MANUAL TÉCNICO DA CENTRAL E DO SISTEMA DE DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL TÉCNICO DA CENTRAL E DO SISTEMA DE DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO"

Transcrição

1 MANUAL TÉCNICO DA CENTRAL E DO SISTEMA DE DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO A EQUIPEL assegura ao proprietário deste aparelho garantia de 01 ano contra qualquer defeito de peça ou de fabricação desde que, a critério de seus técnicos autorizados, se constate falhas em condições normais de uso do aparelho. A reposição de peças defeituosas e execução de serviços decorrentes desta garantia, somente serão realizados nas localidades onde a EQUIPEL mantiver oficinas e/ou serviços autorizados. Nas demais localidades as Despesas de Transporte do aparelho e/ou técnico correm por conta do cliente. Extinção da Garantia Termo de Garantia Pelo decurso normal do prazo de validade. Pelo mau uso dos equipamentos e/ou por ter sido ligado de maneira incorreta. Por danos causados por agentes da natureza (raios ou descargas elétricas). Por danos causados por acidentes. EQUIPEL - Rua Gustavo Zimmermann, 6550 Cep: Blumenau SC (47)

2 INTRODUÇÃO A Central de Detecção e Alarme de Incêndio modelo ECAI STANDARD fabricada pela EQUIPEL, é do tipo Convencional Supervisionado, podendo receber informações de Detectores Automáticos, Acionadores Manuais, Válvulas de Fluxo e outros aparelhos chamados de dispositivos de Entrada, e pode enviar alimentação para dispositivos de alarme como Sirenes Eletrônicas, Avisadores Áudio e Visuais, Contatores, e outros, chamados de dispositivos de Saída. Tanto os dispositivos de entrada como os dispositivos de saída serão do tipo convencional, sendo que estes deverão atender os padrões de tensão e de consumo, determinados pelas especificações técnicas da central. As informações de Alarmes enviadas pelos dispositivos de entrada (sinal de Fogo e sinais de Avaria), são apresentadas na central através de Led`s, e também por informações escritas em um painel de acrílico fixado a central, sendo que todas as informações estão escritas em português, e de fácil compreensão. A central é o coração do sistema, informando todos os eventos ocorridos instantaneamente, como falta de energia elétrica, problemas na bateria, problemas na alimentação dos detectores, supervisionando todos os dispositivos instalados, e coordenando todas as ações de alarmes previstas na sua configuração. Permite ao operador visualizar todas as indicações necessárias nos eventos de Fogo ou Defeito, identificando cada elemento individualmente, mediante uma placa de setores que pode conter 20, 40 ou 64 setores. É extremamente importante que as pessoas envolvidas com o projeto, desenvolvimento, instalação, manipulação e manutenção de todo o sistema, tenham o conhecimento do funcionamento da central e de seus dispositivos de entrada e de saída (acionadores, detectores, sinalizadores, etc...). A correta instalação e as manutenções periódicas evitaram com que ocorram problemas como disparos em falso, e interferências externas que podem comprometer assim um perfeito funcionamento do sistema, e a integridade dos ocupantes do local de instalação. Os equipamentos foram desenvolvidos com base nas normas Brasileiras (NBR 9441), para execução de sistemas de detecção e alarmes de incêndio, onde se encontra também as informações para a sua correta instalação. EQUIPEL - Rua Gustavo Zimmermann, 6550 Cep: Blumenau SC (47)

3 Produtos FICHA TÉCNICA DA CENTRAL ECAI STANDARD Central de Alarme de Incêndio Modelo Tensão da rede elétrica Tipo de bateria Tensão de flutuação Corrente máxima de carga Fusível de proteção da rede Fusível de proteção (bateria) Fusível de proteção (detector) Tipo de caixa Tipo de pintura Tipo de fixação Peso 20 setores s/bateria Peso 40 setores s/bateria Peso 64 setores s/bateria Dimensão 20 setores Dimensão 40 setores Dimensão 64 setores * Em conformidade com as normas nacionais * Ecai Standard 127 ou 220 Vca Selada 12V/6 Ah 13,2 a 13,8 Vcc 600 ma 0,5 A 7 A 5 A Metálica Epóxi Sobrepor Kg Kg Kg 315 X 355 X 73 mm 445 X 360 X 73 mm 445 X 420 X 73 mm Montadas em 12 Vcc com até 64 setores individuais, podem ser adquiridas com ou sem bateria acoplada. Possui identificação visual e sonora de alarme e defeito. Carregador de bateria incorporado. Compatível com diversos modelos de detectores. Cor Vermelha Grau de proteção IP 20 EQUIPEL - Rua Gustavo Zimmermann, 6550 Cep: Blumenau SC (47)

4 FUNÇÕES DAS CHAVES E LED S Chaves e Botões Reset: Usado para rearmar o sistema. Bip Defeito: Serve para desligar o indicador sonoro de defeito. Pânico: Usado para fazer um disparo geral no sistema. Sirene geral: Chave que desliga a sirene geral e o Bip defeito é acionada. Indicação Visual Led s Led Fogo: Aceso, indica que a chave pânico foi pressionada ou houve um disparo no acionador quebra vidro, detector automático ou qualquer dispositivo de entrada. Led Sistema Ligado: Aceso, Indica que o equipamento está ligado em supervisão. Led Defeito na Alimentação dos detectores: Aceso, indica defeito na fiação dos detectores automáticos ou fusível F3 de 5 Ah, (placa principal) esta queimado. Led Falta de energia elétrica ou fusível: Aceso, indica falta de energia elétrica ou fusível F1 de 0,5 A, (placa principal) esta queimado. Led Defeito na Bateria: Aceso, Indica problemas na Bateria (tensão baixa ou danificada). Led Sirene Geral desligada: Aceso, indica que a sirene dos acionadores e qualquer outro dispositivo de saída está desabilitada. ATENÇÃO! INDICAÇÃO SONORA. A Central possui dois indicadores sonoros distintos para sinalizar Defeito e Fogo. O indicador sonoro de DEFEITO será acionado nas seguintes falhas: Quando: Faltar energia elétrica ou fusível F1 estiver queimado. Quando: Houver defeito na Alimentação dos detectores. Quando: Houver defeito na Bateria (tensão baixa ou danificada). Quando: O Botão da Sirene Geral estiver na posição desligado. O indicador sonoro de FOGO sinalizará quando: Quando: For pressionado a chave Pânico. Quando: Houver disparo do acionador Quebra Vidro.. Quando: Houver disparo do detector automático. ou quando qualquer outro dispositivo de entrada for ativado. A sirene interna da central esta localizada nesta região Para inibir o aviso sonoro de fogo nos Acionadores/ Avisadores e qualquer outro dispositivo de saída, pressione o botão Sirene Geral. Este procedimento não silencia a central que continuará em disparo. Para silenciar a central desligue a Chave Liga/Desliga na placa principal. Este procedimento deverá ser realizado somente pelo técnico autorizado, EQUIPEL - Rua Gustavo Zimmermann, 6550 Cep: Blumenau SC (47)

5 AJUSTES INTERNOS Chave Seleção de Tom Esta chave serve para alterar o tipo de som das sirene dos acionadores tipo quebra vidro. Caso no local da instalação haja outro tipo de alarme com o som semelhante ao do alarme de incêndio, você pode alterar o tipo de som pressionando esta chave. Atenção! somente para acionadores conjugados modelo Equipel. Chave Liga/Desliga Utilizada para ligar e desligar a Central. Com a chave na posição liga, o led sistema ligado permanecerá aceso. Com a chave na posição desliga, somente o carregador e a placa de setores permanecerão funcionando. Trimpot Instatâneo / Temporizado O Trimpot Tp2 ajusta o tempo de retardo do disparo geral. Pode ser ajustado para uma temporização de 0 a 6 minutos. Veja os procedimentos na próxima pagina. PLACA DE SETORES Led`s de fogo Led Carga Aceso indica que a bateria está sendo carregada. Piscado indica que a mesma atingiu o estado de flutuação 13,2 à 13,8V. Este Led indica qual o setor em alarme. Conectores de ligação Fusível F2 Fusível de 7A de proteção da bateria. Este conector serve para interligar a placa de setores ao dispositivo de entrada (Acionador, Detector etc). Fusível F1 Fusível de 0,5A de proteção da rede elétrica Ac. Fusível F3 Fusível de 5A de proteção da alimentação dos detectores. Atenção! Cada conector correponde a 2 setores. Conectores Conectores para interligação dos equipamentos com a central. Atenção! Cuidado ao apertar os terminais, use uma ferramenta adequada. EQUIPEL - Rua Gustavo Zimmermann, 6550 Cep: Blumenau SC (47)

6 AJUSTE MODO INSTANTÂNEO / TEMPORIZADO MODO INSTANTANEO: A Central ajustada neste modo (TP2 NO ZERO) acionara todos os dispositivos de saída imediatamente após receber um sinal de entrada. Exemplo 1 - passo a passo 1. Vidro do Acionador é quebrado ou Detector é acionado 2. Dispositivo de entrada. Envia um sinal para a central. 3. Central emiti um sinal sonoro indicando Fogo 4. Setor correscondende acende indicando o local onde foi acionado 5. Todos os dispositivos de saída são acionados imediatamente. (dispara todas as sirenes, dispara todos sinalizadores visuais, etc... MODO TEMPORIZADO: A central ajustada neste modo (TP2 AJUSTADO), acionara todos os dispositivos de saída depois de contar um tempo pré-programado após receber um sinal de entrada. Exemplo 2 - passo a passo 1. Vidro do Acionador é quebrado ou Detector é acionado 4. Setor correscondende acende indicando o local onde foi acionado 2. Dispositivo de entrada. Envia um sinal para a central 3. Central emiti um sinal sonoro indicando Fogo 5. Todos os dispositivos de saída são acionados após o tempo ajustado, esse tempo que pode variar entre 0 a 6 minutos. (dispara todas as sirenes, dispara todos sinalizadores visuais, etc...) EQUIPEL - Rua Gustavo Zimmermann, 6550 Cep: Blumenau SC (47)

7 PROCEDIMENTOS DE INSTALAÇÃO Passe toda a fiação em tubulação específica para o sistema. Não use a mesma tubulação da rede elétrica. Todas a emendas deve ser devidamente estanhadas (soldadas) para evitar mau contato. Use fios ou cabo blindado de boa qualidade e nas especificações determinadas pelo projeto. Para ligações subterrâneas, use cabos com isolação especial. Fixar a Central Para fixa a central na parede, deve-se retirar o painel interno com cuidado. A central deve ser instalada em local de fácil acesso e visualização. Sempre que possível sob vigilância humana permanente. Deve ser instalada seguindo sempre as especificações determinada no projeto. Fixar os Componentes Instale os equipamentos, acionadores, detectores e outros aparelhos nos locais determinados pelo projeto. Conecte a fiação dos equipamentos na central, conforme esquema de ligação de cada um. Conecte os fios da bateria (respeitando a polaridade), Coloque a chave liga/desliga na posição liga. Após ligar a chave, a Central deve sinalizar o seguinte: Led Sistema ligado aceso. Esta chave esta interna na placa principal. Led Falta de Energia elétrica ou fusível aceso. Bip defeito acionado. Caso sinalize outros eventos, consulte este manual na parte Eliminando Defeitos. Conecte a rede elétrica na Central. Somente o Led sistema ligado e o Led em carga (interno) ficarão acesos. Todas as outras indicações visuais devem estar apagadas. Todas as indicações sonoras devem estar silenciadas. Caso ocorra alguma anormalidade revise a ligação, releia o manual e refaça os procedimentos acima Faça o ajuste do modo Instantâneo ou Temporizado Realize um teste geral do sistema Recoloque o painel interno da central. (cuidado com os botão) Identifique os setores utilizando a cartela com nomes que acompanha a central Chame o responsável, e explique todo o funcionamento e procedimentos em caso de Alarme ou Falha. RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES Os fios para a Bateria devem ser de 2,5mm2 (máximo 10 metros), os demais podem ser de 0,75mm2 (até, no máximo, 100 metros). Antes de conectar a Central na rede elétrica ou testá-la, conecte a bateria ao sistema, pois a Central não funciona sem ela e cuidado para não inverter a polaridade da bateria na Central. EQUIPEL - Rua Gustavo Zimmermann, 6550 Cep: Blumenau SC (47)

8 FUNCIONAMENTO Sistema em Supervisão - LIGADO (pronta para sinalizar qualquer defeito ou alarme) A central permanece ligada, somente o led verde de SISTEMA LIGADO, e vermelho de CARGA, permanecerá aceso na central. Os acionadores deverão estar com o led verde de supervisão acesos. Os detectores deverão estar com seus led's de supervisão piscando. Qualquer outro dispositivo de entrada devera estar ligado, e em supervisão pronto para funcionar, em caso de emergência. Sistema em Alarme - FOGO (sinalizando que houve um disparo de algum dispositivo de entrada, a central emitira três sinais) Sinal será visual de fogo, sendo sinalizado através do led fogo. Sinal será visual no setor, indica em qual setor foi acionado. Sonoro de fogo, a central emitira o sinal exclusivo de fogo. Sistema em Falha - DEFEITO (sinaliza que houve algum defeito no sistema, colocando em risco seu funcionamento será emitido dois sinais). Sinal sonoro, a central emitira um sinal exclusivo de defeito. Sinal visual, indicando através dos led's amarelos qual defeito que ocorreu, que podem ser quatro. * Falta de Energia elétrica ou fusível queimado. * Defeito na alimentação dos detectores * Defeito na bateria * Sirene geral desligada Obs. Note que a um sinal sonoro exclusivo para cada função de fogo ou defeito. EQUIPEL - Rua Gustavo Zimmermann, 6550 Cep: Blumenau SC (47)

9 Indústria Eletrônica Liga Desliga Desliga Liga Liga Desliga O que fazer quando o Alarme dispara. Fogo Fogo Fogo I Sistema Ligado Reset Falta de energia elétrica ou fusível Defeito na alimentação dos Detectores Defeito na Bateria N C Visualize o setor acionado Bip defeito Pânico Sirene Geral desligada Defeito / Falha PROCEDIMENTOS Verifique a origem do defeito Desligue a chave Bip defeito Ê N Sirene Geral Chame o técnico D FUNÇÃO DAS CHAVES Reset Usado para rearmar o sistema Bip defeito Serve para desligar o indicador sonoro de defeito Pânico Usado para fazer um disparo geral no sistema Sirene Geral Chave que desliga a sirene geral e o Bip defeito é acionado I O ATENÇÃO! Nunca deixe a chave Sirene Geral desligada e mantenha o sistema sempre funcionando perfeitamente fazendo as manutenções periódicas. Verifique a origem do disparo e se é verdadeiro ou falso. verdadeiro Se o Incêndio for confirmado, acione os Bombeiros e prossiga com os procedimentos de abandono do local. (Apos o tempo pré-programado a Central dispara a sirene geral) 193 falso Se o disparo não for real, desligue a chave sirene geral, resolva o problema ou chame a assistência técnica. Liga Sirene Geral Desliga 1) 2) O Led Fogo acenderá indicando que algum dispositivo foi acionado. Um bip de alerta soará no interior da Central. 3) O Led Setor acenderá indicando o setor acionado. EQUIPEL - Rua Gustavo Zimmermann, 6550 Cep: Blumenau SC (47)

10 ELIMINANDO DEFEITOS Defeito Led Falta de energia elétrica ou fusível não apaga Led defeito na Alimentação dos detectores não apaga Led defeito na Bateria não apaga Led Setor não apaga Led Sirene Geral desligada não apaga Led supervisão do acionador não acende Sirenes não disparam Led Fogo não apaga Sirene dos acionadores não toca Central não acende nada Sirene dos acionadores toca muito baixo Bip de defeito não toca Intervenção Falta de energia elétrica na Central. Fusível F1 de 0,5 A queimado. Fiação dos detectores automáticos em curto ou invertido. Fusível F3 de 5 Ah queimado. Bateria desconectada da central Tensão baixa ou bateria danificada. Acionador sem o vidro ou sem a tampa. Detector esta em alarme (fumaça ou temperatura) Chave Sirene geral pressionada. Fiação interrompida Central no modo temporizado Chave sirene geral desligada Verificar se o botão do acionador está pressionado. Verificar ligação do detector automático (o jumper deve estar na posição NA). Verificar se a chave pânico está pressionada. Ligação incorreta Chave sirene geral desligada Buzzer não esta conectado nos terminais do acionador. Chave liga desliga (interna),desligada. Fusível F2 queimado Fiação muito longa (acima de 100 metros) Quantidade de acionadores acima da capacidade (ver esquema ligação dos acionadores). Chave Bip defeito pressionada EQUIPEL - Rua Gustavo Zimmermann, 6550 Cep: Blumenau SC (47)

11 Diagrama Unifilar de conexão do Sistema Sinalizador Sonoro Visual Sinalizador Sonoro Módulo de Sirene Discador Telefônico Aparelhos Elétricos Lâmpadas e Outros MÓDULO DE SIRENE AMPLIFICADOR Linha Externa Disc NA Disc Disc + Bat. Disc + Bat. Disc C NA C NA Rede Elétrica 127 ou Vcc - GND Buzzer Buzzer + Sud Disc C NA Buzzer Buzzer + Sud Buzzer Buzzer C NA + Sud Setor Setor Setor Setor Setor Setor Setor Bateria Acionador 2 led s Acionador 1 led Central Repetidora Caixa Só Chave Detectores Automáticos Sensor de Gaz Chave de Fluxo EQUIPEL - Rua Gustavo Zimmermann, 6550 Cep: Blumenau SC (47)

12 Esquema de Ligação entre Centrais Ecai Standard Este tipo de ligação fica destinado, para quando a necessidade de comunicação entre duas centrais, e serve para indicar em uma central, que a uma outra central esta em modo de disparo geral. Central A Central B Exemplo: Duas centrais foram instaladas em galpões diferentes a Central A e a Central B Liga no Setor Liga no Setor Quando a central A dispara geral (todas as saídas ativadas), acusa na central B informando que a central A foi disparada V + BAT - BAT - BAT +DET DISC C NA BUZZER + SUD V + BAT - BAT - BAT +DET DISC C NA BUZZER + SUD Quando a central B dispara geral (todas as saídas ativadas), acusa na central A informando que a central B foi disparada. Nota: As centrais somente sinalizarão o disparo, quando esse for geral, e para isso recomendamos nesse tipo de ligação utilizar as duas centrais no modo instantâneo. A central utilizara um setor para sinalização da outra central. Observações importantes: - Cada central deve possuir sua bateria individual. - Todos os alertas e sinalizações, de defeito na bateria, falta de energia, fogo, etc..., ficam individuais para cada central. - A distancia entre as duas centrais não deve ultrapassar 100 metros. - Cada central devera ter um setor disponível para ser feita a interligação. - Todos os dispositivos de entrada (acionadores,detectores,etc...) e saída (sirenes, sinalizadores,etc..), ficam exclusivos de cada central. - Os Bornes (terminais) 'C' e 'NA' das duas centrais devem estar disponíveis. EQUIPEL - Rua Gustavo Zimmermann, 6550 Cep: Blumenau SC (47)

13 Esse tipo de ligação fica destinado para quando a necessidade de ter varias centrais sendo monitoradas por uma única central. Esquema de Ligação entre Central e sub-central Ecai Standard Exemplo: Em um condomínio de 5 blocos, foram instaladas 5 centrais uma em cada bloco, são as sub-centrais. Na portaria foi instalado uma central, para monitorar as sub-centrais. Essa é a central principal. Quando qualquer uma das sub-centrais disparar geral, acusara na central principal, qual sub-central disparou individualmente. Mas não acusara o setor da sub-central. Atenção! O limite máximo para ligação de Sub-Centrais vai depender de quantos setores estiverem disponíveis na Central principal. Liga no Setor V + BAT - BAT - BAT +DET DISC C NA BUZZER + SUD Central Principal Nota: a central principal sinalizara o disparo de uma sub-central, somente quando esse for um disparo geral. A central principal utilizara setores para sinalizar as sub-centrais. A central principal também pode receber, dispositivos de entrada e saída como sirenes, acionadores, detectores, etc... Sub-Central 1 Sub-Central 2 Sub-Central 3 Observações importantes: * Cada central deve possuir sua bateria individual. * Todos os alertas e sinalizações, de defeito na bateria, falta de energia, fogo, etc..., ficam individuais para cada central. * A distancia entre as sub-centrais e a central principal não deve ultrapassar 100 metros. * Todos os dispositivos de entrada (acionadores,detectores,etc...) e saída (sirenes, sinalizadores,etc..), ficam exclusivos de cada central. * Os conectores 'C' e 'NA' de todas as sub-centrais devem estar disponíveis. * Recomendamos nesse tipo de ligação utilizar todas as centrais no modo instantâneo. * O limite de sub-centrais fica limitada a quantidade de setores livres na central principal V + BAT - BAT - BAT +DET DISC C NA BUZZER + SUD V + BAT - BAT - BAT +DET DISC C NA BUZZER + SUD V + BAT - BAT - BAT +DET DISC C NA SIRENE + SUD C NA C NA C NA EQUIPEL - Rua Gustavo Zimmermann, 6550 Cep: Blumenau SC (47)

Termo de Garantia. Extinção da Garantia

Termo de Garantia. Extinção da Garantia OBS IMPORTANTE: Você esta adquirindo um produto de segurança. Verifique com o Engenheiro responsável da obra, se ele atende as necessidades para o local onde será Instalado, pois todo o equipamento de

Leia mais

CENTRAL DE ALARME COM FIO AW-201

CENTRAL DE ALARME COM FIO AW-201 CENTRAL DE ALARME COM FIO AW201 CARACTERÍSTICAS DO APARELHO Central de alarme de 1 setor com fio; Caixa plástica com alojamento para bateria selada de 7 A/H; Carregador de bateria incorporado; Tempo de

Leia mais

CENTRAL DE ALARME DE INCÊNDIO MULTIPLEX Série AIM48 (Final)

CENTRAL DE ALARME DE INCÊNDIO MULTIPLEX Série AIM48 (Final) 1 - INTRODUÇÃO: CENTRAL DE ALARME DE INCÊNDIO MULTIPLEX Série AIM48 (Final) Trata-se de uma sistema de alarme de incêndio para utilização onde há somente acionadores manuais e sirenes convencionais, não

Leia mais

Central de Alarme de Incêndio AF-18 18 Setores - versão 12V-24V. Central. Fonte de Alimentação. 1. Apresentação 1/12

Central de Alarme de Incêndio AF-18 18 Setores - versão 12V-24V. Central. Fonte de Alimentação. 1. Apresentação 1/12 Central de Alarme de Incêndio AF-18 18 Setores - versão 12V-24V 1. Apresentação Parabéns, você acaba de adquirir mais um produto desenvolvido pela CS Comunicação e Segurança: Central de Alarme de Incêndio

Leia mais

MANUAL TÉCNICO DA CENTRAL FÊNIX-20L

MANUAL TÉCNICO DA CENTRAL FÊNIX-20L MANUAL TÉCNICO SUMÁRIO CARACTERÍSTICAS GERAIS... 3 PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS... 3 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS... 3 PAINEL... 4 FUNÇÕES DO PAINEL... 4 FUNÇÕES INTERNAS PLACA DE CONTROLE... 6 FUNÇÕES INTERNAS

Leia mais

- ohmega@ohmeganet.com.br 18 SETORES MOD. CID 1806. Centrais convencionais para alarme de incêndio, com 18 ou 30 setores supervisionados.

- ohmega@ohmeganet.com.br 18 SETORES MOD. CID 1806. Centrais convencionais para alarme de incêndio, com 18 ou 30 setores supervisionados. 18 SETORES MOD. CID 1806 30 SETORES MOD. CID 3006 Centrais convencionais para alarme de incêndio, com 18 ou 30 setores supervisionados. Instruções de Funcionamento: A central OHMEGA possui dois modos principais

Leia mais

CAE 80. Manual de Instruções. Revisão 4

CAE 80. Manual de Instruções. Revisão 4 CAE 80 Manual de Instruções Revisão 4 1. INTRODUÇÃO. Parabéns pela aquisição da central endereçável da ILUMAC, modelo CAE80, este equipamento será uma excelente ferramenta na proteção e prevenção contra

Leia mais

CENTRAL DE ALARME SEM FIO AS-321

CENTRAL DE ALARME SEM FIO AS-321 CENTRAL DE E SEM FIO AS- CARACTERÍSTICAS DO APARELHO - Central de alarme sem fio com setor misto ( com e/ou sem fio ); - Caixa plástica com alojamento para bateria selada de 7 A/H; - Carregador de bateria

Leia mais

TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA

TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA 3. CARACTERÍSTICAS 3.1 Central de alarme microprocessada com 4 setores expansível para 8 ou 12 setores; 3.2 Acompanha dois transmissores (mod. TSN); 3.3 Acionamento

Leia mais

Manual de Instruções Central de Alarme de Incêndio Convencional.

Manual de Instruções Central de Alarme de Incêndio Convencional. Manual de Instruções Central de Alarme de Incêndio Convencional. ICS 24 INTRODUÇÃO. Parabéns pela aquisição da central convencional digital da ILUMAC, modelo ICS 24, este equipamento será uma excelente

Leia mais

Manual de instalação e operação

Manual de instalação e operação Manual de instalação e operação Central de alarme de incêndio endereçável INC 2000 Central de alarme de incêndio INC 2000 Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Engesul.

Leia mais

MANUAL DO PRODUTO. Central de Alarme de Incêndio WALMONOF CENTRAL DE ALARME DE INCÊNDIO CONVENCIONAL STANDARD MICROPROCESSADA MODELOS

MANUAL DO PRODUTO. Central de Alarme de Incêndio WALMONOF CENTRAL DE ALARME DE INCÊNDIO CONVENCIONAL STANDARD MICROPROCESSADA MODELOS Central de Alarme de Incêndio WALMONOF CENTRAL DE ALARME DE INCÊNDIO CONVENCIONAL STANDARD MICROPROCESSADA MODELOS CMALCD 16/24 B 1 ÍNDICE FICHA TÉCNICA 3 FUNÇÕES DA PLACA 4 INSTALAÇÃO DA CENTRAL 5 ESQUEMA

Leia mais

CAE-R. Manual de Instruções. Revisão 2

CAE-R. Manual de Instruções. Revisão 2 CAE-R Manual de Instruções Revisão 2 1. INTRODUÇÃO. Parabéns pela aquisição da central endereçável da ILUMAC, linha CAE-R, este equipamento será uma excelente ferramenta na proteção e prevenção contra

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Central de Iluminação de Emergência 12 V(cc), 20 A, com Capacidade de 240 W. Código AFB240 A central de iluminação de emergência é alimentada pela rede elétrica predial (110 ou 220 volts) e também possui

Leia mais

CENTRAL DE ALARME SEM FIO AS-321 PLUS

CENTRAL DE ALARME SEM FIO AS-321 PLUS CENTRAL DE ALARME SEM FIO AS PLUS CARACTERÍSTICAS DO APARELHO Central de alarme de zona mista, ou seja, aceita tanto sensores com fio como sensores sem fio. Tempo de sirene: 5 minutos com rearme automático.

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA-4

CENTRAL DE ALARME BRISA-4 CENTRAL DE ALARME BRISA-4 PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS -4 zonas mistas programáveis -disca para até 4 telefones -pânico pelo controle remoto -dupla tecnologia hopping code e rolling code em 4,9mhz -indica

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL

CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL CARACTERÍSTICAS BÁSICAS 8 Zonas programáveis sendo 4 mistas, ou seja, com fio e sem fio e 4 com fio; 1 senha mestre; 1 senha de usuário; Entrada para teclado

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS

CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS Parabéns, Você acaba de adquirir uma central de alarme modelo Brisa 4 Plus produzida no Brasil com a mais alta tecnologia de fabricação. - PAINEL FRONTAL Led REDE: Indica

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO CENTRAL MC 4D

MANUAL DO USUÁRIO CENTRAL MC 4D 12 Manual do Usuário Intrusos podem entrar em zonas sem proteção, ou ter sofisticação para isolar um sensor ou desconectar dispositivos de aviso de alarme; Central, detectores, sensores só funcionam quando

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Central de Detecção e Alarme Contra Incêndio V260 Imagem Central V260 36 Laços Manual de Instalação Leia atentamente o manual antes do manuseio do equipamento ÍNDICE 1 COMANDOS E SINALIZAÇÕES DA CENTRAL

Leia mais

CENTRAL DE ALARME COM FIO AW-211 CONTROLE REMOTO

CENTRAL DE ALARME COM FIO AW-211 CONTROLE REMOTO CENTRAL DE ALARME COM FIO AW2 CONTROLE REMOTO CARACTERÍSTICAS DO APARELHO Central de alarme de setor com fio; Caixa plástica com alojamento para bateria selada de 7 A/H; Carregador de bateria incorporado;

Leia mais

SOLUTION. Painel Convencional de Alarme de Incêndio. SOLUTION - Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio. Revisão 1.1 Maio de 2006

SOLUTION. Painel Convencional de Alarme de Incêndio. SOLUTION - Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio. Revisão 1.1 Maio de 2006 SOLUTION Painel Convencional de Alarme de Incêndio TABELA DE CONTEÚDO Capitulo 1: Descrição do Produto... 2 1.1: Características...2 1.2: Especificações...2 Capitulo 2: Lógica de Detecção e Alarme de Incêndios...

Leia mais

Central de Alarme de Oito Zonas

Central de Alarme de Oito Zonas Central de Alarme de Oito Zonas R02 ÍNDICE CARACTERÍSTICAS GERAIS:... 3 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS:... 3 CONHECENDO A CENTRAL:... 4 COMO A CENTRAL FUNCIONA:... 4 COMO APAGAR A MEMÓRIA DA CENTRAL:... 4 COMO

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Acionador Manual de Alarme de Incêndio Convencional Á Prova de Tempo (IP67) Resetável Código: AFMCPEIP67. O acionador manual de alarme de incêndio AFMCPEIP67 é um equipamento que deve ser instalado na

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Botoeira / Acionador Manual Resetável - Acionamento Direto de Gás, Controle de Acesso em Áreas Sujeitas a Presença de Gáses, Combate e Alarme de Gás Código: AFAM5 O Acionador Manual / Botoeira Convencional

Leia mais

www: toppoalarmes.com.br SAC: 0800-643-6680

www: toppoalarmes.com.br SAC: 0800-643-6680 Prezado cliente, Muito obrigado por escolher o alarme residencial TPS-100: você adquiriu um produto de alta qualidade, confiabilidade e sofisticação. Por favor leia todas as instruções relacionadas ao

Leia mais

Central de Detecção de Incêndio 4 Zonas Manual de Instalação

Central de Detecção de Incêndio 4 Zonas Manual de Instalação Central de Detecção de Incêndio 4 Zonas Manual de Instalação Características Quatro zonas com capacidade de teste/isolamento. Dois circuitos de alarme com possibilidade de isolamento. Fonte de alimentação

Leia mais

DESCRIÇÕES GERAIS SL A X 4 - MT

DESCRIÇÕES GERAIS SL A X 4 - MT DESCRIÇÕES GERAIS SL A X 4 - MT Sua central de alarme SL AX4 - MT, é microcontrolada, com quatro setores independentes, com fios ou sem fios (dependendo dos opcionais instalados), com opções monitoráveis

Leia mais

CENTRAL DE ALARME ASD-600 SINAL E VOZ

CENTRAL DE ALARME ASD-600 SINAL E VOZ CENTRAL DE ALARME ASD-6 SINAL E VOZ Parabéns, Você acaba de adquirir uma central de alarme modelo ASD-6 produzida no Brasil com a mais alta tecnologia de fabricação. 1- PAINEL FRONTAL Led REDE: Indica

Leia mais

MANUAL DO INSTALADOR. CENTRAL DE ALARME SUPÉRIA 3000 D4 e SUPÉRIA 3000 D8

MANUAL DO INSTALADOR. CENTRAL DE ALARME SUPÉRIA 3000 D4 e SUPÉRIA 3000 D8 1 2 MANUAL DO INSTALADOR CENTRAL DE ALARME SUPÉRIA 3000 D4 e SUPÉRIA 3000 D8 Parabéns, você adquiriu um sistema de alarme da CS Eletrônica. Os nossos equipamentos foram projetados para lhe oferecer anos

Leia mais

TERMO DE GARANTIA. Recomendação:

TERMO DE GARANTIA. Recomendação: TERMO DE GARANTIA ELETROPPAR - Indústria Eletrônica Ltda., localizada na Rua Carlos Ferrari, nº 2651, Distrito Industrial, Garça/SP, CEP 17.400-000, CNPJ 02.748.434/0001-08, IE 315.026.341.111 garante

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA CELL 804

CENTRAL DE ALARME BRISA CELL 804 CENTRAL DE ALARME - PAINEL FRONTAL Led REDE: Indica que o aparelho está sendo alimentado pela rede AC. Led BATERIA: Indica que o aparelho está sendo alimentado pela bateria. Led ARMADO: Aceso indica que

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Mini Sirene Eletrônica Audiovisual Um Toque Iluminação a LED - Para Pequenas e Médias Áreas - Código: AFMSF A sirene audiovisual de alarme código AFMSF é um equipamento que deve ser instalado no teto ou

Leia mais

INDÍCE. Revisão 6 So,ware 6.003. PÁG. 02 INTRODUÇÃO Principais Características. 2.7) Configurando o nome do endereço

INDÍCE. Revisão 6 So,ware 6.003. PÁG. 02 INTRODUÇÃO Principais Características. 2.7) Configurando o nome do endereço INDÍCE PÁG. 02 INTRODUÇÃO Principais Características PÁG. 12 2) PROGRAMAÇÃO & CONFIGURAÇÃO 2.7) Configurando o nome do endereço PÁG. 03 1) INSTALAÇÃO 1.1) Preocupações e Cuidados Básicos PÁG. 13 2) PROGRAMAÇÃO

Leia mais

AP4/AP4D CENTRAL DE ALARME PARTICIONADA MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Compatec Sistemas Eletrônicos Ltda Indústria Brasileira www.compatec.com.

AP4/AP4D CENTRAL DE ALARME PARTICIONADA MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Compatec Sistemas Eletrônicos Ltda Indústria Brasileira www.compatec.com. SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CLIENTE COMPATEC ALARMES PARA SUA SEGURANÇA MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO suporte@compatec.com.br fone:(54)4009 4711 Compatec Sistemas Eletrônicos Ltda Indústria Brasileira

Leia mais

A L A R M E S P A R A S U A S E G U R A N Ç A MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO CENTRAL DE ALARME PARTICIONADA AP2/AP2D

A L A R M E S P A R A S U A S E G U R A N Ç A MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO CENTRAL DE ALARME PARTICIONADA AP2/AP2D COMPATEC A L A R M E S P A R A S U A S E G U R A N Ç A MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO CENTRAL DE ALARME PARTICIONADA AP2/AP2D ÍNDICE Apresentação...3 Conheçendo a central...3 Características Gerais...4

Leia mais

RXM. SaÌda da antena. Teclas de setor. Teclas de aprendizagem Teclado do Tele Alarme (opcional) Gabinete met lico com espaáo para bateria

RXM. SaÌda da antena. Teclas de setor. Teclas de aprendizagem Teclado do Tele Alarme (opcional) Gabinete met lico com espaáo para bateria RXM CENTRAL DE ALARME 4/8 ou 12 SETORES MICROPROCESSADA Aplicação - Usada como central de alarme residencial, comercial ou industrial. SaÌda da antena APRESENTAÇÃO DA CENTRAL Teclas de setor Teclas de

Leia mais

R2M CARACTERÍSTICAS. Aplicação - Usada como central de alarme residencial, comercial ou industrial. APRESENTAÇÃO DA PLACA. Buzzer. Placa de RF Antena

R2M CARACTERÍSTICAS. Aplicação - Usada como central de alarme residencial, comercial ou industrial. APRESENTAÇÃO DA PLACA. Buzzer. Placa de RF Antena 38 R2M CENTRAL DE ALARME 2 SETORES MICROPROCESSADA Aplicação - Usada como central de alarme residencial, comercial ou industrial. APRESENTAÇÃO DA PLACA Led - setor 2 Buzzer Placa de RF Antena Led - setor

Leia mais

TERMO DE GARANTIA. Manual do Produto

TERMO DE GARANTIA. Manual do Produto TERMO DE GARANTIA ELETROPPAR - Indústria Eletrônica Ltda., Localizada na Rua Carlos Ferrari, nº 2651, Distrito Industrial, Garça/SP, CEP 17.400-000, CNPJ 02.748.434/0001-08, IE 315.026.341.111 garante

Leia mais

Compacta e de fácil programação possuindo:

Compacta e de fácil programação possuindo: '(6&5,d (6*(5$,66/$; Sua central de alarme 6/ ± $;, é microcontrolada, com quatro setores independentes, com fios ou sem fios (dependendo dos opcionais instalados), controle remoto e discador telefônico,

Leia mais

Hera Indústria de Equipamentos Eletrônicos LTDA. Manual de Instalação e Operação. Central de alarme HR 4020 2 setores HERA.

Hera Indústria de Equipamentos Eletrônicos LTDA. Manual de Instalação e Operação. Central de alarme HR 4020 2 setores HERA. Central de alarme HR 4020 2 setores HERA Manual do Usuário 1 Índice: 1 Aplicação... 3 2 Características... 3 3 - Apresentação da Central... 3 3.1 - Parte externa... 3 3.2 - Parte interna... 4 4 - Diagramas

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO SUB Central de Alarme de Incêndio Convencional de 08 Laços (Setores) Com Visor de LCD - Código AFVR8LS A Central de Alarme de Incêndio Convencional é o Cérebro do sistema de alarme de incêndio e cabe a

Leia mais

MANUAL DE PROGRAMAÇÃO CENTRAL MC - 4

MANUAL DE PROGRAMAÇÃO CENTRAL MC - 4 Central de Alarme MC-4 1. Apresentação 3 2. Características 3 3. Conhecendo a Central de Alarme MC-4 4 4. Instalação 4 4.1 Especificações Técnicas 4 4.2 Especificação da Fiação 5 4.3 Escolha dos Sensores

Leia mais

SENHA LIGHT VERSÃO DO MANUAL

SENHA LIGHT VERSÃO DO MANUAL SENHA LIGHT VERSÃO DO MANUAL 1.2. de 05/02/2013 7767 2 Sumário 1. Apresentação... 5 2. Itens que Acompanham... 5 3. Especificações Técnicas... 5 4. Características Gerais... 6 5. Visão geral do Equipamento...

Leia mais

CHANDER FIRE DO BRASIL. equipamentos de segurança

CHANDER FIRE DO BRASIL. equipamentos de segurança CHANDER FIRE DO BRASIL equipamentos de segurança www.chanderfiredobrasil.com.br SISTEMA ENDEREÇÁVEL CENTRAL ENDEREÇÁVEL DE 250 ENDEREÇOS Especificações Técnicas: - Alimentação primária: 110V ou 220V AC

Leia mais

TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA

TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA 3. CARACTERÍSTICAS 3.1 Central de alarme microprocessada com 1 setor; 3.2 Acompanha dois transmissores (mod. TSN); 3.3 Freqüência de transmissão: 433MHz;

Leia mais

CENTRAL DE ALARME DE INCÊNDIO COMPACTA KE-80 R.7

CENTRAL DE ALARME DE INCÊNDIO COMPACTA KE-80 R.7 CENTRAL DE ALARME DE INCÊNDIO COMPACTA KE-80 R.7 Sumário: 1. ANTES DE INSTALAR 2 2. PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS 2 3. INSTALAÇÃO 2 a. Normativas 2 b. Cabo 2 c. Conexão padrão 3 d. Montagem 4 e. Aterramento

Leia mais

LEIA TODO O CONTEÚDO DESTE MANUAL ANTES DE INICIAR A INSTALAÇÃO

LEIA TODO O CONTEÚDO DESTE MANUAL ANTES DE INICIAR A INSTALAÇÃO CENTRAL DE ALARME 2 SETORES MISTOS MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO LEIA TODO O CONTEÚDO DESTE MANUAL ANTES DE INICIAR A INSTALAÇÃO INTRODUÇÃO A FLEX-210 é uma central de alarme de 2 setores mistos configuráveis.

Leia mais

Hera Indústria de Equipamentos Eletrônicos LTDA. Manual de Instalação e Operação. Central de alarme HR 4031 Light \ Plus 4 setores HERA

Hera Indústria de Equipamentos Eletrônicos LTDA. Manual de Instalação e Operação. Central de alarme HR 4031 Light \ Plus 4 setores HERA Central de alarme HR 4031 Light \ Plus 4 setores HERA Manual do Usuário 1 Índice: 1 Aplicação:... 3 2 Características:... 3 3 Características de funcionamento... 3 4- Apresentação da Central... 4 4.1 Parte

Leia mais

Manual do usuário. Central de alarme de incêndio Slim

Manual do usuário. Central de alarme de incêndio Slim Manual do usuário Central de alarme de incêndio Slim Central de alarme de incêndio Slim Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Engesul. Este manual é válido apenas para

Leia mais

LEIA TODO O CONTEÚDO DESTE MANUAL ANTES DE INICIAR A INSTALAÇÃO

LEIA TODO O CONTEÚDO DESTE MANUAL ANTES DE INICIAR A INSTALAÇÃO MONITOR DE PORTA ABERTA MPA-10 com fio MANUAL DE INSTALAÇÃO LEIA TODO O CONTEÚDO DESTE MANUAL ANTES DE INICIAR A INSTALAÇÃO DESCRIÇÃO O MPA-10 é um alarme que sinaliza a situação de porta aberta, gerando

Leia mais

DIGIPROX SA200 VERSÃO DO MANUAL. 2.1 de 09/09/2014

DIGIPROX SA200 VERSÃO DO MANUAL. 2.1 de 09/09/2014 DIGIPROX SA200 VERSÃO DO MANUAL 6282 2.1 de 09/09/2014 Sumário 1. Apresentação... 4 2. Itens que Acompanham... 4 3. Especificações Técnicas... 4 4. Características Gerais... 5 5. Visão geral do Equipamento...

Leia mais

2.5. Placas eletrônicas da central

2.5. Placas eletrônicas da central 2.5. Placas eletrônicas da central Placa eletrônica de laço Piezo Placa de laço Na placa eletrônica de laço podem ser ligados quatro laços de detecção, compostos por detectores de fumaça, detectores termovelocimétricos

Leia mais

manual DE OPERAÇÃO SISTEMA DE ALARME DE INCÊNDIO ENDEREÇAVEL SOLARA125

manual DE OPERAÇÃO SISTEMA DE ALARME DE INCÊNDIO ENDEREÇAVEL SOLARA125 manual DE OPERAÇÃO SISTEMA DE ALARME DE INCÊNDIO ENDEREÇAVEL SOLARA125 INDICE 1 COMANDOS E SINALIZAÇÕES DA CENTRAL... 3 1.1 DISPOSITIVOS DE INDICAÇÃO... 4 1.2 NIVEIS DE ACESSO AO TECLADO... 5 1.3 TECLAS

Leia mais

Manual; Módulo de Alarme com Sirene Piezo Elétrica Dedicada; Dois Transmissores com Bateria; Chicote de Potência.

Manual; Módulo de Alarme com Sirene Piezo Elétrica Dedicada; Dois Transmissores com Bateria; Chicote de Potência. COMPOSIÇÃO DO SISTEMA DE ALARME Manual; Módulo de Alarme com Sirene Piezo Elétrica Dedicada; Dois Transmissores com Bateria; Chicote de Potência. INFORMAÇÕES AO PROPRIETÁRIO 1. OPERAÇÕES BÁSICAS DO ALARME

Leia mais

5. Operação. 5.1. Reconhecimento do alarme. 5.2. Temporizador de disparo das saídas. 5.3. Reinicialização do sistema de alarme

5. Operação. 5.1. Reconhecimento do alarme. 5.2. Temporizador de disparo das saídas. 5.3. Reinicialização do sistema de alarme 5. Operação 5.1. Reconhecimento do alarme Obs.: pressione a tecla Reinicia Sirene (interna) para silenciar o bip interno. Siga os procedimentos internos de segurança. O alarme geral pode ser acionado a

Leia mais

ST 160 ST 160 0 # Manual de Referência e Instalação

ST 160 ST 160 0 # Manual de Referência e Instalação ST 160 ST 160 1 2 3 4 5 6 7 8 9 0 # Manual de Referência e Instalação Descrições 1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 0 # 3 2 Número Descrição 1 Indicador de modo 2 Antena 3 Matriz do Teclado 4 Parafuso Especificações

Leia mais

Sistema de Alarme Comercial, Industrial e Residencial. Via Rádio Frequência Codificado, sistema Wireless System.

Sistema de Alarme Comercial, Industrial e Residencial. Via Rádio Frequência Codificado, sistema Wireless System. Sistema de Alarme Comercial, Industrial e Residencial Fênix K4 Via Rádio Frequência Codificado, sistema Wireless System. Frequência de Recepção de Rádio 263 mhz CARACTERISTICAS: NOVOS RECURSOS adicionados

Leia mais

Central de alarme Ventura GSM

Central de alarme Ventura GSM Central de alarme Ventura GSM Manual do Usuário 1 Índice: 1 Aplicação:... 3 2 Características:... 3 3 Características de funcionamento... 3 4- Apresentação da Central... 4 4.1 Parte externa... 4 4.2 Parte

Leia mais

Índice. 1. Características técnicas

Índice. 1. Características técnicas Termo de garantia A ELETROPPAR - Indústria Eletrônica Ltda., localizada na rua Carlos Ferrari nº 2651, Distrito Industrial, Garça/SP, CEP 17400-000, CNPJ 02.748.434/0001-08, IE 315.026.341.111 garante

Leia mais

A empresa se reserva no direito de fazer alterações sem prévio aviso. Produto produzido por Eletroppar - CNPJ. 02.748.434/0001-08

A empresa se reserva no direito de fazer alterações sem prévio aviso. Produto produzido por Eletroppar - CNPJ. 02.748.434/0001-08 As imagens deste manual são meramente ilustrativas. A empresa se reserva no direito de fazer alterações sem prévio aviso. Produto produzido por Eletroppar - CNPJ. 02.748.434/0001-08 P27130 - Rev. 1 1 Índice

Leia mais

LEIA TODO O CONTEÚDO DESTE MANUAL ANTES DE INICIAR A INSTALAÇÃO

LEIA TODO O CONTEÚDO DESTE MANUAL ANTES DE INICIAR A INSTALAÇÃO ELETRIFICADOR DE CERCA EC- rural MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO LEIA TODO O CONTEÚDO DESTE MANUAL ANTES DE INICIAR A INSTALAÇÃO Esta página foi intencionalmente deixada em branco. CUIDADOS NA INSTALAÇÃO

Leia mais

CHANDER FIRE DO BRASIL. Equipamentos de Segurança

CHANDER FIRE DO BRASIL. Equipamentos de Segurança CHANDER FIRE DO BRASIL Equipamentos de Segurança SISTEMA ENDEREÇÁVEL: Central Endereçável Especificações Técnicas: - CENTRAL ENDEREÇÁVEL DE 250 ENDEREÇOS - Alimentação primária: 110V ou 220V AC - 60Hz

Leia mais

Manual de Instruções do Senha Light

Manual de Instruções do Senha Light Manual de Instruções do Senha Light 2 Sumário 1. Apresentação... 4 2. Especificações Técnicas... 4 3. Configuração do Sistema... 5 4. Esquema de Ligação... 5 4.1. Ligação da Fechadura Eletroímã... 6 4.1.1.

Leia mais

ANEXO I PROJETO EXECUTIVO. Ref: Intimação CONTRU processo nº 2004.0165.823-2 www.prefeitura.sp.gov.br/processos

ANEXO I PROJETO EXECUTIVO. Ref: Intimação CONTRU processo nº 2004.0165.823-2 www.prefeitura.sp.gov.br/processos ANEXO I PROJETO EXECUTIVO Ref: Intimação CONTRU processo nº 2004.0165.823-2 www.prefeitura.sp.gov.br/processos Ass: Escopo para Contratação de Empresa Qualificada. Tipo da contratação: Obra de Engenharia.

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES USUÁRIO

MANUAL DE INSTRUÇÕES USUÁRIO MANUAL DE INSTRUÇÕES USUÁRIO SISTEMA DE SEGURANÇA TERMINAL DSC INSTRUÇÕES DE USO: PARA INIBIR ZONAS (#), (*), (1), (Senha de acesso), (nº da zona: 01 a 16), a zona selecionada acende no teclado. (#) para

Leia mais

SENSOR INFRAVERMELHO ATIVO DUPLO FEIXE

SENSOR INFRAVERMELHO ATIVO DUPLO FEIXE SENSOR INFRAVERMELHO ATIVO DUPLO FEIXE duoiva-3010 MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO LEIA TODO O CONTEÚDO DESTE MANUAL ANTES DE INICIAR A INSTALAÇÃO Esta página foi intencionalmente deixada em branco. INTRODUÇÃO

Leia mais

DIGIPROX VERSÃO DO MANUAL

DIGIPROX VERSÃO DO MANUAL DIGIPROX VERSÃO DO MANUAL 1.1 de 22/02/2013 6282 2 Sumário 1. Apresentação... 5 2. Itens que Acompanham... 5 3. Especificações Técnicas... 5 4. Características Gerais... 6 5. Visão geral do Equipamento...

Leia mais

Hera Indústria de Equipamentos Eletrônicos LTDA. Manual de Instalação e Operação. Discadora por Celular HERA HR2048.

Hera Indústria de Equipamentos Eletrônicos LTDA. Manual de Instalação e Operação. Discadora por Celular HERA HR2048. Discadora por Celular HERA HR2048 Manual do Usuário Índice: Paginas: 1. Introdução 03 1.1 Visão Geral 03 2. Características 04 3. Funcionamento 04, 05 e 06 3.1 Mensagens 06 e 07 4. Instalação da Discadora

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS

CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS Parabéns, Você acaba de adquirir uma central de alarme modelo Brisa 4 Plus produzida no Brasil com a mais alta tecnologia de fabricação. 1- PAINEL FRONTAL Led REDE: Indica

Leia mais

DIGIPROX SA202 VERSÃO DO MANUAL

DIGIPROX SA202 VERSÃO DO MANUAL DIGIPROX SA202 VERSÃO DO MANUAL 1.0 de 01/04/02013 8672 2 Sumário 1. Apresentação... 5 2. Itens que Acompanham... 5 3. Especificações Técnicas... 5 4. Características Gerais... 6 5. Visão Geral do Equipamento...

Leia mais

Manual Utilização. Central Detecção Incêndio. JUNIOR-NET CSA v.4. Sistema Analógico Endereçável

Manual Utilização. Central Detecção Incêndio. JUNIOR-NET CSA v.4. Sistema Analógico Endereçável Manual Utilização Central Detecção Incêndio JUNIOR-NET CSA v.4 Sistema Analógico Endereçável Modelo com aprovação das normas EN54PT2 e PT4 1999 GFE 1/5 Legenda da Central: 1 33 32 2 3 31 30 4 10 5 29 28

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Sensor / Detector de Chama Convencional Tipo Ultravioleta Código: AFC9104. O detector de chama AFC9104 é um equipamento que deve ser instalado no teto ou na parede das edificações e tem como função enviar

Leia mais

PAINEL DE ALARME ACTIVE 10 E 10 LITE

PAINEL DE ALARME ACTIVE 10 E 10 LITE PAINEL DE ALARME ACTIVE 0 E 0 LITE - FUNÇÕES BÁSICAS. VISUALIZAÇÃO DOS PROBLEMAS NO SISTEMA Para visualizar os problemas, pressione a tecla P por segundos. O led SISTEMA começa a piscar, continue pressionando

Leia mais

PLT50: Alarme 8 setores mistos

PLT50: Alarme 8 setores mistos PLT50: Alarme 8 setores mistos Central 8 setores misto (com e sem fio) controlada por microprocessador. Os setores podem ser ativados e desativados individualmente Liga (1 bip), desliga (2 bips) por controle-remoto.

Leia mais

Central de alarme ANM 2004 MF / ANM 2008 MF

Central de alarme ANM 2004 MF / ANM 2008 MF Central de alarme ANM 2004 MF / ANM 2008 MF Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. A central de alarme ANM 2004/2008 MF é compacta e de fácil programação, possui

Leia mais

DESCRIÇÃO DO FUNCIONAMENTO Basicamente o ANTRON II-s recebe sinais provenientes da atuação de contatos elétricos externos, associados a equipamentos

DESCRIÇÃO DO FUNCIONAMENTO Basicamente o ANTRON II-s recebe sinais provenientes da atuação de contatos elétricos externos, associados a equipamentos DESCRIÇÃO DO FUNCIONAMENTO Basicamente o ANTRON II-s recebe sinais provenientes da atuação de contatos elétricos externos, associados a equipamentos ou sistemas que se queiram supervisionar, via contatos

Leia mais

CENTRAL DETECÇÃO INCÊNDIO YAZIC. Modelo FP4-4 Zonas Programáveis MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO

CENTRAL DETECÇÃO INCÊNDIO YAZIC. Modelo FP4-4 Zonas Programáveis MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CENTRAL DETECÇÃO INCÊNDIO YAZIC Modelo FP4-4 Zonas Programáveis MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO Introdução A FP4 é uma Central de Detecção de Incêndio Convencional, equipada com 4 zonas de detecção,

Leia mais

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...8

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...8 1 ÍNDICE Apresentação...3 Vantagens...3 Instalação...4 Informações Técnicas...5 Especificações Técnicas......8 2 APRESENTAÇÃO: O SS100 é um rastreador desenvolvido com os mais rígidos padrões de qualidade

Leia mais

ANM 1002 PL ANM 1004 PL. GUIA DO USUÁRIO Central de Alarme Intelbras ANM 1002 PL / ANM 1004 PL

ANM 1002 PL ANM 1004 PL. GUIA DO USUÁRIO Central de Alarme Intelbras ANM 1002 PL / ANM 1004 PL ANM 1002 PL ANM 1004 PL GUIA DO USUÁRIO Central de Alarme Intelbras ANM 1002 PL / ANM 1004 PL DESCRIÇÃO E APLICAÇÕES Parabéns, você acaba de adquirir um produto desenvolvido com a tecnologia e segurança

Leia mais

TERMO DE GARANTIA. Comprador: Endereço: Bairro: CEP: Revendedor: Fone: Data da Venda: Identificação do produto: P26947 - Rev. 1

TERMO DE GARANTIA. Comprador: Endereço: Bairro: CEP: Revendedor: Fone: Data da Venda: Identificação do produto: P26947 - Rev. 1 TERMO DE GARANTIA A ELETROPPAR Indústria Eletrônica Ltda., localizada na rua Carlos Ferrari nº 2651, Distrito Industrial, Garça/SP, CEP 17400000, CNPJ 02.748.434/000108, IE 315.026.341.111 garante este

Leia mais

: (19) 3526-9900 Suporte técnico: ID*: 96*75079 www.lookout.com.br

: (19) 3526-9900 Suporte técnico: ID*: 96*75079 www.lookout.com.br : (19) 3526-9900 Suporte técnico: ID*: 96*75079 www.lookout.com.br ÍNDICE Composição do sistema de alarme...1 Operações básicas do alarme...1 Recursos e configurações do alarme...2 Auto-trava...2 Localização

Leia mais

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...9

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...9 1 ÍNDICE Apresentação...3 Vantagens...3 Instalação...4 Informações Técnicas...5 Especificações Técnicas...9 2 APRESENTAÇÃO: O SS100 Moto é um rastreador exclusivo para Motos desenvolvido com os mais rígidos

Leia mais

CENTRAL DE ALARME ASD-260 SINAL/VOZ

CENTRAL DE ALARME ASD-260 SINAL/VOZ CENTRAL DE ALARME ASD-60 SINAL/VOZ Parabéns, Você acaba de adquirir uma central de alarme modelo ASD-60 produzida no Brasil com a mais alta tecnologia de fabricação. - PAINEL FRONTAL Led REDE: Indica que

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÃO KIT ALARM. www.kitfrigor.com.br Fone: 0XX11 5033-5656

MANUAL DE INSTRUÇÃO KIT ALARM. www.kitfrigor.com.br Fone: 0XX11 5033-5656 MANUAL DE INSTRUÇÃO KIT ALARM www.kitfrigor.com.br Fone: 0XX11 5033-5656 ÍNDICE 1 - INTRODUÇÃO... 3 2 - CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS... 4 3 INSTALAÇÃO... 5 4 - OPERAÇÃO... 6 5 SIMBOLOGIA... 7 6 LIMPEZA...

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Unidade Discadora Telefônica - Para Monitoramento Remoto Até 5 Números Código: AFDISC A unidade discadora telefônica para monitoramento remoto, código AFDISC é um equipamento que deve ser instalado em

Leia mais

WWW.IPEC.IND.BR A IPEC se reserva no direito de alterar o produto aqui apresentado sem aviso prévio.

WWW.IPEC.IND.BR A IPEC se reserva no direito de alterar o produto aqui apresentado sem aviso prévio. WWW.IPEC.IND.BR GLinha de Alarmes enius AL 4 setores articionaveis M109 - V02 A IPEC se reserva no direito de alterar o produto aqui apresentado sem aviso prévio. PARABÉNS! Você acaba de adquirir um produto

Leia mais

Alarme de Emergência Modelo AE 05 INSTRUÇÃO TÉCNICA IT-03R0 ALARME DE EMERGÊNCIA AE 05

Alarme de Emergência Modelo AE 05 INSTRUÇÃO TÉCNICA IT-03R0 ALARME DE EMERGÊNCIA AE 05 Alarme de Emergência Modelo AE 05 INSTRUÇÃO TÉCNICA IT-03R0 ALARME DE EMERGÊNCIA AE 05 Leia atentamente as instruções contidas neste manual antes de iniciar a instalação e operação 1 ÍNDICE INTRODUÇÃO

Leia mais

CONTROLE REMOTO VEICULAR

CONTROLE REMOTO VEICULAR Hamtronix MCR300EA Manual de Instalação e Operação Software A Hardware Revisão E ÍNDICE Índice... 02 Suporte Online... 02 Termo de Garantia... 02 COMO FUNCIONA Funcionamento das saídas... 03 Funcionamento

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Temporizador Automático / Relógio Programador de Horário Para Acionamento Automático de Sirenes e Outros Equipamentos Código: AFKITPROG 2 O REGISTRADOR ELETRÔNICO DE PONTO REP O Relógio Acionador Automático

Leia mais

FONTE NO-BREAK MANUAL TÉCNICO

FONTE NO-BREAK MANUAL TÉCNICO FONTE NO-BREAK MANUAL TÉCNICO Sat5 Telecom www.sat5.com.br Última Revisão: 25/01/2012 Manual Técnico.:. Fonte No-Break.:. Sat5 Telecom 1 1. Modelos e diferenças As fontes no-break, são fornecidas em 2

Leia mais

BOTÃO DE TOQUE POR PROXIMIDADE

BOTÃO DE TOQUE POR PROXIMIDADE BOTÃO DE TOQUE POR PROXIMIDADE MANUAL DE INSTALAÇÃO ATENÇÃO! LEIA TODAS AS INSTRUÇÕES DO MANUAL ANTES DE INSTALAR E OPERAR ESTE EQUIPAMENTO Parabéns, você adquiriu um produto com o selo Qualidade Máxima

Leia mais

1. INTRODUÇÃO. 2. PRINCIPAIS CARACTERISTICAS.

1. INTRODUÇÃO. 2. PRINCIPAIS CARACTERISTICAS. Revisão 6.5 1. INTRODUÇÃO. Parabéns pela aquisição da central endereçável ILUMAC, modelo KE80, este equipamento será uma excelente ferramenta na proteção e prevenção contra incêndio. A KE80 possibilita

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO ST240

MANUAL DE INSTALAÇÃO ST240 MANUAL DE INSTALAÇÃO ST240 SUMÁRIO Descrição do Rastreador ST-240... 03 Descrição das entradas e saídas... 03 Led indicador GPS - Vermelho... 04 Led indicador GPRS - Azul... 04 Dicas de instalação... 05

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Detector / Sensor de Fumaça Autônomo Rede AC e Bateria - Com Saída Rele NA/NF - Código: AFDFAR. O detector de Fumaça código AFDFAR é um equipamento que deve ser instalado no teto ou na parede das edificações

Leia mais

GUIA DO USUÁRIO Central de Alarme Intelbras AMT 1004 RF

GUIA DO USUÁRIO Central de Alarme Intelbras AMT 1004 RF GUIA DO USUÁRIO Central de Alarme Intelbras AMT 1004 RF DESCRIÇÃO E APLICAÇÕES Parabéns, você acaba de adquirir um produto concebido com a tecnologia e a segurança Intelbras. A central de alarme AMT 1004

Leia mais

Central de alarme Modelo ANM 3004/3008 ST

Central de alarme Modelo ANM 3004/3008 ST MANUAL DO USUÁRIO Central de alarme Modelo ANM 3004/3008 ST Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. As centrais de alarme ANM 3004 ST e ANM 3008 ST são compactas

Leia mais

Connect-i Manual do Usuário - Português

Connect-i Manual do Usuário - Português Connect-i Manual do Usuário - Português Connect-i Manual do Usuário Contronics Automação Ltda. Rua Tenente Silveira, 225 Ed. Hércules - 10 andar Centro - Florianópolis - SC, 88010-300 Brasil Fone: (48)

Leia mais