UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA"

Transcrição

1 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS LICENCIATURA EM COMUNICAÇÃO E MULTIMÉDIA UNIDADE CURRICULAR DE PROJECTO DE PRODUÇÃO MEDIATIZADA L U S I M É D I A GUIÃO LITERÁRIO CENA SEQUÊNCIA 1:EXT/MUNDO GANÂNCIA CIDADE/MUNDO SENTIMENTO CAMPO/NOITE/DIA (PASSAGEM DE TEMPO DE NOITE PARA MANHÃ DO DIA SEGUINTE) Pontuação musical adequada. A cena abre com música denotativa da cidade e mixa, quando se troca de mundos, com música mais bucólica. A cena vai apresentar os dois mundos. A imagem abre e revela a figura do Tio de perfil, a imagem detalha a roupa identificativa do Tio, isto é, o Tio veste um fato negro com botões de punho característicos, usa sapato de atacador, usa luvas negras em pele e sobretudo. A imagem acompanha o Tio que se vai aproximando da fronteira (ainda não visível) entre os dois mundos. A imagem trabalhará em split screen. Conforme o Tio vai avançando o ecrã atrás vai apagando e vai acendendo a metade para a qual avança (efeito de Passagem de Tempo Noite para manhã do dia seguinte) um mundo para o outro. Prédio/campo. A imagem acompanha o Tio que se vai aproximando da fronteira entre os dois mundos. Conforme o Tio se aproxima, a imagem detalha os pés do Tio. Sob o detalhe dos pés do Tio que atravessa a imagem volta a abrir suavemente e revela o Tio que já está do outro lado da fronteira. CENA 2: INT/MUNDO SENTIMENTO CAMPO/CASA DO PAI/SALA/NOITE Pontuação musical adequada. A cena abre com música denotativa do campo. A imagem abre a P/B, a imagem abre e revela um braço com o mesmo fato negro e calçando luva negra. A imagem revela que empunha arma. Ainda a P/B, a imagem revela em fundo o PAI (veste informalmente estilo calças de ganga, camisa e ténis) que está de pé, ao seu lado direito tem um sofá e à esquerda há uma lareira que está acesa, entre ambos interpõe-se um tapete. Ainda a P/B, a imagem detalha TIO que dispara a arma. Sobre o som do tiro a música faz fade para dar lugar ao som ecoado do tiro que vai acompanhar a ação. A imagem começa a focar o PAI, a imagem perde 1/5

2 movimento e acompanha o PAI que cai morto no chão, durante a queda em slow motion a imagem vai ganhando as cores. Mixa com CENA 3: INT/MUNDO SENTIMENTO CAMPO/CASA DO PAI/QUARTO/ NOITE Mantém-se o som da cena anterior som ecoado do tiro. Sobre o som ecoado do tiro, a imagem abre e detalha o rosto de um jovem de 12 anos que está sentado à secretária e que se volta surpreso ao ouvir o som tiro. A imagem ganha o slow motion. Mixa com CENA 4: INT/MUNDO SENTIMENTO CAMPO/CASA DO PAI/QUARTO/DIA Mantém-se o som da cena anterior som ecoado do tiro que mixa com som de alguém que bate à porta. A imagem abre e detalha jovem que está sentado na mesma posição que na cena anterior, à mesma secretária, sobre o som do bater à porta, o jovem volta-se (mantendo o mesmo movimento que vimos na cena anterior) e se mostra surpreendido (à semelhança da cena anterior)., o jovem levanta-se e a imagem abre e revela que se está no quarto do FILHO que se levanta e dirige à porta do quarto. A imagem revela que alguém lhe entrega uma encomenda. A imagem detalha que o jovem recebe a encomenda e fica apreensivo. CENA 5: INT/MUNDO SENTIMENTO CAMPO/CASA DO PAI/QUARTO/DIA Continuação imediata da cena anterior: A imagem abre e revela que o FILHO está sentado na cama e desembrulha a encomenda que recebeu. Pode perceber-se que presta atenção ao que a encomenda traz: uma carta encriptada e um telemóvel. É apresentado um inventário no fundo da imagem onde aparecem todos os items que estavam dentro da encomenda, FILHO lê a carta com a aplicação do telemóvel que permite decifrar o conteúdo. A imagem detalha o conteúdo da carta que se vê escrito. Conforme FILHO vai lendo o som vai ganhando a voz over do PAI que lê a carta, como se FILHO recordasse da voz do PAI. 2/5

3 CENA 6 SEQUÊNCIA: EXT/MUNDO SENTIMENTO CAMPO/ MUNDO DA GANÂNCIA CIDADE/ DIA/NOITE (PASSAGEM DE TEMPO DE DIA PARA NOITE) Pontuação musical adequada. A cena abre com música denotativa de campo e mixa, quando se troca de mundos, com música da cidade. Na imagem o FILHO aparece de frente e em estilo de fotografia a câmara roda á volta da personagem ao fim de uma volta 270 graus a personagem já aparece no mundo da ganância de noite. Nesta cena o FILHO com uns jeans, t-shirt e ténis. CENA 7 SEQUÊNCIA: EXT/ MUNDO DA GANÂNCIA CIDADE/NOITE Pontuação musical adequada. A cena abre com música denotativa de cidade. A imagem mostra o FILHO num beco escuro no meio da cidade, ao procurar a saida desse mesmo beco tropeça numa rapariga que estava deitada no chão, esta tem vestido umas calças de ganga meio rasgadas, uma t-shirt larga, uma cachecol e um casaco de penas meio sujo e ténis. CENA 8 SEQUÊNCIA: EXT/MUNDO DA GANÂNCIA CIDADE/NOITE Pontuação musical adequada. A cena abre com música denotativa de cidade de fundo com o diálogo entre os dois jovens. Na imagem aparece o FILHO e a RAPARIGA a falarem de frente um para o outro, ao fim de uma noite a conversar a RAPARIGA propõe ao FILHO irem ao mundo do sentimento e combinarem um plano para o FILHO ter a sua vingança. CENA 8 SEQUÊNCIA: EXT/ MUNDO DA GANÂNCIA CIDADE/MUNDO SENTIMENTO CAMPO/ NOITE/DIA (PASSAGEM DE TEMPO DE NOITE PARA DIA) Pontuação musical adequada. A cena abre com música denotativa de cidade e mixa, quando se troca de mundos, com música de campo. Na imagem o FILHO e a RAPARIGA aparecem de frente e em estilo de fotografia a câmara roda á volta da personagem ao fim de uma volta 270 graus a personagem passa do mundo da ganância de noite para o mundo do sentimento de dia. 3/5

4 CENA 9 SEQUÊNCIA: EXT/MUNDO SENTIMENTO CAMPO/DIA Pontuação musical adequada. A cena abre com música denotativa de campo. A imagem abre com o FILHO a mostrar o mundo do sentimento à RAPARIGA, estes estão vestidos como nas cenas anteriores de forma casual. CENA 10 SEQUÊNCIA: INT/MUNDO SENTIMENTO CAMPO/DIA Pontuação musical adequada. A cena abre com música denotativa de campo. Nesta cena o FILHO e a RAPARIGA entram em casa do FILHO onde ouvem uma voz grave, deparam-se com o TIO que está a falar ao telemóvel, sem que o TIO se aperceba estes escondem-se, ouvem a conversa onde o TIO revela o seu plano para continuar a sua expansão do seu poder no mundo do sentimento. CENA 11 SEQUÊNCIA: INT/MUNDO SENTIMENTO CAMPO/DIA Pontuação musical adequada. A cena abre com música denotativa de campo. Após ouvirem a conversa do TIO o FILHO e a RAPARIGA começam a pôr o plano de vingança em prática. CENA 12 SEQUÊNCIA: INT/MUNDO SENTIMENTO CAMPO/NOITE Pontuação musical adequada. A cena abre com música denotativa de campo. Os dois jovens ao porem o seu plano em prática acabam por realizar o seu plano matando o TIO. 4/5

5 CENA 13 SEQUÊNCIA: EXT/MUNDO SENTIMENTO CAMPO/DIA Pontuação musical adequada. A cena abre com música denotativa de campo. Com a morte do TIO todos os bens trazidos para o mundo do sentimento desaparecem, a paz do mundo do sentimento foi resposta o portal acaba por desaparecer colocando a RAPARIGA numa posição de escolher entre voltar ao mundo da ganância ou ficar no mundo do sentimento. A RAPARIGA escolhe permanecer no mundo do sentimento e como o seu coração é puro é-lhe permitido ficar. O equilíbrio é reposto. Fade out FIM 5/5

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA CENA 1:EXT/INT/CARRO/ESTRADA/NOITE CENA 2:EXT/ ESTRADA/NOITE. Mantém-se pontuação musical da cena anterior

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA CENA 1:EXT/INT/CARRO/ESTRADA/NOITE CENA 2:EXT/ ESTRADA/NOITE. Mantém-se pontuação musical da cena anterior FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS LICENCIATURA EM COMUNICAÇÃO E MULTIMÉDIA UNIDADE CURRICULAR DE PROJETO DE PRODUÇÃO MEDIATIZADA L U S I M É D I A 2013 GUIÃO LITERÁRIO Plano PV: Personagem a conduzir

Leia mais

Biblioteca Escolar António Bento Franco MANUAL DE UTILIZADOR WINDOWS LIVE MOVIE MAKER

Biblioteca Escolar António Bento Franco MANUAL DE UTILIZADOR WINDOWS LIVE MOVIE MAKER MANUAL DE UTILIZADOR WINDOWS LIVE MOVIE MAKER Criar o vídeo - início Para iniciar a criação de um filme, devemos em primeiro lugar criar uma pasta, onde colocaremos todos os objetos que pretendemos inserir

Leia mais

INFORMAÇÃO AOS ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO

INFORMAÇÃO AOS ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO INFORMAÇÃO AOS ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO CEE: 24 2014/15 Festa de Natal Exmos.(as) Encarregados(as) de Educação, Como é do Vosso conhecimento, a Festa de Natal decorrerá no dia 12 de dezembro (sexta-feira),

Leia mais

Um olhar para o Poema PCNP LP Aline Cristina do Prado PCNP LP Cristiane Aparecida Nunes

Um olhar para o Poema PCNP LP Aline Cristina do Prado PCNP LP Cristiane Aparecida Nunes Um olhar para o Poema PCNP LP Aline Cristina do Prado PCNP LP Cristiane Aparecida Nunes 16 de outubro de 2013 Dimensões discursivas, textuais e linguísticas do poema: um caminho para orientar a reescrita

Leia mais

A aplicação do método se resume em algumas partes: Apostila escrita e desenvolvida por Renan Cerpe Versão 1.0

A aplicação do método se resume em algumas partes: Apostila escrita e desenvolvida por Renan Cerpe Versão 1.0 Introdução: O método Bindfolded, traduzido como "olhos vendados", é um dos maiores desafios para um Speed Cuber. Solucionar o Cubo Mágico com os olhos vendados parece ser algo impossível e que impressiona

Leia mais

Estão na moda T E N D Ê N C I A S P R I M A V E R A / V E R Ã O

Estão na moda T E N D Ê N C I A S P R I M A V E R A / V E R Ã O Estão na moda T E N D Ê N C I A S P R I M A V E R A / V E R Ã O Festa do branco 1 2 1 Vestido B10, tamanhos do 4 ao 16, 41,75. 2 Vestido bordado TIZZA S, tamanhos do 4 ao 14, 78,50. Junta-te à festa! Desfruta

Leia mais

OFF 01/08/2008. Fade in

OFF 01/08/2008. Fade in 8769.614 Fade in Ambiente de empresa moderna, onde um executivo, de sua mesa, pode ter a visão geral do local e dos funcionários. Por trás da mesa do executivo, uma paisagem (vista) maravilhosa em segundo

Leia mais

BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO

BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO PROFESSORA Bom dia meninos, estão bons? TODOS Sim. PROFESSORA Então a primeira pergunta que eu vou fazer é se vocês gostam

Leia mais

Lista de resultados da pesquisa

Lista de resultados da pesquisa PT/AMGL/MM/101/05 imensão e suporte PT/AMGL/MM/101/05 Retrato de menino 6,5 x 9 cm - negativo de gelatina e prata em vidro Retrato representando um menino de vestido e sapatos brancos, de pé sobre uma

Leia mais

INTERTÍTULO: DIANA + 1 FADE IN EXT. PRAIA/BEIRA MAR DIA

INTERTÍTULO: DIANA + 1 FADE IN EXT. PRAIA/BEIRA MAR DIA DIANA + 3 INTERTÍTULO: DIANA + 1 FADE IN EXT. PRAIA/BEIRA MAR DIA Pablo, rapaz gordinho, 20 anos, está sentado na areia da praia ao lado de Dino, magrinho, de óculos, 18 anos. Pablo tem um violão no colo.

Leia mais

DIANA + 3. Roteiro de Henry Grazinoli

DIANA + 3. Roteiro de Henry Grazinoli DIANA + 3 Roteiro de Henry Grazinoli EXT. CALÇADA DO PORTINHO DIA Sombra de Pablo e Dino caminhando pela calçada do portinho de Cabo Frio. A calçada típica da cidade, com suas ondinhas e peixes desenhados.

Leia mais

FUGA de Beatriz Berbert

FUGA de Beatriz Berbert FUGA de Beatriz Berbert Copyright Beatriz Berbert Todos os direitos reservados juventudecabofrio@gmail.com Os 13 Filmes 1 FUGA FADE IN: CENA 1 PISCINA DO CONDOMÍNIO ENTARDECER Menina caminha sobre a borda

Leia mais

Projeto Pitanguá Sugestão de Avaliação de Ciências 2ª série (3º ano) 3º bimestre

Projeto Pitanguá Sugestão de Avaliação de Ciências 2ª série (3º ano) 3º bimestre Projeto Pitanguá 1 Projeto Pitanguá Sugestão de Avaliação de Ciências 2ª série (3º ano) 3º bimestre Colégio: Nome: Número: Turma: Data: Unidade 6 1. Leia: O corpo da maioria das plantas que conhecemos

Leia mais

QUE TAL CONHECER UM POUCO MAIS SOBRE O AMBIENTE EM QUE UMA DAS PERSONAGENS DA TURMA DA MÔNICA VIVE?

QUE TAL CONHECER UM POUCO MAIS SOBRE O AMBIENTE EM QUE UMA DAS PERSONAGENS DA TURMA DA MÔNICA VIVE? 2ºano 1.2 CIÊNCIAS 2º período 11 de junho de 2014 Cuide da organização da sua avaliação, escreva de forma legível, fique atento à ortografia e elabore respostas claras. Tudo isso será considerado na correção.

Leia mais

20 Dicas Eficazes Para Dirigir Sem Medo Que Você Pode Aplicar Ainda Hoje.

20 Dicas Eficazes Para Dirigir Sem Medo Que Você Pode Aplicar Ainda Hoje. 20 Dicas Eficazes Para Dirigir Sem Medo Que Você Pode Aplicar Ainda Hoje. Agradecimento Quero agradecer pelo seu interesse no meu ebook. Vamos juntos te levar até o seu objetivo. Uma Excelente Leitura!

Leia mais

Cinema na escola: O Tempo e o Vento. Trecho da série para TV (1985):

Cinema na escola: O Tempo e o Vento. Trecho da série para TV (1985): Cinema na escola: O Tempo e o Vento Desde 1895, filmes foram feitos para emocionar, alegrar e surpreender seu público. Muitos deles mostram personagens com características bem marcadas. Características

Leia mais

ANTES DE OUVIR A VERDADE. Plano fechado em uma mão masculina segurando um revólver.

ANTES DE OUVIR A VERDADE. Plano fechado em uma mão masculina segurando um revólver. ANTES DE OUVIR A VERDADE FADE IN: CENA 01 - INT. SALA DE ESTAR NOITE Plano fechado em uma mão masculina segurando um revólver. Plano aberto revelando o revólver nas mãos de, um homem de 35 anos, pele clara

Leia mais

FECHADURAS RFID PARA CACIFOS

FECHADURAS RFID PARA CACIFOS FECHADURAS RFID PARA CACIFOS DESCRIÇÃO DO PROCESSO DE APLICAÇÃO NUM CENTRO DESPORTIVO SEQUÊNCIA NÚMERO 1: CRIAÇÃO DE CARTÃO/PULSEIRA As fechaduras RFID para cacifos controlam-se a partir de um cartão de

Leia mais

ISAQUE E REBECA: CASAMENTO E FILHOS

ISAQUE E REBECA: CASAMENTO E FILHOS Momento com Deus Crianças de 7 a 9 anos NOME: DATA: 09/06/2013 ISAQUE E REBECA: CASAMENTO E FILHOS Versículos para Decorar 1- Quem quiser tornar-se importante entre vocês deverá ser servo. Marcos 10:43b

Leia mais

AULAS ONLINE PELO SKYPE DESDE POR VÍDEO CONFERÊNCIA com DIA e HORA Marcada. Para ver os alunos que fazem aula CLIQUE AQUI - ALUNOS.

AULAS ONLINE PELO SKYPE DESDE POR VÍDEO CONFERÊNCIA com DIA e HORA Marcada. Para ver os alunos que fazem aula CLIQUE AQUI - ALUNOS. AULAS ONLINE PELO SKYPE DESDE 2011. POR VÍDEO CONFERÊNCIA com DIA e HORA Marcada. Para ver os alunos que fazem aula CLIQUE AQUI - ALUNOS. Professor Jeferson Oliveira, trabalha com partituras, geralmente

Leia mais

Impressionismo e Pós Impressionismo

Impressionismo e Pós Impressionismo Escola Estadual Dr.Martinho Marques Edna Terezinha Perigo Barreto Pigari Baptista Impressionismo e Pós Impressionismo Taquarussu - Agosto de 2009. Escola Estadual Dr.Martinho Marques Edna Terezinha Perigo

Leia mais

INSTRUMENTO PARA AVALIAÇÃO FUNCIONAL VISUAL E AUDITIVA

INSTRUMENTO PARA AVALIAÇÃO FUNCIONAL VISUAL E AUDITIVA INSTRUMENTO PARA AVALIAÇÃO FUNCIONAL VISUAL E AUDITIVA Este projeto é em parte assistido pelo Programa Hilton Perkins da Escola Perkins para cegos, WATERTOWN, MASS.U.S.A. O Programa Hilton Perkins é subvencionado

Leia mais

24/06/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República

24/06/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República Palavras do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na Escola Municipal de Rio Largo, durante encontro para tratar das providências sobre as enchentes Rio Largo - AL, 24 de junho de 2010 Bem,

Leia mais

Como criar uma conta e a 1ª campanha no Adwords

Como criar uma conta e a 1ª campanha no Adwords Como criar uma conta e a 1ª campanha no Adwords Olá, aqui é o Samuel de Almeida. Este é um dos materiais bônus que você recebeu ao comprar o nosso curso de Vendas Online com o Google Adwords. É um material

Leia mais

Dica: Antes de fazer as atividades abaixo, leia o documento Pretérito perfeito do indicativo, no Banco de Gramática.

Dica: Antes de fazer as atividades abaixo, leia o documento Pretérito perfeito do indicativo, no Banco de Gramática. Fim de semana Gramática: atividades Dica: Antes de fazer as atividades abaixo, leia o documento Pretérito perfeito do indicativo, no Banco de Gramática. Dois programas diferentes 1. Complete as lacunas

Leia mais

Como usar o SCV Sistema de Controle Vegetal do Indea-MT CADASTRO. Para cadastrar a sua empresa você deve seguir esses passos.

Como usar o SCV Sistema de Controle Vegetal do Indea-MT CADASTRO. Para cadastrar a sua empresa você deve seguir esses passos. Como usar o SCV Sistema de Controle Vegetal do Indea-MT CADASTRO Para cadastrar a sua empresa você deve seguir esses passos. Passo 1: Para a empresa que ainda não tem cadastro no Indea você deve acessar

Leia mais

ATENÇÃO: 1. Esta prova tem questões com desenhos, palavras e números que se baseiam em situações do dia-a-dia. 2. Para responder a cada uma dessas que

ATENÇÃO: 1. Esta prova tem questões com desenhos, palavras e números que se baseiam em situações do dia-a-dia. 2. Para responder a cada uma dessas que PREFEITURA MUNICIPAL DE PATROCÍNIO Concurso Público EDITAL N. 01/2009 AUXILIAR DE SERVIÇOS CARGO 101 TÉCNICA DE APLICAÇÃO DA PROVA INSTRUÇÕES GERAIS: APLICADOR RECOMENDAÇÃO BÁSICA: Falar sempre clara e

Leia mais

Gestão de Base de dados Formulários

Gestão de Base de dados Formulários Gestão de Base de dados Formulários Ano Letivo 2014/2015 Professora: Vanda Pereira Formulários Os Formulários constituem uma outra forma de visualizar os dados armazenados nas tabela ou disponibilizados

Leia mais

É Quase Natal. Andam todos a brincar A correr, a saltar na floresta Mas não há tempo a perder Têm de preparar a festa

É Quase Natal. Andam todos a brincar A correr, a saltar na floresta Mas não há tempo a perder Têm de preparar a festa É Quase Natal No vale encantado Vive uma família especial São Bonecos de Neve E é quase Natal 2x Andam todos a brincar A correr, a saltar na floresta Mas não há tempo a perder Têm de preparar a festa Tanto

Leia mais

O QUE SABEMOS: O QUE QUEREMOS SABER: ONDE PODEMOS SABER: O QUE É O CINEMA? O QUE É PRECISO PARA FAZER FILMES? O QUE CONTAM OS FILMES?

O QUE SABEMOS: O QUE QUEREMOS SABER: ONDE PODEMOS SABER: O QUE É O CINEMA? O QUE É PRECISO PARA FAZER FILMES? O QUE CONTAM OS FILMES? SALA 4B Após a exploração de uma história em que a ilustração mostrava uma cidade toda cinzenta, as crianças levantaram hipóteses sobre a sua possível causa: - Parece o tempo antigo (Tiago F.) - Parece

Leia mais

No dia do Nosso Arraiá, haverá o sorteio pela Loteria Federal e o comprador de qualquer número de convites estará concorrendo aos seguintes prêmios:

No dia do Nosso Arraiá, haverá o sorteio pela Loteria Federal e o comprador de qualquer número de convites estará concorrendo aos seguintes prêmios: trajes que os alunos do Nível II ao Nível III da Educação Infantil poderão usar no dia da festa: MENINOS traje country (calça jeans e camisa xadrez). MENINAS traje country (saia ou shorts jeans, camisa

Leia mais

O Dilema do Prisioneiro. Série Matemática na Escola. Objetivos 1. Discutir sobre um problema clássico da Teoria dos Jogos

O Dilema do Prisioneiro. Série Matemática na Escola. Objetivos 1. Discutir sobre um problema clássico da Teoria dos Jogos O Dilema do Prisioneiro Série Matemática na Escola Objetivos 1. Discutir sobre um problema clássico da Teoria dos Jogos O Dilema do Prisioneiro Série Matemática na Escola Conteúdos Lógica, Teoria dos Jogos

Leia mais

Departamento do 1.º Ciclo Português 2.º Ano. Agrupamento de Escolas Silves Sul. PGA - Prova Global do Agrupamento. Direção de Serviços Região Algarve

Departamento do 1.º Ciclo Português 2.º Ano. Agrupamento de Escolas Silves Sul. PGA - Prova Global do Agrupamento. Direção de Serviços Região Algarve Direção de Serviços Região Algarve Agrupamento de Escolas Silves Sul PGA - Prova Global do Agrupamento Departamento do 1.º Ciclo Português 2.º Ano Prova: A Nome: Ano: Turma: Nº.: Data: Assinatura do Professor

Leia mais

Quando um determinado programa gera um arquivo, sua extensão é variada de acordo com cada tipo.

Quando um determinado programa gera um arquivo, sua extensão é variada de acordo com cada tipo. 1 2 ENTENDENDO Tudo que funciona em um pc, é basicamente a base de arquivos. Vamos entender o que é um arquivo: Arquivo é tudo aquilo que um determinado programa gera. Arquivos tem nome e sobrenome. Aqui

Leia mais

ESCALA BEBÊ Questionário (3 18 meses) Código Data

ESCALA BEBÊ Questionário (3 18 meses) Código Data Nota: A validação (para pesquisa) e desenvolvimento de um sistema de pontuação (scoring) para o AHEMD-IS estão atualmente em progresso. Entretanto, o instrumento na sua forma atual é útil para avaliação

Leia mais

Ansiedade. Ansiedade de alerta. Uma reação normal que nos permite enfrentar pressões externas. Ansiedade Traumática

Ansiedade. Ansiedade de alerta. Uma reação normal que nos permite enfrentar pressões externas. Ansiedade Traumática t O que é ansiedade? A ansiedade é a emoção que aparece quando você sente que se aproxima uma ameaça, quando visualiza o futuro de maneira negativa e, em consequência, tenta se preparar para enfrentá-lo.

Leia mais

GUIÃO DE EXPLORAÇÃO DO WORD

GUIÃO DE EXPLORAÇÃO DO WORD AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO II Tutoriais para alunos GUIÃO DE EXPLORAÇÃO DO WORD Equipa da BE Ano Lectivo 2010/2011 O Programa Microsoft Office Word possibilita conjugar imagens e texto. Este programa

Leia mais

Sei que estou sendo até pretensioso com este trabalho, mas quero que saibam que estou apenas escrevendo o que está em meu coração quando estou a

Sei que estou sendo até pretensioso com este trabalho, mas quero que saibam que estou apenas escrevendo o que está em meu coração quando estou a Sei que estou sendo até pretensioso com este trabalho, mas quero que saibam que estou apenas escrevendo o que está em meu coração quando estou a meditar sobre a Bíblia Sagrada, com Fé, Esperança e Caridade

Leia mais

Flash TTL: seu grande aliado. Raphael Fraga

Flash TTL: seu grande aliado. Raphael Fraga Flash TTL: seu grande aliado Raphael Fraga 1 1 - A relação fotógrafo-flash Imprecisão nos resultados Receio de utilização Entender como ele funciona!!! 1 - A relação fotógrafo-flash Como você tem utilizado

Leia mais

Banco de Fardamento e Livros da APEEACM

Banco de Fardamento e Livros da APEEACM Banco de Fardamento e Livros da APEEACM O Banco de Fardamento e Livros foi criado pela APEEACM - Associação de Pais e Encarregados de Educação dos Alunos do Colégio Militar (CM), com o objetivo de potenciar,

Leia mais

Carlos Neto Felipe Matheus Rodrigo Palis

Carlos Neto Felipe Matheus Rodrigo Palis Carlos Neto Felipe Matheus Rodrigo Palis Mas como ocorre o clima na Terra? Será que é por causa do movimento elíptico em torno do Sol? Ou será pela inclinação da Terra? Mas inclinação em relação a que?

Leia mais

NOSSO LIVRO DO FOLCLORE

NOSSO LIVRO DO FOLCLORE NOSSO LIVRO DO FOLCLORE ALUNOS DA TURMA DE ALFABETIZAÇÃO DA SALA DE APOIO PEDAGÓGICO DA EMEF PROF. HENRIQUE PEGADO 2015 NOSSO LIVRO DO FOLCLORE AUTORES ALUNOS DE ALFABETIZAÇÃO DA SALA DE APOIO PEDAGÓGICO

Leia mais

Boas vindas a você que busca a realização dos seus sonhos! NSD Andrea Ponte Rocha

Boas vindas a você que busca a realização dos seus sonhos! NSD Andrea Ponte Rocha Boas vindas a você que busca a realização dos seus sonhos! NSD Andrea Ponte Rocha A Nossa Companhia Em 13 de setembro de 1963, Mary Kay Ash funda a Mary Kay Inc. na cidade de Dallas - Texas, Estados Unidos.

Leia mais

MANUAL e-sic GUIA DO SERVIDOR. Governo do Estado do Piauí

MANUAL e-sic GUIA DO SERVIDOR. Governo do Estado do Piauí MANUAL e-sic GUIA DO SERVIDOR Governo do Estado do Piauí 1 Conteúdo Introdução... 3 Sistema Eletrônico de Informação ao Cidadão (e-sic)... 4 Primeiro Acesso... 5 Cadastro...Erro! Indicador não definido.

Leia mais

EMPREENDENDO NA CRISE. Thiago Oliveira

EMPREENDENDO NA CRISE. Thiago Oliveira EMPREENDENDO NA CRISE Thiago Oliveira 10 dicas para empreender na crise OPORTUNIDADE AFASTAR-SE DO PESSIMISMO E DE PESSIMISTAS PRATICAR NOSSOS IDEAIS LIDERANÇA MUDAR A MENTALIDADE BUSCAR MELHORIAS REIVENTAR-SE

Leia mais

GESPOS WINDOWS. Manual do Utilizador GESTÃO DE CORES E TAMANHOS

GESPOS WINDOWS. Manual do Utilizador GESTÃO DE CORES E TAMANHOS GESPOS WINDOWS Manual do Utilizador GESTÃO DE CORES E TAMANHOS 1 A Gestão de cores e tamanhos do Gespos Windows é seguramente a gestão mais eficaz para qualquer tipo de loja que comercialize produtos no

Leia mais

TEXTO DE APOIO À EXPLORAÇÃO PEDAGÓGICA DO TEMA

TEXTO DE APOIO À EXPLORAÇÃO PEDAGÓGICA DO TEMA TEXTO DE APOIO À EXPLORAÇÃO PEDAGÓGICA DO TEMA TEMA SELECCIONADO A CAMINHO DA ESCOLA IDENTIFICAÇÃO DAS COMPONENTES DA RUA / ESTRADA A Educação Rodoviária é um processo ao longo da vida do cidadão como

Leia mais

1. Ajustando a iluminação. 2. Posição da câmera e da pessoa a ser fotografada

1. Ajustando a iluminação. 2. Posição da câmera e da pessoa a ser fotografada Diretriz para a produção de fotos digitais de qualidade para utilização no Sistema de Gestão e Controle de Pessoal - GECOPE do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal, através do SISGESEC Orientações

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. A cena é invadida pelo som ecoado do corpo de Myriam a embater no chão. Que se mistura com o som de desastre de carro.

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. A cena é invadida pelo som ecoado do corpo de Myriam a embater no chão. Que se mistura com o som de desastre de carro. FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS LICENCIATURA EM COMUNICAÇÃO E MULTIMÉDIA UNIDADE CURRICULAR DE PROJETO DE PRODUÇÃO MEDIATIZADA L U S I M É D I A 2013 GUIÃO LITERÁRIO A 1: INT/PALCO/NOITE DIA 0

Leia mais

1. A figura seguinte mostra um esquema da estrutura do Sol. Estabelece as associações corretas entre

1. A figura seguinte mostra um esquema da estrutura do Sol. Estabelece as associações corretas entre ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DA CALHETA Ciências Físico-Químicas 7º ano TURMA A Ficha de Avaliação Sumativa nº 3 ANO LECTIVO 90 minutos Data 24/02/2012 Lê com atenção as questões do teste. Apresenta na folha

Leia mais

Como iniciar um bate-papo na Central de atendimento ao cliente Cisco e/ou suas afiliadas. Todos os direitos reservados. 1

Como iniciar um bate-papo na Central de atendimento ao cliente Cisco e/ou suas afiliadas. Todos os direitos reservados. 1 Como iniciar um bate-papo na Central de atendimento 1 Como iniciar um bate-papo na Central de atendimento ao cliente Este módulo vai mostrar a você como acessar o batepapo na Central de atendimento. Observe

Leia mais

Árvores-B: Remoção. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri Thiago A. S. Pardo

Árvores-B: Remoção. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri Thiago A. S. Pardo Árvores-B: Remoção Cristina Dutra de Aguiar Ciferri Thiago A. S. Pardo Desempenho da Árvore-B Baseado em suas propriedades 2 cada página, exceto a raiz e as folhas, possui no mínimo m/2 descendentes à

Leia mais

Árvores-B: Remoção. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri Thiago A. S. Pardo

Árvores-B: Remoção. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri Thiago A. S. Pardo Árvores-B: Remoção Cristina Dutra de Aguiar Ciferri Thiago A. S. Pardo Desempenho da Árvore-B Baseado em suas propriedades 2 cada página, exceto a raiz e as folhas, possui no mínimo m/2 descendentes à

Leia mais

EU VIM PARA SERVIR? Autor: Tiago Ferro Pavan

EU VIM PARA SERVIR? Autor: Tiago Ferro Pavan EU VIM PARA SERVIR? Autor: Tiago Ferro Pavan (Entra um jovem em cena e se depara com um cartaz da campanha da fraternidade (2015). O jovem lê o lema em voz alta): JOVEM: (Lendo) Eu vim para servir! JOVEM:

Leia mais

Considerando que trouxe (1ª quadro) é um VTD, destaque e classifique o complemento desse verbo:. b)

Considerando que trouxe (1ª quadro) é um VTD, destaque e classifique o complemento desse verbo:. b) ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO PARALELA - PORTUGUÊS PROFESSOR: Renan Andrade TURMA: 7 ano Vespertino REVISÃO 1) Leia os fragmentos abaixos, alguns extraídos da crônica em estudo, e classifique os verbos quanto

Leia mais

CURSO PROFISSIONAL 2015-2017 DE FOTOGRAFIA A RECRIAR O ENSINO DA FOTOGRAFIA DESDE 1968. ipf.lisboa@ipf.pt ipf.porto@ipf.pt www.ipf.pt.

CURSO PROFISSIONAL 2015-2017 DE FOTOGRAFIA A RECRIAR O ENSINO DA FOTOGRAFIA DESDE 1968. ipf.lisboa@ipf.pt ipf.porto@ipf.pt www.ipf.pt. CURSO PROFISSIONAL DE FOTOGRAFIA 2015-2017 Carlos Guiomar A RECRIAR O ENSINO DA FOTOGRAFIA DESDE 1968 ipf.lisboa@ipf.pt ipf.porto@ipf.pt www.ipf.pt CURSO PROFISSIONAL DE FOTOGRAFIA 2015-2017 O Curso Profissional

Leia mais

Manual Geral de Aplicação Universal Entrada 2008

Manual Geral de Aplicação Universal Entrada 2008 Universal Entrada 2008 Programa Programa - Manual do Aplicador Teste Universal - 2008 Teste Cognitivo Leitura/Escrita e Matemática Caro alfabetizador(a): Se você está recebendo este material, é porque

Leia mais

Para simplificar a notação, também usamos denotar uma sequência usando apenas a imagem de :

Para simplificar a notação, também usamos denotar uma sequência usando apenas a imagem de : Sequências Uma sequência é uma função f de em, ou seja. Para todo número natural i associamos um número real por meio de uma determinada regra de formação. A sequencia pode ser denotada por: Ou, por meio

Leia mais

1 Circuitos Pneumáticos

1 Circuitos Pneumáticos 1 Circuitos Pneumáticos Os circuitos pneumáticos são divididos em várias partes distintas e, em cada uma destas divisões, elementos pneumáticos específicos estão posicionados. Estes elementos estão agrupados

Leia mais

RESOLUÇÃO CRCMG Nº 352, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2013

RESOLUÇÃO CRCMG Nº 352, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2013 RESOLUÇÃO CRCMG Nº 352, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2013 Estabelece o Regulamento dos cursos presenciais e a distância realizados pelo CRCMG. O PLENÁRIO DO CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DE MINAS GERAIS,

Leia mais

História que gera confiança. Vestimentas de Proteção EM ESTOQUE

História que gera confiança. Vestimentas de Proteção EM ESTOQUE História que gera confiança Vestimentas de Proteção EM ESTOQUE Conjunto antichama CAMISA MASCULINA ANTICHAMA - Risco 2 CA 19.972 SIG 42410 MOD. AX 007640-02555 - Azul royal 007640-07191 - Cinza médio 007640-13405

Leia mais

Como usar: Apenas 6 crianças podem estar na casinha das bonecas. A exploração dos materiais é livre

Como usar: Apenas 6 crianças podem estar na casinha das bonecas. A exploração dos materiais é livre Casinha das bonecas -uma cozinha em madeira (frigorifico, máquina da roupa, fogão) -Uma cama de bebés -Cesto com ferramentas -uma mesa de madeira com duas cadeiras -uma banheira -um carrinho de bebés -utensílios

Leia mais

Das rosas vem o amor E da flor a poesia, O homem que já amou Torna-se poeta durante o dia.

Das rosas vem o amor E da flor a poesia, O homem que já amou Torna-se poeta durante o dia. 1 Das rosas vem o amor E da flor a poesia, O homem que já amou Torna-se poeta durante o dia. 2 ... Os olhos do poeta é o coração... 3 Introdução:... O amor é como uma música lenta que tu pões para escutar

Leia mais

Este documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à Prova Final a Nível de Escola:

Este documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à Prova Final a Nível de Escola: 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da Prova Final a Nível de Escola, nos termos das orientações gerais das condições especiais na realização de provas finais de ciclo para

Leia mais

V. 1.0 Pearson Sistemas Brasil

V. 1.0 Pearson Sistemas Brasil / 0 V..0 Pearson Sistemas Brasil Pearson, Centro de Serviços Compartilhados - Avenida Presidente Kennedy, 2295 Lagoinha. Ribeirão Preto SP Brasil Pag./0 2/ 0 Índice Analítico.Introdução... 3 2. Material

Leia mais

Guia de instalação de Plugin

Guia de instalação de Plugin Para você que não esta conseguindo visualizar as Palestras Online de Nossa Casa, essa orientação abaixo vai te ajudar a não ter mais problemas. Para você que usa o Navegador Internet Explorer quando ao

Leia mais

Preconceitos enraizados, sentimento de poder e superioridade, vingança privada e descrédito nas instituições públicas são todos fatores que

Preconceitos enraizados, sentimento de poder e superioridade, vingança privada e descrédito nas instituições públicas são todos fatores que ISSN 2175-5280 Preconceitos enraizados, sentimento de poder e superioridade, vingança privada e descrédito nas instituições públicas são todos fatores que desencadeiam a ação do drama, isto é, a perseguição

Leia mais

Treinamento sobre Progress Report.

Treinamento sobre Progress Report. Treinamento sobre Progress Report. Objetivo O foco aqui é trabalhar o desenvolvimento pessoal de cada aluno. O instrutor irá analisar cada um e pensar em suas dificuldades e barreiras de aprendizado e,

Leia mais

DETALHAMENTO DOS UNIFORMES

DETALHAMENTO DOS UNIFORMES DETALHAMENTO DOS UNIFORMES Educação Infantil Grade de tamanhos Castelinho: 2, 4, 6, 8, 10 e 12 Grade Uniforme Legal: 1, 2, 3, 4, 6, 8, 10 e 12 Camiseta amarela com a logo BEI em silk meia-manga, sem manga

Leia mais

Introdução à Informática. Professor: Francisco Ary

Introdução à Informática. Professor: Francisco Ary Professor: Francisco Ary O que vimos na ultima aula: O que é Software? parte lógica de um sistema computacional; sequência de instruções interpretada e executada por um computador(processador); Principais

Leia mais

Teoria Básica da Administração. Decorrências da Teoria das Relações Humanas. Professor: Roberto César

Teoria Básica da Administração. Decorrências da Teoria das Relações Humanas. Professor: Roberto César Teoria Básica da Administração Decorrências da Teoria das Relações Humanas Professor: Roberto César Motivação Humana A motivação procura explicar por que as pessoas se comportam. Administração Cientifica

Leia mais

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT E s t u d o s o b r e a i n t e g r a ç ã o d e f e r r a m e n t a s d i g i t a i s n o c u r r í c u l o d a d i s c i p l i n a d e E d u c a ç ã o V i s u a l e T e c n o l ó g i c a Desktop T-Shirt

Leia mais

No exemplo acima, o pronome que retoma o termo os atletas da 1ª oração, exercendo a função de sujeito na 2ª oração.

No exemplo acima, o pronome que retoma o termo os atletas da 1ª oração, exercendo a função de sujeito na 2ª oração. No exemplo acima, o pronome que retoma o termo os atletas da 1ª oração, exercendo a função de sujeito na 2ª oração. É bastante agradável a cidade. Nasci nessa cidade. [É bastante agradável a cidade] [onde

Leia mais

HÁ MUITAS FORMAS DE MUDAR AS CIDADES: A JUVENTUDE FAZ SUA PARTE!

HÁ MUITAS FORMAS DE MUDAR AS CIDADES: A JUVENTUDE FAZ SUA PARTE! HÁ MUITAS FORMAS DE MUDAR AS CIDADES: A JUVENTUDE FAZ SUA PARTE! 1. APRESENTAÇÃO O Fundo da FASE para Juventudes, lançado pela organização em julho de 2016, visa apoiar financeiramente projetos de caráter

Leia mais

Manual de Inscrição Online do Processo Seletivo MANUAL DE INSCRIÇÃO SELETIVO VESTIBULAR DE VERÃO 2014

Manual de Inscrição Online do Processo Seletivo MANUAL DE INSCRIÇÃO SELETIVO VESTIBULAR DE VERÃO 2014 MANUAL DE INSCRIÇÃO ONLINE DO PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR DE VERÃO 2014 Rua Prefeito Faria Lima, 400, Jardim Maringá, Londrina PR Fone: (43) 3031-5050 CEP: 86.061-450 1 SUMÁRIO 1 ACESSANDO O SITE... 3

Leia mais

Feminino. Tipos de corpo. Ampulheta

Feminino. Tipos de corpo. Ampulheta O guia de tamanho será desenvolvido para auxiliar os e-consumidores, no momento da compra. O e-consumidor terá disponível um guia de auxilio a medidas, de forma que permitirá que o mesmo obtenha informações

Leia mais

Ensino Português no Estrangeiro Nível A1 Prova A (13A1AE) 60 minutos

Ensino Português no Estrangeiro Nível A1 Prova A (13A1AE) 60 minutos Ensino Português no Estrangeiro Nível A1 Prova A (13A1AE) 60 minutos Prova de certificação de nível de proficiência linguística no âmbito do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro,

Leia mais

Processo para o ensino e desenvolvimento do futebol e futsal: ESTÁGIOS DE INICIANTES, AVANÇADOS E DE DOMÍNIO

Processo para o ensino e desenvolvimento do futebol e futsal: ESTÁGIOS DE INICIANTES, AVANÇADOS E DE DOMÍNIO Processo para o ensino e desenvolvimento do futebol e futsal: ESTÁGIOS DE INICIANTES, AVANÇADOS E DE DOMÍNIO Processo para o ensino do futebol/ futsal A metodologia para o ensino do futebol até a especialização

Leia mais

Ligar e Desligar o Computador em segurança

Ligar e Desligar o Computador em segurança Ligar e Desligar o Computador em segurança Com este módulo aprenderá a ligar e desligar o computador em segurança. Terá ainda acesso a ligações que poderá consultar para saber mais sobre as principais

Leia mais

VAMOS FALAR SOBRE HEPATITE

VAMOS FALAR SOBRE HEPATITE VAMOS FALAR SOBRE HEPATITE HEPATITE É uma inflamação do fígado provocada, na maioria das vezes, por um vírus. Diferentes tipos de vírus podem provocar a doença, que se caracteriza por febre, icterícia

Leia mais

18 - A surpresa... 175 19 A fuga... 185 20 O atraso... 193 21 Vida sem máscaras... 197 22 - A viagem... 209 23 - A revelação...

18 - A surpresa... 175 19 A fuga... 185 20 O atraso... 193 21 Vida sem máscaras... 197 22 - A viagem... 209 23 - A revelação... Sumário Agradecimentos... 7 Introdução... 9 1 - Um menino fora do seu tempo... 13 2 - O bom atraso e o vestido rosa... 23 3 - O pequeno grande amigo... 35 4 - A vingança... 47 5 - O fim da dor... 55 6

Leia mais

O Manual do Skanlite. Kåre Särs Anne-Marie Mahfouf Tradução: José Pires

O Manual do Skanlite. Kåre Särs Anne-Marie Mahfouf Tradução: José Pires Kåre Särs Anne-Marie Mahfouf Tradução: José Pires 2 Conteúdo 1 Introdução 5 2 Usar o Skanlite 6 2.1 Selecção do Scanner.................................... 6 3 Janela Principal do Skanlite 8 3.1 Digitalização.........................................

Leia mais

LOCAL: ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA DO BANCO DO BRASIL A.A.B.B ENDEREÇO: AVENIDA SANTOS DUMONT S/N DATA: 29 DE OUTUBRO HORÁRIO: 8:00 HS

LOCAL: ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA DO BANCO DO BRASIL A.A.B.B ENDEREÇO: AVENIDA SANTOS DUMONT S/N DATA: 29 DE OUTUBRO HORÁRIO: 8:00 HS LOCAL: ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA DO BANCO DO BRASIL A.A.B.B ENDEREÇO: AVENIDA SANTOS DUMONT S/N DATA: 29 DE OUTUBRO HORÁRIO: 8:00 HS CIDADE: QUERÊNCIA DO NORTE - PR REALIZAÇÃO CONSELHO DAS APAES MICRO-REGIÃO

Leia mais

ATÉ QUE A MORTE NOS SEPARE? um roteiro. Fábio da Silva. 15/03/2010 até 08/04/2010

ATÉ QUE A MORTE NOS SEPARE? um roteiro. Fábio da Silva. 15/03/2010 até 08/04/2010 ATÉ QUE A MORTE NOS SEPARE? um roteiro de Fábio da Silva 15/03/2010 até 08/04/2010 Copyright 2010 by Fábio da Silva Todos os direitos reservados silver_mota@yahoo.com.br 2. ATÉ QUE A MORTE NOS SEPARE?

Leia mais

Guião do trabalho prático TP7

Guião do trabalho prático TP7 Mestrado Integrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores Disciplina Automação Ramos Energia e Automação Guião do trabalho prático TP7 Projecto de Porta Automática baseado em Autómato Programável

Leia mais

TEORIA MUSICAL EM FOCO

TEORIA MUSICAL EM FOCO TEORIA MUSICAL EM FOCO LEM I Módulo 01 HENRIQUE RODRIGUES www.teoriamusicalemfoco.com Teoria Musical em Foco 1 Música, Som e Suas Propriedades O que é Música? Música é a arte que expressa os diversos sentimentos,

Leia mais

Clínica Deckers. Fisioterapía Exercícios Terapêuticos para o Tornozelo

Clínica Deckers. Fisioterapía Exercícios Terapêuticos para o Tornozelo Clínica Deckers Fisioterapía Exercícios Terapêuticos para o Tornozelo O QUE É. Estes são alguns exercícios recomendados com mais freqüência para a terapia do tornozelo. Eles foram compilados para dar a

Leia mais

Aula 22. Conversão Sigma-Delta (continuação)

Aula 22. Conversão Sigma-Delta (continuação) Aula 22 Conversão Sigma-Delta (continuação) A estrutura mostrada na figura A.22.1 é chamado modulador Sigma-Delta (Σ- ). Esta estrutura, além de ser mais simples, pode ser considerada como uma versão suavizada

Leia mais

UM SOL ALARANJADO. Vemos de cima uma pequena vila de subúrbio com suas casas baixas. Amanhece, e pessoas começam a sair das casas.

UM SOL ALARANJADO. Vemos de cima uma pequena vila de subúrbio com suas casas baixas. Amanhece, e pessoas começam a sair das casas. SEQUÊNCIA 1 - EXTERIOR - DIA VILA UM SOL ALARANJADO Roteiro de Eduardo Valente, a partir de argumento e com a colaboração de Rubio Campos. Vemos de cima uma pequena vila de subúrbio com suas casas baixas.

Leia mais

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT E s t u d o s o b r e a i n t e g r a ç ã o d e f e r r a m e n t a s d i g i t a i s n o c u r r í c u l o d a d i s c i p l i n a d e E d u c a ç ã o V i s u a l e T e c n o l ó g i c a Celtx M a n u

Leia mais

Diagrama de Caso de Uso

Diagrama de Caso de Uso "Antes de imprimir pense em sua responsabilidade e compromisso com o MEIO AMBIENTE." Engenharia de Software Givanaldo Rocha de Souza givanaldo.rocha@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu.br/givanaldorocha

Leia mais

Sobre a nova minha UFOP

Sobre a nova minha UFOP Sobre a nova minha UFOP A minha UFOP está com um novo visual. Foi criada uma nova interface, mais bonita, ágil e intuitiva para facilitar a utilização de nossos usuários. Esse tutorial visa mostrar as

Leia mais

Torneio de Atletismo de Pavilhão Local: Centro Escolar do Cávado - Monsul

Torneio de Atletismo de Pavilhão Local: Centro Escolar do Cávado - Monsul Local: Centro Escolar do Cávado - Monsul Data: 5 de março de 2016 Horário: 09h30 às 12h30 Organização: *Centro de Formação Desportiva de Atletismo Gonçalo Sampaio Agrupamento de Escolas Gonçalo Sampaio

Leia mais

MOTIVAÇÃO PARA O TRABALHO VOLUNTÁRIO

MOTIVAÇÃO PARA O TRABALHO VOLUNTÁRIO MOTIVAÇÃO PARA O TRABALHO VOLUNTÁRIO CVL - Centro Voluntário de Londrina (VÍDEO DA ESCADA) O QUE É SER UM VOLUNTÁRIO Ser voluntário é doar seu tempo, trabalho e talento para causas de interesse social

Leia mais

Como gerir um espaço de conversa (chat) ou uma vídeo-conferência e participar num fórum de debate (Google Hangouts)

Como gerir um espaço de conversa (chat) ou uma vídeo-conferência e participar num fórum de debate (Google Hangouts) Como gerir um espaço de conversa (chat) ou uma vídeo-conferência e participar num fórum de debate (Google Hangouts) Este módulo irá ensinar-lhe como gerir um espaço de conversa (chat) ou uma videoconferência

Leia mais

O CONTEXTO SOCIOTÉCNICO CONTEMPORÂNEO Diferentemente dos tradicionais meios de transmissão em massa, as tecnologias digitais são campo de

O CONTEXTO SOCIOTÉCNICO CONTEMPORÂNEO Diferentemente dos tradicionais meios de transmissão em massa, as tecnologias digitais são campo de Docência On Line INTRODUÇÃO A educação a Distância (EAD) se tornou uma realidade necessária nos dias atuais, tendo como objetivo ajudar e qualificar aquelas pessoas que não tiveram a oportunidade de estudarem

Leia mais

Curso de Capacitação em Educação Ambiental Multiplicadores em Educação Ambiental

Curso de Capacitação em Educação Ambiental Multiplicadores em Educação Ambiental 1) Com que frequência você come carne vermelha? a) Nunca b) Com pouca frequência (três porções por semana) c) Ocasionalmente (uma porção por dia) d) Frequentemente (uma porção por dia no almoço e outra

Leia mais

ENFERMEIRO DE PALMO E MEIO

ENFERMEIRO DE PALMO E MEIO ENFERMEIRO DE PALMO E MEIO No dia 5 de junho de 2014, a sala dos Reguilas e a sala dos Golfinhos foram à Escola Superior de Enfermagem de Lisboa que fica perto do Hospital de Santa Maria. Chegámos à escola

Leia mais

Novo Programa de Português do Ensino Básico

Novo Programa de Português do Ensino Básico Etapa 4 Agora, que já foste introduzido no fascinante mundo das viagens marítimas e quase estiveste a bordo do Navio-Escola Sagres, vais conhecer melhor as aventuras dos portugueses na época dos Descobrimentos.

Leia mais

Serviço de pesquisa b-on EBSCO

Serviço de pesquisa b-on EBSCO Serviço de pesquisa b-on EBSCO Agenda Acesso ao Serviço Pesquisa básica Pesquisa avançada Filtros Resultados de pesquisa Pastas pessoais Agenda Acesso ao Serviço Pesquisa básica Pesquisa avançada Filtros

Leia mais