Matéria elaborada com base na legislação vigente em:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Matéria elaborada com base na legislação vigente em:"

Transcrição

1 CALÇADOS E SUAS PARTES - Suspensão do IPI Matéria elaborada com base na legislação vigente em: Sumário: 1 - INTRODUÇÃO 2 - AQUISIÇÕES DE MATÉRIA-PRIMA, PRODUTO INTERMEDIÁRIO E MATERIAL DE EMBALAGEM Declaração ao Vendedor 3 - DESEMBARAÇO ADUANEIRO 4 - INFORMAÇÕES PARA A RECEITA FEDERAL 5 - CARACTERÍSTICA DA PREPONDERÂNCIA 6 - DIREITO À AQUISIÇÃO OU IMPORTAÇÃO COM SUSPENSÃO DO IPI 7 - MANUTENÇÃO DO CRÉDITO 8 - OBSERVAÇÃO NA NOTA FISCAL 9 - NÃO APLICABILIDADE DA SUSPENSÃO DO IPI 10 - CONSIDERAÇÕES SOBRE RECEITA BRUTA 1 - INTRODUÇÃO Com o objetivo de diminuir a carga tributária sobre os calçados e suas partes, o governo federal lançou alguns benefícios fiscais em relação ao IPI, sendo que será possível adquirir ou importar mercadorias com suspensão deste imposto. Neste trabalho abordaremos quais são os produtos e empresas que poderão usufruir da suspensão do IPI, bem como as exigências para a referida suspensão. 2 - AQUISIÇÕES DE MATÉRIA-PRIMA, PRODUTO INTERMEDIÁRIO E MATERIAL DE EMBALAGEM De acordo com o art. 21, da Instrução Normativa RFB nº 948/2009, sairão do estabelecimento industrial com suspensão do IPI, as matérias-primas, os produtos intermediários e os materiais de embalagem destinados a estabelecimento que se dedique, preponderantemente, à elaboração dos produtos classificados nos seguintes gêneros e classificações fiscais da TIPI:

2 b) Outros calçados com sola exterior e parte superior de borracha ou de d) Calçados com sola exterior de borracha, plásticos, couro natural ou Cabe ressaltar que poderá ser adquirida estas matérias-primas, produtos intermediários e material de embalagem com suspensão do IPI, mesmo que o produto final corresponder a notação NT (não tributado) Declaração ao Vendedor Para a aquisição de matérias-primas, produtos intermediários e materiais de embalagem com suspensão do IPI, as empresas adquirentes deverão declarar ao vendedor, de forma expressa e sob as penas da lei, que atendem a todos os requisitos estabelecidos, conforme 1º, do art. 21, da Instrução Normativa RFB nº 948/ DESEMBARAÇO ADUANEIRO Segundo o 2º, do art. 21, da Instrução Normativa RFB nº 948/2009, as matériasprimas, os produtos intermediários e os materiais de embalagem importados diretamente por estabelecimento industrial fabricante dos produtos citados abaixo, serão desembaraçados com suspensão do IPI, mediante apresentação pelo contribuinte, de cópia, com recibo de entrega, da declaração feita para a Receita Federal, conforme item 4, deste trabalho: b) Outros calçados com sola exterior e parte superior de borracha ou de

3 d) Calçados com sola exterior de borracha, plásticos, couro natural ou 4 - INFORMAÇÕES PARA A RECEITA FEDERAL Os estabelecimentos adquirentes de mercadorias com suspensão do IPI, deverão informar, sem formalização de processo, à DRF ou à Derat de seu domicílio fiscal, os produtos que elabora e as matérias-primas, os produtos intermediários e os materiais de embalagem que irá adquirir nos mercados interno e externo (Instrução Normativa RFB nº 948/2009, art. 21, 3º). 5 - CARACTERÍSTICA DA PREPONDERÂNCIA O art. 23, da Instrução Normativa RFB nº 948/2009, dispõe que se considera estabelecimento preponderantemente produtor, para fins da aquisição com suspensão do IPI, aquele que, no ano-calendário imediatamente anterior ao da aquisição, teve receita bruta decorrente dos produtos referidos neste trabalho, superior a 60% (sessenta por cento) da receita bruta total no mesmo período. 6 - DIREITO À AQUISIÇÃO OU IMPORTAÇÃO COM SUSPENSÃO DO IPI Segundo o art. 23, da Instrução Normativa RFB nº 948/2009, o direito a aquisição ou à importação com suspensão do IPI, de que tratam os itens 2 e 3, deste trabalho, pelos adquirentes que atendam aos requisitos da preponderância, aplica-se somente a matérias-primas, produtos intermediários e materiais de embalagem que forem utilizados nos produtos classificados abaixo: b) Outros calçados com sola exterior e parte superior de borracha ou de

4 d) Calçados com sola exterior de borracha, plásticos, couro natural ou Cabe ressaltar que poderá ser adquirida estas matérias-primas, produtos intermediários e material de embalagem com suspensão do IPI, mesmo que o produto final corresponder a notação NT (não tributados). 7 - MANUTENÇÃO DO CRÉDITO A suspensão do IPI não impede a manutenção e utilização dos créditos do IPI pelo respectivo estabelecimento industrial remetente, conforme art. 25, da Instrução Normativa RFB nº 948/ OBSERVAÇÃO NA NOTA FISCAL Nas notas fiscais relativas às saídas dos produtos com suspensão do IPI, deverá constar a expressão Saída com suspensão do IPI, conforme art. 21, da IN 948/2009, vedado o destaque do imposto nas referidas notas fiscais (IN RFB nº 948/2009, art. 26). 9 - NÃO APLICABILIDADE DA SUSPENSÃO DO IPI A aquisição ou importação de matéria-prima, produto intermediário e material de embalagem com suspensão do IPI, não se aplica (IN RFB nº 948/2009, art. 28): a) às pessoas jurídicas optantes do Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições devidos pelas Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Simples Nacional); e b) a estabelecimento equiparado a industrial CONSIDERAÇÕES SOBRE RECEITA BRUTA Para efeitos da aquisição ou importação com suspensão do IPI, considera-se receita bruta total, o produto de venda de bens e serviços nas operações de conta própria, o preço dos serviços prestados e o resultado auferido nas operações de conta alheia (Instrução Normativa RFB nº 948/2009, art. 29).

5 Fonte: Editorial ITC Atenção! De acordo com o disposto no caput e inciso XIII do art. 7º, e nos arts. 24, 29 e 101 a 184, da Lei nº 9610/1998 (Direitos Autorais) e no artigo 184 do Decreto-Lei nº 2848/1940 (Código Penal), na redação dada pela Lei nº /2003, é expressamente proibida, por qualquer meio, a reprodução parcial e/ou total de matérias exclusivas do site: exceto a impressão e a citação ou referência bibliográfica de acordo com as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT.

Instrução Normativa SRF nº 296, de 6 de fevereiro de 2003

Instrução Normativa SRF nº 296, de 6 de fevereiro de 2003 Instrução Normativa SRF nº 296, de 6 de fevereiro de 2003 Dispõe sobre o regime de suspensão do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) nos casos que menciona. O SECRETÁRIO DA RECEITA FEDERAL, no

Leia mais

DSPJ INATIVA Regras para Apresentação. Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 15/01/2013. Sumário:

DSPJ INATIVA Regras para Apresentação. Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 15/01/2013. Sumário: DSPJ INATIVA 2013 - Regras para Apresentação Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 15/01/2013. Sumário: 1 - INTRODUÇÃO 2 - OBRIGATORIEDADE DE APRESENTAÇÃO 3 - ENTREGA DA DECLARAÇÃO 3.1 -

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO EMENTA

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO EMENTA (D`8Ì0\1Q0) PODER JUDICIÁRIO EMENTA TRIBUTÁRIO. IPI. ISENÇÃO. OBTENÇÃO DE MATERIAS-PRIMAS, PRODUTOS INTERMEDIÁRIOS E MATERIAIS DE EMBALAGEM. INCENTIVO FISCAL. PESSOAS JURÍDICAS PREPONDERANTEMENTE EXPORTADORAS.

Leia mais

CRÉDITO PRESUMIDO PARA INDÚSTRIA FABRICANTE DE PRODUTOS COM MATERIAL RECICLÁVEL - Aspectos relacionados ao ICMS/SC

CRÉDITO PRESUMIDO PARA INDÚSTRIA FABRICANTE DE PRODUTOS COM MATERIAL RECICLÁVEL - Aspectos relacionados ao ICMS/SC CRÉDITO PRESUMIDO PARA INDÚSTRIA FABRICANTE DE PRODUTOS COM MATERIAL RECICLÁVEL - Aspectos relacionados ao ICMS/SC Matéria elaborada com base na Legislação vigente em: 14.07.2011. SUMÁRIO: 1 - INTRODUÇÃO

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 107 - Data 1 de agosto de 2016 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: IMPOSTO SOBRE PRODUTOS INDUSTRIALIZADOS - IPI PRODUTOS DESTINADOS AO

Leia mais

Instrução Normativa SRF nº 358, de 9 de setembro de 2003

Instrução Normativa SRF nº 358, de 9 de setembro de 2003 Instrução Normativa SRF nº 358, de 9 de setembro de 2003 Altera a Instrução Normativa SRF nº 247, de 21 de novembro de 2002, que dispõe sobre o PIS/Pasep e a Cofins. O SECRETÁRIO DA RECEITA FEDERAL, no

Leia mais

MEDIDA PROVISÓRIA No- 582, DE 20 DE SETEMBRO DE 2012

MEDIDA PROVISÓRIA No- 582, DE 20 DE SETEMBRO DE 2012 MEDIDA PROVISÓRIA No- 582, DE 20 DE SETEMBRO DE 2012 Altera a Lei nº 12.546, de 14 de dezembro de 2011, quanto à contribuição previdenciária de empresas dos setores industriais e de serviços; permite depreciação

Leia mais

EIRELI - Empresa Individual de Responsabilidade Limitada. Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 02/01/2012.

EIRELI - Empresa Individual de Responsabilidade Limitada. Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 02/01/2012. EIRELI - Empresa Individual de Responsabilidade Limitada Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 02/01/2012. Sumário: 1 - INTRODUÇÃO 2 - EXIGÊNCIAS PARA CONSTITUIÇÃO 2.1 - Nome Empresarial

Leia mais

PIS/PASEP/COFINS TRIBUTOS FEDERAIS ANO XXI ª SEMANA DE SETEMBRO DE 2010 BOLETIM INFORMARE Nº 39/2010

PIS/PASEP/COFINS TRIBUTOS FEDERAIS ANO XXI ª SEMANA DE SETEMBRO DE 2010 BOLETIM INFORMARE Nº 39/2010 ANO XXI - 2010-4ª SEMANA DE SETEMBRO DE 2010 BOLETIM INFORMARE Nº 39/2010 PIS/PASEP/COFINS PRODUTOS AGROPECUÁRIOS - SUSPENSÃO DA EXIGIBILIDADE E CRÉDITO PRESUMIDO DA CONTRIBUIÇÃO PARA O PIS/PASEP E DA

Leia mais

Instrução Normativa SRF nº 660, de 17 de julho de Impressão

Instrução Normativa SRF nº 660, de 17 de julho de Impressão Page 1 of 6 Instrução Normativa SRF nº 660, de 17 de julho de 2006 DOU de 25.7.2006 Dispõe sobre a suspensão da exigibilidade da Contribuição para o PIS/Pasep e da Cofins incidentes sobre a venda de produtos

Leia mais

MEDIDA PROVISÓRIA Nº. 669, DE 26 DE FEVEREIRO DE 2015

MEDIDA PROVISÓRIA Nº. 669, DE 26 DE FEVEREIRO DE 2015 MEDIDA PROVISÓRIA Nº. 669, DE 26 DE FEVEREIRO DE 2015 Altera a Lei nº 12.546, de 14 de dezembro de 2011, quanto à contribuição previdenciária sobre a receita bruta; a Lei nº 12.469, de 26 de agosto de

Leia mais

582, DOU1)

582, DOU1) Medida Provisória n 582, de 20 de setembro de 2012 (Pág. 2 - DOU1) Altera a Lei nº 12.546, de 14 de dezembro de 2011, quanto à contribuição previdenciária de empresas dos setores industriais e de serviços;

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 950, DE 25 DE JUNHO DE 2009

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 950, DE 25 DE JUNHO DE 2009 MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 950, DE 25 DE JUNHO DE 2009 Aprova aplicativo para opção pelo Regime Especial de Tributação das Bebidas Frias (Refri)

Leia mais

Dos Créditos a Descontar na Apuração da Contribuição para o PIS/Pasep e da Cofins

Dos Créditos a Descontar na Apuração da Contribuição para o PIS/Pasep e da Cofins Assunto: Contribuição para PIS/PASEP e COFINS Instrução Normativa SRF nº 594, de 26 de dezembro de 2005 Dispõe sobre a incidência da Contribuição para o PIS/Pasep, da Cofins, da Contribuição para o PIS/Pasep-Importação

Leia mais

DECRETO Nº DE 28/09/2010 DOU de 29/09/2010

DECRETO Nº DE 28/09/2010 DOU de 29/09/2010 PRESIDENTE DA REPÚBLICA DECRETO Nº 7.319 DE 28/09/2010 DOU de 29/09/2010 Regulamenta a aplicação do Regime Especial de Tributação para construção, ampliação, reforma ou modernização de estádios de futebol

Leia mais

SOFOLHA SOLUÇÕES CORPORATIVAS CONSULTORIA TRIBUTÁRIA. Projeto SPED x SFFISCAL Lucro Presumido

SOFOLHA SOLUÇÕES CORPORATIVAS CONSULTORIA TRIBUTÁRIA. Projeto SPED x SFFISCAL Lucro Presumido Projeto SPED x SFFISCAL Lucro Presumido Legislação Conforme instituído pela Instrução Normativa RFB nº 1.052, de 5 de julho de 2010, sujeitam à obrigatoriedade de geração de arquivo da Escrituração Fiscal

Leia mais

ANO XXVII ª SEMANA DE JUNHO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 26/2016

ANO XXVII ª SEMANA DE JUNHO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 26/2016 ANO XXVII - 2016-4ª SEMANA DE JUNHO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 26/2016 IMPOSTO DE RENDA PESSOA JURÍDICA DECLARAÇÃO SOBRE A OPÇÃO DE TRIBUTAÇÃO DE PLANOS PREVIDENCIÁRIOS DPREV 2016 INFORMAÇÕES GERAIS...

Leia mais

Instrução Normativa RFB nº 1.454, de 25 de fevereiro de 2014

Instrução Normativa RFB nº 1.454, de 25 de fevereiro de 2014 DOU de 27.02.2014 Instrução Normativa RFB nº 1.454, de 25 de fevereiro de 2014 Dispõe sobre a aplicação do Regime Especial Tributário para a Indústria de Defesa (Retid). O SECRETÁRIO DA RECEITA FEDERAL

Leia mais

ANO XXVI - 2015 2ª SEMANA DE JULHO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 28/2015

ANO XXVI - 2015 2ª SEMANA DE JULHO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 28/2015 ANO XXVI - 2015 2ª SEMANA DE JULHO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 28/2015 IPI SUSPENSÃO DO IPI NAS SAÍDAS DE INSUMOS PARA A INDUSTRIALIZAÇÃO DE PRODUTOS DIVERSOS... Pág. 168 ICMS PA MANIFESTO ELETRÔNICO

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA TERCEIRA SEÇÃO DE JULGAMENTO. Voluntário ª Câmara / 2ª Turma Ordinária Sessão de 15 de outubro de 2014

MINISTÉRIO DA FAZENDA TERCEIRA SEÇÃO DE JULGAMENTO. Voluntário ª Câmara / 2ª Turma Ordinária Sessão de 15 de outubro de 2014 Fl. 2025 2.024 Fl. 2.025 MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO ADMINISTRATIVO DE RECURSOS FISCAIS TERCEIRA SEÇÃO DE JULGAMENTO Recurso nº Acórdão nº Voluntário 3202 001.357 2ª Câmara / 2ª Turma Ordinária Sessão

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 22 - Data 4 de março de 2016 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: CONTRIBUIÇÃO PARA O PIS/PASEP CRÉDITOS PARA DESCONTO DO PIS/PASEP. NÃO-CUMULATIVIDADE.

Leia mais

SUCATA E LINGOTES E TARUGOS DE METAIS NÃO-FERROSOS

SUCATA E LINGOTES E TARUGOS DE METAIS NÃO-FERROSOS SUCATA E LINGOTES E TARUGOS DE METAIS NÃO-FERROSOS atualizado em 29/03/2016 ÍNDICE 1. CONCEITOS INICIAIS...4 1.1. Sucata...4 1.2. Diferimento...4 2. SISTEMA DE TRIBUTAÇÃO...4 3. NA AQUISIÇÃO DA SUCATA

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Divergência nº 12 - Data 28 de agosto de 2014 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: IMPOSTO SOBRE PRODUTOS INDUSTRIALIZADOS - IPI SETOR AUTOMOTIVO. SUSPENSÃO.

Leia mais

SOLUÇÃO DE CONSULTA Nº 15, DE 22 DE JANEIRO DE 2009

SOLUÇÃO DE CONSULTA Nº 15, DE 22 DE JANEIRO DE 2009 DIVISÃO DE TRIBUTAÇÃO 8ª Região Fiscal SOLUÇÃO DE CONSULTA Nº 15, DE 22 DE JANEIRO DE 2009 Assunto: Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social - Cofins TRIBUTAÇÃO CONCENTRADA. REGIME DE APURAÇÃO

Leia mais

ANO XXVII ª SEMANA DE MAIO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 18/2016

ANO XXVII ª SEMANA DE MAIO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 18/2016 ANO XXVII - 2016 1ª SEMANA DE MAIO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 18/2016 IPI PESSOA JURÍDICA PREPONDERANTEMENTE EXPORTADORA - SUSPENSÃO DO IPI... Pág. 123 ICMS RS CRÉDITO PRESUMIDO/OUTORGADO DE ICMS NA

Leia mais

Dados do fabricante x despacho aduaneiro: redobre a sua atenção

Dados do fabricante x despacho aduaneiro: redobre a sua atenção Dados do fabricante x despacho aduaneiro: redobre a sua atenção O conceito de fabricante é do conhecimento de todos porque de fácil assimilação: fabricante é todo aquele que fabrica um produto. Porém,

Leia mais

Dúvidas. Remessas Expressas Perguntas e Respostas. 1 O que é? 2 Tributação. 3 Valor Máximo dos bens. 4 Bens que podem ser enviados

Dúvidas. Remessas Expressas Perguntas e Respostas. 1 O que é? 2 Tributação. 3 Valor Máximo dos bens. 4 Bens que podem ser enviados Dúvidas Remessas Expressas Perguntas e Respostas 1 O que é? 2 Tributação 3 Valor Máximo dos bens 4 Bens que podem ser enviados 5 Bens que NÃO podem ser enviados 6 Diferença entre Remessa Expressa e Postal

Leia mais

Orientações Consultoria de Segmentos Retenção para Prestador Optante pelo Simples Nacional

Orientações Consultoria de Segmentos Retenção para Prestador Optante pelo Simples Nacional Retenção para Prestador Optante pelo Simples Nacional 13/05/2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 3.1. IN RFB nº 1.1234/2012...

Leia mais

IPI ICMS - DF/GO/TO LEGISLAÇÃO - DF LEGISLAÇÃO - TO ANO XX - 2009-3ª SEMANA DE FEVEREIRO DE 2009 BOLETIM INFORMARE Nº 08/2009

IPI ICMS - DF/GO/TO LEGISLAÇÃO - DF LEGISLAÇÃO - TO ANO XX - 2009-3ª SEMANA DE FEVEREIRO DE 2009 BOLETIM INFORMARE Nº 08/2009 ANO XX - 2009-3ª SEMANA DE FEVEREIRO DE 2009 BOLETIM INFORMARE Nº 08/2009 IPI SUSPENSÃO - LEI Nº 10.637/2002 - PROCEDIMENTOS Introdução - Estabelecimentos Com Direito à Suspensão - Preponderância de Faturamento

Leia mais

Operação Tributável (base de cálculo = quantidade vendida x alíquota por unidade de produto)

Operação Tributável (base de cálculo = quantidade vendida x alíquota por unidade de produto) 1. Finalidade do CST Para a elaboração dos arquivos digitais da Escrituração Fiscal Digital (EFD), bem como para a geração do conteúdo das Notas Fiscais Eletrônicas (NF-e), foram instituídos através da

Leia mais

Boletim de Atualização Tributária BOLETIM DE ATUALIZAÇÃO TRIBUTÁRIA. Código das Melhores Práticas de

Boletim de Atualização Tributária BOLETIM DE ATUALIZAÇÃO TRIBUTÁRIA. Código das Melhores Práticas de BOLETIM DE ATUALIZAÇÃO TRIBUTÁRIA Código das Melhores Práticas de N 38 Data 18.11.2016 Período Governança pesquisado: Atos publicados entre 11.11.2016 a 18.11.2016 RECEITA FEDERAL DO BRASIL Data da publicação:

Leia mais

Guia do IPI: Não incidência: Revenda de produtos por estabelecimentos industriais

Guia do IPI: Não incidência: Revenda de produtos por estabelecimentos industriais Guia do IPI: Não incidência: Revenda de produtos por estabelecimentos industriais Resumo: Analisaremos no presente Roteiro de Procedimentos as hipóteses em que não haverá incidência do Imposto sobre Produtos

Leia mais

Instrução Normativa SRF nº 300, de 14 de fevereiro de 2003

Instrução Normativa SRF nº 300, de 14 de fevereiro de 2003 Instrução Normativa SRF nº 300, de 14 de fevereiro de 2003 Disciplina a saída temporária de mercadorias da Zona Franca de Manaus, das Áreas de Livre Comércio e da Amazônia Ocidental. O SECRETÁRIO DA RECEITA

Leia mais

Construção Civil ADE N 25 da RFB dispõe sobre a Declaração e Informação Sobre Obra - DISO

Construção Civil ADE N 25 da RFB dispõe sobre a Declaração e Informação Sobre Obra - DISO Construção Civil ADE N 25 da RFB dispõe sobre a Declaração e Informação Sobre Obra - DISO Através do Ato Declaratório Executivo - ADE nº 25, publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira (29/7),

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br PIS e COFINS nas operações de importação ou industrialização de medicamentos ou cosméticos - Lei n. 10.147/2000 Fabiana Lopes Pinto Com a edição da Lei n. 10.147, de 21 de dezembro

Leia mais

AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 16 A 22 DE JUNHO DE 2016

AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 16 A 22 DE JUNHO DE 2016 AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 16 A 22 DE JUNHO DE 2016 Até: Quinta-feira, dia 16 ICMS - GIA Histórico: GIA Eletrônica A GIA Eletrônica relativa ao mês anterior deverá ser apresentada por meio da Internet (www.pfe.fazenda.sp.gov.br),

Leia mais

PIS/PASEP E COFINS - REGRAS APLICÁVEIS AO REGIME ESPECIAL DE BEBIDAS FRIAS (REFRI)

PIS/PASEP E COFINS - REGRAS APLICÁVEIS AO REGIME ESPECIAL DE BEBIDAS FRIAS (REFRI) PIS/PASEP E COFINS - REGRAS APLICÁVEIS AO REGIME ESPECIAL DE BEBIDAS FRIAS (REFRI) Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 03/09/2012. Sumário: 1 - INTRODUÇÃO 2 - PREÇO DE REFERÊNCIA 2.1 -

Leia mais

ANO XXV ª SEMANA DE MAIO DE 2014 BOLETIM INFORMARE Nº 18/2014

ANO XXV ª SEMANA DE MAIO DE 2014 BOLETIM INFORMARE Nº 18/2014 ANO XXV - 2014-1ª SEMANA DE MAIO DE 2014 BOLETIM INFORMARE Nº 18/2014 IMPOSTO DE RENDA PESSOA JURÍDICA DIPJ 2014 - PESSOAS JURÍDICAS E EQUIPARADAS - DISPOSIÇÕES GERAIS... Pág. 276 SIMPLES NACIONAL DASN-SIMEI

Leia mais

Desembaraço aduaneiro e pena de perdimento, classificação e reclassificação fiscal. Processo administrativo e judicial

Desembaraço aduaneiro e pena de perdimento, classificação e reclassificação fiscal. Processo administrativo e judicial Desembaraço aduaneiro e pena de perdimento, classificação e reclassificação fiscal. Processo administrativo e judicial PAULO CALIENDO PROF. DR. PUC/RS E MEMBRO DA FESDT Perdimento e os reflexos do novo

Leia mais

DECRETO N , DE 31 DE OUTUBRO DE /10/2006 * Publicado no DOE em 31/10/2006.

DECRETO N , DE 31 DE OUTUBRO DE /10/2006 * Publicado no DOE em 31/10/2006. DECRETO N 28.443, DE 31 DE OUTUBRO DE 2006 31/10/2006 * Publicado no DOE em 31/10/2006. Dispõe sobre o regime de substituição tributária nas operações com tecidos e os produtos de aviamento que indica.

Leia mais

Posicionamento Consultoria De Segmentos Declaração de IPI para Fabricantes de Cosméticos e Perfumaria TIPI 33 28/05/14

Posicionamento Consultoria De Segmentos Declaração de IPI para Fabricantes de Cosméticos e Perfumaria TIPI 33 28/05/14 Declaração de IPI para Fabricantes de Cosméticos e Perfumaria TIPI 33 28/05/14 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 4 3.1 Instrução

Leia mais

Agenda Tributária: de 16 a 22 de Fevereiro de 2012

Agenda Tributária: de 16 a 22 de Fevereiro de 2012 Agenda Tributária: de 16 a 22 de Fevereiro de 2012 Dia: 16 SP - Guia de Informação e Apuração - GIA - Regime mensal - I.E. finais 0 e 1 Os contribuintes com a inscrição estadual final 0 ou 1, deverão apresentar

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 2 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 19 - Data 1 de março de 2016 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: SIMPLES NACIONAL Na espécie, relativamente a fatos geradores ocorridos

Leia mais

ANO XXVII ª SEMANA DE SETEMBRO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 37/2016

ANO XXVII ª SEMANA DE SETEMBRO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 37/2016 ANO XXVII - 2016 2ª SEMANA DE SETEMBRO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 37/2016 TRIBUTOS FEDERAIS BASE DE CÁLCULO DO PIS/COFINS NÃO CUMULATIVO... Pág. 241 ICMS - RS ICMS NA IMPORTAÇÃO E NA ARREMATAÇÃO DE MERCADORIA

Leia mais

Orientações Consultoria De Segmentos Importação Por Conta e Ordem de Terceiros 09/05/14

Orientações Consultoria De Segmentos Importação Por Conta e Ordem de Terceiros 09/05/14 Importação Por Conta e Ordem de Terceiros 09/05/14 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 4 3.1 Instrução Normativa SRF nº 225

Leia mais

Portaria ST nº 811, de 20/3/ DOE RJ de 22/3/2012

Portaria ST nº 811, de 20/3/ DOE RJ de 22/3/2012 Portaria ST nº 811, de 20/3/2012 - DOE RJ de 22/3/2012 Atualiza o manual de diferimento, ampliação de prazo de recolhimento, suspensão e de incentivos e benefícios de natureza tributária. O Superintendente

Leia mais

Código de Situação Tributária

Código de Situação Tributária Código de Situação O código da situação tributária será composto de três dígitos, onde o 1 dígito indicará a origem da mercadoria, com base na Tabela A e os dois últimos dígitos a tributação pelo ICMS,

Leia mais

9ª REGIÃO FISCAL - DIVISÃO DE TRIBUTAÇÃO

9ª REGIÃO FISCAL - DIVISÃO DE TRIBUTAÇÃO 9ª REGIÃO FISCAL - DIVISÃO DE TRIBUTAÇÃO SOLUÇÃO DE CONSULTA Nº 240, DE 9 DE SETEMBRO DE 2008: A substituição de embalagens de produtos, alterando sua apresentação, exceto se destinada unicamente ao transporte

Leia mais

LIVRO REGISTRO DE ENTRADAS - Regras para Escrituração dos Modelos 1 e 1-A

LIVRO REGISTRO DE ENTRADAS - Regras para Escrituração dos Modelos 1 e 1-A LIVRO - Regras para Escrituração dos Modelos 1 e 1-A Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 19.09.2013. Sumário: 1 - INTRODUÇÃO 2 - LIVRO, MODELO 1 OU 1-A 2.1 - Documentos Fiscais Registrados

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Informações do ICMS retido de transporte na NF-e

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Informações do ICMS retido de transporte na NF-e Informações do ICMS retido de transporte na NF-e 15/10/2013 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 4 3.1 Regulamento

Leia mais

MEDIDA PROVISÓRIA No 609, DE 8 DE MARÇO DE 2013

MEDIDA PROVISÓRIA No 609, DE 8 DE MARÇO DE 2013 MEDIDA PROVISÓRIA No 609, DE 8 DE MARÇO DE 2013 Reduz a zero as alíquotas da Contribuição para o PIS/PASEP, da COFINS, da Contribuição para o PIS/PASEP-Importação e da COFINS-Importação incidentes sobre

Leia mais

Diário Oficial da União Seção 1 - Nº 81, sexta-feira, 29 de abril de 2011 MINISTERIO DA FAZENDA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL

Diário Oficial da União Seção 1 - Nº 81, sexta-feira, 29 de abril de 2011 MINISTERIO DA FAZENDA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL Diário Oficial da União Seção 1 - Nº 81, sexta-feira, 29 de abril de 2011 MINISTERIO DA FAZENDA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 1149 DE 28 DE ABRIL DE 2011 Aprova o programa

Leia mais

OPERAÇÕES DE COMÉRCIO EXTERIOR Procedimento Especial de Verificação das Origens dos Recursos Aplicados E Combate à Interposição Fraudulenta de Pessoas

OPERAÇÕES DE COMÉRCIO EXTERIOR Procedimento Especial de Verificação das Origens dos Recursos Aplicados E Combate à Interposição Fraudulenta de Pessoas OPERAÇÕES DE COMÉRCIO EXTERIOR Procedimento Especial de Verificação das Origens dos Recursos Aplicados E Combate à Interposição Fraudulenta de Pessoas Domingos de Torre 27.12.2016 Fundamento Legal Básico:

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Redução base de cálculo do ICMS para fins de desconto Zona Franca

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Redução base de cálculo do ICMS para fins de desconto Zona Franca Zona Franca 16/10/2013 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 5 5. Informações Complementares...

Leia mais

Personal E RP. Módulo Fiscal. Personal Soft Informática Ltda Me. Celular: (19) Consultor: Edcarlos Ferraz dos Reis.

Personal E RP. Módulo Fiscal. Personal Soft Informática Ltda Me. Celular: (19) Consultor: Edcarlos Ferraz dos Reis. Personal Soft Informática Ltda Me Personal E RP Módulo Fiscal Consultor: Edcarlos Ferraz dos Reis Celular: (19) 8133-0809 edcarlos@personalsoft.com.br (19) 3471-0001 Figura 1 Introdução Classificações

Leia mais

TEMA: Como tirar o RADAR, passo fundamental para você começar a exportar ou importar

TEMA: Como tirar o RADAR, passo fundamental para você começar a exportar ou importar FIRJAN INTERNACIONAL CONVIDA: SÉRIE TIRA-DÚVIDAS COMÉRCIO EXTERIOR TEMA: Como tirar o RADAR, passo fundamental para você começar a exportar ou importar RADAR ou HABILITAÇÃO NO SISCOMEX? Habilitação no

Leia mais

SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL

SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL Instrução Normativa nº 1.456, de 10.03.14 DOU-1, de 11.03.14. SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL Altera a Instrução Normativa SRF nº 611, de 18 de janeiro de 2006, que dispõe sobre a utilização de

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 76 75 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 72 - Data 24 de maio de 2016 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS PRESTADORES DE SERVIÇOS DA FIFA. APRESENTAÇÃO

Leia mais

ICMS FRONTEIRA ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO ASPECTOS FISCAIS INSTRUTOR: MARCELO REOLON

ICMS FRONTEIRA ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO ASPECTOS FISCAIS INSTRUTOR: MARCELO REOLON ICMS FRONTEIRA ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO ASPECTOS FISCAIS INSTRUTOR: MARCELO REOLON CONCEITOS ANTECIPAÇÃO E DIFERENCIAL DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS: Art. 4 - Nas operações com mercadorias ou bens considera-se

Leia mais

Fatores para o cálculo do preço de exportação

Fatores para o cálculo do preço de exportação Fatores para o cálculo do preço de exportação No cálculo do preço de exportação devem ser levados em conta, entre outros fatores: IPI - IMUNIDADE do Imposto sobre Produtos Industrializados, na saída de

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL SUBSECRETARIA DE TRIBUTAÇÃO E CONTENCIOSO COORDENAÇÃO-GERAL DE TRIBUTAÇÃO

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL SUBSECRETARIA DE TRIBUTAÇÃO E CONTENCIOSO COORDENAÇÃO-GERAL DE TRIBUTAÇÃO CIRCULAR SINDICOMIS SI/309/17 SOLUÇÃO DE CONSULTA Nº 393, DE 5 DE SETEMBRO DE 2017 DOU de 27/09/2017 (nº 186, Seção 1, pág. 32) ASSUNTO: CONTRIBUIÇÃO PARA O PIS/PASEP EMENTA: Não se aplica a alíquota zero

Leia mais

RETENÇÃO DE IMPOSTOS NA FONTE

RETENÇÃO DE IMPOSTOS NA FONTE RETENÇÃO DE IMPOSTOS NA FONTE Simples Nacional na condição de prestador: Dispensado de reter PIS/COFINS/CSLL na fonte de acordo com o art. 32º III da Lei 10.833/03; Dispensado de reter IR na fonte de

Leia mais

b) Os CFOPs com substituição tributária são: Compra de mercadoria para uso ou consumo cuja mercadoria está sujeita ao regime de

b) Os CFOPs com substituição tributária são: Compra de mercadoria para uso ou consumo cuja mercadoria está sujeita ao regime de Primeiramente não existe no Regulamento do ICMS do Estado de São Paulo, Decreto 45.490/2000 o conceito de material de uso ou consumo, porém podese entender que tudo que não se utiliza como insumo e também

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 15 14 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 202 - Data 11 de julho de 2014 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: SIMPLES NACIONAL Há redução dos percentuais relativos ao PIS/Pasep

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Operação com ICMS Diferido - SE

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Operação com ICMS Diferido - SE Operação com ICMS Diferido - SE 18/12/2013 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 5 4. Conclusão... 6 5. Informações

Leia mais

PIS-Cofins - Atualidades. Solon Sehn

PIS-Cofins - Atualidades. Solon Sehn PIS-Cofins - Atualidades Solon Sehn Conceito de Insumos: Lei nº 10.833/2003 Art. 3º [...] II - bens e serviços, utilizados como insumo na prestação de serviços e na produção ou fabricação de bens ou produtos

Leia mais

ANO XXVII ª SEMANA DE AGOSTO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 33/2016

ANO XXVII ª SEMANA DE AGOSTO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 33/2016 ANO XXVII 2016 3ª SEMANA DE AGOSTO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 33/2016 IMPORTAÇÃO/EXPORTAÇÃO REGIME ESPECIAL DE DRAWBACK... Pág. 213 ICMS - MG DIFERIMENTO DO ICMS EM OPERAÇÕES INTERESTADUAIS COM DESPERDÍCIOS

Leia mais

Desembaraço aduaneiro e pena de perdimento, classificação e reclassificação fiscal. Processo administrativo e judicial

Desembaraço aduaneiro e pena de perdimento, classificação e reclassificação fiscal. Processo administrativo e judicial Desembaraço aduaneiro e pena de perdimento, classificação e reclassificação fiscal. Processo administrativo e judicial Clique para editar o estilo do subtítulo mestre Paulo Caliendo Prof. Dr. PUC/RS e

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 98 - Data 29 de junho de 2016 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: CONTRIBUIÇÃO PARA O PIS/PASEP HABILITAÇÃO AO REIDI. REQUISITO DE REGULARIDADE

Leia mais

LEI Nº , DE 20 DE NOVEMBRO DE 2008.

LEI Nº , DE 20 DE NOVEMBRO DE 2008. LEI Nº 11.827, DE 20 DE NOVEMBRO DE 2008. Altera as Leis n os 10.833, de 29 de dezembro de 2003, e 11.727, de 23 de junho de 2008, relativamente à incidência do Imposto sobre Produtos Industrializados

Leia mais

Calendário de Obrigações e Tabelas Práticas - Tributário CALENDÁRIO MENSAL DE OBRIGAÇÕES E TABELAS PRÁTICAS PARA NOVEMBRO E DEZEMBRO/2011

Calendário de Obrigações e Tabelas Práticas - Tributário CALENDÁRIO MENSAL DE OBRIGAÇÕES E TABELAS PRÁTICAS PARA NOVEMBRO E DEZEMBRO/2011 Calendário de Obrigações e Tabelas Práticas - Tributário EXTRA Mato Grosso do Sul Mantenha esta folha encartada no Calendário Tributário Estadual para Dezembro/2011. CALENDÁRIO MENSAL DE OBRIGAÇÕES E TABELAS

Leia mais

ABONO SALARIAL DO PIS/PASEP - EXERCÍCIO 2011/ Cronograma. Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 04/07/2011.

ABONO SALARIAL DO PIS/PASEP - EXERCÍCIO 2011/ Cronograma. Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 04/07/2011. ABONO SALARIAL DO PIS/PASEP - EXERCÍCIO 2011/2012 - Cronograma Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 04/07/2011. Sumário: 1 - Introdução 2 - Conceito 3 - Beneficiário 4 - Requerimento 4.1

Leia mais

Orientações Consultoria de Segmentos Disposições Gerais sobre a DCR-E

Orientações Consultoria de Segmentos Disposições Gerais sobre a DCR-E Disposições Gerais sobre a DCR-E 21/03/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 4 4. Conclusão... 4 4.1. Objetivo... 4 4.2.

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 36 35 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 100 - Data 30 de junho de 2016 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: CONTRIBUIÇÃO PARA O FINANCIAMENTO DA SEGURIDADE SOCIAL - COFINS PESSOA

Leia mais

Nota Técnica nº 207/PGFN/CDA -I-

Nota Técnica nº 207/PGFN/CDA -I- Nota Técnica nº 207/PGFN/CDA Ementa: Orientações sobre o Regime Especial de Tributação (RET) das incorporações imobiliárias - Patrimônio de Afetação. -I- O Regime Especial de Tributação das Incorporações

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 79 - Data 24 de janeiro de 2017 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: IMPOSTO SOBRE A IMPORTAÇÃO - II ASSOCIAÇÃO SEM FINS LUCRATIVOS. IMPORTAÇÃO

Leia mais

4º O contribuinte deverá considerar, destacadamente, para fim de pagamento:

4º O contribuinte deverá considerar, destacadamente, para fim de pagamento: Das Alíquotas e Base de Cálculo e dos Créditos Art. 18. O valor devido mensalmente pela microempresa e empresa de pequeno porte, optante do Simples Nacional, será determinado mediante aplicação da tabela

Leia mais

CÓPIA. Superintendência Regional da Receita Federal do Brasil da 10ª RF. Relatório RS PORTO ALEGRE SRRF10

CÓPIA. Superintendência Regional da Receita Federal do Brasil da 10ª RF. Relatório RS PORTO ALEGRE SRRF10 Fl. 19 Fls. 6 5 Superintendência Regional da Receita Federal do Brasil da 10ª RF Solução de Consulta nº 64 - Data 12 de julho de 2010 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: NORMAS DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 126 - Data 19 de agosto de 2016 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: CONTRIBUIÇÃO PARA O PIS/PASEP Atendidas as condições estabelecidas na

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI N o 10.336, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2001. Institui Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico incidente sobre a importação e

Leia mais

DOU 23/12/16, SEÇÃO 1, PÁG SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 1.678, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2016

DOU 23/12/16, SEÇÃO 1, PÁG SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 1.678, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2016 DOU 23/12/16, SEÇÃO 1, PÁG. 154. SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 1.678, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2016 Altera a Instrução Normativa SRF nº 228, de 21 de outubro de 2002, que dispõe

Leia mais

Operações do IPI. Volume VIII

Operações do IPI. Volume VIII Resumos Tributários IOB Operações do IPI Volume VIII Sumário Introdução... 19 1. Amostra grátis... 21 1.1. Fato gerador... 21 1.2. Isenção do IPI... 21 1.3. Amostras grátis de tecidos... 22 1.4. Amostras

Leia mais

superior a 40% (quarenta por cento). Não se aplica a alíquota de 4% (quatro por cento) nas operações interestaduais

superior a 40% (quarenta por cento). Não se aplica a alíquota de 4% (quatro por cento) nas operações interestaduais 1 COMPARATIVO ENTRE AS CLÁUSULAS DO AJUSTE SINIEF 19/12 E DO CONVÊNIO ICMS 38/13 Cláusula Ajuste SINIEF 19/12 Convênio ICMS 38/13 Primeira A tributação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e sobre

Leia mais

ARQUIVO ATUALIZADO ATÉ 04/04/2014

ARQUIVO ATUALIZADO ATÉ 04/04/2014 ARQUIVO ATUALIZADO ATÉ 04/04/2014 001 Quais são os fatos geradores da Contribuição para o PIS/Pasep-Importação e da Cofins-Importação? Os fatos geradores da Contribuição para o PIS/PASEP-Importação e da

Leia mais

Preenchimento do cadastro de produtos para adequação ao SAT ou NFC-e - Rev1.0

Preenchimento do cadastro de produtos para adequação ao SAT ou NFC-e - Rev1.0 PASSO-A-PASSO Preenchimento do cadastro de produtos para adequação ao SAT ou NFC-e - Rev1.0 JS SoftCom Documentação Automação Dropbox Pasta 07 Manuais e Procedimentos Configurações Retaguarda Informações

Leia mais

TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Jurídica

TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Jurídica TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Jurídica SELO DE CONTROLE FISCAL DE BEBIDAS ALCOÓLICAS AS ALTERAÇÕES PREVISTAS NA INSTRUÇÃO NORMATIVA (IN) DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL (RFB) Nº 1.128, DE 2011 Letícia Mariz

Leia mais

Regulamento do IPI Anotado - Imposto sobre Produtos Industrializados (Ripi)

Regulamento do IPI Anotado - Imposto sobre Produtos Industrializados (Ripi) Regulamento do IPI Anotado - Imposto sobre Produtos Industrializados (Ripi) Luciana Souza Leite Contadora, Pós Graduada em Contabilidade Tributária, coautora do livro PER/DCOMP, ex-consultora e instrutora

Leia mais

LEI Nº , DE 31 DE AGOSTO DE 2015.

LEI Nº , DE 31 DE AGOSTO DE 2015. LEI Nº 13.161, DE 31 DE AGOSTO DE 2015. Altera as Leis nºs 12.546, de 14 de dezembro de 2011, quanto à contribuição previdenciária sobre a receita bruta, 12.780, de 9 de janeiro de 2013, que dispõe sobre

Leia mais

Importação de Petróleo Bruto e seus Derivados, para fins de Exportação (REPEX)

Importação de Petróleo Bruto e seus Derivados, para fins de Exportação (REPEX) Mercadores Importação de Petróleo Bruto e seus Derivados, para fins de Exportação (REPEX) Coletânea (Versão Histórica) Versão 2.01 - Dezembro de 2010 Atualizada até: Instrução Normativa RFB nº 1.078, de

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 21, DE 10 DE JUNHO DE 2011

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 21, DE 10 DE JUNHO DE 2011 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 21, DE 10 DE JUNHO DE 2011 * Publicada no DOE em 01/07/2011 Dispõe sobre a transmissão da Declaração de Informações Econômico-Fiscais (DIEF), por pessoas físicas ou jurídicas inscritas

Leia mais

ATENÇÃO SEGUE ABAIXO A LEI CORRESPONDENE A ESSA COBRANÇA. Dispõe sobre a substituição tributária nas operações interestaduais com autopeças.

ATENÇÃO SEGUE ABAIXO A LEI CORRESPONDENE A ESSA COBRANÇA. Dispõe sobre a substituição tributária nas operações interestaduais com autopeças. ATENÇÃO Senhores clientes pessoa jurídica (REVENDEDORES), informamos que nas operações referente a venda de peças, componentes e acessórios para veículos automotores, o calculo dos impostos é diferenciado.

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Patrocínio a Time de Futebol Profissional

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Patrocínio a Time de Futebol Profissional 15/10/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 3.1 SEFIP... 4 4. Conclusão... 5 5. Informações Complementares... 6 6. Referências...

Leia mais

Tributação do Download.

Tributação do Download. Tributação do Download Agenda Download. Objeto Software. Definição Legal Supremo Tribunal Federal. Jurisprudência Software. Suporte Físico. Operações Licença de Uso Natureza Jurídica de Software A Lei

Leia mais

PORTARIA CONJUNTA PGFN/RFB Nº 3, DE 02 DE MAIO DE DOU DE 02/05/2007- EDIÇÃO EXTRA

PORTARIA CONJUNTA PGFN/RFB Nº 3, DE 02 DE MAIO DE DOU DE 02/05/2007- EDIÇÃO EXTRA PORTARIA CONJUNTA PGFN/RFB Nº 3, DE 02 DE MAIO DE 2007 - DOU DE 02/05/2007- EDIÇÃO EXTRA Alterado pela PORTARIA CONJUNTA PGFN/RFB Nº 1, DE 20 DE JANEIRO DE 2010 - DOU DE 22/01/2010 Dispõe sobre a prova

Leia mais

DECRETO Nº , DE 31 DE JULHO DE 2002

DECRETO Nº , DE 31 DE JULHO DE 2002 DECRETO Nº 46.966, DE 31 DE JULHO DE 2002 Introduz alterações no Regulamento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestações de Serviços - RICMS e dá outras providências GERALDO ALCKMIN, Governador

Leia mais

GUIA DIÁRIO DE ALTERAÇÕES ICMS Santa Catarina Não foi publicada nenhuma alteração até o fechamento dessa edição do Guia.

GUIA DIÁRIO DE ALTERAÇÕES ICMS Santa Catarina Não foi publicada nenhuma alteração até o fechamento dessa edição do Guia. GUIA DIÁRIO DE ALTERAÇÕES 19.10.2015 1. ICMS Santa Catarina Não foi publicada nenhuma alteração até o fechamento dessa edição do Guia. 2. Legislação Federal SOLUÇÃO DE CONSULTA DISIT/SRRF07 Nº 7045, DE

Leia mais

6ª REGIÃO FISCAL - DIVISÃO DE TRIBUTAÇÃO

6ª REGIÃO FISCAL - DIVISÃO DE TRIBUTAÇÃO 6ª REGIÃO FISCAL - DIVISÃO DE TRIBUTAÇÃO SOLUÇÃO DE CONSULTA Nº 178, DE 4 DE NOVEMBRO DE 2008: EMENTA: DISTRIBUIDOR ATACADISTA DE PRODUTOS FARMACÊUTICOS E DE HIGIENE PESSOAL. CRÉDITOS. POSSIBILIDADE. Relativamente

Leia mais

Formulário Consulta Pública RFB. Apresentação e orientações

Formulário Consulta Pública RFB. Apresentação e orientações BAPTISTA LUZ ADVOGADOS R. Ramos Batista. 444. Vila Olímpia 04552-020. São Paulo SP baptistaluz.com.br Formulário Consulta Pública RFB Apresentação e orientações Este Formulário tem a finalidade de receber

Leia mais

COORDENAÇÃO-GERAL DE TRIBUTAÇÃO

COORDENAÇÃO-GERAL DE TRIBUTAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE TRIBUTAÇÃO Solução de Consulta nº 368 - Cosit Data 14 de agosto de 2017 Processo Interessado CNPJ/CPF Assunto: Contribuição para o PIS/Pasep CRÉDITOS DA NÃO CUMULATIVIDADE. BENS INCORPORADOS

Leia mais