12 Computadores e uma impressora Atendimentos aos alunos dos cursos da PUCPR

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "12 Computadores e uma impressora Atendimentos aos alunos dos cursos da PUCPR"

Transcrição

1 5 INFRA-ESTRUTURA 5.2 s BIBLIOTECA CENTRAL Denominação do Computação Área Físic a Principais Equipamentos A que se destinam 12 Computadores e uma Atendimentos aos alunos dos cursos da PUCPR CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E SOCIAIS - CCJS Denominação do Área Principais Equipamentos Núcleo de Prática Jurídica 75 computadores Pentium, 14 (Campus Curitiba) s, 1 scanner, software para controle de processos judiciais e software para auxílio acadêmico contendo legislação, doutrina e jurisprudência de Informática 30 microcomputadores Pentium; 2 s A que se destinam Capacitação e aprimoramento dos conhecimentos na área de informática para os alunos do curso de Direito. Possibilitar o atendimento a população carente Suporte aos alunos a fim de capacitar e aprimorar os conhecimentos na área de informática. Computação 12 Computadores e uma Atendimentos aos turnos dos cursos da PUCPR LABORATÓRIO PRODUTORA DE VÍDEO LUMEN Denominação do Área Principais Equipamentos A que se destinam Ilha linear 3 Vídeo Cassete Beta PVW 2 Mesas de áudio, Mesa de Corte de Vídeo Edição e pós produção e gravação de programas ao vivo Estúdio 4 Câmeras D 30 SONY Gravação e produção 81 Ilha não linear 1 Placa Matrox Digisuite Para edição e pósprodução Ilha não linear 2 Placa Matrox Digisuite Para edição e pósprodução Ilha não linear 3 Placa Matrox Digisuite Para edição e pós - produção e produção gráfica Equipamento de externa 1 unidade de externa com VTR, Beta SP Externa para produção jornalística e publicitária Ilha para gravação de Áudio Computador Pentium 3 com placa de áudio profissional, Mesa de áudio Gravação, edição e sonoplastia. Mackie Equipamentos auxiliares Iluminações, câmera Hi8, câmera Apoio para produção digital Mavica Sony e microfones. Setor fotográfico Câmeras de fotográficas Câmeras digitais e mecânicas

2 LABORATÓRIO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL Denominação do Área Principais Equipamentos Ilha não linear digital 37,96 Placa Matrox RT 2500;Adobe Premiere; Adobe Photoshop; 2 monitores LG 17 polegadas; 1 monitor JVC 7 polegadas; 1 monitor Semp 9 polegadas; Vídeo Cassete Record DSR 45 DVCAM Sony; Vídeo Cassete Record BR 5800U JVC S-VHS; Vídeo Cassete Record AG 7500A Panasonic S-VHS; Monitor JVC 17 polegadas A que se destinam Aulas expositivas, edição e produção de trabalhos acadêmicos tais como: clips, comerciais, documentários, audiovisuais, matérias e outros. Estúdio 105,36 4 Câmeras D 30 SONY Gravação e produção Ilha linear 37,96 Gerador Caracteres Typedeko; Vídeo Para edição e pósprodução cassete Player BR-5525U JVC S-VHS; 2 Vídeo cassete Recorder BR-5822U JVC S-VHS; Cassete Deck K-W132 Yamaha; Compact Disc Player SL- PG300 Mash; Mesa de audio 8 canais WR-133 Ramsa; Effects Generator KM- D 600 JVC; Editing Control RM-G 860U JVC; 2 monitores 9 polegadas JVC; 2 monitores 17 polegadas Panasonic D1910; 1 monitor 15 polegadas Panasonic M 1310 Ilha não linear 3 - Digital 18,45 Matrox RT 2500; Adobe Premiere; Adobe Photoshop; 2 monitores LG 17 polegadas; 1 monitor JVC 17 polegadas; Digital Videocassete Record DSR-45 DVCAM Sony Ilha não linear 4 18,46 Matrox RT 2500; Adobe Premiere; Adobe Photo-shop; 2 monitores LG 17 polegadas; 1 monitor JVC 17 polegadas; 1 TV Semp 9 polegadas; Digital Vídeo cassete Record DSR-45 DVCAM Sony; Videocassete Record BR 5800U JVC S-VHS; Videocassete Player BR 5500U S-VHS Ilha de Áudio 1 49,00 1 Computador Dell Pentium III - Cool Edit / Cake-walk; 1 Amplificador de Áudio Cygnus AC 600; 1 Base para Microfone CSR; 1 CD Player Gradiente CDC-300; 1 Computador Dell GX150; 2 Cx. Acústica Ramsa WS-A70-K; 1 Distribuidor de Áudio AB DA2148A; 1 Fone de Ouvidom Pro-Luxe PRO-10; 1 Mesa de Áudio Tascam - M canais; 1 MicrofoneLeson MK-50 Talk Back; 1 Mini Disk Sony MDS-E58; 2 Monitor Dell E771p 15 ; 1 Tape Deck Technics RS-T20; 1 Duplo Deck; 1 Tape Deck Akay GX-4000DB; 1 Rolo Ilha de Áudio 2 37,96 1 Computador Dell Pentium III - Cool Edit / Cake-walk; 1 Computador Dell Pentium III ProtooLS com DIGI 001; 1 Teclado Roland JW 50; 1 Arranger RA 90; 1 RhyThm composer R70; 1 mesa som mackie SR 24-4; 4 Microfone Shure SM 58; 1 Tape deck MR-2 Nakamichi; 1 MD Sony; 1 Para edição e pósprodução de trabalhos acadêmicos Para edição e pós produção de trabalhos acadêmicos Externa para produção jornalística e publicitária Gravação, edição e sonoplastia.

3 Estúdio - SWITCHER Estúdio Fotográfico Estúdio de Revelação Amplificador Ramsa; 2 caixas (monitor one MK2 Alesis); 1 CD Player Panasonic SL P30BP 139,68 1 Gerador de efeitos KMD-600 JVC; 1 Gerador de Caracteres Write deko; 4 microfone lapela sem fio UT4 Shure; 2 Digital videocassete recorder DSR 1500A Sony; 1 Digital videocassete recorder DSR 45 Sony; 1 Waveform 5860C Leader; 1 Vetorscope 5850C Leader; 1 Chroma Keyer Universal CRK 2000 Sony; 2 Color video monitor M1310 Panasonic; 1 mesa de corte SEG 2500A Sony; 1 mesa de audio 08 canais MI 2000 JVC; 1 mesa de audio 9 canais MI 3000 JVC; 1 Compact disc Player 04 DAC Technics; 1 Professional Cassete Deck MR-2 Nakamichi; 2 Remote Control Unit (CCU) RM-P200 JVC; 1 Remote Control Unit (CCU) M5- A Sony; 1 Tele-prompter; 1 Amplificador de áudio AC300 Cygnus; 1 Vídeo Cassete Recorder S-VHS AG Panasonic; 46 luminárias; 29 tripés; 01 Microfone Boom SM89 Shure; 10 Rebatedores de luz oval Locall; 1 Câmera de video S-VHS 3ccd p/ studio KY 27B JVC; 1 Câmera de video S-VHS 3ccd p/ externa KY 27C JVC; 1 Câmera de vídeo digital DVCAM DSR 370 Sony; 2 Câmeras de vìdeo S- VHS p/ studio Panasonic; 1 Câmera de cinema AATON XTRPLUS; 1 VT portátil para externa 132,80 8 Câmeras digital Mavica Sony; 1 Câmera digital Sony Cyber-Shot DSCF 505V ; 10 Câmeras fotográficas Nikon FM2; 5 Câmeras fotográficas Nikon 601; 3 Tripés Manfrotto p/ câmera fotográfica; 10 Flash de câmera fotográfica; 1 Câmera Nikon Digital Coolpix 5700; 4 Lentes mm; 3 Lentes mm; 2 Lentes 20mm; 2 Lente 105mm-2.8D; 1 Lente 16mm; 10 Lentes 50mm; 2 Lentes mm; 1 Lente mm; 1 Teleconverter TC 20EII2X; 4 Fotômetro; 3 Mesa fundo infinito; 3 Girafa articulada Light Boom; 22 Tripé de iluminação Manfrotto; 12 Flash Photo Célula (stúdio); 11 luminárias 64,30 17 ampliadores; 2 mesas de luz; 1 estufa para secagem de filme; 1 computador PC Pentium III 815 MHz; 1 alta resolução A3; 1 Scanner de filmes Nikon Simulação e gravação de trabalhos Prática de fotografia Revelação de trabalhos Informática 1 99,45 30 computadores e 3 s Produção digital Informática 2 99,45 30 computadores e 2 s Produção digital de 50,44 Pesquisa Produção Gráfica 20,05 1 Produção Gráfica 20,05

4 2 Sala Integrada 65,34 4 computadores; 5 s e 2 scanners INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS E DE TECNOLOGIA - ICET Denominação do Área Principais Equipamentos A que se destinam Projeto Computadores e 02 Impressoras Projeto de Pesquisa em parceria com Empresa Projeto Computadores e 01 Impressora Projeto de Pesquisa CNPQ Projeto Computadores, 05 Impressoras, 15 Estrutura do ICET Servidores... Projeto Computadores e 01 Projetor Fixo Tr Projeto Computadores e 01 Impressora Projeto de Pesquisa em parceria com Empresa Projeto 45 - Projeto de Pesquisa em parceria com Empresa Projeto 45 - Projeto de Pesquisa em parceria com Empresa Projeto 45 - Projeto de Pesquisa em parceria com Empresa Projeto Computadores e 01 Impressora Projeto de Pesquisa em parceria com Empresa Projeto Computadores e 01 Impressora Projeto de Pesquisa em parceria com Empresa Projeto Computadores e 01 Impressora Projeto de Pesquisa em parceria com Empresa Projeto Computadores e 01 Impressora Projeto de Pesquisa em parceria com Empresa Projeto Computadores Arquivo e Documentação de Projeto de Pesquisa Projeto 55 Servidores e Computadores Externos a PUCPR Projeto de Pesquisa em parceria com Empresa SEAP NTE Computadores e 01 Impressora SEAP - NTE LAMI Computadores e 01 Impressora Desenvolvimento do Eureka LAMI Computadores e 01 Impressora Desenvolvimento do Eureka CENTRO DE TEOLOGIA E CIÊNCIAS HUMANAS - CTCH Denominação do Área Principais Equipamentos A que se destinam Informática I 73m 2 21 computadores Pentium 4, Suporte aos alunos a fim de 1 capacitar e aprimorar os conhecimentos na área de informática. Aulas práticas. Informática II 73m 2 21 computadores Pentium III Informática III 73m 2 21 computadores Pentium III, 1 Informática IV 73m 2 23 computadores Pentium, 2 s Informática para Professores 37m 2 3 computadores, 1 Utilização por professores.

5 Línguas 37m 2 20 cabines c/gravadores e fone de ouvido, TV, Vídeo Cassete, rádio CD. Escritório Modelo Secretariado Executivo microcomputadores, 1s e 1 scaner Desenvolvimento de habilidades lingüísticas Aplicação dos conhecimentos teóricos aprendidos em aula CLÍNICA ODONTOLÓGICA Denominação do Área Principais Equipamentos A que se destinam Dentística, Endodontia 96m 2 34 conjuntos de micromotor; alta rotação e seringa Prepara os alunos, na parte prática, E Escultura Dental tríplice; 1 microscópio cirurgio dental com a utilização de c/câmara de vídeo; 40 manequins; 1 manequins. inclusor a vácuo; 2 parelhos de RX periapicais; 8 sistemas de fotopolimerização de resina; 1 trijato para limpeza; 2 ultra som para limpeza Denominação do Área Principais Equipamentos A que se destinam Prótese, Ortodontia e Materiais Dentários 131m 2 42 motores de chicote; 5 recortados de gesso; 1 balança de gesso; 42 Apoio à disciplina de maçaricos a gás; 1 forno para fundição; 1 centrífuga; 5 tornos para polimento; 6 vibradores; 21 seringas de ar; 4 termopolimerizadores para resina; 1 inclusor a vácuo; 1 aparelho de jato de areia para limpeza; 1 forno para fundição de alta fusão. Prótese, Ortodontia e Materiais Dentários. Centro Cirúrgico 96 5 consultórios completos; 1 aparelho de Formação acadêmica de raio X; 4 bisturis eletrônicos; 2 motores Graduação para implante e 1 motor para osteotomia. e Pós-Graduação. Atendimento cirúrgico de pacientes. Radiologia 129m 2 6 aparelhos para radiografias periapicais; 1 aparelho para radiografias panorâmicas e teleradiografias; 35 negatoscópios; sala Aprendizado prático de radiografias. escura; 3 manequins de crâneo -ósseo p/ técnica e interpretação radiográfica. Mestrado em Ortodontia Clínicas de Graduação (8 unidades) Descrição de cada unidade 61m 2 1 caixa para banho TYPODONT; 3 aparelhos foto-polimerizador; 3 aparelhos de POLICHE; 1 aparelho inclusor de gesso vácuo; 1 máquina fotográfica; 5 máquinas de solda; 1 mesa estativa para fotografia; 2 micromotores; 2 recortadores de gesso; 2 vibradores de gesso, 21 computa-dores e 7 s e scaner de mesa; 1 eletromiográfo; 2 multimídia e 1 TV dueto. 156 (cada) 18 equipamentos odontológicos completos; 6 bombas à vácuo; 18 fotopolimerizadores; 3 ultra-sons; 1 aparelho de raios X; 1 amalgamador mecânico. Preparo dos mestrandos na área de Ortodontia. Formação acadêmica de graduação. Atendimento clínico de pacientes. Clínicas de Pós-graduação (2 unidades) 106 (cada) 12 equipamentos odontológicos completos; 12 foto-polimerizadores; 6 Formação acadêmica de Pós-

6 Descrição de cada unidade ultra-sons e 2 aparelho de raio X; microscópio c/captura de imagem no vídeo e computador. Graduação. Atendimento clínico de pacientes. de Imagem 10 2 computadores, 2 s, 1 scanner para filmes positivos e negativos e 1 digitalizador de imagens Preparação de material acadêmico Visual. p/filmes e negativos; 1 scaner de mesa tamanho A3. CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Denominação do Principais Equipamentos A que se destinam Área Anatomia I, II e III Morfologia Prática de Peças 245,5m ² 86,19 Ossário 42,23 Morfologia Tanques 40,6 Morfologia Preparação de 42,33 peças Morfologia Prática de 71,17 peças Sala de estudos anatômicos I e II 84,38 Sala de micro-cirurgia 42,19 Técnica Operatória e 172,1 Cirurgia Experimental Patologia Experimental 84,7 Cinesioterapia 71,49 Eletrotermofototerapia 71,49 Macas Peças anatômicas humanas e artificiais. Ossos e órgãos artificiais. Aulas práticas nas disciplinas de anatomia Estudo de peças anatômicas naturais menores, tais como: ossos, vísceras, etc. Apoio didático. 4 tanques de formol. Armazenamento de corpos. Preparação de peças. Bisturis; tesouras; pinças; serra elétrica. Mesas e cadeiras; Negatoscópio 1 microscópio, Insulflador de CO2; Laringoscópio, monitor de Vídeo. 21 mesas cirúrgicas; 9 aparelhos médicos; 4 cautérios; 1 laringoscópio cirúrgico; 1 vídeo laparoscópio cirúrgico; 1 laparoscópio; 1 conj. oxigênio com reguladores de pressão; sistema de câmera de vídeo p/ transmissão de cirurgias para o auditório. Microscópio; histotécnico; inclusor; micrótomo; criostato; banho-maria; eletrostático. Mesa elétrica e mecânica de tração cervical e lombar; roda de ombro; quadro balcânico; bicicleta ergométrica. Forno de Bier; aparelho laser; aparelho de ondas curtas; aparelho ultra-som; aparelho galvânico. Dissecação de cadáveres e identificação de estruturas anatômicas. Estudo de peças anatômicas naturais menores, tais como: ossos, vísceras, microcirurgias O aluno mantém os primeiros contatos com as técnicas cirúrgicas com uso de animais. Elaboração de lâminas de histologia para trabalhos de pesquisa, além de métodos anatomopatológicos de ponta. Aplicação das principais técnicas cinesioterápicas, tanto profiláticas como reabilitatórias. Aprendizado do manuseio técnico dos principais equipamentos eletro-termofototerápicos.

7 Técnica dietética 71,50 Mecanoterapia 71,49 Educação Nutricional 35,04 Avaliação Nutricional 35,04 Análise experimental do comportamento 155,4 Bioquímica I, II e III 233,8 Fisiologia Animal I e II 172,2 Farmacologia 86,19 Fisiologia Vegetal e Genética Tecnologia Cosméticos / Homeopatia 136,82 121,79 02 fornos de microondas, 01 forno elétrico, 01 fogão a gás, 01 freezer 2 portas industrial, 01 refrigerador 4 portas industrial, 01 robot coupe, 01 extrator de suco, 01 seladora; Jogos de halteres manuais de 0,5 a 2,0 Kg, jogos de anilhas de ferro de 0,5 a 2,0 Kg, polia de parede-duplex, polia de teto, roda de ombro, quadro balcânico, mecanoplus, armários de aço, armário de madeira, barra paralela, tábua de inversão e eversão, escada-rampa. 04 Mesas redondas e 25 cadeiras, posters educativos, 01 pirâmide de alimentos de acrílico (didática), alimentos de borracha para compor a pirâmide. 01 balança digital, 02 aparelhos de bioimpedância, 01 aparelho de interactância de infravermelho, 02 balanças digitais eletrônicas (tipo para banheiro), 02 balanças pediátricas Filizola, 01 balança pediátrica Filizola digital, 02 bonecas para aulas práticas, 01 dinamômetro, 02 réguas pediátricas, 01 estadiômetro de parede, 02 adipômetros clínicos, 01 digital e 01 científico. Aulas práticas do curso de nutrição. Aulas práticas do curso de fisioterapia. Aulas práticas do curso de nutrição. Aulas práticas do curso de nutrição. 10 computadores; caixa de Skinner. Prática de pesquisa, aulas práticas com cobaias. 03 espectrofotômetros; 3 centrífugas; 1 phmetro; 02 fotômetros; 1 fotômetro de chama; 3 agitadores de tubo de ensaio; 02 agitadores magnéticos; 01 estufa; 04 banhos-maria; geladeira. 01 geladeira; 02 aparelhos identificadores p/ radiografia; 02 estufas; 04 banho-maria; 01 balança de precisão; 02 chapa aquecedora elétrica; 03 espirômetros; 01 centrífuga. Inaladores; tubos de oxigênio; placas de aquecimento. 01 estufa, 01 autoclave, 01 balança precisão, 01 agi- tador magnético c/ aquecimento, 01 agitador magné- tico s/ aquecimento, 01 misturador, 02 centrifugas, 10 microscópios, 05 lupas, 02 câmara germinação. 01 freezer, 01 estufa de cultura, 02 estufas de esterili-zação secagem, Realização de experimentos práti-cos relacionados às aulas práticas de Bioquímica Geral e Bioquímica Clínica, bem como ao desenvol-vimento de projetos de iniciação científica na área de graduação. Aprendizado do funcionamento do organismo humano. Trazer a percepção da farmacologia como estudo das características da matéria e a sua correlação com as ciências afins. Aulas práticas, monografias e pesquisas de laboratório. Práticas de homeopatia e cosméticos.

8 Farmacotécnica 89,36 Tecnologia Farmacêutica 100,72 Enfermagem I e II 163,4 Psicologia / Espelhos Psicologia testes I e II 176,2 01 moedor de plantas, 01 destilador, 03 barriletes, 01 Ph-metro, 10 balanças eletrônicas de precisão, 03 centrífugas para alimentos, 01 braço mecânico. Balança analítica e eletrônica; moinho de drogas; máquina de drageamento; capsuladores; estufas. Misturador de pó; balança; fotômetro; máquina para comprimidos; Encapsulador; estufa; capela. Manequins para reanimação cardíaca respiratória; manequins baby; bacia ginecológica; braço com bomba propulsora ; camas hospitalares; cadeira de rodas dobrável; cadeira de banho; colete de transportes para vítimas de acidentes; modelos de colares serviçais; talas infláveis; maca fixa. Almofadas. Ensino voltado à manipulação famacêutica(alopática e homeopática). Aulas práticas e diversas técnicas de reparo e atendimentos. 01 computador, Mesas, cadeiras. Para pesquisas, monografias. Mineralogia / pedologia 86,19 Preparo de peças zoológicas 100,7 Histologia e Embriologia 86,1 Microbiologia I e II 172,2 Patologia 86,19 Parasitologia/Hematologia 86,19 Biologia Celular 88,01 03 estufas, 03 balanças de precisão, 01 centrífuga, 01 capela, 01 misturador, 01 Ph-metro. 01 Lupa, 01 balança precisão, 02 freezer, 01 fogão industrial duas bocas, 01 exaustor, 01 furadeira elétrica, 01 serra tico-tico. 1 Projetor de lâminas; vários reagentes químicos; lâminas a fresco e permanente; balança de precisão; agitador magnético. Centrifugador; câmera de luz; agitador de tubo; autoclave; forno pasteur; deionizador; estufa. 29 microscópios projetor de lâminas; estufa, balança analítica; capela; micrótomo. 3 Centrífugas; 30 microscópios; 1 densintômetro; 2 homogenizadores, 2 fotômetro; estufa de cultura; estufa de secagem; aspirador de secreção. Preparação de Lâminas 42 Estufas; aparelho hisotécnico; micrótomo; destilador; microscópio; capela. Zoologia 130,1 Análise de solo aulas práticas, pesquisa Preparo de materiais para o museu e aulas práticas microscopia estudando os diferentes tecidos. O aluno aprende a identificar microorganismos coletar amostras, culti-var microorganismos, esterilização. Reconhecimento agentes pato-lógicos. Preparação de lâminas de endoparasitas e ectoparasitas. A principal atividade do aluno é reconhecer esses organismos. 22 Microscópios; 1 Micrótomo Preparação e reconhecimento de lâminas citológicas. Preparação de lâminas permanentes e a fresco. Conta mais de 1000 lâminas de diversos órgãos do corpo humano e de animais. Freezer; reagentes químicos; 12 aquários; 40 lupas; 30 microscópios; de morfologia animal,

9 Botânica 86,09 Fanerógamos 89,77 Informática I 66,14 Informática II 46,36 entre outros. sistemática animal e taxidermia. Estufas; microscópios, prensas; fotomicroscópio Desenvolver atividades e câmera fotográfica. ligadas à disciplina de Sistemática de Criptógamos, específica em ecologia, herborização de macro-algas, etc. Microscópios; lupas com tela de Prática e utilização de projeção. materiais do Herbário e Botânica. 24 computadores Celeron, 1 informática 22 computadores Pentium, 2 s informática CLÍNICA DE FONOAUDIOLOGIA Denominação do Área Principais Equipamentos A que se destinam Audiologia 87m 2 6 audiômetros; 2 impedanciômetros; 1Impedanciômetro, 2 GSI, 1 audiômetro GSI 61, Realização de exames auditivos na comunidade em 1 rastronic, 1 sis- tema de emissão geral. otoacústica; 2 sistemas de ampl. Utilizado para aulas para campo; 2 sistemas de Suzuki & práticas. Ogiba. Fala e Voz computadores equipados com o sistema CSL, para processamento de alta fidelidade dos sons e análise acústica. de Observação Clínica 11 4 Sistemas de amplificação para sala de Fonoterapia, 8 amplificadores de som, aparelho de som para gravação direta das salas de terapia Os equipamentos servem para realização da análise acústica da fala e da voz e são utilizados com fins acadêmicos, clínicos e de pesquisa. Observação direta do professor, alunos e aulas práticas. CLÍNICA DE FISIOTERAPIA E REABILITAÇÃO Denominação do Área Principais Equipamentos A que se destinam Isocinética 25 1 Dinamômetro Isocinético Cibex Avaliação computadorizada de força muscular. Baropodometria 10 1 Baropodômetro Avaliação computadorizada da pressão plantar. Eletrotermofototerapia Laser Canadense, laser AsG, corrente russa,ultrasom, ondas curtas, microondas, tens, eletroestimuladores, lâmpadas infravermelhas. Realização da aplicação de aparelhos para analgesia, relaxamento muscular,diminuição de processos inflamatórios. Cinesioterapia 80 Aparelhos para estimular a propriocepção (camas elasticas, balancer, giroplanos, pranchas de equilíbrio), cadeira de Bonet, plioar, Realização de exercícios terapêuticos.

10 barras ling, bolas terapêuticas. Mecanoterapia 80 9 bicicletas estacionárias, 2 esteiras, 2 stepers, barra paralela, 1 escada e rampa. Hidroterapia 185 Piscina, turbilhões, tanque de Hubbard. Realização de exercícios terapêuticos. Realização de exercícios hidroterapêuticos Quadro Moopy, negatoscópio, maca Aulas práticas Quadro Moopy, negatoscópio, maca Aulas práticas. BLOCO ACADÊMICO Denominação do Área Informática 1 55,86m ² Informática 2 74,02m ² Principais Equipamentos A que se destinam 22 computadores Duron, 1 informática 25 computadores Celeron, 1 informática CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DE TECNOLOGIA CCET Denominação do Área Principais Equipamentos I 85m 2 (Mecânica) 2 (Mecânica dos Fluídos, Termologia, Óptica e Ondas) 3 (Eletricidade, Magnetismo e Eletromagnetismo) 86m 2 67m 2 Kit Pasco p/cinemática; equipamento para lançamento de projéteis; conjunto experimental p/queda livre de corpos; mesas de força; conjunto p/estudo da estática A que se destinam Aulas de Experimental na área de Mecânica Vidraria; seringas; massas aferidas; Aulas de e bomba de vácuo; dinamômetros; experimental na manômetros; kits para demonstração; área de Mecânica de Fluidos, calorímetros; termômetros; corpos de Termologia, Óptica e Ondas prova; dilatômetros c/termistores; radiômetros de Crooks; bancos óticos; cubas de ondas; tubos de kunt; fontes de áudio frequência; pêndulos; placas; diafasões; sonômetro Geradores de Van Der Graaf; máquina de Whinshurst; eletrocóspio; conjunto para estudo da lei de Coulomb; gaiola de Faraday; fontes de alta e baixa tensão; conjuntos p/estudo da Lei de Ohm; kits diversos Geologia e Minerologia 131m 2 2 microscópios polarizadores; lupas bioculares; 2 balanças eletrônicas; 3 luminárias, conuns, Coleman ST 302L 2X e 4X Matemática 43m 2 Tangran; geoplano; torre de Hanói; polígonos com garrote, poliedros de Platão; ábaco; relações métricas no triângulo retângulo, espelhos planos justapostos, Estudo dos fenômenos eletrostáticos e magnéticos Identificar os principais minerais não-metálicos e metálicos, identificar as principais rochas magmaticas e sedimentares e metamórficas. Identificar as principais gemas e minérios de interesse econômico. Trabalhar conceitos matemáticos através de materiais concretos visando uma melhor

11 entre outros Artes Gráficas 80m 2 Equipamentos para serigrafia e tipografia; impressão de metal para xilografia e parafluxografia. Programação Visual 87m 2 Microcomputadores (14), s (5), ploter de recorte; câmeras digitais, softwares para processamento da imagem e editoração eletrônica Fotografia 215m 2 Ampliadores fotográficos; câmaras e lentes nikon; ge-ladeira; cabeças de flash de estúdio; tripés; acessórios; processadora de slides/pb; fotômetros/acessórios; aquecedor; timers de ampliadores; estufa de secagem filme; e outros. CAD - I e m 2 82 computadores Pentium III e 4, 4 Plotters, 1 Informática I 85m 2 21 computadores Atlhon XP, 1 compreensão, além de facilitar o bom desempenho do aluno-professor na sala de aula. Elaboração de impressos, gravuras e práticas de artes Gráficas Desenvolvimento de projetos de design gráfico; editoração eletrônica, programação visual e produto Editoração eletrônica, edição de imagens, produção de interfaces gráficas Uso em aulas de autocad para os Cursos de Engenharia e Arquitetura. Para aula prática dos alunos dos cursos de graduação, pósgraduação e mestrado e utilização dos alunos. Informática II 85m 2 21 computadores Atlhon XP Informática III 85m 2 21 computadores Sempron, 1 Informática IV 85m 2 21 computadores Sempron, 1 Informática V computadores Pentium 4 Desenvolvimento de trabalhos/projetos e pesquisas Acadêmicas Informática VI 85m 2 33 computadores Celeron, 2 s Informática VII 85m 2 21 computadores Pentium 4, 1 Para aula prática dos alunos dos cursos de graduação, pósgraduação e mestrado e utilização dos alunos. Informática VIII 74m 2 21 computadores Sempron, 1 Informática IX 74m 2 21 computadores Celeron, 1 Informática X computadores Athllon XP, 1 Informática XI computadores Sempron, 1 Informática de Matemática (LACOM) micros Pentium, 2 s Pesquisas acadêmicas para Matemática Modelos (5) 500m 2 Serra circular; serra-fita; soldasacetilênio; meg ponto; Confecção de modelos e maquetes lixadeiras; fornos para cerâmica;

12 furadeiras; ferramenta em geral maquinário portátil em geral; serras tico-tico Cílix (4) 225 Computadores e s Treinamento e aulas práticas em SAP PARQUE TECNOLÓGICO LABORATÓRIOS DE TECNOLOGIA LABORATÓRIO DE TECNOLOGIA EM ENGENHARIA DE ALIMENTOS, ENGENHARIA QUÍMICA, QUÍMICA INDUSTRIAL, FARMÁCIA E BIOQUÍMICA. Denominação do Área Principais Equipamentos A que se destinam de Análise Sensorial 74m 2 de Bioquímica 74,85m 2 de Controle de Qualidade Físico-Química de Controle de Qualidade Microbiológica 42,49m 2 Térreo 60m 2 Térreo Fogão; geladeira; 4 cabines de degustação com 8 lâmpadas coloridas; balança semianalítica; 1 batedeira; 1 liquidificador. Manta elétrica; bomba de vácuo; banho-maria; condensador; agitador magnético com aquecimento; phmetro micronal; chuveiro e lava olhos; espectrofotômetro micronal; fotocolorímetro; termômetro; estufa de esterilização; aquecedor elétrico prodicil; entre outros. Determinador de lipídeos; bancadas para ensaios químicos; refratômetros; centrífugas. Bancadas com lupas; microscópios; sala de incubação e de preparo; estufa B.O D., estufas; autoclave; balanças, geladeira, ph-metro, agitadores magnético, agitadores com aquecimento. de Farinhas 42,45m 2 Farinógrafo; viscógrafo; extensógrafo; 2 termostatos eletrônicos; 1 computador; controlador digital; moinho de rolos; Falling Number 1300; entre outros. de Físico- 82,50 Bancadas com ponto de luz, água, gás Química e pias; estufas de secagem; capela. de 85,25m 2 Microscópios; estufas de secagem; Microbiologia estufas de encubação; geladeira; BOD; Phmetro; banhos-marias, agitador magnético, forno microondas; capela microbiológica; autoclaves; máquina de lavar vidraria; foto colorímetro, contador de colônias, capela exaustão, banhomaria com agitação, balanças semi-analítica, balanças analítica; Karlfisher. de Química 74,85 Bancadas com ponto de luz, água, gás Analítica Qualitativa e pias; chuveiro e lava-olhos; Degustação técnica dos alimentos. Bioquímica. Apoio as atividades práticas do curso de Eng. de Alimentos e prestação de serviços e análises físico-químicas de alimentos. Apoio às atividades práticas do curso de Eng. de Alimentos e prestação de serviços em análises microbiológicas de alimentos e seleção de micro-organismos de interesse industrial. Determinação de propriedades para a industrialização de farinhas, principalmente a farinha de trigo. Físico- Químico. microbiologia, análises microbiológicos de alimentos; seleção de micro-organismo de interesse industrial. Química

13 de Química Analítica Quantitativa de Química Orgânica de Química Geral de Química Inorgânica de Toxicologia 74,85 Planta Piloto de Biotecnologia Planta Piloto de Óleos Gorduras e Extratos Planta Piloto de Procedimentos Especiais I Planta Piloto de Produtos de Origem Animal deionizador de água; centrífuga excelsa baby; capela. 74,85 Bancadas com pontos de luz, água, gás e pias; estufas de esterilização; muflas químis; aquecedores elétricos; banho-maria; balança semianalítica; phmetro; chuveiro e lava olhos; capela; kjedahl. 74,85 Bancadas com pontos de luz, água, gás e pias; estufas de esterilização; aquecedores elétricos; lupas; mantas eletricas; bombas de vácuo; banhosmaria; agitadores magnéticos com aquecedores; chuveiro e lava olhos; capela, freezer e geladeira, destilador, balanças semi-analíticas. 74,85 Bancadas com pontos de luz, água, gás e pias; estufas de esterilizção; aquecedores elétricos; e balanças semianalítica; voltímetro; amperímetros; capela; vi-drarias de laboratório; retificadores de corrente; equipamentos da usina piloto de Eng. Química; estufas; mantas de aquecimento; medidores de ph; densí-metros; picnômetros; produtos químicos; destilação multifuncional; entre outros. 77,59 Bancadas com pontos de luz, água, gás e pias; estufas de esterilização; aquecedores elétricos; e balanças semianalítica; voltímetro; amperímetros; capela; espectrofotômetro. Termômetro; estufa de esterilização; aquecedor elétrico prodicil; manta elétrica; bomba de vácuo; banho-maria; condensador; cuba de cromatografia grande; cromatógrafo a gás. 72,44m 2 Térreo 71,85m 2 Térreo Alambique; despolpadeira; filtro; prensa; bomba d água; incubador shaker; caldeirão industrial; rabofrio; estufa incubadora para B.O. D., fermentadores, destiladores. Extrator mecânico de gordura; mesa de seleção; extrator de óleo por solvente. 70,95 Secador de bandejas (único Térreo equipamento que é utilizado). Unidade compactada para o processamento de farinhas; extrusora de alimentos; tanques agitados. 74,48m 2 Térreo Seladora a vácuo; moedor de carne; cutter; embutideira geladeira; freezer; Qualitativa. Química Quantitativa/Bromatolog ia Química Orgânica Química Geral. Galvanização, cromagem, polímeros e tintas, reconhecimento de plásticos, materiais combustíveis de uso comum e noções de extração e separação. Estudo do comporta mento dos líquidos e sólidos, noções de corrosão, fosfatização e pintura, decapagem galvanização, cromagem, noções de extração e separação química. Química Inorgânica. Pesquisa de entorpecentes; Medicamentos;substâncias químicas (tox.ocupacional); venenos. Estudo, análise e avaliação de tecnologias para o processa-mento de alimentos por fermentação. Estudo, análise e avaliação de tecnologias para o processamento de oleoginosas. Estudo, análise e avaliação de operações unitárias para o processamento de alimentos em escala semi-industrial. Estudo, análise e avaliação de

14 Planta Piloto de Produtos de Origem Vegetal e Laticínios 71,85m 2 Térreo fogão; misturador para carne; estufa para embutidos; entre outros. Geladeira; freezer; autoclave; fogão; despolpadeira; seladora; recravadeira; estufas de incubação; entre outros. Planta Piloto de Secagem 70,95m 2 Spray dryer; secador de leito Térreo fluidizado; selador estacionário à vácuo; liofilizador; pasteurizador. Plantas Piloto de Farinhas, Pastas e Confeitos 71,85m 2 Térreo Projetos I 42,45m ² Projetos II 42,45m ² Divisora de pães; misturador; modelador; forno estático; estufa com U.R; multiprocessadora 5 em 1; suporte para assadeiras; armário; entre outros. 06 Computadores equipados com auto cad, pranchetas, Computadores, 02 s; 01 plotter. Sala de Análise 42,00 Agitador de tubos; agitador magnético; Instrumental aquecedor; balança; câmara de luz ultravioleta; condutivímetro; compressor e bomba de vácuo; cromatógrafo; detetor UV variável; espectrofotômetro; estabilizador de tensão; integrador processada; polarímetro; potenciômetro; tensiômetro; turbidímetro; viscosímetro; banhomaria; bureta digitada; ponto de fusão. Sala de Balanças 43,20m 2 Unidade de Geração de Vapor- Caldeira 60 Térreo fora do prédio tecnologias para o processamento de carne e derivados embutidos Estudo, análise e avaliação de tecnologias para o processamento de vegetais e derivados do leite Processamento de materiais utilizando tecnologias de secagem e tratamento térmico Fabricação de pão e macarrão. Elaboração do projeto completo de uma unidade industrial para o processamento de alimentos. Elaboração de projetos. Sala destinada à pesquisa onde requer cuidado especial. 6 Balanças Analíticas Para utilização na pesagem durante as aulas práticas Caldeira de tubos de água. Unidade de desmineralização de água Ensinar as operações de geração de vapor e tratamento de água. É dado ênfase nos cuidados com a segurança da operação. LABORATÓRIO DE TECNOLOGIA EM ENGENHARIA ELÉTRICA E ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO Denominação do Área Principais Equipamentos A que se destinam CPD PPGIA 20m 2 7 servidores, 3 computadores, 1 estação sun ultra power PC, servidor de cálculo. Central de servidores para o mestrado em Inf. Aplicada.

15 de Circuitos Eletrônicos A de Circuitos Eletrônicos B 80m 2 80m 2 de Comutação 36m 2 de Computação III de Engenharia de Computação I de Engenharia de Computação II de Engenharia de Reabilitação LER de Informática em Saúde LAIS 60m 2 60m 2 60m 2 72m 2 36m 2 Osciloscópios digitais duplo traço; Aulas para as geradores de funções; fontes de disciplinas de alimentação digitais; multímetros sistemas digital e digitais e analógicos; testadores de eletrônica componentes; ponte digital RLC; mesa linear, para os cursos digital, proto-board; maleta digital de En- LabVolt, laboratório baseado na genharia Elétrica e interface de computadores Modcom Engenharia de sistema de aquisição de dados para Computação. Engenharia Elétrica com ênfase em Comunicações Modernas. Osciloscópios analógicos duplo traço, Aulas para as fontes de alimentação analógicas, disciplinas básimultímetros analógicos; ponte RLC; cas para os cursos de freqüêncímetro; maletas de eletricidade Engenha ria Elétrica e e programação básica; proto-board; Engenharia de testadores de componentes. Computação. Gerador de sinal PCM; medidor de nível; Conhecimento do analisador modular; gerador de sinais; funcionamen to de sintetizador de varredura; analisador de sistema de comutação, espectro, PCM; test SET, central no caso SPX 2000 e sua telefônica SPX 2000, aparelho telefônico operação. público a cartão, telefones 22 máquinas Dell; 1 servidor HP Net 60 com gravadora externa de CD; 1 superstack II PS HUB 40 TP 24 Port; 1 superstack II SWITCH 3300; 1 retroprojetor Overherd 3 M; 1 projetor Multimídia Próxima Ultralight; 1 Laser 2100 TN HP; 1 deskjet HP 930C, entre outros. Osciloscópio; VOM; fontes DC geradores de funções; mesas digitais; micro gravador de PROM; controlador lógico programável; estações de solda; s. VOM; micros; s; osciloscópio; zip-drive, entre outros. Servidor Windows; computadores; ponte RLC; amplificador de transimpedância; osciloscópios; multímetros; geradores de funções; analisador de espectro; sintetizador de RF; antenas; medidor de intensidade de campo; fontes de alimentação; scanner de alta densidade; filmadora VHS; biblioteca com manuais de componentes eletrônicos; medidor de nível sonoro. 18 micros; 2 s; placas de aquisição de imagem; 1 scanner; zipdrive; microscópio. Prover recursos para a capacitação de alunos lecionados no curso de graduação, visando atender as necessidades atuais e futuras das empresas conveniadas, usando os incentivos e benefícios previstos na Lei n.º 8248 entre outros objetivos, pesquisa e desenvolvimento das disciplinas do curso de Eng. Computação. Simular circuitos e teorias vistas nas aulas teóricas. Pesquisa desenvolvimento projetos. Pesquisa desenvolvimento projetos Informática Engenharia Reabilitação. e de e de em e de Desenvolvimento de projetos na área de saúde, como o Projeto

16 de Meios 21m 2 3 servidores, 20 estações de trabalho, 2 s de Redes 80m 2 Computadores,, hubs, switch, roteador, rack de Telecom, patch panel UTP, patch panel óptico. de Sistemas Distribuídos LASID de Sistemas Inteligentes LASIN de Transmissão e RMAV (Convênio) 36 36m 2 80m 2 Informática I 73,28m ² Informática II 73,28m ² de Vídeo- 20m 2 Conferência LUCI I PPGIA 73m 2 LUCI II PPGIA 36m 2 SICAPH Sistema de Informação e Comunicação para Aten dimento Pré-Hospitalar :que visa o gerenciamento de informações VOZ E DADOS --, em tempo real, entre os profissionais da área de emergências médicas, hospitais e setores afins. Desenvolvimento de pesquisa no Mestrado em Informática. Configuração de topologias de redes, simular tráfego de dados, conexão entre equipamentos, noções sobre cabeamento estruturado. 8 estações de trabalho. Pesquisa e desenvolvimento de projetos em Sistemas Distribuídos. 10 MICROS; 1 scanner. Pesquisa e desenvolvimento de projetos em Sistemas Inteligente Analisador de protocolo, analisador de Medidas de sinais comunicações ópticas; analisador digitais e vetorial e escalar de redes; gerador de ópticos em sistemas sinal sintetizado; sistema de teste de de trans rádio digital; refletômetro óptico; missão via rádio, instrumento de medição fibras ópticas sinais Telecom/Datacom; Instrumento de multiplexados. medição PHD/SDH; freqüêncímetro de microondas. 24 computadores Pentium 4, 1 24 computadores Pentium III, 1 TV; aparelho de vídeo-conferência, computadores informática informática Palestras e aulas teóricas e práticas. 17 computadores. Alunos pós-graduação, pesquisa ciência da imagem. 11 computadores. Alunos pós-graduação, pesquisa ciência da imagem. LABORATÓRIO DE TECNOLOGIA EM ENGENHARIA MECÂNICA, ENGENHARIA CIVIL, ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO E ENGENHARIA DE PRODUÇÃO MECÂNICA Denominação do Área Principais Equipamentos A que se destinam

17 de Análises Ambientais de Análises de Argamassa de Análises de Concreto de Autoveículos de Ciências Térmicas de Climatologia/ Hidrologia/Recursos Hídricos de Conformação Mecânica m 2 dentro do Lab. Mat. Constr m 2 50m m 2 Espectrofotômetro de absorção atômica; gerador de vapor a frio; espectrofotômetro de UV; balança analítica; balança eletrônica; microscópio; mufla automática; aparelho para extração de óleos e graxas; estufa DBOS; fluxo laminar; autoclaves; condutivimetro, peagâmetro; centrífuga; banho-maria. Mufla elétrica; estufa elétrica; balança analítica; chapa elétrica; agitador; moinho; Phmetro; destilador; agitador elétrico; agitador com aquecedor. Betoneira; prensa elétrica para ruptura de corpo de prova de concreto; balança mecânica; esclerômetro para ensaio de resistência não destrutiva do concreto; máquina multicorte para barras de aço; extratora de corpo de prova de concreto; formas diversas para moldagem de corpo de prova cilíndrico e prismático para concreto; aparelho tronco cônico para medir plasticidade; prensa manual para ruptura de corpo de prova de concreto; estufa grande para secagem de amostra; peneirador grande elétrico; aparelho para medir porcentagem de ar incorporado no concreto; câmera úmida entre outros. Bancadas de: injeção e ignição eletrônica; freios ABS; motor com simulador de falhas; condicionamento de ar; air-bag; carga; parabrisa; buzina; travamento de portas; vidro elétrico; banco elétrico; ventilação; direção e suspensão; freios a disco e tambor; caixas de câmbio; eletricidade e eletrônica; veículo em acrílico. Bancadas de trocadores de calor; bancadas diversas para estudos de escoamento; medidas de vazão; pressão e temperaturas; medidas de condutividade térmica; transferência de calor por ebulição e medições do equivalente mecânico de calor; bancada de reometria. Atender aos projetos de pesquisas, a demanda industrial e comunidade, em análises de águas, efluentes industriais e sedimentos análise química para controle de qualidade dos materiais para construção civil, pesquisa de materiais diferentes para construção civil. concreto em estado fresco e endurecido. ensaio de tração e dobramento do aço. Aulas práticas para os Cursos de Engenharia Civil e Arquitetura. Análise, otimização e funcionamento de sistemas automotivos. Estudos de várias propriedades dos líquidos e ar e propriedades reológicas de fluidos. 1 microcomputador com placa faxmodem; 1 da unidade Engenharia Civil, Atende os cursos de remota de recepção dos dados da Estação Arquitetura, Biologia, Climatológica Automática da Fazenda Agronomia e Eng. Gralha Azul Ambiental. Prensa dobradeira (chapas), prensa Aulas práticas sobre excêntrica; guilhotina; prensa hidráulica; conformação; uso em dobradeira hidráulica (chapas); atividades acadêmicas; dobradeira para tubos; serra mecânica. uso em prestação de serviços conforme contrato com a PUCPR; processos de conformação mecânica dos metais.

18 de Construção Pesada 150 m 2 de Dinâmica 85m 2 de Ensaios Destrutivos de Ensaios Não Destrutivos 75m 2 75m 2 de Hidráulica 150m 2 de Hidrologia/ Estação Fluviométrica de Máquinas de Fluxo de Mecânica dos Fluidos de Materiais de Construção de Metalografia 30 no campo 75m 2 50m 2 150m 2 100m 2 Ponte rolante, entre outros. Desenvolver ensaios em lajes, pilares e vigas em escala material e/ou reduzida. Analisador de sinais; sistema de Treinamento e aquisição de dados; analisador acústico; simulação de sistema de dados; sistema de sensores; ensaios e vibração e sensores de medição a laser; bancadas cústica. de: balanceamento,mancais hidrodinâmicos/aerodinâmicos e vibrações mecânicas; Shakers; martelos de impacto e fonte de sinais acústicos. Máquina universal de ensaios Instron; Execução de ensaios máquina de ensaios Emic; durômetro mecânicos digital Rockwell universal; durômetro para caracterização de Vickers-Brinell; pêndulo de Charpy. materiais. Yoke Supermagna Magnaflux; aparelho Inspeção de peças e de ultra-som Krautkramer; medidor de equipamentos através intensidade de campo magnéti co; de ensaios não medidor de luz branca e negra; líquidos destrutivos. penetrantes; partículas magnéticas; magnaflux. Conjunto de experiências de Mecânica de Treinamento em Fluidos FE-20 com conjuntos A, B e C Mecânica dos Fluidos e (BENDER); módulo experimental de Hidráulica. Aferição de Mecânica de Fluidos, modelo MF 80 aparelhos medidores de I.C.A.M. (Indústria e Comércio de vazão e pressão. Artefatos de Metal); módulo experimental de hidráulica Modelo AV/580 I.C.A.M. Estação Pluviográfica pluvioômetro; pluviógrafo, termômetros de máxima e mínima; higrômetro; Estação Fluviográfica régua linimétrica e linígrafo Estudos de hidrologia e recursos hídricos e aulas práticas. Bancadas de: turbina Pelton e turbina Análise, otimização e Francis; bancadas com aquisição de funcionamento das dados de Turbina Kaplan; bomba máquinas de fluxo. centrífuga e ventiladores. Bancadas para estudo de: escoamento Estudo, análise e externo; perda de carga; escoamento avaliação de através de orifícios. Kit para estudo de: fenômenos clássicos de teorema de Bernoulli; impacto de jato; comportamento de hidrostática e estabilidade de corpos. fluidos incompressíveis. Aparato para medição de vazão. Balanças eletrônicas com precisão 0,1g e 0,01g; estufas com capacidade 200 C; materiais de argamassadeira mecânica elétrica; construção. aparelho de Vicat; esclerômetro para avaliação da resis tência superficial do concreto; aparelho SPEEDY para determinação do teor de umidade dos materiais; mesa de Flowtable; silos para estocagem de materiais; jogo de peneiras completo; permeabilímetro de blaine; mufla a 1300ºC. Cortadeira de precisão; cortadeira manual; prensa hidráulica de embutimento; lixadeiras e politrizes metalográ ficas; lixadeira de cinta; politriz e ataque eletrolíticos; Preparação de amostras de materiais para análise macro e microestrutural.

19 de Mecânica dos Solos 150m 2 2º Andar de Mecanismos 50m 2 de Metrologia de Microscopia 150m 2 30m 2 de Oficina 125m 2 de Pavimentação e Transporte 150m 2 de Poluição 150m 2 equipamento de ultra-som; secador de amostras. Balanças eletrônicas capacidade 40 kg, precisão 0,1g; balanças eletrônicas Mecânica dos Solos. capacidade 0,5 Kg, precisão 0,001g; estufas elétricas capacidade 200ºC; prensa de adensamen to unidimensional; prensa de cisallhamento direto; prensas de compressão simples de solos; 2 prensas de CBR (Índice Suporte Califórnia) com equipamentos para compactação; penneâmetro para ensaio de permeabilida de dos solos de carga constante e carga variável; aparelhos casa grande elétricos; jogos de peneiras; dispersores de solo. Máquinas de: torção; fadiga por flexão e Projeto e análise de torção; mancais; Cames. Conjunto de sistemas mecanismos. mecânicos através do Máquina de medições lineares; máquina de medir por coordenadas 3D; microscópio de medição; projetor de perfis; máquina de medir perfil e rugosidade; máquina de medir erros de forma; medidor de altura digital; levantamento de parâmetros físicos e simulação computacional. Equipamentos aplicados à metrologia dimensional com as seguintes possibilidades: medições lineares, calibrador de blocos padrão; nível angulares e eletrônico; laser interferométrico. tridimensionais de peças, calibração de padrões e instrumentos, medição de erros de forma e rugosidade; ensaios geométri- Cós de máquinas ferramentas e de máquinas de medir. Microscópio metalográfico; sistema de Identificação, fotomicrografia; câmaras de vídeo; caracterização e analisador de imagens; microdurôme tro; classificação macro e sistema de vídeo printer. microestrutural dos materiais. Torno convencional, fresadora universal; Operações simples furadeira de bancada; serra fita vertical; com torno, fresadora, bancadas para ajustagem; paquímetros; ajustagem, confecção micrômetro; traçador de altura; traçador de peças simples. de altura digital; esquadros de precisão. Aparelho para determinação do ponto de amolecimento; aparelho elétrico extrator análise de de betume; aparelho Marshall completo; materiais para aparelho para vaso aberto Cleveland; pavimentação de penetrô- estradas e transportes. metro; aparelho Phmetro; balanças; banho termostático; bomba a vácuo; máquina Los Angeles; viscosímetro; Viga Benkelmann; cronômetro. Ozonizador; compressor; Hiorogerox; Aulas práticas e uso quadros com movimento opticart; coluna dos alunos para de sedimentação; 3 ralf s escala piloto; desenvolvimento de

20 de Química Ambiental 60m 2 de Soldagem 150m 2 de Resistência dos Materiais de Simulação Térmica de Sistemas Térmicos de Tecnologia da Construção de Termodinâmica Aplicada 50m 2 55m 2 80m 2 225m 2 75 m 2 aerodor de superfície; fossa filtro atividades acadêmicas. anaeróbio; misturador; jar test; bomba; triturador de resíduos orgânicos; medidor de vazão ultrasônico 1 Macro kjedahl para análise de Atende aos cursos de nitrogênio, 1 forno mufla, 1 incubadora Engenharia Ambiental. bod, 2 bancadas, 1 microcomputador; phmetro, condutivímetro, SQ118 merck, 1 bomba de vácuo, 1 deionizador Máquina para corte: PLASMA e CNC; Tecnologia de corte e oxicorte; eletro revestido; máquina para solda. soldagem: MIG/MAG; TIG; Plasma/ Microplasma; solda ponto e acetileno. Cartão para strain-gages MOD.5110; cartão para termo pares MOD.5120; cartão para lvdt modelo 5140; polariscópio para ensino MOD.081; quadro de aplicação de força MOD.082; compensador de campo uniforme MOD.285. Rede de microcomputadores Softwares CFX e Visualdoe Câmara climatizada; sistema de instrumentação virtual VXI; transdutores de pressão e temperatura e analisador de energia; sistemas de vácuo e banhos climatizados; medidor portátil de consumo de energia; sistema portátil de aquisição HP; medidor de vazão de fluido refrigerante; psicrômetro e avaliador de conforto/stress térmico. Serra circular; betoneira; furadeira; plaina; lixadeira; ferramentas para alvenaria; carpintaria e armador, entre outros. Bancada dinamométrica para ensaios de motores de combustão interna, Anemômetro a laser, sistema de aquisição de dados e controle; calibrador de termo-pares, analisador de gases de combustão. Aulas práticas e teóricas na área de Resistência dos Materiais, teorias das estruturas, pontes e estruturas de aço e madeira. Ambiente voltado a simulação Termoenergética de sistemas termicos, simulação de escoamento de fluídos e de transferência de calor. Ensaios de desempenho térmico de produtos e ou componentes em ambientes controlados, visan do redução de consumo de ener gia, aquisição de sinais, medição de pressão, temperatura, tensão,corrente, fator de potência e análise de harmônicos. alvenaria, carpintaria, acabamento de obra e armador. Desenvolvimento de técnicas de obras na parte técnica e prática. Aulas práticas de Arquitetura e Engenharia Civil. Ensaios de desempenho de motores de combustão interna, medição de temperatura, pressão e velocidade de escoamento, em máquinas térmicas e em seus com pónentes, determinação da

microfones. Setor fotográfico Câmeras de fotográficas Câmeras digitais e mecânicas

microfones. Setor fotográfico Câmeras de fotográficas Câmeras digitais e mecânicas 5.2 LABORATÓRIOS - 2006 BIBLIOTECA CENTRAL Computação 12 Computadores e uma impressora Atendimentos aos alunos dos cursos da PUCPR CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E SOCIAIS - CCJS Núcleo de Prática Jurídica

Leia mais

LABORATÓRIO DE FUNDIÇÃO. 1. Descrição Física

LABORATÓRIO DE FUNDIÇÃO. 1. Descrição Física LABORATÓRIO DE FUNDIÇÃO 1. Descrição Física O espaço físico deste laboratório deve ser de 100 m 2, com piso em cimento queimado e uma área de aproximadamente 3 m 2 em terra batida para vazamento de metal,

Leia mais

LABORATÓRIO / DISCIPLINAS

LABORATÓRIO / DISCIPLINAS LABORATÓRIO / DISCIPLINAS Laboratório de Farmacotécnica: Farmacotécnica, Cosmetologia e Farmacotécnica Homeopática e Fitoterápica. ÁREA CONTRUIDA (m 2 ) 80 Multidisciplinar I: Biofísica, Toxicologia, Fisiologia

Leia mais

Laboratórios do Curso de Comunicação Social Publicidade e Propaganda

Laboratórios do Curso de Comunicação Social Publicidade e Propaganda Laboratórios do Curso de Comunicação Social Publicidade e Propaganda Os laboratórios do Curso de Comunicação Social Publicidade e Propaganda da UNIFOR estão concentrados em um núcleo composto de seis células.

Leia mais

LABORATÓRIOS DA ÁREA DE QUÍMICA

LABORATÓRIOS DA ÁREA DE QUÍMICA LABORATÓRIOS DA ÁREA DE QUÍMICA Laboratórios de Química I, II, III, IV Localização: - Analítica - Bloco "M" 304 Área: 70,65 m² - Físico Química - Bloco M 303 Área: 95,48m² - Química Inorgânica - Bloco

Leia mais

LABORATÓRIOS DA ÁREA DE ODONTOLOGIA

LABORATÓRIOS DA ÁREA DE ODONTOLOGIA LABORATÓRIOS DA ÁREA DE ODONTOLOGIA Laboratório Pré-clínico de Materiais Dentários e Ortodontia Localização: Bloco S 204 Área: 86,40 m² - 02 Motores de bancada - 02 Polimerizadoras - 30 Mochos Propicia

Leia mais

Laboratórios de Pesquisa da Biologia

Laboratórios de Pesquisa da Biologia Laboratórios de Pesquisa da Biologia 1 - Laboratório de Biologia e Ecologia Animal (B 1.01) Conta com um espaço físico de 12m x 12m (144m²) phmetro ou medidor de ph: é um aparelho usado para medição de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR NORTE - RS PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO CURSO DE NUTRIÇÃO RECURSOS HUMANOS E MATERIAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR NORTE - RS PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO CURSO DE NUTRIÇÃO RECURSOS HUMANOS E MATERIAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR NORTE - RS PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO CURSO DE NUTRIÇÃO RECURSOS HUMANOS E MATERIAIS Projeto REUNI Novos Cursos Para que a implantação e

Leia mais

LABORATÓRIO DE MODELOS, INCLUSÃO E FUNDIÇÃO

LABORATÓRIO DE MODELOS, INCLUSÃO E FUNDIÇÃO LABORATÓRIO DE MODELOS, INCLUSÃO E FUNDIÇÃO 1. Descrição Física A área mínima deste laboratório deve ser igual ou superior a 59,00 m 2 ; sala quente com área mínima de 10,00 m² e almoxarifado com 9,50

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE NUTRIÇÃO INSTITUIÇÃO: ANHANGUERA EDUCACIONAL

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE NUTRIÇÃO INSTITUIÇÃO: ANHANGUERA EDUCACIONAL PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE NUTRIÇÃO INSTITUIÇÃO: ANHANGUERA EDUCACIONAL 1. INFRAESTRUTURA FÍSICA E SUA UTILIZAÇÃO As instalações destinadas ao curso atendem ao propósito de promover a formação em nível

Leia mais

ENSAIOS NÃO DESTRUTIVOS - END Ensaios realizados em materiais, acabados ou semi acabados, para verificar a existência ou não de descontinuidades ou defeitos, através de princípios físicos definidos, sem

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI Ítalo Bologna

Faculdade de Tecnologia SENAI Ítalo Bologna Faculdade de Tecnologia SENAI Ítalo Bologna 1. INFRA-ESTRUTURA Salas de Aulas A FATEC IB possui 22 salas de aulas climatizadas, sendo 10 com capacidade para acomodar, confortavelmente de 50 (cinqüenta)

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR 1 Validade: A partir de 01/91 Departamento: Engenharia Elétrica Curso: Engenharia Industrial Elétrica Carga Horária: 60H ( Teórica: 30H Lab.: 30H Exerc.: 00H ) Créditos: 03 Pré-requisitos: Controle e Servomecanismos

Leia mais

LABORATÓRIO DE CALIBRAÇÕES E PLANTA DIDÁTICA

LABORATÓRIO DE CALIBRAÇÕES E PLANTA DIDÁTICA LABORATÓRIO DE CALIBRAÇÕES E PLANTA DIDÁTICA 1. Descrição Física O laboratório deve dispor de estrutura mínima de uma área igual ou superior a 58m2; com pé direito de 3,5m, piso em material isolante, resistente

Leia mais

LABORATÓRIOS DA ÁREA DE MICROBIOLOGIA E ALIMENTAÇÃO

LABORATÓRIOS DA ÁREA DE MICROBIOLOGIA E ALIMENTAÇÃO LABORATÓRIOS DA ÁREA DE MICROBIOLOGIA E ALIMENTAÇÃO Laboratório de Ciência e Tecnologia dos Alimentos Localização: Bloco "M" 125 Área: 158,69 m² Projetos de Pesquisa: POLIFENÓIS DE YACON (Smallanthus sonchifolius):investigação

Leia mais

LABORATÓRIOS DA ÁREA AMBIENTAL

LABORATÓRIOS DA ÁREA AMBIENTAL LABORATÓRIOS DA ÁREA AMBIENTAL Laboratório de Hidráulica Ambiental Localização: Bloco "M" 223 Área: 70,38 m² Módulo para Experimentos e Perda de Carga: - 01 Reservatório (300L); - 01 Grupo Motor Bomba;

Leia mais

III - ROTEIRO PARA AVALIAÇÃO DOS PROJETOS DE AUTORIZAÇÃO DE CURSOS

III - ROTEIRO PARA AVALIAÇÃO DOS PROJETOS DE AUTORIZAÇÃO DE CURSOS I - APRESENTAÇÃO O presente documento completa a série de instrumentos elaborados pela Comissão de Especialistas de Ensino de Farmácia, compostos por Roteiro de Autorização de Novos Cursos, Roteiro de

Leia mais

RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00033/2014-000

RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00033/2014-000 26267 - UNIVERSIDADE FED DA INTEGR LATINO-AMERICANA 58658 - UNIVERSIDADE FED. DA INTEGR. LATINO-AMERICANA RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00033/20-000 - Itens da Licitação - APARELHO ENSAIOS FÍSICOS

Leia mais

DISCRIMINAÇÃO DO PRÉDIO I QUANTIDADE ÁREA (m 2 ) SUBSOLO. Redação Tele jornalística 01 80,00. Gráfica 01 20,00

DISCRIMINAÇÃO DO PRÉDIO I QUANTIDADE ÁREA (m 2 ) SUBSOLO. Redação Tele jornalística 01 80,00. Gráfica 01 20,00 DISCRIMINAÇÃO DO PRÉDIO I QUANTIDADE ÁREA (m 2 ) SUBSOLO Redação Tele jornalística 01 80,00 Gráfica 01 20,00 Estúdio Pedagógico de Áudio Visual 01 140,00 Laboratório de Rádio: Estúdio de Radio 01 24,00

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão. 2009 PRÓ-EQUIPAMENTOS 200 INFORMAÇÕES SUBPROJETO EQUIPAMENTO SITUAÇÃO LOCALIZAÇÃO Nº do Patrimônio 01 SUBPROJETO PARA ATUALIZAÇÃO E AMPLIAÇÃO DE APOIO À PESQUISA (Coord. Salviana de Maria Pastor Santos

Leia mais

ANEXO I - DOS CARGOS, DA FORMAÇÃO E DA HABILITAÇÃO

ANEXO I - DOS CARGOS, DA FORMAÇÃO E DA HABILITAÇÃO ANEXO I - DOS CARGOS, DA FORMAÇÃO E DA HABILITAÇÃO Administração/Logística Psicologia das Relações Humanas; Liderança e Gestão de Equipes; Professor de Psicologia Doutorado em Psicologia Enfermagem Segurança

Leia mais

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - UNISALESIANO

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - UNISALESIANO CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - UNISALESIANO Laboratórios Didáticos Especializados Qualidade O Curso de Ciências Biológicas conta com laboratórios que atendem às necessidades de suas disciplinas e os laboratórios

Leia mais

Laboratórios do Curso de Arquitetura

Laboratórios do Curso de Arquitetura - Descrição do Laboratório Áreas de Conhecimento: Arquitetura e Engenharia Civil Laboratório de Ensaios (Bloco V) Sala nº Esse laboratório é utilizado pelos alunos de Arquitetura e Engenharia Civil, bem

Leia mais

Tel/fax: +55-11-36735020

Tel/fax: +55-11-36735020 Temperatura Termômetros: Bimetálicos Analógicos Capela Digitais Infravermelhos Máxima e mínima Ambientais Clínicos para Refrigeração para Laticínios ASTM Químicos Industriais em geral Registradores e Calibradores

Leia mais

ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL E TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA Ementas Tecnólogo em Fabricação Mecânica Departamento de Ensino Superior

ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL E TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA Ementas Tecnólogo em Fabricação Mecânica Departamento de Ensino Superior ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL E TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA Ementas Tecnólogo em Fabricação Mecânica Departamento de Ensino Superior DISCIPLINA: Metodologia da Pesquisa Científica Técnicas para elaboração de

Leia mais

ANEXO I QUADRO DAS ÁREAS DE ESTUDO. Lotação 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ

ANEXO I QUADRO DAS ÁREAS DE ESTUDO. Lotação 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ Código/Área de Estudo. Desenho Técnico, Desenho Assistido por Computador (CAD), Informática 02. Materiais para Construção Mecânica, Corrosão e Tribologia 03. Termodinâmica, Refrigeração, Transferência

Leia mais

ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL E TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA Ementas Tecnólogo em Manutenção Industrial Departamento de Ensino Superior

ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL E TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA Ementas Tecnólogo em Manutenção Industrial Departamento de Ensino Superior ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL E TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA Ementas Tecnólogo em Manutenção Industrial Departamento de Ensino Superior DISCIPLINA: Metodologia da Pesquisa Científica Técnicas para elaboração

Leia mais

3. Procedimento e Montagem Experimental

3. Procedimento e Montagem Experimental 3. Procedimento e Montagem Experimental O presente trabalho é uma continuação da pesquisa iniciada por Leiroz [14]. A seção de testes usada para nosso estudo de deposição de parafina sob condições de escoamento

Leia mais

Equipamentos disponíveis na Clínica de Odontologia Campus V

Equipamentos disponíveis na Clínica de Odontologia Campus V Equipamentos disponíveis na Clínica de Odontologia Campus V Descrição Quant. ALMOXARIFADO Gaveteiro cinza com 4 gavetas e chave 01 Mesa sem gaveta 01 Estante de aço 01 Armário branco grande com chave 02

Leia mais

INFRA-ESTRUTURA FÍSICA DESTINADA AO CURSO SUPERIOR DE BACHARELADO EM ZOOTECNIA

INFRA-ESTRUTURA FÍSICA DESTINADA AO CURSO SUPERIOR DE BACHARELADO EM ZOOTECNIA 1 INFRA-ESTRUTURA FÍSICA DESTINADA AO CURSO SUPERIOR DE BACHARELADO EM ZOOTECNIA Espaço de trabalho para coordenação do curso e serviços acadêmicos A sala da Coordenação dos Cursos Superiores do IF Baiano,

Leia mais

LABORATÓRIOS DA ÁREA DE ODONTOLOGIA

LABORATÓRIOS DA ÁREA DE ODONTOLOGIA LABORATÓRIOS DA ÁREA DE ODONTOLOGIA Laboratório Pré-clínico de Materiais Dentários e Ortodontia Localização: Bloco S 204 Área: 86,40 m² - 02 Motores de bancada - 02 Polimerizadoras Propicia aos alunos

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º MED

EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º MED 1º MED DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I Especificação de elementos que compõem projetos; técnicas de desenho técnico e de representação gráfica correlacionadas com seus fundamentos matemáticos e geométricos;

Leia mais

MICROSCÓPIOS. Microscópio Monocular 640x - 110v ou 220v. 20338 Microscópio Trinocular 1600x Iluminação de Led CÂMERAS LÂMINAS

MICROSCÓPIOS. Microscópio Monocular 640x - 110v ou 220v. 20338 Microscópio Trinocular 1600x Iluminação de Led CÂMERAS LÂMINAS MICROSCÓPIOS Linha HOMELAB 19470 Microscópio Monocular 640x - 19469 Microscópio Binocular 1600x Iluminação Led Consulte outros molos microscópios objetivas semiplanas e iluminação led 20338 Microscópio

Leia mais

Anexo C Cursos de capacitação que não sejam de educação formal

Anexo C Cursos de capacitação que não sejam de educação formal Anexo C Cursos de capacitação que não sejam de educação formal Para todos os ambientes organizacionais para todos os servidores, independentemente do ambiente organizacional: Administração pública Estado,

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico EIXO TECNOLÓGICO: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico EIXO TECNOLÓGICO: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS Padronização do tipo e quantidade necessária de instalações e equipamentos dos laboratórios das habilitações profissionais EIXO TECNOLÓGICO: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICO

Leia mais

Desenho Técnico Fundamentos do desenho técnico; Construções geométricas; Desenho eletroeletrônico;

Desenho Técnico Fundamentos do desenho técnico; Construções geométricas; Desenho eletroeletrônico; EMENTA DE CONTEÚDOS Eletricidade Conceitos fundamentais da eletricidade; Circuitos elétricos de corrente contínua; Tensão alternada; Gerador de funções; Operação do osciloscópio; Tensão e corrente alternadas

Leia mais

Dados gerais referentes às empresas do setor industrial, por grupo de atividades - 2005

Dados gerais referentes às empresas do setor industrial, por grupo de atividades - 2005 Total... 147 358 6 443 364 1 255 903 923 1 233 256 750 157 359 927 105 804 733 1 192 717 909 681 401 937 511 315 972 C Indústrias extrativas... 3 019 126 018 38 315 470 32 463 760 4 145 236 2 657 977 35

Leia mais

http://intranet.ad.finep.gov.br/sistemas/operacionais/acompanhamento_tecnico/cron...

http://intranet.ad.finep.gov.br/sistemas/operacionais/acompanhamento_tecnico/cron... Página 1 de 5 RELAÇÃO DE ITENS DA CONTRAPARTIDA E DE OUTROS APORTES Referência: 0636/10 Convênio: 01.10.0767.01 Despesas Acessórias de Importação Conjunto de Componentes para vácuo Sistema de vácuo com

Leia mais

Total KG COLETADO: Resíduos Diversos - Fita Sintética KG 145 0 ADMINISTRA. Resíduos Diversos - Louças KG 192 1 HIGI SERV LI

Total KG COLETADO: Resíduos Diversos - Fita Sintética KG 145 0 ADMINISTRA. Resíduos Diversos - Louças KG 192 1 HIGI SERV LI Total KG COLETADO: 9.60,000,000 0,000 6,000 87,000,000 7,000,000 0,000,000.996,000 77,000,000.9,000 9,000 9,000,000 08,000 0,000,000,000 0,000 6,000,000 KG 88 SLAVIERO HO Lâmpadas Fluorescentes Quebradas

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI ROBERTO MANGE INFRAESTRUTURA DOS LABORATÓRIOS CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI ROBERTO MANGE INFRAESTRUTURA DOS LABORATÓRIOS CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI ROBERTO MANGE INFRAESTRUTURA DOS LABORATÓRIOS CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL 1. INFRAESTRURA DA FACULDADE DE TECNOLOGIA EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL A Faculdade

Leia mais

Cálculo Diferencial e Integral 80hrs Funções de uma variável e seus gráficos; Limites e continuidade; Derivada; Diferencial; Integral.

Cálculo Diferencial e Integral 80hrs Funções de uma variável e seus gráficos; Limites e continuidade; Derivada; Diferencial; Integral. Ementas: Cálculo Diferencial e Integral 80hrs Funções de uma variável e seus gráficos; Limites e continuidade; Derivada; Diferencial; Integral. Desenho Mecânico 80hrs Normalização; Projeções; Perspectivas;

Leia mais

Curso de Engenharia de Produção. Manutenção dos Sistemas de Produção

Curso de Engenharia de Produção. Manutenção dos Sistemas de Produção Curso de Engenharia de Produção Manutenção dos Sistemas de Produção Introdução: A manutenção preditiva é a primeira grande quebra de paradigma nos tipos de manutenção. No Brasil a aplicação é pequena apenas

Leia mais

Mobiliário, materiais e equipamentos mínimos para UPA. Pronto Atendimento

Mobiliário, materiais e equipamentos mínimos para UPA. Pronto Atendimento Área de recepção e espera para público / pacientes Mobiliário, materiais e equipamentos mínimos para UPA Pronto Atendimento PORTE I Quant. PORTE II Quant. PORTE III Quant. Bebedouro 1 1 2 Balcão de atendimento

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO Edital Nº 7/205 ANEXO II QUADRO DE VAGAS (RETIFICADO) CAMPUS SIGLA ÁREA PERFIL TOTAL ARRAIAL DO CABO DUQUE DE CAXIAS CAC Geografia Análise Instrumental Biologia Geral/ Bioquímica / Processos Bioquímicos

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS PONTOS PARA CONCURSO PÚBLICO DE DOCENTES DO ENSINO SUPERIOR EDITAL 001/2009 Matéria/Área do Conhecimento: MATEMÁTICA 1. Transformações Lineares e Teorema do Núcleo

Leia mais

O curso de Odontologia dispõe de uma Policlínica Odontológica composta de:

O curso de Odontologia dispõe de uma Policlínica Odontológica composta de: INFRAESTRUTURA DO CURSO DE ODONTOLOGIA O curso de Odontologia dispõe de uma Policlínica Odontológica composta de: Sala de Espera, que permite um atendimento ético e humanizado da clientela (informações

Leia mais

INFRAESTRUTURA FÍSICA DESTINADA AO CURSO SUPERIOR DE LICENCIATURA EM GEOGRAFIA. Espaço de trabalho para coordenação do curso e serviços acadêmicos

INFRAESTRUTURA FÍSICA DESTINADA AO CURSO SUPERIOR DE LICENCIATURA EM GEOGRAFIA. Espaço de trabalho para coordenação do curso e serviços acadêmicos 1 INFRAESTRUTURA FÍSICA DESTINADA AO CURSO SUPERIOR DE LICENCIATURA EM GEOGRAFIA Espaço de trabalho para coordenação do curso e serviços acadêmicos A sala da Coordenação dos Cursos Superiores do IF Baiano,

Leia mais

MEC - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 108/2010

MEC - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 108/2010 MEC - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 108/2010 EMENTA: Estabelece o Currículo do Curso de Graduação em Engenharia Mecânica - Niterói O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA

Leia mais

DESCRIÇÃO DE LABORATÓRIOS

DESCRIÇÃO DE LABORATÓRIOS DESCRIÇÃO DE S SALA AULAS PRÁTICAS CAMPUS BL 08 Meio Ambiente e Saúde Biologia Celular Biologia Molecular Citogenética Bioquímica Ecologia de População Histologia e Embriologia Citologia A-II Medicina

Leia mais

Apresentação. Joinville - SC. São José dos Pinhais - PR

Apresentação. Joinville - SC. São José dos Pinhais - PR Apresentação Fundada em 1990, em Joinville/ SC, a K&L iniciou suas atividades com serviços de manutenção em instrumentos de medição da área dimensional. O rápido reconhecimento permitiu investimentos em

Leia mais

Universidade Estadual de Maringá PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS

Universidade Estadual de Maringá PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS EDITAL N O 001/2011-PRH 2 - DAS ÁREAS DE CONHECIMENTO, N O DE VAGAS, REGIME E LOCAL DE TRABALHO CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS AGRONÔMICAS (01) Bioquímica Graduação em Química ou

Leia mais

PORTARIA Nº 9, DE 29 DE JUNHO DE 2006

PORTARIA Nº 9, DE 29 DE JUNHO DE 2006 PORTARIA Nº 9, DE 29 DE JUNHO DE 2006 O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de sua competência e em conformidade com o estabelecido no 1o- do art 10, da Lei no- 11.091, de 12 de janeiro de 2005, resolve:

Leia mais

Concurso Público para Cargos Técnico-Administrativos em Educação UNIFEI 13/06/2010

Concurso Público para Cargos Técnico-Administrativos em Educação UNIFEI 13/06/2010 Questão 21 Conhecimentos Específicos - Técnico em Mecânica A respeito das bombas centrífugas é correto afirmar: A. A vazão é praticamente constante, independentemente da pressão de recalque. B. Quanto

Leia mais

Comandos Eletro-eletrônicos SENSORES

Comandos Eletro-eletrônicos SENSORES Comandos Eletro-eletrônicos SENSORES Prof. Roberto Leal Sensores Dispositivo capaz de detectar sinais ou de receber estímulos de natureza física (tais como calor, pressão, vibração, velocidade, etc.),

Leia mais

ANEXO XVII PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS E EDIFICAÇÕES

ANEXO XVII PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS E EDIFICAÇÕES ANEXO XVII PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS E EDIFICAÇÕES Complexo Esportivo de Deodoro Edital 1.10 1. Instalações Hidráulicas e Sanitárias Os serviços de manutenção de instalações hidráulicas e sanitárias,

Leia mais

RELAÇÃO DE PRODUTOS NÃO CONSIDERADOS PRODUTOS PARA SAÚDE (Lista Exemplificativa)

RELAÇÃO DE PRODUTOS NÃO CONSIDERADOS PRODUTOS PARA SAÚDE (Lista Exemplificativa) RELAÇÃO DE PRODUTOS NÃO CONSIDERADOS PRODUTOS PARA SAÚDE (Lista Exemplificativa) A Produtos utilizados na avaliação, elaboração, fabricação, ou preparação produtos 01 Amalgamador odontológico 02 Equipamento

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL OPERADOR(A) DE ELECTRÓNICA. PERFIL PROFISSIONAL Operador/a de Electrónica Nível 2 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/16

PERFIL PROFISSIONAL OPERADOR(A) DE ELECTRÓNICA. PERFIL PROFISSIONAL Operador/a de Electrónica Nível 2 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/16 PERFIL PROFISSIONAL OPERADOR(A) DE ELECTRÓNICA PERFIL PROFISSIONAL Operador/a de Electrónica Nível 2 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/16 ÁREA DE ACTIVIDADE - ELECTRÓNICA E AUTOMAÇÃO OBJECTIVO GLOBAL

Leia mais

Universidade Federal de São Paulo Campus São José dos Campos LISTA DE DISCIPLINAS DA GRADUAÇÃO

Universidade Federal de São Paulo Campus São José dos Campos LISTA DE DISCIPLINAS DA GRADUAÇÃO A B C Álgebra Linear Álgebra Linear Computacional Álgebra Linear II Algoritmos e Estrutura de Dados I Algoritmos e Estrutura de Dados II Algoritmos em Bioinformática Alteridade e Diversidade no Brasil

Leia mais

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo ANEXO VII PREGÃO PRESENCIAL Nº. 009/2013

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo ANEXO VII PREGÃO PRESENCIAL Nº. 009/2013 ANEXO VII PREGÃO PRESENCIAL Nº. 009/2013 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DO OBJETO LOTE 01: EQUIPAMENTOS DE ILUMINAÇÃO Kit fundo Chroma Key Tecido cor azul (B255, G0, R0) 01 01 Montável em estrutura de alumínio

Leia mais

PROGRAMA PRÓ-EQUIPAMENTOS - CAPES RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS ADQUIRIDOS UFG EDITAL N. 27/2010

PROGRAMA PRÓ-EQUIPAMENTOS - CAPES RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS ADQUIRIDOS UFG EDITAL N. 27/2010 PROGRAMA PRÓ-EQUIPAMENTOS - CAPES RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS ADQUIRIDOS UFG EDITAL N. 27/2010 EQUIPAMENTOS LOCAL DE INSTALAÇÃO REGISTRO PATRIMONIAL 1-Estação Meteorológica HOBO 1- Cabina de Fluxo Unidirecional;

Leia mais

Edital EQUIPAMENTO Nº PATRIMÔNIO LOCALIZAÇÃO

Edital EQUIPAMENTO Nº PATRIMÔNIO LOCALIZAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE PESQUISA FINEP Edital EQUIPAMENTO Nº PATRIMÔNIO LOCALIZAÇÃO SCANER DE MESA-LEITOR COPIADOR E DIGITALIZADOR

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS EDITAL DE ABERTURA PROGESP/UFGD Nº. 01, DE 06 DE MAIO DE 2015 ANEXO I ÁREAS E REQUISITOS EXIGIDOS Retificadas as áreas de Laboratório do Curso de Engenharia de Energia / Informática Desenvolvimento / Informática:

Leia mais

Edital n 37/2011 Concurso Público para Provimento de Cargos de Professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. Anexo I Cargos e Vagas

Edital n 37/2011 Concurso Público para Provimento de Cargos de Professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. Anexo I Cargos e Vagas MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MÉDIA E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO Edital n 37/2011 Concurso Público para Provimento de Cargos de Professor

Leia mais

Garantec - Itaú Seguros S.A. Nova Pontocom Comércio Eletrônico S/A

Garantec - Itaú Seguros S.A. Nova Pontocom Comércio Eletrônico S/A Seguradora Representante Garantec - Itaú Seguros S.A. Nova Pontocom Comércio Eletrônico S/A Descrição Faixa Prêmio Total 1+1 Prêmio Total 1+2 Prêmio Total 1+3 LINHA BRANCA CONDICIONADOR DE AR CONVENCIONAL

Leia mais

BIOMEDICINA - UNISALESIANO

BIOMEDICINA - UNISALESIANO BIOMEDICINA - UNISALESIANO Laboratórios Didáticos Especializados Qualidade O Curso de Biomedicina conta com laboratórios que atendem às necessidades de suas disciplinas e os laboratórios de informática.

Leia mais

Didática Bosch Rexroth

Didática Bosch Rexroth Didática Bosch Rexroth 2 Introdução A Divisão Service da Bosch Rexroth oferece ao mercado a sua linha didática. Sempre preocupada com a qualificação técnica do profissional brasileiro, oferece à indústria

Leia mais

經 濟 局 DIRECÇÃO DOS SERVIÇOS DE ECONOMIA. 通 告 Aviso. 商 標 之 保 護 Protecção de Marca. 申 請 Pedido

經 濟 局 DIRECÇÃO DOS SERVIÇOS DE ECONOMIA. 通 告 Aviso. 商 標 之 保 護 Protecção de Marca. 申 請 Pedido 13092 28 2015 7 15 澳 門 特 別 行 政 區 REGIÃO ADMINISTRATIVA ESPECIAL DE MACAU 政 府 機 關 通 告 及 公 告 AVISOS E ANÚNCIOS OFICIAIS 經 濟 局 DIRECÇÃO DOS SERVIÇOS DE ECONOMIA 通 告 Aviso 商 標 之 保 護 Protecção de Marca 申 請

Leia mais

FEDERAL ANEXO I MATRIZ ESPECÍFICA DE CORRELAÇÃO DO CONHECIMENTO

FEDERAL ANEXO I MATRIZ ESPECÍFICA DE CORRELAÇÃO DO CONHECIMENTO ANEXO I MATRIZ ESPECÍFICA DE CORRELAÇÃO DO CONHECIMENTO CARGO/ESPECIALIDADES Art. 378. Ao Consultor Legislativo, Especialidade Assessoramento Legislativo. ÁREAS DE INTERESSE DO SENADO FEDERAL Agronomia;

Leia mais

Laboratórios de Ensino da Biologia

Laboratórios de Ensino da Biologia Laboratórios de Ensino da Biologia 1 - Laboratório de Microscopia (1.14) Espaço Físico: Conta com um espaço físico de 9m x 6m (54 m 2 ). Equipamentos: phmetro ou medidor de ph: é um aparelho usado para

Leia mais

X (X-X): Total de Créditos (Carga Teórica semanal-carga Prática semanal)

X (X-X): Total de Créditos (Carga Teórica semanal-carga Prática semanal) Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Curso: Engenharia Agrícola e Ambiental Matriz Curricular 1 Período IB 157 Introdução à Biologia 4 (2-2) IT 103 Técnicas Computacionais em Engenharia 4 (2-2)

Leia mais

Sensoriamento A UU L AL A. Um problema. Exemplos de aplicações

Sensoriamento A UU L AL A. Um problema. Exemplos de aplicações A UU L AL A Sensoriamento Atualmente, é muito comum nos depararmos com situações em que devemos nos preocupar com a segurança pessoal e de nossos bens e propriedades. Daí decorre a necessidade de adquirir

Leia mais

3.1.1.4 Horário de Funcionamento dos Laboratórios de Informática. 3.1.1.6 Portadores de Necessidades Educativas Especiais

3.1.1.4 Horário de Funcionamento dos Laboratórios de Informática. 3.1.1.6 Portadores de Necessidades Educativas Especiais 3.1.1.3 Instalações e Laboratórios Específicos Orçamento anual destinado à aquisição de material de consumo nos laboratórios, oficinas e estúdios especificados nas tabelas anteriores Para os laboratórios

Leia mais

Matriz Curricular válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

Matriz Curricular válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL CONVÊNIO COM O SENAI Matriz Curricular válida para os acadêmicos

Leia mais

FAPERJ & PIUES/PUC-Rio FÍSICA E MATEMÁTICA DO ENSINO MÉDIO APLICADAS A SISTEMAS DE ENGENHARIA

FAPERJ & PIUES/PUC-Rio FÍSICA E MATEMÁTICA DO ENSINO MÉDIO APLICADAS A SISTEMAS DE ENGENHARIA FAPERJ & PIUES/PUC-Rio FÍSICA E MATEMÁTICA DO ENSINO MÉDIO APLICADAS A SISTEMAS DE ENGENHARIA 1) INTRODUÇÃO Rio de Janeiro, 05 de Maio de 2015. A equipe desenvolvedora deste projeto conta com: - Prof.

Leia mais

Pauta de Reivindicações Específicas dos Cursos da UFV/CRP

Pauta de Reivindicações Específicas dos Cursos da UFV/CRP 1 Pauta de Reivindicações Específicas dos Cursos da UFV/CRP A presente pauta foi elaborada através de levantamento elaborado por comissão de estudantes de cada curso, serão apresentadas as reivindicações

Leia mais

Centro de Inovação e Tecnologia SENAI FIEMG - Campus CETEC

Centro de Inovação e Tecnologia SENAI FIEMG - Campus CETEC Centro de Inovação e Tecnologia SENAI FIEMG Campus CETEC O Centro de Inovação e Tecnologia SENAI FIEMG Campus CETEC, compõe-se por um conjunto de institutos de inovação e institutos de tecnologia capazes

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO Edital Nº 7/205 ANEXO II QUADRO DE VAGAS CAMPUS SIGLA ÁREA PERFIL TOTAL ARRAIAL DO CABO CAC Geografia Licenciatura em Geografia. Análise Instrumental Química Industrial ou Engenharia Química ou Farmácia

Leia mais

Automação industrial Sensores

Automação industrial Sensores Automação industrial Sensores Análise de Circuitos Sensores Aula 01 Prof. Luiz Fernando Laguardia Campos 3 Modulo Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina Cora Coralina O que são sensores?

Leia mais

ETEC TAKASHI MORITA HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM INSTRUMENTAÇÃO

ETEC TAKASHI MORITA HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM INSTRUMENTAÇÃO ETEC TAKASHI MORITA HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM INSTRUMENTAÇÃO PLANO TRABALHO DOCENTE 2º SEMESTRE 2013 1 Sumário 2º Módulo Componente Curricular: Instrumentação Aplicada

Leia mais

CARGA CURSO DISCIPLINA

CARGA CURSO DISCIPLINA CARGA CURSO DISCIPLINA HORARIA Administração AD ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS MATERIAIS E PATRIMONIAIS II 40 AD CONTABILIDADE E CUSTOS II 40 AD CONTABILIDADE GERENCIAL 40 AD ECONOMIA INDUSTRIAL 40 AD ESTATÍSTICA

Leia mais

14 ASPECTOS BÁSICOS PARA SELEÇÃO E ESPECIFICAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE PROCESSO

14 ASPECTOS BÁSICOS PARA SELEÇÃO E ESPECIFICAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE PROCESSO 14 ASPECTOS BÁSICOS PARA SELEÇÃO E ESPECIFICAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE PROCESSO Há certos parâmetros que são desejados em todos os tipos de equipamentos de processo, como: FUNCIONALIDADE EFICÁCIA CONFIABILIDADE

Leia mais

CRONOGRAMA DE ENSAIOS DE PROFICIÊNCIA DA REDE - PREVISÃO DE INSCRIÇÕES

CRONOGRAMA DE ENSAIOS DE PROFICIÊNCIA DA REDE - PREVISÃO DE INSCRIÇÕES BENEFÍCIOS AOS PARTICIPANTES: Sistema de gestão que opera seguindo os requisitos da norma técnica ISO/IEC 17043; Programas concluídos cadastrados na base de dados internacional EPTIS European Proficiency

Leia mais

Fundamentos de Automação. Sensores 17/03/2015. Sensores. Sensores Analógicos e Sensores Digitais. Sensores Analógicos e Sensores Digitais

Fundamentos de Automação. Sensores 17/03/2015. Sensores. Sensores Analógicos e Sensores Digitais. Sensores Analógicos e Sensores Digitais Ministério da educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Técnica SETEC Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Rio Grande Fundamentos de Automação Sensores

Leia mais

CATEGORIAS E GRUPOS PARA ENQUADRAMENTO IMPORTANTE. 1.- Para cada x assinalado, enviar no mínimo 02 (dois) atestados de cada categoria;

CATEGORIAS E GRUPOS PARA ENQUADRAMENTO IMPORTANTE. 1.- Para cada x assinalado, enviar no mínimo 02 (dois) atestados de cada categoria; CATEGORIAS E PARA ENQUADRAMENTO IMPORTANTE 1.- Para cada x assinalado, enviar no mínimo 02 (dois) atestados de cada categoria; 2.- Os atestados deverão: 2.1.- Ser apresentados rigorosamente de acordo com

Leia mais

Capítulo 90. c) os produtos refratários da posição 69.03; os artefatos para usos químicos e outros usos técnicos, da posição 69.

Capítulo 90. c) os produtos refratários da posição 69.03; os artefatos para usos químicos e outros usos técnicos, da posição 69. Capítulo 90 Instrumentos e aparelhos de óptica, fotografia ou cinematografia, medida, controle ou de precisão; instrumentos e aparelhos médico-cirúrgicos; suas partes e acessórios Notas. 1. Este Capítulo

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Eletricidade, Máquinas e Medidas Elétricas: 1.1. Princípios da Eletrodinâmica: Tensão Elétrica, Corrente Elétrica, Resistores Elétricos, Potência Elétrica e Leis de OHM; 1.2. Circuitos

Leia mais

Plano Básico Ambiental Componente Indígena. 6. Anexos 6.1. Ofício n.º 264/2013/DPDS-FUNA-MJ - Complementação PBAIs

Plano Básico Ambiental Componente Indígena. 6. Anexos 6.1. Ofício n.º 264/2013/DPDS-FUNA-MJ - Complementação PBAIs 6. Anexos 6.1. Ofício n.º 264/2013/DPDS-FUNA-MJ - Complementação PBAIs 6.2. Carta CHTP 168/2013 - Envio do PBAI Apiaká para aprovação 6.3. Carta CHTP 191/2013 - Envio do PBAI Kayabi para aprovação 6.4.

Leia mais

INFRAESTRUTURA DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO GABINETES DE TRABALHO PARA PROFESSORES TEMPO INTEGRAL TI

INFRAESTRUTURA DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO GABINETES DE TRABALHO PARA PROFESSORES TEMPO INTEGRAL TI INFRAESTRUTURA DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO GABINETES DE TRABALHO PARA PROFESSORES TEMPO INTEGRAL TI Os professores que atuam tempo integral na Universidade do Extremo Sul Catarinense contam com

Leia mais

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO. Ensaio de estanqueidade das peças condutoras de gás

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO. Ensaio de estanqueidade das peças condutoras de gás ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO Norma de Origem: NIT-DICLA-016 Folha: 1 Total de Folhas: 9 RAZÃO SOCIAL/DESIGNAÇÃO DO LABORATÓRIO LABOTEC ENSAIOS E MEDIÇÕES LABORATORIAIS LTDA E ÁGUA

Leia mais

O testo 480 oferece apoio integral a consultores, especialistas,

O testo 480 oferece apoio integral a consultores, especialistas, Compromisso com o futuro Profissionais no fluxo de ar Instrumento de medição para análise de VAC testo 480 O testo 480 lhe oferece: > Sondas digitais de elevada qualidade e conceito inteligente de calibração

Leia mais

CATÁLOGO GERAL 2014. Catálogo Microline, Material Médico e Científico (C) Copyright All Rights Reserved

CATÁLOGO GERAL 2014. Catálogo Microline, Material Médico e Científico (C) Copyright All Rights Reserved CATÁLOGO GERAL 2014 A presentação A Microline, como entidade de referência de material médico e hospitalar, possui no seu portfolio todas as soluções necessárias para equipar e dotar de toda a tecnologia

Leia mais

Tel.: 55 (11) 2814-0790 Fax 55 (11) 4647-6782 E-mail: triak@triak.com.br CNPJ: 08.747.866/0001-72 Inc. Estadual: 147.257.444.110 www.triak.com.

Tel.: 55 (11) 2814-0790 Fax 55 (11) 4647-6782 E-mail: triak@triak.com.br CNPJ: 08.747.866/0001-72 Inc. Estadual: 147.257.444.110 www.triak.com. Promoção Válida /janeiro 2011 /fevereiro 2011 das normas internacionais, Garantia de 1 ano Assistência Técnica Própria Tel.: 55 (11) 2814-0790 Fax 55 (11) 4647-6782 E-mail: triak@triak.com.br CNPJ: 08.747.866/0001-72

Leia mais

Laboratório de Energia Solar - LABSOLAR

Laboratório de Energia Solar - LABSOLAR O LEPTEN - Laboratórios de Engenharia de Processos de Conversão e Tecnologia de Energia desenvolve pesquisas nas áreas de energia solar e transferência de calor aplicada. Na área física de 1000m2 do LEPTEN

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão. INFORMAÇÕES SOBRE PRÓ-EQUIPAMENTOS 2010 Subprojeto Equipamento Situação Localização Nº Patrimônio 01 Subprojeto para Manutenção e Expansão da Coleção de Insetos (LEACOL) e Apoio ao Desenvolvimento das

Leia mais

REQUERIMENTO DE PROGRESSÃO POR CAPACITAÇÃO

REQUERIMENTO DE PROGRESSÃO POR CAPACITAÇÃO P. 1/2 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul 1. DADOS DO SERVIDOR Data do ingresso / / Nome

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO - PRÓ-REITORIA PARA ASSUNTOS ACADÊMICOS CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO PERFIL

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO - PRÓ-REITORIA PARA ASSUNTOS ACADÊMICOS CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO PERFIL PERFIL 3001 - Válido para os alunos ingressos a partir de 2002.1 Disciplinas Obrigatórias Ciclo Geral Prát IF668 Introdução à Computação 1 2 2 45 MA530 Cálculo para Computação 5 0 5 75 MA531 Álgebra Vetorial

Leia mais

Rua Alferes Poli, 589 - Centro Curitiba PR - CEP: 80230-090. BASTECH Automação e Serviços. E-Mail: comercial@bastech.com.br - www.bastech.com.

Rua Alferes Poli, 589 - Centro Curitiba PR - CEP: 80230-090. BASTECH Automação e Serviços. E-Mail: comercial@bastech.com.br - www.bastech.com. BASTECH Automação e Serviços Rua Alferes Poli, 589 - Centro Curitiba PR - CEP: 80230-090 Fone/Fax: (41) 3013-1049 E-Mail: comercial@bastech.com.br - www.bastech.com.br PLATINA Características Modelos:

Leia mais

Centro de Treinamento Nova Didacta

Centro de Treinamento Nova Didacta Centro de Treinamento Nova Didacta A Nova Didacta Fundada em 2004 por profissionais da área de Tecnologia, o Grupo NOVA DIDACTA está comprometido com o sucesso de seus clientes e parceiros. Em 2013 a NOVA

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS EDITAL nº 051/2012 PRORH ANEXO I CONCURSOS PÚBLICOS nºs 44 a 114 de 2012 Campus Juiz de Fora FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO

PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO CURSO: MECÂNICO DE AR CONDICIONADO AUTOMOTIVO - PRONATEC 200 horas ÁREA: AUTOMOTIVA MODALIDADE: QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL UNIDADE(S) HABILITADA(S): CT PALMAS Plano de Curso

Leia mais