Liturgia no Antigo Testamento

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Liturgia no Antigo Testamento"

Transcrição

1 Liturgia no Antigo Testamento Grupo 1: Alvimar Vera Lúcia Eduardo Araújo Prof: Márcio leitão Disciplina: Liturgia

2 Liturgia no AT = liturgia judaica; Liturgia (Culto) estudado é o Antigo Testamento; Culto (heb. Abôda) = trabalho braçal, serviço = raíz semítica cuja ideia é de prestação de serviço (trabalho); Quando relacionado a Deus = experiência jubilosa, libertadora e confortadora; Culto divino como sacrifícios cruentos. Israel também o faz, só que em honra de Javé;

3 Liturgia judaica é basicamente bíblica; Três grupos de texto: Históricos, Proféticos e o das leis culturais e o dos salmos (liturgia e ritual); Moisés: fase inaugural. Proposta de cinco aspectos: i. Construção do Tabernáculo (Ex 25,31) ii. Função dos Sacerdotes (Ex 28,29) iii. Arca da Aliança iv. Práticas sacrificiais v. Visual / artístico

4 Período salomaico: presença real do Senhor, marca a consciência litúrgica do povo; Israelita = culto no santuário central como contemplar a face de Javé (Dt 16,16; Is 1,12); Senhor determinara aparecer três vezes ao ano (Ex 23,17; 34,23; Dt 16,16); Liturgia em Israel processo histórico, evolução. Bíblico é o final, mormente no 2º Templo (mosaico e davídico); O Culto tinha aspecto cultual-ideológico na teofania, na Aliança e na Lei;

5 Halal (verbo hebr.) = agradecido, satisfeito, com a vida, acontecimento; elogio ao Superior; Halal aparece 206 vezes no AT. Escrito VTT é relacionado ao louvor ao Senhor; AT relatos de regulamentação litúrgica: movimentos dos sacerdotes, palavras e roupas; Religião oficializada e regras de sacerdócio = culto coletivo, no Templo e na oração de Salomão (1Rs 8,22-30); Quais foram esses sistemas litúrgicos com a adoção do culto coletivo?

6 Adoração Louvor Ação de graças Arrependimento Confissão dos pecados Submissão a Deus Dedicação de vidas Proclamação da glória de Deus E os sentidos, quais o ritual litúrgico aguçava?

7 Olfato Visão Paladar Audição Tato incenso Templo Pães e carne Lei e Salmos Unção e Aspersão

8 Horizontes do culto na revelação do AT: I. Adoração (rito sacrificial); II. Celebração (louvores, adoração ritual musicas e danças); III. Proclamação ( comunicação plena da revelação). Culto a Javé em muitos locais; Profetas contra o culto meramente exterior. Leis cultuais ganham força no período e pósexílio.

9 Pós-exílio: Tobias aponta para o lado das facetas judaicas: a oração, o jejum e a esmola. Outros livros retomam aspecto litúrgico: Judite e Macabeus; Leis do culto à tradição sacerdotal: sacerdotais (Ex 25,31 etc.); pureza ritual (Lv 11-16); santuário, sacerdote e ao sacrifício (Lv 1-7); e sobre as festas (Nm 28ss); Arca no santo dos santos do tabernáculo = Shekinah (sinal revelador).

10 Jerusalém = Templo (casa de Deus). Festas do ano: Páscoa, Pentecostes e Tabernáculos. Jerusalém = ofertas sacrificiais de animais e produtos agrícolas; mais importante: animal imolado, duas vezes ao ano; Local de reunião do culto = Kahal (comunidade, assembleia); (grego) sinagoga; Sinagoga substitui Templo (povo cativo, sem Templo, mesmo com ele devido aos impedimentos); Sinagoga, assim como Ecclesia, povo reunido em torno da Palavra.

11 Liturgia da SGG = ritual do Templo: separação entre ministros e fieis; Sistemática da SGG, sua liturgia fixa: a. Shemah (Dt 6,4-9; 11,13-21); b. Shemoneh Esreh (as 18 bençãos); c. Birkat kohamin (benção sacerdotal Nm 6,24-26).

12 Liturgia judaica, três unidades: Shemá Israel (essência da fé judaica Dt 6,4-9; Dt 11,13-21; Nm 15,37-41) 2 vezes ao dia; Tefillah excelência da liturgia das SGG (bençãos de até séc. II a.c); Qaddish oração antiga, termina a leitura e estudo da Torá: Seja engrandecido e santificado o seu grande Nome, no mundo que ele criou de acordo com sua vontade.

13 Fontes da liturgia hebraica: mais importante Mishnah; Festividades e datas relevantes: a. Shabbat (Sábado) b. Pesah (Páscoa) c. Yom Kippur (Dia da Expiação) d. Sukkot (Tabernáculos) e. Rosch Há-Hanah (Ano Novo) f. Purim (lembra dia 14 de ADAR, Aman que foi morto ao invés de matar o povo judeu).

14 Liturgia Judaica I. Sinagoga II. Torah III. Berakah IV. Birkat Ha-Mmazon V. Pesah VI. Shavu ot VII.Shabbat VIII.Tehillim IX. Yom Kippur Liturgia Cristã i. Ekklesia ii. Liturgia da Palavra iii. Prece eucarística iv. Ceia v. Páscoa vi. Pentecostes vii. Domingo viii.ofício Divino ix. Conversão

15 Bibliografia AUSUBEL, N. Conhecimento judaico II. O caráter da Oração Judaica. Rio de Janeiro: A. Koogon, DI SANTE, Carmine. Liturgia Judaica: fontes, estrutura, orações e festas. São Paulo: Paulus, DICIONÁRIO DE LITURGIA. São Paulo: Paulus, DICIONÁRIO ENCICLOPÉDICO DA BÍBLIA. Ptrópolis: Vozes, GOTTWALD, Norman Karol. As tribos de Iahweh: uma sociologia da religião de Israel liberto, a.c. São Paulo: Paulinas, PORTO, Humberto. Liturgia judaica e liturgia cristã. São Paulo: Paulinas, CARLOS, Jairo. O culto judeu: Compreendendo o caráter eterno da adoração em Israel Ensaios de uma teologia Bíblica do Culto numa perspectiva Ortodoxa. Disponível em < Acesso em 03/03/2011. ECHKARDT, Tione. Culto e Liturgia: Culto no Antigo Testamento. Disponível em: < Acesso em 03/03/2011. GAGLIARDI, Mauro. Íntima relação entre Antigo e Novo Testamento na liturgia cristã. Disponível em: < Acesso em 03/03/2011.

LEVÍTICO INTRODUÇÃO DIVISÃO FATOS IMPORTANTES

LEVÍTICO INTRODUÇÃO DIVISÃO FATOS IMPORTANTES LEVÍTICO INTRODUÇÃO DIVISÃO FATOS IMPORTANTES LEVÍTICO Levítico ( a respeito dos levitas ): Para quem foi escrito este livro? Para os israelitas. Por quem foi escrito (autor)? Moisés. Em qual momento histórico?

Leia mais

Celebração Dominical da Palavra. Cap. 07 Ione Buyst

Celebração Dominical da Palavra. Cap. 07 Ione Buyst Celebração Dominical da Palavra Cap. 07 Ione Buyst A Igreja de Cristo, desde o dia de Pentecostes, após a descida do Espírito Santo, sempre se reuniu fielmente para celebrar o mistério pascal, no dia que

Leia mais

Oração Inicial: Leitura: Lucas 22, 7-20.

Oração Inicial: Leitura: Lucas 22, 7-20. Oração Inicial: Leitura: Lucas 22, 7-20. Objetivo do encontro: Despertar amor a Eucaristia e a participação da santa missa, onde o sacramento é oferecido. Texto: Ë o sacramento pelo qual participamos,

Leia mais

CELEBRAÇÃO DA PALAVRA DE DEUS ANDRÉA ALMEIDA DE GÓES ANDRÉ LUIZ DE GÓES NUNES VITOR NUNES ROSA

CELEBRAÇÃO DA PALAVRA DE DEUS ANDRÉA ALMEIDA DE GÓES ANDRÉ LUIZ DE GÓES NUNES VITOR NUNES ROSA CELEBRAÇÃO DA PALAVRA DE DEUS ANDRÉA ALMEIDA DE GÓES ANDRÉ LUIZ DE GÓES NUNES VITOR NUNES ROSA 1 2 ORIENTAÇÕES PARA A CELEBRAÇÃO DA PALAVRA DE DEUS DOCUMENTO DA CNBB - 52 3 SENTIDO LITÚRGICO DA CELEBRAÇÃO

Leia mais

A História da Redenção em Levítico

A História da Redenção em Levítico LEVITICO A História da Redenção em Levítico Levítico Hebreus Wayyiqra (Chamou o Senhor) Septuaginta Levítico (Devido a ênfase dada sobre o sacerdócio) Ênfase na Pessoa de Deus Santidade e provisão de Deus

Leia mais

Vida Cristã e Santificação. PROFESSORES Pb. André Sem. Francisco

Vida Cristã e Santificação. PROFESSORES Pb. André Sem. Francisco Vida Cristã e Santificação PROFESSORES Pb. André Sem. Francisco Estudo do livro de Levítico Aulas Descrição Texto Bíblico Professor 01 Introdução ao livro de Levítico Lv 1-7 Francisco 02 Bases da Santificação:

Leia mais

A Liturgia como comunicação do Amor de Deus

A Liturgia como comunicação do Amor de Deus A Liturgia como comunicação do Amor de Deus A Liturgia - O Que é a Liturgia - Quem se comunica pela Liturgia. Como comunicação do amor de Deus - Como se deu essa comunicação de Amor. - Como ela se realiza.

Leia mais

Crisma 2010/2011 Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma 10/02/2011. Crisma 2010/2011. Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma

Crisma 2010/2011 Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma 10/02/2011. Crisma 2010/2011. Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma Crisma 2010/2011 Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma O Ano litúrgico é o período de doze meses, divididos em tempos litúrgicos, onde se celebram como memorial, os mistérios de Cristo, assim como a memória

Leia mais

São resultado desses encontros as notas que a seguir partilhamos.

São resultado desses encontros as notas que a seguir partilhamos. Nas quintas-feiras do mês de Maio, decorreram na Igreja de Oliveira de Azemeis, encontros de formação litúrgica, organizados pela vigararia sul da Diocese do Porto e orientados pelo P. Frei Bernardino

Leia mais

O povo judeu e sua religião

O povo judeu e sua religião A Vida de JESUS O povo judeu e sua religião O POVO JUDEU Religião Deus e o relacionamento com o homem O Tabernáculo A Arca da Aliança O Templo As Escrituras As Sinagogas Grupos religiosos O POVO JUDEU

Leia mais

Introdução e visão geral da história, estrutura e teologia do AT. Jörg Garbers Ms. de Teologia

Introdução e visão geral da história, estrutura e teologia do AT. Jörg Garbers Ms. de Teologia Introdução e visão geral da história, estrutura e teologia do AT Jörg Garbers Ms. de Teologia Introdução a literatura e a pesquisa da Tora e dos profetas anteriores III Jörg Garbers Ms. de Teologia Conteúdo

Leia mais

O OFÍCIO SACERDOTAL.

O OFÍCIO SACERDOTAL. O OFÍCIO SACERDOTAL. Os sacerdotes eram os ministros responsáveis pelos principais atos do culto judaico no tabernáculo e no templo. Eles sacrificavam os animais levados pelo povo, buscando, assim, o perdão

Leia mais

OS LEVITAS Dicionário Internacional de Teologia Novo Testamento,

OS LEVITAS Dicionário Internacional de Teologia Novo Testamento, OS LEVITAS Vamos ao um breve estudo sobre os levitas, que há muito tempo, nas igrejas evangélicas e até mesmo nos templos católicos, é um título dado aos instrumentistas e cantores. Biblicamente falando,

Leia mais

Nosso Ministério Sacerdotal

Nosso Ministério Sacerdotal As 3 pedras fundamentais para o ministério do povo de Deus são: O SACERDÓCIO de todos os discípulos de Jesus Os DONS DO ESPÍRITO SANTO manifestos em cada discípulo O EXEMPLO E MODELO de Jesus como servo

Leia mais

Descrição Aliança Referência. Instruções de conservação e leitura pública Garantias/Leitura Dt. 27:2-3

Descrição Aliança Referência. Instruções de conservação e leitura pública Garantias/Leitura Dt. 27:2-3 Introdução ao Livro de Deuteronômio - A nova geração Ao contrário do que o nome, vindo do grego, sugere, Deuteronômio não se trata de uma segunda lei, mas é uma recapitulação, para a nova geração pós-êxodo,

Leia mais

Jesus Cristo é o Sumo Sacerdote da Nova Aliança

Jesus Cristo é o Sumo Sacerdote da Nova Aliança EMBARGO ATÉ ÀS 11HORAS DO DIA 21 DE ABRIL DE 2011 Jesus Cristo é o Sumo Sacerdote da Nova Aliança Homilia da Missa Crismal Sé Patriarcal, 21 de Abril de 2011 1. Continuamos o desafio por mim proposto no

Leia mais

Judaísmo A mais antiga religião monoteísta. Ana Paula N. Guimarães

Judaísmo A mais antiga religião monoteísta. Ana Paula N. Guimarães Judaísmo A mais antiga religião monoteísta Ana Paula N. Guimarães O que é o judaísmo? A mais antiga religião das três principais e maiores religiões monoteístas Judaísmo Cristianismo (maior em quantidade

Leia mais

A História do Culto Cristão

A História do Culto Cristão A História do Culto Cristão Uma Breve análise da adoração cristã à luz do seu desenvolvimento litúrgico no decorrer dos séculos Rev. Mauro Renato Rio, 25 de Julho de 2008 Igreja Presbiteriana de Vila Califórnia

Leia mais

ÍNDICE GERAL. i PARTE

ÍNDICE GERAL. i PARTE ÍNDICE GERAL i DEUS NO ANTIGO TESTAMENTO 15 Procedimento metódico 15 I. A História 20 1. O género histórico no Antigo Testamento 20 2. História da salvação 22 II. A Palavra de Deus no Antigo Testamento

Leia mais

Sumário. Prefácio... 13

Sumário. Prefácio... 13 Sumário Prefácio... 13 PARTE UM O LEGADO ISRAELITA 1. Cristianismo e judaísmo... 29 A separação dos caminhos... 29 O cristianismo e o cânone hebraico da Escritura... 40 O cristianismo e a interpretação

Leia mais

conheça sua Bíblia Estudos Panorâmicos no AT e NT TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, 1332 - JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP

conheça sua Bíblia Estudos Panorâmicos no AT e NT TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, 1332 - JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, 1332 - JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP Êxodo! DATA: 1445 a.c.; na caminhada pelo deserto do Sinai. NOME: No hebraico Shemot, nomes, e no grego Êxodo,

Leia mais

Escolha o assunto e os limites do estudo

Escolha o assunto e os limites do estudo Método Tópico Escolha o assunto e os limites do estudo Tema: unção (unção, ungir, ungido) descobrir o significado da unção no AT e NT. Quem era ungido por Deus (ou Jesus ou o Espírito Santo)? O que é a

Leia mais

LINHA DO TEMPO DE EVENTOS BÍBLICOS IMPORTANTES. Esta breve linha do tempo representa os eventos-chave cobertos pela Bíblia:

LINHA DO TEMPO DE EVENTOS BÍBLICOS IMPORTANTES. Esta breve linha do tempo representa os eventos-chave cobertos pela Bíblia: Você se sentirá mais confiante sobre seus estudos bíblicos quando vir a linha do tempo dos eventos importantes narrados na Bíblia, tiver uma compreensão dos livros que a compõem e como eles são organizados,

Leia mais

O BATISMO NÃO TEM FINALIDADE EM SI MESMO. (Proposição 38 do Sínodo)

O BATISMO NÃO TEM FINALIDADE EM SI MESMO. (Proposição 38 do Sínodo) I - OS SACRAMENTOS DE INICIAÇÃO CRISTÃ O que se realiza nos sacramentos da iniciação com o ser humano se dá pela graça de Deus Diante destas constatações podemos dizer que a teologia dos sacramentos de

Leia mais

Sacramento da Ordem. Cap. 03 Dom Manoel João Francisco

Sacramento da Ordem. Cap. 03 Dom Manoel João Francisco Sacramento da Ordem Cap. 03 Dom Manoel João Francisco A Igreja, para cumprir o tríplice mandato do Senhor: serviço da Palavra, dos sacramentos e da caridade, conta com ministros (servidores); Ministérios

Leia mais

Introdução e visão geral da História de Israel e dos textos do Antigo Testamento. Jörg Garbers Ms. de Teologia

Introdução e visão geral da História de Israel e dos textos do Antigo Testamento. Jörg Garbers Ms. de Teologia Introdução e visão geral da História de Israel e dos textos do Antigo Testamento Jörg Garbers Ms. de Teologia 29.06.2013 08:00-09:30 Saudação / Apresentação / Bibliografia / Recapitulação das narrativas

Leia mais

Libertação e caminho para o Sinai Aliança no Sinai Ordens para a construção Queda e renovação da aliança Construção da Tenda e da "Arca"

Libertação e caminho para o Sinai Aliança no Sinai Ordens para a construção Queda e renovação da aliança Construção da Tenda e da Arca 1-18 19-24 25-31 32-34 35-40 Libertação e caminho para o Sinai Aliança no Sinai Ordens para a construção Queda e renovação da aliança Construção da Tenda e da "Arca" 1-7 8-10 11-15 16 17-26 27 Ordens para

Leia mais

CALENDÁRIO /01/15 JAN 15/01/15 29/01/15. Aniversario PE Elisandro

CALENDÁRIO /01/15 JAN 15/01/15 29/01/15. Aniversario PE Elisandro CALENDÁRIO - 2015 Mês JAN Mês Dia 01/01/15 02/01/15 03/01/15 04/01/15 11/01/15 15/01/15 24/01/15 25/01/15 28/01/15 29/01/15 Dia 01/02/15 SEMANA quinta-feira Sexta-feira sábado quinta-feira sábado quarta-feira

Leia mais

Introdução e visão geral da história, estrutura e teologia do AT. Jörg Garbers Ms. de Teologia

Introdução e visão geral da história, estrutura e teologia do AT. Jörg Garbers Ms. de Teologia Introdução e visão geral da história, estrutura e teologia do AT Jörg Garbers Ms. de Teologia Introdução a literatura e a pesquisa dos profetas posteriores II Jörg Garbers Ms. de Teologia 1 33 O livro

Leia mais

Saiamos pois, a Ele, fora do arraial... Ademir Ifanger

Saiamos pois, a Ele, fora do arraial... Ademir Ifanger Saiamos pois, a Ele, fora do arraial... Introdução Almejamos uma nova compreensão da espiritualidade, que nos impulsione a realizar o projeto integral de Deus, expressando assim genuína adoração (Jo 4.23-24).

Leia mais

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO Copyright 2005 - Libreria Editrice Vaticana «Motu Proprio» Introdução PRIMEIRA PARTE - A PROFISSÃO DA FÉ Primeira Secção: «Eu

Leia mais

Um Exame das Doutrinas da Bíblia

Um Exame das Doutrinas da Bíblia Um Exame das Doutrinas da Bíblia 1A-Introdução à Doutrina 1- A Doutrina dos Apóstolos Atos 2:42 2-Heresia Tito 3:10 3-Dupla Verificação João 21:18 4-Fé-Definição Romanos 1:17 5-Negligência da Fé Romanos

Leia mais

SOBRE O CENÁCULO Mencionado na Mensagem de

SOBRE O CENÁCULO Mencionado na Mensagem de 1 Áudio da Mensagem de Manoel de Jesus, de 28.08.2017 convertido em texto, SOBRE O CENÁCULO Mencionado na Mensagem de 21.08.2017 28.08.2017 Chamado de Amor e de Conversão do Coração Doloroso e Imaculado

Leia mais

Catedral Diocesana de Campina Grande. II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia. ANO DA FÉ Rito Inicial

Catedral Diocesana de Campina Grande. II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia. ANO DA FÉ Rito Inicial Catedral Diocesana de Campina Grande Paróquia nossa Senhora da Conceição II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia Por suas chagas fomos curados, felizes aqueles que crêem sem terem visto.

Leia mais

CERIMONIÁRIO UMA AJUDA EXTRA PARA SUAS CELEBRAÇÕES LITÚRGICAS!

CERIMONIÁRIO UMA AJUDA EXTRA PARA SUAS CELEBRAÇÕES LITÚRGICAS! 1 CERIMONIÁRIO UMA AJUDA EXTRA PARA SUAS CELEBRAÇÕES LITÚRGICAS! Celebremos o mistério deste dia com lâmpadas flamejantes São Cirilo de Alexandria (+444) Introdução geral Seguindo os preceitos da Lei de

Leia mais

O CULTO DA LEI E OS MISTÉRIOS REVELADOS

O CULTO DA LEI E OS MISTÉRIOS REVELADOS ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL: 21/05/2017 O CULTO DA LEI E OS MISTÉRIOS REVELADOS Sabemos que no culto da Lei era fundamental a presença de quatro elementos que faziam parte da liturgia registrada no Velho

Leia mais

INTRODUÇÃO AO LIVRO ATOS DOS VISÃO GERAL DA IGREJA PRIMITIVA APÓSTOLOS. Jörg Garbers Ms. de Teologia

INTRODUÇÃO AO LIVRO ATOS DOS VISÃO GERAL DA IGREJA PRIMITIVA APÓSTOLOS. Jörg Garbers Ms. de Teologia INTRODUÇÃO AO LIVRO ATOS DOS APÓSTOLOS VISÃO GERAL DA IGREJA PRIMITIVA Jörg Garbers Ms. de Teologia CONTEXTO POLÍTICO Império romano A organização era muito eficaz. Roma era a capital e o centro. Todo

Leia mais

Um exame das Doutrinas da Bíblia

Um exame das Doutrinas da Bíblia Um exame das Doutrinas da Bíblia III- A Doutrina de Cristo 1-A Deidade de Cristo João 5:18 2-A Humanidade de Cristo Lucas 2:52 3- O Filho de Deus Mat. 16:16 4-O Único Unigênito João 3:16 5-A Generação

Leia mais

Você conhece a sua bíblia?

Você conhece a sua bíblia? Você conhece a sua bíblia? RECORDANDO... Um breve tratado sobre as Escrituras - 66 livros: 39 AT + 27 NT - Ela é a revelação de Deus - Autores diferentes mas uma mesma mente formadora Interpretando a Bíblia

Leia mais

Fevereiro de 2007 RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA Jubileu 40 anos Celebrando Pentecostes. Rede Nacional de Intercessão

Fevereiro de 2007 RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA Jubileu 40 anos Celebrando Pentecostes. Rede Nacional de Intercessão RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA 2007 Jubileu 40 anos Celebrando Pentecostes Rede Nacional de Intercessão Fevereiro de 2007 No último dia, que é o principal dia de festa, estava Jesus de pé e clamava: Se

Leia mais

Os livros da Bíblia ANTIGO TESTAMENTO. Pentateuco (Torah = Lei): Deus fala pela sua «Lei»...

Os livros da Bíblia ANTIGO TESTAMENTO. Pentateuco (Torah = Lei): Deus fala pela sua «Lei»... Os livros da Bíblia ANTIGO TESTAMENTO Pentateuco (Torah = Lei): Deus fala pela sua «Lei»... 1. Génesis: O livro das origens, da criação e dos nossos pais na fé 2. Êxodo: o livro das grandes maravilhas

Leia mais

REGULAMENTO OFICIAL. Alfabeto Bíblico

REGULAMENTO OFICIAL. Alfabeto Bíblico REGULAMENTO OFICIAL Alfabeto Bíblico Tem como objetivo levar o competidor a encontrar na Bíblia versículos que comecem com cada letra do alfabeto da língua portuguesa e contenham em seu texto, uma palavra-chave,

Leia mais

Referindo-se ao Sacramento da Eucaristia, diz o Catecismo da Igreja Católica :

Referindo-se ao Sacramento da Eucaristia, diz o Catecismo da Igreja Católica : Referindo-se ao Sacramento da Eucaristia, diz o Catecismo da Igreja Católica : 1323. - O nosso Salvador Instituiu na Última Ceia, na noite em que foi entregue, o Sacrifício Eucarístico do seu Corpo e Sangue,

Leia mais

Formação para leitores e comentaristas. O Serviço da Palavra na Liturgia

Formação para leitores e comentaristas. O Serviço da Palavra na Liturgia Formação para leitores e comentaristas O Serviço da Palavra na Liturgia Os encontros oferecem um quadro geral do valor e importância da Palavra de Deus na liturgia. Elaboram indicações e sugestões de como

Leia mais

O começo da igreja. Jörg Garbers Ms. de Teologia

O começo da igreja. Jörg Garbers Ms. de Teologia O começo da igreja Jörg Garbers Ms. de Teologia O começo da igreja primitiva (33-62 A.D.) Datas importantes 30 48 50-64 70 55-90 ~135 A morte de Jesus Concílio de Jerusalém Cartas de Paulo Destruição de

Leia mais

ENSINAR É... CONVENÇÃO BATISTA FLUMINENSE Revista Palavra e Vida Sugestões Didáticas - 4º Trimestre/2011 CRIAR OPORTUNIDADES. LIÇÃO 2 A NAÇÃO PECADORA

ENSINAR É... CONVENÇÃO BATISTA FLUMINENSE Revista Palavra e Vida Sugestões Didáticas - 4º Trimestre/2011 CRIAR OPORTUNIDADES. LIÇÃO 2 A NAÇÃO PECADORA ENSINAR É... CONVENÇÃO BATISTA FLUMINENSE Revista Palavra e Vida Sugestões Didáticas - 4º Trimestre/2011 CRIAR OPORTUNIDADES. LIÇÃO 2 A NAÇÃO PECADORA Base Bíblica: Isaías 1:1-17 Objetivos: - Apresentar

Leia mais

SEMINARIO DE LOUVOR E ADORAÇÃO. TEMA: Efésio 5:19 (Falando entre vos com salmos, entoando e louvando de coração, ao senhor, comhinos e cânticos

SEMINARIO DE LOUVOR E ADORAÇÃO. TEMA: Efésio 5:19 (Falando entre vos com salmos, entoando e louvando de coração, ao senhor, comhinos e cânticos LOUVOR & ADORAÇÃO SEMINARIO DE LOUVOR E ADORAÇÃO. TEMA: Efésio 5:19 (Falando entre vos com salmos, entoando e louvando de coração, ao senhor, comhinos e cânticos espirituais.) O ALTAR: A forma mais simples

Leia mais

IGREJA E CULTO. Por que me importar? Presb. José Cordeiro Neto» Presb. Lúcio Mafra Teixeira

IGREJA E CULTO. Por que me importar? Presb. José Cordeiro Neto» Presb. Lúcio Mafra Teixeira AULA 7 CULTO: CRESCENDO JUNTOS NA ALEGRIA, NA COMUNHÃO E NA ADORAÇÃO A DEUS IGREJA E CULTO Por que me importar? Presb. José Cordeiro Neto» Presb. Lúcio Mafra Teixeira EBD CONSOLIDAÇÃO 2015 O Ano da Adoração

Leia mais

Solenidade de Corpus Christi Junho de 2017

Solenidade de Corpus Christi Junho de 2017 Solenidade de Corpus Christi Junho de 2017 Caríssimos Irmãos e Irmãs: Temos, com muita frequência, insistido sobre a realidade do espaço eclesial que cada batizado ocupa na Igreja. Porém, não obstante

Leia mais

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI)

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) Teologia Bíblica da Missão de Deus Paulo Adolfo A Revelação e a Missão de Deus (Missio Dei) Objetivos da matéria: 1. Apresentar as bases bíblicas para o projeto

Leia mais

A Bíblia Inteira num Ano

A Bíblia Inteira num Ano A Bíblia Inteira num Ano Lição 4 O Livro de Levítico Onde há espaços para preencher, por favor escreva a Escritura mencionada nas suas próprias palavras. 1. O Livro Este livro foi nomeado para os Levitas

Leia mais

PARA NÃO ESQUECER. Blog IEBU:

PARA NÃO ESQUECER. Blog IEBU: Duas tarefas realizadas na aula anterior: 1ª) memorizar o versículo-chave; 2ª) Aprender a classificar os livros do Antigo Testamento, enumerandoos sequencialmente. Parabéns à classe! Blog IEBU: www.iebu.wordpress.com

Leia mais

SÍNTESE DO VELHO TESTAMENTO LEVÍTICO. Professora Sara Victalino Gueiros Dodd

SÍNTESE DO VELHO TESTAMENTO LEVÍTICO. Professora Sara Victalino Gueiros Dodd 0 SÍNTESE DO VELHO TESTAMENTO LEVÍTICO Professora Sara Victalino Gueiros Dodd Instituto Bíblico da Igreja Cristã Maranata 2016 Todos os direitos reservados. A reprodução não autorizada desta publicação,

Leia mais

A profecia das 70 SEMANAS DE DANIEL

A profecia das 70 SEMANAS DE DANIEL A profecia das 70 SEMANAS DE DANIEL AS SETENTA SEMANAS DE DANIEL Profetizadas há 2600 anos (v. 1) Daniel sabia que o fim do cativeiro estava próximo (v.2 cf. Jr 25.11, 12; 29.10) Daniel entenderia que

Leia mais

Igreja Batista Nacional da Palavra EBD - Escola Bíblica Dominical

Igreja Batista Nacional da Palavra EBD - Escola Bíblica Dominical Igreja Batista Nacional da Palavra EBD - Escola Bíblica Dominical Grade Curricular História da Igreja Formação do Estado de Israel e suas guerras Bibliologia Teologia Sistemática Básica - Doutrinas Bíblicas

Leia mais

PARTE I O MISTÉRIO, O ESPAÇO E OS MINISTROS I.

PARTE I O MISTÉRIO, O ESPAÇO E OS MINISTROS I. ÍNDICE GERAL Uma palavra do autor... p. 3 Lista de abreviatura... p. 7 PARTE I O MISTÉRIO, O ESPAÇO E OS MINISTROS I. Por amor a Liturgia A importância de se amar a Liturgia... n. 1 Necessidade de deixar

Leia mais

AULA -1 IGREJA: UMA INSTITUIÇÃO DIVINO-HUMANA IGREJA E CULTO. Por que me importar? Presb. José Cordeiro Neto» Presb. Lúcio Mafra Teixeira

AULA -1 IGREJA: UMA INSTITUIÇÃO DIVINO-HUMANA IGREJA E CULTO. Por que me importar? Presb. José Cordeiro Neto» Presb. Lúcio Mafra Teixeira AULA -1 IGREJA: UMA INSTITUIÇÃO DIVINO-HUMANA IGREJA E CULTO Por que me importar? Presb. José Cordeiro Neto» Presb. Lúcio Mafra Teixeira CONSOLIDAÇÃO 2015, O ANO DA ADORAÇÃO A Bíblia retrata a igreja como

Leia mais

ESCATOLOGIA BÍBLICA. Apocalipse Prof. Davi Albuquerque

ESCATOLOGIA BÍBLICA. Apocalipse Prof. Davi Albuquerque ESCATOLOGIA BÍBLICA Apocalipse 11. 15-19 Prof. Davi Albuquerque A sétima trombeta 15 O sétimo anjo tocou a trombeta, e houve no céu grandes vozes, dizendo: O reino do mundo se tornou de nosso Senhor e

Leia mais

Ano Litúrgico Ano C

Ano Litúrgico Ano C Ano Litúrgico 2009-2010 Ano C TEMPO DO ADVENTO 29/11 1º Domingo do Advento A redenção está próxima. Jeremias 33,14-16; Salmo 25(24); 1 Tessalonicenses 3,12-4,2; Lucas 21,25-28. 34-36 6/12 2º Domingo do

Leia mais

PROFECIAS NEWS Boletim Informativo de Religiões Proféticas

PROFECIAS NEWS Boletim Informativo de Religiões Proféticas PROFECIAS NEWS Boletim Informativo de Religiões Proféticas Judaísmo, Cristianismo, Islamismo Qual a definição da palavra religião? Vem do latim religare, tem o siginificado de religação. Essa religação

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM arta-feira da 3ª Semana da Páscoa Qu 1) Oração Permanecei,

Leia mais

INTRODUÇÃO AO AT Marivete Zanoni Kunz

INTRODUÇÃO AO AT Marivete Zanoni Kunz PENTATEUCO O vocábulo vem do grego pente, (cinco) e teúchos, (livro), rolo. A designação lei veio por causa do uso que se fazia, no mundo antigo judaico, e no NT. PENTATEUCO Ele é um manual de instrução,

Leia mais

UMA IGREJA ALÉM DO CULTO

UMA IGREJA ALÉM DO CULTO UMA IGREJA ALÉM DO CULTO culto tradicional culto do avivamento culto de doutrina culto evangelístico culto doméstico culto show culto jovem culto do bebê culto da família culto de libertação culto do descarrego

Leia mais

MALAQUIAS. Meu Mensageiro

MALAQUIAS. Meu Mensageiro MALAQUIAS Meu Mensageiro Cenário Político Religioso - Social O segundo Templo fora construído com o incentivo de Ageu e Zacarias Mas a obra não trouxe a tão esperada era messiânica Ao contrário, a apatia

Leia mais

LIÇÃO 9 NA IGREJA A FAMÍLIA ESPIRITUAL. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 9 NA IGREJA A FAMÍLIA ESPIRITUAL. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 9 NA IGREJA A FAMÍLIA ESPIRITUAL Prof. A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO UM ORGANISMO VIVO A igreja é um organismo vivo e divino que prega a salvação em Jesus Cristo de modo a levar os salvos para a

Leia mais

PLANO DE ENSINO Curso: Teologia

PLANO DE ENSINO Curso: Teologia PLANO DE ENSINO Curso: Teologia Disciplina: Pentateuco Área: Bíblia Período: 2º Ano: 2017 Semestre: 2º Horas: 72 Créditos: 4 Professor: Frei Jacir de Freitas Faria 1. Ementa Situar o Pentateuco no quadro

Leia mais

Daniel 9 A PROFECIA DAS 70 SEMANAS DE DANIEL

Daniel 9 A PROFECIA DAS 70 SEMANAS DE DANIEL Daniel 9 A PROFECIA DAS 70 SEMANAS DE DANIEL AS SETENTA SEMANAS DE DANIEL Profetizadas há 2600 anos (v. 1) Daniel sabia que o fim do cativeiro estava próximo (v.2 cf. Jr 25.11, 12; 29.10) Daniel orava

Leia mais

Festas Judaicas Qua, 22 de Setembro de :57 - Última atualização Qua, 22 de Setembro de :00

Festas Judaicas Qua, 22 de Setembro de :57 - Última atualização Qua, 22 de Setembro de :00 "Pessach" Páscoa: Instituída por Adonai (Ex 12) ela acontece no décimo quarto dia do primeiro mês (Abibe ou Nisã, entre a metade de Março e a metade de Abril). É seguida no décimo quinto dia, pela Festa

Leia mais

Sacramentos. Aula 23/03/2014 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira

Sacramentos. Aula 23/03/2014 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Sacramentos Aula 23/03/2014 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Sacramentos O que são os sacramentos? Sacramento é derivado do latim sacramentum, era utilizado no meio militar correspondendo a juramento

Leia mais

Aula 10. 2º Semestre. Hebreus 1-10

Aula 10. 2º Semestre. Hebreus 1-10 Novo Testamento Aula 10 2º Semestre Hebreus 1-10 Lição 46 Prossigamos até a perfeição Lição 47 Pelo Sangue Sereis Santificados Hebreus Escrito por Paulo Aprox. 67 ou 68 AD Pois Paulo morreu em 68AD Hebreus

Leia mais

CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA

CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA 17-03-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze A Igreja no desígnio de Deus O que significa a palavra Igreja? Designa o povo que Deus convoca e reúne de todos os

Leia mais

Noções Gerais sobre a Bíblia Parte 1 Curso Aprendizes do Evangelho Aula 2

Noções Gerais sobre a Bíblia Parte 1 Curso Aprendizes do Evangelho Aula 2 Noções Gerais sobre a Bíblia Parte 1 Curso Aprendizes do Evangelho Aula 2 A Bíblia é considerado o livro mais importante dentre todos os que já foram escritos em todos os tempos e lugares, o mais editado

Leia mais

conheça sua Bíblia Estudos Panorâmicos no AT e NT TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP

conheça sua Bíblia Estudos Panorâmicos no AT e NT TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, 1332 - JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP 1 e 2 Samuel! DATA: Indefinida Abrangência: Do nascimento de Samuel ao fim do reinado de Davi (1.100 A.C. a

Leia mais

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI)

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) Teologia Bíblica da Missão de Deus RELEMBRAR A MISSÃO NOS EVANGELHOS 1. Jesus Cristo homem é o exemplo padrão para o exercício da Missão de Deus (intimidade

Leia mais

SÍNTESE DO VELHO TESTAMENTO II CRÔNICAS

SÍNTESE DO VELHO TESTAMENTO II CRÔNICAS 0 SÍNTESE DO VELHO TESTAMENTO II CRÔNICAS Professora Sara Victalino Gueiros Dodd Instituto Bíblico da Igreja Cristã Maranata 2016 Todos os direitos reservados. A reprodução não autorizada desta publicação,

Leia mais

OS TRÊS OFÍCIOS DE CRISTO

OS TRÊS OFÍCIOS DE CRISTO VASOS DE OURO Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém. 2 Pe. 3:18 CRISTOLOGIA OS TRÊS OFÍCIOS

Leia mais

Regina de Cássia RECRIANDO

Regina de Cássia RECRIANDO Regina de Cássia RECRIANDO A ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL Introdução As escolas bíblicas dominicais foram implantadas no esforço do missionarismo protestante estrangeiro na América Latina e nos demais lugares

Leia mais

Introdução aos Livros de Esdras e Neemias - De volta para o futuro.

Introdução aos Livros de Esdras e Neemias - De volta para o futuro. Introdução aos Livros de Esdras e Neemias - De volta para o futuro. Esdras e Neemias pertencem à história pós-exílica de Judá. Eles aparecem na história de Judá cerca de 50 anos após os profetas Ageu e

Leia mais

CAP. 1 PEQUENOS GRUPOS NO ANTIGO TESTAMENTO

CAP. 1 PEQUENOS GRUPOS NO ANTIGO TESTAMENTO CAP. 1 PEQUENOS GRUPOS NO ANTIGO TESTAMENTO PEQUENOS GRUPOS NO ANTIGO TESTAMENTO Deus estabeleceu um paradigma relacional para a ordem criada. Conforme a perspectiva do Antigo Testamento, advertimos que

Leia mais

Mater Ecclesiae. Liturgia 2 Aula 14 Sacramentais

Mater Ecclesiae. Liturgia 2 Aula 14 Sacramentais Mater Ecclesiae Liturgia 2 Aula 14 Sacramentais Definição À imitação dos Sacramentos A santa mãe Igreja instituiu os sacramentais, que são sinais sagrados pelos quais, à imitação dos sacramentos, são significados

Leia mais

Catálogo. de Publicações. Secretariado Nacional de Liturgia

Catálogo. de Publicações. Secretariado Nacional de Liturgia Catálogo de Publicações Secretariado Nacional de Liturgia Todos os preços indicados incluem IVA à taxa legal em vigor. Fátima, Janeiro de 2013 missais missal romano Formato: 175X255 mm 1.408 páginas Dourado

Leia mais

III O TABERNÁCULO Heb 8:2; 9:1-7 Êxodo 25-31; 35-40

III O TABERNÁCULO Heb 8:2; 9:1-7 Êxodo 25-31; 35-40 III O TABERNÁCULO Heb 8:2; 9:1-7 Êxodo 25-31; 35-40 - O tabernáculo israelita x o maior e mais perfeito tabernáculo (Hb 9:11): Hebreus afirma que o tabernáculo israelita era figura do verdadeiro (Hb 9:4),

Leia mais

Símbolos da Páscoa. O óleo simboliza o Espírito Santo, aquele que nos dá forças para viver o Evangelho de Jesus Cristo.

Símbolos da Páscoa. O óleo simboliza o Espírito Santo, aquele que nos dá forças para viver o Evangelho de Jesus Cristo. Símbolos da Páscoa As luzes, velas e fogueiras são uma marca das celebrações pascais. Em certos países, os católicos apagam todas as luzes de suas igrejas na Sexta-feira da Paixão. Na véspera da Páscoa,

Leia mais

A dieta bíblica. Pedro replicou: De modo nenhum, Senhor! Porque jamais comi coisa alguma comum e imunda. (At 10:14)

A dieta bíblica. Pedro replicou: De modo nenhum, Senhor! Porque jamais comi coisa alguma comum e imunda. (At 10:14) A dieta bíblica Pedro replicou: De modo nenhum, Senhor! Porque jamais comi coisa alguma comum e imunda. (At 10:14) OBJETIVO Ajudar o estudante da Escola Bíblica a entender e a defender o que cremos acerca

Leia mais

Com relação à sua composição temos que distinguir dois aspectos: a autoria de um Salmo específico a composição do livro todo

Com relação à sua composição temos que distinguir dois aspectos: a autoria de um Salmo específico a composição do livro todo Introdução ao dos Salmos - Canta Israel Salmos é um dos livros mais apreciados pelos cristãos. Quem nunca encontrou conforto e consolo em tempos de necessidade em suas páginas? Porém, sua autoria, teologia,

Leia mais

Grupo Pastoral Contacto Telemóvel/Telf.

Grupo Pastoral Contacto Telemóvel/Telf. Grupo Pastoral Contacto Telemóvel/Telf. E-mail Setembro 2015 Dia Data Hora Ação qui 03-09-2015 9:30 Adoração ao Santíssimo das 09:30 às 19:00 21:30 Reunião do Grupo Bíblico sex 04-09-2015 21:15 Reunião

Leia mais

Propedêutica Bíblica. 13 de Janeiro de 2014 Bíblia na Vida da Igreja

Propedêutica Bíblica. 13 de Janeiro de 2014 Bíblia na Vida da Igreja Propedêutica Bíblica 13 de Janeiro de 2014 Bíblia na Vida da Igreja ORAÇÃO Lucas 4, 16-30 Impelido pelo Espírito Santo, Jesus veio a Nazaré, onde se tinha criado. Segundo o seu costume, entrou em dia de

Leia mais

Introdução ao Livro de Malaquias Um novo recomeço

Introdução ao Livro de Malaquias Um novo recomeço Introdução ao Livro de Malaquias Um novo recomeço Sabe-se muito pouco a respeito do profeta Malaquias, pois o livro omite detalhes de sua vida e genealogia tal como Obadias. Talvez o nome Malaquias seja

Leia mais

III. Ofícios e Ministérios na Celebração da Liturgia da Palavra na Missa. Elenco das Leituras da Missa

III. Ofícios e Ministérios na Celebração da Liturgia da Palavra na Missa. Elenco das Leituras da Missa III. Ofícios e Ministérios na Celebração da Liturgia da Palavra na Missa Elenco das Leituras da Missa 1. Funções do presidente na liturgia da palavra 2. Função dos fiéis na liturgia da palavra 3. Ministérios

Leia mais

LIÇÃO 01 BUSCAR UNICAMENTE A DEUS O fim da dinastia de Saul

LIÇÃO 01 BUSCAR UNICAMENTE A DEUS O fim da dinastia de Saul LIÇÃO 01 BUSCAR UNICAMENTE A DEUS O fim da dinastia de Saul 1. Quais semelhanças espirituais há entre Judá, no 5º e 4º séculos a.c. e a igreja de hoje? 2. O que cada geração deve fazer, de acordo com 1

Leia mais

Calendário Janeiro. Fevereiro. São Paulo da Cruz - Calvário 20/02 qui 14h00 Equipe Regional de Comunicação Região Sé

Calendário Janeiro. Fevereiro. São Paulo da Cruz - Calvário 20/02 qui 14h00 Equipe Regional de Comunicação Região Sé Calendário 2014 Janeiro 01/01 qua Confraternização Universal 01/01 qua Solenidade da Santa Mãe de Deus 22 a 24 --- Triduo para a Festa de São Paulo Catedral da Sé 25/01 sáb 09h00 Celebração da Festa de

Leia mais

O TABERNÁCULO Lição 41

O TABERNÁCULO Lição 41 O TABERNÁCULO Lição 41 1 1. Objetivos: Ensinar que Deus deu aos israelitas instruções especificas para construiu o Tabernáculo em que eles iam prestar cultos. Ensinar que Deus nos dá instruções específicas

Leia mais

LIÇÃO 3 A SALVAÇÃO E O ADVENTO DO SALVADOR. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 3 A SALVAÇÃO E O ADVENTO DO SALVADOR. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 3 A SALVAÇÃO E O ADVENTO DO SALVADOR Prof. Lucas Neto A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO O NASCIMENTO DO SALVADOR Deus antes da fundação do mundo já providenciara o plano de salvação da humanidade e esta

Leia mais

PLANO DE ENSINO Curso: Teologia

PLANO DE ENSINO Curso: Teologia PLANO DE ENSINO Curso: Teologia Disciplina: Pentateuco Área: Bíblia Período: 2º Ano: 2016 Semestre: 2º Horas: 72 Créditos: 4 Professor: Frei Jacir de Freitas Faria 1. Ementa Situar o Pentateuco no quadro

Leia mais

LIÇÃO 9 A MISSÃO ENSINADORA DA IGREJA. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 9 A MISSÃO ENSINADORA DA IGREJA. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 9 A MISSÃO ENSINADORA DA IGREJA Prof. A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO O MINISTÉRIO TRÍPLICE DE JESUS Jesus Cristo em seu ministério tríplice pregou, curou e ensinou, mas o ensino foi a atividade mais

Leia mais

IGREJA PRESBITERIANA DO JARDIM BRASIL ESTUDO BÍBLICO QUARTA-FEIRA REV. HELIO SALES RIOS

IGREJA PRESBITERIANA DO JARDIM BRASIL ESTUDO BÍBLICO QUARTA-FEIRA REV. HELIO SALES RIOS IGREJA PRESBITERIANA DO JARDIM BRASIL ESTUDO BÍBLICO QUARTA-FEIRA REV. HELIO SALES RIOS INTRODUÇÃO Culto é um serviço Espiritual oferecido a Deus. Expressão mais profunda do nossos sentimentos de adoração

Leia mais

Pr. Ademilson Ribeiro Presidente do Ministério Graça Plena

Pr. Ademilson Ribeiro Presidente do Ministério Graça Plena Pr. Ademilson Ribeiro Presidente do Ministério Graça Plena Texto: (2º cor 9.6) "Celebrai com júbilo ao Senhor" Introdução Ao completar dez anos (10) de existência, o Ministério Graça Plena chega em 2014,

Leia mais

INTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO

INTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO Lição 1 INTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO Por que Novo Testamento? O termo Novo Testamento vem da ideia da nova aliança de Deus com a humanidade por meio de Jesus Cristo. As alianças, testamentos, contratos

Leia mais

XVIII DOMINGO DO TEMPO COMUM 02 de agosto de 2015

XVIII DOMINGO DO TEMPO COMUM 02 de agosto de 2015 XVIII DOMINGO DO TEMPO COMUM 02 de agosto de 2015 Caríssimos Irmãos e Irmãs: Hoje, muitos cristãos têm a Bíblia em mão e lêem-na com freqüência. Essa realidade acontece, também, entre os católicos, cuja

Leia mais

Igreja Batista Cidade Universitária Ministério de Educação Cristã Catolicismo à Luz da Bíblia Professor Guilherme Wood

Igreja Batista Cidade Universitária Ministério de Educação Cristã Catolicismo à Luz da Bíblia Professor Guilherme Wood 6) Missa e Culto Ceia do Senhor Jesus expressou de modo supremo a oferta livre de si mesmo na refeição que tomou com os Doze Apóstolos (Mt 6,0) na noite em que foi entregue (Cor,). Na véspera de sua Paixão,

Leia mais