ESTUDO DO DNA 03. (U.M.CRUZES 02) Prof. Zell (biologia)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESTUDO DO DNA 03. (U.M.CRUZES 02) Prof. Zell (biologia)"

Transcrição

1 Biologia > Citologia > Síntese Protéica > Alunos Prof. Zell (biologia) ESTUDO DO DNA 01. (UNIFESP 03) Nos exames para teste de paternidade, o DNA, quando extraído do sangue, é obtido (A) das hemácias e dos leucócitos, mas não do plasma. (B) das hemácias, dos leucócitos e do plasma. (C) das hemácias, o principal componente do sangue. (D) dos leucócitos, principais células de defesa do sangue. (E) dos leucócitos e das globulinas, mas não das hemácias. 02. (PUCCAMP) Num dado organismo, o conteúdo de guanina no seu DNA é 30%. Assinale, no quadro abaixo, a alternativa que contém a porcentagem correta de cada uma das demais bases nitrogenadas. Adenina Citosina Timina (A) (B) (C) (D) (E) (U.M.CRUZES 02) A análise evolutiva entre organismos pode ser feita nos dias de hoje, por meio da comparação entre as seqüências de DNA de um determinado gene presente em todos os organismos estudados. A semelhança entre esses genes está diretamente relacionada à sua proximidade evolutiva. A árvore evolutiva esquematizada abaixo mostra o padrão de evolução de um grupo de animais, após comparação entre as seqüências de um gene denominado Citocromo C, presente em todas as espécies estudadas. Espécie 1 Espécie 2 Espécie 3 Espécie 4 Assim, é correto afirmar que (A) a homologia existente entre os genes do Citocromo C das espécies 1 e 2 é maior que entre 1 e 3. (B) a homologia existente entre os genes do Citocromo C das espécies 1 e 3 é maior que entre 1 e 2. (C) a homologia existente entre os genes do Citocromo C das espécies 2 e 4 é maior que entre 1 e 2. (D) a homologia existente entre os genes do Citocromo C das espécies 1 e 4 é maior que entre 1 e 2. (E) nada pode ser afirmado a respeito da homologia entre os genes de Citocromo C das espécies estudadas.

2 com DNA dupla hélice do tipo intermediário. Texto para as questões 04 e 05. O experimento clássico de Meselson e Stahl, em 1957, demonstrou que a replicação do DNA era semiconservativa, ou seja, cada fita do DNA serve de molde para sua própria duplicação, formando moléculas de DNA idênticas à original. Nesse experimento, os cientistas cultivaram células de Escherichia coli inicialmente em presença de fonte de 14 N (isótopo de nitrogênio leve) trocando, a seguir, por 15 N (isótopo pesado), que é incorporado às bases nitrogenadas do DNA. Colheram, então, amostras de DNA após a primeira e a segunda gerações de células crescidas em 15 N e analisaram essas amostras quanto à densidade do DNA formado. Considere como pesado o DNA dupla hélice marcado com 15 N; como leve o marcado com 14 N; como intermediário o marcado com 14 N e 15 N. 05. (UERJ 01) Calcule as proporções dos três tipos de DNA dupla hélice - leve, intermediário e pesado - formados em células da segunda geração, após a troca da fonte de nitrogênio. 06. (FEI 02) As aplicações da manipulação genética têm alcançado diversas áreas como a medicina, agricultura e pecuária e baseiam-se na obtenção de moléculas híbridas de DNA. Essa técnica é conhecida como. Os animais e plantas obtidos dessa técnica são denominados. Assinale a alternativa que completa as lacunas. (A) DNA recombinante, organismos transgênicos. (B) RNA recombinante, clones. (C) DNA recombinante, plasmídeos. (D) RNA recombinante, plasmídeos. (E) DNA recombinante, clones. 04. (UERJ 01) Justifique por que, após a troca da fonte de nitrogênio, a primeira geração de células foi totalmente constituída 07. O material genético é universal para todos os seres vivos. Sua estrutura e composição química se repetem nas

3 mais variadas formas de vida. DNA e RNA são as moléculas informacionais da vida. Sobre o DNA não é correto afirmar que (A) pode estar presente num elemento viral. (B) é uma estrutura de duas fitas em que encontramos bases complementares sempre respeitando A-T e C-G. (C) carrega o programa genético do ser vivo. (D) pode sofrer alterações espontâneas ou induzidas que são chamadas de mutações. (E) participa diretamente da síntese protéica deixando o núcleo, pelos seus poros, em direção aos ribossomos. 08. (U.F.PARÁ) Considerando-se que, no DNA de uma determinada espécie, 35% do total de bases nitrogenadas é representado pela guanina, a proporção de adenina é (A) 15% (B) 35% (C) 45% (D) 65% (E) 70% organismos têm revelado iguais proporções de (A) adenina e guanina. (B) adenina e citosina. (C) guanina e citosina. (D) citosina e timina. (E) timina e guanina. 10. (UFES) Preencha as lacunas: O ácido desoxirribonucléico é formado por uma cadeia (1) de desoxirribonucleotídeos, onde ocorre pareamento de bases (2). O processo de autoduplicação do DNA é do tipo (3) e ocorre no período (4) da intérfase. (A) (1) dupla, (2) A-C G-T, (3) semiconservativo e (4) S. (B) (1) dupla, (2) A-T C-G, (3) semiconservativo e (4) S. (C) (1) simples, (2) A-T C-G, (3) conservativo e (4) G2. (D) (1) simples, (2) A-T C-G, (3) semiconservativo e (4) S. (E) (1) dupla, (2) A-T C-G, (3) semiconservativo e (4) G (FUVEST 99) 09. (UFBA) Investigações químicas sobre a constituição do DNA de diferentes Bactérias foram cultivadas em um meio nutritivo contendo timina radioativa, por centenas de gerações. Dessa cultura, foram isoladas 100 bactérias e

4 transferidas para um meio sem substâncias radioativas. Essas bactérias sofreram três divisões no novo meio, produzindo 800 bactérias. A análise dos ácidos nucléicos mostrou que dessas 800 bactérias (A) 100 apresentavam o DNA marcado, mas não o RNA. (B) 200 apresentavam o DNA marcado, mas não o RNA. (C) 400 apresentavam o DNA marcado, mas não o RNA. (D) 200 apresentavam o DNA e o RNA marcados. (E) todas apresentavam o DNA e o RNA marcados. 100 bactérias a 1. Divisão 12. (UEL 93) a 2. Divisão a 2. Divisão 200 bactérias a 3. Divisão a 3. Divisão 3. Divisão a a 100 bactérias marcadas 100 bactérias 100 bactérias 100 bactérias 100 bactérias marcadas 100 bactérias 100 bactérias Divisão 100 bactérias 800 bactérias bactérias Considere as seguintes afirmações referentes a moléculas de ácidos nucléicos: I. Sua duplicação ocorre durante a intérfase. II. Uma cadeia simples da molécula original conserva-se íntegra em cada uma das moléculas-filhas. III. As duas moléculas-filhas têm exatamente a mesma seqüência de bases nitrogenadas e são idênticas à molécula original. IV. Após associarem-se a proteínas, as moléculas-filhas vão para o citoplasma participar da síntese de novas proteínas. Relacionam-se ao ácido desoxirribonucléico (DNA) as afirmações (A) I e II, apenas. (B) I e III,apenas. (C) I, II e III, apenas. (D) II, III e IV, apenas. (E) I, II, III e IV 13. (UFMS 02) Durante o processo de investigação de um assassinato, o sangue da vítima, do acusado, e o encontrado na roupa do acusado, foram analisados. Verificou-se que o sangue encontrado na roupa era diferente do sangue do acusado, mas coincidia com o da vítima. Essa investigação é feita pelo DNA das pessoas e é tão segura quanto a da impressão digital, pelo menos em gêmeos não monozigóticos. No exame do DNA, é(são) feito(s)

5 (01) o mapeamento de trechos do DNA, chamado recombinante. (02) o mapeamento de trechos do DNA, chamado screening genético. (04) o mapeamento de trechos do DNA, com seqüências de bases nitrogenadas, que não são genes (VNTRs número variável de repetições em seqüência). (08) o mapeamento de trechos do DNA, chamado complementar. (16) um código de barra com o(s) tipo(s) de sangue que se deseja analisar, para verificar qual(is) código(s) coincide(m) ou é(são) diferente(s). (32) um código de seqüência de proteínas do RNA, que não seja do tipo barra, e sim do tipo curva. seqüências de desoxirribonucleotídeos que compõem a dupla hélice. (08) na associação de inúmeras moléculas de DNA em cada um dos cromossomos, atendendo às exíguas dimensões da célula.. (16) na capacidade mutacional decorrente de substituições, perdas ou adições de nucleotídeos, revelando o "poder criativo da natureza". (32) no estabelecimento de moldes moleculares, que possibilitam a formação de cópias, perpetuando, assim, a vida. (64) em sua transformação nos vários tipos de RNA, exigência para a expressão gênica em procariotos e eucariotos. 14. (UFBA 03) A estratégica organização do DNA molécula que detém a informação da vida se expressa (01) na combinação de pentoses e fosfatos por meio de pontes de hidrogênio em dois longos polímeros. (02) na constituição química a partir de apenas quatro tipos de unidades monoméricas que, paradoxalmente, codificam a diversidade de proteínas nos seres vivos. (04) na ausência de leis restritivas das possibilidades de construção das 15. (UFBA 02) "Nosso primeiro projeto, que continua até hoje, quinze anos depois, foi a identificação de crianças que foram raptadas durante a ditadura militar da Argentina entre 1975 e Os pais das crianças 'desapareceram'. Quando as avós dessas crianças perceberam que o rapto foi largamente utilizado como instrumento político durante o período, elas se organizaram e começaram a busca pelas crianças perdidas. Como as crianças não poderiam saber quem eram, as avós precisaram de um

6 geneticista. Em 1984, eu me tornei a geneticista. Originalmente, usamos marcadores clássicos, como os grupos sangüíneos e HLA (tipos de proteínas usadas para avaliar compatibilidade de tecidos em transplantes de órgãos). Mas, em poucos anos, começamos a usar os novos métodos baseados na tecnologia do DNA, como o seqüenciamento do DNA mitocondrial. (...) este DNA é ideal para o nosso propósito porque é herdado apenas através da mãe e é altamente variável entre as famílias. As avós sabem de 220 crianças raptadas, das quais 59 foram identificadas até agora. Temos um banco de dados de seqüências de DNA das famílias que perderam seus filhos e netos. Agora, quando jovens adultos procurarem as avós suspeitando que foram raptados, podemos comparar seu DNA com as seqüências catalogadas". (KING. In: CAMPBELL, p. 225) (02) Os tipos sangüíneos do sistema ABO constituem exemplos de herança polialélica, com relação de dominância e de co-dominância entre as formas alélicas. (04) Uma proteína é a expressão de uma informação contida no DNA, transcrita em uma molécula de RNA mensageiro. (08) O uso do DNA mitocondrial em técnicas para identificação fundamenta-se na sua condição de principal fonte de informação genética numa célula eucariótica. (16) A herança do DNA mitocondrial pela via materna está associada a eventos citológicos próprios da gametogênese e da fecundação. (32) Seqüências compartilhadas pelos organismos da espécie, nos bancos de DNA, são menos numerosas do que as seqüências exclusivas dos indivíduos analisados. O texto exemplifica as muitas implicações sociais de estudos em Genética, concretizadas na aplicação do conhecimento acumulado na área, que permite afirmar: (01) A seqüência de nucleotídeos na molécula de DNA marca a identidade genética dos indivíduos.

7 QUESTÃO 16. (ROSE, p. 40) 17. (UFBA 01) "O conceito de embrião é surpreendente. (...) Para tornar-se um embrião, você tem que construir-se a partir de uma única célula. Você tem que respirar antes de possuir pulmões, digerir antes de possuir intestino, construir ossos enquanto é uma massa e formar ordenadamente neurônios antes de saber como pensar. Uma das diferenças críticas entre você e uma máquina é que uma máquina nunca é chamada a uma função antes de ter sido construída. Cada animal tem que funcionar enquanto constrói a si mesmo." (GILBERT, p. 1) O DNA molécula da hereditariedade apresenta peculiaridades que incluem (01) uma vida média curta, sofrendo degradação e ressíntese durante o período vital de uma célula. (02) a estrutura helicoidal e a ocorrência em diferentes níveis de compactação durante o ciclo celular. (04) a associação com proteínas básicas, formando nucleossomos, que se organizam em fibras de cromatina mais espessas. (08) o poder de replicação semiconservativa, resultando em cromátides irmãs, que se mantêm unidas até a metáfase. (16) a complementaridade de bases nitrogenadas, configurando uma dupla hélice com "fitas" anti-paralelas. (32) a formação de cromossomos pela agregação de cadeias polinucleotídicas, envoltas por uma película lipídica. (64) a capacidade de transcrever ativamente no decorrer do período S da interfase. A chave do mistério da hereditariedade foi descoberta por um monge austríaco no século XIX, Gregor Mendel, que trabalhou praticamente na obscuridade. QUESTÃO 18. A figura abaixo expressa simbolicamente a contribuição da Biologia Molecular no conhecimento atual dos genomas e sua aplicação em

8 Biotecnologia. As técnicas de análise do DNA incluem a obtenção de padrões de distribuição de segmentos de desoxirribonucleotídeos submetidos a eletroforese, como os observados na figura. Constituem exemplos da utilização dessas técnicas as investigações de paternidade, criminalidade e análises comparativas de espécies e populações em estudos de Genética e Evolução. (08) A informação genética é inerente à seqüência de nucleotídeos ao longo da molécula de DNA. (16) A expressão do genótipo se concretiza pela tradução da mensagem genética na forma de cadeias polipeptídicas em um ambiente específico. (32) Os genomas estão organizados em fragmentos de moléculas de DNA dispersos na célula. (64) Diferentes padrões de bandas resultam de seqüências nucleotídicas características de cada indivíduo. 21. (UFBA 99) 19. (UFBA 00) Sobre a base teórica que sustenta os estudos sugeridos pela ilustração, pode-se afirmar: (01) O material genético ocorre, preferencialmente, em determinados órgãos e tecidos de um sistema biológico. (02) O DNA é a molécula informacional que fundamenta a diversidade do mundo vivo. (04) A estrutura molecular do DNA e seu mecanismo de replicação constituem a base da hereditariedade. A análise dos diferentes níveis integrativos apresentados na ilustração revela: (01) o caráter procariótico da célula, evidenciado pela inexistência de um sistema de endomembranas. (02) a associação de múltiplas moléculas de DNA, constituindo um único cromossomo linear.

9 (04) a codificação de mensagens genéticas em seqüências de unidades constituídas de fosfato, açúcar e base nitrogenada. (08) a ocorrência de funções inerentes à molécula de DNA que transcendem a simples associação de nucleotídeos. (16) a natureza dinâmica das biomoléculas, refletida nos diferentes estados de organização do material genético. (32) a existência da célula como fruto de integração dos diversos níveis moleculares e base da expressão da vida nos demais níveis. (64) a universalidade da mesma estrutura cromossômica como base física da hereditariedade. 22. (UFMS 99) A revista Isto É, nº 1505, de 5 de agosto de 1998, noticiou a popularidade e o aumento do número de pedidos de reconhecimento de paternidade através do exame de DNA. Assinale a(s) proposição(ões) correta(s) relativa(s) ao tema. (01) Não há necessidade de exumação de um cadáver para se fazer o exame; pode-se contar, se possível, com o material genético de familiares, como os avós, irmãos e até mesmo outros filhos da pessoa investigada. (02) Ninguém é obrigado a fazer o exame, mas, através de determinação judicial, a mãe garante ao filho a quebra da inviolabilidade masculina no território da filiação. (04) O exame de DNA rompe com o direito à intimidade molecular do indivíduo. (08) A análise de DNA pode ser realizada com quantidades mínimas de material obtido, por exemplo, a partir de um fio de cabelo ou de uma gota de sangue. (16) A análise se baseia no fato de que cada ser humano possui uma composição genética única, isto é, não existem dois ou mais indivíduos com exatamente o mesmo genótipo. (32) Quando o exame é feito com amostras de sangue do suposto pai, da mãe e do filho, ele pode fornecer um resultado de 99,99% de acerto. 23. (UEM 03) Sobre material genético, assinale o que for correto. (01) O DNA está presente em todos os seres vivos celulares. (02) É no DNA que se encontra a informação para a síntese de proteínas pela célula. (04) Preservar espécies, para que as mesmas não entrem em extinção, é preservar genes que contêm

10 informações para a síntese de proteínas que poderiam ser úteis ao ser humano. (08) O DNA somente é encontrado no interior do núcleo das células. (16) A célula eucariótica possui DNA mitocondrial e cromatina. (32) Na célula eucariótica, a cromatina é encontrada nos cloroplastos. (64) Os vírus não possuem DNA e se utilizam do DNA da célula infectada para a síntese de suas proteínas. 24. (UEM 00) Um pesquisador, ao analisar o DNA de um determinado animal, verificou que 20% do total de nucleotídeos era constituído pelo nucleotídeo que continha a base nitrogenada adenina. Com base nesse resultado, em relação à proporção dos nucleotídeos que carregam as bases nitrogenadas adenina (A), timina (T), citosina (C) e guanina (G), é correto afirmar que (01) G corresponde a 60%. (02) C corresponde a 30%. (04) T corresponde a 10%. (08) G+C corresponde a 45%. (16) A+T corresponde a 40%. (32) a relação (A+G)/(T+C) é igual a 1. TEXTO PARA QUESTÕES 25 E 26. João ficou intrigado com a grande quantidade de notícias envolvendo DNA: clonagem da ovelha Dolly, terapia gênica, testes de paternidade, engenharia genética, etc. Para conseguir entender as notícias, estudou a estrutura da molécula de DNA e seu funcionamento e analisou os dados do quadro a seguir. _ I A T C C G G A T G C T T T A G G C C T A C G A A _ II A T C C G G A T G C T T U A G G C C U A C G A A _ III U A G G C C U A C G A A Metionina Alanina Leucina Glutamato _ IV Bases nitrogenadas: A = Adenina

11 T = Timina C = Citosina G = Guanina U = Uracila _ 25. (ENEM 98) Analisando-se o DNA de um animal, detectou-se que 40% de suas bases nitrogenadas eram constituídas por Adenina. Relacionando esse valor com o emparelhamento específico das bases, os valores encontrados para as outras bases nitrogenadas foram: (A) T = 40%; C = 20%; G = 40% (B) T = 10%; C = 10%; G = 40% (C) T = 10%; C = 40%; G = 10% (D) T = 40%; C = 10%; G = 10% (E) T = 40%; C = 60%; G = 60% quantidade de A da cadeia complementar. (D) na molécula de DNA, podem existir 5 diferentes tipos de bases nitrogenadas. (E) no processo de mitose, cada molécula de DNA dá origem a 4 moléculas de DNA exatamente iguais. 27. (ENEM 04) A identificação da estrutura do DNA foi fundamental para compreender seu papel na continuidade da vida. Na década de 1950, um estudo pioneiro determinou a proporção das bases nitrogenadas que compõem moléculas de DNA de várias espécies. 26. (ENEM 98) Em I está representado o trecho de uma molécula de DNA. Observando o quadro, pode-se concluir que: (A) a molécula de DNA é formada por 2 cadeias caracterizadas por seqüências de bases nitrogenadas. (B) na molécula de DNA, podem existir diferentes tipos de complementação de bases nitrogenadas. (C) a quantidade de A presente em uma das cadeias é exatamente igual à A comparação das proporções permitiu concluir que ocorre emparelhamento entre as bases nitrogenadas e que elas formam (A) pares de mesmo tipo em todas as espécies, evidenciando a universalidade da estrutura do DNA. (B) pares diferentes de acordo com a espécie considerada, o que garante a diversidade da vida.

12 (C) pares diferentes em diferentes células de uma espécie, como resultado da diferenciação celular. (D) pares específicos apenas nos gametas, pois essas células são responsáveis pela perpetuação das espécies. (E) pares específicos somente nas bactérias, pois esses organismos são formados por uma única célula. analisado pelos pesquisadores, aqui substituído por um espaço. O tipo de DNA a que o texto se refere é o (A) DNA presente no cromossomo X. (B) DNA presente na cromatina sexual, ou Corpúsculo de Barr. (C) DNA da mitocôndria. (D) DNA do núcleo do óvulo. (E) DNA do gene do hormônio progesterona. 28. (FGV 04) Mama África não é só refrão de reggae. Um estudo publicado hoje na revista Nature acaba de confirmar que o homem moderno surgiu mesmo no continente africano e começou a se espalhar pelo mundo em algum momento ao redor de 52 mil anos atrás.(...) Seqüenciando o DNA de 53 indivíduos de várias regiões do planeta, a equipe de pesquisadores construiu uma árvore genealógica da espécie, cuja raiz se localiza no continente africano. O DNA é uma ótima ferramenta para estudos de evolução. Como só é transmitido pela mãe, ele escapa ao embaralhamento genético que acontece no momento da fecundação. (Folha de S.Paulo, ) No texto original, parte dele acima reproduzida, constava o tipo de DNA 29. (FUVEST 04) Bactérias (Escherichia coli) foram cultivadas durante várias gerações em um meio de cultura na qual toda a fonte de nitrogênio era o isótopo pesado 15 N. De uma amostra dessas bactérias (amostra A), extraiu-se o DNA que foi submetido a uma técnica de centrifugação que permite separar moléculas de DNA de acordo com sua densidade. O restante das bactérias foi transferido para um meio de cultura em que todo o nitrogênio disponível era o isótopo normal 14 N. Retirou-se uma segunda amostra (amostra B), quando as bactérias completaram uma divisão celular nesse novo meio e uma terceira amostra (amostra C), quando as bactérias completaram duas divisões celulares. O DNA das bactérias das amostras B e C foi também extraído e centrifugado.

13 A figura mostra o resultado da centrifugação do DNA das três amostras de bactérias. a) Por que, na amostra B, todo o DNA tem uma densidade intermediária entre o que é constituído apenas por 14 N e o que contém apenas 15 N? b) Considerando que, na amostra C, a quantidade de DNA separada na faixa inferior é X, que quantidade de DNA há na faixa superior? 30. (UEL 04) Em 2003 comemorou-se os 50 anos do modelo DNA, elaborado e proposto por Watson e Crick. Na época, esses cientistas se basearam, principalmente, nas relações entre as quantidades de bases nitrogenadas e o conseqüente emparelhamento específico entre elas, estabelecendo o modelo de dupla hélice para o DNA. Analisando a molécula de DNA de uma célula animal, constatou-se que 30% de suas bases nitrogenadas eram constituídas por citosina. Relacionando esse valor com o emparelhamento específico das bases, assinale a alternativa que apresenta os valores encontrados para as demais bases nitrogenadas. (A) 20% de adenina, 40% de timina e 10% de guanina. (B) 20% de adenina, 20% de timina e 30% de guanina. (C) 30% de adenina, 20% de timina e 20% de guanina. (D) 30% de adenina, 10% de timina e 30% de guanina. (E) 40% de adenina, 10% de timina e 20% de guanina. 31. (UERJ 04) É como se em cada quarto de um imenso prédio existisse uma estante contendo os planos do arquiteto para todo o prédio. (...) No homem, os planos do arquiteto montam 46 volumes. Nessa analogia, proposta por Richard Dawkins no livro O gene egoísta, cada página de cada volume contém um texto formado por uma seqüência de: (A) fenótipos (B) aminoácidos (C) cromossomos (D) bases nitrogenadas

14 32. (UFC 04) Os cientistas postulavam que a molécula responsável pela transmissão de características de uma geração para outra deveria: 1 - autocopiar-se precisamente; 2 - ser estável, porém capaz de sofrer modificação. Explique como o DNA atende às propriedades de ser estável e de ser capaz de sofrer modificação. 33. (FMTM 04) Dois homens, P-I e P-II, disputam a paternidade de uma criança C, filha da mulher M. Diante disso, foi pedido o exame de DNA dos envolvidos. O resultado do teste revelou os seguintes padrões: Acerca dos resultados obtidos foram feitas as seguintes afirmações: I. P-II pode ser o pai da criança, pois há maior quantidade de faixas coincidentes com o padrão da criança; II. as faixas de números 3, 9, 10, 14, e 17 correspondem ao DNA que a criança recebeu da mãe; III. não é possível excluir a possibilidade de P-I ser o pai da criança. Está correto o contido apenas em (A) I. (B) II. (C) I e II. (D) I e III. (E) II e III.

15 34. (UFBA 04) O ano de 2003 foi marcado pela comemoração dos cinqüenta anos da apresentação do modelo da dupla hélice do DNA, proposto por Watson e Crick. A elucidação da base molecular da hereditariedade representa a vitória da interdisciplinaridade sobre a fragmentação do conhecimento. O trabalho integrado de físicos, químicos e biólogos descortinou a nova era da ciência. Sobre a molécula de DNA, a construção do modelo e as repercursões, pode-se afirmar: (01) Os raios X, utilizados na investigação do DNA, podem ser produzidos quando um feixe de elétrons acelerados por uma alta voltagem é freado bruscamente por um alvo metálico, emitindo radiação de pequeno comprimento de onda. (02) O DNA, formado a partir de moléculas de desoxirribose, ácido fosfórico e bases orgânicas, inclui um polissacarídeo e um ácido monoprótico. (04) O pareamento específico de bases implica a capacidade de a molécula de DNA atuar como molde em diversas etapas do ciclo celular. (08) A tríplice combinação dos diferentes tipos das bases nitrogenadas, codificando aminoácidos, constitui a essência da expressão gênica. (16) A associação de várias moléculas de DNA e RNA em cromossomos circulares constitui característica que diferencia genomas procarióticos de eucarióticos. 35. (VUNESP 04) A figura representa um segmento de uma molécula de ácido nucléico. As setas de 1 a 4 indicam, respectivamente, (A) guanina, adenina, uracila e ribose. (B) guanina, citosina, uracila e ribose. (C) guanina, adenina, timina e desoxiribose.

16 (D) adenina, timina, guanina e desoxiribose. (E) citosina, guanina, timina e desoxiribose. 36. (VUNESP 03) A ilustração apresenta o resultado de um teste de paternidade obtido pelo método do DNA-Fingerprint, ou impressão digital de DNA. a) Segundo o resultado acima, qual dos homens, A ou B, é o provável pai da criança? Justifique. b) Em linhas gerais, como é feito o teste de identificação individual pelo método do DNA-Fingerprint? (B) todos os tipos de proteína codificados pelos genes humanos. (C) a seqüência de aminoácidos do DNA humano. (D) a seqüência de aminoácidos de todas as proteínas humanas. (E) o número correto de cromossomos da espécie humana. 38. (UCSAL 03) O avanço que está ocorrendo no campo da Genética leva jornais e revistas a publicarem freqüentemente notícias em que são mencionadas as "letras" do DNA: A, G, C, T. Uma pessoa interessada no assunto, após ter lido sobre a estrutura desse ácido nucléico, encontrou em um artigo a tabela abaixo, que compara a composição do DNA em algumas espécies. 37. (FUVEST 01) O anúncio do seqüenciamento do genoma humano, em 21 de junho de 2000, significa que os cientistas determinaram (A) a seqüência de nucleotídeos dos cromossomos humanos. Chegou então às seguintes conclusões: I. As "letras" do DNA especificadas na tabela correspondem às bases nitrogenadas dos nucleotídeos. II. No DNA, devido ao emparelhamento entre bases complementares, é

17 possível predizer o conteúdo de A sabendo-se o conteúdo de G e C. III. A proporção entre A e T e entre C e G, na molécula do ácido nucléico, é de 1 : 1 aproximadamente. É correto o que a pessoa concluiu em (A) I, somente. (B) II, somente. (C) I e II, somente. (D) II e III, somente. (E) I, II e III. elétrica. Fragmentos menores migram mais rapidamente em direção a um dos pólos da corrente. A migração diferencial dos fragmentos forma bandas (faixas) de DNA no gel, que podem ser visualizadas por tratamentos específicos (coloração, raios X, por exemplo). O padrão de bandas é exclusivo de cada indivíduo. A ilustração apresenta o resultado do teste 39. (FGV 05) Uma loja de animais mantinha para venda 4 exemplares de Ara ararauna (arara azul-e-amarela) e alegava aos fiscais que os exemplares haviam nascido em cativeiro, a partir de um casal mantido em um criatório autorizado pelo IBAMA. Contudo, os fiscais do IBAMA suspeitaram se esses exemplares teriam nascido em cativeiro ou se teriam sido capturados na natureza. Para esclarecer a questão, colheu-se uma amostra de sangue de cada um dos animais e fez-se um teste para determinação de paternidade pelo método do DNA-Fingerprint, ou impressão digital de DNA. O DNA foi extraído das células por processos químicos, fragmentado com enzimas específicas, colocado sobre um gel suporte e submetido à corrente Os resultados obtidos indicam que podem ser filhos do casal, mantido pelo criador, (A) os 4 exemplares. (B) apenas os exemplares machos. (C) apenas os exemplares fêmeas. (D) apenas os exemplares 1 e 4. (E) apenas os exemplares 2 e 3.

18 40. (FMTM 05) A partir de um tecido animal, foram retiradas quatro amostras que continham ácidos nucléicos. Após a análise das amostras, obteve-se o seguinte: amostra I: desoxirribose; amostra II: timina; amostra III: 20% de citosina e 20% de guanina; amostra IV: 30% de adenina e 10% de uracila. Entre as amostras analisadas, pode-se afirmar que se refere ao DNA o contido apenas em (A) III e IV. (B) II e IV. (C) II e III. (D) I e III. (E) I e II. 41. (FMTM 05) Nos casos em que há troca acidental de bebês em uma maternidade, a maior probabilidade de acerto na determinação da verdadeira mãe é dada pelo exame (A) do DNA mitocondrial das supostas mães e do filho. (B) do RNA mensageiro das supostas mães e do filho. (C) do fator Rh e do sistema ABO das supostas mães e do filho. (D) dos grupos sangüíneos do sistema ABO das supostas mães e do filho. (E) dos grupos sangüíneos do sistema ABO dos supostos pais, mães e do filho. 42. (UECE 05) Considere as afirmações seguintes relativas à molécula de DNA: I. Sua estrutura apresenta-se com a base nitrogenada Timina ao invés de Uracila e organiza-se em dupla hélice II. Atua na codificação de proteínas ligando-se aos ribossomos citoplasmáticos III. Foi modelado por Watson e Crick na década de 50 do século XX IV. Sua replicação é semiconservativa, ou seja, cada molécula filha se forma por um filamento da molécula antiga e um filamento novo São corretas (A) I, II, III, IV (B) I, II, III (C) I, III, IV (D) II, III, IV 43. (ENEM 05) Um fabricante afirma que um produto disponível comercialmente possui DNA vegetal, elemento que proporcionaria melhor hidratação dos cabelos.

19 O quadro apresenta uma estimativa do número de pares de base (em milhões) do DNA de diferentes espécies. Sobre as características químicas dessa molécula essencial à vida, é correto afirmar que o DNA (A) de qualquer espécie serviria, já que têm a mesma composição. (B) de origem vegetal é diferente quimicamente dos demais pois possui clorofila. (C) das bactérias poderia causar mutações no couro cabeludo. (D) dos animais encontra-se sempre enovelado e é de difícil absorção. (E) de características básicas, assegura sua eficiência hidratante. 44. (UFRJ 05) A soma das porcentagens de guanina e citosina em uma certa molécula de ADN é igual a 58% do total de bases presentes. a) Indique as porcentagens das quatro bases, adenina (A), citosina (C), guanina (G) e timina (T), nessa molécula. b) Explique por que é impossível prever a proporção de citosina presente no ARN mensageiro codificado por esse trecho de ADN. 45. (UFSCAR 06) Esses dados confirmam que: (A) há uma correlação direta entre número de pares de base e complexidade estrutural e funcional do organismo. (B) há uma correlação direta entre número de pares de base e número de genes do organismo. (C) em relação aos outros organismos, as amebas codificam e sintetizam um maior número de tipos de proteínas. (D) o DNA é composto por muitas seqüências de pares de bases que não codificam proteínas. (E) o gafanhoto tem cerca de 3 vezes mais genes que o homem. 46. (MACK 06) Estudos recentes identificaram vários tipos de surdez congênita na espécie humana, sendo muitas delas hereditárias. Dentre elas há algumas cujo gene não é encontrado no DNA nuclear, mas pode ser encontrado no DNA de

20 organelas como 1 ; elas são transmitidas para os descendentes 2. Assinale a alternativa que completa, correta e respectivamente, os espaços 1 e 2. (A) os ribossomos; somente pela mãe. (B) as mitocôndrias; somente pela mãe. (C) o flagelo; somente pelo pai. (D) os ribossomos; tanto pela mãe como pelo pai. (E) o complexo de Golgi; somente pelo pai.

> ESTUDO DO RNA. (C) O ácido nucléico I é DNA e o II, RNA. (D) O ácido nucléico I é RNA e o II, DNA. (E) I é exclusivo dos seres procariontes.

> ESTUDO DO RNA. (C) O ácido nucléico I é DNA e o II, RNA. (D) O ácido nucléico I é RNA e o II, DNA. (E) I é exclusivo dos seres procariontes. Biologia > Citologia > Sintese Protéica > Alunos Prof. Zell (biologia) (C) O ácido nucléico I é DNA e o II, RNA. (D) O ácido nucléico I é RNA e o II, DNA. (E) I é exclusivo dos seres procariontes. > ESTUDO

Leia mais

Criado e Desenvolvido por: Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com

Criado e Desenvolvido por: Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com Criado e Desenvolvido por: Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com O NÚCLEO E A SÍNTESE PROTEÍCA O núcleo celular, descoberto em 1833 pelo pesquisador escocês Robert Brown, é uma estrutura

Leia mais

1. (Unesp) A ilustração apresenta o resultado de um teste de paternidade obtido pelo método do DNA-Fingerprint, ou "impressão digital de DNA".

1. (Unesp) A ilustração apresenta o resultado de um teste de paternidade obtido pelo método do DNA-Fingerprint, ou impressão digital de DNA. Ácidos Nuclêicos 1. (Unesp) A ilustração apresenta o resultado de um teste de paternidade obtido pelo método do DNA-Fingerprint, ou "impressão digital de DNA". a) Segundo o resultado acima, qual dos homens,

Leia mais

BANCO DE QUESTÕES - BIOLOGIA - 1ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO ==============================================================================================

BANCO DE QUESTÕES - BIOLOGIA - 1ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO ============================================================================================== PROFESSOR: Leonardo Mariscal BANCO DE QUESTÕES - BIOLOGIA - 1ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO ============================================================================================== Ácidos Nucleicos 01- Os

Leia mais

Bases Moleculares da Hereditariedade

Bases Moleculares da Hereditariedade UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS PROG. DE PÓS GRAD. EM GENET. E MELHORAMENTO NÚCLEO DE ESTUDOS EM GENET. E MELHORAMENTO Bases Moleculares da Hereditariedade Ministrante: João Paulo

Leia mais

Os primeiros indícios de que o DNA era o material hereditário surgiram de experiências realizadas com bactérias, sendo estas indicações estendidas

Os primeiros indícios de que o DNA era o material hereditário surgiram de experiências realizadas com bactérias, sendo estas indicações estendidas GENERALIDADES Todo ser vivo consiste de células, nas quais está situado o material hereditário. O número de células de um organismo pode variar de uma a muitos milhões. Estas células podem apresentar-se

Leia mais

Hoje estudaremos a bioquímica dos ácidos nucléicos. Acompanhe!

Hoje estudaremos a bioquímica dos ácidos nucléicos. Acompanhe! Aula: 2 Temática: Ácidos Nucléicos Hoje estudaremos a bioquímica dos ácidos nucléicos. Acompanhe! Introdução: Os ácidos nucléicos são as moléculas com a função de armazenamento e expressão da informação

Leia mais

O DNA é formado por pedaços capazes de serem convertidos em algumas características. Esses pedaços são

O DNA é formado por pedaços capazes de serem convertidos em algumas características. Esses pedaços são Atividade extra Fascículo 2 Biologia Unidade 4 Questão 1 O DNA é formado por pedaços capazes de serem convertidos em algumas características. Esses pedaços são chamados de genes. Assinale abaixo quais

Leia mais

Painéis Do Organismo ao Genoma

Painéis Do Organismo ao Genoma Painéis Do Organismo ao Genoma A série de 5 painéis do organismo ao genoma tem por objetivo mostrar que os organismos vivos são formados por células que funcionam de acordo com instruções contidas no DNA,

Leia mais

BIOLOGIA MOLECULAR. Ácidos Nucléicos e Síntese de Proteínas

BIOLOGIA MOLECULAR. Ácidos Nucléicos e Síntese de Proteínas BIOLOGIA MOLECULAR Ácidos Nucléicos e Síntese de Proteínas Nucleotídeos São moléculas formadas pela união de um açúcar ou pentose, uma base nitrogenada e um grupo fosfato. Os Ácidos Nucléicos (DNA e RNA)

Leia mais

Equipe de Biologia. Biologia

Equipe de Biologia. Biologia Aluno (a): Série: 3ª Turma: TUTORIAL 5B Ensino Médio Equipe de Biologia Data: Biologia Ácidos nucléicos Os ácidos nucléicos são moléculas gigantes (macromoléculas), formadas por unidades monoméricas menores

Leia mais

DNA A molécula da vida. Prof. Biel Série: 9º ano

DNA A molécula da vida. Prof. Biel Série: 9º ano DNA A molécula da vida Prof. Biel Série: 9º ano DNA FINGER-PRINTING A expressão DNA "Finger-Print" (ou Impressões Genéticas) designa uma técnica de separação de segmentos de DNA que permite a identificação

Leia mais

As bactérias operárias

As bactérias operárias A U A UL LA As bactérias operárias Na Aula 47 você viu a importância da insulina no nosso corpo e, na Aula 48, aprendeu como as células de nosso organismo produzem insulina e outras proteínas. As pessoas

Leia mais

COMUNICAÇÃO DA INFORMAÇÃO NAS MOLÉCULAS DE DNA E RNA

COMUNICAÇÃO DA INFORMAÇÃO NAS MOLÉCULAS DE DNA E RNA COMUNICAÇÃO DA INFORMAÇÃO NAS MOLÉCULAS DE DNA E RNA Andréia Cristina Hypólito José 11075810 Fernando Caldas Oliveira 11085410 Giovana Zaninelli 11017210 Renato Fernandes Sartori 11061110 Rodrigo de Mello

Leia mais

Núcleo Celular. Biomedicina primeiro semestre de 2012 Profa. Luciana Fontanari Krause

Núcleo Celular. Biomedicina primeiro semestre de 2012 Profa. Luciana Fontanari Krause Núcleo Celular Biomedicina primeiro semestre de 2012 Profa. Luciana Fontanari Krause Núcleo Celular Eucarioto: núcleo delimitado por membrana nuclear (carioteca) Portador dos fatores hereditários e controlador

Leia mais

Criado e Desenvolvido por: RONNIELLE CABRAL ROLIM Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com

Criado e Desenvolvido por: RONNIELLE CABRAL ROLIM Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com Criado e Desenvolvido por: RONNIELLE CABRAL ROLIM Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com ÁCIDOS NUCLEICOS ÁCIDOS NUCLÉICOS: são substâncias formadoras de genes, constituídas por um grande

Leia mais

Ácidos nucléicos. São polímeros compostos por nucleotídeos. Açúcar - pentose. Grupo fosfato. Nucleotídeo. Base nitrogenada

Ácidos nucléicos. São polímeros compostos por nucleotídeos. Açúcar - pentose. Grupo fosfato. Nucleotídeo. Base nitrogenada ÁCIDOS NUCLÉICOS Ácidos nucléicos São polímeros compostos por nucleotídeos Açúcar - pentose Nucleotídeo Grupo fosfato Base nitrogenada Composição dos Ácidos nucléicos pentoses: numeração da pentose: pentose

Leia mais

Princípios moleculares dos processos fisiológicos

Princípios moleculares dos processos fisiológicos 2012-04-30 UNIVERSIDADE AGOSTINHO NETO FACULDADE DE CIÊNCIAS DEI-BIOLOGIA ---------------------------------------------- Aula 5: Princípios moleculares dos processos fisiológicos (Fisiologia Vegetal, Ano

Leia mais

Estrutura e função dos ácidos nucléicos. Profa. Melissa de Freitas Cordeiro-Silva

Estrutura e função dos ácidos nucléicos. Profa. Melissa de Freitas Cordeiro-Silva Estrutura e função dos ácidos nucléicos Profa. Melissa de Freitas Cordeiro-Silva > Polímeros de nucleotídeos Funções: DNA (ácido desoxirribonucléico) : > Armazenar as informações necessárias para a construção

Leia mais

Curso: Integração Metabólica

Curso: Integração Metabólica Curso: Integração Metabólica Aula 2: Breve revisão estrutura do DNA Prof. Carlos Castilho de Barros Prof. Augusto Schneider Quando se estuda metabolismo você certamente vai se deparar com termos de genéyca!

Leia mais

d) 23, 46, 26. 23 d) DNA nucleotídeos desoxirribose uracila desoxirribose timina e) DNA ácidos desoxirribonucléicos

d) 23, 46, 26. 23 d) DNA nucleotídeos desoxirribose uracila desoxirribose timina e) DNA ácidos desoxirribonucléicos 01 - (IBMEC RJ) O núcleo celular foi descoberto pelo pesquisador escocês Robert Brown, que o reconheceu como componente fundamental das células. O nome escolhido para essa organela expressa bem essa ideia:

Leia mais

16/04/2015 ÁCIDOS NUCLEICOS DNA E RNA DNA E RNA DNA E RNA BREVE HISTÓRICO DA DESCOBERTA DO DNA BREVE HISTÓRICO DA DESCOBERTA DO DNA

16/04/2015 ÁCIDOS NUCLEICOS DNA E RNA DNA E RNA DNA E RNA BREVE HISTÓRICO DA DESCOBERTA DO DNA BREVE HISTÓRICO DA DESCOBERTA DO DNA ÁCIDOS NUCLEICOS E RNA E RNA Plano de Aula -Componentes básicos de e RNA -Características estruturais e funcionais -Tipos de RNA Profª Dra. Juliana Schmidt Medicina 2014 E RNA BREVE HISTÓRICO DA DESCOBERTA

Leia mais

Genes. Menor porção do DNA capaz de produzir um efeito que pode ser detectado no organismo. Região do DNA que pode ser transcrita em moléculas de RNA.

Genes. Menor porção do DNA capaz de produzir um efeito que pode ser detectado no organismo. Região do DNA que pode ser transcrita em moléculas de RNA. Genes Menor porção do DNA capaz de produzir um efeito que pode ser detectado no organismo. Região do DNA que pode ser transcrita em moléculas de RNA. Ácidos nucleicos Os ácidos nucléicos são macromoléculas

Leia mais

Resposta: Interbits SuperPro Web

Resposta: Interbits SuperPro Web 1. (Fuvest 2012) Uma mutação, responsável por uma doença sanguínea, foi identificada numa família. Abaixo estão representadas sequências de bases nitrogenadas, normal e mutante; nelas estão destacados

Leia mais

- Ácido ribonucléico (ARN ou RNA): participa do processo de síntese de proteínas.

- Ácido ribonucléico (ARN ou RNA): participa do processo de síntese de proteínas. 1- TIPOS DE ÁCIDO NUCLÉICO: DNA E RNA Existem dois tipos de ácidos nucléicos: - Ácido desoxirribonucléico (ADN ou DNA): é o principal constituinte dos cromossomos, estrutura na qual encontramos os genes,

Leia mais

Aula 4 Estrutura do RNA

Aula 4 Estrutura do RNA Biologia Molecular Básica Módulo I Básico Aula 4 Estrutura do RNA O RNA é uma molécula intermediária na síntese de proteínas. Ela faz a intermediação entre o DNA e as proteínas. As principais diferenças

Leia mais

SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST ÁREA CIÊNCIAS CNII

SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST ÁREA CIÊNCIAS CNII SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST ÁREA CIÊNCIAS CNII Título do Podcast Área Segmento Duração Por que você se parece com sua avó? A genética vai ajudá-lo a entender como isso é possível! Ciências Ciências da Natureza

Leia mais

ÁCIDOS NUCLEICOS DNA - ÁCIDO DESOXIRRIBONUCLEICO RNA - ÁCIDO RIBONUCLEICO

ÁCIDOS NUCLEICOS DNA - ÁCIDO DESOXIRRIBONUCLEICO RNA - ÁCIDO RIBONUCLEICO ÁCIDOS NUCLEICOS DNA - ÁCIDO DESOXIRRIBONUCLEICO RNA - ÁCIDO RIBONUCLEICO 1 Funções dos ácidos nucleicos Armazenar e expressar a informação genética Replicação Cópia da mensagem contida no DNA, que será

Leia mais

DNA E SÍNTESE PROTEICA

DNA E SÍNTESE PROTEICA Genética Animal DNA e síntese proteica 1 DNA E SÍNTESE PROTEICA Estrutura do DNA: -Molécula polimérica, cujos monômeros denominam-se nucleotídeos. -Constituição dos nucleotídeos: açúcar pentose (5 -desoxirribose)

Leia mais

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 08 RIBOSSOMOS E SÍNTESE PROTEICA

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 08 RIBOSSOMOS E SÍNTESE PROTEICA BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 08 RIBOSSOMOS E SÍNTESE PROTEICA Fixação 1) (UNICAMP) Considere um fragmento de DNA com a seguinte sequência de bases: GTA GCC TAG E responda: a) Qual será a sequência

Leia mais

O processo fisiológico que está representado no gráfico é

O processo fisiológico que está representado no gráfico é Questão 01) Analise o gráfico a seguir. Disponível em: . Acesso em: 22 set. 2014. O processo fisiológico que está representado no gráfico é a) o efeito do aumento

Leia mais

MEDICINA VETERINÁRIA. Disciplina: Genética Animal. Prof a.: Drd. Mariana de F. G. Diniz

MEDICINA VETERINÁRIA. Disciplina: Genética Animal. Prof a.: Drd. Mariana de F. G. Diniz MEDICINA VETERINÁRIA Disciplina: Genética Animal Prof a.: Drd. Mariana de F. G. Diniz Gene, é a unidade fundamental da hereditariedade. Cada gene é formado por uma sequência específica de ácidos nucléicos

Leia mais

BIOLOGIA MOLECULAR. Prof. Dr. José Luis da C. Silva

BIOLOGIA MOLECULAR. Prof. Dr. José Luis da C. Silva BIOLOGIA MOLECULAR Prof. Dr. José Luis da C. Silva BIOLOGIA MOLECULAR A Biologia Molecular é o estudo da Biologia em nível molecular, com especial foco no estudo da estrutura e função do material genético

Leia mais

Replicação Quais as funções do DNA?

Replicação Quais as funções do DNA? Replicação Quais as funções do DNA? Aula nº 4 22/Set/08 Prof. Ana Reis Replicação O DNA é a molécula que contém a informação para todas as actividades da célula. Uma vez que as células se dividem, é necessário

Leia mais

GABARITO BIOLOGIA REVISÃO 01 3 ANO A/B ENSINO MÉDIO

GABARITO BIOLOGIA REVISÃO 01 3 ANO A/B ENSINO MÉDIO GABARITO BIOLOGIA REVISÃO 01 3 ANO A/B ENSINO MÉDIO Resolução: 01. B 02. E 03. No alantóide da ave há uma rede de capilares sangüíneos onde ocorre a respiração. O principal excreta nitrogenado da ave é

Leia mais

DO GENE À PROTEÍNA ALGUNS CONCEITOS BASICOS COMO SE ORGANIZAM OS NUCLEÓTIDOS PARA FORMAR O DNA?

DO GENE À PROTEÍNA ALGUNS CONCEITOS BASICOS COMO SE ORGANIZAM OS NUCLEÓTIDOS PARA FORMAR O DNA? DO GENE À PROTEÍNA O processo de formação das proteínas no ser humano pode ser difícil de compreender e inclui palavras e conceitos que possivelmente nos são desconhecidos. Assim, vamos tentar explicar

Leia mais

Química do material genético

Química do material genético 1 O NÚCLEO No núcleo estão os cromossomos, onde estão "armazenadas" as informações genéticas de cada espécie. Os seguintes componentes constituem o núcleo celular: Membrana Nuclear: também chamada de carioteca

Leia mais

REAÇÃO EM CADEIA DA POLIMERASE (PCR)

REAÇÃO EM CADEIA DA POLIMERASE (PCR) Área de Ciências da Saúde Curso de Medicina Módulo: Saúde do Adulto e Idoso II GENÉTICA HUMANA Professora: Dra. Juliana Schmidt REAÇÃO EM CADEIA DA POLIMERASE (PCR) A molécula de DNA é um longo polímero

Leia mais

Dra. Kátia R. P. de Araújo Sgrillo. Sgrillo.ita@ftc.br

Dra. Kátia R. P. de Araújo Sgrillo. Sgrillo.ita@ftc.br Dra. Kátia R. P. de Araújo Sgrillo Sgrillo.ita@ftc.br São macromoléculas gigantescas, com massa molecular maior que 100 milhões. Os ácidos nucléicos foram isolados pela primeira vez a partir do núcleo

Leia mais

NÚCLEO e DIVISÃO CELULAR

NÚCLEO e DIVISÃO CELULAR NÚCLEO e DIVISÃO CELULAR CÉLULA EUCARIONTE Cláudia Minazaki NÚCLEO Único; Normalmente: central Formato: acompanha a forma da célula Tamanho: varia com o funcionamento da célula Ciclo de vida da célula

Leia mais

GENÉTICA VII APLICAÇÕES DO CONHECIMENTO GENÉTICO

GENÉTICA VII APLICAÇÕES DO CONHECIMENTO GENÉTICO GENÉTICA VII APLICAÇÕES DO CONHECIMENTO GENÉTICO Prof. Jose Amaral/2012/2013 Metabolismo de controle O metabolismo é controlado pelos ácidos nucléicos, compostos que coordenam uma série de reações em que

Leia mais

DNA: Passado, Presente e Futuro

DNA: Passado, Presente e Futuro DNA: Passado, Presente e Futuro O passado O modelo do DNA que hoje nos é tão familiar foi divulgado em abril de 1953 na revista científica Nature pelos cientistas James Watson e Francis Crick. Eles afirmaram

Leia mais

Epigenética e Memória Celular

Epigenética e Memória Celular Epigenética e Memória Celular Por Marcelo Fantappié Fonte www.revistacarbono.com A epigenética é definida como modificações do genoma que são herdadas pelas próximas gerações, mas que não alteram a sequência

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 30 Fone: (061) 3443-7878 Disciplina: Biologia Trimestre: 1º Professor(a): Elizangela (B1), Guilherme (B) Série: 3º Turmas: 301, 30, 303, 304 PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 013

Leia mais

Estrutura e Função de Ácidos Nucléicos

Estrutura e Função de Ácidos Nucléicos UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE QUÍMICA DEPARTAMENTO DE BIOQUÍMICA QBQ0313 Estrutura e Função de Ácidos Nucléicos Flavia Carla Meotti Os Ácidos Nucléicos Função: armazenamento e transmissão da informação

Leia mais

EXAME DE BIOLOGIA Prova de Acesso - Maiores 23 Anos (21 de Abril de 2009)

EXAME DE BIOLOGIA Prova de Acesso - Maiores 23 Anos (21 de Abril de 2009) INSTITUTO POLITÉCNICO DE BEJA EXAME DE BIOLOGIA Prova de Acesso - Maiores 23 Anos (21 de Abril de 2009) Nome do Candidato Classificação Leia as seguintes informações com atenção. 1. O exame é constituído

Leia mais

Organização do Material Genético nos Procariontes e Eucariontes

Organização do Material Genético nos Procariontes e Eucariontes Organização do Material Genético nos Procariontes e Eucariontes Organização do Material Genético nos Procariontes e Eucariontes Procariontes Eucariontes Localização Organização Forma Disperso no citoplasma

Leia mais

Lista de exercícios: Carboidratos, Proteína e Ácidos Nucleicos 1ºano/ Prof. Karina-BIO/ CFNP

Lista de exercícios: Carboidratos, Proteína e Ácidos Nucleicos 1ºano/ Prof. Karina-BIO/ CFNP 1. (Fuvest 2014) Observe a figura abaixo, que representa o emparelhamento de duas bases nitrogenadas. 3. (Unesp 2013) Em 2012, assim como em anos anteriores, o Ministério da Saúde promoveu a campanha para

Leia mais

Hereditariedade. Leis da hereditariedade GENÉTICA

Hereditariedade. Leis da hereditariedade GENÉTICA Hereditariedade Definição: É a transferência de informações sobre as características próprias de um ser vivo para outro, de geração para geração, por meio dos gametas ou por transferência direta deácidos

Leia mais

03. Em fevereiro deste ano, um grupo de pesquisadores divulgou ao mundo a ovelha Dolly, obtido por meio da técnica de clonagem.

03. Em fevereiro deste ano, um grupo de pesquisadores divulgou ao mundo a ovelha Dolly, obtido por meio da técnica de clonagem. 01. Clones são seres vivos obtidos pelo desenvolvimento de células retiradas de indivíduos já existentes. A clonagem é um processo que vem sendo desenvolvido rapidamente com vários organismos e, em humanos,

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 320 Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL Disciplina: Biologia Trimestre: 1º Professor(a): Camilla Silva (B1) e Elisangela

Leia mais

A Molécula da Vida. Estrutura

A Molécula da Vida. Estrutura A Molécula da Vida Os cromossomos de células eucarióticas são formado por DNA associado a moléculas de histona, que são proteínas básicas. É na molécula de DNA que estão contidos os genes, responsáveis

Leia mais

Atividades sobre Células-tronco, transgênicos e clonagem

Atividades sobre Células-tronco, transgênicos e clonagem CURSO TÉCNICO EM BIOTECNOLOGIA SUBSEQUENTE Aluno(a): Módulo: I Data: Professor(a): Fábio Zanella Comp. Curricular: Genética Aplicada CÉLULAS-TRONCO Atividades sobre Células-tronco, transgênicos e clonagem

Leia mais

3º trimestre- LISTA DE EXERCICIOS - Biologia - CESINHA Ensino Médio 1º ano classe: Prof. Cesinha Nome: nº

3º trimestre- LISTA DE EXERCICIOS - Biologia - CESINHA Ensino Médio 1º ano classe: Prof. Cesinha Nome: nº . 3º trimestre- LISTA DE EXERCICIOS - Biologia - CESINHA Ensino Médio 1º ano classe: Prof. Cesinha Nome: nº Valor: 10 Nota:. 1. (Uel 2015) Leia o texto a seguir. Quando se fala em divisão celular, não

Leia mais

Aula 7 Ácidos nucléicos

Aula 7 Ácidos nucléicos Aula 7 Ácidos nucléicos Os ácidos nucléicos DNA (ácido desoxirribonucléico) e o RNA (ácido ribonucléico) são substâncias essenciais para os seres vivos, pois mantêm a informação genética que controla a

Leia mais

Bioinformática Aula 01

Bioinformática Aula 01 Bioinformática Aula 01 Prof. Ricardo Martins Ramos * * Doutorando em Genética e Toxicologia Aplicada CEFET-PI/ULBRA-RS Linha de Pesquisa Bioinformática Estrutural E-mail: ricardo@cefetpi.br Visão Holística

Leia mais

Genética Humana. Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto

Genética Humana. Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto Genética Humana Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto JAN/2012 Princípios Básicos As proteínas são vinculo entre genótipo e fenótipo; A expressão gênica é o processo pelo qual o DNA coordena

Leia mais

Exercícios Propostos Clonagem Professor Fernando

Exercícios Propostos Clonagem Professor Fernando Exercícios Propostos Clonagem Professor Fernando 1. (Fuvest) Uma maneira de se obter um clone de ovelha é transferir o núcleo de uma célula somática de uma ovelha adulta A para um óvulo de uma outra ovelha

Leia mais

Genética Molecular. Fundamentos Aplicações científicas Biotecnologia

Genética Molecular. Fundamentos Aplicações científicas Biotecnologia Genética Molecular Fundamentos Aplicações científicas Biotecnologia Genética Molecular DNA RNA Proteínas Universo Celular Ciclo celular Ciclo Celular: Mitose Célula animal Núcleo Celular: Cromossomas Cromossoma:

Leia mais

MEDICINA VETERINÁRIA. Disciplina: Genética Animal. Prof a.: D rd. Mariana de F. Gardingo Diniz

MEDICINA VETERINÁRIA. Disciplina: Genética Animal. Prof a.: D rd. Mariana de F. Gardingo Diniz MEDICINA VETERINÁRIA Disciplina: Genética Animal Prof a.: D rd. Mariana de F. Gardingo Diniz TRANSCRIÇÃO DNA A transcrição é o processo de formação de uma molécula de RNA a partir de uma molécula molde

Leia mais

Evolução Biológica e Algoritmos Genéticos. Fábio Lima Custódio flc@lncc.br

Evolução Biológica e Algoritmos Genéticos. Fábio Lima Custódio flc@lncc.br Evolução Biológica e Algoritmos Genéticos Fábio Lima Custódio flc@lncc.br Sumário Conceitos gerais O que é evolução? Forças Evolutivas Mutação Deriva Gênica Fluxo gênico Seleção Natural A teoria evolutiva

Leia mais

Matéria: Biologia Assunto: Moléculas, células e tecidos - Código genético Prof. Enrico Blota

Matéria: Biologia Assunto: Moléculas, células e tecidos - Código genético Prof. Enrico Blota Matéria: Biologia Assunto: Moléculas, células e tecidos - Código genético Prof. Enrico Blota Biologia Moléculas, células e tecidos - Código Genético O núcleo é de fundamental importância para grande parte

Leia mais

ÁCIDOS NUCLEÍCOS RIBOSSOMO E SÍNTESE PROTEÍCA

ÁCIDOS NUCLEÍCOS RIBOSSOMO E SÍNTESE PROTEÍCA ÁCIDOS NUCLEÍCOS RIBOSSOMO E SÍNTESE PROTEÍCA ÁCIDOS NUCLÉICOS: Moléculas orgânicas complexas, formadas polimerização de nucleotídeos (DNA e RNA) pela Contêm a informação que determina a seqüência de aminoácidos

Leia mais

A) As moléculas orgânicas simples obtidas são glicerídios que são utilizados pelo organismo com função reguladora.

A) As moléculas orgânicas simples obtidas são glicerídios que são utilizados pelo organismo com função reguladora. QUESTÃO 1 "Ceará joga fora opção alimentar" Segundo pesquisas da UFC, a cada ano 800 toneladas de carne de cabeça de lagosta não são aproveitadas sendo lançadas ao mar. "0 estudo sobre hidrólise enzimática

Leia mais

Biologia: Genética e Mendel

Biologia: Genética e Mendel Biologia: Genética e Mendel Questão 1 A complexa organização social das formigas pode ser explicada pelas relações de parentesco genético entre os indivíduos da colônia. É geneticamente mais vantajoso

Leia mais

QUESTÕES ENVOLVENDO ASPECTOS GERAIS DA CITOLOGIA COM ÊNFASE NA IMPORTÂNCIA DAS MEMBRANAS BIOLÓGICAS PARA O MUNDO VIVO. Prof.

QUESTÕES ENVOLVENDO ASPECTOS GERAIS DA CITOLOGIA COM ÊNFASE NA IMPORTÂNCIA DAS MEMBRANAS BIOLÓGICAS PARA O MUNDO VIVO. Prof. Questão 01 QUESTÕES ENVOLVENDO ASPECTOS GERAIS DA CITOLOGIA COM ÊNFASE NA IMPORTÂNCIA DAS MEMBRANAS BIOLÓGICAS PARA O MUNDO VIVO Prof. Cláudio Góes O mundo vivo é construído de tal forma que podemos estabelecer

Leia mais

Bases nitrogenadas púricas (A e G) e pirimídicas (T, C e U) Molécula de DNA (forma espacial)

Bases nitrogenadas púricas (A e G) e pirimídicas (T, C e U) Molécula de DNA (forma espacial) São moléculas formadas por unidades complexas chamadas nucleotídeos. Cada nucleotídeo é um grupamento molecular formado por três subunidades: uma base nitrogenada, uma pentose e um grupamento fosfato.

Leia mais

Curso - Psicologia. Disciplina: Genética Humana e Evolução. Resumo Aula 2- Organização do Genoma

Curso - Psicologia. Disciplina: Genética Humana e Evolução. Resumo Aula 2- Organização do Genoma Curso - Psicologia Disciplina: Genética Humana e Evolução Resumo Aula 2- Organização do Genoma Estrutura dos Ácidos Nucleicos- Nucleotídeos Cinco tipos: Adenina, Guanina, Citosina, Timina e Uracila.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE SETOR DE BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE SETOR DE BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE SETOR DE BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR DISCIPLINA: BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR ESTUDO DIRIGIDO FLUXO DA INFORMAÇÃO GÊNICA págs:

Leia mais

Módulo Núcleo. 2) O esquema a seguir apresenta um experimento realizado com uma alga unicelular.

Módulo Núcleo. 2) O esquema a seguir apresenta um experimento realizado com uma alga unicelular. Módulo Núcleo Exercícios de Aula 1) O envelope nuclear encerra o DNA e define o compartimento nuclear. Assinale a afirmativa INCORRETA sobre o envelope nuclear. a) É formado por duas membranas concêntricas

Leia mais

Genética e Evolução: Profa. Gilcele

Genética e Evolução: Profa. Gilcele Genética e Evolução: Profa. Gilcele Genética É o estudo dos genes e de sua transmissão para as gerações futuras. É o estudo da hereditariedade, a transmissão de traços de genitores para filhos. É dividida

Leia mais

Ácidos Nucleicos 22/12/2011. Funções do Material Genético. informação genética.

Ácidos Nucleicos 22/12/2011. Funções do Material Genético. informação genética. Ácidos Nucleicos Profa. Dra. Juliana Garcia de Oliveira Disciplina: Biologia Celular e Molecular Turmas: Ciências Biológicas, enfermagem, nutrição e TO. Funções do Material Genético Mendel, 1865: genes

Leia mais

A probabilidade de nascer uma menina afetada do cruzamento de 3 com 11 é: a) 0,00 b) 0,25 c) 0,50 d) 0,75 e) 1,00

A probabilidade de nascer uma menina afetada do cruzamento de 3 com 11 é: a) 0,00 b) 0,25 c) 0,50 d) 0,75 e) 1,00 Genética e Evolução 1. A mosca drosófila, de olho branco, apresenta a constituição genética X W Y e não possui gene para olho vermelho, que impede a manifestação do outro gene, para olho branco. Na frase,

Leia mais

ÁCIDOS NUCLÉICOS. Prof. Sharline F. M. Santos UFPB CT DEQ

ÁCIDOS NUCLÉICOS. Prof. Sharline F. M. Santos UFPB CT DEQ ÁCIDOS NUCLÉICOS Prof. Sharline F. M. Santos UFPB CT DEQ ÁCIDOS NUCLÉICOS Na natureza há dois tipos de ácidos nucleicos: DNA ou ácido desoxiribonucleico e RNA ou ácido ribonucleico. Ácidos Nucléicos Os

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS BARREIRO

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS BARREIRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS BARREIRO 3º Teste Sumativo DISCIPLINA DE BIOLOGIA 12ºano Turmas A e B TEMA: Regulação e alteração do material genético Versão A 31 de janeiro de 2013 90 minutos Nome: Nº

Leia mais

Biologia Celular - Prof. Douglas

Biologia Celular - Prof. Douglas LISTA DE EXERCÍCIOS - BIOLOGIA [Supletivo São Benedito] Biologia Celular - Prof. Douglas Q1 - (CEFET-MG/2012-1) Associou-se corretamente as estruturas existentes nas células aos tipos celulares exemplificados,

Leia mais

EXERCÍCIOS PARA O 8 ANO (2015)

EXERCÍCIOS PARA O 8 ANO (2015) EXERCÍCIOS PARA O 8 ANO (2015) 1- A Fábrica Celular Células de bactérias (procarióticas) e células animais (eucarióticas), apresentam semelhanças e diferenças. a) Qual a estrutura presente em ambas que

Leia mais

Mutação e Engenharia Genética

Mutação e Engenharia Genética Mutação e Engenharia Genética Aula Genética - 3º. Ano Ensino Médio - Biologia Prof a. Juliana Fabris Lima Garcia Mutações erros não programados que ocorrem durante o processo de autoduplicação do DNA e

Leia mais

Questões complementares

Questões complementares Questões complementares 1. Definir célula e os tipos celulares existentes. Caracterizar as diferenças existentes entre os tipos celulares. 2. Existe diferença na quantidade de organelas membranares entre

Leia mais

Unidade 7. Reprodução e hereditariedade

Unidade 7. Reprodução e hereditariedade Unidade 7 Reprodução e hereditariedade O ESTUDO DA HEREDITARIEDADE Teoria da pré-formação ou Progênese: dentro de cada semente (gameta) existiam miniaturas de seres humanos, chamados homúnculos. Gregor

Leia mais

BASES NITROGENADAS DO RNA

BASES NITROGENADAS DO RNA BIO 1E aula 01 01.01. A determinação de como deve ser uma proteína é dada pelos genes contidos no DNA. Cada gene é formado por uma sequência de códons, que são sequências de três bases nitrogenadas que

Leia mais

Grupo Tchê Química Análise de Moléculas de DNA

Grupo Tchê Química Análise de Moléculas de DNA Grupo Tchê Química Análise de Moléculas de DNA EDUARDO GOLDANI, ROCHELE FERNANDES ÍNDICE Introdução 03 Fundamentação teórica 05 Como as moléculas de DNA são analisadas 08 Fotos de eletroforese em gel 12

Leia mais

09 Mutações não interferem no polimorfismo genético e não constituem modificações hereditárias.

09 Mutações não interferem no polimorfismo genético e não constituem modificações hereditárias. LISTA DE EXERCÍCIOS 01 Para a realização do exame de paternidade, a perícia, geralmente, é realizada no campo médico-legal por meio da pesquisa do DNA. Porém, pode ocorrer que, sendo esta impossível por

Leia mais

A descoberta da célula

A descoberta da célula A descoberta da célula O que são células? As células são a unidade fundamental da vida CITOLOGIA A área da Biologia que estuda a célula, no que diz respeito à sua estrutura e funcionamento. Kytos (célula)

Leia mais

Como o DNA nuclear comanda todo o funcionamento da célula????

Como o DNA nuclear comanda todo o funcionamento da célula???? início Moléculas de RNA Como o DNA nuclear comanda todo o funcionamento da célula???? gene DNA espaçador fim Profa Estela Rossetto início O que faz o DNA? http://rizomas. net/ensino-debiologia/recur sospedagogicos/2

Leia mais

Escola Secundária do Monte de Caparica Disciplina de Biologia 10 º Ano

Escola Secundária do Monte de Caparica Disciplina de Biologia 10 º Ano Escola Secundária do Monte de Caparica Disciplina de Biologia 10 º Ano Teste de avaliação Nome ----------------------------------------------------------------------- Numero -------------------------------

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação OLÉIO XIX DE MRÇO excelência em educação 1ª PROV DE REPERÇÃO DE BIOLOI luno: Nº Série: 2º Turma: Data: Nota: Professor: Regina Volpato Valor da Prova: 40 pontos Orientações gerais: 1) Número de questões

Leia mais

DNA, RNA E INFORMAÇÃO

DNA, RNA E INFORMAÇÃO DNA, RNA E INFORMAÇÃO OS ÁCIDOS NUCLEICOS Embora descobertos em 1869, por Miescher, no pus das bandagens de ferimentos, o papel dos ácidos nucleicos na hereditariedade e no controle da atividade celular

Leia mais

8/18/2015. IFSC Campus Lages. Biologia Molecular. Prof. Silmar Primieri. O que é Biologia Molecular?

8/18/2015. IFSC Campus Lages. Biologia Molecular. Prof. Silmar Primieri. O que é Biologia Molecular? IFSC Campus Lages Biologia Molecular Prof. Silmar Primieri O que é Biologia Molecular? 1 Aplicabilidades da Biologia Molecular Genética do Câncer Doenças com herança complexa Preservação de espécies ameaçadas

Leia mais

Ficha de Apoio Teórico: Replicação do DNA

Ficha de Apoio Teórico: Replicação do DNA Escola Secundária c/ 3º Ciclo João Gonçalves Zarco Ano Lectivo 2008/2009 Biologia/Geologia (ano 2) Ficha de Apoio Teórico: Replicação do DNA Introdução Uma das características mais pertinentes de todos

Leia mais

A Estrutura da molécula de DNA. Identificação dos ácidos nucléicos e da molécula certa inaugura a genética molecular

A Estrutura da molécula de DNA. Identificação dos ácidos nucléicos e da molécula certa inaugura a genética molecular Page 1 of 5 A Estrutura da molécula de DNA Identificação dos ácidos nucléicos e da molécula certa inaugura a genética molecular Em 1869, o bioquímico suíço Friedtich Mieschner aventou pela primeira vez

Leia mais

7.012 Conjunto de Problemas 5

7.012 Conjunto de Problemas 5 Nome Seção 7.012 Conjunto de Problemas 5 Pergunta 1 Enquanto estudava um problema de infertilidade, você tentou isolar um gene hipotético de coelho que seria responsável pela prolífica reprodução desses

Leia mais

ENEM. Biologia Aula 03. Profº Marcelo TESTES

ENEM. Biologia Aula 03. Profº Marcelo TESTES TESTES (ENEM 98) João ficou intrigado com a grande quantidade de notícias envolvendo DNA: clonagem da ovelha Dolly, terapia gênica, testes de paternidade, engenharia genética, etc. Para conseguir entender

Leia mais

Um estudante de 23 anos, doador de sangue tipo universal, é moreno, tem estatura mediana e pesa 85 kg. Todas as alternativas apresentam

Um estudante de 23 anos, doador de sangue tipo universal, é moreno, tem estatura mediana e pesa 85 kg. Todas as alternativas apresentam Um estudante de 23 anos, doador de sangue tipo universal, é moreno, tem estatura mediana e pesa 85 kg. Todas as alternativas apresentam características hereditárias desse estudante que são influenciadas

Leia mais

Os conceitos I, II, III e IV podem ser substituídos, correta e respectivamente, por

Os conceitos I, II, III e IV podem ser substituídos, correta e respectivamente, por 01 - (FATEC SP) Mapas conceituais são diagramas que organizam informações sobre um determinado assunto por meio da interligação de conceitos através de frases de ligação. Os conceitos geralmente são destacados

Leia mais

São moléculas orgânicas, constituídas por unidades básicas

São moléculas orgânicas, constituídas por unidades básicas ompostos rgânicos: Ácidos ucléicos São moléculas orgânicas, constituídas por unidades básicas chamadas nucleotídeos. s ácidos nucléicos na verdade são polinucleotídeos. onstituição de um nucleotídeo ácido

Leia mais

A FAMÍLIA SILVA E SEUS GENES. Os filhos são diferentes, mas todos são Silva. Saiba como! ALBINO PIGMENTADO PROCEDIMENTO

A FAMÍLIA SILVA E SEUS GENES. Os filhos são diferentes, mas todos são Silva. Saiba como! ALBINO PIGMENTADO PROCEDIMENTO A FAMÍLIA SILVA E SEUS GENES Os filhos são diferentes, mas todos são Silva. Saiba como! ALBINO PIGMENTADO PROCEDIMENTO PROCEDIMENTO PARTE 1 Determinação dos genótipos dos pais 1.1. Observar a aparência

Leia mais

MEIOSE E AS LEIS DE MENDEL

MEIOSE E AS LEIS DE MENDEL 1 MEIOSE E AS LEIS DE MENDEL Autores: Lyria Mori e Maria Augusta Querubim Rodrigues Pereira. Versão inicial: Carlos Ribeiro Vilela e Maria Augusta Q. Rodrigues Pereira Versão atual: Lyria Mori e Maria

Leia mais

ÁCIDOS NUCLÉICOS E CÓDIGO GENÉTICO. Transmissão das características hereditárias DNA + RNA controle da produção de

ÁCIDOS NUCLÉICOS E CÓDIGO GENÉTICO. Transmissão das características hereditárias DNA + RNA controle da produção de ÁCIDOS NUCLÉICOS E CÓDIGO GENÉTICO Os genes são formados por DNA; Transmissão das características hereditárias DNA + RNA controle da produção de proteínas da célula; 2 1.A estrutura dos ácidos nucléicos

Leia mais

Lei da Segregação. Experimentos de Mendel

Lei da Segregação. Experimentos de Mendel Lei da Segregação Os trabalhos do monge Agostinho Gregor Mendel, realizados há mais de um século, estabeleceram os princípios básicos da herança, que, até hoje, são aplicados nos estudos da Genética. A

Leia mais