V. ORGANIZANDO OS PROGRAMAS DE TREINAMENTO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "V. ORGANIZANDO OS PROGRAMAS DE TREINAMENTO"

Transcrição

1 UNIVERSITY- 31 V. ORGANIZANDO OS PROGRAMAS DE TREINAMENTO 1. PROGRAMANDO OS INSTRUTORES A UNIVERSITY é a responsável pela organização dos Programas de Treinamento como um todo. Sendo assim, é a responsável pela seleção de instrutores que ministrarão as aulas dos Programas de Treinamento. Todas as pessoas que forem escolhidas como instrutoras de treinamento deverão passar por um processo prévio de informação e instrução para que não ocorram distorções entre as aulas e o conteúdo do manual, independente de onde forem destacadas. Os responsáveis de cada área dentro da empresa são as pessoas mais indicadas para passar as informações correspondentes no treinamento, uma vez que as mesmas são responsáveis pela atualizaçáo do conteúdo dos manuais que são a base do Programa. Assirn seria interessante, por exemplo, convidar o responsável pela administração de fluxo de caixa para ministrar as aulas sobre o assunto, da mesma forma que o responsável pela emissão de passagens para orientar nos procedimentos necessários. A UNIVERSITY deverá repassar aos instrutores: os objetivos do Programa de Treinamento; noções básicas a respeito do Sistema Franchísing e da filosofia da rede Os instrutores da UNIVERSITY podem ser externos, desde que obedeçam a alguns critérios. Antes de convidá-los, observe; o instrutor deve ter estado, ou estar ligado, à pelo fornecimento de produtos, serviços e tecnologia. Esses fornecedores serão as pessoas mais indicadas para dar informações a respeito dos produtos que comercializam, uma vez que isso faz parte de seu dia-adia;

2 UNIVERSITY- 32 boa aparência; facilidade de comunicação, fazendo o uso correto da linguagem; conhecimento do tema que vai abordar; ter boa didática; ser calmo e paciente para o esclarecimento de dúvidas. É interessante que você prepare uma pequena brochura (Manual do Palestrante em anexo) com as informações básicas para que o instrutor se prepare para a apresentação. Nesse material, inclua: quais são os objetívos do treinamento; quem será o público; qual deverá ser o conteúdo da apresentação (apresentação do palestrante, da empresa, desenvolvimento do assunto, etc.); instruções quanto ao material a ser apresentado (lay-out das transparências, padrões utilizados, etc.); verificar com o palestrante quais os equipamentos necessários para a apresentação; qual o horário de sua apresentação. O material deve ser simples, mas com as informações necessárias para direcionar a apresentação. É interessante que você convide o palestrante para que ele assista a uma aula de outro assunto qualquer para que ele possa presenciar o esquema do treinamento.

3 UNIVERSITY- 33 Esses instrutores devem receber uma carta/calendário com todas as datas previstas para os Programas de Treinamento, a fim de que possam se disponibilizar em função destas. MODELO CARTA PALESTRANTE São Paulo. 1 > de fevereiro Pre:ado (a) Paleslrante: João Araújo PRÓ Agradecemos imensamente por ler aceito no. conhecimentos durante o Programa de Treinamento ' convite para pasxar seux s novos integrantes da rede Gostaríamos de informá-lo que sua palestra está tareada para o dia 15/04,94 às 1O:OO horas. Solicitamos que chegue 30 minutos mtes de sua apresentação para que possamos fa:er os preparativos finais. A FL YTOUR UNIVERSITY está localizada no seguinte endereço: RUA CAMPO VERDE. 61 -(f ANDAR JARDIM PA UUSTANO - SÃO PA ULO-SP Coxo tenha alguma dúvida com relação ao material enviado, entre e n a UNIVERSITY que estaremos prontos a atendê-lo. Segue em anexo a lista dos Ireinandas que participarão dessa aula. A tenciosamente, Gerente da UNIVERSITT ;'

4 UNIVERSITY INFRA-ESTRUTURA DA UNIVERSITY A UNIVERSITY é composta pela Unidade Piloto e por um Centro de Treinamento. PILOTO É o espelho de toda a operação formatada. Portanto, é indispensável que todos os procedimentos operacionais e de controle sejam extremamente bem efetuados, pois será a partir da Unidade Piloto que os franqueados e suas equipes começarão a operar mais uma agência, uma vez que a parte prática dos treinamentos serão ali ministradas. CENTRO BE É o local onde os treinandos passarão boa parte do tempo durante o Programa de Treinamento, recebendo as informações mais teóricas, por isso ela deve dispor de algumas condições que são indispensáveis: boa iluminação; mesas e cadeiras confortáveis; bom arejamento/ventilação; ar condicionado; computadores; TV e vídeo; retroprojetor; quadro branco; mesa de apoio para instrutor; relógio de parede;

5 UNIVERSITY- 35 limpeza; lixeira; café e água;

6 UNIVERSITY TRANSPORTES E ACOMODAÇÕES A UNIVERSITY tem como dever auxiliar o franqueado e seus funcionários antes e durante a sua estadia em São Paulo no período de treinamento, no caso de pessoas provenientes de outras cidades. A UNIVERSITY deverá, em nome da rede, realizar convénios com os hotéis, restaurantes e locadoras de automóveis escolhidos a fim de conseguir preços mais favoráveis em função do grande número de treinandos que irá utilizar estes serviços. A UNIVERSITY deve ainda, a título de cortesia, colocar-se a disposição para efetuar reservas de hotéis ou flats para os treinandos, bem como providenciar reserva para locação de veículos, se for de interesse do treinando. Para isso, algumas providências devem ser tomadas: Visitar e cadastrar no mínimo 02 hotéis, negociando melhores condições de pagamento para os treinandos. Como o período de treinamento é longo, sugerimos que sejam cadastrados também flats. Levar em consideração os seguintes dados: descrição do hotel ou flat e quartos; localização do hotel ou flat com relação ao Centro de Treinamento; endereços completos e telefones dos mesmos.

7 UNIVERSITY - 37 TRANSPORTES Providenciar: tabela com opções rodoviárias; tabelas com horários de voos; telefone com serviços de táxi; telefone de locadoras de veículos. Fazer uma previsão de gastos com serviços de táxi e comparar com o valor de aluguel de um veículo. Fazer uma relação de restaurantes e lanchonetes próximas ao Centro de Treinamento. Isso auxiliará os participantes na escolha durante o período de treinamento. Esta lista deverá estar a disposição para ser consultada pelos treinandos. V7 IMPORTANTE: O Gerente da UNIVERSITY deve, como recepção de boasvindas, levar o grupo para almoçar no 1 dia do treinamento. Todas essa informações, bem como condições climáticas, roupas adequadas, também serão passadas aos franqueados e seus funcionários através de urna carta e do Manual do Treinando (vide Plano de Comunicação).

8 UNIVERSITY LISTA DE PARTICIPANTES A lista de participantes é uma relação de pessoas que estarão sendo treinadas num determinado Programa de Treinamento. Tem como função concentrar informações num só local, fornecer dados para o preenchimento dos Certificados de Participação e dos crachás. Deve-se preencher a lista de participantes de acordo com a chegada dos Formulários de Registro. MODELO LISTA DE PARTICIPANTES PROGRAMA DE TREINAMENTO % PARA FUNCIONÁRIOS FLy^UR PROGRAMA DE Tl PARA FRANQUEA USTA DE PARTICIPAM! DATA DO TREINAMENTO: 26/0 JoSo Araújo Marcos Fonseca LISTA DE PARTICIPANTES DATA DO TREINAMENTO; 04/04/94 a 1&/04/ (U. NOHI Caria» Santana Lúcia Kodriguee Jorge Siqueira IHDtttÇO lua Prudente de Mor»»^OO\ 3 Kio (02\} de Janeiro Final - KJ Abril Av. BTMÍÍ, 5245 Apto IO Kfo de Janeiro - KJ Av. Bermanbetlba 29, apto. O3 Rio àe Janeiro - KJ fom (02\) 225 C759 (021) DATA MIV11TA AIHTUIA riahbuu Fina! Abril pfrutf Abril W

9 UNIVERSITY SISTEMAS DE AVALIAÇÃO Dois pontos devem ser avaliados dentro do Programa de Treinamento: os treinandos; o próprio Programa, 5.1. AVALIAÇÃO DOS TREINANDOS É muito importante que os treinandos sofram uma avaliação. Porém, este processo deve ocorrer de maneira sutil para que o treinando não se sinta sob pressão. Por isso, entregue a folha de testes no início do treinamento para que ele possa verificar os itens mais importantes dos assuntos em questão. A avaliação dos treinandos servirá como instrumento de fixação dos conceitos e informações durante todo o treinamento. Para alcançar esses objetivos, a melhor forma é criar uma dinâmica, onde todos os treinandos participem sob orientação e avaliação do responsável pela UNIVERSITY, que deve estar apto a responder qualquer dúvida pertinente ao Programa. Nesta dinâmica de fixação, as dúvidas colocadas pelos treinandos serão respondidas pelos próprios treinandos. Este processo deve ocorrer sempre ao final de cada aula, no espaço reservado para esclarecimento de dúvidas AVALIAÇÃO DO PROGRAMA DE TREINAMENTO A melhor forma de avaliar o Programa de Treinamento é através de um Questionário de Avaliação que será preenchido pelos treinandos, individualmente, pelo qual a UNIVERSITY poderá verificar a eficiência do Programa como um todo.

10 UNIVERStTY - 40 Este questionário de avaliação deve ser de fácil leitura e preenchimento. Você encontrará a seguir alguns pontos que devem ser avaliados e questionados dentro do Programa de Treinamento: tempo de duração material metodologia desempenho dos instrutores assuntos que deveriam ser aprofundados impressões gerais sugestões O resultado das avaliações deverá ser discutido internamente a fim de que, se necessário, seja reestruturado o Programa. MODELO QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO. O DBWKKHO DÓI M! João Araújo Dota ao tworrwnto 2& jq2 i94 *22 io2»94 1. DÊ SUAS IMPRESSÕES SOBRE; o D 1IMM M DMAÇÃO DO RBHUlBtTO D tuto E " *** n **> b. A IWUÉHCU IÓ«KA OOS HÓOU.K 1 t. à MIT0001MU imuuda á. 0 HATHIAL DISHUUIDO 2. DESCREV/j PROGRAMA *. 01 ikuitot irnuiadot 1. 01KlUt «OIDtóOV, m

11 UNIVERSITY CRACHÁS E CERTIFICADOS DE PARTICIPAÇÃO 6.1. CRACHÁ O crachá serve para identificação dos íreinandos entre si e também por parte dos instrutores, O conhecimento dos nomes, uns dos outros, torna o ambiente mais agradável e amistoso. Afinal, essas pessoas passarão um bom tempo juntas. Deve ser feito com antecedência para entrega aos participantes na abertura do Programa de Treinamento com base na Lista de Participantes. É obrigatório, enquanto dentro do Centro de Treinamento, o uso do crachá. MODELO CRACHÁ UNIVERSITY Marcelo Silva NOME DO INSTRUTOR UNIVERSITY João Araújo NOME DO PARTICIPANTE

12 UNIVERSITY CERTIFICADOS DE PARTICIPAÇÃO O Certificado de Participação é um instrumento de marketing, uma vez que ele agrega cada treinando à família. O objetivo é mostrar ao franqueado que, após o período de treinamento, ele está apto a administrar sua agência. O Certificado de Participação deve ser preenchido pela UNIVERSITY assim que se iniciar o Programa de Treinamento para Franqueados, com base na Lista de Participantes confirmada e deve ser assinado pelo Diretor da Empresa Franqueadora e pelo responsável da Universidade. Informe-o a melhor posição na agência em que deve ser pendurado o Certificado. O Certificado será entregue aos franqueados no coquetel de encerramento do treinamento. OBS: De preferência entregue o Certificado já emoldurado.

13 UNIVERSITY - 43 MODELO CERTIFICADO DE PARTICIPAÇÃO PARTICIPOU DO PROGRAMA DE TREINAMENTO PARA FRANQUEADOS REALIZADO NESTA UNIVERSBJADE :.=";; NO PERÍODO DE 28/02/9* A 22/03/94 SÃO RAULO. 23 DE MARÇO DE 1894.

EVENTOS DE GRANDE PORTE

EVENTOS DE GRANDE PORTE EVENTOS DE GRANDE PORTE EVENTOS DE GRANDE PORTE Dicas e listas de verificação Dicas e listas de verificação 1. Começando o planejamento: Qual o objetivo do evento? O que se espera que os participantes

Leia mais

Procedimento Para Abertura do Chamado

Procedimento Para Abertura do Chamado 1. OBJETIVO Abertura e acompanhamento de chamados no Sistema de Chamados Zenisys. 2. DESCRIÇÃO 2.1 OS Ticket Para efetuar a abertura de um chamado, deve-se acessar o endereço http://www.seniorabc.com.br/atendimento.

Leia mais

SUMÁRIO CAMPANHAS... 2 Como solicitar a produção de campanha de divulgação?... 2 EVENTOS... 3 Como solicitar a realização de eventos?...

SUMÁRIO CAMPANHAS... 2 Como solicitar a produção de campanha de divulgação?... 2 EVENTOS... 3 Como solicitar a realização de eventos?... SUMÁRIO CAMPANHAS... 2 Como solicitar a produção de campanha de divulgação?... 2 EVENTOS... 3 Como solicitar a realização de eventos?... 3 MATERIAIS IMPRESSOS... 4 Como solicitar a produção de material

Leia mais

Frequently Asked Questions Perguntas & Respostas

Frequently Asked Questions Perguntas & Respostas Frequently Asked Questions Perguntas & Respostas FAQ (frequently asked questions) Perguntas e Respostas 1 Quando surgiu a UNS? A UNS Idiomas iniciou suas atividades na cidade de São Paulo, onde está localizada

Leia mais

Treinamento de Pessoal da Rede. Avaliação dos Resultados dos Programas de Treinamento Concessionárias - ISO - 9001

Treinamento de Pessoal da Rede. Avaliação dos Resultados dos Programas de Treinamento Concessionárias - ISO - 9001 Treinamento de Pessoal da Rede Avaliação dos Resultados dos Programas de Treinamento Concessionárias - ISO - 9001 MANUAL DE AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO Visando avaliar a qualidade dos programas de Treinamento

Leia mais

Com este propósito, estamos apresentando o Programa de Treinamento a Clientes 2014.

Com este propósito, estamos apresentando o Programa de Treinamento a Clientes 2014. DEPARTAMENTO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA PROGRAMA DE TREINAMENTO A CLIENTES 2014 Caro cliente, Você tem acompanhado o compromisso da Marcopolo em oportunizar treinamentos para a capacitação e o aperfeiçoamento

Leia mais

3. Documentos de referência Manual de Eventos Item 3

3. Documentos de referência Manual de Eventos Item 3 Sumário 1. Objetivo 2. Envolvidos 3. Documentos de referência 4. Definições e codificações 5. Ciclo do processo 6. Fluxograma 7. Lista das Atividades e das responsabilidades 8. Arquivos 9. Anexos 1. Objetivo

Leia mais

CARTA CONVITE CONFERÊNCIA REGIONAL EM BELO HORIZONTE COM O IRMÃO DONG YU LAN 21 e 22 de Março de 2015

CARTA CONVITE CONFERÊNCIA REGIONAL EM BELO HORIZONTE COM O IRMÃO DONG YU LAN 21 e 22 de Março de 2015 CARTA CONVITE CONFERÊNCIA REGIONAL EM BELO HORIZONTE COM O IRMÃO DONG YU LAN 21 e 22 de Março de 2015 I. LOCAL E HORÁRIO: A. LOCAL: SESC VENDA NOVA GINÁSIO POLIESPORTIVO Ginásio Poliesportivo - Sesc Venda

Leia mais

Com este propósito, estamos apresentando o Programa de Treinamento a Clientes 2012.

Com este propósito, estamos apresentando o Programa de Treinamento a Clientes 2012. DEPARTAMENTO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA PROGRAMA DE TREINAMENTO A CLIENTES 2012 Caro cliente, Você tem acompanhado o compromisso da Marcopolo em oportunizar treinamentos para a capacitação e o aperfeiçoamento

Leia mais

NÃO SABIA QUE IRIA SER ISENTO DO PAGAMENTO DA TAXA DE INSCRIÇÃO E JÁ EFETUEI O PAGAMENTO. VOU RECEBER RESSARCIMENTO?

NÃO SABIA QUE IRIA SER ISENTO DO PAGAMENTO DA TAXA DE INSCRIÇÃO E JÁ EFETUEI O PAGAMENTO. VOU RECEBER RESSARCIMENTO? Índice 01 INSCRIÇÕES E RETIRADA DE MATERIAL (CREDENCIAMENTO) PRECISO REALIZAR INSCRIÇÃO NO ENCONTRO? COMO POSSO EFETUAR O PAGAMENTO DE MINHA INSCRIÇÃO? NÃO SABIA QUE IRIA SER ISENTO DO PAGAMENTO DA TAXA

Leia mais

FICHA DE INSCRIÇÃO TREINAMENTOS M3CORP

FICHA DE INSCRIÇÃO TREINAMENTOS M3CORP FICHA DE INSCRIÇÃO PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÃO 1. Inscrição: Todos os interessados em participar de qualquer treinamento M3Corp deverão preencher a ficha de inscrição e enviá-la com os dados do participante

Leia mais

CENTRO INVIOLÁVEL DE TREINAMENTO. Manual de Orientação

CENTRO INVIOLÁVEL DE TREINAMENTO. Manual de Orientação CENTRO INVIOLÁVEL DE TREINAMENTO Manual de Orientação FINALIDADE Esse documento tem o propósito de orientá-lo a respeito dos treinamentos ministrados no CIT em Francisco Beltrão Pr. INVIOLAVEL Fundada

Leia mais

MANUAL PORTAL ACADÊMICO

MANUAL PORTAL ACADÊMICO MANUAL PORTAL ACADÊMICO Sumário Sumário... 2 1. Apresentação... 3 2. Navegação no site da Escola do Legislativo... 4 3. Ministrante... 6 3.1.Cadastro de ministrante... 6 3.2. Preencher os campos... 7 3.3

Leia mais

Com este propósito, estamos apresentando o Programa de Treinamento a Clientes 2013.

Com este propósito, estamos apresentando o Programa de Treinamento a Clientes 2013. DEPARTAMENTO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA PROGRAMA DE TREINAMENTO A CLIENTES 2013 Caro cliente, Você tem acompanhado o compromisso da Marcopolo em oportunizar treinamentos para a capacitação e o aperfeiçoamento

Leia mais

AGENDAMENTO E REALIZAÇÃO DE EVENTOS (DA SMCC E DE TERCEIROS)

AGENDAMENTO E REALIZAÇÃO DE EVENTOS (DA SMCC E DE TERCEIROS) FINALIDADE: Esta norma por finalidade normatizar a realização de eventos, tanto da própria SMCC (Diretoria ou Departamentos e Comitês Científicos da SMCC) quanto eventos de terceiros, realizados nas dependências

Leia mais

!!!!!!! !!!!!!!!!!! FORMULÁRIOS PARTE II

!!!!!!! !!!!!!!!!!! FORMULÁRIOS PARTE II PARTE II FORMULÁRIOS 2 À PROMOTORA FORMULÁRIO No. 01 APRESENTAÇÃO DA MONTADORA E TERMO DE RESPONSABILIDADE EMPRESA MONTADORA: CNPJ: RESPONSÁVEL: TELEFONE: A empresa montadora acima designada foi contratada

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS PARA REALIZAÇÃO DE EVENTOS

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS PARA REALIZAÇÃO DE EVENTOS MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS PARA REALIZAÇÃO DE EVENTOS PARTE I Passo a Passo PARTE II Manual para Apresentação de Projetos PARTE III Modelo de Projeto para Execução PROPOSTA DE

Leia mais

Manual Cadastro Completo

Manual Cadastro Completo Manual Cadastro Completo Índice 1. Objetivo... 3 2. O Projeto e-suprir... 3 3. Fluxo do Processo de Cadastro... 3 4. Cadastro Simples... 4 5. Recebendo Usuário e Senha... 7 6. Cadastro Completo... 7 7.

Leia mais

Hotel Colônia AOJESP PACOTES Alta Temporada 2011/2012

Hotel Colônia AOJESP PACOTES Alta Temporada 2011/2012 Hotel Colônia AOJESP PACOTES Alta Temporada 2011/2012 PACOTE ENTRADA SAÍDA DIÁRIAS DEZEMBRO 30/11/2011 QUA 05/12/2011 SEG 5 07/12/2011 QUA 12/12/2011 SEG 5 14/12/2011 QUA 19/12/2011 SEG 5 NATAL 21, 22,

Leia mais

FORMULÁRIO DAS AÇÕES DE EXTENSÃO

FORMULÁRIO DAS AÇÕES DE EXTENSÃO Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão Proppex Supervisão de Extensão 1. IDENTIFICAÇÃO DA ORIGEM FORMULÁRIO DAS AÇÕES DE EXTENSÃO 1.1. TÍTULO: Viagens de Estudos e Visitas Técnicas Internacionais

Leia mais

O O2 fica na Av. José Silva de Azevedo Neto, 200 Bloco 1 Evolution II - Barra da Tijuca.

O O2 fica na Av. José Silva de Azevedo Neto, 200 Bloco 1 Evolution II - Barra da Tijuca. O Centro Empresarial O2 é um ambiente voltado para a qualidade de vida. O condomínio possui instalações ao ar livre e aproximadamente 70% da área do condomínio, cerca de 50.000m², é destinado ao paisagismo

Leia mais

[PÚBLICA] Manual Operacional. Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet. Produto: Consignado

[PÚBLICA] Manual Operacional. Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet. Produto: Consignado 1 [PÚBLICA] Manual Operacional Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet Produto: Consignado ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1. Objetivo do Manual... 3 1.2. Público Alvo... 3 1.3. Conteúdo do Manual... 3

Leia mais

CURSOS NACIONAIS DE FORMAÇÃO SINDICAL CES e CTB - Janeiro/2015

CURSOS NACIONAIS DE FORMAÇÃO SINDICAL CES e CTB - Janeiro/2015 São Paulo, 1 de dezembro de 2014. Ofício CES e CTB III Comunicado CURSOS NACIONAIS DE FORMAÇÃO SINDICAL CES e CTB - Janeiro/2015 Companheiros e Companheiras Conforme solicitação o CENTRO NACIONAL DE ESTUDOS

Leia mais

Associação Comercial Industrial e Agrícola de Ouro Fino

Associação Comercial Industrial e Agrícola de Ouro Fino REGULAMENTO DO USO DA SALA DE TREINAMENTO E AUDITÓRIO DA ACIA OURO FINO 01 - As Salas e espaços na sede da ACIA Ouro Fino poderão ser utilizados por seus associados e por não associados conforme os termos

Leia mais

1. INTRODUÇÃO... 1 2. OBJETIVO... 1 3. FORMAS DE ACESSO... 1 4. COMO ACESSAR O SISTEMA?... 1 5. ESQUECI MINHA SENHA, O QUE DEVO FAZER?... 2 6.

1. INTRODUÇÃO... 1 2. OBJETIVO... 1 3. FORMAS DE ACESSO... 1 4. COMO ACESSAR O SISTEMA?... 1 5. ESQUECI MINHA SENHA, O QUE DEVO FAZER?... 2 6. 1. INTRODUÇÃO... 1 2. OBJETIVO... 1 3. FORMAS DE ACESSO... 1 4. COMO ACESSAR O SISTEMA?... 1 5. ESQUECI MINHA SENHA, O QUE DEVO FAZER?... 2 6. COMO FAZER UMA SOLICITAÇÃO DE VIAGEM?... 3 7. COMO FAZER A

Leia mais

ANQUI AS DE AÚÊN. R ir*. ' l r >

ANQUI AS DE AÚÊN. R ir*. ' l r > ANQUI AS DE AÚÊN R ir*. ' l r > V v i fill! ç;. íi : 5 *3 lá al i!m«m í5tu UMA AGENCIA DE PRIMEIRO MUNDO A Agência de Viagens e Turismo Flytour se diferencia das demais porque: utiliza os mais avançados

Leia mais

PROGRAMA PROGOVERNO BIRD

PROGRAMA PROGOVERNO BIRD PROGRAMA PROGOVERNO BIRD TERMO DE REFERÊNCIA Nº 01/2013 TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA DE EMPRESA ESPECIALIZADA QUE IRÁ DESENVOLVER E MINISTRAR TREINAMENTO NA ELABORAÇÃO DE TERMO DE

Leia mais

Que tal ser. Gerente da sua própria Franquia?

Que tal ser. Gerente da sua própria Franquia? Que tal ser Gerente da sua própria Franquia? O que os R$53.400 incluem? Seja o seu próprio chefe com investimentos a partir de R$53.400. Montagem da Loja R$53.400 Estimado Taxa de Franquia Primeira Compra

Leia mais

POLÍTICA INSTITUCIONAL DE VIAGENS

POLÍTICA INSTITUCIONAL DE VIAGENS POLÍTICA INSTITUCIONAL DE VIAGENS 1 INTRODUÇÃO A ANEC Associação Nacional de Educação Católica do Brasil, através de sua estrutura organizacional e de seus colaboradores, tem avançado muito no cumprimento

Leia mais

CÍNDICE CONGRESSISTA 1. O COLÓQUIO 2. INSCRIÇÕES E RETIRADA DE MATERIAL 3. CRACHÁ 4. TRANSPORTE 5. SINALIZAÇÃO DAS SALAS 6. PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA

CÍNDICE CONGRESSISTA 1. O COLÓQUIO 2. INSCRIÇÕES E RETIRADA DE MATERIAL 3. CRACHÁ 4. TRANSPORTE 5. SINALIZAÇÃO DAS SALAS 6. PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA CÍNDICE CONGRESSISTA 1. O COLÓQUIO 2. INSCRIÇÕES E RETIRADA DE MATERIAL 3. CRACHÁ 4. TRANSPORTE 5. SINALIZAÇÃO DAS SALAS 6. PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA 7. CERTIFICADOS 8. PROGRAMAÇÃO SOCIAL 9. SEGURANÇA Neste

Leia mais

Kit de Apoio à Gestão Pública 1

Kit de Apoio à Gestão Pública 1 Kit de Apoio à Gestão Pública 1 Índice CADERNO 3: Kit de Apoio à Gestão Pública 3.1. Orientações para a reunião de Apoio à Gestão Pública... 03 3.1.1. O tema do Ciclo 4... 03 3.1.2. Objetivo, ações básicas

Leia mais

TUTORIAL FERRAMENTA DE PRÉ-AGENDAMENTO ONLINE. MAPLO

TUTORIAL FERRAMENTA DE PRÉ-AGENDAMENTO ONLINE. MAPLO TUTORIAL FERRAMENTA DE PRÉ-AGENDAMENTO ONLINE. MAPLO Carta de Apresentação Prezados Parceiros, A Maplo traz uma inovação em seu atendimento, com o intuito de facilitar o processo de pré-matrícula em nossos

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA - CEP

Universidade Federal de Uberlândia Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA - CEP Universidade Federal de Uberlândia Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA - CEP Considerações iniciais: 1- Hoje os projetos são submetidos para os Comitês de Ética somente

Leia mais

Fluxograma de Eventos (versão final aprovada 29/04/13)

Fluxograma de Eventos (versão final aprovada 29/04/13) Fluxograma de Eventos (versão final aprovada 29/04/13) INÍCIO Atenção: A Administração financeira do evento deve estar vinculada OBRIGATORIAMENTE a um CNPJ. A Coordenador do evento Até 60 dias antes do

Leia mais

Estrutura de Relacionamento:

Estrutura de Relacionamento: 1 Índice Por que ter Guia de Relacionamento e Suporte?... 3 Qual a Estrutura de Relacionamento com o Cliente?... 3 Agente de Atendimento (CAT):... 3 Gerente de Contas (GC):... 3 Gerente de Serviço (GS):...

Leia mais

HOTEL CISNE BRANCO RUA CAMARÃO, Nº 21, PRAIA MARILUZ, CIDADE DE IMBÉ. Para os Diretores e Funcionários da ASCORSAN, a vinda dos associados e seus

HOTEL CISNE BRANCO RUA CAMARÃO, Nº 21, PRAIA MARILUZ, CIDADE DE IMBÉ. Para os Diretores e Funcionários da ASCORSAN, a vinda dos associados e seus HOTEL CISNE BRANCO RUA CAMARÃO, Nº 21, PRAIA MARILUZ, CIDADE DE IMBÉ. Para os Diretores e Funcionários da ASCORSAN, a vinda dos associados e seus familiares é motivo de orgulho e satisfação em atendê-los,

Leia mais

Sociedade Brasileira de Radioterapia SBRT Conveniada ao Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem - CBR

Sociedade Brasileira de Radioterapia SBRT Conveniada ao Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem - CBR REGULAMENTO PARA CANDIDATURA À SEDE DO CONGRESSO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE RADIOTERAPIA - SBRT O Congresso da Sociedade Brasileira de Radioterapia é o maior evento nacional da especialidade. Visando

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 007/2009

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 007/2009 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 007/2009 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROPPG PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO PROPLAN Disciplina no âmbito da UDESC os procedimentos

Leia mais

Ferramenta de Pré-agendamento Online Tutorial de Utilização para Usuários TUTORIAL P R É A G E N D A M E N T O O N L I N E.

Ferramenta de Pré-agendamento Online Tutorial de Utilização para Usuários TUTORIAL P R É A G E N D A M E N T O O N L I N E. TUTORIAL P R É A G E N D A M E N T O O N L I N E. P á g i n a 1 26 Carta de Apresentação Prezados Parceiros, A SEED Business Group traz uma inovação em seu atendimento, com o intuito de facilitar o processo

Leia mais

Manual do Assistente do Certificado Digital

Manual do Assistente do Certificado Digital Manual do Assistente do Certificado Digital Índice Bem-vindo ao Assistente do Certificado Digital Serasa Experian 3 Iniciando o Assistente do Certificado Digital Serasa Experian 4 Renovação de Certificado

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA VIAGENS E TREINAMENTO Data - 24/04/2015. Procedimento do Sistema Gestão da Qualidade

PROCEDIMENTO PARA VIAGENS E TREINAMENTO Data - 24/04/2015. Procedimento do Sistema Gestão da Qualidade FL. 01 / 08 1 OBJETIVO Este documento tem como objetivo estabelecer critérios para a emissão de bilhete de passagem aérea, reserva de hotel e locação de veículos para Serviço e/ou Treinamento em âmbito

Leia mais

Manual. do POS. O novo POS é de fácil uso e aplicação. Conheça suas funções e características

Manual. do POS. O novo POS é de fácil uso e aplicação. Conheça suas funções e características Manual do POS O novo POS é de fácil uso e aplicação. Conheça suas funções e características Sumário 4 5 6 7 funções básicas funções operacionais c o n s u l t a m é d i c a execução sp/sadt 9 10 c a n

Leia mais

Termo de Abertura. Projeto: SysTrack. Documento: 1.0

Termo de Abertura. Projeto: SysTrack. Documento: 1.0 Termo de Abertura Projeto: SysTrack Documento: 1.0 1 Nome do Projeto: SysTrack Centro de Custo: XXXX Gerente do Projeto: Renato Santos Empresa contratante: Hórus Empresa contratada: TechHouse Método de

Leia mais

REVISÕES C - PARA CONHECIMENTO D - PARA COTAÇÃO. Rev. TE Descrição Por Ver. Apr. Aut. Data. 0 C Emissão inicial. DD MAC MAC RPT 30/03/12

REVISÕES C - PARA CONHECIMENTO D - PARA COTAÇÃO. Rev. TE Descrição Por Ver. Apr. Aut. Data. 0 C Emissão inicial. DD MAC MAC RPT 30/03/12 1/8 REVISÕES TE: TIPO EMISSÃO A - PRELIMINAR B - PARA APROVAÇÃO C - PARA CONHECIMENTO D - PARA COTAÇÃO E - PARA CONSTRUÇÃO F - CONFORME COMPRADO G - CONFORME CONSTRUÍDO H - CANCELADO Rev. TE Descrição

Leia mais

Rio de Janeiro Avenida General Justo, 307 CEP: 20021-130 Rio de Janeiro PABX (21) 3804-9200 E-mail: cncrj@cnc.com.br

Rio de Janeiro Avenida General Justo, 307 CEP: 20021-130 Rio de Janeiro PABX (21) 3804-9200 E-mail: cncrj@cnc.com.br Rio de Janeiro 2011 2010 Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo Qualquer parte desta publicação pode ser reproduzida, desde que citada a fonte. Confederação Nacional do Comércio

Leia mais

Request For Proposal (RFP) Desenvolvimento de um Web Site para a Varella Vídeo

Request For Proposal (RFP) Desenvolvimento de um Web Site para a Varella Vídeo Request For Proposal (RFP) Desenvolvimento de um Web Site para a Varella Vídeo OBJETIVO O objetivo deste documento elaborado pela Varella Vídeo é fornecer as informações necessárias para que empresas cuja

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE O FUNCIONAMENTO DO EAD I-UMA SOBRE O EAD

PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE O FUNCIONAMENTO DO EAD I-UMA SOBRE O EAD PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE O FUNCIONAMENTO DO EAD I-UMA SOBRE O EAD 1. O que é EAD? EAD é a sigla para Ensino a Distância, ou Educação a Distância, uma modalidade de ensino que acontece a partir da união

Leia mais

HISTÓRICO DAS REVISÕES N.ºREVISÃO DATA IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO 00 16/04/2007 Emissão inicial

HISTÓRICO DAS REVISÕES N.ºREVISÃO DATA IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO 00 16/04/2007 Emissão inicial HISTÓRICO DAS REVISÕES N.ºREVISÃO DATA IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO 00 16/04/2007 Emissão inicial Elaborado: 16/04/2007 Superintendente e ou Gerente da unidade Análise Crítica e aprovação : 16/04/2007 Representante

Leia mais

EDITAL DE INSCRIÇÃO DE PRÉ-PROJETOS PARA O XIV ENCONTRO DAS LIGAS ACADÊMICAS DA FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE

EDITAL DE INSCRIÇÃO DE PRÉ-PROJETOS PARA O XIV ENCONTRO DAS LIGAS ACADÊMICAS DA FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE EDITAL DE INSCRIÇÃO DE PRÉ-PROJETOS PARA O XIV ENCONTRO DAS LIGAS ACADÊMICAS DA FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS E XIIl AÇÃO INTEGRADORA DOS ACADÊMICOS DA ÁREA DA SAÚDE O XIV Encontro

Leia mais

Manual de Orientação ao Cliente

Manual de Orientação ao Cliente Manual de Orientação ao Cliente Prezado Cliente O Hospital IGESP reúne em um moderno complexo hospitalar, os mais avançados recursos tecnológicos e a excelência na qualidade do atendimento prestado por

Leia mais

REGULAMENTO DO ALUNO CURSOS ONLINE VIANNA & CONSULTORES ENSINO A DISTÂNCIA

REGULAMENTO DO ALUNO CURSOS ONLINE VIANNA & CONSULTORES ENSINO A DISTÂNCIA REGULAMENTO DO ALUNO CURSOS ONLINE VIANNA & CONSULTORES ENSINO A DISTÂNCIA 1. Objeto Cursos Online Vianna & Consultores Este Regulamento tem por objetivo definir os direitos, os deveres, as obrigações

Leia mais

Atualmente, as organizações de uma

Atualmente, as organizações de uma Uma estratégia competitiva para laboratórios de calibração e ensaios no cenário atual Conheça um modelo gerencial para laboratórios de calibração e ensaios, alinhando a qualidade necessária à realização

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO DE PESSOAS

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO DE PESSOAS FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO DE PESSOAS PROFESSOR: Itair Pereira da Silva DISCENTES: Maria das Graças João Vieira Rafael Vitor ORGANOGRAMA PRESIDENTE GERENTE

Leia mais

MANUAL DO CNPq PARA GESTORES INSTITUCIONAIS DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

MANUAL DO CNPq PARA GESTORES INSTITUCIONAIS DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS MANUAL DO CNPq PARA GESTORES INSTITUCIONAIS DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS MANUAL DO CNPq PARA GESTORES INSTITUCIONAIS DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS O presente manual tem por objetivo orientar

Leia mais

Concessionárias Adaptação de Dispositivo de Fixação de Contêiner (DIF)

Concessionárias Adaptação de Dispositivo de Fixação de Contêiner (DIF) PROCEDIMENTO SL - 002 Página 1 de 6 EDIÇÃO 11/12 Título: Concessionárias Adaptação de Dispositivo de Fixação de Contêiner (DIF) Rev.: 00 Data: 11/12 Emitido Por Verificado Verificado Aprovado Nome Marcos

Leia mais

MANUAL DE ACESSO AO SITE Instruções para associados

MANUAL DE ACESSO AO SITE Instruções para associados MANUAL DE ACESSO AO SITE Instruções para associados 03/09/2014 Sindicamp SUPORTE SINDICAMP http://www.sindicamp.org.br 1 SUMÁRIO 1-) SENHA MASTER... 3 2-)CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS... 4 3-) INFORMAÇÕES PARA

Leia mais

MANUAL SOLICITAÇÃO DE COMPRAS IMPLANTAÇÃO COMPRAS

MANUAL SOLICITAÇÃO DE COMPRAS IMPLANTAÇÃO COMPRAS MANUAL SOLICITAÇÃO DE COMPRAS IMPLANTAÇÃO COMPRAS Manual de Solicitação de Compras 1 SUMÁRIO Acesso ao SIE:... 2 1. Acesso à tela de Solicitação de Compras... 3 2. Abrir nova Solicitação de Compras...

Leia mais

O PASSO A PASSO PARA A OBTENÇÃO DE FINANCIAMENTO DE PROJETOS

O PASSO A PASSO PARA A OBTENÇÃO DE FINANCIAMENTO DE PROJETOS O PASSO A PASSO PARA A OBTENÇÃO DE FINANCIAMENTO DE PROJETOS OVERVIEW Este treinamento tem como objetivo oferecer aos participantes uma ampla visão de quais os passos para se obter financiamento para implementar

Leia mais

MÍDIA KIT OFICIAL COLECON 2011 EDIÇÃO SÃO PAULO

MÍDIA KIT OFICIAL COLECON 2011 EDIÇÃO SÃO PAULO MÍDIA KIT OFICIAL SEDE SOCIAL O espaço APCD oferece uma completa infraestrutura de apoio para realização dos eventos. Área de exposição, feiras, restaurante e coffee break. Em todas as dependências há

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO Consulta Pública

MANUAL DO USUÁRIO Consulta Pública MANUAL DO USUÁRIO Consulta Pública Ferramenta de Consulta Pública do Sistema Único de Saúde Versão 2008 Manual do Usuário Consulta Pública Ferramenta de Consulta Pública do Sistema Único de Saúde 1 MINISTÉRIO

Leia mais

ENPI - ENCONTRO NACIONAL DE PILOTOS E INSTRUTORES

ENPI - ENCONTRO NACIONAL DE PILOTOS E INSTRUTORES ENPI - ENCONTRO NACIONAL DE PILOTOS E INSTRUTORES O QUE É O ENPI O ENPI é um encontro Nacional com o objetivo de promover cursos práticos e teóricos para pilotos que pretendam evoluir no voo em técnica

Leia mais

Estratégias para a implantação do T&V

Estratégias para a implantação do T&V 64 Embrapa Soja, Documentos, 288 Estratégias para a implantação do T&V Lineu Alberto Domit 1 A estratégia de ação proposta está baseada na experiência acumulada na implantação do sistema T&V no estado

Leia mais

INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE O RALLY

INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE O RALLY INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE O RALLY 1)Documentos exigidos para o Rally e Pós Rally (tradicional e Silver): Passaporte com validade mínima até 6 meses após a data de entrada em território americano. Visto

Leia mais

Ref.: COTAÇÃO 22.03.2015 60 PESSOAS

Ref.: COTAÇÃO 22.03.2015 60 PESSOAS À ONDE FAZER EVENTOS Recife, 20 de janeiro de 2015. Orçamento Nº 2015 / 052 Att.: Isabel Ramos Telefone: 27.3349.2948 E-mail: contato@ondefazereventos.com.br Prezado (a) Senhor (a), Ref.: COTAÇÃO 22.03.2015

Leia mais

1. Como fazer a inscrição... 02. 2. Submissão de Resumo... 02. 2.1 Como submeter o seu resumo... 03. 2.2. Análise do resumo... 04

1. Como fazer a inscrição... 02. 2. Submissão de Resumo... 02. 2.1 Como submeter o seu resumo... 03. 2.2. Análise do resumo... 04 Índice Páginas 1. Como fazer a inscrição... 02 2. Submissão de Resumo... 02 2.1 Como submeter o seu resumo... 03 2.2. Análise do resumo... 04 3. Apresentação do Pôster e Prêmio Zigman Brener... 04 4. Apresentação

Leia mais

Central Cliente Questor (CCQ) UTILIZANDO A CCQ - CENTRAL CLIENTE QUESTOR

Central Cliente Questor (CCQ) UTILIZANDO A CCQ - CENTRAL CLIENTE QUESTOR Central Cliente Questor (CCQ) O que é a Central Cliente Questor? Já é de seu conhecimento que os Usuários do sistema Questor contam com uma grande ferramenta de capacitação e treinamento no pós-venda.

Leia mais

Como implementar o MOS em minha Unidade Tornando-se um Centro Certificador

Como implementar o MOS em minha Unidade Tornando-se um Centro Certificador Como implementar o MOS em minha Unidade Tornando-se um Centro Certificador Sumário I. Adesão II. Solicitando produtos III. Plano de carreira IV. Informações do exame V. Principais dúvidas VI. Contatos

Leia mais

PORTARIA Nº 144, de 20 de outubro de 2009.

PORTARIA Nº 144, de 20 de outubro de 2009. PORTARIA Nº 144, de 20 de outubro de 2009. O Presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior CAPES, fundação pública instituída pelo art. 1º do Decreto nº 524, de 19 de maio de

Leia mais

NORMA INTERNA DE TREINAMENTO FAUUSP

NORMA INTERNA DE TREINAMENTO FAUUSP NORMA INTERNA DE TREINAMENTO FAUUSP 1. OBJETIVOS Apresentar as diretrizes básicas e os procedimentos institucionais necessários à realização das atividades de treinamento. 2. DEFINIÇÕES 2.1. Treinamento

Leia mais

Manual CORP Microlins Dinâmica

Manual CORP Microlins Dinâmica Manual CORP Microlins Dinâmica Índice 1. Acesso ao CORP 2. Cadastro de Colaborador 1. Dados 2. Endereço 3. Telefone 4. E-mail 5. Franquias vinculadas 6. Cursos 7. Permissões 3. Cadastro de Recesso 4. Cadastro

Leia mais

Lista de casamento. A Lista de Casamento não tem custo para os noivos. Funciona da seguinte maneira:

Lista de casamento. A Lista de Casamento não tem custo para os noivos. Funciona da seguinte maneira: Lista de casamento Sugestão de texto de e-mail para o cliente Prezada Srª. XXX, boa tarde. Primeiramente gostaria de agradecer seu importante contato. A Lista de Casamento não tem custo para os noivos.

Leia mais

A ferramenta, complementa as atividades já existentes no condomínio, somando valores e aproximando as pessoas.

A ferramenta, complementa as atividades já existentes no condomínio, somando valores e aproximando as pessoas. Página 1 O que é a Assembleia Virtual? Assembleia virtual é uma nova forma de participar da gestão do seu condomínio, de fazer valer seu direito de voto e de manter-se informado sobre os assuntos do condomínio.

Leia mais

Manual do Fornecedor Processo Transparente, Ágil e Seguro

Manual do Fornecedor Processo Transparente, Ágil e Seguro FORNECEDORES A Rentauto mantém e estimula um relacionamento de longo prazo com seus fornecedores e parceiros, baseado na ética, transparência e respeito mútuo. 1 Sumário Introdução ao Portal do Fornecedor

Leia mais

gsd - Service Desk Manual do Usuário versão 1

gsd - Service Desk Manual do Usuário versão 1 gsd - Service Desk Manual do Usuário versão 1 Sumário Introdução 1 Conceitos iniciais 2 Perfis de utilização 2 Parametrização do aplicativo - configuração 2 Prazo de atendimento 2 Prazo de conclusão 3

Leia mais

1. Objetivos do curso 2. 2 Comunicação Interna (CI) 13 3 Ofício 18 4 DEFINIÇÕES GERAIS 23 5 CONCLUSÃO 27

1. Objetivos do curso 2. 2 Comunicação Interna (CI) 13 3 Ofício 18 4 DEFINIÇÕES GERAIS 23 5 CONCLUSÃO 27 1. Objetivos do curso 2 Introdução 2 Funções do Sistema: 2 Da Comunicação Interna: 3 o Enviadas: 3 o Recebidas: 3 o Com Cópia Pessoal: 3 Ofícios 4 o Enviados: 4 o Recebidas com Cópia: 5 Contatos Externos:

Leia mais

COPA BRASIL DE PARACICLISMO - # 2 ETAPA PENHA SC TROFÉU JOÃO SCHWINDT RODOVIA TRANSBETO 10 a 12 de julho de 2015 CONVITE

COPA BRASIL DE PARACICLISMO - # 2 ETAPA PENHA SC TROFÉU JOÃO SCHWINDT RODOVIA TRANSBETO 10 a 12 de julho de 2015 CONVITE 1 COPA BRASIL DE PARACICLISMO - # 2 ETAPA PENHA SC TROFÉU JOÃO SCHWINDT RODOVIA TRANSBETO 10 a 12 de julho de 2015 CONVITE É com grande satisfação que a Confederação Brasileira de Ciclismo, juntamente

Leia mais

FRANQUIA MODALIDADE ESCRITÓRIO

FRANQUIA MODALIDADE ESCRITÓRIO FRANQUIA MODALIDADE ESCRITÓRIO SUMÁRIO QUEM SOMOS PREMIAÇÕES ONDE ESTAMOS NOSSO NEGÓCIO MULTIMARCAS MULTISERVIÇOS PERFIL DO FRANQUEADO VANTAGENS DA FRANQUIA CLUBE TURISMO DESCRITIVO DO INVESTIMENTO PROCESSO

Leia mais

Instruções para Compra de Cursos

Instruções para Compra de Cursos Instruções para Compra de Cursos 1. Compra do Curso Na página do Curso desejado, ao clicar no botão COMPRAR, você será direcionado ao Carrinho de Compras, caso não seja direcionado automaticamente clique

Leia mais

O SEU PROCESSODE SINISTROS

O SEU PROCESSODE SINISTROS O SEU PROCESSODE SINISTROS O SEU PROCESSO 1. Abertura 1.1. Entre em contato com a seguradora para realizar a abertura do sinistro (portando DOCUMENTO DO VEÍCULO + CNH) ou se preferir ligue para a gente

Leia mais

Associação Comercial e Empresarial de São João da Boa Vista

Associação Comercial e Empresarial de São João da Boa Vista Programa de Treinamento Contínuo Baseado nos Dvds Commit para Associação Comercial e Empresarial de São João da Boa Vista Introdução: Um programa de treinamento bem estruturado, além de qualificar os funcionários,

Leia mais

Data do programa: 08 a 19 de fevereiro de 2016

Data do programa: 08 a 19 de fevereiro de 2016 Alunos/as, Professores/as e Funcionários/as da FADERGS e UNIRITTER, vocês estão prontos/as para passar as suas férias de verão de um jeito muito diferente? Venham para New School of Architecture+Design

Leia mais

Este evento busca oportunizar a divulgação de resultados de pesquisa de alunos regularmente matriculados em cursos de graduação.

Este evento busca oportunizar a divulgação de resultados de pesquisa de alunos regularmente matriculados em cursos de graduação. MANUAL OFICIAL O EVENTO O IDEAU Instituto de Desenvolvimento Educacional do Alto Uruguai reconhece a importância do trabalho acadêmico, as habilidades de criação e de inovação dos alunos de cada um de

Leia mais

Processos da Assessoria de Comunicação - 2013

Processos da Assessoria de Comunicação - 2013 Introdução A Assessoria de Comunicação do Grupo Educacional Unis foi criada para atender demandas relativas à promoção das ações e realizações da organização através de propagandas e comunicação interna

Leia mais

ProReserve Serviços de Internet Ltda.

ProReserve Serviços de Internet Ltda. [Digite texto] ProReserve Serviços de Internet Ltda. Av. Evandro Lins e Silva, 840-1911, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro - 21 2178-2180 São Paulo / Rio de Janeiro / Campinas / Curitiba / Brasília / Fortaleza

Leia mais

Escritório Virtual Administrativo

Escritório Virtual Administrativo 1 Treinamento Módulos Escritório Virtual Administrativo Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual e módulo Administrativo do sistema Office 2 3 1. Escritório

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS PARA EMISSÃO DE VISTO CANADENSE

CONDIÇÕES GERAIS PARA EMISSÃO DE VISTO CANADENSE CONDIÇÕES GERAIS PARA EMISSÃO DE VISTO CANADENSE 1. Todos os documentos enviados ao Consulado Geral do Canadá em São Paulo não são devolvidos com exceção do passaporte. Caso envie algum documento original,

Leia mais

Roteiro para Pagamento de Auxílio à Estudante: PROAP - 2014 Convênio 806696

Roteiro para Pagamento de Auxílio à Estudante: PROAP - 2014 Convênio 806696 Aluno deverá: Roteiro para Pagamento de Auxílio à Estudante: PROAP 2014 Convênio 806696 1) Atender as condições previstas na Portaria 64 da CAPES e preencher o formulário de requisição de auxílio. 2) Informar

Leia mais

COMO SE COMPORTAM OS HÓSPEDES?

COMO SE COMPORTAM OS HÓSPEDES? COMO SE COMPORTAM OS HÓSPEDES? INTRODUÇÃO Como uma consultoria em gestão hoteleira, a Mapie acredita no conhecimento como a principal ferramenta de desenvolvimento para empresas e profissionais do setor.

Leia mais

Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X.

Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X. Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X. Para iniciar o sistema dê um duplo clique no ícone, que se encontra na área de trabalho. 1 Login do sistema. Esta é a tela de login

Leia mais

CONTRAPARTIDAS DOS MUNICÍPIOS

CONTRAPARTIDAS DOS MUNICÍPIOS CONTRAPARTIDAS DOS MUNICÍPIOS O Ciência Móvel: Vida e Saúde para Todos é oferecido gratuitamente pelo Museu da Vida/COC/Fundação Oswaldo Cruz Fiocruz, Fundação Cecierj e seus patrocinadores à população.

Leia mais

Perfil - selecione o perfil de quem será o dono da festa. Categoria - descreva o tipo de festa. Exemplo: Casamento/Bodas

Perfil - selecione o perfil de quem será o dono da festa. Categoria - descreva o tipo de festa. Exemplo: Casamento/Bodas Passo a Passo - Minhas festas 1- Minhas Festas (1) 1.1. Criar Festas Clique no botão criar festa (2) 1.2. Cadastrar festa Preencha os campos abaixo (1): Perfil - selecione o perfil de quem será o dono

Leia mais

MANUAL HELP-DESK DATACOM AUTOMAÇÕES

MANUAL HELP-DESK DATACOM AUTOMAÇÕES MANUAL HELP-DESK DATACOM AUTOMAÇÕES Esse Manual tem como objetivo explicar todas as funções do novo sistema de abertura de chamados da Datacom Automações. Esse novo programa facilitará o atendimento entre

Leia mais

DOCUMENTO OPERACIONAL PROCESSO: DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS E EVENTOS SETOR RESPONSÁVEL: EVENTOS

DOCUMENTO OPERACIONAL PROCESSO: DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS E EVENTOS SETOR RESPONSÁVEL: EVENTOS SETOR RESPONSÁVEL: PÁGINA: 1 de 8 1.0 OBJETIVO: Identificar e analisar as solicitações de clientes na modalidade eventos, selecionar fornecedores que possam atender aos requisitos solicitados, efetuar

Leia mais

ÍNDICE MANUAL SITE ADMINISTRÁVEL TV. 1. Introdução 2. Acessando o site administrável/webtv SITE ADMINISTRÁVEL 3. CONFIGURAÇÕES

ÍNDICE MANUAL SITE ADMINISTRÁVEL TV. 1. Introdução 2. Acessando o site administrável/webtv SITE ADMINISTRÁVEL 3. CONFIGURAÇÕES MANUAL SITE ADMINISTRÁVEL TV ÍNDICE 1. Introdução 2. Acessando o site administrável/webtv SITE ADMINISTRÁVEL 3. CONFIGURAÇÕES 3.1 - Dados Cadastrais 3.2 - Noticias 3.3 Redes Sociais 3.4 - Player 4. DESIGN

Leia mais

Guia de Treinamento 1. Visão Geral da A2BTransfers.com

Guia de Treinamento 1. Visão Geral da A2BTransfers.com Guia de Treinamento 1. Visão Geral da A2BTransfers.com Procurando por um traslado Escolhendo um traslado Preenchendo o formulário de reserva Documentação 2. Informação Útil A2Btransfers informação útil

Leia mais

Cobrança Itaú. Conheça como funciona o serviço de protesto de títulos.

Cobrança Itaú. Conheça como funciona o serviço de protesto de títulos. Cobrança Itaú Conheça como funciona o serviço de protesto de títulos. Para garantir uma gestão de Cobrança ainda mais eficiente, é preciso que você saiba como funciona o serviço de protesto de títulos

Leia mais

1 Objetivo Esta Regulamentação Especial estabelece normas para acesso de pessoas ao Condomínio Edifício São Luiz.

1 Objetivo Esta Regulamentação Especial estabelece normas para acesso de pessoas ao Condomínio Edifício São Luiz. Revisão: julho/2007 Fl. 01 de 03 1 Objetivo Esta Regulamentação Especial estabelece normas para acesso de pessoas ao Condomínio Edifício São Luiz. 2 Procedimentos 2.1 O acesso de pessoas nas dependências

Leia mais

IEC 61850 - Treinamento Prático de Integração de IEDs e Softwares Supervisórios 28 de fevereiro a 2 de março de 2007 ABB - Guarulhos

IEC 61850 - Treinamento Prático de Integração de IEDs e Softwares Supervisórios 28 de fevereiro a 2 de março de 2007 ABB - Guarulhos Boletim 1 IEC 61850 - Treinamento Prático de Integração de IEDs e Softwares Supervisórios 28 de fevereiro a 2 de março de 2007 ABB - Guarulhos O Evento Muitos treinamentos têm sido ministrados, recentemente,

Leia mais