MADAME SILMARA- um, dois, três, quarto, cinco, seis, sete, oito, nove dez JOANA-Não precisa mais tirar as cartas.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MADAME SILMARA- um, dois, três, quarto, cinco, seis, sete, oito, nove dez JOANA-Não precisa mais tirar as cartas."

Transcrição

1 DIÁLOGOS: MADAME SILMARA- um, dois, três, quarto, cinco, seis, sete, oito, nove dez JOANA-Não precisa mais tirar as cartas MADAME SILMARA - Não? JOANA -Não. A senhora não lembra de mim? MADAME SILMARA Ah Fica difícil, minha filha tanta gente JOANA- Mas eu tive aqui há 3 dias MADAME SILMARA Uhm A mulher do JOANA- Do? MADAME SILMARA - Do? JOANA- Do MADAME SILMARA - Do JOANA- Bruno MADAME SILMARA Ex marido JOANA- Esse, esse MADAME SILMARA Babaca, puto, cafajeste, sem vergonha MADAME SILMARA ah que depois de tantos anos de amor no? MADAME SILMARA Partiu, sem deixar aviso MADAME SILMARA e noivou com uma moça de 19 anos, uma semaninha depois JOANA- Esse mesmo MADAME SILMARA Não lembro.

2 JOANA- Não? MADAME SILMARA - Não MADAME SILMARA Você acha o que minha filha? Que só você tem o previlégio de se casar com um homem desses? JOANA- Não mas é que eu pensei que MADAME SILMARA E aí? MADAME SILMARA Fez a Simpatia do limão? JOANA Fiz MADAME SILMARA Cortou a ponta da cueca dormida? MADAME SILMARA e pendurou na porta de entrada da casa? JOANA- Sim..sim MADAME SILMARA Ah e depois jogou açúcar no limão e chupou? JOANA Podia ser açúcar mascavo? JOANA sabe o que que é? eu acho mais saudável porque eu não gosto muito de açúcar branco JOANA Porque eu gusto de me manter assim MADAME SILMARA - Se o santo for gordo, até melhor JOANA- Então eu fiz tudo certinho. Três vezes MADAME SILMARA Ah que bom!que bom! Que jóia gente! JOANA Eu exagerei? NALVA- Ih minha filha. Tem mulher que chupa a cueca e pendura o limão JOANA Que triste heim?

3 MADAME SILMARA E ai? MADAME SILMARA Ele voltou? JOANA - Voltou MADAME SILMARA E qual é o problema? JOANA Eu me arrependi MADAME SILMARA mas do quê minha filha? MADAME SILMARA Você não queria esse bofe mais que tudo na sua vida? JOANA Queria sim era Dona Silmara..era JOANA Mas é que nesse meio tempo eu conheci outro rapaz NALVA E MADAME SILMARA IHHHH JOANA Que foi? JOANA Não dá para desfazer o que a gente fez? Trocar, sera que não inverte o resultado? MADAME SILMARA Como assim? JOANA Eu pensei A gente pode cortar um pedaço da porta botar no limoeiro, JOANA - pegar a cueca, misturar com o açucar mascavo junto com o suco de limão, mistura tudo e MADAME SILMARA Que suco? JOANA Eu não sei que suco! Oh meu Deus, eu to nervosa..será que a senhora não entende JOANA O rodrigão daqui a pouco vai estar lá em casa e vai o Bruninho fazendo palavras cruzadas MADAME SILMARA Mas porque? Ele não gosta de palavras cruzadas?

4 JOANA Isso não tem a menor importância! JOANA Quer dizer, será que tem? JOANA Que mania que o Bruninho tem viu? Que coisa mais idiota ficar fazendo palavra cruzada! Procurando palavra o tempo todo! JOANA Nossa vou te contar JOANA Mas isso agora não tem importância. Madame Silmara, eu não posso perder esse homem JOANA - 30 aninhos na flor de idade MADAME SILMARA Como é mesmo o nome dele? JOANA Do meu gostosão? MADAME SILMARA- Sim JOANA - Rodrigão NALVA E MADAME SILMARA- Ihhhhh!!!! JOANA Como assim, que foi? MADAME SILMARA- Eu conosco Rodrigão O cara é famoso aqui na praça JOANA - Famoso? Porque? MADAME SILMARA- Porque? Porque? Porque? MADAME SILMARA- Porque sempre aparece uma mulher querendo trazer ele de volta MADAME SILMARA- Porque? Porque ele desaparece sem dar notícias MADAME SILMARA- Ah minha filha!!! Esse cara é o maior MADAME SILMARA- e eu vou dizer ainda mais uma coisa querida. Esse aí nem simpatia segura.

5 MADAME SILMARA- Se eu fosse você saía fora JOANA - Sério? MADAME SILMARA- Sim JOANA Mas será que ele MADAME SILMARA- E tem mais outra coisa MADAME SILMARA- No. No. Não vou falar. Não vou falar NALVA- Fala, fala MADAME SILMARA- Não é melhor não JOANA Fala Dona Silmara, por favor! MADAME SILMARA- Dizem dizem MADAME SILMARA Que ele joga nos dois times MADAME SILMARA- Pronto falei JOANA - Impossível Meu Rodrigão? Impossível Imagina JOANA - Impossível. Imagina! 1,80, Moreno, surfista de praia, barriga de tanquinho. Não MADAME SILMARA Esse mesmo. E que tá sempre com um mulatão do lado dele MADAME SILMARA Sempre de olho nele, ah? JOANA Mulherendo e cafajeste ainda vai, mas gay MADAME SILMARA é assim, a coisa não tá fácil não viu minha filha JOANA É, a senhora tem razão.

6 JOANA Eu acho que eu vou seguir seu conselho. Porque JOANA - Bruninho tão bonzinho. Tá lá em casa MADAME SILMARA Uma graça Bruninho gente JOANA Eu acho que posso dar uma chance a mais para ele. É a senhora tem razão JOANA Eu vou ficar com Bruninho JOANA - Dona Silmara. Muito obrigada. Obrigada por tudo MADAME SILMARA Imagina, imagina. É só acertar aqui com a minha auxiliary JOANA Mas sera que eu posso saber só mais um pouquinho sobre o MADAME SILMARA Ah...ah Por favor, por favor NALVA- Madame Silmara tá muito cansada! NALVA- O visa tá fora.fora de serviço NALVA- Nós não trabalhamos com cheque aqui. Dinheiro? Tem dinheiro? JOANA- Tenho sim JOANA- Com licença To indo MADAME SILMARA to cansada, cansada JOANA- Obrigada Dona Silmara.Obrigada MADAME SILMARA Sim sim sim MADAME SILMARA - Inferno MADAME SILMARA Oi seu Bruno? Tudo bem?

7 MADAME SILMARA Não, o senhor pode ficar tranquilo. Ela nunca mais vai voltar para o tal do Rodrigão MADAME SILMARA Garanto. Garanto sim MADAME SILMARA Eu fiz um trabalho aqui de primeira com galinha preta e tudo MADAME SILMARA Ah, sabe o que que é Seu Bruno?É que eu to vendo aqui nas cartas MADAME SILMARA Uma coisa que realmente pode mudar o seu futuro MADAME SILMARA Dá para o senhor largar as palavras cruzadas? BRUNO- Você gosta de palavra cruzada? RODRIGAO- Oi? BRUNO- Se você gosta de palavra cruzada? RODRIGAO- O que que é?

8

Real Brazilian Conversations #20 Premium PDF Guide Brazilian Portuguese Podcast, by RLP reallylearnportuguese.com

Real Brazilian Conversations #20 Premium PDF Guide Brazilian Portuguese Podcast, by RLP reallylearnportuguese.com Subjects on this conversation: The city of Belo Horizonte Minas Gerais state. Context: In this conversation André and Guilherme talk about the city of Belo Horizonte, in Minas Gerais state. Cultural notes,

Leia mais

(18/04/2008) (EU): OIE BB (VC): OIIIIIIIIIIIIIII (EU): TUDO CERTO (VC): TUDO CERTIN.. (EU): CONSEGUINDO LEVAR A VIDA REAL A SERIO AGORA?

(18/04/2008) (EU): OIE BB (VC): OIIIIIIIIIIIIIII (EU): TUDO CERTO (VC): TUDO CERTIN.. (EU): CONSEGUINDO LEVAR A VIDA REAL A SERIO AGORA? (18/04/2008) (EU): OIE BB (VC): OIIIIIIIIIIIIIII (EU): TUDO CERTO (VC): TUDO CERTIN.. (EU): CONSEGUINDO LEVAR A VIDA REAL A SERIO AGORA? (VC): HUAHSUASHUAHSUAHSUA SEI LÁ (EU): ENTENDO TUDO NO REAL TA DESABANDO

Leia mais

Todo mundo vai à festa da Giovanna. MADE Oi, tudo bem gente? Eu sou a Made, a mãe da Nana e da Nina, e queria contar um história também? Eu posso?

Todo mundo vai à festa da Giovanna. MADE Oi, tudo bem gente? Eu sou a Made, a mãe da Nana e da Nina, e queria contar um história também? Eu posso? Todo mundo vai à festa da Giovanna MADE Oi, tudo bem gente? Eu sou a Made, a mãe da Nana e da Nina, e queria contar um história também? Eu posso? SEU LOCUTOR É claro, Dona Made! Que bom! A senhora é muito

Leia mais

79 Dias. por. Ton Freitas

79 Dias. por. Ton Freitas 79 Dias por Ton Freitas Registro F.B.N.: 684988 Contato: ton.freitas@hotmail.com INT. HOSPITAL/QUARTO - DIA Letreiro: 3 de março de 1987. HELENA, branca, 28 anos, está grávida e deitada em uma cama em

Leia mais

Uma lição de vida. Graziele Gonçalves Rodrigues

Uma lição de vida. Graziele Gonçalves Rodrigues Uma lição de vida Graziele Gonçalves Rodrigues Ele: Sente sua falta hoje na escola, por que você não foi? Ela: É, eu tive que ir ao médico. Ele: Ah, mesmo? Por que? Ela: Ah, nada. Consultas anuais, só

Leia mais

Doido pelo Rio. Transcrição em Português. Seu nome é Ernesto, né? É... Ernest. Como é que é? Ernest. Ernest. É, ja, isso, isso. Ernest.

Doido pelo Rio. Transcrição em Português. Seu nome é Ernesto, né? É... Ernest. Como é que é? Ernest. Ernest. É, ja, isso, isso. Ernest. Doido pelo Rio Transcrição em Português Seu nome é Ernesto, né? É... Ernest. Como é que é? Ernest. Ernest. É, ja, isso, isso. Ernest. É a primeira vez que tu vem? Não, não, eu vem muitas vezes. Ah, é mesmo?

Leia mais

1.começo Eu Isabel franca moro com minha mãe chamada Helen,moramos numa cidade chamada nova lux gosto muito de morar com minha mãe mas o marido dela

1.começo Eu Isabel franca moro com minha mãe chamada Helen,moramos numa cidade chamada nova lux gosto muito de morar com minha mãe mas o marido dela anoitecer 1.começo Eu Isabel franca moro com minha mãe chamada Helen,moramos numa cidade chamada nova lux gosto muito de morar com minha mãe mas o marido dela chamado pio,bom o cara e legal mas tem um

Leia mais

Em Círculos. Mateus Milani

Em Círculos. Mateus Milani Em Círculos Mateus Milani Que eu não perca a vontade de ter grandes amigos, mesmo sabendo que, com as voltas do mundo, eles acabam indo embora de nossas vidas Ariano Suassuna. Sinopse Círculos. A vida

Leia mais

Altos da Serra - Capítulo Altos da Serra. Novela de Fernando de Oliveira. Escrita por Fernando de Oliveira. Personagens deste Capítulo

Altos da Serra - Capítulo Altos da Serra. Novela de Fernando de Oliveira. Escrita por Fernando de Oliveira. Personagens deste Capítulo Altos da Serra - Capítulo 03 1 Altos da Serra Novela de Fernando de Oliveira Escrita por Fernando de Oliveira Personagens deste Capítulo Altos da Serra - Capítulo 03 2 CENA 01. CAPELA / CASAMENTO. INTERIOR.

Leia mais

A Patricinha. Ninguém é realmente digno de inveja, e tantos são dignos de lástima! Arthur Schopenhauer

A Patricinha. Ninguém é realmente digno de inveja, e tantos são dignos de lástima! Arthur Schopenhauer Roleta Russa 13 A Patricinha Ninguém é realmente digno de inveja, e tantos são dignos de lástima! Arthur Schopenhauer Oi. Eu sou a Patrícia. Prazer. Você é?... Quer sentar? Aceita uma bebida, um chá, um

Leia mais

A Procura. de Kelly Furlanetto Soares

A Procura. de Kelly Furlanetto Soares A Procura de Kelly Furlanetto Soares Peça escrita durante a Oficina Regular do Núcleo de Dramaturgia SESI PR. Teatro Guaíra, sob orientação de Andrew Knoll, no ano de 2012. 1 Cadeiras dispostas como se

Leia mais

Oi muito trabalho e o beija flor Henrique e Juliano Part de um amigo meu que tem que ser meio complicado pra mim é o que paresce que não vai dar

Oi muito trabalho e o beija flor Henrique e Juliano Part de um amigo meu que tem que ser meio complicado pra mim é o que paresce que não vai dar Eu desajeitado Oi muito trabalho e o beija flor Henrique e Juliano Part de um amigo meu que tem que ser meio complicado pra mim é o que paresce que não vai dar certo se ele tá impondo muita ele n tá respeitando

Leia mais

TRANSCRIÇÃO PRÉVIA PROJETO PROFALA TRANSCRITOR(A): Késsia Araújo 65ª ENTREVISTA (J.D.T.S) Cabo Verde

TRANSCRIÇÃO PRÉVIA PROJETO PROFALA TRANSCRITOR(A): Késsia Araújo 65ª ENTREVISTA (J.D.T.S) Cabo Verde TRANSCRIÇÃO PRÉVIA PROJETO PROFALA TRANSCRITOR(A): Késsia Araújo 65ª ENTREVISTA (J.D.T.S) Cabo Verde PERGUNTAS METALINGUÍSTICAS Doc.: J. quais são as línguas que você fala " Inf.: eu " (+) inglês né falo

Leia mais

Garoto extraordinário

Garoto extraordinário Garoto extraordinário (adequada para crianças de 6 a 8 anos) Texto: Lucas 2:40-52 Princípio: ser como Jesus Você vai precisar de um fantoche de cara engraçada, um adulto para manipular o fantoche atrás

Leia mais

MÃE, QUANDO EU CRESCER...

MÃE, QUANDO EU CRESCER... MÃE, QUANDO EU CRESCER... Dedico este livro a todas as pessoas que admiram e valorizam a delicadeza das crianças! Me chamo Carol, mas prefiro que me chamem de Cacau, além de ser um apelido que acho carinhoso,

Leia mais

Como Usar Este Manual? Capítulo 1 Leitura Inicial Capítulo 2 Encarando a Realidade Capítulo 3 Vivendo Sob Uma Aliança...

Como Usar Este Manual? Capítulo 1 Leitura Inicial Capítulo 2 Encarando a Realidade Capítulo 3 Vivendo Sob Uma Aliança... SUMÁRIO Como Usar Este Manual?... 13 Capítulo 1 Leitura Inicial... 17 Capítulo 2 Encarando a Realidade... 27 Capítulo 3 Vivendo Sob Uma Aliança... 31 Capítulo 4 Relacionar-Se Bem é um Mandamento... 37

Leia mais

DESABITUAÇÃO. MULHER 1 Foi agora? MULHER 2 Foi. MULHER 1 Você viu? MULHER 2 Não, eu não vi nada. Não sei de nada.

DESABITUAÇÃO. MULHER 1 Foi agora? MULHER 2 Foi. MULHER 1 Você viu? MULHER 2 Não, eu não vi nada. Não sei de nada. DESABITUAÇÃO (Duas mulheres e um homem estão em volta de algo que não podemos ver. Os três olham para a presença ausente, um mesmo ponto fixo no chão. Durante a cena, todos agem com uma naturalidade banal,

Leia mais

UNIDADE: DATA: 28 / 11 / 2015 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA:

UNIDADE: DATA: 28 / 11 / 2015 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA UNIDADE: DATA: 28 / / 205 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A):

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex Praticante Denise Local: Núcleo de Arte Albert Einstein Data: 03.12.2013 Horário: 10 h30 Duração da entrevista: 1h.

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 1. NOME: 2. DITADO DE UMA LISTA DE PALAVRAS

LÍNGUA PORTUGUESA 1. NOME: 2. DITADO DE UMA LISTA DE PALAVRAS LÍNGUA PORTUGUESA 1. NOME: 2. DITADO DE UMA LISTA DE PALAVRAS A PROFESSORA DA 2ª SÉRIE ESCREVEU UMA LISTA DE MATERIAIS QUE OS ALUNOS PRECISAM LEVAR PARA A ESCOLA: 3. ESCRITA DE UM TRECHO DE UMA CANTIGA

Leia mais

Real Brazilian Conversations #21 Premium PDF Guide Brazilian Portuguese Podcast, by RLP reallylearnportuguese.com

Real Brazilian Conversations #21 Premium PDF Guide Brazilian Portuguese Podcast, by RLP reallylearnportuguese.com Subjects on this conversation: How it is like to live in Uberlândia MG. Context: In this conversation André talks to his aunt Edmárcia, about the city of Uberlândia, in Minas Gerais state. She tells us

Leia mais

Do Vácuo ao Encontro

Do Vácuo ao Encontro Do Vácuo ao Encontro INTRODUÇÃO Todos nós homens já passamos por situações constrangedoras de puxar conversa com uma bela mulher e não obtemos nada além de um Belo de um vácuo, eu mesmo já passei por isso.

Leia mais

TABUADA DAS OBJEÇÕES

TABUADA DAS OBJEÇÕES TABUADA DAS OBJEÇÕES Você já sentiu acuada, sem palavras ao ouvir alguma objeção de sua potencial iniciada!? As pessoas que você vai abordar são tão especiais quanto você e se elas disserem não, lembre-se

Leia mais

Transcrição da Entrevista

Transcrição da Entrevista Transcrição da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Praticante Fabrício Local: Núcleo de Arte do Neblon Data: 26.11.2013 Horário: 14h30 Duração da entrevista: 20min COR PRETA

Leia mais

Parte Um Minha_Vida_Agora.indd 7 Minha_Vida_Agora.indd 7 11/06/ :19:05 11/06/ :19:05

Parte Um Minha_Vida_Agora.indd 7 Minha_Vida_Agora.indd 7 11/06/ :19:05 11/06/ :19:05 Parte Um Minha_Vida_Agora.indd 7 11/06/2012 16:19:05 Minha_Vida_Agora.indd 8 11/06/2012 16:19:06 1 Meu nome é Elizabeth, mas ninguém nunca me chamou assim. Meu pai deu uma olhada em mim quando nasci e

Leia mais

A LOIRA DO CEMITÉRIO. Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA

A LOIRA DO CEMITÉRIO. Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA A DO CEMITÉRIO Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA TODOS OS DIREITOS RESERVADOS RUA: ALAMEDA PEDRO II N 718 VENDA DA CRUZ SÃO GONÇALO E-MAIL: jfigueiredo759@gmail.com TEL: (21)92303033 EXT.PRAÇA.DIA Praça

Leia mais

O SEGUIDOR DE GAROTAS SENSÍVEIS. Peça de uma única cena

O SEGUIDOR DE GAROTAS SENSÍVEIS. Peça de uma única cena O SEGUIDOR DE S SENSÍVEIS Peça de uma única cena PERSONAGENS: ENTRA. VEM ATRÁS. SE VIRA Ei, cara! Você quer parar de me seguir! Eu não estou te seguindo. Como não? Faz tempo que você me segue. É verdade.

Leia mais

Minha História de amor

Minha História de amor Minha História de amor Hoje eu vou falar um pouco sobre a minha história de amor! Bem, eu namoro à distância faz algum tempinho. E não é uma distância bobinha não, são 433 km, eu moro em Natal-Rn, e ela

Leia mais

INQ Como é que surgiu a decisão de vir para França? Foi assim de um dia para o outro? Como é que decidiu vir para cá?

INQ Como é que surgiu a decisão de vir para França? Foi assim de um dia para o outro? Como é que decidiu vir para cá? Transcrição da entrevista: Informante: nº9 Célula: 3 Data da gravação: Agosto de 2009 Geração: 1ª Idade: 63 Sexo: Feminino Tempo de gravação: 11.58 minutos INQ Como é que surgiu a decisão de vir para França?

Leia mais

Anexo Entrevista G2.5

Anexo Entrevista G2.5 Entrevista G2.4 Entrevistado: E2.5 Idade: 38 anos Sexo: País de origem: Tempo de permanência em Portugal: Feminino Ucrânia 13 anos Escolaridade: Imigrações prévias: --- Ensino superior (professora) Língua

Leia mais

PEÇA TEATRAL: DEU A LOUCA EM ROMEU E JULIETA

PEÇA TEATRAL: DEU A LOUCA EM ROMEU E JULIETA PEÇA TEATRAL: DEU A LOUCA EM ROMEU E JULIETA Personagens: NARRADORA: ROMEU: JULIETA: MERCUTIO: FREI LOURENÇO: CAPULETO (Pai de Julieta): SENHORA CAPULETO (Mãe de Julieta): CARLOTA (Irmã de Julieta): AMA

Leia mais

29/03/2006. Discurso do Presidente da República

29/03/2006. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na visita às futuras instalações do campus da Universidade Federal do Estado de São Paulo Guarulhos-SP, 29 de março de 2006 Meus queridos e minhas queridas companheiras da

Leia mais

Rio de Janeiro, Subúrbio.

Rio de Janeiro, Subúrbio. Rio de Janeiro, Subúrbio. No subúrbio, a correria era total, caixotes eram revirados, alimentos jogados por todos os lados. Um fugitivo corria da polícia com pressa, assustada estava Helena, que tinha

Leia mais

Olhando o Aluno Deficiente na EJA

Olhando o Aluno Deficiente na EJA Olhando o Aluno Deficiente na EJA ConhecendoJoice e Paula Lúcia Maria Santos Tinós ltinos@ffclrp.usp.br Apresentando Joice e Paula Prazer... Eu sou a Joice Eu sou a (...), tenho 18 anos, gosto bastante

Leia mais

Língua Por. ortuguesa. As Vontades

Língua Por. ortuguesa. As Vontades Nome: Ensino: F undamental 4 o ano urma: T Data: 10/8/2009 Língua Por ortuguesa As Vontades Eu tenho que achar um lugar pra esconder minhas vontades. Não digo vontade magra, pequenininha, que nem tomar

Leia mais

Suelen e Sua História

Suelen e Sua História Suelen e Sua História Nasci em Mogi da Cruzes, no maternidade Santa Casa de Misericórdia no dia 23 de outubro de 1992 às 18 horas. Quando eu tinha 3 anos de idade fui adotada pela tia da minha irmã, foi

Leia mais

Em um dia ensolarado, a família do Carlinhos foi passear lá no Aterro do Flamengo. O que será que houve? Após terem comprado a água de coco...

Em um dia ensolarado, a família do Carlinhos foi passear lá no Aterro do Flamengo. O que será que houve? Após terem comprado a água de coco... Em um dia ensolarado, a família do Carlinhos foi passear lá no Aterro do Flamengo. O que será que houve? Joga a bola, papai! Joga a bola!! Está bem, Carlinhos! Pode deixar que eu jogo!! Um, dois, três

Leia mais

A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar...

A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar... O pequeno Will A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar... Então um dia tomei coragem e corri até mamãe e falei: - Mãeee queria tanto um irmãozinho, para brincar comigo!

Leia mais

Eu queria desejar a você toda a felicidade do mundo e Obrigado, vô.

Eu queria desejar a você toda a felicidade do mundo e Obrigado, vô. Parabéns para o Dan Tocou o telefone lá em casa. Meu pai atendeu na sala. Alô. Meu avô, pai do meu pai, do outro lado da linha, fez voz de quem não gostou da surpresa. Eu liguei pra dar parabéns ao Dan.

Leia mais

Presente de Aniversário Vanessa Sueroz

Presente de Aniversário Vanessa Sueroz 2 Autor: Vanessa Sueroz Publicação: Novembro/2013 Edição: 1 ISBN: 0 Categoria: Livro nacional Romance Juvenil Designer: Rodrigo Vilela Leitora Crítica: Ka Alencar Disponível para Prévia do livro Contato:

Leia mais

para todos! feliz ano-novo não... sopa pura?! então eu tenho que tomar sopa pura! pãozinho aqui em casa... porque não sabe ligar a tv...

para todos! feliz ano-novo não... sopa pura?! então eu tenho que tomar sopa pura! pãozinho aqui em casa... porque não sabe ligar a tv... feliz ano-novo para todos! *soluço* por que o seu irmãozinho está chorando? ele está vendo alguma coisa triste? não... é que ele fica deprimido porque não sabe ligar a tv... *suspiro* se existe uma coisa

Leia mais

Depois do almoço e do soninho da tarde...

Depois do almoço e do soninho da tarde... Marquinhos e sua querida mãe tiveram uma tarde muito especial. Como será que foi? Vamos ver? Mamãe! Mamãe!! Oi, filho! Mamãe! Hoje, lá na Escola das Escrituras, as professoras pediram que nós orássemos

Leia mais

Edição conforme o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

Edição conforme o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa Edição conforme o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa Ilustração da Capa: Grace Kelli Pereira Projeto gráfico e editoração eletrônica: WOZi Revisão: Roque Aloisio Weschenfelder Todos os direitos desta

Leia mais

UM DIA CHEIO. Língua Portuguesa. 6º Ano do Ensino Fundamental II. Nome: Maria Clara Gonçalves dos Santos. Professora: Maristela Mendes de Sousa Lara

UM DIA CHEIO. Língua Portuguesa. 6º Ano do Ensino Fundamental II. Nome: Maria Clara Gonçalves dos Santos. Professora: Maristela Mendes de Sousa Lara UM DIA CHEIO Língua Portuguesa 6º Ano do Ensino Fundamental II Nome: Maria Clara Gonçalves dos Santos Professora: Maristela Mendes de Sousa Lara Tudo começou quando eu queria pescar com meu avô. Ele tinha

Leia mais

BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO

BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO PROFESSORA Bom dia meninos, estão bons? TODOS Sim. PROFESSORA Então a primeira pergunta que eu vou fazer é se vocês gostam

Leia mais

Jogo do século. por Sulamita Ricardo

Jogo do século. por Sulamita Ricardo Jogo do século por Sulamita Ricardo Personagens Narrador- Comentarista- Repórter- Cristiano- Ronaldo- Primo- Rogério- Torcida do Cristiano- Torcida do Ronaldo- Narrador- Bem, amigos de Piraquara, daqui

Leia mais

Em uma tarde, Carlinhos recebeu uma ligação! Vamos ver como foi?

Em uma tarde, Carlinhos recebeu uma ligação! Vamos ver como foi? Em uma tarde, Carlinhos recebeu uma ligação! Vamos ver como foi? Trim!! Trim!! Filho, você pode atender o telefone, por favor? Claro, mamãe!! Pode deixar que eu atendo! Alô? Quem fala? Sou, eu, Carlinhos!

Leia mais

Transcrição da Entrevista

Transcrição da Entrevista Transcrição da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Praticante Sonia Local: Núcleo de Arte Nise da Silveira Data: 5 de dezembro de 2013 Horário: 15:05 Duração da entrevista:

Leia mais

É HORA DE MUDAR. 12 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação. "Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora

É HORA DE MUDAR. 12 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação. Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora É HORA DE MUDAR 12 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação "Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora em que o Filho do homem há de vir." 1 / 5 (Mateus 25:13) É isso aí amados! Hoje é

Leia mais

FICHA SOCIAL Nº 123 INFORMANTE: SEXO: IDADE: ESCOLARIZAÇÃO: LOCALIDADE: PROFISSÃO: DOCUMENTADORA: TRANSCRITORA: DIGITADORA: DURAÇÃO:

FICHA SOCIAL Nº 123 INFORMANTE: SEXO: IDADE: ESCOLARIZAÇÃO: LOCALIDADE: PROFISSÃO: DOCUMENTADORA: TRANSCRITORA: DIGITADORA: DURAÇÃO: FICHA SOCIAL Nº 123 INFORMANTE: M.A.M.B. SEXO: Masculino IDADE: 27 anos - Faixa II ESCOLARIZAÇÃO: 9 a 11 anos (2º grau incompleto) LOCALIDADE: Batateira - Zona Urbana PROFISSÃO: Comerciante DOCUMENTADORA:

Leia mais

manhã a minha irmã Inês vai ter o seu primeiro dia de escola. Há mais de uma semana que anda muito irrequieta e não para de me fazer perguntas,

manhã a minha irmã Inês vai ter o seu primeiro dia de escola. Há mais de uma semana que anda muito irrequieta e não para de me fazer perguntas, 5 6 manhã a minha irmã Inês vai ter o seu primeiro dia de escola. Há mais de uma semana que anda muito irrequieta e não para de me fazer perguntas, sempre a incomodar-me. Por vezes, eu divirto-me a responder.

Leia mais

PROCURA-SE UMA VIÚVA. Por CARLA GIFFONI

PROCURA-SE UMA VIÚVA. Por CARLA GIFFONI PROCURA-SE UMA VIÚVA Por CARLA GIFFONI BN 010.350 carlagiffoni@yahoo.com.br http://recantodasletras.com.br /autores/carlagiffoni 1- CORREDOR DA CAPELA MORTUÁRIA - INT - DIA Matilde e Donana, duas senhoras

Leia mais

Aexo 3 Dados das entrevistas do grupo 1

Aexo 3 Dados das entrevistas do grupo 1 Aexo 3 Dados das entrevistas do grupo 1 Grupo I Informantes idade Sexo profissão Escolarida de Tempo de imigração em Portugal Língua materna E1.1 51 anos Masc. -- 6ª classe 40 anos Crioulo cv E1.2 53 anos

Leia mais

A sanita mutante! Coleção. Os Mutantes. Já publicados A sanita mutante. A publicar Os óculos mutantes A esferográfica mutante

A sanita mutante! Coleção. Os Mutantes. Já publicados A sanita mutante. A publicar Os óculos mutantes A esferográfica mutante Coleção A sanita mutante! Os Mutantes Já publicados A sanita mutante A publicar Os óculos mutantes A esferográfica mutante O prego mutante Frutas mutantes Estrela mutante A irmã mutante Maio de 2016 20

Leia mais

Àhistória de uma garota

Àhistória de uma garota Àhistória de uma garota Gabriele é uma menina cheio de sonhos ela morava com sua mãe Maria seu pai Miguel Gabriele sofre muito ela tem apena 13 anos e já sofre Deus de quando ela era pequena a história

Leia mais

Um ato de amor sonhador ao mundo

Um ato de amor sonhador ao mundo Um ato de amor sonhador ao mundo Este livro esta aberto para qualquer idade, pois relata uma historia de amor com a nossa sociedade, uma garotinha de 09 anos de idade busca fazer a diferença sempre dando

Leia mais

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos Lição 3: Alegria LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos RESUMO BÍBLICO Gálatas 5:23; Gálatas 6:1; 2 Timóteo 2:25; Tito 3; 1 Pedro 3:16 Como seres humanos estamos sempre à mercê de situações sobre

Leia mais

CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ALINE PELLEGRINO II

CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ALINE PELLEGRINO II CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ALINE PELLEGRINO II (depoimento) 2014 FICHA TÉCNICA ENTREVISTA CEDIDA PARA PUBLICAÇÃO NO REPOSITÓRIO DIGITAL

Leia mais

Conheça o Passo a Passo Para Seus Jogos Lotéricos

Conheça o Passo a Passo Para Seus Jogos Lotéricos ÍNDICE Sumário INTRODUÇÃO... 3 ISSO ACONTECE COM VOCÊ TAMBÉM?... 4 MAS PERAÍ, QUEM GANHA NA LOTERIA?... 5 QUE NÃO QUEREM QUE VOCÊ SAIBA... 6 O QUE FAZEM PARA GANHAR NA MEGA SENA?... 7 8 DICAS PRÁTICAS

Leia mais

Na escola estão Pedro e Thiago conversando. THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje.

Na escola estão Pedro e Thiago conversando. THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje. MENININHA Na escola estão Pedro e Thiago conversando. PEDRO: Cara você viu o jogo ontem? THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje. PEDRO: Bah tu perdeu um baita jogo.

Leia mais

O melhor amigo Interpretação de Texto para 4º e 5º Ano

O melhor amigo Interpretação de Texto para 4º e 5º Ano O melhor amigo Interpretação de Texto para 4º e 5º Ano O melhor amigo Interpretação de Textos para 4º e 5º Ano O melhor amigo A mãe estava na sala, costurando. O menino abriu a porta da rua, meio ressabiado,

Leia mais

Os Principais Tipos de Objeções

Os Principais Tipos de Objeções Os Principais Tipos de Objeções Eu não sou como você" Você tem razão, eu não estou procurando por pessoas que sejam como eu. Sou boa no que faço porque gosto de mim como eu sou. Você vai ser boa no que

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

Anexo 4- Dados das entrevistas do Grupo II

Anexo 4- Dados das entrevistas do Grupo II Anexo 4- Dados das entrevistas do Grupo II Grupo II Informantes idade Sexo profissão escolaridade Tempo de imigração em Portugal Língua materna E2.1 42 Masc. Jardineiro 12º 12 anos Ucraniano E2.2 62 Fem.

Leia mais

P/1 E qual a data do seu nascimento? Eu te ajudo. Já te ajudo. Dia 30 de março de 1984.

P/1 E qual a data do seu nascimento? Eu te ajudo. Já te ajudo. Dia 30 de março de 1984. museudapessoa.net P/1 Então, vamos lá. Eu queria que você me falasse seu nome completo. R Meu nome é Karen Fisher. P/1 E onde você nasceu, Karen? R Eu nasci aqui no Rio, Rio de Janeiro. P/1 Na cidade mesmo?

Leia mais

Uma Aflição Imperial.

Uma Aflição Imperial. Uma Aflição Imperial. Amanda Silva C. Prefácio Uma aflição Imperial conta a história de uma garota chamada Anna que é diagnosticada com tipo raro de câncer leucemia sua mãe é paisagista e tem apenas um

Leia mais

Priscila foi passear com a sua mamãe! Lá no parque, a pequena Priscila viu alguém um tanto diferente... Vamos ver quem foi?

Priscila foi passear com a sua mamãe! Lá no parque, a pequena Priscila viu alguém um tanto diferente... Vamos ver quem foi? Priscila foi passear com a sua mamãe! Lá no parque, a pequena Priscila viu alguém um tanto diferente... Vamos ver quem foi? Mamãe! Mamãe! Vamos no balanço? Vamos, filha! Espera só um instantinho que a

Leia mais

Pesquisa. Setembro 2014

Pesquisa. Setembro 2014 Pesquisa Setembro 2014 Perfil Quem é o nosso time? 66% está conosco há mais de 1 ano 69% são casadas 68% tem Filhos, 42% desses adolescentes Média de Idade 32 anos (20 a 56) 93% são mulheres 61% cursando

Leia mais

YAHUVAH falou com ele mesmo ele

YAHUVAH falou com ele mesmo ele Na casa da vovó da Nina, uma história muito especial foi contada! Que história foi essa? Vamos ver? Um, dois, três e... já!!!! Eba, vovó!! Acabei de comer!! Isso, Nina! Você comeu tudinho, tudinho! A sua

Leia mais

Na casa da Priscila, uma história incrível das Escrituras foi contada! Vamos ver?

Na casa da Priscila, uma história incrível das Escrituras foi contada! Vamos ver? Na casa da Priscila, uma história incrível das Escrituras foi contada! Vamos ver? Filha!! Bom dia!! Hoje é um dia muito, mas muito especial! Por que, mamãe? Ah!! Hoje é o aniversário da vovó e do vovô!

Leia mais

coleção Conversas #21 - ABRIL e t m o se? Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #21 - ABRIL e t m o se? Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. Sou bem que ele mais v coleção Conversas #21 - ABRIL 2015 - m o c está l e g i o h a que e l apenas por in e t. er e s se? Será Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

Leia mais

coleção Conversas #5 Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça.

coleção Conversas #5 Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça. coleção Conversas #5 Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora AfroReggae nasceu com o desejo de facilitar diálogos que muitas vezes podem

Leia mais

Popular Brasileira O RABO DO SEU BACALHAU

Popular Brasileira O RABO DO SEU BACALHAU O PINTINHO PIU Lá em casa tinha um pinto, lá em casa tinha um pinto Lá em casa tinha uma galinha, lá em casa tinha uma galinha Lá em casa tinha um galo, lá em casa tinha um galo Lá em casa tinha um perú,

Leia mais

Anexo 2.2- Entrevista G1.2

Anexo 2.2- Entrevista G1.2 Entrevistado: E1.2 Idade: Sexo: País de origem: Tempo de permanência 53 anos Masculino Cabo-Verde 40 anos em Portugal: Escolaridade: 4ª classe Imigrações prévias : -- Língua materna: Outras línguas: Agregado

Leia mais

Era mais uma das frases de Hannah. Quando perguntei pra ela o que fazer se alguém viesse comprar briga comigo, ela res pondeu: Ninguém vai matar

Era mais uma das frases de Hannah. Quando perguntei pra ela o que fazer se alguém viesse comprar briga comigo, ela res pondeu: Ninguém vai matar Billie EU ESTAVA ME COMPORTANDO bem fazia uma semana. Só tinha me metido em uma briga, o que devia ser um recorde pra mim. Estava na cara que aquilo não ia durar muito. Estava passando pelo estacionamento

Leia mais

Não furtarás. (Shemot 20:15)

Não furtarás. (Shemot 20:15) O que você faria se quisesse muito um brinquedo ou qualquer outra coisa e não desse para comprar? Vamos ver o que a história desta semana nos ensina sobre isso? Filha? Vamos à papelaria com o papai? Eba!!

Leia mais

Simpatia para o amor

Simpatia para o amor Simpatia para o amor Essa simpatia e para um novo amor Requesito para a simpatia Dia 13/06 Hora As 18:00 O que se espera Para encontrar um novo amor. Materiais para a simpatia *Uma imagem de Santo Antonio

Leia mais

Leitura e Mediação Pedagógica

Leitura e Mediação Pedagógica Protocolo Colaborador: 12 Leitura e Mediação Pedagógica G. Pesquisador: Rosineide Magalhães de Sousa Corinthians(2) x Palestra(1)#Rosineide\cor_pal.jpg.jpg# Transcrição 80) P: Então Gabriel... eu vou pedir

Leia mais

Simpatia afasta pobreza e miséria

Simpatia afasta pobreza e miséria Simpatia afasta pobreza e miséria Esta é muito forte mas precisa de muita atenção antes de começar a se envolver com esta simpatia. Ela promete resultados rápidos e muita gente garante que funciona rapidinho

Leia mais

Como o seu signo influencia a moda

Como o seu signo influencia a moda Como o seu signo influencia a moda O seu signo reflete a maneira que você gosta de se vestir. Confira! Os signos de fogo (ÁRIES, LEÃO, SAGITÁRIO) gostam de chamar a atenção. As mulheres principalmente,

Leia mais

Aventuras de uma gota d água

Aventuras de uma gota d água SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 09 / 05 / 205 UNIDADE: I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A):

Leia mais

CICLOS EMOCIONAIS DO NOSSO NEGÓCIO MARY KAY. Dia 7 / Maio as 21h. Com a Diretora Diluz Noveli (Mahaila)

CICLOS EMOCIONAIS DO NOSSO NEGÓCIO MARY KAY. Dia 7 / Maio as 21h. Com a Diretora Diluz Noveli (Mahaila) CICLOS EMOCIONAIS DO NOSSO NEGÓCIO MARY KAY. Dia 7 / Maio as 21h. Com a Diretora Diluz Noveli (Mahaila) Como está a sua agenda nestes dias? Como tem sido as respostas do que vc tem feito? Qual o retorno

Leia mais

Mestrado: 2º Ciclo em Ensino de Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário Disciplina: Psicologia Educacional Docente: Doutor Nuno Corte Real

Mestrado: 2º Ciclo em Ensino de Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário Disciplina: Psicologia Educacional Docente: Doutor Nuno Corte Real Mestrado: 2º Ciclo em Ensino de Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário Disciplina: Psicologia Educacional Docente: Doutor Nuno Corte Real Tema: Elaboração de uma peça de teatro - Promoção da Saúde,

Leia mais

Tânia Abrão. Coração de Mãe. Coração De Mãe

Tânia Abrão. Coração de Mãe. Coração De Mãe Coração de Mãe Coração De Mãe Página 1 Coração De Mãe 1º Edição Agosto de 2013 Página 2 Coração De Mãe 1º Edição È proibida à reprodução total ou parcial desta obra, por Qualquer meio e para qualquer fim

Leia mais

Leitura e Mediação Pedagógica

Leitura e Mediação Pedagógica Protocolo Colaborador: 8 Leitura e Mediação Pedagógica S. Pesquisador: Helen Danyane Soares Caetano de Souza 06-jul-10 Salão Jaqueline Transcrição (1) P: Olá S. tudo bem? (2) C: Tudo. (3) P: Boa tarde?

Leia mais

A novela chegou ao fim. O atacante Robinho foi apresentado pelo Santos no início da

A novela chegou ao fim. O atacante Robinho foi apresentado pelo Santos no início da Volta para a casa: Robinho é apresentado e já quer jogar clássico Presidente entrega a camisa 7 ao ídolo do Santos, que já se coloca à disposição de Oswaldo de Oliveira para o duelo com o Corinthians,

Leia mais

Nota do editor. Das artimanhas masculinas para levar uma mulher à cama aos

Nota do editor. Das artimanhas masculinas para levar uma mulher à cama aos Nota do editor Das artimanhas masculinas para levar uma mulher à cama aos desgastes da rotina conjugal, os relacionamentos amorosos sempre forneceram um vasto material de inspiração para Luis Fernando

Leia mais

Banda AL9. Facebook Report M a r ç o

Banda AL9. Facebook Report M a r ç o Banda AL9 Facebook Report M a r ç o Banda AL9 Overview Total de 10 946 Crescimento de 7 945 Conteúdo Total de Posts 68 7 dias - Média de Engajamento por 1000 23,01 Interações Total de Interações 4 409

Leia mais

QUANDO EU TINHA VOCÊ!

QUANDO EU TINHA VOCÊ! QUANDO EU TINHA VOCÊ! Local: Salvador(BA) Data: 02/02/1997 Estúdio:24/12/10 Estilo:Forró arrastapé Tom: C//(Dó sustenido) QUANDO EU TINHA VOCÊ A VIDA ERA TÃO BOA HOJE QUE TE PERDI VIVO COMO UM À TOA. VOCÊ

Leia mais

Mato alto nas praças e lixo nas calçadas viram cenas comuns em SP

Mato alto nas praças e lixo nas calçadas viram cenas comuns em SP Mato alto nas praças e lixo nas calçadas viram cenas comuns em SP Fotos: Apu Gomes/Folhapress Quando a gente entra no táxi aqui perto é só falar para seguir até a rua do lixo. Todo mundo sabe onde é. A

Leia mais

Chefe Tudo ótimo, Clarice! Como é que estão as coisas lá no departamento?

Chefe Tudo ótimo, Clarice! Como é que estão as coisas lá no departamento? Desculpa. Uma inconveniência em três partes Vana Medeiros Parte 1 Coitado Chefe Clarice! Pode entrar, Clarice! Clarice E aí, chefe? Tudo bom? Chefe Tudo ótimo, Clarice! Como é que estão as coisas lá no

Leia mais

FAÇA CONTATO E CONVITE

FAÇA CONTATO E CONVITE FAÇA CONTATO E CONVITE Concentra-se em criar um relacionamento e descobrir em que ponto da vida dessa pessoa o negócio pode ajudar. Seja simpático, atento e ouça as necessidades das pessoas e muitas portas

Leia mais

+ Amor - Julgue THAIS KAROLINE

+ Amor - Julgue THAIS KAROLINE + Amor - Julgue THAIS KAROLINE Olá! meu nome é Thais Karoline: Nunca fui boa de escrever algo, mas pelo que sinto demostram tudo rs Sabemos que muitas pessoas gostam de julgar, pelo seus erros mas ninguém

Leia mais

Na Internet Gramática: atividades

Na Internet Gramática: atividades Na Internet Gramática: atividades Dica: Antes de fazer as atividades abaixo, leia os documentos Modo subjuntivo geral e Presente do subjuntivo, no Banco de Gramática. 1. No trecho a seguir, extraído da

Leia mais

A Rata Era uma vez uma rata que estava sozinha na toquinha. Ela morava com sua mãe e seu padrasto no castelo do rei, ela não tinha medo de nada.

A Rata Era uma vez uma rata que estava sozinha na toquinha. Ela morava com sua mãe e seu padrasto no castelo do rei, ela não tinha medo de nada. Era Uma Vez A Rata Era uma vez uma rata que estava sozinha na toquinha. Ela morava com sua mãe e seu padrasto no castelo do rei, ela não tinha medo de nada. A ratinha tinha uma felpa de ferro e pensava

Leia mais

ELA. por Raquel Schaedler. Peça para três personagens: O homem A mulher ELA

ELA. por Raquel Schaedler. Peça para três personagens: O homem A mulher ELA ELA por Raquel Schaedler Peça para três personagens: O homem A mulher ELA Você comeu? Comi. Você tá com fome? Um pouquinho. quer um miojo? Não. Você não tem um chocolate aí? Tenho. Tem? O que você tem?

Leia mais

MEU TIO MATOU UM CARA

MEU TIO MATOU UM CARA MEU TIO MATOU UM CARA M eu tio matou um cara. Pelo menos foi isso que ele disse. Eu estava assistindo televisão, um programa idiota em que umas garotas muito gostosas ficavam dançando. O interfone tocou.

Leia mais

I CONGRESSO BRASILEIRO DE ENFERMAGEM NEONATAL Bioética e Biodireito na Atenção Neonatal FILIAÇÃO UNISSEXUAL. Profª Drª Luciana Moas

I CONGRESSO BRASILEIRO DE ENFERMAGEM NEONATAL Bioética e Biodireito na Atenção Neonatal FILIAÇÃO UNISSEXUAL. Profª Drª Luciana Moas I CONGRESSO BRASILEIRO DE ENFERMAGEM NEONATAL Bioética e Biodireito na Atenção Neonatal FILIAÇÃO UNISSEXUAL O IMPACTO DAS INOVAÇÕES BIOTECNOLÓGICAS NO PARENTESCO: A DISTINÇÃO ENTRE PAI E GENITOR Meu Deus

Leia mais

Transcrição da Entrevista

Transcrição da Entrevista Transcrição da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Praticante Igor Local: Núcleo de Arte Nise da Silveira Data: 05 de dezembro de 2013 Horário: 15:05 Duração da entrevista:

Leia mais

o casamento do fazendeiro

o casamento do fazendeiro o casamento do fazendeiro ERA uma fez um fazendeiro que ele sempre dia mania de ir na cidade compra coisas mais ele tinha mania de ir sempre de manha cedo um dia ele acordou se arrumou e foi pra cidade,

Leia mais