Agência Bradesco Praça Panamericana

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Agência Bradesco Praça Panamericana"

Transcrição

1

2 Agência Bradesco Praça Panamericana

3 Presença em todos os municípios brasileiros A B C D E 03

4 Crescimento Orgânico dos Canais de Distribuição S S S12 Fonte: DemonstraçõesFinanceiras. 04

5 Mobilidade e outros Canais 192, , , S12(3) 4,2 5,5 32, S S Fonte: Demonstrações Financeiras (1) Valores em Milhões - (2) Acumulado 12 meses - (3) Inclui Webta (4) PA (Posto de Atendimento): consolidação do PAB (Posto de Atendimento Bancário), PAA (Posto Avançado de Atendimento) e Postos de Câmbio, conforme Resolução CMN nº 4.072, de 26 de abril de 2012; e PAE (Posto de Atendimento Eletrônico em Empresas) (5) Inclui Banco 24 horas 05 1S12

6 Distribuição da rede de atendimento no Brasil* Norte agências inauguradas em 2011 Nordeste 27,8% 25,5% Centro-Oeste 21,3% 21,4% 19,0% Sudeste Sul 66,7 milhões Clientes Market Share (agências) % *Dados do 2T12 06 Total pontos de atendimento: (1) (1) Inclui3.243 PAs, (serviçolocalizadoem municípios semagências) e PAEs (ATM localizado nas empresas)

7 Segmentação Pessoa Física Pessoa Jurídica Disponibilidade de Investimentos a partir de R$ 3 milhões Faturamento anual acima de R$ 250 milhões Renda mensal a partirde R$ 7 mil ou disponibilidade de Investimentos a partir de R$ 80 mil Faturamentoanual de R$ 30 milhões a R$ 250 milhões Renda mensal de R$ 3 mil à R$ 6.999,99 ou disponibilidade de Investimentos a partir de R$ 30 mil Rendamensal até R$ 2.999,99 Exclusive Pessoa Física Pessoa Jurídica Faturamento anual até R$ 30 milhões Bradesco Expresso e PAA 07

8 Investimentos em Infraestrutura, Informática e Telecomunicações R$ Milhões Investimento (2007 ao 1S12): R$ 18,5 bilhões Fonte: Demonstrações Contábeis. TI/Telecomunicações Infraestrutura Cidade de Deus- Prédio Tecnologia da Informação 08 1S12

9 Oportunidade de Negócios Bancários Banco de Investimento Aumento dos investimentos no Brasil Acesso a rede de relacionamento do Bradesco Bradesco Empresas Aprofundamento da segmentação Consolidação de diversos setores da economia Crédito Consignado 7MM de aposentados recebem pelo Bradesco Trabalhar os novos entrantes INSS (190 mil/mês) Alavancar a produção dos convênios privados e públicos Crédito Imobiliário Baixa relação Crédito Imobiliário / PIB Déficit Habitacional acima de 7,5 milhões de moradias Relacionamento de longo prazo com o cliente Varejo Formalização da Economia Bancarização Crescimento da renda Mobilidade Sinergia com os demais segmentos do Banco Cartões de Crédito Substituição dos meios de pagamento Ascensão social Bancarização Corporate Acompanhar demanda e oportunidades de negócios Dar suporte aos investimentos das empresas estrangeiras no Brasil Financiamento de Veículos Alto índice de habitantes / veículos Relacionamento de longo prazo com o cliente Oportunidade de cross-selling 09

10 Posicionamento em Sustentabilidade Inclusão Financeira Agência Bradesco flutuante I Gestão de Riscos Socioambientais Programa de Educação Financeira Relatório de Sustentabilidade GRI Inventário de emissão de gases de Efeito Estufa Plano Diretor de Ecoeficiência Crédito Consciente 10

11 11

12 Matriz -Prédio Vermelho -Cidade de Deus

13 Lucro Líquido Ajustado e Lucro por Ação (1) 2,72 2,82 2,91 2,93 2,96 2,97 2,82 2,97 R$ Milhões T11 2T 3T 4T 1T12 2T 1S11 1S12 +4,7% Lucro por Ação (R$) Acumulado em 12 meses +2,7% (1) Para fins comparativos do lucro líquido por ação, as ações foram ajustadas de acordo com as bonificações e desdobramentos. 13

14 Origem do Resultado % 1S11 1S12 % Seguros 28 Serviços 26 Captações 8 Atividade TVM Crédito Bancária Captações 7 TVM 11 Seguros 31 Crédito 26 Serviços 25 Atividade Bancária 69 R$ milhões +2,7% R$ milhões 14

15 Margem Financeira de Juros e Não Juros R$ Milhões ,1 % ,9% 3T10 4T 1T11 2T 3T 4T 1T12 2T Juros Não Juros 15

16 Margem Financeira de Juros R$ Milhões 11,3% 12,0% 10,5% 10,2% 12,3% 11,2% 12,6% 11,9% 12,1% 11,3% 10,3% 8,9% 10,4% 10,0% 9,0% 7,6% 7,6% 7,8% 7,8% 7,6% 7,6% 7,6% 7,6% 7,5% ,9% 3T10 4T 1T11 2T 3T 4T 1T12 2T Margem Financeira de Juros Taxa Média Margem Juros = (Margem Financeira Juros /(Ativos Médios- Op. compromissadas- Ativo Permanente)) anualizada Selic média (anualizada) Taxa Pré BM&F (1 ano) 16

17 Margem Financeira de Crédito R$ Milhões 35,3 37,4 38,2 37,2 40,1 37,2 43,1 46, ,5% T10 4T 1T11 2T 3T 4T 1T12 2T Margem Líquida PDD (1) Margem Bruta PDD/ Margem Bruta % (1) Inclui Descontos Concedidos, Recuperação de Crédito, Resultado com Alienação de bens Não de Uso, entre outros. 17

18 Receitas de Serviços % 1S11 1S12 % Assessoria Financeira Outros Custódia / Corretagem Administração de Consórcios Arrecadações Rendas de Cartões Assessoria Financeira Custódia / Corretagem Administração de Consórcios Arrecadações Outros Rendas de Cartões Cobrança Cobrança Administração de Fundos Administração de Fundos Operações de Crédito Conta Corrente Operações de Crédito Conta Corrente R$ milhões +15,7% R$ milhões 18

19 Despesas Operacionais R$ Milhões Variação % Estrutural Não Estrutural Pessoal 2T12 1T12 1S S Trim 3,6 15,9 12M 16,8 20, ,9 17,5 Administrativas ,2 8,3 Total ,3 12,4 Desp. Op. (1) / Ativos Totais 3,1% 3,2% 3,1% 3,3% (0,1)p.p (0,2)p.p (1) Acumuladas em 12 meses. 19

20 Resultado não Realizado R$ Milhões Variação % TVM Renda Fixa TVM Renda Variável Operações de Crédito Investimentos (2) Outros (1) Jun 12 Mar 12 Jun 11 Trim 12M (1.733) (844) (1.127) (160) (737) (845) (574) (394) 44,4 53,8-12,3 14,5 154,7 105,1-73,8 114,2 Total ,6 129,8 Obs.: Não inclui a mais valia dos imóveis de uso não contabilizada no valor de R$ milhões. (1)Inclui, adiantamentos sobre contratos de câmbio operações de arrendamento mercantil e outros créditos com características de concessão de crédito;e (2)Inclui basicamente, a mais valia das participações em controladas e coligadas (Cielo, Odontoprev, Serasa Experian e Fleury) e outros investimentos (BM&Fbovespa). 20

21 Matriz -Prédio Vermelho -Cidade de Deus

22 % Índice de Eficiência Operacional (IEO) 53,3 52,4 52,1 52,2 52,4 53,0 52,6 53,1 42,5 42,7 42,7 42,7 42,7 43,0 42,7 42,4 43,0 44,0 42,0 42,0 42,9 45,1 40,8 40,8 3T10 4T 1T11 2T 3T 4T Índice de Eficiência Operacional - Trimestral Índice de Eficiência Operacional Acumulado 12 meses 1T12 Índice de Eficiência Operacional Ajustado ao Risco - Acumulado 12 meses (1) (1) Considera a inclusão da despesa da PDD, ajustada pelos descontos concedidos, pela recuperação de crédito, pelo resultado comalienação de bens não de uso, entre outros. 22 2T

23 Ganhos do Crescimento Orgânico Antecipação do Crescimento Orgânico com a abertura de agências em 2011 Venda de produtos que anteriormente não eram comercializados no Banco Postal Break Evene PayBack Qtde. Agências S12 Fonte: Demonstrações Contábeis ,7%

24 TI Nova Arquitetura: Visão do Cliente Tempo de lançamento Eficiência Operacional Capacidade de atender adequadamente o negócio Agilidade no desenvolvimento de produtos e serviços Processo do negócio e atividades de back office 45 % de assertividade das ofertas via CRM (Automação da Força de Trabalho) 50% a70%maior agilidade na elaboração e desenvolvimento de novos produtos 25% redução das atividades operacionais Economia Desenvolvimento e redução do custo de manutenção 10% redução dos custos de desenvolvimento com a reutilização de componentes 24

25 Comitê Executivo de Eficiência COMPONENTES 13 Executivos entre Vice Presidentes e Diretores Executivos 07 Diretores Departamentais Diretores convidados, dependendo do Tema Grupo de trabalho dedicado FREQUÊNCIA Reuniões Quinzenais e extraordinárias quando necessário FOCO Incentivar ações para melhorias de despesas, receitas e investimentos, visando otimização de processos e disseminação de melhores práticas, com foco na eficiência, mensurando os resultados por meio de Indicadores, de forma a maximizar o retorno das Unidades de Negócios. 25

26

27 Ativos Totais e Patrimônio Líquido R$ Milhões R$ Milhões Ativos Totais Patrimônio Líquido 1,7% 1,5% 1,4% 23,2% 21,4% 20,6% Jun11 Mar12 +20,5% Jun12 Jun11 Mar12 +21,0% Jun12 Ativos Totais ROAA (1) Patrimônio Líquido ROAE (1) (2) (1) Lucro Líquido ajustado acumulado ajustado por período; e (2) Não considera o efeito da marcação a mercado dos Títulos Disponíveis para Venda registrado no Patrimônio Líquido. 27

28 Carteira de Crédito Expandida R$ Milhões Variação % GRANDES EMPRESAS Carteira de Crédito 1 Outras Operações com Risco de Crédito Carteira comercial 2 MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS Carteira de Crédito 1 Outras operações com Risco de Crédito Carteira comercial 2 Jun12 Mar12 Jun11 Trim 12M ,0 6,0 15,9 13, ,6 26, ,0 17, ,1 16, (3,8) 127,1 PESSOAS FÍSICAS ,4 9,1 Total Carteira de Crédito Expandida ,0 14,1 (1) Considera avais, fianças, cartas de crédito, antecipação de recebíveis de cartão de crédito, cessões para fundos de investimentos em direitos creditórios e certificados de recebíveis imobiliários e crédito rural. (2) Considera operações de debêntures e notas promissórias. 28

29 Índice de Inadimplência > 90 dias (1) % 7,6 7,4 5,1 5,0 4,9 4,8 4,4 4,4 6,7 6,3 5,9 4,0 3,8 3,8 3,7 6,0 6,1 6,2 6,2 5,5 5,5 5,7 3,6 3,6 3,7 3,8 3,4 3,5 3,6 3,7 3,9 3,9 4,2 4,2 4,1 4,2 0,9 0,9 0,6 0,5 0,6 0,4 0,5 0,4 0,4 0,4 0,4 0,9 Set09 Dez Mar10 Jun Set Dez Mar11 Jun Set Dez Mar12 Jun Pessoa Física Micro, Pequenas e Médias Grandes Empresas Total 29

30 PDD, Créditos em Atraso e Índice de Cobertura R$ Milhões Set Mar11 Jun Set10 Dez PDD -Estoque (1) Carteira de Créditos Vencidos Acima de 60 dias (2) Carteira de Créditos Vencidos Acima de 90 dias (3) Dez Mar12 Jun Índice de Cobertura Acima de 60 dias (1/2) Índice de Cobertura Acima de 90 dias (1/3) 30

31 Matriz -Prédio Vermelho -Cidade de Deus

32 Índice de Basileia BIS II % BIS III % Simulação Jun11 Jun12 Jun12 (1) Tier I 12,9 11,8 8,1 Tier II 1,8 5,2 4,5 Deduções BIS 14,7 17,0 12,6 (1) Considera (i)reversão da PDD adicional no valor R$4 bilhões; (ii) margem de solvência do grupo Segurador. 32

33 BMF&Bovespa

34 Valor de Mercado R$ Milhões a Jul12 P/VPA 1,7x 1,4x 1,7x 1,9x 3,3x 3,4x 3,6x 1,9x 2,5x 2,3x 1,9x 1,7x 34

35 Dividendos % Dividendos distribuídos: Mais de R$ 25,7 bilhões 61,5 49,3 45,6 41,2 35,9 41,9 35,3 R$ Milhões 52,3 38,7 35,3 34,4 37,2 35,7 35,4 35,7 35,6 31,5 31,5 31,5 33,1 31,5 31,5 31,5 31, S12 Dividendos Pay Out Líquido (*) Pay Out Bruto (*) (*) Acumulado 12 meses 35

36 Razões para Investir no Bradesco Rede Nacional de Distribuição Solidez Estrutura Segmentada Sinergia Banco / Seguros Forte cultura Organizacional Tecnologia de Ponta 36

37

Luiz Carlos Angelotti. Diretor Executivo Gerente e Diretor de Relações com Investidores

Luiz Carlos Angelotti. Diretor Executivo Gerente e Diretor de Relações com Investidores 59 Luiz Carlos Angelotti Diretor Executivo Gerente e Diretor de Relações com Investidores Estratégia de Atuação 60 60 Balanço Patrimonial Tecnologia vs Eficiência operacional Basileia Desempenho Financeiro

Leia mais

Apresentação Bradesco

Apresentação Bradesco Apresentação Bradesco 1 Perspectivas Econômicas 2013 Bradesco 2014 * Consenso do Mercado ** 2015 * 2014 2015 PIB 2,50% 0,50% 1,50% 0,29% 1,01% Juros(SelicFinal) 10,00% 11,00% 11,00% 11,00% 11,38% Inflação(IPCA)

Leia mais

IVANI BENAZZI DE ANDRADE. Gerente Departamental de Relações com o Mercado

IVANI BENAZZI DE ANDRADE. Gerente Departamental de Relações com o Mercado Apimec Bradesco IVANI BENAZZI DE ANDRADE Gerente Departamental de Relações com o Mercado Estratégia de Sustentabilidade Para um maior alinhamento com o mercado e para facilitar a compreensão do tema, as

Leia mais

10 Anos de Transmissão das Reuniões APIMEC pela Internet

10 Anos de Transmissão das Reuniões APIMEC pela Internet Esta apresentação pode conter informações sobre eventos futuros. Tais informações não seriam apenas fatos históricos, mas refletiriam os desejos e as expectativas da direção da companhia. As palavras "antecipa",

Leia mais

Luiz Carlos Angelotti Diretor Executivo Gerente e Diretor de Relações com Investidores

Luiz Carlos Angelotti Diretor Executivo Gerente e Diretor de Relações com Investidores 1 2 Luiz Carlos Angelotti Diretor Executivo Gerente e Diretor de Relações com Investidores Estratégia de Atuação 33 Balanço Patrimonial Tecnologia vs Eficiência operacional Basileia Desempenho Financeiro

Leia mais

Informações Financeiras Consolidadas

Informações Financeiras Consolidadas Informações Financeiras Consolidadas 3º trimestre 2007 Dados Cadastrais Denominação Comercial: Banrisul S/A Natureza Jurídica: Banco Múltiplo Público Estadual. Sociedade de Economia Mista, sob forma de

Leia mais

4 trimestre de 2010. Sumário Executivo. Itaú Unibanco Holding S.A.

4 trimestre de 2010. Sumário Executivo. Itaú Unibanco Holding S.A. 4 trimestre de 2010 Sumário Executivo Apresentamos, abaixo, informações e indicadores financeiros do (Itaú Unibanco) do quarto trimestre de 2010 e do exercício findo em 31 de dezembro de 2010. (exceto

Leia mais

Banco Santander (Brasil) S.A.

Banco Santander (Brasil) S.A. Banco Santander (Brasil) S.A. Resultados em BR GAAP 4T14 3 de Fevereiro de 2015 INFORMAÇÃO 2 Esta apresentação pode conter certas declarações prospectivas e informações relativas ao Banco Santander (Brasil)

Leia mais

Resultado da Oferta Pública Voluntária de Permuta. Novembro de 2014

Resultado da Oferta Pública Voluntária de Permuta. Novembro de 2014 Resultado da Oferta Pública Voluntária de Permuta Novembro de 2014 OFERTA VOLUNTÁRIA DE PERMUTA DE AÇÕES No dia 30 de outubro realizamos o leilão da oferta voluntária. A adesão dos minoritários do Santander

Leia mais

Rio de Janeiro, 22 de setembro de 2009. Bradesco Relações com o Mercado

Rio de Janeiro, 22 de setembro de 2009. Bradesco Relações com o Mercado Rio de Janeiro, 22 de setembro de 2009 1 1 2 3 4 5 6 Abertura David Navegantes - Vice-Presidente APIMEC RIO Bradesco - Presença no Brasil Luiz Carlos Trabuco Cappi - Dir. Presidente do Bradesco Ambiente

Leia mais

Earnings Release 1s14

Earnings Release 1s14 Earnings Release 1s14 1 Belo Horizonte, 26 de agosto de 2014 O Banco Bonsucesso S.A. ( Banco Bonsucesso, Bonsucesso ou Banco ), Banco múltiplo, de capital privado, com atuação em todo o território brasileiro

Leia mais

Sumário. 1 - Press Release 3. 2 - Análise Econômico-Financeira 31. 3 - Retorno aos Acionistas 83. 4 - Informações Adicionais 91

Sumário. 1 - Press Release 3. 2 - Análise Econômico-Financeira 31. 3 - Retorno aos Acionistas 83. 4 - Informações Adicionais 91 Sumário Sumário 1 - Press Release 3 Destaques 4 Principais Informações 6 Ratings 8 Lucro Líquido Contábil x Lucro Líquido Ajustado 8 Análise Resumida do Resultado Ajustado 9 Cenário Econômico 23 Principais

Leia mais

Sumário. 1 - Press Release 3. 2 - Análise Econômico-Financeira 29. 3 - Retorno aos Acionistas 81. 4 - Informações Adicionais 87

Sumário. 1 - Press Release 3. 2 - Análise Econômico-Financeira 29. 3 - Retorno aos Acionistas 81. 4 - Informações Adicionais 87 Sumário Sumário 1 - Press Release 3 Destaques 4 Principais Informações 6 Ratings 8 Lucro Líquido Contábil x Lucro Líquido Ajustado 8 Análise Resumida do Resultado - Ajustado 9 Cenário Econômico 21 Principais

Leia mais

Gestão, Elaboração e Divulgação de Relatórios de Análise Econômica Financeira e Demonstrações Contábeis Consolidadas da Organização Bradesco

Gestão, Elaboração e Divulgação de Relatórios de Análise Econômica Financeira e Demonstrações Contábeis Consolidadas da Organização Bradesco Gestão, Elaboração e Divulgação de Relatórios de Análise Econômica Financeira e Demonstrações Contábeis Consolidadas da Organização Bradesco 8 Destaques Apresentamos os principais números obtidos pelo

Leia mais

sumário executivo Itaú Unibanco Holding S.A. 3º trimestre de 2013 Análise Gerencial da Operação

sumário executivo Itaú Unibanco Holding S.A. 3º trimestre de 2013 Análise Gerencial da Operação sumário executivo 3º trimestre de 2013 (Esta página foi deixada em branco intencionalmente) 4 Apresentamos, abaixo, informações e indicadores financeiros do (Itaú Unibanco). Destaques (exceto onde indicado)

Leia mais

www.panamericano.com.br

www.panamericano.com.br www.panamericano.com.br Agenda Principais dados do Banco Histórico Divulgação das Demonstrações Financeiras Resultado e Balanço Providências e Perspectivas 2 Agenda Principais dados do Banco 3 Composição

Leia mais

Juiz de Fora, 02 de abril de 2009

Juiz de Fora, 02 de abril de 2009 Juiz de Fora, 02 de abril de 2009 1 2 3 4 5 6 7 Cenário Econômico Principais Destaques Estrutura Foco no Acionista Desempenho Perspectivas Sustentabilidade PIB Brasileiro % 5,4 7,8 7,5 Média dos 20 anos

Leia mais

Financiamento de veículos. Crédito Pessoa Física Principais Produtos

Financiamento de veículos. Crédito Pessoa Física Principais Produtos Financiamento de veículos Crédito Pessoa Física Principais Produtos 115 +11% Carteira de Crédito 124 +3% 127 Crédito ao Consumo Veículos R$ Bilhões Pessoa Física Crédito Consignado 1 32 Cartão de Crédito

Leia mais

Maior capacidade de distribuição do Brasil. 90% CLIENTES do Banco. Rede de Atendimento Varejo e Prime 18% REDE DE ATENDIMENTO 25% 23,3% 7,4% 19% 16,5%

Maior capacidade de distribuição do Brasil. 90% CLIENTES do Banco. Rede de Atendimento Varejo e Prime 18% REDE DE ATENDIMENTO 25% 23,3% 7,4% 19% 16,5% Maior capacidade de distribuição do Brasil Rede de Atendimento Varejo e Prime REDE DE ATENDIMENTO D 6% D 18% Agências Varejo e Prime 4.565 M 25% M 23,3% Espaços Bradesco Prime 410 Postos de Atendimento

Leia mais

Ciclo Apimec 2015 Geraldo Soares Superintendente de Relações com Investidores. Santos 18/06/2015

Ciclo Apimec 2015 Geraldo Soares Superintendente de Relações com Investidores. Santos 18/06/2015 Ciclo Apimec 2015 Geraldo Soares Superintendente de Relações com Investidores Santos 18/06/2015 Ciclo Apimec 2015 Itaú Unibanco Holding S.A. A apresentação faz referências e declarações sobre expectativas,

Leia mais

Ciclo Apimec 2014. Itaú Unibanco Holding S.A. Fernando Foz de Macedo Relações com Investidores PF Vitória 25 de setembro de 2014

Ciclo Apimec 2014. Itaú Unibanco Holding S.A. Fernando Foz de Macedo Relações com Investidores PF Vitória 25 de setembro de 2014 1 Ciclo Apimec 2014 Itaú Unibanco Holding S.A. Fernando Foz de Macedo Relações com Investidores PF Vitória 25 de setembro de 2014 Ciclo Ciclo Apimec 2014 2014 Itaú Itaú Unibanco Unibanco Holding Holding

Leia mais

Divulgação dos Resultados 1T15

Divulgação dos Resultados 1T15 Divulgação dos Resultados 1T15 Sumário Resultado Itens Patrimoniais Índices Financeiros e Estruturais Guidance 2 Resultado Margem Financeira (em e %) * 1T15 / 1T14 1T15 / 4T14 1T15 / 1T14 21,1% 5,4% 21,1%

Leia mais

Apresentação de Resultados

Apresentação de Resultados Apresentação de Resultados 4º Trimestre, Aviso Importante: esta apresentação faz referências e declarações sobre expectativas, sinergias planejadas, estimativas de crescimento, projeções de resultados

Leia mais

Crédito ao Consumo. Principais Produtos CORRENTISTAS NÃO CORRENTISTAS CRÉDITO PESSOAL CHEQUE ESPECIAL CRÉDITO IMOBILIÁRIO FINANCIAMENTOS DE VEÍCULOS

Crédito ao Consumo. Principais Produtos CORRENTISTAS NÃO CORRENTISTAS CRÉDITO PESSOAL CHEQUE ESPECIAL CRÉDITO IMOBILIÁRIO FINANCIAMENTOS DE VEÍCULOS 1 Crédito ao Consumo Principais Produtos CRÉDITO PESSOAL CHEQUE ESPECIAL CRÉDITO IMOBILIÁRIO CORRENTISTAS NÃO CORRENTISTAS FINANCIAMENTOS DE VEÍCULOS CARTÕES DE CRÉDITO CRÉDITO CONSIGNADO 2 2 Crédito ao

Leia mais

Gestão, Elaboração e Divulgação de Relatórios de Análise Econômica Financeira e Demonstrações Contábeis Consolidadas da Organização Bradesco

Gestão, Elaboração e Divulgação de Relatórios de Análise Econômica Financeira e Demonstrações Contábeis Consolidadas da Organização Bradesco Press Release Gestão, Elaboração e Divulgação de Relatórios de Análise Econômica Financeira e Demonstrações Contábeis Consolidadas da Organização Bradesco 8 Press Release Destaques Apresentamos os principais

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2015 Magazine Luiza Destaques do Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Luizacred Lucro Líquido Ganhos de market share, principalmente em tecnologia Receita

Leia mais

Relatório de asseguração razoável dos auditores independentes sobre as informações contábeis suplementares

Relatório de asseguração razoável dos auditores independentes sobre as informações contábeis suplementares Sumário Sumário 1 - Press Release 3 Destaques 4 Principais Informações 6 Ratings 8 Lucro Líquido Contábil x Lucro Líquido Ajustado 8 Análise Resumida do Resultado Ajustado 9 Cenário Econômico 22 Principais

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T14 8 de maio de 2014

Teleconferência de Resultados 1T14 8 de maio de 2014 Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2014 Destaques do Expressivo crescimento em vendas mesmas lojas (25,4%) com rentabilidade Crescimento da receita líquida total: 28,5% versus 1T13 R$2,3 bilhões

Leia mais

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas CICLO APIMEC 2010 Índice RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas 3 RS no Brasil DADOS DEMOGRÁFICOS RS BRASIL População

Leia mais

Sumário. 1 - Press Release 3. 2 - Análise Econômico-Financeira 31. 3 - Retorno aos Acionistas 83. 4 - Informações Adicionais 91

Sumário. 1 - Press Release 3. 2 - Análise Econômico-Financeira 31. 3 - Retorno aos Acionistas 83. 4 - Informações Adicionais 91 RELATÓRI O DEANÁLI SE ECONÔMI CAEFI NANCEI RA 2o TRI MESTRE 2015 Sumário Sumário 1 - Press Release 3 Destaques 4 Principais Informações 6 Ratings 8 Lucro Líquido Contábil x Lucro Líquido Ajustado 8 Análise

Leia mais

Panorama do Mercado de Crédito

Panorama do Mercado de Crédito Panorama do Mercado de Crédito FEBRABAN Dezembro de 2011 Rubens Sardenberg Economista-chefe ÍNDICE I. Evolução do Crédito II. Pessoa Física III. Pessoa Jurídica IV. Inadimplência V. Spread VI. Projeções

Leia mais

Financiamento de Veículos Posicionamento

Financiamento de Veículos Posicionamento Financiamento de Veículos Posicionamento Market Share de Produção em % Ranking Novos Financiamentos (3º Trim 14) 15,5% 1º 13,8% 14,5% 2º 2º 3º 1ºT 14 2ºT 14 3ºT 14 Pesados Autos Novos Motos Autos Usados

Leia mais

Teleconferência Resultados 1T10

Teleconferência Resultados 1T10 Teleconferência Resultados 1T10 18 de maio de 2010 Visão Geral da Administração Venda da estrutura de Varejo + Foco no segmento de crédito a Empresas Transferência das atividades de originação e crédito

Leia mais

Relatório de asseguração razoável dos auditores independentes sobre as informações contábeis suplementares

Relatório de asseguração razoável dos auditores independentes sobre as informações contábeis suplementares Sumário Sumário 1 - Press Release 3 Destaques 4 Principais Informações 6 Ratings 8 Principais Eventos Extraordinários 8 Lucro Líquido Contábil x Lucro Líquido Ajustado 9 Análise Resumida do Resultado Ajustado

Leia mais

Sumário. 1 - Press Release 3. 2 - Análise Econômico-Financeira 31. 3 - Retorno aos Acionistas 83. 4 - Informações Adicionais 93

Sumário. 1 - Press Release 3. 2 - Análise Econômico-Financeira 31. 3 - Retorno aos Acionistas 83. 4 - Informações Adicionais 93 Sumário Sumário 1 - Press Release 3 Destaques 4 Principais Informações 6 Ratings 8 Lucro Líquido Contábil x Lucro Líquido Ajustado 8 Análise Resumida do Resultado Ajustado 9 Índices de Capital Basileia

Leia mais

Nova York, 25 de Novembro de 2008. Sr. Milton Vargas. Diretor Vice Presidente e Diretor de Relações com Investidores

Nova York, 25 de Novembro de 2008. Sr. Milton Vargas. Diretor Vice Presidente e Diretor de Relações com Investidores Bradesco Day 2008 Nova York, 25 de Novembro de 2008 Sr. Milton Vargas Diretor Vice Presidente e Diretor de Relações com Investidores 1 1 Desempenho 2 Foco no Mercado Doméstico 3 5 4 Banco Completo Excelência

Leia mais

BRB ANUNCIA RESULTADOS DO 2T15

BRB ANUNCIA RESULTADOS DO 2T15 BRB ANUNCIA RESULTADOS DO 2T15 Brasília, 26 de agosto de 2015 O BRB - Banco de Brasília S.A., sociedade de economia mista, cujo acionista majoritário é o Governo de Brasília, anuncia seus resultados do

Leia mais

Ciclo Apimec 2014. Itaú Unibanco Holding S.A. Fernando Foz de Macedo Relações com Investidores PF Goiânia 28 de outubro de 2014

Ciclo Apimec 2014. Itaú Unibanco Holding S.A. Fernando Foz de Macedo Relações com Investidores PF Goiânia 28 de outubro de 2014 1 Ciclo Apimec 2014 Itaú Unibanco Holding S.A. Fernando Foz de Macedo Relações com Investidores PF Goiânia 28 de outubro de 2014 Ciclo Ciclo Apimec 2014 2014 Itaú Itaú Unibanco Unibanco Holding Holding

Leia mais

EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO

EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO L2 0 0 6 R E L AT Ó R I O A N U A EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO Prêmio de Seguros Participação no Mercado (em %) Mercado 74,2% Fonte: Susep e ANS Base: Nov/2006 Bradesco 25,8%

Leia mais

BANCO DO BRASIL 1º Trimestre 2012

BANCO DO BRASIL 1º Trimestre 2012 BANCO DO BRASIL 1º Trimestre 2012 Aviso Importante Esta apresentação faz referências e declarações sobre expectativas, sinergias planejadas, estimativas de crescimento, projeções de resultados e estratégias

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2T15 31 de julho de 2015 Magazine Luiza Destaques do 2T15 Vendas E-commerce Ganho consistente de participação de mercado Redução na receita líquida de 10,1% para R$2,1 bilhões

Leia mais

Portal de Informações FEBRABAN. Módulo I Crédito

Portal de Informações FEBRABAN. Módulo I Crédito Portal de Informações FEBRABAN Módulo I Crédito Módulo de dados I: Crédito Sumário Este módulo de dados abrange as operações de crédito com recursos livres e direcionados (taxas de juros administradas)

Leia mais

Apresentação Bradesco

Apresentação Bradesco Apresentação Bradesco 1 Próximos Eventos Públicos 04/12: APIMEC Manaus/AM* 06/12: APIMEC Vitória/ES* *Transmissão ao vivo pela internet Para visualizar a agenda completa, acesse bradesco.com.br/ri 2 Índice

Leia mais

BB tem lucro líquido recorde nominal de R$ 12,2 bilhões em 2012

BB tem lucro líquido recorde nominal de R$ 12,2 bilhões em 2012 Informativo para a Imprensa São Paulo (SP), 21 de fevereiro de 2013. BB tem lucro líquido recorde nominal de R$ 12,2 bilhões em 2012 Crédito cresce 25% no ano e atinge participação de mercado histórica

Leia mais

Indicadores do Segmento Bancário. Março 2013

Indicadores do Segmento Bancário. Março 2013 Indicadores do Segmento Bancário Março 2013 Indicadores do segmento bancário O ambiente atual que permeia a indústria bancária, caracterizado pelo acirramento da concorrência, estreitamento de margens,

Leia mais

Ciclo Apimec 2013 A Estratégia de Atuação do Itaú Unibanco

Ciclo Apimec 2013 A Estratégia de Atuação do Itaú Unibanco 1 Ciclo Apimec 2013 A Estratégia de Atuação do Itaú Unibanco Superintendência de Relações com Investidores Pessoa Física 2 Cenário Macroeconômico (1) 2 Economia Mundial 2010 2011 2012 2013 (2) PIB Mundo

Leia mais

Sumário. 1 - Press Release 3. 2 - Análise Econômico-Financeira 29. 3 - Retorno aos Acionistas 83. 4 - Informações Adicionais 93

Sumário. 1 - Press Release 3. 2 - Análise Econômico-Financeira 29. 3 - Retorno aos Acionistas 83. 4 - Informações Adicionais 93 Sumário Sumário 1 - Press Release 3 Destaques 4 Principais Informações 6 Ratings 8 Lucro Líquido Contábil x Lucro Líquido Ajustado 8 Análise Resumida do Resultado Ajustado 9 Cenário Econômico 23 Principais

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14 27 de fevereiro de 2015 Magazine Luiza Destaques 2014 Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Ajustado Luizacred Lucro Líquido Ajustado Crescimento da receita

Leia mais

REUNIÕES APIMEC 2011

REUNIÕES APIMEC 2011 REUNIÕES APIMEC 2011 Í n d i c e RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Concorrentes Sustentabilidade Projeções e Estimativas 1 RS no Brasil Visão Geral do Estado do Rio Grande

Leia mais

Teleconferência Resultado 2T2013 13/08/2013

Teleconferência Resultado 2T2013 13/08/2013 Teleconferência Resultado 2T2013 13/08/2013 BB Seguridade S.A. Resultado do 2º Trimestre de 2013 Aviso Importante Esta apresentação faz referências e declarações sobre expectativas, sinergias planejadas,

Leia mais

4T14 Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas

4T14 Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas resultados 4T14 Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas Índice Análise Gerencial da Operação 3 Sumário Executivo 5 Análise do Resultado 15 Margem Financeira Gerencial 16 Receitas

Leia mais

3º trimestre de 2011. Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas. Itaú Unibanco Holding S.A.

3º trimestre de 2011. Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas. Itaú Unibanco Holding S.A. 3º trimestre de 2011 Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas Itaú Unibanco Holding S.A. Índice Análise Gerencial da Operação 1 Sumário Executivo 3 Análise do Resultado 11 Margem

Leia mais

1T13 FACT SHEET PERFIL DA COMPANHIA PRESENÇA NO BRASIL: FOCO NA REGIÃO SUL

1T13 FACT SHEET PERFIL DA COMPANHIA PRESENÇA NO BRASIL: FOCO NA REGIÃO SUL FACT SHEET 1T13 PERFIL DA COMPANHIA Fundado em 1928, o Banrisul é um banco múltiplo: comercial, de desenvolvimento e social, controlado pelo Estado do Rio Grande do Sul. A proximidade com o setor público

Leia mais

MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO PANORAMA DO GRUPO SEGURADOR ESTRATÉGIA EM AÇÃO

MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO PANORAMA DO GRUPO SEGURADOR ESTRATÉGIA EM AÇÃO 1 MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO 2 PANORAMA DO GRUPO SEGURADOR 3 4 PERSPECTIVAS E EVOLUÇÃO FUTURA ESTRATÉGIA EM AÇÃO 1 MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO Seguros Gerais 14 Milhões de Automóveis Segurados 7 Milhões

Leia mais

Reunião Pública Apresentação de Resultados 1º Semestre 2011

Reunião Pública Apresentação de Resultados 1º Semestre 2011 Reunião Pública Apresentação de Resultados 1º Semestre 2011 Rio de Janeiro, 09 de Agosto 2011 1 Informação importante Esta apresentação foi preparada pelo Banco Santander (Brasil) S.A., eventuais declarações

Leia mais

Divulgação de resultados 3T13

Divulgação de resultados 3T13 Brasil Brokers divulga seus resultados do 3º Trimestre do ano de 2013 Rio de Janeiro, 13 de novembro de 2013. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no

Leia mais

Teleconferência de Resultados 3T15. 10 de novembro de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 3T15. 10 de novembro de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 3T15 10 de novembro de 2015 Magazine Luiza Destaques do 3T15 Vendas E-commerce Ganho de participação de mercado com aumento da margem bruta Receita bruta consolidada de R$2,4

Leia mais

2005 Corretora em Nova York. Diversificação do portfólio. 2007 Expansão em Investment Bank, Consignado e Cartões. Estrutura acionária 3

2005 Corretora em Nova York. Diversificação do portfólio. 2007 Expansão em Investment Bank, Consignado e Cartões. Estrutura acionária 3 VISÃO GERAL - 2T5 Histórico 99 Início das operações como banco múltiplo 2002 Agência em Nassau 2005 Corretora em Nova York 2009 Início da parceria estratégica com o Banco do Brasil 205 BV Promotora (Consignado

Leia mais

Banco do Nordeste. Ações de Apoio aos Produtores Rurais afetados pela Estiagem

Banco do Nordeste. Ações de Apoio aos Produtores Rurais afetados pela Estiagem Banco do Nordeste Ações de Apoio aos Produtores Rurais afetados pela Estiagem BRASILIA DF 07 Maio 2013 Quem somos Criado em 1952, Banco Múltiplo com 60 anos de atuação para o desenvolvimento da região

Leia mais

4T15. Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas Itaú Unibanco Holding S.A.

4T15. Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas Itaú Unibanco Holding S.A. 4T15 Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas Itaú Unibanco Holding S.A. ÍNDICE 03 Análise Gerencial da Operação 05 Sumário Executivo 15 Análise do Resultado e Balanço 16 18 22

Leia mais

Ciclo Apimec 2015 Joinville 24/06/2015

Ciclo Apimec 2015 Joinville 24/06/2015 Ciclo Apimec 2015 Joinville 24/06/2015 1 Itaú Unibanco Macroeconomia em Pauta Equipe Econômica Itaú Unibanco Junho, 2015 Economia americana segue em recuperação Criação de empregos formais Média de 6 meses,

Leia mais

3T14 Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas

3T14 Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas resultados 3T14 Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas Índice Análise Gerencial da Operação 3 Sumário Executivo 5 Análise do Resultado 15 Margem Financeira Gerencial 16 Receitas

Leia mais

Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010

Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010 Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010 Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2010. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no mercado de

Leia mais

Release de Resultado 2T14

Release de Resultado 2T14 BANCO BMG ANUNCIA SEUS RESULTADOS CONSOLIDADOS DO 2T14 São Paulo, 07 de agosto de 2014 O Banco BMG S.A. e suas controladas ( BMG ou Banco ) divulgam seus resultados consolidados referentes ao período encerrado

Leia mais

Sumário. Destaques 3. Análise Econômico-Financeira 6. Grandes Números 6 Desempenho 7. - Principais Itens do Resultado 7

Sumário. Destaques 3. Análise Econômico-Financeira 6. Grandes Números 6 Desempenho 7. - Principais Itens do Resultado 7 3º Trimestre 2009 P R E S S R E L E A S E 2009 Sumário Destaques 3 Análise Econômico-Financeira 6 Grandes Números 6 Desempenho 7 - Principais Itens do Resultado 7 - Resultado da Intermediação Financeira

Leia mais

Agenda. I. Grupo Silvio Santos II. Visão Geral Banco Panamericano. III. Desempenho Financeiro IV. Ratings V. Principais Destaques Banco Panamericano

Agenda. I. Grupo Silvio Santos II. Visão Geral Banco Panamericano. III. Desempenho Financeiro IV. Ratings V. Principais Destaques Banco Panamericano 1 Aviso Legal Este material é a apresentação de informações gerais do Banco PanAmericano S.A. na data desta apresentação. Não fazemos nenhuma declaração, implícita ou explícita, e não damos garantia quanto

Leia mais

ANEXO A. Informe Mensal

ANEXO A. Informe Mensal ANEXO A Informe Mensal Competência: MM/AAAA Administrador: Tipo de Condomínio: Fundo Exclusivo: Todos os Cotistas Vinculados por Interesse Único e Indissociável? Aberto/Fechado Sim/Não Sim/Não ESPECIFICAÇÕES

Leia mais

MERCADO DE CAPITAIS CENTRO DE ESTUDOS DE CEMEC

MERCADO DE CAPITAIS CENTRO DE ESTUDOS DE CEMEC 10º. SEMINÁRIO CEMEC DE MERCADO DE CAPITAIS CENTRO DE ESTUDOS DE MERCADO DE CAPITAIS CEMEC Financiamento de Investimentos no Brasil e nas Empresas São Paulo 29/Novembro/2011 10º. SEMINÁRIO CEMEC DE MERCADO

Leia mais

QUALIDADE DOS ATIVOS 97,4% das operações de crédito cobertas por garantias Créditos de D a H : 1,9% da carteira Provisões totais: 1,8% da carteira

QUALIDADE DOS ATIVOS 97,4% das operações de crédito cobertas por garantias Créditos de D a H : 1,9% da carteira Provisões totais: 1,8% da carteira São Paulo, 30 de Outubro de 2008 O Banco Sofisa S.A. (Bovespa: SFSA4) anuncia hoje seu resultado do terceiro trimestre de 2008. Todas as informações operacionais e financeiras a seguir, exceto quando indicado

Leia mais

XIII Seminário Internacional de Países Latinos Europa-América. Políticas de Facilitação de Créditos para o Desenvolvimento das PME

XIII Seminário Internacional de Países Latinos Europa-América. Políticas de Facilitação de Créditos para o Desenvolvimento das PME XIII Seminário Internacional de Países Latinos Europa-América Políticas de Facilitação de Créditos para o Desenvolvimento das PME Fortaleza, 30 de outubro de 2006 1 Sumário 1 - Mercado MPE 2 - Acesso ao

Leia mais

OPERAÇÕES DE CRÉDITO NO BRASIL 30 de julho de 2015

OPERAÇÕES DE CRÉDITO NO BRASIL 30 de julho de 2015 OPERAÇÕES DE CRÉDITO NO BRASIL 30 de julho de 2015 (dados junho de 2015) A SPE não é a fonte primária das informações disponibilizadas nesta apresentação. A SPE apenas consolida e organiza as informações

Leia mais

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 3º Trimestre de 2013

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 3º Trimestre de 2013 . São Paulo, 31 de outubro de 2013 - Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3), uma das maiores redes varejistas com foco em bens duráveis e com grande presença nas classes populares do Brasil, divulga

Leia mais

1T11. Principais. Destaques. Qualidade da Carteira de Crédito 4T09 3T09 4T08. 4T09 x 4T08

1T11. Principais. Destaques. Qualidade da Carteira de Crédito 4T09 3T09 4T08. 4T09 x 4T08 1T11 Disclaimer Todas as informações financeiras aqui apresentadas são consolidadas, abrangendo as demonstrações financeiras do Banco, suas controladas, a JMalucelli Seguradora, a JMalucelli Seguradora

Leia mais

Os valores indicados como totais em algumas tabelas podem não ser a soma aritmética dos números que os precedem devido a ajustes de arredondamento.

Os valores indicados como totais em algumas tabelas podem não ser a soma aritmética dos números que os precedem devido a ajustes de arredondamento. Este relatório se baseia nas Demonstrações Financeiras Consolidadas da CAIXA em 30 de junho de 2013. Entretanto, os valores e suas formas de apresentação são frutos de ajustes gerenciais, podendo haver

Leia mais

Audiência Pública sobre Cartões de Pagamento. Câmara dos Deputados 08 de outubro de 2009

Audiência Pública sobre Cartões de Pagamento. Câmara dos Deputados 08 de outubro de 2009 Audiência Pública sobre Cartões de Pagamento Câmara dos Deputados 08 de outubro de 2009 Agenda Estrutura do Mercado de Cartões Principais Números da Indústria de Cartões no Brasil Situação Atual da Indústria

Leia mais

Agenda. Visão Geral de 2008. Resultados Financeiros e Operacionais

Agenda. Visão Geral de 2008. Resultados Financeiros e Operacionais Disclaimer Com objetivo de haver comparabilidade na análise de resultados, os comentários de desempenho apresentados não contemplam as modificações contábeis introduzidas pela lei n.º 11.638/07, analisando,

Leia mais

Remuneração aos Nossos Acionistas. Bonificação e Custo Atribuído

Remuneração aos Nossos Acionistas. Bonificação e Custo Atribuído Remuneração aos Nossos Acionistas Na reunião do Conselho de Administração do dia 3 de agosto foi deliberada a distribuição de Juros sobre Capital Próprio (JCP) complementares aos dividendos mensais, a

Leia mais

Institucional. Base: Junho/2014

Institucional. Base: Junho/2014 Grupo Seculus Institucional Base: Junho/2014 Estrutura Societária Família Azevedo 50% 50% LATAN Participações e Investimentos S.A. 100% ON 75.896.000 ações 100% PN 75.896.000 ações Quem Somos Nossa história,

Leia mais

GPME Prof. Marcelo Cruz

GPME Prof. Marcelo Cruz GPME Prof. Marcelo Cruz Política de Crédito e Empréstimos Objetivos Compreender os tópicos básicos da administração financeira. Compreender a relação da contabilidade com as decisões financeiras. Compreender

Leia mais

RELEASE DE RESULTADOS

RELEASE DE RESULTADOS RELEASE DE RESULTADOS BANCO PAULISTA SOCOPA Corretora Resultados 4 Trimestre de 2011 1 O BANCO PAULISTA e a SOCOPA - CORRETORA PAULISTA anunciam os resultados do quarto trimestre de 2011. O BANCO PAULISTA

Leia mais

Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009

Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009 Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009 Rio de Janeiro, 10 de março de 2010. A Brasil Brokers Participações S.A. (Bovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no mercado de intermediação

Leia mais

I. AMBIENTE DE MERCADO II. RESULTADOS III. NOVOS PROJETOS UTVM IV. NOVOS PROJETOS UF

I. AMBIENTE DE MERCADO II. RESULTADOS III. NOVOS PROJETOS UTVM IV. NOVOS PROJETOS UF 1 I. AMBIENTE DE MERCADO II. RESULTADOS III. NOVOS PROJETOS UTVM IV. NOVOS PROJETOS UF 2 Crédito ainda em Expansão, mas Desacelerando 30,7% Crescimento do Crédito 15,1% 20,6% 18,8% 16,4% 14,7% 11,7% 2008

Leia mais

RELEASE DE RESULTADOS 1 Semestre de 2013

RELEASE DE RESULTADOS 1 Semestre de 2013 RELEASE DE RESULTADOS 1 Semestre de 2013 1 RELEASE DE RESULTADOS 1 Semestre de 2013 MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO O BANCO PAULISTA anuncia seus resultados do 1S13. O BANCO PAULISTA é reconhecido pela sua prestação

Leia mais

Nos 9M13, os seguintes indicadores apresentaram desvio em relação ao esperado para o Exercício 2013:

Nos 9M13, os seguintes indicadores apresentaram desvio em relação ao esperado para o Exercício 2013: Sumário do Resultado Resultado Banco do Brasil apresenta Lucro Líquido recorde de R$ 12,7 bilhões nos 9M13 O Banco do Brasil apresentou Lucro Líquido recorde de R$ 12,7 bilhões nos 9M13, desempenho correspondente

Leia mais

RELEASE DE RESULTADOS. 3 Trimestre de 2012

RELEASE DE RESULTADOS. 3 Trimestre de 2012 RELEASE DE RESULTADOS 3 Trimestre de 2012 1 RELEASE DE RESULTADOS 3 Trimestre de 2012 MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO O BANCO PAULISTA anuncia seus resultados do 3T12. O BANCO PAULISTA é reconhecido pela sua

Leia mais

Relatório FEBRABAN - Evolução do Crédito do Sistema Financeiro

Relatório FEBRABAN - Evolução do Crédito do Sistema Financeiro Relatório FEBRABAN - Evolução do Crédito do Sistema Financeiro (com base na Nota do Banco Central do Brasil de 29-07-2008) Edição de 30 de julho de 2008 Crédito à pessoa jurídica permanece forte Em junho

Leia mais

Especial Lucro dos Bancos

Especial Lucro dos Bancos Boletim Econômico Edição nº 90 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Especial Lucro dos Bancos 1 Tabela dos Lucros em 2014 Ano Banco Período Lucro 2 0 1 4 Itaú Unibanco

Leia mais

2T13 FACT SHEET PERFIL DA COMPANHIA PRESENÇA NO BRASIL: FOCO NA REGIÃO SUL

2T13 FACT SHEET PERFIL DA COMPANHIA PRESENÇA NO BRASIL: FOCO NA REGIÃO SUL FACT SHEET 2T13 PERFIL DA COMPANHIA Fundado em 1928, o Banrisul é um banco múltiplo: comercial, de desenvolvimento e social, controlado pelo Estado do Rio Grande do Sul. A proximidade com o setor público

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS. 3T l 2015

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS. 3T l 2015 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 3T l 2015 Disclaimer Esta apresentação pode conter referências e declarações que representem expectativas de resultados, planos de crescimento e estratégias futuras do BI&P. Essas

Leia mais

Banco Panamericano S.A.

Banco Panamericano S.A. Banco Panamericano S.A. Release Relatório de de Resultados 1T13 1T15 06de 04 Maio de 2013 2015 Teleconferência - Português 05 de maio de 2015 10h30 (Brasília) / 09h30 (US-EST) Telefone de Conexão: +55

Leia mais

RELEASE DE RESULTADOS

RELEASE DE RESULTADOS RELEASE DE RESULTADOS BANCO PAULISTA SOCOPA Corretora Resultados 1 Trimestre de 2011 1 O BANCO PAULISTA, reconhecido pela sua prestação de serviços de câmbio e de tesouraria, assim como pelo financiamento

Leia mais

1. Objetivo e Descrição do fundo

1. Objetivo e Descrição do fundo FATOR VERITÀ FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CNPJ: 11.664.201/0001-00 Administrado pelo Banco Fator S.A. CNPJ: 33.644.196/0001-06 RELATÓRIO SEMESTRAL 1º. SEM. 2012 1. Objetivo e Descrição do fundo

Leia mais

Basiléia. Patrimônio Líquido 6.368 5.927 5.117. Jun/09 Jun/10 Jun/11 Jun/12 Jun/13. Captações (líquidas de compulsório) 58.406 52.950 42.

Basiléia. Patrimônio Líquido 6.368 5.927 5.117. Jun/09 Jun/10 Jun/11 Jun/12 Jun/13. Captações (líquidas de compulsório) 58.406 52.950 42. Avenida Paulista, 2.100 - São Paulo - SP CNPJ 58.160.7890001-28 Se escolher navegar os mares do sistema bancário, construa seu banco como construiria seu barco: sólido para enfrentar, com segurança, qualquer

Leia mais

Apresentação 1T14 APIMEC São Paulo. 13 de Maio de 2014

Apresentação 1T14 APIMEC São Paulo. 13 de Maio de 2014 Apresentação 1T14 APIMEC São Paulo 13 de Maio de 2014 1 Visão geral do mercado brasileiro de crédito Crédito Total / PIB e crescimento anual do crédito Crédito / PIB - por tipo de instituição financeira

Leia mais

11 CIRCULANTE 111 DISPONÍVEL 1111 CAIXA 11111 CAIXA 1112 VALORES EM TRÂNSITO 11121 VALORES EM TRÂNSITO 11122 CHEQUES EMITIDOS

11 CIRCULANTE 111 DISPONÍVEL 1111 CAIXA 11111 CAIXA 1112 VALORES EM TRÂNSITO 11121 VALORES EM TRÂNSITO 11122 CHEQUES EMITIDOS 1 ATIVO 1 11 CIRCULANTE 111 DISPONÍVEL 1111 CAIXA 11111 CAIXA 1112 VALORES EM TRÂNSITO 11121 VALORES EM TRÂNSITO 11122 CHEQUES EMITIDOS 1113 BANCOS CONTA DEPÓSITOS 11131 BANCOS CONTA DEPÓSITOS - MOVIMENTO

Leia mais

Ações Itaú em foco. Informativo para acionistas Ano 12 2º trimestre de 2015

Ações Itaú em foco. Informativo para acionistas Ano 12 2º trimestre de 2015 Ações Itaú em foco Informativo para acionistas Ano 12 2º trimestre de 2015 nº 47 www.itau.com.br/relacoes-com-investidores facebook.com/itauunibancori @itauunibanco_ri Remuneração aos Nossos Acionistas

Leia mais

MPE INDICADORES Pequenos Negócios no Brasil

MPE INDICADORES Pequenos Negócios no Brasil MPE INDICADORES Pequenos Negócios no Brasil Categorias de pequenos negócios no Brasil MPE Indicadores MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (MEI) Receita bruta anual de até R$ 60 mil MICROEMPRESA Receita bruta

Leia mais

SOCINAL S.A- CRÉDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO

SOCINAL S.A- CRÉDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO SOCINAL S.A- CRÉDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO RELATÓRIO DE GERENCIAMENTO DE RISCO DE CAPITAL - EXERCICIO 2014 SUMÁRIO 1. Introdução; 2. Política Institucional para Gestão do Risco de Capital; 3. Estrutura,

Leia mais

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 2º Trimestre de 2013

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 2º Trimestre de 2013 . São Paulo, 06 de agosto de 2013 - Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3), uma das maiores redes varejistas com foco em bens duráveis e com grande presença nas classes populares do Brasil, divulga seus

Leia mais

Lucro Líquido Ajustado do BB atinge R$ 2,7 bilhões no 1T13

Lucro Líquido Ajustado do BB atinge R$ 2,7 bilhões no 1T13 Sumário do Resultado Resultado Lucro Líquido Ajustado do BB atinge R$ 2,7 bilhões no O Banco do Brasil apresentou lucro líquido ajustado, sem itens extraordinários, de R$ 2,7 bilhões no trimestre, desempenho

Leia mais