Geração do SPED Contábil

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Geração do SPED Contábil"

Transcrição

1 Geração do SPED Contábil

2 Geração do SPED Contábil Para facilitar o entendimento da rotina de geração do SPED Contábil no Sistema Cordilheira, a equipe de Suporte Técnico da EBS Sistemas disponibilizou este pequeno manual, que contém dicas importantes sobre o processo de geração deste informe.

3 Geração do SPED Contábil 1 Permissões de acesso: Caso as rotinas relacionadas ao SPED no módulo Contábil estejam bloqueadas, realize a liberação da rotina para os usuários através do Gerenciador de Sistemas em Usuários/Controle de Permissões.

4 2 Parametrizando o sistema: Embora não seja obrigatório, o usuário do sistema poderá efetuar a rotina de vinculação do Plano de Contas da empresa com o Plano de Contas do SPED. Para isso acesse Cadastro / Plano de Contas, selecione as contas conforme o plano e informe qual conta no Plano Referencial será vinculada. Após clique em Gravar.

5 Para facilitar esse processo de vinculação das contas no Plano Referencial, poderá ainda utilizar a rotina de Vinculação Automática através de Módulos / Escrituração Contábil Digital / Plano Referencial / Vinculação Automática. O Sistema Cordilheira fará a vinculação automática das contas a partir de sua classificação e do nome da conta. Como o Plano de Contas de cada empresa pode variar, sugerimos que após a vinculação automática seja realizada uma conferência deste procedimento através da rotina de Módulos / Escrituração Contábil Digital / Plano Referencial / Relatório.

6 3 Arquivo do SPED com as Demonstrações Contábeis: Para que o sistema gere o arquivo do SPED com as Demonstrações Contábeis Balanço Patrimonial e DRE, é preciso executar a rotina de Apuração das Demonstrações Contábeis (Módulos / Escrituração Contábil Digital) antes da geração do arquivo. Informe o exercício do período (Ano) e o grau das contas para que o sistema crie as informações pertinentes no arquivo do SPED. Após apuradas as demonstrações, basta gerar o arquivo (descrito a seguir no passo número 4), marcando a opção de Gerar as demonstrações contábeis (Balanço/DRE).

7 Importante: a) O sistema só irá aceitar o grau analítico ou o superior imediato. Portanto, caso a estrutura do plano de contas esteja no Grau 5, deve-se informar somente o Grau 5 ou Grau 4 no campo da rotina de Apuração das Demonstrações Contábeis; b) Para a correta geração das demonstrações contábeis, é preciso que sejam realizados os lotes de transferência no módulo Contábil. Se estes não constarem no sistema, poderão ocorrer diferenças entre o valor do Ativo e Passivo; c) Caso a contabilidade utilize o fechamento mensal, para a vinculação das demonstrações contábeis o sistema deverá apresentar 12 períodos. Se o fechamento for trimestral deverá informar 4 períodos e se o fechamento for anual deverá apresentar 1 período. Se realizados os fechamentos de resultado diferentes desses processos, o sistema não irá gerar as informações das Demonstrações Contábeis no arquivo para o SPED; d) Se a apuração do resultados é realizada de forma Trimestral e Mensal, o SPED exige na Rotina de Transferência de Resultado, que a conta de transferência seja a mesma para todos os períodos. Se a conta de transferência for diferente, poderá apresentar erros na validação do arquivo no SPED.

8 4 Gerando o Arquivo: Após realizadas as parametrizações do Plano de Contas e a apuração das demonstrações contábeis, efetuaremos a geração do arquivo para o SPED. Para gerar o arquivo acesse a rotina Módulos / Escrituração Contábil Digital / Geração de Arquivo. a) Informe a data do Início e do Término do exercício que deseja gerar as informações para o SPED; b) Informe também no campo Diretório Destino uma pasta válida para geração do arquivo; c) No campo Razão Social Completa, digite o nome da empresa sem abreviações; d) Nome do arquivo: O nome já do arquivo segue o padrão do aplicativo SPED. Ele não pode ser renomeado; e) O botão Adicionar arquivos *.RTF serve para que sejam adicionados ao arquivo que será validado no SPED, informações como DLPA, DOAR, Notas Explicativas, etc. desde que estes estejam salvos em um arquivo com o formato *.RTF. Nota: No caso de relatórios gerados no Cordilheira e salvos em formato *.RTF, será necessário acessar os arquivos em um editor de textos e salvá-lo novamente no mesmo formato, para que o validador do SPED consiga efetuar a vinculação correta das informações.

9 5 Considerações finais: Conforme informações do site da Receita Federal, na área de Perguntas e Respostas, é importante atentar-se para os seguintes assuntos: Erros e Advertências na validação do arquivo: Erros impedem a continuidade dos trabalhos. As advertências, não. No caso de advertência, cabe ao usuário avaliar se ela é ou não um erro. As validações são executadas em três blocos. O segundo bloco só é realizado se não forem encontrados erros na execução do primeiro bloco. As do terceiro, só se o arquivo passar no segundo. Assim, depois de corrigir os erros identificados no primeiro conjunto de regras, podem aparecer erros que não foram listados na primeira validação.

10 5.2 - Livros Abrangidos pela Escrituração Contábil Digital: Podem ser incluídos todos os livros da escrituração contábil, em suas diversas formas. O diário e o razão são, para o SPED Contábil, um livro digital único (consulte a Resolução CFC 1020/05). Cabe ao PVA mostrá-los no formato escolhido pelo usuário. São previstas as seguintes formas de escrituração: G - Diário Geral; R - Diário com Escrituração Resumida (vinculado a livro auxiliar); A - Diário Auxiliar; Z - Razão Auxiliar; B - Livro de Balancetes Diários e Balanços. Estas formas de escrituração decorrem de disposições do Código Civil: Art Além dos demais livros exigidos por lei, é indispensável o Diário, que pode ser substituído por fichas no caso de escrituração mecanizada ou eletrônica. Art A escrituração será feita em idioma e moeda corrente nacionais e em forma contábil, por ordem cronológica de dia, mês e ano, sem intervalos em branco, nem entrelinhas, borrões, rasuras, emendas ou transportes para as margens. Assim, todas as empresas devem utilizar o livro Diário contemplando todos os fatos contábeis. Este livro é classificado, no SPED, como G - Livro Diário (completo, sem escrituração auxiliar). É o livro Diário que independe de qualquer outro. Ele não pode coexistir, em relação a um mesmo período, com quaisquer dos outros livros (R, A, Z ou B).

11 O Código Civil traz, também, duas as exceções. A primeira delas diz respeito à utilização de lançamentos, no Diário, por totais: Art No Diário serão lançadas, com individuação, clareza e caracterização do documento respectivo, dia a dia, por escrita direta ou reprodução, todas as operações relativas ao exercício da empresa. 1o Admite-se a escrituração resumida do Diário, com totais que não excedam o período de trinta dias, relativamente a contas cujas operações sejam numerosas ou realizadas fora da sede do estabelecimento, desde que utilizados livros auxiliares regularmente autenticados, para registro individualizado, e conservados os documentos que permitam a sua perfeita verificação. Temos, assim, mais três tipos de livro: R - Livro Diário com Escrituração Resumida (com escrituração auxiliar) É o livro Diário que contêm escrituração resumida, nos termos do 1º do art acima transcrito. Ele obriga à existência de livros auxiliares (A ou Z) e não pode coexistir, em relação a um mesmo período, com os livros G e B. A - Livro Diário Auxiliar ao Diário com Escrituração Resumida É o livro auxiliar previsto no nos termos do 1º do art acima mencionado, contendo os lançamentos individualizados das operações lançadas no Diário com Escrituração Resumida.

12 Z Razão Auxiliar (Livro Contábil Auxiliar conforme leiaute definido pelo titular da escrituração) O art determina que a escrituração será feita em forma contábil. As formas contábeis são: razão e diário. Este é um livro auxiliar a ser utilizado quando o leiaute do livro Diário Auxiliar não se mostrar adequado. É uma tabela onde o titular da escrituração define cada coluna e seu conteúdo. O Art dispõe: O empresário ou sociedade empresária que adotar o sistema de fichas de lançamentos poderá substituir o livro Diário pelo livro Balancetes Diários e Balanços, observadas as mesmas formalidades extrínsecas exigidas para aquele. Tem-se, assim, a segunda exceção: B - Livro Balancetes Diários e Balanços Somente o Banco Central regulamentou a utilização deste livro e, praticamente, só é encontrado em instituições financeiras. A legislação não obsta a utilização concomitante do livro Balancetes Diários e Balanços e de livros auxiliares. Existe controvérsia sobre a obrigatoriedade de autenticação, pelas empresas não regulamentadas pelo Banco Central, das fichas de lançamento já que o Código Civil determina: Art Salvo disposição especial de lei, os livros obrigatórios e, se for o caso, as fichas, antes de postos em uso, devem ser autenticados no Registro Público de Empresas Mercantis. Para maiores esclarecimentos, consulte o leiaute: Fonte:

Sped Contábil G - Diário Geral; R - Diário com Escrituração Resumida (vinculado a livro auxiliar); A - Diário Auxiliar; Z - Razão Auxiliar;

Sped Contábil G - Diário Geral; R - Diário com Escrituração Resumida (vinculado a livro auxiliar); A - Diário Auxiliar; Z - Razão Auxiliar; Sped Contábil Informações: Podem ser incluídos todos os livros da escrituração contábil, em suas diversas formas. O diário e o razão são, para o Sped Contábil, um livro digital único (consulte a Resolução

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ. Sped Contábil

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ. Sped Contábil Sped Contábil 1. Quais os livros abrangidos? Podem ser incluídos todos os livros da escrituração contábil, em suas diversas formas. O diário e o razão são, para o Sped Contábil, um livro digital único.

Leia mais

SPED CONTÁBIL ECD (Geração e transmissão)

SPED CONTÁBIL ECD (Geração e transmissão) SPED CONTÁBIL ECD (Geração e transmissão) Conteúdo: 1. Dados do responsável e contabilista 2. Emissão de balancete para conferência 3. Gerando arquivo ECD no sistema JOTEC 4. Utilizando o programa validador

Leia mais

ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL DIGITAL

ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL DIGITAL CERTIFICAÇÃO DIGITAL Os livros Diário e Razão emitidos de forma eletrônica deverão ser assinados por no mínimo dois signatários: - pelo contabilista legalmente habilitado; - e pela(s) pessoa(s) física(s)

Leia mais

Teoria da Contabilidade. Prof. Joaquim Mario de Paula Pinto Junior 1

Teoria da Contabilidade. Prof. Joaquim Mario de Paula Pinto Junior 1 Teoria da Contabilidade Prof. Joaquim Mario de Paula Pinto Junior 1 O QUE VEREMOS A SEGUIR: Normas Brasileiras de Contabilidade sobre escrituração contábil; NBC T 2.1 Das Formalidades da Escrituração Contábil;

Leia mais

Manual de geração do Arquivo para o Sped ECF Escrituração Contábil Fiscal. Introdução

Manual de geração do Arquivo para o Sped ECF Escrituração Contábil Fiscal. Introdução Manual de geração do Arquivo para o Sped ECF Escrituração Contábil Fiscal Introdução A Escrituração Contábil Fiscal (ECF) substitui a Declaração de Informações Econômico-Fiscais da Pessoa Jurídica (DIPJ),

Leia mais

SPED Um ano de grandes mudanças

SPED Um ano de grandes mudanças SPED 2016 - Um ano de grandes mudanças Palestra: ECD/ECF: UM PROJETO SOB PRESSÃO Vera Lúcia Gomes Abril 2016 1 Pauta Principais mudanças para 2016 Dados recuperados e não recuperados Demonstrações contábeis

Leia mais

Saiba Mais Aula 02 Teoria da Empresa e Conceito de Empresário

Saiba Mais Aula 02 Teoria da Empresa e Conceito de Empresário Saiba Mais Aula 02 Teoria da Empresa e Conceito de Empresário OBRIGATORIEDADE DA ESCRITURAÇÃO A empresa é constituída para praticar atos mercantis, financeiros, trabalhistas, fiscais, civis, mas de maneira

Leia mais

I ENCONTRO DAS ÁGUAS. 13 a 15 de maio de Campo Grande MS. Realização: SINTERCON. Painel : Gestão Financeira e Tributária

I ENCONTRO DAS ÁGUAS. 13 a 15 de maio de Campo Grande MS. Realização: SINTERCON. Painel : Gestão Financeira e Tributária I ENCONTRO DAS ÁGUAS 13 a 15 de maio de 2009 - Campo Grande MS Realização: SINTERCON Painel : Gestão Financeira e Tributária Título da Palestra: SPED - Sistema Público de Escrituração Digital Palestrante:

Leia mais

Manual Escrituração Contábil Digital (ECD)

Manual Escrituração Contábil Digital (ECD) Manual Escrituração Contábil Digital (ECD) JUNHO/2013 Sumário 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema ECD... 3 3. Gerar Arquivo... 5 3.1. Anexar Arquivo RTF... 7 3.2. Gerando Arquivo... 8 4. Signatários...

Leia mais

ITG 2000 (R1) ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL

ITG 2000 (R1) ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL ITG 2000 (R1) ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL A letra R mais o número que identifica sua alteração (R1, R2, R3,...) foram adicionados à sigla da interpretação para identificarem o número da consolidação e facilitarem

Leia mais

Escrituração Contábil Fiscal - ECF

Escrituração Contábil Fiscal - ECF EMPRESAS LUCRO REAL As empresas que são tributadas pelo Lucro Real, pagam o IRPJ e a CSLL com base no lucro obtido em sua contabilidade, ajustado de receitas e despesas que não devem ser consideradas,

Leia mais

CONSIDERANDO que o Conselho Federal de Contabilidade mantém Acordo de Cooperação Técnica com a Secretaria Executiva do Ministério da Fazenda,

CONSIDERANDO que o Conselho Federal de Contabilidade mantém Acordo de Cooperação Técnica com a Secretaria Executiva do Ministério da Fazenda, RESOLUÇÃO CFC N.º 1.299/10 Aprova o Comunicado Técnico CT 04 que define as formalidades da escrituração contábil em forma digital para fins de atendimento ao Sistema Público de Escrituração Digital (SPED).

Leia mais

PROJECT Informática Ltda. Rua Giordano Bruno, 100 Bairro Rio Branco Porto Alegre-RS CEP Fone: (51) Vendas: (51)

PROJECT Informática Ltda. Rua Giordano Bruno, 100 Bairro Rio Branco Porto Alegre-RS CEP Fone: (51) Vendas: (51) SPED PIS/COFINS O SPED (Sistema Público de Escrituração Digital) PIS/COFINS é um módulo opcional que está habilitado para funcionar com a versão 7 do Oryon. A licença é habilitada pelo número de série

Leia mais

FCONT- Controle Fiscal Contábil de Escrituração. Controladoria 2 CTB/ATF Novembro de 2009

FCONT- Controle Fiscal Contábil de Escrituração. Controladoria 2 CTB/ATF Novembro de 2009 1 FCONT- Controle Fiscal Contábil de Escrituração Controladoria 2 CTB/ATF Novembro de 2009 2 FCONT- Controle Fiscal Contábil de Transição ÍNDICE I) Regime Tributário de Transição - RTT II) FCONT Controle

Leia mais

SPED ECF - Como recuperar os arquivos ECD e ECF Ano anterior?

SPED ECF - Como recuperar os arquivos ECD e ECF Ano anterior? SPED ECF - Como recuperar os arquivos ECD e ECF Ano anterior? Conforme Manual do SPED ECF, Atualização Maio/2017, página 12, "Uma das inovações da ECF corresponde, para as empresas obrigadas a entrega

Leia mais

Manual do cliente Pessoa Jurídica

Manual do cliente Pessoa Jurídica Manual do cliente Pessoa Jurídica Autenticação da Escrituração Contábil Digital em Cartório (SPED) Realização O que é o SPED? Da obrigatoridade da autenticação dos livros em cartório de pessoa jurídica.

Leia mais

FCONT. Geração do Arquivo

FCONT. Geração do Arquivo 1 FCONT Geração do Arquivo 2 Sumário 1. Geração do arquivo FCONT:... 3 1.1. Blocos do arquivo de importação do FCONT:... 3 1.2. Descrição das informações referentes aos registros:... 3 1.3. Exemplo de

Leia mais

Livros: indicar qual o Livro que será extraído as informações:

Livros: indicar qual o Livro que será extraído as informações: LF0302 - EXTRATOR SPED CONTÁBIL Executar o programa de Extrator SPED Contábil (LF0302). Esse programa tem objetivo de buscar as informações necessárias para gerar o arquivo do SPED Contábil. O arquivo

Leia mais

SPED CONTÁBIL PREENCHIMENTO

SPED CONTÁBIL PREENCHIMENTO SPED CONTÁBIL PREENCHIMENTO Registro 0000 - Abertura do Arquivo Digital e Identificação do Empresário ou da Sociedade Empresária O registro 0000 é o registro de abertura do arquivo digital onde levará

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL Prof. Maurício Andrade Guimarães

DIREITO EMPRESARIAL Prof. Maurício Andrade Guimarães DIREITO EMPRESARIAL Prof. Maurício Andrade Guimarães Matéria: Obrigações do empresário: O Regime Empresarial Registro: matrícula, arquivamento e autenticação Órgãos de Atuação: DNRC e Junta Comercial Escrituração:

Leia mais

Escrituração Contábil Fiscal (ECF)

Escrituração Contábil Fiscal (ECF) Escrituração Contábil Fiscal (ECF) Introdução A Escrituração Contábil Fiscal (ECF) substitui a Declaração de Informações Econômico-Fiscais da Pessoa Jurídica (DIPJ), a partir do ano-calendário 2014, com

Leia mais

SPED CONTABILIDADE ANTIGA

SPED CONTABILIDADE ANTIGA SPED CONTABILIDADE ANTIGA RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio

Leia mais

SPED Escrituração Contábil Fiscal (ECF)

SPED Escrituração Contábil Fiscal (ECF) SPED Escrituração Contábil Fiscal (ECF) Este tutorial destina-se a empresas de Regime Lucro Real. A exportação para o SPED Escrituração Contábil Fiscal (ECF) no Sistema LedWin, deverá ser feita da seguinte

Leia mais

SPED ECF - Como configurar uma empresa do Lucro Presumido (Escrituração Contábil Comercial) e gerar a declaração?

SPED ECF - Como configurar uma empresa do Lucro Presumido (Escrituração Contábil Comercial) e gerar a declaração? SPED ECF - Como configurar uma empresa do Lucro Presumido (Escrituração Contábil Comercial) e gerar a declaração? 1 PARÂMETROS DA EMPRESA 1.1 Acesse o menu CONTROLE, clique em PARÂMETROS; 1.2 Clique na

Leia mais

PLANO DE CONTAS. É aconselhável que o Plano de Contas contenha, no mínimo, 4 (quatro) níveis, conforme exemplo abaixo:

PLANO DE CONTAS. É aconselhável que o Plano de Contas contenha, no mínimo, 4 (quatro) níveis, conforme exemplo abaixo: PLANO DE CONTAS Conteúdo: 1. Conceito 2. Objetivo 3. Modelo de plano de contas 4. Parâmetro 5. Cadastro de contas contábeis 6. Associação das contas 1. Conceito: O Plano de Contas é o conjunto de todas

Leia mais

Como configurar a Contabilidade por Centro de Custo?

Como configurar a Contabilidade por Centro de Custo? Como configurar a Contabilidade por Centro de Custo? 1- PARÂMETROS DA EMPRESA 1.1 - Acesse o menu CONTROLE, clique em PARÂMETROS; 1.2 - Na guia GERAL, clique em DEFINIÇÕES; 1.2.1 - No quadro GERAL, selecione

Leia mais

Parte II Técnicas Contábeis

Parte II Técnicas Contábeis Parte II Técnicas Contábeis Técnicas Contábeis Funções da Contabilidade As principais funções da Contabilidade são: registrar, organizar, demonstrar, analisar e acompanhar as modificações do patrimônio

Leia mais

SPED PIS/Cofins. Escrita Fiscal Tutorial

SPED PIS/Cofins. Escrita Fiscal Tutorial 1 SPED PIS/Cofins Conforme Instrução Normativa RFB nº 1.052, de 5 de julho de 2010 (D.O.U. 7.7.2010), que institui a Escrituração Fiscal Digital do PIS/Pasep e da Cofins - EFD-PIS/Cofins (Alterada pela

Leia mais

Emenda Constitucional nº. 42 (19/03/2003)

Emenda Constitucional nº. 42 (19/03/2003) EVOLUÇÃO Emenda Constitucional nº. 42 (19/03/2003) Art. 37 da Constituição Federal... XXII as administrações tributárias da União dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios,... e autuarão de forma

Leia mais

Guia rápido para configuração e geração do SPED Contábil

Guia rápido para configuração e geração do SPED Contábil Guia rápido para configuração e geração do SPED Contábil Acessar no módulo Domínio Contabilidade o menu controle/parâmetros e marcar a opção Gera informativo SPED. No campo Plano de contas referencial

Leia mais

Cordilheira Escrita Fiscal 2.102a SPED PIS/COFINS

Cordilheira Escrita Fiscal 2.102a SPED PIS/COFINS LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

1 Menu Controle Fiscal Contábil de Transição (Fcont)

1 Menu Controle Fiscal Contábil de Transição (Fcont) 1 O Controle Fiscal de Transição FCONT, surgiu para atender as necessidades do Regime Tributário de Transição RTT, sendo aprovado pela Medida Provisória 449/09. Para o Fcont, a empresa deverá apresentar

Leia mais

Grupos de Serviços Tipos de Serviços Serviços Eventuais Recorrentes

Grupos de Serviços Tipos de Serviços Serviços Eventuais Recorrentes Grupos de Serviços Tipos de Serviços Serviços Eventuais Recorrentes Desenvolvimento do Conteúdo Grupos de Serviços Centralizam todos os serviços que pertencem a determinado grupo e que serão vinculados

Leia mais

Guia de Instruções ECF. Guia de Instruções ECF

Guia de Instruções ECF. Guia de Instruções ECF Guia de Instruções 1 Conteúdo Apresentação... 3 Instruções para... 4 1. Importação da e Recuperação da ECD... 4 2. Recuperação da ECD sem mapeamento para o Plano Referencial... 4 3. Recuperação da ECD

Leia mais

Para gerar o arquivo do SPED FISCAL ICMS/IPI entrar no ULTRAADM e executar a função SPED:

Para gerar o arquivo do SPED FISCAL ICMS/IPI entrar no ULTRAADM e executar a função SPED: Para gerar o arquivo do SPED FISCAL ICMS/IPI entrar no ULTRAADM e executar a função SPED: Na tela principal, clicar em Controle Operacional, a seguir em Exportar movimento e depois em SPED. 1 Código e

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO UNIDADES DE MEDIDA E FATORES DE CONVERSÃO

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO UNIDADES DE MEDIDA E FATORES DE CONVERSÃO BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO UNIDADES DE MEDIDA E FATORES DE CONVERSÃO Efetuadas alterações no Cordilheira Escrita Fiscal, para que seja possível cadastrar as unidades de medida dos itens, bem como os fatores

Leia mais

Passo a Passo do Sistema Contábil para gerar a ECD

Passo a Passo do Sistema Contábil para gerar a ECD Passo a Passo do Sistema Contábil para gerar a ECD Índice PLANO REFERENCIAL... 1 GERAÇÃO DA ECD - SISTEMA FOLHAMATIC CONTÁBIL... 2 Configurações Iniciais - Menu Arquivos... 2 Cadastro de Empresas... 2

Leia mais

Título: Como apropriar o ICMS do crédito imobilizado realizando a integração contábil entre curto e longo prazo Até o término do exercício seguinte?

Título: Como apropriar o ICMS do crédito imobilizado realizando a integração contábil entre curto e longo prazo Até o término do exercício seguinte? Título: Como apropriar o ICMS do crédito imobilizado realizando a integração contábil entre curto e longo prazo Até o término do exercício seguinte? Através desta opção, você poderá realizar os lançamentos

Leia mais

Cordilheira Recursos Humanos 2.101b

Cordilheira Recursos Humanos 2.101b LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

Cordilheira Escrita Fiscal 2.122a

Cordilheira Escrita Fiscal 2.122a LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

ECF (Escrituração Contábil Fiscal)

ECF (Escrituração Contábil Fiscal) ECF (Escrituração Contábil Fiscal) ECD (Escrituração Contábil Digital) Regras Novas 2014 Maria Ilene Imlau Winter Informações Gerais Obrigatoriedade (inclusive Lucro Presumido, Imunes e Isentas) Obrigações

Leia mais

Orientações módulo Contabilidade Fiscal

Orientações módulo Contabilidade Fiscal Orientações módulo Contabilidade Fiscal Manutenção País (prgint/utb/utb000aa.r) Informar no campo País Siscomex o Código do País de acordo com a tabela do Banco Central e também informar se este país tem

Leia mais

Sumário. Capítulo Breves Noções Históricas A Contabilidade no Brasil O Símbolo da Contabilidade...4

Sumário. Capítulo Breves Noções Históricas A Contabilidade no Brasil O Símbolo da Contabilidade...4 Sumário Capítulo 1 Breves Noções Históricas...1 1.1. Breves Noções Históricas...1 1.2. A Contabilidade no Brasil...3 1.3. O Símbolo da Contabilidade...4 Capítulo 2 Conceitos Iniciais...5 2.1. A Definição

Leia mais

SPED PIS/COFINS e Cordilheira Software Contábil

SPED PIS/COFINS e Cordilheira Software Contábil SPED PIS/COFINS e Cordilheira Software Contábil Bloco 0 Abertura do arquivo Operações de serviços Bloco A Operações de CTRC e outros serviços com ICMS Apuração dos valores dos impostos Fechamento do arquivo

Leia mais

SPED CONTÁBIL TREINAMENTO CONTABIL, 2014

SPED CONTÁBIL TREINAMENTO CONTABIL, 2014 SPED CONTÁBIL TREINAMENTO CONTABIL, 2014 SPED PRAZOS O que é SPED? Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) ou Escrituração Digital Contábil (ECD) é a substituição da escrituração em papel pela Escrituração

Leia mais

Manual de Demonstração do Resultado do Exercício (DRE)

Manual de Demonstração do Resultado do Exercício (DRE) Manual de Demonstração do Resultado do Exercício (DRE) Este manual foi cuidadosamente elaborado pela ELPIS INFORMÁTICA, com a intenção de garantir ao usuário, todas as orientações necessárias para que

Leia mais

Treinamento Presencial CISS Contábil & Fiscal

Treinamento Presencial CISS Contábil & Fiscal Treinamento Presencial CISS Contábil & Fiscal Livros Contábeis e Fiscais Conforme disposto nas Leis 6.404/76 e 11.638/07 e RIR/99, as empresas estão obrigadas a manter escriturados os seguintes livros:

Leia mais

Manual de Plano de Contas do LALUR

Manual de Plano de Contas do LALUR Manual de Plano de Contas do LALUR Este manual foi cuidadosamente elaborado pela ELPIS INFORMÁTICA, com a intenção de garantir ao usuário, todas as orientações necessárias para que possa usufruir ao máximo

Leia mais

Cordilheira Sistema Contábil 2.85a Conciliação Contábil

Cordilheira Sistema Contábil 2.85a Conciliação Contábil LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

ECD PONTOS CRITICOS Debate e Principais Pontos de Dúvidas

ECD PONTOS CRITICOS Debate e Principais Pontos de Dúvidas ECD PONTOS CRITICOS Debate e Principais Pontos de Dúvidas Palestrante: Gisleise Nogueira Especialista Fiscal e Tributário da ALIZ, palestrante, instrutora. Contadora atuando há 15 anos na área fiscal e

Leia mais

MÉTODO DAS PARTIDAS DOBRADAS

MÉTODO DAS PARTIDAS DOBRADAS AULA 9: MÉTODO DAS PARTIDAS DOBRADAS Disciplina: Contabilidade introdutória Professor: Thaiseany de Freitas Rêgo Mossoró-RN 2017 1 MÉTODOS DE ESCRITURAÇÃO Partidas simples Partidas dobradas Registro de

Leia mais

ECF e ECD em 2016 Livros auxiliares e Subcontas

ECF e ECD em 2016 Livros auxiliares e Subcontas www.pwc.com.br ECF e ECD em 2016 Livros auxiliares e Subcontas Maio de 2016 Escrituração Contábil - ECD Alteração de prazos para entrega em 2016 Prazo para entrega em 2015 30 de junho de 2015 Artigo 5º

Leia mais

SUMÁRIO INTRODUÇÃO...02

SUMÁRIO INTRODUÇÃO...02 SUMÁRIO INTRODUÇÃO...02 1 DÚVIDAS DE GERAÇÃO DO ARQUIVO DA ECF E CARGA NO PVA...02 1.1 Dúvidas na geração do arquivo no pacote 3820 (geração da ECF)...02 1.2 Mensagem ao carregar o arquivo da ECF do programa

Leia mais

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS EDITAL SISTEMATIZADO APRESENTAÇÃO... 21

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS EDITAL SISTEMATIZADO APRESENTAÇÃO... 21 Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 13 EDITAL SISTEMATIZADO... 15 APRESENTAÇÃO... 21 CAPÍTULO I NOÇÕES DE CONTABILIDADE... 23 1. Noções de contabilidade...23 1.1. Conceitos,

Leia mais

MANUAL DE CONFIGURAÇÕES MÓDULO CONTABIL I

MANUAL DE CONFIGURAÇÕES MÓDULO CONTABIL I MANUAL DE CONFIGURAÇÕES MÓDULO CONTABIL I SUMÁRIO COMO CADASTRAR UM PLANO DE CONTAS... 3 COMO CADASTRAR CENTROS DE CUSTO... 7 CADASTRO DE HISTÓRICOS PADRÕES... 9 COMO CADASTRAR LANÇAMENTOS PADRÕES... 12

Leia mais

1. Desoneração da Folha de Folha de Pagamento

1. Desoneração da Folha de Folha de Pagamento 1. Desoneração da Folha de Folha de Pagamento A desoneração da folha de pagamento é constituída de duas medidas complementares. Em primeiro lugar, o governo está eliminando a atual contribuição previdenciária

Leia mais

Neste bip. Como atualizar as tabelas no SEFIP? Você Sabia? Edição 71 Julho de 2016

Neste bip. Como atualizar as tabelas no SEFIP? Você Sabia? Edição 71 Julho de 2016 Neste bip Como atualizar as tabelas no SEFIP... 1 Depreciação... 2 Empresas Imunes e Isentas... 3 Notas explicativas... 3 Você Sabia? Como atualizar as tabelas no SEFIP? No nosso site de documentação on-line

Leia mais

SPED Escrituração Contábil Fiscal (ECF)

SPED Escrituração Contábil Fiscal (ECF) SPED Escrituração Contábil Fiscal (ECF) Este tutorial destina-se a empresas de Regime Imunes/Isentas. A exportação para o SPED Escrituração Contábil Fiscal (ECF) no Sistema LedWin, deverá ser feita da

Leia mais

TUTORIAL PARA DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO E ENCERRAMENTO DE CONTABILIDADE

TUTORIAL PARA DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO E ENCERRAMENTO DE CONTABILIDADE TUTORIAL PARA DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO E ENCERRAMENTO DE CONTABILIDADE 2 SUMÁRIO. INTRODUÇÃO... 3 2. CRIANDO UMA NOVA DRE... 4 3. CONFIGURANDO UMA DRE... 5 4. VINCULANDO UMA CONTA DO BALANCETE/PLANO

Leia mais

1. Controle de exercício

1. Controle de exercício 1 2 1. Controle de exercício Para realizar lançamentos e emitir relatório o módulo Contabil obriga a criação de exercícios, que na verdade representam os anos de atividade da empresa. Confira algumas dicas

Leia mais

Plataforma Sage Resumo da Escrituração

Plataforma Sage Resumo da Escrituração Plataforma Sage Resumo da Escrituração Objetivo Disponibilizado na Plataforma Sage um painel de controle e acompanhamento sobre o status das importações das notas fiscais de saída e entrada, de forma a

Leia mais

Como configurar integração com separador e rateio Conforme percentual definido na Contabilidade?

Como configurar integração com separador e rateio Conforme percentual definido na Contabilidade? Como configurar integração com separador e rateio Conforme percentual definido na Contabilidade? Os dados a seguir foram elaborados para explicar as configurações a serem realizadas na integração entre

Leia mais

1. Geração da EFD Pis/Cofins revisado. (Pct. 3815).

1. Geração da EFD Pis/Cofins revisado. (Pct. 3815). 1. Geração da EFD Pis/Cofins revisado. (Pct. 3815). Disponibilizada nova versão revisada da geração do arquivo magnético da EFD Pis/Cofins, compatibilizada com as regras publicadas até a última versão

Leia mais

1. Registro 0000 (ABERTURA DO ARQUIVO DIGITAL E IDENTIFICAÇÃO DO EMPRESÁRIO OU DA SOCIEDADE EMPRESÁRIA ).

1. Registro 0000 (ABERTURA DO ARQUIVO DIGITAL E IDENTIFICAÇÃO DO EMPRESÁRIO OU DA SOCIEDADE EMPRESÁRIA ). SPED Contábil Alterações do Layout 3.0 Produto : RM TOTVS Gestão Contábil 11.82 Processo : SPED Contábil Subprocesso : Data da publicação : 16/04/15 Este documento tem o objetivo de apresentar as alterações

Leia mais

Prof. Jean Cavaleiro. Unidade I CONTABILIDADE

Prof. Jean Cavaleiro. Unidade I CONTABILIDADE Prof. Jean Cavaleiro Unidade I CONTABILIDADE Objetivos Conhecer o papel da contabilidade. Conhecer aspectos legais da contabilidade. Conhecer aspectos técnicos de contabilidade. Conhecer as mudanças recentes

Leia mais

Slide 1. Slide 2. Slide 3 O PROCESSO DE ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL. Eduardo Araújo de Azevedo SUMÁRIO INTRODUÇÃO

Slide 1. Slide 2. Slide 3 O PROCESSO DE ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL. Eduardo Araújo de Azevedo SUMÁRIO INTRODUÇÃO Slide 1 O PROCESSO DE ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL Eduardo Araújo de Azevedo Slide 2 SUMÁRIO 1. Origem e evolução da escrituração contábil e seu relacionamento com os princípios contábeis; 2. Estruturação da

Leia mais

Geração Arquivo IN 86 Contabilidade no ambiente EMS 2

Geração Arquivo IN 86 Contabilidade no ambiente EMS 2 Geração Arquivo IN 86 Contabilidade no ambiente EMS 2 O processo da IN 86, é uma exigência legal solicitada pela Receita Federal. O Produto EMS5 está preparado para geração dos arquivos conforme layout

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

PROCEDIMENTOS BÁSICOS PARA A CONFERÊNCIA DO BALANCETE CONTÁBIL

PROCEDIMENTOS BÁSICOS PARA A CONFERÊNCIA DO BALANCETE CONTÁBIL PROCEDIMENTOS BÁSICOS PARA A CONFERÊNCIA DO BALANCETE CONTÁBIL A cada fechamento mensal, para a conferência dos saldos contábeis das contas (principalmente as da execução orçamentária e financeira), podem

Leia mais

PLATIN INFORMÁTICA. SIAD SNGPC Sistema Integrado de Automação de Drogarias Módulo Gestão de Medicamentos Controlado e Antimicrobianos

PLATIN INFORMÁTICA. SIAD SNGPC Sistema Integrado de Automação de Drogarias Módulo Gestão de Medicamentos Controlado e Antimicrobianos PLATIN INFORMÁTICA SIAD SNGPC Sistema Integrado de Automação de Drogarias Módulo Gestão de Medicamentos Controlado e Antimicrobianos Manual do Usuário Procedimentos para Inventário Inicial Versão 1.0.3.97

Leia mais

Caro Responsável pelo Departamento de Pessoal,

Caro Responsável pelo Departamento de Pessoal, Caro Responsável pelo Departamento de Pessoal, Seguindo os moldes de atualizações passadas, segue abaixo, orientações para os procedimentos a serem seguidos referente a DIRF 2017 (ano-base 2016) a respeito

Leia mais

SPED CONTÁBIL CONTABILIDADE NOVA

SPED CONTÁBIL CONTABILIDADE NOVA SPED CONTÁBIL CONTABILIDADE NOVA RMS Software S.A. Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio

Leia mais

S N FI SPED PIS/CO 0

S N FI SPED PIS/CO 0 0SPED PIS/COFINS Versão Observação Data Modificação Responsável 1 Criação do Manual 31/03/2011 Edilson J. Martins 2 Natureza de operação, CST PIS Cofins por empresa 30/05/2011 Edilson J. Martins Página

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

Manual de Ativo Imobilizado

Manual de Ativo Imobilizado Manual de Ativo Imobilizado Este manual foi cuidadosamente elaborado pela ELPIS INFORMÁTICA, com a intenção de garantir ao usuário, todas as orientações necessárias para que possa usufruir ao máximo de

Leia mais

SPED Sistema Público de Escrituração Digital

SPED Sistema Público de Escrituração Digital SPED Sistema Público de Escrituração Digital O que é SPED? Sistema Público de Escrituração Digital É um projeto de âmbito NACIONAL sendo gerenciado pela RECEITA FEDERAL, tem como objetivo a uniformização

Leia mais

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS DEFINIÇÃO ACORDO RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio e varejo.

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 CORDILHEIRA GERENCIADOR DE SISTEMAS - 2.48A 1 - Alterada a rotina de Backup do Sistema, em Utilitários, para que seja possível

Leia mais

1. Empresa Modelo...7 2.1. Dados da Empresa modelo...7 2.2. Duplicação de dados da empresa modelo...8. 3. Parâmetros da Empresa...

1. Empresa Modelo...7 2.1. Dados da Empresa modelo...7 2.2. Duplicação de dados da empresa modelo...8. 3. Parâmetros da Empresa... 1 2 Índice 1. Controle de Exercício...5 1.1. Criação de novo exercício...5 1.2. Exclusão de Exercício...6 1.3. Encerramento do exercício...6 1.4. Abertura de exercício...7 1. Empresa Modelo...7 2.1. Dados

Leia mais

Neste bip. Dicas para resolver erros do Seguro Desemprego. Você Sabia? Edição 68 Abril de 2016

Neste bip. Dicas para resolver erros do Seguro Desemprego. Você Sabia? Edição 68 Abril de 2016 Neste bip Dicas para resolver erros do Seguro Desemprego... 1 Geração dos recibos de vale transporte... 2 Horário de Trabalho... 3 Dicas para resolver erros do Seguro Desemprego O validador do arquivo

Leia mais

É necessário que a contabilidade de 2013 da empresa esteja com o período encerrado.

É necessário que a contabilidade de 2013 da empresa esteja com o período encerrado. Geração do SPED ECD e FCONT referente ao exercício de 2013. É necessário que a contabilidade de 2013 da empresa esteja com o período encerrado. Porém antes de encerrar o exercício, efetue os procedimentos

Leia mais

Diferença Redução Z X Itens ECF. Manual desenvolvido para Célula Fiscal Equipe Avanço Informática

Diferença Redução Z X Itens ECF. Manual desenvolvido para Célula Fiscal Equipe Avanço Informática Diferença Redução Z X Itens ECF Manual desenvolvido para Célula Fiscal Equipe Avanço Informática 1 Quando o Relatório Redução Z x Itens ECF apresentar diferença o cliente deverá seguir os seguintes passos:

Leia mais

PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS: FERRAMENTA DE SUPORTE A CONTABILIDADE

PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS: FERRAMENTA DE SUPORTE A CONTABILIDADE V EPCC Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 23 a 26 de outubro de 2007 PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS: FERRAMENTA DE SUPORTE A CONTABILIDADE Dayse Christine Belizário ; Rafael Catarino Paschoal

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA O CADASTRO NO SISTEMA DE CADASTRAMENTO ÚNICO DE FORNECEDOR INTRODUÇÃO

ORIENTAÇÕES PARA O CADASTRO NO SISTEMA DE CADASTRAMENTO ÚNICO DE FORNECEDOR INTRODUÇÃO Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Pato Branco Diretoria de Planejamento e Administração Departamento de Materiais e Patrimônio ORIENTAÇÕES PARA O CADASTRO NO SISTEMA

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

SPED CONTRIBUIÇÕES LUCRO PRESUMIDO - COMÉRCIO

SPED CONTRIBUIÇÕES LUCRO PRESUMIDO - COMÉRCIO 1 SPED CONTRIBUIÇÕES LUCRO PRESUMIDO - COMÉRCIO Este tutorial aborda, de forma simples e rápida, a geração do EFD-Contribuições para empresas do Lucro Presumido, com foco em REVENDA. 1. Acesse a opção

Leia mais

QAD Localização Brasil

QAD Localização Brasil QAD Localização Brasil Documentação Técnica Manad Versão eb2 e QAD 2007 Revisão 01 Maio/2008-1 1 OBJETIVOS... 3 2 INTRODUÇÃO... 3 3 CADASTROS... 3 3.1 DADOS CADASTRAIS... 3 3.2 MANUTENÇÃO DOS RESPONSÁVEIS...

Leia mais

expert PDF Trial SPED - Contábil e Fiscal Agosto 2014 Elaborado por: Ademir Macedo de Oliveira

expert PDF Trial SPED - Contábil e Fiscal Agosto 2014 Elaborado por: Ademir Macedo de Oliveira Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400 - ramal 1529 (núcleo de relacionamento) Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva, 60 Higienópolis

Leia mais

ECD Responde Escrituração Contábil Digital. Consultoria Tributária Abril/2016

ECD Responde Escrituração Contábil Digital. Consultoria Tributária Abril/2016 ECD Responde Escrituração Contábil Digital Consultoria Tributária Abril/2016 EQUIPE DE CONSULTORIA TRIBUTÁRIA 2 Programação 1. Conceitos sobre a ECD; 2. Principais Novidades Leiaute 4.0. 3. Linha de Produto;

Leia mais

ANO XXIII ª SEMANA DE JUNHO DE 2012 BOLETIM INFORMARE Nº 23/2012 ASSUNTOS CONTÁBEIS IMPOSTO DE RENDA PESSOA JURÍDICA

ANO XXIII ª SEMANA DE JUNHO DE 2012 BOLETIM INFORMARE Nº 23/2012 ASSUNTOS CONTÁBEIS IMPOSTO DE RENDA PESSOA JURÍDICA ANO XXIII - 2012-1ª SEMANA DE JUNHO DE 2012 BOLETIM INFORMARE Nº 23/2012 ASSUNTOS CONTÁBEIS ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL DIGITAL - ECD - NORMAS GERAIS Introdução - Obrigatoriedade de Adoção da ECD - Sociedades

Leia mais

1. Por meio deste aditamento, foram feitas as seguintes alterações: No referido edital no item Da Qualificação Econômico-Financeira

1. Por meio deste aditamento, foram feitas as seguintes alterações: No referido edital no item Da Qualificação Econômico-Financeira Aditamento nº 01 Pregão Eletrônico nº 15/03531 Objeto: Celesc Distribuição S.A. Aquisição de Alicate Terrômetro Digital e caixas de papelão para medidores. Data: 18/08/2015 1. Por meio deste aditamento,

Leia mais

Imposto de Renda Anual e DIMOB Sami ERP++

Imposto de Renda Anual e DIMOB Sami ERP++ Imposto de Renda Anual e DIMOB Sami ERP++ Atualize o módulo do Aluguel (ALUGUEL.EXE) para efetuar os processos necessários para acúmulo dos valores do IRRF e posteriormente a geração do arquivo para importação

Leia mais

Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo

Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo Versão do Manual: 2.4 Versão do Aplicativo: 2.17.2 Conteúdo 1. Instalação do AFV...03 2. Configurações...04 3. Recebendo as tabelas...05

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

TUTORIAL GERAÇÃO E VALIDAÇÃO DOS ARQUIVOS SEF II

TUTORIAL GERAÇÃO E VALIDAÇÃO DOS ARQUIVOS SEF II Apresentação A sistemática da geração de documentos digitais é formada por dois módulos distintos: o Sistema Emissor de Documentos Fiscais edoc, especializado em registrar em documento digital os dados

Leia mais

Integração Fox/Cordilheira

Integração Fox/Cordilheira Integração Fox/Cordilheira 1/33 Índice 1. INTEGRAÇÃO FOX/CORDILHEIRA... 3 1.1. Conceito... 3 2. CADASTROS E CONFIGURAÇÕES PARA INTEGRAÇÃO:... 4 2.1. Habilitando a Integração Fiscal e Contábil... 4 2.2.

Leia mais

Razonete e Balancete. Osni Moura Ribeiro ; Contabilidade Fundamental 1, Editora Saraiva- ISBN

Razonete e Balancete. Osni Moura Ribeiro ; Contabilidade Fundamental 1, Editora Saraiva- ISBN Razonete e Balancete Osni Moura Ribeiro ; Contabilidade Fundamental 1, Editora Saraiva- ISBN 9788502065901 Razonete Também denominada gráfico em T ou conta em T, o razonete - uma versão simplificada do

Leia mais

SPED ECF - Como importar as informações do registro U182 referente ao cálculo da CSLL para empresa Imune/ Isenta?

SPED ECF - Como importar as informações do registro U182 referente ao cálculo da CSLL para empresa Imune/ Isenta? SPED ECF - Como importar as informações do registro U182 referente ao cálculo da CSLL para empresa Imune/ Isenta? Esta opção estará disponível somente para empresas com forma de tributação de lucro: Imune/Isenta.

Leia mais

Conteúdo Programático Contabilidade Geral Básica - CGB [2ª Edição]

Conteúdo Programático Contabilidade Geral Básica - CGB [2ª Edição] Conteúdo Programático Contabilidade Geral Básica - CGB [2ª Edição] CAPÍTULO I. Introdução ao Curso de Contabilidade Introdução ao Curso de Contabilidade 1. Contabilidade. 2. Contabiliza.se o quê. 3. O

Leia mais