TERMOS RELACIONADOS AO VERBO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TERMOS RELACIONADOS AO VERBO"

Transcrição

1

2 TERMOS RELACIONADOS AO VERBO

3 objeto direto objeto indireto V E R B O agente da passiva adjunto adverbial

4 ADJUNTO ADVERBIAL: é o termo da oração que indica as circunstâncias em que se dá a ação verbal (de tempo, lugar, modo, causa, finalidade, etc.). Ou seja, é o termo que "modifica" não só o sentido de um verbo, como também de um adjetivo ou de um advérbio. Viajei de trem (modo, meio) por toda a Europa (lugar).

5 Ex.: Eles se respeitam muito. Seu projeto é muito interessante. Na primeira oração muito intensifica a forma verbal respeitam. Na segunda, intensifica o adjetivo interessante. Podemos, então, concluir que muito é um adjunto adverbial de intensidade. Portanto, a classificação do adjunto adverbial depende basicamente da circunstância que exprime.

6 O adjunto adverbial é expresso: a) por um advérbio: Visito-o diariamente. O Navio passou longe. b) por uma locução adverbial: Partiremos de madrugada.

7 A locução adverbial é, sempre, introduzida por uma preposição. Por isso, quando atuar como adjunto adverbial numa oração, preste bastante atenção, pois com uma mesma preposição, pode haver alteração da circunstância expressa pelo adjunto adverbial, concorrendo para dificultar a interpretação:. Falar da vida alheia (assunto).. Morreu de sede (causa).. Estão voltando de casa (lugar).. Fui de avião (meio).

8 Circunstâncias que Os Adjuntos Adverbiais podem Expressar: Causa:. A moça chorava de alegria.. Com o calor, o poço secou.. Por que choras?. Brigaram por coisa ridícula.. Caiu de susto.. Com a greve, ficamos sem transporte.. Morreu de tuberculose.

9 Circunstâncias que Os Adjuntos Adverbiais podem Expressar: Dúvida:. Talvez seja melhor sair do país.. Eventualmente ele poderá vir.. Será, quem sabe, nomeado chefe.

10 Circunstâncias que Os Adjuntos Adverbiais podem Expressar: Fim Finalidade:. Prepararam-se para o exame.. Vestiam-se para o baile.. Fez entrevista para o emprego.

11 Circunstâncias que Os Adjuntos Adverbiais podem Expressar: Meio e de Instrumento:. Por minha aplicação, tirei o primeiro lugar.. Prefiro ir de automóvel.. Fui de avião.. Fiz a prova a lápis.. Quem com ferro fere, com ferro será ferido.

12 Circunstâncias que Os Adjuntos Adverbiais podem Expressar: Tempo:. Tenho ainda o livro.. Saia já!. Cheguei agora.. Irei amanhã.. Venha cedo.. Quando chegastes?. Ficarei sempre aqui.. Nunca chegaremos lá.. Parti ontem.

13 Circunstâncias que Os Adjuntos Adverbiais podem Expressar: Intensidade:. Ela sabe bastante.. Isso já é abusar demais.. fala excessivamente.. fala bem mal.. Que lindo!

14 Circunstâncias que Os Adjuntos Adverbiais podem Expressar: Lugar: Nasci em Campo Grande. Vivemos aqui. Venha cá! Onde está? Voou por cima da igreja. Anda abaixo e acima. Estamos a cinco quilômetros. Fugimos por entre os inimigos.

15 Circunstâncias que Os Adjuntos Adverbiais podem Expressar: Companhia:. Fui ao cinema com sua prima.. Fique com Deus.. Na viagem, levou consigo o livro.. Viemos à cidade com o instrutor.. Voltarei contigo.. Vem comigo à praia?

16 Circunstâncias que Os Adjuntos Adverbiais podem Expressar: Negação:. Não iremos à aula.. De modo algum te intrometas.

17 Circunstâncias que Os Adjuntos Adverbiais podem Expressar: Afirmação: Sei, de fato, quem és. Sei sim que ele te evitou.

18 Circunstâncias que Os Adjuntos Adverbiais podem Expressar: Modo:. O barco vagava à toa.. Escreves errado.. Passou velozmente.. Ela falava com medo.. Dirigia-se às tontas, para casa.

19 PRONOMES COM OBJETO DIRETO Os pronomes o, os, a, as assumem formas especiais depois de certas terminações verbais. Quando o verbo termina em -z, -s ou -r, o pronome assume a forma lo, los, la ou las, ao mesmo tempo que a terminação verbal é suprimida. Por exemplo:fiz + o = fi-lo fazeis + o = fazei-lo Dizer+a= dizê-la

20 OBJETO DIRETO: é o termo da oração que integra o sentido dos verbos transitivos diretos. Tais objetos vinculam-se diretamente aos verbos, sem a mediação de uma preposição verbo complemento Ele perdeu a mesada. Passos: 1. Identificar o verbo 2. Fazer a pergunta. Quem perde, perde o quê? 3. No caso, perdeu a mesada. O complemento mesada foi introduzido sem o uso de preposição, logo o complemento é um objeto direto.

21 OBJETO DIRETO PLEONÁSTICO: é o que aparece repetido, sob a forma de um pronome oblíquo, no interior de uma mesma oração. objeto direto do verbo comprar Aqueles livros, eu os verbo transitivo direto comprei na livraria do shopping. objeto direto do verbo comprar

22 OBJETO DIRETO PREPOSICIONADO: é o objeto direto que se liga a um verbo transitivo direto por meio de uma preposição. Quando o objeto de determinados verbos transitivos diretos vem expresso por um dos pronomes pessoais tônicos mim, ti, si, ele (s), ela(s). Se eu pagar a conta, corro o risco de ofender a ela.

23 OBJETO DIRETO PREPOSICIONADO: é o objeto direto que se liga a um verbo transitivo direto por meio de uma preposição. Quando o objeto de determinados verbos transitivos diretos é o nome próprio Deus. Mandam os preceitos da Igreja que todos amem a Deus.

24 OBJETO DIRETO PREPOSICIONADO: é o objeto direto que se liga a um verbo transitivo direto por meio de uma preposição. Quando o objeto é um pronome substantivo demonstrativo, indefinido ou interrogativo.. Apreciei mas a este.. O jornalista ofendeu a todos.. A quem amas?

25 OBJETO DIRETO PREPOSICIONADO: é o objeto direto que se liga a um verbo transitivo direto por meio de uma preposição. Quando o objeto é um pronome substantivo demonstrativo, indefinido ou interrogativo.. Apreciei mas a este.. O jornalista ofendeu a todos.. A quem amas?

26 OBJETO INDIRETO: é o termo da oração que integra o sentido dos verbos transitivos indiretos. Tais objetos vinculam-se indiretamente aos verbos através de uma preposição. verbo objeto indireto Luis Henrique obedece a seu pai. preposição Passos: 1. Identificar o verbo 2. Fazer a pergunta. Quem obedece, obedece a quê, ou a quem? 3. No caso, obedece a seu pai. O complemento seu pai foi introduzido com o uso da preposição a, logo o complemento é um objeto indireto.

27 Ex.: Eles se respeitam muito. Seu projeto é muito interessante. Na primeira oração muito intensifica a forma verbal respeitam. Na segunda, intensifica o adjetivo interessante. Podemos, então, concluir que muito é um adjunto adverbial de intensidade. Portanto, a classificação do adjunto adverbial depende basicamente da circunstância que exprime.

28 O adjunto adverbial é expresso: a) por um advérbio: Visito-o diariamente. O Navio passou longe. b) por uma locução adverbial: Partiremos de madrugada.

29 A locução adverbial é, sempre, introduzida por uma preposição. Por isso, quando atuar como adjunto adverbial numa oração, preste bastante atenção, pois com uma mesma preposição, pode haver alteração da circunstância expressa pelo adjunto adverbial, concorrendo para dificultar a interpretação:. Falar da vida alheia (assunto).. Morreu de sede (causa).. Estão voltando de casa (lugar).. Fui de avião (meio).

30 Circunstâncias que Os Adjuntos Adverbiais podem Expressar: Causa:. A moça chorava de alegria.. Com o calor, o poço secou.. Por que choras?. Brigaram por coisa ridícula.. Caiu de susto.. Com a greve, ficamos sem transporte.. Morreu de tuberculose.

31 Agente da Passiva: é o termo da oração que pratica a ação verbal, quando o verbo se apresenta na voz passiva. Geralmente o agente da passiva vem acompanhado da preposição por (e suas variações: pelo (s) e pela (s) e raramente da preposição de. 1. Voz ativa: O homem derrubou a casa. Basicamente, uma oração apresenta o sujeito (o homem), que pratica a ação e o objeto (a casa), que sofre essa ação. Dizemos então que essa oração está na voz ativa.

32 Agente da Passiva: é o termo da oração que pratica a ação verbal, quando o verbo se apresenta na voz passiva. Geralmente o agente da passiva vem acompanhado da preposição por (e suas variações: pelo (s) e pela (s) e raramente da preposição de. 2. Voz passiva: A casa foi derrubada pelo homem. sujeito paciente agente da passiva Quando o sujeito é paciente, ou seja, quando ele sofre a ação em vez de praticar (a casa), dizemos que a oração está na voz passiva, nesse caso, quem está praticando a ação é denominado de agente da passiva (pelo homem).

33 Agente da Passiva: é o termo da oração que pratica a ação verbal, quando o verbo se apresenta na voz passiva. Geralmente o agente da passiva vem acompanhado da preposição por (e suas variações: pelo (s) e pela (s) e raramente da preposição de. Ex. Agora a casa está cercada de leões de fogo. (Cecília Meireles) A carta foi entregue à moça pelo carteiro. Tanto na oração de voz passiva quanto na ativa, o agente e o paciente continuam sendo os mesmos termos. Só a função sintática é diferente. Veja que na voz passiva, de leões de fogo é agente (função sintática = agente da passiva). Já na voz ativa, leões de fogo também é agente, pois age, atua com a função sintática de sujeito da oração.

34 O Agente da Passiva é pode ser classificado quanto:. à relação: sempre está associado ao verbo transitivo na voz passiva.. à forma: sempre se liga ao verbo através de uma preposição, normalmente a preposição por e suas variações.. ao valor: indica o elemento que pratica a ação verbal.

35 Voz passiva sintética ou simplificada: Nesse tipo de voz verbal, geralmente o agente da passiva fica indeterminado Ex. Vendem-se apartamentos Não é possível permutar a oração para voz ativa, pois não sabemos quem pratica a ação, ou seja, não existe agente da passiva. O agente da passiva só aparece como complemento de verbos transitivos diretos e bitransitivos (direto e indireto ao mesmo tempo), pois admitem a voz passiva do verbo. Fazendo a permutação do verbo da voz ativa para a passiva, e vice-versa.

36 P R E D I C A D O Predicado: é o termo da oração que faz uma predicação, ou seja, uma afirmação sobre o sujeito. No caso das orações sem sujeito, a predicação é feita genericamente. Existem muitos alunos nessa escola. Predicado verbal: é aquele que apresenta um verbo como núcleo. Ex. Eduardo pratica artes marciais. (núcleo do predicado verbal)

37 P R E D I C A D O Predicado nominal: é aquele que tem como núcleo uma forma nominal (substantivos, adjetivos, locuções adjetivas) ou pronominal. Os verbos que ocorrem nos predicados nominais são sempre de ligação. Os termos que constituem o núcleo dos predicados nominais denominam-se predicativos do sujeito. Eduardo é um aluno inteligente. Sujeito verbo predicativo

38 P R E D I C A D O Predicado verbo-nominal: é aquele que apresenta dois núcleos: um núcleo verbal (verbo transitivo ou intransitivo, que expressa ação) e um núcleo nominal (substantivo, adjetivos, locuções adjetivas) ou pronominal, que atua como predicativos do sujeito ou do objeto a que se refere. Ex. O aluno considerou a mensalidade cara. Sujeito VTD OD predicativo do objeto direto O aluno considerou-a cara. Sujeito VTD OD predicativo do objeto direto

39 Classifique os Complementos Verbais (Obj. Direto e Indireto, Obj. Direto, Obj. Direto Preposicionado, Obj. Direto Pleonástico, Pron. Oblíquo como Obj. Direto; o mesmo para os indiretos): 01. A moça não resistiu ao beijo do namorado. 02. Sem dúvida, este jovem gosta de música. 03. Desejo-[te] boa viagem. 04. A Leitura amplia nossos conhecimentos. 05. Que [lhe] importa o meu ar.pooi e 06. Não duvides das verdades divinas. 07. Ela [os] ensina a fazer ninhos nas árvores Daremos ao rapaz o apoio necessário. 09. Esse garoto desconfia das pessoas. 10. Os ricos, não [os] invejo.od Pleonástico 11. Eles encontraram o documento. 12. Estimo [aos] meus colegas. 13. Escrevi uma carta à minha tia. 14. Pediram-[lhe] explicações. 15. A vitória, conquistei-[a] após anos de luta.

40

PREDICAÇÃO VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira

PREDICAÇÃO VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira PREDICAÇÃO VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira PREDICAÇÃO VERBAL VERBO DE LIGAÇÃO; VERBO TRANSITIVO; VERBO INTRANSITIVO. Indica estado; VERBO DE LIGAÇÃO (VL) Liga uma característica do sujeito (predicativo

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA PROFª.: THAÍS

LÍNGUA PORTUGUESA PROFª.: THAÍS LÍNGUA PORTUGUESA PROFª.: THAÍS AULA 8 O VERBO E SEUS COMPLEMENTOS pág. 57 A ORAÇÃO E SUA ESTRUTURA BÁSICA Sujeito = o ser sobre o qual se declara alguma coisa. Predicado = o que se declara sobre o sujeito.

Leia mais

Professor Marlos Pires Gonçalves

Professor Marlos Pires Gonçalves Termos Integrantes da Oração Introdução São termos que servem para complementar o sentido de certos verbos ou nomes, pois seu significado só se completa com a presença de tais termos. Os termos integrantes

Leia mais

02/03/2014 MORFOLOGIA X SINTAXE

02/03/2014 MORFOLOGIA X SINTAXE MORFOLOGIA X SINTAXE 1 TRANSITIVIDADE VERBAL OU PREDICAÇÃO VERBAL 1- VERBOS NOCIONAIS (significativos) ação, fenômeno e movimento VI, VTD, VTI ou VTDI 2- VERBOS RELACIONAIS (não-significativos) estado,

Leia mais

Há dois sintagmas essenciais: o sintagma nominal (SN), cujo núcleo é um nome ou palavra que seja equivalente; e o sintagma verbal (SV) cujo núcleo é

Há dois sintagmas essenciais: o sintagma nominal (SN), cujo núcleo é um nome ou palavra que seja equivalente; e o sintagma verbal (SV) cujo núcleo é Há dois sintagmas essenciais: o sintagma nominal (SN), cujo núcleo é um nome ou palavra que seja equivalente; e o sintagma verbal (SV) cujo núcleo é uma forma verbal. Existem também o sintagma adjetival

Leia mais

Sumário. Apresentação. Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3

Sumário. Apresentação. Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3 Sumário Prefácio Apresentação XIII XV Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3 1. Tipologia do sujeito 6 Método para identificar o sujeito 6 Sujeito simples

Leia mais

AULA 11. Sintaxe da oração e do período MINISTÉRIO DA FAZENDA

AULA 11. Sintaxe da oração e do período MINISTÉRIO DA FAZENDA AULA 11 Sintaxe da oração e do período MINISTÉRIO DA FAZENDA Professor Marlus Geronasso Frase, período e oração Frase é todo enunciado suficiente por si mesmo para estabelecer comunicação. Expressa juízo,

Leia mais

Aula 09 PALAVRA SE. VOZ PASSIVA Sujeito agente Agente da passiva. VOZ ATIVA Objeto direto Sujeito paciente

Aula 09 PALAVRA SE. VOZ PASSIVA Sujeito agente Agente da passiva. VOZ ATIVA Objeto direto Sujeito paciente Página1 Curso/Disciplina: Português para Concursos Aula: Pronomes e colocação pronominal: a palavra se 09 Professor (a): André Moraes Monitor (a): Luis Renato Ribeiro Pereira de Almeida Aula 09 PALAVRA

Leia mais

CONCEITOS GRAMATICAIS PARA ESTUDO CARLA FRASE. FRASE VERBAL: é frase que apresenta verbo ou locução verbal.

CONCEITOS GRAMATICAIS PARA ESTUDO CARLA FRASE. FRASE VERBAL: é frase que apresenta verbo ou locução verbal. CONCEITOS GRAMATICAIS PARA ESTUDO CARLA FRASE É uma enunciado (uma mensagem) de sentido completo que estabelece comunicação. Toda frase deve ser pontuada. FRASE VERBAL: é frase que apresenta verbo ou locução

Leia mais

- Transitivo direto e indireto O garoto ofereceu. - Verbo intransitivo Ele morreu. A criança dormiu.

- Transitivo direto e indireto O garoto ofereceu. - Verbo intransitivo Ele morreu. A criança dormiu. - Transitivo direto e indireto O garoto ofereceu - Verbo intransitivo Ele morreu. A criança dormiu. COMPLEMENTO NOMINAL É o termo que completa o sentido de uma palavra que não seja verbo. Assim, pode referir-se

Leia mais

ADVÉRBIOS. Prof. Me. William Alves

ADVÉRBIOS. Prof. Me. William Alves ADVÉRBIOS Prof. Me. William Alves Definições Classe de palavra que exprime uma circunstância. Morfologicamente: é invariável; Semanticamente: expressa uma circunstância (lugar, tempo, modo, dúvida, certeza,

Leia mais

A morfologia divide as palavras em classes gramaticais; já a sintaxe estuda a função das palavras dentro de um contexto oracional.

A morfologia divide as palavras em classes gramaticais; já a sintaxe estuda a função das palavras dentro de um contexto oracional. Patrícia Lopes É a junção entre a morfologia e a sintaxe. Trata-se de duas partes da gramática que apesar de estarem envolvidas entre si, constituem-se de particularidades distintas. A morfologia divide

Leia mais

REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto

REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto Professora Melina 9º. Ano Relembrando... ORAÇÃO Enunciado organizado em torno de um verbo. Você abre a janela. PERÍODO SIMPLES frase formada por uma só oração.

Leia mais

ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto. Termos acessórios da oração Apesar de prescindíveis são necessários para

Leia mais

PREDICAÇÃO VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira

PREDICAÇÃO VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira PREDICAÇÃO VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira PREDICAÇÃO VERBAL VERBO DE LIGAÇÃO; VERBO TRANSITIVO; VERBO INTRANSITIVO. Indica estado; VERBO DE LIGAÇÃO (VL) Liga uma característica do sujeito (predicativo

Leia mais

Estudo do Predicado e Predicativo do Sujeito

Estudo do Predicado e Predicativo do Sujeito Estudo do Predicado e Predicativo do Sujeito O estudo do predicado O predicado, como já vimos, é o termo da oração que contém o verbo. Apesar de sujeito e predicado serem termos essenciais da oração, há

Leia mais

SINTAXE. Profa. Luana Lemos.

SINTAXE. Profa. Luana Lemos. SINTAXE Profa. Luana Lemos llemos@salesiano.org.br 1 O ESTUDO DO PREDICADO llemos@salesiano.org.br 2 No meu mundo ideal, todo mundo lê Nietzsche, Kant e Schopenhauer. Sujeito Todo mundo também entende

Leia mais

I. Sujeito e predicado: termos essenciais?

I. Sujeito e predicado: termos essenciais? Nome Nº Ano Turma Ensino Gabarito 8º Fund. II Disciplina Professora Natureza Código / Tipo Data Português Claudia Material de Apoio 5 MA5 2º / 2012 24/04/2012 Tema Estudos linguísticos: termos essenciais

Leia mais

Professora Patrícia Lopes

Professora Patrícia Lopes Professora Patrícia Lopes É a junção entre a morfologia e a sintaxe. Trata-se de duas partes da gramática que apesar de estarem envolvidas entre si, constituem-se de particularidades distintas. A morfologia

Leia mais

Concurseiro. Sinta-se a vontade para estudar conosco. Português Prof. Joaquim Bispo. O seu espaço de preparação para concursos públicos

Concurseiro. Sinta-se a vontade para estudar conosco. Português Prof. Joaquim Bispo. O seu espaço de preparação para concursos públicos Espaço do Concurseiro Sinta-se a vontade para estudar conosco Português Prof. Joaquim Bispo O seu espaço de preparação para concursos públicos 1 SINTAXE DA ORAÇÃO Aula 2 Sintaxe: é a parte da gramática

Leia mais

MATERIAL N. 1 AULA 01 SUJEITO: OS PRIMEIROS DIAS DE PAZ SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES NÚCLEO DO SUJEITO: DIAS CONCEITOS FUNDAMENTAIS SUJEITO COMPOSTO

MATERIAL N. 1 AULA 01 SUJEITO: OS PRIMEIROS DIAS DE PAZ SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES NÚCLEO DO SUJEITO: DIAS CONCEITOS FUNDAMENTAIS SUJEITO COMPOSTO AULA 01 SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES CONCEITOS FUNDAMENTAIS FRASE Frase é todo enunciado capaz de transmitir nossas idéias. Uma lua clara iluminava o céu. Socorro! ORAÇÃO É toda frase construída em torno

Leia mais

INTRODUÇÃO À SINTAXE DA LÍNGUA PORTUGUESA

INTRODUÇÃO À SINTAXE DA LÍNGUA PORTUGUESA INTRODUÇÃO À SINTAXE DA LÍNGUA PORTUGUESA FRASE, ORAÇÃO E PERÍODO FRASE: todo enunciado de sentido completo capaz de estabelecer comunicação. Pode ser nominal ou verbal. Nominal: não possui verbo Exemplos:

Leia mais

Exercícios de múltipla escolha

Exercícios de múltipla escolha Exercícios de múltipla escolha 1-A classe gramatical da palavra alegria é: a-substantivo b-adjetivo c-advérbio d-pronome e-sujeito 2-A função sintática da palavra alegria é: a-predicado b-predicativo do

Leia mais

REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO

REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO Observe os exemplos... Marisa comprou um carro. São termos essenciais da oração: Sujeito É o termo da oração sobre quem se declara alguma coisa Predicado É tudo aquilo

Leia mais

Obs: *Predicativo do sujeito Ex.: A situação parece perfeita. * Predicativo do objeto Ex.: Os presos acharam a comida péssima.

Obs: *Predicativo do sujeito Ex.: A situação parece perfeita. * Predicativo do objeto Ex.: Os presos acharam a comida péssima. Obs: *Predicativo do sujeito Ex.: A situação parece perfeita. * Predicativo do objeto Ex.: Os presos acharam a comida péssima. Termos essenciais 1) Sujeito: é o termo a respeito do qual se declara alguma

Leia mais

Professor Marlos Pires Gonçalves

Professor Marlos Pires Gonçalves ADVÉRBIO Ele bebeu muito. Adv. Intensidade Na frase acima o advérbio muito está intensificando o sentido do verbo BEBER. A banda chegou hoje. tempo. Nessa outra frase o advérbio hoje acrescenta ao verbo

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 9 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROFª. SHIRLEY VASCONCELOS

LÍNGUA PORTUGUESA 9 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROFª. SHIRLEY VASCONCELOS LÍNGUA PORTUGUESA 9 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROFª. SHIRLEY VASCONCELOS CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade I Tecnologia: corpo, movimento e linguagem na era da informação. 2 CONTEÚDOS E

Leia mais

Período Composto por Subordinação

Período Composto por Subordinação Período Composto por Subordinação Todo período composto por subordinação contém uma oração principal, acompanhada de uma ou mais orações subordinadas. A oração principal é a que encerra o sentido fundamental

Leia mais

Professora Patrícia Lopes

Professora Patrícia Lopes Professora Patrícia Lopes É a junção entre a morfologia e a sintaxe. Trata-se de duas partes da gramática que apesar de estarem envolvidas entre si, constituem-se de particularidades distintas. A morfologia

Leia mais

Língua. Portuguesa. Sintaxe da Oração

Língua. Portuguesa. Sintaxe da Oração Língua Portuguesa Sintaxe da Oração Frase Oração Período Frase: Bom dia! Ele resolveu a questão. Oração: Ele resolveu a questão. Espero que ele resolva a questão. Frase Oração Período Período Simples:

Leia mais

PORTUGUÊS EXERCÍCIO DE REVISÃO FICHA 1. Canção da América

PORTUGUÊS EXERCÍCIO DE REVISÃO FICHA 1. Canção da América PROFESSOR(A): FERNANDA MACHADO ALUNO(A): Nº SÉRIE: 7º ANO TURMA: TURNO: MANHÃ / /2018 EXERCÍCIO DE REVISÃO FICHA 1 Canção da América PORTUGUÊS Amigo é coisa pra se guardar debaixo de sete chaves, dentro

Leia mais

PREDICAÇÃO VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira

PREDICAÇÃO VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira PREDICAÇÃO VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira PREDICAÇÃO VERBAL VERBO DE LIGAÇÃO; VERBO TRANSITIVO; VERBO INTRANSITIVO. VERBO DE LIGAÇÃO (VL) Indica estado; Liga uma característica do sujeito (predicativo

Leia mais

TERMOS INTEGRANTES. São os termos que se relacionam a um verbo ou a um nome,completando-lhes o sentido.

TERMOS INTEGRANTES. São os termos que se relacionam a um verbo ou a um nome,completando-lhes o sentido. TERMOS INTEGRANTES São os termos que se relacionam a um verbo ou a um nome,completando-lhes o sentido. 1. OBJETO DIRETO: complemento que se liga ao verbo sem preposição. Exemplos: Dois incêndios destruíram

Leia mais

PREDICADO. Profª Fernanda Colcerniani

PREDICADO. Profª Fernanda Colcerniani PREDICADO Profª Fernanda Colcerniani PREDICADO É o termo que expressa aquilo que se afirma a respeito do sujeito: 1. Jardineiros diplomados regam flores [...] sujeito predicado 2. A luz da tua poesia é

Leia mais

Regência Verbal. É a relação de um verbo sobre seus complementos (OD, OI) e adjuntos adverbiais.

Regência Verbal. É a relação de um verbo sobre seus complementos (OD, OI) e adjuntos adverbiais. REGÊNCIA VERBAL Regência Verbal É a relação de um verbo sobre seus complementos (OD, OI) e adjuntos adverbiais. Em alguns casos, a variação de regência provoca uma alteração de sentido do verbo. A seguir,

Leia mais

CLASSES GRAMATICAIS E TERMOS DA ORAÇÃO. Revisão

CLASSES GRAMATICAIS E TERMOS DA ORAÇÃO. Revisão CLASSES GRAMATICAIS E TERMOS DA ORAÇÃO Revisão CLASSES DE PALAVRAS A morfologia está agrupada em dez classes, denominadas classes de palavras ou classes gramaticais. São elas: Substantivo Artigo, Adjetivo,

Leia mais

Complementos verbais

Complementos verbais Complementos verbais Os verbos nocionais que não são acompanhados de complementos são chamados de intransitivos. Os que apresentam complemento são chamados de transitivos. Os transitivos, por sua vez,

Leia mais

Lições de Português pela análise sintática

Lições de Português pela análise sintática Evanildo Bechara Professor Titular e Emérito da Universidade do Estado do Riy'deJãneÍro;(tJERj) e da Universidade Federal Fluminense (UFF) Membro da A caciemia 'Brasileira de Letras e da Academia Brasileira

Leia mais

Estudo dos pronomes. Professora: Raysa Ferreira

Estudo dos pronomes. Professora: Raysa Ferreira Estudo dos pronomes Professora: Raysa Ferreira Por que utilizá-los? Os pronomes possuem a função de substituir um nome (substantivo) ou fazer referência a ele, por isso é importante no processo de coesão

Leia mais

Sumário PARTE 1. MORFOLOGIA Pronomes demonstrativos Pronomes relativos O relativo que O relativo qual O relativo quem...

Sumário PARTE 1. MORFOLOGIA Pronomes demonstrativos Pronomes relativos O relativo que O relativo qual O relativo quem... Sumário Edital sistematizado... 15 Apresentação da Coleção... 17 Apresentação... 19 Sobre português...... 23 PARTE 1 Capítulo 1 MORFOLOGIA 1... 27 Substantivo Adjetivo Advérbio (Pré-requisitos para a concordância

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS

CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS CAUSAIS Principais conjunções causais: porque, visto que, já que, uma vez que, como (= porque). Exemplos: - Não pude comprar o CD porque estava em falta. - Ele

Leia mais

Português. Sintaxe da Oração (Análise Sintática) Professor Carlos Zambeli.

Português. Sintaxe da Oração (Análise Sintática) Professor Carlos Zambeli. Português Sintaxe da Oração (Análise Sintática) Professor Carlos Zambeli www.acasadoconcurseiro.com.br Português SINTAXE DA ORAÇÃO (ANÁLISE SINTÁTICA) Frase: é o enunciado com sentido completo, capaz

Leia mais

APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM

APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM GRAMÁTICA TRADICIONAL SINTAXE II: TERMOS INTEGRANTES E TERMOS ACESSÓRIOS Tutora: Ariana de Carvalho TERMOS INTEGRANTES A nomenclatura está relacionada com a função dos

Leia mais

PREDICAÇÃO VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira

PREDICAÇÃO VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira PREDICAÇÃO VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira PREDICAÇÃO VERBAL VERBO DE LIGAÇÃO; VERBO TRANSITIVO; VERBO INTRANSITIVO. VERBO DE LIGAÇÃO (VL) Indica estado; Liga uma característica do sujeito (predicativo

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 52 Adjunto adnominal

Bárbara da Silva. Português. Aula 52 Adjunto adnominal Bárbara da Silva Português Aula 52 Adjunto adnominal Adjunto Adnominal É o termo que determina, especifica ou explica um substantivo. O adjunto adnominal possui função adjetiva na oração, a qual pode ser

Leia mais

Sumário. Edital sistematizado Apresentação da Coleção Apresentação Sobre português PARTE 1

Sumário. Edital sistematizado Apresentação da Coleção Apresentação Sobre português PARTE 1 Sumário Edital sistematizado... 15 Apresentação da Coleção... 17 Apresentação... 19 Sobre português... 23 PARTE 1 Capítulo 1 MORFOLOGIA 1... 27 Substantivo Adjetivo Advérbio (Pré-requisitos para a concordância

Leia mais

Estudo dos pronomes. Professora: Raysa Ferreira

Estudo dos pronomes. Professora: Raysa Ferreira Estudo dos pronomes Professora: Raysa Ferreira Por que utilizá-los? Os pronomes possuem a função de substituir um nome (substantivo) ou fazer referência a ele, por isso é importante no processo de coesão

Leia mais

Concurseiro. Espaço do. Português Prof. Joaquim Bispo. Sinta-se a vontade para estudar conosco. O seu espaço de preparação para concursos públicos

Concurseiro. Espaço do. Português Prof. Joaquim Bispo. Sinta-se a vontade para estudar conosco. O seu espaço de preparação para concursos públicos Espaço do Concurseiro Sinta-se a vontade para estudar conosco Português Prof. Joaquim Bispo O seu espaço de preparação para concursos públicos 1 Aulas Aula Conteúdo Página 1 Emprego das classes e palavras

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA TERMOS DA ORAÇÃO

LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA TERMOS DA ORAÇÃO LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA TERMOS DA ORAÇÃO 3 Profª. Raquel Freitas Sampaio TERMOS INTEGRANTES DA ORAÇÃO Alguns verbos ou nomes presentes numa oração não possuem sentido completo em si mesmos. Sua significação

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA MÓDULO 8 SINTAXE I. Professora Rosane Reis

LÍNGUA PORTUGUESA MÓDULO 8 SINTAXE I. Professora Rosane Reis LÍNGUA PORTUGUESA Professora Rosane Reis MÓDULO 8 SINTAXE I é relação, concatenação de categorias. Aquela bola amarela caiu no terreno da vizinha pronome substantivo adjetivo verbo preposição EM + artigo

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 54 Predicado II

Bárbara da Silva. Português. Aula 54 Predicado II Bárbara da Silva Português Aula 54 Predicado II Predicado Nominal Apresenta as seguintes características: a) Possui um nome (substantivo ou adjetivo) como núcleo; b) É formado por um verbo de ligação mais

Leia mais

PORTUGUÊS SÉRIE: Pré-Vestibular TERMOS DA ORAÇÃO 3. Profª Raquel Sampaio

PORTUGUÊS SÉRIE: Pré-Vestibular TERMOS DA ORAÇÃO 3. Profª Raquel Sampaio PORTUGUÊS SÉRIE: Pré-Vestibular TERMOS DA ORAÇÃO 3 Profª Raquel Sampaio LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA TERMOS DA ORAÇÃO 3 Profª. Raquel Freitas Sampaio TERMOS INTEGRANTES DA ORAÇÃO Alguns verbos ou nomes

Leia mais

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações Odilei França Graduado em Letras pela Fafipar. Graduado em Teologia pela Faculdade Batista. Professor de Língua Portuguesa para concursos públicos há 22 anos. Predicativo do sujeito e predicativo do objeto

Leia mais

Prof.ª Cristiana Ferreira Nunes

Prof.ª Cristiana Ferreira Nunes Prof.ª Cristiana Ferreira Nunes 2012 São Subordinadas Substantivas as orações equivalentes a substantivos dos períodos simples. Exemplos: Período simples: Substantivo (núcleo do OD) Quero a sua presença

Leia mais

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações Odilei França Graduado em Letras pela Fafipar. Graduado em Teologia pela Faculdade Batista. Professor de Língua Portuguesa para concursos públicos há 22 anos. Predicação verbal e sintaxe do período simples

Leia mais

Aula 18 Termos essenciais da oração II. Professor Guga Valente

Aula 18 Termos essenciais da oração II. Professor Guga Valente Aula 18 Termos essenciais da oração II Professor Guga Valente O meu tempo O meu tempo O meu tempo não é o seu tempo. O meu tempo é só meu. O seu tempo é seu e de qualquer pessoa, até eu. O seu tempo é

Leia mais

Prof. Valber Freitas. Língua Portuguesa. Sintaxe Termos Integrantes

Prof. Valber Freitas. Língua Portuguesa. Sintaxe Termos Integrantes Prof. Valber Freitas Língua Portuguesa Sintaxe Termos Integrantes Sintaxe Termos Integrantes Termos integrantes Objeto Direto Objeto Indireto Complemento Nominal Agente da Passiva Predicativo do Sujeito

Leia mais

AULA 9 CLASSES DE PALAVRAS V MINISTÉRIO DA FAZENDA

AULA 9 CLASSES DE PALAVRAS V MINISTÉRIO DA FAZENDA AULA 9 CLASSES DE PALAVRAS V MINISTÉRIO DA FAZENDA Professor Marlus Geronasso PREPOSIÇÃO Preposição é uma palavra invariável que serve para ligar termos ou orações. Quando esta ligação acontece, normalmente

Leia mais

PREDICAÇÃO VEBAL. Professor Guilherme Medeiros Honorato

PREDICAÇÃO VEBAL. Professor Guilherme Medeiros Honorato PREDICAÇÃO VEBAL Professor Guilherme Medeiros Honorato Predicação Verbal É a parte da Gramática responsável pela verificação da necessidade da complementação de palavras ou expressões que possam dar sentido

Leia mais

Sumário PARTE 1. Apresentação da Coleção Apresentação Sobre português... 23

Sumário PARTE 1. Apresentação da Coleção Apresentação Sobre português... 23 Sumário... 15 Apresentação da Coleção... 17 Apresentação... 19 Sobre português...... 23 PARTE 1 Capítulo 1 MORFOLOGIA 1... 27 Substantivo Adjetivo Advérbio (Pré-requisitos para a concordância nominal)

Leia mais

Transitividade Verbal

Transitividade Verbal Transitividade Verbal 1 Predicação Verbal Chama-se predicação verbal o resultado da ligação que se estabelece entre o sujeito e o verbo e entre os verbos e os complementos. Quanto à predicação, os verbos

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 10 Sintaxe III

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 10 Sintaxe III LÍNGUA PORTUGUESA Professora Rosane Reis MÓDULO 10 Sintaxe III A SUBORDINAÇÃO No período composto por subordinação, há uma que traz presa a si, como dependente, outra ou outras. Dependentes porque cada

Leia mais

TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO SUJEITO E PREDICADO

TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO SUJEITO E PREDICADO TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO SUJEITO E PREDICADO TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO: são aqueles que não podem faltar, pois caso contrário, a oração deixa de existir. São eles: o SUJEITO e o PREDICADO. a) SUJEITO:

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA MÓDULO 7 SINTAXE I. Professora Rosane Reis

LÍNGUA PORTUGUESA MÓDULO 7 SINTAXE I. Professora Rosane Reis LÍNGUA PORTUGUESA Professora Rosane Reis MÓDULO 7 SINTAXE I é relação, concatenação de categorias. Aquela bola amarela caiu no terreno da vizinha pronome substantivo adjetivo verbo preposição EM + artigo

Leia mais

ADVÉRBIOS. Prof.: Dr. Cristiano Xinelági Pereira

ADVÉRBIOS. Prof.: Dr. Cristiano Xinelági Pereira ADVÉRBIOS Prof.: Dr. Cristiano Xinelági Pereira Definições Classe de palavra que exprime uma circunstância. Morfologicamente: é invariável; Semanticamente: expressa uma circunstância (lugar, tempo, modo,

Leia mais

SINTAXE. Acesse e veja nossos produtos:

SINTAXE. Acesse e veja nossos produtos: SINTAXE Veja várias dicas de português para facilitar seu aprendizado. Saiba de forma clara e objetiva muitos termos da sintaxe e tire suas dúvidas sobre os principais temas voltados à sintaxe. Este material

Leia mais

COLÉGIO DIOCESANO SERIDOENSE. Professora: Caliana Medeiros.

COLÉGIO DIOCESANO SERIDOENSE. Professora: Caliana Medeiros. COLÉGIO DIOCESANO SERIDOENSE Professora: Caliana Medeiros. PREDICAÇÃO VERBAL Em função da relação que os verbos estabelecem com outras palavras, podemos dividi-los de duas maneiras: verbos de ligação verbos

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS

LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade IV Ciência- O homem na construção do conhecimento 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES

Leia mais

ADVÉRBIO E LOCUÇÃO ADVERBIAL. Profª. Fernanda Machado

ADVÉRBIO E LOCUÇÃO ADVERBIAL. Profª. Fernanda Machado ADVÉRBIO E LOCUÇÃO ADVERBIAL Profª. Fernanda Machado Em língua portuguesa há 4 categorias gramaticais invariáveis: ADVÉRBIO PREPOSIÇÃO INTERJEIÇÃO CONJUNÇÃO 1. Advérbio DEFINIÇÃO: Advérbio é a palavra

Leia mais

Por. Eduardo Valladares. Monitor: Rodrigo Pamplona

Por. Eduardo Valladares. Monitor: Rodrigo Pamplona Por. Professor: Raphael Hormes Eduardo Valladares Monitor: Rodrigo Pamplona Complemento nominal e adjunto adnominal 15/17 mai RESUMO Complemento nominal e Adjunto adnominal O complemento nominal, como

Leia mais

APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM GRAMÁTICA TRADICIONAL AULA 3: SINTAXE TERMOS ESSENCIAIS. Tutora: Ariana de Carvalho

APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM GRAMÁTICA TRADICIONAL AULA 3: SINTAXE TERMOS ESSENCIAIS. Tutora: Ariana de Carvalho APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM GRAMÁTICA TRADICIONAL AULA 3: SINTAXE TERMOS ESSENCIAIS Tutora: Ariana de Carvalho O QUE É SINTAXE? É a parte da gramática que estuda as relações entre as palavras dentro

Leia mais

LUCAS GONÇALVES GRAMÁTICA

LUCAS GONÇALVES GRAMÁTICA LUCAS GONÇALVES GRAMÁTICA 1. Observe o seguinte excerto retirado do texto: Quando os pais usam sanções que não sejam físicas ou humilhantes (...) e assinale a alternativa correta com relação à formação

Leia mais

ADVÉRBIOS. Prof.: Dr. Cristiano Xinelági Pereira

ADVÉRBIOS. Prof.: Dr. Cristiano Xinelági Pereira ADVÉRBIOS Prof.: Dr. Cristiano Xinelági Pereira Definições Classe de palavra que exprime uma circunstância. Morfologicamente: é invariável; Semanticamente: expressa uma circunstância (lugar, tempo, modo,

Leia mais

Funções do que e do se

Funções do que e do se Funções do que e do se Há muitas dúvidas quanto ao emprego do que e do se, pois podem ser empregados em várias funções morfossintáticas. Portanto, iremos analisar cada termo individualmente, a fim de que

Leia mais

NOME: TURMA: Nº PROFESSOR(A): Carla Manfrinato

NOME: TURMA: Nº PROFESSOR(A): Carla Manfrinato NOME: TURMA: Nº PROFESSOR(A): Carla Manfrinato TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL PROFA. CARLA MANFRINATO 7 ANO A / B. DISCIPLINA: LÍNGUA PORTUGUESA VALOR DO TRABALHO: 0,0 2,0 VALOR DE CADA QUESTÃO: 0,1 ATENÇÃO:

Leia mais

Prof. Eduardo Pereira Machado

Prof. Eduardo Pereira Machado Prof. Eduardo Pereira Machado Período Simples Todos esperam sua volta. Período Composto Todos esperam que você volte. A comparação entre ambas permite concluir que: 1. No período simples, a função de objeto

Leia mais

PORTUGUÊS. aula Agente da passiva, aposto, adjunto adverbial e vocativo

PORTUGUÊS. aula Agente da passiva, aposto, adjunto adverbial e vocativo PORTUGUÊS aula Agente da passiva, aposto, adjunto adverbial e vocativo Agente da passiva NA VOZ PASSIVA, É QUEM AGE, EXECUTA OU PRATICA A AÇÃO VERBAL. QUANDO A ORAÇÃO É COLOCADA NA VOZ ATIVA, PASSA A SER

Leia mais

PRONOMES PESSOAIS. José Antônio Sansevero Martins (Zé Laranja)

PRONOMES PESSOAIS. José Antônio Sansevero Martins (Zé Laranja) PRONOMES PESSOAIS José Antônio Sansevero Martins (Zé Laranja) PRONOMES DO CASO RETO Eu / Tu / Ele(a) / Nós / Vós / Eles(as) Funcionam como SUJEITO; não vêm regidos de preposição. (Ela) Chamou as amigas

Leia mais

SUJEITO + PRONOME RELATIVO + VERBO + COMPLEMENTO. Ex.: Este é o assunto que fiz referência semana passada.

SUJEITO + PRONOME RELATIVO + VERBO + COMPLEMENTO. Ex.: Este é o assunto que fiz referência semana passada. PREPOSIÇÃO Ordem Direta da Oração: Sujeito + verbo + Complemento Ex.: Todos gostam de carnaval. Todos gostam carnaval. PREPOSIÇÃO QUEM ALGO ALGUÉM ALGUMA COISA SUJEITO + PRONOME RELATIVO + VERBO + COMPLEMENTO

Leia mais

Português. Aula 05. Professor: Ulisses Coelho Blog:

Português. Aula 05. Professor: Ulisses Coelho   Blog: Português Aula 05 Professor: Ulisses Coelho Email: ulisses.1986@hotmail.com Blog: http://entre-palavras-e-acordes.webnode.com/ Pronomes Substantivos: Eu sou professor. Adjetivos: Minha prima chega hoje

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA PEDRO HENRIQUE (PH)

LÍNGUA PORTUGUESA PEDRO HENRIQUE (PH) LÍNGUA PORTUGUESA PEDRO HENRIQUE (PH) Introdução ao Estudo do Predicado... PREDICADO Aquilo que é dito em relação ao sujeito*; tudo na oração, exceto o sujeito. Exemplos Paulo comprou um livro. A aluna

Leia mais

Termos ligados ao nome. adnominal e aposto) e o vocativo. Apostila 2, Capítulo 4 Unidades 21 a 24 (pág. 407 a 417) Professora Simone

Termos ligados ao nome. adnominal e aposto) e o vocativo. Apostila 2, Capítulo 4 Unidades 21 a 24 (pág. 407 a 417) Professora Simone Termos ligados ao nome (complemento nominal, adjunto adnominal e aposto) e o vocativo Apostila 2, Capítulo 4 Unidades 21 a 24 (pág. 407 a 417) Professora Simone 2 Regência Nominal Designa a relação existente

Leia mais

O predicado é o termo da oração que contém o verbo. Apesar de sujeito e predicado serem termos essenciais da oração, há situações (com verbos

O predicado é o termo da oração que contém o verbo. Apesar de sujeito e predicado serem termos essenciais da oração, há situações (com verbos O predicado é o termo da oração que contém o verbo. Apesar de sujeito e predicado serem termos essenciais da oração, há situações (com verbos impessoais) em que a oração não possui sujeito. Porém, não

Leia mais

Hoje vamos aprender um pouquinho sobre Regência Verbal, já que em muitos casos a língua espanhola difere muito da portuguesa.

Hoje vamos aprender um pouquinho sobre Regência Verbal, já que em muitos casos a língua espanhola difere muito da portuguesa. Introdução Hoje vamos aprender um pouquinho sobre Regência Verbal, já que em muitos casos a língua espanhola difere muito da portuguesa. Entretanto, antes de passarmos a analisar a regência de alguns verbos,

Leia mais

SEXTA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco

SEXTA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco SEXTA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET Professora: Sandra Franco 1. Aposto e a vírgula. 2. Adjunto Adverbial e a vírgula. 3. Vocativo e a vírgula. 4. Uso da Vírgula. Resumo. 5. Exercícios. 1. Aposto e a vírgula.

Leia mais

Complemento nominal Adjunto adnominal Objeto indireto Predicativo do sujeito Predicativo do objeto Adjunto Adverbial Agente da passiva Aposto e

Complemento nominal Adjunto adnominal Objeto indireto Predicativo do sujeito Predicativo do objeto Adjunto Adverbial Agente da passiva Aposto e Complemento nominal Adjunto adnominal Objeto indireto Predicativo do sujeito Predicativo do objeto Adjunto Adverbial Agente da passiva Aposto e Vocativo Tipos de predicado COMPLEMENTO NOMINAL OU ADJUNTO

Leia mais

Funções sintáticas. Porto Editora

Funções sintáticas. Porto Editora Funções sintáticas Funções sintáticas 1. Funções sintáticas ao nível da frase 2. Funções sintáticas internas ao grupo verbal Quais são as funções sintáticas ao nível da frase? Sujeito Predicado Vocativo

Leia mais

Português. Funções do Que e do Se. Professor Carlos Zambeli.

Português. Funções do Que e do Se. Professor Carlos Zambeli. Português Funções do Que e do Se Professor Carlos Zambeli www.acasadoconcurseiro.com.br Português FUNÇÕES DO QUE E DO SE A palavra QUE Pronome Relativo refere-se a um nome (substantivo, pronome pessoal,

Leia mais

Qual a função dele na construção de sentido do texto?

Qual a função dele na construção de sentido do texto? Adjunto adnominal Qual a função dele na construção de sentido do texto? Função: Caracterizam, identificam, restringem, determinam ou indeterminam o termo que funciona como substantivo (nome). Chamada de

Leia mais

CAPÍTULO 01 - INTERPRETAÇÃO DE TEXTO TIPOS DE TEXTO GÊNERO DE TEXTO TIPOS DE DISCURSO... 21

CAPÍTULO 01 - INTERPRETAÇÃO DE TEXTO TIPOS DE TEXTO GÊNERO DE TEXTO TIPOS DE DISCURSO... 21 sumário CAPÍTULO 01 - INTERPRETAÇÃO DE TEXTO...14 1.1.TIPOS DE TEXTO... 15 1.2.GÊNERO DE TEXTO... 20 1.3.TIPOS DE DISCURSO... 21 1.3.1. DISCURSO DIRETO... 22 1.3.2. DISCURSO INDIRETO... 22 1.3.3. DISCURSO

Leia mais

REGÊNCIA. A sintaxe de regência estuda as relações entre um nome ou um verbo e seus complementos. Há dois tipos de regência:

REGÊNCIA. A sintaxe de regência estuda as relações entre um nome ou um verbo e seus complementos. Há dois tipos de regência: REGÊNCIA A sintaxe de regência estuda as relações entre um nome ou um verbo e seus complementos. Há dois tipos de regência: Regência nominal; Regência verbal. É a relação de um verbo sobre seus complementos

Leia mais

: é o termo da oração que, através de um verbo, projeta alguma afirmação sobre o sujeito.

: é o termo da oração que, através de um verbo, projeta alguma afirmação sobre o sujeito. feita através do predicado. : é o termo da oração que funciona como suporte de uma afirmação : é o termo da oração que, através de um verbo, projeta alguma afirmação sobre o sujeito. A pequena criança

Leia mais

CLASSE DE PALAVRAS PARTE 08

CLASSE DE PALAVRAS PARTE 08 CLASSE DE PALAVRAS PARTE 08 Pronome: (Substitui ou acompanha o substantivo) Ex.: Prendi teu cachorro, mas não o maltratei. Quando um pronome acompanha um substantivo é chamado de pronome adjetivo. Já,

Leia mais

EXERCÍCIOS DE ANÁLISE SINTÁTICA (PERÍODO SIMPLES) adnominal;

EXERCÍCIOS DE ANÁLISE SINTÁTICA (PERÍODO SIMPLES) adnominal; EXERCÍCIOS DE ANÁLISE SINTÁTICA (PERÍODO SIMPLES) 1. Considere a frase Ele andava triste porque não encontrava a companheira os verbos grifados são a) transitivo direto de ligação; b) de ligação intransitivo;

Leia mais

Funções sintáticas. Porto Editora

Funções sintáticas. Porto Editora Funções sintáticas Funções sintáticas ao nível da frase Sujeito Função sintática desempenhada por grupos nominais ou por alguns tipos de orações. O sujeito pode ser classificado como: sujeito simples sujeito

Leia mais

Obs.: Essa regra de concordância é excessivamente cobrada por todas as bancas.

Obs.: Essa regra de concordância é excessivamente cobrada por todas as bancas. Obs.: Se o verbo haver, com o sentido de existir, for o principal de uma locução verbal, seu auxiliar também ficará no singular. Ex.: Deve haver reclamações. (Devem existir reclamações) Obs.: Essa regra

Leia mais

Oração subordinada: substantiva relativa e adjetiva relativa

Oração subordinada: substantiva relativa e adjetiva relativa Oração subordinada: substantiva relativa e adjetiva relativa Relação entre um elemento subordinante (palavra, constituinte ou oração) e uma oração subordinada. As orações subordinadas podem ser: adverbiais

Leia mais

9 - (CESGRANRIO) Complete CORRETAMENTE as lacunas da seguinte frase: A obra de Huxley, se faz alusão no texto, descreve uma sociedade os atos dos

9 - (CESGRANRIO) Complete CORRETAMENTE as lacunas da seguinte frase: A obra de Huxley, se faz alusão no texto, descreve uma sociedade os atos dos 9 - (CESGRANRIO) Complete CORRETAMENTE as lacunas da seguinte frase: A obra de Huxley, se faz alusão no texto, descreve uma sociedade os atos dos indivíduos são controlados por um sistema de televisão.

Leia mais

Pronomes. Nomes são palavras com valor lexical, isto é, com significado em si mesmas.

Pronomes. Nomes são palavras com valor lexical, isto é, com significado em si mesmas. Pronomes Nome X Pronome Pronomes Nomes são palavras com valor lexical, isto é, com significado em si mesmas. Ex.: bola, azul, carro... Pronomes são palavras com valor gramatical, isto é, sem significação

Leia mais

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS APRESENTAÇÃO PARTE I FONÉTICA

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS APRESENTAÇÃO PARTE I FONÉTICA Súmario Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 15 APRESENTAÇÃO... 17 PARTE I FONÉTICA CAPÍTULO 1 ORTOGRAFIA... 21 1. Introdução... 21 2. O alfabeto...21 3. Emprego das letras

Leia mais