Planejamento de aquisição de bens e serviços na Administração Pública. Magno Subtil

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Planejamento de aquisição de bens e serviços na Administração Pública. Magno Subtil"

Transcrição

1 Planejamento de aquisição de bens e serviços na Administração Pública Magno Subtil

2 Registro de Preços Decreto Estadual 7.437/2011 Sistema de Registro de Preços é o conjunto de procedimentos para registro formal de preços, relativos à prestação de serviços e aquisição de bens, destinado a contratações futuras; Art. 1º As contratações de serviços e a aquisição de bens, sempre que possível, serão efetuadas pelo Sistema de Registro de Preços, (...)

3 Registro de Preços Art. 2 Será adotado, preferencialmente, o Sistema de Registro de Preços nas seguintes hipóteses: I - quando, pelas características do bem ou serviço, houver necessidade de contratações frequentes; II - quando for mais conveniente a aquisição de bens com previsão de entregas parceladas ou contratação de serviços necessários à Administração para o desempenho de suas atribuições; III - quando for conveniente a aquisição de bens ou a contratação de serviços para atendimento a mais de um órgão ou entidade, ou a programas de governo; IV - quando pela natureza do objeto não for possível definir previamente o quantitativo a ser demandado pela Administração.

4 Registro de Preços Art. 3 A licitação para registro de preços será realizada na modalidade de concorrência ou pregão, do tipo menor preço, nos termos das Leis nºs 8.666, de 21 de julho de 1993, e , de 17 de julho de 2002, ou de outros diplomas legais que vierem a substitui-las, e será precedida de ampla pesquisa de mercado. Art. 4º O prazo de validade da Ata de Registro de Preços, admitida uma prorrogação por igual período, desde que devidamente comprovada a vantagem técnica e econômica e mantidos os quantitativos originalmente registrados, não poderá exceder, incluído o da prorrogação, o limite de 1 (um) ano.

5 Registro de Preços Lei Estadual /2012, Capítulo IV Art. 21. A contratação de quaisquer serviços e a aquisição de bens, desde que habituais ou rotineiras, sempre que possível, serão processadas pelo Sistema de Registro de Preços (...) Art. 23. O prazo de validade da Ata de Registro de Preços não poderá ser superior a 1 (um) ano, computada neste eventuais prorrogações, sem alteração dos quantitativos originalmente registrados, desde que devidamente comprovada a vantagem técnica e econômica.

6 Planejamento Planejar trata-se da identificação da demanda e de responder de forma efetiva à necessidade. Prof. Jair Eduardo. Não se planeja a licitação, mas sim a contratação. Prof. Renato Mendes. Deve-se planejar formalmente a tarefa. Qual a situação e qual os resultados pretendidos? Qual o problema ou conjunto de situações fáticas deverão ser resolvidos?

7 Os procedimentos da aquisição 1. Solicitação de bens / serviços 2. Orçamento 3. Mapa de preços 4. Termo de referência 5. Impacto orçamentário e financeiro 6. Autorização da aquisição 7. Edital 8. Publicação 9. Sessão pública 10. Fornecimento

8 1. Solicitação de bens / serviços Lei /2012, Capítulo III Formulário padrão de solicitação de bens / serviços Definição do qualitativo e quantitativo (art. 18, I e 2º) O quê adquirir ou contratar Indicação de marca Justificativa e finalidade da aquisição (art. 17) Por que adquirir ou contratar Verificação de outras demandas para o mesmo objeto Aprovação da autoridade competente (art. 17)

9 2. Orçamento Lei Estadual , art. 88-A: A estimativa de preços no procedimento licitatório será realizada mediante a utilização dos seguintes parâmetros: I Portal de Compras Governamentais de Goiás; II preço constante de banco de preços públicos, contratado pelo Estado de Goiás; III preço registrado no Estado; IV preços de Atas de Registro de Preços de outros entes; V preço de tabela de referência de órgãos públicos vigente; VI contratações similares de outros entes públicos, em execução ou concluídos nos 180 (cento e oitenta) dias anteriores à data da pesquisa de preços; VII pesquisa junto a fornecedores. 1º No caso de utilização dos parâmetros estabelecidos nos incisos I, II e V deste artigo, fica dispensada a pesquisa quanto aos demais. 2º No caso de utilização dos demais parâmetros, é recomendada a realização de pesquisa com vistas a 3 (três) preços ou fornecedores. 3º O resultado da estimativa de preços será a média dos preços obtidos. 4º Para obtenção do resultado da pesquisa de preços, não poderão ser considerados os inexequíveis ou excessivamente elevados. (25%) 5º Excepcionalmente, mediante justificativa da autoridade competente, será admitida a pesquisa com menos de 3 (três) preços ou fornecedores.

10 3. Mapa de preços Preço Médio Unitário = x 1 + x x n n Preço Médio Total = preço médio unitário x quantidade

11 4. Termo de referência É a reunião de informações diversas levantadas em torno de um objeto que servirá de fonte para guiar a aquisição. Documento mediante o qual a Administração explicita o objeto, documentando de forma sistemática, detalhada e cabal o objeto da contratação que pretende realizar.

12 4. Termo de referência Lei Estadual /2012, art. 2º, I Termo de Referência é o conjunto de elementos necessários para a caracterização precisa de serviços comuns e bens, devendo conter elementos capazes de propiciar avaliação de custo pela Administração diante de orçamento detalhado, definição de métodos, estratégia de suprimento, valor estimado em planilhas de acordo com o preço de mercado, cronograma físicofinanceiro, se for o caso, critério de aceitação do objeto, deveres do contratado e do contratante, procedimentos de fiscalização e gerenciamento do contrato, prazo de execução e sanções;

13 orçamento detalhado prazo de execução e sanções; definição de métodos procedimentos de gerenciamento do contrato Termo estratégia de suprimento de procedimentos de fiscalização Referência valor estimado em planilhas deveres do contratado e do contratante critério de aceitação do objeto cronograma físicofinanceiro

14 5. Impacto orçamentário e financeiro Lei /2012, Capítulo III Art. 17. Nenhuma aquisição de bens e serviços comuns poderá ser efetuada sem (...) a indicação dos recursos orçamentários e financeiros para seu pagamento, sob pena de nulidade do ato e responsabilidade de quem lhe tiver dado causa.

15 6. Autorização da aquisição Lei Estadual /2012, Capítulo III Art. 17. Nenhuma aquisição de bens e serviços comuns poderá ser efetuada sem a sua justificativa aprovada pela autoridade competente, (...) sob pena de nulidade do ato e responsabilidade de quem lhe tiver dado causa.

16 7. Edital Atribuição da Comissão Permanente de Licitação - CPL Instrumento de publicidade da aquisição Complementa o Termo de Referência Define as regras do certame Vincula o licitante

17 8. Publicação Decreto Estadual 7.468/2011 Art. 10. Precederá a abertura da sessão pública do pregão, presencial ou eletrônico, o seguinte procedimento: I - a convocação dos interessados será efetuada por meio de publicação de aviso em função dos seguintes limites: a) para bens e serviços de valores estimados em até R$ ,00 (oitenta mil reais): 1. Diário Oficial do Estado; e 2. meio eletrônico, na Internet; b) para bens e serviços de valores estimados superiores a R$ ,00 (oitenta mil reais): 1. Diário Oficial do Estado; 2. meio eletrônico, na Internet; e 3. jornal de grande circulação no Estado; c) em se tratando de pregão cuja fonte de recursos for, no todo ou em parte, da esfera federal ou de organismos internacionais, deverá ser também publicada a referida convocação, no Diário Oficial da União; II - indicação no aviso da licitação, de forma clara e precisa, do objeto, dos locais, dias e horários em que poderá ser lida ou obtida a íntegra do edital, bem como do local, dia e da hora da realização da sessão pública; III - fixação do prazo no edital para a apresentação das propostas, que não será inferior a 08 (oito) dias úteis, contado da publicação do aviso; IV - disponibilização integral dos editais e anexos, na internet.

18 Lei Federal 8.666/1993 Art Na contagem dos prazos estabelecidos nesta Lei, excluir-se-á o dia do início e incluir-se-á o do vencimento, e considerar-se-ão os dias consecutivos, exceto quando for explicitamente disposto em contrário. Parágrafo único. Só se iniciam e vencem os prazos referidos neste artigo em dia de expediente no órgão ou na entidade.

19 9. Sessão pública Decreto Estadual 7.468/2011 Art. 7º O pregão será realizado em sessão pública presencial ou por meio de sistema eletrônico. Art. 13 VIII - a sessão pública do pregão terá início no dia e horário fixados no edital; XIII - a partir do horário previsto no edital, terá início a sessão pública do pregão eletrônico, com a divulgação das propostas de preços recebidas e em perfeita consonância com as especificações e condições estabelecidas no edital;

20 10. Fornecimento A efetiva entrega do produto ou a realização do serviço Lei /2012, art. 18, 3º: Quando for conveniente em face dos custos inerentes ou da estrutura logística necessária ao armazenamento e distribuição, a Administração poderá contratar o fornecimento parcelado de bens, por período determinado, cujo objeto constituirá lote específico.

21 MUITO OBRIGADO!

SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS. Fernanda Nunes

SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS. Fernanda Nunes SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS Fernanda Nunes Base Legal Lei Federal nº 8.666/1993 art. 15, inciso II, e parágrafos 1º ao 6º Decreto Federal nº 3.931/2001 (aplicável no âmbito da União). Decreto Estadual

Leia mais

MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS

MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS Manual de Normas e Procedimentos Capítulo PROCEDIMENTOS SETOR 1 MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS Manual de Normas e Procedimentos Capítulo PROCEDIMENTOS SETOR 2 Índice 1.1- Coordenadores técnicos, almoxarifes,

Leia mais

Projeto de Expansão e Consolidação da Saúde da Família. (PROESF Fase 2) AQUISIÇÕES de BENS e CONTRATAÇÃO DE OBRAS

Projeto de Expansão e Consolidação da Saúde da Família. (PROESF Fase 2) AQUISIÇÕES de BENS e CONTRATAÇÃO DE OBRAS Projeto de Expansão e Consolidação da Saúde da Família (PROESF Fase 2) AQUISIÇÕES de BENS e CONTRATAÇÃO DE OBRAS Aquisições através das Regras do Banco Mundial O Artigo 42 5º da Lei 8.666 permite que os

Leia mais

SECRETARIA DE GESTÃO ORIENTAÇÃO NORMATIVA Nº 2, DE 6 DE JUNHO DE 2016

SECRETARIA DE GESTÃO ORIENTAÇÃO NORMATIVA Nº 2, DE 6 DE JUNHO DE 2016 Diário Oficial da União n. 108, de 08.06.2016, pag. 61. SECRETARIA DE GESTÃO ORIENTAÇÃO NORMATIVA Nº 2, DE 6 DE JUNHO DE 2016 O SECRETÁRIO DE GESTÃO DO MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO,

Leia mais

Instrução Normativa nº 01/2017

Instrução Normativa nº 01/2017 Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Reitoria Pró-Reitoria de Planejamento e Administração PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Revogada pela Instrução Normativa 02/2017,

Leia mais

PROJETO I LICITAÇÕES E CONTRATOS

PROJETO I LICITAÇÕES E CONTRATOS PROJETO I LICITAÇÕES E CONTRATOS Curso 1: COMO PLANEJAR A CONTRATAÇÃO E ESTRUTURAR O TERMO DE REFERÊNCIA PARA COMPRAS E SERVIÇOS CONTÍNUOS Curso 2: SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS PLANEJAMENTO, JULGAMENTO

Leia mais

Lista de verificação PREGÃO Fase Interna

Lista de verificação PREGÃO Fase Interna UFC Pró-Reitoria Planejamento e Administração Lista verificação PREGÃO Fase Interna Eletrônico Presencial Código: PROPLAD064 Unida mandante: Nº do Processo: Nº Pregão: 1. Consta a autorização da autorida

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO MANUAL DE UTILIZAÇÃO DE ATAS DE REGISTRO DE PREÇOS DA UFES UFES 2017 VITÓRIA - ES 2017 1. UTILIZAÇÃO DE

Leia mais

SIMULADO LICITAÇÕES (LEI 8.666/93)

SIMULADO LICITAÇÕES (LEI 8.666/93) SIMULADO LICITAÇÕES (LEI 8.666/93) 1. (CESPE / SEGER / 2013) De acordo com o princípio da impessoalidade, a conduta dos licitantes deve ser lícita e compatível com a moral, a ética e os bons costumes.

Leia mais

OBJETO: GUIA PARA ADESÃO A ATA DE REGISTRO DE PREÇOS

OBJETO: GUIA PARA ADESÃO A ATA DE REGISTRO DE PREÇOS GUIA PARA ADESÃO A ATA DE REGISTRO DE PREÇOS OBJETO: Registro de preços para eventual contratação de empresa para a prestação de serviços técnicos especializados de elicitação, documentação, desenvolvimento

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA ÍNDICE. Página 0. HISTÓRICO DAS REVISÕES OBJETIVO ÁREAS ENVOLVIDAS NORMAS GERAIS... 2

INSTRUÇÃO NORMATIVA ÍNDICE. Página 0. HISTÓRICO DAS REVISÕES OBJETIVO ÁREAS ENVOLVIDAS NORMAS GERAIS... 2 ÍNDICE Página 0. HISTÓRICO DAS REVISÕES... 2 1. OBJETIVO... 2 2. S ENVOLVIDAS...2 3. NORMAS GERAIS... 2 4. PROCEDIMENTOS... 2 5. DISPOSIÇÕES FINAIS... 5 Anexos: Não há 1/5 0. HISTÓRICO DAS REVISÕES REVISÃO

Leia mais

CAPACITAÇÃO. Legislação e Prática

CAPACITAÇÃO. Legislação e Prática CAPACITAÇÃO Funcionários Departamento de Compras e Licitações Membros da Comissão de Licitações Pregoeiro e Equipe de Apoio Legislação e Prática LICITAÇÃO Procedimento administrativo prévio à contratação

Leia mais

DECRETO Nº 7.379, DE 1º DE DEZEMBRO DE 2010.

DECRETO Nº 7.379, DE 1º DE DEZEMBRO DE 2010. DECRETO Nº 7.379, DE 1º DE DEZEMBRO DE 2010. Dá nova redação e acresce dispositivos ao Decreto n o 6.555, de 8 de setembro de 2008, que dispõe sobre as ações de comunicação do Poder Executivo Federal e

Leia mais

Seminário. Projeto Básico e Executivo nas Contratações Públicas

Seminário. Projeto Básico e Executivo nas Contratações Públicas Seminário Projeto Básico e Executivo nas Contratações Públicas Objetivo Verificar os entendimentos entre contratantes e contratados na Administração Pública sobre questões que envolvem projeto básico e

Leia mais

Diário Oficial do. Prefeitura Municipal de Pindobaçu. quinta-feira, 14 de março de 2013 Ano I - Edição nº 00020

Diário Oficial do. Prefeitura Municipal de Pindobaçu. quinta-feira, 14 de março de 2013 Ano I - Edição nº 00020 Diário Oficial do Município quinta-feira, 14 de março de 2013 Ano I - Edição nº 00020 Prefeitura Municipal de Pindobaçu publica 87C8838C9D32FA79D58576C4B61280F5 quinta-feira, 14 de março de 2013 Ano I

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO - PROAD SETOR DE GESTÃO DE CONTRATOS

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO - PROAD SETOR DE GESTÃO DE CONTRATOS FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO - PROAD SETOR DE GESTÃO DE CONTRATOS Orientação Técnica n.º 003/2015, de 01 de junho de 2015. Assunto: Regulamentação do

Leia mais

DISPENSA DE LICITAÇÃO

DISPENSA DE LICITAÇÃO DISPENSA DE LICITAÇÃO Processo: Secretaria: Empresa: CNPJ: Objeto: LISTA DE VERIFICAÇÕES Justificativa - deverá ser elaborada pela Secretaria Requisitante, a qual identificará a necessidade administrativa

Leia mais

DECRETO Nº 7.892, DE 23 DE JANEIRO DE 2013

DECRETO Nº 7.892, DE 23 DE JANEIRO DE 2013 DECRETO Nº 7.892, DE 23 DE JANEIRO DE 2013 Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe

Leia mais

PLANILHA COMPARATIVA - PROCEDIMENTOS PARA REALIZAÇÃO DE PESQUISA DE PREÇOS IN Nº 05/2014 x IN Nº 03/ MP

PLANILHA COMPARATIVA - PROCEDIMENTOS PARA REALIZAÇÃO DE PESQUISA DE PREÇOS IN Nº 05/2014 x IN Nº 03/ MP PLANILHA COMPARATIVA - PROCEDIMENTOS PARA REALIZAÇÃO DE PESQUISA DE PREÇOS IN Nº 05/2014 x IN Nº 03/2017 - MP IN Nº 05/2014 IN Nº 03/2017 Interpretação Art. 2º A pesquisa de preços será realizada mediante

Leia mais

Requerente: ASSISTENTE FINANCEIRO DO CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA DA 16ª REGIÃO CRP16/ES.

Requerente: ASSISTENTE FINANCEIRO DO CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA DA 16ª REGIÃO CRP16/ES. Parecer nº 004/2016 Requerente: ASSISTENTE FINANCEIRO DO CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA DA 16ª REGIÃO CRP16/ES. Assunto: Pregão Eletrônico Hotel para realização de Congresso Fase interna. 1. Consulta.

Leia mais

Curso de Formação e Atualização de Pregoeiros e da Equipe de Apoio

Curso de Formação e Atualização de Pregoeiros e da Equipe de Apoio Curso de Formação e Atualização de Pregoeiros e da Equipe de Apoio Principais Destaques: Determinações do TCU, Gratificações, Competência e Responsabilidades, Julgamento da Proposta, Preços Inexequíveis,

Leia mais

Professora Taís Flores

Professora Taís Flores Professora Taís Flores GABARITO - D COMENTÁRIOS Inicialmente, percebam que as alternativas III e IV não correspondem à literalidade da lei. Assim, abre-se uma margem de liberdade para que a banca as considere

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Página 1 de 5 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 7.892, DE 23 DE JANEIRO DE 2013 Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto Vigência no art. 15 da

Leia mais

ASSESSORIA TÉCNICA AUDITORIA INTERNA Assunto: Utilização de modalidade de licitação Carta Convite

ASSESSORIA TÉCNICA AUDITORIA INTERNA Assunto: Utilização de modalidade de licitação Carta Convite Pelotas, 26 de setembro de 2013. ASSESSORIA TÉCNICA 02.2013 Assunto: Utilização de modalidade de licitação Carta Convite A elaboração da presente assessoria técnica tem como referência principal os apontamentos

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO PÓS CONTRATAÇÃO PÓS CONTRATAÇÃO FISCALIZAÇÃO MEDIÇÕES E RECEBIMENTO VIGÊNCIA CONTRATUAL ADITAMENTOS CONTRATUAIS INEXECUÇÃO E SANÇÕES Lei nº 8.666/93 FISCALIZAÇÃO Art. 58. O regime

Leia mais

CONVITE Nº 007/ Os serviços serão prestados no prazo de 11 (onze) meses. 2 DA FORMA DE APRESENTAÇÃO DA DOCUMENTAÇÃO E DA PROPOSTA DE PREÇOS

CONVITE Nº 007/ Os serviços serão prestados no prazo de 11 (onze) meses. 2 DA FORMA DE APRESENTAÇÃO DA DOCUMENTAÇÃO E DA PROPOSTA DE PREÇOS CONVITE Nº 007/2016 ASSUNTO: MANUTENÇÃO DE COMPUTADORES; MANUTENÇÃO DA REDE INTERNA E MANUTENÇÃO DO SITE DA CÂMARA MUNICIPAL, NA FORMA A SEGUIR. A CÂMARA MUNICIPAL DE PRESIDENTE FIGUEIREDO, através da

Leia mais

4 Vínculo com a Unifesp Juntar matrícula constante na Intranet. 9 Autorização da Magnífica Reitora Para valores acima de R$

4 Vínculo com a Unifesp Juntar matrícula constante na Intranet. 9 Autorização da Magnífica Reitora Para valores acima de R$ INSCRIÇÃO EM EVENTO/CURSO/CONGRESSO FUNDAMENTO LEGAL: INEXIGIBILIDADE - 25 II, COMBINADO COM 13-VI- LEI Nº.666/93 1 Solicitação de Compra/Inscrição - Recurso Tesouro- Capacitação (caso seja Técnco-Administrativo)

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VÁRZEA PAULISTA ESTADO DE SÃO PAULO

PREFEITURA MUNICIPAL DE VÁRZEA PAULISTA ESTADO DE SÃO PAULO Dispõe sobre a criação da imprensa oficial de Várzea Paulista, a publicação e divulgação dos atos oficiais dos Poderes Executivo e Legislativo, e dá outras providências. EDUARDO TADEU PEREIRA, Prefeito

Leia mais

Planejamento das compras governamentais

Planejamento das compras governamentais Planejamento das compras governamentais Pedro Henrique Magalhães Azevedo Advogado. Assessor do Conselheiro Vice-Presidente do TCE/MG. Mestrando em Administração Pública pela Escola de Governo da Fundação

Leia mais

DECRETO Nº , DE 1º DE JUNHO DE 2015

DECRETO Nº , DE 1º DE JUNHO DE 2015 Secretaria Geral Parlamentar Secretaria de Documentação Equipe de Documentação do Legislativo DECRETO Nº 56.144, DE 1º DE JUNHO DE 2015 Dispõe sobre o Sistema de Registro de Preços, previsto nos artigos

Leia mais

CURSO COMPLETO EM LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS

CURSO COMPLETO EM LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS PÚBLICO ALVO: CURSO COMPLETO EM LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS Todos os profissionais da iniciativa privada que se dispõem a contratar com a Administração Pública; profissionais que desejam reciclar

Leia mais

PRINCIPAIS PRAZOS NA LEI Nº 8.666, DE (Lei de Licitações e Contratos Administrativos)

PRINCIPAIS PRAZOS NA LEI Nº 8.666, DE (Lei de Licitações e Contratos Administrativos) PRINCIPAIS PRAZOS NA LEI Nº 8.666, DE 21-6-1993 (Lei de Licitações e Contratos Administrativos) Alegações finais em processo penal Art. 105. Ouvidas as testemunhas da acusação e da defesa e praticadas

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSU Nº. 41/2013 DE 16 DE DEZEMBRO DE 2013

RESOLUÇÃO CONSU Nº. 41/2013 DE 16 DE DEZEMBRO DE 2013 RESOLUÇÃO CONSU Nº. 41/2013 DE 16 DE DEZEMBRO DE 2013 A Presidente do Conselho Superior Universitário da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas, no uso de suas atribuições regimentais, considerando

Leia mais

Estado do Pará PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO FÉLIX DO XINGU Controladoria Geral do Munícipio PARECER DE REGULARIDADE DO CONTROLE INTERNO

Estado do Pará PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO FÉLIX DO XINGU Controladoria Geral do Munícipio PARECER DE REGULARIDADE DO CONTROLE INTERNO PARECER DE REGULARIDADE DO CONTROLE INTERNO Parecer CGM nº 006/2016 Solicitante: Departamento de Licitação Expediente: Processo Licitatório nº TP010/2015 Modalidade: Tomada de Preço Tratam os autos de

Leia mais

Prefeitura Municipal de Bom Jesus do Itabapoana Estado do Rio de Janeiro Coordenadoria de Compras e Licitações. ATA DE REGISTRO DE PREÇOS n.

Prefeitura Municipal de Bom Jesus do Itabapoana Estado do Rio de Janeiro Coordenadoria de Compras e Licitações. ATA DE REGISTRO DE PREÇOS n. ATA DE REGISTRO DE PREÇOS n. 033/2013 PREGÃO PRESENCIAL PARA REGISTRO DE PREÇOS n. 033/2013 PROCESSO n. 11.233/2012 Aos vinte e dois dias do mês de maio do ano de 2013, a Prefeitura Municipal de Bom Jesus

Leia mais

Dispõe sobre os procedimentos para pedidos de aquisição de materiais e contratação de serviços

Dispõe sobre os procedimentos para pedidos de aquisição de materiais e contratação de serviços PORTARIA CE Nº 84 DE 18 DE DEZEMBRO DE 2015 Dispõe sobre os procedimentos para pedidos de aquisição de materiais e contratação de serviços A COORDENADORA EXECUTIVA DO CAMPUS EXPERIMENTAL DE ROSANA no uso

Leia mais

MANUAL RÁPIDO DE COMPRAS DIRETAS

MANUAL RÁPIDO DE COMPRAS DIRETAS MANUAL RÁPIDO DE COMPRAS DIRETAS FOZ DO IGUAÇU / 2016 MANUAL RÁPIDO DE COMPRAS DIRETAS Pró-Reitoria de Administração, Gestão e Infraestrutura - PROAGI Edson Carlos Thomas Coordenadoria de Compras, Contratos

Leia mais

O que é o Sistema de Registro de Preços?

O que é o Sistema de Registro de Preços? 1 O que é o Sistema de Registro de Preços? O Sistema de Registro de Preços (SRP) possui previsão na lei de licitações (Lei n.º 8.666/93 da seguinte forma: Art. 15. As compras, sempre que possível, deverão:

Leia mais

DECISÃO SINGULAR DS2 TC 00047/2017

DECISÃO SINGULAR DS2 TC 00047/2017 155 Jurisdicionado: Prefeitura Municipal de Cabedelo Objeto: Inspeção Especial de Licitações e Contratos Responsáveis: Wellington Viana França (Prefeito) e Simone Mendonça Bezerra (Presidente da CPL) RELATOR:

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Item CATMAT Descrição Unidade Quantidade Aquisição de telha galvanizada Unidade 15

TERMO DE REFERÊNCIA. Item CATMAT Descrição Unidade Quantidade Aquisição de telha galvanizada Unidade 15 TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO Item CATMAT Descrição Unidade Quantidade 1 12009 Aquisição de telha galvanizada Unidade 15 trapezoidal 1.1 Aquisição de material de consumo, conforme condições, quantidades

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Page 1 of 10 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 7.892, DE 23 DE JANEIRO DE 2013 Vigência Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da

Leia mais

Lei /16 e Licitações

Lei /16 e Licitações Lei 13.303/16 e Licitações Rafael Da Cás Maffini Mestre e Doutor em Direito pela UFRGS, Professor de Direito Administrativo na UFRGS, Advogado, Sócio Diretor do escritório Rossi, Maffini, Milman & Grando

Leia mais

Licitação da Solução de Registro Eletrônico em Saúde. Paulo Cesar de Araújo Gerente

Licitação da Solução de Registro Eletrônico em Saúde. Paulo Cesar de Araújo Gerente Paulo Cesar de Araújo Gerente SRES Constituída dos seguintes serviços: 1. Disponibilização do Software RES 2. Serviços de Integração com a Base Única 3. Serviços de Manutenção Evolutiva 4. Serviços de

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA

CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA PORTARIA Nº 23, DE 28 DE AGOSTO DE 2014. Fixa e regulamenta as normas de conduta dos empregados e as regras para o funcionamento do COFECON. O PRESIDENTE DO CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA, no uso de suas

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2379

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2379 TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2379 NATUREZA DA DEMANDA: ELEMENTO DE DESPESA: CRÉDITO ORÇAMENTÁRIO: FORMA DE PROCEDIMENTO: Insumo Estratégico para Saúde Material de Consumo 10.303.2015.20AE As despesas decorrentes

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº 01/2012-AUDIN Assunto: Formalização legal dos processos de dispensa de licitação

ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº 01/2012-AUDIN Assunto: Formalização legal dos processos de dispensa de licitação ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº 01/2012-AUDIN Assunto: Formalização legal dos processos de dispensa de licitação Belém, 05 de dezembro de 2012. Conforme disposto no art. 2º da Lei nº 8.666/93 as obras, serviços,

Leia mais

Direito Administrativo Decreto nº 7.892, de 23 de Janeiro de 2013.

Direito Administrativo Decreto nº 7.892, de 23 de Janeiro de 2013. Direito Administrativo Decreto nº 7.892, de 23 de Janeiro de 2013. DECRETO Nº 7.892, DE 23 DE JANEIRO DE 2013 Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de

Leia mais

1. DO OBJETO: 2. ESPECIFICAÇÕES:

1. DO OBJETO: 2. ESPECIFICAÇÕES: Cotação Prévia de Preço n 28/2016 Convênio nº 792864/2012 MTE/CAMP. Projeto: Fortalecimento e Expansão das Iniciativas de Fundos Solidários na Região Sul Critério: Menor Preço e Melhor Técnica. Cotação

Leia mais

CRONOGRAMA DE AQUISIÇÕES 2014 MATERIAL DE CONSUMO E MATERIAL PERMANENTE

CRONOGRAMA DE AQUISIÇÕES 2014 MATERIAL DE CONSUMO E MATERIAL PERMANENTE MATERIAL DE CONSUMO E MATERIAL PERMANENTE TIPO DE COMPRA Pregão Eletrônico Tradicional 2014 OBJETO DA Material de consumo ou permanente SO DE CADASTRO De 24 Fevereiro a 07 de Março AJUSTE DOS CADASTROS

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL SUPERINTENDÊNCIA DE COMPRAS E LICITAÇÕES MANUAL DE ORIENTAÇÃO. Pesquisa de Preços

UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL SUPERINTENDÊNCIA DE COMPRAS E LICITAÇÕES MANUAL DE ORIENTAÇÃO. Pesquisa de Preços UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL SUPERINTENDÊNCIA DE COMPRAS E LICITAÇÕES MANUAL DE ORIENTAÇÃO Pesquisa de Preços DEPARTAMENTO DE COMPRAS VERSÃO 2016 Página 1 de 10 SUMÁRIO 1. Introdução...3 1.1.

Leia mais

SIMULADO LICITAÇÕES E CONTRATOS

SIMULADO LICITAÇÕES E CONTRATOS SIMULADO LICITAÇÕES E CONTRATOS LEI Nº 8.666/1993 E LEI Nº 10.520/2002-50 Questões: Certo e Errado - 50 Questões: Múltipla Escolha 100 QUESTÕES gabaritadas e comentadas DIÁRIO OFICIAL DF O Concurso em

Leia mais

Noções sobre Licitação Conceitos

Noções sobre Licitação Conceitos Noções sobre Licitação Conceitos Fonte de Receita Empenho Nota de Empenho Liquidação de Despesa Ordenador de Despesa Licitação Edital Convite Tomada de Preços Concorrência Dispensa Inexigibilidade Pregão

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO CAMPUS ITABERABA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO CAMPUS ITABERABA ANEXO II TERMO DE CONTRATO (SERVIÇO DE ENGENHARIA) TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE ENGENHARIA Nº XX/2017, QUE FAZEM ENTRE SI O INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO E

Leia mais

RESOLUÇÃO nº 015/98 DA CONGREGAÇÃO DA ESCOLA DE FARMÁCIA E ODONTOLOGIA DE ALFENAS

RESOLUÇÃO nº 015/98 DA CONGREGAÇÃO DA ESCOLA DE FARMÁCIA E ODONTOLOGIA DE ALFENAS RESOLUÇÃO nº 015/98 DA CONGREGAÇÃO DA ESCOLA DE FARMÁCIA E ODONTOLOGIA DE ALFENAS A Congregação da Escola de Farmácia e Odontologia de Alfenas, no uso de suas atribuições regimentais e tendo em vista o

Leia mais

: Universidade do Estado do Rio Grande do Norte UERN P A R E C E R Nº 695/2014-TC

: Universidade do Estado do Rio Grande do Norte UERN P A R E C E R Nº 695/2014-TC Processo nº Interessado Assunto : 9.069/2013 - TC : Universidade do Estado do Rio Grande do Norte UERN : Consulta P A R E C E R Nº 695/2014-TC EMENTA: PROCEDIMENTO DE CONSULTA. CONHECIMENTO. DIREITO ADMINISTRATIVO.

Leia mais

Prefeitura Municipal de Bom Jesus da Serra-BA Praça Vitorino José Alves, nº 112-B, Centro, Bom Jesus da Serra-Ba

Prefeitura Municipal de Bom Jesus da Serra-BA Praça Vitorino José Alves, nº 112-B, Centro, Bom Jesus da Serra-Ba PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 035/2016 REGISTRO DE PREÇOS Nº 031/2016 PREGÃO PRESENCIAL Nº 030/2016 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 032/2016 Aos oito dias do mês de junho do ano de dois mil e dezesseis, de um

Leia mais

Termo de Referência. Incluindo LC 123/06 e LC 147/14 e o Novo Decreto 8538 de 06/10/2015. Destaques deste Treinamento

Termo de Referência. Incluindo LC 123/06 e LC 147/14 e o Novo Decreto 8538 de 06/10/2015. Destaques deste Treinamento CAPACITAÇÃO E FORMAÇÃO DE PREGOEIROS TREINAMENTO COMPLETO + + Pregão Termo de Referência Sistema de Registro de Preços Incluindo LC 123/06 e LC 147/14 e o Novo Decreto 8538 de 06/10/2015 SIMULAÇÃO DO PREGÃO

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N. 05/2008 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 018/2008 PROCESSO N /08 VALIDADE: 12 (DOZE) MESES

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N. 05/2008 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 018/2008 PROCESSO N /08 VALIDADE: 12 (DOZE) MESES ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N. 05/2008 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 018/2008 PROCESSO N. 08145-0456/08 VALIDADE: 12 (DOZE) MESES Aos vinte e dois do mês de outubro de 2008, na PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DA

Leia mais

ADENDO I PREGÃO PRESENCIAL Nº 009/2010/SESI SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS

ADENDO I PREGÃO PRESENCIAL Nº 009/2010/SESI SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS ADENDO I PREGÃO PRESENCIAL Nº 009/2010/SESI SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS A Presidente da CPL do SISTEMA FIEMT, designada pela Portaria Conjunta n 011/2010, no uso de suas atribuições vem informar as alterações

Leia mais

FORMULÁRIO DE TERMO DE REFERÊNCIA (TR)

FORMULÁRIO DE TERMO DE REFERÊNCIA (TR) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA FORMULÁRIO DE TERMO DE REFERÊNCIA (TR) Este formulário de Termo de Referência i deverá ser utilizado para Pregões Eletrônicos de aquisição imediata

Leia mais

Universidade Federal de São Paulo Manual de Preenchimento de Solicitação de Compras

Universidade Federal de São Paulo Manual de Preenchimento de Solicitação de Compras Manual de Preenchimento de Solicitação de Compras Acesso à intranet: DTI Emissão de pedido de compra: Diretoria do Campus Caso esteja vinculado a mais do que um centro de custo Local de destino do

Leia mais

Sabesp. Regulamento Interno de Licitações e Contratos da SABESP

Sabesp. Regulamento Interno de Licitações e Contratos da SABESP Sabesp Regulamento Interno de Licitações e Contratos da SABESP 1 AMBIENTE DE LICITAÇÕES DA SABESP 2 Ambiente de Licitações da Sabesp Valores Contratados 2014 a 2016 TOTAL 2.488.682.736,04 2.443.321.671,96

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 14/0003-PG REGISTRO DE PREÇOS ANEXO III MINUTA DO TERMO DE REGISTRO DE PREÇOS

PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 14/0003-PG REGISTRO DE PREÇOS ANEXO III MINUTA DO TERMO DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL /MA Nº 14/0003-PG REGISTRO DE PREÇOS ANEXO III MINUTA DO TERMO DE REGISTRO DE PREÇOS Aos... dias do mês de... do ano de dois mil e quatorze no Serviço Social do Comércio Sesc-MA, localizado

Leia mais

ORDEM DE SERVIÇO N 01/2016 PROAD

ORDEM DE SERVIÇO N 01/2016 PROAD ORDEM DE SERVIÇO N 01/2016 PROAD O Pró-Reitor de Administração da Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre UFCSPA, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, divulga o

Leia mais

INTENÇÃO DE REGISTRO DE PREÇOS Processo Administrativo Nº

INTENÇÃO DE REGISTRO DE PREÇOS Processo Administrativo Nº INTENÇÃO DE REGISTRO DE PREÇOS Processo Administrativo Nº 06.0.009499 A Fundação UNIRG, por intermédio da Comissão Permanente de Licitação, em obediência ao disposto no art. 5º do Decreto Federal nº 7.89/0,

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL E ELETRÔNICO E SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS (DECRETO Nº 7.892, de 23 de janeiro de 2013)

PREGÃO PRESENCIAL E ELETRÔNICO E SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS (DECRETO Nº 7.892, de 23 de janeiro de 2013) Curso de Formação e Atualização para Pregoeiros PREGÃO PRESENCIAL E ELETRÔNICO E SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS (DECRETO Nº 7.892, de 23 de janeiro de 2013) TREINAMENTO INTEGRALMENTE ATUALIZADO, INCLUINDO

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO A presente licitação tem por objeto a contratação de empresa para prestação de serviços de fornecimento e administração de CARTÃO MAGNÉTICO - TÍCKET ALIMENTAÇÃO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BELO CAMPO ESTADO DA BAHIA

PREFEITURA MUNICIPAL DE BELO CAMPO ESTADO DA BAHIA ADJUDICAÇÃO DO PREGÃO PRESENCIAL Nº 035/2016 O Pregoeiro Municipal torna público, nos termos da Lei nº 10.520/2002 e Lei nº 8.666/93, a ADJUDICAÇÃO do Pregão Presencial nº 035/2016 realizado no dia 18/08/2016,

Leia mais

Audiência Pública nº 02/2017. Instrumentos Musicais

Audiência Pública nº 02/2017. Instrumentos Musicais Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE Audiência Pública nº 02/2017 Instrumentos Musicais 30/05/2017 Registro de Preços Nacional - RPN Modelo de gestão compartilhada de compras, através do

Leia mais

Operações de Licitação e Compras

Operações de Licitação e Compras Operações de Licitação e Compras Cartilha Orientativa Outubro/2016 Pró-Reitoria de Administração - Coordenação de Licitação e Compras SUMÁRIO 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 APRESENTAÇÃO 02

Leia mais

Seção de Planejamento e Desenvolvimento de Coleções (SPDC)

Seção de Planejamento e Desenvolvimento de Coleções (SPDC) Seção de Planejamento e Desenvolvimento de Coleções (SPDC) Equipe: Márcia Silvestre* Valéria Bruno Fátima Gradiz E-mail: spdc@ndc.uff.br *Bibliotecária/Chefe da SPDC A compra de bibliografia básica e bibliografia

Leia mais

Prefeitura do Município de Jandira

Prefeitura do Município de Jandira ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 21/2015 PREGÃO PRESENCIAL Nº 19/2015 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 3098/2015 VALIDADE: 12 MESES OBJETO: AQUISIÇÃO DE GENEROS ALIMENTICIOS PERECÍVEIS (EMBUTIDOS, CARNES E PEIXES),

Leia mais

Curso: Data e Local: Objetivo: Público Alvo: Programa:

Curso: Data e Local: Objetivo: Público Alvo: Programa: Curso: Curso Completo de Licitação e Contratos para formação de Gestores nas Contratações Públicas Visão sistêmica desde a fase de planejamento, elaboração do edital, projeto básico ou termo de referência

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARAS. Secretaria Municipal de Administração Coordenadoria de Compras Telefone: REPUBLICADO

PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARAS. Secretaria Municipal de Administração Coordenadoria de Compras Telefone: REPUBLICADO REPUBLICADO EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2010 PREÂMBULO Interessado: Secretaria Municipal de Comunicação Social e Institucional. Referência: Chamamento nº. 001/2010. Objeto resumido: Inscrição de

Leia mais

SUMÁRIO. Regime Diferenciado de Contratações Públicas RDC 2.1 RDC E OBJETOS TRANSITÓRIOS DOS OBJETOS PASSÍVEIS DE ADOÇÃO DO RDC...

SUMÁRIO. Regime Diferenciado de Contratações Públicas RDC 2.1 RDC E OBJETOS TRANSITÓRIOS DOS OBJETOS PASSÍVEIS DE ADOÇÃO DO RDC... SUMÁRIO Regime Diferenciado de Contratações Públicas RDC PREFÁCIO... 15 Nota dos autores... 17 CAPÍTULO 1 ASPECTOS GERAIS... 19 1.1 Introdução... 19 1.2 Objetivos... 22 1.3 Definições... 30 1.4 Diretrizes...

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇO Nº 104/2015

ATA DE REGISTRO DE PREÇO Nº 104/2015 ATA DE REGISTRO DE PREÇO Nº 104/2015 Ref. - PREGÃO PRESENCIAL Nº 18/2015 PROCESSO Nº 24/2015 O CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DO VALE DO PARANAPANEMA - CIVAP SAÚDE, pessoa jurídica de direito público, inscrito

Leia mais

Contabilidade Aplicada ao Setor Público Receitas e Despesas Públicas. Profa.: Patrícia Siqueira Varela

Contabilidade Aplicada ao Setor Público Receitas e Despesas Públicas. Profa.: Patrícia Siqueira Varela Contabilidade Aplicada ao Setor Público Receitas e Despesas Públicas Profa.: Patrícia Siqueira Varela Receita Pública Conceito: todo e qualquer recolhimento feito aos cofres públicos. Receita Orçamentária:

Leia mais

Painel I. Painel II PREGÃO PRESENCIAL A LICITAÇÃO NA MODALIDADE PREGÃO

Painel I. Painel II PREGÃO PRESENCIAL A LICITAÇÃO NA MODALIDADE PREGÃO O curso Pregão Presencial Formação de Pregoeiro e Lei de Acesso a Informação tem o objetivo de capacitar os servidores e gestores públicos envolvidos na área e instrumentalizar os municípios para o seu

Leia mais

CONSELHO DELIBERATIVO DA FUNAPE RESOLUÇÃO Nº 04, DE 13 DE JUNHO DE 2002.

CONSELHO DELIBERATIVO DA FUNAPE RESOLUÇÃO Nº 04, DE 13 DE JUNHO DE 2002. CONSELHO DELIBERATIVO DA FUNAPE RESOLUÇÃO Nº 04, DE 13 DE JUNHO DE 2002. CONSOLIDAÇÃO ALTERA A RESOLUÇÃO Nº 02 E TRAZ NOVAS DIRETRIZES PARA AS CONTRATAÇÕES DE PESSOAL PELA FUNDAÇÃO DE APOIO À PESQUISA

Leia mais

Ministério da Saúde AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA

Ministério da Saúde AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA Ministério da Saúde AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA - RDC Nº 99 DE 30 DE DEZEMBRO DE 2008(*) Dispõe sobre controle de importações e exportações de substâncias

Leia mais

Controle de preços em obras públicas:

Controle de preços em obras públicas: Controle de preços em obras públicas: Princípios gerais na utilização dos sistemas oficiais de preços Rafael Jardim Cavalcante Contextualização Decisão Lei para o caso concreto; Interpretação da Lei direito

Leia mais

Considerando que não restam candidatos aprovados no último concurso público para os cargos pretendidos;

Considerando que não restam candidatos aprovados no último concurso público para os cargos pretendidos; DECRETO Nº 24/2015 DE 02 DE MARÇO DE 2015. Dispõe sobre a abertura de processo seletivo simplificado para contratação de pessoal por tempo determinado para atender a necessidade temporária de excepcional

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Prof. Paulo Teixeira 15 de março de 2016 #trnocongresso

TERMO DE REFERÊNCIA Prof. Paulo Teixeira 15 de março de 2016 #trnocongresso TERMO DE REFERÊNCIA Prof. Paulo Teixeira 15 de março de 2016 #trnocongresso TERMO DE REFERÊNCIA O Termo de Referência tem um papel determinante no sucesso ou insucesso de um processo licitatório. O desperdício

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DA 6ª REGIÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 01/2013

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DA 6ª REGIÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 01/2013 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 01/201 VALIDADE: 12 (doze) MESES PROCESSO Nº 2.8106.000025/201.00 A Procuradoria Regional do Trabalho da 6ª Região, situada na Rua Quarenta e Oito, nº 600, Espinheiro, Recife-PE,

Leia mais

REGULAMENTO PARA OS PROCEDIMENTOS DE CONTRATAÇÃO DE OBRAS, SERVIÇOS, COMPRAS E ALIENAÇÕES

REGULAMENTO PARA OS PROCEDIMENTOS DE CONTRATAÇÃO DE OBRAS, SERVIÇOS, COMPRAS E ALIENAÇÕES REGULAMENTO PARA OS PROCEDIMENTOS DE CONTRATAÇÃO DE OBRAS, SERVIÇOS, COMPRAS E ALIENAÇÕES Art. 1 O presente instrumento tem como objetivo regulamentar os procedimentos gerais para a contratação de obras,

Leia mais

CAPACITAÇÃO E FORMAÇÃO DE PREGOEIROS,TERMO DE REFERÊNCIA E SRP

CAPACITAÇÃO E FORMAÇÃO DE PREGOEIROS,TERMO DE REFERÊNCIA E SRP VITÓRIA - ES TREINAMENTO COMPLETO CAPACITAÇÃO E FORMAÇÃO DE PREGOEIROS,TERMO DE REFERÊNCIA E SRP Incluindo a LC 123/06 e LC 147/14 e Decreto 8538 de 06/10/2015 08 A 10 DE MARÇO CARGA HORÁRIA: 20 HORAS

Leia mais

Lei , de 17 de julho de [Lei do Pregão LP]

Lei , de 17 de julho de [Lei do Pregão LP] V Lei 10.520, de 17 de julho de 2002 [Lei do Pregão LP] (DOU de 18.07.2002) Institui, no âmbito da União, Estados, Distrito Federal e Municípios, nos termos do art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal,

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO IFSP Câmpus Guarulhos

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO IFSP Câmpus Guarulhos INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO IFSP Câmpus Guarulhos TERMO DE REFERÊNCIA ÁGUA MINERAL NATURAL, POTÁVEL E NÃO GASOSA. 1. OBJETO 1.1 Contratação de empresa especializada

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS PREFEITURA DE COLINAS DO TOCANTINS Comissão Permanente de Licitação

ESTADO DO TOCANTINS PREFEITURA DE COLINAS DO TOCANTINS Comissão Permanente de Licitação EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA PARA CADASTRO DE FORNECEDORES O Município de Colinas do Tocantins, Estado do Tocantins, com fundamento nos artigos 34 a 37 da Lei nº 8.666/93 e demais alterações, torna público

Leia mais

O EXMO. SR. PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE PERNAMBUCO, no uso de suas atribuições legais,

O EXMO. SR. PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE PERNAMBUCO, no uso de suas atribuições legais, O EXMO. SR. PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE PERNAMBUCO, no uso de suas atribuições legais, CONSIDERANDO a necessidade de adotar medidas que contribuam para a redução de custos e que possam

Leia mais

MUNICÍPIO DE CUBA Câmara Municipal

MUNICÍPIO DE CUBA Câmara Municipal MUNICÍPIO DE CUBA Câmara Municipal Regulamento Municipal de Alienação de Lotes de Terreno Propriedade do Município Nota justificativa Considerando a necessidade de se criarem normas harmónicas a que há-de

Leia mais

Manual simplificado para as Contratações de Soluções de TI

Manual simplificado para as Contratações de Soluções de TI Manual simplificado para as Contratações de Soluções de TI Comissão para implementação da IN 04/2010 Portaria do Reitor 2.381/2013 Março de 2014 Versão 1.0 O presente documento constitui-se em instrumento

Leia mais

RESOLUÇÃO CD/FAI nº 01/16

RESOLUÇÃO CD/FAI nº 01/16 RESOLUÇÃO CD/FAI nº 01/16 Dispõe sobre a regulamentação dos trâmites e procedimentos para compras realizadas com recursos privados no âmbito de projetos gerenciados pela FAI UFSCar e dá outras providências.

Leia mais

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE EUNÁPOLIS GABINETE DO PREFEITO

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE EUNÁPOLIS GABINETE DO PREFEITO LEI Nº 718 DE 04 DE DEZEMBRO DE 2009. Dispõe sobre processo seletivo público para contratação temporária de pessoal e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE EUNÁPOLIS, ESTADO DA BAHIA, no uso

Leia mais

6.11. PRÉDIO A ITEM EXTINTOR CARGA QUANT. CODIGOBR

6.11. PRÉDIO A ITEM EXTINTOR CARGA QUANT. CODIGOBR TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO 1.1. Contratação de empresa especializada em recarga e manutenção de extintores de incêndio com fornecimento de material, teste hidrostático, destinadas ao Campus Guarulhos

Leia mais

ANEXO II MINUTA DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO Nº 005/2010 PROCESSO Nº / VALIDADE: 12 (DOZE) MESES

ANEXO II MINUTA DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO Nº 005/2010 PROCESSO Nº / VALIDADE: 12 (DOZE) MESES ANEXO II MINUTA DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO Nº 005/2010 PROCESSO Nº 23000.057104/2010-71 VALIDADE: 12 (DOZE) MESES Aos dias/mês/2010, no Setor de Licitação do Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais

Lei de 18/11/2011 Lei de acesso a informação pública

Lei de 18/11/2011 Lei de acesso a informação pública Lei 12.527 de 18/11/2011 Lei de acesso a informação pública Abrangência da Lei Art. 1 o Esta Lei dispõe sobre os procedimentos a serem observados pela União, Estados, Distrito Federal e Municípios, com

Leia mais