Curso Êxito e Prof. Bruno Creado

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Curso Êxito e Prof. Bruno Creado"

Transcrição

1 Curso Êxito e Prof. Bruno Creado Questões Comentadas (Aula 3) Segue às questões da Vunesp do concurso de procurador municipal, devidamente comentada. Alteração do contrato 1. Complete a frase: A mudança na propriedade ou na estrutura jurídica da empresa (A) afetará os contratos de trabalho dos respectivos empregados. (Errado! (B) não afetará os contratos de trabalho dos respectivos empregados. (Correto! Art. 448 da CLT) (C) impõe a alteração total dos contratos de trabalho dos respectivos empregados. (Errado! (D) afetará os direitos adquiridos dos respectivos empregados. (Errado! Diretamente contra o art. 10 da CLT) (E) rescinde os contratos de trabalho dos respectivos empregados. (Errado! Diretamente contra os art. 448 e 10 da CLT)

2 2. Qualquer alteração na estrutura jurídica da empresa (A) impõe a alteração total dos contratos de trabalho dos respectivos empregados. (Errado! (B) rescinde os contratos de trabalhos dos respectivos empregados. (Errado! (C) afetará os contratos de trabalho dos respectivos empregados. (Errado! (D) afetará os direitos adquiridos dos respectivos empregados. (Errado! Diretamente contra o art. 10 da CLT) (E) não afetará os direitos adquiridos por seus empregados. (Correto! Art. 10 da CLT) 3. Qualquer alteração na estrutura jurídica da empresa (A) afetará os direitos adquiridos por seus empregados. (Errado! Diretamente contra o art. 10 da CLT) (B) não afetará os direitos adquiridos por seus empregados. (Correto! Art. 10 da CLT) (C) afetará os contratos de trabalho dos respectivos empregados. (Errado! (D) rescinde os contratos de trabalhos dos respectivos empregados. (Errado! (E) impõe a alteração total dos contratos de trabalho dos respectivos empregados. (Errado! 4. Na sucessão trabalhista, (A) ocorre a transferência do empreendimento de um para outro titular, sendo que ambos responderão sempre por todos os direitos adquiridos pelos empregados. (Errado! A responsabilidade é transferida totalmente para o sucessor O.J. 261 do SDI-1)

3 (B) os contratos de trabalho permanecem íntegros, já que estão vinculados à empresa e não à figura do seu titular. (Correto! Art. 448 da CLT) (C) os empregados só poderão pleitear seus direitos do antigo empregador, já que o novo está garantido pelo contrato de compra e venda. (Errado! Diretamente contra o art. 448 da CLT) (D) os direitos trabalhistas cessam quando ocorre a mudança de titularidade do empreendimento. (Errado! (E) inicia-se um novo contrato de trabalho entre os empregados existentes na empresa e o novo empregador. (Errado! 5. Sobre a sucessão de empresas, é correto afirmar que (A) a contagem de tempo de serviço é interrompida. (Errado! Diretamente contra o art. 448 da CLT) (B) as obrigações trabalhistas vencidas à época do titular alienante, mas ainda não cumpridas, não são exigíveis. (Errado! Diretamente contra a O.J. 261 da SDI-1) (C) as sentenças judiciais não podem ser executadas pelo sucessor, se não o tiverem sido na época do primeiro titular. (Errado! Diretamente contra a O.J. 261 da SDI-1) (D) a mudança na propriedade ou na estrutura jurídica da empresa não afetará os contratos de trabalho dos respectivos empregados. (Correto! De acordo com art. 448 da CLT) (E) os empregados cujos contratos de trabalho por ocasião da sucessão estiverem suspensos ou interrompidos não têm direito de reassumir os cargos. (Errado! 6. Sobre o tema alteração do contrato de trabalho, no que tange ao local de prestação de serviço do empregado, é condição que: (A) seja sempre determinada unilateralmente pelo empregador, independentemente do pagamento de qualquer adicional. (Errado! O termo sempre exclui as situações dos empregados que não entram nas quatro exceções) (B) para ser considerada lícita, seja comprovada a real necessidade de serviço, situação em que o empregador não estará obrigado ao pagamento de qualquer

4 adicional. (Errado! Na transferência provisória sempre tem o adicional mesmo com a prova de necessidade) (C) mesmo na hipótese de extinção do estabelecimento em que trabalhar o empregado, não é lícito a transferência do empregado. (Errado! Art º da CLT) (D) as despesas resultantes da transferência não correrão por conta do empregador. (Errado! Art. 470 da CLT) (E) o adicional de transferência somente será devido quando houver transferência provisória do empregado. (Correto! Na transferência definitiva esse não é devido) 7. Assinale a alternativa que constitui alteração ilícita do contrato de trabalho. (A) Redução salarial devidamente negociada através de instrumento coletivo, com participação do sindicato dos trabalhadores. (Errado! é licita art. 7,VI da CF) (B) Determinar o retorno do empregado detentor de cargo de confiança ao cargo efetivo anteriormente ocupado. (Errado! é licita art. 468 da CLT) (C) Transferir empregado para outra unidade da empresa, implicando a mudança de seu domicílio, desde que haja cláusula implícita no contrato de trabalho que a autorize. (Errado! é licita art. 469 da CLT) (D) haver diminuição do salário por acordo individual. (Correto! é ilícita art. 7,VI da CF) Suspensão e Interrupção 8. Constitui causa para suspensão do contrato de trabalho: (A) afastamento do trabalhador por motivo de doença ou acidente do trabalho até 15 dias. (Errado! Os primeiros 15 dias são pagos pelo empregador, logo interrupção) (B) interrupção dos serviços na empresa, resultante de causas acidentais ou de força maior. (Errado! Quem assume o risco da atividade é o empregador, logo interrupção) (C) afastamento por um dia, em cada 12 meses trabalhados, em caso de doação voluntária de sangue devidamente comprovada. (Errado! É falta justificada (música jurídica), logo interrupção)

5 (D) participação pacífica do trabalhador em greve. (Correto! O empregado não trabalha e o empregador não paga) Extinção do Contrato de trabalho 9. Quanto à rescisão indireta do contrato de trabalho, assinale a afirmativa INCORRETA: A) O empregado poderá considerar rescindido o contrato e pleitear a devida indenização quando o empregador reduzir o seu trabalho, sendo este por peça ou tarefa, de forma a afetar sensivelmente a importância dos salários. (Correto! Art. 483, g da CLT) B) No caso de morte do empregador constituído em empresa individual, é facultado ao empregado rescindir o contrato de trabalho. (Correto! Art. 485 da CLT) C) A suspensão do empregado por mais de trinta dias consecutivos importa na rescisão indireta do contrato de trabalho. (Correto! Art. 474 da CLT) D) O atraso no pagamento do salário e o recolhimento da verba fundiária em função de crise econômica não são causas passíveis de rescisão indireta. (Errado! Diretamente contra o art. 483, d da CLT) 10. A suspensão do empregado por mais de 30 dias consecutivos importa na (A) rescisão indireta do contrato de trabalho. (Correto! Art. 474 da CLT) (B) rescisão contratual, atribuindo justa causa ao trabalhador. (C) sanção mínima aplicada nas relações de trabalho. (D) dispensa por abandono de emprego. (E) interrupção do contrato de trabalho. 11. As faltas constantes e não consecutivas de um funcionário ao serviço, sem apresentar qualquer justificativa, e que já tenham sido objeto de punições anteriores pelo mesmo motivo, são consideradas para efeitos de justa causa, um ato de

6 (A) incontinência de conduta. (B) abandono de emprego. (C) insubordinação. (D) indisciplina. (E) desídia. (Correto! É típico caso de desídia o empregado com atitude indiferente com o serviço a ponto de faltar várias vezes) Aviso Prévio 12. Na hipótese de dispensa injustificada de empregado rural por iniciativa do empregador, o trabalhador, que percebia salário mensal, terá direito no curso do aviso prévio a (A) dispensa por 1 dia por semana, sem prejuízo do salário integral.(correto! Lei 5889/73, art. 7 e 15) (B) redução de 2 horas na jornada diária de trabalho do trabalhador ou dispensa do trabalho por sete dias corridos, sem prejuízo do salário integral. (Errado! Essa é a regra do urbano) (C) redução de 2 horas na jornada diária de trabalho ou dispensa do trabalho por 1 dia, sem prejuízo do salário integral. (Errado! Para urbano ou rural) (D) redução de 2 horas na jornada diária de trabalho ou dispensa do trabalho por 1 dia por semana, sem prejuízo do salário integral. (Errado! Para urbano ou rural) 13. O pagamento das parcelas constantes do instrumento de rescisão ou recibo de quitação, quando da ausência do aviso prévio, deverá ser efetuado (A) até o primeiro dia útil imediato ao término do contrato. (Errado! Regra do A.P. trabalhado Art. 447 da CLT) (B) até o décimo dia, contado da data da notificação da demissão. (Correto! Art. 447 da CLT) (C) até 30 (trinta) dias contados do último dia trabalhado. (Errado! Art. 447 da CLT)

7 (D) no quinto dia útil do mês subseqüente ao último trabalhado. (Errado! Art. 447 da CLT) (E) no décimo dia útil imediato àquele em que recairia o término do aviso prévio. (Errado! Art. 447 da CLT) FGTS 14. Com relação ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, é correto afirmar que (A) não incide sobre férias indenizadas. (Correto! O.J.195 SDI-1) (B) possui alíquota de 5% sobre os contratos de aprendizagem. (Errado! A alíquota é de 2% art. 24, parágrafo único, do Decreto nº 5.598/05). (C) não incide sobre aviso prévio indenizado. (Errado! Súmula 305 do TST) (D) não incide sobre gorjetas recebidas pelo trabalhador diretamente do cliente. (Errado! São verbas que integram a remuneração)

O que estudamos aula passada

O que estudamos aula passada O que estudamos aula passada Cessação, suspensão e interrupção dos contratos de trabalho Rescisão Contratual As formas de extinção do Contrato de Trabalho Pedido de demissão Dispensa sem justa causa Dispensa

Leia mais

empregado e dispensá-lo do trabalho no período, o empregador indenizará o empregado. Quando ocorre a extinção de contrato de trabalho?

empregado e dispensá-lo do trabalho no período, o empregador indenizará o empregado. Quando ocorre a extinção de contrato de trabalho? Quando ocorre a extinção de contrato de Quando houver a cessação definitiva do vínculo empregatício. Quais as hipóteses de extinção do contrato de por iniciativa do empregado ou do empregador; por culpa

Leia mais

Orientações Consultoria de Segmentos. Atraso no pagamento das verbas rescisórias (Art. 477, 8º- CLT)

Orientações Consultoria de Segmentos. Atraso no pagamento das verbas rescisórias (Art. 477, 8º- CLT) Atraso no pagamento das verbas rescisórias (Art. 477, 8º- CLT) 29/03/2017 Sumário 1 Questão... 3 2 Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3 Análise da Consultoria... 4 4 Conclusão... 5 5 Informações Complementares...

Leia mais

HOMOLOGAÇÃO DA RESCISÃO CONTRATUAL DIREITO DO TRABALHO II. Aula 9 Homologação da terminação do. Maria Inês Gerardo

HOMOLOGAÇÃO DA RESCISÃO CONTRATUAL DIREITO DO TRABALHO II. Aula 9 Homologação da terminação do. Maria Inês Gerardo Aula 9 Homologação da terminação do contrato de trabalho Maria Inês Gerardo www.mariainesgerardo.com.br Facebook: Maria Inês Gerardo Conteúdo Programático desta aula Homologação da terminação do contrato

Leia mais

Curso Êxito e Prof. Bruno Creado

Curso Êxito e Prof. Bruno Creado Curso Êxito e Prof. Bruno Creado Questões Comentadas Segue às questões da Vunesp do concurso de procurador municipal, devidamente comentada. Cargo de confiança 1) A determinação do empregador para que

Leia mais

Curso Êxito e Prof. Bruno Creado

Curso Êxito e Prof. Bruno Creado Curso Êxito e Prof. Bruno Creado Questões Comentadas Segue às questões da Vunesp do concurso de procurador municipal, devidamente comentada. Remuneração 1. Sobre o salário utilidade, assinale a afirmação

Leia mais

SISTEMA DE INDENIZAÇÃO DO TEMPO DE SERVIÇO (FGTS) DIREITO DO TRABALHO II. Aula 9 Indenização do tempo de serviço. Conteúdo Programático desta aula

SISTEMA DE INDENIZAÇÃO DO TEMPO DE SERVIÇO (FGTS) DIREITO DO TRABALHO II. Aula 9 Indenização do tempo de serviço. Conteúdo Programático desta aula Aula 9 Indenização do tempo de serviço Conteúdo Programático desta aula Indenização por tempo de serviço: conceito, fundamentos jurídicos e evolução histórica. O sistema do FGTS: evolução histórica; natureza

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO II AVISO PRÉVIO

DIREITO DO TRABALHO II AVISO PRÉVIO DIREITO DO TRABALHO II AVISO PRÉVIO CLT ART. 487 PRÉVIO Art. 487 - Não havendo prazo estipulado, a parte que, sem justo motivo, quiser rescindir o contrato deverá avisar a outra da sua resolução com a

Leia mais

Tabela de incidência de INSS, FGTS e Imposto de Renda e legislação correlata

Tabela de incidência de INSS, FGTS e Imposto de Renda e legislação correlata Tabela de incidência de INSS, FGTS e Imposto de Renda e legislação correlata RUBRICAS INCIDÊNCIAS INSS FGTS IR Abono de qualquer natureza, salvo o de férias Incide Art. 28, I, Lei nº e 1º, art. 457 da

Leia mais

Aviso Prévio indenizado OBS: o posicionamento do STJ não há a incidência de INSS sobre o aviso prévio indenizado, devendo o verificado o posicionament

Aviso Prévio indenizado OBS: o posicionamento do STJ não há a incidência de INSS sobre o aviso prévio indenizado, devendo o verificado o posicionament de qualquer natureza, salvo o de férias Sim. Art. 28, I, Lei nº e 1º, art. 457 da CLT Abono Adicionais (Insalubridade, periculosidade, noturno, de função e tempo de serviço, de transferência, Horas extras)

Leia mais

INSS/FGTS/IRRF -Tabela de Incidências

INSS/FGTS/IRRF -Tabela de Incidências INSS/FGTS/IRRF -Tabela de Incidências RUBRICAS de qualquer natureza, salvo o de férias INCIDÊNCIAS INSS FGTS IR 28, I, e 1º, art. 457 da CLT Não. Abono pecuniário de férias Não. Arts. 28, 9º, e, 6 Art.

Leia mais

Ricardo Abreu & Advogados Associados

Ricardo Abreu & Advogados Associados I. DA TRANSFERÊNCIA 1. A transferência se caracteriza pelo deslocamento do empregado, de um estabelecimento ou empresa, para outro (a) do mesmo grupo, com mudança de seu domicílio (art. 469, da Consolidação

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Término do contrato de trabalho. Prof. Hermes Cramacon

DIREITO DO TRABALHO. Término do contrato de trabalho. Prof. Hermes Cramacon DIREITO DO TRABALHO Término do contrato de trabalho Prof. Hermes Cramacon Resilição do contrato de trabalho Uma ou ambas as partes resolvem, sem justo motivo, romper o pacto laboral. Dispensa sem justa

Leia mais

AVISO-PRÉVIO PROPORCIONAL AO TEMPO DE SERVIÇO - LEI Nº /2011 IMPLICAÇÕES TRABALHISTAS

AVISO-PRÉVIO PROPORCIONAL AO TEMPO DE SERVIÇO - LEI Nº /2011 IMPLICAÇÕES TRABALHISTAS AVISO-PRÉVIO PROPORCIONAL AO TEMPO DE SERVIÇO - LEI Nº. 12.506/2011 IMPLICAÇÕES TRABALHISTAS O Governo Federal sancionou a Lei nº. 12.506/2011 para determinar que o aviso-prévio, de que trata o Capítulo

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO II

DIREITO DO TRABALHO II DIREITO DO TRABALHO II material 05 (Lázaro Luiz Mendonça Borges) 5. AVISO PRÉVIO 5.1. Definição de aviso prévio: é uma declaração unilateral receptícia, assim identificada porque somente gera efeito quando

Leia mais

Tabela de Incidência INSS/FGTS/IRRF INCIDÊNCIAS INSS FGTS IR

Tabela de Incidência INSS/FGTS/IRRF INCIDÊNCIAS INSS FGTS IR Tabela de Incidência INSS/FGTS/IRRF INCIDÊNCIAS Abono Adicionais RUBRICAS de qualquer natureza, salvo o de férias pecuniário de férias (Insalubridade, periculosidade, noturno, de função e tempo de serviço,

Leia mais

Direito do Trabalho Extinção do Contrato Konrad Mota Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

Direito do Trabalho Extinção do Contrato Konrad Mota Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Direito do Trabalho Extinção do Contrato Konrad Mota 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. SUMÁRIO Dispensa sem justa causa Dispensa por justa causa Rescisão indireta

Leia mais

ÍNDICE CURSO DE DEPARTAMENTO PESSOAL. DEPARTAMENTO PESSOAL ONLINE

ÍNDICE CURSO DE DEPARTAMENTO PESSOAL. DEPARTAMENTO PESSOAL ONLINE ÍNDICE INTRODUÇÃO... 008 DISPOSIÇÕES GERAIS... 009 Conceito de empregador... 009 Conceito de empregado... 009 Direitos do empregado... 010 ASSÉDIO MORAL E SEXUAL NO TRABALHO... 014 Assédio moral no trabalho...

Leia mais

INSS/FGTS/IRRF Tabela de incidências

INSS/FGTS/IRRF Tabela de incidências INSS/FGTS/IRRF Tabela de incidências Tabela de incidências Fonte: ECONET EDITORA RUBRICAS INCIDÊNCIAS INSS FGTS IR 28, I, Lei n de qualquer natureza, salvo o de Sim. Arts. 3 e 7 e 1, art. férias 457 da

Leia mais

1) O que caracteriza a utilidade com natureza salarial e a utilidade com natureza indenizatória?

1) O que caracteriza a utilidade com natureza salarial e a utilidade com natureza indenizatória? CADERNO DE EXERCÍCIOS 1) O que caracteriza a utilidade com natureza salarial e a utilidade com natureza indenizatória? 2) Vale transporte pago em dinheiro, vale refeição pago em dinheiro, concessão de

Leia mais

Resumo Aula-tema 03: Admissão de Empregado. Alteração nas Condições de Trabalho. Suspensão e Interrupção do Contrato.

Resumo Aula-tema 03: Admissão de Empregado. Alteração nas Condições de Trabalho. Suspensão e Interrupção do Contrato. Resumo Aula-tema 03: Admissão de Empregado. Alteração nas Condições de Trabalho. Suspensão e Interrupção do Contrato. Os temas centrais desta aula são: o início de uma relação de emprego, as possíveis

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE PARANAGUÁ PR

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE PARANAGUÁ PR EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE PARANAGUÁ PR JOÃO DA SILVA, brasileiro, casado, auxiliar de produção, portador da Cédula de Identidade RG nº, inscrito no CPF sob nº, portador da

Leia mais

ATUALIZAÇÃO TRABALHISTA. Alexandre Corrêa

ATUALIZAÇÃO TRABALHISTA. Alexandre Corrêa ATUALIZAÇÃO TRABALHISTA Alexandre Corrêa ROTINAS TRABALHISTAS AVISO PRÉVIO PROPORCIONAL ADVERTÊNCIA E SUSPENSÃO CONTRATO DE EXPERIÊNCIA EXAMES OCUPACIONAIS AVISO PRÉVIO A Lei nº 12.506/2011 institui a

Leia mais

FÉRIAS COLETIVAS Fracionamento, Abono Pecuniário, Regime de Tempo Parcial, Procedimentos

FÉRIAS COLETIVAS Fracionamento, Abono Pecuniário, Regime de Tempo Parcial, Procedimentos FÉRIAS COLETIVAS Fracionamento, Abono Pecuniário, Regime de Tempo Parcial, Procedimentos ROTEIRO 1. INTRODUÇÃO 2. FRACIONAMENTO E PERÍODOS MÍNIMO E MÁXIMO 3. MENORES DE 18 E MAIORES DE 50 ANOS 4. MEMBROS

Leia mais

S UMÁRIO. Capítulo 1 Direito do Trabalho... 1

S UMÁRIO. Capítulo 1 Direito do Trabalho... 1 S UMÁRIO Capítulo 1 Direito do Trabalho... 1 1. Trabalho...1 1.1. Origem da palavra...1 1.2. Definição... 1 1.3. Conceito... 2 1.4. Característica...2 1.5. Divisão... 2 1.6. Fundamento...3 1.7. Breve histórico

Leia mais

Não obstante, passou a existir algumas estabilidades provisórias em detrimento de casos específicos como será visto posteriormente.

Não obstante, passou a existir algumas estabilidades provisórias em detrimento de casos específicos como será visto posteriormente. DIREITO DO TRABALHO 1. Estabilidade Anteriormente a lei do FGTS, o empregado adquiria a estabilidade no emprego após 10 anos de serviço no mesmo empregador. Assim, a partir disso, o empregado estável ficava

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Sujeitos do contrato de trabalho / empregador. Prof. Hermes Cramacon

DIREITO DO TRABALHO. Sujeitos do contrato de trabalho / empregador. Prof. Hermes Cramacon DIREITO DO TRABALHO Sujeitos do contrato de trabalho / empregador Prof. Hermes Cramacon Avulso Trabalhador portuário - Lei 12.815/2013. Trabalhador não portuário - Lei 12.023/2009. Conceito: Aquele que

Leia mais

TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO

TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO Aula 3 Terminação do Contrato de Trabalho Professora: Maria Inês Gerardo www.mariainesgerardo.com.br MARIA INÊS GERARDO Conteúdo Programático desta aula Causas de extinção do contrato de trabalho e os

Leia mais

Tron Informática

Tron Informática 13º Salário Gratificação Natalina 1 Veja uma vídeo-aula sobre este assunto em: http://www.trontv.com.br/t/index.php/videos/gestao-contabil/fp/76-como-calcular calcular-o-13-salario.html A Gratificação

Leia mais

Aquisição. Férias dos Funcionários: O que Pode e não Pode. Este conteúdo faz parte da série: Folha de Pagamento Ver 10 posts dessa série

Aquisição. Férias dos Funcionários: O que Pode e não Pode. Este conteúdo faz parte da série: Folha de Pagamento Ver 10 posts dessa série Este conteúdo faz parte da série: Folha de Pagamento Ver 10 posts dessa série As férias dos funcionários é um dos temas mais corriqueiros do mundo do trabalho, mas também dos mais complexos. Tentaremos

Leia mais

ESTABILIDADE E GARANTIA DE EMPREGO DIREITO DO TRABALHO II. - Aula 3 Estabilidade x Garantia de Emprego. Conteúdo Programático desta aula

ESTABILIDADE E GARANTIA DE EMPREGO DIREITO DO TRABALHO II. - Aula 3 Estabilidade x Garantia de Emprego. Conteúdo Programático desta aula - Aula 3 Estabilidade x Garantia de Emprego Conteúdo Programático desta aula Estabilidade: Conceito. - Estabilidade x Garantia de Emprego - Reintegração x Readmissão; - Hipóteses de estabilidade: decenal,

Leia mais

AVISO PRÉVIO PROPORCIONAL

AVISO PRÉVIO PROPORCIONAL OUTUBRO DE 2011 NOTA TÉCNICA AVISO PRÉVIO PROPORCIONAL A Lei 12.506/11, publicada no Diário Oficial da União do dia 13 de outubro de 2011, amplia o aviso prévio dos atuais 30 dias para até 90 dias. Esta

Leia mais

EQUIPE DE PROFESSORES DE TRABALHO DO DAMÁSIO CURSO DE 2ª FASE DA OAB EXAME PLANO DE ESTUDO - DIREITO DO TRABALHO

EQUIPE DE PROFESSORES DE TRABALHO DO DAMÁSIO CURSO DE 2ª FASE DA OAB EXAME PLANO DE ESTUDO - DIREITO DO TRABALHO EQUIPE DE PROFESSORES DE TRABALHO DO DAMÁSIO CURSO DE 2ª FASE DA OAB EXAME 2011.2 PLANO DE ESTUDO - DIREITO DO TRABALHO 1ª SEMANA Princípios 1. Princípios norteadores do Direito do Trabalho: 1.1 Princípio

Leia mais

Introdução

Introdução Maria Antônia S. Almeida SRTE/MG Junho/2012 1 Introdução O Objetivo é apresentar o Sistema HomologNet sob o prisma das empresas e contabilidades na produção do TRCT. O primeiro passo é o cadastro no sistema

Leia mais

INDENIZAÇÃO ADICIONAL - DEVIDA NA DESPEDIDA ANTES DA DATA-BASE

INDENIZAÇÃO ADICIONAL - DEVIDA NA DESPEDIDA ANTES DA DATA-BASE INDENIZAÇÃO ADICIONAL - DEVIDA NA DESPEDIDA ANTES DA DATA-BASE A Lei 6.708/79 e a Lei 7.238/84, ambas no artigo 9º, determinam uma Indenização Adicional, equivalente a um salário mensal, no caso de dispensa

Leia mais

SINDIMETAL LONDRINA COMUNICADO IMPORTANTE - ERRATA FECHAMENTO CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2017

SINDIMETAL LONDRINA COMUNICADO IMPORTANTE - ERRATA FECHAMENTO CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2017 SINDIMETAL LONDRINA COMUNICADO IMPORTANTE - ERRATA FECHAMENTO CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2017 Em substituição ao comunicado enviado esta manhã às empresas, solicitamos que considerem este informativo,

Leia mais

SUSPENSÃO E INTERRUPÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO

SUSPENSÃO E INTERRUPÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO SUSPENSÃO E INTERRUPÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO FUNDAMENTOS Como um dos princípios do Direito do Trabalho, a continuidade da relação de emprego reflete-se no ordenamento jurídico, entre outros, por meio

Leia mais

REMUNERAÇÃO E ADICIONAIS LEGAIS

REMUNERAÇÃO E ADICIONAIS LEGAIS REMUNERAÇÃO E ADICIONAIS LEGAIS 1 Conceito Salário complessivo corresponde aos pagamentos efetuados diretamente pelo empregador em favor do empregado, em virtude da vigência do contrato de trabalho, bem

Leia mais

Jornada de trabalho.

Jornada de trabalho. Jornada de trabalho. 1. Conceito: é uma medida de tempo no qual se inclui o labor diário. a) 1ª concepção: teoria do tempo efetivamente trabalhado, sendo o período do dia em que o empregado efetivamente

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2012/01 DISCIPLINA: DIREITO DO II PROFESSOR: FRANCISCA JEANE PEREIRA DA SILVA MARTINS TURMAS: 8

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Cálculo das verbas rescosórias *Adriano Martins Pinheiro Este artigo apontará quais são as verbas rescisórias a serem recebidas após a rescisão. Enumeramos as possibilidades de rescisão:

Leia mais

RENATA TIVERON NOÇÕES DE DIREITO DO TRABALHO. 1ª Edição JUN 2013

RENATA TIVERON NOÇÕES DE DIREITO DO TRABALHO. 1ª Edição JUN 2013 RENATA TIVERON NOÇÕES DE DIREITO DO TRABALHO 174 QUESTÕES DE PROVAS DE CONCURSOS GABARITADAS Seleção das Questões: Prof.ª Renata Tiveron Coordenação e Organização: Mariane dos Reis 1ª Edição JUN 2013 TODOS

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Fontes e princípios do Direito do Trabalho. Prof. Hermes Cramacon

DIREITO DO TRABALHO. Fontes e princípios do Direito do Trabalho. Prof. Hermes Cramacon DIREITO DO TRABALHO Fontes e princípios do Direito do Trabalho Prof. Hermes Cramacon 1. Fontes materiais - norma ainda não positivada. Momento pré-jurídico. Correntes de pensamento econômico, jurídico,

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Quando o aviso prévio termina na sexta-feira ou no sábado compensado, o empregado terá direito ao descanso

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Quando o aviso prévio termina na sexta-feira ou no sábado compensado, o empregado terá direito ao descanso Quando o aviso prévio termina na sexta-feira ou no sábado remunerado (DSR) 16/10/2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3

Leia mais

Compreender e aplicar os cálculos trabalhistas necessários à elaboração da folha de pagamento.

Compreender e aplicar os cálculos trabalhistas necessários à elaboração da folha de pagamento. ROTINAS DE ADM. DE PESSOAL - GST1141 Título Cálculos trabalhistas - execícios propostos Objetivo Ao final da realização das atividade o aluno será capaz de: Compreender e aplicar os cálculos trabalhistas

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA 2010

CONVENÇÃO COLETIVA 2010 CONVENÇÃO COLETIVA 2010 ITEM CONVENÇÃO COLETIVA 2009 PROPOSTA DO SECURITÁRIO PARA 2010 SUGESTÃO 2010 Cláusula Segunda - Salário de Ingresso Auxiliar Escritório/Administrativo Portaria, Limpeza, Continuo,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba PODER JUDICIÁRIO FEDERAL Justiça do Trabalho - 15ª Região 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba

Leia mais

Sumário. Introdução, 1

Sumário. Introdução, 1 S Sumário Introdução, 1 1 Folha de Pagamento, 7 1 Salário, 8 1.1 Salário-hora para 40 horas semanais: divisor 200 (duzentos), 9 1.2 Depósito de salários em conta bancária, 9 2 Horas extras, 10 2.1 Integração

Leia mais

ESAF 2010: Considerando a jurisprudência do Tribunal Superior do Trabalho, assinale a opção correta.

ESAF 2010: Considerando a jurisprudência do Tribunal Superior do Trabalho, assinale a opção correta. ESAF 2010: Considerando a jurisprudência do Tribunal Superior do Trabalho, assinale a opção correta. a) O adiantamento da gratificação natalina deve ser pago no mesmo mês para todos os empregados da empresa,

Leia mais

Direitos Trabalhistas Justiça do Trabalho e Recursos Humanos

Direitos Trabalhistas Justiça do Trabalho e Recursos Humanos Direitos Trabalhistas Justiça do Trabalho e Recursos Humanos Palestrante: Estabilidade gestante Estabilidade Acidentária Jornada 12 x 36 Períodos de Intervalo Insalubridade Prof. Cristiano Magalhães 1

Leia mais

REFORMA TRABALHISTA IMPACTOS NAS STARTUPS 22 DE AGOSTO DE 2017

REFORMA TRABALHISTA IMPACTOS NAS STARTUPS 22 DE AGOSTO DE 2017 IMPACTOS NAS STARTUPS 22 DE AGOSTO DE 2017 LEI 13.467/2017 - PRINCIPAIS ASPECTOS A Reforma Trabalhista altera mais de 100 artigos da CLT. Esta lei traz importantes mudanças que objetivam aprimorar as relações

Leia mais

Aula 12 Constituição Formal de Empresa

Aula 12 Constituição Formal de Empresa Considerações iniciais Todas as sociedades empresariais e entidades, independente do seu objeto social e porte econômico, estão sujeitas às regras estabelecidas pelo MTE, quando tiverem pessoas físicas

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2013

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2013 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS001260/2012 DATA DE REGISTRO NO MTE: 17/07/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR034965/2012 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.008742/2012-81 DATA DO

Leia mais

Jornada de trabalho LEGISLAÇÃO SOCIAL E TRABALHISTA

Jornada de trabalho LEGISLAÇÃO SOCIAL E TRABALHISTA Jornada de trabalho 1 A jornada de trabalho normal será o espaço de tempo durante o qual o empregado deverá prestar serviço ou permanecer à disposição do empregador, com habitualidade, executadas as horas

Leia mais

DECRETO-LEI Nº 5.452, DE 01 DE MAIO DE 1943

DECRETO-LEI Nº 5.452, DE 01 DE MAIO DE 1943 DECRETO-LEI Nº 5.452, DE 01 DE MAIO DE 1943 Aprova a Consolidação das Leis do Trabalho. O Presidente da República, usando da atribuição que lhe confere o art. 180 da Constituição, DECRETA: TÍTULO II DAS

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO DR. JUIZ DO TRABALHO DA VARA DE

EXCELENTÍSSIMO DR. JUIZ DO TRABALHO DA VARA DE EXCELENTÍSSIMO DR. JUIZ DO TRABALHO DA VARA DE José, brasileiro, estado civil, portador do RG, CPF, CTPS, residente e domiciliado na, vem, respeitosamente, por meio de seu advogado, conforme procuração

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO I. Dos Princípios e Fontes do Direito do Trabalho.... 002 II. Dos Direitos Constitucionais dos Trabalhadores (Art. 7.º da CRFB/88)... 010 III. Da Relação de Trabalho e da Relação de

Leia mais

Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 06/08/2010.

Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 06/08/2010. SALÁRIO-FAMÍLIA - Considerações Gerais Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 06/08/2010. Sumário: 1 - Introdução 2 - Beneficiários 2.1 - Verificação da Invalidez 2.2 - Pai e Mãe 3 - Início

Leia mais

Curso de 13 Salário. Capacitação e Treinamento

Curso de 13 Salário. Capacitação e Treinamento Curso de 13 Salário Capacitação e Treinamento Conteúdo 1. DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO... 3 1.1. Contagem de Avos... 3 1.2. Primeira Parcela Pagamento até 30/11... 3 1.3. Empregados não disponíveis durantes

Leia mais

CAPÍTULO 10 DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO

CAPÍTULO 10 DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO Capítulo 10 DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO 109 CAPÍTULO 10 DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO 1. DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO O décimo terceiro salário é devido aos empregados urbanos, rurais e domésticos, bem como aos trabalhadores

Leia mais

TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Jurídica

TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Jurídica TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Jurídica A NATUREZA REMUNERATÓRIA DA VERBA PAGA AO EMPREGADO NOS QUINZE PRIMEIROS DIAS DE FRUIÇÃO DO DIREITO A AUXÍLIO-DOENÇA INCIDÊNCIA DAS CONTRIBUIÇÕES DEVIDAS AO SESC E AO

Leia mais

Sumário. Direito_Trabalho_Simplificado_Cad_00.indd 13 24/06/ :03:33

Sumário. Direito_Trabalho_Simplificado_Cad_00.indd 13 24/06/ :03:33 Sumário Capítulo 1 História e Evolução do Direito do Trabalho... 1 1.1. Sumário da Evolução Histórica do Direito do Trabalho no Mundo... 1 1.2. Sumário da Evolução Histórica do Direito do Trabalho no Brasil...

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO ESTABILIDADES NO EMPREGO *Estabilidade x garantia de emprego - segundo Vólia Bonfim, a estabilidade é uma espécie do gênero garantia de emprego. Nesse sentido, todas as formas de se estimular o emprego,

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2011

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2011 Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2011 DISCIPLINA: DIREITO DO II PROFESSOR: MARCELLO MANCILHA TURMA: 3º ANO INTEGRAL UNIDADES CONTEÚDOS

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL PEÇA PROFISSIONAL Trata-se de reclamação trabalhista sob o rito ordinário visto que a empresa foi fechada e seus representantes se encontram em local incerto e não sabido, à medida que o art. 825-B, II,

Leia mais

O abandono de emprego configura-se quando estão presentes o elemento objetivo ou material e o elemento subjetivo ou psicológico.

O abandono de emprego configura-se quando estão presentes o elemento objetivo ou material e o elemento subjetivo ou psicológico. Abandono de emprego O abandono de emprego constitui falta grave, o que enseja a rescisão por justa causa do contrato de trabalho, conforme dispõe o art. 482, alínea "i" da CLT. A falta contínua e sem motivo

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Aviso prévio e estabilidade definitiva. Prof. Hermes Cramacon

DIREITO DO TRABALHO. Aviso prévio e estabilidade definitiva. Prof. Hermes Cramacon DIREITO DO TRABALHO Aviso prévio e estabilidade definitiva Prof. Hermes Cramacon Aviso prévio Consiste em uma comunicação que uma parte faz a outra de que pretende extinguir o pacto laboral. Deve ser concedido

Leia mais

O reclamante iniciou a prestação de serviços em favor da primeira reclamada em 02/01/2012. No entanto, mesmo trabalhando sob

O reclamante iniciou a prestação de serviços em favor da primeira reclamada em 02/01/2012. No entanto, mesmo trabalhando sob Excelentíssimo Juiz do Trabalho da Vara de Jose da Silva, nacionalidade, residente na, estado civil, CTPS no., RG, CPF, filho de, vem, respeitosamente, por meio de seu advogado, com procuração em anexo

Leia mais

DIREITO NAS ORGANIZAÇÕES MÓDULO 4 JORNADA DE TRABALHO

DIREITO NAS ORGANIZAÇÕES MÓDULO 4 JORNADA DE TRABALHO DIREITO NAS ORGANIZAÇÕES MÓDULO 4 JORNADA DE TRABALHO Índice 1. Jornada de trabalho...3 2. Formas de Prorrogação da Jornada de Trabalho...4 3. Horas Extras no Caso de Força Maior...5 4. Trabalho Noturno...6

Leia mais

PLENÁRIA DO BANCO DO BRASIL. Sindicato dos Bancários do ABC Novembro/2016

PLENÁRIA DO BANCO DO BRASIL. Sindicato dos Bancários do ABC Novembro/2016 PLENÁRIA DO BANCO DO BRASIL Sindicato dos Bancários do ABC Novembro/2016 REESTRUTURAÇÃO DO BANCO DO BRASIL Período do PEAI: até 09/12/2016 Meta: 18 mil empregados (16% dos atuais 109 mil empregados diretos)

Leia mais

Prática em Perícia Perícia Trabalhista Conceitos e Prática

Prática em Perícia Perícia Trabalhista Conceitos e Prática Prática em Perícia Perícia Trabalhista Conceitos e Prática Relembrar - SUJEITOS DO CONTRATO DE TRABALHO - CONTRATO INDIVIDUAL DE TRABALHO - REMUNERAÇÃO E SALÁRIO - DA DURAÇÃO DA HORA DO TRABALHO - CÁLCULO

Leia mais

Reforma trabalhista é aprovada no Senado

Reforma trabalhista é aprovada no Senado Reforma trabalhista é aprovada no Senado Confira o que muda na lei: O Senado aprovou nesta terça-feira (11) o texto da reforma trabalhista. Para virar lei, as novas regras ainda dependem da sanção do presidente

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2014/01 DISCIPLINA: DO II PROFESSOR: FRANCISCA JEANE PEREIRA DA SILVA MARTINS TURMA: 8º DM / EN

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Direito Coletivo do Trabalho. Prof. Hermes Cramacon

DIREITO DO TRABALHO. Direito Coletivo do Trabalho. Prof. Hermes Cramacon DIREITO DO TRABALHO Direito Coletivo do Trabalho Prof. Hermes Cramacon Conceito: complexo de institutos, princípios e regras jurídicas que regulam as relações laborais de empregados e empregadores e outros

Leia mais

Política de Transferência

Política de Transferência 1. Objetivo Objetivo de definir uma política corporativa para transferência provisória de empregados entre as filiais da Zatix, visando uniformidade de práticas. 2. Abrangência Todas as empresas pertencentes

Leia mais

Períodos de repouso.

Períodos de repouso. Períodos de repouso. 1. Introdução: a) O estudo da duração do trabalho abrange não só a análise da jornada de trabalho, mas também dos períodos de repouso que são assegurados ao empregador. b) Os períodos

Leia mais

Lista de Abreviaturas... 19

Lista de Abreviaturas... 19 Sumário Lista de Abreviaturas... 19 CAPÍTULO 1 Direito Individual do Trabalho Introdução... 21 1.1 Natureza Jurídica do Direito do Trabalho... 21 1.1.1 Teoria do Direito Público... 22 1.1.2 Teoria do Direito

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016. Confira a autenticidade no endereço

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016. Confira a autenticidade no endereço ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR001404/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 20/04/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR019141/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46212.005615/2015-22 DATA DO

Leia mais

1ª Fase PROVA OBJETIVA DIREITO DO TRABALHO

1ª Fase PROVA OBJETIVA DIREITO DO TRABALHO 1ª Fase PROVA OBJETIVA DIREITO DO TRABALHO P á g i n a 1 QUESTÃO 1 - O Decreto n. 3.197, de 5 de outubro de 1999, promulgou a Convenção n. 132, da OIT, que dispõe sobre as Férias Anuais Remuneradas. Em

Leia mais

DIREITOS BÁSICOS DOS MÉDICOS VETERINÁRIOS REGIDOS PELA CLT Por Rafael Carneiro de Araújo, OAB nº Advogado SINDIMEV - BA O médico veterinário

DIREITOS BÁSICOS DOS MÉDICOS VETERINÁRIOS REGIDOS PELA CLT Por Rafael Carneiro de Araújo, OAB nº Advogado SINDIMEV - BA O médico veterinário DIREITOS BÁSICOS DOS MÉDICOS VETERINÁRIOS REGIDOS PELA CLT Por Rafael Carneiro de Araújo, OAB nº 28.206 Advogado SINDIMEV - BA O médico veterinário pode atuar profissionalmente com naturezas de prestação

Leia mais

NOVO TRCT Portaria 2.685/2011;

NOVO TRCT Portaria 2.685/2011; SEÇÃO DE RELAÇÕES DO TRABALHO NOVO TRCT Portaria 2.685/2011; Portaria 1.621/2010; Portaria 1.057/2012 Portaria 1.057/2012 (altera e complementa a Portaria 1.621/10, que instituiu os novos modelos do TRCT)

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MG004077/2011 DATA DE REGISTRO NO MTE: 07/10/2011 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR056169/2011 NÚMERO DO PROCESSO: 46246.002361/2011-70 DATA DO

Leia mais

Janeiro-Dezembro/2014

Janeiro-Dezembro/2014 IRRF - Décimo terceiro salário 2014 - Roteiro Aqui serão analisados os aspectos gerais relacionados à retenção do Imposto de Renda incidente no pagamento do décimo terceiro salário. Introdução Os rendimentos

Leia mais

Regra geral da suspensão e da interrupção do contrato de trabalho

Regra geral da suspensão e da interrupção do contrato de trabalho SUSPENSÃO E INTERRUPÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO Nas duas situações o contrato de trabalho continua vigente, mas as obrigações das partes não são exigíveis (suspensão) ou o são parcialmente (interrupção).

Leia mais

DIREITOS TRABALHISTAS

DIREITOS TRABALHISTAS DIREITOS TRABALHISTAS 1. DA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES É obrigatória a contratação de professores em todas as escolas de Educação Infantil, para atendimento de crianças de 0 a 5 anos e 11 meses de idade.

Leia mais

Manual do Ponto Eletrônico

Manual do Ponto Eletrônico Manual do Ponto Eletrônico Sumário 1. Sistema de Registro Eletrônico de Ponto - SREP 2. Registro Eletrônico do Ponto - REP 3. Controle do Ponto Eletrônico 4. Banco de Horas 5. Intervalo Interjornada e

Leia mais

MÉRITO DO CONTRATO DE TRABALHO

MÉRITO DO CONTRATO DE TRABALHO PEÇA TREINO JOÃO CIDADÃO distribuiu, em 07/03/2014, Reclamação Trabalhista em face de seu empregador EMPRESA VIGILÂNCIA TOTAL LTDA e do tomador de serviços, BANCO FATURANDO S/A. Alegou, em síntese, que

Leia mais

Disciplina: Direito e Processo do Trabalho 3º Semestre Professor Donizete Aparecido Gaeta Resumo de Aula

Disciplina: Direito e Processo do Trabalho 3º Semestre Professor Donizete Aparecido Gaeta Resumo de Aula 1. Fontes materiais e formais. 2. Normas Jurídicas de Direito do Trabalho. Constituição, Leis, Atos do Poder Executivo, Sentença normativa, Convenções e Acordos Coletivos, Regulamentos de empresa, Disposições

Leia mais

NIVELAMENTO PARA PÓS GRADUAÇÃO. - Direito Individual do Trabalho - (aula 04/11)

NIVELAMENTO PARA PÓS GRADUAÇÃO. - Direito Individual do Trabalho - (aula 04/11) NIVELAMENTO PARA PÓS GRADUAÇÃO - Direito Individual do Trabalho - (aula 04/11) CUSTÓDIO NOGUEIRA Advogado militante especializado em Direito Civil e Processo Civil; Sócio da Tardem e Nogueira Assessoria

Leia mais

ANEXO III PLANILHAS MODELO PARA APRESENTAÇÃO DAS PROPOSTAS

ANEXO III PLANILHAS MODELO PARA APRESENTAÇÃO DAS PROPOSTAS 1 ANEXO III PLANILHAS MODELO PARA APRESENTAÇÃO DAS PROPOSTAS Planilha de Proposta de Preço nº Processo: Licitação nº Dia / / às : horas Data da apresentação da proposta Município/UF Ano Acordo, Convenção

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO SP

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO SP Obs: os espaços deste exercício tem a função de facilitar a visualização do aluno. Não é aconselhável pular linhas na prova. EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO SP KID PAPÃO,

Leia mais

DOCUMENTOS PARA FAZER HOMOLOGAÇÃO

DOCUMENTOS PARA FAZER HOMOLOGAÇÃO DOCUMENTOS PARA FAZER HOMOLOGAÇÃO Conforme Instrução Normativa SRT/MTE nº 15 de 14/07/2010 1 APRESENTAR CARTA DE PREPOSTO SE FOR FUNIONÁRIO DO CARTÓRIO, COM CTPS, CRACHÁ OU FICHA DE FUNCIONÁRIO (TRAZER

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO PARA

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO PARA CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO PARA 2007-2008. Pela presente CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO que celebra de um lado o SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DO MATERIAL ELÉTRICO

Leia mais

DURAÇÃO DO TRABALHO. Paula Freire 2015

DURAÇÃO DO TRABALHO. Paula Freire 2015 DURAÇÃO DO TRABALHO Paula Freire 2015 Jornada Do francês, journée, trabalho realizado durante um dia, do nascer ao pôr do sol. Duração do trabalho: Tempo em que o empregado está a disposição do empregador.

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Férias. Prof. Hermes Cramacon

DIREITO DO TRABALHO. Férias. Prof. Hermes Cramacon DIREITO DO TRABALHO Férias Prof. Hermes Cramacon Férias art. 7º, XVII, CF. Conceito Período de descanso em que o empregado não presta serviços, mas possui o direito de receber a remuneração. Modalidade

Leia mais

Indicações de bibliográficas: CLT. Leis e artigos importantes: OJ até 421 SÚMULAS TST até 444

Indicações de bibliográficas: CLT. Leis e artigos importantes: OJ até 421 SÚMULAS TST até 444 CURSO: OAB X EXAME - NOITE DISCIPLINA: DIREITO DO TRABALHO PROFESSOR: JULIANA MONTEIRO AULA 01 BLOCO: 01- MATÉRIA: INTRODUÇÃO (LEI TRABALHISTA NO TEMPO E ESPAÇO, FONTES, EMPREGADO). Indicações de bibliográficas:

Leia mais

GRATIFICAÇÕES, ADICIONAIS, AUXÍLIOS E OUTROS PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS E/OU RESULTADOS

GRATIFICAÇÕES, ADICIONAIS, AUXÍLIOS E OUTROS PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS E/OU RESULTADOS ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MT000542/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 26/08/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR047856/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46210.001655/2015 15 DATA DO

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO MÓDULO II Matutino Prof. André Luiz Paes de Almeida Aula: 3

DIREITO DO TRABALHO MÓDULO II Matutino Prof. André Luiz Paes de Almeida Aula: 3 TEMA DE AULA DIREITO DO TRABALHO 1. 13º SALÁRIO - Lei 4.090/62 e art. 7 VIII, CF. - O 13º sala rio deve ser pago em até 2 parcelas: 1ª de fevereiro à novembro. 2ª até 20 de dezembro. - O 13º salário deve

Leia mais

Tabela de incidências Tributárias

Tabela de incidências Tributárias Tabela de incidências Tributárias Abaixo, apresentamos uma Tabela Prática para facilitar a verificação da incidência ou não do INSS, FGTS e IR/Fonte sobre os rendimentos mais comumente pagos. Rendimentos

Leia mais