Unidade IV. Gerenciamento de Produtos, Serviços e Marcas. Prof a. Daniela Menezes

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Unidade IV. Gerenciamento de Produtos, Serviços e Marcas. Prof a. Daniela Menezes"

Transcrição

1 Unidade IV Gerenciamento de Produtos, Serviços e Marcas Prof a. Daniela Menezes

2 Tipos de Mercado Os mercados podem ser divididos em mercado de consumo e mercado organizacional. Mercado de consumo: o consumidor adquire os produtos para consumo. Mercado organizacional: o consumidor adquire os produtos para outros fins que não sejam de consumo próprio. Ex.: Transformar, revender, etc.

3 Mercado organizacional Os mercados organizacionais se assemelham com mercados consumidores porque as pessoas que tomam decisões de compram buscam satisfazer suas necessidades, mas a diferença é bem notórias em três aspectos:

4 Mercado organizacional Estrutura de mercado e sua demanda: O mercado organizacional é constituído por um número menor de grandes compradores; Podem ser organizados geograficamente; A demanda é derivada da demanda do mercado consumidor; A elasticidade de demanda é baixa;

5 Mercado organizacional Natureza da Unidade de compra: As compras organizacionais envolvem mais compradores e são profissionais. Tipos e processo de decisão: Em geral o processo de decisão é mais complexo; É regida por um processo mais formal; Compradores e vendedores trabalham em conjunto durante a compra e criam relacionamentos a longo prazo.

6 Mercado de Negócios Promoção: Necessidade de existir venda pessoal; Publicidade em mídias, mala direta, marketing; Participação em feiras de negócios, são ações que anunciam o produto, mas não provocam a venda como no mercado consumidor.

7 Mercado de Negócios E i t á i dif t Existem várias diferenças entre o processo de compra do mercado de consumo e o mercado organizacional:

8 Mercado de Negócios Os mercados organizacionais movimentam a economia mundial muito mais que o mercado de consumidores, devidos aos longos e onerosos caminhos percorridos pelo produtos até chegarem aos seus consumidores. No mercado organizacional, os compradores são em menor número do que no mercado organizacional, mas suas compras são maiores.

9 Mercado de Negócios Os compradores organizacionais podem ser agrupados em quatro categorias: Produtores; Intermediários; Governos; Outras instituições.

10 Processo de Compra As compras nas organizações podem ser divididas em três tipos: Compra nova: demanda tempo longo no processo de decisão e geralmente envolve um número grande de pessoas; Recompra direta: é a compra rotineira; Recompra modificada: quando há alteração na venda que obriga uma nova negociação.

11 Critérios de compra Principais critérios avaliados na decisão de compra: 1. Econômico análise de valor; 2. Critérios de qualidade e serviços; 3. Análise dos fornecedores;

12 Mercado de Negócios Organização do departamento de compras: Algumas empresas criam um departamento com mesmos status que outros setores da empresa; Outras empresas criam equipes multifuncionais.

13 Mercado de Negócios Af função que a pessoa exerce na empresa influencia na maneira de avaliar as variáveis de compra:

14 Como as empresas compram Existem normalmente quatro tipos de avaliação dos produtos a serem comprados pelas organizações: Compra por amostra; Compra por inspeção; Compra por descrição; Compra por contrato;

15 Marketing corporativo O Marketing corporativo é uma ferramenta de gestão empresarial responsável pelos recursos utilizados na comunicação à divulgação dos aspectos culturais e dos valores da empresa (que formam sua imagem institucional), dos produtos, serviços, atitudes ambientais, sociais de responsabilidade corporativa aos mesmo tempo em que é valioso instrumento à avaliação constante de envolvimento dos processos valorativos formadores da marca.

16 Marketing de Relacionamento Os vendedores e profissionais de Marketing se preocupam em construir relacionamentos duradouros com seus clientes, para isso é necessário perceber que os clientes não buscam a venda comum e sim a soluções de problemas.

17 Questões éticas O fornecedor deve analisar a empresa e se moldar aos critérios vigentes, a fim de não criar embaraços aos compradores e nem perder oportunidades de vendas

18 Decisões de compra Num processo de decisão de compras participam diversas pessoas de diversos departamentos. O grupo não é necessariamente formal e uma pessoa pode desempenhar vários papéis. Geralmente encontramos seis tipos: 1. Iniciador identifica a necessidade; 2. Usuário; 3. Influenciador; 4. Comprador; 5. Decisor; 6. Guardião controla informações.

19 Interatividade As compras nas organizações podem ser divididas em três tipos. Assinale a alternativa que demonstre-as: a) Compra nova, recompra direta e recompra modificada. b) Compra atual, compra cotidiana e compra excepcional; c) Compra nova, compra antiga, compra cotidiana; d) Compra atual, compra modificada e compra usual; e) Todas as alternativas estão corretas.

20 Segmentando mercados Segmentação é um processo de dividir um mercado em grupos de compradores potenciais que tenham percepções, comportamento de compra, necessidades e desejos similares.

21 Segmentando mercados O Segmento específico selecionado por uma organização é chamado de Mercado- Alvo.

22 Abordagem

23 Critérios para segmentação do mercado organizacional Segmentação Demográfica: idade, sexo, raça, renda, ocupação, grau de instrução, religião, tipos de família, entre outros. Segmentação Psicográfica: estilo de vida, personalidade e valores. Segmentação Geográfica: nações, estados, regiões, clima e densidade populacional.

24 Critérios para segmentação do mercado organizacional Segmentação Comportamental: ocasião, benefício, status de usuários, status de fidelidade, atitude em relação ao produto. A segmentação comportamental pode ser baseada à lealdade da marca, no tamanho do pedido médio, na periodicidade de compras e no uso que fazem do produto.

25 Critérios para segmentação do mercado organizacional Segmentação por tipo de cliente: As organizações têm comportamento de compra diferentes e este tipo de segmentação divide os grupos segundo seu processo de decisão de compras. Segmentação por tamanho: o tamanho da empresa está diretamente ligado ao tamanho e importância do pedido, por esse motivo algumas empresas segmentam seu mercado por tamanho e criam equipes especificas para atendê-los.

26 Estratégias mercadológicas Todas as empresas para terem sucesso no mercado a longo prazo precisam de estratégias, para isso é preciso planejar seus passos. O planejamento permite a empresa definir a O planejamento permite a empresa definir a posição em que está e aonde quer chegar, analisar seu desempenho, antecipar-se a mudanças, proteger-se quanto a ameaças e implantar melhorias.

27 Estratégias mercadológicas O planejamento é parte do processo de marketing; pode ser feito em quatro níveis: 1. Corporativo define a visão, missão, os valores, compromissos e as aspirações da organização.

28 Visão Para quem não sabe onde vai, qualquer caminho serve. A visão deve indicar o caminho a seguir, a direção que o negócio está se dirigindo, para que todos os que vão implementá-la saibam para onde estão indo. (Sant Anna, 2007: 52)

29 Missão Missão é um forma de se traduzir determinado sistema de valores em termos de crenças ou áreas básicas de atuação, considerando as tradições e filosofias da empresa Oliveira (2002, p.128)

30 Missão Missão é a razão de ser da organização, o motivo central do planejamento e o que justifica sua existência. A Missão é a diretriz de ordem superior que estabelece as ações a serem tomadas para alcançar a Visão do Futuro. A Missão de uma empresa orientadora e delimitadora da ação empresarial, durante um período de tempo, normalmente longo.

31 Valores É o que a empresa valoriza em suas ações e em seu quadro de funcionários; estão relacionados com a cultura da empresa. Exemplo: Inovação, honestidade, responsabilidade social.

32 Compromissos e Aspirações Compromissos: a empresa espera que todos os colaboradores assumam suas responsabilidades, conforme valores descritos. Aspirações: descreve aquilo que move a Aspirações: descreve aquilo que move a empresa.

33 Estratégias mercadológicas 2. Divisional as grandes empresas dividem-se em partes que cuidam de determinada categoria de produto. Exemplo: General Eletric: automotiva, aviação, comercial entre outros.

34 Estratégias mercadológicas 3. Unidades estratégicas de negócios UEN: as empresas podem definir seu mercado em termos de produtos ou em termos de grupos de consumidores e criar UEN para cada grupo. Exemplo: se for de produto como material de limpeza e alimentos terá uma UEN para cada.

35 Estratégias mercadológicas 4. Produto ou linha de produto: o plano de marketing é a materialização do planejamento em nível de produto ou linha de produto.

36 Interatividade A segmentação demográfica divide o mercado a partir de dados sobre: a) Idade, sexo, grau de instrução; b) Nações, regiões e densidade populacional; c) Comportamento de compra e status; d) Estilo de vida, personalidade e valores; e) N.D.A.

37 Análise do negócio A definição clara de que tipo de necessidade está atendendo é muito importante para as empresas. A forma como a empresa define qual é seu mercado é importante para definir o modo como reagirá às mudanças e às oportunidades.

38 Qual é meu core business (CB) O Core business leva em consideração a definição do negócio relacionado com a agregação de valor que o produto e/ou serviço proporcionada ao cliente alvo. Devemos sempre lembrar que a aquisição Devemos sempre lembrar que a aquisição de um bem pressupõe a satisfação do adquirente em todos os sentidos. Isto é a satisfação do cliente.

39 Qual é meu core business (CB) Frente ao objeto do negócio, a empresa pode posicionar-se em dois sentidos: amplo e restrito. Exemplos:

40 Cliente-alvo O cliente- alvo representa o individuo ou grupo de consumidores que compram com habitualidade bens e serviços. É o individuo ou grupo de indivíduos que tem o poder de decisão, que escolhe, de acordo com suas necessidades, se vai comprar um produto ou outro. Muitas empresas tornam-se obsoletas ou perdem condições de competitividade ao se fixarem em si mesmas, e não nos clientes ou nos objetivos a alcançar.

41 Ambiente de Marketing O ambiente de marketing é constituído por forças externas (macroambiente) e internas (microambientes) que afetam a capacidade das empresas em administrar, desenvolver e manter relacionamentos com seus consumidores e fornecedores.

42 Ambiente de Marketing De acordo com o mercado podem surgir necessidades ou ameaças a serem administradas pelas organizações; As forças e fraquezas são determinadas pela posição atual da empresa e se relacionam, quase sempre, a fatores internos. As oportunidades e ameaças são antecipações do futuro e estão relacionadas a fatores externos.

43 Ambiente de Marketing Os profissionais de marketing são responsáveis pela identificação das principais mudanças impostas pelo mercado e devem pesquisar tendências, oportunidades e possíveis ameaças à política do marketing da empresa;

44 Macroambiente (ambiente externo) As organizações operam em um macroambiente onde todas as forças são ativas e de ordem superior às suas vontades e desejos, portanto não podem ser controladas.

45 Microambiente (ambiente interno) A administração de marketing de um empresa deve reter seus clientes, atrair novos, procurar se relacionar com eles, através do oferecimento de valor e satisfação. Para que isso seja possível é necessário que a empresa mobilize diversos agentes:

46 Microambiente (ambiente interno)

47 Interatividade Fazem parte da análise do ambiente interno: a) Verificação das taxas de juros no mercado global; b) Adequação as leis e normas regidas pelo Estado; c) Pesquisa de satisfação dos colaboradores da empresa; d) Identificação de oportunidades e ameaças; e) Todas as alternativas estão corretas.

48 Estabelecimento de estratégias Michael Porter enumera 5 forças competitivas em seu livro Estratégias Competitivas : 1. Clientes quanto maior a capacidade dos clientes em manter os preços baixos, menor a lucratividade da indústria. 2. Fornecedores quando são em pequeno número os fornecedores tem maior capacidade para impor preços.

49 Estabelecimento de estratégias 3. Entrada de novos competidores novos competidores sempre reduzem o lucro do setor; 4. Aparecimento de novos produtos produtos substitutivos sempre são ameaças; 5. Número de competidores - quanto mais concorrentes, menor a lucratividade do setor;

50 Estabelecimento de estratégias Para enfrentar as cinco forças Michael Porter, propõe três estratégias: 1. Liderança no custo total; 2. Diferenciação; 3. Foco.

51 Cadeia de valores Para ser bem-sucedida, a empresa deve compreender todas as atividades e os elos que compõem seu ciclo produtivo. Dessa forma, pode diminuir custos e aumentar a eficiência, ou seja, a empresa consegue fazer mais por menos.

52 Avaliando desempenho No campo externo a empresa precisa entender como as mudanças na economia global afetam seu desempenho; No âmbito interno, as empresas precisam medir a eficácia de seus processos, sua competitividade, sua capacidade de perceber e reagir a mudanças no ambiente competitivo.

53 Avaliando desempenho Controle: Uma das formas de medir o desempenho é comparar os resultados obtidos com os resultados esperados.

54 Avaliando desempenho Análise de vendas: Uma outra medida de desempenho é a financeira. Se os objetivos de lucro são atingidos, a avaliação é, normalmente, positiva. Para o marketing, porém, existem outras medidas: o grau de satisfação dos clientes, a repetição de compra, entre outros.

55 Avaliando desempenho Para avaliar o desempenho mediante as vendas é preciso coletar, classificar e comparar os dados e podem ser em critérios como: 1. Por região geográfica; 2. Por tipo de cliente: varejo, atacado, indústria; 3. Por linhas de produtos e por produtos; 4. Pelo tamanho do pedido; 5. Por vendedor e outros critérios.

56 Avaliando desempenho Market Share (participação de mercado): É uma medida para avaliar o desempenho, dividindo as unidades vendidas do produto da empresa pelo total de unidades do produto da categoria vendidos.

57 Avaliando desempenho Análise de lucratividade: A lucratividade é a saúde financeira da empresa e deve ser medida por critérios como: Regiões; Tamanho de pedidos; Canais de distribuição, entre outros.

58 Avaliando desempenho Análise de lucratividade: A análise por critérios permite descobrir os setores que devem receber maior investimento e aqueles que devem ser abandonados. Grandes organizações estão adotando o método de análise de custos baseados na atividade, chamada de método ABC.

59 Analisando a satisfação dos clientes Volume de vendas crescentes e insatisfação dos clientes é sinal de perigo. Formas de medir a satisfação dos clientes: Abrir canais de comunicação; Abrir canais de comunicação; Pesquisa de Marketing.

60 Auditoria de Marketing A auditoria de marketing busca avaliar e controlar sistematicamente os: Ambientes; Planos; Estratégias Atividades; Desempenho da organização.

61 Interatividade Assinale a alternativa que demonstre as três estratégias propostas por Michael Portes para se defender das cinco forças competitivas: a) Diferenciação, posicionamento e capacitação interna; b) Liderança no custo total, diferenciação, foco. c) Treinamento, diferenciação e reposicionamento; d) Reposicionamento, capacitação interna e foco; e) N.D.A.

62 ATÉ A PRÓXIMA!

Módulo 17 Estratégias mercadológicas

Módulo 17 Estratégias mercadológicas Módulo 17 Estratégias mercadológicas Todas as empresas para terem sucesso no mercado a longo prazo precisam de uma estratégia. Segundo Peter Druker, as estratégias são os planos de vôos das empresas. Analisando

Leia mais

Gestão de Negócios. Unidade III FUNDAMENTOS DE MARKETING

Gestão de Negócios. Unidade III FUNDAMENTOS DE MARKETING Gestão de Negócios Unidade III FUNDAMENTOS DE MARKETING 3.1- CONCEITOS DE MARKETING Para a American Marketing Association: Marketing é uma função organizacional e um Marketing é uma função organizacional

Leia mais

Módulo 18 Avaliando desempenho

Módulo 18 Avaliando desempenho Módulo 18 Avaliando desempenho Raimar Richers definiu marketing como sendo entender e atender os clientes. Esta é uma definição sucinta e feliz que podemos usar para definir avaliação de desempenho como

Leia mais

AULA 4 Marketing de Serviços

AULA 4 Marketing de Serviços AULA 4 Marketing de Serviços Mercado Conjunto de todos os compradores reais e potenciais de um produto ou serviço. Trata-se de um sistema amplo e complexo, que envolve: FORNECEDORES CONCORRENTES CLIENTES

Leia mais

Desmistificando o Marketing Sérgio Luis Ignácio de Oliveira

Desmistificando o Marketing Sérgio Luis Ignácio de Oliveira Desmistificando o Marketing Sérgio Luis Ignácio de Oliveira Novatec Sumário Agradecimentos... 13 Sobre o autor... 15 Prefácio... 17 Capítulo 1 Desmistificando o Marketing... 20 Mas o que é Marketing?...20

Leia mais

Conceitos e tarefas da administração de marketing DESENVOLVIMENTO DE ESTRATEGIAS E PLANOS DE MARKETING

Conceitos e tarefas da administração de marketing DESENVOLVIMENTO DE ESTRATEGIAS E PLANOS DE MARKETING Sumário Parte um Conceitos e tarefas da administração de marketing CAPITULO I MARKETING PARA 0 SÉCULO XXI A importância do marketing O escopo do marketing 0 que é marketing? Troca e transações A que se

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CONFEDERAÇÃO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL TRABALHO DE AVALIAÇÃO MARKETING PARA A QUALIDADE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CONFEDERAÇÃO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL TRABALHO DE AVALIAÇÃO MARKETING PARA A QUALIDADE UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CONFEDERAÇÃO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL TRABALHO DE AVALIAÇÃO MARKETING PARA A QUALIDADE CURITIBA ABRIL - 2000 ODILIO SEPULCRI TRABALHO DE AVALIAÇÃO MARKETING PARA

Leia mais

FAZER ESTES ITENS NO FINAL, QUANDO O TRABALHO ESTIVER PRONTO

FAZER ESTES ITENS NO FINAL, QUANDO O TRABALHO ESTIVER PRONTO 1. CAPA 2. SUMÁRIO 3. INTRODUÇÃO FAZER ESTES ITENS NO FINAL, QUANDO O TRABALHO ESTIVER PRONTO 4. DESCRIÇÃO DA EMPRESA E DO SERVIÇO 4.1 Descrever sua Visão, VISÃO DA EMPRESA COMO VOCÊS IMAGINAM A EMPRESA

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PROFª DANIELLE VALENTE DUARTE

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PROFª DANIELLE VALENTE DUARTE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PROFª DANIELLE VALENTE DUARTE MODELO PARA FORMULAÇÃO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Análise do ambiente externo Macroambiente Ambiente setorial feedback Ambiente Interno (forças e

Leia mais

MARKETING EMPRESARIAL MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE

MARKETING EMPRESARIAL MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO E SUSTENTABILIDADE Marketing: uma introdução Introdução ao Marketing O que é Marketing Marketing é a área do conhecimento que engloba todas as atividades concernentes às relações

Leia mais

Marketing Empresarial MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE

Marketing Empresarial MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE Marketing Empresarial Capítulo 1 Marketing: uma introdução Introdução ao Marketing O que é Marketing Marketing é a área do conhecimento que engloba todas as atividades concernentes às relações de troca,

Leia mais

Gestão em Farmácia. Marketing 3. Manuel João Oliveira. Identificação e Selecção da Estratégia

Gestão em Farmácia. Marketing 3. Manuel João Oliveira. Identificação e Selecção da Estratégia Gestão em Farmácia Marketing 3 Manuel João Oliveira Análise Externa Análise do Cliente Segmentação, comportamento do cliente, necessidades não-correspondidas Análise dos Concorrentes Grupos estratégicos,

Leia mais

Análise do Ambiente estudo aprofundado

Análise do Ambiente estudo aprofundado Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Disciplina Gestão Estratégica e Serviços 7º Período Administração 2013/2 Análise do Ambiente estudo aprofundado Agenda: ANÁLISE DO AMBIENTE Fundamentos Ambientes

Leia mais

Prof. Marcopolo Marinho

Prof. Marcopolo Marinho Aula 05 Marketing Modelo E-C-D; Modelo de cinco forças de ameaças ambientais; Análise do Ambiente Externo; Ferramenta de mapeamento de processos e de planificação estratégica - 5w2h; O Plano Estratégico:

Leia mais

RECURSOS HUMANOS PRODUÇÃO

RECURSOS HUMANOS PRODUÇÃO RECURSOS HUMANOS FINANCEIRO VENDAS PRODUÇÃO DEPARTAMENTO MERCADOLÓGICO Introduzir no mercado os produtos ou serviços finais de uma organização, para que sejam adquiridos por outras organizações ou por

Leia mais

Unidade IV. Marketing. Profª. Daniela Menezes

Unidade IV. Marketing. Profª. Daniela Menezes Unidade IV Marketing Profª. Daniela Menezes Comunicação (Promoção) Mais do que ter uma ideia e desenvolver um produto com qualidade superior é preciso comunicar a seus clientes que o produto e/ ou serviço

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial. Conteúdo Programático. Administração Geral / 100h

Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial. Conteúdo Programático. Administração Geral / 100h Administração Geral / 100h O CONTEÚDO PROGRAMÁTICO BÁSICO DESTA DISCIPLINA CONTEMPLA... Administração, conceitos e aplicações organizações níveis organizacionais responsabilidades Escola Clássica história

Leia mais

GESTÃO ESTRATÉGICA DE MARKETING

GESTÃO ESTRATÉGICA DE MARKETING GESTÃO ESTRATÉGICA DE MARKETING PÓS-GRADUAÇÃO / FIB-2009 Prof. Paulo Neto O QUE É MARKETING? Marketing: palavra em inglês derivada de market que significa: mercado. Entende-se que a empresa que pratica

Leia mais

ESTUDO DIRIGIDO GESTÃO ESTRATÉGICA NO APL

ESTUDO DIRIGIDO GESTÃO ESTRATÉGICA NO APL Curso de Capacitação de Agentes Gestores em APLs ESTUDO DIRIGIDO GESTÃO ESTRATÉGICA NO APL Prof. Gustavo Martins Porto Alegre, abril 2012 Estudo Dirigido Estratégia Competitiva A partir dos conceitos e

Leia mais

Conteúdo. 1. Origens e Surgimento. Origens e Surgimento

Conteúdo. 1. Origens e Surgimento. Origens e Surgimento 1 2 Planejamento Estratégico: conceitos e evolução; administração e pensamento estratégico Profª Ms Simone Carvalho simonecarvalho@usp.br Profa. Ms. Simone Carvalho Conteúdo 3 1. Origens e Surgimento 4

Leia mais

1- O que é um Plano de Marketing?

1- O que é um Plano de Marketing? 1- O que é um Plano de Marketing? 2.1-1ª etapa: Planejamento Um Plano de Marketing é um documento que detalha as ações necessárias para atingir um ou mais objetivos de marketing, adaptando-se a mudanças

Leia mais

Conceito de Marketing

Conceito de Marketing Conceito de Marketing Marketing é uma função organizacional e uma série de processos para a criação, comunicação e entrega de valor para clientes, e para a gerência de relacionamentos com eles de forma

Leia mais

Missão, Visão e Valores

Missão, Visão e Valores , Visão e Valores Disciplina: Planejamento Estratégico Página: 1 Aula: 12 Introdução Página: 2 A primeira etapa no Planejamento Estratégico é estabelecer missão, visão e valores para a Organização; As

Leia mais

MARKETING ESTRATÉGICO

MARKETING ESTRATÉGICO MARKETING ESTRATÉGICO O conceito de marketing é uma abordagem do negócio. HOOLEY; SAUNDERS, 1996 Esta afirmação lembra que todos na organização devem se ocupar do marketing. O conceito de marketing não

Leia mais

EMPREENDEDORISMO Marketing

EMPREENDEDORISMO Marketing Gerenciando o Marketing EMPREENDEDORISMO Marketing De nada adianta fabricar um bom produto ou prestar um bom serviço. É preciso saber colocálo no mercado e conseguir convencer as pessoas a comprá-lo. O

Leia mais

GESTÃO. 5. - Marketing. 5.1- Introdução, conceitos fundamentais Comportamento do consumidor

GESTÃO. 5. - Marketing. 5.1- Introdução, conceitos fundamentais Comportamento do consumidor GESTÃO 5. - Marketing 5.1- Introdução, conceitos fundamentais Comportamento do consumidor Definições de Marketing Kotler (1991): Marketing é um processo social e de gestão pelo qual indivíduos e grupos

Leia mais

UNIVERSIDADE GAMA FILHO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA

UNIVERSIDADE GAMA FILHO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA UNIVERSIDADE GAMA FILHO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA Prof. Marcelo Lisboa Luz Aula 5 Análise do Ambiente Externo VISÃO Aonde a empresa quer chegar Explicitação do que se idealiza Envolve desejos,

Leia mais

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex...

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... (/artigos /carreira/comopermanecercalmosob-pressao /89522/) Carreira Como permanecer calmo sob pressão (/artigos/carreira/como-permanecer-calmosob-pressao/89522/)

Leia mais

E s c o l a d e E n g e n h a r i a d e L o r e n a E E L

E s c o l a d e E n g e n h a r i a d e L o r e n a E E L : Diagnóstico A realidade é como ela é e não como gostaríamos que ela fosse. (Maquiavel) INTRODUÇÃO O Diagnóstico Estratégico de uma organização, também chamado por muitos autores de Análise do Ambiente,

Leia mais

COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR

COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR O comportamento do consumidor estuda como pessoas, grupos e organizações selecionam, compram, usam e descartam artigos, serviços, idéias ou experiências para satisfazer suas

Leia mais

Resumo Executivo. Modelo de Planejamento. Resumo Executivo. Resumo Executivo. O Produto ou Serviço. O Produto ou Serviço 28/04/2011

Resumo Executivo. Modelo de Planejamento. Resumo Executivo. Resumo Executivo. O Produto ou Serviço. O Produto ou Serviço 28/04/2011 Resumo Executivo Modelo de Planejamento O Resumo Executivo é comumente apontada como a principal seção do planejamento, pois através dele é que se perceberá o conteúdo a seguir o que interessa ou não e,

Leia mais

(WRIGHT; KROLL; PARNELL, 2000)

(WRIGHT; KROLL; PARNELL, 2000) de Marketing e Estratégias de Marketing Parte 01 OPORTUNIDADES E AMEAÇAS DO AMBIENTE EXTERNO Marcoambiente Ambiente setorial Estratégia Administração Estratégica Estratégico Organização / Direção Estratégia

Leia mais

POLÍTICA EMRPESARIAL DA INT.4

POLÍTICA EMRPESARIAL DA INT.4 POLÍTICA EMRPESARIAL DA INT.4 INTRODUÇÃO Desde que foi fundada em 2001, a ética, a transparência nos processos, a honestidade a imparcialidade e o respeito às pessoas são itens adotados pela interação

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Usando o SI como vantagem competitiva Vimos

Leia mais

O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO

O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO Josiane Corrêa 1 Resumo O mundo dos negócios apresenta-se intensamente competitivo e acirrado. Em diversos setores da economia, observa-se a forte

Leia mais

Gestão da Qualidade. Evolução da Gestão da Qualidade

Gestão da Qualidade. Evolução da Gestão da Qualidade Gestão da Qualidade Evolução da Gestão da Qualidade Grau de Incerteza Grau de complexidade Adm Científica Inspeção 100% CEQ Evolução da Gestão CEP CQ IA PQN PQN PQN TQM PQN MSC GEQ PQN PQN Negócio Sistema

Leia mais

Tipos de Pesquisa de Mercado. Licenciado em Matemática Especialista em Banco de Dados Graduando em Estatística

Tipos de Pesquisa de Mercado. Licenciado em Matemática Especialista em Banco de Dados Graduando em Estatística Tipos de Pesquisa de Mercado Geonir Paulo Schnorr Licenciado em Matemática Especialista em Banco de Dados Graduando em Estatística Pesquisas que possibilitam uma profunda compreensão do ambiente de mercado,

Leia mais

4. Análise de Mercado

4. Análise de Mercado 4. Análise de Mercado Ações de Maturação e Aceleração 01.04.2014 Carla Machado Análise de Mercado Índice 1. Evolução Previsional do Setor Enquadre o negócio no setor de atividade, referindo oportunidades

Leia mais

Livro: Administração de marketing. Autor: Philip Kotler. Capítulo sobre análise ambiental

Livro: Administração de marketing. Autor: Philip Kotler. Capítulo sobre análise ambiental Análise ambiental Ana Paula Miranda Objetivo: Tornar o aluno apto a entender o ambiente de negócios. Ambiente de Marketing O ambiente de marketing de uma empresa é constituído por agentes e forças que

Leia mais

Traçando Cenários: Microambiente e Macroambiente. Prof. Marcopolo Marinho

Traçando Cenários: Microambiente e Macroambiente. Prof. Marcopolo Marinho Traçando Cenários: Microambiente e Macroambiente. Prof. Marcopolo Marinho A ORGANIZAÇÃO DA ESTRUTURA ESTRATÉGICA MISSÃO Impacto: 1. Organizacional 2. Ação de Mudança Nenhum Positivo Negativo OBJETIVOS

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO É o processo gerencial de desenvolver e manter um ajuste viável entre os objetivos, experiências e recursos da organização e suas oportunidades de mercado. Moldando e remoldando

Leia mais

FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA

FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA Profº Paulo Barreto Paulo.santosi9@aedu.com www.paulobarretoi9consultoria.com.br 1 Analista da Divisão de Contratos da PRODESP Diretor de Esporte do Prodesp

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO TRANSCREVA PARA A FOLHA DE RESPOSTAS, COM CANETA DE

CONCURSO PÚBLICO TRANSCREVA PARA A FOLHA DE RESPOSTAS, COM CANETA DE CONCURSO PÚBLICO 39. PROVA OBJETIVA ANALISTA NÍVEL III (ÁREA DE ATUAÇÃO: ADMINISTRATIVA) VOCÊ RECEBEU SUA FOLHA DE RESPOSTAS E ESTE CADERNO CONTENDO 30 QUESTÕES OBJETIVAS. CONFIRA SEU NOME E NÚMERO DE

Leia mais

- Propaganda. Desenvolver um programa integrado de Marketing que proporcione valor superior. - Conceber produtos, serviços e marcas

- Propaganda. Desenvolver um programa integrado de Marketing que proporcione valor superior. - Conceber produtos, serviços e marcas Introdução e Noções de Mercados Compreendendo o processo de Marketing ADMINISTRAÇÃO - Produtos - Serviços - Mercados - Processos MARKETING COMUNICAÇÃO - Propaganda Marketing é uma filosofia de negócio

Leia mais

Balanced Scorecard. Planejamento Estratégico através do. Curso e- Learning

Balanced Scorecard. Planejamento Estratégico através do. Curso e- Learning Curso e- Learning Planejamento Estratégico através do Balanced Scorecard Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste material sem a permissão expressa

Leia mais

CONQUISTAR E MANTER CLIENTES

CONQUISTAR E MANTER CLIENTES 1 CONQUISTAR E MANTER CLIENTES Historicamente, o marketing se concentrou na atração de novos clientes. O pessoal de vendas era mais recompensado por achar um novo cliente do que por prestar muita atenção

Leia mais

Gestão Estratégica. Gestão Estratégica

Gestão Estratégica. Gestão Estratégica Gestão Estratégica Aula 3 Diagnóstico Estratégico marcopereira@usp.br Diagnóstico Se conhecemos o inimigo ( ) e a nós mesmos ( Interno), não precisamos temer o resultado de uma centena de combates. Se

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARTE 1

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARTE 1 1 INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO AULA 9 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARTE 1 OBSERVAÇÃO: Esta apresentação é quase que a totalidade de uma apresentação do consultor em planejamento estratégico e palestrante Mario

Leia mais

Comércio Eletrônico AULA 15. Sistemas para Internet. Professora Ms Karen Reis

Comércio Eletrônico AULA 15. Sistemas para Internet. Professora Ms Karen Reis Comércio Eletrônico AULA 15 Professora Ms Karen Reis 2011 Sistemas para Internet 1 SISTEMAS GERENCIAMENTO COM CLIENTE CRM Customer Relationship Management PRM Partner Relationship Management ERM Employee

Leia mais

FUNDAMENTOS PARA A ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA

FUNDAMENTOS PARA A ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA FUNDAMENTOS PARA A ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA Abordagem da estratégia Análise de áreas mais específicas da administração estratégica e examina três das principais áreas funcionais das organizações: marketing,

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Marketing. Conteúdo Programático. Administração Geral / 100h

Curso Superior de Tecnologia em Marketing. Conteúdo Programático. Administração Geral / 100h Administração Geral / 100h O CONTEÚDO PROGRAMÁTICO BÁSICO DESTA DISCIPLINA CONTEMPLA... Administração, conceitos e aplicações organizações níveis organizacionais responsabilidades Escola Clássica história

Leia mais

Competindo com Tecnologia da Informação. Objetivos do Capítulo

Competindo com Tecnologia da Informação. Objetivos do Capítulo Objetivos do Capítulo Identificar as diversas estratégias competitivas básicas e explicar como elas podem utilizar a tecnologia da informação para fazer frente às forças competitivas que as empresas enfrentam.

Leia mais

UNIMEP MBA em Gestão e Negócios

UNIMEP MBA em Gestão e Negócios UNIMEP MBA em Gestão e Negócios Módulo: Sistemas de Informações Gerenciais Aula 4 TI com foco nos Negócios: Áreas envolvidas (Parte II) Flávio I. Callegari www.flaviocallegari.pro.br O perfil do profissional

Leia mais

MARKETING INTERNACIONAL

MARKETING INTERNACIONAL MARKETING INTERNACIONAL Produtos Ecologicamente Corretos Introdução: Mercado Global O Mercado Global está cada dia mais atraente ás empresas como um todo. A dinâmica do comércio e as novas práticas decorrentes

Leia mais

Unidade IV MERCADOLOGIA. Profº. Roberto Almeida

Unidade IV MERCADOLOGIA. Profº. Roberto Almeida Unidade IV MERCADOLOGIA Profº. Roberto Almeida Conteúdo Aula 4: Marketing de Relacionamento A Evolução do Marketing E-marketing A Internet como ferramenta As novas regras de Mercado A Nova Era da Economia

Leia mais

O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações

O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações Projeto Saber Contábil O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações Alessandra Mercante Programa Apresentar a relação da Gestão de pessoas com as estratégias organizacionais,

Leia mais

Plano de Marketing e Vendas e a Análise Estratégica do Negócio Fabiano Marques

Plano de Marketing e Vendas e a Análise Estratégica do Negócio Fabiano Marques Plano de Marketing e Vendas e a Análise Estratégica do Negócio Fabiano Marques Nada é mais perigoso do que uma idéia, quando ela é a única que temos. (Alain Emile Chartier) Neste módulo, faremos, a partir

Leia mais

Marketing em Design. 3. Planejamento Estratégico e Processos de Marketing. Profª Ms. Angela Maria Ramos

Marketing em Design. 3. Planejamento Estratégico e Processos de Marketing. Profª Ms. Angela Maria Ramos Marketing em Design 3. Planejamento Estratégico e Processos de Marketing Profª Ms. Angela Maria Ramos 4. Planejamento de novos negócios, redução de negócios superados Os planos da empresa para seus negócios

Leia mais

Considerando que a pesquisa mercadológica é uma ferramenta de orientação para as decisões das empresas, assinale a opção correta.

Considerando que a pesquisa mercadológica é uma ferramenta de orientação para as decisões das empresas, assinale a opção correta. ESPE/Un SERE plicação: 2014 Nas questões a seguir, marque, para cada uma, a única opção correta, de acordo com o respectivo comando. Para as devidas marcações, use a Folha de Respostas, único documento

Leia mais

Marketing. - Fatos históricos.

Marketing. - Fatos históricos. Marketing - Fatos históricos. Escambo. Produção e consumo baixos. Crescimento do consumo. Crescimento da produção = paridade. Explosão da produção. Marketing é o desempenho das atividades de negócios que

Leia mais

Estabelecimento da Diretriz Organizacional

Estabelecimento da Diretriz Organizacional Estabelecimento da Diretriz Organizacional AULA 3 Bibliografia: Administração Estratégica: Planejamento e Implantação da Estratégia SAMUEL C. CERTO & J. P. PETERTO ASSUNTO: Três importantes considerações

Leia mais

GESTÃO DE MARKETING RECAPITULANDO. Prof. Marcopolo Marinho

GESTÃO DE MARKETING RECAPITULANDO. Prof. Marcopolo Marinho GESTÃO DE MARKETING RECAPITULANDO Prof. Marcopolo Marinho Marketing: É a área do conhecimento que engloba todas as atividades referente às relações de troca de bens entre pessoas ou instituições, buscando

Leia mais

4/2/2008. 2) Tomar grandes decisões = 1)Analisar a situação externa e interna. Leitura do mercado e das condições internas da organização

4/2/2008. 2) Tomar grandes decisões = 1)Analisar a situação externa e interna. Leitura do mercado e das condições internas da organização PLANO DE MARKETING Ferramenta importante do plano estratégico de uma empresa. Deve estar em perfeita sintonia com os objetivos estabelecidos pela empresa. É um passo para a elaboração do PLANO DE NEGÓCIOS

Leia mais

Modelo para elaboração do Plano de Negócios

Modelo para elaboração do Plano de Negócios Modelo para elaboração do Plano de Negócios 1- SUMÁRIO EXECUTIVO -Apesar de este tópico aparecer em primeiro lugar no Plano de Negócio, deverá ser escrito por último, pois constitui um resumo geral do

Leia mais

Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO

Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO Apresentação Previsão de Início Julho/2013 Inscrições em Breve - Turma 01 - Campus Stiep O curso de Comunicação Organizacional

Leia mais

3. Estratégia e Planejamento

3. Estratégia e Planejamento 3. Estratégia e Planejamento Conteúdo 1. Conceito de Estratégia 2. Vantagem Competitiva 3 Estratégias Competitivas 4. Planejamento 1 Bibliografia Recomenda Livro Texto: Administração de Pequenas Empresas

Leia mais

2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1 2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Fundamentos da Vantagem Estratégica ou competitiva Os sistemas de informação devem ser vistos como algo mais do que um conjunto de tecnologias que apoiam

Leia mais

PROJETO UTILIZANDO QLIKVIEW PARA ESTUDO / SIMULAÇÃO DE INDICADORES

PROJETO UTILIZANDO QLIKVIEW PARA ESTUDO / SIMULAÇÃO DE INDICADORES PROJETO UTILIZANDO QLIKVIEW PARA ESTUDO / SIMULAÇÃO DE INDICADORES Fábio S. de Oliveira 1 Daniel Murara Barcia 2 RESUMO Gerenciar informações tem um sido um grande desafio para as empresas diante da competitividade

Leia mais

Marketing Identificar e Seleccionar Segmentos de Mercado

Marketing Identificar e Seleccionar Segmentos de Mercado Marketing Identificar e Seleccionar Segmentos de Mercado Prof. José M. Veríssimo 1 Objectivos Discutir a forma como as empresas identificam os segmentos que constituem o mercado. Identificar os critérios

Leia mais

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva.

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva. COMPREENDENDO A GESTÃO DE PESSOAS Karina Fernandes de Miranda Helenir Celme Fernandes de Miranda RESUMO: Este artigo apresenta as principais diferenças e semelhanças entre gestão de pessoas e recursos

Leia mais

Índice. 03 A Empresa. 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente

Índice. 03 A Empresa. 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente MÍDIA KIT 2014 Índice 03 A Empresa 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente A empresa Fundada em 2007, a empresa possui uma grade anual com diversos

Leia mais

Capítulo 7. As Informações e o Processo de Tomada de Decisão do Gestor Público

Capítulo 7. As Informações e o Processo de Tomada de Decisão do Gestor Público Capítulo 7 As Informações e o Processo de Tomada de Decisão do Gestor Público Pós Graduação Gestão Pública Administração de Marketing Conteúdo - Capítulo 7 Imagem e conhecimento do mercado: A imagem da

Leia mais

Módulo 4.2 DIAGNÓSTICO ESTRATÉGICO

Módulo 4.2 DIAGNÓSTICO ESTRATÉGICO Módulo 4.2 DIAGNÓSTICO ESTRATÉGICO DIAGNÓSTICO ESTRATÉGICO Proporciona ao executivo informações básicas b para começar a usufruir das vantagens do planejamento estratégico, através s do tratamento adequado

Leia mais

Responsabilidade Social

Responsabilidade Social Responsabilidade Social Profa. Felicia Alejandrina Urbina Ponce A questão principal é debater: o que torna uma empresa socialmente responsável? É o fato de ela ser ética? Ou fi lantrópica? Ou porque ela

Leia mais

MBA Gestão Estratégica de Marketing e Vendas

MBA Gestão Estratégica de Marketing e Vendas Página 1 de 6 MBA Gestão Estratégica de Marketing e Vendas Carga Horária: 360 horas/ aulas presenciais + monografia orientada. Aulas: sábados: 8h30 às 18h, com intervalo para almoço. Valor: 16 parcelas

Leia mais

Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro.

Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro. PLANO DE MARKETING Andréa Monticelli Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro. 1. CONCEITO Marketing é

Leia mais

CONHECENDO O AMBIENTE DA ORGANIZAÇÃO Macroambiente e Ambiente competitivo

CONHECENDO O AMBIENTE DA ORGANIZAÇÃO Macroambiente e Ambiente competitivo CONHECENDO O AMBIENTE DA ORGANIZAÇÃO Macroambiente e Ambiente competitivo DISCIPLINA: Introdução à Administração FONTE: BATEMAN, Thomas S., SNELL, Scott A. Administração - Construindo Vantagem Competitiva.

Leia mais

REVISTA ACADÊMICA DA FACULDADE FERNÃO DIAS

REVISTA ACADÊMICA DA FACULDADE FERNÃO DIAS A INFLUÊNCIA DA SEGMENTAÇÃO DE MERCADO NO POSICIONAMENTO E NO BRAND EQUITY DE MARCAS E PRODUTOS Rubens Gomes Gonçalves (FAFE/USCS) * Resumo Muitos autores têm se dedicado a escrever artigos sobre uma das

Leia mais

Módulo 12 Segmentando mercados

Módulo 12 Segmentando mercados Módulo 12 Segmentando mercados Há alguns anos que os profissionais de marketing perceberam que não se pode atender todo o mercado com um único composto de produto. Nem todos os consumidores querem um carro

Leia mais

ANEXO 1: Formato Recomendado de Planos de Negócios - Deve ter entre 30 e 50 páginas

ANEXO 1: Formato Recomendado de Planos de Negócios - Deve ter entre 30 e 50 páginas ANEXO 1: Formato Recomendado de Planos de Negócios - Deve ter entre 30 e 50 páginas 1) Resumo Executivo Descrição dos negócios e da empresa Qual é a ideia de negócio e como a empresa se chamará? Segmento

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATU SENSU EMENTA MBA GESTÃO DE VAREJO

PÓS-GRADUAÇÃO LATU SENSU EMENTA MBA GESTÃO DE VAREJO MBA GESTÃO DE VAREJO 1 - FORMAÇÃO DE PREÇO E ANÁLISE DE MARGEM NO VAREJO: Ementa: Conhecer o conceito de lucro na visão da precificação baseada no custo; demonstrar termos utilizados na formação de preço

Leia mais

SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL

SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL 1 SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL 1. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL (SIG) Conjunto integrado de pessoas, procedimentos, banco de dados e dispositivos que suprem os gerentes e os tomadores

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014 #5 EMPREENDEDORISMO Outubro de 2014 ÍNDICE 1. Apresentação 2. Definição 3. Empreendedorismo: necessidade ou oportunidade? 4. Características do comportamento empreendedor 5. Cenário brasileiro para o empreendedorismo

Leia mais

Unidade II GESTÃO DO CONHECIMENTO. Profa. Leonor Cordeiro Brandão

Unidade II GESTÃO DO CONHECIMENTO. Profa. Leonor Cordeiro Brandão Unidade II GESTÃO DO CONHECIMENTO Profa. Leonor Cordeiro Brandão Relembrando Vimos alguns conceitos importantes: O que são dados; O que é informação; Quando uma informação se transforma em conhecimento;

Leia mais

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE 1º SEMESTRE 7ECO003 ECONOMIA DE EMPRESAS I Organização econômica e problemas econômicos. Demanda, oferta e elasticidade. Teoria do consumidor. Teoria da produção e da firma, estruturas e regulamento de

Leia mais

Código de Ética do Grupo Pirelli

Código de Ética do Grupo Pirelli Código de Ética do Grupo Pirelli A identidade do Grupo Pirelli fundamenta-se historicamente em um conjunto de valores sempre seguidos e apoiados por todos nós. Esses valores, ao longo dos anos, permitiram

Leia mais

NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES

NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES Por cerca de 50 anos, a série Boletim Verde descreve como a John Deere conduz os negócios e coloca seus valores em prática. Os boletins eram guias para os julgamentos e as

Leia mais

CST Marketing. O estudante deve redigir texto dissertativo, abordando os seguintes tópicos:

CST Marketing. O estudante deve redigir texto dissertativo, abordando os seguintes tópicos: CST Marketing Padrão de Resposta O estudante deve redigir texto dissertativo, abordando os seguintes tópicos: A A ideia de que desenvolvimento sustentável pode ser entendido como proposta ou processo que

Leia mais

Observação: Aqui não esta sendo exposto a questão da estratégia competitiva e os fatores internos e externos à companhia.

Observação: Aqui não esta sendo exposto a questão da estratégia competitiva e os fatores internos e externos à companhia. Avaliação de Desempenho- Professor: Robson Soares Capítulo 2 Alinhamento do desempenho humano ao organizacional Veremos agora o alinhamento do desempenho humano ao organizacional. Segundo Souza (2005),

Leia mais

Estratégia é um conceito abrangente, com grande diversidade de definições, cada uma abordando um aspecto particular de utilização do termo.

Estratégia é um conceito abrangente, com grande diversidade de definições, cada uma abordando um aspecto particular de utilização do termo. 182 6. ESTRATÉGIA DE SUSTENTABILIDADE CORPORATIVA Estratégia é um conceito abrangente, com grande diversidade de definições, cada uma abordando um aspecto particular de utilização do termo. Apesar desta

Leia mais

COMPOSTO DE ADMINISTRAÇÃO AMBIENTE DE MARKETING AMBIENTE DE MARKETING PROF. RICARDO PAJÉ

COMPOSTO DE ADMINISTRAÇÃO AMBIENTE DE MARKETING AMBIENTE DE MARKETING PROF. RICARDO PAJÉ ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA PROF. RICARDO PAJÉ AMBIENTE E COMPOSTO DE MARKETING AMBIENTE DE MARKETING É O CONJUNTO DE ATORES E FORÇAS ( INTERNAS E EXTERNAS) QUE AFETAM DIRETA OU INDIRETAMENTE A TOMADA

Leia mais

Evolução dos sistemas de administração:

Evolução dos sistemas de administração: 24 2. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE MARKETING 2.1. O AMBIENTE E O PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO A administração estratégica de mercado inclui todos os quatro sistemas administrativos: o sistema de orçamentação

Leia mais

O CRM e a TI como diferencial competitivo

O CRM e a TI como diferencial competitivo O CRM e a TI como diferencial competitivo Nelson Malta Callegari (UTFPR) nelson.estudo@gmail.com Profº Dr. João Luiz Kovaleski (UTFPR) kovaleski@pg.cefetpr.br Profº Dr. Luciano Scandelari (UTFPR) luciano@cefetpr.br

Leia mais

Estudo de Viabilidade e Pesquisa de Campo

Estudo de Viabilidade e Pesquisa de Campo Estudo de Viabilidade e Pesquisa de Campo Estudo de viabilidade As perguntas seguintes terão que ser respondidas durante a apresentação dos resultados do estudo de viabilidade e da pesquisa de campo FOFA.

Leia mais

Módulo 4.3 FORMULAÇÃO ESTRATÉGICA

Módulo 4.3 FORMULAÇÃO ESTRATÉGICA Módulo 4.3 FORMULAÇÃO ESTRATÉGICA A Gestão do desempenho e outros requisitos Planejamento Estratégico A Importância do Planejamento Estratégico Menos de 10% das estratégias efetivamente formuladas são

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

Administração e Gestão de Pessoas

Administração e Gestão de Pessoas Administração e Gestão de Pessoas Aula Gestão de Pessoas Prof.ª Marcia Aires www.marcia aires.com.br mrbaires@gmail.com Percepção x trabalho em equipe GESTÃO DE PESSOAS A Gestão de Pessoas é responsável

Leia mais

CURSO DE TECNOLOGIA EM MARKETING

CURSO DE TECNOLOGIA EM MARKETING CURSO DE TECNOLOGIA EM MARKETING EMENTA (2012) Disciplina: COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR Aspectos introdutórios. Os processos decisórios do consumidor. Diferenças individuais. Processos psicológicos. Influências

Leia mais

Marketing Prof. Marcelo Cruz

Marketing Prof. Marcelo Cruz Marketing Prof. Marcelo Cruz Objetivos Quais os níveis e modelos de segmentação de mercado? Como uma empresa pode dividir um mercado em segmentos? Seleção do mercado-alvo mais atraente. Requisitos para

Leia mais