GE imagination at work

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GE imagination at work"

Transcrição

1 GE imagination at work

2 Disjuntores Linha TQC, THQC, THHQC, TQD, THQD Número de Pólos Corrente Nominal (A) Tensão Máxima (Vca) 20 Vca 27 Vca 0 Vca 240 Vca Capacidade de Ruptura 380 Vca Simétrica (ka) Vca Vca Vca 2 Vcc 20 Vcc A Dimensões (mm) L P Peso (Kg) Bitola Mín./Máx.(mm2)(*) Diâmetro Aprox. dos terminais (mm) Térmica Unidade de Disparo Magnética TQC 2 3 0,, 20, 2,, 3, 40, 4 0,, 70, 90, ka 3 ka ka ka 3 ka 3 ka x ø7,/3 THQC 2 3, 20, 2,, 3, 40, 4 0,, 70, 90, ka ka ka x ø7,/3 THHQC 2 3 à 70, 20, 2,, 3, 40, 4, 0,, 70, 90, ka x ø7,/3 TQD 2 3, 20, 2, 0 7, 200, x ø7 3/20 THQD 2 3, 20, 2, 0 7, 200, x ø7 3/20 EEMPLOS DE MONTAGEM DE CÓDIGOS TQC2 TQC2 TQC3 THQC2 THQC2 THQC3 THHQC2 THHQC2 THHQC3 TQD24 TQD34 THQD24200 THQD34200 ACESSÓRIOS CONTATOS AUILIARES Corrente Máxima dos Contatos: 240Vca / 20Vcc Vca / 20 Vcc 6A 240Vca 6A 240Vca/280Vca/Vca 0,A 2 Vcc 0,A 2 Vcc 0,2A 20 Vcc 0,2A 20 Vcc 2,A 28 Vcc 2,A 28 Vcc BOBINA DE DISPARO REMOTO (*) Nota: Bitola para cabos com classe de encordamento 2. Para classes mais altas de encordamento, consultar diâmetro do cabo com o fabricante. ATENÇÃO: No TQD podese montar um único acessório por disjuntor e somente no pólo direito. TQDAS2ABRS (NAF) (240Vca e 20Vcc) TQDST / 20Vca TQDST2 / 240Vca TQDST7 / 2 Vcc TQDST8 / 24 Vcc TQC THQC THHQC Correntes Nominais: 0 a A Tensões Máximas: 240 Vca pólo Vca 2 e 3 pólos Para especificar o modelo: TQC 2 Corrente Nominal Tensão Máxima: 2 p/ 0 Vca 4 p/ 380 Vca Número de pólos TQD THQD Correntes Nominais: a A Tensão Máxima: Vca 2 e 3 pólos Para especificar o modelo: TQD Corrente Nominal Tensão Máxima: Vca Número de pólos Disjuntores Não Automáticos TQC, TQD Disjuntor Proteção Anterior CurtoCircuito Suportado In(A) Código Pólos Máximo In (A) Corrente (ka) RMS Simétrica Tensão Máxima (Vca) TQC2Y TQC2Y TQC24Y TQC24Y TQC34Y TQC34Y TQD34Y Curvas Tempo x Corrente TQC, THQC, THHQC, TQD, THQD Consultar em nossa homepage

3 Disjuntores Linhas TED, THED e Disjuntores Não Automáticos TED, TFK TED THED TFK THFK Disjuntor Proteção Anterior Correntes Nominais: 0 a 0A Tensões Máximas: 277 Vca pólo Vca 2 e 3 pólos Vca 2 e 3 pólos Térmico Fixo e Magnético Ajustável Correntes Nominais: 70 a A Tensão Nominal: Vca 2 pólos Vca 3 pólos In(A) Código TED3Y P TED34Y 3P TED24Y 2P Fusível ou Disjuntor com 0kA/240V TED34 Máximo In (A) 0 TED36Y0 3P TED26Y0 2P TFK236Y 3P TFK6Y 2P TED360 TED TED, THED CurtoCircuito Suportado (Continuação) In(A) Corrente (ka) RMS Simétrica Tensão Máxima (Vca) Para especificar o modelo: Para especificar o modelo: TED 3 6 Corrente Nominal Tensão Máxima: Vca Número de pólos TFK Corrente Nominal Tensão Máxima: Vca Número de pólos Frame para A Disjuntores Linhas TED, THED, BASE ETRAÍVEL PLUGIN TED, THED Curvas Tempo x Corrente TED, THED, Consultar em nossa homepage 2

4 Disjuntores Linhas TED, THED, Número de Pólos Corrente Nominal (A) Tensão Máxima (Vca) 20 Vca 27 Vca 0 Vca 240 Vca Capacidade de Ruptura 380 Vca Simétrica (ka) Vca Vca Vca 2 Vcc 20 Vcc A Dimensões (mm) L P Peso (Kg) Bitola Mín./Máx.(mm2)(*) Diâmetro Aprox. dos terminais (mm) Térmica Unidade de Disparo Magnética EEMPLOS DE MONTAGEM DE CÓDIGOS ACESSÓRIOS CONTATOS AUILIARES Corrente Máxima dos Contatos: 240Vca / 20Vcc Vca / 20 Vcc 6A 240Vca 6A 240Vca/280Vca/Vca 0,A 2 Vcc 0,A 2 Vcc 0,2A 20 Vcc 0,2A 20 Vcc 2,A 28 Vcc 2,A 28 Vcc OBS: Na linha TED/THED em contato auxililar. ) O contato auxiliar é montado apenas no lado direito em disjuntores TED em caixa bipolar. 2) Contato auxiliar não pode ser montado no TED e THED monopolar. BOBINA DE DISPARO REMOTO Observações: ) A Bobina de Disparo é montada apenas no pólo direito em disjuntores TED em caixa bipolar. 2) Os disjuntores TFK e THFK com acessórios internos passam a ter as seguintes capacidades de ruptura: 0kA/Vca, ka/vca, ka/240vca BOBINA DE MÍNIMA TENSÃO Observação: Os disjuntores TFK e THFK com acessórios internos passam a ter as seguintes capacidades de ruptura: 0kA/Vca, ka/vca, ka/240vca CONTATOS DE ALARME Observações: ) Para TED em caixa bipolar este acessório é montado pelo lado direito (especificar TEDBAR). 2) Acessório montado no pólo central com saída dos cabos pelo lado esquerdo. 3) Os disjuntores TFK e THFK com acessórios internos passam a ter as seguintes capacidades de ruptura: 0kA/ Vca, 24kA/Vca, ka/240vca. MECANISMO DE OPERAÇÃO MOTORIZADO Observação: Os fusíveis de proteção de comando deverão ser do tipo retardado. TED 0 à ka 4 ka x ø 2,/70 x ø 2,/70 x ø 2,/70 x ø 2,/70 TED TED40 TEDAS2AB R ou L (NAF) (240Vca e 20Vcc) TEDAS2AB2 R ou L (2NAF) (240Vca e 20Vcc) TEDST2 TEDST3 TEDST7 TEDST8 TEDST9 TEDUV R (20 Vca) TEDUV2 R (240 Vca) TEDUV4 R ( Vca) TEDUV6 R ( Vca) TEDUV7 R (2 Vcc) TEDUV8 R (24 Vcc) TEDUV9 R (48 Vcc) TEDUV0 R (2 Vcc) TEDUV R (20 Vcc) R ou L (20 Vca ou 240 Vca ou 2 Vcc) R ou L ( Vca ou Vca) R ou L (2 Vcc) R ou L (24 Vcc) R ou L (48 Vcc) TEDBAR (Direito) TEDBAL (Esquerdo) Corrente máxima dos Contatos: 6A / 240Vca 0,A /2Vcc 0,2A/20Vcc 2,A/28Vcc MODELO TED à 4 ka 4 ka TEDMOMA (20 Vca) TEDMOMA2 (240 Vca) TEDMOMA8 (24 Vcc) TED 0,, 20, 2,, 3, 40, 4, 0,, 70, 80, 90,, 0, 2, 0 8 ka 8 ka () Para 2 Pólos: In máx. A TED2400 IP(A) TED3400 IN(A) TED 2 (2) 3, 20, 2,, 3, 40, 4, 0,, 70, 80, 90,, 0, 2, 0 8 ka 8 ka 4 ka Tempo Fecham(s) (2) Caixa Tripolar TED20 Tempo Abert. e Rearme(s) TED THED, 20, 2, ka THED20 THED 2 (2) 3, 20, 2,, 3, 40, 4, 0,, 70, 80, 90, 8 ka 20 ka 20 ka (2) Caixa Tripolar THED20 THED 3 ALAVANCA ROTATIVA MANOPLA INTERTRAVAMENTO MECÂNICO TDR TDM BLOQUEIO KIRK BASE ETRAÍVEL PLUGIN (Utilizar 2 por Disjuntor) Observações: PDA (CurtoLongoCurto) PD2A (LongoCurtoLongo) TEFRB (Vertical) Somente para disjuntores TED e THED tripolares e bipolares em caixa Tripolar. TEFRHB (Horizontal) TEFHM2 Somente para disjuntores TED e THED tripolares e bipolares em caixa Tripolar. (comprimento do eixo 38 mm) TEDMI (Distância entre as linhas de Centro dos Disjuntores: 08) (Distância entre a Barra e a Chapa de Fixação: 6,32,4 mm) KIRKE TE3PD TE3PD2 (*) Nota: Bitola para cabos com classe de encordamento 2. Para classes mais altas de encordamento, consultar diâmetro do cabo com o fabricante.

5 Número de Pólos Corrente Nominal (A) Tensão Máxima (Vca) 20 Vca 27 Vca 0 Vca 240 Vca Capacidade de Ruptura 380 Vca Simétrica (ka) Vca Vca Vca 2 Vcc 20 Vcc A Dimensões (mm) L P Peso (Kg) Bitola Mín./Máx.(mm2)(*) Diâmetro Aprox. dos terminais (mm) Térmica Unidade de Disparo Magnética EEMPLOS DE MONTAGEM DE CÓDIGOS ACESSÓRIOS CONTATOS AUILIARES Corrente Máxima dos Contatos: 240Vca / 20Vcc Vca / 20 Vcc 6A 240Vca 6A 240Vca/280Vca/Vca 0,A 2 Vcc 0,A 2 Vcc 0,2A 20 Vcc 0,2A 20 Vcc 2,A 28 Vcc 2,A 28 Vcc OBS: Na linha TED/THED em contato auxililar. ) O contato auxiliar é montado apenas no lado direito em disjuntores TED em caixa bipolar. 2) Contato auxiliar não pode ser montado no TED e THED monopolar. BOBINA DE DISPARO REMOTO Observações: ) A Bobina de Disparo é montada apenas no pólo direito em disjuntores TED em caixa bipolar. 2) Os disjuntores TFK e THFK com acessórios internos passam a ter as seguintes capacidades de ruptura: 0kA/Vca, ka/vca, ka/240vca BOBINA DE MÍNIMA TENSÃO Observação: Os disjuntores TFK e THFK com acessórios internos passam a ter as seguintes capacidades de ruptura: 0kA/Vca, ka/vca, ka/240vca CONTATOS DE ALARME Observações: ) Para TED em caixa bipolar este acessório é montado pelo lado direito (especificar TEDBAR). 2) Acessório montado no pólo central com saída dos cabos pelo lado esquerdo. 3) Os disjuntores TFK e THFK com acessórios internos passam a ter as seguintes capacidades de ruptura: 0kA/ Vca, 24kA/Vca, ka/240vca. MECANISMO DE OPERAÇÃO MOTORIZADO Observação: Os fusíveis de proteção de comando deverão ser do tipo retardado. ALAVANCA ROTATIVA MANOPLA INTERTRAVAMENTO MECÂNICO TDR TDM BLOQUEIO KIRK BASE ETRAÍVEL PLUGIN (Utilizar 2 por Disjuntor) Observações: PDA (CurtoLongoCurto) PD2A (LongoCurtoLongo) THED 2 (2) 3 0, 2, 0 42 ka 42 ka 8 ka 20 ka 20 ka x ø 2,/70 (2) Caixa Tripolar THED260 THED360 TFK 70, 80, 90, 0, 2, 0, 7, 200, 8 ka x ø8 6/0 TFK4200 TFKASA6AB R ou L (NAF) (Vca e 20Vcc) TFKASA6AB2 R ou L (2NAF) (Vca e 20Vcc) TFKSTA2 R ou L (20 Vca ou 240 Vca ou 2Vcc) TFKSTA3 R ou L ( Vca ou Vca) TFKSTA7 R ou L (2 Vcc) TFKSTA8 R ou L (24 Vcc) TFKSTA9 R ou L (48 Vcc) TFKSTA R ou L (20 Vcc) TFKUVA R ou L (20 Vca) TFKUVA2 R ou L (240 Vca) TFKUVA4 R ou L ( Vca) TFKUVA6 R ou L ( Vca) TFKUVA7 R ou L (2 Vcc) TFKUVA8 R ou L (24 Vcc) TFKUVA 9 R ou L (48 Vcc) TFKUVA0 R ou L (2 Vcc) TFKUVA R ou L (20 Vcc) TFKBAAR Corrente máxima dos Contatos: A / 240Vca 2,A / 28Vcc A / Resistivo 2,A / Indutivo MODELO IP(A) TFKMOMA (20Vca) 9. TFKMOMA (2Vcc) 7.0 TFKMOMA2 (240Vca).0 TFKMOMA2 (20Vcc) 6.0 TFKMOMA8 (24Vcc) 24.0 TFKMOMA9 (48Vcc) 4.0 TFKRB (Vertical) TFKRHB (Horizontal) TFKHM2 (comprimento do eixo mm) TFKMI (Distância entre as linhas de Centro dos Disjuntores: 08) (Distância entre a Barra e a Chapa de Fixação: 6,32,4 mm) KIRKF TF23PD TF23PD2 (*) Nota: Bitola para cabos com classe de encordamento 2. Para classes mais altas de encordamento, consultar diâmetro do cabo com o fabricante. TFK THFK 70, 80, 90,, 0 2, 0, 7, 200, 28 ka 8 ka 20 ka x ø8 6/0 THFK4200 THFK IN(A) Tempo Fecham(s) Tempo Abert.e Rearme(s)

6 Disjuntores Linhas TED, THED, ACESSÓRIOS INTERNOS Contatos Auxiliares Bobina de Mínima Tensão DIMENSÕES ACESSÓRIOS ETERNOS TED, THED ALAVANCA ROTATIVA (TDR) Contato de Alarme Bobina de Abertura Remota DISPOSITIVO PARA TRAVAMENTO (TDR) ACESSÓRIOS ETERNOS (medidas abaixo) Intertravamento Mecânico Base Extraível PlugIn Alavanca Rotativa TDR Manopla Ajustável TDM Mecanismo de Operação Motorizado Conexões Traseiras MANOPLA (TDM) TED, THED Número do Catálogo TEFRH TEFRHB A B TFRH TFRHB TEFR TEFRB 7,2 7,9 TFKR TFKRB TFKRH TFKRHB MECANISMO DE OPERAÇÃO MOTORIZADO INTERTRAVAMENTO MECÂNICO TED, THED TED, THED TFK TJK A,84 48,9 B 04,6 209,

7 Disjuntores Não Automáticos TJD, TJK, TKMA Disjuntor Proteção Anterior CurtoCircuito Suportado In(A) Código Máximo In (A) Corrente (ka) RMS Simétrica Tensão Máxima (Vca) TJD434Y400 3P TJD424Y400 2P TJK436Y400 3P TJK426Y400 2P TJK636Y 3P TJK626Y 2P TKMA836Y800 3P TKMA826Y800 2P TKMA3Y200 3P TKMA2Y200 2P TJD TJK, THJK TJK, THJK TJK, THJK TJK, THJK TKM, THKM TJK, THJK TKM, THKM Disjuntores Linhas TJD, TJK, THJK, TKMA, THKMA TJK4 THJK4 TJK6 THJK6 TKMA8 TKHMA8 TKMA2 TKHMA2 Térmico Fixo e Magnético Ajustável Correntes Nominais: 2 a 400A Térmico Fixo e Magnético Ajustável Correntes Nominais: 20 a A Térmico Fixo e Magnético Ajustável Correntes Nominais: 0 a 800A Térmico Fixo e Magnético Ajustável Correntes Nominais: a 200A Tensão Nominal: Vca 2 pólos / Vca 3 pólos Tensão Nominal: Vca 2 e 3 pólos Tensão Nominal: Vca 2 e 3 pólos Tensão Nominal: Vca 2 e 3 pólos Para especificar o modelo: Para especificar o modelo: TJK Corrente Nominal Tensão Máxima: Vca Número de pólos Frame para 400A TKMA Corrente Nominal Tensão Máxima: Vca Número de pólos Frame para 800A ACESSÓRIOS INTERNOS Contatos Auxiliares Contato de Alarme Bobina de Mínima Tensão Bobina de Abertura Remota DIMENSÕES ACESSÓRIOS ETERNOS ALAVANCA ROTATIVA (TDR) DISPOSITIVO PARA TRAVAMENTO (TDR) TKMA, THKMA TJK, THJK, TJD Número do Catálogo A B TJRH TJRHB TJVR TJVRB 4,3 7, TJR TJRB TJVRH TJVRHB TKMR TKMVR TKMRH 7,6 23, TKMVRH TKVR TKVRB TKVRH TKVRHB 6

8 Disjuntores Linhas TJD, TJK, THJK, TKMA, THKMA Número de Pólos Corrente Nominal (A) Tensão Máxima (Vca) Capacidade de Ruptura Simétrica (ka) Dimensões (mm) 20 Vca 27 Vca 0 Vca 240 Vca 380 Vca Vca Vca Vca 2 Vcc 20 Vcc A L P Peso (Kg) Bitola Mín./Máx.(mm2)(*) Diâmetro Aprox. dos terminais (mm) Térmica Unidade de Disparo Magnética TJD , 0,, x ø 6/20+x ø23 70/240 TJK 4 2, 0, 7, 200, 20, 0,, ka 34 ka ka 20 ka (2) x ø 6/20+x ø23 70/240 () Caixa Tripolar (2) Pólo Central em Série THJK 4 2, 0, 7, 200, 20, 0,, ka 3 ka 40 ka x ø 6/20+x ø23 70/240 () Caixa Tripolar EEMPLOS DE MONTAGEM DE CÓDIGOS TJD TJD TJK TJK THJK THJK ACESSÓRIOS CONTATOS AUILIARES Corrente Máxima dos Contatos: 240Vca / 20Vcc Vca / 20 Vcc 6A 240Vca 6A 240Vca/280Vca/Vca 0,A 2 Vcc 0,A 2 Vcc 0,2A 20 Vcc 0,2A 20 Vcc 2,A 28 Vcc 2,A 28 Vcc BOBINA DE DISPARO REMOTO Observação: Os disjuntores TFK e THFK com acessórios internos passam a ter as seguintes capacidades de ruptura: 0kA/Vca, ka/vca, ka/240vca TJKASA6AB R ou L (NAF) (Vca e 20Vcc) TJKASA6AB2 R ou L (2NAF) (Vca e 20Vcc) TJKASA6AB3 R ou L (3NAF) (Vca e 20Vcc) TJKASA6AB4 R ou L (4NAF) (Vca e 20Vcc) TJKSTA2 R ou L (20 Vca ou 240 Vca ou 2 Vcc) TJKSTA3 R ou L ( Vca ou Vca) TJKSTA R ou L (20Vcc) TJKSTA7 R ou L (2 Vcc) TJKSTA8 R ou L (24 Vcc) TJKSTA9 R ou L (48 Vcc) TJKASA6AB R ou L (NAF) (Vca e 20Vcc) TJKASA6AB2 R ou L (2NAF) (Vca e 20Vcc) TJKASA6AB3 R ou L (3NAF) (Vca e 20Vcc) TJKASA6AB4 R ou L (4NAF) (Vca e 20Vcc) TJKSTA2 R ou L (20 Vca ou 240 Vca ou 2 Vcc) TJKSTA3 R ou L ( Vca ou Vca) TJKSTA R ou L (20Vcc) TJKSTA7 R ou L (2 Vcc) TJKSTA8 R ou L (24 Vcc) TJKSTA9 R ou L (48 Vcc) BOBINA DE MÍNIMA TENSÃO CONTATOS DE ALARME Observação: Acessório montado no pólo central com saída dos cabos pelo lado esquerdo. TJUV R (20 Vca) TJUV2 R (240 Vca) TJUV4 R ( Vca) TJUV6 R ( Vca) TJUV7 R (2 Vcc) TJUV8 R (24 Vcc) TJUV9 R (48 Vcc) TJUV0 R (2 Vcc) TJUV R (20 Vcc) TJKBAAL Corrente máxima dos Contatos: A / 240Vca 2,A / 28Vcc A / Resistivo 2,A / Indutivo TJUV R (20 Vca) TJUV2 R (240 Vca) TJUV4 R ( Vca) TJUV6 R ( Vca) TJUV7 R (2 Vcc) TJUV8 R (24 Vcc) TJUV9 R (48 Vcc) TJUV0 R (2 Vcc) TJUV R (20 Vcc) TJKBAAL Corrente máxima dos Contatos: A / 240Vca 2,A / 28Vcc A / Resistivo 2,A / Indutivo 7 MECANISMO DE OPERAÇÃO MOTORIZADO Observação: Os fusíveis de proteção de comando deverão ser do tipo retardado. ALAVANCA ROTATIVA MANOPLA INTERTRAVAMENTO MECÂNICO TDR TDM BLOQUEIO KIRK BASE ETRAÍVEL PLUGIN (Utilizar 2 por Disjuntor) Observações: PDA (CurtoLongoCurto) PD2A (LongoCurtoLongo) MODELO TJKMOMA (20Vca) TJKMOMA (2Vcc) TJKMOMA2 (240Vca) TJKMOMA2 (20Vcc) TJKMOMA8 (24Vcc) TJKMOMA9 (48Vcc) TJRB (Vertical) TJRHB (Horizontal) TJKHM2 (comprimento do eixo mm) TJKMIB / TJKMIE (Distância entre as linhas de Centro dos Disjuntores: 26) (Distância entre a Barra e a Chapa de Fixação: 9,,4 mm) KIRKJ TJ43PDA TJ43PD2A (*) Nota: Bitola para cabos com classe de encordamento 2. Para classes mais altas de encordamento, consultar diâmetro do cabo com o fabricante. MODELO TJKMOMA (20Vca) TJKMOMA (2Vcc) TJKMOMA2 (240Vca) TJKMOMA2 (20Vcc) TJKMOMA8 (24Vcc) TJKMOMA9 (48Vcc) TJRB (Vertical) TJRHB (Horizontal) TJKHM2 (comprimento do eixo mm) TJKMIB / TJKMIE (Distância entre as linhas de Centro dos Disjuntores: 26) (Distância entre a Barra e a Chapa de Fixação: 9,,4 mm) KIRKJ TJ43PDA TJ43PD2A IP(A) IN(A) Tempo Fecham(s)

9 Número de Pólos Corrente Nominal (A) Tensão Máxima (Vca) Capacidade de Ruptura Simétrica (ka) Dimensões (mm) 20 Vca 27 Vca 0 Vca 240 Vca 380 Vca Vca Vca Vca 2 Vcc 20 Vcc A L P Peso (Kg) Bitola Mín./Máx.(mm2)(*) Diâmetro Aprox. dos terminais (mm) Térmica Unidade de Disparo Magnética TJK 6 20, 0,, , 00, 42 ka 34 ka ka 20 ka (2) x ø20 9/8 () Caixa Tripolar (2) Pólo Central em Série THJK 6 20, 0,, , 00, 36 ka 3 ka 40 ka x ø20 9/8 () Caixa Tripolar TKMA8 0,, 400, 40, 00, 700, ka 36 ka ka 20 ka (2) x ø2 0/240 () Caixa Tripolar (2) Pólo Central em Série THKMA8 0,, 400, 40, 00, 700, ka 3 ka 40 ka x ø2 0/240 () Caixa Tripolar TKMA2, 700, 800, 0, ka 36 ka ka x ø2 0/240 () Caixa Tripolar THKMA2, 700, 800, 0, ka 3 ka x ø2 0/240 () Caixa Tripolar EEMPLOS DE MONTAGEM DE CÓDIGOS TJK62600 TJK63600 THJK62600 THJK63600 TKMA TKMA THKMA THKMA TKMA20 TKMA800 THKMA2 THKMA3200 ACESSÓRIOS CONTATOS AUILIARES Corrente Máxima dos Contatos: 240Vca / 20Vcc Vca / 20 Vcc 6A 240Vca 6A 240Vca/280Vca/Vca 0,A 2 Vcc 0,A 2 Vcc 0,2A 20 Vcc 0,2A 20 Vcc 2,A 28 Vcc 2,A 28 Vcc BOBINA DE DISPARO REMOTO Observação: Os disjuntores TFK e THFK com acessórios internos passam a ter as seguintes capacidades de ruptura: 0kA/Vca, ka/vca, ka/240vca TKMAASA6AB R ou L (NAF) (Vca e 20Vcc) TKMAASA6AB2 R ou L (2NAF) (Vca e 20Vcc) TKMAASA6AB3 R ou L (3NAF) (Vca e 20Vcc) TKMAASA6AB4 R ou L (4NAF) (Vca e 20Vcc) TKMASTA2 R ou L (20 Vca ou 240 Vca ou 2 Vcc) TKMASTA3 R ou L ( Vca ou Vca) TKMASTA R ou L (20 Vcc) TKMASTA7 R ou L (2 Vcc) TKMASTA8 R ou L (24 Vcc) TKMASTA9 R ou L (48 Vcc) BOBINA DE MÍNIMA TENSÃO TKUV R (20 Vca) TKUV2 R (240 Vca) TKUV4 R ( Vca) TKUV6 R ( Vca) TKUV7 R (2 Vcc) TKUV8 R (24 Vcc) TKUV9 R (48 Vcc) TKUV0 R (2 Vcc) TKUV R (20 Vcc) TKMABAAL CONTATOS DE ALARME Observação: Acessório montado no pólo central com saída dos cabos pelo lado esquerdo. MECANISMO DE OPERAÇÃO MOTORIZADO Observação: Os fusíveis de proteção de comando deverão ser do tipo retardado. ALAVANCA ROTATIVA MANOPLA INTERTRAVAMENTO MECÂNICO TDR TDM BLOQUEIO KIRK BASE ETRAÍVEL PLUGIN (Utilizar 2 por Disjuntor) Observações: PDA (CurtoLongoCurto) PD2A (LongoCurtoLongo) Tempo Abert. e Rearme(s) 0.3 TJ63PDA TJ63PD2A (*) Nota: Bitola para cabos com classe de encordamento 2. Para classes mais altas de encordamento, consultar diâmetro do cabo com o fabricante. Corrente máxima dos Contatos: A / 240Vca 2,A / 28Vcc A / Resistivo 2,A / Indutivo MODELO TKMMOMA (20Vca) TKMMOMA (2Vcc) TKMMOMA2 (240Vca) TKMMOMA2 (20Vcc) TKMMOMA8 (24Vcc) TKMMOMA9 (48Vcc) TKMRB (Vertical) TKMRHB (Horizontal) TKMHM2 (comprimento do eixo mm) TKMMI (Distância entre as linhas de Centro dos Disjuntores: 26) (Distância entre a Barra e a Chapa de Fixação: 9,,4 mm) KIRKK TK83PDA TK83PD2A IP(A) IN(A) Tempo Fecham(s) TK03PDA (Para 0 A) TK03PD2A (Para 0 A) TK23PDA (Para 200 A) TK23PD2A (Para 200 A) Tempo Abert. e Rearme(s) 0.3 8

10 Disjuntores Linhas TJD, TJK, THJK, TKMA, THKMA TJK, THJK, TJD INTERTRAVAMENTO MECÂNICO ACESSÓRIOS ETERNOS (medidas abaixo) Intertravamento Mecânico Base Extraível PlugIn Alavanca Rotativa TDR Manopla Ajustável TDM Mecanismo de Operação Motorizado Conexões Traseiras MANOPLA (TDM) TJK, THJK, TJD TKMA, THKMA TKMA, THKMA TJK, THJK, TJD TFK TJK A,84 48,9 B 04,6 209, MECANISMO DE OPERAÇÃO MOTORIZADO TKMA, THKMA TJK, THJK, TJD BASE ETRAÍVEL PLUGIN TKMA, THKMA 9

11 Curvas Tempo x Corrente TJD, TJK, THJK, TKMA, THKMA Consultar em nossa homepage Informativo Referente Torques de Aperto para Todas as Linhas Torques de Aperto de Fios e Cabos para Conectores (LUGS) de Disjuntores GE Linha de Produto TQC THQC TQC THQC TQD TED TED TFK TJK436 TJK636 TKMA836 TKMA3A de Terminal Conector de pressão em aço Disjuntores de 0 a 0A Disjuntores de 2 a 0A (TCAL24, TCAL29) (TCAL43) (TCAL63) (TCAL8) (TCAL2) Torque Nominal (Nm newton.metro) 3,4,0, 8N.m 6,N.m Cabo #6~2mm2 = Nm Cabo #0~0mm2 = 3Nm Cabo #6~2mm2 = Nm Cabo #0~0mm2 = 3Nm Cabo #9~8mm2 = 39Nm Cabo #0~240mm2 = 42Nm Cabo #0~240mm2 = 42Nm Torque de Aperto dos Conectores Terminais (LUG) à BarrasTerminais dos Disjuntores Linha de Disjuntores Modelos de Conectores Terminais Aplicáveis (lug) TORQUE DE APARAFUSAMENTO Junção conector terminal (lug) barra terminal (torque mínimo) Lado linha Lado carga N.m Poundinch N.m Poundinch TED (*) LUG 8,0 70 8,0 70 TQD TCAL2 0,2 90 0,2 90 TFK236 TCAL24 TCAL26 0,2 90 0,2 90 TJD436 TJK436 TJK636 TCAL43 6,8 6,8 TKMA836 TKMA2 TCAL8 TCAL2,6 200,6 200 (*) O conector (lug) da linha TED é fixado à barra terminal do disjuntor com o torque de 2,2N.m (20lb.in). O torque de 8N.m indicado na tabela acima referese ao torque de aperto da junção barraterminal do disjuntor e barramentos de distribuição de energia. Informativo Comum à Toda Linha Industrial ESQUEMA BÁSICO DE LIGAÇÕES (orientativo) NÚMERO MÁIMO DE ACESSÓRIOS INTERNOS POR DISJUNTORES de Disjuntores TED, THED TFK, THFK (3) TJD, TJK, THJK TKM, THKM Bobina de Disparo Remoto ou Contatos Auxiliares (2) Bobina de Mínima Tensão (2) Contato de Alarme Pólos de Montagem () L R L R L C R Número Máximo de Acessórios Possíveis por Disjuntor 2 pólos qualquer um 3 pólos quaisquer dois Quaisquer dois Quaisquer dois mais Contato de Alarme Quaisquer dois mais Contato de Alarme () L=Esquerdo, C=Centro, R=Direito (2) Para disjuntores bipolares em caixas bipolares esse acessório é montado somento no pólo direito. (3) Os disjuntores TFK e THFK com acessórios internos passam a ter as seguintes capacidades de ruptura: / Vca, / Vca, ka/240 Vca. (4) Para colocação de maior número de acessórios, consultar GE. () Disjuntor TED Monopolar não permite acessórios. 0

12 COMO ESPECIFICAR UM DISJUNTOR A Fator Seção do Condutor Uma das funções do disjuntor é proteger os condutores. Portanto, a seção dos mesmos deverá ser igual ou maior que as especificadas pelas normas para as capacidades e características das cargas correspondentes (ver UL 489). Os elementos bimétalicos possuem uma resistência intrínsica que gera calor proporcional ao quadrado da corrente que circula pelos mesmos. O condutor atua como dissipador de calor, controlando o aquecimento do elemento bimetálico. Ao reduzir a seção do condutor, a temperatura aumenta e o disjuntor atua a uma corrente inferior à especificada. A capacidade de condução de corrente do disjuntor e a seção do condutor são, então valores, relacionados, independente do tipo de isolamento. Porcentagem da Área do Cabo Utilizado em Relação à Área do Cabo Padrão 0 70 Porcentagem (%) Fator A,40,2, 7 2 0,99 0,97 0,97 B Fator Freqüência A freqüência de funcionamento do sistema também exerce um papel muito importante na especificação e comportamento dos disjuntores. A maioria dos disjuntores podem ser aplicados diretamente em sistemas de 0/ Hz para as capacidades nominais indicadas. Não obstante, os disjuntores em caixa moldada não devem ser usados em outra freqüência, além das especificadas, sem a aprovação da GE, exceto como indicado na tabela abaixo. Dois diferentes efeitos ocorrem em freqüências acima de Hz, dependendo de sensor de corrente utilizado. Em dispositivos termomagnéticos, o bimetal, que proporciona proteção de sobrecarga, responde corretamente à corrente aplicada. Contudo, o elemento instantâneo, que é um solenóide construído de cobre e aço, aquece. O aumento de temperatura do disjuntor reduz a capacidade de condução da corrente. O solenóide tornase quente devido à sua natureza construtiva e materiais empregados. Além de aumentar a temperatura do disjuntor, a unidade instantânea não mais responde corretamente. Quanto mais alta a freqüência, maior o erro. de Disjuntor TQC, TQD, THQD, TJD TED, THED TJK, THJK TKMA8, THKMA8 TKMA2, THKMA2 Corrente Contínua,,2,3 0/ Hz /20 Hz Variação da Freqüência Corrente alternada 0/80 Hz /240 Hz,0 9 6, 0/3 Hz,,8,,3 400/ Hz,,8,,3 C Fator Temperatura Ambiente A temperatura ambiente tem um efeito, ainda mais importante sobre as características do conjunto disjuntores/cabos. As temperaturas ambientes elevadas não somente afetam a calibração do disjuntor como, também, podem produzir temperaturas internas acima dos limites especificados para os materiais isolantes. Os cabos podem adaptarse a essas temperaturas elevadas, mediante o uso de materiais de maior capacidade térmica, como o vidro e certos minerais. Isso não é possível em dispositivos de manobra, devido aos requisitos técnicos e mecânicos de fabricação. Por outro lado, baixas temperaturas aumentam consideravelmente a capacidade de condução de corrente. Em geral, o efeito da temperatura ambiente em disjuntores com calibração compensada procede como na curva abaixo. do Disjuntor TQC TQD, THQD TJD TED, THED TED0, THED0 TJK4, THJK4 TJK6, THJK6 TKMA8, THKMA8 TKMA2, THKMA2 2ºC Classe Temperatura do Condutor ºC ºC ºC ºC ºC 7ºC 7ºC 7ºC 7ºC 7ºC B 40ºC Classe Temperatura do Condutor Temperatura Ambiente do Disjuntor B 0ºC Classe Temperatura do Condutor B ºC Classe Temperatura do Condutor B,0 8 8,0 70ºC Classe Temperatura do Condutor 2ºC 2ºC 2ºC B,4,2,4,4,2,8, Capacidade de Condução em Regime Contínuo (%) D Fator Amplitude Outro fator que deve ser considerado é a altitude na qual será instalado o disjuntor. Até 840 metros, o seu funcionamento não é afetado. Para altitudes entre 84 e 0 metros, a rarefação do ar afeta a dissipação térmica. Esse efeito reduz a transferência de calor do disjuntor para o meio ambiente. Para determinação da corrente nominal do disjuntor devemos usar a tabela ao lado. Altitude (m) a a a 470 Fator D 0 4 8

13 COMO ESPECIFICAR UM DISJUNTOR Classe de Carga 2 ou mais disjuntores (montados em grupo) Circuito capacitivo Circuito contendo motor (até 2 partidas/hora) Circuito contendo motor (acima de 2 partidas/hora) Eletroímas Circuito resistivo Cargas Especiais Outras cargas Fator E,,,,7, ver NEC Artigo 4 E Fator Classe de Carga Para aplicação de disjuntores em caixa moldada, também deverão ser considerados o ciclo de serviço e o tipo de carga. Cargas, tais como capacitores e eletroímas, requerem um aumento substancial da corrente nominal, se o disjuntor tiver que chavear a carga. Grupos de disjuntores montados em painéis pouco ventilados também exigem uma considerável redução na sua capacidade de condução de corrente. A razão é a elevação de temperatura interna devido à pouca circulação do ar. Com cargas tais como máquinas de solda por resistência, a corrente nominal do disjuntor deve ser, pelo menos, 2% da corrente da máquina de solda. Em geral, quando se deseja proteger a carga e os cabos ao mesmo tempo, devemos verificar junto aos fabricantes as características desses equipamentos, a fim de obtermos um funcionamento satisfatório. F Fator Segurança Outro fator, também, de grande importância é o fator de segurança. Se o disjuntor vier a funcionar em regime contínuo, a um nível de corrente derivado dos fatores A a E, tanto o disjuntor quanto os condutores estarão dentro de suas capacidades de corrente, mas o disjuntor estará muito próximo do ponto de disparo e qualquer perturbação o fará atuar. Deverá ser considerado, portanto, um fator de segurança de, no mínimo, 0% para que seja evitado esse problema. Outras condições, tais como, excessivas operações com carga e desligamentos por sobrecargas podem afetar a vida do disjuntor e devem ser consideradas no seu dimensionamento. F>,0 O fator segurança deve ser igual ou maior que 0% G Fator Regime de Carga O último fator a ser considerado é o Regime de Carga. Para cargas contínuas esse fator é de,2 e, para cargas intermitentes, é de 0. Uma carga é considerada contínua quando fica ligada por um período superior a três horas. Exemplo: Especificar o disjuntor e o condutor para um circuito trifásico, alimentando uma carga com corrente nominal de 0A em Vca. A corrente de curtocircuito calculada é de 3, ka e o disjuntor deverá ser instalado em um painel com trinta alimentadores de 00 metros acima do nível do mar. A temperatura interna do painel é de 40ºC e não existem harmônicos apreciáveis associados à carga. A carga não ficará ligada por mais de três horas. Solução: Levando em consideração todos os fatores, teremos: Ind = Inc x A x B x C x D x E x F x G Ind = 0 x x x x 4 x, x, x = 62,92A Disjuntor TED 34070, condutor de 2 mm 2. Fator de Multiplicação para correção da Capacidade de Ruptura de um Disjuntor com Fator de Potência diferente do usado no Teste Fator de Potência % Relação Y,732,984 2,293 2,6764 3,798 3,87 4,8990,673,4648,7967 6,69 6,92 7,072 7,6270 8,273 9,037 9, ,499 4,270 Capacidade de interrupção Máxima do Disjuntor Até FP =,40,0 0 0,97 0,93 0,89 0,86 0,82 0,78 0,77 0,76 0,7 0,74 0,73 0,72 0,72 0,7 0,70 0,69 0,68 0,67 0,66 Até 0 a 20 ka FP = 0,20, ,9 0,9 0,90 0,89 0,88 0,87 0,86 0,8 0,84 0,83 0,82 0,8 0,80 0,79 0,77 Acima de 20 ka FP = 0,0, ,99 0,98 0,97 0,96 0,9 0,93 0,92 0,9 0,90 0,89 0,88 0,87 0,8 Exemplo: O Disjuntor THJK apresenta capacidade de ruptura de em 240 Vca, quando utilizado em um sistema com fator de potência igual ou maior que 20%. Utilizando o mesmo disjuntor em um circuito com fator de potência igual a 0%, a capacidade de ruptura será: x 0,89 = 7,8 ka. Número de ciclos de operações para Disjuntores em Caixa Moldada () Regime Contínuo (Carga constante por mais de três horas),2 Regime Intermitente (Carga constante por menos de três horas) 0 Capacidade de Corrente do Disjuntor (A) Ciclo de Operações por Minuto 6 4 Com Correntes Número de Ciclos de Operações Sem Correntes Total () Um disjuntor deve ser capaz de realizar o número de operações estabelecidas, quando operando manualmente ou por intermédio de equipamento especialmente projetado para esse fim.

14 Edição MKTG/KE CAC Central de Atendimento ao Cliente (Regiões atendidas pela Vésper) Home Page e chat on line

GE Industrial Solutions. Disjuntores Industriais Norma NEMA. Disjuntores (10 a 1200A)

GE Industrial Solutions. Disjuntores Industriais Norma NEMA. Disjuntores (10 a 1200A) GE Industrial Solutions Disjuntores Industriais Norma NEMA Disjuntores ( a 1200A) 2 TED, THED Corrente Nominal (A) Tensão Máxima (Vca) Capacidade de Interrupção Simétrica (ka) Dimensões (mm) Peso (Kg)

Leia mais

MSA CONTROL Indústria Elétrica Ltda. Rua Iapó Casa Verde - São Paulo - SP - CEP:

MSA CONTROL Indústria Elétrica Ltda. Rua Iapó Casa Verde - São Paulo - SP - CEP: GE Energy Services Industrial Solutions MS CONTROL (11) 9611171 comercial@msacontrol.com.br Disjuntores Industriais Norma IEC TEDi / THEDi, TFKi / THFKi, TJKi / THJKi, TKMi / THKMi MS CONTROL Indústria

Leia mais

Disjuntor Nema. MSA CONTROL Indústria Elétrica Ltda. Rua Iapó 334 - Casa Verde - São Paulo - SP - CEP:02512.02

Disjuntor Nema. MSA CONTROL Indústria Elétrica Ltda. Rua Iapó 334 - Casa Verde - São Paulo - SP - CEP:02512.02 GE Energy Management Industrial Solutions MSA CONTROL (11) 39611171 comercial@msacontrol.com.br Disjuntor Nema Disjuntores (10 a 1200A) MSA CONTROL Indústria Elétrica Ltda. Rua Iapó 334 Casa Verde São

Leia mais

Disjuntores Industriais Norma IEC. GE Energy Services Industrial Solutions. GE imagination at work

Disjuntores Industriais Norma IEC. GE Energy Services Industrial Solutions. GE imagination at work GE Consumer & Industrial GE Energy Services Industrial Solutions Disjuntores Industriais Norma IEC TEDi / THEDi, TFKi / THFKi, TJKi / THJKi, TKMi / THKMi GE imagination at work 2 TEDi e THEDi Características

Leia mais

GE Industrial Solutions. Disjuntores Industriais Norma IEC. TEDi / THEDi. GE imagination at work. GE Consumer & Industrial

GE Industrial Solutions. Disjuntores Industriais Norma IEC. TEDi / THEDi. GE imagination at work. GE Consumer & Industrial GE Consumer & Industrial GE Industrial Solutions Disjuntores Industriais Norma IEC TEDi / THEDi GE imagination at work 2 TEDi e THEDi Características técnicas do produto NBR IEC 609472 TIPO Nº de pólos

Leia mais

MSA CONTROL Indústria Elétrica Ltda. Rua Iapó Casa Verde - São Paulo - SP - CEP:

MSA CONTROL Indústria Elétrica Ltda. Rua Iapó Casa Verde - São Paulo - SP - CEP: GE Energy Management Industrial Solutions MSA CONTROL (11) 61111 comercial@msacontrol.com.br Eletrônico Caixa Moldada Alta Capacidade de Ruptura MSA CONTROL Indústria Elétrica Ltda. Rua Iapó Casa Verde

Leia mais

GE imagination at work

GE imagination at work GE imagination at work * Foto Ilustrativa 1 Parte externa, termoplástica 2 Terminal superior Câmara de extinção de arco 4 Bobina responsável pelo disparo instantâneo (magnético) 5 Alavanca: 0 Desligado:

Leia mais

Motores Energia Automação Tintas. Disjuntores em Caixa Moldada

Motores Energia Automação Tintas. Disjuntores em Caixa Moldada Motores Energia Automação Tintas Tabela de Escolha Linha DWA - Disparadores Termomagnéticos Modelos Tripolares (versões de 2 e 4 pólos sob consulta) DWA160 DW161 Vca 690 690 690 690 690 Tensão Nominal

Leia mais

GE Industrial Consumer & Industrial

GE Industrial Consumer & Industrial GE Industrial Consumer & Industrial DISJUNTORES TED E THED Norma IEC Características técnicas do produto NBR IEC 609472 TIPO Nº de pólos Corrente Térmica e Nominal Ith = In () 40 C Categoria de utilização

Leia mais

Motores Automação Energia Tintas. Disjuntores em Caixa Moldada

Motores Automação Energia Tintas. Disjuntores em Caixa Moldada Motores Automação Energia Tintas da Tabela de Escolha Tensão Nominal Modelos Tripolares (versões de 2 e 4 pólos sob consulta) DWA 160 DW 161 Un Vca 690 690 690 690 690 Vcc 250 250 250 250 250 Corrente

Leia mais

Disjuntores Termomagnéticos

Disjuntores Termomagnéticos GE Energy Management Industrial Solutions MSA CONTROL (11) 3611171 comercial@msacontrol.com.br Disjuntores Termomagnéticos TQL / / THHQL MSA CONTROL Indústria Elétrica Ltda. Rua Iapó 334 Casa Verde São

Leia mais

Disjuntores em Caixa Moldada

Disjuntores em Caixa Moldada Disjuntores em Caixa Moldada Linha de disjuntores WEG: Linha DWA Proteção de circuitos elétricos e transformadores Linha DWM Proteção de motores Linha DWG Proteção de geradores Linha IWA Seccionamento

Leia mais

GE Energy Management Industrial Solutions. Dilos/Fulos/Fulos Plus. Chaves Seccionadoras sob Carga Chaves Seccionadoras sob Carga com Base Fusível

GE Energy Management Industrial Solutions. Dilos/Fulos/Fulos Plus. Chaves Seccionadoras sob Carga Chaves Seccionadoras sob Carga com Base Fusível GE Energy Management Industrial Solutions Dilos/Fulos/Fulos Plus Chaves Seccionadoras sob Carga Chaves Seccionadoras sob Carga com Base Fusível 2 Dilos/Fulos Chaves rotativas sob carga Dilos, Fulos e Fulos

Leia mais

Garantindo proteção e seccionamento sob carga com Fupact

Garantindo proteção e seccionamento sob carga com Fupact Garantindo proteção e seccionamento sob carga com Fupact Performance industrial. Seccionamento sob carga. Interruptor-seccionador com bases para fusíveis NH Fupact INFD de 63 a 630A. Fupact reduz os custos

Leia mais

Experiência 02 Ensaio do Disjuntor de Baixa Tensão

Experiência 02 Ensaio do Disjuntor de Baixa Tensão Universidade Federal de Santa Catarina Departamento de Engenharia Elétrica Laboratório de Materiais Elétricos EEL 7051 Professor Clóvis Antônio Petry Experiência 02 Ensaio do Disjuntor de Baixa Tensão

Leia mais

ACW Disjuntor em Caixa Moldada ACW. Motores I Automação I Energia I Transmissão & Distribuição I Tintas

ACW Disjuntor em Caixa Moldada ACW. Motores I Automação I Energia I Transmissão & Distribuição I Tintas ACW Disjuntor em Caixa Moldada ACW Motores I Automação I Energia I Transmissão & Distribuição I Tintas Disjuntor em Caixa Moldada ACW Com design moderno, compacto e disponíveis em 4 frames e correntes

Leia mais

Disjuntores Caixa Moldada

Disjuntores Caixa Moldada isjuntores Caixa Moldada isparadores Térmico e Magnético Ajustável Microprocessado SE 1. Aplicação São usado em circuitos elétricos que permitem obter funções que garantem uma elevada precisão de disparo,

Leia mais

Disjuntores Industriais em Caixa Moldada

Disjuntores Industriais em Caixa Moldada Disjuntores Industriais em Caixa Moldada LINHA DS Os Disjuntores em Caixa Moldada tem a função de proteger circuitos elétricos, geralmente em instalações industriais. A faixa de correntes nominais disponíveis

Leia mais

FICHA TÉCNICA CJX2-P CONTATOR TRIPOLAR. 12A a 32 A (circuito de comando em 24 Vcc) Página 1

FICHA TÉCNICA CJX2-P CONTATOR TRIPOLAR. 12A a 32 A (circuito de comando em 24 Vcc) Página 1 FICHA TÉCNICA CJX2-P CONTATOR TRIPOLAR 12A a 2 A (circuito de comando em 24 Vcc) Página 1 Contatores de Potência Tripolares CJX2-P Generalidade O contator é um dispositivo de manobra. Quando a bobina do

Leia mais

Disjuntores Automáticos Modulares Disjuntores Automáticos modulares 1. Informações gerais

Disjuntores Automáticos Modulares Disjuntores Automáticos modulares 1. Informações gerais Aparelhagem Modular em calha DIN Disjuntores Automáticos modulares. formações gerais. Função Protecção contra correntes de curto-circuito Protecção contra sobreintensidades Corte Isolamento. Selecção Dados

Leia mais

Contator tripolar - Comando em Corrente Alternada Ficha Técnica CJX1B-CJX1F CONTATOR TRIPOLAR. 9A a 400 A. Página 1

Contator tripolar - Comando em Corrente Alternada Ficha Técnica CJX1B-CJX1F CONTATOR TRIPOLAR. 9A a 400 A. Página 1 Ficha Técnica CJX1B-CJX1F CONTATOR TRIPOLAR 9A a 400 A Página 1 Contatores de Potência Tripolares CJX1B ou CJX1F Generalidade O contator é um dispositivo de manobra. Quando a bobina do eletroimã é colocada

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Relés de Sobrecarga Térmico

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Relés de Sobrecarga Térmico Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Automação Relés de Sobrecarga Térmico Relés de Sobrecarga Térmico RW17...407 - Panorama Geral 9 1 3 8 4 1 11 6 10 5 13 7 1 - RW17-1D (montagem

Leia mais

Com a Siemens, você chega primeiro. Disjuntores 5SX, 5SP e 5SY. Proteção de instalações elétricas de baixa tensão

Com a Siemens, você chega primeiro. Disjuntores 5SX, 5SP e 5SY. Proteção de instalações elétricas de baixa tensão Com a Siemens, você chega primeiro es SX, SP e SY Proteção de instalações elétricas de baixa tensão es SX, SP, SY - Sistema N Os es Siemens são equipamentos de alta tecnologia que protegem fios e cabos

Leia mais

Proteção com Tecnologia e Qualidade

Proteção com Tecnologia e Qualidade Linha Eletromec Fusíveis e Seccionadoras, Minidisjuntores, Interruptores diferenciais residuais, Protetores contra Surto, Disjuntores em caixa moldada. Proteção com Tecnologia e Qualidade Tendo os produtos

Leia mais

Modelo CSL de 15kV e 20kV Seccionador Unipolar

Modelo CSL de 15kV e 20kV Seccionador Unipolar Modelo CSL de 15kV e 20kV Seccionador Unipolar Documento sujeito a alterações. Moving together 2 1. PLICÇÕES 1. PLICÇÕES s chaves a óleo tipo CSL são projetadas para chaveamento de banco de capacitores,

Leia mais

Contatores e combinações de contatores

Contatores e combinações de contatores Dispositivo /06/0 :8 Page 86 es e combinações de contatores es para manobra de motores es 3RT Schütze und Schützkombinationen s a S2 Circuito auxiliar Dados nominais dos contatos auxiliares conforme IEC

Leia mais

BR03 SECCIONADORAS KNS, KNF E KNT.

BR03 SECCIONADORAS KNS, KNF E KNT. BR03 SECCIONADORAS KNS, KNF E KNT www.krausnaimer.com.br Seccionadoras KNS Produzidas de acordo com as normas IEC 60947-3, as seccionadoras da Kraus & Naimer, são compactas e resistentes. Fabricadas com

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Relés de Sobrecarga Eletrônico Linha RW_E

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Relés de Sobrecarga Eletrônico Linha RW_E Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Automação Relés de Sobrecarga Eletrônico Linha RW_E Relés de Sobrecarga Eletrônico - RW_E Precisão e Confiabilidade na Proteção de Motores Elétricos

Leia mais

DISJUNTORES. Funções. b Proteção contra curtos-circuitos b Proteção dos cabos contra sobrecargas 1P. Disjuntores. 2P Disjuntores.

DISJUNTORES. Funções. b Proteção contra curtos-circuitos b Proteção dos cabos contra sobrecargas 1P. Disjuntores. 2P Disjuntores. 5 ka 127/230 V - 3 ka 230/400 V NOVIDADE NOVIDADE NOVIDADE DISJUNTORES b Proteção contra curtos-circuitos b Proteção dos cabos contra sobrecargas 2 A - EZ9F33102 4 A - EZ9F33104 6 A EZ9F13106 EZ9F33106

Leia mais

FICHA TÉCNICA JR-28 RELÉS DE PROTEÇÃO TÉRMICA. (compensado e diferencial) Página 1

FICHA TÉCNICA JR-28 RELÉS DE PROTEÇÃO TÉRMICA. (compensado e diferencial) Página 1 FICHA TÉCNICA JR-28 RELÉS DE PROTEÇÃO TÉRMICA (compensado e diferencial) Página 1 JR-28 RELÉS DE PROTEÇÃO CONTRA AS SOBRECARGAS Generalidades O relé térmico tripolar (eletromecânico) com bimetálico modelo

Leia mais

Contatores e combinações de contatores

Contatores e combinações de contatores Dispositivo 5/06/005 :7 Page 7 RH Tamanho Posição de montagem Os contatores são projetados para fixação em superfície vertical. cionamento em C e CC Montagem em superfície horizontal (somente para RH cionamento

Leia mais

Mini-Disjuntores. GE Industrial Solutions. GE imagination at work. Aplicações comerciais e industriais Norma IEC (0,5-125A) GE Consumer & Industrial

Mini-Disjuntores. GE Industrial Solutions. GE imagination at work. Aplicações comerciais e industriais Norma IEC (0,5-125A) GE Consumer & Industrial GE Consumer & Industrial GE Industrial Solutions Produzidos no Brasil Séries G5 e G0 MiniDisjuntores Aplicações comerciais e industriais Norma IEC (0,5 A) GE imagination at work 2 1 Parte externa, termoplástica

Leia mais

Soluções para proteção elétrica

Soluções para proteção elétrica Catálogo Técnico Soluções para proteção elétrica Mini disjuntores Interruptores diferenciais Blocos diferenciais 200-06/2007-1 Soluções para proteção elétrica ÍNDICE Soluções para proteção elétrica Tabela

Leia mais

Materiais Elétricos Lançamentos/2016

Materiais Elétricos Lançamentos/2016 WWW.SOPRANO.COM.BR Materiais Elétricos Lançamentos/2016 Botoeiras e Sinalizadores A linha de botoeiras e sinalizadores foi projetada para o mercado de automação de máquinas, acionamentos e comandos comerciais

Leia mais

Disjuntor Tripolar a Vácuo de MT Série HAF

Disjuntor Tripolar a Vácuo de MT Série HAF Disjuntor Tripolar a Vácuo de MT Série HAF Tensão Nominal (kv) 7,2 12 15 24 Capacidade de interrupção nominal ka Capacidade de estabelecimento ka 80 100 1 80 100 1 80 100 12,5 16 20 0A HAF10414 HAF10514

Leia mais

DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES

DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES Os seis critérios de dimensionamento de circuitos de BT: 1. Seção mínima; 2. Capacidade de condução de corrente; 3. Queda de tensão; 4. Proteção contra sobrecargas; 5. Proteção

Leia mais

holec Chaves Comutadoras a l t a s e g u r a n ç a n a b a i x a t e n s ã o

holec Chaves Comutadoras a l t a s e g u r a n ç a n a b a i x a t e n s ã o s s a l t a s e g u r a n ç a n a b a i x a t e n s ã o 1 BB 32 BB 32-1250/4 Tripolar /3 BB 32-250/3 BB 32-400/3 BB 32-630/3 BB 32-1000/3 BB 32-1250/3 0/3 Tetrapolar /4 BB 32-250/4 BB 32-400/4 BB 32-630/4

Leia mais

SELEÇÃO DOS DISPOSITIVOS DE PROTEÇÃO

SELEÇÃO DOS DISPOSITIVOS DE PROTEÇÃO UNIDADE IV SELEÇÃO DOS DISPOSITIVOS DE PROTEÇÃO 1. INTRODUÇÃO Como parte integrante das instalações elétricas de interiores estão os disjuntores termomagnéticos e os interruptores diferenciais, cujas funções

Leia mais

Soluções para proteção elétrica

Soluções para proteção elétrica Soluções para proteção elétrica Soluções para proteção elétrica Tabela geral... 2 Linha Padrão... 5... 5...... 7... 8... 9 Linha Completa... 11... 12... 15...... 18... 19...... 22... 24... 25 Linha Alta

Leia mais

Disjuntores 5SY4 e 5SY5. Proteção para instalações elétricas de baixa tensão.

Disjuntores 5SY4 e 5SY5. Proteção para instalações elétricas de baixa tensão. Disjuntores SY e SY Proteção para instalações elétricas de baixa tensão www.siemens.com.br/protecao Mini Disjuntores SY e SY Utilizados tipicamente em instalações industriais, comerciais e de infraestrutura,

Leia mais

Painel com disjuntores

Painel com disjuntores Painel com disjuntores AR Tomadas/Plugs Painéis A prova de tempo e jatos potentes d água Características Construtivas Painel de distribuição, alimentação, proteção, etc. montados em invólucros fabricados

Leia mais

Distribuição e proteção de circuitos elétricos de baixo tensão Correntes nominais ajustáveis Correntes nominais até 1600A Disparador eletrônico de

Distribuição e proteção de circuitos elétricos de baixo tensão Correntes nominais ajustáveis Correntes nominais até 1600A Disparador eletrônico de Distribuição e proteção de circuitos elétricos de baixo tensão Correntes nominais ajustáveis Correntes nominais até 1600A Disparador eletrônico de sobrecorrente para sobrecarga e curto circuito Conformidade

Leia mais

Disjuntores Abertos Linha SA

Disjuntores Abertos Linha SA Disjuntores Abertos Linha SA Disponível nas correntes de 1.600 a 4.000A, o atende a norma NBR IEC 60.947-2, categoria B de utilização. Fabricado com relé microprocessado LSIG, a linha de disjuntores abertos

Leia mais

2º Bimestre. Prof. Evandro Junior Rodrigues. Agosto Evandro Junior Rodrigues

2º Bimestre. Prof. Evandro Junior Rodrigues. Agosto Evandro Junior Rodrigues 2º Bimestre Prof. Evandro Junior Rodrigues Agosto 2016 Evandro Junior Rodrigues Robôs M óveis e sua Aplicação em Sumário Transformadores Geração + Transmissão + Distribuição Proteção contra sobrecorrente

Leia mais

SOFT STARTER DE BAIXA TENSÃO TRACCON

SOFT STARTER DE BAIXA TENSÃO TRACCON SOFT STARTER DE BAIXA TENSÃO TRACCON 144 Varixx Soluções Inovadoras em Eletrônica varixx.com.br APLICAÇÕES Partida suave de motores elétricos de indução trifásicos BENEFÍCIOS Fácil e rápida instalação

Leia mais

Disjuntores 3VT. Disjuntores 3VT em caixa moldada até 1600 A.

Disjuntores 3VT. Disjuntores 3VT em caixa moldada até 1600 A. es 3VT es 3VT em caixa moldada até 1600 A www.siemens.com/3vt es 3VT em caixa moldada até 1600 A Para manobra e proteção de instalações elétricas de baixa tensão. Design Compacto Simples e Prático Ampla

Leia mais

ELETRICIDADE INDUSTRIAL. Dispositivos de Acionamentos Elétricos

ELETRICIDADE INDUSTRIAL. Dispositivos de Acionamentos Elétricos ELETRICIDADE INDUSTRIAL Dispositivos de Acionamentos Elétricos Contatos Em acionamentos, as chaves podem assumir duas posições: NA (normalmente aberto) inglês NO Os pinos recebem dígitos 3 e 4 NF (normalmente

Leia mais

MQ5 CHAVE DE TRANSFERÊNCIA AUTOMATIZADA (ABERTURA SEM CARGA) MANUAL DE FUNCIONAMENTO

MQ5 CHAVE DE TRANSFERÊNCIA AUTOMATIZADA (ABERTURA SEM CARGA) MANUAL DE FUNCIONAMENTO MQ5 CHAVE DE TRANSFERÊNCIA AUTOMATIZADA (ABERTURA SEM CARGA) MANUAL DE FUNCIONAMENTO Chave de transferência automatizada - série MQ5 Um Tipo e significado MQ5 o tipo de controle (I; 0; II) o número de

Leia mais

Chave seccionadora S32 com base para fusível NH

Chave seccionadora S32 com base para fusível NH SF 32 Chave seccionadora S32 com base para fusível NH oferta de chaves montadas em uma estrutura simples, com três bases para fusíveis NH acopladas, está mais direcionada para montadores de painéis e para

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA N ODMN-VIT-ET SOFT-START PARA CONTROLE DE PARTIDA E PARADA DE MOTORES DE INDUÇÃO DE BAIXA TENSÃO ABRIL DE 2015

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA N ODMN-VIT-ET SOFT-START PARA CONTROLE DE PARTIDA E PARADA DE MOTORES DE INDUÇÃO DE BAIXA TENSÃO ABRIL DE 2015 SOFT-START PARA CONTROLE DE PARTIDA E PARADA DE MOTORES DE INDUÇÃO DE BAIXA TENSÃO ABRIL DE 2015 1/6 1 Descrição Soft-starter de baixa tensão trifásico para controle de partida e parada suaves de motor

Leia mais

Disjuntores. Para instalações elétricas prediais e comerciais

Disjuntores. Para instalações elétricas prediais e comerciais Para instalações elétricas prediais e comerciais Para instalações elétricas prediais e comerciais Tabela de escolha 3VF22 mono / bi / 1) 3VF23 1) (ºC) 0 125 Tensão máxima 415 415 máxima de interrupção

Leia mais

DISPOSITIVOS. Seccionadoras de Seccionamento Interruptores Contatores. De Proteção Contra Curto-Circuito

DISPOSITIVOS. Seccionadoras de Seccionamento Interruptores Contatores. De Proteção Contra Curto-Circuito DISPOSITIVOS Seccionadoras de Seccionamento Interruptores Contatores Contra Sobrecarga De Proteção Contra Curto-Circuito Relé Térmico Fusíveis Sobrecarga - corrente elétrica acima da corrente nominal projetada

Leia mais

Disjuntores 3VT em caixa moldada até 1600 A

Disjuntores 3VT em caixa moldada até 1600 A es 3VT es 3VT em caixa moldada até 1600 A www.siemens.com.br/3vt es 3VT em caixa moldada até 1600 A Para manobra e proteção de instalações elétricas de baixa tensão. Design Compacto Simples e Prático Ampla

Leia mais

MQ5 CHAVE DE TRANSFERÊNCIA AUTOMATIZADA (ABERTURA SEM CARGA) MANUAL DE FUNCIONAMENTO

MQ5 CHAVE DE TRANSFERÊNCIA AUTOMATIZADA (ABERTURA SEM CARGA) MANUAL DE FUNCIONAMENTO MQ5 CHAVE DE TRANSFERÊNCIA AUTOMATIZADA (ABERTURA SEM CARGA) MANUAL DE FUNCIONAMENTO Chave de transferência automatizada - série MQ5 Um Tipo e significado MQ5 o tipo de controle (I; 0; II) o número de

Leia mais

Instalações Elétricas Industriais

Instalações Elétricas Industriais Instalações Elétricas Industriais ENG 1480 Professor: Rodrigo Mendonça de Carvalho Dimensionamento de Condutores Elétricos Livro: João Mamede Filho Instalações Elétricas Industriais 2 Dimensionamento de

Leia mais

CONSTRUÇÃO MECÂNICA E FUNCIONAMENTO DOS FUSÍVEIS SENNER-HH

CONSTRUÇÃO MECÂNICA E FUNCIONAMENTO DOS FUSÍVEIS SENNER-HH INTRODUÇÃO: Seguindo o espírito das publicações anteriores, a SENNER põe mais ênfase na aplicação dos fusíveis em seus catálogos. Fusíveis por si são componentes com especificações bem definidas e internacionalmente

Leia mais

Catalogo Técnico. Disjuntor em Caixa Moldada FM1-250L FM1-400L

Catalogo Técnico. Disjuntor em Caixa Moldada FM1-250L FM1-400L Catalogo Técnico Disjuntor em Caixa Moldada FM1-250L FM1-400L Disjuntores FM1 - Linha de Disjuntores em Caixa moldada Os disjuntores FM1, projetados para aplicações em distribuição de energia elétrica

Leia mais

Fontes de Alimentação

Fontes de Alimentação ProLine Tecnologia de Interface Fontes de Alimentação Fonte de alimentação de 24 Vcc A Tarefa Os transmissores e condicionadores de sinais não alimentados pela malha de medição precisam de alimentação

Leia mais

Conversão de Energia II

Conversão de Energia II Departamento de Engenharia Elétrica Aula 5.2 Acionamento e Controle dos Motores de Indução Trifásico Prof. João Américo Vilela Exercício 1 Para o motor de indução trifásico que tem as curva de torque,

Leia mais

Proteção Diferencial. GE Energy Services Industrial Solutions. imagination at work

Proteção Diferencial. GE Energy Services Industrial Solutions. imagination at work GE Consumer & Industrial GE Energy Services Industrial Solutions Proteção Diferencial DR - Interruptor Diferencial Residual DDR - Disjuntor com Proteção Diferencial DOC (Diff-o-Click) - Blocos Diferenciais

Leia mais

KIT DIDÁTICO DE ELETROTÉCNICA

KIT DIDÁTICO DE ELETROTÉCNICA KIT DIDÁTICO DE ELETROTÉCNICA MODELO: EE0003 APRESENTAÇÃO O Kit de Eletrotécnica (EE0003B) é composto de módulos de placas individuais e removíveis para montagem na Bancada Principal (EE0204), contendo

Leia mais

Fusíveis. Proteção de instalações elétricas em baixa tensão

Fusíveis. Proteção de instalações elétricas em baixa tensão Fusíveis Proteção de instalações elétricas em baixa tensão Índice Fusíveis DIAZED 4 Fusíveis ultra-rápidos SILIZED 9 Fusíveis NH 12 Fusíveis NEOZED 17 Seccionadores-fusível MINIZED 21 Fusíveis cilíndricos

Leia mais

Eletricidade Aplicada. Aulas Teóricas Professor: Jorge Andrés Cormane Angarita

Eletricidade Aplicada. Aulas Teóricas Professor: Jorge Andrés Cormane Angarita Eletricidade Aplicada Aulas Teóricas Professor: Jorge Andrés Cormane Angarita Dimensionamento de Condutores Elétricos I Circuitos Elétricos Residenciais Dimensionamento Consiste em determinar a seção mínima

Leia mais

Princípio de funcionamento Aplicações Características elétricas Características mecânicas Entrada de tensão (medição)

Princípio de funcionamento Aplicações Características elétricas Características mecânicas Entrada de tensão (medição) 1 ANO DE GARANTIA Apresentação Os transdutores analógicos de potência têm por nalidade converter a potência ativa e/ou reativa de um sistema em um sinal contínuo (de tensão ou corrente) e isolado galvanicamente

Leia mais

Seccionadoras Compactas Chaves Seccionadoras Compactas MSW. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

Seccionadoras Compactas Chaves Seccionadoras Compactas MSW. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Seccionadoras Compactas Chaves Seccionadoras Compactas MSW Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas www.we.net Seccionadoras Compactas MSW As chaves da linha MSW foram desenvolvidas de

Leia mais

Disjuntores em Caixa Moldada

Disjuntores em Caixa Moldada Disjuntores em Caixa Moldada Linha de disjuntores WEG: Linha DWA Proteção de circuitos elétricos e transformadores Linha DWM Proteção de motores Linha DWG Proteção de geradores Linha IWA Seccionamento

Leia mais

Disjuntores. 2º Bimestre

Disjuntores. 2º Bimestre Disjuntores 2º Bimestre Prof. Dezembro 2016 01/12/2016 1 / 30 Sumário Introdução Proteção contra sobrecorrente Proteção contra choques elétricos 01/12/2016 2 / 30 1. Proteção contra sobrecorrente Sobrecarga:

Leia mais

, EN

, EN Distribuição e proteção de circuitos elétricos de baixa tensão Correntes nominais de 100 até 1600A (ajustáveis) Disparador eletrônico de sobrecorrente (proteção contra sobrecarga e curto circuito) Conformidade

Leia mais

DISPOSITIVOS DE MANOBRA E PROTEÇÃO

DISPOSITIVOS DE MANOBRA E PROTEÇÃO DISPOSITIVOS DE MANOBRA SÃO EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS DESTINADOS A LIGAR OU DESLIGAR UM CIRCUITO EM CONDIÇÕES NORMAIS DE OPERAÇÃO. EXEMPLOS: CHAVES SECCIONADORAS, BOTÕES DE COMANDO. CARACTERÍSTICAS: NÃO EXISTE

Leia mais

Produtos de Baixa Tensão. Disjuntor em caixa moldada Linha Formula. Disjuntores Fórmula_2011.indd 1

Produtos de Baixa Tensão. Disjuntor em caixa moldada Linha Formula. Disjuntores Fórmula_2011.indd 1 Produtos de Baixa Tensão Disjuntor em caixa moldada Linha Formula Disjuntores Fórmula_2011.indd 1 04/11/11 07:17 Simplicidade e qualidade A linha de disjuntores em caixa moldada FORMULA é o resultado da

Leia mais

MATERIAIS PARA REDES APARELHAGEM AT E MT

MATERIAIS PARA REDES APARELHAGEM AT E MT MATERIAIS PARA REDES APARELHAGEM AT E MT Disjuntores AT 72,5 kv Características Elaboração: DNT Homologação: conforme despacho do CA de 2007-02-13 Edição: 2ª. Substitui a edição de DEZ 1995 Emissão: EDP

Leia mais

1. FINALIDADE. Estabelecer os requisitos a serem atendidos para o fornecimento de medidor eletrônico de energia elétrica. 2. ÂMBITO DE APLICAÇÃO

1. FINALIDADE. Estabelecer os requisitos a serem atendidos para o fornecimento de medidor eletrônico de energia elétrica. 2. ÂMBITO DE APLICAÇÃO MANUAL ESPECIAL SISTEMA DE SERVIÇOS E CONSUMIDORES SUBSISTEMA MEDIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA E-321.0015 MEDIDOR ELETRÔNICO DE ENERGIA ELÉTRICA COM SAÍDA RS485 1/8 1. FINALIDADE Estabelecer os requisitos a

Leia mais

Instalações Elétricas Prediais A ENG04482

Instalações Elétricas Prediais A ENG04482 Instalações Elétricas Prediais A ENG04482 Prof. Luiz Fernando Gonçalves AULA 12 Dimensionamento de Condutores (Critério da capacidade de corrente) Porto Alegre - 2012 Tópicos Dimensionamento de condutores

Leia mais

Conversão de Energia II

Conversão de Energia II Departamento de Engenharia Elétrica Aula 3.4 Motor de Indução Trifásico Prof. João Américo Vilela Torque x velocidade Rotores de Barras Profundas e Dupla Gaiola de Esquilo Com o rotor parado a frequência

Leia mais

KIT DIDÁTICO DE ELETROTÉCNICA

KIT DIDÁTICO DE ELETROTÉCNICA KIT DIDÁTICO DE ELETROTÉCNICA MODELO: EE0204.EE0003 DESCRIÇÃO O Kit de Eletrotécnica (EE0003) é composto de módulos de placas individuais e removíveis para montagem na Bancada Principal (EE0204), contendo

Leia mais

ESTUDO DE PROTEÇÃO CONTRA SOBRECORRENTES SOBRECARGA E CURTO-CIRCUITO

ESTUDO DE PROTEÇÃO CONTRA SOBRECORRENTES SOBRECARGA E CURTO-CIRCUITO ESTUDO DE PROTEÇÃO CONTRA SOBRECORRENTES SOBRECARGA E CURTO-CIRCUITO Prof. Marcos Fergütz agosto/2016 O item 5.3 da NBR5410/04 trata da Proteção Contra Sobrecorrentes, sendo obrigatório que todos os condutores

Leia mais

Chave Seccionadora Abertura Sob Carga Isolada em SF6. Power Quality

Chave Seccionadora Abertura Sob Carga Isolada em SF6. Power Quality Chave Seccionadora Abertura Sob Carga Isolada em SF6 Power Quality Introdução As chaves de abertura sob carga isoladas em SF6, modelo JK-Arteche foram projetadas para atender as crescente exigências do

Leia mais

Multimedidor MKM-G. [1] Introdução. [2] Princípio de funcionamento. [6] Características Elétricas. [3] Aplicações. [4] Grandezas medidas.

Multimedidor MKM-G. [1] Introdução. [2] Princípio de funcionamento. [6] Características Elétricas. [3] Aplicações. [4] Grandezas medidas. [1] Introdução O Multimedidor MKM-G é um instrumento digital microprocessado, para instalação em porta de painel, que permite a monitoração dos parâmetros básicos de um GMG (grupo moto gerador). Pode ser

Leia mais

POWERTRANS ELETR RÔNICA INDUSTRIAL Manual Técnico de Instalação e Operação RETIFICADOR TRIFÁSICO NÃO REALIMENTADO

POWERTRANS ELETR RÔNICA INDUSTRIAL Manual Técnico de Instalação e Operação RETIFICADOR TRIFÁSICO NÃO REALIMENTADO POWERTRANS Eletrônica Industrial Ltda. Rua Ribeiro do Amaral, 83 Ipiranga SP - Fone/Fax: (11) 2063-9001 E-mail: powertrans@powertrans.com.br Site: www.powertrans.com.br Manual Técnico de Instalação e Operação

Leia mais

Note os contatos auxiliares NF que fazem com que jamais as contactoras C1 e C2 possam ser energizadas simultaneamente.

Note os contatos auxiliares NF que fazem com que jamais as contactoras C1 e C2 possam ser energizadas simultaneamente. Note os contatos auxiliares NF que fazem com que jamais as contactoras C1 e C2 possam ser energizadas simultaneamente. 4.4. Chave de Partida Série-Paralelo As chaves de partida série-paralelo são utilizadas

Leia mais

GE Energy Management Industrial Solutions. Record SL. Disjuntores Caixa Moldada. imagination at work

GE Energy Management Industrial Solutions. Record SL. Disjuntores Caixa Moldada. imagination at work GE Energy Management Industrial olutions Record L Disjuntores Caixa Moldada imagination at work 2 Record L Disjuntores Caixa Moldada A nova linha de disjuntores Record L possui a mesma concepção de design,

Leia mais

Painel com disjuntores Ex d / Ex tb

Painel com disjuntores Ex d / Ex tb Tomadas/Plugs Painéis Painel com disjuntores Ex d / Ex tb A prova de explosão, tempo e jatos potentes d água Características Construtivas Painel de distribuição, alimentação, proteção, etc. montados em

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Motores utomação Energia Transmissão & Distribuição Tintas utomação Minidisjuntores MDW e MDWH Quadros de Distribuição QDW Disjuntores em Caixa Moldada Predial DWP Interruptores Diferenciais Residuais

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. DWB e DWA Disjuntores em Caixa Moldada DWB e DWA

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. DWB e DWA Disjuntores em Caixa Moldada DWB e DWA Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas DWB e DWA Disjuntores em Caixa Moldada DWB e DWA Disjuntores em Caixa Moldada Disjuntores em Caixa Moldada DWB e DWA Sumário Apresentação 0 Características

Leia mais

Mini-Disjuntores. MSA CONTROL Indústria Elétrica Ltda. Rua Iapó 334 - Casa Verde - São Paulo - SP - CEP:02512.02

Mini-Disjuntores. MSA CONTROL Indústria Elétrica Ltda. Rua Iapó 334 - Casa Verde - São Paulo - SP - CEP:02512.02 GE Consumer & Industrial GE Energy Management Industrial Solutions MSA CONTROL () 397 comercial@msacontrol.com.br Produzidos no Brasil s GE30/G5/G0 MiniDisjuntores Norma IEC (0,5 A) MSA CONTROL Indústria

Leia mais

Unidade de Distribuição de Energia: GE PDU. Proteção à alimentação elétrica Avançada para cargas não-lineares. GE Digital Energy Power Quality

Unidade de Distribuição de Energia: GE PDU. Proteção à alimentação elétrica Avançada para cargas não-lineares. GE Digital Energy Power Quality GE Digital Energy Power Quality Unidade de Distribuição de Energia: GE PDU Proteção à alimentação elétrica Avançada para cargas não-lineares GE imagination at work 2 UNIDADE DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA:

Leia mais

Atividade prática Partida triângulo + cálculos para motores

Atividade prática Partida triângulo + cálculos para motores Objetivos da aula Atividade prática Partida triângulo + cálculos para motores Partir motores de indução trifásicos; Entender a ligação triângulo e seus conceitos básicos; e Cálculos úteis para motores.

Leia mais

Chaves comutadoras sob carga

Chaves comutadoras sob carga Chaves comutadoras sob carga SS32 BB32 BBM STR32 BYP32 lado a lado 3 a 3150A back to back de 10 a 100A motorizada de 30 a 100A para aterramento de 10 a 00A bypass de 10 a 100A Fornecidas nas versões e

Leia mais

PEA LABORATÓRIO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS I DISPOSITIVOS DE COMANDO (COM_EA) RELATÓRIO

PEA LABORATÓRIO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS I DISPOSITIVOS DE COMANDO (COM_EA) RELATÓRIO PEA 2401 - LABORATÓRIO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS I DISPOSITIVOS DE COMANDO (COM_EA) RELATÓRIO NOTA Grupo:......... Professor:...Data:... Objetivo:......... 1 - ROTEIRO 1.1 - Análise das características

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Contatores para Aplicações de Segurança - Linha CWBS

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Contatores para Aplicações de Segurança - Linha CWBS Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Automação Contatores para Aplicações de Segurança - Linha CWBS Contatores para Aplicações de Segurança - Linha CWBS Sumário Introdução 04 Benefícios

Leia mais

Relés Temporizadores RTW

Relés Temporizadores RTW Relés Temporizadores RTW 5 Funções de 6 Faixas de, de 0,s a 0min Circuito Eletrônico com elevada precisão e imunidade a ruídos Compacto, com 22,5 mm de largura, montado sobre trilho ou com parafuso Indicação

Leia mais

Proteção Diferencial

Proteção Diferencial GE Consumer & Industrial GE Energy Management Industrial Solutions Proteção Diferencial DR - Interruptor Diferencial Residual DDR - Disjuntor com Proteção Diferencial DOC (Diff-o-Click) - Blocos Diferenciais

Leia mais

APW11 Inversor de Frequência Autoportante. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

APW11 Inversor de Frequência Autoportante. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas APW11 Inversor de Frequência Autoportante Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas APW11 - Inversor de frequência autoportante É uma solução tecnológica e inovadora utilizada no acionamento

Leia mais

PRODUTO: CHM-T-C-P FOLHA TÉCNICA 1/5

PRODUTO: CHM-T-C-P FOLHA TÉCNICA 1/5 PRODUTO: CHM-T-C-P FOLHA TÉCNICA 1/5 APLICAÇÃO O sistema de comprovação de estanqueidade é aplicado de modo a possibilitar a identificação da ocorrência de vazamento de combustível através das válvulas

Leia mais

GE Energy Management Industrial Solutions. Contax. Para Todas as Aplicações de Controle e Automação Predial. GE imagination at work

GE Energy Management Industrial Solutions. Contax. Para Todas as Aplicações de Controle e Automação Predial. GE imagination at work GE Energy Management Industrial Solutions Contax Para Todas as Aplicações de Controle e Automação Predial GE imagination at work Contatores Modulares Contax Funções Contatores são chaves controladas eletromecanicamente

Leia mais

Cabos nus de alumínio para eletrificação rural

Cabos nus de alumínio para eletrificação rural Cabos nus de alumínio para eletrificação rural Introdução Este catálogo apresenta os cabos nus de alumínio (CA) e alumínio com alma de aço (CAA), de fabricação Prysmian, nas bitolas padronizadas para distribuição

Leia mais

CONTATORES. Contator 1) Tipo Corrente nominal máxima AC-1 (A) Corrente nominal máxima (A) 2) ,5 72 (111) 6)

CONTATORES. Contator 1) Tipo Corrente nominal máxima AC-1 (A) Corrente nominal máxima (A) 2) ,5 72 (111) 6) Contatores de potência RT0, TF6 Motores trifásicos Potências máximas AC / AC, 60 Hz em 0 V 80 V V máxima Contator ) máxima AC DIAZED, NH (coordenação na IEC 6097) ( ) 0,6 / 0, 0,6 / 0, 0, RT0 A ) 8 7,

Leia mais

Anexo V - Quadro de Saída do No-Break para Iluminação do Plenário QSNB-ILUM-PLENÁRIO

Anexo V - Quadro de Saída do No-Break para Iluminação do Plenário QSNB-ILUM-PLENÁRIO Anexo V - Quadro de Saída do No-Break para Iluminação do Plenário QSNB-ILUM-PLENÁRIO APRESENTAÇÃO Quadro de sobrepor ou autoportante, padrão TTA, composto de tantas caixa(s) e cela(s) para cabos quanto

Leia mais

Entre (F / N), (F / PE) e (F / PEN) Tecnologia de proteção. Varistor de Óxido de Zinco - MOV Tempo de resposta

Entre (F / N), (F / PE) e (F / PEN) Tecnologia de proteção. Varistor de Óxido de Zinco - MOV Tempo de resposta VC L Dispositivo de Proteção contra Surtos (DPS) com tecnologia de proteção baseada na utilização de varistor de óxido de zinco (). -Três locais para marcadores/identificadores; -Encaixe em trilho ( linha

Leia mais

Contactos Auxiliares XF9 para NB1, NBH8, NB1L, NB3LE, NBH8LE

Contactos Auxiliares XF9 para NB1, NBH8, NB1L, NB3LE, NBH8LE Contactos Auxiliares XF9 para NB1, NBH8, NB1L, NB3LE, NBH8LE 1. Informações gerais Indicação da posição dos contactos do disjuntor. Montados no lado esquerdo dos Disjuntores Automáticos ou Disjuntores

Leia mais