ROTEIRO DE VISITA INSTITUCIONAL CENTRO DE REFERÊNCIA DE ATENDIMENTO À MULHER EM SITUAÇÃO DE VIOLÊNCIA. Equipe que realizou a visita:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ROTEIRO DE VISITA INSTITUCIONAL CENTRO DE REFERÊNCIA DE ATENDIMENTO À MULHER EM SITUAÇÃO DE VIOLÊNCIA. Equipe que realizou a visita:"

Transcrição

1 ROTEIRO DE VISITA INSTITUCIONAL CENTRO DE REFERÊNCIA DE ATENDIMENTO À MULHER EM SITUAÇÃO DE VIOLÊNCIA Equipe que realizou a visita: Dia e horário da visita: Promotora de Justiça que acompanhou a visita: Responsáveis técnicas que prestaram as informações durante a visita: a. Nome: b. Qualificação/função: c. Número registro profissional: Documentos a serem solicitados 1. Cópia estatuto; 2. Relatórios quantitativos de atendimento atualizado e referente aos anos anteriores; 3. Termos de convênios; 4. Organograma e cópia da contratação dos funcionários; 5. Quadro de funcionários (as) e estagiários (as) (lista atualizada de vagas preenchidas e pendentes) com nomes dos(as) funcionários (as), tipo de vínculo empregatício, qualificação, regime de trabalho, carga horária individual, horário de permanência, plantão. Incluir terceirizados, cedidos e voluntários. 6. Instrumentais e rotinas utilizados para o atendimento (cartilhas, manuais, roteiro de entrevista, modelo de relatório, modelo de fluxo de atendimento, ficha de identificação, ficha de encaminhamento, projeto de técnico, outros). 7. Pesquisa de avaliação institucional (internamente e perante as usuárias).

2 I. IDENTIFICAÇÃO 1. Nome do equipamento e vínculo institucional: 2. Nome da coordenadora e cargo: 3. Endereço: 4. Telefone: Natureza jurídica: 7. Origem dos recursos financeiros: ( ) Recurso público? Por meio de qual Instituição Pública? ( ) Outro: 8. Algum convênio ou parceria com outras entidades/órgãos? a. Quais entidades/órgãos? b. Qual o tipo / modalidade do convênio? 9. Situação do imóvel? ( ) Próprio ( ) Alugado ( ) Cedido 10. Criação/Início das atividades (data/origem): 11. Houve mudança de endereço e reestruturação? Detalhar. II. RECURSOS HUMANOS 12. Equipe presente no dia da visita: 13. Existem voluntários? 14. Existe capacitação? Treinamento? a. Se sim, qual a periodicidade? b. Quais foram as últimas capacitações?

3 III. RECURSOS MATERIAIS 15. Mobiliário existente: 16. Equipamentos de informática? a. Quantos computadores? b. Quantos tem acesso a internet? 17. Existe os recursos de informática necessários para atendimento online e armazenamento de dados? 18. Existe recursos audiovisuais para trabalho em grupo e apresentações? 19. Existe material de escritório e pedagógico para utilização no expediente? 20. Existe lista com os direitos das mulheres exposta nos murais da sala de espera? 21. Equipamentos diversos: ( ) TV, ( ) DVD, ( ) Máquina fotográfica, ( ) Gravadores, ( ) Fogão, ( ) Bebedouro, ( ) Livros, ( ) Geladeira, ( ) Ventilador, ( ) Revistas, ( ) Aparelho de som, ( ) Datashow, ( ) Outros: 22. É disponibilizado transporte em situações de emergência ou outras necessidades? a. Que tipo de transporte? (Viatura?) b. Em quais situações? c. Há uma pessoa do Centro de Referência que a acompanhe em situações excepcionais? ( ) Sim. Qual? ( ) Não

4 IV. INFRAESTRUTURA 23. Dependências / Cômodos (quantos e quais): 24. Existe Sistema de Segurança? a. Câmeras?. b. Profissional específico de segurança? c. Plantão? 25. Existe: a. Recepção/sala de espera? d. Sala de administração? e. Sala de atendimento? ( ) Sim. Quantas? ( ) Não f. Sala para reuniões e palestras? g. Almoxarifado/depósito? h. Banheiros masculino e feminino? i. Brinquedoteca? 26. Espaço físico: (observação da equipe da visita) a. Iluminação e ventilação adequados? b. Está organizado? c. Condições de limpeza satisfatórias? d. Sala individualizada para técnicos(as)? e. Os móveis estão em boas condições de uso? 27. Condições de acessibilidade: (observação da equipe da visita) a. Rampa de acesso b. Escadas c. Corrimão d. Tamanho das portas adequado

5 e. Banheiro com equipamentos adequados às pessoas idosas ou cadeirantes. 28. O que a equipe sente como faltante ao centro de referência tanto em questão de recursos materiais como humanos? 29. Qual a percepção da equipe em relação às suas atribuições no Centro de Referência? V. FLUXO DE ATENDIMENTO 30. Abrange quais violências: Só as domésticas ou todas as violências de gênero? 31. Critérios de Admissão e Permanência do atendimento na Unidade: 32. Quais locais que encaminham as mulheres para o Centro de Referência? 33. Locais de encaminhamento das mulheres atendidas pelo Centro de Referência? 34. Quais os tipos de atendimento técnico oferecido? a. Psicológico b. Jurídico c. Social d. Outros: 35. Qual a média de mulheres atendidas por mês? 36. Possui vagas ou mulheres em lista de espera? 37. Possui cadastros individuais? 38. É informatizado? 39. Todos os atendimentos são registrados? 40. Quais dias e horário de atendimento?

6 41. Qual a capacidade total de atendimento do equipamento por dia? (Identificar por especialidade de atendimento). 42. Quais demandas não são atendidas? 43. Limitações de atendimento e recorte: ( ) etário ( ) gênero ( ) especialidade ( ) localização 44. Documentos pessoais exigidos na admissão: 45. Exige-se boletim de ocorrência? 46. Como é feito o acolhimento da mulher? (Agendamento por telefone, senha, atendimento imediato, atendimento só mediante agendamento, qual profissional que a recebe, etc). 47. Existe orientação sobre os serviços disponíveis a nível estadual, regional e/ou municipal? 48. Existe articulação para inserção desta mulher no mercado de trabalho? 49. Existe inserção das mulheres nos Programas de educação formal e não formal? 50. São realizadas ações / estratégias/ parcerias para acesso à moradia? ( ) Sim ( ) Não 51. Há inclusão dessas mulheres em algum programa social (aluguel social, renda mínima, benefícios eventuais, etc)? 52. Existem mulheres que vão ao Centro de Referência na companhia de seus filhos? 53. Existem mecanismos de atendimento aos seus filhos (as)?

7 a. As crianças são encaminhadas para algum atendimento psicossocial em instâncias próprias? ( ) Sim Quais? ( ) Não b. Há esse fluxo / rede estabelecido para o acompanhamento dessas crianças? ( ) Sim Qual? ( ) Não 54. A equipe compõe a rede estadual, regional ou municipal de atenção à mulher em situação de violência? a.com que freqüência? b. Quais redes? c. Qual técnico (a) participa (nome e função)? 55. Há atualização permanente da equipe com as informações sobre os direitos da mulher? 56. Há reuniões de equipe para estudo de casos, formação e atualização sobre os procedimentos do Centro de Referência? 57. Há algum atendimento para os agressores? 58. Há avaliação do atendimento prestado pela própria equipe e pelas usuárias? 59. Outras Observações:

Página 1 PLANETÁRIO DE VITÓRIA. Diretor: José Arlon da Silva. Fundação: 23/06/1995

Página 1 PLANETÁRIO DE VITÓRIA. Diretor: José Arlon da Silva.   Fundação: 23/06/1995 PLANETÁRIO DE VITÓRIA Diretor: José Arlon da Silva Email: joasilva@correio1.vitoria.es.gov.br Fundação: 23/06/1995 Logradouro: Avenida Fernando Ferrari, 514 Bairro: Goiabeiras CEP: 29665-000 Telefone:

Leia mais

8. Existe um acompanhamento das famílias já cadastradas Sim (PAIF) Programa de atenção integral à família

8. Existe um acompanhamento das famílias já cadastradas Sim (PAIF) Programa de atenção integral à família CRAS - SANTA MARTHA Coordenadora: Margareth Pereira Bergamin E-mail: crsmartha@vitoria.es.gov.br Fundação: 2010 Endereço: Av leitão da Silva, 3375 Bairro: Andorinhas CEP: 29045-115 Telefone: (27) 3332-7942

Leia mais

Página 1 CAJUN GURIGICA. Diretora: Alessandra Moreira. Endereço: Escadaria Joao Rosa Neto, s/n.

Página 1 CAJUN GURIGICA. Diretora: Alessandra Moreira.   Endereço: Escadaria Joao Rosa Neto, s/n. CAJUN GURIGICA Diretora: Alessandra Moreira E-mail: cajun.jab@gmail.com Endereço: Escadaria Joao Rosa Neto, s/n Bairro: Gurigica CEP: 29.050.945 Telefone: (27) 3227-5720 Horário de Funcionamento: 8h às

Leia mais

DATA DA VISITA: 12/02/2014 DATA DA VISITA: 29/04/2015. Página 1

DATA DA VISITA: 12/02/2014 DATA DA VISITA: 29/04/2015. Página 1 DATA DA VISITA: 12/02/2014 DATA DA VISITA: 29/04/2015 CENTRO DE CONVIVÊNCIA PARA TERCEIRA IDADE - CCTI - CENTRO Coordenador(a): Tarcila Rodrigues Endereço: Rua Coronel Monjardim, 147 Bairro: Centro CEP:

Leia mais

CRAS - PRAIA DO CANTO. Coordenadora: Silvia Cristina Caldas. Endereço: Rua Francisco Rubim, s/n

CRAS - PRAIA DO CANTO. Coordenadora: Silvia Cristina Caldas.   Endereço: Rua Francisco Rubim, s/n CRAS - PRAIA DO CANTO Coordenadora: Silvia Cristina Caldas E-mail: crpcanto@vitoria.es.gov.br Endereço: Rua Francisco Rubim, s/n Bairro: Bento Ferreira CEP: 29050-680 Telefone: (27) 3315-2605 Horário de

Leia mais

Página 1 CRAS - ITARARÉ. Coordenadora: Daphiny Soares Cavachini. Endereço: Rua das Palmeiras, 305

Página 1 CRAS - ITARARÉ. Coordenadora: Daphiny Soares Cavachini.   Endereço: Rua das Palmeiras, 305 CRAS - ITARARÉ Coordenadora: Daphiny Soares Cavachini E-mail: critarare@correio1.vitoria.es.gov.br Endereço: Rua das Palmeiras, 305 Bairro: Itararé CEP: 29047-550 Telefone: (27) 3215-3132 Horário de Funcionamento:

Leia mais

Faixa etária de pessoas atendidas: DATA DA VISITA: 18/10/2013 DATA DA VISITA: 12/11/2014. Página 1. Quantidade de usuários cadastrados:

Faixa etária de pessoas atendidas: DATA DA VISITA: 18/10/2013 DATA DA VISITA: 12/11/2014. Página 1. Quantidade de usuários cadastrados: DATA DA VISITA: 18/10/2013 DATA DA VISITA: 12/11/2014 CRAS REGIÃO DE SAÕ PEDRO - TERRITÓRIO II - RESISTÊNCIA Coordenador (a): Juliana Moura Alves E-mail: crspedroterritorio2@vitoria.es.gov.br Fundação:

Leia mais

Faixa etária de pessoas atendidas:

Faixa etária de pessoas atendidas: Quantidade de usuários cadastrados: 4427 Qual a média de pessoas atendidas por dia: 35 0 a 14 anos 15 a 24 anos 25 a 64 anos Acima de 65 anos Usuários na lista de espera: 0 Obs. Quanto à lista de espera:

Leia mais

7. CARACTERIZAÇÃO DOS SERVIÇOS OFERTADOS NESTE CREAS

7. CARACTERIZAÇÃO DOS SERVIÇOS OFERTADOS NESTE CREAS CENTRO DE REFERÊNCIA ESPECIALIZADO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL Coordenador: Cristiane picine os santos milles Fundação: 05 de Junho de 2010 Endereço: Rua Dom Pedro I nº 43 Bairro: Maruípe Telefone: 3235-2880/

Leia mais

Comprovação de renda mensal compatível aos critérios de recebimento do benefício Bolsa Família. 6. Bairros atendidos

Comprovação de renda mensal compatível aos critérios de recebimento do benefício Bolsa Família. 6. Bairros atendidos CRAS - MARUÍPE Coordenadora: Cremilda Viana Astorga E-mail: cvastorga@correio1.vitoria.es.gov.br Fundação: 2001 Endereço: Rua Dom Pedro I, 72 Bairro: Maruípe CEP: 29043-190 Telefone: (27) 3314-5311 Horário

Leia mais

Página Existe critério para que uma pessoa seja atendida pelo CRAS Sim

Página Existe critério para que uma pessoa seja atendida pelo CRAS Sim 1. Quantidade de usuários cadastrados 3705 2. Qual a média de pessoas atendidas por dia 10 3. Faixa etária de pessoas atendidas 11 a 25 anos 4. Quantidade de usuários na lista de espera 0 4.1 Obs. Não

Leia mais

DATA DA VISITA: 07/11/2013 DATA DA VISITA: 10/11/2014. Página 1. Quantidade de crianças/adolescentes cadastradas

DATA DA VISITA: 07/11/2013 DATA DA VISITA: 10/11/2014. Página 1. Quantidade de crianças/adolescentes cadastradas DATA DA VISITA: 07/11/2013 DATA DA VISITA: 10/11/2014 CAJUN DA PENHA Coordenador (a): Alessandra Coutinho Fernandes Fundação: 07/06/2001 Endereço: Rua Pedro Ferreira, s/n Bairro: da Penha CEP: 29.047-062

Leia mais

CENTRO DE REFERÊNCIA ESPECIALIZADO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CREAS - CENTRO

CENTRO DE REFERÊNCIA ESPECIALIZADO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CREAS - CENTRO DATA DA VISITA: 29/05/2015 DATA DA VISITA: 18/06/2015 Coordenador: Luizane Guedes Mateus Endereço: Rua Aristides Freire, nº 36 Bairro: Centro CEP: 29.015-290 Telefone: (27) 3132-8065 Horário de Funcionamento

Leia mais

DATA DA VISITA: 10/12/2013 DATA DA VISITA: 09/12/2014. Página 1. Quantidade de crianças/adolescentes cadastradas

DATA DA VISITA: 10/12/2013 DATA DA VISITA: 09/12/2014. Página 1. Quantidade de crianças/adolescentes cadastradas DATA DA VISITA: 10/12/2013 DATA DA VISITA: 09/12/2014 CAJUN NOVA PALESTINA Diretor(a): Sonia Maria Neves E-mail: cajunnovap@gmail.com Fundação: 14/05/2001 Criação: Endereço: Rua do Pedestre, s/n Bairro:

Leia mais

D E C R E T A: Fica aprovado o Regimento Interno do Centro de Atendimento à Mulher do Município de Dourados, constante no anexo único, deste decreto.

D E C R E T A: Fica aprovado o Regimento Interno do Centro de Atendimento à Mulher do Município de Dourados, constante no anexo único, deste decreto. DECRETO N 1188, DE 20 DE NOVEMBRO DE 2012. Homologa o regimento interno do Regimento Interno do Centro de Atendimento à Mulher. O PREFEITO MUNICIPAL DE DOURADOS, Estado de Mato Grosso do Sul, no uso das

Leia mais

1. FUNCIONAMENTO 13. CÁLCULO DA REFEIÇÃO

1. FUNCIONAMENTO 13. CÁLCULO DA REFEIÇÃO RESTAURANTE POPULAR DE VITÓRIA Coordenadora: Renata Simões Vieira Email: rsvieira@correio1.vitoria.es.gov.br Fundação: 19/12/2006 Endereço: Av Hermes Carneiro Curry, 1320 Bairro: Ilha de Santa Maria CEP:

Leia mais

Funcionários Terceirizados

Funcionários Terceirizados 1. Faixa etária de pessoas atendidas: Todas as idades 2. Bairros Atendidos TODOS 3. Existem critérios para que o espaço seja usado: Sim 3.1 No caso de sim, quais esses critérios: PRÁTICA ESPORTIVA 4. São

Leia mais

1. Quantidade de vagas disponíveis para atendimento Existe lista de espera Não. 2.1 No caso de sim, existe prazo para inserção dos idosos

1. Quantidade de vagas disponíveis para atendimento Existe lista de espera Não. 2.1 No caso de sim, existe prazo para inserção dos idosos Data da Visita: Data da Visita: CENTRO DE CONVIVÊNCIA PARA A TERCEIRA IDADE Coordenador(a): Barbara Barros Bastos E-mail: centrodeconvivenciajc@hotmail.com Endereço: Rua Doutor João Batista Miranda Amaral,

Leia mais

Página 1. Faixa etária de pessoas atendidas De 5 a 10 anos; e acima de 24 anos De 5 a 7 e de 8 aos 14 anos de idade

Página 1. Faixa etária de pessoas atendidas De 5 a 10 anos; e acima de 24 anos De 5 a 7 e de 8 aos 14 anos de idade DATA DA VISITA: 04/11/2013 DATA DA VISITA: 04/12/2014 PROJETO PÉ DE MOLEQUE Coordenador(a): Período matutino - Marcelo Rodrigues Amorim Período vespertino: Francisco Sandro Lopes da Silva E-mail: mamoripmv@gmail.

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO Procuradoria de Justiça Especializada na Defesa da Cidadania e do Consumidor

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO Procuradoria de Justiça Especializada na Defesa da Cidadania e do Consumidor Dados de Identificação Questionário PSF Equipe de Saúde da Família Nome da unidade visitada:...data da visita:... Endereço:... Bairro:...Telefone:... Nome do(a) responsável pela Unidade de Saúde:... Qualificação

Leia mais

PESQUISA CLÍNICAS DA FAMÍLIA

PESQUISA CLÍNICAS DA FAMÍLIA PESQUISA CLÍNICAS DA FAMÍLIA Outubro/2013 Realização: Instituto Brasileiro de Administração Pública e Apoio Universitário do Rio de Janeiro Características da Pesquisa Público alvo Usuários das clínicas

Leia mais

Local de funcionamento do Núcleo

Local de funcionamento do Núcleo Data da Visita: 04/12/2013 CENTRO DE TREINAMENTO MUNICIPAL DE VÔLEI DE PRAIA Coordenador(a): Eduardo Marconi A. Padua Endereço: Praça dos Namorados (Quadra de Areia) Bairro: Praia do Canto Referência:

Leia mais

INSCRIÇÕES PARA SEDIAR AS CAPACITAÇÕES

INSCRIÇÕES PARA SEDIAR AS CAPACITAÇÕES INSCRIÇÕES PARA SEDIAR AS CAPACITAÇÕES A SP LEITURAS ASSOCIAÇÃO PAULISTA DE BIBLIOTECAS E LEITURA, pessoa jurídica de direito privado sem fins lucrativos, CNPJ nº12.480.948/0001-70, com sede à Rua da Consolação,

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE ORÇAMENTO PRAZO 02 DE JUNHO DE 2017

SOLICITAÇÃO DE ORÇAMENTO PRAZO 02 DE JUNHO DE 2017 SOLICITAÇÃO DE ORÇAMENTO PRAZO 02 DE JUNHO DE 2017 Solicitamos orçamento de pessoa jurídica com vistas a receber propostas para se auferir o Valor de Referência para posterior licitação, o orçamento deverá

Leia mais

FUNCIONÁRIOS EFETIVOS

FUNCIONÁRIOS EFETIVOS NÚCLEO DE ESPORTES - ÁLVARES CABRAL Coordenador: Marcos Tadeu Carvalho Loureiro Email: mugmtel@hotmail.com Logradouro: Av Marechal Mascarenhas de Moraes, 2100 Bairro: Bento Ferreira CEP: 29050-626 Telefone:

Leia mais

CENTRO DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL INFANTO-JUVENIL (CAPSi)

CENTRO DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL INFANTO-JUVENIL (CAPSi) DATA DA VISITA: 13/10/2014 Coordenador (a): João Paulo Guidoni E-mail: crcapsinfantil@correio1.vitoria.es.gov.br Endereço: Avenida Amélia da Cunha Ornelas, 431 Bairro: Bento Ferreira Telefone: (27) 3225-5497

Leia mais

TÍTULO: CENTRO DE REFERÊNCIA EM DIREITOS HUMANOS

TÍTULO: CENTRO DE REFERÊNCIA EM DIREITOS HUMANOS TÍTULO: CENTRO DE REFERÊNCIA EM DIREITOS HUMANOS CATEGORIA: CONCURSO DE PRÁTICAS EXITOSAS Endereço: Rua Caldas Júnior, nº 352, bairro Centro Histórico. Cidade: Porto Alegre Estado: Rio Grande do Sul Autoras:

Leia mais

APRESENTAÇÃO SOBRE A ESTRUTURA DO CRAS

APRESENTAÇÃO SOBRE A ESTRUTURA DO CRAS APRESENTAÇÃO SOBRE A ESTRUTURA DO CRAS Atividades desenvolvidas no âmbito do CRAS no que se refere a encaminhamentos Atividades desenvolvidas Orientação/acompanhamento para inserção no BPC Encaminhamento

Leia mais

Página 1 CMEI OCARLINA NUNES DE ANDRADE. Diretor: Jussara da Penha Matias. .:

Página 1 CMEI OCARLINA NUNES DE ANDRADE. Diretor: Jussara da Penha Matias.  .: CMEI OCARLINA NUNES DE ANDRADE Diretor: Jussara da Penha Matias E-mail.: cmeiona@correio1.vitória.es.gov.br Endereço: Rua Luiz Gomes Tavares, s/n Bairro: São Cristóvão CEP.: 29048-250 Telefone: (27) 3325-5433

Leia mais

FUNCIONÁRIOS EFETIVOS

FUNCIONÁRIOS EFETIVOS NÚCLEO DE ESPORTES - IFES Coordenador: Cosme Eduardo Professores: Fernando Paes de Pontes e Francisco Santana Lopes Logradouro: Avenida Vitória, 1729 Bairro: Jucutuquara CEP: 29040-780 Telefone: (27) 3382-6430

Leia mais

CAJUN SOLON BORGES. Coordenadora: Maria Carolina de Lima Monte Verde. Endereço: Praça Odilon Grijó, s/n. Bairro: Solon Borges CEP:

CAJUN SOLON BORGES. Coordenadora: Maria Carolina de Lima Monte Verde. Endereço: Praça Odilon Grijó, s/n. Bairro: Solon Borges CEP: CAJUN SOLON BORGES Coordenadora: Maria Carolina de Lima Monte Verde Endereço: Praça Odilon Grijó, s/n Bairro: Solon Borges CEP: 29072-005 Telefone: (27) 3317-1566 Horário de Funcionamento: 8h às 17h 1.

Leia mais

DIAGNÓSTICO ESTRUTURAL DOS CONSELHOS TUTELARES

DIAGNÓSTICO ESTRUTURAL DOS CONSELHOS TUTELARES DIAGNÓSTICO ESTRUTURAL DOS CONSELHOS TUTELARES 1. RESPONSÁVEL PELAS INFORMAÇÕES Nome completo: Local de Trabalho: Cargo/função: Endereço completo: Bairro: Cidade: UF: CEP: Telefones) para contato: ) E-mail:

Leia mais

REQUERIMENTO DE INSCRIÇÃO DE PESSOA JURÍDICA. À (Ao) Presidente do Conselho Regional de Psicologia da 4ª Região Minas Gerais (CRP/MG).

REQUERIMENTO DE INSCRIÇÃO DE PESSOA JURÍDICA. À (Ao) Presidente do Conselho Regional de Psicologia da 4ª Região Minas Gerais (CRP/MG). REQUERIMENTO DE INSCRIÇÃO DE PESSOA JURÍDICA À (Ao) Presidente do Conselho Regional de Psicologia da 4ª Região Minas Gerais (CRP/MG). A pessoa jurídica, com CNPJ nº, com sede na (Rua/Av), nº, Complemento

Leia mais

Subprocuradoria-Geral de Justiça de Relações Externas

Subprocuradoria-Geral de Justiça de Relações Externas Subprocuradoria-Geral de Justiça de Relações Externas Relatório de Atividades Biênio / Sumário SECRETARIA... 2 ASSESSORIA DE IMPRENSA... 14 SECRETARIA Recebimento, análise e encaminhamento de documentos

Leia mais

CARGO, VAGA, LOCAL DE TRABALHO, CARGA HORÁRIA. Art. 2º. Especificações das vagas: Cargo (Código do Cargo) N. de vagas. Carga horária semanal

CARGO, VAGA, LOCAL DE TRABALHO, CARGA HORÁRIA. Art. 2º. Especificações das vagas: Cargo (Código do Cargo) N. de vagas. Carga horária semanal EDITAL N. 14/2017 DO INSTITUTO JURÍDICO PARA EFETIVAÇÃO DA CIDADANIA PROCESSO DE SELEÇÃO PARA ESTAGIÁRIO (A) DE PSICOLOGIA E SERVIÇO SOCIAL PARA CADASTRO RESERVA DO PROGRAMA SE LIGA REGIONAL BELO HORIZONTE/MG.

Leia mais

Fiscalização dos Abrigos e Casas de Acolhida da PCR

Fiscalização dos Abrigos e Casas de Acolhida da PCR Fiscalização dos Abrigos e Casas de Acolhida da PCR PERFIL: O espaço Andaluz acolhe em caráter temporário mães adolescentes com filhos ou filhas com trajetória de rua. As usuárias as escolas da rede pública,

Leia mais

Educação Especial (Transtorno Global de Desenvolvimento): Quantidade de alunos. SIM Possui sinalização em Libras: NÃO Possui material em Braile:

Educação Especial (Transtorno Global de Desenvolvimento): Quantidade de alunos. SIM Possui sinalização em Libras: NÃO Possui material em Braile: CORPO DISCENTE: Quantidade de alunos matriculados: 285 Quantidade de alunos na lista de espera: Não há lista de espera Educação Especial: Quantidade de Alunos Cegueira 0 Baixa Visão 1 Surdez 0 Deficiência

Leia mais

AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA

AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA COORDENADORIA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL COAI COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA PARTE I O DISCENTE AVALIA AS AÇÕES DO CURSO Prezado(a)

Leia mais

AUTOAVALIAÇÃO 2015 INFRAESTRUTURA E SERVIÇOS. Não acessaram. concluíram. Discentes ,3% Docentes ,2%

AUTOAVALIAÇÃO 2015 INFRAESTRUTURA E SERVIÇOS. Não acessaram. concluíram. Discentes ,3% Docentes ,2% AUTOAVALIAÇÃO 205 INFRAESTRUTURA E SERVIÇOS ) PARTICIPAÇÃO Aptos Não Não Concluíram % de acessaram concluíram concluintes 2.050 23 75.852 90,3% 7 7 5 95 8,2% 7 9 3 49 69,0% 2) INFRAESTRUTURA GERAL E SERVIÇOS

Leia mais

Página 1 MÓDULO SOE (SERVIÇO DE ORIENTAÇÃO AO EXERCÍCIO) - CHÁCARA PARAÍSO. Administrador : Ivan Aguiar Lopes.

Página 1 MÓDULO SOE (SERVIÇO DE ORIENTAÇÃO AO EXERCÍCIO) - CHÁCARA PARAÍSO. Administrador : Ivan Aguiar Lopes. MÓDULO SOE (SERVIÇO DE ORIENTAÇÃO AO EXERCÍCIO) - CHÁCARA PARAÍSO Administrador : Ivan Aguiar Lopes E-mail: ivaneafcol@hotmail.com Telefone: (27) 3315-2754 Endereço: Rua Chapot Presvot, Barro Vermelho

Leia mais

REGISTRO DE INSTITUIÇÕES MUSEOLÓGICAS

REGISTRO DE INSTITUIÇÕES MUSEOLÓGICAS 1 REGISTRO DE INSTITUIÇÕES MUSEOLÓGICAS Nº do Processo: Data de Recebimento: Nº do Registro: 1. IDENTIFICAÇÃO 1.1 NOME COMPLETO DO MUSEU: 1.2 CNPJ PRÓPRIO: 1.3 ENDEREÇO: 1.4 CIDADE: 1.5 UF: 1.6 CEP: 1.7

Leia mais

I. Informações BásicaS

I. Informações BásicaS I. Informações BásicaS item Órgão municipal de saúde Plano Municipal Conselho Municipal Conselho Gestor de Unidade(s) de Saúde Fundo Municipal Cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) Disque-Saúde Ouvidoria

Leia mais

PREFEITURA DE SÃO LUÍS SECRETARIA MUNICIPAL DA CRIANÇA E ASSISTÊNCIA SOCIAL SEMCAS

PREFEITURA DE SÃO LUÍS SECRETARIA MUNICIPAL DA CRIANÇA E ASSISTÊNCIA SOCIAL SEMCAS ANEXO I FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS 1- IDENTIFICAÇÃO DA ENTIDADE. Nome Endereço Bairro Fone FAX CNPJ CEP Agência Banco Brasil Inscrição Número: no CMAS Data:

Leia mais

Página 1 NÚCLEO DE ESPORTES - JABOUR FUTEBOL CLUBE. Coordenador: Cosme Eduardo. Logradouro: Rua Ciro Vieira da Cunha, s/n.

Página 1 NÚCLEO DE ESPORTES - JABOUR FUTEBOL CLUBE. Coordenador: Cosme Eduardo. Logradouro: Rua Ciro Vieira da Cunha, s/n. NÚCLEO DE ESPORTES - JABOUR FUTEBOL CLUBE Coordenador: Cosme Eduardo Logradouro: Rua Ciro Vieira da Cunha, s/n Bairro: Jabour CEP: 29072-280 Funcionamento: 14h às 17h 1. Local de funcionamento do Núcleo

Leia mais

EIXO 2 DIMENSÃO 1 A MISSÃO E O PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL

EIXO 2 DIMENSÃO 1 A MISSÃO E O PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL EIXO 1 DIMENSÃO 8 PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO 1 O plano de desenvolvimento do instituto PDI ( http://www.ufopa.edu.br/arquivo/portarias/2015/pdi20122016.pdf/view ) faz referência a todos os processos internos

Leia mais

AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA

AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA COORDENADORIA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL COAI COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA PARTE I O DOCENTE AVALIA AS AÇÕES DO CURSO Prezado(a)

Leia mais

Acompanhamento realizado no primeiro dia de atividades e semestralmente 13.1 Se detectada necessidade, há encaminhamento para atendimento médico

Acompanhamento realizado no primeiro dia de atividades e semestralmente 13.1 Se detectada necessidade, há encaminhamento para atendimento médico MÓDULO SOE (SERVIÇO DE ORIENTAÇÃO AO EXERCÍCIO) - JARDIM CAMBURI Coordenador: Robson Ribeiro Email: soe@correio1.vitoria.es.gov.br Telefone: (27) 3132-5070 Logradouro: Av Dante Michelini Bairro: Jardim

Leia mais

CENTRO DE PREVENÇÃO E TRATAMENTO AO TOXICÔMANOS. Coordenador: Renato Carlos Vieira. Endereço: Rua Álvaro Sarlo, 160. Bairro: Ilha de Santa Maria

CENTRO DE PREVENÇÃO E TRATAMENTO AO TOXICÔMANOS. Coordenador: Renato Carlos Vieira. Endereço: Rua Álvaro Sarlo, 160. Bairro: Ilha de Santa Maria CENTRO DE PREVENÇÃO E TRATAMENTO AO TOXICÔMANOS Coordenador: Renato Carlos Vieira Endereço: Rua Álvaro Sarlo, 160 Bairro: Ilha de Santa Maria CEP: 29051-100 Horários de atendimento: 7 às 19h (Atendimento

Leia mais

ADENDO AO EDITAL Nº 35/2016 Proaes DAE/NAI

ADENDO AO EDITAL Nº 35/2016 Proaes DAE/NAI ADENDO AO EDITAL Nº 35/2016 Proaes DAE/NAI Programa de Apoio às Ações de Acessibilidade do NAI Pró-Acessibilidade/2016 A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Proaes), da Universidade Federal do Acre (Ufac),

Leia mais

Os corredores são amplos e medem em sua totalidade m², possuem bebedouros com água filtrada e gelada.

Os corredores são amplos e medem em sua totalidade m², possuem bebedouros com água filtrada e gelada. A Sociedade Educacional do Centro Oeste SOECO mantenedora da Faculdade de Chapadão do Sul FACHASUL segue o planejamento de construção e ampliação das instalações físicas necessárias para o oferecimento

Leia mais

O CRAS é uma unidade pública estatal devidamente identificado, localizado em áreas de vulnerabilidade social.

O CRAS é uma unidade pública estatal devidamente identificado, localizado em áreas de vulnerabilidade social. CRAS - Centro de Referência da Assistência Social O CRAS é uma unidade pública estatal devidamente identificado, localizado em áreas de vulnerabilidade social. Profª. Iracema Ferreira Site: www.aprimore.net

Leia mais

Página 1 CMEI MENINO JESUS. Diretora: Neli Maria Rodrigues. .: Fundação: 25/12/1936. Criação: Lei nº 3.

Página 1 CMEI MENINO JESUS. Diretora: Neli Maria Rodrigues.  .: Fundação: 25/12/1936. Criação: Lei nº 3. CMEI MENINO JESUS Diretora: Neli Maria Rodrigues E-mail.: sbcp.meninojesus@yahoo.com.br Fundação: 25/12/1936 Criação: Lei nº 3.905 Endereço: Rua Sete de Setembro, 321 Bairro: Centro CEP.: 29015-000 Telefone:

Leia mais

GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO

GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO GERÊNCIA DE INFORMÁTICA Projetos de TI executados em 2015 Resultados esperados e valores dispendidos TI 2015 Jan.2016 Projetos de TI executados em 2015 Resultados esperados e

Leia mais

QUESTIONÁRIO PARA AVALIAÇÃO DE INTERVENÇÕES PARA PROMOÇÃO DE ATIVIDADE FÍSICA NA ATENÇÃO BÁSICA À SAÚDE IDENTIFICAÇÃO

QUESTIONÁRIO PARA AVALIAÇÃO DE INTERVENÇÕES PARA PROMOÇÃO DE ATIVIDADE FÍSICA NA ATENÇÃO BÁSICA À SAÚDE IDENTIFICAÇÃO QUESTIONÁRIO PARA AVALIAÇÃO DE INTERVENÇÕES PARA PROMOÇÃO DE ATIVIDADE FÍSICA NA ATENÇÃO BÁSICA À SAÚDE - ROTEIRO DE OBSERVAÇÃO RECADOS AO PESQUISADOR Caro colega: 1. Este instrumento será preenchido por

Leia mais

2. Quantidade de alunos na Lista de Espera

2. Quantidade de alunos na Lista de Espera 1. CORPO DISCENTE: Quantidade de alunos matriculados 1º ano 47 2º ano 62 3º ano 75 4º ano 59 4ª série 84 5ª série 127 6ª série 87 7ª série 90 EJA 1ª à 4ª 57 EJA 5ª à 8ª 166 1.1 Dos alunos matriculados,

Leia mais

BREVE DESCRIÇÃO DA INFRAESTRUTURA RELATIVA AO CURSO DE FARMÁCIA. Espaço de trabalho para a Coordenação de Curso e Serviços Acadêmicos

BREVE DESCRIÇÃO DA INFRAESTRUTURA RELATIVA AO CURSO DE FARMÁCIA. Espaço de trabalho para a Coordenação de Curso e Serviços Acadêmicos BREVE DESCRIÇÃO DA INFRAESTRUTURA RELATIVA AO CURSO DE FARMÁCIA Espaço de trabalho para a Coordenação de Curso e Serviços Acadêmicos A Faculdade Dinâmica do Vale do Piranga-FADIP possui um espaço próprio

Leia mais

Dimensão 1 DIDÁTICO-PEDAGÓGICA. 1.1 Gestão Acadêmica 1.2 Projeto do Curso 1.3 Atividades acadêmicas articuladas ao ensino de graduação

Dimensão 1 DIDÁTICO-PEDAGÓGICA. 1.1 Gestão Acadêmica 1.2 Projeto do Curso 1.3 Atividades acadêmicas articuladas ao ensino de graduação Dimensão 1 DIDÁTICO-PEDAGÓGICA CATEGORIAS DE ANÁLISE 1.1 Gestão Acadêmica 1.2 Projeto do Curso 1.3 Atividades acadêmicas articuladas ao ensino de graduação 1.1 GESTÃO ACADÊMICA 1.1.1 Responsabilidade Social

Leia mais

Página 1 EMEF PROF. REGINA MARIA DA SILVA. Diretora: Djenane Santos Freitas Silva. .:

Página 1 EMEF PROF. REGINA MARIA DA SILVA. Diretora: Djenane Santos Freitas Silva.  .: EMEF PROF. REGINA MARIA DA SILVA Diretora: Djenane Santos Freitas Silva E-mail.: emefrms@vitoria.es.gov.br Endereço: Rodovia Serafim Derenze, s/n Bairro: Inhaguetá CEP.: 29.026-470 Telefone: (27) 3223-1538

Leia mais

INFRAESTRUTURA PARA ATENDER OS CURSOS

INFRAESTRUTURA PARA ATENDER OS CURSOS INFRAESTRUTURA PARA ATENDER OS CURSOS CENTRO DE PROCESSAMENTO DE DADOS CPD No térreo do prédio principal funciona o setor de Processamento de dados, local onde está localizado o servidor na sala com 17,20

Leia mais

Telefone: (27) ESPAÇO ESPORTIVO DO PARQUE PEDRA DA CEBOLA

Telefone: (27) ESPAÇO ESPORTIVO DO PARQUE PEDRA DA CEBOLA PARQUE PEDRA DA CEBOLA Coordenadora: Luciana Pinaffo Email: pedradacebola@vitoria.es.gov.br Endereço: Rua João Batista Celestino, 11 Fundação: 05/11/1997 Bairro: Mata da Praia CEP: 29066-140 Telefone:

Leia mais

MÓDULO SOE (SERVIÇO DE ORIENTAÇÃO AO EXERCÍCIO) - JARDIM CAMBURI

MÓDULO SOE (SERVIÇO DE ORIENTAÇÃO AO EXERCÍCIO) - JARDIM CAMBURI DATA DA VISITA: 14/05/2014 DATA DA VISITA: 26/11/2015 Coordenador: Robson Ribeiro Email: soe@correio1.vitoria.es.gov.br Telefone: (27) 3132-5070 Logradouro: Av Dante Michelini Bairro: Jardim Camburi Horário

Leia mais

BOLETIM ESPECIAL CPA/2016

BOLETIM ESPECIAL CPA/2016 Unidade Guarapari BOLETIM ESPECIAL CPA/2016 Você sabe o que é CPA? CPA Comissão Própria de Avaliação - é uma comissão de Autoavaliação que tem o objetivo de coordenar e articular o processo interno de

Leia mais

INSTITUTO NOROESTE DE BIRIGUI RELATÓRIO PEDAGÓGICO E ADMINISTRATIVO REFERENTE AO MÊS DE FEVEREIRO DE 2014

INSTITUTO NOROESTE DE BIRIGUI RELATÓRIO PEDAGÓGICO E ADMINISTRATIVO REFERENTE AO MÊS DE FEVEREIRO DE 2014 INSTITUTO NOROESTE DE BIRIGUI RELATÓRIO PEDAGÓGICO E ADMINISTRATIVO REFERENTE AO MÊS DE FEVEREIRO DE 2014 EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL I Acompanhamento do curso de capacitação da Mind Lab (15

Leia mais

RESOLUÇÃO CFM N 1.675/2003

RESOLUÇÃO CFM N 1.675/2003 RESOLUÇÃO CFM N 1.675/2003 (Publicada no D.O.U. 24 out 2003, Seção I, pg. 87) Altera a Resolução CFM nº 1.613/2001 O Conselho Federal de Medicina, no uso das atribuições conferidas pela Lei nº 3.268 de

Leia mais

Resolução Nº. 011/2008

Resolução Nº. 011/2008 ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE PALHOÇA SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E ADOLESCENTE Resolução Nº. 011/2008 Dispõe sobre o registro

Leia mais

O Estágio é uma atividade curricular obrigatória desenvolvida a partir da inserção do aluno no espaço

O Estágio é uma atividade curricular obrigatória desenvolvida a partir da inserção do aluno no espaço O Estágio é uma atividade curricular obrigatória desenvolvida a partir da inserção do aluno no espaço socioinstitucional, objetivando oportunizar a experiência do supervisão direta e sistemática. exercício

Leia mais

Curso de Especialização em Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde

Curso de Especialização em Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde Curso de Especialização em Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde EXERCÍCIO DE ENLACE Os Exercícios de Enlace irão compor as três unidades de aprendizagem do curso de especialização. O objetivo desses

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA ESPECIAL DE POLÍTICA PARA AS MULHERES

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA ESPECIAL DE POLÍTICA PARA AS MULHERES PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA ESPECIAL DE POLÍTICA PARA AS MULHERES PORTARIA Nº 003, DE 24 DE MARÇO DE 2005 A SECRETÁRIA ESPECIAL DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, no uso

Leia mais

UFV/COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO (CPA) III CICLO DA AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL AGOSTO-2011 QUESTIONÁRIO AUTO-AVALIAÇÃO PROFESSORES

UFV/COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO (CPA) III CICLO DA AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL AGOSTO-2011 QUESTIONÁRIO AUTO-AVALIAÇÃO PROFESSORES UFV/COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO (CPA) III CICLO DA AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL - 2009-2010 AGOSTO-2011 QUESTIONÁRIO AUTO-AVALIAÇÃO PROFESSORES A CPA agradece sua participação no processo de Autoavaliação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS DIVISÃO DE ESPORTE E LAZER DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS DIVISÃO DE ESPORTE E LAZER DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS DIVISÃO DE ESPORTE E LAZER DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA O PROGRAMA SEGUNDO TEMPO UNIVERSITÁRIO

Leia mais

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO PROGRAMA DE APOIO AO DISCENTE

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO PROGRAMA DE APOIO AO DISCENTE UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO ESTUDANTIL PROGEST COORDENADORIA DE AÇÕES AFIRMATIVAS DE PERMANÊNCIA FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO PROGRAMA DE APOIO AO DISCENTE Os programas de

Leia mais

FBN/SEBP-MT - CADASTRO DE BIBLIOTECA DE PUBLICAS

FBN/SEBP-MT - CADASTRO DE BIBLIOTECA DE PUBLICAS FBN/SEBP-MT - CADASTRO DE BIBLIOTECA DE PUBLICAS DADOS GERAIS Pessoa Jurídica Pessoa Física Inscrição Estadual Nome da Biblioteca: Nome Fantasia Natureza Jurídica Telefone Geral E-mail Geral Site Logim

Leia mais

1. CORPO DISCENTE: Quantidade de alunos matriculados 1º ano º ano º ano º ano 55 4ª série 68 1.

1. CORPO DISCENTE: Quantidade de alunos matriculados 1º ano º ano º ano º ano 55 4ª série 68 1. 1. CORPO DISCENTE: Quantidade de alunos matriculados 1º ano 45 1.1 2º ano 36 1.2 3º ano 56 1.3 4º ano 55 4ª série 68 1.4 5ª série 57 1.5 6º ano 70 1.6 7º ano 40 1.7 8º ano 45 1.8 9º ano 0 1.9 EJA 1ª à

Leia mais

Página 1 EMEF ARTHUR DA COSTA E SILVA. Diretora: Marlinda Haddad Rabello. .: Fundação: 04/09/1970

Página 1 EMEF ARTHUR DA COSTA E SILVA. Diretora: Marlinda Haddad Rabello.  .: Fundação: 04/09/1970 EMEF ARTHUR DA COSTA E SILVA Diretora: Marlinda Haddad Rabello E-mail.: emefacs@vitoria.es.gov.br Fundação: 04/09/1970 Criação: Lei nº 4.922 Endereço: Rua Presidente Rodrigues Alves, 255 Bairro: República

Leia mais

MANUAL DE AVALIAÇÃO DE MEDICINA HIPERBÁRICA

MANUAL DE AVALIAÇÃO DE MEDICINA HIPERBÁRICA MANUAL DE AVALIAÇÃO DE MEDICINA HIPERBÁRICA Versão 2014 Entidades Associadas Sumário Seção 1 Estrutura Organizacional 1.1. Liderança 1.2. Equipe Médica 1.3. Equipe de Enfermagem 1.4. Gestão de Pessoas

Leia mais

Nutricionista Entrevistado(a) Estatutário [ ] Celetista [ ] Contratado [ ] Concursado Celetista [ ] Outro [ ] CRN-

Nutricionista Entrevistado(a) Estatutário [ ] Celetista [ ] Contratado [ ] Concursado Celetista [ ] Outro [ ] CRN- CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - ª REGIÃO UF ROTEIRO DE VISITA TÉCNICA NUTRIÇÃO CLÍNICA- BANCO DE L EITE HUMANO DATA DA VISITA Nº DA VISITA VISITA AGENDADA Sim [

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÃO Nº. 11/2013

EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÃO Nº. 11/2013 EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÃO Nº. 11/2013 O Diretor Geral do IFBA Campus Vitória da Conquista, no uso de suas atribuições, faz saber que, através do Serviço Social, estão abertas as inscrições para o

Leia mais

Página 1 CMEI ODILA SIMÕES. Diretora: Eunice da Penha Cosmi. .: Fundação: Endereço: Rua São João, 620

Página 1 CMEI ODILA SIMÕES. Diretora: Eunice da Penha Cosmi.  .: Fundação: Endereço: Rua São João, 620 CMEI ODILA SIMÕES Diretora: Eunice da Penha Cosmi E-mail.: eunicecosmi@bol.com.br Fundação: 1986 Endereço: Rua São João, 620 Bairro: Do Quadro CEP.: 29025-280 Telefone: (27) 3332-6037 CORPO DISCENTE 1.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS. A articulação das atividades de pesquisa, com as demais atividades acadêmicas, é...

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS. A articulação das atividades de pesquisa, com as demais atividades acadêmicas, é... A articulação das atividades de pesquisa, com as demais atividades acadêmicas, é... Página 1944 de 4930 A qualidade do ensino ministrado pelos professores, ao longo do seu curso, tem sido... Página 1945

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS A articulação das atividades de pesquisa, com as demais atividades acadêmicas, é... A qualidade do ensino ministrado pelos professores, ao longo do seu curso, tem sido... As atividades pedagógicas utilizadas

Leia mais

AVISO. PROCESSO SELETIVO PARA A AGÊNCIA DE FOMENTO DO RIO GRANDE DO NORTE S.A. - AGN 04 a 08 de maio de 2015:

AVISO. PROCESSO SELETIVO PARA A AGÊNCIA DE FOMENTO DO RIO GRANDE DO NORTE S.A. - AGN 04 a 08 de maio de 2015: AVISO PROCESSO SELETIVO PARA A AGÊNCIA DE FOMENTO DO RIO GRANDE DO NORTE S.A. - AGN 04 a 08 de maio de 2015: 1. A Agência de Fomento do Rio Grande do Norte S.A. - AGN avisa aos Assessores Jurídicos Estaduais

Leia mais

EDITAL N 002/2014/VIOLÊNCIA POR PARCEIRO ÍNTIMO /UFSC

EDITAL N 002/2014/VIOLÊNCIA POR PARCEIRO ÍNTIMO /UFSC 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE Campus Prof. João David Ferreira Lima CEP 88040-900 Trindade - Florianópolis - Santa Catarina - Brasil https://unasus.ufsc.br/violencia/

Leia mais

Página 1 GALPÃO DAS PANELEIRAS. Coordenadora: Berenice Correa Nascimento. Fundação: 21/11/2011

Página 1 GALPÃO DAS PANELEIRAS. Coordenadora: Berenice Correa Nascimento.   Fundação: 21/11/2011 GALPÃO DAS PANELEIRAS Coordenadora: Berenice Correa Nascimento Email: berenicepaneleira@hotmail.com Fundação: 21/11/2011 Endereço: Rua das Paneleiras, 55 Bairro Goiabeiras CEP: 29075-105 Telefone: (27)

Leia mais

Curso de Serviço Social - Unidade Sobradinho

Curso de Serviço Social - Unidade Sobradinho Curso de Serviço Social - Unidade Sobradinho Infraestrutura da instituição Instalações administrativas A IES dispõe de instalações administrativas adequadas, confortáveis, climatizadas, com mobiliário

Leia mais

Edital 01/2017 PRE/ AEE-DI

Edital 01/2017 PRE/ AEE-DI MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS SECADI /MEC PROJETO DE ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO - DI Edital 01/2017 PRE/ AEE-DI 1 - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES: A Pró-Reitoria de Ensino,

Leia mais

Página 1 EMEF OTTO EWALD JUNIOR. Diretor: Claudio Luiz Fernandes Barboza. .: Fundação: 04/09/1970

Página 1 EMEF OTTO EWALD JUNIOR. Diretor: Claudio Luiz Fernandes Barboza.  .: Fundação: 04/09/1970 EMEF OTTO EWALD JUNIOR Diretor: Claudio Luiz Fernandes Barboza E-mail.: emefoej@correio1.vitoria.es.gov.br Fundação: 04/09/1970 Criação: Decreto nº 4.922 Endereço: Rua Daniel Abreu Machado, 546 Bairro:

Leia mais

Página 1 EMEF PROF. EUNICE PEREIRA SILVEIRA. Diretora: Sônia Maria Machado Fraga. .: Fundação: 24/02/2010

Página 1 EMEF PROF. EUNICE PEREIRA SILVEIRA. Diretora: Sônia Maria Machado Fraga.  .: Fundação: 24/02/2010 EMEF PROF. EUNICE PEREIRA SILVEIRA Diretora: Sônia Maria Machado Fraga E-mail.: emefgm@correio1.vitoria.es.gov.br Fundação: 24/02/2010 Criação: Lei nº 7.883 Endereço: Av Cel José Martins de Figueiredo,

Leia mais

DIMENSÃO 7 INFRA-ESTRUTURA FÍSICA

DIMENSÃO 7 INFRA-ESTRUTURA FÍSICA DIMENSÃO 7 INFRA-ESTRUTURA FÍSICA 7.1 INSTALAÇÕES GERAIS: ESPAÇO FÍSICO 7.1.1 Instalações gerais e acadêmico-administrativas Quadro por Localização Localização/ Descrição Área (m 2 ) Câmpus Prof. José

Leia mais

Edital 03/2014 UNA-SUS/UFCSPA Seleção de Tutores à Distância para o Curso de Especialização em Saúde da Família

Edital 03/2014 UNA-SUS/UFCSPA Seleção de Tutores à Distância para o Curso de Especialização em Saúde da Família Edital 03/2014 UNA-SUS/UFCSPA Seleção de Tutores à Distância para o Curso de Especialização em Saúde da Família O Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-graduação da Universidade Federal de Ciências da Saúde de

Leia mais

Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação A ÇÕES DO FNDE MEC PARA MELHORIA DA QUALIDADE DA EDUCAÇÃO

Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação A ÇÕES DO FNDE MEC PARA MELHORIA DA QUALIDADE DA EDUCAÇÃO Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação A ÇÕES DO FNDE MEC PARA MELHORIA DA QUALIDADE DA EDUCAÇÃO PLANO DE AÇÕES ARTICULADAS PAR PLANO DE AÇÕES ARTICULADAS NO PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 2011 2020

Leia mais

REGULAMENTO DA CLÍNICA DE PSICOLOGIA DO UNIBAVE TÍTULO I. Capítulo I. Das Disposições Gerais

REGULAMENTO DA CLÍNICA DE PSICOLOGIA DO UNIBAVE TÍTULO I. Capítulo I. Das Disposições Gerais REGULAMENTO DA CLÍNICA DE PSICOLOGIA DO UNIBAVE Aprovado pelo CAS Resolução nº 153/2017 REGULAMENTO DA CLÍNICA DE PSICOLOGIA DO UNIBAVE TÍTULO I Capítulo I Das Disposições Gerais Art.1º Este Regulamento

Leia mais

Qualificação de Custodiantes de Ativos Cartulares, Contrato Mercantil e Instrumento de Emissão de CCI Escritural

Qualificação de Custodiantes de Ativos Cartulares, Contrato Mercantil e Instrumento de Emissão de CCI Escritural Documentação Qualificação de Custodiantes de Ativos Cartulares, Contrato Mercantil e Instrumento de Emissão de CCI Escritural B3 S.A Brasil Bolsa Balcão Superintendência de Depositária Diretoria de Operações

Leia mais

UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL Pró-Reitoria de Graduação Diretoria do Curso de Direito COORDENAÇÃO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA

UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL Pró-Reitoria de Graduação Diretoria do Curso de Direito COORDENAÇÃO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA COORDENAÇÃO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA - SAJULBRA - REGULAMENTO DO SERVIÇO DE ASSISTÊNCIA JURÍDICA GRATUITA DA UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL - SAJULBRA DOS

Leia mais

Plano de Trabalho e Relatório de atividades. Justificativa:

Plano de Trabalho e Relatório de atividades. Justificativa: Plano de Trabalho e Relatório de atividades Justificativa: Nova Campinas é uma comunidade carente de infraestrutura e de serviços como a pratica de esporte, lazer, cultura, cursos, etc. A Fundação Jesus

Leia mais

RELAÇÕES INTERNACIONAIS. 1- Em relação ao trabalho realizado pela Comissão Própria de Avaliação - CPA, como você avalia:

RELAÇÕES INTERNACIONAIS. 1- Em relação ao trabalho realizado pela Comissão Própria de Avaliação - CPA, como você avalia: RELAÇÕES INTERNACIONAIS Senhor (a) coordenador (a), a seguir estão os dados referentes às respostas obtidas no questionário de autoavaliação da Comissão Própria de Avaliação, aplicado entre os meses de

Leia mais

Relatório Descritivo Pesquisa do Perfil Organizacional das Delegacias Especializadas da Criança e do Adolescente

Relatório Descritivo Pesquisa do Perfil Organizacional das Delegacias Especializadas da Criança e do Adolescente Ministério da Justiça Secretaria Nacional de Segurança Pública SENASP Relatório Descritivo Pesquisa do Perfil Organizacional das Delegacias Especializadas da Criança e do Adolescente (2004) Março / 2006

Leia mais