"O QUE SEPARA OS GRANDES LÍDERES DE RH DO RESTO"

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download ""O QUE SEPARA OS GRANDES LÍDERES DE RH DO RESTO""

Transcrição

1 Acción Formativa "O QUE SEPARA OS GRANDES LÍDERES DE RH DO RESTO" Por Jack Zenger, Joseph Folkman y Pablo Riera Por vezes parece que os Recursos Humanos são um saco de boxe de todos os colaboradores e Diretores, tal são as críticas sistemáticas. Os Recursos Humanos parecem ser o centro de todo o mal que acontece numa organização. Temos visto inclusive artigos recentes defendendo a redefinição, a divisão dos RH,, entre outras coisas. Talvez seja um bom momento para avaliar o que realmente queremos dos nossos líderes de RH e o que não queremos. Durante os últimos cinco anos, a Zenger Folkman recolheu dados de feedback 360 º de líderes de RH. Esses líderes pertencem a centenas de organizações diferentes, dos quais 68% estão localizadas nos EUA, 11% na Ásia, 8% na Europa, 7% na América Latina, 4% no Canadá e 1% em África. Comparando os resultados dos líderes na função de RH com os líderes em

2 outras funções, os nossos dados sugerem que o líder típico de RH é visto seis pontos percentuais abaixo da média. Analisámos os dados de duas formas diferentes. Primeiro, comparamos os resultados dos líderes de RH com as nossa base de dados de 29,026 líderes de outras funções. Fomos capazes de identificar algumas competências-chave que são pontos fortes comuns nos RH, assim como algumas fraquezas. Em segundo lugar, hierarquizámos estes resultados segundo os nossos 49 comportamentos de liderança, do mais negativo para o mais positivo.

3 As forças dos Líderes de RH. Desenvolver e formar os outros. Uma das áreas mais positivas dos líderes de RH em geral é que eles estão realmente preocupados com o desenvolvimento dos outros. Isso distingue-os dos líderes de outras funções que não são tão fortes nesta área. Também foram classificados positivamente no coaching, atuando como mentores e dando feedback útil. Será que esta competência é valorizada pelos colegas dos líderes de RH? Pedimos aos avaliadores para indicarem a importância de cada uma das competências avaliadas, e esta ficou classificada em décimo primeiro entre as 16 competências chave. Talvez a mensagem aqui seja: Sabemos que já fazes isso muito bem ou o desenvolvimento de outros é secundário em comparação com

4 outras competências prioritárias. Construir relacionamentos positivos. Esta foi outra das competências em que os líderes de RH se destacaram comparativamente a outros líderes. Isto faz sentido; na maioria das organizações, os Recursos Humanos são responsáveis por iniciativas de inclusão e diversidade, bem como pelas relações de trabalho. Os líderes de RH são fortes na capacidade de equilibrar a preocupação entre os resultados e as necessidades dos outros. Outro dos aspectos mais positivos foi o facto de serem confiáveis e estarem em contato com os problemas e preocupações dos outros. Esta competência foi muito valorizado pelos avaliadores, que a escolheram como terceira em termos de importância. Seja um modelo e exemplo de comportamento. Outro dos itens mais valorizados positivamente referem-se à vontade de dar o exemplo para serem um modelo de conduta e cumprir os compromissos e promessas. Os líderes de RH colocam-se com frequência em posição de garantir que outros na organização fazem as coisas certas e seguem os procedimentos estabelecidos. Para os que estão na RH, esta competência está em segundo lugar na sua importância. É também uma competência que parece ser bastante comum em todas as funções. Conhecimento Técnico. Muitos líderes de RH foram avaliadas positivamente no seu conhecimento especializado da função. A maioria dos colaboradores nas organizações ignoram as leis laborais, as regras dos contratos e as questões de benefícios e compensações. Os líderes RH são vistos como competentes e úteis nessas áreas. Esta é também uma competência comum a todas as funções, sendo nona em importância para os líderes em RH. As Debilidades dos Líderes de RH

5 Centrar-se em questões internas em vez de externas. Comparando os líderes RH com todos os outros líderes da nossa base de dados, os Recursos Humanos foram significativamente pior avaliados na sua capacidade de entender as necessidades e preocupações dos clientes. Na maior parte das situações, a função de RH centra-se em problemas internos, mas a falta de compreensão do ambiente externo, faz com que os outros pensem que os líderes de RH não conhecem efectivamente os problemas enfrentados pela organização. Os líderes de RH também foram avaliados negativamente na capacidade de representar a organização perante outros grupos-chave. Falta de perspectiva estratégica. De uma forma geral, os líderes de RH foram menos bem avaliados do que outros na capacidade de ter uma perspectiva clara entre visão geral da organização e os detalhes. Muitos parecem ser tão focados no trabalho do dia-a-dia, que perdem a visão sobre as questões estratégicas mais importantes a longo prazo. Os líderes de RH, queixam-se muitas vezes de que não têm um lugar à mesa, a fim de participar mais ativamente em questões estratégicas, mas sem uma orientação e visão clara da estratégia, nunca conseguirão. Não antecipar e responder rapidamente aos problemas. Os líderes de RH foram também menos bem avaliados na capacidade de antecipar e responder rapidamente aos problemas. Uma série de itens confirmam falta de velocidade e urgência para responder e reagir rapidamente. Resistência a metas ambiciosas. Em várias ocasiões, vimos como executivos de topo pedem um programa ou processo para implementar rapidamente, e têm a resposta dos RH é necessário mais tempo, temos que atrasar o processo. Embora seja por vezes uma recomendação, mas muito frequentemente é a

6 primeira resposta dada pelos RH, sem terem analisado primeiro o que poderia ser feito para acelerar o processo e agir rapidamente. O que fazem os melhores líderes de RH Também constatámos na nossa base de dados que alguns dos melhores líderes no mundo estão nos RH. O gráfico seguinte mostra as quatro competências que mais consistentemente separam os líderes no quartil superior dos outros líderes de RH. Vale a pena assinalar que o que separa os melhores líderes de RH do restantes líderes RH, é o seu desempenho nas competências-chave que muitas vezes são debilidades comuns em RH, além de serem fortes nas áreas em que tradicionalmente os RH o são. Se mais líderes de RH juntarem estas quatro grandes competências às restantes, veríamos muitos mais líderes RH sentados no conselhos de administração; e um número crescente sentados na cabeceira. Nota dos autores: Há um aspecto interessante de género nos

7 nossos dados, embora não estejamos muito seguros do que fazer com ele. De acordo com nossos dados, os RH tem a maior percentagem de mulheres líderes (66%). Em geral, as mulheres líderes foram classificadas no percentil 45º, enquanto os líderes do sexo masculino estavam no percentil 43º, mas nos níveis mais altos há uma inversão, e os líderes seniores masculinos (a maioria dos homens em RH foram avaliados com pontuações muito altas) sobem para o percentil 52, enquanto que as mulheres líderes seniores estavam no 47º. Estas diferenças, embora pequenas, são estatisticamente significativas. Quando olhamos para os dados globais dos gestores homens seniores comparativamente com as mulheres em outras funções, os homens estão no percentil 48 e mulheres na 53º. Apenas em RH e Engenharia e Segurança, os homens têm pontuação mais elevada do que as suas colegas. Fonte: Harvard Bussines Rewiew. August 17, 2015 Link: //

8 Powered by TCPDF ( Búscanos en...

EMPODERAMENTO REAL: Entendendo a Liderança da Mulher REGINA ARNS

EMPODERAMENTO REAL: Entendendo a Liderança da Mulher REGINA ARNS EMPODERAMENTO REAL: Entendendo a Liderança da Mulher REGINA ARNS HOJE ASSISTIMOS MUDANÇAS SIGNIFICATIVAS QUANDO DA DIVERSIDADE DE GÊNERO NA LIDERANÇA REINVENTANDO-SE Quebrando a Hereditariedade você pode

Leia mais

19/07/2016. Aula 9. Gestão do Desempenho. Prof. Lucia B. Oliveira. Prof. Lucia B. Oliveira. Agenda. Seminário. Prof. Lucia B.

19/07/2016. Aula 9. Gestão do Desempenho. Prof. Lucia B. Oliveira. Prof. Lucia B. Oliveira. Agenda. Seminário. Prof. Lucia B. Aula 9 Gestão do Desempenho Agenda 1 Seminário 2 Gestão do Desempenho 1 Seminário 4 Getting 360-Degree Feedback Right Maury A. Peiperl Harvard Business Review, 2001. Gestão do Desempenho 2 Gestão Estratégica

Leia mais

02/12/2014. Aula 10. Gestão do Desempenho. Prof. Lucia B. Oliveira. Prof. Lucia B. Oliveira. Agenda. Seminário. Prof. Lucia B.

02/12/2014. Aula 10. Gestão do Desempenho. Prof. Lucia B. Oliveira. Prof. Lucia B. Oliveira. Agenda. Seminário. Prof. Lucia B. Aula 10 Gestão do Desempenho Agenda 1 Seminário 2 Gestão do Desempenho 1 Seminário 4 Getting 360-Degree Feedback Right Maury A. Peiperl Harvard Business Review, 2001. Gestão do Desempenho 2 Gestão Estratégica

Leia mais

- DIVERSIDADE - A MUDANÇA EM CURSO NA AGENDA EMPRESARIAL

- DIVERSIDADE - A MUDANÇA EM CURSO NA AGENDA EMPRESARIAL CARTILHA DA DIVERSIDADE AMCHAM http://estatico.amcham.com.br/arquivos/2016 /diversidade-27-abr-2016.pdf - DIVERSIDADE - A MUDANÇA EM CURSO NA AGENDA EMPRESARIAL DEBORAH VIEITAS CEO American Chamber of

Leia mais

RH como parceiro estratégico do negócio. Ana Behrens, gerente de Recursos Humanos Prezunic e Áreas Parceiras do Negócio Cencosud Brasil

RH como parceiro estratégico do negócio. Ana Behrens, gerente de Recursos Humanos Prezunic e Áreas Parceiras do Negócio Cencosud Brasil RH como parceiro estratégico do negócio Ana Behrens, gerente de Recursos Humanos Prezunic e Áreas Parceiras do Negócio Cencosud Brasil 15 anos de mercado 1 Centro de Distribuição e 31 lojas na capital

Leia mais

INDEG-ISCTE MESTRADO EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS (2007/2008)

INDEG-ISCTE MESTRADO EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS (2007/2008) INDEG-ISCTE MESTRADO EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS (2007/2008) O ALINHAMENTO ENTRE A ESTRATÉGIA E OS SISTEMAS DE RH: QUESTÕES - CHAVE A CONSIDERAR (Adaptado de Gratton, 1999) O CICLO DE CURTO PRAZO Estabelecimento

Leia mais

Gestão do Desempenho. Gestão Estratégica de RH. Reter e engajar. Capacitar. Atrair 26/10/2016. Gestão do Desempenho. Recrutamento & Seleção

Gestão do Desempenho. Gestão Estratégica de RH. Reter e engajar. Capacitar. Atrair 26/10/2016. Gestão do Desempenho. Recrutamento & Seleção Gestão do Desempenho Ref.: Livro-texto, Cap. 8 Gestão Estratégica de RH Atrair Capacitar Reter e engajar Gestão do Desempenho Recrutamento & Seleção Treinamento & Desenvolvimento Recompensa 2 1 Avaliação

Leia mais

Gabarito do curso de Recursos Humanos - Gestão de Pessoas da Fundação Getúlio Vargas/FGV

Gabarito do curso de Recursos Humanos - Gestão de Pessoas da Fundação Getúlio Vargas/FGV Gabarito do curso de Recursos Humanos - Gestão de Pessoas da Fundação Getúlio Vargas/FGV Módulo 1 1. Para enfrentar desafios internos e superar ameaças externas, a organização precisa treinar seu pessoal.

Leia mais

RESULTADO DOS QUESTIONÁRIOS DE AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO

RESULTADO DOS QUESTIONÁRIOS DE AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO RELATÓRIO RESULTADO DOS QUESTIONÁRIOS DE AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO GABINETE DE ATENDIMENTO AO MUNÍCIPE ANO 2015 Elaborado por: Gestora da Qualidade Célia Marques Índice Índice de Ilustrações... 2 Índice

Leia mais

RELATÓRIO DE VALORES POR FAIXA DE CONSUMO

RELATÓRIO DE VALORES POR FAIXA DE CONSUMO 10 R$ 18,40 % 0 R$ 0,00 R$ 0,00 R$ 9,20 % 0 R$ 0,00 R$ 0,00 R$ 0,00 R$ 0,00 R$ 27,60 11 R$ 21,43 % 0 R$ 0,00 R$ 0,00 R$ 10,72 % 0 R$ 0,00 R$ 0,00 R$ 0,00 R$ 0,00 R$ 32,15 12 R$ 24,68 % 0 R$ 0,00 R$ 0,00

Leia mais

SUMÁRIO. O que é o Programa Anjo da Guarda? Quais são os objetivos do programa? Quais são as Responsabilidades do Anjo da Guarda?

SUMÁRIO. O que é o Programa Anjo da Guarda? Quais são os objetivos do programa? Quais são as Responsabilidades do Anjo da Guarda? SUMÁRIO 4 5 6 O que é o Programa Anjo da Guarda? Quais são os objetivos do programa? Quais são as Responsabilidades do Anjo da Guarda? Quais são as Responsabilidades do Novo Colaborador? Quais são as Responsabilidades

Leia mais

Nesse artigo falaremos sobre: O que é um diagnóstico empresarial. O que é e como fazer um diagnóstico empresarial

Nesse artigo falaremos sobre: O que é um diagnóstico empresarial. O que é e como fazer um diagnóstico empresarial Este conteúdo faz parte da série: Diagnóstico Empresarial Ver 4 posts dessa série Nesse artigo falaremos sobre: O que é um diagnóstico empresarial Benefícios de se fazer um diagnóstico no seu negócio O

Leia mais

A experiência de avaliação do Sou da Paz: aprendizagens e desafios. julho 2012

A experiência de avaliação do Sou da Paz: aprendizagens e desafios. julho 2012 A experiência de avaliação do Sou da Paz: aprendizagens e desafios julho 2012 Roteiro da conversa Apresentação do SDP Sentidos da avaliação para a instituição Linha do tempo da avaliação Primeiras avaliações

Leia mais

Relatório de Competências de Nataly Lopez (Perfil Natural) Autoconfiança. Autocontrole. Busca de Informação. Capacidade de Negociação.

Relatório de Competências de Nataly Lopez (Perfil Natural) Autoconfiança. Autocontrole. Busca de Informação. Capacidade de Negociação. IMPORTANTE: Em ótimas condições do ambiente, a grande maioria das pessoas pode ter a capacidade de desempenhar-se adequadamente em quaisquer das seguintes competências. Referimo-nos a "ótimas condições"

Leia mais

Gestão de Desempenho: a experiência do Grupo Águas do Brasil

Gestão de Desempenho: a experiência do Grupo Águas do Brasil Gestão de Desempenho: a experiência do Grupo Águas do Brasil Agenda Objetivos da G. Desempenho Conceitos estruturantes O Modelo concebido para o grupo Águas do Brasil Relato da Experiência e dos Resultados

Leia mais

Curso Aberto. Coaching para Líderes Líder do Outro

Curso Aberto. Coaching para Líderes Líder do Outro Curso Aberto Coaching para Líderes Líder do Outro Coaching para Líderes E se você pudesse ensinar a si mesmo ou sua equipe a terem melhores resultados, a trabalharem com mais coerência e confiança? Será

Leia mais

A Força de Trabalho em Janeiro 2015

A Força de Trabalho em Janeiro 2015 A Força de Trabalho em 2020 Janeiro 2015 Pesquisa Global 27 Países 5,400 Pessoas; 2,700 executivos e 2,700 funcionários conduzida por Oxford Economics Oxford Economics, The 2020 Workforce, 2014 Os cinco

Leia mais

A força de trabalho em 2020

A força de trabalho em 2020 A força de trabalho em 2020 A iminente crise de talentos Visão geral Preparar a força de trabalho para 2020 é uma ação decisiva quando o que está em jogo é a estratégia, o crescimento e o desempenho dos

Leia mais

Treinamento e Desenvolvimento

Treinamento e Desenvolvimento Treinamento e Desenvolvimento Agenda 1 2 T&D e Estratégia de RH Treinamento & Desenvolvimento 3 4 Coaching & Mentoring Desenvolvimento de Lideranças 1 T&D e Estratégia de RH Relembrando... Os processos

Leia mais

WHEN WOMEN THRIVE BUSINESSES THRIVE

WHEN WOMEN THRIVE BUSINESSES THRIVE HEALTH WEALTH CAREER WHEN WOMEN THRIVE BUSINESSES THRIVE PESQUISA GLOBAL DA MERCER PARA DIVERSIDADE DE GÊNERO ANA LAURA ANDRADE ANA PAULA HENRIQUES AGOSTO, 2016 Sua empresa tem uma meta de percentual de

Leia mais

Núcleo de Materiais Didáticos

Núcleo de Materiais Didáticos Gestão de Talentos e Mapeamento por Aula 4 Prof a Cláudia Patrícia Garcia Aula 4 - Gestão por claudiagarcia@grupouninter.com.br MBA em Gestão de Recursos Humanos Lembrando... A gestão por competências

Leia mais

Consultoria Treinamento Seleção de Executivos Coaching & Carreira

Consultoria Treinamento Seleção de Executivos Coaching & Carreira Consultoria Treinamento Seleção de Executivos Coaching & Carreira SEBASTIÃO DE OLIVEIRA CAMPOS FILHO Consultor Fundador Diretor da Oliveira Campos Consultoria, representante exclusiva no Brasil da News

Leia mais

Escola Básica de Sobreira DADOS INFOESCOLAS 2016

Escola Básica de Sobreira DADOS INFOESCOLAS 2016 Escola Básica de Sobreira DADOS INFOESCOLAS 2016 http://infoescolas.mec.pt/ Quantos alunos tem a escola? [Os dados referem-se apenas aos alunos matriculados no ensino básico geral e artístico. Não incluem,

Leia mais

GRUPO SEGURADOR BB E MAPFRE EMPODERAMENTO DE MULHERES

GRUPO SEGURADOR BB E MAPFRE EMPODERAMENTO DE MULHERES GRUPO SEGURADOR BB E MAPFRE EMPODERAMENTO DE MULHERES EMPODERAMENTO DAS MULHERES Mulheres no mercado de seguro Mulheres na MAPFRE Mundo Mulheres na estrutura BB E MAPFRE Por que acreditamos no empoderamento

Leia mais

Perspectivas para novas contratações no Brasil permanecem negativas, mas menos empregadores esperam reduzir sua força de trabalho

Perspectivas para novas contratações no Brasil permanecem negativas, mas menos empregadores esperam reduzir sua força de trabalho EMBARGADO ATÉ 8 DE DEZEMBRO DE 2015 Perspectivas para novas contratações no Brasil permanecem negativas, mas menos empregadores esperam reduzir sua força de trabalho Pesquisa do ManpowerGroup revela leve

Leia mais

Liderança no Feminino Um Activo Essencial

Liderança no Feminino Um Activo Essencial Liderança no Feminino Um Activo Essencial CONFIDENCIAL E EXCLUSIVO A utilização deste documento, para quaisquer fins, sem autorização expressa da McKinsey & Company é estritamente proibida Lisboa, 15 de

Leia mais

page 2 / 10 MAIOR PESO. As empresas querem profissionais que as represente com CREDIBILIDADE e que tenham CARISMA no RELACIONAMENTO INTERPESSOAL.

page 2 / 10 MAIOR PESO. As empresas querem profissionais que as represente com CREDIBILIDADE e que tenham CARISMA no RELACIONAMENTO INTERPESSOAL. page 1 / 10 A partir de 18 de fevereiro deste ano, terei mais uma turma de alunos do curso de Secretariado Executivo Trilíngue da Uepa na minha frente. Ao mesmo tempo, uma leva de calouros do mesmo curso

Leia mais

Agrupamento de Escolas do Vale de Ovil. 1. Introdução

Agrupamento de Escolas do Vale de Ovil. 1. Introdução Procedimento simplificado para avaliação do desempenho dos docentes em regime de contrato a termo - Ano letivo 2011/2012 1. Introdução O presente documento decorre do referido no nº 5 do artigo 30º do

Leia mais

Inventário das práticas de liderança: LPI JAMES M. KOUZES E BARRY Z. POSNER

Inventário das práticas de liderança: LPI JAMES M. KOUZES E BARRY Z. POSNER Inventário das práticas de liderança: LPI JAMES M. KOUZES E BARRY Z. POSNER Relatório de feedback individual Preparado para Filipe Da Silva CONTEÚDO The Five Practices of Exemplary Leadership e o relatório

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA O PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOS PROFISSIONAIS FAEPU

ORIENTAÇÕES PARA O PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOS PROFISSIONAIS FAEPU 0 ORIENTAÇÕES PARA O PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOS PROFISSIONAIS FAEPU APRESENTAÇÃO Este manual busca orientar os funcionários do quadro da FAEPU sobre a Avaliação de Desempenho que será realizada.

Leia mais

Construindo um.. estratégico

Construindo um.. estratégico Construindo um RH. estratégico O RH nos dias de hoje O foco dos executivos está cada vez mais voltado para o capital humano e como ele pode impactar os resultados do negócio. 700 líderes de negócios de

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA O PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOS PROFISSIONAIS FAEPU

ORIENTAÇÕES PARA O PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOS PROFISSIONAIS FAEPU 0 ORIENTAÇÕES PARA O PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOS PROFISSIONAIS FAEPU SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 2 O QUE É A AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO?... 3 QUAL O OBJETIVO DA AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO?... 3 QUEM

Leia mais

3 Breve Introdução à Teoria dos Jogos

3 Breve Introdução à Teoria dos Jogos 3 Breve Introdução à Teoria dos Jogos Teoria dos Jogos é uma ferramenta matemática criada para melhor entender ou interpretar a maneira com que agentes que tomam decisões interagem entre si. Pense num

Leia mais

2015 se foi, mas a ressaca... 12,00%

2015 se foi, mas a ressaca... 12,00% 2015 se foi, mas a ressaca... 12,00% 10,00% 8,00% 6,00% 4,00% 2,00% PIB INFLAÇÃO DESEMPREGO 0,00% -2,00% 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016-4,00% -6,00% Se olharmos as notícias... O que fica parecendo:

Leia mais

Integrando Gestão de Pessoas à Gestão de Negócios

Integrando Gestão de Pessoas à Gestão de Negócios Nossa história Integrando Gestão de Pessoas 31 anos de existência Atua em 07 Estados + Distrito Federal 3355 colaboradores diretos Matriz RAO e 15 filiais 140 unidades de negócios 1300 colaboradores indiretos

Leia mais

TENDÊNCIAS PARA O MERCADO DE COACHING

TENDÊNCIAS PARA O MERCADO DE COACHING TENDÊNCIAS PARA O MERCADO DE COACHING 2017 ANÁLISE REALIZADA POR: CAROLINE CALAÇA - (DEVELOPMENT) FONTES: SHERPA SURVEY 2016 ERICKSON INTERNATIONAL SURVEY Perfil das pessoas que responderam a pesquisa

Leia mais

5 dicas de Recursos Humanos para você aplicar agora

5 dicas de Recursos Humanos para você aplicar agora Será que, se o seu funcionário agiu com falta de caráter e fez um furto na empresa, a culpa é totalmente dele? É importante entender que o ser humano é influenciado e muito pelo seu ambiente. Desde Platão

Leia mais

B o l e t i m. P e r f i l d o F e s t i v a l d o R i o R E S U M O

B o l e t i m. P e r f i l d o F e s t i v a l d o R i o R E S U M O Foto: Toninho Tavares / Agência Brasília P e r f i l d o F e s t i v a l d o R i o Marcia Rangel Candido Cleissa Regina Martins R E S U M O João Feres Júnior Este boletim dá continuidade aos levantamentos

Leia mais

A Grow RH. êxito, qualidade e agilidade, garantindo a

A Grow RH. êxito, qualidade e agilidade, garantindo a A Grow RH Oriunda de um dos maiores grupos de RH do Brasil, a Grow RH atua há 13 anos na área de consultoria em Recursos Humanos. Temos como clientes empresas e profissionais de diversos segmentos e portes,

Leia mais

Resolução do Conselho de Ministros n.º 77/2015, de 10 de Setembro

Resolução do Conselho de Ministros n.º 77/2015, de 10 de Setembro Comissão Executiva da Especialização em Engenharia de Segurança ORDEM DO 16 de Dezembro, 2015 ESTRATÉGIA NACIONAL DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO 2015-2020 - Por um trabalho seguro, saudável e produtivo

Leia mais

Reunião do Grupo de RH Pesquisa de Clima Organizacional Setembro Carlos Bertazzi

Reunião do Grupo de RH Pesquisa de Clima Organizacional Setembro Carlos Bertazzi Reunião do Grupo de RH Pesquisa de Clima Organizacional Setembro 2016 Carlos Bertazzi www.rh4youconsultoria.wordpress.com O que é? Clima é a percepção coletiva que as pessoas têm da empresa, por meio do

Leia mais

Estudante brasileiro é o mais otimista em relação ao futuro, revela pesquisa internacional

Estudante brasileiro é o mais otimista em relação ao futuro, revela pesquisa internacional Estudante brasileiro é o mais otimista em relação ao futuro, revela pesquisa internacional Enviado por DA REDAÇÃO 28-Mai-2014 PQN - O Portal da Comunicação Otimista, cada vez mais preparado e em busca

Leia mais

Aula 6 Professor Douglas Pereira da Silva. DPS aula 6 Coaching

Aula 6 Professor Douglas Pereira da Silva. DPS aula 6 Coaching Aula 6 Professor Douglas Pereira da Silva 1 Competências dos profissionais 2 3 4 5 O que é Coaching: Coaching é uma palavra em inglês que indica uma atividade de formação pessoalem que um instrutor (coach)

Leia mais

CICLO MCT. Mentoring, Coaching e Training. Coordenador Estratégico de IES

CICLO MCT. Mentoring, Coaching e Training. Coordenador Estratégico de IES CICLO MCT Mentoring, Coaching e Training Coordenador Estratégico de IES Ciclo MCT Mentoring, Coaching e Training Coordenador Estratégico de IES Mentoring Inspira o participante a melhorar seu desempenho

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA GOVERNANÇA EM FACILITIES NO PÓS-CRISE. 24 de maio de 2016

A IMPORTÂNCIA DA GOVERNANÇA EM FACILITIES NO PÓS-CRISE. 24 de maio de 2016 A IMPORTÂNCIA DA GOVERNANÇA EM FACILITIES NO PÓS-CRISE 24 de maio de 2016 Sócio Diretor da Crepaldi Representações e Assessoria (MAMANTI), com 30 anos de atuação no mercado. Professor, pesquisador, auditor

Leia mais

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO SECRETARIA Serviço ou Organismo NIF FICHA DE AVALIAÇÃO PARA OS DIRIGENTES DE NÍVEL INTERMÉDIO A preencher pelo avaliador Avaliador Cargo NIF Avaliado Cargo Unidade orgânica NIF Período em avaliação a 1.

Leia mais

BSC. deve contar a história da estratégia, começando. relacionando-se depois à seqüência de ações que precisam ser tomadas em relação aos

BSC. deve contar a história da estratégia, começando. relacionando-se depois à seqüência de ações que precisam ser tomadas em relação aos BSC Para KAPLAN & NORTON (1997), o Scorecard deve contar a história da estratégia, começando pelos objetivos financeiros a longo prazo e relacionando-se depois à seqüência de ações que precisam ser tomadas

Leia mais

AGENDA DA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICAS PARA POPULAÇÃO E DESENVOLVIMENTO. Rio de Janeiro, julho 2013

AGENDA DA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICAS PARA POPULAÇÃO E DESENVOLVIMENTO. Rio de Janeiro, julho 2013 AGENDA DA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICAS PARA POPULAÇÃO E DESENVOLVIMENTO Rio de Janeiro, julho 2013 1. PROGRESSO BRASILEIRO RECENTE 1.1 Crescimento inclusivo 1. PROGRESSO BRASILEIRO RECENTE 1.1 Crescimento

Leia mais

CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES

CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES Jeremias Langa, Diretor Editorial do grupo SOICO, Alfredo Libombo, Director Executivo do MISA, e Fernando Gonçalves, Editor do Savana, num painel. Foto de Gender Links CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES Com 14%

Leia mais

P-02 Case Carrefour. Desenvolvimento de Liderança nas Operações Magda Santana Carrefour Rolando Pelliccia Contexto Ambientes de Aprendizagem

P-02 Case Carrefour. Desenvolvimento de Liderança nas Operações Magda Santana Carrefour Rolando Pelliccia Contexto Ambientes de Aprendizagem P-02 Case Carrefour Desenvolvimento de Liderança nas Operações Magda Santana Carrefour Rolando Pelliccia Contexto Ambientes de Aprendizagem Assuntos de hoje 1. Quem é o Carrefour? 2. Por que este programa?

Leia mais

Primeiros Passos na Liderança Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Primeiros Passos na Liderança Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Transcrição de Entrevista nº 11

Transcrição de Entrevista nº 11 Transcrição de Entrevista nº 11 E Entrevistador E11 Entrevistado 11 Sexo Masculino Idade 25anos Área de Formação Engenharia Informática E - Acredita que a educação de uma criança é diferente perante o

Leia mais

Avaliação do Capital Humano

Avaliação do Capital Humano Avaliação do Capital Humano Pleno século XXI, A quantidade de água salgada espalhada pelos quatro oceanos do mundo, ainda é incontável. Já imaginou se eles não estivessem em EQUIPE? Avaliação do capital

Leia mais

INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS

INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS Prof. Ms. Marco A. Arbex marco.arbex@fatecourinhos.edu.br Introdução ARH (Administração de Recursos Humanos) é a função na organização que está relacionada

Leia mais

Processo e Agentes da Gestão da Qualidade

Processo e Agentes da Gestão da Qualidade Gestão da Qualidade Processo e Agentes da Gestão da Qualidade Fernanda Villar Corrêa Vídeos - Empresa como Sistema - Gestão da Qualidade como Subsistema - Envolvem métodos de produção, avaliação

Leia mais

A PEOPLE CHANGE REINO UNIDO/ IRLANDA POLÔNIA / REPÚBLICA CHECA DINAMARCA ALEMANHA / SUÍCA / ÁUSTRIA BÉLGICA / LUXEMBURGO / FRANÇA / SUÍÇA ITÁLIA

A PEOPLE CHANGE REINO UNIDO/ IRLANDA POLÔNIA / REPÚBLICA CHECA DINAMARCA ALEMANHA / SUÍCA / ÁUSTRIA BÉLGICA / LUXEMBURGO / FRANÇA / SUÍÇA ITÁLIA GESTÃO DE MUDANÇAS A PEOPLE CHANGE A People Change é uma empresa especializada em Gestão de Mudanças e Global Affiliate da Prosci no Brasil, maior ins?tuto de pesquisa e metodologia em Gestão de Mudanças

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PROCESSOS ADMINISTRATIVOS PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO O que é e para que serve? Para quem serve? Quem deve participar? Onde vem sendo utilizado? ETAPAS DO PLANEJAMENTO Avaliação da

Leia mais

Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report

Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report Avaliação de: Sr. Antônio Modelo Preparada por: Consultor Caliper consultor@caliper.com.br Data: Página 1 Perfil Caliper de Especialistas The

Leia mais

QUAL É O OBJETIVO DE UMA CONCORRÊNCIA DE DESIGN?

QUAL É O OBJETIVO DE UMA CONCORRÊNCIA DE DESIGN? L I V R O S O B R E C O N C O R R Ê N C I A D E D E S I G N QUAL É O OBJETIVO DE UMA CONCORRÊNCIA DE DESIGN? Uma concorrência entre empresas de design se justifica quando visa orientar a escolha de uma

Leia mais

Mas, para começar a aplicar métodos estatísticos, é preciso conhecer alguns conceitos básicos.

Mas, para começar a aplicar métodos estatísticos, é preciso conhecer alguns conceitos básicos. Na Criptologia, assim como em outras ciências, são realizados estudos experimentais ou obser vacionais que resultam numa coleção de dados numéricos. O propósito da investigação é responder uma questão

Leia mais

COMITÊ DE RECURSOS HUMANOS REGIMENTO INTERNO

COMITÊ DE RECURSOS HUMANOS REGIMENTO INTERNO COMITÊ DE RECURSOS HUMANOS REGIMENTO INTERNO Aprovado na Reunião do Conselho de Administração realizada em 8 de maio de 2015 COMITÊ DE RECURSOS HUMANOS REGIMENTO INTERNO 1. Regimento. O presente Regimento

Leia mais

Acelerar a resposta para pôr um fim à SIDA Estratégia ONUSIDA

Acelerar a resposta para pôr um fim à SIDA Estratégia ONUSIDA Acelerar a resposta para pôr um fim à SIDA Estratégia ONUSIDA 2016 2021 Apresentado por: Dr.ª Hellen Magutu Amakobe, Ponto Focal para o VIH e SIDA, OIT Quénia Síntese 1 2 3 4 Processo de elaboração da

Leia mais

Mesmo que VOCÊ esteja no caminho certo, VOCÊ será ultrapassado se ficar sentado. Para o infinito e além!" Buzz Lightyear

Mesmo que VOCÊ esteja no caminho certo, VOCÊ será ultrapassado se ficar sentado. Para o infinito e além! Buzz Lightyear Mesmo que VOCÊ esteja no caminho certo, VOCÊ será ultrapassado se ficar sentado. Para o infinito e além!" Buzz Lightyear Como o VAREJO pode transformar CLIENTES em FÃS! SOMENTE 14% CONFIAM EM ANÚNCIOS

Leia mais

Síntese e Conclusões. Paula Santos

Síntese e Conclusões. Paula Santos Síntese e Conclusões Paula Santos AVALIAÇÃO DAS ESCOLAS Paula Santos Confesso a minha dificuldade para, chegados ao fim deste dia, fazer uma síntese ou tirar umas conclusões que façam algum sentido e que

Leia mais

O DMAIC é um método sistemático, baseado em dados e no uso de ferramentas estatísticas, para o desenvolvimento dos projetos Lean Seis Sigma.

O DMAIC é um método sistemático, baseado em dados e no uso de ferramentas estatísticas, para o desenvolvimento dos projetos Lean Seis Sigma. O DMAIC é um método sistemático, baseado em dados e no uso de ferramentas estatísticas, para o desenvolvimento dos projetos Lean Seis Sigma. O Método DMAIC do Lean Seis Sigma Por Cristina Werkema Como

Leia mais

Dinamizar e Implementar a Estratégia Gabriel Silva

Dinamizar e Implementar a Estratégia Gabriel Silva Dinamizar e Implementar a Estratégia Gabriel Silva Tempos de Mudança Mercados Tecnologia Pessoas Papel do Estado Escassez de Recursos Úteis no Longo Prazo Desdobramento dos Recursos 1 Missão Porque é que

Leia mais

Transformando organizações e pessoas

Transformando organizações e pessoas Transformando organizações e pessoas Olá! Transformando organizações e pessoas Já é indiscutível o quanto as pessoas são importantes na concretização dos resultados e que quanto mais preparadas, melhor!

Leia mais

FUNDAÇÃO ESPAÇO ECO. Organização sem fins lucrativos (OSCIP), instituída pela BASF em 2005, com apoio da GIZ (agência do governo alemão)

FUNDAÇÃO ESPAÇO ECO. Organização sem fins lucrativos (OSCIP), instituída pela BASF em 2005, com apoio da GIZ (agência do governo alemão) FUNDAÇÃO ESPAÇO ECO Organização sem fins lucrativos (OSCIP), instituída pela BASF em 2005, com apoio da GIZ (agência do governo alemão) Com gestão autônoma, atende empresas e governos com consultoria em

Leia mais

Master Executive Coach

Master Executive Coach Master Executive Coach S O B R E O I N S T I T U T O M E N T O R C O A C H Instituição de Coaching, Treinamento & Desenvolvimento Humano, com atuação em todo Brasil com a Missão de disseminar a cultura

Leia mais

Novembro Copyright Cielo Todos os direitos reservados

Novembro Copyright Cielo Todos os direitos reservados Novembro 2016 Copyright Cielo Todos os direitos reservados CIELO Responsável pelo credenciamento de estabelecimentos comerciais, e pela captura, transmissão, processamento e liquidação financeira das transações

Leia mais

MICHAEL PAGE LANÇA BARÓMETRO GLOBAL DE CFOS (DIRECTORES FINANCEIROS) 2012

MICHAEL PAGE LANÇA BARÓMETRO GLOBAL DE CFOS (DIRECTORES FINANCEIROS) 2012 MICHAEL PAGE LANÇA BARÓMETRO GLOBAL DE CFOS (DIRECTORES FINANCEIROS) 2012 CFOs portugueses pessimistas face à economia do seu país mas optimistas face à sua empresa CFOs portugueses irão trabalhar prioritariamente

Leia mais

EMIGRAÇÃO EM PORTUGAL (2003): MAIORITARIAMENTE TEMPORÁRIA

EMIGRAÇÃO EM PORTUGAL (2003): MAIORITARIAMENTE TEMPORÁRIA Estatísticas Migratórias - Emigração 2003 11 de Junho de 2004 EMIGRAÇÃO EM PORTUGAL (2003): MAIORITARIAMENTE TEMPORÁRIA Não tendo as características e o volume de outros tempos, a emigração portuguesa

Leia mais

Inventário de Práticas de Liderança: LPI JAMES M. KOUZES E BARRY Z. POSNER

Inventário de Práticas de Liderança: LPI JAMES M. KOUZES E BARRY Z. POSNER Inventário de Práticas de Liderança: JAMES M. KOUZES E BARRY Z. POSNER Relatório de feedback individual Preparado para Filipe da Silva Amostra Relatório CONTEÚDO As Cinco Práticas da Liderança Exemplar

Leia mais

Formação de líderes inclui vivências

Formação de líderes inclui vivências Nossa cultura Formação de líderes inclui vivências Programa de desenvolvimento, Mosaico usa experiências para despertar agilidade, flexibilidade e empatia Para responder aos desafios do mercado, buscamos

Leia mais

4. Líderes em Sustentabilidade 2017

4. Líderes em Sustentabilidade 2017 . Líderes em Sustentabilidade 207 The Sustainability Yearbook 207 RobecoSAM 33 Anualmente, mais de 3.00 das maiores empresas do mundo são convidadas a participar da Avaliação de Sustentabilidade Corporativa

Leia mais

Gestão por Competência

Gestão por Competência Gestão por Competência Vera Gobetti 04/05/2017 GESTÃO POR COMPETÊNCIAS É UMA EVOLUÇÃO DA GESTÃO DE PESSOAS A Competência é sustentada em 3 pilares: 1- Conhecimento 2- Habilidades 3- Atitudes Aspectos Fundamentais

Leia mais

Desenvolvendo o pipeline de liderança feminina

Desenvolvendo o pipeline de liderança feminina Desenvolvendo o pipeline de liderança feminina Oportunidades e Desafios Miriam Grobman Consulting Rio de Janeiro, 23 de agosto, 2016 1 Minha vida em um mapa Existe um lugar especial no inferno para as

Leia mais

"Conheça todas as teorias, domine todas as técnicas, mas ao tocar uma alma humana, seja apenas outra alma humana". Carl Jung

Conheça todas as teorias, domine todas as técnicas, mas ao tocar uma alma humana, seja apenas outra alma humana. Carl Jung Instituição de Coaching, Treinamento & Desenvolvimento Humano, com atuação em todo Brasil com a Missão de disseminar a cultura do Coaching para todas as pessoas que puderem fazer uso da metodologia como

Leia mais

UNIDADE DE REVISÃO E RECUPERAÇÃO PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA

UNIDADE DE REVISÃO E RECUPERAÇÃO PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA UNIDADE DE REVISÃO E RECUPERAÇÃO PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA Organizamos esta unidade para orientá-lo na revisão dos conteúdos trabalhados ao longo da disciplina. Siga as orientações, reveja os conteúdos

Leia mais

CARREIRAS DE JOVENS ENGENHEIROS NO BRASIL

CARREIRAS DE JOVENS ENGENHEIROS NO BRASIL CARREIRAS DE JOVENS ENGENHEIROS NO BRASIL RECENTE Bruno César Araújo Pesquisador do IPEA Nos anos 2000, valeu a pena ser engenheiro no Brasil. Esse cenário é bastante distinto do que aconteceu nos anos

Leia mais

Liderança e Gestão de Pessoas Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Liderança e Gestão de Pessoas Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

O que é O Líder em Mim?

O que é O Líder em Mim? O que é O Líder em Mim? Agenda Entender o que é o programa O Líder em Mim: quais seus objetivos e quais suas principais práticas Entender como este programa deve ser implantado: qual o passo a passo, qual

Leia mais

Painel. edição. 06/ dezembro

Painel. edição. 06/ dezembro Painel edição 06/ dezembro - 2016 ATIVAÇÃO DO POTENCIAL DE PROFISSIONAIS E ORGANIZAÇÕES ATRAVÉS DA CO-CONSTRUÇÃO DE PROCESSOS DE TRANSFORMAÇÃO Case: CONECTANDO POTENCIAL DE LIDERANÇA COM PROGRAMA DE COMPETÊNCIAS

Leia mais

NÃO EXISTE GESTÃO SEM COMUNICAÇÃO DANIEL COSTA

NÃO EXISTE GESTÃO SEM COMUNICAÇÃO DANIEL COSTA NÃO EXISTE GESTÃO SEM COMUNICAÇÃO DANIEL COSTA O que é engajamento? Engajamento no trabalho é uma forma de agir em que o indivíduo, motivado por uma causa, expressa sua vontade e predisposição de fazer

Leia mais

Introdução. Avaliando o desempenho logístico KPI. A Logística como ferramenta para a competitividade. Key Performance Indicators.

Introdução. Avaliando o desempenho logístico KPI. A Logística como ferramenta para a competitividade. Key Performance Indicators. Avaliando o desempenho logístico KPI Key Performance Indicators Introdução Bowersox (1989) Leading Edge Firms Empresas de vanguarda usam sua competência logística para obter VC e assegurar/manter lealdade

Leia mais

Como funciona? Importante:

Como funciona? Importante: O Strike? é um jogo de estratégia baseado no boliche tradicional, criado com os mais inovadores conceitos da gamificação para engajar equipes no planejamento e conquista e metas individuais e coletivas.

Leia mais

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competitividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio de forma estratégica e inovadora. O que são

Leia mais

Gestão da Inovação. Os processos de Gestão da Inovação praticados pelas organizações não evoluíram com os ambientes dinâmicos de negócios.

Gestão da Inovação. Os processos de Gestão da Inovação praticados pelas organizações não evoluíram com os ambientes dinâmicos de negócios. Gestão da Inovação Gestão da Inovação Os processos de Gestão da Inovação praticados pelas organizações não evoluíram com os ambientes dinâmicos de negócios. Não existem evidências confirmando a melhor

Leia mais

Obtendo sucesso através da Gestão de Clima

Obtendo sucesso através da Gestão de Clima Obtendo sucesso através da Gestão de Clima Mais de 70% das grandes empresas aplicam instrumentos ligados a Gestão de Clima Organizacional. As pequenas e médias empresas tem aumentado cada vez mais a participação

Leia mais

"RISK ASSESSMENT-DETETAR RISCOS PARA O NEGÓCIO"

RISK ASSESSMENT-DETETAR RISCOS PARA O NEGÓCIO Acción Formativa "RISK ASSESSMENT-DETETAR RISCOS PARA O NEGÓCIO" A avaliação de risco ou risk assessment é essencial para que as organizações identifiquem seus riscos chaves e possam desenvolver estratégias

Leia mais

Training Course. DESTINATÁRIOS Este curso destina-se a todos os colaboradores que pretendam desenvolver competências interpessoais.

Training Course. DESTINATÁRIOS Este curso destina-se a todos os colaboradores que pretendam desenvolver competências interpessoais. MBA ASSESSMENT & DEVELOPMENT CENTER DESCRIÇÃO O Assessment Center é uma ferramenta que ajuda a conhecer e explorar melhor as competências e habilidades dos profissionais, tratando-se de um processo de

Leia mais

Deputada Maria Fernanda Lay

Deputada Maria Fernanda Lay Deputada Maria Fernanda Lay Timor Leste PERCENTAGEM DAS VÍTIMAS DA VIOLÊNCIA DOMÉSTICA NO MUNDO OMS 33% das mulheres no mundo têm sido fisica i ou sexualmente agredidas por um parceiro antigo ou atual.

Leia mais

CADERNO DE ATIVIDADES

CADERNO DE ATIVIDADES CADERNO DE ATIVIDADES PRIORIDADES DO PLANO DIRETOR 4 ANOS Considerando os... Desafios Desafios Desafios Desafios Desafios Defina em grupo as prioridades, segundo os critérios de... PRIORIDADES DO PLANO

Leia mais

Entre das grandes conclusões do estudo destacamos:

Entre das grandes conclusões do estudo destacamos: A meritocracia avança nas empresas em operação no Brasil Pesquisa da Pricewaterhousecoopers indica a gestão de desempenho como prática cada vez mais utilizada em grandes empresas no Brasil A importância

Leia mais

Otimização de competências através da ITIL e ISO 20000

Otimização de competências através da ITIL e ISO 20000 Otimização de competências através da ITIL e ISO 20000 Palestrante: Prof. Ademar Luccio Albertin Coordenador da Pós-Graduação Gestão de Serviços em TI São Paulo, 7 de abril de 2015 Ademar Luccio Albertin

Leia mais

/ desafios para a integração de um executivo

/ desafios para a integração de um executivo tabulação do questionário / desafios para a integração de um executivo setembro 2015 01. Assinale os maiores desafios enfrentados nesta fase de integração: (múltipla escolha) / entender a cultura da organização

Leia mais

Exposição fotográfica: cinco anos de cooperação por um mundo sem fome

Exposição fotográfica: cinco anos de cooperação por um mundo sem fome Exposição fotográfica: cinco anos de cooperação por um mundo sem fome - 06-23-2016 Exposição fotográfica: cinco anos de cooperação por um mundo sem fome por Por Dentro da África - quinta-feira, junho 23,

Leia mais

Case Hospital Alemão Oswaldo Cruz

Case Hospital Alemão Oswaldo Cruz Case Hospital Alemão Oswaldo Cruz Maio/2017 Quem Somos Quem somos Instituição filantrópica privada sem fins lucrativos com 119 anos de existência, fundado pelas comunidades alemã, austríaca e suíça. Hospital

Leia mais

Portugal é o 34º país com melhor Internet do Mundo

Portugal é o 34º país com melhor Internet do Mundo Portugal é o 34º país com melhor Internet do Mundo Date : 25 de Junho de 2015 Portugal, no panorama mundial, encontra-se numa posição que se pode dizer muito interessante quanto à qualidade da Internet

Leia mais

Nesse artigo falaremos sobre:

Nesse artigo falaremos sobre: Este conteúdo faz parte da série: Consultores Ver 5 posts dessa série Nesse artigo falaremos sobre: O mundo da consultoria em Recursos Humanos 1. Planilha de Avaliação de Desempenho (por Competências)

Leia mais