEL REI XADREZ EDITAL DO 2º TORNEIO DE XADREZ DEL REI XADREZ 2014 1. DISPOSIÇÕES GERAIS O Grupo PET MATERIAIS E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA torna público o presente edital para o 2º Torneio de Xadrez Del Rei Xadrez. 2. INTRODUÇÃO

Leia mais

LAAB: Ludicidade Africana e Afrobrasileira.

LAAB: Ludicidade Africana e Afrobrasileira. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ FACULDADE DE PEDAGOGIA CAMPUS DE CASTANHAL LAAB: Ludicidade Africana e Afrobrasileira. Coordenadora: Débora Alfaia Bolsista: Gabriela Paixão Castanhal- PA 2012 Oficina de Jogos

Leia mais

Os jogos de tabuleiros permitem que as crianças desenvolvam atividades intelectuais e cognitivas de forma divertida.

Os jogos de tabuleiros permitem que as crianças desenvolvam atividades intelectuais e cognitivas de forma divertida. JOGANDO NO TEMPO LIVRE... Introdução Huizinga (2005) define jogo como: uma atividade voluntária exercida dentro de certos e determinados limites de tempo e espaço, segundo regras livremente consentidas,

Leia mais

Atividade 1 O Xadrez e a Matemática

Atividade 1 O Xadrez e a Matemática Atividade 1 O Xadrez e a Matemática Primeira Parte: A lógica dos grãos de trigo Pelo que podemos observar o Xadrez tem muito mais haver com a matemática do que imaginamos. Além de ser um jogo de estratégia,

Leia mais

PROJETO CLUBE DE MATEMÁTICA

PROJETO CLUBE DE MATEMÁTICA CLUBE DE MATEMÁTICA "O jogo é um tipo de atividade que alia raciocínio, estratégia e reflexão com desafio e competição de uma forma lúdica muito rica." EB1/PE da Vargem Ano letivo 2016/2017 Índice PROJETO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA CAMPUS ALEGRETE PIBID

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA CAMPUS ALEGRETE PIBID PROPOSTA DIDÁTICA 1. Dados de Identificação 1.1 Série/Ano/Turma: 7º ano e 8º ano do Ensino Fundamental. 1.2 Turno: manhã. 1.3 Data: outubro/2015 1.4 Tempo da aula: 2 horas. 1.5 Tema da aula: Teoria de

Leia mais

A estratégia das peças menores

A estratégia das peças menores A estratégia das peças menores Pedro Aladar Tonelli Instituto de Matemática e Estatística USP 6 de outubro de 2004 Sumário Características do Bispo e do Cavalo Características do bispo Características

Leia mais

XADREZ CURSO DE FIXAÇÃO. Capítulo 1. I. Ética

XADREZ CURSO DE FIXAÇÃO. Capítulo 1. I. Ética XADREZ CURSO DE FIXAÇÃO Capítulo 1 I. Ética O respeito ao adversário é essencial. Da mesma forma, deve respeitar-se as demais partidas acontecendo na mesma sala. Em aula, esse respeito deve ser estendido

Leia mais

Santo Cristo, RS. 14 de novembro de 2015.

Santo Cristo, RS. 14 de novembro de 2015. 2 a Olimpíada Escolar de Jogos Lógicos de Tabuleiro Santo Cristo, RS 14 de novembro de 2015. Apresentação Esta é a segunda edição da Olimpíada de Jogos Lógicos de Tabuleiro promovida pela Universidade

Leia mais

Traduzido e adaptado do inglês U.S. Chess Center

Traduzido e adaptado do inglês U.S. Chess Center 1 IX. JOGOS EMPATADOS Objetivos: 1. Saber as regras de empates e reconhecer quando uma partida está empatada. O principal objetivo desta lição é ensinar as regras de como as partidas podem ser empate e

Leia mais

SUGESTÕES PARA O PROFESSOR 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

SUGESTÕES PARA O PROFESSOR 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL SUGESTÕES PARA O PROFESSOR 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL Elaine Prado Elaine Prado SUGESTÕES PARA O PROFESSOR A ARTE DE BRINCAR COM MÚSICA 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL Copyright 2016 Elaine Prado Projeto

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 7ª Série Linguagens Formais e Autômatos Ciência da Computação A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio de um

Leia mais

O Manual do Knights. Tradução: José Pires

O Manual do Knights. Tradução: José Pires Miha Čančula Tradução: José Pires 2 Conteúdo 1 Introdução 6 2 Como jogar 7 2.1 Objectivo........................................... 7 2.2 Iniciar o Jogo......................................... 7 2.3 A

Leia mais

01) Qual é o valor da soma ? Esta soma é par ou é ímpar?

01) Qual é o valor da soma ? Esta soma é par ou é ímpar? LISTA 01 PARIDADE PROF: Isabela Ribeiro Brosco 18/06/2016 Aluno(a): 01) Qual é o valor da soma 1 + 2 + 3 +... + 2014 + 2015 + 2016? Esta soma é par ou é ímpar? 02) Qual é a soma dos múltiplos de 3 entre

Leia mais

A LUTA INTERIOR (II) PALAVRA & VIDA 2º TRIMESTRE/2013. Texto Bíblico: Gálatas 5.16,22-25 SUGESTÕES DIDÁTICAS LIÇÃO 12

A LUTA INTERIOR (II) PALAVRA & VIDA 2º TRIMESTRE/2013. Texto Bíblico: Gálatas 5.16,22-25 SUGESTÕES DIDÁTICAS LIÇÃO 12 A LUTA INTERIOR (II) Texto Bíblico: Gálatas 5.16,22-25 Objetivos da lição de hoje: Compreender as divisões do fruto do Espírito; Reconhecer as fortalezas da alma; Comprometer-se a desfazer-se das fortalezas

Leia mais

TORNEIO DE JOGOS MATEMÁTICOS 6ª EDIÇÃO JOGOS

TORNEIO DE JOGOS MATEMÁTICOS 6ª EDIÇÃO JOGOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CAMPUS CATALÃO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA TORNEIO DE JOGOS MATEMÁTICOS 6ª EDIÇÃO JOGOS NÍVEL 1 NÍVEL 2 NÍVEL 3 Kharbaga, kalah e moinho (trilha) Oware

Leia mais

Traduzido e adaptado do inglês U.S. Chess Center

Traduzido e adaptado do inglês U.S. Chess Center 1 IV. TORRES Objetivos desta lição: Enunciar e aplicar as regras de movimento de torres Usar as regras de movimento para contar lances e capturas Resolver problemas usando as torres Entender a estratégia

Leia mais

JOGOS AFRICANOS BORBOLETA DE MOÇAMBIQUE

JOGOS AFRICANOS BORBOLETA DE MOÇAMBIQUE JOGOS AFRICANOS BORBOLETA DE MOÇAMBIQUE O jogo é chamado Borboleta em Moçambique, provavelmente por causa da forma do tabuleiro. Na Índia e em Blangadesh, as crianças chamam o mesmo jogo de Lau Kata Kati.

Leia mais

CONTEÚDO DOS 7º ANOS REFERENTE AO 4º BIMESTRE DE 2016

CONTEÚDO DOS 7º ANOS REFERENTE AO 4º BIMESTRE DE 2016 CONTEÚDO DOS 7º ANOS REFERENTE AO 4º BIMESTRE DE 2016 Qual a diferença entre jogo e esporte O jogo é definido como uma atividade de caráter lúdico com normas livremente estabelecidas pelos participantes.

Leia mais

Xadrez, Matemática e Computação

Xadrez, Matemática e Computação Xadrez, Matemática e Computação Adalberto Ayjara Dornelles Filho aadornef@ucs.br 24 de dezembro de 2005 Resumo Este texto é uma coletânea de breves considerações matemáticas e computacionais sobre alguns

Leia mais

Xadrez. e Os 10 Mandamentos. Rafael Borges Dias Baptista Página 1 de 27

Xadrez. e Os 10 Mandamentos. Rafael Borges Dias Baptista Página 1 de 27 Xadrez Regras, dicas e Os 10 Mandamentos Por Rafael Borges Dias Baptista Rio das Ostras RJ, sexta-feira, 13 de Março de 2007 Página 1 de 27 No xadrez existem precisamente 169.518.829.100.544.000.000.000.000.000

Leia mais

LOCAL: ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA DO BANCO DO BRASIL A.A.B.B ENDEREÇO: AVENIDA SANTOS DUMONT S/N DATA: 29 DE OUTUBRO HORÁRIO: 8:00 HS

LOCAL: ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA DO BANCO DO BRASIL A.A.B.B ENDEREÇO: AVENIDA SANTOS DUMONT S/N DATA: 29 DE OUTUBRO HORÁRIO: 8:00 HS LOCAL: ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA DO BANCO DO BRASIL A.A.B.B ENDEREÇO: AVENIDA SANTOS DUMONT S/N DATA: 29 DE OUTUBRO HORÁRIO: 8:00 HS CIDADE: QUERÊNCIA DO NORTE - PR REALIZAÇÃO CONSELHO DAS APAES MICRO-REGIÃO

Leia mais

Epaminondas. Ludus. Material

Epaminondas. Ludus. Material Epaminondas Ludus História Este jogo foi inventado por Robert Abbott em. Chamava-se originalmente Crossings e foi publicado pela primeira vez em em [GG]. Nessa altura, o jogo ocorria num tabuleiro de linhas

Leia mais

Questão 23 Sobre a abertura pastorzinho, observe as afirmativas abaixo e, assinale V para as verdadeiras e F para as falsas e, em seguida, marque a al

Questão 23 Sobre a abertura pastorzinho, observe as afirmativas abaixo e, assinale V para as verdadeiras e F para as falsas e, em seguida, marque a al PROVA DE CONHECIMENTO ESPECÍFICO INSTRUT DE XADREZ Baseado no texto abaixo, responda as questões 21 e 22: O Xadrez é um esporte individual, mas de caráter cognitivo e coletivo, pois simula os movimentos

Leia mais

Jogos e Brincadeiras I. 1. Brincadeiras

Jogos e Brincadeiras I. 1. Brincadeiras Polos Olímpicos de Treinamento Curso de Combinatória - Nível 1 Prof. Bruno Holanda Aula 1 Jogos e Brincadeiras I 1. Brincadeiras Nesta primeira parte da aula resolveremos duas questões retiradas da Olimpíada

Leia mais

Design de Interface - Avaliação Final

Design de Interface - Avaliação Final Design de Interface - Avaliação Final A proposta deste trabalho era adaptar a interface gráfica de um jogo de tabuleiro clássico tomando como base os conhecimentos de Consistência, Hierarquia e Personalidade.

Leia mais

Regras para se jogar GO

Regras para se jogar GO Regras para se jogar GO Internacionalmente conhecido pelo nome Japonês Go (pronuncia-se Gô), este jogo tem o nome de Wei-chi na China e Baduk na Coréia, três potências mundiais deste jogo. Teve sua origem

Leia mais

Xadrez. 1º semestre 2016

Xadrez. 1º semestre 2016 Xadrez 1º semestre 2016 2016 A origem do xadrez Várias são as versões para o surgimento do xadrez, como de origem Chinesa, Egípcia, Persa e Árabe, porém, nenhuma delas totalmente confirmada. Uma versão

Leia mais

4º Campeonato Nacional de Jogos Matemáticos AL, APM, SPM, UM 2007/2008

4º Campeonato Nacional de Jogos Matemáticos AL, APM, SPM, UM 2007/2008 º Campeonato Nacional de Jogos Matemáticos AL, APM, SPM, UM 007/008 Semáforo Autor: Alan Parr Oito peças verdes, oito amarelas e oito vermelhas partilhadas pelos jogadores. Ser o primeiro a conseguir uma

Leia mais

1. Natureza e objetivos do jogo de xadrez. 2. Posição inicial das peças no tabuleiro

1. Natureza e objetivos do jogo de xadrez. 2. Posição inicial das peças no tabuleiro 1. Natureza e objetivos do jogo de xadrez 1.1 O jogo de xadrez é disputado entre dois oponentes que movem peças alternadamente sobre um tabuleiro quadrado denominado 'tabuleiro de xadrez'. O jogador com

Leia mais

VIRTUAL CHESS. Carlo Vinícius Berton* Daniel Eduardo Gyboski** Gabriel Riboldi*** Marília Rossi Chagas****

VIRTUAL CHESS. Carlo Vinícius Berton* Daniel Eduardo Gyboski** Gabriel Riboldi*** Marília Rossi Chagas**** VIRTUAL CHESS Carlo Vinícius Berton* Daniel Eduardo Gyboski** Gabriel Riboldi*** Marília Rossi Chagas**** Universidade de Caxias do Sul, 27 de novembro de 2008 *Carlo Vinícus Berton, graduando em Bacharelado

Leia mais

POEMA DE XADREZ. Alunos da EMEF JOAQUIM BENTO ALVES DE LIMA NETO. 5º ANO A, B e C. Professores Orientadores: Mário Caires de Almeida.

POEMA DE XADREZ. Alunos da EMEF JOAQUIM BENTO ALVES DE LIMA NETO. 5º ANO A, B e C. Professores Orientadores: Mário Caires de Almeida. POEMA DE XADREZ Alunos da EMEF JOAQUIM BENTO ALVES DE LIMA NETO 5º ANO A, B e C Professores Orientadores: Mário Caires de Almeida Márcia Belchior O XADREZ (Agata 5ºA) O xadrez é uma guerra! Ele pode empatar.

Leia mais

Divulgação de conteúdos para quem quiser APRENDER A JOGAR XADREZ

Divulgação de conteúdos para quem quiser APRENDER A JOGAR XADREZ Divulgação de conteúdos para quem quiser APRENDER A JOGAR XADREZ Este trabalho resulta de uma parceria entre a FPX e a FCCN, com o apoio do IDP. Vídeos de divulgação: Fase 1 Iniciação: Regras básicas e

Leia mais

JOGOS COMUNITÁRIOS 2014

JOGOS COMUNITÁRIOS 2014 S COMUNITÁRIOS 204 DATAS: 3/0 (2ºf.), 4/0 (3ªf.), 6/0 (5ªf.), 7/0 (6ªf.) e 8/0 (sábado). OBJETIVO GERAL: Realizar um evento esportivo salutar atuando sob a bandeira da ética, da lealdade e da paz. FINALIDADES:

Leia mais

Jogos Lógicos de Tabuleiro

Jogos Lógicos de Tabuleiro Universidade Federal do Rio Grande do Sul Programa de Extensão 2014/2015 Jogos Lógicos de Tabuleiro Coordenadores: Liliane F. Giordani Renato P. Ribas www.inf.ufrgs.br/lobogames lobogames.ufrgs@gmail.com

Leia mais

DANÔMIO. Objetivos Aprimorar o conhecimento da multiplicação de monômios.

DANÔMIO. Objetivos Aprimorar o conhecimento da multiplicação de monômios. DANÔMIO Objetivos Aprimorar o conhecimento da multiplicação de monômios. Materiais Dado feito de papel com um monômio em cada face, 6 tabelas que apresentam todas combinações de produtos dos monômios de

Leia mais

Federação Portuguesa de Xadrez Instituto Desporto de Portugal. Curso de Formação de Monitores ********** ** e ** de ********* de 200*

Federação Portuguesa de Xadrez Instituto Desporto de Portugal. Curso de Formação de Monitores ********** ** e ** de ********* de 200* Federação Portuguesa de Xadrez Instituto Desporto de Portugal Curso de Formação de Monitores ********** ** e ** de ********* de 200* Teste de Avaliação Final Nome: 1. História de Xadrez Indique quem foi

Leia mais

Regra do jogo. Para 2 JOGADORES/A partir de 8 anos

Regra do jogo. Para 2 JOGADORES/A partir de 8 anos Regra do jogo Para 2 JOGADORES/A partir de 8 anos De um lado, na terra gelada de Everwinter, o Exército de Gelo prepara suas forças. Do outro lado da paisagem, além das áreas proibidas de fogo e gelo,

Leia mais

Manual básico de Go. MANUAL BÁSICO DE GO. Distribuição Gratuita.

Manual básico de Go. MANUAL BÁSICO DE GO. Distribuição Gratuita. MANUAL BÁSICO DE GO Distribuição Gratuita. Regras do GO: 1 As peças pretas começam a não ser que seja um jogo com handicap. 2 Os jogadores alternam suas jogadas, jogando-se uma peça por vez. 3 As peças

Leia mais

COLÉGIO EQUIPE DE JUIZ DE FORA MATEMÁTICA - 3º ANO EM. 1. O número de anagramas da palavra verão que começam e terminam por consoante é:

COLÉGIO EQUIPE DE JUIZ DE FORA MATEMÁTICA - 3º ANO EM. 1. O número de anagramas da palavra verão que começam e terminam por consoante é: 1. O número de anagramas da palavra verão que começam e terminam por consoante é: a) 120 b) 60 c) 12 d) 24 e) 6 2. Com as letras da palavra prova, podem ser escritos x anagramas que começam por vogal e

Leia mais

SEMINÁRIO DE ARBITRAGEM E LEIS DE XADREZ

SEMINÁRIO DE ARBITRAGEM E LEIS DE XADREZ HISTÓRIA DAS LEIS DO XADREZ A FIDE foi fundada em Paris em 20 de Julho 1924 e um dos seus principais programas era unificar as regras do jogo. As primeiras regras oficiais de xadrez tinha sido publicado

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Nível 1 - POTI Aula 1 - Combinatória

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Nível 1 - POTI Aula 1 - Combinatória UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Nível 1 - POTI Aula 1 - Combinatória Exercícios: 1. Maria inventou uma brincadeira. Digitou alguns algarismos na primeira linha de uma folha. Depois, no segunda linha, fez

Leia mais

Introdução. Por que as táticas são importantes?

Introdução. Por que as táticas são importantes? Introdução Por que as táticas são importantes? Estratégia, por outro lado, é a compreensão do que você (e o seu oponente) está tentando fazer a médio e a longo prazo. Ela envolve tais elementos como o

Leia mais

Questões de Exame Resolvidas. Matemática A. 12.º ano. Probabilidades e Combinatória

Questões de Exame Resolvidas. Matemática A. 12.º ano. Probabilidades e Combinatória Questões de Exame Resolvidas Matemática A.º ano Probabilidades e Combinatória Índice Resumo Teórico. Cálculo combinatório. Problemas de contagem 6.. Princípios fundamentais da contagem 6.. Arranjos e combinações

Leia mais

Gamão. Como jogar este maravilhoso jogo

Gamão. Como jogar este maravilhoso jogo Gamão Como jogar este maravilhoso jogo Gamão é um jogo de tabuleiro para dois jogadores. Cada jogador tem 15 peças (pedras) que se movem por 24 triângulos (casas) de acordo com os números obtidos pela

Leia mais

INTERVENÇÕES DO USO DO JOGO DE XADREZ NA MATEMÁTICA

INTERVENÇÕES DO USO DO JOGO DE XADREZ NA MATEMÁTICA INTERVENÇÕES DO USO DO JOGO DE XADREZ NA MATEMÁTICA Jordana Silva de Sousa Universidade Federal do Ceará Jordanaufc2010@hotmail.com Gleisson Barros da Silva Universidade Federal do Ceará Gleisson_barros@hotmail.com

Leia mais

ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO PARALELA LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR (A): Juliana B. Stoll TURMA: 9º Ano

ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO PARALELA LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR (A): Juliana B. Stoll TURMA: 9º Ano ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO PARALELA LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR (A): Juliana B. Stoll TURMA: 9º Ano REVISÃO Leia este texto: Jogo de damas Objetivo: Capturar todas as pedras adversárias ou impedir que o

Leia mais

MATERIAL: Tabuleiro e pinos (marcadores). São necessários 20 pinos para os cordeiros e 2 pinos para os tigres.

MATERIAL: Tabuleiro e pinos (marcadores). São necessários 20 pinos para os cordeiros e 2 pinos para os tigres. Cordeiros e tigres MATERIAL: Tabuleiro e pinos (marcadores). São necessários 20 pinos para os cordeiros e 2 pinos para os tigres. 1. O jogo começa com o tabuleiro vazio. 2. Quem está com os tigres ocupa

Leia mais

1ª LIGA ESPORTIVA DA JUVENTUDE SÃO FELIPE NERI

1ª LIGA ESPORTIVA DA JUVENTUDE SÃO FELIPE NERI 1ª LIGA ESPORTIVA DA JUVENTUDE SÃO FELIPE NERI REGULAMENTO GERAL ATENÇÃO!!! LEIA ATENTAMENTE, POIS SE HOUVER DESCUMPRIMETO DO REGULANDO OCORRERÁ HÁ DESCLASSIFICAÇÃO DE EQUIPE!!! 1. Do Objetivo: 1.1 O Setor

Leia mais

PACRU SÉRIE 302. Linguagens e Informação Extra. Três Jogos: Shacru, Azacru & Pacru

PACRU SÉRIE 302. Linguagens e Informação Extra. Três Jogos: Shacru, Azacru & Pacru PACRU SÉRIE 302 Linguagens e Informação Extra Se esta informação não está na sua linguagem, vá a www.pacru.com, seleccione a linguagem e imprima as regras. Neste folheto estão todas as informações necessárias

Leia mais

Abertura: princípios gerais

Abertura: princípios gerais Abertura: princípios gerais Controle ou ocupação do centro Segurança do rei Desenvolvimento rápido Iniciativa Qualquer pessoa que tenta aprimorar seus conhecimentos sobre o jogo de xadrez sente-se, de

Leia mais

Prezados Estudantes, Professores de Matemática e Diretores de Escola,

Prezados Estudantes, Professores de Matemática e Diretores de Escola, Prezados Estudantes, Professores de Matemática e Diretores de Escola, Os Problemas Semanais são um incentivo a mais para que os estudantes possam se divertir estudando Matemática, ao mesmo tempo em que

Leia mais

ORION. 6 em 1. Manual de Instruções

ORION. 6 em 1. Manual de Instruções ORION 6 em 1 Manual de Instruções COLOCAR AS PILHAS: Coloque o aparelho sobre uma superfície plana, com a parte de trás virada para cima (por ex. sobre uma mesa). Abra o compartimento das pilhas e levante

Leia mais

Centro Educacional Sesc Cidadania. Manual de Regras de XADREZ. Aluno(a): Ano: Turma: Professor: Sérgio Marcos Galdino da Silva

Centro Educacional Sesc Cidadania. Manual de Regras de XADREZ. Aluno(a): Ano: Turma: Professor: Sérgio Marcos Galdino da Silva Manual de Regras de XADREZ Aluno(a): Ano: Turma: Professor: Sérgio Marcos Galdino da Silva CONSIDERAÇÕES SOBRE O ENSINO DO JOGO DE XADREZ Objetivo: Desenvolver e melhorar as faculdades criativas e o raciocínio

Leia mais

PEGUE 10. Quantidade: 08 unidades

PEGUE 10. Quantidade: 08 unidades 1 PEGUE 10 Materiais Um tabuleiro e 66 cartas redondas com os numerais de 1 a 7 nas seguintes quantidades: 1 22 cartas; 6-2 cartas; 2-16 cartas; 7-2 cartas; 3-12 cartas; Coringa 1 carta. 4-7 cartas; 5-4

Leia mais

1. Considere a seguinte lista de dicionários na qual os significados dos campos são óbvios:

1. Considere a seguinte lista de dicionários na qual os significados dos campos são óbvios: Capítulo 8 Dicionários 1. Considere a seguinte lista de dicionários na qual os significados dos campos são óbvios: l_nomes = [{ nome :{ nomep : Jose, apelido : Silva }, morada :{ rua : R. dos douradores,

Leia mais

OS DESAFIOS DA ESCOLA PÚBLICA PARANAENSE NA PERSPECTIVA DO PROFESSOR PDE Produções Didático-Pedagógicas

OS DESAFIOS DA ESCOLA PÚBLICA PARANAENSE NA PERSPECTIVA DO PROFESSOR PDE Produções Didático-Pedagógicas Versão Online ISBN 978-85-8015-079-7 Cadernos PDE II OS DESAFIOS DA ESCOLA PÚBLICA PARANAENSE NA PERSPECTIVA DO PROFESSOR PDE Produções Didático-Pedagógicas SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA

Leia mais

Busca Competitiva. Inteligência Artificial. Até aqui... Jogos vs. busca. Decisões ótimas em jogos 9/22/2010

Busca Competitiva. Inteligência Artificial. Até aqui... Jogos vs. busca. Decisões ótimas em jogos 9/22/2010 Inteligência Artificial Busca Competitiva Aula 5 Profª Bianca Zadrozny http://www.ic.uff.br/~bianca/ia-pos Capítulo 6 Russell & Norvig Seção 6.1 a 6.5 2 Até aqui... Problemas sem interação com outro agente.

Leia mais

Xadrez Básico - Aula 1

Xadrez Básico - Aula 1 Xadrez Básico - Aula Pedro A. Tonelli de agosto de 00 O tabuleiro e a notação algébrica Este é um curso para iniciantes no jogo de xadrez, mas que já se habituaram com o movimento das peças e objetivos

Leia mais