DETECÇÃO DE AMÔNIA. Agosto / 2012

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DETECÇÃO DE AMÔNIA. Agosto / 2012"

Transcrição

1 DETECÇÃO DE AMÔNIA Agosto / 2012

2 Industrial Scientific OLDHAM 100 anos de existência Um dos maiores fabricantes de detecção de gases do mundo Um dos líderes em vendas na Europa, EUA e AL. Cerca de 70% do mercado francês Empresa 100% focada em detecção de gases 900 funcionários, sendo 100 engenheiros e pesquisadores Fábricas nos EUA, França e China Escritório e funcionários próprios no Brasil

3 Clean Environment Brasil fundada em 1995 com sede em Campinas/SP atuação em todo o território brasileiro líder em meio ambiente e segurança industrial 12 anos de experiência em detecção de gases Engenharia e Serviços altamente especializado laboratório de calibração de detectores de gases Maior distribuidor Industrial Scientific-OLDHAM no Brasil

4 Sistemas de Detecção de Amônia

5 Sistema de Detecção de Amônia Introdução Amônia Normas Aplicáveis Necessidade e Objetivos do Sistema de Detecção Componentes do Sistema de Detecção Arquitetura Básica do Sistema Localização e quantificação dos detectores Especificações dos Detectores de Gases (FDs anexas)

6 Introdução O objetivo deste documento é o de apresentar recomendações para a instalação de sistemas de detecção de amônia em indústrias do setor de bebidas, alimentos que utilizam a amônia como fluído em sistemas de refrigeração. Tais recomendações visam a operação desses sistemas de forma altamente segura e em acordo com as normas internacionais e nacionais vigentes. Este documento não têm a pretensão e função de norma, e sim a de apresentar sugestôes para sistemas confiáveis de detecção e alarme de presença de amônia, através de nossa experiência como fabricantes e integradores de sensores de detecção.

7 A amônia R717 / NH3 O único gás refrigerante realmente natural Excelente refrigerante, atendendo a maioria dos requisitos Relativo baixo custo. Relação custo x benefício extremamente favorável Não agride a camada de ozônio Bastante tóxico a temperatura ambiente e pressão atmosférica Limite de tolerância (NR-15-TWA): 20ppm

8 Normas Aplicáveis - Nacionais ABNT-NBR-16069/2010: Segurança em Sistemas Frigoríficos NR-13/2008: Caldeiras e vasos de pressão P4.261: Manual de orientação para a elaboração de estudos de análise de risco CETESB NBR-13598/1996: Vasos de pressão para refrigeração NR-15 Anexo 11: Atividades e Operações Insalubres NR-33: Trabalhos em Espaços Confinados Recomendações para Projeto de Operação Segura de Sistemas de Refrigeração por Amônia MMA 2009 NR-37: Segurança em Frigoríficos (pendente consulta pública)

9 Normas aplicáveis - Internacionais ANSI/ASHRAE Standard Safety code for mechanical refrigeration ANSI/IIAR Equipment, design & installation of ammonia mechanical refrigeration system EN 378 Part 1-4/2008 Refrigeration system and heat pumps safety and environmental requirements ISO 5149/1993 mechanical refrigerating systems used for cooling and heating ANSI/IIAR ammonia refrigeration valves

10 Documentos complementares Recomendações de projeto para operação segura de sistemas de refrigeração por amônia MMA 2009; Designing an Inherently Safer Refrigeration System IIAR 2009; Nota Técnica 3/2004 Refrigeração industrial por amônia. Riscos, Segurança e Auditoria Fiscal SIT/MTE;

11 Necessidade e Objetivos do Sistema de Detecção A amônia é um gás altamente tóxico em condições ambientes e pode representar risco a saúde humana, mesmo em baixas concentrações. A legislação vigente (NR-15) apresenta um limite de tolerância de apenas 20ppm, ou seja, se ultrapassado esse limite de exposição, é caractarizada a insalubridade. Desta forma, mesmo com a alegação de que é facilmente perceptível por seu odor forte e característico, é imprescindível que áreas industriais dotadas de sistema de refrigeração por amônia, possuam um sistema automático de detecção da presença de amônia, com alarmes e atuadores em caso de eventos. Tal sistema deve possuir detectores de amônia em quantidade ideal, estrategicamente instalados nos pontos mais críticos da operação, e interligados por um painel central que centralize a informação (dados de concentração em cada ponto) e gerencie a tomada de decisão, seja ela o acionamento de um alarme de reconhecimento, ou evacuação, além de o acionamento de ventiladores e fechamento de válvulas.

12 Componentes do Sistema de Detecção Basicamente, um sistema de detecção de amônia deve consistir de: - Detectores de amônia, estrategicamente posicionados, para áreas críticas como sala de máquinas/compressores, e tanques de armazenamento, mesmo que localizados em área aberta e ventilada; - Detectores de amônia, estrategicamente posicionados, para áreas de processo e salas resfriadas; - Painel Controlador, instalado em área estrategicamente definida pela Operação, responsável por receber simultaneamente os sinais de todos os detectores de amônia instalados no campo, apresentando as leituras em tempo real, da concentração da amônia por zona. O painel controlador é também responsável por enviar sinais de saída para acionamento de alarmes sonoros e luminosos, bem como acionar ventiladores ou fechar válvulas.

13 Exemplo de Detector de Amônia Detector de Amônia: - Tecnologia de detecção eletroquímica com resolução em ppm; - Faixa de detecção entre 0 e 200ppm; - Dois níveis de alarmes ajustáveis, podendo ser: alarme 1: 20ppm alarme 2: 100ppm - Temperatura operacional de -20 a +50oC - Invólucro com IP66, resistência a jato direcionado de água - Invólucro do sensor em aço inoxidável - Display para indicação local da(s) leitura(s) - Capaz de detectar até dois pontos simultâneos por aparelho - Sinal de saída 4-20mA / Modbus RTU - Relés de saída * Consulte Folha de Dados para especificação completa.

14 Componentes do Sistema de Detecção Painel Controlador: Painel controlador analógico e digital (central) Monitoramento automático e simultâneo de 04 até 40 detectores de amônia; Display touch screen para visualização, por zona/detector, da concentração dos gases, status de falhas, e alarmes de eventos; Sinal de saída para acionamento de alarmes sonoros e visuais, bem como sistemas de ventilação; Comunicação de entrada (com os detectores) via 4-20mA ou Mod-bus, e sinal de saída em relé ou Modbus * Consulte Folha de Dados para especificação completa.

15 Componentes do Sistema de Detecção Alarme sonoro e visual (estrobo): -Acionados através de sinal de relé emitido pelo painel controlador, ou eventualmente direto do detector de amônia; -Recomendamos o uso de sistema bicolor onde a coloração verde indica livre operação e acesso, e a coloração vermelha indica alarme e acesso bloqueado; -O posicionamento dos estrobos deve ser dentro da sala de máquinas, e também próximo ao acesso da sala de máquina do lado de fora da mesma. Um terceiro estrobo pode ser alocado em outro local da área de processo que possa ser considerado oportuno

16 Arquitetura básica do sistema

17 Arquitetura básica do sistema Integração com Sistema de Alarme de Incêndio

18 Localização e quantificação dos detectores Basicamente, existem três fatores que determinam o posicionamento dos detectores, bem com a quantificação de pontos de detecção: - Características da edificação civil e mecânica de processo (ambiente interno ou externo, localização de paredes, portas, janelas, tanques de armazenagem, compressores, válvulas, tubulações); - Densidade do gás a ser detectado; - Ventilação e regime de ventos;

19 Localização e quantificação dos detectores Em relação a densidade do gás, a amônia é em teoria menos densa que o ar atmosférico e em vazamento a tendência seria de que a pluma/nuvem se deslocasse do ponto de vazamento para cima, portanto o detector deveria ficar posicionado um pouco acima da principal potencial fonte de vazamento, como uma válvula por exemplo; Porém em algumas situações específicas de vazamento, a pluma de amônia pode não subir, permanencendo próxima ao piso/solo. Isso ocorre pois a amônia é higroscópica e têm a característica de absorver umidade. Tal fenômeno ocorre com bastante frequência em localidades próximo ao oceano, onde a umidade relativa é elevada. CONCLUSÃO: recomendamos a instalação, principalmente na sala de máquinas, de ao menos dois detectores, um posicionado mais próximo ao solo, e outro mais acima do ponto de vazamento; Segundo ainda a nova NBR-16069/2010 :

20 Proteção Respiratória Tão importante quanto o sistema de detecção e alarme, é a implantação e manutenção de um PPR Programa de Proteção Respiratória. Consulte-nos por informações à respeito do PPR, e equipamentos de proteção individual envolvidos.

21 Acidentes são evitáveis...

22 Clean Environment Brasil Consulte rede de representantes em todo o país

Soluções de detecção de gases tóxicos e combustíveis. Desempenho e segurança que vão além da conformidade com padrões

Soluções de detecção de gases tóxicos e combustíveis. Desempenho e segurança que vão além da conformidade com padrões Soluções de detecção de gases tóxicos e combustíveis Desempenho e segurança que vão além da conformidade com padrões Soluções confiáveis Det-Tronics, sua parceira em segurança Nosso sistema de detecção

Leia mais

EC FX NH3. Uma abordagem nova e aprimorada para a detecção de gás de amônia

EC FX NH3. Uma abordagem nova e aprimorada para a detecção de gás de amônia EC FX NH3 Uma abordagem nova e aprimorada para a detecção de gás de amônia Sensor e transmissor EC-FX-NH3 apresentação de um sensor melhor, mais forte, mais duradouro para refrigeração industrial Tecnologia

Leia mais

MAKING MODERN LIVING POSSIBLE. Controlador AK-SC255 REFRIGERATION & AIR CONDITIONING DIVISION

MAKING MODERN LIVING POSSIBLE. Controlador AK-SC255 REFRIGERATION & AIR CONDITIONING DIVISION MAKING MODERN LIVING POSSIBLE Controlador AK-SC255 REFRIGERATION & AIR CONDITIONING DIVISION Controle além do limite. Um único controlador pode gerenciar refrigeração, ar condicionado, luzes e muito mais.

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Sensor / Detector de Gás Multigás (GLP / GN / Gás de Carvão / Álcool) Com Saída Relé NA / NF Código: AFDG2 O Detector de Gás, código AFDG2 é um equipamento que deve ser instalado na parede de cozinhas,

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Sensor / Detector de Gás Multigás (GLP / GN / Gás de Carvão / Álcool) + Módulo Endereçável Código: AFDG2-E O Detector de Gás, código AFDG2 é um equipamento que deve ser instalado na parede de cozinhas,

Leia mais

FRIGORÍFICAS FICAS NORMA NBR - 16069 SEGURANÇA A EM SISTEMAS DE REFRIGERAÇÃO

FRIGORÍFICAS FICAS NORMA NBR - 16069 SEGURANÇA A EM SISTEMAS DE REFRIGERAÇÃO SEGURANÇA A EM INSTALAÇÕES FRIGORÍFICAS FICAS NORMA NBR - 16069 SEGURANÇA A EM SISTEMAS DE REFRIGERAÇÃO ÃO 28/5/2009 Palestrante: eng Mauricio 1 Os textos da Norma foram baseados na Ashrae Standard 15

Leia mais

EQUIPAMENTO ESTERILIZADOR - Autoclave Horizontal - Especificação Técnica

EQUIPAMENTO ESTERILIZADOR - Autoclave Horizontal - Especificação Técnica EQUIPAMENTO ESTERILIZADOR - Autoclave Horizontal - Especificação Técnica Descrição Geral: Equipamento esterilizador horizontal automático para esterilização por vapor saturado de alta temperatura com duas

Leia mais

Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio

Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio Com experiência de 20 anos no mercado de instrumentação e um amplo portfólio de produtos e serviços, a Contech lança linha de proteção contra incêndio. Um fornecedor completo para atender as necessidades

Leia mais

RECOMENDAÇÕES DE PROJETO PARA OPERAÇÃO SEGURA DE SISTEMAS DE REFRIGERAÇÃO POR AMÔNIA

RECOMENDAÇÕES DE PROJETO PARA OPERAÇÃO SEGURA DE SISTEMAS DE REFRIGERAÇÃO POR AMÔNIA RECOMENDAÇÕES DE PROJETO PARA OPERAÇÃO SEGURA DE SISTEMAS DE REFRIGERAÇÃO POR AMÔNIA Brasília, 2009 Ministério do Meio Ambiente MMA Secretária de Mudanças Climáticas e Qualidade Ambiental SMCQ / MMA A

Leia mais

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA EM SISTEMAS E INSTALAÇÕES

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA EM SISTEMAS E INSTALAÇÕES EFICIÊNCIA ENERGÉTICA EM SISTEMAS E INSTALAÇÕES PROF. RAMÓN SILVA Engenharia de Energia Dourados MS - 2013 2 Áreas de oportunidade para melhorar a eficiência na distribuição de frio Isolamento das tubulações

Leia mais

CALDEIRAS E VASOS DE PRESSÃO. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho

CALDEIRAS E VASOS DE PRESSÃO. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho CALDEIRAS E VASOS DE PRESSÃO Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho Caldeiras a Vapor São equipamentos destinados a produzir e acumular vapor sob pressão superior á atmosférica,

Leia mais

BLOCKGAS. Sistema de Monitoração e Alarme de vazamento de gás SB330. Este módulo é parte integrante do sistema de detecção de gás SB330.

BLOCKGAS. Sistema de Monitoração e Alarme de vazamento de gás SB330. Este módulo é parte integrante do sistema de detecção de gás SB330. Este módulo é parte integrante do sistema de detecção de gás. É composto por um circuito inteligente (microcontrolado) que recebe o sinal gerado por um sensor eletrônico de gás, processa sua calibração

Leia mais

SENSOR DE GÁS SEM FIO STK 846 SENSOR DE VAZAMENTO DE GÁS SEM FIO STK

SENSOR DE GÁS SEM FIO STK 846 SENSOR DE VAZAMENTO DE GÁS SEM FIO STK SENSOR DE VAZAMENTO DE GÁS SEM FIO STK 846 www.samtek.com.br Agradecemos a sua preferência por nossos produtos. Nossos produtos possuem vários certificados nacionais e internacionais sendo projetados de

Leia mais

Sistema de Proteção contra Sobrepressão

Sistema de Proteção contra Sobrepressão Sistema de Proteção contra Sobrepressão Sistema de Proteção contra Sobrepressão HIPPS O QUE É UM SISTEMA HIPPS? HIPPS é uma sigla para High Integrity Pressure Protection System (Sistema de Proteção contra

Leia mais

COMPRESSORES PARAFUSO

COMPRESSORES PARAFUSO COMPRESSORES PARAFUSO PARTE 1 Tradução e adaptação da Engenharia de Aplicação da Divisão de Contratos YORK REFRIGERAÇÃO. Introdução Os compressores parafuso são hoje largamente usados em refrigeração industrial

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Mini Sirene Eletrônica Audiovisual Um Toque Iluminação a LED - Para Pequenas e Médias Áreas - Código: AFMSF A sirene audiovisual de alarme código AFMSF é um equipamento que deve ser instalado no teto ou

Leia mais

Seminário: Transmissão de Energia Elétrica a Longa Distância

Seminário: Transmissão de Energia Elétrica a Longa Distância Monitoramento de Transformadores de Potência Gerenciamento de Dados para o Monitoramento e Avaliação da Condição Operativa de Transformadores Seminário: Transmissão de Energia Elétrica a Longa Distância

Leia mais

Normas para caldeiras

Normas para caldeiras Normas para caldeiras Normas de projeto e fabricação: No Brasil a norma mais adotada é o código ASME seção I da American Society of Mechanical Engineers ABNT: NB 227 Código para projeto e construção de

Leia mais

O Sistema Way foi além, idealizou uma forma não só de garantir a qualidade do produto final, como deotimizar a logística de transporte e entrega.

O Sistema Way foi além, idealizou uma forma não só de garantir a qualidade do produto final, como deotimizar a logística de transporte e entrega. A Way Data Solution se especializou em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) para criar um sistema inovador de logística e monitoramento de temperatura/ umidade, através do qual empresas poderão

Leia mais

Programa de Gestão? Dicionário da língua portuguesa Aurélio Buarque de Holanda Ferreira

Programa de Gestão? Dicionário da língua portuguesa Aurélio Buarque de Holanda Ferreira Programa de Gestão? Gestão : ato ou efeito de gerir; Gerencia : Gestão, função de Gerente, local onde exerce a função Administrativa; Gerir : Administrar. Dicionário da língua portuguesa Aurélio Buarque

Leia mais

Relé de Proteção do Motor RPM ANSI 37/49/50/77/86/94 CATÁLOGO. ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5

Relé de Proteção do Motor RPM ANSI 37/49/50/77/86/94 CATÁLOGO. ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 CATÁLOGO ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 INTRODUÇÃO O Relé de Proteção de Motores RPM foi desenvolvido para supervisionar até 2 (dois) grupos ventiladores/motores simultaneamente, é utilizado

Leia mais

CR20C. Manual do Usuário

CR20C. Manual do Usuário CR20C Manual do Usuário Descrição Geral Controlador para ar condicionado CR20C O CR20C é um controlador digital microprocessado de baixo custo e de fácil programação e instalação. O seu avançado software

Leia mais

SISTEMAS PREDIAIS II. Automação Predial

SISTEMAS PREDIAIS II. Automação Predial PCC-2466 SISTEMAS PREDIAIS II Automação Predial Serviços dos Edifícios HIDRÁULICOS Água Fria; Água Gelada; Água Quente; Sistemas de Aquecimento (solar etc.); Esgotos Sanitários; Águas Pluviais; Drenagem

Leia mais

DIAGNÓSTICO E DEFINIÇÃO DE SOLUÇÕES

DIAGNÓSTICO E DEFINIÇÃO DE SOLUÇÕES Somos uma empresa brasileira, especializada em soluções de automação de máquinas e processos industriais, instalação, comissionamento e segurança de infraestrutura elétrica e de máquinas, microgeração

Leia mais

SENSOR STK 817 SENSOR DE VAZAMENTO DE GÁS STK 817. www.samtek.com.br SAMTEK

SENSOR STK 817 SENSOR DE VAZAMENTO DE GÁS STK 817. www.samtek.com.br SAMTEK SENSOR DE VAZAMENTO DE GÁS STK 817 www.samtek.com.br Agradecemos a sua preferência por nossos produtos. Nossos produtos possuem vários certificados nacionais e internacionais sendo projetados de modo a

Leia mais

Sistema de Alarme de Incêndio Endereçável

Sistema de Alarme de Incêndio Endereçável Sistema de Alarme de Incêndio Endereçável Certificação EN54-2/4 Até 4 laços 250 endereços por laço 40 símbolos para identificar dispositivos 96 zonas- cada zona com 40 símbolos para identificar dispositivos

Leia mais

Homologado pelos fabricantes de equipamentos

Homologado pelos fabricantes de equipamentos Homologado pelos fabricantes de equipamentos Confiabilidade e durabilidade são indispensáveis. A suspensão de uma sessão de radioterapia ou a perda de hélio em uma ressonância magnética precisam ser evitadas

Leia mais

O primeiro CHILLER nacional para área médico hospitalar

O primeiro CHILLER nacional para área médico hospitalar O primeiro CHILLER nacional para área médico hospitalar A América Latina escolheu a REFRISAT Seu processo pede a REFRISAT faz. Desde sua fundação em 1976, a REFRISAT é reconhecida principalmente por sua

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL SMART Versão 1.1

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL SMART Versão 1.1 MANUAL DO USUÁRIO PORTAL SMART Versão 1.1 1- OBJETIVO Apresentar ao cliente o procedimento de como utilizar o Portal SMART e realizar gestão de ocorrências apresentadas durante o monitoramento. 2- ACESSANDO

Leia mais

Vôo por instrumentos. Brasil, 2010, Marcelo Moniz

Vôo por instrumentos. Brasil, 2010, Marcelo Moniz Vôo por instrumentos 1 Objetivo do Trabalho (1) Onde vou pousar? Qual o meu objetivo neste trabalho? (Um trabalho em EC; limpeza, pintura, corte, solda) O que eu preciso fazer para garantir a minha segurança

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Detector / Sensor de Fumaça Autônomo Rede AC e Bateria - Com Saída Rele NA/NF - Código: AFDFAR. O detector de Fumaça código AFDFAR é um equipamento que deve ser instalado no teto ou na parede das edificações

Leia mais

Parte III Classes de temperatura, documentação, exemplos em CAD 2D e CAD 3D

Parte III Classes de temperatura, documentação, exemplos em CAD 2D e CAD 3D 32 Capítulo VIII Requisitos para automação de projetos e para estudos de classificação de áreas (com atmosferas explosivas de gases inflamáveis e de poeiras combustíveis em maquetes eletrônicas utilizando

Leia mais

GD-70D DETECTOR INTELIGENTE FIXO PARA GASES TÓXICOS

GD-70D DETECTOR INTELIGENTE FIXO PARA GASES TÓXICOS GD-70D DETECTOR INTELIGENTE FIXO PARA GASES TÓXICOS A nova série de detector e transmissor fixo modelo GD-70D define um novo padrão de desempenho, flexibilidade e versatilidade. O GD-70D oferece uma variedade

Leia mais

ANEXO XVII PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS E EDIFICAÇÕES

ANEXO XVII PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS E EDIFICAÇÕES ANEXO XVII PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS E EDIFICAÇÕES Complexo Esportivo de Deodoro Edital 1.10 1. Instalações Hidráulicas e Sanitárias Os serviços de manutenção de instalações hidráulicas e sanitárias,

Leia mais

www.inovatronic.com.br março / 2002

www.inovatronic.com.br março / 2002 Programa Supervisório para Tanques de Armazenamento de Gases CEP 20261-070 pág. 1 TEL: 0xx21-2587-8410 Apresentação Desenvolvido especificamente com a finalidade de efetuar a supervisão remota de tanques

Leia mais

CUIDADOS BÁSICOS NA ESCOLHA E USO DE ELEVADORES DE OBRAS. Engº. Gilberto Mian

CUIDADOS BÁSICOS NA ESCOLHA E USO DE ELEVADORES DE OBRAS. Engº. Gilberto Mian CUIDADOS BÁSICOS NA ESCOLHA E USO DE ELEVADORES DE OBRAS Engº. Gilberto Mian SOBRE A METAX A Metax é especializada em Engenharia de Acesso, fornecendo soluções para acesso e elevação de carga, atuando

Leia mais

Boletim Técnico Agosto / 2011

Boletim Técnico Agosto / 2011 Página 01/08 TÍTULO: INFORMATIVO DO NOVO CONTROLE REMOTO COM FIO PARA UNIDADES SPLITÃO 2 ESTÁGIOS SUMÁRIO Esta publicação visa informar o novo controle remoto com fio para as Unidades da Linha Splitão

Leia mais

SISTEMAS PREDIAIS II. Segurança contra Incêndio - Detecção e Alarme

SISTEMAS PREDIAIS II. Segurança contra Incêndio - Detecção e Alarme PCC-2466 SISTEMAS PREDIAIS II Segurança contra Incêndio - Detecção e Alarme Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio Definição da Norma NBR 9441/98 Sistema constituído pelo conjunto de elementos planejadamente

Leia mais

CONHEÇA A ADT. A empresa que protege seus bens e sua família.

CONHEÇA A ADT. A empresa que protege seus bens e sua família. CONHEÇA A ADT A empresa que protege seus bens e sua família. NOSSA EMPRESA MAIOR EMPRESA ESPECIALIZADA EM SEGURANÇA E INCÊNDIO A ADT pertence à Tyco, a maior empresa de segurança e incêndio do mundo, com

Leia mais

Sistemas Ar Comprimido. Aplicações medicinais e de respiração. www.fargon.com.br

Sistemas Ar Comprimido. Aplicações medicinais e de respiração. www.fargon.com.br Sistemas Ar Comprimido Aplicações medicinais e de respiração www.fargon.com.br Apresentação Sistemas personalizados de ar comprimido Fabricados para atender necessidades específicas de aplicação de ar

Leia mais

CONTROLADOR CONDAR MP3000.

CONTROLADOR CONDAR MP3000. CONTROLADOR CONDAR MP3000. O equipamento CONDAR MP3000 é um Controlador Eletrônico Microprocessado desenvolvido especificamente para automação de até três Condicionadores de Ar instalados em um mesmo ambiente

Leia mais

Monitor de Temperatura M96

Monitor de Temperatura M96 ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 INTRODUÇÃO O Monitor de Temperatura M96 foi desenvolvido para supervisionar até 8 (oito) canais de temperatura simultaneamente, ele é utilizado para proteger

Leia mais

Sumário. Detectores Automáticos. Iluminação de Emergência. Prof. Ivan Bottger

Sumário. Detectores Automáticos. Iluminação de Emergência. Prof. Ivan Bottger Sumário Detectores Automáticos Iluminação de Emergência Sumário Análise de riscos Resistência / Reação Atuação Detecção Extinção Retirada dos ocupantes Detectores Automáticos NBR 17240:2011 - Execução

Leia mais

ANÁLISE PRELIMINAR DE PERIGO APP TERMOELÉTRICA GÁS NATURAL

ANÁLISE PRELIMINAR DE PERIGO APP TERMOELÉTRICA GÁS NATURAL ANÁLISE PRELIMINAR DE PERIGO APP TERMOELÉTRICA GÁS NATURAL Sub-subsistema: Alimentação de Gás Natural (CityGate) / Distribuição ANÁLISE PRELIMINAR DE PERIGO - APP Grande tubulações do CityGate Pequeno

Leia mais

Monitor de Temperatura MONITEMP

Monitor de Temperatura MONITEMP ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 INTRODUÇÃO O Monitor de Temperatura MoniTemp foi desenvolvido para supervisionar até 3 (três) canais de temperatura simultaneamente, ele é utilizado para proteger

Leia mais

Soluções para detecção óptica de chama. Os detectores de chamas mais versáteis do mundo

Soluções para detecção óptica de chama. Os detectores de chamas mais versáteis do mundo Soluções para detecção óptica de chama Os detectores de chamas mais versáteis do mundo Líder global em detecção de chama Detecção de chama é a essência do renomado legado da Det-Tronics. Em síntese, a

Leia mais

Monitores de Gás Ultima X

Monitores de Gás Ultima X 07-20-50-BR Imagens Ilustrativas Monitores de Gás Ultima X [Alta performance, flexibilidade, durabilidade] Os monitores de gases tóxicos, combustíveis ou oxigênio da série ULTIMA X são transmissores microprocessados,

Leia mais

SÚMULA DAS NORMAS REGULAMENTADORAS NR S. Objetivo: Instruir quanto ao campo de aplicação das NR s e direitos e obrigações das partes.

SÚMULA DAS NORMAS REGULAMENTADORAS NR S. Objetivo: Instruir quanto ao campo de aplicação das NR s e direitos e obrigações das partes. SÚMULA DAS NORMAS REGULAMENTADORAS NR S NR-1 DISPOSIÇÕES GERAIS O campo de aplicação de todas as Normas Regulamentadoras de segurança e medicina do trabalho urbano, bem como os direitos e obrigações do

Leia mais

Blocos de segurança para Prensas tipo N e P

Blocos de segurança para Prensas tipo N e P 1 Blocos de segurança para Prensas tipo N e P Conteúdo Introdução Referências normativas Bloco tipo N Bloco tipo P Considerações finais 2 Introdução Prensas hidráulicas são máquinas responsáveis pela conformação,

Leia mais

Administração de CPD Internet Data Center

Administração de CPD Internet Data Center Administração de CPD Internet Data Center Cássio D. B. Pinheiro pinheiro.cassio@ig.com.br cassio.orgfree.com Objetivos Apresentar os principais conceitos e elementos relacionados a um dos principais tipos

Leia mais

MY HOME INTRODUÇÃO TOUCH SCREEN. Comando de Automação

MY HOME INTRODUÇÃO TOUCH SCREEN. Comando de Automação TOUCH SCREEN Comando de Automação Central de Cenário 54 ÍNDICE DE SEÇÃO 56 A casa como você quer 62 As vantagens de 66 Dispositivos BUS 68 Integração das funções My Home 70 Vantagens da instalação BUS

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Sensor / Detector de Fumaça Óptico Endereçável 04 Níveis de Detecção Com Módulo Isolador - Código: AFS130IS. (Uso Conjunto às Centrais de Alarme da Série IRIS). O detector de fumaça código AFS130IS é um

Leia mais

MONITORE E CONTROLE SEUS SISTEMAS INTELIGENTES DE GERENCIAMENTO DE EVENTOS E MONITORAMENTO VISUAL DE ALARME DE INCÊNDIO ALARME DE INCÊNDIO

MONITORE E CONTROLE SEUS SISTEMAS INTELIGENTES DE GERENCIAMENTO DE EVENTOS E MONITORAMENTO VISUAL DE ALARME DE INCÊNDIO ALARME DE INCÊNDIO MONITORE E CONTROLE SEUS SISTEMAS GERENCIAMENTO DE EVENTOS INTELIGENTES DE E MONITORAMENTO VISUAL DE ALARME DE INCÊNDIO ALARME DE INCÊNDIO SEJA VOCÊ GERENTE DE UNIDADE OU PROFISSIONAL DO SETOR DE COMBATE

Leia mais

PRÊMIO GLP DE INOVAÇÃO E TECNOLOGIA 2015. PROJETO: Instalação de Alarme Sonoro e Visual em Vaso de GLP CATEGORIA: Segurança

PRÊMIO GLP DE INOVAÇÃO E TECNOLOGIA 2015. PROJETO: Instalação de Alarme Sonoro e Visual em Vaso de GLP CATEGORIA: Segurança PRÊMIO GLP DE INOVAÇÃO E TECNOLOGIA 2015 PROJETO: Instalação de Alarme Sonoro e Visual em Vaso de GLP CATEGORIA: Segurança AUTOR(ES): Comitê de Inovações da Fogás 1. Breve Histórico História A família

Leia mais

ECV 5644 Instalações II

ECV 5644 Instalações II SISTEMA DE GÁS CENTRALIZADO Fonte: ETFSC Este Sistema também é conhecido como SISTEMA DE GÁS COMBUSTIVEL CENTRALIZADO, é constituído basicamente das seguintes instalações: 1. Central de Gás (Central de

Leia mais

Estudo técnico. Melhores práticas para monitoramento de gás em cozinhas comerciais

Estudo técnico. Melhores práticas para monitoramento de gás em cozinhas comerciais Estudo técnico Melhores práticas para monitoramento de gás em cozinhas comerciais Aumento da segurança da cozinha através da monitoração de gás estratégica Visão geral Cozinhas comerciais são uma das áreas

Leia mais

BT QCC 1000 Quadro elétrico para câmaras frigoríficas até 3HP 220V2F

BT QCC 1000 Quadro elétrico para câmaras frigoríficas até 3HP 220V2F BTQCC1000v1_0.docx - Página 1 de 6 BT QCC 1000 Quadro elétrico para câmaras frigoríficas até 3HP 220V2F 1.0 Descrições gerais: BT QCC 1000 é amplamente usado para pequenas e médias câmaras frigoríficas,

Leia mais

Watchdog TM Elite Monitor de Risco para Elevadores de Caçamba e Transportadores de Correia

Watchdog TM Elite Monitor de Risco para Elevadores de Caçamba e Transportadores de Correia Watchdog TM Elite Monitor de Risco para Elevadores de Caçamba e Transportadores de Correia APLICAÇÃO Monitor combinado para alinhamento de correia, velocidade da correia, temperatura de rolamento contínua,

Leia mais

Fundamentos de Automação. Pneumática 01/06/2015. Pneumática. Pneumática. Pneumática. Considerações Iniciais CURSO DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

Fundamentos de Automação. Pneumática 01/06/2015. Pneumática. Pneumática. Pneumática. Considerações Iniciais CURSO DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL Ministério da educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Técnica SETEC Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Rio Grande Considerações Iniciais "PNEUMÁTICA

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Acionador Manual de Alarme de Incêndio Convencional Á Prova de Tempo (IP67) Resetável Código: AFMCPEIP67. O acionador manual de alarme de incêndio AFMCPEIP67 é um equipamento que deve ser instalado na

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Botoeira / Acionador Manual Resetável - Acionamento Direto de Gás, Controle de Acesso em Áreas Sujeitas a Presença de Gáses, Combate e Alarme de Gás Código: AFAM5 O Acionador Manual / Botoeira Convencional

Leia mais

Relés de Proteção Térmica Simotemp

Relés de Proteção Térmica Simotemp Relés de Proteção Térmica Simotemp Confiabilidade e precisão para controle e proteção de transformadores Answers for energy. A temperatura é o principal fator de envelhecimento do transformador Os relés

Leia mais

INSTALAÇÃO E SEGURANÇA NOS ELEVADORES

INSTALAÇÃO E SEGURANÇA NOS ELEVADORES INSTALAÇÃO E SEGURANÇA NOS ELEVADORES Objetivo: Analisar as condições de funcionamento e segurança dos seus equipamentos 09/11/2014 Autor: LUIZ BARATTA - SENGE / RJ 1 NORMAS ABNT ABNT NBR 5665:1983 ERRATA

Leia mais

Linha Refrigeração (Frio alimentar) Sistema Integrado de Controle e Monitoramento para Instalações Frigoríficas

Linha Refrigeração (Frio alimentar) Sistema Integrado de Controle e Monitoramento para Instalações Frigoríficas smart - R Linha Refrigeração (Frio alimentar) Sistema Integrado de Controle e Monitoramento para Instalações Frigoríficas smart versão 2.20 Conceito O SMART é um sistema de controle e supervisão para instalações

Leia mais

GUIA DO USUÁRIO. Medidor de Formaldeído HCHO (CH 2 O) para Desktop. Modelo FM300

GUIA DO USUÁRIO. Medidor de Formaldeído HCHO (CH 2 O) para Desktop. Modelo FM300 GUIA DO USUÁRIO Medidor de Formaldeído HCHO (CH 2 O) para Desktop Modelo FM300 Introdução Obrigado por escolher o Modelo FM300 da Extech Instruments, esse medidor foi projetado com tecnologia de sensor

Leia mais

Aplicações: Em sistemas de prevenção de incêndio. Dispositivo destinado a transmitir sinais sonoros e sinais visuais.

Aplicações: Em sistemas de prevenção de incêndio. Dispositivo destinado a transmitir sinais sonoros e sinais visuais. SIRENE Aplicações: Dispositivo destinado a transmitir sinais sonoros e sinais visuais. SIRENE AUDIOVISUAL modelo: SRL-01 SIRENE AUDIOVISUAL modelo:srp-01 / SRV-01 Acionadores: Acionado automáticamente

Leia mais

SOLUÇÕES INTELIGENTES DE ALARME DE INCÊNDIO SOLUÇÕES DE ALARME DE INCÊNDIO ADEQUADAS AS SUAS NECESSIDADES

SOLUÇÕES INTELIGENTES DE ALARME DE INCÊNDIO SOLUÇÕES DE ALARME DE INCÊNDIO ADEQUADAS AS SUAS NECESSIDADES SOLUÇÕES INTELIGENTES DE ALARME DE INCÊNDIO SOLUÇÕES DE ALARME DE INCÊNDIO ADEQUADAS AS SUAS NECESSIDADES S I S T E M A I N T E L I G E N T E D E A L A R M E D E I N C Ê N D I O NÃO SÃO COMO OS PAINÉIS

Leia mais

Alimentação eléctrica de emergência 24 VDC Absorção de energia A 218 x L 230 x Profundidade 63 x mm

Alimentação eléctrica de emergência 24 VDC Absorção de energia A 218 x L 230 x Profundidade 63 x mm Central CANline A central CANline serve para mostrar os valores da concentração de gás e comandar o equipamento de detecção. A Central CANline podemos ligar até 32 detectores de gás, vários displays e

Leia mais

Ampla estrutura para melhor atendê-lo.

Ampla estrutura para melhor atendê-lo. Ampla estrutura para melhor atendê-lo. A Usimarch Equipamentos Industriais é uma empresa que vem crescendo constantemente, pois está baseada na experiência de seus diretores, que atuam no setor industrial

Leia mais

CONTROLADOR ELETRÔNICO DE AR CONDICIONADO. GL-T540 Painel de Controle

CONTROLADOR ELETRÔNICO DE AR CONDICIONADO. GL-T540 Painel de Controle CONTROLADOR ELETRÔNICO DE AR CONDICIONADO GL-T540 Painel de Controle MANUAL PARA OPERADOR Maio 2005 Rev. BI Versão Software: 1.1 SUMMARIO 1) INTRODUÇÃO... 03 1.1) Introdução... 03 1.2) Painel de Controle...

Leia mais

SOLUÇÃO DE MONITORAMENTO INTEGRADO NA PREVENÇÃO DE PERDAS III FÓRUM ABRAS. HAÍLTON SANTOS Desenvolvimento de Novos Negócios

SOLUÇÃO DE MONITORAMENTO INTEGRADO NA PREVENÇÃO DE PERDAS III FÓRUM ABRAS. HAÍLTON SANTOS Desenvolvimento de Novos Negócios SOLUÇÃO DE MONITORAMENTO INTEGRADO NA PREVENÇÃO DE PERDAS HAÍLTON SANTOS Desenvolvimento de Novos Negócios Presente em 33 países Atuação em mais de 100 mercados ao redor do mundo Faturamento anual de 610

Leia mais

Comandos Eletro-eletrônicos SENSORES

Comandos Eletro-eletrônicos SENSORES Comandos Eletro-eletrônicos SENSORES Prof. Roberto Leal Sensores Dispositivo capaz de detectar sinais ou de receber estímulos de natureza física (tais como calor, pressão, vibração, velocidade, etc.),

Leia mais

Monitoramento de manobras de navios No Documento: 2015/016 REV 1

Monitoramento de manobras de navios No Documento: 2015/016 REV 1 Página 1 Sismar Software O SISMAR, sistema de monitoramento de manobras de navios com dados ambientais integrados, tem objetivo de monitorar os processos de atracação, desatracação e ainda fornecer informações

Leia mais

INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL - DEFINIÇÕES

INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL - DEFINIÇÕES SISTEMA É uma disposição, conjunto ou coleção de partes conectadas ou relacionadas de tal maneira a formarem um todo. Pode ser físico, biológico, econômico, etc. CONTROLE Estuda como agir sobre um dado

Leia mais

DETECÇÃO DE INCÊNDIOS E GASES

DETECÇÃO DE INCÊNDIOS E GASES DETECÇÃO DE INCÊNDIOS E GASES COMPLETAMENTE INTEGRADA O sistema de detecção de incêndios e de gases NFS2-3030 funciona com dispositivos padrão industrial 4-20 ma utilizando o módulo FMM-4-20 da NOTFIER

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO, ACOMPANHAMENTO E GERENCIAMENTO DE INDICADORES DE RUÍDO AMBIENTAL EM PROCESSOS INDUSTRIAIS. Lucinda Oliveira Amaro a

IDENTIFICAÇÃO, ACOMPANHAMENTO E GERENCIAMENTO DE INDICADORES DE RUÍDO AMBIENTAL EM PROCESSOS INDUSTRIAIS. Lucinda Oliveira Amaro a IDENTIFICAÇÃO, ACOMPANHAMENTO E GERENCIAMENTO DE INDICADORES DE RUÍDO AMBIENTAL EM PROCESSOS INDUSTRIAIS Lucinda Oliveira Amaro a a Engenharia Química (Graduação-UFC), Engenharia e Ciência de Materiais

Leia mais

Manual de instruções RECICLADOR AUTOMOTIVO RECIGASES. Desenvolvido por:

Manual de instruções RECICLADOR AUTOMOTIVO RECIGASES. Desenvolvido por: Manual de instruções RECICLADOR AUTOMOTIVO RECIGASES Desenvolvido por: Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 2. FUNÇÕES BÁSICAS... 4 3. PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS... 5 4. CONDIÇÕES DE SEGURANÇA... 7 5. COMPONENTES

Leia mais

Sistema de controles e alarmes hospitalar ISO 9001:2008

Sistema de controles e alarmes hospitalar ISO 9001:2008 Sistema de controles e alarmes hospitalar ISO 9001:2008 Alarme BHP Sistema Telemedica Desenvolvidos para uma ampla gama de utilizações no setor hospitalar. Todos os produtos são fabricados conforme 93/42/EEC

Leia mais

Soluções para produção de Oxigênio Medicinal

Soluções para produção de Oxigênio Medicinal Soluções para produção de Oxigênio Medicinal Page1 O propósito da BHP é de fornecer ao hospital uma usina de oxigênio dúplex e enchimento de cilindros para tornar o hospital totalmente independente do

Leia mais

Marcos Damas. www.bethaconsultoria.com.br. Prezados (as) Senhores (as),

Marcos Damas. www.bethaconsultoria.com.br. Prezados (as) Senhores (as), Prezados (as) Senhores (as), A BETHA CONSULTORIA EM SEGURANÇA DO TRABALHO é uma empresa especializada em assessoria e prestação de serviços na área de segurança e medicina do trabalho para os mais diversos

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 04/2011

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 04/2011 Instrução Técnica nº 04/2011 - Símbolos gráficos para projeto de segurança contra incêndio 149 SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO Corpo de Bombeiros

Leia mais

w w w. h e n f e l. c o m. b r HIDROVARIADOR

w w w. h e n f e l. c o m. b r HIDROVARIADOR w w w. h e n f e l. c o m. b r HIDROVARIADOR CH-0509-BR Introdução Fundada em 1981, a HENFEL Indústria Metalúrgica Ltda. é uma tradicional empresa do setor mecânico / metalúrgico, fornecedora de Caixas

Leia mais

Electron do Brasil. Tecnologia ao seu alcance. Tecnologia Digital. www.electrondobrasil.com. Catálogo Monitemp - rev3. Qualidade Comprovada!

Electron do Brasil. Tecnologia ao seu alcance. Tecnologia Digital. www.electrondobrasil.com. Catálogo Monitemp - rev3. Qualidade Comprovada! Electron do Brasil Tecnologia Digital Qualidade Comprovada! Ensaios de Tipo Realizados Tecnologia ao seu alcance Catálogo Monitemp - rev3 Produtos Certificados! www.electrondobrasil.com O Monitor de Temperatura

Leia mais

Inversores de Freqüência na Refrigeração Industrial

Inversores de Freqüência na Refrigeração Industrial ersores de Freqüência na Refrigeração Industrial Os inversores de freqüência possuem um vasto campo de aplicações dentro da área de refrigeração industrial. São utilizados nas bombas de pressurização,

Leia mais

Automação Residencial

Automação Residencial Automação Residencial F. A. Dias G. M. de Paula L. S. de Oliveira G.F. Vieira 1 CEFET-MG, Brasil Contexto Social e Profissional, 2009 Graduação em Engenharia Mecatrônica Motivação Questão fundamental O

Leia mais

Elevador de Cremalheira. ELC001-F - Catálogo Técnico 2015

Elevador de Cremalheira. ELC001-F - Catálogo Técnico 2015 Elevador de Cremalheira ELC001-F - Catálogo Técnico 2015 Conheça o Elevador de Cremalheira ELC001-F! Porque utilizar o Elevador de Cremalheira ELC001-F em minha obra? Vivemos em uma época em que a maioria

Leia mais

BERMAD VÁLVULAS DE CONTROLE PARA PROTEÇÃO CONTRA incêndio

BERMAD VÁLVULAS DE CONTROLE PARA PROTEÇÃO CONTRA incêndio BERMAD VÁLVULAS DE CONTROLE PARA PROTEÇÃO CONTRA incêndio APLICAÇÕES Off Shore THE HEART OF YOUR SYSTEM EXPERIÊNCIA, CONFIABILIDADE, COMPROMISSO Seja nas profundezas do oceano ou a poucas milhas da costa,

Leia mais

MONITORE E CONTROLE SEUS SISTEMAS INTELIGENTES DE GERENCIAMENTO DE EVENTOS E MONITORAMENTO VISUAL DE ALARME DE INCÊNDIO ALARME DE INCÊNDIO

MONITORE E CONTROLE SEUS SISTEMAS INTELIGENTES DE GERENCIAMENTO DE EVENTOS E MONITORAMENTO VISUAL DE ALARME DE INCÊNDIO ALARME DE INCÊNDIO MONITORE E CONTROLE SEUS SISTEMAS GERENCIAMENTO DE EVENTOS INTELIGENTES DE E MONITORAMENTO VISUAL DE ALARME DE INCÊNDIO ALARME DE INCÊNDIO SEJA VOCÊ GERENTE DE UNIDADE OU PROFISSIONAL DO SETOR DE COMBATE

Leia mais

GT COFRE VIA GSM GT COFRE VIA SATÉLITE ABERTURA E TRAVAMENTO DE PORTAS E COFRES

GT COFRE VIA GSM GT COFRE VIA SATÉLITE ABERTURA E TRAVAMENTO DE PORTAS E COFRES GT COFRE VIA GSM GT COFRE VIA SATÉLITE ABERTURA E TRAVAMENTO DE PORTAS E COFRES O GT COFRE é um equipamento wireless com transmissão via satélite e GSM, que executa a função de recepção e transmissão de

Leia mais

ST 160 ST 160 0 # Manual de Referência e Instalação

ST 160 ST 160 0 # Manual de Referência e Instalação ST 160 ST 160 1 2 3 4 5 6 7 8 9 0 # Manual de Referência e Instalação Descrições 1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 0 # 3 2 Número Descrição 1 Indicador de modo 2 Antena 3 Matriz do Teclado 4 Parafuso Especificações

Leia mais

Símbolos Gráficos Para Projeto de Segurança Contra Incêndio

Símbolos Gráficos Para Projeto de Segurança Contra Incêndio Outubro 2011 Vigência: 08 Janeiro 2012 NPT 004 Símbolos Gráficos Para Projeto de Segurança Contra Incêndio CORPO DE BOMBEIROS BM/7 Versão: 01 Norma de Procedimento Técnico 17 páginas SUMÁRIO 1 Objetivo

Leia mais

FUNCIONAMENTO DE UM MONITOR CONTÍNUO DE OZÔNIO

FUNCIONAMENTO DE UM MONITOR CONTÍNUO DE OZÔNIO FUNCIONAMENTO DE UM MONITOR CONTÍNUO DE OZÔNIO 1. Introdução A melhor tecnologia para o monitoramento de baixas concentrações de ozônio (O 3 ) no ar ambiente é a da absorção de luz na faixa do Ultra Violeta

Leia mais

BMS - BUILDING MANAGEMENT SYSTEM

BMS - BUILDING MANAGEMENT SYSTEM BMS - BUILDING MANAGEMENT SYSTEM ADKL.ZELLER 18 ANOS DE EXPERIÊNCIA; SOLUÇÕES EM ENGENHARIA ELÉTRICA E AUTOMAÇÃO DE A a Z; DESENVOLVEMOS TODAS AS ETAPAS DE UM PROJETO; DIVERSAS CERTIFICAÇÕES; LONGAS PARCERIAS

Leia mais

SGi. SOLUÇÃO GESTÃO INTELIGENTE

SGi. SOLUÇÃO GESTÃO INTELIGENTE RELAÇÃO DE TREINAMENTOS 2015 www.sginteligente.com.br TREINAMENTOS PARA SUA EMPRESA - 2º SEMESTRE DE 2015 1 QUALIDADE Empresas e Profissionais interessados na ISO 9001 1.1 Interpretação da Norma ISO 9001:2008

Leia mais

E L E V A D O R A C E S S I B I L I D A D E

E L E V A D O R A C E S S I B I L I D A D E E L E V A D O R A C E S S I B I L I D A D E REV DEZ/2011 Imagens meramente ilustrativas. Com mais de 15 anos de mercado, a Daiken apresenta a experiência e a tecnologia de uma empresa que é referência

Leia mais

AVAL3500. Porta Giratória AVAL3500. 48 3254 8800 I www.mineoro.com.br

AVAL3500. Porta Giratória AVAL3500. 48 3254 8800 I www.mineoro.com.br AVAL3500 Imagem meramente ilustrativa. Porta Giratória AVAL3500 A Porta de Giratória Mineoro modelo AVAL3500 é o modelo mais utilizado em instituições financeiras em todo Brasil. Constitui a mais avançada

Leia mais

Análise Termográfica Relatório Técnico 0814

Análise Termográfica Relatório Técnico 0814 ANÁLISE TERMOGRÁFICA VALINHOS Valinhos DAEV 1. OBJETIVO Apresentar ao DAEV a Inspeção Termográfica realizada nos equipamentos de suas unidades em Valinhos 2. INSTRUMENTAÇÃO UTILIZADA Termovisor Flir Systems

Leia mais

CACAU SHOW. Nossos equipamentos produzem a PÁSCOA. Páscoa Cacau Show e REFRISAT REFRISAT NA MÍDIA

CACAU SHOW. Nossos equipamentos produzem a PÁSCOA. Páscoa Cacau Show e REFRISAT REFRISAT NA MÍDIA Nossos equipamentos produzem a PÁSCOA CACAU SHOW Páscoa Cacau Show e REFRISAT Há 15 anos cliente REFRISAT, a Cacau Show nos procura novamente em busca de soluções em sua produção de Páscoa! Hummm... Sírio

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR CENTRO DE ATIVIDADES TÉCNICAS

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR CENTRO DE ATIVIDADES TÉCNICAS GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE ATIVIDADES TÉCNICAS NORMA TÉCNICA 17/2013 SISTEMA DE DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO SUMÁRIO 1 OBJETIVO 2 APLICAÇÃO 3 REFERÊNCIAS NORMATIVAS E BIBLIOGRÁFICAS

Leia mais

TANQUES DE ARMAZENAMENTO E AQUECIMENTO DE ASFALTO E COMBUSTÍVEL

TANQUES DE ARMAZENAMENTO E AQUECIMENTO DE ASFALTO E COMBUSTÍVEL TANQUES DE ARMAZENAMENTO E AQUECIMENTO DE ASFALTO E COMBUSTÍVEL TANQUES DE ARMAZENAMENTO E AQUECIMENTO DE ASFALTO E COMBUSTÍVEL A ampla linha de tanques de armazenamento e aquecimento de asfalto da Terex

Leia mais