Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download ""

Transcrição

1

2 O nosso ADN

3

4 Quem Somos Somos um instituto público integrado na administração indireta do Estado, dotado de autonomia administrativa e financeira e património próprio, com intervenção sobre todo o território nacional.

5 O que Fazemos Definimos políticas e estratégias de Tecnologias de Informação e Comunicação, garantindo o planeamento, conceção, execução e avaliação de iniciativas de informatização e atualização tecnológica.

6 Trabalhamos diariamente com o propósito de satisfazer as necessidades e expetativas dos nossos clientes e parceiros. Contribuímos para melhorar a qualidade do serviço público Informamos, formamos e envolvemos o cliente por respeito, necessidade e responsabilização. Como Fazemos

7 Test Engineers Administradores de Base de Dados Administradores de Sistemas Como nos Organizamos Programadores Somos 286 colaboradores, organizados por 7 departamentos e 16 áreas. Arquitetos de Software Analistas de Sistemas As nossas competências Técnicos de Infraestrutura Operadores de Sistemas Técnicos de Formação Técnicos de redes e Comunicações Técnicos de Suporte ao Utilizador

8 A nossa atividade

9 Tecnologias de Informação e Comunicação

10 Somos a Entidade responsável pela concretização do plano sectorial do Grupo de Projeto para as Tecnologias de Informação e Comunicação (GPTIC) Asseguramos a articulação interministerial com outros organismos com atribuições análogas nos domínios das TIC.

11 SISTEMA DE INFORMAÇÃO DA SEGURANÇA SOCIAL Suporta a gestão dos processos de toda a atividade da Segurança Social: Cidadãos registados Agregados Familiares Pensionistas registados Empresas registadas

12 SISTEMA DE INFORMAÇÃO DA SEGURANÇA SOCIAL utilizadores na rede da Segurança Social utilizadores no principal sistema de informação Gestão de 2 Datacenters (principal e alternativo) Suporte a 569 localizações 400TB em BD (crescimento de 200GB por mês) 300GB de tráfego de rede (média diária) Cartão Cidadão - 8,5 Milhões/ano Transações SEPA 1M/ano

13 AGENDA PORTUGAL DIGITAL Promover a inclusão digital e a utilização regular da Internet Caixa postal eletrónica na relação com a segurança social Combate à fraude e evasão contributiva e prestacional e comunicação automática de ilícitos Novos serviços da Segurança Social Direta e Portal da Segurança Social Interoperabilidade com a Segurança Social Desmaterialização de processos na Segurança Social Sistema de Informação da Assessoria Técnica a Tribunais

14 15 MEDIDAS DE REDUÇÃO DA DESPESA 1.Organização e Governance da Função Informática 2.Centralização dos Centros de Dados e Recursos Humanos 3.Racionalização de Comunicações de Voz e Dados 4.Virtualização e Consolidação da Arquitetura Distribuída 5.Melhoria da Eficiência Energética 6.Segurança da Informação - Certificação ISO Redução e Otimização do Suporte Físico em Papel 8.Sistema de Informação De Pensões 9.Implementação de Contabilidade Analítica 10.Potenciação dos Canais Web e Telefónico 11.Racionalização da Gestão das Estações Padrão 12.Software de Gestão de Filas de Atendimento 13.Interoperabilidade Passe Social+ e Isenção das Taxas Moderadoras 14.Criação de Sistema de Meta informação 15.Gestão de Identidades na Segurança Social

15 SERVIÇOS DO II Serviços de Infraestruturas Datacenter, Housing, Hosting, Administração de Sistemas e Bases de Dados Gestão das Redes de Comunicações de Dados, Autenticação, Intranet/Internet, Correio Electrónico Segurança da Informação Apoio ao Utilizador Gestão do Ciclo de Vida dos Equipamentos Informáticos Monitorização de Sistemas e Redes Gestão de Informação Datamarts, Combate à Fraude e Evasão, Produção de Estatísticas, Cruzamento de Dados Formação Serviços Aplicacionais Framework SISS Acreditação de Software Serviços Web Serviços de Contact Center - Suporte às Infraestruturas Técnicas

16 PRODUTOS DO II Sistema de Informação da Segurança Social Implementação, Operação, Manutenção e Evolução SIGA Sistema Integrado de Gestão do Atendimento VMP Visita por Marcação Prévia Formação Presencial / Sala e à distância /E-Learning Posto de Trabalho Corporativo Estação Padrão Dashboards Monitorização da Qualidade do Serviço Plano de Continuidade de Negócio (PCN) SAP (RH e SIF) para Administração Pública

17 Portal da Segurança Social com SW Open Source Workshop Open Source - AMA

18 Situação existente

19 Portal da Segurança Social com SW Open Source

20 Desafio

21 Definir e implementar a nova imagem do canal Internet da Segurança Social Portal da Segurança Social com SW Open Source

22 Projeto

23 Projeto 1. Definição da nova imagem; 2. Definição da arquitetura técnica; 3. Implementação do Portal Informativo; 4. Produção dos conteúdos Web. Portal da Segurança Social com SW Open Source

24 Arquitetura técnica 1. SW: a) Oracle Solaris - SO; b) MySql para Solaris - BD; c) Glassfish Serv. aplicacional; d) Liferay SW Portal; e) Apache Nutch com Apache Solr - Pesquisas; Portal da Segurança Social com SW Open Source

25 Arquitetura técnica f) Apache Hadoop - Filesystem; g) HTML e CSS Desenho do site. Portal da Segurança Social com SW Open Source

26 Arquitetura técnica 1. HW: a) 2 servidores físicos para o frontoffice ; b) Sun-Blade-T6340 (sparc). 2 zonas por servidor; c) 96G de RAM; d) 2 processadores físicos, 16 cores e 128 processadores virtuais a 1.41GHz; Portal da Segurança Social com SW Open Source

27 Arquitetura técnica d) 1 servidor físico para o Gestor de Conteúdos ; e) Blade X6270 M2 (x86); f) 49G RAM; g) 2 processadores físicos, 12 cores e 24 processadores virtuais a 2,92GHz. Portal da Segurança Social com SW Open Source

28 Números 1. Utilizadores : a) 45 produtores de conteúdos de 8 organismos; 2. Conteúdos Web: a) (em crescimento); b) Arquitetura de informação com 300 ramos. Portal da Segurança Social com SW Open Source

29 Números 3. Utilização: a) Janeiro a setembro 2013: i. Visitas = ; ii. Visitantes únicos = ; iii. Visualizações de página = ; iv. Páginas por visita = 3,91; v. Duração média visita = 00:04:17; vi. Tempo médio transf. página = 0,18 (seg). Portal da Segurança Social com SW Open Source

30 Custos com SW Open Source 1. Diretos = 0 ; 2. Indiretos: a) Aprendizagem = elevado. Portal da Segurança Social com SW Open Source

31 Resultado alcançado

32 Nova imagem Portal da Segurança Social com SW Open Source

33 Imagem antiga Portal da Segurança Social com SW Open Source

34 Lições apreendidas

35 1. Seleção das versões corretas do SW; 2. Ligação entre os vários componentes SW; 3. Aprendizagem nas componentes de SW a utilizar; Portal da Segurança Social com SW Open Source

36 4. Envolvimento de todos os stakeholders; 5. Acompanhamento na entrada em produção. Portal da Segurança Social com SW Open Source

37 Portal da Segurança Social com SW Open Source

38 CONFIANÇA E INOVAÇÃO

39 OBRIGADO Gestor de projeto: Ricardo Leal

40 Av. Prof. Dr. Cavaco Silva, nº 17 Edifício Ciência 1 Taguspark Porto Salvo Telf

Administração Pública Eletrónica 2014 - O Que Falta Fazer?

Administração Pública Eletrónica 2014 - O Que Falta Fazer? Administração Pública Eletrónica 2014 - O Que Falta Fazer? 4 de junho de 2014 Auditório Adriano Moreira ISCSP PATRCINADORES PRATA Com a Colaboração Científica Patrocinadores Globais APDSI OS EVENTOS

Leia mais

5ª Sessão. Helpdesk e Ticketing. A complementaridade do. reporting de erros com a gestão. de desenvolvimento aplicacional. Mónica Henriques (IEFP, IP)

5ª Sessão. Helpdesk e Ticketing. A complementaridade do. reporting de erros com a gestão. de desenvolvimento aplicacional. Mónica Henriques (IEFP, IP) 5ª Sessão Helpdesk e Ticketing A complementaridade do reporting de erros com a gestão de desenvolvimento aplicacional Mónica Henriques (IEFP, IP) Instituto do Emprego e Formação Profissional, IP Departamento

Leia mais

MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA Da AP Central à AP Local

MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA Da AP Central à AP Local Da AP Central à AP Local PAULO NEVES PRESIDENTE DO CONSELHO DIRETIVO 01 JULHO 2014 COMO OS CIDADÃOS VÊEM O SETOR PÚBLICO? 2 3 MAS SERÁ QUE PODEMOS FALAR NUMA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA? 4 DIVERSIDADE DA ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Helpdesk Gestão de Ocorrências na área das TIC. Marta Geraldo (Município de Palmela)

Helpdesk Gestão de Ocorrências na área das TIC. Marta Geraldo (Município de Palmela) Marta Geraldo (Município de Palmela) Marta Geraldo Município de Palmela Helpdesk AGENDA Caso de Sucesso Desafio inicial e a Solução Factos e Números Componente Financeira Solução Tecnológica Lições Aprendidas

Leia mais

Software Livre no Serpro

Software Livre no Serpro Software Livre no SERPRO Apresentador:Sérgio Rosa Diretor 02/03/05 Agenda O SERPRO Fatores Críticos de Sucesso Papel do SERPRO Software Livre no SERPRO Resultados Alcançados Conclusões Empresa Pública

Leia mais

Definição e Implementação de Metodologia, Modelo e Ferramentas para Avaliação de Projectos e Despesas TIC

Definição e Implementação de Metodologia, Modelo e Ferramentas para Avaliação de Projectos e Despesas TIC Definição e Implementação de Metodologia, Modelo e Ferramentas para Avaliação de Projectos e Despesas TIC Overview do Processo de Avaliação de Projectos e Despesas TIC www.ama.pt Índice 1. Enquadramento

Leia mais

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA APRESENTAÇÃO CORPORATIVA 2015 Quem é a 2VG? A Empresa A 2VG Soluções Informáticas SA., é uma empresa tecnológica portuguesa, fundada em 2009, que surgiu para colmatar uma necessidade detetada no mercado

Leia mais

SAMA2020 OPERAÇÕES TEMÁTICAS RACIONALIZAÇÃO DAS TIC

SAMA2020 OPERAÇÕES TEMÁTICAS RACIONALIZAÇÃO DAS TIC AGÊNCIA PARA A MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA SAMA2020 OPERAÇÕES TEMÁTICAS RACIONALIZAÇÃO DAS TIC 1 DE JULHO DE 2015 OPERAÇÕES TEMÁTICAS OPERAÇÃO TEMÁTICA M/C DOTAÇÃO ORÇAMENTAL CAPACITAÇÃO PARA AVALIAÇÕES

Leia mais

As TIC e a Saúde no Portugal de 2013

As TIC e a Saúde no Portugal de 2013 As TIC e a Saúde no Portugal de 2013 20 de fevereiro de 2014 Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa Patrocinadores Bronze Apoios Patrocinadores Globais TIC na ARS Algarve, IP APDSI Problemas e Oportunidades

Leia mais

plataforma tecnológica de apoio à modernização administrativa regional

plataforma tecnológica de apoio à modernização administrativa regional Infraestrutura de Dados Espaciais do Algarve plataforma tecnológica de apoio à modernização administrativa regional - Conceito - A IDEAlg constitui um projeto de e-governance, alicerçado em Tecnologia

Leia mais

Software Open Source e Integração Contínua no Instituto de Informática Ferramentas de Integração Contínua

Software Open Source e Integração Contínua no Instituto de Informática Ferramentas de Integração Contínua Software Open Source e Integração Contínua no Instituto de Informática Ferramentas de Integração Contínua Janeiro 2015 Área de Desenvolvimento Departamento de Arquitetura e Desenvolvimento Agenda Processo

Leia mais

Sistema Informação Geográfico

Sistema Informação Geográfico Sistema Informação Geográfico Autoridade Tributária e Aduaneira Judas Gonçalves IT Project Manager Agenda Enquadramento; Sistema de Informação Geográfico da AT: - Base de Dados Geográfica Centralizada;

Leia mais

6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 0 2 4 6 8 10 33 34 35 36 37 38 39 40 resolução de problemas recolha e tratamento da informação planeamento / organizção inovação

Leia mais

Serviços de Informática Lógica de Serviços Partilhados de Sistemas e Tecnologias de Informação

Serviços de Informática Lógica de Serviços Partilhados de Sistemas e Tecnologias de Informação Lógica de Serviços Partilhados de Sistemas e Tecnologias de Informação 05-03-2015 1 Sumário: Missão dos Serviços de Informática da UAlg Atribuições dos Serviços de Informática Estrutura dos Serviços de

Leia mais

Modernização e Qualidade do Instituto Nacional de Segurança Social. Jesus Maiato Director Nacional de Segurança Social ENAD, 2 e 3 de Abril de 2014

Modernização e Qualidade do Instituto Nacional de Segurança Social. Jesus Maiato Director Nacional de Segurança Social ENAD, 2 e 3 de Abril de 2014 Modernização e Qualidade do Instituto Nacional de Segurança Social Jesus Maiato Director Nacional de Segurança Social ENAD, 2 e 3 de Abril de 2014 Estruturas Físicas Imagem TIT Serviços Gestão e Processos

Leia mais

Plano T ecnológico Tecnológico d a da E ducação Educação

Plano T ecnológico Tecnológico d a da E ducação Educação Plano Tecnológico da Educação 23 de Julho de 2007 ENQUADRAMENTO Estratégia de Lisboa ME Tornar a Europa a economia baseada no conhecimento mais dinâmica e competitiva do mundo Aumentar a qualidade e a

Leia mais

SAMA2020 OPERAÇÕES TEMÁTICAS AUTENTICAÇÃO ELETRÓNICA

SAMA2020 OPERAÇÕES TEMÁTICAS AUTENTICAÇÃO ELETRÓNICA AGÊNCIA PARA A MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA SAMA2020 OPERAÇÕES TEMÁTICAS AUTENTICAÇÃO ELETRÓNICA 1 DE JULHO DE 2015 OPERAÇÕES TEMÁTICAS OPERAÇÃO TEMÁTICA M/C DOTAÇÃO ORÇAMENTAL CAPACITAÇÃO PARA AVALIAÇÕES

Leia mais

PROTEKTO ACTFAST. Soluções para Segurança Pública. Porque todos os segundos contam

PROTEKTO ACTFAST. Soluções para Segurança Pública. Porque todos os segundos contam PROTEKTO Porque todos os segundos contam Soluções para Segurança Pública A resposta às ocorrências no âmbito da segurança pública, têm de ser imediatas, eficientes e eficazes. Cada resposta operacional,

Leia mais

Contributos para a Reforma do Estado. Uma visão da Sociedade de Informação. 29 Maio 2015

Contributos para a Reforma do Estado. Uma visão da Sociedade de Informação. 29 Maio 2015 Contributos para a Reforma do Estado Uma visão da Sociedade de Informação 29 Maio 2015 Os próximos minutos O que é e não é O que se espera do Estado? Ou do Serviço Público? A informação e as TIC ingredientes

Leia mais

A CM-CASCAIS o Drupal e a JAVALI. Mário Martins - JAVALI

A CM-CASCAIS o Drupal e a JAVALI. Mário Martins - JAVALI A CM-CASCAIS o Drupal e a JAVALI Simão Vieira - CM-Cascais Mário Martins - JAVALI Simão Vieira Câmara Municipal de Cascais Agenda CM-Cascais Caso de Sucesso Desafio inicial e a Solução Factos e Números

Leia mais

Web Crawlers Open Source. Heitor de Souza Ganzeli Analista de Projetos do nic.br

Web Crawlers Open Source. Heitor de Souza Ganzeli Analista de Projetos do nic.br Web Open Source Heitor de Souza Ganzeli Analista de Projetos do nic.br O Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) foi criado pela Portaria Interministerial nº 147, de 31 de maio de 1995, alterada pelo

Leia mais

XXXX xxxxxxx Assembleia da República n.º 124/2011

XXXX xxxxxxx Assembleia da República n.º 124/2011 Estrutura Matricial das Áreas de Atividade das Tecnologias e dos Sistemas de Informação da Autoridade Tributária e Aduaneira O Decreto-Lei n.º 117/2011, de 15 de dezembro, aprovou a orgânica do Ministério

Leia mais

68% dos agregados com PC. +8,2% que a media nacional. 62,1% dos agregados c/ Internet. +8,4% que a media nacional

68% dos agregados com PC. +8,2% que a media nacional. 62,1% dos agregados c/ Internet. +8,4% que a media nacional 68% dos agregados com PC +8,2% que a media nacional 62,1% dos agregados c/ Internet +8,4% que a media nacional 2010 dois documentos fundamentais 0Plano Estratégico de Sistemas de Informação (PESI) 0Estratégia

Leia mais

Plataforma de Saídas Profissionais

Plataforma de Saídas Profissionais Plataforma de Saídas Profissionais Âmbito O UP Jobs é uma plataforma informática web que visa promover a saída profissional dos seus estudantes e diplomados fomentando a sua integração no mercado de trabalho.

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE LICENCIAMENTO DO AMBIENTE

SISTEMA INTEGRADO DE LICENCIAMENTO DO AMBIENTE SISTEMA INTEGRADO DE LICENCIAMENTO DO AMBIENTE SILiAmb Felisbina Quadrado (binaq@apambiente.pt) Manuel Lacerda (manuel.lacerda@apambiente.pt) XIII CONFERENCIA DE DIRECTORES IBEROAMERICANOS DEL AGUA Foz

Leia mais

ARTIGO: SOLUÇÕES PARA O SECTOR AUTARQUIAS in IGOV Maio 2010

ARTIGO: SOLUÇÕES PARA O SECTOR AUTARQUIAS in IGOV Maio 2010 CÂMARA MUNICIPAL DE SANTARÉM - R EVOLUÇÃO ADMINISTRATIVA A Autarquia de Santarém, em parceria com a PT Prime, desenvolveu um sistema de soluções integradas e inter-operantes que lhe possibilitaram operacionalizar

Leia mais

Perspectivas do Software Público Brasileiro

Perspectivas do Software Público Brasileiro CAPA MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ARIAL BLACK23 Perspectivas do Software Público Brasileiro Luis Felipe Coimbra Costa Juazeiro, Março de 2014 I Workshop do Software Público Brasileiro APLICAÇÃO DA MARCA

Leia mais

2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 1

2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 1 2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 1 2015 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 2 Agenda

Leia mais

Claranet Service Description. Dedicated Hosting Linux

Claranet Service Description. Dedicated Hosting Linux Claranet Service Description Dedicated Hosting Linux Claranet Service Description - Dedicated Hosting Linux - 20100801.doc Página 2 de 8 Clara Dedicated Hosting Linux Pode escolher uma solução pré-definida

Leia mais

Encontro Open Source. Associação de Empresas de Software Open Source Portuguesas. 30 de Maio de 2016

Encontro Open Source. Associação de Empresas de Software Open Source Portuguesas. 30 de Maio de 2016 A ESOP Apresentação A ESOP A ESOP é uma associação empresarial que representa as empresas portuguesas que se dedicam ao desenvolvimento de software e à prestação de serviços baseados em tecnologias open

Leia mais

EXCELÊNCIA CONHECIMENTO IMPACTO. Pedro Cabrita Carneiro 12 dezembro 2013 Going Local Portugal 2013, Lisboa

EXCELÊNCIA CONHECIMENTO IMPACTO. Pedro Cabrita Carneiro 12 dezembro 2013 Going Local Portugal 2013, Lisboa EXCELÊNCIA CONHECIMENTO IMPACTO Pedro Cabrita Carneiro 12 dezembro 2013 Going Local Portugal 2013, Lisboa Agenda Digital para a Europa (DAE) Papel da FCT é assegurar: a representação nacional no Grupo

Leia mais

Assinare consiste na oferta de soluções e serviços na área da identificação electrónica.!

Assinare consiste na oferta de soluções e serviços na área da identificação electrónica.! Assinare Apresentação Assinare consiste na oferta de soluções e serviços na área da identificação electrónica. De forma a responder ao ambiente altamente competitivo a que as empresas e organizações hoje

Leia mais

A MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA E OS ARQUIVOS. Daniela F. Gabriel João Paulo Lopes Vítor Mesquita O EXEMPLO DA CMP AO SERVIÇO DO CIDADÃO

A MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA E OS ARQUIVOS. Daniela F. Gabriel João Paulo Lopes Vítor Mesquita O EXEMPLO DA CMP AO SERVIÇO DO CIDADÃO 2015 CMP DMC DMAG Daniela F. Gabriel João Paulo Lopes Vítor Mesquita A MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA E OS ARQUIVOS O EXEMPLO DA CMP AO SERVIÇO DO CIDADÃO GTGDA - BAD, 18 de Junho de 2015 2015 CMP DMC DMAG

Leia mais

Serviços Prestados Infovia Brasília

Serviços Prestados Infovia Brasília Serviços Prestados Infovia Brasília Vanildo Pereira de Figueiredo Brasília, outubro de 2009 Agenda I. INFOVIA Serviços de Voz Softphone e Asterisk INFOVIA MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO INFOVIA MINISTÉRIO

Leia mais

Implementação do conceito. Balcão Único na Administração Pública. Janeiro de 2008

Implementação do conceito. Balcão Único na Administração Pública. Janeiro de 2008 Implementação do conceito Balcão Único na Administração Pública Janeiro de 2008 Janeiro 2008 1 Índice 1. Enquadramento e Objectivos...3 1.1. Enquadramento...3 1.2. Objectivos...7 2. Conceitos...7 3. Recomendações

Leia mais

Visão Global de Operacionalização da Estratégia para as TIC na PSP 2013-2016

Visão Global de Operacionalização da Estratégia para as TIC na PSP 2013-2016 Visão Global de Operacionalização da Estratégia para as TIC na PSP 2013-2016 Outubro de 2013 Visão Global de Operacionalização da Estratégia para as TIC na PSP 2013-2016 Ciente da relevância estratégica

Leia mais

Administração Pública Eletrónica 2014 - O Que Falta Fazer?

Administração Pública Eletrónica 2014 - O Que Falta Fazer? Administração Pública Eletrónica 2014 - O Que Falta Fazer? 4 de junho de 2014 Auditório Adriano Moreira ISCSP PATRCINADORES PRATA Com a Colaboração Científica Patrocinadores Globais APDSI Da Interoperabilidade

Leia mais

C# @ Curriculum Vitae RICARDO. Produtividade e desenvolvimento. Sistemas FIGUEIREDO. Microsoft Visual Studio.NET. Microsoft. Microsoft SQL Server

C# @ Curriculum Vitae RICARDO. Produtividade e desenvolvimento. Sistemas FIGUEIREDO. Microsoft Visual Studio.NET. Microsoft. Microsoft SQL Server RICARDO FIGUEIREDO Curriculum Vitae Produtividade e desenvolvimento Microsoft Microsoft Visual Studio.NET Microsoft SQL Server Microsoft Office C# @ Desenvolvimento Web mycontacts.email= ricardofigueiredo.pt

Leia mais

Linha Única de Atendimento. ORADOR José Carlos Serafino

Linha Única de Atendimento. ORADOR José Carlos Serafino Linha Única de Atendimento ORADOR José Carlos Serafino José Carlos Serafino Ministério dos Negócios Estrangeiros Direção de Serviços de Cifra e Informática AGENDA ORADOR Caso de Sucesso Desafio inicial

Leia mais

Parcerias nos Domínios Técnico e Tecnológico Evolução e Resultados

Parcerias nos Domínios Técnico e Tecnológico Evolução e Resultados Evolução e Resultados Dr. Manuel Moreira Coordenador do PSGSS Workshop: Protecção Social Obrigatória: níveis de solidez e perspectivas de desenvolvimento Hotel Epic Sana, 31. Outubro.2014 Contexto A Segurança

Leia mais

A Importância e o Papel Central do SIG- Empresarial da EP na Gestão de Infraestruturas Rodoviárias

A Importância e o Papel Central do SIG- Empresarial da EP na Gestão de Infraestruturas Rodoviárias A Importância e o Papel Central do SIG- Empresarial da EP na Gestão de Infraestruturas Rodoviárias Rui Ribeiro e Luís Correia EP Gabinete de Sistemas de Informação Agenda Os Sistemas de Informação na EP

Leia mais

Fusão EP/REFER Estratégia de Sistemas de Informação

Fusão EP/REFER Estratégia de Sistemas de Informação Fusão EP/REFER Estratégia de Sistemas de Informação 12ª Conferência Anual itsmf Portugal Lisboa 17 de Setembro de 2015 Mário Nogueira Diretor de Sistemas de Informação 1. As empresas 2. Fusão: Momentos

Leia mais

1. Agência Nacional de Compras Públicas - Enquadramento. 2. Estratégia para as Compras Públicas. 3. Modelo de Compras Públicas Electrónicas

1. Agência Nacional de Compras Públicas - Enquadramento. 2. Estratégia para as Compras Públicas. 3. Modelo de Compras Públicas Electrónicas Agenda 1. Agência Nacional de Compras Públicas - Enquadramento 2. Estratégia para as Compras Públicas 3. Modelo de Compras Públicas Electrónicas 4. Desafios para 2009 2 Propósito Estratégico: Agência Nacional

Leia mais

PLANO DIRETOR DE INFORMÁTICA Outubro de 2014

PLANO DIRETOR DE INFORMÁTICA Outubro de 2014 PLANO DIRETOR DE INFORMÁTICA Outubro de 2014 DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - DTI PLANO DIRETOR DE INFORMÁTICA - 1 SUMÁRIO 1. OBJETIVOS 2. CENÁRIO ATUAL DE TI 2.1. AVALIAÇÃO E DIAGNÓSTICO DO CENÁRIO

Leia mais

Business Transformation Outsourcing Os novos modelos de outsourcing

Business Transformation Outsourcing Os novos modelos de outsourcing Business Transformation Outsourcing Os novos modelos de outsourcing A perspetiva do cliente - 18 de Junho de 2013 - Agenda Enquadramento Atividades em Outsourcing Caraterísticas do Modelo Prestação de

Leia mais

..: FormSus :.. http://formsus.datasus.gov.br/site/popup_unidade_detalhe.php?id_aplica...

..: FormSus :.. http://formsus.datasus.gov.br/site/popup_unidade_detalhe.php?id_aplica... 1 de 1 19/4/212 17:17 EGTI 211/212 - Autodiagnostico 21 Imprimir Identificação 1. Qual a identificação do órgão? AGÊNCIA NACIONAL DE TRANSPORTES AQUAVIÁRIOS 2. Qual o âmbito de preenchimento do formulário?

Leia mais

ANEXO I Proposta. Lote 1 - Serviços de consultadoria funcional. Identificação do Concorrente. Denominação Social:

ANEXO I Proposta. Lote 1 - Serviços de consultadoria funcional. Identificação do Concorrente. Denominação Social: Lote 1 - Serviços de consultadoria funcional Lote 1 Serviços de consultadoria funcional Preço hora do PERFIL GESTÃO DOCUMENTAL 15% Preço hora do PERFIL GESTOR DE PROJETO 10% Preço hora do PERFIL CONSULTOR

Leia mais

DOSSIER DE IMPRENSA 2015

DOSSIER DE IMPRENSA 2015 DOSSIER DE IMPRENSA 2015 A Empresa A Empresa A 2VG é uma empresa tecnológica portuguesa criada em 2009, que surgiu para colmatar uma necessidade detetada no mercado das tecnologias de informação e comunicação

Leia mais

SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS

SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS Sistema de Incentivos às Empresas O que é? é um dos instrumentos fundamentais das políticas públicas de dinamização económica, designadamente em matéria da promoção da

Leia mais

Simplificar a Vida às Pessoas as motivações

Simplificar a Vida às Pessoas as motivações Simplificar a Vida às Pessoas as motivações Visibilidade Capacidade Autarca Quem são os munícipes? Que recursos existem? Que desempenho? Como melhorar? Quem são os munícipes? Como prestar o serviço? Que

Leia mais

Id: 39063 (34 years)

Id: 39063 (34 years) Ver foto Id: 39063 (34 years) DADOS PESSOAIS: Gênero: Masculino Data de nascimento: 12/12/1980 País: Other Country, Região:, Cidade: Portugal Ver CV completo Grave o CV TRABALHO DESEJADO: Objectivo: Conseguir

Leia mais

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio!

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio! Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP Otimize a Gestão do Seu Negócio! Universo da Solução de Gestão SENDYS ERP SENDYS - Copyright 2007 SENDYS é uma marca proprietária da Readsystem, Lda. 2 Universo

Leia mais

Os Sistemas de Informação Regionais das Cidades e Regiões Digitais na vertente Infraestrutural

Os Sistemas de Informação Regionais das Cidades e Regiões Digitais na vertente Infraestrutural Os Sistemas de Informação Regionais das na vertente Infraestrutural 1, 2 1 Instituto Politécnico de Tomar Tomar, Portugal 2 Centre of Human Language Tecnnology and Bioinformatics Universidade da Beira

Leia mais

AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º 02/SAMA2020/2015

AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º 02/SAMA2020/2015 AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º 02/SAMA2020/2015 REFERENCIAL DE ANÁLISE DE MÉRITO DA OPERAÇÃO SISTEMA DE APOIO À MODERNIZAÇÃO E CAPACITAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA (SAMA2020) Página 1 de 16

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA DE ASSUNTOS LEGISLATIVOS EDITAL SAL/MJ Nº 03, DE 14 DE JANEIRO DE 2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA DE ASSUNTOS LEGISLATIVOS EDITAL SAL/MJ Nº 03, DE 14 DE JANEIRO DE 2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA DE ASSUNTOS LEGISLATIVOS EDITAL SAL/MJ Nº 03, DE 4 DE JANEIRO DE 205 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Projeto BRA/07/004 Seleciona: Consultor para identificação das melhores

Leia mais

Moodle. Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment (Ambiente de Aprendizagem Modular Orientado a Objetos) Ferramentas e Vantagens

Moodle. Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment (Ambiente de Aprendizagem Modular Orientado a Objetos) Ferramentas e Vantagens Moodle Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment (Ambiente de Aprendizagem Modular Orientado a Objetos) Ferramentas e Vantagens O que é? Alternativa às soluções comerciais de ensino on-line

Leia mais

Apoios às empresas no Norte 2020. Eunice Silva Valença 30.06.2015

Apoios às empresas no Norte 2020. Eunice Silva Valença 30.06.2015 Apoios às empresas no Norte 2020 Eunice Silva Valença 30.06.2015 SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS INOVAÇÃO EMPRESARIAL EMPREENDEDORISMO QUALIFICAÇÃO DE PME INTERNACIONALIZAÇÃO DE PME I&D Produção de

Leia mais

QMS QUALIDADE COMUNICAÇÃO DE GESTÃO DA ESTRUTURA CONFIANÇA DECISÃO MODELO. ambidata GARANTIA SISTEMA GESTÃO SISTEMA RELATÓRIO SOFTWARE

QMS QUALIDADE COMUNICAÇÃO DE GESTÃO DA ESTRUTURA CONFIANÇA DECISÃO MODELO. ambidata GARANTIA SISTEMA GESTÃO SISTEMA RELATÓRIO SOFTWARE GARANTIA QMS SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE COMUNICAÇÃO GESTÃO SOFTWARE RELATÓRIO CONFIANÇA DECISÃO MODELO ESTRUTURA SISTEMA ambidata Digital Innovation Solutions & Consulting # 1 ATRIBUTOS DE UM PRODUTO

Leia mais

SAMA2020 OPERAÇÕES TEMÁTICAS ONLY ONCE E ADESÃO À IAP

SAMA2020 OPERAÇÕES TEMÁTICAS ONLY ONCE E ADESÃO À IAP SAMA2020 OPERAÇÕES TEMÁTICAS ONLY ONCE E ADESÃO À IAP 1 DE JULHO DE 2015 OPERAÇÕES TEMÁTICAS COLABORATION SIMPLIFICATION INNOVATION AGENCY FOR THE PUBLIC SERVICES REFORM OPERAÇÃO TEMÁTICA M/C DOTAÇÃO ORÇAMENTAL

Leia mais

Guia de Websites para a Administração Pública

Guia de Websites para a Administração Pública Guia de Websites para a Administração Pública Portugal precisa de um desafio de exigência e de conhecimento que nos eleve aos níveis de competência e de produtividade dos países mais desenvolvidos, de

Leia mais

Software Livre e proprietário: Coexistência de diferentes formas de Licenciamento, interoperabilidade e eficiência na inclusão digital e social.

Software Livre e proprietário: Coexistência de diferentes formas de Licenciamento, interoperabilidade e eficiência na inclusão digital e social. Software Livre e proprietário: Coexistência de diferentes formas de Licenciamento, interoperabilidade e eficiência na inclusão digital e social. Palestrante: Paulo Cesar Alves 19/09/2005 Agenda Formulação

Leia mais

SIMARPE Sistema de Arquivo Permanente

SIMARPE Sistema de Arquivo Permanente SIMARPE Sistema de Arquivo Permanente Documentos formam a grande massa de conhecimentos de uma organização seja ela privada ou pública, esses documentos em sua maioria são parte do seu patrimônio. A Gestão

Leia mais

Plano Estratégico de Sistemas de Informação 2009

Plano Estratégico de Sistemas de Informação 2009 v.1.6. Plano Estratégico de Sistemas de Informação 2009 Versão reduzida Hugo Sousa Departamento de Tecnologias PESI 2009 Calendário de Projectos Calendário Direcção de projectos para 2009Projecto Licenciamento

Leia mais

Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO

Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO Aviso para apresentação de candidaturas Nº 07/SI/2010 1 Índice Condições de Elegibilidade do Promotor... 3 Condições

Leia mais

BANCO POSTAL - Plataforma Tecnológica

BANCO POSTAL - Plataforma Tecnológica BANCO POSTAL - Plataforma Tecnológica 1. Arquitetura da Aplicação 1.1. O Banco Postal utiliza uma arquitetura cliente/servidor WEB em n camadas: 1.1.1. Camada de Apresentação estações de atendimento, nas

Leia mais

Jornada - Gestão da informação arquivística numa Administração Pública renovada 20 de Outubro de 2011

Jornada - Gestão da informação arquivística numa Administração Pública renovada 20 de Outubro de 2011 Jornada - Gestão da informação arquivística numa Administração Pública renovada 20 de Outubro de 2011 António Bento Planeamento e Gestão da Qualidade www.ama.pt Agenda A AGÊNCIA PARA A MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA

Leia mais

18h00: Apresentação de resultados (Carlos Gonçalves, João Nuno Ferreira, João Mota Lopes) 18h50: Encerramento (André Vasconcelos)

18h00: Apresentação de resultados (Carlos Gonçalves, João Nuno Ferreira, João Mota Lopes) 18h50: Encerramento (André Vasconcelos) Dia 27 de Outubro, 14h00 - Agenda 1. Apresentação geral auditório (30+45minutos) 14h00: Receção dos convidados 14h30: Abertura (Rogério Carapuça) 14h40: Políticas Infra-estruturas TIC na Administração

Leia mais

PROVA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS (BÁSICOS E ESPECÍFICOS)

PROVA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS (BÁSICOS E ESPECÍFICOS) De acordo com o comando a que cada um dos itens a seguir se refira, marque, na folha de respostas, para cada item: o campo designado com o código C, caso julgue o item CERTO; ou o campo designado com o

Leia mais

Computação em Nuvem Apresentação Executiva

Computação em Nuvem Apresentação Executiva Expresso em Nuvem - Lançamento 2010 Computação em Nuvem Apresentação Executiva Apresentador: Wilton Mota Março de 2010 Institutional Presentation of SERPRO Agenda Institucional SERPRO; Conceitos de Computação

Leia mais

Estágio Curricular na Empresa INOVA - Empresa de Desenvolvimento Económico e Social de Cantanhede, EEM

Estágio Curricular na Empresa INOVA - Empresa de Desenvolvimento Económico e Social de Cantanhede, EEM Instituto Politécnico de Coimbra Instituto Superior de Engenharia de Coimbra Curso de Especialização Tecnológica em Instalação e Manutenção de Redes e Sistemas Informáticos Relatório de Estágio no âmbito

Leia mais

A CHAVE PARA A EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

A CHAVE PARA A EFICIÊNCIA ENERGÉTICA A CHAVE PARA A EFICIÊNCIA ENERGÉTICA Agenda Enquadramento dos consumos Energéticos nos Edifícios e no ramo Hoteleiro Enerbiz Conceito Geral e explicação funcional Conclusões e Aspetos Gerais Índice Enquadramento

Leia mais

Estruturação da Arquitetura Estadual de Sistemas de Informação por Meio da Orientação a Serviços

Estruturação da Arquitetura Estadual de Sistemas de Informação por Meio da Orientação a Serviços Estruturação da Arquitetura Estadual de Sistemas de Informação por Meio da Orientação a Serviços Relato de Experiência da ATI-PE WCGE 2010 20/07/2010 1 Introdução 2 Sobre a ATI Agência Estadual de Tecnologia

Leia mais

Uma Administração pública em rede

Uma Administração pública em rede Uma Administração pública em rede Maria Manuel Leitão Marques Unidade de Coordenação da Modernização Administrativa ucma@ucma.gov.pt Resumo Por detrás dos mais variados produtos e serviços que consumimos

Leia mais

CASO DE SUCESSO MICROWARE

CASO DE SUCESSO MICROWARE CASO DE SUCESSO MICROWARE CLIENTE: Ortobom SEGMENTO: Indústria MAIOR INTEGRAÇÃO E FLUXO DE DADOS GARANTE RESULTADOS ÁREA DE ATUAÇÃO: Datacenter DEMANDA: A empresa buscava maior comunicação e integração

Leia mais

Primeiros anos do Arquivo do Técnico: memória e gestão da informação. Ana Silva Rigueiro

Primeiros anos do Arquivo do Técnico: memória e gestão da informação. Ana Silva Rigueiro Primeiros anos do Arquivo do Técnico: memória e gestão da informação Ana Silva Rigueiro Índice 1. Missão 2. Factos e números 3. Serviços 4. A história do Arquivo 5. Acervo documental 6. Os projectos de

Leia mais

OpenConsulting. Especializada em Pentaho Open Source Business Intelligence treinamento, consultoria e suporte

OpenConsulting. Especializada em Pentaho Open Source Business Intelligence treinamento, consultoria e suporte OpenConsulting Especializada em Pentaho Open Source Business Intelligence treinamento, consultoria e suporte INFORMATIVO Treinamento Desenvolvendo Aplicações Analíticas com Pentaho Business Analytics Campo

Leia mais

SIARL Sistema de Administração do Recurso Litoral

SIARL Sistema de Administração do Recurso Litoral SIARL Sistema de Administração do Recurso Litoral João HERDEIRO 1, Marisa SILVA 1 e Paulo PATRÍCIO 1 1 Direção-Geral do Território, Portugal (ajherdeiro@dgterritorio.pt; marisas@dgterritorio.pt; ppatricio@dgterritorio.pt)

Leia mais

Instituto de Informática. Ministério das Finanças e da Administração Pública

Instituto de Informática. Ministério das Finanças e da Administração Pública O que é o SGU? O SGU (Sistema de Gestão de Utilizadores) é uma solução informática de gestão de permissões e acessos a sistemas de informação no âmbito da Administração Pública Portuguesa, disponível a

Leia mais

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto Introdução a Informática Prof.: Roberto Franciscatto 6.1 ARQUIVOS E REGISTROS De um modo geral os dados estão organizados em arquivos. Define-se arquivo como um conjunto de informações referentes aos elementos

Leia mais

DESKTOP LINUX NUMA UNIDADE DE SAÚDE FAMILIAR

DESKTOP LINUX NUMA UNIDADE DE SAÚDE FAMILIAR DESKTOP LINUX NUMA UNIDADE DE SAÚDE DESKTOP LINUX NUMA UNIDADE DE SAÚDE DR. PONCIANO OLIVEIRA AGENDA Administração Regional de Saúde do Norte Breve caraterização Principais atribuições As Infraestruturas

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO DE PESSOAS

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO DE PESSOAS FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO DE PESSOAS PROFESSOR: Itair Pereira da Silva DISCENTES: Maria das Graças João Vieira Rafael Vitor ORGANOGRAMA PRESIDENTE GERENTE

Leia mais

INSTITUTO DOS REGISTOS E NOTARIADO, I.P.

INSTITUTO DOS REGISTOS E NOTARIADO, I.P. INSTITUTO DOS REGISTOS E NOTARIADO, I.P. CONCURSO PÚBLICO N.º 05/DP/2009 AQUISIÇÃO DE SISTEMA DE GESTÃO DE FILAS DE ATENDIMENTO DOS SERVIÇOS DESCONCENTRADOS DO IRN, I.P. CADERNO DE ENCARGOS ANEXO I ESPECIFICAÇÕES

Leia mais

Estratégias em Tecnologia da Informação. Posição e Vantagem Competitiva Aplicações integradas Aplicações Web

Estratégias em Tecnologia da Informação. Posição e Vantagem Competitiva Aplicações integradas Aplicações Web Estratégias em Tecnologia da Informação Capítulo 09 Posição e Vantagem Competitiva Aplicações integradas Aplicações Web Material de apoio 2 Esclarecimentos Esse material é de apoio para as aulas da disciplina

Leia mais

AS MAIS RECENTES SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS, AGORA ACESSÍVEIS A TODAS AS EMPRESAS

AS MAIS RECENTES SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS, AGORA ACESSÍVEIS A TODAS AS EMPRESAS MAIS PRODUTIVIDADE E COMPETITIVIDADE AS MAIS RECENTES SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS, AGORA ACESSÍVEIS A TODAS AS EMPRESAS Oquesepretende? A iniciativa PME Digital visa contribuir para estimular a atividade económica

Leia mais

Estado de Santa Catarina Prefeitura de São Cristóvão do Sul

Estado de Santa Catarina Prefeitura de São Cristóvão do Sul 1 ANEXO VII QUADRO DE QUANTITATIVOS E ESPECIFICAÇÕES DOS ITENS Item Produto Quantidade 1 Aparelhos IP, com 2 canais Sip, visor e teclas avançadas, 2 70 portas LAN 10/100 2 Servidor com HD 500G 4 GB memória

Leia mais

SIG do Município de Oeiras: um instrumento para a gestão Municipal. ORADOR 1 Maria João Bessa (CM de Oeiras) ORADOR 2 João Melo (Municípia, S.A.

SIG do Município de Oeiras: um instrumento para a gestão Municipal. ORADOR 1 Maria João Bessa (CM de Oeiras) ORADOR 2 João Melo (Municípia, S.A. SIG do Município de Oeiras: um instrumento para a gestão Municipal ORADOR 1 Maria João Bessa (CM de Oeiras) ORADOR 2 João Melo (Municípia, S.A.) Maria João Bessa Câmara Municipal de Oeiras SIG do Município

Leia mais

SECRETARIA DE AGRICULTURA E ABASTECIMENTO

SECRETARIA DE AGRICULTURA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE AGRICULTURA E ABASTECIMENTO COORDENADORIA DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA INTEGRAL (CATI) PROJETO DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL MICROBACIAS II ACESSO AO MERCADO SELEÇÃO DE CONSULTORES PELOS

Leia mais

Portugal Brasil Moçambique Polónia

Portugal Brasil Moçambique Polónia www.promover.pt www.greatteam.pt Portugal Brasil Moçambique Polónia QUEM SOMOS - Prestamos serviços técnicos de consultoria de gestão e formação nos diversos setores da economia. - Presentes em Lisboa,

Leia mais

Câmara Municipal de Cascais é uma boa prática no relacionamento com os cidadãos

Câmara Municipal de Cascais é uma boa prática no relacionamento com os cidadãos 27 LEADERSHIP AGENDA a inovação na gestão do relacionamento compensa Câmara Municipal de Cascais é uma boa prática no relacionamento com os cidadãos A participação activa dos cidadãos é vital para a promoção

Leia mais

GBD. Introdução PROF. ANDREZA S. AREÃO

GBD. Introdução PROF. ANDREZA S. AREÃO GBD Introdução PROF. ANDREZA S. AREÃO Sistema de arquivos X Sistemas de Banco de Dados Sistema de arquivos Sistema de Banco de Dados Aplicativos Dados (arquivos) Aplicativos SGBD Dados (arquivos) O acesso/gerenciamento

Leia mais

Principais funcionalidades. Arquitetura e requisitos técnicos. Modalidades de aquisição

Principais funcionalidades. Arquitetura e requisitos técnicos. Modalidades de aquisição Agenda Principais funcionalidades Arquitetura e requisitos técnicos Modalidades de aquisição Funcionalidades Descrição arquivística Gestão de coleções digitais Publicação em-linha Conservação & restauro

Leia mais

Convergência TIC e Projetos TIC

Convergência TIC e Projetos TIC TLCne-051027-P1 Convergência TIC e Projetos TIC 1 Introdução Você responde essas perguntas com facilidade? Quais os Projetos TIC mais frequentes? Qual a importância de BI para a venda de soluções TIC (TI

Leia mais

Enunciado de apresentação do projecto

Enunciado de apresentação do projecto Engenharia de Software Sistemas Distribuídos 2 o Semestre de 2009/2010 Enunciado de apresentação do projecto FEARSe Índice 1 Introdução... 2 2 Cenário de Enquadramento... 2 2.1 Requisitos funcionais...

Leia mais

Investir em Modernas Infraestruturas Associadas às TIC

Investir em Modernas Infraestruturas Associadas às TIC Investir em Modernas Infraestruturas Associadas às TIC Vale do Sousa Digital 18 de Abril de 2013 Vale do Sousa Digital Início 2005 Projeto Financiado pelo Programa Operacional da Sociedade do Conhecimento

Leia mais

Workshop Nacional sobre o Koha

Workshop Nacional sobre o Koha O open-source ao serviço das bibliotecas modernas A ESOP Apresentação A ESOP A ESOP é uma associação empresarial que representa as empresas portuguesas que se dedicam ao desenvolvimento de software e à

Leia mais

GESTÃO DE ARQUIVO DE DADOS

GESTÃO DE ARQUIVO DE DADOS 1 GESTÃO DE ARQUIVO DE DADOS 1 2014 Agenda 2 1. Introdução 2. Actividades gerais do Arquivo Técnico de E&P 3. Importância do Arquivo Técnico de E&P para a Sonangol 4. Tipo de documentos e formatos 5. Tipos

Leia mais

Internet ou Net. É uma rede mundial de computadores ligados entre si através s de linhas telefónicas comuns.

Internet ou Net. É uma rede mundial de computadores ligados entre si através s de linhas telefónicas comuns. Internet Internet ou Net É uma rede mundial de computadores ligados entre si através s de linhas telefónicas comuns. Como Comunicam os computadores Os computadores comunicam entre si utilizando uma linguagem

Leia mais

Competitividade e Inovação

Competitividade e Inovação Competitividade e Inovação Evento SIAP 8 de Outubro de 2010 Um mundo em profunda mudança Vivemos um momento de transformação global que não podemos ignorar. Nos últimos anos crise nos mercados financeiros,

Leia mais