Confira a autenticidade no endereço

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/."

Transcrição

1 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MG003240/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 01/08/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR037182/2013 NÚMERO DO PROCESSO: / DATA DO PROTOCOLO: 30/07/2013 Confira a autenticidade no endereço GEOSOL - GEOLOGIA E SONDAGENS S/A, CNPJ n / , neste ato representado(a) por seu Diretor, Sr(a). ANTONIO DE PADUA VIEIRA CHAVES; E SINDICATO TRAB IND EXTRACAO FERROS E MET BAS DE MARIANA, CNPJ n / , neste ato representado(a) por seu Presidente, Sr(a). JOSE HORTA MAFRA COSTA; celebram o presente ACORDO COLETIVO DE TRABALHO, estipulando as condições de trabalho previstas nas cláusulas seguintes: CLÁUSULA PRIMEIRA - VIGÊNCIA E DATA-BASE As partes fixam a vigência do presente Acordo Coletivo de Trabalho no período de 01º de agosto de 2013 a 31 de julho de 2015 e a data-base da categoria em 01º de agosto. CLÁUSULA SEGUNDA - ABRANGÊNCIA O presente Acordo Coletivo de Trabalho, aplicável no âmbito da(s) empresa(s) acordante(s), abrangerá a(s) categoria(s) Trabalhadores na indústria da extração de ferro e metais básico, com abrangência territorial em MG-Barão de Cocais, MG-Bela Vista de Minas, MG-Caeté, MG-Catas Altas, MG-João Monlevade, MG-Mariana, MG-Rio Piracicaba, MG-Santa Bárbara e MG-São Gonçalo do Rio Abaixo. Salários, Reajustes e Pagamento Piso Salarial CLÁUSULA TERCEIRA - PISOS SALARIAIS Os pisos salariais a serem praticados no período de concessão dos reajustes aqui acordados serão de acordo com as categorias abaixo arroladas: CARGO PISO AJUDANTE A R$ 740,00 AJUDANTE B R$ 792,00 AJUSTADOR A R$ 792,00 AJUSTADOR B R$ 1.010,00 ALMOXARIFE A R$ 1.159,00 ALMOXARIFE B R$ 1.652,00

2 AMOSTRADOR R$ 792,00 ANALISTA JUNIOR R$ 2.692,00 ANALISTA PLENO R$ 3.442,00 ANALISTA SENIOR R$ 4.396,00 ANALISTA TRAINEE R$ 2.107,00 APOIO R$ 814,00 APRENDIZ R$ 370,00 ASSESSOR R$ 7.803,00 ASSISTENTE ADMINISTRATIVO A R$ 740,00 ASSISTENTE ADMINISTRATIVO B R$ 1.010,00 ASSISTENTE ADMINISTRATIVO C R$ 1.652,00 AUDITOR R$ 4.396,00 COMPRADOR JUNIOR R$ 1.652,00 COMPRADOR PLENO R$ 2.107,00 CONTROLLER R$ ,00 COORDENADOR R$ 4.292,00 DESENHISTA A R$ 1.292,00 DESENHISTA B R$ 1.652,00 ELETRICISTA MANUTENCAO A R$ 1.292,00 ELETRICISTA MANUTENÇAO B R$ 1.652,00 ELETRICISTA MANUTENCAO C R$ 2.107,00 ENGENHEIRO SEGURANCA TRABALHO R$ 5.619,00 FRENTE SERVIÇO R$ 814,00 GERENTE AREA R$ ,00 GERENTE DEPARTAMENTO R$ 7.803,00 GERENTE DIVISÃO R$ 5.786,00 GUINDAUTO R$ 1.191,00 INSPETOR QUALIDADE A R$ 1.292,00 INSPETOR QUALIDADE B R$ 1.652,00 JARDINEIRO R$ 792,00 LAVADOR R$ 792,00 LUBRIFICADOR R$ 792,00 MECANICO MANUTENCAO A R$ 1.292,00 MECANICO MANUTENCAO B R$ 1.652,00 MONTADOR DIAMANTADO R$ 740,00 OFFICE BOY R$ 740,00 OPERADOR A R$ 1.292,00 OPERADOR B R$ 2.107,00 OPERADOR DE SERRA R$ 740,00 OPERADOR EQUIP. MOVEL R$ 1.010,00 OPERADOR PERFURATRIZ R$ 1.010,00 OPERADOR TRATAMENTO EFLUENTES R$ 740,00 OPERADOR TRAT. EFLUENTES E RESIDUOS R$ 792,00 PINTOR R$ 1.010,00 PLANEJADOR R$ 2.692,00 SECRETARIA EXECUTIVA R$ 2.692,00 SINTERIZADOR R$ 740,00 SOLDADOR R$ 1.292,00 SONDADOR A R$ 1.010,00 SONDADOR B R$ 1.292,00 SONDADOR C R$ 1.652,00

3 SUPERVISOR A R$ 1.839,00 SUPERVISOR B R$ 2.364,00 TECNICO ENFERMAGEM TRABALHO R$ 1.652,00 TECNICO MINERACAO/GEOLOGIA A R$ 1.652,00 TECNICO MINERACAO/GEOLOGIA B R$ 2.107,00 TECNICO SEGURANCA TRABALHO A R$ 1.652,00 TECNICO SEGURANCA TRABALHO B R$ 2.107,00 TELEFONISTA/RECEPCIONISTA R$ 932,00 TRADUTOR R$ 2.692,00 VIGIA R$ 792,00 Fica estabelecido que, para se obter o valor hora dos pisos acima fixados, deverá ser efetuado uma simples operação aritmética, ou seja, dividir o respectivo valor/mês por 220 (duzentos e vinte). Reajustes/Correções Salariais CLÁUSULA QUARTA - REAJUSTE SALARIAL A empresa concedeu, a todos os empregados abrangidos pelo presente acordo, um reajuste salarial total de 5,5%(cinco vírgula cinco por cento), incidentes sobre os salários nominais de julho/12, ajustado através de livre negociação entre o SINDICATO e a EMPRESA, conforme determina a legislação em vigor. É vedada a compensação dos aumentos decorrentes de término de aprendizagem, implemento de idade, promoção por antiguidade ou merecimento, transferência de cargo, função, estabelecimento, localidade ou equiparação salarial determinada por sentença transitada em julgado. Pagamento de Salário Formas e Prazos CLÁUSULA QUINTA - ADIANTAMENTO QUINZENAL A EMPRESA continuará efetuando o pagamento do adiantamento quinzenal de até 40% do salário base, todo o dia 15(quinze) de cada mês, ou no dia útil imediatamente anterior, caso essa data seja sábado, domingo ou feriado, observados os critérios para o seu processamento. Gratificações, Adicionais, Auxílios e Outros Adicional de Hora-Extra CLÁUSULA SEXTA - HORAS EXTRAS As horas trabalhadas que excederem a jornada diária normal serão remuneradas com adicional de 50% (cinquenta por cento);

4 As horas trabalhadas em dias de repouso semanal remunerado, domingos e feriados serão remuneradas com adicional de 100%(cem por cento); Não serão descontadas nem computadas como jornada extraordinária as variações de horário no registro de ponto não excedente de 5(cinco) minutos, observando o limite máximo de 10(dez) minutos diários. Prêmios CLÁUSULA SÉTIMA - PRÊMIOS Com o propósito de incentivar o aumento da Produtividade e a Segurança no Trabalho, a empresa convenente poderá implantar programas de incentivo ao cumprimento de metas de produtividade com pagamento de prêmio a seus empregados. As partes reconhecem que o prêmio a que se refere a presente cláusula será objeto normativo interno da empresa, não tem natureza salarial e não integrará a remuneração para qualquer efeito. Este programa de incentivo à Produtividade é um benefício concedido por mera liberalidade da empresa e variará de acordo com cada obra em execução, ou seja, serão levados em consideração: O tempo estimado da obra, a quantidade e tipo de equipamentos a ser utilizada, a litologia a ser perfurada, a logística de apoio, etc. O pagamento do prêmio de produtividade estará condicionado ao cumprimento das normas da empresa e de Segurança do Trabalho. Por tratar-se de um prêmio de produtividade, o período efetuado trabalhado além da jornada regular de trabalho será redutor no pagamento do referido prêmio. A produtividade apurada em sobrejornada não será computada, portanto, não fará jus ao recebimento da mesma. Auxílio Alimentação CLÁUSULA OITAVA - ALIMENTAÇÃO/CAFÉ As partes, Empresa e Sindicato, reconhecem que o auxílio a que se refere a presente cláusula não é fornecido em contraprestação ao trabalho, qualquer que seja a forma de sua concessão, não tem natureza salarial e não integrará a remuneração para qualquer efeito. A empresa fornecerá alimentação a seus empregados quando: a) Alojados em canteiro de obras - café da manhã, almoço e jantar a custo subsidiado, ou seja, podendo descontar em folha dos empregados o valor de no máximo 10% (dez por cento) do custo da refeição; b) Os empregados lotados na administração e oficina de manutenção - café da manhã, almoço (restaurante terceirizado) e café da tarde, podendo descontar em folha dos empregados o valor de no máximo 10% (dez por cento) do custo da refeição. Cesta Básica A empresa fornecerá cesta básica a seus empregados somente após o período de experiência do contrato de trabalho (90 dias), podendo descontar em folha de pagamento dos empregados o valor estipulado pela empresa, desde que haja interesse do empregado em adquirí-la.

5 A cesta básica compor-se-á dos seguintes produtos e quantidades: 10 quilos de arroz, 1 quilo de farinha, 3 quilos de feijão, 5 quilos de açúcar, 4 latas de óleo de soja, 1 quilo de macarrão, 1 quilo de sal, 1 lata de extrato de tomate de 250 gramas, 5 barras de sabão, 1 caixa de sabão em pó de 1 quilo, 2 pacotes de palha de aço, 1 quilo de fubá e 250 gr. de pó de café. Auxílio Saúde CLÁUSULA NONA - PLANO DE SAÚDE A empresa oferece PLANO DE SAÚDE para empregados de forma compulsória, sendo opção do empregado a inclusão de até 3 (três) dependentes no plano. Em todas as regiões o plano de saúde é UNIMED - BELO HORIZONTE - Cooperativa de Trabalho Médico Ltda. (Plano Nacional), cujo plano é UNIPART - Có-participativo, com cobertura total, inclusive CTI e demais procedimentos médicos, podendo haver opção por atendimento hospitalar em ENFERMARIA ou APARTAMENTO. PARTICIPAÇÃO DO EMPREGADO: O plano exige participação do empregado, que pagará uma taxa conforme tabela da ANS - Agência Nacional de Saúde por atendimento (com desconto em folha de pagamento). DEPENDENTES: A GEOSOL rateia para o empregado casado a inscrição de até 3 (três) dependentes, além do próprio empregado (cônjuge e 2 filhos até 21 anos de idade). Dependente excedente é opcional, com cobertura exclusiva pelo empregado. RATEIO DAS DESPESAS: Dependendo do tempo de casa, haverá o seguinte rateio: TIPOS DE PLANOS ENFERMARIAAPARTAMENTOODONTOLÓGICO VALOR INTEGRAL(Vr.Julho/13) R$ 70,72 R$ 102,96 R$ 11,90 % A SER PAGO P/ EMPREGADO 30% 30% 30% % A SER PAGO POR DEPENDENTE DO EMPREGADO COM:. Até 1 ano de empresa 70% 70% 70%. Entre 1 e 3 anos de empresa 50% 50% 50%. Mais de 3 anos de empresa 30% 30% 30% OBS. No ato da demissão do empregado, o mesmo será desligado automaticamente do plano de saúde, exceto nos casos em que o empregado solicitar e preencher o formulário (TERMO DE EX-EMPREGADO). Esse termo é de conformidade com a ANS para que o ex-empregado faça um contrato particular com a UNIMED para dar continuidade ao plano de saúde, inclusive, para que não haja carência no novo contrato. As orientações no novo contrato estão especificadas no TERMO DE EX-EMPREGADO. Em caso de suspensão do contrato de trabalho em razão de gozo de benefício previdenciário decorrente de acidente de trabalho, o empregado terá assegurada a manutenção da cobertura nos mesmos moldes vigentes para os empregados ativos, considerando como dependentes apenas os já incluídos por ocasião do afastamento. Seguro de Vida CLÁUSULA DÉCIMA - SEGURO DE VIDA

6 Todos os empregados da GEOSOL terão direito ao SEGURO DE VIDA. A participação do empregado é compulsória, sendo que a FVD - Fundação Victor Dequech arcará com o pagamento do Seguro de Vida. Haverá desconto na folha de pagamento do empregado no valor de R$1,00 mensal. Os beneficiários farão constar na apólice sem qualquer solicitação do empregado. GARANTIAS DE SEGURO E SISTEMA DE CAPITAL SEGURADO: TITULAR Morte: 50 vezes seu salário nominal Morte Acidental: 50 vezes seu salário nominal * Invalidez Permanente ou Parcial por Acidente (IPA): Até 50 vezes seu salário nominal CÔNJUGE Morte: 25 vezes seu salário nominal FILHOS Morte: 12,5 vezes o salário nominal do titular, limitado ao máximo de R$5.000,00. OBS.: Para elaboração desta proposta, foi considerado o capital máximo de R$ ,00. O cálculo do benefício será realizado em conformidade com o salário base do empregado, sem qualquer integração de outras parcelas. (*) As garantias de Morte e Morte Acidental se acumulam. ASSISTÊNCIA FUNERAL INDIVIDUAL: R$3.000,00 (limite máximo). Contrato de Trabalho Admissão, Demissão, Modalidades Outras normas referentes a admissão, demissão e modalidades de contratação CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA - RESCISÕES DE CONTRATO DE TRABALHO Nas rescisões dos contratos individuais de trabalho serão obedecidas as seguintes regras: Prazo A empresa que dispensar seus empregados fica obrigada a efetuar o pagamento dos valores correspondentes à rescisão contratual nos prazos fixados pela legislação vigente. Ultrapassado o prazo previsto na legislação, a empresa pagará uma multa prevista no artigo 477 da CLT. Documentação A empresa fornecerá no ato do pagamento das parcelas rescisórias, os formulário PPP Perfil Profissiográfico Previdenciário e declaração de tempo de serviço, quando solicitada. Mudança de Função: Para que ocorra mudança de função, o empregado deverá passar por treinamento e avaliação. Durante o período de treinamento numa nova função, o empregado será orientado, acompanhado e supervisionado por profissional adequado e qualificado. A mudança de função definitiva só ocorrerá após o período de treinamento nesta nova atividade executada que é de 90 (noventa) dias e também após avaliação do profissional. A mudança de função poderá ocorrer

7 ou não, dependendo da avaliação. Relações de Trabalho Condições de Trabalho, Normas de Pessoal e Estabilidades Transferência setor/empresa CLÁUSULA DÉCIMA SEGUNDA - ABRANGÊNCIA DOS EMPREGADOS Fica definido que o Acordo Coletivo abrange todos os empregados da GEOSOL (lotados ou admitidos na sede em Belo Horizonte-MG, na Rua São Vicente nº 255, bairro Olhos D água, CEP e Ibirité- MG, na Av. São Paulo 442 sala 01, Vila Nova Esperança, CEP ) e também os lotados nas diversas obras do Território Nacional e Estrangeiro, uma vez que as atividades da empresa ocorrem de forma itinerante e de curta duração. Nesta condição, todo o pessoal que trabalha para a GEOSOL é condicionado a trasferência. Jornada de Trabalho Duração, Distribuição, Controle, Faltas Duração e Horário CLÁUSULA DÉCIMA TERCEIRA - REGIME DE TRABALHO Na vigência do presente acordo, os empregados por este abrangidos estarão sujeitos às jornadas de trabalho assim estabelecidas: Para os empregados que trabalham no serviço de perfuração de sondagens rotativas e perfuração de poços tubulares(artesianos), fica estabelecido o sistema de turno fixo, com 3(três) letras, trabalhando em jornada de 8(oito) horas diárias, assegurando o pagamento das horas excedentes a 44 (quarenta e quatro horas) semanais. Para os empregados que trabalham no serviço de perfuração em áreas ínvias e de acesso restrito, será observada a jornada prevista na Lei 5.811, de 11 de outubro de Para os empregados que trabalham na administração em Belo Horizonte-MG, situada à Rua São Vicente nº 255, bairro Olhos D água e na oficina de manutenção, situada à Rua Santa Rita nº 270, também em Belo Horizonte-MG, fica estabelecida a jornada de segunda-feira a sexta-feira, de 07h45m às 17h30min, em regime de compensação semanal dos sábados, e com descanso semanal aos domingos. BANCO DE HORAS Fica acordado que, conforme redação do parágrafo 2º do artigo 59 da CLT, não haverá acréscimo de salário, desde que o excesso de horas trabalhadas em um dia seja compensado pela correspondente diminuição em outro dia ou com folgas, de maneira que não exceda, no período máximo de 1 (um) ano. Somente a primeira e segunda hora do dia serão computadas no banco de horas. O sistema de compensação ora pactuado, somente poderá ser adotado mediante observância da legislação aplicável notadamente no que se refere à segurança e medicina do trabalho. Na hipótese de rescisão do contrato de trabalho, sem que a compensação tenha ocorrido, o acerto será feito da seguinte forma: Caso haja horas de crédito por parte do empregado, estas serão pagas com acréscimo de 50% (cinquenta por cento) sobre o valor da hora normal de trabalho. As horas trabalhadas em domingos e feriados não serão objeto de compensação deste banco de horas.

8 Faltas CLÁUSULA DÉCIMA QUARTA - ABONO DE FALTAS Serão abonadas e justificadas inclusive para efeito de férias as faltas aos serviços decorrentes de: a) Realização de prova escolar em estabelecimento de ensino oficial, pelas horas necessárias desde que coincidentes com horário de trabalho, sendo obrigatória a comunicação com 48 (quarenta e oito horas) de antecedência e posterior comprovação de realização da prova; b) Recebimentos do PIS/PASEP Fica assegurado ao empregadp abrangido pelo presente Acordo Coletivo, o direito ao recebimento da remuneração das horas em que tiver de se afastar do trabalho para o recebimento das cotas do PIS/PASEP, exceto quando pago pela própria empresa através da folha de pagamento. c) Em casos de doenças, os empregados devem apresentar os atestados até 72 horas após a data da ausência, para a Medicina do Trabalho, em meio físico ou eletrônico, que analisará e indicará ou não, o abono dos dias não trabalhados. A não apresentação do atestado no prazo será caracterizada como falta ao trabalho. Outras disposições sobre jornada CLÁUSULA DÉCIMA QUINTA - DIREITO A FOLGA A concessão de folgas é uma mera liberalidade da empresa aos empregados. Farão jus as folgas os empregados que residirem a mais de 200 quilômetros de seu local de trabalho. Os empregados só terão direito a folga, caso não tenham faltas injustificadas ao longo do período aquisitivo. Todos os empregados admitidos na função de Ajudante de Sonda Pesquisa, passarão a ter direito ao recebimento de folgas após 12(doze) meses da data de admissão, sendo 15 dias após 6(seis) meses de trabalho e mais 15 dias após completar 12 (doze) meses. Caso haja interesse ou necessidade das partes essas folgas poderão ser adquiridas e pagas em folha de pagamento. Empregados Operacionais lotados nas Unidades de Negócios terão direito a folga, a saber: FUNCIONÁRIO CASADO: Após 60(sessenta) dias de trabalho faz jus a 10(dez) dias de descanso, incluindo o percurso de ida e volta para sua residência. FUNCIONÁRIO SOLTEIRO: Após 90(noventa) dias de trabalho faz jus a 15(quinze) dias de descanso, incluindo o percurso de ida e volta para sua residência. OBS.: Como a concessão de folgas é mera liberalidade da empresa, independentemente da função, os empregados que tiverem este direito, terão 5 dias de folga para cada mês trabalhado. As folgas poderão ser gozadas proporcionalmente, podendo ser adiantadas ou postergadas mediante necessidade das partes. Empregados que recebem ajuda de custo para a moradia da família, não farão jus às folgas. O período em que o empregado ficar de folga além de 5(cinco) dias por mês trabalhado e estes não forem descontados em folha de pagamento com falta, será descontado através de banco de horas.

9 Férias e Licenças Outras disposições sobre férias e licenças CLÁUSULA DÉCIMA SEXTA - ASSISTENCIA MÉDICA HOSPITALAR Os canteiros de obras que mantenham seus empregados afastados do convívio diário de seu lar no caso em que estes venham contrair doenças ou sofrer acidente no local de trabalho ou no trajeto obrigam-se a empresa a prestar-lhes assistência médica/hospitalar compatível com a doença ou acidente, assumindo as despesas de transportes, alimentação e medicamentos obedecendo as seguintes regras: Emergência - A empresa colocará um veículo em local próprio provido de fácil comunicação para atender as Unidades de Negócios no transporte de pessoal em caso de emergência; Exames Médicos - Serão obrigatórios os exames médicos admissional, periódico, retorno ao trabalho, mudança de função e demissional, por conta do empregador, bem como exames específicos necessários à comprovação do estado de saúde do trabalhador, quando solicitado pelo médico do trabalho da empresa ou credenciado por ela. GARANTIA DE EMPREGO Empregada Gestante - Pelo prazo de 120 (cento e vinte dias) após o afastamento para o trabalho de parto. Para as demais garantias de emprego, serão observadas as legislações pertinentes. Saúde e Segurança do Trabalhador Equipamentos de Segurança CLÁUSULA DÉCIMA SÉTIMA - UNIFORMES/EPI S - DESP. DE VIAGEM - RESPONSABILIDADE VEÍCULOS/EQUIPAMENTOS A empresa fornecerá gratuitamente aos seus empregados, os uniformes, fardamentos e equipamentos de proteção individual (EPI S), quando exigidos para prestação de serviços. Quando por culpa ou dolo do empregado, houver perda, dano ou extravio do material fornecido, o valor do mesmo poderá ser descontado dos salários. Os empregados, quando em viagem a serviço, fora do local da prestação do serviço terão suas despesas reembolsadas dentro dos limites estipulados pela empresa, mediante adiantamento prévio e comprovação posterior, conforme as normas da empresa. Os empregados autorizam o desconto em seu salário dos valores correspondentes a multas de infrações de trânsito lavradas no período em que o veículo da empresa permaneceu sob sua responsabilidade e aos danos ocorridos em veículos da empresa, equipamentos de informática, comunicações (celular, rádio de comunicação, etc.), equipamentos e sistemas de segurança (SPC, EPI e EPC), máquinas, ferramentas em geral e instalações, se resultar configurada a sua conduta culposa (negligência, imprudência ou imperícia) ou dolosa (intencional). Disposições Gerais Mecanismos de Solução de Conflitos

10 CLÁUSULA DÉCIMA OITAVA - FORO O foro competente para dirimir dúvidas do presente acordo é o da base territorial da categoria, sempre a Justiça do Trabalho. ANTONIO DE PADUA VIEIRA CHAVES Diretor GEOSOL - GEOLOGIA E SONDAGENS S/A JOSE HORTA MAFRA COSTA Presidente SINDICATO TRAB IND EXTRACAO FERROS E MET BAS DE MARIANA

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO Página 1 de 7 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SC002511/2012 DATA DE REGISTRO NO MTE: NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR053502/2012 NÚMERO DO PROCESSO: 46220.005004/2012-32 DATA

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MG000363/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 03/02/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR002753/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46211.000337/2015-27 DATA DO

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR001254/2011 DATA DE REGISTRO NO MTE: 18/04/2011 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR017099/2011 NÚMERO DO PROCESSO: 46212.006142/2011-57 DATA DO

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2013

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2013 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MG001633/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 30/04/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR017942/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46211.001682/2013-16 DATA DO

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO Página 1 de 6 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MG004008/2011 DATA DE REGISTRO NO MTE: NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR057851/2011 NÚMERO DO PROCESSO: 46211.008943/2011-67 DATA

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2007/2008 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MS000146/2007 DATA DE REGISTRO NO MTE: 29/10/2007 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR001271/2007 NÚMERO DO PROCESSO: 46312.005618/2007-28 DATA

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO/2006 SESCOOP SINDAF/DF

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO/2006 SESCOOP SINDAF/DF ACORDO COLETIVO DE TRABALHO/2006 SESCOOP SINDAF/DF ACORDO COLETIVO DE TRABALHO, que celebram de um lado, o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo SESCOOP NACIONAL - CNPJ N.º 03.087.543/0001-86,

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR001621/2011 DATA DE REGISTRO NO MTE: 17/05/2011 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR020706/2011 NÚMERO DO PROCESSO: 46212.008089/2011-29 DATA DO

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2009/2010

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2009/2010 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2009/2010 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR002151/2009 DATA DE REGISTRO NO MTE: 26/08/2009 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR026676/2009 NÚMERO DO PROCESSO: 46212.010071/2009-72 DATA DO

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2012

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2012 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MG002058/2012 DATA DE REGISTRO NO MTE: 15/05/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR018377/2012 NÚMERO DO PROCESSO: 46211.004510/2012-13 DATA DO

Leia mais

GRATIFICAÇÕES, ADICIONAIS, AUXÍLIOS E OUTROS

GRATIFICAÇÕES, ADICIONAIS, AUXÍLIOS E OUTROS ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MG001902/2012 DATA DE REGISTRO NO MTE: 03/05/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR019390/2012 NÚMERO DO PROCESSO: 46236.000751/2012-13 DATA DO

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO Page 1 of 8 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ001959/2012 DATA DE REGISTRO NO MTE: 19/09/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR046033/2012 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.023134/2012-26

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO Page 1 of 6 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2010/2011 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MG001428/2010 DATA DE REGISTRO NO MTE: NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR021439/2010 NÚMERO DO PROCESSO: 46211.003413/2010-41 DATA

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL 1 de 5 05/11/2014 10:02 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SC002761/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 04/11/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR066410/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46220.007110/2014-12

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SC002450/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 03/10/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR055380/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46220.005486/2013-10 DATA DO

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO Página 1 de 7 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2010/2011 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MG000637/2011 DATA DE REGISTRO NO MTE: NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR004928/2011 NÚMERO DO PROCESSO: 46211.001229/2011-48 DATA

Leia mais

CIRCULAR DA CONSTRUÇÃO CIVIL 2.010

CIRCULAR DA CONSTRUÇÃO CIVIL 2.010 CIRCULAR DA CONSTRUÇÃO CIVIL 2.010 ATENÇÃO: ESTA CIRCULAR É APENAS UM INFORMATIVO DO SINDICATO PARA AS EMPRESAS E TRABALHADORES, E NÃO TERÁ VALIDADE PARA PROCESSOS TRABALHISTAS OU DE QUALQUER OUTRA NATUREZA.

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2014

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2014 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2014 SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE AUTOMÓVEIS E ACESSÓRIOS DE BELO HORIZONTE, CNPJ n. 17.265.893/0001-08, neste ato representado por seu Presidente, Sr. HELTON

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2009/2010

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2009/2010 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2009/2010 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP008079/2009 DATA DE REGISTRO NO MTE: 22/09/2009 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR044195/2009 NÚMERO DO PROCESSO: 46261.004278/2009-22 DATA

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MG005003/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 05/12/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR079528/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46211.007490/2014-02 DATA

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015 SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE AUTOMÓVEIS E ACESSÓRIOS DE BELO HORIZONTE, CNPJ n. 17.265.893/0001-08, neste ato representado por seu Presidente, Sr. HELTON ANDRADE;

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO Page 1 of 10 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SC001530/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR022315/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46301.004377/2013-77 DATA

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PB000247/2010 DATA DE REGISTRO NO MTE: 01/07/2010 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR021198/2010 NÚMERO DO PROCESSO: 46224.001800/2010-02 DATA DO

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015 SINDICATO DOS TECNICOS EM SEGURANCA TRABALHO DO ESTADO DE MINAS GERAIS, CNPJ n. 25.578.642/0001-01, neste ato representado por seu Presidente, Sr. CLÁUDIO FERREIRA SANTOS;

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO Page 1 of 6 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR001702/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 21/05/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR014964/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46212.006002/2013-41

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO Page 1 of 6 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2010/2011 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ000276/2011 DATA DE REGISTRO NO MTE: 15/02/2011 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR005346/2011 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.024928/2011-26

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS000145/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 31/01/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR080680/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.001357/2014-74 DATA

Leia mais

Celebram a presente CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO, estipulando as condições de trabalho previstas nas cláusulas seguintes:

Celebram a presente CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO, estipulando as condições de trabalho previstas nas cláusulas seguintes: SINDICATO TRABALHADORES MOV MERC EM GERAL DE PASSOS, CNPJ n. 64.480.692/0001-03, neste ato representado(a) por seu Presidente, Sr(a). Manoel Messias dos Reis Silva; E FEDERACAO DO COMERCIO DE BENS, SERVICOS

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2014

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2014 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PE000264/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 08/03/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR005909/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46213.003630/2013-64 DATA DO

Leia mais

http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/resumo/resumovisualizar?nrsolicitacao...

http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/resumo/resumovisualizar?nrsolicitacao... Página 1 de 5 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: GO000542/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 13/06/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR024046/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46290.001101/2013-11 DATA DO PROTOCOLO: 23/05/2013 CONVENÇÃO

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SC002285/2011 DATA DE REGISTRO NO MTE: 10/10/2011 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR055933/2011 NÚMERO DO PROCESSO: 46301.001820/2011-96 DATA DO

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL Página 1 de 5 Imprimir Salvar TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MG001556/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 20/04/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR076938/2014

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2013

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2013 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP011910/2012 DATA DE REGISTRO NO MTE: 26/10/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR064530/2012 NÚMERO DO PROCESSO: 46261.004888/2012-21 DATA DO

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP012425/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 08/10/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR060338/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46263.004405/2014-31 DATA DO

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ000055/2011 DATA DE REGISTRO NO MTE: 13/01/2011 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR070984/2010 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.112503/2010-92 DATA DO

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2009/2010

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2009/2010 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2009/2010 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SC000812/2009 DATA DE REGISTRO NO MTE: 19/06/2009 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR017988/2009 NÚMERO DO PROCESSO: 46220.002440/2009-54 DATA

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO Mediador - Extrato Instrumento Coletivo CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PB000236/2011 DATA DE REGISTRO NO MTE: 22/06/2011 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR023908/2011 NÚMERO

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SC002716/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 16/11/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR064091/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46220.006426/2015-78 DATA DO

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS000955/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 10/06/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR028972/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.009094/2013-61 DATA DO

Leia mais

JORNADA DE TRABALHO DURAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO, CONTROLE, FALTAS COMPENSAÇÃO DE JORNADA

JORNADA DE TRABALHO DURAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO, CONTROLE, FALTAS COMPENSAÇÃO DE JORNADA Page 1 of 6 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR000894/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 13/03/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR074508/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46212.003201/2015-69

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2008/2009

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2008/2009 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2008/2009 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ000433/2008 DATA DE REGISTRO NO MTE: 14/10/2008 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR015947/2008 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.032963/2008-13 DATA DO

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2008/2009 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PI000036/2008 DATA DE REGISTRO NO MTE: 11/09/2008 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR015042/2008 NÚMERO DO PROCESSO: 46214.002894/2008-23 DATA DO

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL Page 1 of 6 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR004589/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR057715/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46212.013061/2013-75 DATA DO

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO Página 1 de 7 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR001746/2012 DATA DE REGISTRO NO MTE: 21/05/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR020832/2012 NÚMERO DO PROCESSO: 46212.005849/2012-27

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2013

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2013 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP014616/2012 DATA DE REGISTRO NO MTE: 20/12/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR016205/2012 NÚMERO DO PROCESSO: 46261.005826/2012-37 DATA DO

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2009/2010

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2009/2010 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2009/2010 SINDICATO TRABS ENTIDADES SINDICAIS DO ESTADO M GERAIS, CNPJ n. 17.498.775/0001-31, neste ato representado(a) por seu Diretor, Sr(a). ROGERIA CASSIA DOS REIS NASCIMENTO

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR001762/2011 DATA DE REGISTRO NO MTE: 24/05/2011 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR023628/2011 NÚMERO DO PROCESSO: 46212.008636/2011-76 DATA DO

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO Page 1 of 9 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: DF000736/2012 DATA DE REGISTRO NO MTE: NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR067570/2012 NÚMERO DO PROCESSO: 46206.023448/2012-38 DATA DO

Leia mais

Parágrafo Primeiro: Fica assegurado ao TRABALHADOR admitido para a função de outro, o percebimento de salário igual ao TRABALHADOR desligado.

Parágrafo Primeiro: Fica assegurado ao TRABALHADOR admitido para a função de outro, o percebimento de salário igual ao TRABALHADOR desligado. REFERÊNCIA: CLARO S/A PAUTA NACIONAL DE REIVINDICAÇÕES DOS TRABALHADORES DAS EMPRESAS CONCESSIONÁRIAS DE TELEFONIA FIXA E MÓVEL (OPERADORAS) PARA NEGOCIAÇÃO UNIFICADA DOS SINDICATOS FILIADOS À FENATTEL

Leia mais

Convenção Coletiva 2014

Convenção Coletiva 2014 Convenção Coletiva 2014 SINDICATO DOS MENSAGEIROS MOTOCICLISTAS E CICLISTAS, MOTO- FRETE, MOTOBOYS E MOTO-TAXISTAS DE CURVELO E REGIÃO, CNPJ n 12.512.993/0001-60, NESTE ATO REPRESENTADO POR SEU PRESIDENTE,

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL Página 1 de 7 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR003924/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR053747/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46212.011188/2014-31 DATA

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA 2014

CONVENÇÃO COLETIVA 2014 CONVENÇÃO COLETIVA 2014 SINDICATO DOS MENSAGEIROS MOTOCICLISTAS E CICLISTAS, MOTO- FRETE, MOTOBOYS E MOTO-TAXISTAS DE CURVELO E REGIÃO, CNPJ n 17.437.757/0001-40, NESTE ATO REPRESENTADO POR SEU PRESIDENTE,

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS000953/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 10/06/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR029282/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.009097/2013-02 DATA DO

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL Página 1 de 5 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ001421/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 29/07/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR029925/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46666.001925/2014-59

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015. Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015. Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MG002515/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 10/07/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR038779/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46211.004745/2014-77 DATA

Leia mais

RELAÇÕES DE TRABALHO CONDIÇÕES DE TRABALHO, NORMAS DE

RELAÇÕES DE TRABALHO CONDIÇÕES DE TRABALHO, NORMAS DE Page 1 of 8 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR005308/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR067852/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46212.015192/2014-78 DATA DO

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR001711/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 06/05/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR016575/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46212.005146/2014-61 DATA DO

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MS000222/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 05/06/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR028253/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46312.002753/2014-41 DATA

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PAGAMENTO DE SALÁRIO FORMAS E PRAZOS

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PAGAMENTO DE SALÁRIO FORMAS E PRAZOS Page 1 of 6 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS001753/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 02/09/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR047348/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.013930/2013-10

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2008/2009

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2008/2009 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2008/2009 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP000528/2009 DATA DE REGISTRO NO MTE: 22/01/2009 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR024421/2008 NÚMERO DO PROCESSO: 46255.000080/2009-59 DATA DO

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SC001955/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 13/08/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR046551/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46220.004546/2014-50 DATA DO

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL Página 1 de 7 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SC000170/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 03/02/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR000920/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46301.000168/2015-16

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2014

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2014 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SC000075/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 17/01/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR076735/2012 NÚMERO DO PROCESSO: 46220.000023/2013-53 DATA DO

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2010/2011

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2010/2011 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2010/2011 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP008893/2010 DATA DE REGISTRO NO MTE: 27/08/2010 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR048203/2010 NÚMERO DO PROCESSO: 46261.003680/2010-23 DATA

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: GO000007/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 09/01/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR072509/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46208.000014/2014-10 DATA

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO REAJUSTES/CORREÇÕES SALARIAIS

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO REAJUSTES/CORREÇÕES SALARIAIS Page 1 of 7 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR005276/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 22/11/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR059862/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46212.014765/2013-65

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011-2011

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011-2011 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011-2011 SINDICATO TRABS ENTIDADES SINDICAIS DO ESTADO M GERAIS, CNPJ n. 17.498.775/0001-31, neste ato representado(a) por seu Secretário Geral, Sr(a). MARIA DE LOURDES VIEIRA

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2013

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2013 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS000022/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 08/01/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR079004/2012 NÚMERO DO PROCESSO: 46273.001163/2013-23 DATA DO

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2013

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2013 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS002212/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 14/10/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR058819/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.016752/2013-71 DATA DO

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS000954/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 10/06/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR029028/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.009096/2013-50 DATA DO

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO Page 1 of 8 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RO000020/2012 DATA DE REGISTRO NO MTE: 28/02/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR007017/2012 NÚMERO DO PROCESSO: 46216.000322/2012-76

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR001599/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 10/05/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR017802/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46212.004343/2013-81 DATA DO

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SC001710/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 14/07/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR042733/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46220.004077/2015-50 DATA DO

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL 1 de 7 20/3/2014 10:43 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: GO000166/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 18/03/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR001874/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46208.003144/2014-04

Leia mais

PAUTA DE REVINDICAÇÃO - 2015/2016 ELENCO DE REIVINDICAÇÃO DOS TRABALHADORES DO SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL AR/DF

PAUTA DE REVINDICAÇÃO - 2015/2016 ELENCO DE REIVINDICAÇÃO DOS TRABALHADORES DO SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL AR/DF PAUTA DE REVINDICAÇÃO - 2015/2016 ELENCO DE REIVINDICAÇÃO DOS TRABALHADORES DO SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL AR/DF CLÁUSULA PRIMEIRA VIGÊNCIA E DATA-BASE As partes fixam a vigência do presente

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015 FEDERACAO DO COMERCIO DE BENS, SERVICOS E TURISMO DO ESTADO DE MINAS GERAIS - FECOMERCIO-MG, CNPJ n. 17.271.982/0001-59, neste ato representado(a) por seu Presidente,

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: AL000123/2011 DATA DE REGISTRO NO MTE: 23/05/2011 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR023370/2011 NÚMERO DO PROCESSO: 46201.002929/2011-79 DATA DO

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MG000629/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 20/02/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR082390/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46211.000729/2015-96 DATA DO

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 201312015

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 201312015 (31) 3241-2811 - www.sinmedmg.org.br R. Padre Rolim 120- Santa Efigênia - CEP: 30130-090 - e-mail: geral@sinmedmg.org.br. SI NI4EDMG ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 201312015 O SINDICATO DOS MÉDICOS DE MINAS

Leia mais

SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHADOR EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL

SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHADOR EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL Página 1 de 5 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: DF000575/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 08/08/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR041404/2014 NÚMERO DO PROCESSO:

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO Convenção coletiva de trabalho, que entre si celebram o SINTICOM - SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS DA CONSTRUÇÃO E DO MOBILIÁRIO DE GOVERNADOR VALADARES MG, CNPJ:

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MS000212/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 14/05/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR021394/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46312.003027/2013-64 DATA DO

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ001554/2010 DATA DE REGISTRO NO MTE: 12/08/2010 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR032670/2010 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.023032/2010-49 DATA DO

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP005920/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 09/06/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR024432/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46261.002845/2015-54 DATA DO

Leia mais

JORNADA DE TRABALHO DURAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO, CONTROLE, FALTAS

JORNADA DE TRABALHO DURAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO, CONTROLE, FALTAS Página 1 de 5 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP001238/2012 DATA DE REGISTRO NO MTE: 10/02/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR071523/2011 NÚMERO DO PROCESSO: 46435.000013/2012-11

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS000787/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 18/05/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR024630/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.008066/2015-98 DATA

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR000960/2012 FEDERACAO TRABALHADORES NA INDUST EST GO TO E DF, CNPJ n. 01.638.535/0001-55, neste ato representado(a) por seu Presidente,

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP010023/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 09/09/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR053435/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46261.004392/2015-09 DATA DO

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MS000287/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 30/06/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR037320/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46312.002586/2015-19 DATA DO

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014 FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DE BENS, SERVIÇOS E TURISMO DO ESTADO DE MINAS GERAIS, CNPJ n. 17.271.982/0001-59, neste ato representado por seu Presidente, Sr. LÁZARO LUIZ GONZAGA;

Leia mais

JORNADA DE TRABALHO DURAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO, CONTROLE, FALTAS

JORNADA DE TRABALHO DURAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO, CONTROLE, FALTAS ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: ES000441/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 18/08/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR049750/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46207.006587/2015 30 DATA DO

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS000567/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 15/04/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR012183/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.005680/2015-06 DATA DO

Leia mais

Convenção Coletiva de Trabalho 2016/2016

Convenção Coletiva de Trabalho 2016/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SC000921/2016 DATA DE REGISTRO NO MTE: 30/05/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR023133/2016 NÚMERO DO PROCESSO: 46220.002652/2016-61 DATA DO PROTOCOLO: 24/05/2016 Convenção Coletiva

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015 1 de 6 18/06/2014 08:16 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SC001241/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 17/06/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR025405/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46220.003285/2014-51

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR034439/2012 SINDICATO DOS FARMACEUTICOS DO ESTADO DE M GROSSO DO SU, CNPJ n. 15.939.572/0001-08, neste ato representado(a) por seu Presidente,

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. Convenção Coletiva De Trabalho 2014/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SC000317/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 28/02/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR010344/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46220.000931/2014-28 DATA

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: GO000204/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 20/03/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR006500/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46208.002367/2015-27 DATA DO

Leia mais