SOGIBA. Jornal da. Diversos. Impresso Especial. PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA DA SOGIBA 2014 MAIO DIA 05 Centro Médico Aliança às 19:30h

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SOGIBA. Jornal da. Diversos. Impresso Especial. PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA DA SOGIBA 2014 MAIO DIA 05 Centro Médico Aliança às 19:30h"

Transcrição

1 12 Diversos SIMPÓSIO DE DOENÇS D MM NO CONSULTÓRIO DO GINECOLOGIST Data: 9 de gosto de 2014 Local: uditório délia Carvalho Centro Médico Hospital Português 08:15 bertura 08:30 às 09:50 Mesa-redonda: Doenças mamárias benignas e alterações na gravidez 08:30 às 08:50 Dor mamária 08:50 às 09:10 Tipos de cistos mamários e suas condutas 09:10 às 09:30 Orientações para amamentação durante a gravidez 09:30 às 09:50 Discussão 09:50 às 10:20 INTERVLO 10:20 às 11:00 Mesa-redonda: nticâncer 10:20 às 10:35 Prevenção Primária do Câncer de Mama 10:35 às 10:50 Dicas práticas de dieta anticâncer 10:50 às 11:00 - Discussão 11:00 às 12:00 Mesa-redonda: Rastreamento mamário 11:00 às 11:20 Rastreamento - Ministério da Saúde x Sociedade Brasileira de Mastologia - Quais as diferenças e controvérsias? 11:20 às 11:40 Ultrassonografia e Ressonância Magnética quando utilizar? 11:40 às 12:00 Discussão 13:40 às 15:30 Mesa-redonda: Terapia Hormonal 13:40 às 14:00 WHI, One Million Women e LIBER- TE ainda tem informações atuais? Valem a pena ser discutidos ainda? 14:00 às 14:20 Reposição bioidêntica é mais segura para a mama? 14:20 às 14:40 Quais pacientes indicar e quais contraindicar 14:40 às 15:00 - Medicina naturalista no controle dos sintomas climatéricos, aspectos práticos 15:00 às 15:30 - Discussão 15:30 às 16:30 Mesa-redonda: Câncer de Mama 15:30 às 15:45 Panorama do Câncer de Mama na Bahia em :45 às 16:05 Tipos de câncer de mama e suas implicações na prática clínica 16:05 às 16:30 - Discussão PROGRMÇÃO CIENTÍFIC D SOGIB 2014 MIO DI 05 Diagnóstico por Imagem em G.O. Coordenador: Dr. Wigberto Cunha zevedo Ressonância e Tomografia: Quando Indicar? Dra. Rosa Brim Ultrassonografia: Novas indicações em G.O.: Dr. Kleber Pimentel Dia 17 Café da Manhã Hotel Fiesta às 08h Qualidade de vida do toco-ginecologista: O que priorizar? Coordenação: Dra. Maria José Carvalho Psiquiatra: Dra. Manuela Lima Nutricionista: ndrea Burgos Personal Trainer: Tiago Magalhães JUNHO - DI 02 tualização em emergência obstétrica Coordenação: Dr. lexandre Dumas Síndrome Hemorrágica: Dr. mado Nizarala Síndromes hipertensivas: Dr. Rone Peterson JULHO - Dia 14 Osteoporose e o metabolismo ósseo Professor Dr. Bruno Muzzi (MG) - Médico Ginecologista e Obstetra com Área de tuação em Densitometria Óssea. Dia 26 Café da Manhã - Hotel Fiesta às 8h Coordenação: Dra. na Luiza Fontes O sono da mulher no climatério: Dr. Francisco Hora GOSTO - Dia 04 Melhor bordagem na Crise do Ciclo Gravido- Puerperal bordagem Obstétrica Dra. Claudia Margareth Smith bordagem e cuidados da enfermagem Louise Chamusca bordagem Psicológica - Dra. Camila Carmel SETEMBRO - Dia 1º prendendo com os Erros Médicos mais Comuns em G.O. Dr. Jecé Brandão Dr. José ugusto Costa Dra. Licia Moreira * Inscrições abertas na SOGIB Jornal da SOGIB ssociação de Obstetrícia e Ginecologia da Bahia NO 19 Nº 108 NO 2014 Impresso Especial Nº /DR/B SOGIB CORREIOS Nesta edição de maio de 2014, o Jornal da Sogiba traz uma reportagem especial sobre o Dia das Mães com depoimentos de mulheres e suas diferentes experiências com a maternidade. Para entrar no clima da Copa do Mundo, fizemos um especial com relatos de viagem, dicas de filme e livro sobre futebol. Temos ainda muitas notícias, artigo científico, eventos e agenda da Sogiba. Confira!

2 2 Editorial Feliz Dia das Mães! Neste mês que ora se inicia vamos ter duas importantes datas comemorativas: dia do Trabalho e dia das Mães. Penso na importância das duas datas na vida das mulheres. Nos tempos modernos, a mulher brasileira vem ocupando os espaços produtivos da nossa sociedade, cada vez mais com dedicação e competência, resultando em dados surpreendentes: ela é a responsável pelo sustento de muitos lares no Brasil, pela educação de seus filhos e pelos cuidados de seus entes queridos! Portanto, a SOLIDRIEDDE FEMININ não é apenas um traço de retórica, ela de fato é fundamental no dia a dia da maioria das famílias brasileiras. Entretanto, isto também traz um custo afetivo e sobrecarga de tarefas para as mulheres, pois além SOGIB - SSOCIÇÃO DE OBSTETRÍCI E GINECOLOGI D BHI v. CM, 2.487, Edf. Fernandez Plaza, sala 2304, CEP Salvador - Bahia Telefax: (71) site: DIRETORI D SOGIB Triênio Presidente: na Luiza Moura Fontes Vice-presidente: Wigberto Cunha zevedo Secretário Geral: lexandre Silva Dumas Primeira Secretária: Karen dos Santos bbehusen Dorea Tesoureiro: James José de Carvalho Cadidé Diretora Científica: Tatiana Magalhaes guiar Diretora Cultural: Licia de Fátima morim Simões Diretora de Divulgação: Maria José ndrade Carvalho COMISSÃO CIENTÍFIC - Presidente: Marcelo de morim quino; Membros: ntonio Carlos Vieira Lopes; Leomar D Cirqueira Lírio; Margarida Santos Matos; Marcelo Esteve COMISSÃO DE ÉTIC E DEFES PROFISSIONL - Presidente: João Paulo Queiroz Farias; Membros: Celso Lima Viana; Maria do Carmo Botelho; Denise dos Santos Barata; Vera Lúcia Souza Bretones COMISSÃO DE ENSINO E RESIDÊNCI MÉDIC - Presidente: Rone Peterson Oliveira; Membros: mado Nizarala de Ávila; David da Costa Nunes Junior; Karina dami; Sylvia Viana Pereira ragão COMISSÃO DE EVENTOS - Presidente: Paulo Galvão Spinola; Membros: Claudia Margareth Smith; Margarida Silva' Nascimento; Mari Celeste de Moraes Ferreira; Ilmar Cabral de Oliveira Comitês: Medicina Fetal: Manoel Curvelo Sarno; Mastologia: João Crisóstomo Lucas Neto; Ultra-sonografia: Clodoaldo Cadete; do seu trabalho externo, quando elas retornam aos seus lares vão desempenhar o papel de donas de casas com suas múltiplas tarefas. lguns casais já conseguem uma divisão mais equitativa das atividades do lar, porém o que ainda observamos é uma divisão desigual, como aquela surrada piada da mulher na cozinha e o maridão deitadão na sala vendo TV, como se isto representasse um destino atávico fruto de uma latinidade arcaica. Portanto, neste mês das mulheres, temos muito a comemorar com a emancipação delas, porém continuamos a lutar por uma sociedade mais justa, na qual os papéis de gênero sejam desempenhados com muito mais conforto para ambas as partes, e a mulher possa exercer sua tão especial maternidade de uma forma plena, sem culpa e sacrifícios. Lembrem-se sempre, se é possível uma associação médica assumir uma opção de gênero, a SOGIB fez-se mulher! Um bom dia das Mães para todos! REGIONIS D SOGIB Regional Sertão Feira de Santana Presidente: Dr. Francisco Mota na Luiza Fontes Presidente da SOGIB Regional Sul Itabuna/Ilhéus Presidente: DR. Viriato Luiza Corrêa Neto Vice Presidente: ntonio ugusto Monteiro Primeira Secretária: Dóris Marta Vilas Boas L. Reis Tesoureiro: Jose Slaib Filho COMISSÃO CIENTÍFIC - Karen Freire, Eduardo Leahy e Ernesto Silveira Regional Sudeste Vitória da Conquista Presidente: Dr. bsolon Duque dos Santos Regional Nordeste Paulo fonso Representante: Francisco Pereira de ssis Regional Oeste Barreiras Representante: Peres Embiruçu Barreto Junior Regional Chapada Jacobina Representante: Cilmara Melo Nunes de Souza Regional Recôncavo Santo ntonio de Jesus Representante: Luiz Christian Darwim Ferraz Souto JORNL D SOGIB - Jornalistas responsáveis: Inês Costal (MTB 3366/B) e Patrícia Conceição (MTB 2641/B) rte - Bárbara lmeida - tel: Editoração Eletrônica e Impressão - GENS Gráfica (71) ELEIÇÃO D NOV DIRETORI D SOGIB SSOCIÇÃO DE OBSTETRÍCI E GINECOLOGI D BHI EDITL DE CONVOCÇÃO Estarão abertas de 22/06 a 22/07/2014 na sede da entidade as inscrições de chapas para eleição da diretoria da SOGIB, triênio 2014/2017. s Eleições ocorrerão a partir do dia 1º de Outubro e serão encerradas no dia 23/10/2014 às 16:00 horas, por ocasião do XX Congresso Baiano de Obstetrícia e Ginecologia que ocorrerá no período de 23 a 25 de outubro de 2014, Hotel Pestana/Rio Vermelho. EXME DE SUFICIÊNCI PR OBTENÇÃO DO TÍTULO DE ESPECILIST EM GINECOLOGI E OBSTETRÍCI (TEGO) 2014 O TEGO será realizado nos dias 7 e 8 de junho, apenas em São Paulo. No dia 7 será realizada a prova teórica e no dia 8 a prova teórico-prática. O edital do concurso está disponível no portal da Febrasgo: O período de inscrições vai de 26 de março a 25 de abril de VGS NO HOSPITL GERL ROBERTO SNTOS SOGIB informa que o Hospital Geral Roberto Santos disponibiliza algumas vagas para compor o quadro de obstetras da maternidade. São oferecidos turnos de 12h por vínculo PJ durante a semana (segunda à sexta) e vínculos via Fundação José Silveira aos sábados e domingos. Confira os dias/ turnos e vagas disponíveis: - Segunda, SD, 12h, 2 vagas - Terça, SN, 12h, 1 vaga - Quarta, SD, 12h, 1 vaga - Quinta, SD, 12h, 2 vagas / Quinta, SN, 12h, 2 vagas - Sexta, SN, 12h, 1 vaga - Sábados e Domingos, 3 vagas para cada dia 24h (Fundação José Silveira) livre orientação sexual é um direito de toda cidadã Você pergunta qual a orientação sexual de suas pacientes? s lésbicas e mulheres bissexuais têm especificidades que tem que ser observadas na consulta ginecológica; É importante considerar a orientação sexual de suas pacientes para não resultar em uma assistência superficial e pouco humanizada; Os preconceitos que cercam a orientação sexual criam obstáculos no acesso dessa população aos serviços de saúde. s lésbicas e as mulheres bissexuais têm direito a um atendimento acolhedor. Você pode ajudar. Faça a diferença! Grupo Técnico de Enfrentamento da Feminização da Epidemia da ids e outras DST do Estado da Bahia Grupo Técnico de Enfrentamento da Feminização da Epidemia da ids e outras DST do Estado da Bahia 11

3 O LBORTÓRIO SBIN SE PREPR PR OS PRÓXIMOS 30 NOS DE HISTÓRI. Dr. Rafael Henriques Jácomo - Diretor Técnico TULIZNDO Em 2014, o Laboratório Sabin completa 30 anos de história e inicia outro marco em seu crescimento. O maior do segmento no Centro-Oeste e presente em mais de 6 estados, o Laboratório coloca em prática um novo modelo de governança corporativa que garantirá um futuro sustentável. Este novo ciclo de gestão conta com o Conselho de dministração em que as fundadoras Dra. Janete Vaz e Dra. Sandra Soares Costa assumiram, respectivamente, a Presidência e Vice-Presidência, e a nova Presidência Executiva liderada pela Dra. Lídia bdalla. lém disso, o Dr. Rafael Henriques Jácomo está à frente da Diretoria Técnica e será responsável por todo o projeto de ampliação do Programa de creditação para Laboratórios Clínicos PLC, presente em todas as unidades do Distrito Federal e agora em implementação em todas as unidades do Brasil. RT: Dra. Tat ian a F err az CRF: Crônica boa mãe é aquela que vai se tornando desnecessária com o passar do tempo. Várias vezes ouvi de um amigo psicanalista essa frase e ela sempre me soou estranha. té agora. gora, quando minha filha de 18 anos começa a dar voos-solo. Chegou a hora de reprimir de vez o impulso natural materno de querer colocar a cria embaixo da asa, protegida de todos os erros, tristezas e perigos. Uma batalha hercúlea, confesso. Quando começo a esmorecer na luta para controlar a super-mãe que todas temos dentro de nós, lembro logo da frase, hoje absolutamente clara. Se eu fiz o meu trabalho direito, tenho que me tornar desnecessária. ntes que alguma mãe apressada me acuse de desamor, explico o que significa isso. Ser desnecessária é não deixar que o amor incondicional de mãe, que sempre existirá, provoque vício e dependência nos filhos, como uma droga, a ponto de eles não conseguirem ser autônomos, confiantes e independentes. Prontos para traçar seu rumo, fazer suas escolhas, superar suas frustrações e co- Mãe (Desnecessária) Márcia Neder meter os próprios erros também. cada fase da vida, vamos cortando e refazendo o cordão umbilical. cada nova fase, uma nova perda é um novo ganho, para os dois lados, mãe e filho. Porque o amor é um processo de libertação permanente e esse vínculo não para de se transformar ao longo da vida. té o dia em que os filhos se tornam adultos, constituem a própria família e recomeçam o ciclo. O que eles precisam é ter certeza de que estamos lá, firmes, na concordância ou na divergência, no sucesso ou no fracasso, com o peito aberto para o aconchego, o abraço apertado, o conforto nas horas difíceis. Pai e mãe - solidários - criam filhos para serem livres. Esse é o maior desafio e a principal missão. o aprendermos a ser desnecessários nos transformamos em porto seguro para quando eles decidirem atracar. Dê a quem você ama: sas para voar... Raízes para voltar... Motivos para ficar... (Dalai Lama) Conheça mais sobre o Dr. Rafael: Graduado em medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Brasília - UnB. Residência em Clínica Médica e em Hematologia e Hemoterapia no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo. Hematologista com título pela Sociedade Brasileira de Hematologia e Hemoterapia e membro da Sociedade mericana de Hematologia. Doutor em Ciências pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP. Membro do Consórcio Internacional em Leucemia Promielocítica guda (IC-PL). Laboratório Sabin SUMÁRIO rtigo: Estratégia na prevenção do parto prematuro...4 Reportagem sobre Dia das Mães... 6 Especial Copa do Mundo: viagens, filme e livro...8 Notícias...11 genda Científica da Sogiba Central de tendimento:

4 rtigo Estratégia na clínica na prevenção do parto prematuro: uso de progesterona vaginal em mulheres assintomáticas com colo curto ao exame ultrassonográfico Dr. Paulo Roberto Muniz Dantas (In Memoriam*) Professor ssistente da Universidade Federal da Paraíba Membro da Comissão de Ultrassonografia da FEBRSGO Dr. Eduardo Borges da Fonseca Doutor em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Pós-doutorado no King s College Hospital Harris Birthrigth Centre for Fetal Medicine Professor djunto da Universidade Federal da Paraíba Presidente da Comissão de Medicina Fetal da FEBRSGO Dica de filme Boleiros Era uma vez o futebol O filme nacional dirigido por Ugo Giorgetti reúne um elenco de vários atores e atrizes brasileiros para contar causos futebolísticos. s histórias são narradas por boleiros, veteranos no mundo do futebol, que se encontram numa mesa de bar e, entre uma conversa e outra, começam a relembrar episódios marcantes dos quais participaram ou dos quais ouviram falar. São seis histórias, engraçadas e emocionantes, todas rela- 4 progesterona vaginal em mulheres assintomáticas com colo curto ao exame ultrassonográfico morfológico diminui o parto prematuro e morbidade neonatal, sendo estes achados confirmados por recente revisão sistemática publicada no merican Journal Obstetrics and Gynecology. Com o objetivo de avaliar a eficácia da progesterona vaginal em mulheres assintomáticas com colo curto menor ou igual a 25 mm ao exame ultrassonográfico realizado entre a 20ª e 24ª semana, os autores selecionaram cinco estudos, nos quais a aferição do comprimento cervical foi realizada antes da randomização, e conduziram uma metanálise incluindo dados individuais de 775 gestantes, sendo 52 com gestações gemelares, e de 827 recém-nascidos. Nesta análise, os autores confirmam que o tratamento com progesterona vaginal determina diminuição do número de nascimento pré-termo e que tal diminuição traduz-se em redução significativa das principais complicações neonatais (Tabela-1). dicionalmente, observamos que quanto menor a idade gestacional do nascimento prematuro, maior foi o efeito da progesterona em reduzir o risco de partos pré-termos, sendo a redução de 18% para os partos antes de 36 semanas, 39% antes de 34, 42% antes de 30 e 50% antes de 28. pós este estudo, várias organizações internacionais recomendam que a aferição do colo do útero para todas as gestantes no momento do exame morfológico seja realizada, pois esta ação reduzi- ria em 50% a prevalência de parto prematuro neste grupo de mulheres. Tabela-1: Efeito da progesterona vaginal em 775 mulheres com colo uterino igual ou menor que 25 mm. Indicador Nº de eventos/total Progesterona Placebo Risco Relativo Intervalo Confianç a (IC) 95% Tabela modificada do artigo: Vaginal progesterone in women with an asymptomatic sonographic short cervix in the midtrimester decreases preterm delivery and neonatal morbidity: a systematic review and metaanalysis of individual patient data(1). NNT (IC 95%) Parto <36 sem. 108/ /387 0,82 0,67-1,0 - Parto <35 sem. 79/ /387 0,69 0,55-0,88 11 (2-27) Parto <34 sem. 62/ /387 0,61 0,47-0,81 9 (7-19) Parto <30 sem. 29/388 51/387 0,58 0,38-0,89 18 (12-69 Parto <28 sem. 21/388 43/387 0,50 0,30-0,81 18 (13-47) Parto espontâneo <34 sem. Parto espontâneo <33 sem. 51/388 87/387 0,62 0,46-0,84 12 (8-28) 39/388 71/387 0,57 0,40-0,81 13 (9-29) SDR 25/411 52/416 0,48 0,30-0,76 15 (11-33 Qualquer morbiletalidade Peso ao nascer <1.500g dmissão UTI neonatal Necessidade de ventilação 40/411 72/416 0,57 0,40-0,81 13 (10-30) 36/410 68/413 0,55 0,38-0,80 13 (10-30) 85/ /416 0,75 0,59-0,94 14 (8-57) 35/411 51/416 0,66 0,44-0,98 24 (15-408) Dica de livro Febre de Bola ida ao estádio para assistir ao jogo do rsenal, tradicional time inglês, durante o divórcio dos pais inicia a ligação entre Nick Hornby, na época com 11 anos, e seu time do coração. Febre de Bola é o relato autobiográfico de Hornby entre 1968 e O livro, escrito de e para fãs de futebol, traça um paralelo da vida pessoal do autor com as partidas assistidas por ele e é estruturado em torno de datas e locais dos jogos. Hornby apresenta uma narrativa inteligente e divertida de um fanático por futebol: ele inclusive agenda seus compromissos de acordo com a tabela do campeonato, que é familiar a vários torcedores. autobiografia é leve, mas não ignora temas mais difíceis, como a violência nos estádios. Febre de Bola rendeu ao autor vários prêmios e se tornou tema de peça de teatro e filmes. cionadas a personagens ligados ao esporte: juízes, torcedores, jogadores e empresários, entre outros. Boleiros (1998) conta com a participação de atores conhecidos como Rogério Cardoso, Lima Duarte, Otávio ugusto, Cassio Gabus Mendes, Marisa Orth e Denise Fraga. O filme teve uma continuação, Boleiros 2 Vencedores e Vencidos (2006), também dirigida por Giorgetti. 9

5 Especial Copa do Mundo Relato de viagem: menos de dois meses para o início da Copa do Mundo no Brasil, Dr. Marcelo Reis, associado da Sogiba e declaradamente apaixonado por futebol, aceitou o nosso convite e fez o relato de sua experiência em viagens a duas Copas do Mundo: em 1990, na Itália, e em 2006, na lemanha. Confira! Copa de 1990, Itália Eu gosto muito de futebol. Fui criado no meio do esporte e isso sempre foi minha grande paixão. Meu grande sonho era ir para uma Copa do Mundo e, em 1990, eu e mais três amigos saímos daqui, pedimos alvará às esposas, e fomos para a Itália. Chegamos à cidade de Turin no dia do fático jogo contra a rgentina. O Brasil perdeu de 1 a 0 com aquele gol de Caniggia, passe de Maradona. Foi um jogo de matar porque o Brasil jogou muito melhor, principalmente no primeiro tempo. Naquele dia eu acho que o Brasil não ganhava de ninguém porque a sorte não estava do nosso lado. O Brasil perdeu e nós tínhamos que escolher para qual seleção torcer. Poxa, sou sul-americano. Não gosto de argentino, mas sou sul-americano. torcida argentina é apaixonante, tem cânticos lindíssimos e assim eu fiz. Uma minoria seguiu a rgentina, a maioria seguiu a Itália porque tudo indicava que ela seria a campeã do mundo. Nós tivemos a grata surpresa de ver a rgentina ganhar da Itália em um jogo sensacional! braço...era o cão, Maradona era o cão! (risos). Depois fomos para a final contra a lemanha e ela foi campeã. Graças a Deus a rgentina não venceu! (risos) Copa de 2006, lemanha Sou um repórter frustrado. primeira coisa que eu queria ser na minha vida era médico, depois repórter. E eu tinha o grande sonho de ir para a Copa acompanhando a imprensa. Então fui para a lemanha de mochila, sozinho. Porque viajar em grupo não é legal para uma coisa dessas, que você é apaixonado. Vem gente dizendo h, vamos dar um passeiozinho no sul para conhecer isso..., eu não quero! Eu tenho alguns amigos que eram donos da rádio Itaparica e eu dava flashes de onde eu estava: do treino, da fila. Eu criei o slogan Itaparica de dentro da copa e foi um sucesso. Fui para os jogos em Berlim, Munique, Dusserdolf, foi uma delícia. Esperei o Brasil chegar, entrevistei médicos, fiquei no mesmo hotel da seleção...conseguia circular. Derrota do Brasil - Não era possível que o Brasil, que tinha ganhado a Copa das Confederações, que tinha um time imbatível e era o preferido, jogasse com aquela irresponsabilidade. Os ambientes do treino eram de batucada, sem aquele foco que precisa ter em uma Copa do Mundo. É como se nós fôssemos entrar em uma cirurgia e ficássemos brincando na hora de se concentrar. Leitura Complementar 1. Romero R, Nicolaides K, Conde-gudelo, Tabor, O Brien JM, Cetingoz E, et al. Vaginal progesterone in women with an asymptomatic sonographic short cervix in the midtrimester decreases preterm delivery and neonatal morbidity: a systematic review and metaanalysis of individual patient data. m J Obstet Gynecol Feb; 206(2):124 e1-19. *Deixamos aqui registrada nossa homenagem ao Dr. Paulo Roberto Muniz Dantas, que faleceu em fevereiro deste ano. III CIGO SOGIB, em parceria com MSD e Comissão de Residência da Bahia, realizou reunião no dia 11 de março de 2013 com os coordenadores de residência de GO para reiniciar as atividades do III CIGO Nesta oportunidade, foram discutidas questões relacionadas aos avanços e dificuldades encontradas pelas residências em GO no estado da Bahia e a necessidade de união e apoio mútuo entre elas. No final da reunião foi estabelecido que a metodologia a ser utilizada nos encontros será participativa, com discussão de casos clínicos, tutoriais e trabalhos de grupo. Os encontros serão realizados no Hotel Mercury, no Rio Vermelho, com a participação de todos os residentes, membros das Ligas de GO e Preceptores de residências médicas. Calendário dos encontros: 20/05 às 19h - Hospital Roberto Santos Tutorial de US em Obstetrícia 19/07 às 8h - Hospital Santo ntônio Endoscopia Ginecológica 18/10 às 8h - IPERB Tutorial de Fórceps 8 O jogo foi inesquecível porque a Itália só faltou morrer... você imagina o que é italiano perder dentro de casa contra Maradona, que eles detestavam? Maradona jogava no Nápoli, time que foi campeão no país. Ele colocava o peito para cima, bem arrogante, pegava a bola embaixo do Lembro perfeitamente quando o Brasil perdeu. Fui embora sozinho de trem e tomei depoimentos de brasileiros irritadíssimos. Foi quando eu inventei, sem perceber...os franceses brincando, gozando a gente, e eu disse: Rapaz, não sou Brasil, sou Bahia!. 5

6 Reportagem Especial Dias das Mães quis ser mãe, mas a vontade ficou mais forte há uns dois anos e estou na expectativa, diz. Se pudesse me dedicar inteiramente ao meu filho seria ótimo, mas não quero perder minha independência financeira, então a alternativa é diminuir a carga horária. Para oferecer o melhor para uma criança, do ponto de vista de educação e bem estar, é preciso ter condições financeiras, mas isso não basta. Quero estar perto do meu filho, passar tempo com ele, ensinar coisas, acompanhá-lo nos primeiros passos, explica. Para equilibrar a balança, na conta com a parceria do marido em todos os aspectos. Tem que dividir todas as responsabilidades, afinal, não vou fazer filho sozinha, brinca. um dos projetos possíveis para a vida das mulheres e não um destino inevitável. Estou convencida de que o amor materno existe desde a origem dos tempos, mas não penso que exista necessariamente e em todas as mulheres, nem mesmo que a espécie só sobreviva graças a ele. Primeiro, qualquer pessoa que não a mãe pode maternar uma criança. Segundo, não é só o amor que leva a mulher a cumprir seus deveres maternais. moral, os valores sociais ou religiosos, podem ser incitadores tão poderosos quanto o desejo da mãe, argumenta a pesquisadora Elisabeth Badinter. vó aos 31 anos O mês de maio costuma ser dedicado às mães: sinônimo de amor incondicional, investimento no cuidado do outro, expressão mais alta de doação generosa. É um período repleto de homenagens e presentes, quando a maternidade e o significado de ser mãe são enaltecidos, mas também precisam ser problematizados. O que representa a maternidade e quais normas incidem sobre ela? Qual a defasagem entre a retórica de valorização do conceito e as dificuldades reais que as mulheres enfrentam para realizar seus projetos de maternidade seja na falta de condições saudáveis de gestação e nascimento ou na decisão de quando e como ter filhos (ou não tê-los)? em que eu e o bebê estaríamos expostos a vários riscos. gora estou recomeçando, quase do zero, mas valeu a pena porque Isadora nasceu forte e saudável, avalia cácia, que considerou positivo o período que passou em casa. Como não me preparei antes, já que a gravidez não foi planejada, decidi preparar a chegada de Isadora. Nesse tempo me dediquei totalmente a ela: cuidei da alimentação, li muito, fiz meditação, aprendi mantras, conta. pós o nascimento da menina, ela retomou a carreira profissional. Hoje sinto que tem alguém que depende de mim e isso faz com que eu queira ser uma pessoa melhor, conclui com um sorriso no rosto. Não quero ter filhos! Enquanto na Priscilla planeja a gravidez, a professora Érica dos njos, 28 anos, já se prepara para a cobrança em torno da decisão que tomou: a de não ser mãe. Ter um filho nunca foi um objetivo de vida para mim. Desde criança minha realização pessoal nunca passou por casar e ter filhos. É cruel e reducionista que a felicidade de nós, mulheres, tenha que passar obrigatoriamente por isso, opina. professora, que relata adorar crianças e divertir- -se com primos e sobrinhos, trata sua escolha com naturalidade e não tem medo de arrependimentos. té então não ter um bebê é uma decisão e esse tal relógio biológico não me assusta. Se mais tarde eu quiser ter um filho não terei problema algum em adotar uma criança, afirma. Érica dos njos não está sozinha. Dados da Pesquisa Nacional de Demografia e Saúde da Criança e da Mulher (PNDS) indicam a queda na taxa de fecundidade no Brasil: em 2006, o índice foi de 1.8 filhos por mulher, redução considerável em comparação aos 2.5 registrados em Os números refletem o momento em que a maternidade passou a ser maternidade, pelo menos nesse momento, não fazia parte dos planos de Cláudia Rabelo para a filha adolescente. os 31 anos, Cláudia acaba de descobrir que será avó. Sua filha de 16 anos está grávida e parece repetir a história das mulheres da família: Cláudia teve filho aos 15 e sua mãe aos 17. Eu ainda estou assustada com a notícia e muito preocupada porque sei que não é fácil conciliar os estudos com a criação de um bebê, sem falar no aspecto financeiro, em toda a responsabilidade envolvida, conta. pesar das trajetórias semelhantes, Cláudia vê diferenças entre a própria experiência e os desafios que a filha adolescente enfrentará. Com 15 anos ninguém está preparada para ser mãe, mas a minha expectativa com relação ao futuro era menor, minha educação foi voltada para casar e ter filhos, já a minha filha sonha mais alto. Quer terminar os estudos no próximo ano, fazer uma boa faculdade, conhecer lugares novos e conquistar um crescimento profissional. Mas quando a gente tem um filho a gente perde a identidade. Ninguém sabe mais seu nome, você vira a mãe de alguém, afirma Cláudia, desejando que a maternidade não encerre todos os outros planos da filha. 6 Mãe de primeira viagem Tudo isso é novidade para cácia Bittencourt, assistente social de 26 anos que vive o seu primeiro Dia das Mães e ilustra esta reportagem, ao lado da pequena Isadora e do marido. Quando ela descobriu a gestação precisou tomar a difícil decisão de pedir demissão em busca de uma gravidez mais tranquila. Eu tinha o emprego que sempre sonhei, mas trabalhava num local considerado perigoso, Maternidade x Trabalho Para a maioria das mulheres, articular maternidade e trabalho é um grande desafio, já que elas continuam sendo as maiores responsáveis pelos cuidados com o bebê, além de enfrentarem uma série de restrições no mercado de trabalho. É o caso de na Priscilla, 30 anos, que sonha em ser mãe, mas sem deixar de lado a carreira profissional. Sempre 7

Vida nova Jovens contam como superaram doenças graves. Depois de um câncer de mama aos 23 anos, Dolores Cardoso teve um filho, escreveu um livro e

Vida nova Jovens contam como superaram doenças graves. Depois de um câncer de mama aos 23 anos, Dolores Cardoso teve um filho, escreveu um livro e Sexta Vida nova Jovens contam como superaram doenças graves. Depois de um câncer de mama aos 23 anos, Dolores Cardoso teve um filho, escreveu um livro e mudou o rumo da vida profissional FOLHA DA SEXTA

Leia mais

Grasiela - Bom à gente pode começar a nossa conversa, você contando para a gente como funciona o sistema de saúde na Inglaterra?

Grasiela - Bom à gente pode começar a nossa conversa, você contando para a gente como funciona o sistema de saúde na Inglaterra? Rádio Web Saúde dos estudantes de Saúde Coletiva da UnB em parceria com Rádio Web Saúde da UFRGS em entrevista com: Sarah Donetto pesquisadora Inglesa falando sobre o NHS - National Health Service, Sistema

Leia mais

O Renal é um ser humano como todos e tem seu direito de ser respeitado e não ter vergonha de ser renal. Jaderson

O Renal é um ser humano como todos e tem seu direito de ser respeitado e não ter vergonha de ser renal. Jaderson Jaderson é um garoto de 11 anos, portador de insuficiência renal crônica, paciente do Serviço de Hemodiálise Pediátrica do Hospital Roberto Santos em Salvador-BA. É uma criança muito inteligente e talentosa,

Leia mais

CAMPANHA PARTO NORMAL. Parto Normal. Deixe a vida acontecer naturalmente.

CAMPANHA PARTO NORMAL. Parto Normal. Deixe a vida acontecer naturalmente. CAMPANHA PARTO NORMAL Parto Normal. Deixe a vida acontecer naturalmente. Cenário Dados fornecidos à ANS pelas empresas que comercializam planos de assistência à saúde demonstram que a proporção de cesarianas

Leia mais

CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROJETO GARIMPANDO MEMÓRIAS GEÓRGIA BALARDIN

CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROJETO GARIMPANDO MEMÓRIAS GEÓRGIA BALARDIN CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROJETO GARIMPANDO MEMÓRIAS GEÓRGIA BALARDIN (depoimento) 2014 CEME-ESEF-UFRGS FICHA TÉCNICA Projeto: Garimpando

Leia mais

SOGIBA. Associação de Obstetrícia e Ginecologia da Bahia ANO 19 Nº 111 ANO 2014

SOGIBA. Associação de Obstetrícia e Ginecologia da Bahia ANO 19 Nº 111 ANO 2014 Jornal da SOGIBA Associação de Obstetrícia e Ginecologia da Bahia Impresso Especial Nº 9912260030/DR/BA SOGIBA CORREIOS ANO 19 Nº 111 ANO 2014 A sensação de despedida dá o tom a esta edição do Jornal da

Leia mais

Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer. A importância de todos os familiares no processo de recuperação.

Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer. A importância de todos os familiares no processo de recuperação. Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer A importância de todos os familiares no processo de recuperação. Introdução Criar um filho é uma tarefa extremamente complexa. Além de amor,

Leia mais

ENTRE FRALDAS E CADERNOS

ENTRE FRALDAS E CADERNOS ENTRE FRALDAS E CADERNOS Entre Fraldas e Cadernos Proposta metodológica: Bem TV Educação e Comunicação Coordenação do projeto: Márcia Correa e Castro Consultoria Técnica: Cláudia Regina Ribeiro Assistente

Leia mais

Saúde em risco: realizar exame desnecessário pode ser prejudicial

Saúde em risco: realizar exame desnecessário pode ser prejudicial Dezembro/2011 Nº 13 Saúde em risco: realizar exame desnecessário pode ser prejudicial Presidente da Sociedade Brasileira de Medicina de Família diz que problema diminui quando um médico generalista é a

Leia mais

Concurso Literário. O amor

Concurso Literário. O amor Concurso Literário O Amor foi o tema do Concurso Literário da Escola Nova do segundo semestre. Durante o período do Concurso, o tema foi discutido em sala e trabalhado principalmente nas aulas de Língua

Leia mais

AULAS PRÁTICAS DA DISCIPLINA DE EPIDEMIOLOGIA II

AULAS PRÁTICAS DA DISCIPLINA DE EPIDEMIOLOGIA II AULAS PRÁTICAS DA DISCIPLINA DE EPIDEMIOLOGIA II 1. Objetivos das aulas práticas 1.1 Gerais Ser capaz de, através do cadastramento, detectar problemas, pensar nas causas destes problemas e propor soluções

Leia mais

coleção Conversas #2 Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça.

coleção Conversas #2 Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça. coleção Conversas #2 Positivo, o que e u faç o Deu Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. A coleção CONVERSAS da Editora AfroReggae nasceu com o desejo de facilitar

Leia mais

Dicas. do professor. Eliseu Gabriel. Como estudar? Incentivar a leitura e o estudo é um ato de amor e respeito ao ser humano

Dicas. do professor. Eliseu Gabriel. Como estudar? Incentivar a leitura e o estudo é um ato de amor e respeito ao ser humano Incentivar a leitura e o estudo é um ato de amor e respeito ao ser humano Eliseu Gabriel O vereador e professor Eliseu Gabriel conseguiu aprovar uma Lei para ajudar a despertar o gosto pelo estudo e a

Leia mais

10 segredos para falar inglês

10 segredos para falar inglês 10 segredos para falar inglês ÍNDICE PREFÁCIO 1. APENAS COMECE 2. ESQUEÇA O TEMPO 3. UM POUCO TODO DIA 4. NÃO PRECISA AMAR 5. NÃO EXISTE MÁGICA 6. TODO MUNDO COMEÇA DO ZERO 7. VIVA A LÍNGUA 8. NÃO TRADUZA

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

Dicas do que você deve fazer desde cedo para educar seu filho a ser determinado e capaz de conquistar o que ele deseja.

Dicas do que você deve fazer desde cedo para educar seu filho a ser determinado e capaz de conquistar o que ele deseja. Dicas do que você deve fazer desde cedo para educar seu filho a ser determinado e capaz de conquistar o que ele deseja. O primeiro passo para conquistar algo é acreditar que é possível. Se não, a pessoa

Leia mais

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar 1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar nosso amor 4. Porque a gente discute nossos problemas

Leia mais

ÍNDICE - 21/08/2006 O Popular (GO)...2 Cidades...2

ÍNDICE - 21/08/2006 O Popular (GO)...2 Cidades...2 ÍNDICE - 21/08/2006 O Popular (GO)...2 Cidades...2 Pais doam embrião congelado para engravidar mulher infértil...2 Adormecidos no nitrogênio líquido há até dez anos...3 À espera da chance de ser mãe...3

Leia mais

O Coração Sujo. Tuca Estávamos falando sobre... hm, que cheiro é esse? Tuca Parece cheiro de gambá morto afogado no esgoto.

O Coração Sujo. Tuca Estávamos falando sobre... hm, que cheiro é esse? Tuca Parece cheiro de gambá morto afogado no esgoto. O Coração Sujo Personagens - Tuca - Teco - Tatá - Tia Tuca e Tatá estão conversando. Teco chega. Teco Oi, meninas, sobre o que vocês estão falando? Tuca Estávamos falando sobre... hm, que cheiro é esse?

Leia mais

EU VENCI A LEUCEMIA. Alexandra Oliveira da Silva

EU VENCI A LEUCEMIA. Alexandra Oliveira da Silva EU VENCI A LEUCEMIA Alexandra Oliveira da Silva Descoberta da doença Ano 2012 Sintomas gripe medo da gripe A Emergência do Mãe de Deus Exames não conclusivos, procurar hematologista Marcada consulta com

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

VISITE O BLOG www.homemalpha.com.br

VISITE O BLOG www.homemalpha.com.br VISITE O BLOG www.homemalpha.com.br APRESENTAÇÃO A timidez é um problema que pode acompanhar um homem a vida inteira, tirando dele o prazer da comunicação e de expressar seus sentimentos, vivendo muitas

Leia mais

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas?????

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas????? Há 16 anos quando entrou na MK, a consagrada Diretora Nacional, Gloria Mayfield, não sabia como chegar ao topo, hoje ela dá o seguinte conselho. As lições que eu aprendi na Mary Kay para me tornar uma

Leia mais

PLANO DE CURSO 2. EMENTA:

PLANO DE CURSO 2. EMENTA: PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Enfermagem Disciplina: ENFERMAGEM OBSTÉTRICA E NEONATAL Professor: Renata Fernandes do Nascimento Código: Carga Horária: 80 H Créditos: 05 Preceptoria: 20H

Leia mais

EDITAL DE INSCRIÇÕES. Curso Suporte Avançado à Vida em Emergências Obstétricas SAVEO TÉCNICOS DE ENFERMAGEM - 12 Horas

EDITAL DE INSCRIÇÕES. Curso Suporte Avançado à Vida em Emergências Obstétricas SAVEO TÉCNICOS DE ENFERMAGEM - 12 Horas EDITAL DE INSCRIÇÕES Curso Suporte Avançado à Vida em Emergências Obstétricas SAVEO TÉCNICOS DE ENFERMAGEM - 12 Horas A Company Gestão Educacional e Negócios torna público o edital para as inscrições do

Leia mais

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak Entrevista com Ezequiel Quem é você? Meu nome é Ezequiel, sou natural do Rio de Janeiro, tenho 38 anos, fui

Leia mais

Esta nova sequência tem uma novidade: ela é inédita!

Esta nova sequência tem uma novidade: ela é inédita! Esta nova sequência tem uma novidade: ela é inédita! Hum, essa não é uma novidade. As outras também eram de certa forma inéditas, uma vez que o layout era baseado na estrutura dos Gurus, mas vamos lá,

Leia mais

Tendo isso em conta, o Bruno nunca esqueceu que essa era a vontade do meu pai e por isso também queria a nossa participação neste projecto.

Tendo isso em conta, o Bruno nunca esqueceu que essa era a vontade do meu pai e por isso também queria a nossa participação neste projecto. Boa tarde a todos, para quem não me conhece sou o Ricardo Aragão Pinto, e serei o Presidente do Concelho Fiscal desta nobre Fundação. Antes de mais, queria agradecer a todos por terem vindo. É uma honra

Leia mais

Entendendo o que é Gênero

Entendendo o que é Gênero Entendendo o que é Gênero Sandra Unbehaum 1 Vila de Nossa Senhora da Piedade, 03 de outubro de 2002 2. Cara Professora, Hoje acordei decidida a escrever-lhe esta carta, para pedir-lhe ajuda e trocar umas

Leia mais

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri Copenhague-Dinamarca, 01 de outubro de 2009 Bem, primeiro dizer a vocês da alegria de poder estar

Leia mais

Professor Augusto Rios Carneiro

Professor Augusto Rios Carneiro A PALAVRA DO PROVEDOR Um novo tempo Professor Augusto Rios Carneiro Gosto desse clima de final de ano. Sinto que as pessoas ficam mais motivadas a agradecer por tudo o que aconteceu no decorrer dos meses

Leia mais

PROGRAMA CIENTÍFICO PRELIMINAR SEXTA-FEIRA 16 DE MARÇO DE 2012

PROGRAMA CIENTÍFICO PRELIMINAR SEXTA-FEIRA 16 DE MARÇO DE 2012 PROGRAMA CIENTÍFICO PRELIMINAR SEXTA-FEIRA 16 DE MARÇO DE 2012 SALÃO ALTAMIRANDO SANTANA (180) SALÃO DOMINGOS COUTINHO (60) 08h00-10h00 Sessão 1: Uso dos implantes hormonais em ginecologia Coordenadores:

Leia mais

Requisitos mínimos para o programa de Residência em Pediatria

Requisitos mínimos para o programa de Residência em Pediatria Requisitos mínimos para o programa de Residência em Pediatria O programa de Residência em Pediatria prevê 60 horas de jornada de trabalho semanal, sendo 40 horas de atividades rotineiras e 20 horas de

Leia mais

PREVENÇÃO PRIMÁRIA DA PREMATURIDADE

PREVENÇÃO PRIMÁRIA DA PREMATURIDADE REDUZINDO A PREMATURIDADE MARCELO ZUGAIB Clínica Obstétrica Hospital das Clínicas SP PREVENÇÃO PRIMÁRIA DA PREMATURIDADE NA PRECONCEPÇÃO E NO PRÉ-NATAL IDENTIFICAR OS FATORES DE RISCO REALIZAR INTERVENÇÕES

Leia mais

coleção Conversas #25 u s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #25 u s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #25 Nã Po o s s o c s on c o ig lo o c á cuidar dos m - l os e m u m a e u cl s ín p ic ais a?. Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS

Leia mais

PESQUISA DIAGNÓSTICA - SISTEMATIZAÇÃO. - Sim, estou gostando dessa organização sim, porque a gente aprende mais com organização das aulas.

PESQUISA DIAGNÓSTICA - SISTEMATIZAÇÃO. - Sim, estou gostando dessa organização sim, porque a gente aprende mais com organização das aulas. ESCOLA MUNICIPAL BUENA VISTA Goiânia, 19 de junho de 2013. - Turma: Mestre de Obras e Operador de computador - 62 alunos 33 responderam ao questionário Orientador-formador: Marilurdes Santos de Oliveira

Leia mais

Entrevista 1.02 - Brenda

Entrevista 1.02 - Brenda Entrevista 1.02 - Brenda (Bloco A - Legitimação da entrevista onde se clarificam os objectivos do estudo, se contextualiza a realização do estudo e participação dos sujeitos e se obtém o seu consentimento)

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

Pesquisa Clínica. Orientações aos pacientes

Pesquisa Clínica. Orientações aos pacientes Pesquisa Clínica Orientações aos pacientes 2009 Ministério da Saúde. É permitida a reprodução total ou parcial desta obra, desde que citada a fonte. Tiragem: 1000 exemplares Criação, Informação e Distribuição

Leia mais

jornal encontros Janeiro de 2013 1

jornal encontros Janeiro de 2013 1 jornal encontros Janeiro de 2013 1 2 ENTREVISTA Entrevista com a professora de ballet Letícia Lemos O ballet tem a capacidade de emocionar as pessoas O primeiro Jornal Encontros de 2013 traz entrevista

Leia mais

O andebol oferece-me coisas que a faculdade não tem é a demonstração de carácter

O andebol oferece-me coisas que a faculdade não tem é a demonstração de carácter O andebol oferece-me coisas que a faculdade não tem é a demonstração de carácter Aos 24 anos Ricardo Pesqueira tem já um longo percurso andebolístico. Cresceu para o desporto no Águas Santas, mas no currículo

Leia mais

Prefácio CÂNCER DE MAMA 7

Prefácio CÂNCER DE MAMA 7 Prefácio Quantas vezes você já não ouviu alguém contar uma experiência difícil que viveu em seu ministério? Quantos já não passaram por situações em que não souberam o que dizer ou fazer? Pastores, líderes

Leia mais

Jornalista: Eu queria que o senhor comentasse (incompreensível)?

Jornalista: Eu queria que o senhor comentasse (incompreensível)? Entrevista concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após cerimônia de apresentação dos resultados das ações governamentais para o setor sucroenergético no período 2003-2010 Ribeirão

Leia mais

09/09/2004. Discurso do Presidente da República

09/09/2004. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na solenidade de recepção da delegação brasileira que participou das Olimpíadas de Atenas Palácio do Planalto, 09 de setembro de 2004 Meu caro Grael, Meu querido René Simões,

Leia mais

Saúde da Mamãe. Saúde do Bebê. Beleza da Mamãe

Saúde da Mamãe. Saúde do Bebê. Beleza da Mamãe 2 3 4 Saúde da Mamãe Perguntas e respostas sobre o mês a mês da gravidez...10 O que posso ou não fazer durante a gravidez?...11 As dores mais comuns na gravidez...12 Guia de exames na gravidez...14 O que

Leia mais

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Escola Municipal de Ensino Fundamental David Canabarro Florianópolis, 3892 Mathias Velho/Canoas Fone: 34561876/emef.davidcanabarro@gmail.com DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Nome: Stefani do Prado Guimarães Ano

Leia mais

Associação Lar do Neném

Associação Lar do Neném Criança Esperança 80 Associação Lar do Neném Recife-PE Marília Lordsleem de Mendonça Abraço solidário Todas as crianças são de todos : esse é o lema do Lar do Neném, uma instituição criada há 26 anos em

Leia mais

Escola de Imagem. www.escolacaliper.com.br

Escola de Imagem. www.escolacaliper.com.br Escola de Imagem www.escolacaliper.com.br PRAZER, SOMOS A CALIPER ESCOLA DE IMAGEM NOSSA ESTRUTURA A CALIPER OFERECE ESTRUTURA COMPLETA PARA OS ALUNOS E PACIENTES: Duas salas de aula teórica com capacidade

Leia mais

- A gente sabe, mas é politicamente interessante malhar o poderoso, a gente faz ser politicamente correto.

- A gente sabe, mas é politicamente interessante malhar o poderoso, a gente faz ser politicamente correto. {jcomments on} O X-9 vazou a notícia, a culpa é dele, mas a mídia ignora e bate no cartola. - Mas a culpa não é da diretoria! - A gente sabe, mas é politicamente interessante malhar o poderoso, a gente

Leia mais

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma.

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. PERTO DE TI Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. Jesus! Perto de ti, sou mais e mais. Obedeço a tua voz. Pois eu sei que tu és Senhor, o

Leia mais

ROTEIRO: O LUGAR ONDE EU VIVO

ROTEIRO: O LUGAR ONDE EU VIVO ROTEIRO: O LUGAR ONDE EU VIVO Ideia: Produção realizada a partir de um fato marcante e em algumas situações ocorre a mesclagem entre narrações e demonstrações de cenas. Personagens: A filha da doméstica

Leia mais

Centro Viva Vida HU/DOM BOSCO-UFJF. Centro Viva Vida HU / Dom Bosco - UFJF

Centro Viva Vida HU/DOM BOSCO-UFJF. Centro Viva Vida HU / Dom Bosco - UFJF Centro Viva Vida HU/DOM BOSCO-UFJF AMBULATÓRIO GERAL DE PEDIATRIA O Hospital Universitário da Universidade Federal de Juiz de Fora, alinhado com a filosofia de prestar assistência de qualidade aos usuários

Leia mais

Termo de Consentimento Livre e Esclarecido

Termo de Consentimento Livre e Esclarecido 6. CONCLUSÕES Conclusões 49 Os resultados deste estudo indicam boa reprodutibilidade do exame de ressonância magnética, por meio da análise da variabilidade intra e interobservadores, na aferição do comprimento

Leia mais

Rotary International Distrito 4570 Programa de Intercâmbio Internacional de Jovens

Rotary International Distrito 4570 Programa de Intercâmbio Internacional de Jovens Rotary International Distrito 4570 Programa de Intercâmbio Internacional de Jovens Depoimentos de Intercambistas Brasileiros 2 Carolina Castro foi aos Estados Unidos em 2011 Programa Longa Duração O ano

Leia mais

Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública Curso de Especialização em Enfermagem Obstétrica

Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública Curso de Especialização em Enfermagem Obstétrica EDITAL PARA EXAME DE SELEÇÃO PARA A ESPECIALIZAÇÃO EM ENFERMAGEM OBSTÉTRICA - 2014 A Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, em conformidade com o regimento Lato Sensu da Coordenação de Pós-Graduação,

Leia mais

CARTILHA DA GRÁVIDA 1

CARTILHA DA GRÁVIDA 1 CARTILHA DA GRÁVIDA 1 2 SUMÁRIO SOBRE A FEBRASGO 4 PRIMEIROS SINTOMAS 5 ETAPAS DA GESTAÇÃO 6 IMPORTÂNCIA DO PRÉ-NATAL 8 OBJETIVOS DO PRÉ-NATAL JUNTO À MÃE 9 OBJETIVOS DO PRÉ-NATAL JUNTO AO BEBÊ 10 OBJETIVOS

Leia mais

POR QUE BATISMO? PR. ALEJANDRO BULLÓN

POR QUE BATISMO? PR. ALEJANDRO BULLÓN POR QUE BATISMO? PR. ALEJANDRO BULLÓN "Pr. Williams Costa Jr.- Pastor Bullón, por que uma pessoa precisa se batizar? Pr. Alejandro Bullón - O Evangelho de São Marcos 16:16 diz assim: "Quem crer e for batizado,

Leia mais

ENFERMAGEM do futuro. A enfermagem pediátrica e o fascinante trabalho de cuidar das crianças

ENFERMAGEM do futuro. A enfermagem pediátrica e o fascinante trabalho de cuidar das crianças ENFERMAGEM do futuro Por João Marinho A enfermagem pediátrica e o fascinante trabalho de cuidar das crianças Q ual o papel da enfermagem entre as profissões da área de saúde? Atualmente, como muitas outras

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 Componente Curricular: ENFERMAGEM EM ATENÇÃO A SAÚDE DA MULHER E DO HOMEM II Código: ENF- 213 CH

Leia mais

NO ABRIR DA MINHA BOCA (EFÉSIOS 6:19) modelo da mensagem

NO ABRIR DA MINHA BOCA (EFÉSIOS 6:19) modelo da mensagem NO ABRIR DA MINHA BOCA (EFÉSIOS 6:19) modelo da mensagem Tudo bem. Eu vou para casa! Foi o que uma moça disse a seu namorado, na República Central-Africana. Tudo começou porque ele ia fazer uma viagem

Leia mais

Indice. Bullying O acaso... 11

Indice. Bullying O acaso... 11 Indice Bullying O acaso... 11 Brincadeira de mau gosto. Chega! A história... 21 O dia seguinte... 47 A paixão... 53 O reencontro... 61 O bullying... 69 9 Agosto/2010 O acaso Terça-feira. O sol fazia um

Leia mais

P R Ê M I O : M E L H O R E S A L U N O S D A G R A D U A Ç Ã O

P R Ê M I O : M E L H O R E S A L U N O S D A G R A D U A Ç Ã O P R Ê M I O : M E L H O R E S A L U N O S D A G R A D U A Ç Ã O L i s t a c o m p l e t a d o s p r e m i a d o s c o n t e m p l a d o s F O R M A N D O S D A S T U R M A S D E 2 0 1 3 / 2 ALINE AUXILIADORA

Leia mais

5 Eu vou fazer um horário certo para tomar meus remédios, só assim obterei melhor resultado. A TV poderia gravar algum programa?

5 Eu vou fazer um horário certo para tomar meus remédios, só assim obterei melhor resultado. A TV poderia gravar algum programa? Antigamente, quando não tinha rádio a gente se reunia com os pais e irmãos ao redor do Oratório para rezar o terço, isso era feito todas as noites. Eu gostaria que agora a gente faça isso com os filhos,

Leia mais

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos Lição 3: Alegria LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos RESUMO BÍBLICO Gálatas 5:23; Gálatas 6:1; 2 Timóteo 2:25; Tito 3; 1 Pedro 3:16 Como seres humanos estamos sempre à mercê de situações sobre

Leia mais

PARTO NORMAL: A NATUREZA SE ENCARREGA, MAMÃE E BEBÊ AGRADECEM

PARTO NORMAL: A NATUREZA SE ENCARREGA, MAMÃE E BEBÊ AGRADECEM PARTO NORMAL: A NATUREZA SE ENCARREGA, MAMÃE E BEBÊ AGRADECEM Hospital Materno Infantil Público Tia Dedé *Merielle Barbosa Lobo São nove meses de expectativa e durante a gestação a barriga cresce e a mãe

Leia mais

HOSPITAL SÃO RAFAEL TUDO É POSSÍVEL A QUEM CRÊ

HOSPITAL SÃO RAFAEL TUDO É POSSÍVEL A QUEM CRÊ HOSPITAL SÃO RAFAEL TUDO É POSSÍVEL A QUEM CRÊ Origem A preocupação com as questões sociais fez com que o professor e sacerdote italiano D. Luigi Maria Verzé chegasse ao Brasil, em 1974, através do Monte

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

Escrito por. Guilherme guinor Cunha Ex-tenista profissional, campeão mundial de poker online FTOPS #35 e criador do método GuinorBets

Escrito por. Guilherme guinor Cunha Ex-tenista profissional, campeão mundial de poker online FTOPS #35 e criador do método GuinorBets s O 6 s o i cíp Prin Bá s o sic o d o ét M o D r o n s i t u e G B Escrito por Guilherme guinor Cunha Ex-tenista profissional, campeão mundial de poker online FTOPS #35 e criador do método Índice Quem

Leia mais

ASSOCIAÇÃO EDUCADORA SÃO CARLOS HOSPITAL MÃE DE DEUS EDITAL DE CONCURSO PARA CONCURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CARDIOLOGIA

ASSOCIAÇÃO EDUCADORA SÃO CARLOS HOSPITAL MÃE DE DEUS EDITAL DE CONCURSO PARA CONCURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CARDIOLOGIA ASSOCIAÇÃO EDUCADORA SÃO CARLOS HOSPITAL MÃE DE DEUS EDITAL DE CONCURSO PARA CONCURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CARDIOLOGIA 1. INTRODUÇÃO A Comissão de Ensino do Curso de Especialização em Cardiologia do Hospital

Leia mais

É PROIBIDO O USO COMERCIAL DESSA OBRA SEM A AUTORIZAÇÃO DO AUTOR

É PROIBIDO O USO COMERCIAL DESSA OBRA SEM A AUTORIZAÇÃO DO AUTOR É PROIBIDO O USO COMERCIAL DESSA OBRA SEM A AUTORIZAÇÃO DO AUTOR Introdução: Aqui nesse pequeno e-book nós vamos relacionar cinco super dicas que vão deixar você bem mais perto de realizar o seu sonho

Leia mais

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino Corrida da Saúde Classificação geral do corta-mato, realizado no dia 23 de Dezembro de 2007, na Escola E.B. 2,3 de Valbom. Contou com a participação dos alunos do 4º ano e do 2º e 3º ciclos do Agrupamento

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA ESCOLHA DO PRÉ-NATAL E DO PRÉ- NATALISTA.

A IMPORTÂNCIA DA ESCOLHA DO PRÉ-NATAL E DO PRÉ- NATALISTA. A IMPORTÂNCIA DA ESCOLHA DO PRÉ-NATAL E DO PRÉ- NATALISTA. Um atendimento pré-natal de qualidade é fundamental para a saúde da gestante e de seu bebê. Logo que você constatar que está grávida, deve procurar

Leia mais

O começo na Educação Infantil

O começo na Educação Infantil O começo na Educação Infantil Ao entrar na pré-escola, a criança vive um momento delicado, pois tem que aprender, de uma só vez, a afastar-se do convívio familiar e a criar novas relações afetivas. A emoção

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE TRANSPLANTE Com Joanne Schum Recipiente de Transplante Bi-Lateral de Pulmões

PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE TRANSPLANTE Com Joanne Schum Recipiente de Transplante Bi-Lateral de Pulmões PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE TRANSPLANTE Com Joanne Schum Recipiente de Transplante Bi-Lateral de Pulmões Sou um candidato a transplante e fui avisado de que preciso de programas de treinamento físico pré-

Leia mais

VOCÊ DÁ O SEU MELHOR TODOS OS DIAS. CONTINUE FAZENDO ISSO.

VOCÊ DÁ O SEU MELHOR TODOS OS DIAS. CONTINUE FAZENDO ISSO. VOCÊ DÁ O SEU MELHOR TODOS OS DIAS. CONTINUE FAZENDO ISSO. Qualquer hora é hora de falar sobre doação de órgãos. Pode ser à mesa do jantar, no caminho para o trabalho ou até mesmo ao receber este folheto.

Leia mais

Graças ao Coaching. eu descobri o que havia de melhor em mim. Bhia Beatriz

Graças ao Coaching. eu descobri o que havia de melhor em mim. Bhia Beatriz Graças ao Coaching eu descobri o que havia de melhor em mim Bhia Beatriz 1 2 Graças ao Coaching eu descobri o que havia de melhor em mim Ilustração da Capa Nádia Krummenauer Artista Plástica Arte Final

Leia mais

Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo

Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo Autora: Tell Aragão Personagens: Carol (faz só uma participação rápida no começo e no final da peça) Mãe - (só uma voz ela não aparece) Gigi personagem

Leia mais

PROJETOS APROVADOS PELO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA (CEP-IMIP) EM REUNIÃO ORDINÁRIA DE 28.01.15. CAAE Título do Projeto Pesquisador Responsável

PROJETOS APROVADOS PELO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA (CEP-IMIP) EM REUNIÃO ORDINÁRIA DE 28.01.15. CAAE Título do Projeto Pesquisador Responsável PROJETOS APROVADOS PELO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA (CEP-IMIP) EM REUNIÃO ORDINÁRIA DE 28.01.15 CAAE Título do Projeto Pesquisador Responsável 38889314.1.0000.5201 Estudo comparativo das representações

Leia mais

O tema desta edição do EVP em Notícias é: Conexões

O tema desta edição do EVP em Notícias é: Conexões O tema desta edição do EVP em Notícias é: Conexões Nosso entrevistado é o Prof. Dr. Rogério da Costa, da PUC-SP. A partir de um consistente referencial teórico-filosófico, mas em uma linguagem simples,

Leia mais

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão Jorge Esteves Objectivos 1. Reconhecer que Jesus se identifica com os irmãos, sobretudo com os mais necessitados (interpretação e embora menos no

Leia mais

Depressão e Qualidade de Vida. Dra. Luciene Alves Moreira Marques Doutorado em Psicobiologia pela UNIFESP

Depressão e Qualidade de Vida. Dra. Luciene Alves Moreira Marques Doutorado em Psicobiologia pela UNIFESP Depressão e Qualidade de Vida Dra. Luciene Alves Moreira Marques Doutorado em Psicobiologia pela UNIFESP 1 Percepções de 68 pacientes entrevistadas. 1. Sentimentos em relação à doença Sinto solidão, abandono,

Leia mais

INCOR COMEMORA 1OOº TRANSPLANTE CARDÍACO PEDIÁTRICO

INCOR COMEMORA 1OOº TRANSPLANTE CARDÍACO PEDIÁTRICO Sugestão de nota de agenda INCOR Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da FMUSP 16 de maio de 2011 INCOR COMEMORA 1OOº TRANSPLANTE CARDÍACO PEDIÁTRICO No sábado, 7 de maio, o coração dos profissionais

Leia mais

GOVERNO DA BAHIA SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DA BAHIA Centro Estadual de Oncologia. Salvador, 14 de março de 2013

GOVERNO DA BAHIA SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DA BAHIA Centro Estadual de Oncologia. Salvador, 14 de março de 2013 GOVERNO DA BAHIA SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DA BAHIA Centro Estadual de Oncologia Salvador, 14 de março de 2013 ROTEIRO O CICAN Breve Histórico Missão Perfil Ambulatórios Quimioterapia Centro Cirúrgico

Leia mais

Veículo: Site Catho Data: 18/09/2009

Veículo: Site Catho Data: 18/09/2009 Veículo: Site Catho Data: 18/09/2009 Seção: Estilo&Gestão RH Pág.: www.catho.com.br Assunto: Entrevista Marly Vidal Marly Macedo ajuda a Sabin a ser uma das melhores empresas para trabalhar Tatiana Aude

Leia mais

PROGRAMAÇÃO GERAL XX CONGRESSO BAIANO DE GINECOLOGIA E OBSTETRICIA 23 A 25 DE OUTUBRO DE 2014/ PESTANA BAHIA HOTEL

PROGRAMAÇÃO GERAL XX CONGRESSO BAIANO DE GINECOLOGIA E OBSTETRICIA 23 A 25 DE OUTUBRO DE 2014/ PESTANA BAHIA HOTEL PROGRAMAÇÃO GERAL XX CONGRESSO BAIANO DE GINECOLOGIA E OBSTETRICIA 23 A 25 DE OUTUBRO DE 2014/ PESTANA BAHIA HOTEL DIA 23 DE OUTUBRO DE 2014 SALA DE GINECOLOGIA SALA DE OBSTETRICIA SALA ATIVIDADES EXTRAS

Leia mais

Meta 5 Melhorar a saúde das gestantes.

Meta 5 Melhorar a saúde das gestantes. CARTA DENÚNCIA SOBRE O FUNCIONAMENTO DA RESIDÊNCIA DE ENFERMAGEM OBSTÉTRICA DO HOSPITAL REGIONAL DA ASA NORTE DISTRITO FEDERAL Brasília, 24 de setembro 2013 Ao Conselho de Saúde do Distrito Federal A/C

Leia mais

F. Saúde da Mulher (mulheres de 18 anos e mais de idade) Horário de Início :

F. Saúde da Mulher (mulheres de 18 anos e mais de idade) Horário de Início : F. Saúde da Mulher (mulheres de 18 anos e mais de idade) Horário de Início : Neste módulo, vamos fazer perguntas sobre a sua saúde, exames preventivos, reprodução e planejamento familiar. [Entrevistador:

Leia mais

coleção Conversas #26 Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #26 Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. Saí da prisão volto coleção Conversas #26 - setembro 2015 - e estou ou não desempregado, para o crime? Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS, da

Leia mais

Fonte: Jornal Carreira & Sucesso - 151ª Edição

Fonte: Jornal Carreira & Sucesso - 151ª Edição IDENTIFICANDO A DEPRESSÃO Querida Internauta, Lendo o que você nos escreveu, mesmo não sendo uma profissional da área de saúde, é possível identificar alguns sintomas de uma doença silenciosa - a Depressão.

Leia mais

Nível Médio Prova 1: Compreensão leitora e língua em uso

Nível Médio Prova 1: Compreensão leitora e língua em uso TEXTO 1 Leia o texto abaixo e nas alternativas de múltipla escolha, assinale a opção correta. INTERCÂMBIO BOA VIAGEM 1 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 Cursos de intercâmbio são uma

Leia mais

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes All You Zombies Wendel Coelho Mendes Versão Portuguesa, Brasil Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959 Esse conto é minha versão sobre a verdadeira história de All You Zombies,

Leia mais

Historinhas para ler durante a audiência dos pais. Pio Giovani Dresch

Historinhas para ler durante a audiência dos pais. Pio Giovani Dresch Historinhas para ler durante a audiência dos pais Pio Giovani Dresch Historinhas para ler durante a audiência dos pais Pio Giovani Dresch Ilustrações: Santiago Arte: www.espartadesign.com.br Contatos

Leia mais

5 ADOLESCÊNCIA. 5.1. Passagem da Infância Para a Adolescência

5 ADOLESCÊNCIA. 5.1. Passagem da Infância Para a Adolescência 43 5 ADOLESCÊNCIA O termo adolescência, tão utilizado pelas classes médias e altas, não costumam fazer parte do vocabulário das mulheres entrevistadas. Seu emprego ocorre mais entre aquelas que por trabalhar

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 PLANO DE CURSO

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 PLANO DE CURSO CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 Componente Curricular: ENFERMAGEM EM ATENÇÃO À SAÚDE DA MULHER E DO HOMEM I Código: ENF - 209 Pré-requisito:

Leia mais

DESCRIÇÃO DO PERFIL DOS HOSPITAIS SOB GESTÃO INDIRETA

DESCRIÇÃO DO PERFIL DOS HOSPITAIS SOB GESTÃO INDIRETA DESCRIÇÃO DO PERFIL DOS HOSPITAIS SOB GESTÃO INDIRETA SOB GESTÃO TERCEIRIZADA 1. Hospital Regional Castro Alves Castro Alves-4ª DIRES (S.A. de Jesus) O HRCA está programado para compor a rede assistencial

Leia mais

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 1 a Edição Editora Sumário Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9 Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15 Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 Santos, Hugo Moreira, 1976-7 Motivos para fazer

Leia mais

MARIANA: Fátima? Você tem certeza que seu pai vai gostar? Ele é meio careta, apesar de que é uma linda homenagem.

MARIANA: Fátima? Você tem certeza que seu pai vai gostar? Ele é meio careta, apesar de que é uma linda homenagem. Pais e filhos 1º cena: música ambiente (início da música pais e filhos legião urbana - duas pessoas entram com um mural e começam a confeccionar com frases para o aniversário do pai de uma delas (Fátima),

Leia mais

Adolescentes e jovens preparados para tomar suas próprias decisões reprodutivas

Adolescentes e jovens preparados para tomar suas próprias decisões reprodutivas Adolescentes e jovens preparados para tomar suas próprias decisões reprodutivas Andrea da Silveira Rossi Brasília, 15 a 18 out 2013 Relato de adolescentes e jovens vivendo com HIV Todo adolescente pensa

Leia mais

Como é ser aprovado no vestibular de uma Universidade Pública, em que sabemos da alta concorrência entre os candidatos que disputam uma vaga?

Como é ser aprovado no vestibular de uma Universidade Pública, em que sabemos da alta concorrência entre os candidatos que disputam uma vaga? Abdias Aires 2º Ano EM Arthur Marques 2º Ano EM Luiz Gabriel 3º Ano EM Como é ser aprovado no vestibular de uma Universidade Pública, em que sabemos da alta concorrência entre os candidatos que disputam

Leia mais