MELHORES PRÁTICAS EM MARKETING DIGITAL PARA E-COMMERCE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MELHORES PRÁTICAS EM MARKETING DIGITAL PARA E-COMMERCE"

Transcrição

1 MELHORES PRÁTICAS EM MARKETING DIGITAL PARA E-COMMERCE Christiano Lima Santos * RESUMO: O desenvolvimento tecnológico propicia alterações importantes na comercialização de bens e serviços bem como na comunicação entre as pessoas. Se o advento e popularização da Internet instigaram o surgimento do e-commerce, por outro lado forçaram alterações nas práticas de Marketing nesse novo meio digital. Não somente o comércio eletrônico precisa estar apto a competir global e virtualmente, mas também pronto para interagir com o seu consumidor por meio de novos canais de comunicação. Este trabalho visa estudar e reunir as principais práticas de Marketing Digital que podem apoiar as atividades do e-commerce. Palavras-chave: Marketing Digital. E-commerce. Social Media Marketing. Marketing. Search Engine Optimization. 1 Introdução O comércio de bens e serviços apresenta papel relevante junto à sociedade, satisfazendo as necessidades e desejos de indivíduos e organizações, permitindolhes assim desempenharem melhor suas funções. E conforme a sociedade evolui, o comércio também evolui, complexificando e exigindo novos conhecimentos capazes de compreender o comportamento do consumidor e como projetar e distribuir seus produtos e serviços, sendo o Marketing a principal disciplina responsável por tais tarefas. O Marketing apresenta papel importante dentro das organizações, como forma de melhor atender as necessidades e desejos de seu público-alvo. Para tal, diversas estratégias, táticas e ferramentas são empregadas, dentre elas o Marketing Mix. E com a popularização da Internet como plataforma para comercialização de produtos e serviços, surge uma nova modalidade de comércio conhecida como e- commerce, ou comércio eletrônico, onde a interação entre vendedores e * Especialização em Gestão de Negócios Universidade Cidade de São Paulo, São Paulo-SP, Brasil Orientadora: Viviane Lorena Buttros

2 consumidores efetua-se por meio da web. O e-commerce (comércio eletrônico) tratase de um mercado trilionário: estima-se que em 2013 o faturamento do e-commerce para consumidores finais (business-to-customer) atingirá 1,25 trilhão de dólares (INTERNET RETAILER, 2012). Ainda no espaço virtual, percebe-se uma grande mudança na forma como as pessoas recebem e compartilham informações e experiências formando aquilo que hoje é conhecido como Web 2.0, mudando assim radicalmente a forma como elas são impactadas pelas estratégias de Marketing tradicional, surgindo assim necessidade de uma nova abordagem, conhecida como Marketing Digital. Assim, apesar do comércio eletrônico apresentar números bastante atraentes, muitos empreendedores brasileiros ainda sentem muita dificuldade em alcançar seu público-alvo por meio da Internet. Desta forma, esforços para listar e consolidar um conjunto de melhores práticas em Marketing Digital para e-commerce podem incentivar o desenvolvimento do comércio eletrônico brasileiro. Este trabalho visa estudar as principais práticas de Marketing Digital estudadas e implementadas pelo mercado na prática de e-commerce com o intuito de propor um conjunto de melhores práticas. 2 A Tecnologia e o Comércio Da mesma forma que o comércio apresenta um papel importante na sociedade, também a tecnologia apresenta seu lugar de destaque. É Baker quem alerta para o potencial transformador que a tecnologia pode apresentar sobre a economia e vice-versa ao afirmar que se nós traçarmos o curso do desenvolvimento econômico nós percebemos que períodos de rápido crescimento seguem mudanças na maneira como o trabalho é organizado, geralmente acompanhados de mudanças na tecnologia (BAKER, 2008, p. 4). E duas tecnologias recentes têm causado grande impacto na sociedade e em sua economia, são elas a Internet e a Computação Móvel. Assim, neste trabalho, tem-se como foco a Internet e como esta impacta as estratégias de Marketing para o e-commerce.

3 2.1 Internet Datada de 1969, a ARPANet é considerada a predecessora da Internet, surgindo com fins militares e, mais tarde, atendendo também as necessidades científicas e acadêmicas, entretanto, somente na década de 80 foi aberta ao público em geral (GARCIA, s.d.). A Internet ofereceu novas formas de comunicação síncrona e assíncrona, bem como facilitou o acesso a conteúdo em formato digital, tornando-se assim um meio de comunicação híbrido que permite tanto a comunicação direta quanto a comunicação em massa. Do ponto de vista do comércio, a Internet apresenta um impacto significativo, onde Deighton e Barwise (2000) equiparam a importância de dominar a comunicação digital àquela atribuída ao domínio da comunicação por meio da mídia impressa, TV e rádio no século passado, e vão além, apontando algumas das propriedades dessa nova forma de comunicação: Fragmentação da atenção devido a facilidades para a produção de conteúdo para a Internet, a audiência tornou-se mais fragmentada; Interatividade radical a Internet trouxe maior interação entre produtores e consumidores, permitindo comunicação direta via ou sistemas de mensagem instantânea (chat) a custos muito baixos; Instrumentalidade Apesar de permitir uma comunicação mais direta, a web oferece menos recursos para comandar o envolvimento emocional do consumidor. No início da década 2000 a forma como as pessoas utilizam a Internet começa a sofrer grandes transformações: por meio de websites e plataformas como Wikipédia, YouTube, Blogger e phpbb, usuários abandonaram a postura passiva e adotaram uma postura muito mais ativa, produzindo e compartilhando conhecimentos e informações. Nascia então a Web 2.0, termo cunhado pela O Reilly Media (WIKIPÉDIA, 2012b). Ainda naquela década, outra evolução na forma de interação dos internautas começava a despontar, agora quanto à forma como os mesmos se relacionam e compartilham suas experiências: era o nascimento das redes sociais, contando aqui com plataformas como Orkut, Facebook e Hi5.

4 E é para este novo consumidor, agora produtor de informações e hábil a compartilhar suas experiências de forma muito mais facilitada, que as empresas possuem a complexa tarefa de produzir produtos e comunicar-se. Deve-se lembrar que a Internet revolucionou não somente a forma como as pessoas se comunicam, mas também como compram, nascendo aqui uma nova forma de comércio, capaz de desprezar fronteiras geográficas: o e-commerce. Nas seções seguintes, serão apresentados alguns aspectos da Web 2.0 e do novo comportamento do consumidor digital bem como o comércio eletrônico. 2.2 Web 2.0 Conforme mencionado na seção anterior, a expressão Web 2.0 define e caracteriza um conjunto de eventos e ações que ofereceram um maior controle e poder ao usuário (user empowerment), tornando-o não mais um consumidor passivo, mas também um produtor de informações. Constantinides e Fountain (2008) definem Web 2.0 como sendo: uma coleção de aplicações online open-source, interativas e controladas pelo usuário expandindo as experiências, conhecimento e poder de mercado dos usuários como participantes dos processos de negócios e sociais. Aplicações Web 2.0 suportam a criação de redes informais de usuários facilitando o fluxo de ideias e conhecimento permitindo a geração, disseminação, compartilhamento e edição/refinamento eficiente do conteúdo informacional (CONSTANTINIDES e FOUNTAIN, 2008, p ). Os autores supracitados apresentam também as cinco principais categorias de aplicações Web 2.0: Blogs, redes sociais, comunidades de conteúdo, fóruns de discussão e agregadores de conteúdo. E é nesse cenário em que o e-commerce busca, hoje, estabelecer-se. 2.3 E-Commerce Segundo Silva Neto, o e-commerce ou comércio eletrônico é aquele realizado fundamentalmente por recursos e meios eletrônicos, que tornam dispensável o contato físico-presencial entre as partes envolvidas, bem como irrelevante a distância geográfica que se interponha entre elas (NETO apud NUNES, 2010, p. 30). Tal definição aponta uma mudança impactante quanto à prática de Marketing focada nessa nova modalidade de comércio: a dispensabilidade do contato físico-presencial leva a mudança quanto à análise de um dos componentes

5 do Marketing Mix, a praça ou distribuição, como denomina Vidigal (apud SANTIAGO, 2008). Além disso, por empregar um meio útil não somente para a comercialização, mas também para a comunicação, também o elemento promoção ou comunicação do Marketing Mix sofre alterações consideráveis. Diante de tantas alterações, há espaço e importância para a discussão sobre a nova prática de Marketing, o Marketing Digital, focando-se o comércio eletrônico. 3 Marketing O papel do Marketing nas empresas é bastante amplo e algumas vezes confuso, o que leva muitos a erroneamente reduzi-lo a um sinônimo de propaganda, entretanto Marketing representa algo muito maior do que somente uma tática de publicidade, lidando com diversos interesses em torno das duas principais entidades de todo negócio: o produto e o cliente. Segundo Santiago (2008), Marketing deve ser considerado a ciência responsável por compreender como encantar o cliente por meio da satisfação de suas expectativas ao oferecer um produto ou serviço de valor. Pode-se ainda citar a definição empregada por Tânia Vidigal, quando afirma que: Marketing é a função empresarial que cria continuamente valor para o cliente e gera vantagem competitiva duradoura para a empresa, por meio da gestão estratégica das variáveis controláveis de Marketing: produto, preço, comunicação e distribuição (VIDIGAL apud SANTIAGO, 2008, p. 29). Observando-se as definições de Santiago e Vidigal, percebem-se então claramente algumas responsabilidades da área de Marketing: Identificação das necessidades, desejos e expectativas do cliente; Criação e oferta de produtos e serviços com valor agregado para o cliente; Geração de vantagem competitiva para a empresa por meio da gestão estratégia do Marketing Mix. Pode-se dizer que o Marketing como estudo do mercado é bastante recente, surgindo por volta do século XIX, fruto da Revolução Industrial, com objetivos inicialmente logísticos e operacionais visando o lucro máximo (WIKIPÉDIA, 2012a).

6 Hoje, Marketing vai muito além, realizando desde pesquisas para melhor conhecer as necessidades de seus clientes a planejamento de estratégias para lançamento de novos produtos. Entretanto, não se deve encarar Marketing como sendo algo imutável: ele sofre influência da cultura em que se encontra e conforme esta se altera o mesmo também deve ser repensado. E é assim que se pode encontrar hoje um novo conceito ou ramificação do mesmo, chamado Marketing Digital. Serão apresentados agora a importância da Mídia Interativa Digital e o papel do Marketing Digital. 3.1 Mídia Interativa Digital Deighton e Barwise (2000) apontam a importância da Mídia Interativa Digital como sendo a evolução da tradicional mídia de transmissão broadcast, composta por emissoras de TV e rádio, para uma nova mídia capaz de não somente realizar a comunicação em massa, mas também oferecer a capacidade de personalizar a comunicação segundo segmentos da audiência e oferecer feedback individualizado à interação com os consumidores. mídia: Assim, os autores supracitados apontam algumas características dessa nova Permite a comunicação qualquer um para qualquer um, em detrimento da um para muitos, permitindo ao consumidor colaborar na construção de comunidades com interesses específicos; Pode ser atualizada a qualquer momento, não sendo um retrato fixo da informação em um intervalo de tempo, como é o caso do catálogo e do CD-ROM; Consumidores podem selecionar e filtrar as informações que desejam receber ou buscar; Comunidades virtuais não estão limitadas pelo tempo ou espaço; Desassociação dos conceitos de privacidade e identidade, isto é, um usuário pode ter sua própria identidade como consumidor na web sem que isso exponha a sua privacidade;

7 A hiper-impulsividade, isto é, a facilidade que há na realização de compras online motiva as compras por impulso. 3.2 Marketing Digital A popularização da Internet como canal de comunicação entre as pessoas assinalou um marco revolucionário para o mercado, principalmente para o comércio: a era do Marketing Digital. O Marketing Digital, também conhecido como Web Marketing, E-Marketing ou Marketing na Internet, representa uma evolução sem precedentes, criando não somente um novo canal para comunicação com potenciais clientes, mas também uma nova forma de vender ou até de oferecer suporte pós-venda (DEIGHTON e BARWISE, 2000). Neste trabalho, realizou-se um levantamento bibliográfico e foram identificadas as seguintes formas de Marketing em meio digital. Marketing de Relacionamento (Relationship Marketing) O Marketing de Relacionamento encontra-se presente em táticas e ferramentas de gestão eletrônica de relacionamento com o consumidor, representadas pela sigla ecrm (do inglês, Electronic Customer Relationship Management) ou simplesmente CRM, como muitas vezes são denominadas (CHEN e CHEN, 2004). Tal estratégia se usa de softwares que facilitam a adequação automática ou semi-automática de mensagens para consumidores e potenciais consumidores de forma rápida e a baixo custo, permitindo assim uma comunicação em massa customizada. Além disso, muitos softwares de CRM oferecem funcionalidades para análise de dados dos consumidores a fim de identificar seus perfis e segmentá-los. Embora seja muito útil, dados apontam que 44% a 60% dos projetos de ecrm falham (CHEN e CHEN, 2004), uma vez que não se trata apenas da simples instalação e uso de um software.

8 Marketing de Mídia Social (Social Media Marketing) Em seu trabalho, Constantinides e Fountain (2008) classificam os fatores de Marketing online como controláveis e incontroláveis. Os fatores controláveis são aqueles que estão sob o controle do empreendedor, como a usabilidade e interatividade de seu website, estética e Marketing Mix online. Já os fatores incontroláveis são aqueles que estão além do controle do empreendedor, como é o caso dos comentários e referências em blogs, redes sociais, podcasts, comunidades de conteúdo e fóruns de discussão. Entretanto, mesmo não sendo possível controlar diretamente alguns daqueles fatores, é possível influenciá-los até certo ponto por meio de uma estratégia de Marketing de Mídia Social, isto é, Marketing por meio da participação ativa em canais de mídia social, atuando assim por meio de aplicações Web 2.0. Marketing por ( Marketing) Trata-se do uso do na comunicação com consumidores e consumidores potenciais. O envio de s recebeu grande importância por ser um meio de comunicação bastante empregado e apresentar baixo custo. Fariborzi e Zahedifard (2012) destacam as seguintes vantagens na adoção do envio de s em uma estratégia de Marketing: bom retorno sobre investimento (ROI), customização das mensagens, mensurabilidade dos resultados, facilidade, capacidade de automação (por meio de autoresponders), rapidez e eficiência. Há, porém, desvantagens que devem ser observadas: ausência de garantia do recebimento do , queda na responsividade dos subscritos, dificuldades no uso de recursos gráficos em s, sobrecarga do uso de s na atualidade e despesas envolvidas com a criação e execução de campanhas de e- mail marketing. Segundo dados do desempenho das campanhas de marketing analisadas pela empresa GetResponse (s.d.), s relacionados a e-commerce apresentam uma baixa taxa de abertura (em inglês, open rate) de somente 26,11%, bastante diferente dos 72,28% alcançados pelas associações e 70,70% das empresas relacionadas a viagens. Já a taxa de cliques em links presentes nas mensagens (em inglês, click-through rate CTR) confere ao setor de e-commerce o sétimo lugar, com somente 2,79%.

9 Tal informação aponta que empreendedores de comércio eletrônico podem estar desperdiçando uma oportunidade de comunicação em massa customizada ao adotar práticas inadequadas no envio de suas mensagens de campanhas. Marketing de busca (Search Engine Marketing) O Marketing de busca lida diretamente com duas possíveis estratégias: posicionamento do website bem como das demais estruturas de apoio (como um blog corporativo) em mecanismos de busca a fim de facilitar ao consumidor em potencial encontrar sua marca e produtos e utilização de anúncios publicitários em mecanismos de busca e redes parceiras destes. Tal estratégia exige a otimização para mecanismos de busca (do inglês, search engine optimization) do website, autoria/geração e refinamento de conteúdo e análise de desempenho e refinamento de campanhas publicitárias. Além disso, infelizmente, muitas soluções prontas para e-commerce não são search engine friendly, isto é, não agregam valor ao sistema quanto à otimização para mecanismos de busca, o que pode requerer ajustes nas mesmas. 4 Melhores Práticas de Marketing Digital no E-Commerce Conforme mencionado anteriormente, este trabalho concentrou-se na revisão bibliográfica acerca de práticas de Marketing Digital e compilação das melhores práticas aplicáveis ao e-commerce. A partir dos estudos de diversos trabalhos publicados, identificaram-se seis principais categorias de práticas: otimização de site, Marketing Mix online, gestão eletrônica de relacionamento com o consumidor, gestão de marcas em mídia social, Marketing por e Marketing de busca. Otimização de site Segundo Constantinides e Fountain (2008), há fatores controláveis no Marketing online e, por serem estes mais facilmente manipuláveis, devem ser o ponto de partida de qualquer estratégia de Marketing Digital. Assim, é importante que um empreendedor de um e-commerce esteja atento à usabilidade e interatividade de seu website.

10 Em se tratando dos atributos da usabilidade e interatividade, Schneider (s.d.) destaca: Facilidade de aprendizado o usuário deve aprender facilmente como explorar todos os sistemas associados ao negócio, desde o sistema de comércio eletrônico ao blog e sistema de notícias; Eficiência de uso uma vez que o usuário aprenda como interagir com os sistemas agregados, deve ser possível realizar suas tarefas (como o ato de compra) de forma rápida e produtiva; Facilidade de memorização usuário deve ser capaz de retornar ao sistema e realizar uma tarefa desejada sem precisar reaprendê-lo; Baixa taxa de erros todo sistema precisa apresentar a menor taxa de erros possível, principalmente no caso de lojas de e-commerce, onde valores financeiros podem estar envolvidos; Satisfação subjetiva o uso do sistema deve oferecer máxima satisfação ao usuário, não somente pelo cumprimento da tarefa, mas também por uma satisfação subjetiva pela interação com o mesmo. Marketing Mix online Quanto ao Marketing Mix online, Constantinides (2002) aponta que este diverge do Marketing Mix tradicional e seus 4P, apresentando então o modelo dos 4S: scope (escopo), site (website), synergy (sinergia) e system (sistema). Abaixo, alguns dos aspectos importantes dos componentes do Marketing Mix online: Escopo destacam-se a análise de mercado, de consumidores potenciais, análise interna (recursos, processos e valores internos) e o papel estratégico das atividades na web; Website destaca-se a importância de oferecer uma experiência web centrada no consumidor; Sinergia destacam-se a integração do front office com as estratégias e atividades de Marketing, integração do back office com os processos organizacionais, sistemas legados e bancos de dados, e

11 integração com terceiros, desenvolvendo uma rede de parcerias para as atividades de comércio e logística; Sistema destaca-se a importância da administração do sistema como um todo integrado, isto é, softwares, hardwares, protocolos, sistemas de gestão de conteúdo, ferramentas para análise de desempenho e processos devem estar bem integrados. Gestão eletrônica de relacionamento com o consumidor (ecrm) Chen e Chen (2004) apontam como um dos resultados de uma entrevista com 180 empresas que, em uma escala de 1 a 10, o uso de ecrm recebeu nota 9,2 em importância para o sucesso de um negócio. Entretanto, não se trata tão somente da instalação de um software de prateleira e sua execução, sendo necessário o cumprimento de seis fatores-chave para o sucesso: Compromisso de toda a organização bem como o apoio gerencial; Importância do incentivo e treinamento; Gestão do conhecimento acerca dos clientes, segmentos de mercado e competidores; As estratégias de TI devem apoiar as estratégias de negócios; Integração entre os dados e funções organizacionais, como o serviço ao consumidor, marketing e vendas; Consciência da importância dos serviços ao consumidor, promovendo uma cultura organizacional centrada no mesmo. Gestão de Marcas em Mídia Social Uma forma de empregar o Marketing em Mídia Social é por meio da gestão de marcas (conhecida em inglês como brand marketing), isto é, da imagem percebida pelos consumidores dos produtos, serviços ou mesmo de uma empresa. Para isso, Constantinides e Fountain (2008) apontam três alternativas:

12 Compreender como a mídia social funciona e incluí-la em suas atividades de relações públicas a fim de alcançar formadores de opinião online; Engajar-se no uso da Web 2.0 como forma de atuar mais próximo de seu público-alvo e ouvir a voz do consumidor; Utilizar-se das aplicações Web 2.0 como ferramentas de Marketing Direto e encorajando a participação e interação com os internautas. Assim, em se tratando da gestão da marca, podem-se sintetizar essas três opções na busca pela participação em blogs, redes sociais e fóruns de discussão e atendimento a dúvidas e reclamações dos consumidores em veículos de comunicação digital, como redes sociais e sites de reclamações. Marketing por Em sua pesquisa, Fariborzi e Zahedifard (2012) enumeraram e agruparam práticas de Marketing por em quatro categorias: relevância do conteúdo, desenvolvimento de listas de s, entregabilidade dos s e testes de eficácia. Algumas práticas que podem ser destacadas são: Permitir que sua audiência selecione suas preferências quanto a conteúdo a ser recebido; Enviar s especiais ( boas vindas, confirmação de alterações no perfil, feliz aniversário, etc.) automaticamente; Permitir que sua audiência envie s para amigos sobre uma oferta ou mesmo sobre a própria campanha de Marketing; Usar botões para compartilhamento de conteúdo em rede social (social sharing buttons); Remover membros inativos das listas de s; Monitorar das taxas de reclamação e cancelamento de subscrições, buscando compreender as razões; Não adotar práticas de spamming; Monitorar como os s são recebidos e renderizados nos provedores de gratuitos (GMail, Yahoo, Hotmail, etc.);

13 Enviar com conteúdo relevante e requerido pela sua audiência; Empregar testes A/B para analisar a eficácia das campanhas de e- mail marketing. Marketing de busca (Search Engine Marketing) As principais práticas em Marketing de busca encontram-se divididas entre a otimização de sites para mecanismos de busca e otimização de campanhas publicitárias. Quanto à otimização de sites para mecanismos de busca, a companhia Google (s.d.) apresenta as seguintes orientações: Adoção de títulos únicos e precisos em cada página do site; Uso adequado da meta tag de descrição, a qual poderá ser exibida em resultados dos mecanismos de busca; Uso de palavras-chave relevantes na URL; Desenvolvimento de um website com boa navegabilidade; Oferta de conteúdo e serviço de qualidade; Uso de bons textos-âncora nos links internos e externos; Uso de tags de cabeçalho para demarcar seções no conteúdo; Uso de ferramentas de análise para webmasters. Já quanto à otimização de campanhas publicitárias, podem-se resumir as práticas a serem adotadas em três: Criação e refinamento de uma lista de palavras-chave a serem adotadas em campanhas publicitárias; Criação, aperfeiçoamento e teste dos anúncios publicitários; Análise do retorno sobre investimento realizado em cada anúncio publicitário, a fim de determinar quais devem descontinuados ou reforçados.

14 5 Considerações finais O e-commerce apresenta-se como bastante promissor, acompanhando as mudanças sócio-culturais influenciadas pelo uso intenso de tecnologia, entretanto é necessária uma maior atenção quanto a práticas de Marketing específicas para o meio digital. Este trabalho contribuiu com o levantamento e apresentação das melhores práticas de Marketing Digital para o e-commerce, agrupadas aqui em seis categorias, de forma a alcançar o público-alvo por meio de diversos canais de comunicação. 5.1 Futuras Extensões Apesar de realizar um profundo levantamento bibliográfico, a atual pesquisa não leva em consideração o retorno sobre investimento em cada categoria ou prática citada, de tal forma que uma possível extensão deste trabalho é a criação de um laboratório de marketing digital para avaliação do retorno sobre investimento obtido por cada prática a fim de determinar quais possuem maior impacto sobre um negócio de e-commerce. Referências BAKER, Michael. One more time: what is marketing? In: BAKER, Michael (ed.); HART, Susan (ed.). The Marketing Book, ed. 6. Elsevier, CHEN, Qimei; CHENG, Hong-Mei. Exploring the success factors of ecrm strategies in practice. In: Database Marketing & Customer Strategy Management, v. 11, n. 4, Disponível em: Acessado em 08/02/2013. CONSTANTINIDES, Efthymios. The 4S Web-Marketing Mix Model. In: Electronic Commerce Research and Applications, p , Disponível em: Acessado em 09/02/2013. CONSTANTINIDES, Efthymios; FOUNTAIN, Stefan. Web 2.0: Conceptual foundations and marketing issues. In: Journal of Direct, Data and Digital Marketing Practice, v. 9, n. 3, p , Disponível em: Acessado em 08/02/2013.

15 DEIGHTON, John; BARWISE, Patrick. Digital Marketing Communication. London Business School, Disponível em: Acessado em 08/02/2013. FARIBORZI, E; ZAHEDIFARD, M. Marketing: Advantages, Disadvantages and Improving Techniques. In: International Journal of e-education, e-business, e- Management and e-learning, vol. 2, n. 3, Disponível em: Acessado em: 09/02/2013. GARCIA, Paulo S. A Internet como nova mídia na educação. s.d. Disponível em: s_teses/ead/novamidia.pdf. Acessado em 21/09/2012. GETRESPONSE. Marketing Performance by Industry. s.d. Disponível em: by_industry.pdf. Acessado em 09/02/2013. GOOGLE. Otimização de Sites para Mecanismos de Busca (SEO) Guia do Google para Iniciantes. s.d. Disponível em: Acessado em 09/02/2013. INTERNET RETAILER. Global e-commerce sales will top $ 1.25 trillion by Disponível em: Acessado em 21/09/2012. NUNES, Rodolfo. Análise da contribuição do comércio eletrônico business to business (B2B) na gestão de cadeias de suprimentos [Dissertação]. São Paulo- SP, Disponível em: _rodolfomodrigaisstraussnunes.pdf. Acessado em 21/09/2012. SANTIAGO, Marcelo P. Gestão de Marketing. IESDE Brasil, SCHNEIDER, Henrique N. Interação / Interface Humano-Computador: Conceitos, Princípios e Objetivos. [s.d.]. Notas de aula. WIKIPÉDIA. Marketing. 2012a. Disponível em: Acessado em 21/09/2012. WIKIPÉDIA. Web b. Disponível em: Acessado em 21/09/2012.

ARKETING INTERNET SEO CRIATIVIDADE AGÊNCIA CRIAÇÃO

ARKETING INTERNET SEO CRIATIVIDADE AGÊNCIA CRIAÇÃO DESIGN CRIAÇÃO AGÊNCIA USABILIDA ARKETING INTERNET SEO DIGIT CRIATIVIDADE DESDE 1999 NO MERCADO, A M2BRNET É UMA AGÊNCIA DE MARKETING DIGITAL ESPECIALIZADA EM SOLUÇÕES PERSONALIZADAS. SI ARQ Desde 1999

Leia mais

SEMINÁRIO ABMES BASES DO MARKETING DIGITAL. Expositor. Júlio César de Castro Ferreira julio.ferreira@produtoranebadon.com.

SEMINÁRIO ABMES BASES DO MARKETING DIGITAL. Expositor. Júlio César de Castro Ferreira julio.ferreira@produtoranebadon.com. SEMINÁRIO ABMES BASES DO MARKETING DIGITAL Expositor Júlio César de Castro Ferreira julio.ferreira@produtoranebadon.com.br (61) 9613-6635 5 PILARES DO MARKETING DIGITAL 1 2 3 4 5 Presença digital: Ações

Leia mais

apresentação iagente shop

apresentação iagente shop apresentação iagente shop Rua Sport Clube São José, 54 506. Porto Alegre Rio Grande do Sul CEP: 91030-510 Fone: (51) 3398.7638 e-mail: www.iagenteshop.com.br www.iagente.com.br Data: 01 de Abril de 2009

Leia mais

Proposta Revista MARES DE MINAS

Proposta Revista MARES DE MINAS SATIS 2011 Proposta Revista MARES DE MINAS 21/03/2011 A SATIS Índice 1 A Satis 1 A Proposta 1 Serviços 2 Mapa do Site 2 SEO 3 Sistema de gerenciamento de conteudo 4 Cronograma e Prazos 5 Investimento 6

Leia mais

*Todos os direitos reservados.

*Todos os direitos reservados. *Todos os direitos reservados. A cada ano, as grandes empresas de tecnologia criam novas ferramentas Para o novo mundo digital. Sempre temos que nos renovar para novas tecnologias, a Karmake está preparada.

Leia mais

Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011

Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011 Curso de Marketing Disciplina: Web Marketing Professor: Roberto Marcello Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011 Web Marketing Web Marketing é qualquer esforço promocional realizado

Leia mais

7 Passos para um e- Commerce de Sucesso. André Lucena 28.nov.2013

7 Passos para um e- Commerce de Sucesso. André Lucena 28.nov.2013 7 Passos para um e- Commerce de Sucesso André Lucena 28.nov.2013 MERCADO DE E- COMMERCE PORQUE INVESTIR... E- commerce Processo de compra e venda de produtos e serviços online. Além de catálogos, carrinhos

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Aprecie as apresentações a seguir. Boa leitura!

APRESENTAÇÃO. Aprecie as apresentações a seguir. Boa leitura! APRESENTAÇÃO A Informatiza Soluções Empresariais está no mercado desde 2006 com atuação e especialização na criação de sites e lojas virtuais. A empresa conta com um sistema completo de administração de

Leia mais

Unidade IV MERCADOLOGIA. Profº. Roberto Almeida

Unidade IV MERCADOLOGIA. Profº. Roberto Almeida Unidade IV MERCADOLOGIA Profº. Roberto Almeida Conteúdo Aula 4: Marketing de Relacionamento A Evolução do Marketing E-marketing A Internet como ferramenta As novas regras de Mercado A Nova Era da Economia

Leia mais

7 Passos para um e-commerce de Sucesso. André Lucena Diretor de Negócios e Operaçoes 18.Out.2013

7 Passos para um e-commerce de Sucesso. André Lucena Diretor de Negócios e Operaçoes 18.Out.2013 7 Passos para um e-commerce de Sucesso André Lucena Diretor de Negócios e Operaçoes 18.Out.2013 MERCADO DE E- COMMERCE PORQUE INVESTIR... Crescimento 20,3% Crescimento 24,4% 354% R$ 770 Milhões 117%

Leia mais

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice 2 Índice Introdução... 3 Passo 1 Entender o que é Venda Online e E-commerce... 4 Passo 2 Entender o Mercado de Comércio Eletrônico... 5 Passo 3 Canais de Venda... 6 Passo 4 Como identificar uma Boa Plataforma

Leia mais

Objetivos. Universo. Transformação. Administração 10/10/2012. Entender as definições de e-business e e- commerce;

Objetivos. Universo. Transformação. Administração 10/10/2012. Entender as definições de e-business e e- commerce; Objetivos Administração Profª Natacha Pouget Módulo: Gestão de Inovação e Ativos Intangíveis Tema da Aula: E-Business e Tecnologia da Informação I Entender as definições de e-business e e- commerce; Conhecer

Leia mais

Os novos usos da tecnologia da informação na empresa

Os novos usos da tecnologia da informação na empresa Os novos usos da tecnologia da informação na empresa Internet promoveu: Transformação Novos padrões de funcionamento Novas formas de comercialização. O maior exemplo desta transformação é o E- Business

Leia mais

TIRE SEU PROJETO DA GAVETA. kinghost.com.br

TIRE SEU PROJETO DA GAVETA. kinghost.com.br TIRE SEU PROJETO DA GAVETA #1 Escolha a ferramenta ideal para impulsionar seu negócio. Existem diversas ferramentas no mercado que podem lhe auxiliar na hora de montar e administrar seu negócio. São plataformas

Leia mais

Quem Somos. SEO; Links Patrocinados; Campanhas de E-Mail Marketing; Divulgação em Portais e Sites Verticais; Web Analytics; Marketing Social.

Quem Somos. SEO; Links Patrocinados; Campanhas de E-Mail Marketing; Divulgação em Portais e Sites Verticais; Web Analytics; Marketing Social. Quem Somos A Cadastronet é uma agência de marketing digital, pioneira na utilização de WebStandards W3C* (World Wide Web Consortium) para desenvolvimento de websites. Isso significa que nossos sites são

Leia mais

Curso de Ecommerce. Aula: Marketing Digital. Fernando Laudino. Curso de Ecommerce ESPM Marketing Digital

Curso de Ecommerce. Aula: Marketing Digital. Fernando Laudino. Curso de Ecommerce ESPM Marketing Digital Curso de Ecommerce Aula: Marketing Digital Fernando Laudino @espm ci@espm.br Quem sou? Fernando Laudino Bacharel em Direito, com MBA em Identidade Empresarial pela AMF-RS e Gestão Escolar na Anhembi Morumbi.

Leia mais

Marketing digital NARCISO SANTAELLA

Marketing digital NARCISO SANTAELLA Marketing digital 1 Introdução As agências de publicidade recorrem ao marketing digital para conquistar o público que hoje tem na web uma das principais fontes de informação. Utilizar todos os recursos

Leia mais

Marketing. Conrado Adolpho Vaz. O Guia Definitivo de Marketing Digital. Novatec

Marketing. Conrado Adolpho Vaz. O Guia Definitivo de Marketing Digital. Novatec Google Marketing O Guia Definitivo de Marketing Digital Conrado Adolpho Vaz Novatec Sumário Prefácio à 1ª edição... 21 Prefácio à 2ª. edição... 23 Prefácio à 3ª edição... 25 Introdução... 27 Parte I O

Leia mais

Olá, Somos Ideatera - Studio Tecnológico

Olá, Somos Ideatera - Studio Tecnológico Olá, Somos Ideatera - Studio Tecnológico O parceiro certo para aumentar a produtividade, visibilidade e alcance de sua marca e/ou website! Breve descrição do que oferecemos: Web Analytics: Este serviço

Leia mais

EXP Digital, desenvolvendo soluções personalizadas para sua empresa alcançar a melhor performance no mundo virtual.

EXP Digital, desenvolvendo soluções personalizadas para sua empresa alcançar a melhor performance no mundo virtual. EXP Digital, desenvolvendo soluções personalizadas para sua empresa alcançar a melhor performance no mundo virtual. Somos uma empresa especializada em soluções voltadas ao segmento digital como: criação,

Leia mais

Sistemas para internet e software livre

Sistemas para internet e software livre Sistemas para internet e software livre Aula 3 - Plataformas e sistemas para e- commerce Image: FreeDigitalPhotos.net E-commerce: Por onde começar? Projeto de e-commerce Plataforma de TI Treinamento de

Leia mais

GESTÃO DE RELACIONAMENTO COM O CLIENTE

GESTÃO DE RELACIONAMENTO COM O CLIENTE GESTÃO DE RELACIONAMENTO COM O CLIENTE Professor Wagner Luiz Aula - Como obter sucesso em uma implementação de CRM e o Processo da Comunicação. Março de 2014 São Paulo -SP Call Center & CRM 2007 CRM: do

Leia mais

Prezado Futuro Cliente

Prezado Futuro Cliente Prezado Futuro Cliente É com grade satisfação que encaminhamos nossa apresentação institucional e certos de estabelecermos uma parceria de sucesso e duradoura. Ela foi desenvolvida com objetivo de mostrar

Leia mais

Índice. 03 A Empresa. 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente

Índice. 03 A Empresa. 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente MÍDIA KIT 2014 Índice 03 A Empresa 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente A empresa Fundada em 2007, a empresa possui uma grade anual com diversos

Leia mais

1. Apresentação. 1.1. Conexão Digital para o Desenvolvimento Social. 1.2. Engajamento na Iniciativa

1. Apresentação. 1.1. Conexão Digital para o Desenvolvimento Social. 1.2. Engajamento na Iniciativa 1. Apresentação 1.1. Conexão Digital para o Desenvolvimento Social A conexão Digital para o Desenvolvimento Social é uma iniciativa que abrange uma série de atividades desenvolvidas por ONGs em colaboração

Leia mais

Proposta Concessionária Terra Nova Land Rover

Proposta Concessionária Terra Nova Land Rover SATIS 2011 Proposta Concessionária Terra Nova Land Rover 21/03/2011 A SATIS Índice 1 A Satis 1 A Proposta 1 Serviços 2 Mapa do Site 2 SEO 3 Sistema de gerenciamento de conteudo 4 Cronograma e Prazos 5

Leia mais

Conceitos e tarefas da administração de marketing DESENVOLVIMENTO DE ESTRATEGIAS E PLANOS DE MARKETING

Conceitos e tarefas da administração de marketing DESENVOLVIMENTO DE ESTRATEGIAS E PLANOS DE MARKETING Sumário Parte um Conceitos e tarefas da administração de marketing CAPITULO I MARKETING PARA 0 SÉCULO XXI A importância do marketing O escopo do marketing 0 que é marketing? Troca e transações A que se

Leia mais

Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina

Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Programação para Internet Rica 1 Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Objetivo: Identificar os princípios que se destacam como características da Web 2.0. INTRODUÇÃO

Leia mais

Inbound Marketing para seus negócios

Inbound Marketing para seus negócios Inbound Marketing para seus negócios ÍNDICE Introdução 3 Conceitos de Inbound Marketing 4 Inbound Marketing X Marketing Tradicional 5 O que é Inbound Marketing? 6 Benefícios do Inbound Marketing 7 ROI

Leia mais

VirtualStore A PLATAFORMA. Uma plataforma entregue no modelo SaaS, VirtualStore é a solução da Diretorioweb para o mercado de e-commerce.

VirtualStore A PLATAFORMA. Uma plataforma entregue no modelo SaaS, VirtualStore é a solução da Diretorioweb para o mercado de e-commerce. A PLATAFORMA Uma plataforma entregue no modelo SaaS, é a solução da Diretorioweb para o mercado de e-commerce. Um sistema robusto, com centenas de recursos e preparado para atender a necessidade de qualquer

Leia mais

T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM http://www.t2ti.com Projeto T2Ti ERP 2.0. Bloco Comercial. CRM e AFV

T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM http://www.t2ti.com Projeto T2Ti ERP 2.0. Bloco Comercial. CRM e AFV Bloco Comercial CRM e AFV Objetivo O objetivo deste artigo é dar uma visão geral sobre os Módulos CRM e AFV, que fazem parte do Bloco Comercial. Todas informações aqui disponibilizadas foram retiradas

Leia mais

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. www.docpix.net

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. www.docpix.net APRESENTAÇÃO COMERCIAL www.docpix.net QUEM SOMOS Somos uma agência digital full service, especializada em desenvolvimento web, de softwares e marketing online. A Docpix existe desde 2010 e foi criada com

Leia mais

MBA Executivo em Marketing Digital

MBA Executivo em Marketing Digital ISCTE BUSINESS SCHOOL INDEG_GRADUATE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA Executivo em Marketing Digital www.strong.com.br/alphaville - www.strong.com.br/osasco - PABX: (11) 3711-1000 MBA

Leia mais

MARKETING NAS REDES SOCIAIS. Carlos Henrique Cangussu (Discente do 2º ano do curso de Administração das Faculdades Integradas de Três Lagoas AEMS)

MARKETING NAS REDES SOCIAIS. Carlos Henrique Cangussu (Discente do 2º ano do curso de Administração das Faculdades Integradas de Três Lagoas AEMS) 1 MARKETING NAS REDES SOCIAIS Angela de Souza Brasil (Docente Esp. Faculdades Integradas de Três Carlos Henrique Cangussu Daniel Barbosa Maia Elisandra Inês Peirot Schneider Marcelo Da Silva Sivestre Tiago

Leia mais

MARKETING NA INTERNET

MARKETING NA INTERNET MARKETING NA INTERNET HUGO HOCH CONSULTOR DE MARKETING ER. BAURU SEBRAE-SP hugoh@sebraesp.com.br Marketing na Internet O que é? o Marketing na Internet, também referido como: i-marketing, web marketing,

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ANTÔNIO TAVARES PEREIRA ROMILSON BARSANULFO DA SILVA

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ANTÔNIO TAVARES PEREIRA ROMILSON BARSANULFO DA SILVA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ANTÔNIO TAVARES PEREIRA ROMILSON BARSANULFO DA SILVA A IMPORTÂNCIA DAS REDES SOCIAIS PARA A COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL

Leia mais

Importância da Comunicação Digital para o mercado corporativo

Importância da Comunicação Digital para o mercado corporativo Importância da Comunicação Digital para o mercado corporativo Cláudio Coelho Café da Manhã 22.05.2012 Agenda Evolução da Comunicação Serviços de Comunicação Digital Importância do Planejamento Estratégico

Leia mais

Unidade IV. Marketing. Profª. Daniela Menezes

Unidade IV. Marketing. Profª. Daniela Menezes Unidade IV Marketing Profª. Daniela Menezes Comunicação (Promoção) Mais do que ter uma ideia e desenvolver um produto com qualidade superior é preciso comunicar a seus clientes que o produto e/ ou serviço

Leia mais

Unidade III PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE. Prof. Luís Rodolfo

Unidade III PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE. Prof. Luís Rodolfo Unidade III PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Luís Rodolfo Vantagens e desvantagens de uma rede para a organização Maior agilidade com o uso intenso de redes de computadores; Grandes interações

Leia mais

Vamos, juntos. Equipe de Atendimento.

Vamos, juntos. Equipe de Atendimento. Vamos, juntos Somos agência de publicidade e consultoria em marketing digital com a missão de atender as necessidades de comunicação da sua empresa, com serviços que abrangem desde campanhas integradas

Leia mais

CURSO DE ESPECIALISTA EM GOOGLE MARKETING

CURSO DE ESPECIALISTA EM GOOGLE MARKETING ECOMMERCE SCHOOL Fundada em junho de 2007, com o objetivo de ser um centro voltado para o desenvolvimento de profissionais de Internet, reunindo parcerias com escolas de excelência e importantes centros

Leia mais

CONTEÚDOS. Blog REDES SOCIAIS VIDEOS ONLINE PARTILHA DE FOTOGRAFIAS PARTILHA DE APRESENTAÇÕES

CONTEÚDOS. Blog REDES SOCIAIS VIDEOS ONLINE PARTILHA DE FOTOGRAFIAS PARTILHA DE APRESENTAÇÕES CONTEÚDOS ANTES DE INICIAR A SUA AVENTURA NAS REDES, TENHA EM CONTA AS SEGUINTES DICAS: Atribua a administração de cada canal e/ou estratégia a alguém que faça parte da sua empresa; Dê formação à sua equipa

Leia mais

Gerentes de Ecommerce

Gerentes de Ecommerce ECOMMERCE SCHOOL Fundada em junho de 2007, com o objetivo de ser um centro voltado para o desenvolvimento de profissionais de Internet, reunindo parcerias com escolas de excelência e importantes centros

Leia mais

Sistemas web e comércio eletrônico. Aula 02 Arquiteturas de comércio eletrônico

Sistemas web e comércio eletrônico. Aula 02 Arquiteturas de comércio eletrônico Sistemas web e comércio eletrônico Aula 02 Arquiteturas de comércio eletrônico Tópicos abordados Arquitetura do e-commerce Aspectos importantes do e-commerce Modelos de negócios Identificação do modelo

Leia mais

ESTRATÉGIA DIGITAL. Prof. Luli Radfahrer

ESTRATÉGIA DIGITAL. Prof. Luli Radfahrer ESTRATÉGIA DIGITAL Prof. Luli Radfahrer - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo o conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros e é protegido pela legislação

Leia mais

Tabela de Preços Sugeridos

Tabela de Preços Sugeridos WEBSITE Estrutura básica Área institucional Área estática: quem somos, o que fazemos, onde estamos etc. Área de contato E-mail, telefone, formulário etc. Área core Gerenciador de conteúdo para cadastro

Leia mais

APOSTILA CURSO MARKETING DIGITAL

APOSTILA CURSO MARKETING DIGITAL APOSTILA CURSO MARKETING DIGITAL Marketing digital Marketing digital são ações de comunicação que as empresas podem se utilizar por meio da Internet e da telefonia celular e outros meios digitais para

Leia mais

5 Coisas que você deve saber sobre a ExactTarget Marketing Cloud

5 Coisas que você deve saber sobre a ExactTarget Marketing Cloud 5 Coisas que você deve saber sobre a ExactTarget Marketing Cloud Aprimore a jornada de seus clientes com a plataforma de marketing digital 1:1 líder de mercado 5 Coisas que você deve saber sobre a ExactTarget

Leia mais

Aula 7 Aplicações e questões do Comércio Eletrônico.

Aula 7 Aplicações e questões do Comércio Eletrônico. Aula 7 Aplicações e questões do Comércio Eletrônico. TENDÊNCIAS NO COMÉRCIO ELETRÔNICO Atualmente, muitos negócios são realizados de forma eletrônica não sendo necessário sair de casa para fazer compras

Leia mais

Capítulo 2 Web 2.0 22

Capítulo 2 Web 2.0 22 2 Web 2.0 Uma vez que o presente trabalho está intensamente relacionado à Web 2.0 (muitas tecnologias da mesma são utilizadas pela equipe estudada, que precisam de melhorias), torna-se necessário entender

Leia mais

Startup de e-business terceirização de processos de negócios consolidação estratégias resultados prática, eficiente e segura produto impecável

Startup de e-business terceirização de processos de negócios consolidação estratégias resultados prática, eficiente e segura produto impecável Manual de Bordo e-dealers é uma Startup de e-business, a qual atua através da terceirização de processos de negócios (Business Process Outsorcing), que visem a consolidação de marcas em ambientes digitais,

Leia mais

COMÉRCIO ELETRÔNICO UM BREVE HISTÓRICO

COMÉRCIO ELETRÔNICO UM BREVE HISTÓRICO UM BREVE HISTÓRICO COMÉRCIO ELETRÔNICO O comércio sempre existiu desde que surgiram as sociedades. Ele é dito como o processo de comprar, vender e trocar produtos e serviços. Inicialmente praticado pelos

Leia mais

QUER FAZER O SEU NEGÓCIO CRESCER?

QUER FAZER O SEU NEGÓCIO CRESCER? QUER FAZER O SEU NEGÓCIO CRESCER? GARANTIR A PRESENÇA DA SUA EMPRESA NOS MEIOS ONLINE? TER UM SITE TOTALMENTE OTIMIZADO? IMPULSIONAR O AUMENTO DAS SUAS VENDAS? CONHEÇA A CERTIFICAÇÃO EM MARKETING DIGITAL

Leia mais

Especialização em Marketing Digital - NOVO

Especialização em Marketing Digital - NOVO Especialização em Marketing Digital - NOVO Apresentação Previsão de Início Agosto/2013 Inscrições em Breve - Turma 01 - Campus Stiep O ambiente de negócios tem sido modificado pelas Novas Tecnologias da

Leia mais

é uma Agência de Internet Marketing e Comunicação Multidisciplinar. Há mais de dez anos no mercado, trabalhamos com foco no planejamento, execução e

é uma Agência de Internet Marketing e Comunicação Multidisciplinar. Há mais de dez anos no mercado, trabalhamos com foco no planejamento, execução e é uma Agência de Internet Marketing e Comunicação Multidisciplinar. Há mais de dez anos no mercado, trabalhamos com foco no planejamento, execução e avaliação de estratégias de marketing e comunicação

Leia mais

O QUE É AUTOMAÇÃO DE MARKETING?

O QUE É AUTOMAÇÃO DE MARKETING? O QUE É AUTOMAÇÃO DE MARKETING? AUTOMAÇÃO DE MARKETING AJUDA A Fechar mais negócios Atrair mais potenciais clientes Entregue mais clientes já qualificados para a equipe de vendas e feche mais negócios

Leia mais

Estratégias em Tecnologia da Informação. Posição e Vantagem Competitiva Aplicações integradas Aplicações Web

Estratégias em Tecnologia da Informação. Posição e Vantagem Competitiva Aplicações integradas Aplicações Web Estratégias em Tecnologia da Informação Capítulo 09 Posição e Vantagem Competitiva Aplicações integradas Aplicações Web Material de apoio 2 Esclarecimentos Esse material é de apoio para as aulas da disciplina

Leia mais

Sobre o Instituto Desenvolve T.I

Sobre o Instituto Desenvolve T.I Sobre o Instituto Desenvolve T.I A empresa Desenvolve T.I foi fundada em 2008, em Maringá, inicialmente focando a sua atuação em prestação de serviços relacionados à Tecnologia da Informação e atendendo

Leia mais

Boas-vindas ao Comércio Eletrônico. André Lucena Diretor de Negócios e Operaçoes Jan.2014

Boas-vindas ao Comércio Eletrônico. André Lucena Diretor de Negócios e Operaçoes Jan.2014 Boas-vindas ao Comércio Eletrônico André Lucena Diretor de Negócios e Operaçoes Jan.2014 SOBRE A TRAY Sobre a Tray + 10 anos de atuação em e-commerce + 4.500 lojas virtuais + 3MM pedidos processados em

Leia mais

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital 11 1 Introdução Com o advento da nova era da internet, conhecida com web 2.0, e o avanço das tecnologias digitais, o consumidor passa a ter maior acesso à informação bem como à facilidade de expressar

Leia mais

Curso Gerente de e-commerce e Marketing Digital. Rua Helena, 170, Cj. 64 Vila Olímpia CEP 04552-050 São Paulo/SP Tel: (11) 3031-1131

Curso Gerente de e-commerce e Marketing Digital. Rua Helena, 170, Cj. 64 Vila Olímpia CEP 04552-050 São Paulo/SP Tel: (11) 3031-1131 Curso Gerente de e-commerce e Marketing Digital Quem Somos A Internet Innovation é a primeira empresa a oferecer uma grade completa de cursos especializados em Comércio Eletrônico e Marketing Digital.

Leia mais

O CRM e a TI como diferencial competitivo

O CRM e a TI como diferencial competitivo O CRM e a TI como diferencial competitivo Nelson Malta Callegari (UTFPR) nelson.estudo@gmail.com Profº Dr. João Luiz Kovaleski (UTFPR) kovaleski@pg.cefetpr.br Profº Dr. Luciano Scandelari (UTFPR) luciano@cefetpr.br

Leia mais

10/7/2011 PLANEJAMENTO DE MARKETING

10/7/2011 PLANEJAMENTO DE MARKETING 1 PLANEJAMENTO DE MARKETING 2 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1.Importância do Planejamento de Marketing 2. Considerações Organizacionais no Planejamento de Marketing 3.Planejamento de Database Marketing 4.Análise

Leia mais

Curso Gestão em Marketing Digital. Rua Helena, 170, Cj. 64 Vila Olímpia CEP 04552-050 São Paulo/SP Tel: (11) 3031-1131

Curso Gestão em Marketing Digital. Rua Helena, 170, Cj. 64 Vila Olímpia CEP 04552-050 São Paulo/SP Tel: (11) 3031-1131 Curso Gestão em Marketing Digital 04552050 30311131 Sobre a Escola Somos a primeira escola especializada em cursos para Comércio Eletrônico e Marketing Digital. Estamos há mais de seis anos no mercado

Leia mais

Frequências: São Paulo 102,1 MHz; Litoral Paulista MHz 90,1; Endereço: Av. Paulista, 2.200 15º andar CEP 01310-300 São Paulo SP

Frequências: São Paulo 102,1 MHz; Litoral Paulista MHz 90,1; Endereço: Av. Paulista, 2.200 15º andar CEP 01310-300 São Paulo SP Empresa Nome fantasia: Rádio Kiss FM Razão Social: Kiss Telecomunicações LTDA. Frequências: São Paulo 102,1 MHz; Litoral Paulista MHz 90,1; Campinas 107,9 MHz; Brasília 94,1 MHz CNPJ: 59.477.240/0001-24.

Leia mais

Comparativo entre os meios de comunicação para atingir 50 milhões de usuários

Comparativo entre os meios de comunicação para atingir 50 milhões de usuários Comparativo entre os meios de comunicação para atingir 50 milhões de usuários Fonte: TAKAHASHI, 2000; VEJA ONLINE, 2006 Definições de comércio eletrônico/e-business E - BUSINESS, acrônimo do termo em

Leia mais

Elementos essenciais para criar a Jornada do Cliente. para qualquer nível de profissional de marketing

Elementos essenciais para criar a Jornada do Cliente. para qualquer nível de profissional de marketing 3 Elementos essenciais para criar a Jornada do Cliente para qualquer nível de profissional de marketing Elementos essenciais para criar a Jornada do Cliente para qualquer nível de profissional de marketing

Leia mais

Sistemas de Canais Sistemas de Informação

Sistemas de Canais Sistemas de Informação É necessário o entendimento de como os produtos chegam aos clientes, o que ocorre por meio de uma série de entidades de Marketing conhecidas como canais. Os Sistemas de Canais são todos os sistemas envolvidos

Leia mais

Curso de GESTÃO DE MARKETING DIGITAL DE ALTA PERFORMANCE

Curso de GESTÃO DE MARKETING DIGITAL DE ALTA PERFORMANCE ECOMMERCE SCHOOL Fundada em junho de 2007, com o objetivo de ser um centro voltado para o desenvolvimento de profissionais de Internet, reunindo parcerias com escolas de excelência e importantes centros

Leia mais

INSPER INSTITUTO DE ENSINO E PESQUISA Certificate in Marketing Management CMM. Ligia Caranicola Cano

INSPER INSTITUTO DE ENSINO E PESQUISA Certificate in Marketing Management CMM. Ligia Caranicola Cano INSPER INSTITUTO DE ENSINO E PESQUISA Certificate in Marketing Management CMM Ligia Caranicola Cano Google AdWords, a plataforma de publicidade online do Google São Paulo 2012 Ligia Caranicola Cano Google

Leia mais

Uma nova Virtual Target

Uma nova Virtual Target A Virtual Target é uma ferramenta muito imediata. Ao dispararmos as campanhas, já começamos a receber os resultados de interação e identificar a conversão. A marca, para nós, é sinônimo de comprometimento.

Leia mais

INTERNET NA MEDIDA. Carga Horária A palestra tem uma carga horária de 2 horas.

INTERNET NA MEDIDA. Carga Horária A palestra tem uma carga horária de 2 horas. INTERNET NA MEDIDA O SEBRAE acredita na força da internet e por isso desenvolveu um conjunto de produtos para os empresários de microempresas ampliarem sua rede de contatos, estruturarem o relacionamento

Leia mais

Uma solução completa para sua estrátegia de SOCIAL MEDIA HELLO WORLD!

Uma solução completa para sua estrátegia de SOCIAL MEDIA HELLO WORLD! Uma solução completa para sua estrátegia de SOCIAL MEDIA HELLO WORLD! SocialSuite Rua Claudio Soares, 72-16 andar +55 11 3032 1982 São Paulo - SP Brasil Introdução Esse material foi desenvolvido pela equipe

Leia mais

A DOCPIX É UMA AGÊNCIA ESPECIALIZADA EM DESENVOLVIMENTO WEB & MARKETING DIGITAL E SOFTWARES, DESDE 2012.

A DOCPIX É UMA AGÊNCIA ESPECIALIZADA EM DESENVOLVIMENTO WEB & MARKETING DIGITAL E SOFTWARES, DESDE 2012. quem SOMOS A DOCPIX É UMA AGÊNCIA ESPECIALIZADA EM DESENVOLVIMENTO WEB & MARKETING DIGITAL E SOFTWARES, DESDE 2012. Nossa agência surgiu com o conceito de atender as micro, pequenas e médias empresas de

Leia mais

DIFERENCIAIS SERVIÇOS. 1. Desenvolvimento De Sites Personalizados

DIFERENCIAIS SERVIÇOS. 1. Desenvolvimento De Sites Personalizados DIFERENCIAIS Acredito que o desenvolvimento de soluções para Internet não é um trabalho qualquer, deve-se ter certa experiência e conhecimento na área para projetar sistemas que diferenciem você de seu

Leia mais

10. Defina Sistemas Distribuídos: Um conjunto de computadores independentes que se apresenta a seus usuários como um sistema único e coerente

10. Defina Sistemas Distribuídos: Um conjunto de computadores independentes que se apresenta a seus usuários como um sistema único e coerente 1. Quais os componentes de um sistema cliente-servidor? Clientes e servidores 2. Na visão do hardware, defina o que é cliente e o que é servidor: Clientes. Qualquer computador conectado ao sistema via

Leia mais

Tópicos de Ambiente Web Internet: negócios eletrônicos, novas tendencias e tecnologias

Tópicos de Ambiente Web Internet: negócios eletrônicos, novas tendencias e tecnologias Tópicos de Ambiente Web Internet: negócios eletrônicos, novas tendencias e tecnologias Professora: Sheila Cáceres Uma mensagem enviada em internet é dividida em pacotes de tamanho uniforme. Cada pacote

Leia mais

Sistemas. ções Gerenciais

Sistemas. ções Gerenciais Sistemas Como elaborar seu currículo? de Informaçõ 04/2006 ções Gerenciais Um currículo bem feito não garante sua contratação mas um currículo mal elaborado elimina-o do processo seletivo. Novas Tecnologias...

Leia mais

SEO E SEM. 1. Apresentação

SEO E SEM. 1. Apresentação 1. Apresentação A Construtiva Internet Software, com o objetivo de oferecer soluções completas e integradas em ambientes digitais apresenta 3 novos serviços para posicionamento online e monitoramento das

Leia mais

MARKETING DIGITAL E E-BUSINESS AULA III ESTRATÉGIAS DO MARKETING DIGITAL PROF. M. SC. JOSUÉ VITOR MBA EM MARKETING ESTRATÉGICO

MARKETING DIGITAL E E-BUSINESS AULA III ESTRATÉGIAS DO MARKETING DIGITAL PROF. M. SC. JOSUÉ VITOR MBA EM MARKETING ESTRATÉGICO MBA EM MARKETING ESTRATÉGICO MARKETING DIGITAL E E-BUSINESS AULA III ESTRATÉGIAS DO MARKETING DIGITAL PROF. M. SC. JOSUÉ VITOR josuevitor16@gmail.com @josuevitor Marketing Digital Como usar a internet

Leia mais

Sobre 4YouSee. Já imaginou seu conteúdo digital publicado em 1 minuto? Digital Signage, uma tendência. Versatilidade

Sobre 4YouSee. Já imaginou seu conteúdo digital publicado em 1 minuto? Digital Signage, uma tendência. Versatilidade Sobre 4YouSee Conhecendo os recursos de mídia, bem como as necessidades do mercado publicitário, a F6 Sistemas desenvolveu 4YouSee, um software capaz de reunir rentabilidade, eficiência e rapidez no gerenciamento

Leia mais

CRM (CUSTOMER RELATIONSHIP MANAGEMENT) E A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI)

CRM (CUSTOMER RELATIONSHIP MANAGEMENT) E A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI) CRM (CUSTOMER RELATIONSHIP MANAGEMENT) E A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI) Nelson Malta Callegari (UTFPR) nelson.estudo@gmail.com Profº Dr. João Luiz Kovaleski (UTFPR) kovaleski@pg.cefetpr,br Profº Dr. Luciano

Leia mais

MBA EM MARKETING DIGITAL

MBA EM MARKETING DIGITAL PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA EM MARKETING DIGITAL SIGA ZMBAMD*11/00 Av. Conselheiro Nébias, 159 Bairro Paquetá Santos SP - CEP 11015-001 - Fone: (13) 3228 6000 Rua Almirante Protógenes,

Leia mais

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Introdução às Mídias Sociais O que fazer com as mídias sociais Tipos de ações As principais mídias sociais Dicas e considerações finais Autor Felipe Orsoli 1 SUMÁRIO 1

Leia mais

O papel das plataformas digitais na construção do posicionamento das marcas. Eduardo Godoy - diretor de planejamento

O papel das plataformas digitais na construção do posicionamento das marcas. Eduardo Godoy - diretor de planejamento O papel das plataformas digitais na construção do posicionamento das marcas Eduardo Godoy - diretor de planejamento Foco em pequenas e médias empresas Núcleos de atuação com marketing digital O que vamos

Leia mais

O que é comércio eletrônico?

O que é comércio eletrônico? COMÉRCIO ELETRÔNICO O que é comércio eletrônico? O comércio eletrônico ou e-commerce é a compra e venda de mercadorias ou serviços por meio da Internet, onde as chamadas Lojas Virtuais oferecem seus produtos

Leia mais

Mídias sociais como apoio aos negócios B2C

Mídias sociais como apoio aos negócios B2C Mídias sociais como apoio aos negócios B2C A tecnologia e a informação caminham paralelas à globalização. No mercado atual é simples interagir, aproximar pessoas, expandir e aperfeiçoar os negócios dentro

Leia mais

Guia básico do MARKETING DIGITAL Como atrair e reter clientes na era digital

Guia básico do MARKETING DIGITAL Como atrair e reter clientes na era digital Guia básico do MARKETING DIGITAL Como atrair e reter clientes na era digital digital? Por que sua marca deve investir em marketing + 100 milhões 90 % de internautas no Brasil dos consumidores, ouvem sugestões

Leia mais

Comércio e Marketing Eletrônico UMC E-Commerce, M-Commerce e Marketing DigitaI - Uni Sant Anna. Elaborado por: Prof. Daniel Chu

Comércio e Marketing Eletrônico UMC E-Commerce, M-Commerce e Marketing DigitaI - Uni Sant Anna. Elaborado por: Prof. Daniel Chu Comércio e Marketing Eletrônico UMC E-Commerce, M-Commerce e Marketing DigitaI - Uni Sant Anna Elaborado por: Prof. Daniel Chu Bibliografia Recomendada para a Aula 2 Torres, Claudio - A Bíblia do Marketing

Leia mais

Tentar entender como usar melhor os diferentes canais.

Tentar entender como usar melhor os diferentes canais. The New Conversation: Taking Social Media from Talk to Action A Nova Conversação: Levando a Mídia Social da Conversa para a Ação By: Harvard Business Review A sabedoria convencional do marketing por muito

Leia mais

ÍNDICE 03 INTRODUÇÃO AO MARKETING DIGITAL SOBRE OS AUTORES 04 ENTENDENDO O PAPEL DE CADA FERRAMENTA 05

ÍNDICE 03 INTRODUÇÃO AO MARKETING DIGITAL SOBRE OS AUTORES 04 ENTENDENDO O PAPEL DE CADA FERRAMENTA 05 ÍNDICE 03 SOBRE OS AUTORES 04 ENTENDENDO O PAPEL DE CADA FERRAMENTA 05 CAPÍTULO I - SITE 06,07,08 CAPÍTULO II - BLOG 09,10,11 CAPÍTULO III - SEM & SEO 12,13 CAPÍTULO IV - LANDING PAGES 14,15 CAPÍTULO V

Leia mais

O QUE FAZEMOS MISSÃO VISÃO QUEM SOMOS

O QUE FAZEMOS MISSÃO VISÃO QUEM SOMOS O QUE FAZEMOS Provemos consultoria nas áreas de comunicação online, especializados em sites focados na gestão de conteúdo, sincronização de documentos, planilhas e contatos online, sempre integrados com

Leia mais

Pesquisa: Estratégias para o varejo brasileiro Reflexões sobre os anseios do consumidor

Pesquisa: Estratégias para o varejo brasileiro Reflexões sobre os anseios do consumidor Pesquisa: Estratégias para o varejo brasileiro Reflexões sobre os anseios do consumidor A pesquisa revela que o consumidor brasileiro está cada vez mais exigente. Com isso, o varejista precisa estar atento

Leia mais

Google AdWords Fundamentals

Google AdWords Fundamentals Google AdWords Fundamentals Introdução O Google AdWords é a principal ferramenta publicitária do Google a qual integra os principais mídias publicitárias disponíveis na Internet, atualmente é usada por

Leia mais

Competindo com Tecnologia da Informação. Objetivos do Capítulo

Competindo com Tecnologia da Informação. Objetivos do Capítulo Objetivos do Capítulo Identificar as diversas estratégias competitivas básicas e explicar como elas podem utilizar a tecnologia da informação para fazer frente às forças competitivas que as empresas enfrentam.

Leia mais

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões MÍDIA KIT INTERNET Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões Segundo pesquisa da Nielsen IBOPE, até o 1º trimestre/2014 número 18% maior que o mesmo período de 2013. É a demonstração

Leia mais

Autoatendimento Digital. Reduz custos e aprimora as relações com o cliente, criando experiências de autoatendimento personalizadas e significativas.

Autoatendimento Digital. Reduz custos e aprimora as relações com o cliente, criando experiências de autoatendimento personalizadas e significativas. Autoatendimento Digital Reduz custos e aprimora as relações com o cliente, criando experiências de autoatendimento personalizadas e significativas. Oferece aos clientes as repostas que buscam, e a você,

Leia mais

Configurações de Campanha

Configurações de Campanha Guia rápido sobre... Configurações de Campanha Neste guia... Aprenda a criar campanhas e a ajustar as configurações para otimizar os resultados. Índice 1. Criar Nova Campanha! 4 1.1 Dar um nome à campanha!

Leia mais

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Roberto Marcello SI Sistemas de gestão A Gestão dos Sistemas Integrados é uma forma organizada e sistemática de buscar a melhoria de resultados.

Leia mais

ALGUNS DADOS DA INTERNET NO BRASIL. (11) 3522-5338 - www.cvsweb.com.br comercial@cvsweb.com.br

ALGUNS DADOS DA INTERNET NO BRASIL. (11) 3522-5338 - www.cvsweb.com.br comercial@cvsweb.com.br ALGUNS DADOS DA INTERNET NO BRASIL 2 + 67.500.000 + 67,5 MILHÕES DE INTERNAUTAS NO BRASIL FONTE: IBOPE/NIELSEN 58.290.000 58,2 MILHOES DE INTERNAUTAS NO BRASIL ACESSAM A INTERNET SEMANALMENTE -87% FONTE:

Leia mais