COMO ORGANIZAR UM SEMINÁRIO DE VIDA NO ESPÍRITO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COMO ORGANIZAR UM SEMINÁRIO DE VIDA NO ESPÍRITO"

Transcrição

1 COMO ORGANIZAR UM SEMINÁRIO DE VIDA NO ESPÍRITO Espero de vocês que partilhem com todos, na igreja, a graça do Batismo no Espírito Santo ( Papa Francisco ) Por Mauro Nicioli Ministério de Pregação RCC Minas

2 O QUE É UM SEMINÁRIO DE VIDA NO ESPÍRITO?: O Seminário de Vida no Espírito tem, primordialmente, um caráter evangelizador. Ele se destina a anunciar a mensagem básica do Evangelho e a proclamá-la de maneira nova de forma que todos aqueles que a ouçam possam comprometer-se de modo renovado com o Senhor, abrindo-se assim, a uma experiência mais completa com a obra do Espírito Santo. O Seminário de Vida no Espírito, deve ser querigmático, com noves semanas, para a maioria dos iniciantes no movimento, em dias e/ou hora diferente do Grupo de Oração.

3 QUERIGMÁTICO CATEQUETICO Como organizar um Seminário de Vida GRUPO DE ORAÇÃO PERSEVERANÇA Experiência de Oração Seminário de Vida Aprofundamento de Dons Modulo Básico Perseverança I Perseverança II

4 Para organizar a programação do Seminário de Vida no Espírito, é importante estruturar equipes de serviços, que sustentados com oração e escuta profética, possam se preparar para desenvolver os temas que são proposto, assim como toda a metodologia e vivência. SEMINÁRIO DE VIDA I Equipe de Serviço II Metodologia III Vivência

5 EQUIPE DE SERVIÇO: 1. Coordenador geral 2. Equipe de espiritualidade ( condução e pastoreio ) 3. Equipe de estrutura ( organização da estrutura do seminário ) Coordenador Geral: Não precisa ser necessariamente o coordenador do Grupo de Oração, pode ser designar um(a) outro(a) servo(a) para a coordenação do seminário, ele(a) deve ter bom conhecimento do Seminário de Vida, deve saber coordenar e pastorear as ovelhas que lhe foram confiadas.

6 FUNÇÕES DO COORDENADOR GERAL: Reunir os servos das equipes para oração; Designar funções; Tomar decisões precisas; Estar presente em todos os dias do Seminário de Vida; Informar-se de tudo que acontece durante no Seminário de Vida; Zelar pelo bom andamento do Seminário de Vida.

7 EQUIPE DE SERVIÇO: I. PASTOREIO: São os(as) servos(as) que vão cuidar do acompanhamento espiritual e formativo dos participantes do Seminário de Vida. Função dos(as) servos(as) do Pastoreio: I. Cuidar e pastorear os participante que lhe forem confiado; II. Estimulá-los a pratica da oração e leitura da Palavra de Deus; III.Cuidar para a partilha não se desvie para outros assuntos; IV.Conduzir a Jesus e não a si mesmo; V. Tirar as dúvidas ( quando necessário ); VI.Cuidar da frequência e participação dos mesmos; VII.Interceder constantemente por eles.

8 OS(AS) RESPONSÁVEIS PELO PASTOREIO DEVE: Dar testemunho de vida; Ser hospitaleiro; Apresentar seriedade e responsabilidade; Acolher a todos, ter paciência com os difíceis; Usar a correção fraterna ( quando necessário ); Guardar sigilo sobre as partilhas.

9 II. PREGADORES: Serão os(as) servos(as) do ministério de pregação que ficarão responsáveis pelos temas pregado no seminário de vida, esses serão escolhidos pelo coordenador do seminário juntamente com sua equipe, pode-se chamar os(as) pegadores do grupo, e na falta, convidar outros(as) pregadores(as). Devem ter todo o cronograma Conhecer todos os temas que serão pregados Estar atentos ao tempo de pregação Não sair do tema proposto Pregar querigmaticamente

10 III. ORAÇÃO: As orações poderão ser ministradas pelos próprios pregadores após a aplicação do tema, caso ele não o faça, deverá ficar por conta da equipe de oração. A equipe de oração deve ficar atenta as solicitações do pregador durante a oração quando for necessário. IMPORTANTE: O tema CURA INTERIOR deve ser ministrado por um servo do ministério de Cura e libertação. Obs: Caso haver necessidade de atendimento individual para algum dos participantes, este poderá ser agendado em um outro dia que não seja o dia da realização do seminário.

11 IV. MÚSICA: O ministério que música para o seminário deverá ser do próprio grupo de oração, havendo escala se for necessário, dependendo da realidade pode ser apenas voz e violão, e é de responsabilidade do ministério de música: Providenciar folhetos e músicas para os dias do seminário; Resolver os assuntos ligados ao som; Chegar sempre com antecedência para organizar o espaço do ministério; Permanecer no local durante todo o tempo que está acontecendo o seminário; Levar as pessoas a terem uma experiência com o Senhor através dos louvores.

12 V. COMUNICAÇÃO: Organizar a equipe de comunicação para ficar responsável por toda parte de divulgação e comunicação do seminário de vida, que se encarregara de: Divulgar o seminário dentro do grupo de oração (ou fora dele, se necessário); Fazer a arte, vídeos ou chamadas para as Redes Sociais; Organizar as tarefas que serão entregues nos grupos; Encarregar-se dos recados que serão dados no dia da realização do seminário.

13 METODOLOGIA: Todas as pregações serão realizada de maneira querigmática e as orações seguem a mesma direção. Em todos os dias do seminário serão realizados grupo de partilha. O período de duração de cada dia irá respeitar os momentos de recepção, animação, oração, pregação, grupo de partilha e avaliação. ATENÇÃO: Após cada dia de seminário serão distribuídas folhas com as meditações diárias para a semana. Estas tem como objetivo auxiliar o participante na oração pessoal, no uso da Palavra de Deus e na assimilação do tema.

14 Animação e Oração Inicial Pregação Oração após pregação Partilha Avisos e oração final 30 minutos 40 minutos 20 minutos 30 minutos 10 minutos

15 TEMAS: 1. Semeador 2. Amor de Deus 3. Pecado 4. Salvação 5. Senhorio de Jesus 6. Fé e Conversão 7. Amor aos irmãos e Cura Interior 8. Batismo no Espírito Santo 9. Vida Comunitária ( Grupo de Oração )

16

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DA EVANGELIZAÇÃO

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DA EVANGELIZAÇÃO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DA EVANGELIZAÇÃO 1. NOSSA VISÃO Tornar o Espírito Santo mais conhecido, amado e adorado 1, difundindo a espiritualidade e a Cultura de Pentecostes a partir do Grupo de Oração.

Leia mais

25 respostas para suas principais dúvidas sobre o projeto Seg, 02 de Abril de :42

25 respostas para suas principais dúvidas sobre o projeto Seg, 02 de Abril de :42 As Semanas Missionárias são um projeto amplo que promete movimentar todas as instâncias da RCC no Brasil. Nesse processo é comum que surjam muitas dúvidas a respeito de como vai funcionar o projeto. Para

Leia mais

Direcionamentos para 2017

Direcionamentos para 2017 Direcionamentos para 2017 A Festa jubilar com certeza vai nos levar a atualização de muitas graças em nossa vida e também no que o Espirito Santo vem realizando na vida de muitas pessoas. Pensando sobre

Leia mais

PROJETO AQUI TEM JOVEM, AQUI TEM FOGO!! MJ Paraná

PROJETO AQUI TEM JOVEM, AQUI TEM FOGO!! MJ Paraná PROJETO AQUI TEM JOVEM, AQUI TEM FOGO!! MJ Paraná O MINISTÉRIO JOVEM TEM COMO FINALIDADE: A PARTIR DO GRUPO DE ORAÇÃO, EVANGELIZAR, FORMAR, ASSISTIR, ORIENTAR E MOTIVAR OS JOVENS, DENTRO DA IDENTIDADE

Leia mais

Planejamento do Processo Formativo da RCC Diocese de Santa Luzia de Mossoró

Planejamento do Processo Formativo da RCC Diocese de Santa Luzia de Mossoró Planejamento do Processo Formativo da RCC Diocese de Santa Luzia de Mossoró Ministério Diocesano de Formação NÚCLEO: Francielio Moura Vanderlei Silva Ailton Krenark Lindemberg Arruda Kerginaldo Félix COLABORADORES:

Leia mais

Processo de Formação na RCC Brasil

Processo de Formação na RCC Brasil Processo de Formação na RCC Brasil I Como entendemos a Formação na Vida do Movimento: A Formação está presente em todos os ministérios, de maneira sólida e abrangente. Por este motivo podemos dizer que

Leia mais

Ambos acontecerão no Centro de Eventos Ismael Sperafico, com programações específicas para cada Ministério.

Ambos acontecerão no Centro de Eventos Ismael Sperafico, com programações específicas para cada Ministério. Vivenciar os pilares daidentidade do Movimento, a unidade entre seus membros e o despertar para a missão. Estes são os três pilares fundamentais para um congresso da RCC, de acordo com o coordenador estadual

Leia mais

GRUPO DE ORAÇÃO. Formação Missionária Diocese de Osasco

GRUPO DE ORAÇÃO. Formação Missionária Diocese de Osasco GRUPO DE ORAÇÃO Formação Missionária Diocese de Osasco Conceito Comunidade carismática presente em um lugar (...) que cultiva a oração, a partilha e todos os outros aspectos da vivência do Evangelho, a

Leia mais

O MINISTÉRIO DE INTERCESSÃO NO GRUPO DE ORAÇÃO

O MINISTÉRIO DE INTERCESSÃO NO GRUPO DE ORAÇÃO O MINISTÉRIO DE INTERCESSÃO NO GRUPO DE ORAÇÃO I. Conceito O Ministério de Intercessão é uma das equipes de serviço do Grupo de Oração, sendo assim, todos os que dela fazem parte são participantes do mesmo

Leia mais

COMUNIDADE EVANGÉLICA ALIANÇA CRISTÃ Mensagem para Grupos Familiares TEMA: ANDANDO NO ESPÍRITO LÚDIO MARCONDES

COMUNIDADE EVANGÉLICA ALIANÇA CRISTÃ Mensagem para Grupos Familiares TEMA: ANDANDO NO ESPÍRITO LÚDIO MARCONDES COMUNIDADE EVANGÉLICA ALIANÇA CRISTÃ Mensagem para Grupos Familiares TEMA: ANDANDO NO ESPÍRITO LÚDIO MARCONDES VAMOS DISCUTIR O ASSUNTO? TEXTO BASE: Gálatas 5:22,23 INTRODUÇÃO: Quando decidimos seguir

Leia mais

- A principal tarefa da Igreja é a evangelização, ou seja, a pregação do Evangelho a judeus e a gentios.

- A principal tarefa da Igreja é a evangelização, ou seja, a pregação do Evangelho a judeus e a gentios. INTRODUÇÃO LIÇÃO 3 IGREJA, AGÊNCIA EVANGELIZADORA - A principal tarefa da Igreja é a evangelização, ou seja, a pregação do Evangelho a judeus e a gentios. - A igreja existe para dizer ao mundo que Jesus

Leia mais

SEMANA NACIONAL DA FAMÍLIA Paróquia Sagrado Coração de Jesus e Nossa Senhora das Mercês L2 615 SUL Tema: MISERICÓRDIA NA FAMÍLIA: DOM E MISSÃO

SEMANA NACIONAL DA FAMÍLIA Paróquia Sagrado Coração de Jesus e Nossa Senhora das Mercês L2 615 SUL Tema: MISERICÓRDIA NA FAMÍLIA: DOM E MISSÃO Tema Responsáveis Coordenadore s Pregação Domingo 14 de agosto (1) Criados por um Pai Misericordioso. SEMANA NACIONAL DA FAMÍLIA Paróquia Sagrado Coração de Jesus e Nossa Senhora das Mercês L2 615 SUL

Leia mais

Planificação Anual 10º ano da catequese

Planificação Anual 10º ano da catequese Finalidade: Descobrir-se Cristão : Participar na eucaristia Concretizar projecto comunitário (partilha fraterna) Planificação Anual 10º ano da 1º Creio em Conhecer Confrontar com valores de caridade, amor,

Leia mais

COMO INICIAR O MINISTÉRIO JOVEM?

COMO INICIAR O MINISTÉRIO JOVEM? RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA DIOCESE DE BRAGANÇA MINISTÉRIO JOVEM COMO INICIAR O MINISTÉRIO JOVEM? Uma pergunta sempre feita em alguns locais onde se tem o desejo de iniciar os trabalhos do Ministério

Leia mais

Doutrinas E Princípios A Compreender

Doutrinas E Princípios A Compreender Doutrinas E Princípios A Compreender Ao virem a Cristo e prepararem-se para tornar-se membros da Igreja, os pesquisadores precisam compreender os convênios relacionados às ordenanças salvadoras e estar

Leia mais

PLANO DE AÇÃO 2016 MINISTÉRIO DE FORMAÇÃO DA RCCBRASIL

PLANO DE AÇÃO 2016 MINISTÉRIO DE FORMAÇÃO DA RCCBRASIL PLANO DE AÇÃO MINISTÉRIO DE FORMAÇÃO DA RCCBRASIL 1) Apresentação e Motivação Formadores da RCC de todo o Brasil, já temos consciência da importância de fazer cumprir nosso Plano de Ação, Plano que está

Leia mais

PASTORAL DO MENOR DFEFINIÇÃO DE PASTORAL

PASTORAL DO MENOR DFEFINIÇÃO DE PASTORAL 15/8/2011 CONSELHO DE PASTORAL DIOCESE DE CARAGUATATUBA 16/06/2010 PASTORAL DO MENOR DFEFINIÇÃO DE PASTORAL A pastoral consiste em atualizar para o nosso tempo as atitudes de Jesus como bom pastor. A boa

Leia mais

CRONOGRAMA. Identidade Visão e Missão Valores Objetivos Metas e Ação Fechamento Diagnóstico Situacional...

CRONOGRAMA. Identidade Visão e Missão Valores Objetivos Metas e Ação Fechamento Diagnóstico Situacional... CRONOGRAMA Identidade Visão e Missão... 30 Valores... 20 Objetivos... 10 Metas e Ação... 45 Diagnóstico Situacional...10 Fechamento... 5 O QUE É PLANEJAR? Processo gerencial de formulação de objetivos

Leia mais

Roteiros Mensais para Grupos

Roteiros Mensais para Grupos Roteiros Mensais para Grupos JULHO 2017 INTENÇÃO DE ORAÇÃO DO PAPA Ajudar a aprofundar e rezar com a INTENÇÃO DE ORAÇÃO DO PAPA de cada mês, para mobilizar os grupos e a vida pessoal diante dos grandes

Leia mais

LIÇÃO 13 A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA

LIÇÃO 13 A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA INTRODUÇÃO - Concluindo o estudo deste trimestre sobre evangelização, estudaremos a necessária integralidade desta atividade mais importante, da razão de ser da igreja. - A evangelização tem de ser integral.

Leia mais

TEMA: O MANUAL DO MISSIONÁRIO. Formadora: Helena Gaia

TEMA: O MANUAL DO MISSIONÁRIO. Formadora: Helena Gaia TEMA: O MANUAL DO MISSIONÁRIO Formadora: Helena Gaia A VISITA MISSIONÁRIA O QUE É VISITAR? É sair de si e ir ao encontro do outro, reconhecendo que ele existe; É ser mensageiro de Deus, portadores da Boa

Leia mais

Confira a programação do ENF 2017 Sex, 06 de Janeiro de :35

Confira a programação do ENF 2017 Sex, 06 de Janeiro de :35 Foi divulgada na tarde dessa quinta-feira (05) aprogramação do Encontro Nacional de Formação para Coordenadores e Ministérios, o ENF de Ouro, que acontecerá de 25 a 29 de janeiro, no Centro de Eventos

Leia mais

PRIMEIRO DIA LADAINHA. MEDITAÇÃO Nosso Compromisso: Rede de Comunidades. Animador das primeiras comunidades, Caridoso com os mais empobrecidos,

PRIMEIRO DIA LADAINHA. MEDITAÇÃO Nosso Compromisso: Rede de Comunidades. Animador das primeiras comunidades, Caridoso com os mais empobrecidos, PRIMEIRO DIA LADAINHA São Judas Tadeu, Apóstolo de Cristo, Eleito por Jesus, Seguidor do Evangelho, Testemunha do Ressuscitado, Animador das primeiras comunidades, Fiel pregador do Evangelho, Zeloso ministro

Leia mais

Roteiros Mensais para Grupos

Roteiros Mensais para Grupos Roteiros Mensais para Grupos SETEMBRO 2017 INTENÇÃO DE ORAÇÃO DO PAPA Ajudar a aprofundar e rezar com a INTENÇÃO DE ORAÇÃO DO PAPA de cada mês, para mobilizar os grupos e a vida pessoal diante dos grandes

Leia mais

A equipe de intercessão é formada pelo discernimento do Núcleo do Grupo de Oração, assim como as demais equipes de apoio do Grupo.

A equipe de intercessão é formada pelo discernimento do Núcleo do Grupo de Oração, assim como as demais equipes de apoio do Grupo. O MINISTÉRIO DE INTERCESSÃO NO GRUPO DE ORAÇÃO I. Conceito O Ministério de Intercessão é uma das equipes de serviço do Grupo de Oração, sendo assim, todos os que dela fazem parte são participantes do mesmo

Leia mais

Você sabe o que é uma Parábola?

Você sabe o que é uma Parábola? Nos nossos quatro Evangelhos encontramos 44 Parábolas. Você sabe o que é uma Parábola? Saberia contar uma que Jesus narrou? Inteirinha? Vamos conversar um pouco... As Parábolas são narrativas breves, dotadas

Leia mais

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade Tanto o Documento de Aparecida (248) como a Exortação Apostólica Verbum Domini (73) se referem à uma nova linguagem e a um novo passo na questão bíblica:

Leia mais

Os bispos, como pastores e guias espirituais das comunidades a nós encomendadas, somos chamados a fazer da Igreja uma casa e escola de comunhão.

Os bispos, como pastores e guias espirituais das comunidades a nós encomendadas, somos chamados a fazer da Igreja uma casa e escola de comunhão. Os bispos, como pastores e guias espirituais das comunidades a nós encomendadas, somos chamados a fazer da Igreja uma casa e escola de comunhão. Como animadores da comunhão, temos a missão de acolher,

Leia mais

Ensino da Palavra voltado para a instrumentalidade na Obra. TRABALHO COM OS JOVENS 1ª fase - IMPLANTAÇÃO

Ensino da Palavra voltado para a instrumentalidade na Obra. TRABALHO COM OS JOVENS 1ª fase - IMPLANTAÇÃO TRABALHO COM OS JOVENS Ensino da Palavra voltado para a Instrumentalidade na Obra Direitos reservados a: Igreja Cristã Maranata - Presbitério Espírito Santense Ensino da Palavra voltado para a instrumentalidade

Leia mais

Vogal de Formação Cadernos de Serviços

Vogal de Formação Cadernos de Serviços Vogal de Formação Cadernos de Serviços Nome: Conselho Local / Regional / Nacional Centro Local: Para uma vivência cristã plena, o jovem necessita de se formar como tal, num ritmo de formação contínuo adaptado

Leia mais

IMPELIDOS PELO ESPÍRITO PARA A MISSÃO

IMPELIDOS PELO ESPÍRITO PARA A MISSÃO IMPELIDOS PELO ESPÍRITO PARA A MISSÃO IGREJA EM SAÍDA CULTURA DO ENCONTRO comunidade eclesial a V O C A Ç Ã O NASCE, CRESCE na IGREJA; é SUSTENTADA pela IGREJA. Todos os cristãos são constituídos missionários

Leia mais

FORMAÇÃO SUBSÍDIO MISSIONÁRIO. Oficina 5 Questões Práticas

FORMAÇÃO SUBSÍDIO MISSIONÁRIO. Oficina 5 Questões Práticas FORMAÇÃO SUBSÍDIO MISSIONÁRIO Oficina 5 Questões Práticas O Papa Francisco no Evangelho da Alegria diz: Hoje todos somos chamados a esta nova «saída» missionária. (EG n. 20) Fiel ao modelo do mestre, é

Leia mais

CONTATO Para esclarecimentos: ufmbb.org.br/mr ou

CONTATO Para esclarecimentos: ufmbb.org.br/mr ou A organização MR com PGMs UMA PALAVRA INICIAL Nas próximas páginas, você verá que a revista Aventura Missionária está com nova diagramação. É que, a partir deste trimestre, ela passa a oferecer roteiros

Leia mais

Vogal de Missão Cadernos de Serviços

Vogal de Missão Cadernos de Serviços Vogal de Missão Cadernos de Serviços Nome: Conselho Local / Regional / Nacional Centro Local: A JMV é um Movimento Missionário. Alimenta o seu espírito nas fontes de ser Igreja e no seu próprio carisma

Leia mais

01 de Junho de 2014 Semana da Paz e do Meio Ambiente Domingo da Seicho-No-Ie "O modo feliz de viver em harmonia com a natureza"

01 de Junho de 2014 Semana da Paz e do Meio Ambiente Domingo da Seicho-No-Ie O modo feliz de viver em harmonia com a natureza 1 01 de Junho de 2014 Semana da Paz e do Meio Ambiente 09:00 Hino Sagrado Como as Estrelas 5 09:05 Reverências e oração de abertura: Orientador(a) 5 09:15 Exibição da Mensagem do Presidente Doutrinário

Leia mais

DOMINGO II DO TEMPO COMUM Ano A

DOMINGO II DO TEMPO COMUM Ano A EIS O CORDEIRO DE DEUS QUE TIRA O PECADO DO MUNDO DOMINGO II DO TEMPO COMUM Ano A EUCARISTIA 19H DINAMIZAÇÃO DO 10º ANO DE CATEQUESE IGREJA MATRIZ DE VILA DO CONDE Cântico Inicial: Filho de Deus 1. Somos

Leia mais

Três eixos temáticos. I. A alegria do Evangelho II. Sinodalidade e Comunhão III. Testemunho e Profetismo

Três eixos temáticos. I. A alegria do Evangelho II. Sinodalidade e Comunhão III. Testemunho e Profetismo Três eixos temáticos I. A alegria do Evangelho II. Sinodalidade e Comunhão III. Testemunho e Profetismo Um eixo transversal: A Igreja em saída na perspectiva ad gentes - Segue o método ver, julgar e agir

Leia mais

CAMPANHA DA FRATERNIDADE

CAMPANHA DA FRATERNIDADE CAMPANHA DA FRATERNIDADE A Campanha da Fraternidade é uma campanha realizada anualmente pela Igreja Católica Apostólica Romana no Brasil, sempre no período da Quaresma. Essa ação já existe há mais de 50

Leia mais

Missão da Igreja. Conferência Geral do Episcopado da América Latina e do Caribe

Missão da Igreja. Conferência Geral do Episcopado da América Latina e do Caribe Missão da Igreja Conferência Geral do Episcopado da América Latina e do Caribe Em nossa Igreja devemos oferecer a todos os nossos fiéis um encontro pessoal com Jesus Cristo. DA 226a 2007 A Igreja é comunidade.

Leia mais

Três eixos temáticos. I. A alegria do Evangelho II. Sinodalidade e Comunhão III. Testemunho e Profetismo

Três eixos temáticos. I. A alegria do Evangelho II. Sinodalidade e Comunhão III. Testemunho e Profetismo Três eixos temáticos I. A alegria do Evangelho II. Sinodalidade e Comunhão III. Testemunho e Profetismo Um eixo transversal: A Igreja em saída na perspectiva ad gentes - Segue o método ver, julgar e agir

Leia mais

Audiência às Equipes Nossa Senhora

Audiência às Equipes Nossa Senhora SECRETARIADO DO ESTADO Audiência às Equipes Nossa Senhora 10 Setembro 2015 DISCURSO DO SANTO-PADRE Discurso do Papa: (Roma, 10 de setembro de 2015) Estou muito feliz por vos acolher, caros responsáveis

Leia mais

Catequese Adolescência Paróquia S. Salvador de Carregosa 8º ano/ º Período Objectivos Data Tema da catequese Objectivos Estratégias

Catequese Adolescência Paróquia S. Salvador de Carregosa 8º ano/ º Período Objectivos Data Tema da catequese Objectivos Estratégias Finalidade: Descobrir-se Cristão Objectivos: Participar na eucaristia Concretizar projecto comunitário (partilha fraterna) Tema do Período Em Diálogo 1 1º Período Objectivos Data Tema da catequese Objectivos

Leia mais

NÃO TEMAS! ESTOU CONTIGO NA TUA FAMÍLIA 2º CICLO

NÃO TEMAS! ESTOU CONTIGO NA TUA FAMÍLIA 2º CICLO 2ª FEIRA 25 DE SETEMBRO Bom dia! Depois de um fim de semana para re carregar energias, espera-nos uma semana em cheio. Nesta semana vamos falar da importância da família e de como a devemos tratar como

Leia mais

Propedêutica Bíblica. 13 de Janeiro de 2014 Bíblia na Vida da Igreja

Propedêutica Bíblica. 13 de Janeiro de 2014 Bíblia na Vida da Igreja Propedêutica Bíblica 13 de Janeiro de 2014 Bíblia na Vida da Igreja ORAÇÃO Lucas 4, 16-30 Impelido pelo Espírito Santo, Jesus veio a Nazaré, onde se tinha criado. Segundo o seu costume, entrou em dia de

Leia mais

POR QUE EVANGELIZAR? O amor de Deus A ordem de Jesus. O Dom do Espírito Santo. O clímax da história. A responsabilidade da Igreja.

POR QUE EVANGELIZAR? O amor de Deus A ordem de Jesus. O Dom do Espírito Santo. O clímax da história. A responsabilidade da Igreja. POR QUE EVANGELIZAR? Existem oito razões para incomodar as pessoas com a pregação do evangelho: 1. O amor de Deus. Evangelismo é um ato de amor (João 3:16, Mt. 5:45-44). 2. A ordem de Jesus. Evangelizar

Leia mais

Nesta Cruzada, o Pastor Juanribe Pagliarin levará a Palavra de Salvação ao coração dos moradores do país.

Nesta Cruzada, o Pastor Juanribe Pagliarin levará a Palavra de Salvação ao coração dos moradores do país. O Presidente e Fundador da Comunidade Cristã Paz e Vida, Pastor Juanribe Pagliarin, lançou no fim de 2015, o projeto evangelístico especial A África Precisa de Jesus. Este projeto visa levar para Gana,

Leia mais

Breve Biografia e Seleção de Frases John Wesley

Breve Biografia e Seleção de Frases John Wesley Breve Biografia e Seleção de Frases John Wesley John Wesley Não poderia deixar de colocar aqui este servo de Deus, não especialmente ministro de curas, na verdade um dos primeiros avivalistas da história.

Leia mais

LIÇÃO 13 O JOVEM PASTOR. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 13 O JOVEM PASTOR. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 13 O JOVEM PASTOR Prof. Lucas Neto A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO APÓSTOLO PAULO, PAI NA FÉ DE TIMÓTEO Timóteo, o filho na fé do apóstolo Paulo, foi um exemplar homem de Deus e um honrado discípulo

Leia mais

PROGRAMAS PASTORAIS 1. CONTEXTUALIZAÇÃO 2. ESTRUTURA 3. OBJETIVOS GERAIS DOS PROGRAMAS 4. PROGRAMA VOLUNTARIADO 5. CONSIDERAÇÕES GERAIS

PROGRAMAS PASTORAIS 1. CONTEXTUALIZAÇÃO 2. ESTRUTURA 3. OBJETIVOS GERAIS DOS PROGRAMAS 4. PROGRAMA VOLUNTARIADO 5. CONSIDERAÇÕES GERAIS PROGRAMAS PASTORAIS 1. CONTEXTUALIZAÇÃO 2. ESTRUTURA 3. OBJETIVOS GERAIS DOS PROGRAMAS 4. PROGRAMA VOLUNTARIADO 5. CONSIDERAÇÕES GERAIS 1. CONTEXTUALIZAÇÃO Origem dos Programas Por que cada um deles nasceu?

Leia mais

Primeiro Momento 08:00h às 10 :00h Segunda -feira Tempo Atividade Providências

Primeiro Momento 08:00h às 10 :00h Segunda -feira Tempo Atividade Providências 59ª CONCAFRAS PSE Tema Específico: Compreendendo a dor humana - recepção-triagem fraterna e tratamento na Casa Espírita Objetivos: Reconhecer a importãncia do trabalho de Triagem Fraterna no atendimento

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DA CATEQUESE

ORGANIZAÇÃO DA CATEQUESE Proposta Comissão Diocesana ORGANIZAÇÃO DA CATEQUESE - MATERIAL DIDÁTICO - INSCRIÇÕES (crianças, adolescentes, adultos) - FORMAÇÃO DOS CATEQUISTAS- ORGANIZAÇÃO DA CATEQUESE OBJETIVO: Que a catequese na

Leia mais

O QUE É MINISTÉRIO? Qua, 18 de Janeiro de :45

O QUE É MINISTÉRIO? Qua, 18 de Janeiro de :45 Foi o Concílio Vaticano II (1962-1965) quem, de maneira inspirada e mais profética que sistemática, enfatizou que, a Igreja, para ser autenticamente evangélica e continuar a missão de Cristo, precisa estar

Leia mais

LINHA DE AÇÃO 1 - IGREJA QUE SAI PARA SERVIR Ícone Bíblico - A Parábola do Bom Samaritano (Lc 10,25-37):

LINHA DE AÇÃO 1 - IGREJA QUE SAI PARA SERVIR Ícone Bíblico - A Parábola do Bom Samaritano (Lc 10,25-37): LINHA DE AÇÃO 1 - IGREJA QUE SAI PARA SERVIR Ícone Bíblico - A Parábola do Bom Samaritano (Lc 10,25-37): Quem é o meu próximo? perguntou o Doutor da Lei a Jesus, que em seguida lhe contou a Parábola do

Leia mais

O povo que vivia nas trevas, viu uma grande luz (Is 9,1)

O povo que vivia nas trevas, viu uma grande luz (Is 9,1) O povo que vivia nas trevas, viu uma grande luz (Is 9,1) Eu sou a luz do mundo. Quem me segue não andará nas trevas, mas, possuirá a luz da vida. (Jo 8,12). Jesus é a luz que ilumina nosso caminho no

Leia mais

Confira as novidades da Loja da RCCBRASIL no ENF 2017 (lançamentos e estrutura) Ter, 24 de Janeiro de :12

Confira as novidades da Loja da RCCBRASIL no ENF 2017 (lançamentos e estrutura) Ter, 24 de Janeiro de :12 No ENF 2017, a loja da RCCBRASIL está prevista para ser aberta as 14h, da quarta-feira (25). E tem muitas novidades para todos os carismáticos participantes do evento. Nesse ano, são mais de 10 novos produtos

Leia mais

AS 4 COLUNAS DO MDA PROJETO EU TENHO UM GE

AS 4 COLUNAS DO MDA PROJETO EU TENHO UM GE AS 4 COLUNAS DO MDA PROJETO EU TENHO UM GE PROJETO EU TENHO UM GE O QUE É UM GE? GE = Grupo de Evangelismo. Um GE é uma reunião periódica, programada e pré-definida, objetivando levar pessoas a Cristo

Leia mais

Processo de Iniciação na RCC. Renovação Carismática Católica do Brasil RCC BRASIL

Processo de Iniciação na RCC. Renovação Carismática Católica do Brasil RCC BRASIL MINISTÉRIO DE FORMAÇÃO Processo de Iniciação na RCC Renovação Carismática Católica do Brasil RCC BRASIL Conceito Por Iniciação Cristã se entende o processo pelo qual alguém é incorporado ao mistério de

Leia mais

Conversa de Formigas Uma formiga conversando com outra: -Qual é o seu nome? -Fu. -Fu o que? -Fu miga. E você? -Ota. -Ota o que?

Conversa de Formigas Uma formiga conversando com outra: -Qual é o seu nome? -Fu. -Fu o que? -Fu miga. E você? -Ota. -Ota o que? Conversa de Formigas Uma formiga conversando com outra: -Qual é o seu nome? -Fu. -Fu o que? -Fu miga. E você? -Ota. -Ota o que? -Ota fu miga Metodologia de uma Escola Bíblico-Catequética Método. [do gr.

Leia mais

ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DO DIJ NA CASA ESPÍRITA

ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DO DIJ NA CASA ESPÍRITA ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DO DIJ NA CASA ESPÍRITA - 2001 O Departamento de Infância e Juventude tem a função específica de levar às crianças e aos jovens os conhecimentos espíritas e o estímulo à vivência

Leia mais

O Ano Santo é um tempo de paz, reconciliação e perdão. Ele começa quando o Papa abre a

O Ano Santo é um tempo de paz, reconciliação e perdão. Ele começa quando o Papa abre a Neste mês ocorrerá a abertura do Ano Santo da Misericórdia: O jubileu dedicado à misericórdia de Deus. O rosto da misericórdia é o título da bula pela qual o Santo Padre convoca toda a Igreja para viver

Leia mais

CREIO EM DEUS PAI Catequese com adultos Chave de Bronze

CREIO EM DEUS PAI Catequese com adultos Chave de Bronze CREIO EM DEUS PAI 03-12-2011 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze O que são os símbolos da fé? São definições abreviadas da fé, que possibilitam uma confissão comum a todos os crentes. Como surgiram

Leia mais

Culto de Ordenação. Liturgia. Ordenandos

Culto de Ordenação. Liturgia. Ordenandos 1 Culto de Ordenação Liturgia Ordenandos Alex Valmor Stahlhöfer Bianca Ferreira Weiss Gizele Zimmermann Grégori Rogê Santos Jaime Jung Joice Aline Klein Ligiane Taiza Müller Fernandes 2 Porto Alegre/RS,

Leia mais

Paróquia de Ceira. Plano Pastoral

Paróquia de Ceira. Plano Pastoral Plano Pastoral 2012 13 A Igreja tem no mundo uma missão a cumprir que Lhe foi confiada por Jesus Cristo. Ela tem de tentar ser fiel a essa missão através: Da Profecia, ou o anúncio do Evangelho; Da Diaconia,

Leia mais

Pe. José Weber, SVD. Cantos do Evangelho. Anos A, B e C & Solenidades e Festas

Pe. José Weber, SVD. Cantos do Evangelho. Anos A, B e C & Solenidades e Festas Cantos do Evangelho Pe. José Weber, SVD Cantos do Evangelho Anos A, B e C & Solenidades e Festas Direção editorial Claudiano Avelino dos Santos Autor de todas as melodias Pe. José Weber, SVD Organização

Leia mais

DIOCESE DE GUARAPUAVA

DIOCESE DE GUARAPUAVA DIOCESE DE GUARAPUAVA Diretrizes gerais da Diocese de Guarapuava para Conselhos Pastorais Documento de estudos Assembleia Diocesana 1- Será realizada anualmente seguindo a seguinte ordem: 1.1- Assembleia

Leia mais

INSTRUMENTO DE ESTUDO ESCOLAS CATEQUÉTICAS ORIENTAÇÕES III. ESCOLAS BÍBLICO - CATEQUÉTICAS

INSTRUMENTO DE ESTUDO ESCOLAS CATEQUÉTICAS ORIENTAÇÕES III. ESCOLAS BÍBLICO - CATEQUÉTICAS INSTRUMENTO DE ESTUDO ESCOLAS CATEQUÉTICAS ORIENTAÇÕES III. ESCOLAS BÍBLICO - CATEQUÉTICAS 23. Muitas são as modalidades de formação dos catequistas tais como cursos, jornadas, encontros, semanas catequéticas,

Leia mais

Rede Nacional de Intercessão: persista na oração até alcançar a graça Seg, 04 de Janeiro de :02

Rede Nacional de Intercessão: persista na oração até alcançar a graça Seg, 04 de Janeiro de :02 Jesus nos ensinou a perseverança na oração até que nossa causa seja resolvida, ou até sentirmos a doce paz em nosso coração, como prova de que Ele já nos respondeu, mesmo que ainda não tenhamos visto sua

Leia mais

PLANO DA ÁREA BRASIL

PLANO DA ÁREA BRASIL PLANO DA ÁREA BRASIL 2017-2021 Declaração da Visão Aumentar a fé no Pai Celestial, em Seu filho Jesus Cristo e Sua Expiação e fortalecer nosso testemunho ao realizarmos e honrarmos nossos convênios com

Leia mais

MARCO SITUACIONAL - DIOCESE DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES

MARCO SITUACIONAL - DIOCESE DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES MARCO SITUACIONAL - DIOCESE DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES MARCO SITUACIONAL - DIOCESE DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES V Conferência Geral do Episcopado da América Latina e Caribe Aparecida, 13 a 31 de

Leia mais

Rede Nacional de Intercessão: A importância da oração pessoal do intercessor Seg, 26 de Setembro de :03

Rede Nacional de Intercessão: A importância da oração pessoal do intercessor Seg, 26 de Setembro de :03 Muitas vezes somos tentados a pensar que a intercessão não constitui um grande Ministério. Somos inclinados a julgar que o pregador que fala a milhares de pessoas, ou o missionário que alcança as nações,

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE AULA 6: SOTERIOLOGIA Baseado em Jeremias 9: 24, a Igreja Pentecostal Deus é Amor oferece a você, obreiro, a oportunidade aprofundar seu conhecimento na palavra de Deus

Leia mais

"Os setenta e dois discípulos voltaram alegres, dizendo: Senhor, até os demônios nos obedecem por causa do teu nome" (Lc 10,17)

Os setenta e dois discípulos voltaram alegres, dizendo: Senhor, até os demônios nos obedecem por causa do teu nome (Lc 10,17) "Os setenta e dois discípulos voltaram alegres, dizendo: Senhor, até os demônios nos obedecem por causa Outubro 2014 Editorial Neste mês de setembro foi realizado o 57º Retiro Básico, no Morro das Pedras

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Quarta-feira da 3ª Semana do Advento 1) Oração O Evangelho

Leia mais

ITINERÁRIO CATEQUÉTICO. Iniciação à vida cristã: Um processo de inspiração catecumenal

ITINERÁRIO CATEQUÉTICO. Iniciação à vida cristã: Um processo de inspiração catecumenal ITINERÁRIO CATEQUÉTICO Iniciação à vida cristã: Um processo de inspiração catecumenal COMO É PROPOSTO O PROCESSO CATEQUÉTICO NO ITINERÁRIO? O Itinerário orienta a construção do processo catequético conforme

Leia mais

Conteúdos. Porque fazemos pequenos grupos de estudo bíblico? Tarefas do Pastor, Ancião ou director de estudo bíblico em grupo.

Conteúdos. Porque fazemos pequenos grupos de estudo bíblico? Tarefas do Pastor, Ancião ou director de estudo bíblico em grupo. Conteúdos Porque fazemos pequenos grupos de estudo bíblico? Quem necessita de estudo bíblico em grupo? Quem deve liderar o grupo? Tipos de pessoas que podem participar nos grupos. Como iniciar um novo

Leia mais

INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura.

INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. - A Igreja foi criada para dar seguimento ao ministério

Leia mais

MINISTÉRIO DA ORAÇÃO Prioridade da oração.

MINISTÉRIO DA ORAÇÃO Prioridade da oração. MINISTÉRIO DA ORAÇÃO Jesus instruiu os discípulos a aguardarem pelo batismo do Espírito Santo antes de realizarem qualquer atividade em oração. Ela é a nossa ferramenta mais poderosa no Grande Conflito.

Leia mais

Igreja Metodista Segunda Região Eclesiástica - RS PRAM - Plano Regional de Ação Missionária 2016

Igreja Metodista Segunda Região Eclesiástica - RS PRAM - Plano Regional de Ação Missionária 2016 ÊNFASES DO PLANO NACIONAL 1. Intensificar o zelo evangelizador; 2. Fortalecer o ministério pastoral; 3. Valorizar o ministério leigo; 4. Disseminar discipulado; 5. Zelar com a criação do Senhor: meio ambiente;

Leia mais

Função e Organização do CTL na Igreja Local

Função e Organização do CTL na Igreja Local Função e Organização do CTL na Igreja Local Função e Organização do CTL na Igreja Local - Revisão 02 - Fevereiro 2007 Reprodução proibida por qualquer meio ou mídia, impressa ou eletrônica. 2006-2007 Associação

Leia mais

MINISTÉRIO DE FORMAÇÃO RCCBRASIL

MINISTÉRIO DE FORMAÇÃO RCCBRASIL MINISTÉRIO DE FORMAÇÃO RCCBRASIL WORKSHOP ENCONTRO NACIONAL DE FORMAÇÃO 2013 Recordando o papel da formação na RCC O Ministério de Formação surgiu da necessidade de formação permanente daqueles que estão

Leia mais

Jo 15,16: não fostes vós que me escolhestes, mas eu vos escolhi e vos constituí para que vades e produzais frutos, e o vosso fruto permaneça.

Jo 15,16: não fostes vós que me escolhestes, mas eu vos escolhi e vos constituí para que vades e produzais frutos, e o vosso fruto permaneça. Jo 15,16: não fostes vós que me escolhestes, mas eu vos escolhi e vos constituí para que vades e produzais frutos, e o vosso fruto permaneça. O objetivo deste ensino é orientar aqueles que assumem uma

Leia mais

O QUE É A PASTORAL DA COMUNICAÇÃO? - A PASCOM é a pastoral que comunica o evangelho.

O QUE É A PASTORAL DA COMUNICAÇÃO? - A PASCOM é a pastoral que comunica o evangelho. O QUE É A PASTORAL DA COMUNICAÇÃO? - A PASCOM é a pastoral que comunica o evangelho. O anúncio fundamental é: - O amor pessoal de Deus que Se fez homem, entregou-se a Si mesmo por nós e, vivo, oferece

Leia mais

BÊNÇÃOS DECORRENTES DO MINISTÉRIO PASTORAL

BÊNÇÃOS DECORRENTES DO MINISTÉRIO PASTORAL Lição nº 11 BÊNÇÃOS DECORRENTES DO MINISTÉRIO PASTORAL Pr. Roberto Monteiro Castro 14 DE JUNHO 2015 Texto Áureo Obedecei a vossos pastores, e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, como aqueles

Leia mais

Evangelizar é partilhar o evangelho e levar outros a aceitarem Jesus como seu Salvador pessoal, aceitá-lo como seu Senhor que logo virá; unir sua

Evangelizar é partilhar o evangelho e levar outros a aceitarem Jesus como seu Salvador pessoal, aceitá-lo como seu Senhor que logo virá; unir sua Evangelizar é partilhar o evangelho e levar outros a aceitarem Jesus como seu Salvador pessoal, aceitá-lo como seu Senhor que logo virá; unir sua vida à da Sua igreja. Reavivamento Estudo da Bíblia Oração

Leia mais

Barretos, 1º de agosto de Circular 07/2017. Caríssimos irmãos e irmãs,

Barretos, 1º de agosto de Circular 07/2017. Caríssimos irmãos e irmãs, Barretos, 1º de agosto de 2017 Circular 07/2017 Caríssimos irmãos e irmãs, Todos os anos, no mês de agosto, a Igreja do Brasil celebra o Mês Vocacional, dando destaque, a cada semana, a uma vocação específica:

Leia mais

Pequeno compêndio. Conversa espiritual

Pequeno compêndio. Conversa espiritual Pequeno compêndio Conversa espiritual A conversa espiritual é uma maneira de partilhar em grupo partir uma experiência de oração pessoal. É uma forma importante de orar em grupo. " Assim falava os que

Leia mais

Roteiro Celebrativo Mês Diocesano do Dízimo 2017

Roteiro Celebrativo Mês Diocesano do Dízimo 2017 02 de julho de 2017 13º Domingo do Tempo Comum Sejam bem-vindos à celebração eucarística. Convocados pelo Pai, incorporados a Cristo e movidos pelo Espírito Santo, tornamo-nos assembleia celebrativa para

Leia mais

VIVER A CATEQUESE BATISMAL. Arquidiocese de Ribeirão Preto

VIVER A CATEQUESE BATISMAL. Arquidiocese de Ribeirão Preto VIVER A CATEQUESE BATISMAL Arquidiocese de Ribeirão Preto O que é Catequese Batismal? A preparação para o Sacramento do Batismo, sem dúvida, é uma tarefa fascinante e necessária à vida pastoral de nossas

Leia mais

CNLB. Conselho Nacional do Laicato do Brasil

CNLB. Conselho Nacional do Laicato do Brasil CNLB Conselho Nacional do Laicato do Brasil Somos leigos e leigas... - Marcados pelo batismo, a maior parcela do Povo de Deus = Igreja - Corresponsáveis pela missão de Jesus = Igreja - De maneira singular,

Leia mais

O Deus de Abraão e de Jesus Cristo 2

O Deus de Abraão e de Jesus Cristo 2 O Deus de Abraão e de Jesus Cristo 2 Deus presente na história e na criação O Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo O conhecimento e a relação com Deus avançam em profundidade ao longo da história da Salvação.

Leia mais

O Carmelo da Santíssima Trindade e da Imaculada Conceição é um mosteiro de Carmelitas descalças, situado na Arquidiocese de Goiás, no coração do

O Carmelo da Santíssima Trindade e da Imaculada Conceição é um mosteiro de Carmelitas descalças, situado na Arquidiocese de Goiás, no coração do O Carmelo da Santíssima Trindade e da Imaculada Conceição é um mosteiro de Carmelitas descalças, situado na Arquidiocese de Goiás, no coração do Brasil, aqui na cidade de Trindade, capital da fé. Atualmente

Leia mais

3ª campanha nacional 40 dias de oração e jejum

3ª campanha nacional 40 dias de oração e jejum PROGRAMAÇÃO 3ª campanha nacional Esta é a terceira Campanha Nacional de Oração e Jejum realizada pela CBN com o propósito de despertar e mobilizar o povo batista nacional num movimento de oração que possa

Leia mais

A alegria do Evangelho para uma Igreja em saída

A alegria do Evangelho para uma Igreja em saída Campanha Missionária 2017 A alegria do Evangelho para uma Igreja em saída Juntos na missão permanente Mês das Missões O mês de outubro é, para a Igreja, o período no qual são intensificadas as iniciativas

Leia mais

PROGRAMAÇÃO. Renovação Espiritual

PROGRAMAÇÃO. Renovação Espiritual PROGRAMAÇÃO Nas Escrituras encontramos muitas experiências e acontecimentos decisivos e transformadores na vida do povo de Deus e de vários de seus servos, nos quais 40 dias foi o tempo dedicado a Deus

Leia mais

Neste ano da Vida Religiosa Consagrada fomos motivadas pelo Papa Francisco a recordar o passado com gratidão, viver o presente com paixão e abraçar o

Neste ano da Vida Religiosa Consagrada fomos motivadas pelo Papa Francisco a recordar o passado com gratidão, viver o presente com paixão e abraçar o Neste ano da Vida Religiosa Consagrada fomos motivadas pelo Papa Francisco a recordar o passado com gratidão, viver o presente com paixão e abraçar o futuro com esperança. Como o testemunho de vida da

Leia mais

CURSO BÁSICO DE HOMILÉTICA

CURSO BÁSICO DE HOMILÉTICA CURSO BÁSICO DE HOMILÉTICA É o estudo que capacita o mensageiro a preparar e transmitir um sermão baseado na Palavra de Deus. 1 - A importância da homilética na pregação. 2 - A mensagem genuinamente bíblica.

Leia mais

O Ano da Acolhida Acolha, abrace, perdoe!

O Ano da Acolhida Acolha, abrace, perdoe! AVISOS Lembrar a célula da importância de participar das Missas dominicais e do Grupo Parusia, principalmente da Grande Célula todos os primeiros sábados do mês. Convidar para ajudar a sua liderança na

Leia mais

Diretório de Comunicação. Elaboração: Ir. Elide Fogolari

Diretório de Comunicação. Elaboração: Ir. Elide Fogolari Diretório de Comunicação Elaboração: Ir. Elide Fogolari Processo de construção do texto Como foi o processo de criação e aprovação do Diretório de Comunicação da Igreja no Brasil? A partir da concepção

Leia mais

FRATERNIDADE LEIGAS E LEIGOS SACRAMENTINOS

FRATERNIDADE LEIGAS E LEIGOS SACRAMENTINOS FRATERNIDADE LEIGAS E LEIGOS SACRAMENTINOS Boletim Formativo Mensal Ano I - Nº.01-2008 -leigossacramentinos@yahoogrupos.com.br DO PROJETO À FRATERNIDADE LEIGAS E LEIGOS SACRAMENTINOS 1 1. Orientações Práticas

Leia mais

PLANO DE ENSINO TEOLOGIA NÍVEL B

PLANO DE ENSINO TEOLOGIA NÍVEL B PLANO DE ENSINO TEOLOGIA NÍVEL B (ENSINO MÉDIO) 1. PRÉ-REQUISITOS - Primeiro Grau Completo ou Segundo Grau Incompleto. - É necessária indicação da pároco/ministro encarregado e autorização do bispo diocesano.

Leia mais