ASBEA Programa de Capacitação. Soluções integradas para conforto térmico e acústico: novas tendências e oportunidades. Samuel Abrahão Gadia

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ASBEA Programa de Capacitação. Soluções integradas para conforto térmico e acústico: novas tendências e oportunidades. Samuel Abrahão Gadia"

Transcrição

1 ASBEA Programa de Capacitação Soluções integradas para conforto térmico e acústico: novas tendências e oportunidades Samuel Abrahão Gadia

2 Agenda: Cenário da construção civil Normas de desempenho e Regulamentação de Eficência Energética Ferramentas de avaliação de desempenho Térmico e Acústico Sistemas integrados novos sistemas Conclusões

3 Agenda: Cenário da construção civil Normas de desempenho e Regulamentação de Eficiência Energética Ferramentas de avaliação de desempenho Térmico e Acústico Sistemas integrados novos sistemas Conclusões

4 Cenário da economia no Brasil Crescimento econômico 5,22 % Emprego 4,37% Energia elétrica 5,12% Construção civil 6,08% Brasil 5,22% EUA 1,39% China 6,94% França 0,82% Argentina 1,46% Fonte: FGV

5 Cenário da construção civil no Brasil Mercado aquecido: toda a cadeia da construção PIB construção = + 8,8% (estimativa FGV) Emprego na construção = + 8,0% (estimativa FGV) Programa Minha Casa Minha Vida, PAC 1 e PAC 2, Pré-sal Grande volume de lançamentos: residenciais, comerciais, serviços Disponibilidade de capital Possível escassez nos fornecimentos: materiais, mão-de-obra, projetos Atraso na entrega dos empreendimentos vendidos Custo das obras aumentando acima do INCC afetando margens Qualidade das obras caindo Problemas de gestão (empresas e obras) e logística nas obras Necessidade de tecnologias industrializadas: estruturas, componentes, sistemas, vedações, etc. Otimizar tempo e reduzir prazos: Tempo é dinheiro! Disponibilidade e entrega afetados pela demanda Resultados financeiros afetados por gestão, custos e margens Fonte: CTE

6 Aumento da Renda per capita no Brasil São Paulo Posição Estado PIB per capta (em R$) 1 Distrito Federal São Paulo Rio de Janeiro Santa Catarina Espírito Santo Rio Grande do Sul Paraná Mato Grosso Amazonas Minas Gerais Fonte: Revista Exame (Dez 2009) apud CTE Mercado consumidor: 21,4 milhões de pessoas na capital e região metropolitana 6º maior PIB entre as cidades mais ricas do mundo, atrás de Tóquio, Nova Iorque, Los Angeles, Londres e Chicago 9,5 milhões de pessoas com renda acima de R$ 4.500/mês. Hoje temos apenas 4,5 milhões com essa renda Fonte: Price Waterhouse Coopers (Nov2009) apud CTE Aumento de renda = consumidor mais exigente, em todas as classes sociais

7 CUIDADO: BOOMING OU BOMBING Minha Casa Minha Vida Copa do Mundo Jogos Olímpicos PAC 1 e PAC 2 Aumento de renda da população Crescimento da Construção Emprego na construção Risco Arquitetos Projetistas Construtoras Fabricantes de Materiais Prestadores de Serviços Consumidores / Usuários

8 CUIDADO: BOOMING OU BOMBING Crescimento acentuado do setor da construção Stakeholders: rigor, seletividade, decisão, aspectos legais, sociais Processo produtivo da construção, novas tecnologias Sustentabilidade das edificações e do entorno, green buidings Qualidade das obras: projeto, materiais, MO X Cliente exigente: prazo, acessibilidade, durabilidade, acústica, segurança, etc. Gestão de toda a cadeia da construção recursos, custos, margens, ROI Regulamentação de eficiência energética Prazos e metas a serem cumpridas, rapidez, agilidade Normas de desempenho das edificações Maio 2010

9 Para Fifa, obras da Copa no Brasil estão dois anos atrasadas Entidade do futebol considera impróprios os projetos e reclama da demora para o início dos trabalhos Ministro ameaça excluir cidades e depois volta atrás Eleição apressou acordo de isenção de impostos Ingersoll Rand mobiliza funcionários e clientes de todo o planeta para fazer de todos os dias o Dia da Terra A companhia está também anunciando a criação do Centro para Eficiência de Energia e Sustentabilidade da Ingersoll Rand (CEES) (http://cees.ingersollrand.com/). O CEES é um grupo de líderes mundiais concentrados em defender e levar ao mercado tecnologias e inovações voltadas eficiência energética para prédios comerciais e transporte, casas e aplicações industriais selecionadas. E também aplicará princípios sustentáveis dentro de suas empresas, para seus clientes e dentro das comunidades s quais atende. Vans escolares também terão de usar cadeirinha Presidente do Denatran diz que prazo para adoção da medida ainda não está definido, mas perueiros terão tempo para adaptação; setor avisa que serviço vai ficar mais caro 22 DE ABRIL DE H 00 29/03/ h02 Governo lança PAC 2 para investir R$ 1,59 trilhão O PAC 2 tem previsão de investimento de R$ 958,9 bilhões entre 2011 e No período pós-2014, a estimativa de injetar mais R$ 631,6 bilhões em obras totalizando o R$ 1,59 trilhão. Os focos são os mesmos da primeira etapa, iniciada em 2008: logística, energia e núcleo social-urbano.

10 Folha - 24/04/ h19 Para especialista, Brasil precisa de uma Belo Monte por ano de energia Sabrina Craide - da Agência Brasil Brasília - O crescimento da economia brasileira vai levar a um aumento no consumo de energia e o país vai precisar a cada ano de cerca de 4 a 5 mil megawatts de capacidade nova instalada. Isso equivale à quantidade de energia estimada para a Usina Hidrelétrica de Belo Monte, que deverá entrar em operação em A avaliação é do coordenador do Grupo de Estudos do Setor de Energia Elétrica da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Gesel-UFRJ), Nivalde de Castro UOL - Moradia sustentável - Por: Bruna Ventura Publicado em 12/04/2010 Soluções para reacomodar moradores de áreas de risco desafio renovado pelas chuvas do Rio motivaram duas pesquisadoras de Caxias do Sul a buscar alternativas sustentáveis para as cidades. Elas propõem um loteamento rurbano, moradias urbanas para famílias que vêm de ambientes rurais. O loteamento 'rurbano' proposto pelas estudantes de Caxias do Sul, com materiais sustentáveis e fartos na região, aproveitamento de energia solar e de água pluvial e tratamento de esgoto doméstico (Imagem: Ane Gabriela Liposki e Viviane Baron).

11

12

13

14

15 Copa do mundo e Olimpíadas Setor Fonte: Value Partners / CTE Investimento (R$ bi) Mobilidade urbana 8,00 Aeroportos 6,00 Turismo 5,40 Estádios 4,80 Portos 0,50 24,70

16 Copa do mundo e Olimpíadas

17 PAC 1 + PAC 2 = 3 milhões de casas até 2014 Consumo de materiais: -Vidro = 3 m 2 /casa = 9 milhões de m 2 até Portas = 5 /casa = 10 milhões de portas até Necessidade de mão-de-obra

18 Mercado atual: arquitetura grandes centros Forma definida pelo terreno e viabilidade comercial Estética definida pelo incorporador (clientes) Sistema construtivo definido pelo custo e velocidade Pouco uso de estratégias passivas Maior preocupação com a escolha dos materiais Simulação computacional durante o projeto

19 Mercado atual: arquitetura grandes centros Mercado atual exige um apelo estético forte Necessidade comercial: Maior área locável possível... Garantir o retorno! Aumentar a velocidade da obra... Sair na frente!

20 Agenda: Cenário da construção civil Normas de desempenho e Regulamentação de Eficiência Energética Ferramentas de avaliação de desempenho Térmico e Acústico Sistemas integrados novos sistemas Conclusões

21 Aplicação das normas de desempenho - Acústica Caso real: sobrado Requisitos para compra de um imóvel Localização Arquitetura e construção Acabamento Segurança Vizinhos Financeiros Bairro Dormitórios Pisos e azulejos Rua Tipo de família Orçamento Rua Entorno Serviços Acesso Trânsito local Vagas Serviço e lazer Sala e cozinha Banheiros Orientação N Pintura Metais Louças Esquadrias Entorno Sistemas Exposição Vigia noturno Histórico Idade Filhos Animais Perfil social Boa reputação Prazo de entrega Construtora boa Financiamento Valorização OK OK OK OK OK OK Desempenho acústico?

22

23 Aplicação das normas de desempenho - Acústica Caso real: sobrado Parede de geminação separando dois quartos Laje = 12 cm Suíte Casa 1 Quarto de solteiro Casa 2 Parede de tijolo baiano Norma de desempenho Rw = 38 db Rw = 45 (M)

24 Aplicação das normas de desempenho - Acústica Caso real: sobrado Laje = 12 cm Suíte Casa 1 Quarto de solteiro Casa 2 Rw = 38 db

25 Aplicação das normas de desempenho - Acústica Solução do problema: ½ drywall sobre a parede de alvenaria + lã de vidro 5 cm Forro: ½ drywall sob a laje + lã de vidro 5 cm Custo: R$ 2000,00 - material (chapa gesso, lã de vidro, perfis) + MO (instalador gesso, pintor, eletricista, marceneiro) Laje = 12 cm Parede de tijolo baiano Rw = 50 db

26 Aplicação das normas de desempenho - Acústica Solução do projeto: parede dupla de drywall chapa de gesso (2x 1,25 cm) + Lã de vidro (75 cm) Forro: ½ drywall sob a laje + lã de vidro 5 cm Custo: R$ 1.000,00 Laje = 12 cm Parede de drywall 12,5 cm Rw = 55 db

27 Tratamento Acústico de pisos

28 Tratamento Acústico de tubulações

29 Etiquetagem de Edifícios Regulamentação de Eficiência Energética Procel Edifica

30 Etiquetagem de Edifícios Regulamentação de Eficiência Energética Procel Edifica Edifícios comerciais, de serviços e públicos Voluntária Será obrigatória em 2012 (possível) Em vigor Vários prédios já etiquetados Método prescritivo ou Simulação Edifícios residenciais

31 Etiquetagem de Edifícios Regulamentação de Eficiência Energética Procel Edifica / Green Buildings Estratégias mais comuns ARQUITETURA Orientação solar e aberturas Proteções solares Isolamento térmico Pouco uso de cond. artificial Vidros de controle solar ILUMINAÇÃO & AR-CONDICIONADO Equipamentos alta eficiência Controlabilidade Qualificação de instalações Sistemas inovadores Integração com luz nat.

32 Etiquetagem de Edifícios Regulamentação de Eficiência Energética Procel Edifica / Green Buildings Partido arquitetônico definido pelo arquiteto e incorporadora Consultoria tem pouca intervenção no partido Maior intervenção ocorre: Para tornar o projeto mais eficiente Na escolha de materiais Estratégias de controle e uso (iluminação e AC) Estudo de viabilidade econômica de estratégias Utilizar ferramentas adequadas de cálculo (simulação) Analisar estratégias de condicionamento de ar

33 Economia anual (R$) Análise paramétrica: brises, tipo de vidro e área de janela PAF = 40% Vidro verde FS = 62% TL = 75% 944 TR Base Brise FS 40% TL 28% FS 32% TL 31% Sem janela (!?) FS 32% + brise menor Necessidade arquitetônica com materiais adequados

34 Centro Administrativo de MG - Arqt. Oscar Niemeyer m2 de Vidros de Controle Solar -Vidros Duplos com persiana Interna

35 Agenda: Cenário da construção civil Normas de desempenho e Regulamentação de Eficiência Energética Ferramentas de avaliação de desempenho Térmico e Acústico Sistemas integrados novos sistemas Conclusões

36 Medição Acústica Medição em laboratório Medição em campo Análise holográfica para avaliação acústica

37 Medição Térmica Análise termográfica de fachadas

38 Medição Térmica Análise termográfica de janelas e caixilhos

39 Medição Térmica Análise termográfica de proteções solares

40 Medição Térmica Análise termográfica de coberturas

41 Simulação computacional: iluminação natural

42 Agenda: Cenário da construção civil Normas de desempenho e Regulamentação de Eficiência Energética Ferramentas de avaliação de desempenho Térmico e Acústico Sistemas integrados novos sistemas Conclusões

43 Sistemas integrados novos sistemas - Agilidade e rapidez na instalação - Logística da obra - Desempenho: multifuncionais - Precisão - Construção industrializada - Menos desperdício - Renovação de edifícios e edifícios novos - Custo - Qualificação de mão-de-obra

44 Solução integrada térmica e acústica para fachada: vidro + drywall + isolação

45 Estação Vila Prudente do Metro - Cobertura m2 de Vidros de Controle Solar Seletivos e Auto-Limpantes

46 Construção a seco: casa popular em steel-frame Testada e aprovada normas de desempenho 20/08/08 25/08/08 26/08/08 28/08/08 04/09/08 18/09/08

47 Solução integrada: rapidez, redução de custo, menos resíduos Lajes Fachadas: painéis + steel frame + vidros controle solar + isolação

48 Redução de consumo de materiais e desperdícios

49 Redução de consumo de materiais e desperdícios

50 Soluções arquitetônicas com materiais tecnológicos

51 Soluções arquitetônicas com materiais tecnológicos Placa Cimenticia Impermeabilizada Painel Masterboard e Lightboard Produtos para Construção Seca: não gera resíduos ao meio ambiente e sua construção em aço tem baixo impacto ambiental Residência 100% Construção Seca Fachada Outlet Premiun SP Fachada Platibanda

52 Casa Solar Flex Eficiência energética - sustentabilidade

53 Renovação Chosen as one of eight individual measures, Serious Materials will upgrade the 6,500 dual pane windows in the Empire State Building by reusing all existing glass and creating super-insulating glass units in a dedicated processing space located onsite in the building. The integrated energy efficiency upgrades are targeted to: Reduce energy use by 38% Save $4.4 million per year in energy costs Save 105,000 metric tons of carbon dioxide over the next 15 years, equivalent to the annual emissions of 17,500 cars. (Source: SolveClimate.com) Pay for themselves in 3 years

54 Renovação Super-insulating Technology In a first-of-its-kind process, Serious Materials will reuse all existing glass and create super-insulating glass units (IGUs) in a dedicated processing space located in the Empire State Building. The existing glass of the building s 6,514 double-hung windows, more than 26,000 total panes of glass, will be removed from the window frames, separated, and cleaned in our processing space. New super-insulating IGUs will be produced using the old glass panes, new spacers, suspended coated film, and special gas fill. These new IGUs then will be re-installed and will increase the thermal performance of the windows by up to four times its current thermal performance.

55 - Arqt. Oscar Niemeyer m2 de Vidros de Controle Solar - Vidros Laminados de Alta Seletividade Catedral de Brasilia Renovação

56 Agenda: Cenário da construção civil Normas de desempenho e Regulamentação de Eficiência Energética Ferramentas de avaliação de desempenho Térmico e Acústico Sistemas integrados novos sistemas Conclusões

57 Conclusões O mercado brasileiro vive um momento de pleno crescimento Ambiente positivo, favorável Oportunidades para todos Construir melhor: fazer bem feito para fazer apenas uma vez, sem desperdício, sem retrabalho e sem reclamação dos clientes / usuários Desempenho, sustentabilidade (ambiental e social) e eficiência energética Desafio: soluções, produtos e sistemas que atendam aos requisitos de desempenho, eficiência energética, sustentabilidade, custo, prazos da obra, mão de obra, etc. O momento é agora!! Já estamos atrasados!!

58 SAINT-GOBAIN

59 GRUPO SAINT-GOBAIN Perfil do grupo no mundo Negócios no Brasil Presença em 64 países Presença em todo o território nacional Número de Funcionários: Faturamento em 2009: 37,786 bilhões de Euros 18 empresas operacionais 50 Unidades Industriais, 14 Sítios de Mineração e 41 lojas Número de funcionários Faturamento bruto em 2009: R$ 6,8 bilhões

60 Brasilit Faz parte do Grupo francês Saint-Gobain, um dos 10 maiores grupos industriais da França fundado em Com 73 anos de história no Brasil a BRASILIT é referência em Telhas de Fibrocimento, Metálicas, Shingle, Produtos para Subcobertura e Construção a Seco. Possue: 5 fábricas: Capivari/ SP, Esteio/ RS, Recife/ PE/, Belém/ PA e Jacarei/SP. Sendo a fábrica de Jacarei responsável pela fabricação do fio de polipropileno substituto do amianto nos produtos de fibrocimento. 3 depósitos: Ibiporã/ PR, Porto Velho/ RO e Manaus/ MA 4 Centros de Treinamento: Capivari/ SP, Esteio/ RS, Recife/ PE/, Belém/ PA preocupação com a formação da mão de obra no país. Telhas de fibrocimento produzidas utilizando a tecnologia desenvolvida pela Brasilit, CRFS Cimento Reforçado de Fio Sintético, substituição do amianto pelo fio de polipropileno

61 Líder mundial em isolantes termoacústicos Presente em 50 países 43 fábricas no mundo 5 continentes

62 Localizada em Mogi das Cruzes, a 70 km da capital de São Paulo. São 14 mil m2 de área construída, com uma linha de produção que garante o fornecimento contínuo de 12 milhões de m2 de placas de gesso para drywall por ano.

63 Distribuidores e Instaladores A Placo do Brasil tem uma extensa rede de distribuidores e instaladores em diversas regiões do Brasil, onde pode-se encontrar toda a linha de produtos Placo, serviços de projetos e instalação Treinamentos A Placo mantém cursos regulares de formação e treinamento de mão de obra especializada.

64 Cebrace Maior fabricante de vidro Float da America do Sul 2700 ton/dia (2010) Acionistas: Líder de Mercado Produtos para todos os segmentos Referencia mundial em tecnologia e segurança

65 MUITO OBRIGADO!!!! Samuel Abrahão Gadia cel.: (12) cel.: (21)

CONFORTO TÉRMICO E LUZ NATURAL EM EDIFÍCIOS DE ESCRITÓRIOS

CONFORTO TÉRMICO E LUZ NATURAL EM EDIFÍCIOS DE ESCRITÓRIOS CONFORTO TÉRMICO E LUZ NATURAL EM EDIFÍCIOS DE ESCRITÓRIOS QUESTÕES DE SUSTENTABILIDADE E EFICIÊNCIA ENERGÉTICA Fernando Simon Westphal, Dr. Eng. Objetivo Apresentar uma visão de mercado Eficiência energética

Leia mais

SISTEMA CONSTRUTIVO EM PAREDES DE CONCRETO:

SISTEMA CONSTRUTIVO EM PAREDES DE CONCRETO: SISTEMA CONSTRUTIVO EM PAREDES DE CONCRETO: Adequações frente às s normas de desempenho. Marcelo Moacyr Diretor de Engenharia, Construção e Relacionamento 1 Escolha do Sistema Construtivo 2 Avaliações

Leia mais

LANÇAMENTO. Placo Phonique. Solução acústica para seu conforto e tranquilidade.

LANÇAMENTO. Placo Phonique. Solução acústica para seu conforto e tranquilidade. LANÇAMENTO Placo Phonique Solução acústica para seu conforto e tranquilidade. Ssshhh... o silêncio é ouro. O excesso de ruído é uma das principais queixas das pessoas num ambiente. Os ruídos, além de incomodarem,

Leia mais

Brasilit participa da Construir Rio 2013

Brasilit participa da Construir Rio 2013 Brasilit participa da Construir Rio 2013 Empresa apresenta as últimas tendências e tecnologias do mercado através de seu portifólio durante o evento 14 a 17 de Agosto de 2013 A Brasilit leva toda a sua

Leia mais

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NO SETOR DA CONSTRUÇÃO CIVIL ATRAVÉS DA CERTIFICAÇÃO Leticia Neves

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NO SETOR DA CONSTRUÇÃO CIVIL ATRAVÉS DA CERTIFICAÇÃO Leticia Neves EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NO SETOR DA CONSTRUÇÃO CIVIL ATRAVÉS DA CERTIFICAÇÃO Leticia Neves CTE CONSULTORIA EM GREEN BUILDING DOS 203 EMPREENDIMENTOS CERTIFICADOS LEED, O CTE PRESTOU CONSULTORIA PARA 95

Leia mais

GREEN BUILDING COUNCIL BRASIL Building a Sustainable Future

GREEN BUILDING COUNCIL BRASIL Building a Sustainable Future GREEN BUILDING COUNCIL BRASIL Building a Sustainable Future "Desenvolver a indústria da construção sustentável no país, utilizando as forças Visão de mercado do GBC para conduzir Brasil a adoção (Sonho

Leia mais

OS REQUISITOS DE DESEMPENHO TÉRMICO DA NBR 15575 E A ETIQUETAGEM ENERGÉTICA DO PROCEL SOB O PONTO DE VISTA DO PROJETO DE ARQUITETURA

OS REQUISITOS DE DESEMPENHO TÉRMICO DA NBR 15575 E A ETIQUETAGEM ENERGÉTICA DO PROCEL SOB O PONTO DE VISTA DO PROJETO DE ARQUITETURA OS REQUISITOS DE DESEMPENHO TÉRMICO DA NBR 15575 E A ETIQUETAGEM ENERGÉTICA DO PROCEL SOB O PONTO DE VISTA DO PROJETO DE ARQUITETURA Prof. ENEDIR GHISI UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA Departamento

Leia mais

INSTITUTO ALGE DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL JANILSON CASSIANO

INSTITUTO ALGE DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL JANILSON CASSIANO CONSTRUINDO NO SISTEMA (CES) LIGHT STEEL FRAMING O sistema Light Steel Frame é caracterizado por um esqueleto estrutural leve composto por perfis de aço galvanizado que trabalham em conjunto para sustentação

Leia mais

CASA MINIMA API 5. Habitação social - Memorial. Projeto implantado no Jardim Holanda Uberlândia. Mapa do Bairro. Acesso a área de estudo:

CASA MINIMA API 5. Habitação social - Memorial. Projeto implantado no Jardim Holanda Uberlândia. Mapa do Bairro. Acesso a área de estudo: CASA MINIMA API 5 Habitação social - Memorial Projeto implantado no Jardim Holanda Uberlândia Mapa do Bairro Acesso a área de estudo: a- mapa regional Localização escolhida - Por que? Perto de vias rápidas.

Leia mais

GREENBUILDING BRASIL 2014:

GREENBUILDING BRASIL 2014: REVISTA ANO1 / Nº2 / 2014 GBCBRASIL CONSTRUINDO UM FUTURO SUSTENTÁVEL GREENBUILDING BRASIL 2014: POSIÇÃO DO BRASIL CONSOLIDA-SE NO CENÁRIO MUNDIAL Centro Empresarial Senado: arquitetura que revitaliza

Leia mais

Desempenho Acústico das Fachadas Envidraçadas. Eng. Luiz Barbosa

Desempenho Acústico das Fachadas Envidraçadas. Eng. Luiz Barbosa Desempenho Acústico das Fachadas Envidraçadas Eng. Luiz Barbosa Objetivo Mostrar, de forma conceitual, a aplicabilidade do vidro em fachadas, tendo ele, não somente excelente desempenho acústico, mas sendo,

Leia mais

Econômicas leves 04/08/2011 Notícia Revista Téchne - Julho 2011

Econômicas leves 04/08/2011 Notícia Revista Téchne - Julho 2011 Econômicas leves 04/08/2011 Notícia Revista Téchne - Julho 2011 Apesar da aplicacão em programas de interesse social, steel framing ainda enfrenta desafios burocráticos para o atendimento de outras faixas

Leia mais

Automação para desempenho ambiental e desenho universal

Automação para desempenho ambiental e desenho universal Automação para desempenho ambiental e desenho universal 58 pontos providos por sistemas de e equipamentos periféricos Eng. Gabriel Peixoto G. U. e Silva Selos verdes AQUA (selo francês HQE) Alta Qualidade

Leia mais

NBR 15.575 - UMA NOVA FERRAMENTA PARA A QUALIDADE ACÚSTICA NAS EDIFICAÇÕES.

NBR 15.575 - UMA NOVA FERRAMENTA PARA A QUALIDADE ACÚSTICA NAS EDIFICAÇÕES. NBR 15.575 - UMA NOVA FERRAMENTA PARA A QUALIDADE ACÚSTICA NAS EDIFICAÇÕES. Arq. Cândida Maciel Síntese Arquitetura 61-34685613 candida@sintesearquitetura.com.br NBR 15575- EDIFÍCIOS HABITACIONAIS DE ATÉ

Leia mais

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E ENERGIAS RENOVÁVEIS EM EDIFÍCIOS

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E ENERGIAS RENOVÁVEIS EM EDIFÍCIOS EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E ENERGIAS RENOVÁVEIS EM EDIFÍCIOS Roberto Lamberts, PhD. Universidade Federal de Santa Catarina- UFSC Laboratório de Eficiência Energética em Edificações LABEEE Conselho Brasileiro

Leia mais

SUPORTE TÉCNICO SOBRE LIGHT STEEL FRAME

SUPORTE TÉCNICO SOBRE LIGHT STEEL FRAME Sistema de ds A SOLUÇÃO INTELIGENTE PARA A SUA OBRA SUPORTE TÉCNICO SOBRE LIGHT STEEL FRAME www.placlux.com.br VOCÊ CONHECE O SISTEMA CONSTRUTIVO LIGHT STEEL FRAME? VANTAGENS LIGHT STEEL FRAME MENOR CARGA

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO/TÉCNICO

MEMORIAL DESCRITIVO/TÉCNICO MEMORIAL DESCRITIVO/TÉCNICO PROPRIETÁRIO: Prefeitura Municipal de Carmo de Minas. ENDEREÇO: Rua Luiz Gomes, nº. 150, Bairro: Centro, CEP: 37472-000. CNPJ: 18.188.243/0001-60. ENDEREÇO DA OBRA: Rua Euclides

Leia mais

ANEXO 4 ETIQUETAGEM DE EDIFICAÇÕES COMERCIAIS

ANEXO 4 ETIQUETAGEM DE EDIFICAÇÕES COMERCIAIS ANEXO 4 ETIQUETAGEM DE EDIFICAÇÕES COMERCIAIS Com o objetivo de melhorar a eficiência energética das edificações no país foi criada a etiquetagem de eficiência energética de edificações do INMETRO, como

Leia mais

Bairro Novo: Sistema Construtivo em Paredes de Concreto.

Bairro Novo: Sistema Construtivo em Paredes de Concreto. Bairro Novo: Sistema Construtivo em Paredes de Concreto. 1 Escolha do Sistema Construtivo Sistema construtivo com foco nas seguintes características: Alta produtividade Baixo custo de construção Redução

Leia mais

...VAI MUITO ALÉM DO QUE VOCÊ IMAGINA

...VAI MUITO ALÉM DO QUE VOCÊ IMAGINA REVISTA AU REFERÊNCIAS DE APLICAÇÃO DE PISO ELEVADO O CHÃO QUE VOCÊ PISA......VAI MUITO ALÉM DO QUE VOCÊ IMAGINA 1- Quais as principais diferenças entre pisos elevados para áreas internas e externas? E

Leia mais

Eco Houses / Casas ecológicas. Juliana Santos Rafaela Castilho Sandra Aparecida Reis Sislene Simões Curso:Tecnologia em Gestão Ambiental

Eco Houses / Casas ecológicas. Juliana Santos Rafaela Castilho Sandra Aparecida Reis Sislene Simões Curso:Tecnologia em Gestão Ambiental Eco Houses / Casas ecológicas Juliana Santos Rafaela Castilho Sandra Aparecida Reis Sislene Simões Curso:Tecnologia em Gestão Ambiental IDHEA - INSTITUTO PARA O DESENVOLVIMENTO DA HABITAÇÃO ECOLÓGICA Conceito:

Leia mais

AMBIENTE EFICIENTE Consultoria

AMBIENTE EFICIENTE Consultoria AMBIENTE EFICIENTE Consultoria ESCOPO DOS SERVIÇOS CERTIFICAÇÃO LEED A certificação LEED pode ser aplicada no Brasil em oito tipologias: Novas Construções (New Construction) Edifícios Existentes Operação

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO Ministério Público do Trabalho Procuradoria Regional da 23 ª Região Anteprojeto do novo Edifício-Sede Cuiabá MT Memorial Descritivo Terreno localizado no CPA (Centro Político-Administrativo) da cidade

Leia mais

NORMAS DE DESEMPENHO: Alinhamento da Arquitetura Brasileira aos Padrões Mundiais de Projeto

NORMAS DE DESEMPENHO: Alinhamento da Arquitetura Brasileira aos Padrões Mundiais de Projeto 38 a. ASSEMBLEIA & 1º FORUM ANUAL 21 de Maio de 2010 NORMAS DE DESEMPENHO: Alinhamento da Arquitetura Brasileira aos Padrões Mundiais de Projeto Arquiteta Ana Maria de Biazzi Dias de Oliveira anabiazzi@uol.com.br

Leia mais

O mercado da Construção Sustentável e as oportunidades com as crises hídricas e elétricas

O mercado da Construção Sustentável e as oportunidades com as crises hídricas e elétricas O mercado da Construção Sustentável e as oportunidades com as crises hídricas e elétricas Engº. Marcos Casado Diretor Técnico Comercial Sustentech Coordenador MBA Construções Sustentáveis INBEC/UNICID

Leia mais

Solange Nogueira Gerente da Divisão de Eficiência Energética em Edificações ELETROBRÁS / PROCEL

Solange Nogueira Gerente da Divisão de Eficiência Energética em Edificações ELETROBRÁS / PROCEL Solange Nogueira Gerente da Divisão de Eficiência Energética em Edificações ELETROBRÁS / PROCEL O PROCEL EDIFICA e a Etiquetagem de Eficiência Energética de Edificações Projeções de Consumo de Eletricidade

Leia mais

Sustentabilidade em Edificações Públicas Entraves e Perspectivas

Sustentabilidade em Edificações Públicas Entraves e Perspectivas Câmara dos Deputados Grupo de Pesquisa e Extensão - Programa de Pós-Graduação - CEFOR Fabiano Sobreira SEAPS-NUARQ-CPROJ-DETEC Valéria Maia SEAPS-NUARQ-CPROJ-DETEC Elcio Gomes NUARQ-CPROJ-DETEC Jacimara

Leia mais

Rua Dante Francisco Zattera, Quadra 4907, lote 14, Loteamento Cidade Nova II. Bairro Distrito Industrial Caxias do Sul RS

Rua Dante Francisco Zattera, Quadra 4907, lote 14, Loteamento Cidade Nova II. Bairro Distrito Industrial Caxias do Sul RS MEMORIAL DESCRITIVO: APRESENTAÇÃO DO EMPREENDIMENTO: LOCALIZAÇÃO: Rua Dante Francisco Zattera, Quadra 4907, lote 14, Loteamento Cidade Nova II. Bairro Distrito Industrial Caxias do Sul RS DESCRIÇÃO: Edifício

Leia mais

CENTRO UNIVERSITARIO DE BELO HORIZONTE

CENTRO UNIVERSITARIO DE BELO HORIZONTE CENTRO UNIVERSITARIO DE BELO HORIZONTE Estúdio de Arquitetura: Sustentabilidade Steel Framing Aluna: Gabriela Carvalho Ávila Maio de 2014 ÍNDICE 1 Introdução... 4 2 Sistema Ligth Steel Framing... 5 2.1

Leia mais

A cobertura pode ser feita com telhas que podem ser metálicas, de barro ou ainda telhas asfálticas tipo shingle.

A cobertura pode ser feita com telhas que podem ser metálicas, de barro ou ainda telhas asfálticas tipo shingle. CONCEITO Light (LSF estrutura em aço leve) é um sistema construtivo racional e industrial. Seus principais componentes são perfis de aço galvanizado dobrados a frio, utilizados para formar painéis estruturais

Leia mais

LIGHT STEEL FRAMING COMO ALTERNATIVA PARA A CONSTRUÇÃO DE MORADIAS POPULARES

LIGHT STEEL FRAMING COMO ALTERNATIVA PARA A CONSTRUÇÃO DE MORADIAS POPULARES CONSTRUMETAL CONGRESSO LATINO-AMERICANO DA CONSTRUÇÃO METÁLICA São Paulo Brasil 31 de agosto a 02 de setembro 2010 LIGHT STEEL FRAMING COMO ALTERNATIVA PARA A CONSTRUÇÃO DE MORADIAS POPULARES RESUMO Alexandre

Leia mais

Planta do pavimento térreo

Planta do pavimento térreo Planta do pavimento térreo Cortes e elevações típicos Acesso principal e praça de eventos Permeabildade do projeto com seu entorno Ecosistema interno com bosque de mata nativa Telhados verdes e praça de

Leia mais

A Produção de Empreendimentos Sustentáveis

A Produção de Empreendimentos Sustentáveis A Produção de Empreendimentos Sustentáveis Arq. Daniela Corcuera arq@casaconsciente.com.br www.casaconsciente.com.br A construção sustentável começa a ser praticada no Brasil, ainda com alguns experimentos

Leia mais

Arq. Tiago S. Ferrari Royal do Brasil Technologies S.A.

Arq. Tiago S. Ferrari Royal do Brasil Technologies S.A. Concreto PVC A Utilização do Sistema Royal para construção de casas populares. Arq. Tiago S. Ferrari Royal do Brasil Technologies S.A. O Sistema Construtivo O sistema construtivo Royal (Concreto-PVC) nasceu

Leia mais

Painel Energias Limpas

Painel Energias Limpas Painel Energias Limpas Délio Malheiros Secretário Municipal de Meio Ambiente Vice Prefeito Prefeitura de Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil Santa Fé, 11 a 13 de setembro de 2013. 1 Energia Solar no

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE URUGUAIANA ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Tipologia Construtiva. Prefeitura Municipal de Uruguaiana (RS), Maio de 2015.

PREFEITURA MUNICIPAL DE URUGUAIANA ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Tipologia Construtiva. Prefeitura Municipal de Uruguaiana (RS), Maio de 2015. PREFEITURA MUNICIPAL DE URUGUAIANA ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Tipologia Construtiva Prefeitura Municipal de Uruguaiana (RS), Maio de 2015. TIPOLOGIA CONSTRUTIVA 1 SUB HABITAÇÃO 1.1- Sub-habitação Compostos

Leia mais

UFAL- Universidade Federal de Alagoas DEHA- Mestrado em Dinâmicas do Espaço Habitado Disciplina: DEH 204 -Acústica Arquitetônica

UFAL- Universidade Federal de Alagoas DEHA- Mestrado em Dinâmicas do Espaço Habitado Disciplina: DEH 204 -Acústica Arquitetônica UFAL- Universidade Federal de Alagoas DEHA- Mestrado em Dinâmicas do Espaço Habitado Disciplina: DEH 204 -Acústica Arquitetônica NBR 15575:2013 Desempenho de edificações habitacionais Professora Dra. Maria

Leia mais

Projetando dentro dos Conceitos da Sustentabilidade. Arqta. Milene S. Abla Scala. AsBEA. Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura

Projetando dentro dos Conceitos da Sustentabilidade. Arqta. Milene S. Abla Scala. AsBEA. Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura Projetando dentro dos Conceitos da Sustentabilidade Arqta. Milene S. Abla Scala AsBEA Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura Milene Scala SBCS08 1 AsBEA Fundada em 1973 como uma entidade

Leia mais

PARÂMETROS PARA QUALIDADE ACÚSTICA NAS EDIFICAÇÕES CONFORME NBR 15.575

PARÂMETROS PARA QUALIDADE ACÚSTICA NAS EDIFICAÇÕES CONFORME NBR 15.575 EMPRESA NBR 15.575 DESEMPENHO ACÚSTICO PROJETO ACÚSTICO EXECUÇÃO PARÂMETROS PARA QUALIDADE ACÚSTICA NAS EDIFICAÇÕES CONFORME NBR 15.575 EMPRESA NBR 15.575 DESEMPENHO ACÚSTICO PROJETO ACÚSTICO EXECUÇÃO

Leia mais

Coberturas duráveis, com galvanização

Coberturas duráveis, com galvanização Coberturas duráveis, com galvanização A Fifa definiu que a Copa do Mundo de Futebol no Brasil, em 2014, deverá perseguir o que chamou de Green goals, ou seja, metas verdes, numa alusão à desejada sustentabilidade

Leia mais

Empresa jovem e 100 % nacional, a Bazze está sediada em PORTÃO RS e é referência na extrusão de perfis em PVC.

Empresa jovem e 100 % nacional, a Bazze está sediada em PORTÃO RS e é referência na extrusão de perfis em PVC. Empresa jovem e 100 % nacional, a Bazze está sediada em PORTÃO RS e é referência na extrusão de perfis em PVC. Comprometida com a qualidade e o desenvolvimento dos nossos produtos investimos continuamente

Leia mais

Curso - Materiais ecológicos e tecnologias sustentáveis para arquitetura e construção civil

Curso - Materiais ecológicos e tecnologias sustentáveis para arquitetura e construção civil Curso - Materiais ecológicos e tecnologias sustentáveis para arquitetura e construção civil Materiais Ecológicos e Tecnologias Sustentáveis para Arquitetura e Construção Civil é o primeiro curso no Brasil

Leia mais

PROGRAMA HABITACIONAL NOVO PRODUTO

PROGRAMA HABITACIONAL NOVO PRODUTO PROGRAMA HABITACIONAL NOVO PRODUTO Produto Aquisição de empreendimentos habitacionais na planta Sem custos de comercialização para o construtor Recursos do Fundo do Novo Programa Habitacional Público Alvo:

Leia mais

SUSHI ENERGIA. Arq. María Andrea Triana LABEEE/UFSC CBCS

SUSHI ENERGIA. Arq. María Andrea Triana LABEEE/UFSC CBCS SUSHI ENERGIA Arq. María Andrea Triana LABEEE/UFSC CBCS 1 SUMÁRIO Importância de uso racional de energia em HIS Barreiras na implementação de tecnologias Agenda proposta para HIS com mapeamento de tecnologias

Leia mais

Sistema Construtivo em PAREDES DE CONCRETO. Um sistema com bom desempenho MITOS E VERDADES

Sistema Construtivo em PAREDES DE CONCRETO. Um sistema com bom desempenho MITOS E VERDADES Seminário: Sistema Construtivo em PAREDES DE CONCRETO Um sistema com bom desempenho MITOS E VERDADES Arnoldo Wendler Sistema Construtivo Estudo de viabilidade Anteprojeto arquitetônico Comercialização

Leia mais

ALVENARIA E OUTROS SISTEMAS DE VEDAÇÃO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I

ALVENARIA E OUTROS SISTEMAS DE VEDAÇÃO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I ALVENARIA E OUTROS SISTEMAS DE VEDAÇÃO Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I SISTEMAS DE VEDAÇÃO VERTICAL SISTEMA DE VEDAÇÃO Um subsistema

Leia mais

Sistema Construtivo em PAREDES DE CONCRETO PROJETO

Sistema Construtivo em PAREDES DE CONCRETO PROJETO Sistema Construtivo em PAREDES DE CONCRETO PROJETO Arnoldo Wendler Sistema Construtivo 1 Sistema Construtivo 2 Sistema Construtivo Sistema Construtivo 3 Sistema Construtivo Comunidade da Construção DIRETRIZES

Leia mais

Soluções Sustentáveis

Soluções Sustentáveis ANA ROCHA MELHADO Soluções Sustentáveis EMPREENDIMENTOS RESIDENCIAIS IV SEMINÁRIO DE INOVAÇÃO NA CONSTRUÇÃO CIVIL RIO DE JANEIRO, junho de 2011 SÍTIO E CONSTRUÇÃO (6 18) 1 - Relação do Edifício com o

Leia mais

LEI Nº 1822, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2014. Revoga o Anexo I, e altera os Anexos II e III da Lei Municipal n 1.215/2009, e dá outras providências.

LEI Nº 1822, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2014. Revoga o Anexo I, e altera os Anexos II e III da Lei Municipal n 1.215/2009, e dá outras providências. LEI Nº 1822, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2014. Revoga o Anexo I, e altera os Anexos II e III da Lei Municipal n 1.215/2009, e dá outras providências. O Sr. Adriano Xavier Pivetta, Prefeito de Nova Mutum, Estado

Leia mais

ROBERTO DE SOUZA. Sustentabilidade Conceitos gerais e a realidade no mercado brasileiro da construção

ROBERTO DE SOUZA. Sustentabilidade Conceitos gerais e a realidade no mercado brasileiro da construção ROBERTO DE SOUZA Sustentabilidade Conceitos gerais e a realidade no mercado brasileiro da construção SUSTENABILIDADE www.cte.com.br Roberto de Souza roberto@cte.com.br Empresa atuando há 19 anos na cadeia

Leia mais

OS DESAFIOS DA PERFORMANCE DE EDIFICAÇÕES SUSTENTÁVEIS: PREVISTO X REALIZADO

OS DESAFIOS DA PERFORMANCE DE EDIFICAÇÕES SUSTENTÁVEIS: PREVISTO X REALIZADO OS DESAFIOS DA PERFORMANCE DE EDIFICAÇÕES SUSTENTÁVEIS: PREVISTO X REALIZADO Leticia Neves Gerente de Eficiência Energética Wagner Oliveira Coordenador de P&D SUSTENTABILIDADE NA CONSTRUÇÃO CIVIL: CERTIFICAÇÕES

Leia mais

Dados do Produto. Ar Condicionado: ponto dreno + carga elétrica (sala e dormitório)

Dados do Produto. Ar Condicionado: ponto dreno + carga elétrica (sala e dormitório) FICHA TÉCNICA Projeto Arquitetônico: Gkalili Arquitetura Design de Fachada: Triptyque Arquitetura Projeto Paisagístico: EKF Arquitetura paisagística Projeto Decoração: Triptyque Arquitetura Dados do Produto

Leia mais

VIMOS SOLICITAR A ANALISE DO PROJETO ARQUITETÔNICO TRATA-SE DE UM CONJUNTO RESIDENCIAL VERTICAL COM AS SEGUINTES CARACTERISTICAS:

VIMOS SOLICITAR A ANALISE DO PROJETO ARQUITETÔNICO TRATA-SE DE UM CONJUNTO RESIDENCIAL VERTICAL COM AS SEGUINTES CARACTERISTICAS: Á PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LEOPOLDO EM ANEXO. VIMOS SOLICITAR A ANALISE DO PROJETO ARQUITETÔNICO TRATA-SE DE UM CONJUNTO RESIDENCIAL VERTICAL COM AS SEGUINTES CARACTERISTICAS: - 12 EDIFICIOS COM 10

Leia mais

RESIDENCIAL MIRANTE DO PARQUE

RESIDENCIAL MIRANTE DO PARQUE RESIDENCIAL MIRANTE DO PARQUE 1 Estrutura Acabamento externo SUMÁRIO DO PROJETO TORRE 5: 100% executado 95% executado - Revestimento fachada; - 100% concluído - Aplicação de textura; - 95% concluído -

Leia mais

ESTUDO DE ADEQUAÇÃO DO IMÓVEL LOCADO PELA UNIFESP CAMPUS GUARULHOS

ESTUDO DE ADEQUAÇÃO DO IMÓVEL LOCADO PELA UNIFESP CAMPUS GUARULHOS ESTUDO DE ADEQUAÇÃO DO IMÓVEL LOCADO PELA UNIFESP CAMPUS GUARULHOS Fevereiro 2013 Estudo de Viabilidade Situação Atual: Hoje o Campus de Guarulhos da UNIFESP abriga as escolas de Filosofia, Letras e Ciências

Leia mais

Encontre o lugar ideal para você na Saint-Gobain. Conheça nossas oportunidades para 2013 nas páginas seguintes.

Encontre o lugar ideal para você na Saint-Gobain. Conheça nossas oportunidades para 2013 nas páginas seguintes. Encontre o lugar ideal para você na Saint-Gobain. Conheça nossas oportunidades para 2013 nas páginas seguintes. A Brasilit, empresa do grupo francês Saint-Gobain, foi fundada em 1937 e está presente no

Leia mais

COLÉGIO. Internacional. Escola verde Green School

COLÉGIO. Internacional. Escola verde Green School Escola verde Green School Sobre o Colégio Positivo Início das aulas: 18 de fevereiro de 2013 Lançamento oficial: 26 de março de 2013 Proposta de ensino bilíngue (português/inglês) Cerca de 350 alunos,

Leia mais

Sustentabilidade das Edificações Utilizando Energia Solar para Aquecimento de Água

Sustentabilidade das Edificações Utilizando Energia Solar para Aquecimento de Água Seminário: COPA DO MUNDO DE 2014 NORMATIZAÇÃO PARA OBRAS SUSTENTÁVEIS Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle do Senado Sustentabilidade das Edificações Utilizando Energia

Leia mais

Tabela 1- Intensidades sonoras características em db(a)

Tabela 1- Intensidades sonoras características em db(a) Desempenho Acústico DESEMPENHO ACÚSTICO O ruído gerado pela circulação de veículos, crianças brincando no playground e música alta no apartamento vizinho são causas de desentendimentos e de estresse. Por

Leia mais

Material preliminar sujeito a alterações

Material preliminar sujeito a alterações Uma região privilegiada, cercada por algumas das mais importantes vias de acesso como as avenidas Ibirapuera, Rubem Berta, Indianópolis, Av. Dos Bandeirantes, entre outras que ligam o bairro a toda a cidade.

Leia mais

DECRETO Nº 1627 DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015

DECRETO Nº 1627 DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 DECRETO Nº 1627 DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 Dispõe sobre a atualização do artigo 1º, da Lei da Lei Complementar nº 241 de 24 de Fevereiro de 2015, onde trata da Tabela nº 05, Anexo II - Planta Genérica

Leia mais

Oportunidades de ganhos gerados pela adoção de Sistemas Estruturais em Aço e mistos Aço-Concreto

Oportunidades de ganhos gerados pela adoção de Sistemas Estruturais em Aço e mistos Aço-Concreto Oportunidades de ganhos gerados pela adoção de Sistemas Estruturais em Aço e mistos Aço-Concreto XI Fórum Técnico Gestão do Processo Construtivo Sinduscon-DF, 21 de novembro de 2013 Oportunidades oferecidas

Leia mais

NOVO CONCEITO DA INDÚSTRIA DE ESQUADRIAS DE

NOVO CONCEITO DA INDÚSTRIA DE ESQUADRIAS DE NOVO CONCEITO DA INDÚSTRIA DE ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO NOVO CONCEITO DA INDÚSTRIA DE ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO! Capacitação dos empresários! Capacitação das empresas! O Produto CAPACITAÇÃO DOS EMPRESÁRIOS Capacitação

Leia mais

Sistemas Construtivos com o uso do Aço como Soluções Sustentáveis de baixo Impacto Ambiental

Sistemas Construtivos com o uso do Aço como Soluções Sustentáveis de baixo Impacto Ambiental - SEPesq Sistemas Construtivos com o uso do Aço como Soluções Sustentáveis de baixo Impacto Ambiental Cristiano Valmor Salamí Mestrando em Design Uniritter lareiranachurrasqueira@gmail.com Luis Fernando

Leia mais

Otimização do uso do solo

Otimização do uso do solo Otimização do uso do solo Criamos uma cidade compacta, adensada, próxima de meios de transporte de alta capacidade e de paisagens e ecossistemas visualmente atraentes que agregam valor à comunidade. Urbanização

Leia mais

SELO CASA AZUL. Mara Luísa Alvim Motta Gerente Executiva Meio Ambiente

SELO CASA AZUL. Mara Luísa Alvim Motta Gerente Executiva Meio Ambiente SELO CASA AZUL Mara Luísa Alvim Motta Gerente Executiva Meio Ambiente SELO CASA AZUL CAIXA CATEGORIAS E CRITÉRIOS CATEGORIA CONSERVAÇÃO DE RECURSOS MATERIAIS Avalia o uso racional de materiais de construção

Leia mais

RESIDENCIAL MIRANTE DO PARQUE

RESIDENCIAL MIRANTE DO PARQUE RESIDENCIAL MIRANTE DO PARQUE 1 Estrutura Acabamento externo: TORRE 5 100% executado 98% executado - Revestimento fachada; 100% concluído - Aplicação de textura; 100% concluído - Execução do telhado; 100%

Leia mais

ARQUITETANDO O FUTURO

ARQUITETANDO O FUTURO ARQUITETANDO O FUTURO Arq. Emílio Ambasz T J D F T ASSESSORIA DA SECRETARIA GERAL DA PRESIDÊNCIA Objetivos do TJDFT Cumprir o mandamento constitucional de defesa e preservação do meio ambiente para as

Leia mais

SUDESTE PRÉ-FABRICADOS CATÁLOGO TÉCNICO SUDESTE PRÉ-FABRICADOS PRONTOS PARA TODA E QUALQUER EMPREITADA

SUDESTE PRÉ-FABRICADOS CATÁLOGO TÉCNICO SUDESTE PRÉ-FABRICADOS PRONTOS PARA TODA E QUALQUER EMPREITADA 1 CONSTRUINDO GRANDES NEGÓCIOS PRÉ-FABRICADOS 2 SUDESTE PRÉ-FABRICADOS CATÁLOGO TÉCNICO SUDESTE PRÉ-FABRICADOS PRONTOS PARA TODA E QUALQUER EMPREITADA SUDESTE PRÉ-FABRICADOS CATÁLOGO TÉCNICO ÍNDICE 3 A

Leia mais

Gesso Acartonado CONCEITO

Gesso Acartonado CONCEITO CONCEITO As paredes de gesso acartonado ou Drywall, são destinados a dividir espaços internos de uma mesma unidade. O painel é composto por um miolo de gesso revestido por um cartão especial, usado na

Leia mais

ÍNDICE 1. EMPRESA 2. LOCALIZAÇÃO 3. PROJETO VILA DOS ATLETAS 4. SUSTENTABILIDADE 5. RESPONSABILIDADE SOCIAL

ÍNDICE 1. EMPRESA 2. LOCALIZAÇÃO 3. PROJETO VILA DOS ATLETAS 4. SUSTENTABILIDADE 5. RESPONSABILIDADE SOCIAL ÍNDICE 1. EMPRESA 2. LOCALIZAÇÃO 3. PROJETO VILA DOS ATLETAS 4. SUSTENTABILIDADE 5. RESPONSABILIDADE SOCIAL 1. EMPRESA A EMPRESA ILHA PURA EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS É UMA EMPRESA CRIADA COM O OBJETIVO

Leia mais

Visita de Analistas Janeiro, 2010

Visita de Analistas Janeiro, 2010 Visita de Analistas Janeiro, 2010 Aviso Nenhuma declaração ou garantia é feita com relação a correição, completude ou suficiência das informações apresentadas. A Direcional Engenharia não assume qualquer

Leia mais

CHRONOS RESIDENCIAL CARACTERIZAÇÃO DO EMPREENDIMENTO:

CHRONOS RESIDENCIAL CARACTERIZAÇÃO DO EMPREENDIMENTO: EMPREENDIMENTOS CHRONOS RESIDENCIAL CARACTERIZAÇÃO DO EMPREENDIMENTO: Localizado em Novo Hamburgo RS; 18000 m² de área construída; 72 Unidades 3 e 2 dormitórios; 26 Pavimentos; Tratamento e reutilização

Leia mais

Um estudo para o Aeroporto USIMINAS, em Ipatinga

Um estudo para o Aeroporto USIMINAS, em Ipatinga Contribuição técnica nº 17 Um estudo para o Aeroporto USIMINAS, em Ipatinga Luiza Oliveira Arquiteta e Urbanista Mestranda em Engenharia Civil Universidade Federal de Viçosa - MG Orientadores Gustavo de

Leia mais

Vidros de controle solar

Vidros de controle solar Vidros de controle solar ARQ5658 Eficiência Energética e Sustentabilidade em Edificações Prof. Fernando Simon Westphal fernandosw@arq.ufsc.br 1 PROPRIEDADES IMPORTANTES FATOR SOLAR E RESISTÊNCIA TÉRMICA

Leia mais

SELO CASA AZUL CAIXA. Cases empresariais - SBCS10 São Paulo, 9/NOV/2010

SELO CASA AZUL CAIXA. Cases empresariais - SBCS10 São Paulo, 9/NOV/2010 Cases empresariais - SBCS10 São Paulo, 9/NOV/2010 SELO CASA AZUL CAIXA Sandra Cristina Bertoni Serna Quinto Arquiteta Gerência Nacional de Meio Ambiente SELO CASA AZUL CAIXA CATEGORIAS E CRITÉRIOS SELO

Leia mais

Processo de seleção de materiais em uma construção sustentável em estrutura metálica - estudo de caso: a ampliação do Cenpes

Processo de seleção de materiais em uma construção sustentável em estrutura metálica - estudo de caso: a ampliação do Cenpes UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL - PROPEC Processo de seleção de materiais em uma construção sustentável em estrutura metálica

Leia mais

OBJETIVOS DO EVENTO APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA II NIVELAMENTO DAS INFORMAÇÕES DIRIMIR DÚVIDAS COLHER SUGESTÕES

OBJETIVOS DO EVENTO APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA II NIVELAMENTO DAS INFORMAÇÕES DIRIMIR DÚVIDAS COLHER SUGESTÕES OBJETIVOS DO EVENTO APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA II NIVELAMENTO DAS INFORMAÇÕES DIRIMIR DÚVIDAS COLHER SUGESTÕES MINHA CASA, MINHA VIDA Ampliação das oportunidades de acesso das famílias

Leia mais

PODE SER CLASSIFICADA EM TRÊS GRANDES SEGMENTOS CONSTRUÇÃO PESADA MONTAGENS INDUSTRIAIS E EXTRAÇÃO MINERAL MILHÕES

PODE SER CLASSIFICADA EM TRÊS GRANDES SEGMENTOS CONSTRUÇÃO PESADA MONTAGENS INDUSTRIAIS E EXTRAÇÃO MINERAL MILHÕES A CONSTRUÇÃO CIVIL PODE SER CLASSIFICADA EM TRÊS GRANDES SEGMENTOS CONSTRUÇÃO PESADA MONTAGENS INDUSTRIAIS E EXTRAÇÃO MINERAL EDIFICAÇÕES INDUSTRIAIS, COMERCIAIS E RESIDENCIAIS CONSTRUÇÃO CIVIL É UM DOS

Leia mais

Painel 2 Certificação ambiental de edificações: lições aprendidas e visão de futuro experiências brasileiras

Painel 2 Certificação ambiental de edificações: lições aprendidas e visão de futuro experiências brasileiras Painel 2 Certificação ambiental de edificações: lições aprendidas e visão de futuro experiências brasileiras Etiquetagem Eficiência Energética de Edificações Procel Edifica Tecnisa Construtora e Incorporadora

Leia mais

Assim como as obras comerciais procuram obter selos verdes,

Assim como as obras comerciais procuram obter selos verdes, REFERENCIAL GBC CASA BRASIL Referencial GBC Brasil Casa vem consolidando a tendência de sustentabilidade em projetos residenciais Assim como as obras comerciais procuram obter selos verdes, as obras residenciais

Leia mais

Memorial Descritivo. Montreal Plaza

Memorial Descritivo. Montreal Plaza Memorial Descritivo Montreal Plaza MEMORIAL DESCRITIVO MONTREAL PLAZA A - INSTALAÇÕES PREDIAIS 1. SISTEMA AUXILIAR DE ENERGIA (GERADOR) Instalação de um grupo de geradores para atender: Área comum: Recepção,

Leia mais

PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA 0-3 SM PODER PÚBLICO

PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA 0-3 SM PODER PÚBLICO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA 0-3 SM PODER PÚBLICO 1 PMCMV 0 a 3 SM Poder Público - Construtoras ENTENDA O PROGRAMA O Programa consiste na aquisição de Terreno onde são construídas unidades habitacionais,

Leia mais

FOCO NO PROCESSO QUALIDADE. Cliente. Desenvolvimento do produto e projeto. Uso e operação. Gerenciamento e Execução de. Lançamento e vendas.

FOCO NO PROCESSO QUALIDADE. Cliente. Desenvolvimento do produto e projeto. Uso e operação. Gerenciamento e Execução de. Lançamento e vendas. QUALIDADE Cliente Uso e operação Desenvolvimento do produto e projeto FOCO NO Gerenciamento e Execução de obras PROCESSO Lançamento e vendas Suprimentos Planejamento e orçamento de obras Padronização dos

Leia mais

Residencial Recanto do Horizonte

Residencial Recanto do Horizonte MEMORIAL DESCRITIVO Residencial Recanto do Horizonte FUNDAÇÃO E ESTRUTURA As Fundações serão executadas de acordo com o projeto estrutural, elaborado de acordo com as normas técnicas pertinentes e baseadas

Leia mais

Otimização do uso do solo

Otimização do uso do solo Otimização do uso do solo Criamos uma cidade compacta, adensada, próxima de meios de transporte de alta capacidade, paisagens e ecossistemas visualmente atraentes e que agregam valor à comunidade. Urbanização

Leia mais

/estudo preliminar pesquisa de materialidades: o steel framing e seus componentes

/estudo preliminar pesquisa de materialidades: o steel framing e seus componentes /estudo preliminar pesquisa de materialidades: o steel framing e seus componentes Gustavo Alves Rocha Zago Izabela Dalla Libera O Light Steel Framing (LSF) é um sistema construtivo de concepção racional

Leia mais

superações o espetáculo das bate-papo Marco Lentini, presidente do FSC O esporte como protagonista da sustentabilidade

superações o espetáculo das bate-papo Marco Lentini, presidente do FSC O esporte como protagonista da sustentabilidade SET/OUT 2013 ANO II Nº 07 R E V I S TA A REVISTA DA CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL o espetáculo das O esporte como protagonista superações da sustentabilidade bate-papo Marco Lentini, presidente do FSC Retrofit

Leia mais

Memorial Descritivo de Cliente

Memorial Descritivo de Cliente 1. DESCRIÇÃO DO EMPREENDIMENTO O empreendimento Residencial Peres será construído em um terreno situado na Av. Comendador Pedro Facchini, Centro, Lindóia. Será composto por 26 casas residenciais, sendo

Leia mais

http://www.forumdaconstrucao.com.br/conteudo.php?a=23&cod=687

http://www.forumdaconstrucao.com.br/conteudo.php?a=23&cod=687 Página 1 de 5 Sexta-feira, 16 de Abril de 2010 Login: Senha: Entrar Início IBDA Fórum de Discussão Eventos Artigos Notícias Boletins Anuncie Colabore Links Vídeos Cadastre-se Sustentabilidade é uma das

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO ÁREAS DE LAZER

MEMORIAL DESCRITIVO ÁREAS DE LAZER MEMORIAL DESCRITIVO ÁREAS DE LAZER Ficam na cobertura, 9º andar. Esta composta por Salão de festas, Espaço gourmet, Fitness center, Sala de jogos e web, Piscina borda infinita e Solarium. - Salão Festas:

Leia mais

Gestão Ambiental Aplicada à Construção de Edifícios

Gestão Ambiental Aplicada à Construção de Edifícios Gestão Ambiental Aplicada à Construção de Edifícios AULA 4 -CERTIFICAÇÃO AMBIENTAL NA CONSTRUÇÃO CIVIL 1 Introdução Pesquisas mostram que edifícios sustentáveis reduzem em 30% o consumo de energia, em

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE-UNIBH DRYWALL. Miriã Aquino

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE-UNIBH DRYWALL. Miriã Aquino CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE-UNIBH DRYWALL Miriã Aquino Belo Horizonte 2014 1 SUMÁRIO: APLICAÇÕES... 3 Paredes:... 3 Separação de Ambientes internos... 4 Isolamento Acústico Superior... 8 Isolamento

Leia mais

SELO CASA AZUL CAIXA Seminário Construções Sustentáveis

SELO CASA AZUL CAIXA Seminário Construções Sustentáveis SELO CASA AZUL CAIXA Seminário Construções Sustentáveis 19/OUT/2011 Mara Luísa Alvim Motta Gerência Nacional de Meio Ambiente CAIXA EVOLUÇÃO DO CRÉDITO IMOBILIÁRIO 2003-2010 EVOLUÇÃO DO CRÉDITO IMOBILIÁRIO

Leia mais

Linhas de financiamento para apoio a Eficiência Energética e utilização de fontes de energia limpa nos diversos setores da sociedade

Linhas de financiamento para apoio a Eficiência Energética e utilização de fontes de energia limpa nos diversos setores da sociedade Soluções em Eficiência Energética e Energia Renovável Aplicáveis a Edificações Residenciais e Comerciais de Pernambuco Linhas de financiamento para apoio a Eficiência Energética e utilização de fontes

Leia mais

ILHA PURA. Utilização do BIM no Empreendimento. Rio de Janeiro, Março 2015

ILHA PURA. Utilização do BIM no Empreendimento. Rio de Janeiro, Março 2015 ILHA PURA Utilização do BIM no Empreendimento Rio de Janeiro, Março 2015 CONHECENDO A ILHA PURA Marcio Teixeira O EMPREENDIMENTO LOCALIZAÇÃO IMPLANTAÇÃO Vila dos Atletas Lagoa de Jacarepaguá MASTERPLAN

Leia mais

Painel da Construção Civil FEIPLAR-2014

Painel da Construção Civil FEIPLAR-2014 Painel da Construção Civil FEIPLAR-2014 Presença da TEXIGLASS no mundo 3 APLICAÇÕES : Plástico Reforçado Isolamentos Térmicos (altas temp. e substituição de amianto) Fibra de Vidro e Aramida (Twaron)

Leia mais

Foto de Gabriel Lordêllo, parte da exposição realizada no estande de vendas do Mirador Camburi. Visite e conheça outras imagens encantadoras.

Foto de Gabriel Lordêllo, parte da exposição realizada no estande de vendas do Mirador Camburi. Visite e conheça outras imagens encantadoras. SINGULAR exclusivo supremo único Morar Construtora LANÇA NOVO PROJETO INSPIRADO PELA NATUREZA E ASSINADO POR GRANDES NOMES. Reconhecida pela credibilidade e entrega no prazo, a Morar Construtora tornou-se

Leia mais

Localização Rua Campos Sales 76 Passeio público Distância: 1Km. Graciosa Country Club Distância: 2,2Km. Vindouro Vinhos e Bistrô Distância: 1Km

Localização Rua Campos Sales 76 Passeio público Distância: 1Km. Graciosa Country Club Distância: 2,2Km. Vindouro Vinhos e Bistrô Distância: 1Km Pré Lançamento Cabral Rua Campos Sales 76 Rua Campos Sales Localização Rua Campos Sales 76 Passeio público Distância: 1Km Av. João Gualberto Shopping Mueller Distância: 1,2Km Museu Oscar Niemeyer Distância:

Leia mais