Escola Adventista Thiago White

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Escola Adventista Thiago White"

Transcrição

1 Roteiro de Matemática 6º ano A e B - 1º Bimestre Data Início / / Data Término / / Nota: Tema: Números Primos, MMC e MDC Conceituar um número primo e verificar se um número dado é ou não primo. Obter o m.d.c de dois ou mais números. Determinar o m.m.c de dois ou mais números naturais usando a Teoria dos Conjuntos e a decomposição simultânea em fatores primos. Material Necessário: Caderno. a) Aula expositiva sobre números primos. b) Folha de Atividade I sobre números primos em grupo. (3,0) c) Aula expositiva sobre Decomposição em fatores primos. d) Pesquisar na biblioteca da sala m.m.c e m.d.c (1,0) e) Atividade III sobre m.m.c e m.d.c em dupla. (3,0) f) Correção de toda tarefa. g) Avaliação Individual. Data / /. (10,0) a) Pesquise sobre O Crivo de Erastóstenes anote no caderno e escreva a fonte. (1,0) b) Responder e colar no caderno a folha de atividade II sobre Decomposição em fatores primos. (2,0) Roteiro de Matemática 6º ano A e B - 1º Bimestre Data Início / / Data Término / / Nota: Tema: Números Primos, MMC e MDC Conceituar um número primo e verificar se um número dado é ou não primo. Obter o m.d.c de dois ou mais números. Determinar o m.m.c de dois ou mais números naturais usando a Teoria dos Conjuntos e a decomposição simultânea em fatores primos. Material Necessário: Caderno. a) Aula expositiva sobre números primos. b) Folha de Atividade I sobre números primos em grupo. (3,0) c) Aula expositiva sobre Decomposição em fatores primos. d) Pesquisar na biblioteca da sala m.m.c e m.d.c (1,0) e) Atividade III sobre m.m.c e m.d.c em dupla. (3,0) f) Correção de toda tarefa. g) Avaliação Individual. Data / /. (10,0) a) Pesquise sobre O Crivo de Erastóstenes anote no caderno e escreva a fonte. (1,0) b) Responder e colar no caderno a folha de atividade II sobre Decomposição em fatores primos. (2,0)

2 Roteiro de Matemática 7º ano A e B - 1º Bimestre Data Início / / Data Término / / Nota: Tema: Multiplicação e Divisão de Números Inteiros Calcular o produto de números inteiros quaisquer. Calcular o quociente de dois números inteiros. Compartilhe suas ideias com os amigos do grupos; Material necessário: Livro didático/ caderno. a) Pesquisar na biblioteca da sala as regras da multiplicação e divisão de números inteiros anotando as mesmas no caderno. (1,0) b) Responder a folha de atividade I. (3,0) c) Exercícios 56, 57, 58 e 60 páginas 115 e 116. (2,0) d) Exercícios 63, 64, 67 e 71 páginas 116 a 118. (2,0) e) Correção da tarefa de casa. Para casa: a) Exercícios complementares 89, 90, 91 página 289. (2,0) Roteiro de Matemática 7º ano A e B - 1º Bimestre Data Início / / Data Término / / Nota: Tema: Multiplicação e Divisão de Números Inteiros Calcular o produto de números inteiros quaisquer. Calcular o quociente de dois números inteiros. Compartilhe suas ideias com os amigos do grupos; Material necessário: Livro didático/ caderno. a) Pesquisar na biblioteca da sala as regras da multiplicação e divisão de números inteiros anotando as mesmas no caderno. (1,0) b) Responder a folha de atividade I. (3,0) c) Exercícios 56, 57, 58 e 60 páginas 115 e 116. (2,0) d) Exercícios 63, 64, 67 e 71 páginas 116 a 118. (2,0) e) Correção da tarefa de casa. Para casa: a) Exercícios complementares 89, 90, 91 página 289. (2,0)

3 Roteiro de Matemática 8º ano A e B -1º Bimestre Tema: Álgebra (Unidade 3) Explicitar a diferença entre fórmulas e equação, contextualizando as idéias de variáveis e incógnita; Simplificar expressões e diferenciar equações de expressão; Relacionar as fórmulas com o cotidiano. Material Necessário: Livro didático / Cartolina e Gravuras a) Leitura do livro didático pág. 42 a 44, responder no caderno qual o objetivo das fórmulas e as letras (incógnitas) (1,0) b) Descreva no caderno qual a diferença entre equação e expressão (1,0) c) Exercícios proposto pela professora de equação do 1º grau (1,0) d) Utilizando a cartolina, cole gravuras da bomba relacionando c / a fórmula (1,0) e) Demonstre seu conhecimento com uma atividade em dupla (5,0) a) Livro didático pág. 45 a 48 / Exercícios no caderno 1 ao 3, 11 ao 16 (0,5) b) Exercícios no caderno 20,21,30 pág. 52 e 55 (0,5) c) Pesquisar sobre Albert Einstein, bombas atômicas da Segunda Guerra Mundial, relacionar com a matemática. Fórmula. Roteiro de Matemática 8º ano A e B -1º Bimestre Tema: Álgebra (Unidade 3) Explicitar a diferença entre fórmulas e equação, contextualizando as idéias de variáveis e incógnita; Simplificar expressões e diferenciar equações de expressão; Relacionar as fórmulas com o cotidiano. Material Necessário: Livro didático / Cartolina e Gravuras a) Leitura do livro didático pág. 42 a 44, responder no caderno qual o objetivo das fórmulas e as letras (incógnitas) (1,0) b) Descreva no caderno qual a diferença entre equação e expressão (1,0) c) Exercícios proposto pela professora de equação do 1º grau (1,0) d) Utilizando a cartolina, cole gravuras da bomba relacionando c / a fórmula (1,0) e) Demonstre seu conhecimento com uma atividade em dupla (5,0) a) Livro didático pág. 45 a 48 / Exercícios no caderno 1 ao 3, 11 ao 16 (0,5) b) Exercícios no caderno 20,21,30 pág. 52 e 55 (0,5) c) Pesquisar sobre Albert Einstein, bombas atômicas da Segunda Guerra Mundial, relacionar com a matemática. Fórmula.

4 Roteiro de Matemática 9º Ano A e B 1º Bimestre Data Início / / Data Término / / Nota Tema: Propriedades e Cálculos de Radicais Entender que a disciplina matemática é ampla em todos os sentidos, basta relacionar conceitos e aplicações; Observar e discutir, através de exemplos com radicais, a existência de números que não são reais; Utilizar simplificações para efetuar cálculos com radicais. Ser responsável com as tarefas de casa e de classe. Material Necessário: Livro didático / Calculadora / Cartolina f) Leitura do texto páginas 27 ao 29 do livro didático Observar as propriedades; g) Aula expositiva Propriedades; h) Pesquisar na biblioteca da sala racionalização de denominadores, observar o processo e repassar para o caderno. (1,0) i) Depois da leitura do desafio (pág. 41), desenhe na cartolina o sistema solar com a respectiva fórmula (planeta mais próximo do sol, terra e o planeta mais distante do sol), use calculadora. (2,0) j) Atividade I em dupla (5,0) a) Livro didático pág. 29 a 32 / Exercício no caderno 66, 68, 69, 72 e 77 (0,5) b) Atividade no caderno 89 e 97 da pág, 38 e 39. (0,5) c) Pesquisar em livros de geografia o sistema solar, desenhar e pintar no caderno as posições dos planetas com sua distância em relação ao sol. (1,0) Obs: Este roteiro não haverá recuperação, visto que há somente atividades propostas. Roteiro de Matemática 9º Ano A e B 1º Bimestre Data Início / / Data Término / / Nota Tema: Propriedades e Cálculos de Radicais Entender que a disciplina matemática é ampla em todos os sentidos, basta relacionar conceitos e aplicações; Observar e discutir, através de exemplos com radicais, a existência de números que não são reais; Utilizar simplificações para efetuar cálculos com radicais. Ser responsável com as tarefas de casa e de classe. Material Necessário: Livro didático / Calculadora / Cartolina a) Leitura do texto páginas 27 ao 29 do livro didático Observar as propriedades; b) Aula expositiva Propriedades; c) Pesquisar na biblioteca da sala racionalização de denominadores, observar o processo e repassar para o caderno. (1,0) d) Depois da leitura do desafio (pág. 41), desenhe na cartolina o sistema solar com a respectiva fórmula (planeta mais próximo do sol, terra e o planeta mais distante do sol), use calculadora. (2,0) e) Atividade I em dupla (5,0) a) Livro didático pág. 29 a 32 / Exercício no caderno 66, 68, 69, 72 e 77 (0,5) b) Atividade no caderno 89 e 97 da pág, 38 e 39. (0,5) c) Pesquisar em livros de geografia o sistema solar, desenhar e pintar no caderno as posições dos planetas com sua distância em relação ao sol. (1,0) Obs: Este roteiro não haverá recuperação, visto que há somente atividades propostas.

5 Roteiro de Matemática 7º ano A e B - 1º Bimestre Data Início / / Estação Conhecimento: 04 Data Término / / Nota: Tema: Potências, raízes e expressões numéricas com Números Inteiros Efetuar a potenciação de números inteiros. Efetuar a radiciação de números inteiros. Resolver expressões numéricas que envolvem adição, subtração, multiplicação, divisão exata e potenciação de números inteiros. Compartilhe suas ideias com os amigos do grupos; Material necessário: Caderno. a) Aula expositiva sobre potenciação e radiciação de números inteiros. b) Exercícios no caderno sobre potenciação e radiciação de números inteiros.(2,0) c) Explicação da professora sobre expressões numéricas com as quatro operações e a potenciação de números inteiros. d) Exercícios no caderno sobre expressões numéricas com números inteiros. (2,0) e) Correção dos exercícios do caderno f) Folha de atividade I sobre Potências, Raízes e expressões numéricas com números inteiros. (4,0) Para casa: b) Resolver o Exercício copiado da lousa. (2,0) Roteiro de Matemática 7º ano A e B - 1º Bimestre Data Início / / Estação Conhecimento: 04 Data Término / / Nota: Tema: Potências, raízes e expressões numéricas com Números Inteiros Efetuar a potenciação de números inteiros. Efetuar a radiciação de números inteiros. Resolver expressões numéricas que envolvem adição, subtração, multiplicação, divisão exata e potenciação de números inteiros. Compartilhe suas ideias com os amigos do grupos; Material necessário: Caderno. a) Aula expositiva sobre potenciação e radiciação de números inteiros. b) Exercícios no caderno sobre potenciação e radiciação de números inteiros.(2,0) c) Explicação da professora sobre expressões numéricas com as quatro operações e a potenciação de números inteiros. d) Exercícios no caderno sobre expressões numéricas com números inteiros. (2,0) e) Correção dos exercícios do caderno f) Folha de atividade I sobre Potências, Raízes e expressões numéricas com números inteiros. (4,0) Para casa: a) Resolver o Exercício copiado da lousa. (2,0)

6 Roteiro de Matemática 8º ano A e B 1º bimestre Data Início / / Data Término / / Nota Estação Conhecimento: 04 Tema: Ângulos Introduzir e explorar a noção de ângulos complementares e suplementares; Verificar a soma dos ângulos internos de um triângulo. Material Necessário: Livro didático / canetinha (3 cores diferentes) a) Assistir ao episódio Ângulos Telecurso e responder atividade I (em grupo) (5,0) b) Pesquisar na biblioteca da sala o que é ângulo, anotando no caderno (0,5) c) Na prática, mostre porque a soma dos ângulos internos de um triângulo totaliza 180º (0,5) d) Criar um projeto que envolva ângulos (exemplo construção civil) apresentar para sala (2,0) e) Aplique seus conhecimentos para a realização da avaliação individual (10,0) a) Ler texto pág. 63 a 65. Exercícios no caderno 4, 5, 6, 15 e 16 das págs. 66 e 68 (1,0) b) Atividade 19,20 e 24 no caderno páginas 71 e 72 (1,0) Roteiro de Matemática 8º ano A e B 1º bimestre Data Início / / Data Término / / Nota Estação Conhecimento: 04 Tema: Ângulos Introduzir e explorar a noção de ângulos complementares e suplementares; Verificar a soma dos ângulos internos de um triângulo. Material Necessário: Livro didático / canetinha (3 cores diferentes) f) Assistir ao episódio Ângulos Telecurso e responder atividade I (em grupo) (5,0) g) Pesquisar na biblioteca da sala o que é ângulo, anotando no caderno (0,5) h) Na prática, mostre porque a soma dos ângulos internos de um triângulo totaliza 180º (0,5) i) Criar um projeto que envolva ângulos (exemplo construção civil) apresentar para sala (2,0) j) Aplique seus conhecimentos para a realização da avaliação individual (10,0) c) Ler texto pág. 63 a 65. Exercícios no caderno 4, 5, 6, 15 e 16 das págs. 66 e 68 (1,0) d) Atividade 19,20 e 24 no caderno páginas 71 e 72 (1,0) OBS: O roteiro 04, requer recuperação da avaliação individual OBS: O roteiro 04, requer recuperação da avaliação individual

7 4. Fundamentos, aspectos táticos e técnicos; 5. Levar o conhecimento para a prática. Roteiro de aulas Ensino Fundamental II Mês de Março de 2011 Profº Marcelo Vital Educação Física 8º ano Pré- desportivos, fundamentos, história, aspectos táticos e técnicos, jogos. Iniciação do Frisbee. Obs: Regras gerais: Estar sempre uniformizado; Respeitar os colegas; Manter sempre a ordem; Estar sempre atento as explicações. Etapas: 1. Explicação sobre os procedimentos dos Testes físicos; 2. Realizar os testes físicos; 3. Conhecer a história do handebol;

8 Roteiro de Matemática 9º ano A e B 1º bimestre Data Início / / Data Término / / Nota Estação Conhecimento: 04 Tema: Equações e Sistema do 1º Grau Compreender o significado de uma equação para resolução de muitos problemas no dia-a-dia; Associar a linguagem matemática nos respectivos gráficos; Perceber a relação existente de uma equação dentro da função, como interpretação. Material Necessário: Livro didático / caderno / Régua k) Aula expositiva de equação e sistema do 1º grau; l) Atividade I em grupo (7,0) m) Assistir aos episódios Sistema do 1º grau e Gráfico de um sistema TELECURSO fazer resumo no caderno das situações vivenciadas no filme. (1,0) n) Avaliação individual de equação e sistema do 1º grau (10,0) e) Leitura das pág, 44 a 46 / Exercícios no caderno 1, 2, 4, 5, 8, 9 das págs. 46 a 48 (2,0) Roteiro de Matemática 9º ano A e B 1º bimestre Data Início / / Data Término / / Nota Estação Conhecimento: 04 Tema: Equações e Sistema do 1º Grau Compreender o significado de uma equação para resolução de muitos problemas no dia-a-dia; Associar a linguagem matemática nos respectivos gráficos; Perceber a relação existente de uma equação dentro da função, como interpretação. Material Necessário: Livro didático / caderno / Régua a) Aula expositiva de equação e sistema do 1º grau; b) Atividade I em grupo (7,0) c) Assistir aos episódios Sistema do 1º grau e Gráfico de um sistema TELECURSO fazer resumo no caderno das situações vivenciadas no filme. (1,0) d) Avaliação individual de equação e sistema do 1º grau (10,0) a) Leitura das pág, 44 a 46 / Exercícios no caderno 1, 2, 4, 5, 8, 9 das págs. 46 a 48 (2,0)

9 Roteiro de Matemática 6º ano A e B - 1º Bimestre Data Início / / Data Término / / Nota: Tema: Múltiplos e Divisores Determinar os divisores de um números natural. Verificar se um número é múltiplo de outro. Verificar que todos os números naturais, com exceção do 0 e do 1, possuem, pelo menos, dois divisores distintos: o número 1 e o próprio número. Material Necessário: Livro didático / caderno. h) Assistir ao episódio: Múltiplos e divisores TELECURSO 2000 DVD 3 Aula 22. i) Em grupo responder folha de atividade I, questões relacionados ao vídeo. (3,5) j) Exercícios sobre múltiplos e divisores folha de atividade II, em dupla. (3,5) k) Correção da tarefa de casa. l) Avaliação Individual. Data / / (10,0) f) Colar no caderno a folha de atividade III e responder os exercícios. (3,0) Roteiro de Matemática 6º ano A e B - 1º Bimestre Data Início / / Data Término / / Nota: Tema: Múltiplos e Divisores Determinar os divisores de um números natural. Verificar se um número é múltiplo de outro. Verificar que todos os números naturais, com exceção do 0 e do 1, possuem, pelo menos, dois divisores distintos: o número 1 e o próprio número. Material Necessário: Livro didático / caderno. a) Assistir ao episódio: Múltiplos e divisores TELECURSO 2000 DVD 3 Aula 22. b) Em grupo responder folha de atividade I, questões relacionados ao vídeo. (3,5) c) Exercícios sobre múltiplos e divisores folha de atividade II, em dupla. (3,5) d) Correção da tarefa de casa. e) Avaliação Individual. Data / / (10,0) a) Colar no caderno a folha de atividade III e responder os exercícios. (3,0)

10 Roteiro de Matemática 7º ano A e B -1º Bimestre Tema: Soma e Subtração de Números Inteiros Adicionar dois números inteiros quaisquer, de mesmo sinal ou de sinais contrários. Verificar que, nos números inteiros, toda subtração pode ser substituída por uma adição com o oposto do subtraendo. Calcular de modo prático a soma algébrica de números inteiros. Eliminar corretamente parênteses, colchetes e chaves que existem numa adição algébrica. a) Aula expositiva sobre soma e subtração de números inteiros. b) Em dupla, resolver atividade da folhinha I. (3,0) c) Aula expositiva sobre soma algébrica. d) Em grupo, resolver atividade da folhinha II, fazendo as contas no caderno. (3,0) e) Correção da tarefa de casa. f) Exercícios de revisão no caderno. g) Avaliação Individual. Data / /. (10,0) Para casa: a) Exercícios 51, 52 e 53 páginas 111 e 112. (1,0) b) Exercícios complementares 82 e 84 página 288. (3,0) Roteiro de Matemática 7º ano A e B -1º Bimestre Tema: Soma e Subtração de Números Inteiros Adicionar dois números inteiros quaisquer, de mesmo sinal ou de sinais contrários. Verificar que, nos números inteiros, toda subtração pode ser substituída por uma adição com o oposto do subtraendo. Calcular de modo prático a soma algébrica de números inteiros. Eliminar corretamente parênteses, colchetes e chaves que existem numa adição algébrica. a) Aula expositiva sobre soma e subtração de números inteiros. b) Em dupla, resolver atividade da folhinha I. (3,0) c) Aula expositiva sobre soma algébrica. d) Em grupo, resolver atividade da folhinha II, fazendo as contas no caderno. (3,0) e) Correção da tarefa de casa. f) Exercícios de revisão no caderno. g) Avaliação Individual. Data / /. (10,0) Para casa: a) Exercícios 51, 52 e 53 páginas 111 e 112. (1,0) b) Exercícios complementares 82 e 84 página 288. (3,0)

11 Roteiro de Matemática 8º ano A e B -1º Bimestre Tema: Geometria e Tipos de Retas (Unidade 2) Introduzir as noções de ponto, reta e plano; Vivenciar situações que envolve o conhecimento de retas. Material Necessário: Livro didático. o) Leitura do texto pág. 28 a 31. Observar na sala de aula exemplos de ponto, reta e plano, anotando no caderno (1,0) p) Pesquisar na biblioteca da sala ou internet os tipos de retas, e qual o papel do arquiteto e engenheiro (1,0) q) Assistir ao episódio Geometria Telecurso / DVD 04 / Atividade I (6,0) r) Correção de toda tarefa de casa g) Livro didático pág. 31 e 34, exercícios no caderno 1, 2, 3 e 10 (1,0) h) Leitura do texto pág. 36 e 37, exercícios no caderno 18 ao 22, 34 e 35 da pág. 37 a 40 (1,0) OBS: Este roteiro não haverá recuperação, visto que há somente atividades propostas Roteiro de Matemática 8º ano A e B -1º Bimestre Tema: Geometria e Tipos de Retas (Unidade 2) Introduzir as noções de ponto, reta e plano; Vivenciar situações que envolve o conhecimento de retas. Material Necessário: Livro didático. a) Leitura do texto pág. 28 a 31. Observar na sala de aula exemplos de ponto, reta e plano, anotando no caderno (1,0) b) Pesquisar na biblioteca da sala ou internet os tipos de retas, e qual o papel do arquiteto e engenheiro (1,0) c) Assistir ao episódio Geometria Telecurso / DVD 04 / Atividade I (6,0) d) Correção de toda tarefa de casa a) Livro didático pág. 31 e 34, exercícios no caderno 1, 2, 3 e 10 (1,0) b) Leitura do texto pág. 36 e 37, exercícios no caderno 18 ao 22, 34 e 35 da pág. 37 a 40 (1,0) OBS: Este roteiro não haverá recuperação, visto que há somente atividades propostas

12 Roteiro de Matemática 9º ano A e B -1º Bimestre Tema: Radicais (Unidade 1) Possibilitar a constatação dos radicais em operações cotidianas; De forma contextualizada levar os alunos a construir conceitos e operar com elementos radicais. Material Necessário: Livro didático / calculadora / Cartolina / Livros e revistas velhas s) Ler o livro didático pág. 19 a 22 e dar ênfase nas duas fórmulas: velocidade v² = 210. d e altura AL = 5 t² no caderno t) Atividades de fixação 47, 48 e 51 da pág. 22 e 23 (0,5) u) Com a pesquisa potência de motor colada no caderno, resolva o exercício 52, pág. 23 e mais os 2 exercícios complementares a seguir: (2,0) c 1) Qual a potência de um motor que dá 2500 rotações por minutos? c 2) Para que um motor tenha 65 cavalos de potência, quantas rotações por minutos devem ocorrer? (use calculadora) v) Escreva no caderno qual a importância das fórmulas que possui radicais no dia-adia, transferir para cartolina de maneira criativa, desenhos ou figuras como carro, tráfego, altura com as respectivas fórmulas. (2,0) w) Desenvolva seu conhecimento, realizando uma atividade individual. (5,0) i) Pesquisar pela internet: unidade de potência de um motor o cavalo, colar no caderno; j) Atividade de fixação 54 ao 59 pág. 25 (0,5) Roteiro de Matemática 9º ano A e B -1º Bimestre Tema: Radicais (Unidade 1) Possibilitar a constatação dos radicais em operações cotidianas; De forma contextualizada levar os alunos a construir conceitos e operar com elementos radicais. Material Necessário: Livro didático / calculadora / Cartolina / Livros e revistas velhas a) Ler o livro didático pág. 19 a 22 e dar ênfase nas duas fórmulas: velocidade v² = 210. d e altura AL = 5 t² no caderno b) Atividades de fixação 47, 48 e 51 da pág. 22 e 23 (0,5) c) Com a pesquisa potência de motor colada no caderno, resolva o exercício 52, pág. 23 e mais os 2 exercícios complementares a seguir: (2,0) c 1) Qual a potência de um motor que dá 2500 rotações por minutos? c 2) Para que um motor tenha 65 cavalos de potência, quantas rotações por minutos devem ocorrer? (use calculadora) d) Escreva no caderno qual a importância das fórmulas que possui radicais no dia-adia, transferir para cartolina de maneira criativa, desenhos ou figuras como carro, tráfego, altura com as respectivas fórmulas. (2,0) e) Desenvolva seu conhecimento, realizando uma atividade individual. (5,0) a) Pesquisar pela internet: unidade de potência de um motor o cavalo, colar no caderno; b) Atividade de fixação 54 ao 59 pág. 25 (0,5)

13

MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 2º BIMESTRE º B - 11 Anos

MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 2º BIMESTRE º B - 11 Anos PREFEITURA MUNICIPAL DE IPATINGA ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO/ SEÇÃO DE ENSINO FORMAL Centro de Formação Pedagógica CENFOP MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 2º

Leia mais

MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 3º BIMESTRE º B - 11 Anos

MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 3º BIMESTRE º B - 11 Anos PREFEITURA MUNICIPAL DE IPATINGA ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO/ SEÇÃO DE ENSINO FORMAL Centro de Formação Pedagógica CENFOP MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 3º

Leia mais

2º ANO Reconhecer e utilizar características do sistema de numeração decimal, tais como agrupamentos e trocas na base 10 e princípio do valor posicion

2º ANO Reconhecer e utilizar características do sistema de numeração decimal, tais como agrupamentos e trocas na base 10 e princípio do valor posicion PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO DESCRITORES DE MATEMÁTICA PROVA - 3º BIMESTRE 2011 2º ANO Reconhecer e utilizar

Leia mais

EXPRESSÕES NUMÉRICAS FRACIONÁRIAS

EXPRESSÕES NUMÉRICAS FRACIONÁRIAS EXPRESSÕES NUMÉRICAS FRACIONÁRIAS Introdução: REGRA DE SINAIS PARA ADIÇÃO E SUBTRAÇÃO: Sinais iguais: Adicionamos os algarismos e mantemos o sinal. Sinais diferentes: Subtraímos os algarismos e aplicamos

Leia mais

MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 4º BIMESTRE º B - 11 Anos

MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 4º BIMESTRE º B - 11 Anos PREFEITURA MUNICIPAL DE IPATINGA ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO/ SEÇÃO DE ENSINO FORMAL Centro de Formação Pedagógica CENFOP MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 4º

Leia mais

NÚMEROS E ÁLGEBRA FUNÇÕES

NÚMEROS E ÁLGEBRA FUNÇÕES Professores: Josiane Caroline Protti Disciplina: Matemática Ano: 1º ano E Período: 1º Bimestre - Atividades com os alunos para - Atividades dos livros didáticos e - Correção das atividades na lousa e individual.

Leia mais

Plano Curricular de Matemática 5ºAno - 2º Ciclo

Plano Curricular de Matemática 5ºAno - 2º Ciclo Plano Curricular de Matemática 5ºAno - 2º Ciclo Domínio Conteúdos Metas Nº de Tempos Previstos Numeros e Operações Números racionais não negativos (Educação Financeira) - Cidadania - Simplificação de frações;

Leia mais

Apontamentos de Matemática 6.º ano

Apontamentos de Matemática 6.º ano Revisão (divisores de um número) Os divisores de um número são os números naturais pelos quais podemos dividir esse número de forma exata (resto zero). Exemplos: Os divisores de 4 são 1, e 4, pois se dividirmos

Leia mais

Análise dos descritores da APR II 4ª série/5º ano Matemática

Análise dos descritores da APR II 4ª série/5º ano Matemática Análise dos descritores da APR II 4ª série/5º ano Matemática D10 Num problema, estabelecer trocas entre cédulas e moedas do sistema monetário brasileiro, em função de seus valores. O que é? Por meio deste

Leia mais

Critérios de divisibilidade Para alguns números como o dois, o três, o cinco e outros, existem regras que permitem verificar a divisibilidade sem se

Critérios de divisibilidade Para alguns números como o dois, o três, o cinco e outros, existem regras que permitem verificar a divisibilidade sem se Critérios de divisibilidade Para alguns números como o dois, o três, o cinco e outros, existem regras que permitem verificar a divisibilidade sem se efetuar a divisão. Essas regras são chamadas de critérios

Leia mais

3º Ano do Ensino Médio. Aula nº08

3º Ano do Ensino Médio. Aula nº08 Nome: Ano: º Ano do E.M. Escola: Data: / / 1. Conceitos básicos 3º Ano do Ensino Médio Aula nº08 Assunto: Funções, Equações e Inequações do 1º grau Introdução: Representação de uma equação com 2 variáveis

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID SUBPROJETO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DO CERES CURSO DE MATEMÁTICA INTRODUÇÃO

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID SUBPROJETO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DO CERES CURSO DE MATEMÁTICA INTRODUÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID SUBPROJETO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DO CERES CURSO DE MATEMÁTICA APOSTILA 1 ARITMÉTICA PARTE I INTRODUÇÃO Durante muitos períodos da história

Leia mais

Aulas Previstas. Objectivos Conteúdos Estratégias/Actividades Recursos Avaliação

Aulas Previstas. Objectivos Conteúdos Estratégias/Actividades Recursos Avaliação Escola E.B. 2.3 de Pedro de Santarém PLANIFICAÇÃO ANUAL MATEMÁTICA 5º ANO 2010/2011 Objectivos Conteúdos Estratégias/Actividades Recursos Avaliação Aulas Previstas Preparar e organizar o trabalho a realizar

Leia mais

Colégio Estadual do Campo Professora Maria de Jesus Pacheco Guimarães E. F. e M. Uma História de Amor ao Guará

Colégio Estadual do Campo Professora Maria de Jesus Pacheco Guimarães E. F. e M. Uma História de Amor ao Guará Colégio Estadual do Campo Professora Maria de Jesus Pacheco Guimarães E. F. e M. Uma História de Amor ao Guará PLANO DE TRABALHO DOCENTE 2012 DISCIPLINA: MATEMÁTICA - PROFESSORA: MÁRCIA LÍGIA MAIER FARIAS

Leia mais

P L A N I F I C A Ç Ã 0 3 º C I C L O

P L A N I F I C A Ç Ã 0 3 º C I C L O P L A N I F I C A Ç Ã 0 3 º C I C L O 2015-2016 DISCIPLINA / ANO: Matemática / 8º Ano MANUAL ADOTADO: MATEMÁTICA EM AÇÃO 8 (E.B. 2,3) / MATEMÁTICA DINÂMICA 8 (SEDE) GESTÃO DO TEMPO 1º PERÍODO Nº de tempos

Leia mais

P L A N I F I C A Ç Ã 0 E n s i n o S e c u n d á r i o

P L A N I F I C A Ç Ã 0 E n s i n o S e c u n d á r i o P L A N I F I C A Ç Ã 0 E n s i n o S e c u n d á r i o 2015-2016 DISCIPLINA / ANO: Matemática A 10ºano de escolaridade MANUAL ADOTADO: NOVO ESPAÇO 10 GESTÃO DO TEMPO Nº de Nº de Nº de tempos tempos tempos

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL: ANO LETIVO 2013/2014 DISCIPLINA DE MATEMÁTICA 7 º ANO

PLANIFICAÇÃO ANUAL: ANO LETIVO 2013/2014 DISCIPLINA DE MATEMÁTICA 7 º ANO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E TECNOLOGIAS ÁREA DISCIPLINAR DE MATEMÁTICA PLANIFICAÇÃO ANUAL: ANO LETIVO 2013/2014 DISCIPLINA DE MATEMÁTICA 7 º ANO CALENDARIZAÇÃO DO ANO LETIVO Período Início Fim Nº Semanas

Leia mais

MÓDULO XII. EP.02) Determine o valor numérico da expressão algébrica x 2 yz xy 2 z para x = 1, y = 1 e z = 2. c) y.(y x + 1) +

MÓDULO XII. EP.02) Determine o valor numérico da expressão algébrica x 2 yz xy 2 z para x = 1, y = 1 e z = 2. c) y.(y x + 1) + MÓDULO XII EXPRESSÕES ALGÉBRICAS 1. Epressão algébrica Em álgebra, se empregam outros símbolos além dos algarismos. Damos o nome de epressão algébrica ao conjunto de letras e números ligados entre si por

Leia mais

Conjuntos Numéricos. É o conjunto no qual se encontram os elementos de todos os conjuntos estudados.

Conjuntos Numéricos. É o conjunto no qual se encontram os elementos de todos os conjuntos estudados. Conjuntos Numéricos INTRODUÇÃO Conjuntos: São agrupamentos de elementos com algumas características comuns. Ex.: Conjunto de casas, conjunto de alunos, conjunto de números. Alguns termos: Pertinência Igualdade

Leia mais

25 = 5 para calcular a raiz quadrada de 25, devemos encontrar um número que

25 = 5 para calcular a raiz quadrada de 25, devemos encontrar um número que RADICIAÇÃO Provavelmente até o 8 ano, você aluno só viu o conteúdo de radiciação envolvendo A RAIZ QUADRA Para relembrar: = para calcular a raiz quadrada de, devemos encontrar um número que elevado a seja,

Leia mais

6º ano 1 o TRIMESTRE

6º ano 1 o TRIMESTRE ESCOLA ESTADUAL DE BOA VISTA E.F. Disciplina: Matemática Curso: Ensino Fundamental Anos: 6º, 7º, 8º e 9º anos Professores: Eliane R. Vicente Ano Letivo: 2012 II JUSTIFICATIVA PLANO DE TRABALHO DOCENTE

Leia mais

Este documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à Prova Final a Nível de Escola:

Este documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à Prova Final a Nível de Escola: 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da Prova Final a Nível de Escola, nos termos das orientações gerais das condições especiais na realização de provas finais de ciclo para

Leia mais

FRAÇÕES. O QUE É UMA FRAÇÃO? Fração é um número que exprime uma ou mais partes iguais em que foi dividida uma unidade ou um inteiro.

FRAÇÕES. O QUE É UMA FRAÇÃO? Fração é um número que exprime uma ou mais partes iguais em que foi dividida uma unidade ou um inteiro. FRAÇÕES O QUE É UMA FRAÇÃO? Fração é um número que exprime uma ou mais partes iguais em que foi dividida uma unidade ou um inteiro. Assim, por exemplo, se tivermos uma pizza inteira e a dividimos em quatro

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE ACOMPANHAMENTO DOS PROGRAMAS INSTITUCIONAIS NÚCLEO DE ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA GERÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO CURRICULAR

SUPERINTENDÊNCIA DE ACOMPANHAMENTO DOS PROGRAMAS INSTITUCIONAIS NÚCLEO DE ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA GERÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO CURRICULAR SUPERINTENDÊNCIA DE ACOMPANHAMENTO DOS PROGRAMAS INSTITUCIONAIS NÚCLEO DE ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA GERÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO CURRICULAR 2ª AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DO 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 2012 MATEMÁTICA

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO CADAVAL

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO CADAVAL AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO CADAVAL DEPARTAMENTO: PLANIFICAÇÃO ANUAL - ANO LETIVO: DISCIPLINA: Matemática A (12.º ano) Matemática e Ciências Experimentais 2015/2016 UNIDADE Tema 1 - Probabilidades e Combinatória

Leia mais

Cento de Ensino e Pesquisa Aplicada à Educação. Subárea de Matemática. Plano de Ensino de Matemática 7º Ano - 2014

Cento de Ensino e Pesquisa Aplicada à Educação. Subárea de Matemática. Plano de Ensino de Matemática 7º Ano - 2014 Cento de Ensino e Pesquisa Aplicada à Educação Subárea de Matemática 1 Plano de Ensino de Matemática 7º Ano - 2014 Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada à Educação Subárea de Matemática Profª Marisa Gomes

Leia mais

1 EMENTA 2 OBJETIVOS DO COMPONENTE CURRICULAR 3 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. Cálculo e Raios e comprimentos Plano cartesiano Análise de gráficos

1 EMENTA 2 OBJETIVOS DO COMPONENTE CURRICULAR 3 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. Cálculo e Raios e comprimentos Plano cartesiano Análise de gráficos PLANO DE ENSINO Disciplina Fundamentos de Matemática Código Docente Daniela Macêdo Damaceno Pinheiro Semestre I/2013.1 Carga horária 80h 1 EMENTA Frações Produtos notáveis Funções, equações e inequações

Leia mais

Obviamente não poderíamos ter um número negativo de livros. Também não poderíamos imaginar alguém falando: Tenho 3,4231 livros na minha estante.

Obviamente não poderíamos ter um número negativo de livros. Também não poderíamos imaginar alguém falando: Tenho 3,4231 livros na minha estante. Conjunto dos Números Naturais A noção de um número natural surge com a pura contagem de objetos. Ao contar, por exemplo, os livros de uma estante, temos como resultado um número do tipo: N = {0,1,2,3 }

Leia mais

Deixando de odiar Matemática Parte 5

Deixando de odiar Matemática Parte 5 Deixando de odiar Matemática Parte Adição e Subtração de Frações Multiplicação de frações Divisão de Frações 7 1 Adição e Subtração de Frações Para somar (ou subtrair) duas ou mais frações de mesmo denominador,

Leia mais

MATEMÁTICA II. Aula 11. 3º Bimestre. Matrizes Professor Luciano Nóbrega

MATEMÁTICA II. Aula 11. 3º Bimestre. Matrizes Professor Luciano Nóbrega 1 MATEMÁTICA II Aula 11 Matrizes Professor Luciano Nóbrega º Bimestre MATRIZES _ INTRODUÇÃO DEFINIÇÃO Uma matriz é uma tabela com m linhas e n colunas que contém m. n elementos. EXEMPLO: Ângulo 0º 45º

Leia mais

Lista de Exercícios 06 Modularização (Procedimentos e Funções)

Lista de Exercícios 06 Modularização (Procedimentos e Funções) Lista de Exercícios 06 Modularização (Procedimentos e Funções) Procedimentos: Passagem de parâmetros. 1) Escreva um procedimento que receba um número inteiro e imprima o mês correspondente ao número. Por

Leia mais

FATORAÇÃO. Os métodos de fatoração de expressões algébricas são:

FATORAÇÃO. Os métodos de fatoração de expressões algébricas são: FATORAÇÃO Fatorar consiste em representar determinado número de outra maneira, utilizando a multiplicação. A fatoração ajuda a escrever um número ou uma expressão algébrica como produto de outras expressões.

Leia mais

Geometria Analítica. Geometria Analítica 28/08/2012

Geometria Analítica. Geometria Analítica 28/08/2012 Prof. Luiz Antonio do Nascimento luiz.anascimento@sp.senac.br www.lnascimento.com.br Conjuntos Propriedades das operações de adição e multiplicação: Propriedade comutativa: Adição a + b = b + a Multiplicação

Leia mais

2015 Fundamental II Conteúdo e Datas 1 ª Etapa / 2ª Parcial

2015 Fundamental II Conteúdo e Datas 1 ª Etapa / 2ª Parcial Matemática 2015 Fundamental II ------ Conteúdo e Datas 1 ª Etapa / 2ª Parcial Disciplina Data Conteúdo 6º A / B - Adição, subtração, multiplicação, divisão, potenciação e raiz quadrada de números naturais.

Leia mais

Deixando de odiar Matemática Parte 4

Deixando de odiar Matemática Parte 4 Deixando de odiar Matemática Parte 4 Fatoração 2 Quantidade de divisores de um número natural 3 Mínimo Múltiplo Comum 5 Simplificação de Frações 7 Máximo Divisor Comum 8 Método da Fatoração Simultânea

Leia mais

Passando do português para a linguagem matemática.

Passando do português para a linguagem matemática. 1 Passando do português para a linguagem matemática. Professor Maurício 2 Um grande problema para quem está estudando matemática pela primeira vez é passar o enunciado (na forma de palavras e escrito em

Leia mais

Planificação a médio e longo prazo. Matemática B. 11º Ano de escolaridade. Total de aulas previstas: 193. Ano letivo 2015/2016

Planificação a médio e longo prazo. Matemática B. 11º Ano de escolaridade. Total de aulas previstas: 193. Ano letivo 2015/2016 Planificação a médio e longo prazo Matemática B 11º Ano de escolaridade. Total de aulas previstas: 193 Ano letivo 2015/2016 Professor responsável: Paulo Sousa I O programa Matemática B do 11º Ano - Página

Leia mais

04 Fórmulas Matemáticas

04 Fórmulas Matemáticas HEWLETT-PACKARD 04 Fórmulas Matemáticas [Digite o subtítulo do documento] Prof. Rodrigo [Digite aqui o resumo do documento. Em geral, o resumo é uma breve descrição do conteúdo do documento. Digite aqui

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL II

ENSINO FUNDAMENTAL II CONTEÚDO 6 º ANO 1) Produção de texto: Narração. Foco narrativo: narrador-observador. Estrutura do texto narrativo. Uso do diálogo. Paragrafação. 2) Texto: Leitura e interpretação. 3) Gramática: Letra

Leia mais

EXERC EXAME DISCIPLINA: ALG ESTRUTURA DE DADOS I

EXERC EXAME DISCIPLINA: ALG ESTRUTURA DE DADOS I EXERC EXAME DISCIPLINA: ALG ESTRUTURA DE DADOS I CURSO: ENG CIVIL PROFESSOR: ANDRÉ LUÍS DUARTE PERÍODO 1º BIMESTRE 1 1) Identifique as afirmações como verdadeira (V) ou falsa (F): a) Existem três tipos

Leia mais

APROXIMAÇÕES ENTRE O PISA E SAEB

APROXIMAÇÕES ENTRE O PISA E SAEB APROXIMAÇÕES ENTRE O PISA E SAEB PISA Breve histórico Educação comparada: antiga área de investigação Sputinik, 1957 IEA: International Association for the Evaluation of Educational Achievement, 1958 1960:

Leia mais

COLÉGIO DE EDUCAÇÃO INFANTIL E FUNDAMENTAL FERNANDO DE ALMEIDA. Lista de trabalhos Terceiro Ano- 1 bimestre/ 2016

COLÉGIO DE EDUCAÇÃO INFANTIL E FUNDAMENTAL FERNANDO DE ALMEIDA. Lista de trabalhos Terceiro Ano- 1 bimestre/ 2016 Lista de trabalhos Terceiro Ano- 1 bimestre/ 2016 Trabalho de português 1) faca uma pesquisa e com desenhos monte um livrinho com um tema que você escolher: Exemplo: capa, paginas, figuras, falas...etc.

Leia mais

Planificação anual- 8.º ano 2014/2015

Planificação anual- 8.º ano 2014/2015 Agrupamento de Escolas de Moura Escola Básica nº 1 de Moura (EB23) Planificação anual- 8.º ano 2014/2015 12 blocos Tópico: Números Números e operações/ Álgebra Dízimas finitas e infinitas periódicas Caracterização

Leia mais

Nivelamento Matemática Básica

Nivelamento Matemática Básica Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga Av. Dr. Flávio Henrique Lemos, 8 Portal Itamaracá Taquaritinga/SP CEP 900-000 fone (6) -0 Nivelamento Matemática Básica ELIAMAR FRANCELINO DO PRADO Taquaritinga

Leia mais

Mapas de Karnaugh Prof. Rômulo Calado Pantaleão Camara. Carga Horária: 2h/60h

Mapas de Karnaugh Prof. Rômulo Calado Pantaleão Camara. Carga Horária: 2h/60h Mapas de Karnaugh Prof. Rômulo Calado Pantaleão Camara Carga Horária: 2h/60h Mapas de Karnaugh O mapa de Veitch-Karnaugh, ou simplesmente mapa de Karnaugh, é uma tabela montada de forma a facilitar o processo

Leia mais

Universidade Federal de Pelotas Cálculo com Geometria Analítica I Prof a : Msc. Merhy Heli Rodrigues Aplicações da Derivada

Universidade Federal de Pelotas Cálculo com Geometria Analítica I Prof a : Msc. Merhy Heli Rodrigues Aplicações da Derivada 1) Velocidade e Aceleração 1.1 Velocidade Universidade Federal de Pelotas Cálculo com Geometria Analítica I Prof a : Msc. Merhy Heli Rodrigues Aplicações da Derivada Suponhamos que um corpo se move em

Leia mais

Limites Uma teoria abordando os principais tópicos sobre a teoria dos limites. José Natanael Reis

Limites Uma teoria abordando os principais tópicos sobre a teoria dos limites. José Natanael Reis Limites Uma teoria abordando os principais tópicos sobre a teoria dos limites Este trabalho tem como foco, uma abordagem sobre a teoria dos limites. Cujo objetivo é o método para avaliação da disciplina

Leia mais

Prova de Aferição de Matemática 8.º Ano de Escolaridade

Prova de Aferição de Matemática 8.º Ano de Escolaridade Prova de Aferição de Matemática 8.º Ano de Escolaridade Prova 86 Decreto-Lei n.º 17/2016, de 4 de abril 7 Páginas Duração da Prova: 90 minutos. Parte A: 35 minutos (com calculadora) Parte B: 55 minutos

Leia mais

TREINAMENTO MATEMÁTICA BÁSICA 1ª ETAPA

TREINAMENTO MATEMÁTICA BÁSICA 1ª ETAPA TREINAMENTO MATEMÁTICA BÁSICA 1ª ETAPA 1 Adição, subtração, multiplicação e divisão de números naturais e decimais Números Naturais Nos dias de hoje, em lugar das pedrinhas, utilizam-se, em todo o mundo,

Leia mais

III) se deste número n subtrairmos o número 3816, obteremos um número formado pelos mesmos algarismos do número n, mas na ordem contrária.

III) se deste número n subtrairmos o número 3816, obteremos um número formado pelos mesmos algarismos do número n, mas na ordem contrária. 1 Projeto Jovem Nota 10 1. (Fuvest 2000) Um número inteiro positivo n de 4 algarismos decimais satisfaz às seguintes condições: I) a soma dos quadrados dos 1 e 4 algarismos é 58; II) a soma dos quadrados

Leia mais

Funções e gráficos num problema de freagem

Funções e gráficos num problema de freagem Funções e gráficos num problema de freagem Adaptado do artigo de Geraldo Ávila Há situações concretas das quais o professor pode extrair, de maneira espontânea e natural, conceitos importantes e muito

Leia mais

UNICAMP Você na elite das universidades! MATEMÁTICA ELITE SEGUNDA FASE

UNICAMP Você na elite das universidades! MATEMÁTICA ELITE SEGUNDA FASE www.elitecampinas.com.br Fone: (19) -71 O ELITE RESOLVE IME 004 PORTUGUÊS/INGLÊS Você na elite das universidades! UNICAMP 004 SEGUNDA FASE MATEMÁTICA www.elitecampinas.com.br Fone: (19) 51-101 O ELITE

Leia mais

FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA MATEMÁTICA DESAFIO DO DIA. Aula 15.1 Conteúdo: Conceituar e exemplificar MMC.

FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA MATEMÁTICA DESAFIO DO DIA. Aula 15.1 Conteúdo: Conceituar e exemplificar MMC. CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula 15.1 Conteúdo: Conceituar e exemplificar MMC. CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Habilidades: Aplicar os conceitos

Leia mais

Comentários e Exemplos sobre os Temas e seus Descritores da Matriz de Matemática de 4ª Série Fundamental

Comentários e Exemplos sobre os Temas e seus Descritores da Matriz de Matemática de 4ª Série Fundamental Comentários e Exemplos sobre os Temas e seus Descritores da Matriz de de 4ª Série Fundamental TEMA I ESPAÇO E FORMA A compreensão do espaço com suas dimensões e formas de constituição são elementos necessários

Leia mais

Escola E.B. 2,3 General Serpa Pinto Cinfães Proposta de resolução da ficha formativa nº /2013

Escola E.B. 2,3 General Serpa Pinto Cinfães Proposta de resolução da ficha formativa nº /2013 Escola E.B. 2,3 General Serpa Pinto Cinfães Proposta de resolução da ficha formativa nº 2-2012/2013 1. A figura ao lado representa o polígono da base de uma pirâmide. Indica, justificando: 1.1. o nome

Leia mais

Álgebra. 4º encontro. Representação das quantidades desconhecidas

Álgebra. 4º encontro. Representação das quantidades desconhecidas PREFEITURA MUNICIPAL DE PASSO FUNDO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SME Programa de Formação Continuada (re) Significando Saberes na Educação Infantil e Ensino Fundamental/2011 4º encontro Álgebra Fonte

Leia mais

C O L É G I O L A S A L L E

C O L É G I O L A S A L L E C O L É G I O L A S A L L E Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Guarani, 000 - Fone (045) 35-1336 - Fax (045) 3379-58 http://www.lasalle.edu.br/toledo/ DISCIPLINA: PROFESSOR(A): E-MAIL: PROGRAMA

Leia mais

CURSO INTRODUTÓRIO DE MATEMÁTICA PARA ENGENHARIA Função do 1 Grau. Rafael Carvalho - Engenharia Civil

CURSO INTRODUTÓRIO DE MATEMÁTICA PARA ENGENHARIA Função do 1 Grau. Rafael Carvalho - Engenharia Civil CURSO INTRODUTÓRIO DE MATEMÁTICA PARA ENGENHARIA 06. Função do Grau Rafael Carvalho - Engenharia Civil Equações do primeiro grau Equação é toda sentença matemática aberta que exprime uma relação de igualdade.

Leia mais

TEORIA 6: EQUAÇÕES E SISTEMAS DO 2º GRAU MATEMÁTICA BÁSICA

TEORIA 6: EQUAÇÕES E SISTEMAS DO 2º GRAU MATEMÁTICA BÁSICA TEORIA 6: EQUAÇÕES E SISTEMAS DO 2º GRAU MATEMÁTICA BÁSICA Nome: Turma: Data / / Prof: Walnice Brandão Machado Equações de 2º grau Definições Denomina-se equação do 2º grau na incógnita x, toda equação

Leia mais

DISCIPLINA: GEOGRAFIA E CIÊNCIAS DATA DA REALIZAÇÃO: 04/04/ ) Explique o que é e como acontece o movimento de translação?

DISCIPLINA: GEOGRAFIA E CIÊNCIAS DATA DA REALIZAÇÃO: 04/04/ ) Explique o que é e como acontece o movimento de translação? FICHA DA SEMANA 3º ANO A/B Instruções: 1. Cada atividade terá uma data de realização e deverá ser entregue à professora no dia seguinte; 2. As atividades deverão ser copiadas e respondidas no caderno,

Leia mais

FUNÇÃO DO 2º GRAU. y = f(x) = ax² + bx + c, onde a, b e c são constantes reais e. O gráfico de uma função quadrática é uma parábola

FUNÇÃO DO 2º GRAU. y = f(x) = ax² + bx + c, onde a, b e c são constantes reais e. O gráfico de uma função quadrática é uma parábola FUNÇÃO DO 2º GRAU A função do 2º grau está presente em inúmeras situações cotidianas, na Física ela possui um papel importante na análise dos movimentos uniformemente variados (MUV), pois em razão da aceleração,

Leia mais

Geometria (X 6 ) Português (X 3 ) Álgebra (X 4 )

Geometria (X 6 ) Português (X 3 ) Álgebra (X 4 ) ROTAÇÃO E INTERPRETAÇÃO DAS COMPONENTES PRINCIPAIS Consideremos o seguinte exemplo (exercício 6): 15 alunos de uma determinada escola foram sujeitos a testes de 6 disciplinas e os resultados obtidos encontram-se

Leia mais

Teorema de Pitágoras: Encaixando e aprendendo

Teorema de Pitágoras: Encaixando e aprendendo Reforço escolar M ate mática Teorema de Pitágoras: Encaixando e aprendendo Dinâmica 7 9º ano 2º Bimestre Aluno DISCIPLINA Ano CAMPO CONCEITO Matemática Ensino Fundamental 9ª Geométrico Teorema de Pitágoras

Leia mais

FIGURAS PLANAS E O CÁLCULO DE ÁREAS

FIGURAS PLANAS E O CÁLCULO DE ÁREAS unifmu Nome: Professor: Ricardo Luís de Souza Curso de Design Matemática Aplicada Atividade Exploratória III Turma: Data: FIGURAS PLANAS E O CÁLCULO DE ÁREAS Objetivo: Rever o conceito de área de figuras

Leia mais

Conteúdo programático por disciplina Matemática 6 o ano

Conteúdo programático por disciplina Matemática 6 o ano 60 Conteúdo programático por disciplina Matemática 6 o ano Caderno 1 UNIDADE 1 Significados das operações (adição e subtração) Capítulo 1 Números naturais O uso dos números naturais Seqüência dos números

Leia mais

TECNOLOGIA WEB. Formação: o Bacharel em Sistemas de Informações (SI); o MBA em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC).

TECNOLOGIA WEB. Formação: o Bacharel em Sistemas de Informações (SI); o MBA em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). DOCENTE PROFESSOR CELSO CANDIDO Formação: o Bacharel em Sistemas de Informações (SI); o MBA em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). Conhecimentos: o Web Designer; o Arquitetura de Máquina; o Implementação

Leia mais

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM ENGENHARIA FLORESTAL (TCC EF)

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM ENGENHARIA FLORESTAL (TCC EF) TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM ENGENHARIA FLORESTAL (TCC EF) I. DEFINIÇÃO Em atendimento às Diretrizes Curriculares do Ministério da Educação, todo aluno do Curso de Engenharia Florestal deverá, obrigatoriamente,

Leia mais

f, da, onde R é uma das regiões mostradas na

f, da, onde R é uma das regiões mostradas na Integrais Duplas em Coordenadas Polares Bibliografia básica: THOMAS, G. B. Cálculo. Vol. Capítulo 1. Item 1.3. STEWAT, J. Cálculo. Vol.. Capítulo 15. Item 15.4. Sabemos que o cálculo da área de uma região

Leia mais

ÁLGEBRA. AULA 1 _ Conjuntos Professor Luciano Nóbrega. Maria Auxiliadora

ÁLGEBRA. AULA 1 _ Conjuntos Professor Luciano Nóbrega. Maria Auxiliadora 1 ÁLGEBRA AULA 1 _ Conjuntos Professor Luciano Nóbrega Maria Auxiliadora 2 Pode-se dizer que a é, em grande parte, trabalho de um único matemático: Georg Cantor (1845-1918). A noção de conjunto não é suscetível

Leia mais

MATERNAL I MANHÃ - Antes de executar suas tarefas, revise a parte teórica. Dia Internacional da mulher atividade prática

MATERNAL I MANHÃ - Antes de executar suas tarefas, revise a parte teórica. Dia Internacional da mulher atividade prática MATERNAL I TARDE MATERNAL I MANHÃ MATERNAL I MANHÃ - Antes de executar suas tarefas, revise a parte teórica Projeto dia Internacional da mulher atividade fotocopiada Atividade no álbum - com a ajuda de

Leia mais

Prova Final de Matemática

Prova Final de Matemática Prova Final de Matemática.º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 39/0, de 5 de julho Prova 6/Época Especial Critérios de Classificação 0 Páginas 05 Prova 6/E. Especial CC Página / 0 CRITÉRIOS GERAIS

Leia mais

4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL I

4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL I PROGRAMA PARA A PROVA DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA 2015 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL I LÍNGUA PORTUGUESA LEITURA E PRODUÇÃO TEXTUAL Leitura e interpretação de diferentes tipos de textos adequados à faixa

Leia mais

Questão 2. Questão 1. Questão 3. Resposta. Resposta. Resposta

Questão 2. Questão 1. Questão 3. Resposta. Resposta. Resposta ATENÇÃO: Escreva a resolução COMPLETA de cada questão no espaço a ela reservado. Não basta escrever apenas o resultado final: é necessário mostrar os cálculos ou o raciocínio utilizado. Questão Emumasalaháumalâmpada,umatelevisão

Leia mais

Tecnologia em Construções de Edifícios

Tecnologia em Construções de Edifícios 1 Tecnologia em Construções de Edifícios Aula 9 Geometria Analítica Professor Luciano Nóbrega 2º Bimestre 2 GEOMETRIA ANALÍTICA INTRODUÇÃO A geometria avançou muito pouco desde o final da era grega até

Leia mais

COLÉGIO SÃO JOÃO GUALBERTO

COLÉGIO SÃO JOÃO GUALBERTO RESOLUÇÃO COMENTADA Prof.: Pedro Bittencourt Série: 3ª Turma: A Disciplina: Física Nota: Atividade: Avaliação mensal 1º bimestre Valor da Atividade: 10 Instruções Esta avaliação é individual e sem consulta.

Leia mais

Processo de Admissão de Novos Estudantes Conteúdos programáticos para candidatos que ingressarão no. 1º ano do Ensino Médio MATEMÁTICA

Processo de Admissão de Novos Estudantes Conteúdos programáticos para candidatos que ingressarão no. 1º ano do Ensino Médio MATEMÁTICA Processo de Admissão de Novos Estudantes 2016 Conteúdos programáticos para candidatos que ingressarão no 1º ano do Ensino Médio MATEMÁTICA CONTEÚDOS Efetuar cálculos com números reais envolvendo as operações

Leia mais

EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO DE MATEMÁTICA

EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO DE MATEMÁTICA COLÉGIO FRANCO-BRASILEIRO NOME: N : TURMA: PROFESSOR(A: ANO: 7º DATA: / 07 / 0 Calcule o valor das expressões: a ( 6 ( ( EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO DE MATEMÁTICA b { [ 9 ( ]} ( [ 6( ] c ( 9 : ( 7. ( ² +

Leia mais

tipo e tamanho e com os "mesmos" elementos do vetor A, ou seja, B[i] = A[i].

tipo e tamanho e com os mesmos elementos do vetor A, ou seja, B[i] = A[i]. INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO- GRANDENSE CAMPUS SAPUCAIA DO SUL PROFESSOR: RICARDO LUIS DOS SANTOS EXERCÍCIO DE REVISÃO E FIXAÇÃO DE CONTEÚDO - ARRAYS 1. Criar um vetor A

Leia mais

6º ANO CHILE 6º ANO ARGENTINA. 1º Horário: Matemática Conteúdo: Atividade avaliativa. Atividade: *** Tarefa: ***

6º ANO CHILE 6º ANO ARGENTINA. 1º Horário: Matemática Conteúdo: Atividade avaliativa. Atividade: *** Tarefa: *** 6º ANO ARGENTINA 6º ANO CHILE 1º Horário: História 2º Horário: História 3º Horário: Redação Conteúdo: Narração com note. 4º Horário: Matemática 5 Horário: Literatura Conteúdo: Leitura coletiva de O ladrão

Leia mais

MATEMÁTICA PARA VENCER. Apostilas complementares APOSTILA 10: Exercícios Cap 01. www.laercio.com.br

MATEMÁTICA PARA VENCER. Apostilas complementares APOSTILA 10: Exercícios Cap 01. www.laercio.com.br MATEMÁTICA PARA VENCER Apostilas complementares APOSTILA 10: Exercícios Cap 01 www.laercio.com.br APOSTILA 10 Exercícios cap 01 MATÉRIA FÁCIL, QUESTÕES DIFÍCEIS HORA DE ESTUDAR (cap 01) Apostila de complemento

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL 1 Título: Localizando-se... 2 Autora: Adriana Regina Perez Rech 3 Docente: Lisiane Cristina Amplatz 4 Aplicativo utilizado: Geogebra 5 Disciplina: Matemática 6 Objetivos / Expectativas de aprendizagem:

Leia mais

Projeto de Recuperação Final - 1ª Série (EM)

Projeto de Recuperação Final - 1ª Série (EM) Projeto de Recuperação Final - 1ª Série (EM) Matemática 1 MATÉRIA A SER ESTUDADA Nome do Fascículo Aula Ex de aula Ex da tarefa Funções Inequação do 1º grau, pág 59 2 4,5,6 Funções Inequação do 1º grau,

Leia mais

mais cedo e o motivo para tal solicitação. Não será permitida a saída do aluno sem este aviso prévio.

mais cedo e o motivo para tal solicitação. Não será permitida a saída do aluno sem este aviso prévio. PLANO SEMANAL DE 14 A 18 DE MARÇO PRÉ-ESCOLA I Arte: Biblioteca. Português (2): Vogal e minúscula. Matemática (2): Trabalhar o numeral 3 Ciências: Diferentes Famílias. Inglês: Atividades sobre os membros

Leia mais

Circuitos Série e a Associação Série de Resistores

Circuitos Série e a Associação Série de Resistores 1 Painel para análise de circuitos resistivos CC (Revisão 00) Circuitos Série e a Associação Série de Resistores 1 2 Circuitos Série e a Associação Série de Resistores Utilizando as chaves disponíveis

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA EIXO TECNOLÓGICO: Licenciatura Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Licenciatura em Matemática FORMA/GRAU: ( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( x ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

Instruções para utilização dos Fóruns pelo Grupo dos Consensos Psiquiátricos para Clínicos Gerais 2005

Instruções para utilização dos Fóruns pelo Grupo dos Consensos Psiquiátricos para Clínicos Gerais 2005 Instruções para utilização dos Fóruns pelo Grupo dos Consensos Psiquiátricos para CONTEÚDO Pág. 1 Introdução 3 2 - Aceder ao site 2.1 Entrar em www.saude-mental.net 3 2.3 Introdução do seu login e password

Leia mais

ESCALAS DE TEMPERATURA (Proporcionalidade Directa)

ESCALAS DE TEMPERATURA (Proporcionalidade Directa) ESCALAS DE TEMPERATURA (Proporcionalidade Directa) Citações: Utilização das tecnologias na aprendizagem da Matemática Todos os alunos devem aprender a utilizar não só a calculadora elementar mas também,

Leia mais

I-EXPRESSÕES NUMÉRICAS

I-EXPRESSÕES NUMÉRICAS I-EXPRESSÕES NUMÉRICAS São expressões matemáticas que envolvem operações com números. Exemplos: a) 9+3+5 b) 2-5+4 c) (15-4)+2 4 5 + 7 2-1 + 7 2 + 6 2 = + 4 = 4 Nas expressões e sentenças matemáticas, os

Leia mais

OPERAÇÕES COM FRAÇÕES

OPERAÇÕES COM FRAÇÕES OPERAÇÕES COM FRAÇÕES Adição A soma ou adição de frações requer que todas as frações envolvidas possuam o mesmo denominador. Se inicialmente todas as frações já possuírem um denominador comum, basta que

Leia mais

TRIANGONÓPOLIS: A CIDADE DA LEI DOS SENOS E LEI DOS COSSENOS

TRIANGONÓPOLIS: A CIDADE DA LEI DOS SENOS E LEI DOS COSSENOS TRIANGONÓPOLIS: A CIDADE DA LEI DOS SENOS E LEI DOS COSSENOS Selau, Suzana Scandolara 1 ; Cardoso, Marleide Coan 2 3 Instituto Federal Catarinense Campus Avançado Sombrio/SC INTRODUÇÃO Este trabalho é

Leia mais

CURSO DE MATEMÁTICA BÁSICA PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL CENTRO DE ENGENHARIA DA MOBILIDADE

CURSO DE MATEMÁTICA BÁSICA PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL CENTRO DE ENGENHARIA DA MOBILIDADE CURSO DE MATEMÁTICA BÁSICA Aula 01 Introdução a Geometria Plana Ângulos Potenciação Radiciação Introdução a Geometria Plana Introdução: No estudo da Geometria Plana, consideraremos três conceitos primitivos:

Leia mais

Potenciação e radiciação

Potenciação e radiciação Sequência didática para a sala de aula 6 MATEMÁTICA Unidade 1 Capítulo 6: (páginas 55 a 58 do livro) 1 Objetivos Associar a potenciação às situações que representam multiplicações de fatores iguais. Perceber

Leia mais

JOGO: CALCULA, PASSA OU REPASSA. Bianca de Souza Denadai - ICMC-USP São Carlos

JOGO: CALCULA, PASSA OU REPASSA. Bianca de Souza Denadai - ICMC-USP São Carlos JOGO: CALCULA, PASSA OU REPASSA Bianca de Souza Denadai - ICMC-USP São Carlos (bianca.denadai@usp.br) Financiamento/Apoio: PIBID - CAPES Modalidade: Mostra de Material RESUMO O jogo calcula, passa ou repassa

Leia mais

Subtema III Planeta Terra. Forças Marés Massa e Peso. Ciências Físico-químicas - 7º ano de escolaridade. Subtema III PLANETA TERRA

Subtema III Planeta Terra. Forças Marés Massa e Peso. Ciências Físico-químicas - 7º ano de escolaridade. Subtema III PLANETA TERRA Ciências Físico-químicas - 7º ano de escolaridade Subtema III Planeta Terra COMPETÊNCIAS Identifica o significado físico de força e algumas classificações das forças; Caraterizar e representar forças por

Leia mais

Comunidade de Prática Virtual Inclusiva Formação de Professores

Comunidade de Prática Virtual Inclusiva Formação de Professores O Mate erial Dourado Montessor ri O material Dourado ou Montessori é constituído por cubinhos, cubão, que representam: barras, placas e Observe que o cubo é formado por 10 placas, que a placa é formada

Leia mais

1º período. Conhecer os algarismos que compõem o SND (0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9). Diferenciar algarismos e números. e vice-versa.

1º período. Conhecer os algarismos que compõem o SND (0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9). Diferenciar algarismos e números. e vice-versa. 1º período Os números naturais: Sistema de Numeração Decimal. (SND) Um pouco de história: sistema de numeração dos romanos. Os números naturais Sistema de Numeração Decimal (SND). Unidades e dezenas. Unidades,

Leia mais

MATEMÁTICA (11º ano) Exercícios de Exames e Testes Intermédios Funções racionais

MATEMÁTICA (11º ano) Exercícios de Exames e Testes Intermédios Funções racionais MATEMÁTICA (11º ano) Exercícios de Exames e Testes Intermédios Funções racionais 1 Na figura ao lado, está representada, num referencial o.n., parte da hipérbole que é o gráfico de uma função As retas

Leia mais

1º Seminário Topologias. Oradora: Margarida Gonçalves

1º Seminário Topologias. Oradora: Margarida Gonçalves 1º Seminário Topologias Oradora: Margarida Gonçalves 1 Curso Profissional de Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos Modalidade de Ensino Profissional Secundário Ano: Área: 10º Ano Informática Disciplina:

Leia mais

Mini-curso. Formação de professores e avaliação: instrumentos para avaliação processual em sala de aula

Mini-curso. Formação de professores e avaliação: instrumentos para avaliação processual em sala de aula Mini-curso Formação de professores e avaliação: instrumentos para avaliação processual em sala de aula Professor responsável Prof. Dr. Daniel Abud Seabra Matos (UFOP) Mariana 2014 2 Prezados/as professores/as,

Leia mais

CONTEÚDOS PROVÁVEIS DA 1ª ETAPA/2012 DISCIPLINA: EDUCAÇÃO RELIGIOSA PROFESSOR: JOAQUIM BARBOSA 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL CONTEÚDOS:

CONTEÚDOS PROVÁVEIS DA 1ª ETAPA/2012 DISCIPLINA: EDUCAÇÃO RELIGIOSA PROFESSOR: JOAQUIM BARBOSA 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL CONTEÚDOS: DISCIPLINA: EDUCAÇÃO RELIGIOSA PROFESSOR: JOAQUIM BARBOSA Religiosidade, religião e fé; O desejo de ser feliz; CF 2012 Fraternidade e Saúde Pública; Liberdade e responsabilidade; Os dois caminhos; O respeito

Leia mais