ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO FÉLIX DO ARAGUAIA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO FÉLIX DO ARAGUAIA"

Transcrição

1 ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO FÉLIX DO ARAGUAIA PREFEITURA MUNICIPAL EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 2, DE 6 DE DEZEMBRO DE REPUBLICAÇÃO COM ALTERAÇÕES EDITAL DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 002/2013 O Município de São Félix do Araguaia (MT) torna público que fará realizar Processo Seletivo Simplificado para Contratação Temporária de Pessoal no âmbito da Prefeitura Municipal de São Félix do Araguaia MT, com provimento em caráter temporário, para atender à necessidade temporária e de excepcional interesse público nas áreas da Saúde, Educação, por meio da celebração de contrato temporário, vinculado à previdência pelo Regime Geral de Previdência Social e pelo Regime Jurídico Estatutário (Vínculo Administrativo), conforme dispuser as Leis Municipais nº 583/2007 e 606/ DO OBJETO DO PROCESSO SELETIVO: O objeto do presente Edital consiste no Processo Seletivo Simplificado para contratação de pessoal para preenchimento dos cargos de acordo ao anexo I, em caráter temporário e excepcional, nos termos das legislações aplicáveis, para o atendimento de serviços essenciais de caráter inadiável, na forma da lei. 2. DIVULGAÇÃO E PUBLICIDADE 2.1. Todos os resultados, prazos e avisos serão publicados no Diário Oficial do Município, através do site e, adicionalmente, no site da Prefeitura e no Mural da Prefeitura Todos os horários previstos neste Edital, e nos Editais Complementares seguem o Horário Oficial de Mato Grosso. 3- DOS CANDIDATOS: 3.1 Este Processo Seletivo Simplificado está aberto a todos que satisfizerem as exigências das leis brasileiras. 4. DAS INSCRIÇÕES 4.1 Data, Horário e Local das Inscrições Inscrições presenciais Início: 16/12/2013 Término: 20/12/2013 Horário: Das 08h às 12:00h e das 14:00h às 18:00h, de segunda a sexta-feira. LOCAL: Secretaria Mun. Educação, situada à Avenida Araguaia, nº 416, Centro TAXA: Não será cobrada taxa de inscrição FORMA DAS INCRIÇÕES - As inscrições serão presenciais, podendo ser feitas por meio de procuração pública ou particular, na forma do Anexo V DOCUMENTOS NECESSÁRIOS NO ATO DA INSCRIÇÃO O candidato deverá apresentar original de documento oficial de identidade e do CPF O candidato receberá, no ato da inscrição, o comprovante de inscrição A inscrição vale, para todo e qualquer efeito, como forma de expressa concordância por parte do candidato, de todas as condições, normas e exigências constantes neste edital, editais complementares e regulamento O candidato cujas informações prestadas não forem verdadeiras, além da desclassificação, estará sujeito às penalidades previstas em lei. 4.8 Da participação de candidatos portadores de necessidades especiais: Aos candidatos portadores de deficiência estão reservados 10% (dez por cento) das vagas dos cargos previstos neste Edital, de acordo com a Lei Federal nº /89 e pela Lei Complementar Estadual 114/ Para os efeitos do item 4.4.1, nos termos do Decreto Federal nº /99 considera-se pessoa portadora de deficiência todo indivíduo cujas possibilidades de obter e conservar um cargo adequado e de progredir no mesmo fique substancialmente reduzido devido a uma deficiência ou limitação física, mental ou sensorial reconhecida Qualquer pessoa portadora de deficiência poderá inscrever-se em Processo Seletivo Simplificado para ingresso nos cargos previstos, de acordo com o item O candidato, no ato da inscrição, declarará expressamente a deficiência de que é portador e apresentará o laudo médico atestando a espécie e o grau ou nível da deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doença CID-10, bem como a provável causa da deficiência, nos termos do inciso IV do art. 39 do Decreto Federal nº / O candidato portador de deficiência deverá corresponder ao perfil traçado para o preenchimento do cargo No ato da inscrição o candidato indicará a necessidade de qualquer adaptação das provas a serem prestadas O candidato que se encontrar nessa especial condição poderá, resguardadas as características inerentes às provas, optar pela adaptação de sua conveniência, dentro das alternativas de que dispuser, na oportunidade Para que sejam considerados aprovados os candidatos portadores de deficiência deverão obter, durante todo o Processo Seletivo Simplificado, a pontuação mínima estabelecida para todos os candidatos, sendo expressamente vedado o favorecimento destes ou daqueles no que se refere às condições para sua aprovação Na realização das provas, as adaptações necessárias aos candidatos portadores de deficiência somente serão efetuadas para aqueles que comunicarem sua deficiência conforme determina o art. 40 do Decreto Federal nº / A Prefeitura Municipal de São Félix do Araguaia MT não se responsabilizará pela elaboração de prova específica para os portadores de deficiência que não a comunicarem no ato da inscrição Por ocasião da posse dos candidatos classificados a Prefeitura Municipal procederá à análise da compatibilidade da deficiência com as atribuições do cargo pretendido. 5. DAS PROVAS: 5.1. As provas serão aplicadas no dia 19 de Janeiro de 2014, com início às 08:00 horas e encerramento às 12:00 horas, com duração de 04 (quatro) horas, em local a ser divulgado em Edital Complementar O Processo Seletivo Simplificado será de provas objetivas, avaliação de títulos e provas práticas para o cargo de Agente Operacional. 5.3 As provas objetivas serão compostas de conhecimentos básicos, gerais e específicos (Legislação), no total de 20 (Vinte) questões com 04 (Quatro) Alternativas, cada questão valerá 0,35 (zero trinta e cinco) contendo somente uma questão correta, perfazendo um total de 7,0 (sete) pontos. 5.4 A apresentação de títulos deverá se dar no período de 16/12/2013 até 20/12/2013, conforme Cronograma anexo a este Edital, com cópia e original, sendo o original restituído ao candidato no ato da entrega das cópias, totalizando até 3,0 (três) pontos. 5.5 A prova prática para o cargo de Agente Operacional será definida em edital complementar, e terá caráter eliminatório. 5.6 As provas objetivas serão elaboradas com base nos conteúdos programáticos contidos no anexo III do presente Edital, de acordo com cada nível de escolaridade, e com a quantidade de questões discriminadas a seguir: Para os cargos de Nível Fundamental: - 6 questões sobre a História do Estado de Mato Grosso, Município de São Félix do Araguaia e atualidades; - 07 questões sobre Língua Portuguesa; - 07 questões de Raciocínio Lógico e/ou matemática com nível de escolaridade exigida neste edital Para os cargos de Nível Médio e Superior: SAÚDE: - 03 questões sobre Língua Portuguesa; - 03 questões de Raciocínio Lógico e/ou Matemática; -04 questões de Conhecimentos Gerais e Atualidades, História de Mato Grosso e São Félix do Araguaia MT; -10 questões de Legislação em Saúde Leis (8.080/1990, 8.142/1990) EDUCAÇÃO: - 05 questões sobre Língua Portuguesa; - 05 questões de Raciocínio Lógico e/ou Matemática; -05 questões de Conhecimentos Gerais e Atualidades, História de Mato Grosso e São Félix do Araguaia MT; -05 questões (Lei de Diretrizes e Bases 9394/1996) ASSISTÊNCIA SOCIAL: - 03 questões sobre Língua Portuguesa; - 03 questões de Raciocínio Lógico e/ou Matemática; -04 questões de Conhecimentos Gerais e Atualidades, História de Mato Grosso e São Félix do Araguaia MT; -10 questões (SUAS, NOB, ECA, LOAS, Estatuto do Idoso). 5.7 Da realização das provas teóricas: O candidato deverá comparecer no local da aplicação das provas com antecedência de, no mínimo, (trinta) minutos do horário especificado, trazendo caneta esferográfica azul ou preta, Cartão de Identificação/Comprovante de Inscrição e documento de identidade original ou outro documento original em perfeitas condições, com foto, de igual valor legal, ou seja: carteira expedida por Órgão ou Conselho de Classe que tenha força de documento de identificação; Carteira de Trabalho e Previdência Social; Certificado de Reservista ou Carteira de Motorista nos moldes

2 atuais Não será permitido ao candidato entrar no local das provas com outros objetos além daqueles exigidos no item anterior O fiscal de sala e a coordenação do Processo Seletivo Simplificado não se responsabilizarão por danos ou desaparecimento de objetos, bolsas, celulares e outros que forem deixados na sala pelos candidatos Será excluído da seleção o candidato que: Apresentar-se após o horário estabelecido para a realização das provas; Apresentar-se para a prova em outro local que não seja o previsto; Não comparecer à prova, seja qual for o motivo alegado; Não apresentar um dos documentos de identificação exigidos nos termos deste Edital; Ausentar-se da sala de prova sem o acompanhamento de um fiscal; For surpreendido em comunicação com outras pessoas ou utilizando-se de calculadoras, livros, notas ou impressos não permitidos; Estiver portando ou fazendo uso de qualquer tipo de equipamento eletrônico de comunicação (pagers, celulares etc.); Não devolver integralmente o material solicitado; Perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos O candidato deverá assinalar com caneta esferográfica de tinta preta ou azul na prova, e transcrever para a folha de gabarito, que será o único documento válido para a correção O preenchimento da folha de prova será de inteira responsabilidade do candidato Serão de inteira responsabilidade do candidato os prejuízos advindos de marcações feitas incorretamente no caderno de prova. Serão consideradas marcações incorretas as que estiverem em desacordo com este edital, tais como: dupla marcação e marcação rasurada ou emenda; 6 DOS RECURSOS 6.1 Os candidatos poderão interpor recurso junto à Comissão Organizadora no mesmo endereço do local das inscrições, quanto à homologação das inscrições, gabarito e questões da prova escrita e resultado final, no prazo de 2 (dois) dias úteis contados a partir das respectivas publicações no Jornal Oficial do Município, disponível no site e a Comissão Organizadora dará resposta em até 2 (dois) dias úteis. 6.2 No caso de recurso em pendência na data da realização da prova, o candidato participará condicionalmente da seleção. 6.3 Os candidatos deverão entregar dois conjuntos de recursos (original e cópia), com especificação de nome, inscrição e função do candidato; 6.4 O recurso deverá ser individual, por questão, com a indicação daquilo que o candidato se julga prejudicado, com devida comprovação e argumentação lógica e consistente. 6.5 Os recursos interpostos em desacordo com as especificações contidas neste edital e/ou fora do prazo não serão avaliados e/ou aceitos. 6.6 Se da análise de recurso resultar anulação de questões, essas serão consideradas como respondidas corretamente por todos os candidatos, e se resultar alteração de gabarito, as provas de todos os candidatos serão corrigidas conforme essa alteração e seu resultado final divulgado de acordo com esse novo gabarito. 7 DA AVALIAÇÃO E DA CLASSIFICAÇÃO: 7.1 Será considerado CLASSIFICADO o candidato que obtiver a nota igual ou superior a 3,00 (três) pontos na soma total dos pontos obtidos na prova objetiva. 7.2 a classificação dos candidatos dar-se-á em rigorosa ordem decrescente do total de pontos; Em caso de empate entre os candidatos na prova escrita, será usado como critério de desempate maior pontuação na prova português; persistindo ainda empate entre os candidatos na forma do item anterior e após a prova de títulos será usado como critério de desempate o fator maior idade O candidato, exceto para o Cargo de Agente Operacional, que deixar de comparecer à prova objetiva, estará eliminado do Processo Seletivo Simplificado. 7.4 O candidato ao Cargo de Agente Operacional, que deixar de comparecer à prova objetiva e à prova prática, estará eliminado do Processo Seletivo Simplificado. 8 DO PRAZO DE VALIDADE DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO: 8.1 O prazo de validade do presente Processo Seletivo Simplificado será de 1 (um) ano, a contar da publicação do Edital de Homologação do resultado final, prorrogável por igual período, a critério da Administração e na forma da lei. 9 - DA CONTRATAÇÃO: 9.1 os candidatos aprovados no Processo Seletivo Simplificado, obedecida à classificação final, serão convocados por meio de Edital a ser publicado no Diário Oficial do Município, via do site de acordo com a necessidade da Administração. 9.2 O candidato aprovado e classificado que não se apresentar, ou se apresentar com documentação incompleta, no prazo estipulado no Edital de Convocação, perderá o direito à vaga, sendo considerado desistente do Processo Seletivo Simplificado. 9.3 A aprovação e a classificação definitiva geram, para o candidato, apenas a expectativa de direito à contratação, ficando a concretização desse ato condicionada à observância das disposições legais pertinentes, do exclusivo interesse e conveniência da Administração, da rigorosa ordem de classificação e do prazo de validade do Processo Seletivo Simplificado. 9.4 O vínculo será Administrativo (Estatutário) DAS EXIGÊNCIAS PARA A CONTRATAÇÃO 10.1 Por ocasião da contratação, serão exigidos do candidato, os seguintes documentos e requisitos, sob pena de exclusão do presente Processo Seletivo Simplificado: a) Ter, no ato da contratação, idade mínima de 18 (dezoito) anos, com exceção do Agente Operacional que é de 21 (vinte e um) anos, conforme Art. 138 da Lei 9.503/1997 (CTB); b) Original e cópia de documento oficial de identificação com fotografia; c) Original e cópia do Cadastro Pessoa Física (C.P.F.); d) Original e cópia de Título de Eleitor; e) Original e cópia do comprovante de votação na última eleição, podendo ser substituído por Certidão de Quitação Eleitoral; f) Original e cópia de do Comprovante de quitação com o serviço militar (para candidatos do sexo masculino); g) Original e cópia de Certidão de Casamento ou Certidão de Nascimento; h) Original e cópia de Certidão de Nascimento dos filhos menores de 14 anos; i) Original e cópia do Cartão PIS/PASEP; j) Original e cópia da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em vigor, na categoria D, para o cargo de Agente Operacional; k) Original e cópia de Diploma ou Certificado, que comprove o nível de escolaridade exigido para o Cargo; l) Original e cópia do Histórico Escolar; m) Original e Cópia de Registro no conselho da respectiva categoria quando se tratar de profissão regulamentada, incluindo-se comprovante de quitação de anuidade e certidão de regularidade; n) Declaração negativa de acumulação de cargo público ou de condições da acumulação amparada pela Constituição Federal; o) Declaração de bens e valores; p) Comprovante de residência; q) Atestado de Saúde Ocupacional A prática de ato de falsidade ideológica em prova documental, resultará na eliminação do candidato do presente Processo Seletivo e anulação dos demais atos decorrentes, sujeitando-se às penas da Lei. 11 DAS DISPOSIÇÕES GERAIS E FINAIS: 11.1 A Comissão do Processo Seletivo Simplificado fará divulgar, sempre que necessário, editais complementares e/ou avisos oficiais, através do Jornal Oficial dos Municípios e, adicionalmente, em outros meios, referentes ao presente edital, sendo de inteira responsabilidade do candidato acompanhar tais publicações; 11.2 Será expressamente vedada a posterior substituição, inclusão ou complementação de qualquer documento exigido na inscrição; 11.3 A inscrição, para todo e qualquer efeito de direito, expressa o conhecimento e a total aceitação, por parte do Candidato, de todas as condições estabelecidas neste edital, editais complementares e regulamento; 11.4 Não haverá segunda chamada para as provas, seja qual for o motivo alegado pelo candidato para justificar sua ausência; 11.5 A declaração falsa ou inexata dos dados constantes da ficha de inscrição, bem como a apresentação de documentos falsos, falsificados ou inexatos, determinará o cancelamento da inscrição e a anulação de todos os atos dela decorrentes em qualquer época, além de sujeitar o candidato às penalidades cabíveis; 11.6 É de inteira responsabilidade do candidato o preenchimento da ficha de inscrição; 11.7 Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Organizadora do Processo Seletivo Simplificado Os itens deste Edital e seus respectivos anexos poderão sofrer eventuais alterações, atualizações ou acréscimos, enquanto não consumada a providência do evento, circunstância que será mencionada em Edital Complementar o Aviso, a ser publicado no Diário Oficial do Município Os Anexos que compõem o edital: ANEXO I - REQUISITOS PARA ADMISSÃO/CARGO/LOTAÇÃO/VAGAS/REMUNERAÇÃO/CARGA HORÁRIA - PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO FÉLIX DO ARAGUAIA MT ANEXO II REQUISITOS BÁSICOS, ATRIBUIÇÃO E DESCRIÇÃO PARA TODOS OS CARGOS DA PREFEITURA MUNICIPAL ANEXO III CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANEXO IV - CRONOGRAMA, ETAPA, DATA, LOCAL ANEXO V - FORMULÁRIO DE PROCURAÇÃO ANEXO VI- FORMULÁRIO PARA RECURSO ANEXO VII- FORMULÁRIO PARA APRESENTAÇÃO DE TÍTULO ANEXO VIII - FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO- PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO FÉLIX DO ARAGUAIA MT ANEXO IX- FICHA DE PONTUAÇÃO ANEXO X - EXEMPLO DO CALCULO DA PONTUAÇÃO DE TITULOS São Félix do Araguaia MT, 06 de Dezembro de 2013.

3 LEILA CRISTINA DOS SANTOS SOUSA Presidente RODRIGO BRITO DE FARIA Secretário GERSON ALVES DOS SANTOS Membro Parecer favorável a realização do Processo Seletivo Simplificado: Em: 06/12/2013 DANIELA CAETANO DE BRITO Oab/mt 9880 Ciente, do Edital Processo Seletivo Simplificado: Em: 06/12/2013 JOSÉ ANTONIO DE ALMEIDA Prefeito Municipal ANEXO I CARGO/LOTAÇÃO/VAGAS/REMUNERAÇÃO/CARGA HORÁRIA 1. PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO FÉLIX DO ARAGUAIA - MT SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CARGO/FUNÇÃO PÚBLICA Local Vagas Valor Horas Lotação Normal Cadastro Portador de Total R$ Semanais Reserva Necessidade (Cr) Especiais (PNE) Agente Operacional Motorista Escola Alberto Nunes da Silveira ,18 40 Agente Operacional Motorista Secretaria Municipal de Educação ,18 40 Agente Operacional Motorista Escola Vila São Sebastião Sede e Extensões ,18 40 Apoio Administrativo Educacional -Limpeza e nutrição Escola Vila São Sebastião Sede ,00 Apoio Administrativo Educacional Escola Pontinópolis / Extensão -Limpeza e nutrição Sebastião Marques ,00 Apoio Administrativo Educacional-Limpeza e nutrição Escola Alberto Nunes da Silveira ,00 Apoio Administrativo Escolar (Limpeza) Nutricionista (Creches, Dona Tunica, Dona Elza e Pré Escola) Atribuição será feita de acordo com a Secretaria Municipal de Educação , ,23 20 Educação Infantil (Creches, Dona ,88 Graduação Tunica, Dona Elza e Pré Escola) Escola Vila São Sebastião/Extensão ,88 Graduação Serra do Magalhães Escola Pontinópolis / Sebastião ,88 Graduação Marques Escola Vila São Sebastião/Extensão ,88 Graduação Carnaúba Escola de Pontinópolis /Extensão ,88 Graduação Imbú Escola de Pontinópolis / Extensão ,88 Graduação Farandú Escola Alberto Nunes da Silveira ,88 Graduação Escola Pontinópolis extensão Rio ,88 Graduação Preto. Professor-Instrutor Secretaria Municipal de Educação de Musica 1.567,00 Técnico Administrativo Educacional Escola Pontinópolis Sede ,00 Técnico administrativo Educacional Escola Alberto Nunes da Silveira ,00 Técnico administrativo Educacional Escola Vila São Sebastião Sede , SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE CARGO/FUNÇÃO PÚBLICA LOCAL Vagas Valor Horas LOTAÇÃO Normal Cadastro Portador Total Semanais de Reserva Necessidades (CR) Especiais (PNE) Agente Administrativo (Recepcionista) CAPS (Centro de Apoio Psíquico e social) ,18 40 Agente da Administração Pública (Serviços Gerais) CAPS, PSF Rural, PSF II, Centro de Diagnóstico, Secretaria Municipal de Saúde e a Secretaria Municipal de Saúde ,00 40 Agente Operacional (Motorista Categoria D) Secretaria Municipal de Saúde ,18 40

4 Enfermeira (o) CAPS (Centro de Apoio Psíquico e social) ,39 40 Enfermeira (o) PACS (Programa de Agente Comunitário de Saúde) ,39 40 Enfermeira (o) PSF I (Vila Santo Antônio) ,39 40 Enfermeira (o) Secretaria Municipal de Saúde ,39 40 Farmacêutico Farmácia Básica ,08 40 Fisioterapeuta CAPS (Centro de Apoio Psíquico e social) ,97 40 Fisioterapeuta Unidade Reabilitação Telesphoro Aguiar Moreira ,97 40 Médico PSF RURAL ,42 40 Médico CAPS, (Centro de Apoio Psíquico e social) ,71 20 Médico Ultrassonografista Centro de Diagnostico e Especialidades, ou Secretaria Municipal de Saúde , SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO E ASSISTÊNCIA SOCIAL CARGO/FUNÇÃO PÚBLICA LOCAL Vagas Valor Horas LOTAÇÃO Normal Cadastro Portador Total Semanais de Reserva Necessidades (CR) Especiais (PNE) Agente da Administração Pública ,00 40 (Cozinheira (o) para os grupos Agente da Administração Pública (Cozinheira (o), SCVF de 06 a 15 anos, CREAS( Serviço Medida Socioeducativa) Agente da Administração Pública (Serviços Gerais CRAS/CREAS interno e externo) Agente da Administração Pública (Serviços Gerais CREAS e Centro de Convivência) , , ,00 40 Agente Administrativo (Recepcionista) ,18 40 Agente da Administração Pública (Vigia CRAS, CREAS e Centro de Convivência, Guarda) Atribuição serão feita de acordo com a Agente Operacional (Motorista Categoria D) , ,18 40 Professor de Educação Física Educador Social 0 a 6 anos Educador Social 6 a 15 anos ,25 20 Educador Social SCVF (Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo) pessoa Idosa Educador Social SCFV (Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo) de 15 e 17 anos Educador Social SCVF (Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo) de 06 e 15anos Educador Social CREAS Educador - Orientador Social Gestante ,48 40 Professor Instrutor de Musica para todos os grupos ,00 40 Nutricionista ,45 40 ANEXO II REQUISITOS BÁSICOS, ATRIBUIÇÃO E DESCRIÇÃO PARA TODOS OS CARGOS DA PREFEITURA. 1. SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CARGO/FUNÇÃO PÚBLICA REQUISITOS BÁSICOS, ATRIBUIÇÃO E DESCRIÇÃO DO SERVIÇO ESPECIALIZADO Agente Operacional Motorista Apoio Administrativo Educacional -Limpeza e nutrição I - Idade superior a 21 anos, Habilitação para dirigir veículos na categoria D, Ter sido submetido a exame psicotécnico com aprovação especial para transporte de alunos, Preferencialmente ter se formado em curso de Formação de Condutor de Transporte Escolar, Possuir matrícula específica no Detran, Não ter cometido falta grave ou gravíssima nos últimos doze meses. II - Ensino Fundamental Completo I - Dirigir veículos automotores de transporte de passageiros escolar; II - Zelar pela manutenção, limpeza e reparos certificando-se de suas condições de funcionamento, fazendo consertos de emergência e trocando pneus furados; III - Solicitar ao órgão competente da Prefeitura os trabalhos de manutenção necessários ao bom funcionamento do veículo; IV - Providenciar o abastecimento do veículo sob sua responsabilidade; V - Desempenhar outras tarefas que, por suas características, se incluam na sua esfera de competência. VI Ter zelo, cuidado e responsabilidade pelas crianças durante o transporte, tratando-os com atenção e respeito. VII - Atender as Leis específicas do Município para a categoria profissional. Cuidados com o veiculo: lavando-o e lubrificando-o, sempre que necessário, com o material apropriado, a fim de zelar por sua boa aparência e conservação; recolher, periodicamente, o veículo à oficina para revisão e lubrificação; Promover o abastecimento de combustíveis, água e óleo;verificar o funcionamento do sistema elétrico, lâmpadas, faróis, sinaleiras, buzinas. I - Ensino Fundamental Completo I - Zelar pela conservação e limpeza da escola; II - Solicitar, com a devida antecedência, o material necessário à manutenção da limpeza; III - Executar a limpeza de todas as dependências, móveis, utensílios, equipamentos e PÁTIOS; IV - Responsabilizar-se pela conservação e uso adequado do material de limpeza; V - Verificar diariamente as condições de ordem e higiene de todas as dependências da escola; VI - Cumprir as

5 demais obrigações disciplinadas pelo Projeto Político Pedagógico da Escola/Creches. As Atribuições do APOIO ADMINISTRATIVO ESCOLAR (NUTRIÇÃO): I - Atividades inerentes à preparação de alimentos que compõem a merenda escolar; II - Manter a limpeza e organização do local, dos materiais e dos equipamentos necessários ao refeitório e a cozinha, manter a higienização; III - Organização e o controle dos insumos utilizados na preparação da merenda e das demais refeições. IV - E demais atribuições constantes no Regimento Interno de cada Comunidade Escolar; V - Atender as Leis específicas do Município para a categoria profissional. Nutricionista Professor de Educação Básica Professor Instrutor de Musica Técnico administrativo Educacional Bacharelado em Nutrição e Registro no Conselho Regional de Nutricionistas CRN Avaliar o estado nutricional do paciente a partir de diagnóstico clínico, exames laboratoriais, anamnese alimentar e exames antropométricos; estabelecer a dieta do paciente, fazendo as adequações necessárias; solicitar exames complementares para acompanhamento da evolução nutricional do paciente, quando necessário; prescrever complementos nutricionais, quando necessário; registrar em prontuário individual a prescrição dietoterápica, a evolução-nutricional, as intercorrências e alta em nutrição; promover orientação e educação alimentar e nutricional para pacientes e familiares; avaliar os hábitos e as condições alimentares da família, com vistas ao apoio dietoterápico, em função de disponibilidade de alimentos, condições, procedimentos e comportamentos em relação ao preparo, conservação, armazenamento, higiene e administração da dieta; desenvolver e fornecer receituário de preparações culinárias; elaborar e/ou controlar programas e projetos específicos de assistência alimentar a grupos vulneráveis da população; integrar equipe multidisciplinar, com participação plena na atenção prestada ao paciente; participar do planejamento e execução de treinamento, orientação, supervisão e avaliação de pessoal técnico e auxiliar; desenvolver estudos e pesquisas relacionadas à sua área de atuação; colaborar na formação de profissionais na área da saúde, orientando estágios e participando de programas de treinamento; apoiar a Comissão de Licitação quanto às descrições específicas dos produtos a serem adquiridos; efetuar controle periódico dos trabalhos executados; Executar outras tarefas compatíveis com as exigências para o exercício da função e Atender as Leis específicas do Município para a categoria profissional I - Ser habilitado em Licenciatura Plena curta nas áreas de: Letras, Pedagogia, Ciências Biológicas, história, geografia ou possuir Ensino Médio com experiência comprovada na Educação. I-Planejar, executar, avaliar e registrar os objetivos e as atividades do processo educativo, numa perspectiva coletiva e integradora, a partir do projeto político-pedagógico da escola; II - Identificar, em conjunto com as pessoas envolvidas na ação pedagógica, educandos que apresentam dificuldades no processo educativo e, a partir disso, planejar e executar estudos contínuos de tal forma que sejam garantidas novas oportunidades de aprendizagem e maior tempo de reflexão; III - Discutir com educandos, funcionários, pais/mães ou responsáveis os procedimentos para o desenvolvimento do processo educativo. IV - Participar de todo o processo avaliativo da escola, respeitando o regimento escolar e prazos estabelecidos em cronograma; V - Participar dos momentos de formação que propiciem o aprimoramento de seu desempenho profissional; VI - Participar dos processos de eleição desencadeados na escola; VII - Responsabilizar-se pela conservação de todos os espaços físicos, bem como de materiais existentes na escola e que são patrimônio de uso coletivo; VIII - Conhecer e cumprir os dispostos no Regimento da Escola; IX - Cumprir as demais atribuições disciplinadas no Projeto Político-Pedagógico da escola. X - Atender as Leis específicas do Município para a categoria profissional. REQUISITOS BÁSICOS Ensino Médio com cursos de capacitações em teoria e prática musical. I - Planejar e ministrar aulas em disciplinas do currículo de 5ª a 8ª série do Ensino; Fundamental e do Ensino Médio, ou no instrumento/modalidade para a área de música; II - Participar de estudos e pesquisas da sua área de atuação; III - Participar da promoção e coordenação de reunião, encontros, seminários, cursos, eventos da área educacional e correlata; IV - Supervisionar a utilização dos instrumentos musicais e do espaço utilizado para os ensaios e estudos; V - Garantir a aprendizagem dos alunos tanto no quesito teoria quanto prática; VI - Orientar os alunos no manuseio dos instrumentos levando os a ter conhecimento suficiente para apresentação pública; VII - Manter a ordem e a disciplina dos aprendizes durante as apresentações públicas em eventos ou outros; VIII- E todas as atribuições inerentes ao cargo de maestro de uma banda de música, com experiência comprovada. Ministrar aulas de teoria musical e habilitação para Violão e outros instrumentos musicais; participar da elaboração do projetos específicos da área, zelar pela aprendizagem dos alunos; cumprir os dias letivos e carga horária de efetivo trabalho, além de participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento, à avaliação e ao desenvolvimento profissional; colaborar com as atividades de articulação com as famílias e a comunidade; executar e manter atualizados os registros relativos às suas atividades específicas, além de outras atividades correlatas e compatíveis com o cargo. Selecionar métodos e técnicas adequadas ao ensino de música. Ensinar teorias e práticas relativas a música. Utilizar técnicas, recursos e instrumentos pertinentes. Proceder avaliação de conhecimentos fundamentais de teoria musical e conhecimento dos instrumentos musicais. Orientar apresentações em coral, conjuntos orquestrais e de câmara. Integrar conjuntos vocais e instrumentais, quando necessário. Preparar material didático. Participar de programa de treinamento, quando convocado. Executar tarefas pertinentes à área de atuação, utilizando-se de equipamentos e programas de informática. Executar outras tarefas compatíveis com as exigências para o exercício da função e Atender Leis específicas do Município para a categoria profissional. I - completo I - Organizar e manter atualizado a escrituração, documentação e arquivos escolares; II - Garantir o fluxo de documentos e informações necessárias ao processo pedagógico e administrativo; III - Assinar documentos junto com o diretor escolar; IV - Auxiliar a equipe diretiva nas ações e projetos que se desenvolverem no ambiente escolar; V - Cumprir com todas as atribuições disciplinares dispostas no Projeto Político Pedagógico da escola. 2. SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE CARGO/FUNÇÃO PÚBLICA Agente Operacional (Motorista Categoria D) Agente da Administração Pública - Auxiliar em Serviços Gerais Agente Administrativo - Recepcionista REQUISITOS BÁSICOS, ATRIBUIÇÃO E DESCRIÇÃO DO SERVIÇO ESPECIALIZADO Ensino Fundamental completo, Carteira Nacional de Habilitação categoria D, Noções de primeiros socorros. Atribuições do condutor socorrista. Código de Trânsito Brasileiro. Normas gerais de circulação de veículos. Crimes de trânsito. Direção defensiva. Idade superior a 21 anos. Curso de urgência e emergência, para trabalhar na ambulância, necessita de um profissional com certificado de curso e experiência na área da saúde. Dirigir veículo, acionando os comandos e conduzindo o veículo em trajeto determinado, de acordo com as regras de trânsito e as instruções recebidas para transportar pessoas enfermas; auxiliar nos socorros de emergência com o deslocamento de doentes em macas; procurar orientar pessoas doentes quanto ao encaminhamento de baixa hospitalar; Vistoriar, diariamente, as condições do veículo, para certificar-se de suas condições de uso; Examinar as ordens de serviços, verificando os itinerários e locais para carga e descarga de materiais; Zelar pela documentação própria do veículo, para apresentá-la às autoridades, quando solicitado, nos postos de fiscalização; Zelar pelo bom andamento da viagem, guiando o veículo com atenção, observando o fluxo de trânsito, respeitando a sinalização e adotando as medidas cabíveis na prevenção ou solução de qualquer incidente, para garantir a segurança dos passageiros ou das cargas transportadas, bem como dos transeuntes, dos veículos e do patrimônio público; Preencher, diariamente, mapas e formulários, para controle da chefia; anotar e comunicar à chefia imediata, tão rapidamente quanto possível, qualquer defeito no veículo que necessite de serviços mecânicos especializados para conserto, assim como qualquer ocorrência extraordinária decorrente do desempenho de suas atribuições; Recolher o veículo após o serviço, deixando-o em local apropriado, com portas e janelas trancadas, e entregar as chaves ao responsável pela guarda do veículo; Manter o veículo limpo, interna e externamente, lavando-o e lubrificando-o, sempre que necessário, com o material apropriado, a fim de zelar por sua boa aparência e conservação; recolher, periodicamente, o veículo à oficina para revisão e lubrificação; Promover o abastecimento de combustíveis, água e óleo;verificar o funcionamento do sistema elétrico, lâmpadas, faróis, sinaleiras, buzinas e indicadores de direção; Providenciar a lubrificação quando indicada; Verificar o grau de densidade e nível da água da bateria, bem como a calibração dos pneus; Observar e cumprir as normas de higiene e segurança do trabalho; Executar tarefas correlatas, a critério do superior imediato; Executar tarefas afins e de interesse da municipalidade. Atender as Leis específicas do Município para a categoria profissional. Cuidados com o veiculo: lavando-o e lubrificando-o, sempre que necessário, com o material apropriado, a fim de zelar por sua boa aparência e conservação; recolher, periodicamente, o veículo à oficina para revisão e lubrificação; Promover o abastecimento de combustíveis, água e óleo;verificar o funcionamento do sistema elétrico, lâmpadas, faróis, sinaleiras, buzinas. Ensino Fundamental completo Realizar trabalhos na copa e cozinha, preparando e servindo café, recolhendo, lavando e guardando os utensílios; Efetuar carga e descarga de material e mercadoria; Executar outras tarefas compatíveis com a natureza do cargo. Compreendem as funções que se destinam a executar serviços limpeza, locais de eventos, copa e cozinha e atividades a fins. E leis específicas do município para a categoria profissional. Ensino Médio Completo Técnicas de atendimento ao público. Noções básicas de processo; conhecimento dos aplicativos Office; habilidade no uso do Word e Excel; Disciplina; Comportamento no trabalho e relações humanas; Habilidade no uso da internet. Lei de Responsabilidade Fiscal; Executar outras tarefas afins. E leis específicas do município para a categoria profissional.

6 Enfermeira(o) Farmacêutico Fisioterapeuta Médico Graduação em Enfermagem, registro ou protocolo de registro (dentro do prazo de validade) no órgão profissional competente. Realização de atividades inerentes ao planejamento, organização, supervisão e execução dos serviços de enfermagem; participação da elaboração, análise e avaliação dos programas e projetos de saúde; desenvolvimento das atividades de educação em saúde. Realização de consultas de enfermagem, prescrição e executação dos planos de assistência em cuidados de enfermagem; participação da prevenção e controle das doenças transmissíveis em geral e nos programas de vigilância epidemiológica; participação dos programas e das atividades de assistência integral à saúde individual e de grupos específicos. Atender as Leis específicas do Município para a categoria profissional. Superior de Farmácia e registro no órgão fiscalizador Avaliação farmacêutica do receituário; guarda de medicamento, drogas e matérias-primas e sua conservação; Registro de entorpecentes e psicotrópicos requisitados, receitados, fornecidos ou utilizados no aviamento das fórmulas manipuladas, conforme procedimentos exigidos pela vigilância sanitária. Organização e atualização do controle de produtos farmacêuticos, químicos e biológicos, mantendo registro permanente do estoque de substancia e medicamentos; controle do estoque de medicamentos; acompanhar a validade dos medicamentos e seus remanejamentos; auxiliar no desenvolvimento de ações em vigilância sanitária; controlar e fornecer receituários especiais para médicos e Unidades Básicas de Saúde do Município; Exercer a fiscalização profissional sanitária e técnica de empresas, estabelecimentos, setores, formulas, produtos, processos e métodos farmacêuticos ou de natureza farmacêutica; manter fiscalização de farmácia quanto ao aspecto sanitário mantendo visitas periódicas para orientar seus responsáveis no cumprimento da legislação vigente; Executar tarefas afins e de interesse da municipalidade; Executar tarefas correlatas, a critério do superior imediato. Atender as Leis específicas do Município para a categoria profissional. REQUISITOS BÁSICOS Curso Superior Completo em Fisioterapia e Registro no Órgão de Classe Competente. Realização de atividades de supervisão, coordenação, programação e execução referentes ao atendimento de pacientes para prevenção, habilitação e reabilitação, utilizando protocolos e procedimentos específicos de fisioterapia; habilitação de pacientes; realização de diagnósticos específicos; analise das condições dos pacientes; Desenvolvimento dos programas de prevenção, promoção de saúde geral,e do trabalhador qualidade de vida. Atender as Leis específicas do Município para a categoria profissional. Graduação em Medicina, registro no órgão profissional competente e CRM ativo, documento que comprove a aptidão profissional para a respectiva especialidade, tais como: Prova de Residência Médica e/ou Certificado de participação em Cursos de Especialização e/ou outro documento similar que possa demonstrar a efetiva capacidade para execução dos serviços médicos na respectiva especialidade. Realização de exames médicos, emissão de diagnósticos, prescrição medicamentos e outras formas de tratamento para diversos tipos de enfermidades, aplicando recursos de medicina preventiva ou terapêutica, para promover a saúde, o bem-estar do paciente, bem com a realização de pequenos procedimentos. Atender as Leis específicas do Município para a categoria profissional Médico Ultrassonogra-fista Graduação em Medicina, registro no órgão profissional competente e CRM ativo, documento que comprove a aptidão profissional para a respectiva especialidade, tais como: Prova de Residência Médica e/ou Certificado de participação em Cursos de Especialização e/ou outro documento similar que possa demonstrar a efetiva capacidade para execução dos serviços médicos na respectiva especialidade. Realizar, diagnosticar e emitir laudos de exames ultrassonográficos abrangendo a ecografia geral e/ou específica (pélvica obstétrico abdominal, pediátrico, peq. partes etc.) empregando técnicas específicas da medicina preventiva e terapêutica, a fim de promover a proteção, recuperação ou reabilitação da saúde. 3- SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO E ASSISTÊNCIA SOCIAL CARGO/FUNÇÃO PÚBLICA REQUISITOS BÁSICOS, ATRIBUIÇÃO E DESCRIÇÃO DO SERVIÇO ESPECIALIZADO Agente da Administração Pública - Cozinheiro Habilitação em grau de ensino Fundamental São atribuições do cargo Agente de Administração Pública: Compreende a categoria funcional com as atribuições de executar serviços de limpeza, manutenção, conservação e segurança das instalações e bens existentes em prédios, áreas públicas, e outros locais de responsabilidade da Prefeitura, transportar materiais, coletar lixo, proteger pessoas e patrimônio, cozinhar, executar funções administrativas no auxilio das chefias imediatas e demais atividades complementares afins. Agente da Administração Pública -Serviços Gerais Habilitação em grau de ensino Fundamental São atribuições do cargo Agente de Administração Pública: Compreende a categoria funcional com as atribuições de executar serviços de limpeza, manutenção, conservação e segurança das instalações e bens existentes em prédios, áreas públicas, e outros locais de responsabilidade da Prefeitura, transportar materiais, coletar lixo, proteger pessoas e patrimônio, executar funções administrativas no auxilio das chefias imediatas e demais atividades complementares afins. Agente Administrativo (Recepcionista) Ensino Médio Completo Técnicas de atendimento ao público. Noções básicas de processo; conhecimento dos aplicativos Office; habilidade no uso do Word e Excel; Disciplina; Comportamento no trabalho e relações humanas; Habilidade no uso da internet. Lei de Responsabilidade Fiscal; Executar outras tarefas afins. E leis específicas do município para a categoria profissional. Agente da Administração Pública (Vigia Guarda) Ensino Fundamental Completo Zelar pela segurança patrimonial; Vigiar e zelar pelos bens móveis e imóveis;relatar os fatos ocorridos, durante o período de vigilância, à chefia imediata; Controlar e orientar a entrada e saída de pessoas, veículos e materiais, exigindo a necessária identificação de credenciais visadas pelo órgão competente; Vistoriar rotineiramente a parte externa e o fechamento das dependências internas, responsabilizando-se pelo cumprimento das normas de segurança estabelecidas.;realizar vistorias e rondas sistemáticas em todas as dependências, prevenindo situações que coloquem em risco a integridade do prédio, dos equipamentos e a segurança dos servidores e usuários; Executar outras tarefas que se incluam, por similaridade, no mesmo campo de atuação; Atender as Leis específicas do município para a categoria profissional. Agente Operacional (Motorista Categoria D Educador Social 0 a 6 anos, Educador Social API, Educador Social CREAS, Educador Social PETI, Educador Social PROJOVEM, Educador - Orientador Social Gestante Professor de Educação Física Ensino Fundamental completo, Carteira Nacional de Habilitação categoria D, Noções de primeiros socorros. Atribuições do condutor socorrista. Código de Trânsito Brasileiro. Normas gerais de circulação de veículos. Crimes de trânsito. Direção defensiva. Idade superior a 21 anos. Dirigir veículo, acionando os comandos e conduzindo o veículo em trajeto determinado, de acordo com as regras de trânsito e as instruções recebidas para transportar pessoas enfermas; auxiliar nos socorros de emergência com o deslocamento de doentes em macas; procurar orientar pessoas doentes quanto ao encaminhamento de baixa hospitalar; Vistoriar, diariamente, as condições do veículo, para certificar-se de suas condições de uso; Examinar as ordens de serviços, verificando os itinerários e locais para carga e descarga de materiais; Zelar pela documentação própria do veículo, para apresentá-la às autoridades, quando solicitado, nos postos de fiscalização; Zelar pelo bom andamento da viagem, guiando o veículo com atenção, observando o fluxo de trânsito, respeitando a sinalização e adotando as medidas cabíveis na prevenção ou solução de qualquer incidente, para garantir a segurança dos passageiros ou das cargas transportadas, bem como dos transeuntes, dos veículos e do patrimônio público; Preencher, diariamente, mapas e formulários, para controle da chefia; anotar e comunicar à chefia imediata, tão rapidamente quanto possível, qualquer defeito no veículo que necessite de serviços mecânicos especializados para conserto, assim como qualquer ocorrência extraordinária decorrente do desempenho de suas atribuições; Recolher o veículo após o serviço, deixando-o em local apropriado, com portas e janelas trancadas, e entregar as chaves ao responsável pela guarda do veículo; Manter o veículo limpo, interna e externamente, e indicadores de direção; Providenciar a lubrificação quando indicada; Verificar o grau de densidade e nível da água da bateria, bem como a calibração dos pneus; Observar e cumprir as normas de higiene e segurança do trabalho; Executar tarefas correlatas, a critério do superior imediato; Executar tarefas afins e de interesse da municipalidade. Atender as Leis específicas do Município para a categoria profissional. Cuidados com o veiculo: lavando-o e lubrificando-o, sempre que necessário, com o material apropriado, a fim de zelar por sua boa aparência e conservação; recolher, periodicamente, o veículo à oficina para revisão e lubrificação; Promover o abastecimento de combustíveis, água e óleo;verificar o funcionamento do sistema elétrico, lâmpadas, faróis, sinaleiras, buzinas. O cargo de EDUCADOR requer de seu titular a formação em curso de nível superior em uma das seguintes especialidades: Direito, Psicologia ou Serviço Social I Realizar serviços de abordagem de rua; II Receber e acolher crianças e adolescentes em situação de abrigamento temporário; III Realizar visitas domiciliares; IV Mapear regiões para identificação dos casos de violência; V Atender e registrar as ocorrências; VI - Fazer a abordagem da família para a sensibilização em relação à necessidade do atendimento; VII Acompanhar, in loco, a situação das crianças e adolescentes atendidos nas redes de serviço; VIII Acompanhar as vítimas nos hospitais e casas de saúde; IX Elaborar relatórios de suas atividades, ao final de cada mês e apresentá-lo ao seu superior hierárquico. X Exercer outras atividades correlatas. XI - Atender as Leis específicas do Município para a categoria profissional O cargo de PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA requer de seu titular a formação em curso de nível superior em Educação Física, com registro no órgão de classe competente. I - Promover uma Educação Física no sentido de que a mesma se constitua em meio efetivo para a conquista de um estilo de vida ativo dos seus beneficiários, através de uma educação efetiva, para promoção da saúde e ocupação saudável do tempo de lazer;zelar pelo prestígio da Profissão, pela dignidade do Profissional e pelo aperfeiçoamento de suas instituições;iii - assegurar a seus beneficiários um serviço profissional seguro, competente e atualizado, prestado com o máximo de seu conhecimento, habilidade e experiência; IV - elaborar o programa de atividades do beneficiário em função de suas condições gerais de saúde; V - oferecer a seu beneficiário, de preferência por escrito, uma orientação segura

7 sobre a execução das atividades e dos exercícios recomendados; I - manter o beneficiário informado sobre eventuais circunstâncias adversas que possam influenciar o desenvolvimento do trabalho que lhe será prestado; VII - renunciar às suas funções, tão logo se verifique falta de confiança por parte do beneficiário, zelando para que os interesses do mesmo não sejam prejudicados e evitando declarações públicas sobre os motivos da renúncia; VIII - manter-se informado sobre pesquisas e descobertas técnicas, científicas e culturais com o objetivo de prestar melhores serviços e contribuir para o desenvolvimento da profissão; IX - avaliar criteriosamente sua competência técnica e legal, e somente aceitar encargos quando se julgar capaz de apresentar desempenho seguro para si e para seus beneficiários; X - zelar pela sua competência exclusiva na prestação dos serviços a seu encargo; XI - promover e facilitar o aperfeiçoamento técnico, científico e cultural das pessoas sob sua orientação profissional; XII - manter-se atualizado quanto aos conhecimentos técnicos, científicos e culturais, no sentido de prestar o melhor serviço e contribuir para o desenvolvimento da profissão; XIII - guardar sigilo sobre fato ou informação de que tiver conhecimento em decorrência do exercício da profissão; XIV - responsabilizar-se por falta cometida no exercício de suas atividades profissionais, independentemente de ter sido praticada individualmente ou em equipe; XV - cumprir e fazer cumprir os preceitos éticos e legais da Profissão; XVI - emitir parecer técnico sobre questões pertinentes a seu campo profissional, respeitando os princípios deste Código, os preceitos legais e o interesse público; XVII - comunicar formalmente ao Sistema CONFEF/CREFs fatos que envolvam recusa ou demissão de cargo, função ou emprego motivadas pelo respeito à lei e à ética no exercício da profissão; XVIII - apresentar-se adequadamente trajado para o exercício profissional, conforme o local de atuação e a atividade a ser desempenhada; XVIX - respeitar e fazer respeitar o ambiente de trabalho; XX - promover o uso adequado dos materiais e equipamentos específicos para a prática da Educação Física; XXI - manter-se em dia com as obrigações estabelecidas no Estatuto do CONFEF. Atender as Leis específicas do município para a categoria profissional. Professor Instrutor de Musica Nutricionista REQUISITOS BÁSICOS Ensino Médio com cursos de capacitações em teoria e prática musical. Ministrar aulas de teoria musical e habilitação para Violão e outros instrumentos musicais; participar da elaboração do projetos específicos da área, zelar pela aprendizagem dos alunos; cumprir carga horária de efetivo trabalho, além de participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento, à avaliação e ao desenvolvimento profissional; colaborar com as atividades de articulação com as famílias e a comunidade; executar e manter atualizados os registros relativos às suas atividades específicas, além de outras atividades correlatas e compatíveis com o cargo. Selecionar métodos e técnicas adequadas ao ensino de música. Ensinar teorias e práticas relativas a música. Utilizar técnicas, recursos e instrumentos pertinentes. Proceder avaliação de conhecimentos fundamentais de teoria musical e conhecimento dos instrumentos musicais. Orientar apresentações em coral, conjuntos orquestrais e de câmara. Integrar conjuntos vocais e instrumentais, quando necessário. Preparar material didático. Participar de programa de treinamento, quando convocado. Executar tarefas pertinentes à área de atuação, utilizando-se de equipamentos e programas de informática. Executar outras tarefas compatíveis com as exigências para o exercício da função e Atender Leis específicas do Município para a categoria profissional. Bacharelado em Nutrição e Registro no Conselho Regional de Nutricionistas CRN Avaliar o estado nutricional do paciente a partir de diagnóstico clínico, exames laboratoriais, anamnese alimentar e exames antropométricos; estabelecer a dieta do paciente, fazendo as adequações necessárias; solicitar exames complementares para acompanhamento da evolução nutricional do paciente, quando necessário; prescrever complementos nutricionais, quando necessário; registrar em prontuário individual a prescrição dietoterápica, a evolução-nutricional, as intercorrências e alta em nutrição; promover orientação e educação alimentar e nutricional para pacientes e familiares; avaliar os hábitos e as condições alimentares da família, com vistas ao apoio dietoterápico, em função de disponibilidade de alimentos, condições, procedimentos e comportamentos em relação ao preparo, conservação, armazenamento, higiene e administração da dieta; desenvolver e fornecer receituário de preparações culinárias; elaborar e/ou controlar programas e projetos específicos de assistência alimentar a grupos vulneráveis da população; integrar equipe multidisciplinar, com participação plena na atenção prestada ao paciente; participar do planejamento e execução de treinamento, orientação, supervisão e avaliação de pessoal técnico e auxiliar; desenvolver estudos e pesquisas relacionadas à sua área de atuação; colaborar na formação de profissionais na área da saúde, orientando estágios e participando de programas de treinamento; apoiar a Comissão de Licitação quanto às descrições específicas dos produtos a serem adquiridos; efetuar controle periódico dos trabalhos executados; executar outras atribuições afins. E leis específicas do município para a categoria profissional. ANEXO III CONTEÚDO PROGRAMÁTICO O conteúdo programático das provas do Processo Seletivo Simplificado nº 002/2013 está distribuído em grupos por grau de escolaridade, de acordo com as disposições deste anexo. ENSINO FUNDAMENTAL COMPLETO As provas objetivas serão elaboradas de acordo com a composição estabelecida no edital para cada cargo consistirão em: Para os cargos de Nível Fundamental: - Língua portuguesa; - Raciocínio Lógico e/ou matemática com nível de escolaridade exigida neste edital. - História do Estado de Mato Grosso, Município de São Félix do Araguaia e atualidades; LINGUA PORTUGUESA 1. Interpretação de texto; 2. Sinônimo e antônimo; 3. Ortografia; 4. Divisão silábica; 5. Acentuação gráfica; 6. Pontuação; 7. fonética: letras, fonemas, sílabas, encontro vocálico (ditongo, tritongo, hiato), encontro consonantal, dígrafo; 8. Classe de palavras: (classificação e uso) substantivo, artigo, adjetivo, preposição, pronome, numeral, verbo, advérbio, conjunção e interjeição; Nova Ortografia: Mudanças no Alfabeto, Mudanças nas Regras de Acentuação, Uso do Hífen. CONHECIMENTOS DE MATEMÁTICA E/OU RACIOCÍNIO LÓGICO 1.Sistema de numeração: números naturais e numerais ordinais; 2. Operações aritméticas fundamentais: adição; subtração; multiplicação; divisão; 3. Operações com números inteiros e números fracionários e problemas envolvendo as operações fundamentais; 4. Unidades de medida de comprimento, área, volume, massa e tempo; 5.Estudo da proporcionalidade e regra de três;6. Porcentagem e juros simples; 7. Frações; 8. Números decimais; 9. Geometria; 10. Potenciação; 11. Equações e inequações de 1º Grau. HISTÓRIA DO ESTADO DE MATO GROSSO, MUNICÍPIO DE SÃO FÉLIX DO ARAGUAIA E ATUALIDADES. Historia Política e Econômica de Mato Grosso 1. Antecedentes históricos da fundação de Cuiabá, 1.1 Fundação de Cuiabá, 1.2 Idéias de administradores e primeiros desentendimentos, 1.3 Rodrigo César e o ouro de Cuiabá; 1.4 Os Lemes; 1.5 Índios Paiaguás; 1.6 Fundação de Vila Bela; 1.7 Capitães-generais de 1748 a 1821; 1.8 Forte de Coimbra; 1.9 Mato Grosso no Primeiro Império; 1.10 A Rusga; 1.11 Os Alencastro 1.12 Mato Grosso na guerra do Paraguai; 1.13 Divisão do Estado. História do Município de são Félix do Araguaia - MT 1.1 Aspectos históricos e geográficos; 1.2 Aspectos econômicos e sociais; 1.3. Executivo e Legislativo Estadual e Municipal; 1.4 Atualidades gerais político, econômico, social e ambiental. Atualidades ENSINO MÉDIO COMPLETO - Língua portuguesa; - Raciocínio lógico e/ou matemática; - Atualidades, História de Mato Grosso e São Félix do Araguaia MT; - Conhecimentos específicos. LINGUA PORTUGUESA 1. Interpretação de texto; 2. Uso informal e formal da língua; uso da língua e adequação ao contexto, norma culta; 3. Elementos da comunicação e funções da Linguagem; 4. Significação de palavras: antonímia, sinonímia, homonímia, paronímia. Polissemia. Denotação e conotação. 5. Ortografia; 6. Classes de palavras; 7. Estrutura e formação de palavras. 8. Acentuação gráfica e tônica. 9. Sintaxe: oração e período, tipos de sujeito, tipos de predicado, processos de coordenação e subordinação, regência nominal e verbal, crase, concordância nominal e verbal, pontuação. Nova Ortografia: Mudanças no Alfabeto, Mudanças nas Regras de Acentuação, Uso do Hífen. CONHECIMENTOS DE MATEMÁTICA E/OU RACIOCÍNIO LÓGICO Radicais: operações simplificação, propriedade racionalização de denominadores; Equação de 2º grau: resolução das equações completas, incompletas, problemas do 2º grau; Equação de 1º grau: resolução problemas de 1º grau; Função do 1º grau função constante; Razão e Proporção; Grandezas Proporcionais; Regra de três simples e composta; Porcentagem; Juros Simples e Composto; Conjunto de números reais; Fatoração de expressão algébrica; Expressão algébrica operações; PA e PG; Análise combinatória; Probabilidade; Função do 2º grau; Geometria Plana; Operação com números inteiros e fracionários; MDC e MMC; Raiz quadrada; Sistema de medidas: comprimento, superfície, massa, capacidade, tempo e volume. HISTÓRIA DO ESTADO DE MATO GROSSO, MUNICÍPIO DE SÃO FÉLIX DO ARAGUAIA E ATUALIDADES Historia Política e Econômica de Mato Grosso 1. Antecedentes históricos da fundação de Cuiabá, 1.1 Fundação de Cuiabá, 1.2 Idéias de administradores e primeiros desentendimentos, 1.3 Rodrigo César e o ouro de Cuiabá; 1.4 Os Lemes; 1.5 Índios Paiaguás; 1.6 Fundação de Vila Bela; 1.7 Capitães-generais de 1748 a 1821; 1.8 Forte de Coimbra; 1.9 Mato Grosso no Primeiro Império; 1.10 A Rusga; 1.11 Os Alencastro 1.12 Mato Grosso na guerra do Paraguai; 1.13 Divisão do Estado. História do Município de são Félix do Araguaia - MT 1.1 Aspectos históricos e geográficos; 1.2 Aspectos econômicos e sociais; 1.3. Executivo e Legislativo Estadual e Municipal; 1.4 Atualidades gerais político, econômico, social e ambiental. Atualidades. CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Técnico em laboratório de informática: Conhecimento Básicos de Informática; Manutenção e Suporte em Informática; ou Redes de Computadores. Recepcionista: 1. Relações humanas no trabalho, 2. Atendimento ao público. 3.Princípios fundamentais para o bom atendimento. 5. Conservação do mobiliário e material de trabalho. 6. Postura profissional e apresentação pessoal. 7. Conhecimentos básicos da área de atuação como recepcionista. Informática - Uso do Open Office e suas diversas funcionalidades, internet, uso do correio eletrônico, conhecimento das diversas funcionalidades do Windows XP. Professor Ensino Médio; Lei de Diretrizes e Bases 9.394/1996

8 Professor - Instrutor Musical: Conhecimentos fundamentais de teoria musical e conhecimento dos instrumentos musicais ENSINO SUPERIOR - Língua portuguesa; - Raciocínio lógico e/ou matemática; - Atualidades, História de Mato Grosso e São Félix do Araguaia MT - Conhecimento em Legislação. LINGUA PORTUGUESA 1. Interpretação de texto; 2. Uso informal e formal da língua; uso da língua e adequação ao contexto, norma culta; 3. Elementos da comunicação e funções da Linguagem; 4. Significação de palavras: antonímia, sinonímia, homonímia, paronímia. Polissemia. Denotação e conotação. 5. Ortografia; 6. Classes de palavras; 7. Estrutura e formação de palavras. 8. Acentuação gráfica e tônica. 9. Sintaxe: oração e período, tipos de sujeito, tipos de predicado, processos de coordenação e subordinação, regência nominal e verbal, crase, concordância nominal e verbal, pontuação. Nova Ortografia: Mudanças no Alfabeto, Mudanças nas Regras de Acentuação, Uso do Hífen. CONHECIMENTOS DE MATEMÁTICA E/OU RACIOCÍNIO LÓGICO Radicais: operações simplificação, propriedade racionalização de denominadores; Equação de 2º grau: resolução das equações completas, incompletas, problemas do 2º grau; Equação de 1º grau: resolução problemas de 1º grau; Função do 1º grau função constante; Razão e Proporção; Grandezas Proporcionais; Regra de três simples e composta; Porcentagem; Juros Simples e Composto; Conjunto de números reais; Fatoração de expressão algébrica; Expressão algébrica operações; PA e PG; Análise combinatória; Probabilidade; Função do 2º grau; Geometria Plana; Operação com números inteiros e fracionários; MDC e MMC; Raiz quadrada; Sistema de medidas: comprimento, superfície, massa, capacidade, tempo e volume. HISTÓRIA DO ESTADO DE MATO GROSSO, MUNICÍPIO DE SÃO FÉLIX DO ARAGUAIA E ATUALIDADES Historia Política e Econômica de Mato Grosso 1. Antecedentes históricos da fundação de Cuiabá, 1.1 Fundação de Cuiabá, 1.2 Idéias de administradores e primeiros desentendimentos, 1.3 Rodrigo César e o ouro de Cuiabá; 1.4 Os Lemes; 1.5 Índios Paiaguás; 1.6 Fundação de Vila Bela; 1.7 Capitães-generais de 1748 a 1821; 1.8 Forte de Coimbra; 1.9 Mato Grosso no Primeiro Império; 1.10 A Rusga; 1.11 Os Alencastro 1.12 Mato Grosso na guerra do Paraguai; 1.13 Divisão do Estado. História do Município de são Félix do Araguaia - MT 1.1 Aspectos históricos e geográficos; 1.2 Aspectos econômicos e sociais; 1.3. Executivo e Legislativo Estadual e Municipal; 1.4 Atualidades gerais político, econômico, social e ambiental. Atualidades CONHECIMENTO EM LEGISLAÇÃO SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE Bioquímico; Fisioterapeuta; Enfermeiro; Médicos em (Geral) - Legislação em Saúde Leis (8.080/1990, 8.142/1990) SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO: Professor - Lei de Diretrizes e Bases 9.394/1996. Nutricionista - Legislação em Saúde Leis (8.080/1990, 8.142/1990). SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO E ASSISTÊNCIA SOCIAL: Educador Social; Professor de Educação Física; Nutricionista. Conhecimento sobre SUAS, NOB, Cadastramento Único, Programa Bolsa Família, Estatuto do Idoso, ECA, LOAS. ANEXO IV CRONOGRAMA ETAPA DATA LOCAL 2. DO CRONOGRAMA DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO ETAPA DIA HORARIO LOCAL Publicação: 12/12/ Mural da Prefeitura Municipal de São Félix do Araguaia, e rádio local. Republicação com Alteração: 16/12/ Mural da Prefeitura Municipal de São Félix do Araguaia, e rádio local. Inscrições: 16/12/2013 a 20/12/ :00 às 12:00 e das 14: às 18:00 horas Entrega de Títulos 16/12/2013 a 20/12/ :00 às 12:00 e das 14: às 18:00 horas Secretaria Municipal de Educação Secretaria Municipal de Educação Divulgação dos candidatos inscritos: 27/12/ Mural da Prefeitura Municipal de São Félix do Araguaia, Prazo Final para recurso resultado das inscrições: 06/01/ :00 às 12:00 e das 14: às 18:00 horas Prefeitura Municipal de São Félix do Araguaia Homologação das inscrições após recurso 09/01/ Mural da Prefeitura Municipal de São Félix do Araguaia, Divulgação do Local da prova teórica e do Local da Prova Prática: Entre 10 e 15/01/ Será publicado no Mural da Prefeitura Municipal de São Félix do Araguaia, e nos endereços eletronicos: Realização das provas teóricas: 19/01/ :00/12:00 Será publicado no Mural da Prefeitura Municipal de São Félix do Araguaia, e nos endereços eletronicos: Duração da prova teórica: 04 horas 08:00/12:00 Será publicado no Mural da Prefeitura Municipal de São Félix do Araguaia, e nos endereços eletronicos: Resultado da prova teórica: 23/01/ :00/18:00 Mural da Prefeitura Municipal de São Félix do Araguaia, e rádio local. Data da Prova Prática para Motorista 26/01/ :00 às 12:00 horas Será publicado juntamente com o resultado final. Prazo Final para Recurso da prova teórica: 27/01/ :00 às 12:00 e das 14: às 18:00 horas Será publicado no Mural da Prefeitura Municipal de São Félix do Araguaia, e nos endereços eletrônicos: Resultado Final do Processo Seletivo após prazo do Recurso e Homologação pela autoridade competente. 31/01/ Mural da Prefeitura Municipal de São Félix do Araguaia, e rádio local. ANEXO V FORMULÁRIO DE PROCURAÇÃO Eu (nome completo), (nacionalidade), (estado civil), (profissão), nascido(a) em, portador(a) da Cédula de Identidade RG nº e do CPF nº, residente na Rua/Av., nº, Bairro, Cidade de Estado, CEP, Telefone nº, NOMEIO E CONSTITUO MEU BASTANTE PROCURADOR(A) o(a) senhor(a) (nome completo), (nacionalidade), (estado civil), (profissão), nascido(a) em, portador(a) da Cédula de Identidade RG nº e do CPF nº, residente na Rua/Av., nº, Bairro, Cidade de Estado, CEP, Telefone nº, para o fim específico de preencher e assinar o requerimento de inscrição e a entrega de Títulos, bem como outros atos inerentes ao certame do Processo Seletivo Simplificado da Prefeitura Municipal de São Félix do Araguaia MT., de de Assinatura do (a) requerente ANEXO VI FORMULÁRIO PARA RECURSO NOME DO(A) CANDIDATO(A):

9 RG Nº CPF Nº CARGO: Nº DA INSCRIÇÃO: MARQUE COM X A PROVA OBJETO DO RECURSO: GABARITO ( ) RESULTADO ( ) ESCREVA OS DADOS DA QUESTÃO OBJETO DO RECURSO: QUESTÃO Nº: ARGUMENTAÇÃO DO CANDIDATO:, de de Assinatura do(a) requerente OBS: No caso de recursos referentes ao gabarito oficial, o recurso deverá ser individual, por questão, com a indicação daquilo em que o candidato se julgar prejudicado, e devidamente fundamentado, comprovando as alegações com citações de artigos, de legislação, itens, páginas e livros, nomes dos autores, etc. juntando, sempre que possível cópia dos comprovantes, e ainda a exposição de motivos e argumentos com fundamentações circunstanciadas, conforme supra referenciado, e ainda, o requerimento deverá ser digitado ou datilografado, caso contrário, não será aceito. ANEXO VII FORMULÁRIO PARA APRESENTAÇÃO DE TÍTULO NOME DO(A) CANDIDATO(A): RG Nº CPF Nº CARGO: Nº DA INSCRIÇÃO: Venho por meio do presente, em atendimento ao Edital de Processo Seletivo Simplificado n.º 002/2013, apresentar os documentos comprobatórios dos títulos, requerendo que após analisado seja atribuído aos mesmos os pontos correspondentes. TÍTULO: ( ) DOUTORADO ( ) MESTRADO ( ) PÓS GRADUAÇÃO ( ) CURSO ESPECIFICO ( ) EXPERIENCIA PROFISSIONAL ( ) ARTIGOS, RESUMOS DESCRIÇÃO: ENTIDADE: REGISTRO: Nestes termos. Peço deferimento., de de Assinatura do(a) requerente (Para uso exclusivo da Comissão do Processo Seletivo Simplificado) Deferimento: ( ) Sim ( ) Não Pontuação Atribuída: Motivo: São Félix do Araguaia - MT, / /2013. Assinatura dos membros da Comissão Julgadora: Anexo VIII FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO FÉLIX DO ARAGUAIA - MT PROCESSO SIMPLIFICADO DE SELEÇÃO PARA REGIME DE CONTRATO DE TRABALHO POR TEMPO DETERMINADO Nº 002/2013 CARGO: Secretaria Municipal de: INSCRIÇÃO: Nome Completo: Sexo: M ( ) F ( ) Data Nasc.: / / Endereço: nº: Bairro: Cidade: UF: CEP: Telefones: ( ) RG: Título de Eleitor: Zona: Seção: CPF: Nacionalidade: Estado Civil: Formação/Graduação: Nível Superior Completo: ( ) Nível Superior Incompleto: ( ) Nível Médio: ( ) Ensino fundamental completo: ( ) Ensino fundamental incompleto: ( ) Candidato portador de deficiência (PD): SIM ( ) NÃO ( ) Se sim, descrever abaixo a necessidade de algum tipo ou atendimento necessário (se for o caso). OBSERVAÇÕES: O abaixo assinado vem requerer à Prefeitura Municipal de São Félix do Araguaia sua inscrição no Processo Seletivo para o cargo pretendido, declarando, sob as penas da lei, serem verdadeiras todas as informações prestadas nesta Ficha de Inscrição e estando de acordo com o regulamento do Processo Seletivo. Declara, ainda, ter conhecimento das exigências mínimas previstas no Edital que regulamenta o Processo Seletivo Simplificado, que aceita e atende a todos os requisitos mínimos e condições estabelecidas para o exercício do cargo, comprometendo-se, ainda, à sua devida comprovação, quando exigida, sob pena de, não o fazendo, tornar-se insubsistente sua inscrição, sem prejuízo das sanções penais aplicáveis à falsidade de declaração. São Félix do Araguaia - MT, em de de Assinatura do Candidato Anexo IX Ficha de Pontuação ANEXO IX FICHA DE PONTUAÇÃO CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR: Doutorado na área de conhecimento. 1,00 1,0 Mestrado na área de conhecimento. 0,85 1,0 Pós-graduação, em nível de especialização, na área de conhecimento concluída, ou cursando se no município. Curso específico para o cargo pleiteado com carga horária mínima de 40h, nos últimos 03 (três) anos (a saber: 2010, 2011 e 2012). conhecimento, em instituição pública ou privada (até o limite de meses). 0,55 1,0 0,15 2,0 0,15 1,0 Artigos, Resumos expandidos e/ou simples em anais de eventos. 0,15 1,0 TOTAL Assinatura do candidato: Data: / / Assinatura do Responsável pela pontuação: Data: / / CARGOS DE NÍVEL MÉDIO:

10 Curso superior completo 1,25 1,0 Cursando nível superior 0,75 1,0 Curso específico para o cargo pleiteado com carga horária mínima de 60h, nos últimos 03 (três) anos (a saber: 2010, 2011 e 2012). conhecimento, em instituição pública ou privada( até o limite de meses). 0,25 3,0 0,25 1,0 TOTAL Assinatura do candidato: Data: / / Assinatura do Responsável pela pontuação: Data: / / CARGOS DE NÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO: completo 1,25 1,0 Cursando ensino médio 0,75 1,0 Curso específico para o cargo pleiteado com carga horária mínima de 60h, nos últimos 03 (três) anos (a saber: 2010, 2011 e 2012). conhecimento, em instituição pública ou privada( até o limite de meses) 0,25 3,0 0,25 1,0 TOTAL Assinatura do candidato: Data: / / Assinatura do Responsável pela pontuação: Data: / / ANEXO X EXEMPLO DO CÁLCULO DA PONTUAÇÃO DE TÍTULOS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR: Doutorado na área de conhecimento. 1,00 1,0 1,00 Mestrado na área de conhecimento. 0,85 1,0 0,85 Pós-graduação, em nível de especialização, na área de conhecimento concluída, ou cursando se no município. 0,55 1,0 0,55 Curso específico para o cargo pleiteado com carga horária mínima de 40h, nos últimos 03 (três) anos (a saber: 2010, 2011 e 2012). 0,15 2,0 0, conhecimento, em instituição pública ou privada (até o limite de meses). 0,15 1,0 0,15 Artigos, Resumos expandidos e/ou simples em anais de eventos. 0,15 1,0 0,15 TOTAL 3,00 CARGOS DE NÍVEL MÉDIO: Curso superior completo 1,25 1,0 1,25 Cursando nível superior 0,75 1,0 0,75 Curso específico para o cargo pleiteado com carga horária mínima de 60h, nos últimos 03 (três) anos (a saber: 2010, 2011 e 2012). conhecimento, em instituição pública ou privada( até o limite de meses). 0,25 3,0 0,75 0,25 1,0 0,25 TOTAL 3,00 CARGOS DE NÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO E INCOMPLETO: completo 1,25 1,0 1,25 Cursando ensino médio 0,75 1,0 0,75 Curso específico para o cargo pleiteado com carga horária mínima de 60h, nos últimos 03 (três) anos (a saber: 2010, 2011 e 2012). conhecimento, em instituição pública ou privada( até o limite de meses) 0,25 3,0 0,75 0,25 1,0 0,25 TOTAL 3,00 Publicado por: Marcelino de Fáveri Código Identificador:F367A80D Matéria publicada no JORNAL OFICIAL ELETRÔNICO DOS MUNICÍPIOS DO ESTADO DE MATO GROSSO no dia 17/12/2013. Edição 1871 A verificação de autenticidade da matéria pode ser feita informando o código identificador no site:

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 002/2013

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 002/2013 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 002/2013 O Município de São Félix do Araguaia (MT) torna público que fará realizar Processo Seletivo Simplificado para Contratação Temporária de Pessoal no âmbito

Leia mais

PROCESSO SELETIVO N 001/2014 CONTRATAÇÃO DE JOVENS APRENDIZES

PROCESSO SELETIVO N 001/2014 CONTRATAÇÃO DE JOVENS APRENDIZES PROCESSO SELETIVO N 001/2014 CONTRATAÇÃO DE JOVENS APRENDIZES O Diretor Presidente da COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO DE PASSO FUNDO CODEPAS, no uso de suas atribuições legais, e conforme determina o art.

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 01/2014 PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 01/2014 PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 01/2014 PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA 1. 0 - DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Edital de Processo Seletivo Simplificado para contratação por prazo determinado. A Prefeitura

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIOS EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES Nº 001/2015

PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIOS EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES Nº 001/2015 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIOS EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES Nº 001/2015 A Comissão Organizadora do Processo Seletivo, designada através da Portaria nº 096/2015, no uso de suas atribuições

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLICADO Nº 003/2015 CONTRATAÇÃO POR TEMPO DETERMINADO EDITAL N 001/2015

PROCESSO SELETIVO SIMPLICADO Nº 003/2015 CONTRATAÇÃO POR TEMPO DETERMINADO EDITAL N 001/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLICADO Nº 003/2015 CONTRATAÇÃO POR TEMPO DETERMINADO EDITAL N 001/2015 SÚMULA: DISPÕE SOBRE O REGULAMENTO GERAL DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO POR TEMPO DETERMINADO.

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHÃO EDITAL DO PROCESSO DE SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIOS

PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHÃO EDITAL DO PROCESSO DE SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIOS PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHÃO EDITAL DO PROCESSO DE SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIOS A Comissão Especial do Processo de Seleção de Estagiários, criada pelo Decreto n.º 151/2013, de 26 de março

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DE PROCESSO SELETIVO Nº 030/2015

EDITAL DE ABERTURA DE PROCESSO SELETIVO Nº 030/2015 EDITAL DE ABERTURA DE PROCESSO SELETIVO Nº 030/2015 De acordo com o disposto no Regulamento de Processo Seletivo, devidamente registrado no 1º OFICIAL DE REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS JURÍDICAS de Marília,

Leia mais

Processo Seletivo Simplificado Edital nº004/2015

Processo Seletivo Simplificado Edital nº004/2015 Processo Seletivo Simplificado Edital nº004/2015 O Secretário Municipal de Orçamento e Gestão no uso de suas atribuições legais e de acordo com as Leis Municipais nºs 2.174/97, 2.270/98, 3248/09 e Decreto

Leia mais

EDITAL Nº 005/2013 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

EDITAL Nº 005/2013 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 005/2013 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO O MUNICÍPIO DE CONQUISTA, representado pela Exma. Sra. Prefeita Municipal, VÉRA LÚCIA GUARDIEIRO, no uso de suas atribuições legais, em cumprimento às

Leia mais

EDITAL Nº 21/2013. 1.1- Profissional/Carga Horária/Número de Vagas/Requisitos para a contração /Vencimentos. n.º de Vagas. Reserva Vagas PNE *

EDITAL Nº 21/2013. 1.1- Profissional/Carga Horária/Número de Vagas/Requisitos para a contração /Vencimentos. n.º de Vagas. Reserva Vagas PNE * EDITAL Nº 21/2013 RICARDO PINHEIRO SANTANA, Prefeito do Município de Assis, no uso de suas atribuições legais, TORNA PÚBLICO o presente Edital de Abertura do Concurso Público nº 01/2013 para preenchimento

Leia mais

ESTADO DE RONDÔNIA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DO GUAPORÉ

ESTADO DE RONDÔNIA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DO GUAPORÉ ESTADO DE RONDÔNIA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DO GUAPORÉ ASSESSOR JURIDICO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N. 001/2013 A PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DO GUAPORÉ, ESTADO DO RONDÔNIA,

Leia mais

DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO GUARULHOS SUL

DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO GUARULHOS SUL DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO GUARULHOS SUL Edital de Abertura de Inscrição Processo Seletivo Simplificado Regional para contratação de Agente de Organização Escolar/2015 A Comissão Especial de Contratação

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE PAROBÉ EDITAL Nº 023/2013 SELEÇÃO PÚBLICA PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA MÉDICO VETERINÁRIO

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE PAROBÉ EDITAL Nº 023/2013 SELEÇÃO PÚBLICA PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA MÉDICO VETERINÁRIO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE PAROBÉ EDITAL Nº 023/2013 SELEÇÃO PÚBLICA PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA MÉDICO VETERINÁRIO O PREFEITO MUNICIPAL DE PAROBÉ no uso de suas atribuições legais,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PÚBLICO EDITAL Nº. 01/2010, REFERENTE À CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA

PROCESSO SELETIVO PÚBLICO EDITAL Nº. 01/2010, REFERENTE À CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA PROCESSO SELETIVO PÚBLICO EDITAL Nº. 01/2010, REFERENTE À CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA O Diretor Presidente do Departamento Municipal de Eletricidade de Poços de Caldas DME-PC, no uso de suas atribuições, considerando

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO Nº 003/2011. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE MOTORISTAS DE TRANSPORTE ESCOLAR POR TEMPO DETERMINADO.

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO Nº 003/2011. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE MOTORISTAS DE TRANSPORTE ESCOLAR POR TEMPO DETERMINADO. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO Nº 003/2011. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE MOTORISTAS DE TRANSPORTE ESCOLAR POR TEMPO DETERMINADO. A Prefeitura Municipal de Arapiraca - AL, por intermédio

Leia mais

SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA - CAESIAL Comissão de Avaliação da Escola SESI Industrial Abelardo Lopes

SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA - CAESIAL Comissão de Avaliação da Escola SESI Industrial Abelardo Lopes EDITAL Nº 001/2014 EXAME DE SELEÇÃO 2014/2015 ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS O Diretor da Escola SESI Industrial Abelardo Lopes, no uso de suas atribuições, faz saber aos interessados que estão abertas

Leia mais

EDITAL Nº 003/2015 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIOS NO MUNICÍPIO DE MIRAGUAÍ

EDITAL Nº 003/2015 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIOS NO MUNICÍPIO DE MIRAGUAÍ EDITAL Nº 003/2015 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIOS NO MUNICÍPIO DE MIRAGUAÍ O Município de Miraguaí - RS, torna público a abertura de inscrições para Processo Seletivo

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PÚBLICO EDITAL Nº. 01/2010, REFERENTE À CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA

PROCESSO SELETIVO PÚBLICO EDITAL Nº. 01/2010, REFERENTE À CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA PROCESSO SELETIVO PÚBLICO EDITAL Nº. 01/2010, REFERENTE À CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA O Diretor Presidente do Departamento Municipal de Eletricidade de Poços de Caldas DME-PC, no uso de suas atribuições, considerando

Leia mais

Edital nº 13/2014 PROPP-UEMS de 30 de abril de 2014.

Edital nº 13/2014 PROPP-UEMS de 30 de abril de 2014. Edital nº 13/2014 PROPP-UEMS de 30 de abril de 2014. ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO SELETIVO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM DESENVOLVIMENTO REGIONAL E DE SISTEMAS PRODUTIVOS DA UEMS

Leia mais

ANEXO I FUNÇÕES, VAGAS, PRÉ-REQUISITOS, VENCIMENTOS, JORNADA DE TRABALHO E LOTAÇÃO.

ANEXO I FUNÇÕES, VAGAS, PRÉ-REQUISITOS, VENCIMENTOS, JORNADA DE TRABALHO E LOTAÇÃO. ANEXO I FUNÇÕES, VAGAS, PRÉ-REQUISITOS, VENCIMENTOS, JORNADA DE TRABALHO E LOTAÇÃO. Cargos/ Área de Atuação Hs/ Sem Nº de Vagas Nº de Vagas LOTAÇÃO Pré-Requisitos/ Escolaridade Vencimento Básico R$ Comuns

Leia mais

E S T A D O D O R I O G R A N D E D O S U L

E S T A D O D O R I O G R A N D E D O S U L EDITAL Nº 2335 DE ABERTURA DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA Nº. 001/2014 O Prefeito Municipal de Caçapava do Sul, no uso de suas atribuições, torna público

Leia mais

EDITAL DO 2º PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES NA MODALIDADE PRESENCIAL - VESTIBULAR 1º SEMESTRE - 2015

EDITAL DO 2º PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES NA MODALIDADE PRESENCIAL - VESTIBULAR 1º SEMESTRE - 2015 EDITAL DO 2º PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES NA MODALIDADE PRESENCIAL - VESTIBULAR 1º SEMESTRE - 2015 A Faculdade Panamericana de Ji Paraná (UNIJIPA), Instituição de Ensino Superior comprometida

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAXÁ EDITAL SME Nº 003 /2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAXÁ EDITAL SME Nº 003 /2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAXÁ SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO EDITAL SME Nº 003 /2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO A PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAXÁ MG, por sua SECRETARIA DE EDUCAÇÃO, torna pública a

Leia mais

A - MODALIDADE DO PROCESSO SELETIVO Prova com 50 (cinquenta) questões, sob a forma de múltipla escolha, e uma Redação.

A - MODALIDADE DO PROCESSO SELETIVO Prova com 50 (cinquenta) questões, sob a forma de múltipla escolha, e uma Redação. EDITAL PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO 2016 De acordo com a Lei nº 9394/96 de 20/12/96, Portaria Normativa do MEC nº 40 de 12/12/2007 e/ou Regimento das Faculdades Unidas do Vale do Araguaia, MARCELO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DEPARTAMENTO DE GESTÃO DO TRABALHO E EDUCAÇÃO EM SAÚDE

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DEPARTAMENTO DE GESTÃO DO TRABALHO E EDUCAÇÃO EM SAÚDE EDITAL N 005/2013. PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DEPARTAMENTO DE GESTÃO DO TRABALHO E EDUCAÇÃO EM SAÚDE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATACÃO TEMPORÁRIA DE TÉCNICOS EM RADIOLOGIA

Leia mais

EDITAL N. 002/2013/FMS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE MEDICOS PROC- 311/2013

EDITAL N. 002/2013/FMS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE MEDICOS PROC- 311/2013 EDITAL N. 002/2013/FMS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE MEDICOS PROC- 311/2013 O, pessoa jurídica de direito público, inscrito no CNPJ sob o nº. 15.845.340/0001-90, estabelecido com sua

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA Nº 05/SMS/2012 FUNÇÃO REQUISITOS REMUNERAÇÃO. - Graduação em Medicina;

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA Nº 05/SMS/2012 FUNÇÃO REQUISITOS REMUNERAÇÃO. - Graduação em Medicina; EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA Nº 05/SMS/2012 O Prefeito Municipal de Canoinhas-SC, torna público que se encontram abertas as inscrições ao Processo Seletivo para Contratação Temporária

Leia mais

A Comissão Especial de Contratação por Tempo Determinado CE CTD da Diretoria de Ensino - Região Guarulhos Norte, com fundamento no inciso

A Comissão Especial de Contratação por Tempo Determinado CE CTD da Diretoria de Ensino - Região Guarulhos Norte, com fundamento no inciso Edital de 24/07/2015 Processo Seletivo Simplificado Regional para contratação de Agente de Organização Escolar/2015 A Comissão Especial de Contratação por Tempo Determinado CE CTD da Diretoria de Ensino

Leia mais

EDITAL AMPLIADO IGH Nº 001 DE 02/07/2014 MATERNIDADE NOSSA SENHORA DE LOURDES MNSL

EDITAL AMPLIADO IGH Nº 001 DE 02/07/2014 MATERNIDADE NOSSA SENHORA DE LOURDES MNSL EDITAL AMPLIADO IGH Nº 001 DE 02/07/2014 MATERNIDADE NOSSA SENHORA DE LOURDES MNSL Processo Seletivo para composição de CADASTRO DE RESERVA para os Cargos: 1. Auxiliar de Serviços Gerais (Nível Fundamental)

Leia mais

EDITAL 001 DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N 017/2014

EDITAL 001 DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N 017/2014 EDITAL 001 DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N 017/2014 Processo Seletivo para preenchimento de Vagas, em caráter temporário, no quadro de Pessoal na Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Lazer e Secretaria

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SENAI 02/2013 INTERNO

PROCESSO SELETIVO SENAI 02/2013 INTERNO PROCESSO SELETIVO 02/2013 INTERNO O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, Departamento Regional da Paraíba, torna pública a realização do Processo Seletivo Nº 02/2013 INTERNO destinado a selecionar

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 003/2014

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 003/2014 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 003/2014 ABRE INSCRIÇÕES E BAIXA NORMAS PARA SELEÇÃO DE EDUCADORES E INSTRUTORES SOCIAIS PARA ATUAREM NOS PROGRAMAS: DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL PETI E MULHER DE

Leia mais

EDITAL 01/2015 CONCURSO PARA PROGRAMA DE APRIMORAMENTO EM MEDICINA VETERINÁRIA

EDITAL 01/2015 CONCURSO PARA PROGRAMA DE APRIMORAMENTO EM MEDICINA VETERINÁRIA UNIÃO METROPOLITANA PARA O DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO E CULTURA FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E DA SAÚDE CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA PROGRAMA DE APRIMORAMENTO EM MEDICINA VETERINÁRIA EDITAL 01/2015

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CORUMBÁ SECRETARIA MUNICIPAL DE GESTÃO PÚBLICA E S C O L A D E G O V E R N O

PREFEITURA MUNICIPAL DE CORUMBÁ SECRETARIA MUNICIPAL DE GESTÃO PÚBLICA E S C O L A D E G O V E R N O PREFEITURA MUNICIPAL DE CORUMBÁ SECRETARIA MUNICIPAL DE GESTÃO PÚBLICA E S C O L A D E G O V E R N O Processo nº 18284/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO TEMPORÁRIO DE AGENTE DE APOIO ESCOLAR-II, FUNÇÃO:

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA DE JUNDIAÍ

FACULDADE DE MEDICINA DE JUNDIAÍ EDITAL FMJ- 073/2006, de 27/11/2006 CONCURSO PARA RESIDÊNCIA MÉDICA 2007 O Prof. Dr. NELSON LOURENÇO MAIA FILHO, Diretor da Faculdade de Medicina de Jundiaí, Autarquia municipal de Jundiaí, Estado de São

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2 SEMESTRE DE 2015 FACULDADE ÚNICA DE CONTAGEM

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2 SEMESTRE DE 2015 FACULDADE ÚNICA DE CONTAGEM EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2 SEMESTRE DE 2015 FACULDADE ÚNICA DE CONTAGEM COMISSÃO ORGANIZADORA Solange Fonseca Landéia Ávila Raquel Munis Suelen Gomes 2 SUMÁRIO 1 - CURSOS OFERECIDOS 04 2 - AGENDA DO

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES ESTADO DE SANTA CATARINA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 007/2013/SES O SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso das atribuições e com base na Lei Complementar nº 260 de 22/01/2004, regulamentada

Leia mais

EDITAL Nº 001/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

EDITAL Nº 001/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 001/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Abre inscrição para o processo de seleção simplificado para contratação por tempo determinado visando atender a necessidade temporária de excepcional interesse

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA EDITAL NORMATIVO DE CONCURSO PÚBLICO Nº 003/2013 PMG/PB RETIFICAÇÃO DO EDITAL NORMATIVO DE CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2013 PMG/PB

ESTADO DA PARAÍBA EDITAL NORMATIVO DE CONCURSO PÚBLICO Nº 003/2013 PMG/PB RETIFICAÇÃO DO EDITAL NORMATIVO DE CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2013 PMG/PB PREFEITURA DO MUNICÍPIO GUARABIRA ESTADO DA ÍBA EDITAL NORMATIVO CONCURSO PÚBLICO Nº 003/2013 PMG/PB RETIFICAÇÃO DO EDITAL NORMATIVO CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2013 PMG/PB O Presidente da Comissão de Supervisão

Leia mais

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA EDITAL N.º 004/2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE AGENTE ADMINISTRATIVO, AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS, FONOAUDIÓLOGO, MERENDEIRA, MONITOR DE TRANSPORTE ESCOLAR, NUTRICIONISTA, ORIENTADOR

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO SEGUNDO SEMESTRE DE 2015

EDITAL PROCESSO SELETIVO SEGUNDO SEMESTRE DE 2015 EDITAL PROCESSO SELETIVO SEGUNDO SEMESTRE DE 2015 O Diretor Geral da Universidade Presidente Antônio Carlos Campus Barbacena, mantida pela Fundação Presidente Antônio Carlos FUPAC, informa aos interessados

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO RESIDÊNCIA MÉDICA COMPLEXO HOSPITALAR OURO VERDE

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO RESIDÊNCIA MÉDICA COMPLEXO HOSPITALAR OURO VERDE O Complexo Hospitalar Ouro Verde - CHOV torna público que realizará processo seletivo para preenchimento de vagas de médicos residentes de 1º ano (R-1), de seu programa de residência em MEDICINA DE FAMÍLIA

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA A FUNÇÃO DE ESTAGIÁRIOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE ALFENAS EDITAL Nº 01/2015

PROCESSO SELETIVO PARA A FUNÇÃO DE ESTAGIÁRIOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE ALFENAS EDITAL Nº 01/2015 PROCESSO SELETIVO PARA A FUNÇÃO DE ESTAGIÁRIOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE ALFENAS EDITAL Nº 01/2015 O Presidente da Câmara Municipal de Alfenas, Enéias Ferreira de Rezende, no uso de suas atribuições, torna

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAGUARI SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAGUARI SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 006/2010, DE 12 DE JULHO DE 2010. ARAGUARI MINAS GERAIS 1 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 006/2010 A Prefeitura Municipal de Araguari MG, através

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM EMPREGOS DE NÍVEL SUPERIOR COMPLETO EDITAL Nº 02/2011

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM EMPREGOS DE NÍVEL SUPERIOR COMPLETO EDITAL Nº 02/2011 PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM EMPREGOS DE NÍVEL SUPERIOR COMPLETO EDITAL Nº 02/2011 A Fundação de Educação Tecnológica e Cultural da Paraíba FUNETEC/PB, pessoa jurídica

Leia mais

ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDIRÁ

ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDIRÁ ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDIRÁ SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL Nº. 01/2014 - S Dispõe sobre a abertura de Processo Simplificado de Seleção para oferecimento de vagas de estágio

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul PREFEITURA MUNICIPAL DE CANOAS Secretaria Municipal de Educação

Estado do Rio Grande do Sul PREFEITURA MUNICIPAL DE CANOAS Secretaria Municipal de Educação EDITAL DE SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS PARA A COORDENAÇÃO MUNICIPAL E PROFESSORES DE ENSINO FUNDAMENTAL, QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL E EDUCAÇÃO CIDADÃ PARA ATUAREM NO PROGRAMA NACIONAL DE INCLUSÃO DE JOVENS

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO N 015/2015

EDITAL DE SELEÇÃO N 015/2015 EDITAL DE SELEÇÃO N 015/2015 A COMISSÃO MUNICIPAL INTERNA DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE SERRA NEGRA DO NORTE/RN, CONSIDERANDO a Lei Municipal n 589, de 12 de agosto de 2013, que estabelece normas

Leia mais

EDITAL Nº 07/2013 - VESTIBULAR AGENDADO DE INVERNO 2013/02

EDITAL Nº 07/2013 - VESTIBULAR AGENDADO DE INVERNO 2013/02 FACULDADE SANT ANA INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO SANT ANA. EDITAL Nº 07/2013 - VESTIBULAR AGENDADO DE INVERNO 2013/02 Estabelece normas para Vestibular Agendado 2013/2 da INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE QUELUZ

PREFEITURA MUNICIPAL DE QUELUZ PREFEITURA MUNICIPAL DE QUELUZ Ladeira Laurindo José da Silva, 40 Queluz/SP CEP: 12.800-000 Tel.: (12) 3147.1405 / 3147.1396 Processo Seletivo Simplificado Edital nº 02/2013 Processo seletivo para preenchimento,

Leia mais

3.1. O número de vagas ofertadas por este Centro de Ensino Médio de Tempo Integral encontrase descrito no Anexo I, deste documento;

3.1. O número de vagas ofertadas por este Centro de Ensino Médio de Tempo Integral encontrase descrito no Anexo I, deste documento; O Centro de Ensino Médio de Tempo Integral João Henrique de Almeida Sousa torna público aos interessados a abertura das inscrições do Exame Classificatório para preenchimento de vagas referentes à 1ª e

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2 SEMESTRE DE 2015 FACULDADE ÚNICA DE TIMÓTEO

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2 SEMESTRE DE 2015 FACULDADE ÚNICA DE TIMÓTEO EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2 SEMESTRE DE 2015 FACULDADE ÚNICA DE TIMÓTEO COMISSÃO ORGANIZADORA Eliane Assis Neves Júlio César Alvim Landéia Ávila Raquel Munis Suelen Gomes 2 SUMÁRIO 1 CURSOS OFERECIDOS

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DOS ESTADOS DE RONDÔNIA E ACRE -CRF-RO/AC

CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DOS ESTADOS DE RONDÔNIA E ACRE -CRF-RO/AC Edital nº02/2008 DO PROCESSO SELETIVO 02/2008 CRF/RO-AC DE 07 DE NOVEMBRO DE 2008 ABERTURA. A Presidente do Conselho Regional de Farmácia dos Estados de Rondônia e Acre, no uso de suas atribuições legais,

Leia mais

ABERTURA DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 015/2013

ABERTURA DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 015/2013 ABERTURA DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 015/2013 A FUNDAÇÃO DE APOIO INSTITUCIONAL AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO, entidade de Direito Privado, inscrita no CNPJ sob nº 66.991.647/0001-30

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SERAFINA CORRÊA ANEXO I - ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS E EMPREGOS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SERAFINA CORRÊA ANEXO I - ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS E EMPREGOS ANEXO I - ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS E EMPREGOS CARGO: ALMOXARIFE a) Descrição Sintética: Zelar pelo Patrimônio Público. b) Descrição Analítica: Controlar as mercadorias de uso da administração municipal;

Leia mais

EDITAL nº 04/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO nº 01/2015. Edital de Processo Seletivo Simplificado para contratação por prazo determinado.

EDITAL nº 04/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO nº 01/2015. Edital de Processo Seletivo Simplificado para contratação por prazo determinado. EDITAL nº 04/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO nº 01/2015 Edital de Processo Seletivo Simplificado para contratação por prazo determinado. O Prefeito Municipal de Portão em exercício, no uso de suas

Leia mais

ANEXO I DO EDITAL Nº 001/2009 DE 30 DE SETEMBRO DE 2009

ANEXO I DO EDITAL Nº 001/2009 DE 30 DE SETEMBRO DE 2009 ANEXO I DO EDITAL Nº 001/2009 DE 30 DE SETEMBRO DE 2009 COMPETÊNCIAS E DESCRIÇÃO SUMÁRIA DOS CARGOS: PROFESSOR COM HABILITAÇÃO LEGAL PARA O EXERCÍCIO DO MAGISTERIO COM FORMAÇÃO EM : CIÊNCIAS; LÍNGUA PORTUGUESA;

Leia mais

Prefeitura do Município de Carapicuíba Estado de São Paulo

Prefeitura do Município de Carapicuíba Estado de São Paulo EDITAL Nº 0005/2011 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO A Comissão Permanente de Acompanhamento de Processos Seletivos do Município de Carapicuíba, nomeada pelo Decreto Municipal n.º 3.918 de 30 de setembro

Leia mais

FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS SANTA MARCELINA M U R I A É MG EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA O ANO LETIVO DE 2016

FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS SANTA MARCELINA M U R I A É MG EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA O ANO LETIVO DE 2016 FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS SANTA MARCELINA M U R I A É MG EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA O ANO LETIVO DE 2016 A Diretora da FACULDADE DE FILOSOFIA CIÊNCIAS E LETRAS SANTA MARCELINA - FASM,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE TURVO/SC SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTES

PREFEITURA MUNICIPAL DE TURVO/SC SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTES PREFEITURA MUNICIPAL DE TURVO/SC SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTES EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA ADMISSÃO DE PESSOAL EM CARÁTER TEMPORÁRIO PARA A SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO SEBASTIÃO DO PARAÍSO SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE E AÇÃO SOCIAL

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO SEBASTIÃO DO PARAÍSO SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE E AÇÃO SOCIAL EDITAL PROCESSO SELETIVO Nº 012/2011 MÉDICO DE SAÚDE DA FAMÍLIA A Prefeitura Municipal de São Sebastião do Paraíso, nos termos da Lei Municipal 2.904/02 e Lei Municipal Nº.3.553/Projeto de Lei Nº. 3.778

Leia mais

EDITAL DO VESTIBULAR ESPECIAL EAD/UAB - UNIFEI 2009

EDITAL DO VESTIBULAR ESPECIAL EAD/UAB - UNIFEI 2009 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ EDITAL DO VESTIBULAR ESPECIAL EAD/UAB - UNIFEI 2009 Aprovado pela Câmara de Graduação em 19/09/2008 18ª Reunião Extraordinária O Pró-Reitor de Graduação

Leia mais

EDITAL 012/2015 DE 18 DE AGOSTO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2016.1 I DA DENOMINAÇÃO E RESPECTIVAS HABILITAÇÕES

EDITAL 012/2015 DE 18 DE AGOSTO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2016.1 I DA DENOMINAÇÃO E RESPECTIVAS HABILITAÇÕES EDITAL 012/2015 DE 18 DE AGOSTO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2016.1 A Faculdade Maria Milza FAMAM torna público o Edital do Processo Seletivo Vestibular 2016.1, para os cursos de Bacharelado em

Leia mais

MUNICÍPIO DE CAMPO ALEGRE-SC. SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 010/2013

MUNICÍPIO DE CAMPO ALEGRE-SC. SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 010/2013 MUNICÍPIO DE CAMPO ALEGRE-SC. SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 010/2013 O Município de Campo Alegre, Estado de Santa Catarina, conforme dispõe o Art. 37, inciso

Leia mais

PROGRAMA DE ESPECIALIZAÇÃO MÉDICA - 2014 Hospital Unimed Unidade Contorno

PROGRAMA DE ESPECIALIZAÇÃO MÉDICA - 2014 Hospital Unimed Unidade Contorno PROGRAMA DE ESPECIALIZAÇÃO MÉDICA - 2014 Hospital Unimed Unidade Contorno DESCRIÇÃO DO PROGRAMA OFERTADO O Hospital Unimed Unidade Contorno, pertencente à rede de Serviços Próprios da Unimed-BH, abre inscrições

Leia mais

PREFEITURA DE SÃO LUÍS SECRETARIA MUNICIPAL DA CRIANÇA E ASSISTÊNCIA SOCIAL - SEMCAS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 02/2015

PREFEITURA DE SÃO LUÍS SECRETARIA MUNICIPAL DA CRIANÇA E ASSISTÊNCIA SOCIAL - SEMCAS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 02/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 02/2015 A Prefeitura Municipal de São Luís, por intermédio da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social SEMCAS torna público, para conhecimento geral,

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO ESPECIAL COMPLEMENTAR Nº 04/2009 PROJOVEM URBANO NOVO HAMBURGO

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO ESPECIAL COMPLEMENTAR Nº 04/2009 PROJOVEM URBANO NOVO HAMBURGO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO ESPECIAL COMPLEMENTAR Nº 04/2009 PROJOVEM URBANO NOVO HAMBURGO A Pró-Reitora de Extensão e Assuntos Comunitários do Centro Universitário Feevale, no uso de suas atribuições,

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PÚBLICO Nº 01/2015

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PÚBLICO Nº 01/2015 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PÚBLICO Nº 01/2015 O Município de Vassouras, através da Comissão de Processo Seletivo Simplificado, designada pela Portaria n.º 193/2015, torna público que estarão

Leia mais

EDITAL N º 004 / 2010

EDITAL N º 004 / 2010 EDITAL N º 004 / 2010 O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, do Município de Videira, no uso de suas atribuições legais e considerando a possibilidade de contratação temporária por excepcional interesse público,

Leia mais

GOVERNO MUNICIPAL SÃO LOURENÇO DO OESTE GABINETE DO PREFEITO

GOVERNO MUNICIPAL SÃO LOURENÇO DO OESTE GABINETE DO PREFEITO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 001/2013 ABRE INSCRIÇÕES E BAIXA NORMAS PARA SELEÇÃO DE PROFESSORES EM CARÁTER TEMPORÁRIO E EXCEPCIONAL PARA O ANO LETIVO DE 2013, NA REDE MUNICIPAL DE ENSINO. O PREFEITO

Leia mais

EDITAL 09/2015 DE 16 DE MARÇO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.2 VAGAS REMANESCENTES

EDITAL 09/2015 DE 16 DE MARÇO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.2 VAGAS REMANESCENTES EDITAL 09/2015 DE 16 DE MARÇO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.2 VAGAS REMANESCENTES A Faculdade Maria Milza FAMAM torna público o Edital do Processo Seletivo Vestibular 2015.2 Vagas remanescentes,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2016. Programa de Treinamento Médico em Oftalmologia - DayHORC

PROCESSO SELETIVO 2016. Programa de Treinamento Médico em Oftalmologia - DayHORC PROCESSO SELETIVO 2016 Programa de Treinamento Médico em Oftalmologia - DayHORC O DayHORC, através de sua Comissão do Programa de Treinamento Médico em Oftalmologia (CPTMO/DayHORC), no uso de suas atribuições,

Leia mais

Edital de Abertura de Inscrição para o Programa Aprendiz da Prodeb.

Edital de Abertura de Inscrição para o Programa Aprendiz da Prodeb. Edital de Abertura de Inscrição para o Programa Aprendiz da Prodeb. O Presidente da Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia PRODEB, no uso de suas atribuições, em conformidade com disposto

Leia mais

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Empresa: ELETROACRE

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Empresa: ELETROACRE PROGRAMA JOVEM APRENDIZ EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Empresa: ELETROACRE O SENAI - Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, com base na Lei nº 10.097/2000, no Decreto nº 5.598/2005, e nas Portarias

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 001/2014 EDITAL Nº 001

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 001/2014 EDITAL Nº 001 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 001/2014 EDITAL Nº 001 Abre inscrições para o processo seletivo simplificado destinado à contratação temporária de excepcional interesse público para funções de Professor

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA A CONTRATAÇÃO DE MÃO DE OBRA POR TEMPO DETERMINADO Nº 05/2013

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA A CONTRATAÇÃO DE MÃO DE OBRA POR TEMPO DETERMINADO Nº 05/2013 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA A CONTRATAÇÃO DE MÃO DE OBRA POR TEMPO DETERMINADO Nº 05/2013 A SECRETARIA MUNICIPAL DE GESTÃO, com fundamento na Lei Complementar nº 225, de 29 de dezembro

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO INTEGRAL EDITAL Nº 02/2014

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO INTEGRAL EDITAL Nº 02/2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO INTEGRAL EDITAL Nº 02/2014 EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE COORDENADORES DE EDUCAÇÃO INTEGRAL, QUE ATENDERÃO

Leia mais

Faculdades Unidas de Pesquisa, Ciências e Saúde CNPJ : 08.543.681/0001-46 www.faculdadefapec.com.br

Faculdades Unidas de Pesquisa, Ciências e Saúde CNPJ : 08.543.681/0001-46 www.faculdadefapec.com.br EDITAL 021/2015 DE 15 DE OUTUBRO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2016.1 A Faculdades Unidas de Pesquisa, Ciências e Saúde FAPEC torna público o Edital do Processo Seletivo Vestibular 2016.1, para

Leia mais

EDITAL 001 DE PROCESSO SELETIVO PUBLICO Nº008 /2013

EDITAL 001 DE PROCESSO SELETIVO PUBLICO Nº008 /2013 EDITAL 001 DE PROCESSO SELETIVO PUBLICO Nº008 /2013 Processo seletivo para preenchimento de vagas, em caráter temporário, no quadro de pessoal no Departamento Municipal de Cultura de Itá-SC. A PREFEITA

Leia mais

EDITAL 010/2014 DE 25 DE AGOSTO DE 2014 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.1 I DA DENOMINAÇÃO E RESPECTIVAS HABILITAÇÕES

EDITAL 010/2014 DE 25 DE AGOSTO DE 2014 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.1 I DA DENOMINAÇÃO E RESPECTIVAS HABILITAÇÕES EDITAL 010/2014 DE 25 DE AGOSTO DE 2014 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.1 A Faculdade Maria Milza FAMAM torna público o Edital do Processo Seletivo Vestibular 2015.1, para os cursos de Bacharelado em

Leia mais

1) Endereço na INTERNET: www.vestibular.unifei.edu.br

1) Endereço na INTERNET: www.vestibular.unifei.edu.br MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ EDITAL DO SEGUNDO VESTIBULAR 2009 UNIFEI Campus Itajubá Aprovado pela Câmara de Graduação em 10/02/2009 1ª Reunião Ordinária O Pró-Reitor de Graduação

Leia mais

Edital de Processo Seletivo Simplificado nº. 002/2013

Edital de Processo Seletivo Simplificado nº. 002/2013 1 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Edital de Processo Seletivo Simplificado nº. 002/2013 José Carlos A. Amaral, Prefeito de Três Passos em exercício, no uso de suas atribuições legais, torna público a abertura

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. VESTIBULAR 1º SEMESTRE / 2016 1ª Fase

MANUAL DO CANDIDATO. VESTIBULAR 1º SEMESTRE / 2016 1ª Fase MANUAL DO CANDIDATO VESTIBULAR 1º SEMESTRE / 2016 1ª Fase I - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS 1 - O Processo Seletivo para candidatos aos cursos do primeiro semestre letivo do ano 2016 será composto de prova para

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO Nº

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO Nº EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO Nº 28/09 ABERTURA DE INSCRIÇÕES A Prefeitura Municipal de Cruzália, Estado de São Paulo, por seu Prefeito que este subscreve, FAZ SABER que se encontram abertas as inscrições

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA-UFSM FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA FATEC HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DE SANTA MARIA-HUSM

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA-UFSM FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA FATEC HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DE SANTA MARIA-HUSM UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA-UFSM FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA FATEC HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DE SANTA MARIA-HUSM EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N 06/13 INSCRIÇÕES PARA SELEÇÃO DE

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 078/2015/SES

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 078/2015/SES ESTADO DE SANTA CATARINA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 078/2015/SES O SUPERINTENDENTE DE GESTÃO ADMINISTRATIVA, no uso de suas atribuições legais e conforme delegação de competência estabelecida

Leia mais

EDITAL 05/2015 DE 16 DE MARÇO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.2

EDITAL 05/2015 DE 16 DE MARÇO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.2 EDITAL 05/2015 DE 16 DE MARÇO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.2 A Faculdade Maria Milza FAMAM torna público o Edital do Processo Seletivo Vestibular 2015.2, para os cursos de Bacharelado em Administração,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO - REGIÃO NORTE 2

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO - REGIÃO NORTE 2 DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO NORTE 2 Edital de Abertura de Inscrição Processo Seletivo Simplificado Regional para contratação de Agente de Organização Escolar/2015 A Comissão Especial de Contratação por

Leia mais

Nº 02/2015, 02 2015, 1. DAS FUNÇÕES, VAGAS, SALÁRIO, REQUISITOS E CONDIÇÕES PARA A INSCRIÇÃO. 1.1 ENGENHEIRO CIVIL _ 01 _ - SMITUR _

Nº 02/2015, 02 2015, 1. DAS FUNÇÕES, VAGAS, SALÁRIO, REQUISITOS E CONDIÇÕES PARA A INSCRIÇÃO. 1.1 ENGENHEIRO CIVIL _ 01 _ - SMITUR _ EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº001/2015 A Prefeitura do Município de Piraí do Norte, Bahia, no uso de suas atribuições legais TORNA PÚBLICO a abertura de inscrições para o PROCESSO SELETIVO

Leia mais

PROCESSO SELETIVO N 04-2010 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL

PROCESSO SELETIVO N 04-2010 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL PROCESSO SELETIVO N 04-2010 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL A unidade nacional do Sescoop Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo, personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos,

Leia mais

EDITAL SELEÇÃO PARA RESIDÊNCIA MÉDICA PARA O ANO 2015 HOSPITAL LUCIO REBELO

EDITAL SELEÇÃO PARA RESIDÊNCIA MÉDICA PARA O ANO 2015 HOSPITAL LUCIO REBELO EDITAL SELEÇÃO PARA RESIDÊNCIA MÉDICA PARA O ANO 2015 HOSPITAL LUCIO REBELO * Atenção: Recomenda-se a leitura atenta de todo o Edital antes de realizar a Inscrição. O Hospital Lucio Rebelo e a Comissão

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICIPIO DE SANGÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO N 003/2015

ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICIPIO DE SANGÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO N 003/2015 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO N 003/2015 O Prefeito Municipal de Sangão, Sr. Castilho Silvano Vieira, no uso de suas atribuições conferidas pela Lei Orgânica do município, torna público a realização do processo

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARAU EDITAL DE SELEÇÃO Nº 20/2013 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO POR PRAZO DETERMINADO

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARAU EDITAL DE SELEÇÃO Nº 20/2013 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO POR PRAZO DETERMINADO PREFEITURA MUNICIPAL DE MARAU EDITAL DE SELEÇÃO Nº 20/2013 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO POR PRAZO DETERMINADO O Prefeito Municipal de Marau, no uso de suas atribuições, visando a contratação

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BIGUAÇU SECRETARIA DE EDUCAÇÃO

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BIGUAÇU SECRETARIA DE EDUCAÇÃO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº. 006/2015 - QUADRO RESERVA - A Secretária Municipal de Educação de Biguaçu, no uso de suas atribuições, comunica que estarão abertas, as inscrições para o Processo

Leia mais

Rio Grande do Norte, 12 de Janeiro de 2016 Ano 2016 No 1575

Rio Grande do Norte, 12 de Janeiro de 2016 Ano 2016 No 1575 ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA CRUZ GABINETE DA PREFEITA EDITAL N 001/2016 - EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Regulamenta o Processo Seletivo Simplificado para provimento

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE ALÉM PARAÍBA Credenciada pelo Decreto Federal nº 78709, de 10/11/1976, DOU DE 11/11/1976

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE ALÉM PARAÍBA Credenciada pelo Decreto Federal nº 78709, de 10/11/1976, DOU DE 11/11/1976 FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE ALÉM PARAÍBA Credenciada pelo Decreto Federal nº 78709, de 10/11/1976, DOU DE 11/11/1976 EDITAL 2011 PROCESSO SELETIVO ISECC 2011 2º SEMESTRE 2 O Presidente da Fundação Educacional

Leia mais

Condições de Trabalho

Condições de Trabalho COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Nº 0642-2012-01 INSTRUTOR DE PRÁTICAS PROFISSIONAIS - ATIVIDADES AVANÇADAS ELETROELETRÔNICA / MANUTENÇÃO ELETROELETRÔNICA 01 VAGA PARA SÃO PAULO SP SENAI-SP A Diretoria

Leia mais