Objetivo: Estudar os mecanismos fisiológicos responsáveis pelas trocas gasosas e pelo controle do transporte de gases Roteiro:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Objetivo: Estudar os mecanismos fisiológicos responsáveis pelas trocas gasosas e pelo controle do transporte de gases Roteiro:"

Transcrição

1

2 TROCAS GASOSAS E CONTROLE DO TRANSPORTE DE GASES Objetivo: Estudar os mecanismos fisiológicos responsáveis pelas trocas gasosas e pelo controle do transporte de gases Roteiro: 1. Trocas gasosas 1.1. Locais aonde ocorrem e importância 1.2. Mecanismo responsável Difusão 1.3. Fatores que afetam a velocidade de difusão dos gases através da membrana respiratória 1.4. Patologias pulmonares que afetam as trocas gasosas 2. Controle do transporte de gases 2.1. Mecanismos de transporte de O 2 e CO Fatores que afetam o transporte de O 2 Quantidade de Hb e hemácia ph e CO 2 Efeito Bohr temperatura e 2,3, DPG 2.3. Fator que afeta o transporte de CO 2 pelo O 2 Efeito Haldane

3 TROCAS GASOSAS LOCAIS AONDE OCORREM E IMPORTÂNCIA Vias aéreas Alvéolo pulmonar Circulação pulmonar Circulação sistêmica Troca I Atmosfera para os pulmões Troca II Pulmões para o sangue Transporte de gases no sangue Células Respiração celular Nutrientes Troca III Sangue para As células

4 TROCAS GASOSAS Composição do Ar Alveolar - Atmosférico Ar atmosférico (mmhg) Ar alveolar (mmhg) N 2 597,0 (78,62%) 569,0 (74,9%) O 2 159,0 (20,84%) 104,0 (13,6%) CO 2 0,3 (0,04%) 40,0 (5,3%) H 2 O 3,7 (0,50%) 47,0 (6,2%) TOTAL 760,0 (100%) 760,0 (100%)

5 TROCAS GASOSAS Porque o ar alveolar não contém a mesma concentração gasosa do ar atmosférico?? 1 - Ele é parcialmente e lentamente substituído pelo ar atmosférico 2 - O O 2 é constantemente absorvido do ar alveolar 3 - O CO 2 sofre constante difusão do sangue pulmonar para os alvéolos 4 - O ar atmosférico é umedificado nas vias respiratórias

6 TROCAS GASOSAS Difusão É a movimentação aleatória da molécula pela sua própria energia cinética.

7 TROCAS GASOSAS Membrana Respiratória

8 TROCAS GASOSAS FATORES QUE AFETAM A VELOCIDADE DE DIFUSÃO DOS GASES ATRAVÉS DA MEMBRANA RESPIRATÓRIA 1. Espessura da membrana respiratória ex. edema 2. Área de superfície da membrana respiratória ex. enfisema, remoção de um pulmão 3. Coeficiente de difusão do gás na membrana respiratória ex. CO 2 = 0,57, O 2 = 0, Diferença de pressão entre os lados da membrana respiratória ex. PO 2 = número de moléculas que colide com a membrana respiratória PCO 2 = número de moléculas que tentam escapar do capilar alveloar

9 TROCAS GASOSAS Patologias pulmonares que afetam as trocas gasosas

10 Transporte de O 2 e CO 2 no sangue e 2 líquidos corporais

11 Trajeto do O 2 O 2 1) ALVÉOLOS 2) SANGUE 3) TECIDOS 100 = P A O Alvéolo O2 caminha da área de maior po 2 (maior afinidade O 2 -Hb) até a de menor (menor afinidade O 2 -Hb). 40 mmhg Tecidos 23 mmhg

12 Trajeto do CO 2 CO 2 1) TECIDOS 2) SANGUE 3) ALVÉOLOS P A CO 2 = mmhg mmhg CO 2 tem a vantagem de ser mais solúvel que o O 2. Tecidos

13 Transporte de O 2 no Sangue O 2 97 % - OXIEMOGLOBINA (ligação reversível) 3 % - dissolvido no plasma 1) PO 2 (capilares pulmonares) = Hb-O = P AO 2 2) PO 2 (capilares teciduais) = Hb O ) 40 mmhg 23 mmhg 2)

14 O 2 97 % - OXIEMOGLOBINA (ligação reversível) 3 % - dissolvido no plasma Como o Oxigênio é menos solúvel que o CO 2, apenas uma pequena porcentagem fica dissolvida no plasma, o que não supriria nossas necessidades metabólicas. Daí a importância da Hemoglobina.

15 Controle do transporte de O 2 Oxiemoglobina Hb saturada de O 2 Desoxiemoglobina Hb sem 1 ou mais moléculas de O 2 Carboxiemoglobina HbCO A afinidade da Hb pelo CO é 200x > que pelo O 2 Deficiência de Hb e /ou hemácia Reduz o transporte de O 2

16 Controle do transporte de O 2 Curva de Saturação da Hemoglobina % de saturaç ção da Hb PO 2 (mmhg) Sangue venoso (PO 2 = 40 mmhg) 75 % - 14,4 ml O 2 /100ml Sangue capilar pulmonar (PO 2 = 100 mmhg) 100 ml sg 15 g Hb X 1,34 ml O % - 20 ml O 2 /100 ml 97 % - 19,4 ml O 2 /100ml 5 ml de O 2 são transportados para os tecidos em cada 100 ml de sangue

17 Controle do transporte de O 2 Em exercícios o transporte de O 2 pode aumentar até 20 vezes.

18 Controle do transporte de O 2 Fatores que alteram a curva de saturação da hemoglobina PCO 2, ph, temperatura, 2,3 DPG Alteram a afinidade Hb O 2 > afinidade Hb O 2 > transporte de O 2 < afinidade Hb O 2 < transporte de O 2

19 Controle do transporte de O 2 Efeito Bohr Desvios na curva de saturação da hemoglobina decorrentes de variações de ph Aumento de [H+] (diminuição do ph) faz a curva desviar para direita (menor afinidade O2-Hb), O2 é liberado mais facilmente Desvio p/ direita Desvio p/ esquerda

20 Controle do transporte de O 2 Desvios na curva de saturação da hemoglobina decorrentes de variações de PCO 2 e 2,3 DPG (difosfoglicerato-produto da glicólise) O aumento dessas substâncias desvia a curva para a direita (menor afinidade O2-Hb) liberando mais O2. A diminuição desvia para a esquerda ( maior afinidade O2-Hb)

21 Controle do transporte de O 2 Desvios na curva de saturação da hemoglobina decorrentes de variações de temperatura O aumento da temperatura desloca a curva para direita (diminui afinidade da Hb pelo O 2 ) liberando mais O 2.

22 Transporte de CO 2 no Sangue Em condições de repouso são transportados 4 ml CO 2 /100ml 7 % (5) - dissolvido 70 % (90) - HCO % (5) - CO 2 - Hb TECIDO CAPILAR SISTÊMICO CAPILAR PULMONAR

23 Controle do transporte de CO 2 Inibidores da anidrase carbônica (acetalozamida) Reduzem drasticamente o transporte de CO 2 dos tecidos

24 Controle do transporte de CO 2 Efeito Haldane: Aumento do deslocamento do CO 2 do sangue causado pela ligação do O 2 na Hb No capilar pulmonar : ( O 2 ) < afinidade do CO 2 pela Hb

25 Estudamos os mecanismos fisiológicos responsáveis pelo processo de troca e transporte de gases

26 Controle do Transporte de O 2 Transporte de O 2

27 Controle do Transporte de CO 2 Transporte de CO 2 CO 2 na forma de HCO - 3 CO 2 ligado a Hb Atividade da Anidrase carbônica O 2

FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO

FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO 1 Ventilação e metabolismo energético Equivalente ventilatório de oxigênio: Relação entre volume de ar ventilado (VaV) e a quantidade de oxigênio consumida pelos tecidos (VO2) indica

Leia mais

Sistema Respiratório. Superior. Língua. Inferior

Sistema Respiratório. Superior. Língua. Inferior Sistema Respiratório Língua Superior Inferior Funções 1. Troca de gases entre a atmosfera e o sangue. 2. Regulação homeostática do ph corporal 3. Proteção contra substâncias irritantes e patógenos 4. Vocalização

Leia mais

Ciclo Respiratório Normal. Como Respiramos? Prova de Função Pulmonar. Que diz a espirometria? Espirômetro. Sensível ao volume.

Ciclo Respiratório Normal. Como Respiramos? Prova de Função Pulmonar. Que diz a espirometria? Espirômetro. Sensível ao volume. Ciclo Respiratório Normal Como Respiramos? Prova de Função Pulmonar Que diz a espirometria? Espirômetro Sensível ao volume Sensível ao fluxo 1 FEV1 / FVC % Visão Geral da Hematose O índice espirométrico

Leia mais

TROCAS GASOSAS TRANSPORTE DE O 2 E CO 2 FUNÇOES DA HEMOGLOBINA QUÍMICA DA RESPIRAÇÃO. Profa. Dra. Celene Fernandes Bernardes

TROCAS GASOSAS TRANSPORTE DE O 2 E CO 2 FUNÇOES DA HEMOGLOBINA QUÍMICA DA RESPIRAÇÃO. Profa. Dra. Celene Fernandes Bernardes TROCAS GASOSAS TRANSPORTE DE O 2 E CO 2 FUNÇOES DA HEMOGLOBINA QUÍMICA DA RESPIRAÇÃO Profa. Dra. Celene Fernandes Bernardes Plasma sanguíneo ph normal Acidose Alcalose Líquido extracelular Sangue arterial

Leia mais

água 47 mmhg Hg) 37 o C Temperatura ( o C)

água 47 mmhg Hg) 37 o C Temperatura ( o C) Difusão e Transporte dos Gases Propriedade dos Gases Lei dos gases A pressão dos gases é determinada pelo impacto constante das moléculas em movimento contra uma superfície. Os gases dissolvidos na água

Leia mais

Os gases respiratórios não exercem pressão parcial quando estão combinados com os pigmentos respiratórios, nem quando estão quimicamente modificados.

Os gases respiratórios não exercem pressão parcial quando estão combinados com os pigmentos respiratórios, nem quando estão quimicamente modificados. A circulação de um fluido (sangue ou hemolinfa) acelera a distribuição dos gases respiratórios (movimento por fluxo). Entretanto, os gases, especialmente oxigênio, são pouco solúveis em soluções aquosas.

Leia mais

Os gases respiratórios não exercem pressão parcial quando estão combinados com os pigmentos respiratórios, nem quando estão quimicamente modificados.

Os gases respiratórios não exercem pressão parcial quando estão combinados com os pigmentos respiratórios, nem quando estão quimicamente modificados. A circulação de um fluido (sangue ou hemolinfa) acelera a distribuição dos gases respiratórios (movimento por fluxo). Entretanto, os gases, especialmente oxigênio, são pouco solúveis em soluções aquosas.

Leia mais

Sistema Respiratório. rio. Componentes

Sistema Respiratório. rio. Componentes Slide 1 Sistema Respiratório rio Faringe Slide 2 Componentes Nariz (fossas nasais) - duas cavidades paralelas que começam nas narinas e terminam na faringe - funções: filtrar, umedecer e aquecer o ar,

Leia mais

FISIOLOGIA HUMANA UNIDADE V: SISTEMA RESPIRATÓRIO

FISIOLOGIA HUMANA UNIDADE V: SISTEMA RESPIRATÓRIO FISIOLOGIA HUMANA UNIDADE V: SISTEMA RESPIRATÓRIO Funções Troca de gases com o ar atmosférico; Manutenção da concentração de oxigênio; Eliminação da concentração de dióxido de carbônico; Regulação da ventilação.

Leia mais

Anatomia e fisiologia respiratória. Ms. Roberpaulo Anacleto

Anatomia e fisiologia respiratória. Ms. Roberpaulo Anacleto Anatomia e fisiologia respiratória Ms. Roberpaulo Anacleto Fisiologia Respiratória FISIOLOGIA RESPIRATÓRIA Metabolismo e Objetivo Anatomia funcional do sistema respiratório Vias aéreas Ventilação pulmonar

Leia mais

SISTEMA RESPIRATÓRIO PROF. JAIR

SISTEMA RESPIRATÓRIO PROF. JAIR SISTEMA RESPIRATÓRIO PROF. JAIR Fisiologia do Sistema Respiratório A respiração pode ser interpretada como um processo de trocas gasosas entre o organismo e o meio, ou como um conjunto de reações químicas

Leia mais

1. Respiração Orgânica x Respiração Celular

1. Respiração Orgânica x Respiração Celular Respiração 1. Respiração Orgânica x Respiração Celular 2. Respiração Direta x Respiração Indireta O 2 CO 2 O 2 CO 2 superfície respiratória tecidos Problema Limita o tamanho Ex: poríferos, cnidários, platelmintos,

Leia mais

TROCA E TRANSPORTE DE GASES

TROCA E TRANSPORTE DE GASES TROCA E TRANSPORTE DE GASES Difusão dos gases através da membrana respiratória Unidade Respiratória Cada alvéolo: 0,2 mm Parede Unidade respiratória: delgada Capilares Membrana Respiratória ou Membrana

Leia mais

Trocas gasosas nos animais

Trocas gasosas nos animais Trocas gasosas nos animais Todos os seres aeróbios necessitam de um fluxo constante de oxigénio para as células e de uma remoção eficiente de dióxido de carbono formado durante a respiração. Os seres vivos

Leia mais

Exercícios de Aprofundamento Biologia Trocas Gasosas

Exercícios de Aprofundamento Biologia Trocas Gasosas 1. (Unesp 2014) Os gráficos representam a concentração de três gases no sangue assim que passam pelos alvéolos pulmonares. É correto afirmar que os gráficos que representam as concentrações dos gases O

Leia mais

24/08/2017. Sistemas Humanos. Prof. Leonardo F. Stahnke. Respiração. Tipos de

24/08/2017. Sistemas Humanos. Prof. Leonardo F. Stahnke. Respiração. Tipos de Tipos de Respiração 24/08/2017 Sistemas Humanos Prof. Leonardo F. Stahnke 1 Compreende processos microscópicos (Respiração Celular) e macroscópicos (Respiração Pulmonar), de função complementar. Os processos

Leia mais

A respiração pode ser interpretada como: - processo de trocas gasosas entre o organismo e o meio.

A respiração pode ser interpretada como: - processo de trocas gasosas entre o organismo e o meio. INTRODUÇÃO A respiração pode ser interpretada como: - processo de trocas gasosas entre o organismo e o meio. - conjunto de reações químicas do metabolismo energético (respiração celular). RESPIRAÇÃO CELULAR

Leia mais

FISIOLOGIA RESPIRATÓRIA

FISIOLOGIA RESPIRATÓRIA FISIOLOGIA RESPIRATÓRIA SISTEMA RESPIRATÓRIO PARTE 1 SISTEMA RESPIRATÓRIO: ESTRUTURA E FUNÇÃO Anatomia do Sistema Respiratório Pressão Pleural e Alveolar Compliância dos Pulmões: FE, TS e Surfa Volumes

Leia mais

Sangue!!! TRANSPORTE DE GASES NOS FLUÍDOS CORPORAIS. O que é sangue? Qual(is) a(s) sua(s) função(ões)? 03/04/2017 PERGUNTAS INICIAIS FUNÇÕES DO SANGUE

Sangue!!! TRANSPORTE DE GASES NOS FLUÍDOS CORPORAIS. O que é sangue? Qual(is) a(s) sua(s) função(ões)? 03/04/2017 PERGUNTAS INICIAIS FUNÇÕES DO SANGUE TRANSPORTE DE GASES NOS FLUÍDOS CORPORAIS Sangue!!! PERGUNTAS INICIAIS O que é sangue? Qual(is) a(s) sua(s) função(ões)? FUNÇÕES DO SANGUE Transporte: Nutrientes Metabólitos Gases Hormônios Calor (regulação

Leia mais

SISTEMA TAMPÃO NOS ORGANISMOS ANIMAIS

SISTEMA TAMPÃO NOS ORGANISMOS ANIMAIS SISTEMA TAMPÃO NOS ORGANISMOS ANIMAIS Regulação do Equilíbrio Ácido-Básico ph = Potencial Hidrogeniônico Concentração de H + Quanto mais ácida uma solução maior sua concentração de H + e menor o seu ph

Leia mais

Pigmentos respiratórios: capacidade de se ligar reversivelmente ao oxigênio, aumentando muito a capacidade carreadora do sangue

Pigmentos respiratórios: capacidade de se ligar reversivelmente ao oxigênio, aumentando muito a capacidade carreadora do sangue PIGMENTOS RESPIRATÓRIOS RESPIRAÇÃO AULA 5 Pigmentos respiratórios: capacidade de se ligar reversivelmente ao oxigênio, aumentando muito a capacidade carreadora do sangue Ex: hemoglobina Mamíferos apresentam

Leia mais

BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 05 RESPIRAÇÃO HUMANA

BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 05 RESPIRAÇÃO HUMANA BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 05 RESPIRAÇÃO HUMANA Tecidos O Dissolvido Carboproteína 2 CO 2 Hb HbO HbCO CO + H 2O HHb 2 H 2 + Anidase Carbônica - HCO H CO 2 3 3 O 2 Hb O 2 Alvéolos HHb HbO 2 CO 2 CO 2

Leia mais

A circulação de um fluido (sangue ou hemolinfa) acelera a distribuição dos gases respiratórios.

A circulação de um fluido (sangue ou hemolinfa) acelera a distribuição dos gases respiratórios. A circulação de um fluido (sangue ou hemolinfa) acelera a distribuição dos gases respiratórios. Entretanto, os gases, especialmente oxigênio, são pouco solúveis em soluções aquosas. As proteínas respiratórias

Leia mais

Difusão e transporte de gases, Relação ventilação/perfusão pulmonar e Fisiologia da altitude e mergulho

Difusão e transporte de gases, Relação ventilação/perfusão pulmonar e Fisiologia da altitude e mergulho Difusão e transporte de gases, Relação ventilação/perfusão pulmonar e Fisiologia da altitude e mergulho Transporte de gases A hemoglobina funciona com um tampão de oxigênio dentro das hemácias. Quando

Leia mais

Ventilação Pulmonar. Vol. Ar Corrente (L) Pressão intrapleural (cm H 2 O) Fluxo de Ar (L/s) pleura parietal. pleura visceral.

Ventilação Pulmonar. Vol. Ar Corrente (L) Pressão intrapleural (cm H 2 O) Fluxo de Ar (L/s) pleura parietal. pleura visceral. Difusão de O 2 e nos alvéolos e transporte de gases no sangue: dos pulmões aos tecidos e dos tecidos aos pulmões Efeitos do exercício Lisete Compagno Michelini Ventilação Pulmonar Pressão intrapleural

Leia mais

Atividade Física, sistema respiratório e saúde

Atividade Física, sistema respiratório e saúde Atividade Física, sistema respiratório e saúde Prof. Dr. Ismael Forte Freitas Júnior ismael@fct.unesp.br Sistema Respiratório Formado por órgãos e tecidos que levam O 2 para a célula e removem CO 2 para

Leia mais

SO9 TOXICIDADE DO MONÓXIDO DE CARBONO

SO9 TOXICIDADE DO MONÓXIDO DE CARBONO 9 de Novembro de 2011 Turma 2 Grupo 6 SO9 TOXICIDADE DO MONÓXIDO DE CARBONO Beatriz Teixeira Pinto Daniel Melo Pinto Verena Almeida Pires Dina Rodriguez Pita Ana Cristina Vitorino Diana Murteira Maria

Leia mais

Prof Me Alexandre Rocha

Prof Me Alexandre Rocha Prof Me Alexandre Rocha alexandre.personal@hotmail.com www.professoralexandrerocha.com.br login: profrocha e senha: profrocha www.avaliacaoja.com.br www.professoralexandrerocha.com.br 1 Função O propósito

Leia mais

05)Quanto ao ciclo de Krebs é INCORRETO afirmar que:

05)Quanto ao ciclo de Krebs é INCORRETO afirmar que: FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO Questões de Avaliação Parte I 01)Compare a energia produzida pela degradação da glicose pela via aeróbica e pela via anaeróbica terminando com o lactato, destacando quais as vantagens

Leia mais

Fisiologia do Trato Respiratório

Fisiologia do Trato Respiratório Universidade Federal de Ouro Preto Instituto de Ciências Exatas e Biológicas ICEB Departamento de Ciências Biológicas DECBI Fisiologia II (CBI-198) Fisiologia do Trato Respiratório Profª: Franciny Paiva

Leia mais

Tarefas 09, 10, 11 e 12 Professor Fabrício LISTA 01

Tarefas 09, 10, 11 e 12 Professor Fabrício LISTA 01 Tarefas 09, 10, 11 e 12 Professor Fabrício LISTA 01 01. No processo de respiração humana, o ar inspirado chega aos alvéolos pulmonares. O oxigênio presente no ar difunde-se para os capilares sanguíneos,

Leia mais

Equilíbrio ácido-básico. Monitor: Tarcísio Alves Teixeira Professor: Guilherme Soares Fisiologia Veterinária / MFL / IB / UFF

Equilíbrio ácido-básico. Monitor: Tarcísio Alves Teixeira Professor: Guilherme Soares Fisiologia Veterinária / MFL / IB / UFF Equilíbrio ácido-básico Monitor: Tarcísio Alves Teixeira Professor: Guilherme Soares Fisiologia Veterinária / MFL / IB / UFF O que são Ácidos e Bases Ácido: substância que, em solução, é capaz de doar

Leia mais

Perfusion Line Assistência Cardiopulmonar Extracorpórea Prolongada ECMO/ECLS FISIOLOGIA DA ECMO.

Perfusion Line Assistência Cardiopulmonar Extracorpórea Prolongada ECMO/ECLS FISIOLOGIA DA ECMO. AULA 13 FISIOLOGIA DA ECMO. A aplicação dos métodos de suporte mecânico das funções dos pulmões e do coração, genericamente conhecidos como ECMO e ECLS, aumentou consideravelmente nos últimos anos, em

Leia mais

Funções: Constituição: Distribuição nutrientes e oxigénio; Eliminação dióxido de carbono; Transporte hormonas; Manutenção temperatura corporal e ph;

Funções: Constituição: Distribuição nutrientes e oxigénio; Eliminação dióxido de carbono; Transporte hormonas; Manutenção temperatura corporal e ph; Funções: Distribuição nutrientes e oxigénio; Eliminação dióxido de carbono; Transporte hormonas; Manutenção temperatura corporal e ph; Prevenção desidratação e infeções; Constituição: Coração + vasos sanguíneos

Leia mais

TRANSPORTE DE GASES NO SANGUE. Departamento de Bioquímica e Biologia Molecular Setor de Ciências Biológicas

TRANSPORTE DE GASES NO SANGUE. Departamento de Bioquímica e Biologia Molecular Setor de Ciências Biológicas TRANSPORTE DE GASES NO SANGUE Departamento de Bioquímica e Biologia Molecular Setor de Ciências Biológicas ANATOMIA DO SISTEMA RESPIRATÓRIO ESTRUTURA DAS VIAS AÉREAS ESQUERDO WEST 2002 VASOS ALVEOLARES

Leia mais

Objetivo: Estudar os mecanismos fisiológicos responsáveis pelo controle da ventilação pulmonar

Objetivo: Estudar os mecanismos fisiológicos responsáveis pelo controle da ventilação pulmonar Cláudia Herrera Tambeli CONTROLE DA VENTILAÇÃO E TRANSPORTE DE GASES Objetivo: Estudar os mecanismos fisiológicos responsáveis pelo controle da ventilação pulmonar Roteiro: 1. Controle da ventilação 1.1.

Leia mais

Conceitos. Conceitos. Catabolismo. Anabolismo. Metabolismo: Anabolismo + Catabolismo

Conceitos. Conceitos. Catabolismo. Anabolismo. Metabolismo: Anabolismo + Catabolismo Conceitos Metabolismo: Anabolismo + Catabolismo Alunas: Bruna, Deise, Luciane, Viviane, Daniela, Cíntia e Graziela rof. ablo Fabrício Flôres Dias Anabolismo É a ação a de incorporar nutrientes para processar

Leia mais

PROTEÍNAS GLOBULARES E

PROTEÍNAS GLOBULARES E Universidade Federal do Rio de Janeiro Centro de Ciências da Saúde Instituto de Bioquímica Médica Curso: Enfermagem e Obstetrícia PROTEÍNAS GLOBULARES E TRANSPORTE DE O 2 TRANSPORTE DE O 2 O 2 é pouco

Leia mais

Anatomia e Fisiologia Humana

Anatomia e Fisiologia Humana Componentes Vias Respiratórias A) Cavidades ou Fossas Nasais; B) Boca; C) Faringe; D) Laringe; E) Traqueia; F) Brônquios; G) Bronquíolos; H) Pulmões Cavidades ou Fossas Nasais; São duas cavidades paralelas

Leia mais

Conceito de ph ph = - Log [H + ] Aumento [H + ] => diminuição do ph => acidose Diminuição [H + ] => aumento do ph => alcalose Alterações são dependent

Conceito de ph ph = - Log [H + ] Aumento [H + ] => diminuição do ph => acidose Diminuição [H + ] => aumento do ph => alcalose Alterações são dependent Equilíbrio ácido-básico A concentração de H no FEC é mantida dentro de um limite extremamente estreito: 40 nmol/l = 1.000.000 menor que a Concentração dos outros íons!! [H] tem profundo efeito nos eventos

Leia mais

Q U E S T Ã O 4 6. É INCORRETO afirmar:

Q U E S T Ã O 4 6. É INCORRETO afirmar: 27 Q U E S T Ã O 4 6 Uma encruzilhada metabólica celular interessante, que leva à liberação de energia química para diversos metabolismos celulares, está representada abaixo. Aminoácidos Monossacarídeos

Leia mais

Trocas Gasosas em Seres Unicelulares

Trocas Gasosas em Seres Unicelulares Trocas Gasosas em Seres Unicelulares Respiração celular Nos seres unicelulares as trocas ocorrem diretamente com o meio. Trocas Gasosas em Seres Multicelulares Trocas gasosas nas plantas Trocas gasosas

Leia mais

Faculdade de Ciências da Saúde de Barretos Dr. Paulo Prata

Faculdade de Ciências da Saúde de Barretos Dr. Paulo Prata 1- Na porção respiratória, até qual região é encontrado músculo liso? té os alvéolos b. Até os bronquíolos respiratórios c. Até os bronquíolos terminais d. Até os ductos alveolares 2- Qual é o tipo de

Leia mais

SISTEMA CARDIOVASCULAR. Prof. Jair

SISTEMA CARDIOVASCULAR. Prof. Jair SISTEMA CARDIOVASCULAR Prof. Jair FUNÇÕES Transporte de gases dos pulmões aos tecidos e dos tecidos aos pulmões Transporte dos nutrientes das vias digestivas aos tecidos Transporte de toxinas Distribuição

Leia mais

Sistema respiratório

Sistema respiratório Sistema respiratório Sistema respiratório: função e constituição A função do sistema respiratório é assegurar as trocas gasosas entre o ar e o sangue. VIAS RESPIRATÓRIAS Fossas nasais Faringe Laringe SISTEMA

Leia mais

O sangue e seus constituintes. Juliana Aquino. O sangue executa tantas funções que, sem ele, de nada valeria a complexa organização do corpo humano

O sangue e seus constituintes. Juliana Aquino. O sangue executa tantas funções que, sem ele, de nada valeria a complexa organização do corpo humano O sangue e seus constituintes Juliana Aquino O sangue executa tantas funções que, sem ele, de nada valeria a complexa organização do corpo humano O sangue e seus constituintes É através da circulação sanguínea

Leia mais

SISTEMA RESPIRATÓRIO SISTEMA RESPIRATÓRIO

SISTEMA RESPIRATÓRIO SISTEMA RESPIRATÓRIO SISTEMA RESPIRATÓRIO SISTEMA RESPIRATÓRIO O sistema respiratório humano é constituído por um par de pulmões e por vários órgãos que conduzem o ar para dentro e para fora das cavidades pulmonares. Esses

Leia mais

O sistema respiratório. 1- O sistema respiratório é constituído pelos pulmões e pelas vias respiratórias Faz a legenda do esquema:

O sistema respiratório. 1- O sistema respiratório é constituído pelos pulmões e pelas vias respiratórias Faz a legenda do esquema: O sistema respiratório FICHA DE TRABALHO 1- O sistema respiratório é constituído pelos pulmões e pelas vias respiratórias. 1.1- Faz a legenda do esquema: fossas nasais traqueia faringe laringe brônquio

Leia mais

Reposição Volêmica. Paulo do Nascimento Junior. Departamento de Anestesiologia da Faculdade de Medicina de Botucatu

Reposição Volêmica. Paulo do Nascimento Junior. Departamento de Anestesiologia da Faculdade de Medicina de Botucatu Paulo do Nascimento Junior Departamento de Anestesiologia da Faculdade de Medicina de Botucatu Tipo e Quantidade de Fluido condições clínicas do paciente tipo e duração da cirurgia objetivos da reposição

Leia mais

Exercícios de Equilíbrio Químico

Exercícios de Equilíbrio Químico Exercícios de Equilíbrio Químico 1. Para a produção de energia, os mamíferos oxidam compostos de carbono nos tecidos, produzindo dióxido de carbono gasoso, CO (g), como principal subproduto. O principal

Leia mais

Prof. Dr. Paulo Evora Ft. Luciana Garros Ferreira DISCIPLINA: PNEUMOLOGIA CLÍNICA E CIRÚRGICA

Prof. Dr. Paulo Evora Ft. Luciana Garros Ferreira DISCIPLINA: PNEUMOLOGIA CLÍNICA E CIRÚRGICA Prof. Dr. Paulo Evora Ft. Luciana Garros Ferreira DISCIPLINA: PNEUMOLOGIA CLÍNICA E CIRÚRGICA Zonas de Condução e Respiração Mecânica respiratória Contração muscular; Elasticidade e distensibilidade

Leia mais

Bio. Semana 17. Nelson Paes (Julio Junior)

Bio. Semana 17. Nelson Paes (Julio Junior) Semana 17 Nelson Paes (Julio Junior) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados. Respiração humana

Leia mais

ph do sangue arterial = 7.4

ph do sangue arterial = 7.4 Regulação do Equilíbrio Ácido Base ph do sangue arterial = 7.4 < 6.9 ou > 7.7 = MORTE 1 Importância do ph nos processos biológicos Protonação ou desprotonação de radicais proteicos Variação da carga total

Leia mais

Fisiologia: Digestão, Respiração e Circulação

Fisiologia: Digestão, Respiração e Circulação Fisiologia: Digestão, Respiração e Circulação Fisiologia: Digestão, Respiração e Circulação 1. Um laboratório analisou algumas reações ocorridas durante o processo de digestão do amido em seres humanos.

Leia mais

Sistema circulatório

Sistema circulatório Sistema circulatório O sangue Líquido vermelho e viscoso que circula no nosso organismo, sem parar, e que tem várias funções no organismo: Transporte de gases e nutrientes Regulação da temperatura Defesa

Leia mais

( ) Prova de Conhecimentos Específicos. 1 a QUESTÃO: (2,0 pontos) PROAC / COSEAC - Gabarito. P ρ. Biomedicina 1

( ) Prova de Conhecimentos Específicos. 1 a QUESTÃO: (2,0 pontos) PROAC / COSEAC - Gabarito. P ρ. Biomedicina 1 Prova de Conhecimentos Específicos 1 a QUESTÃO: (2,0 pontos) Uma transfusão de sangue é feita ligando-se, à veia do paciente, com um tubo, uma bolsa contendo plasma a uma altura h do paciente. A pressão

Leia mais

accad.osu.edu/~vberezin/ibp/progress.htm Interações - e - mantém tetrâmero Hemoglobina é formada por cadeias e A G B D

accad.osu.edu/~vberezin/ibp/progress.htm Interações - e - mantém tetrâmero Hemoglobina é formada por cadeias e A G B D accad.osu.edu/~vberezin/ibp/progress.htm Hemoglobina é formada por cadeias e Interações - e - mantém tetrâmero 2 2 A G H B E D F C 1 Mioglobina e Hemoglobina O grupo heme Heme é um grupo prostético. Proteína

Leia mais

DISCIPLINA DE HEMATOLOGIA HEMATÓCRITO

DISCIPLINA DE HEMATOLOGIA HEMATÓCRITO DISCIPLINA DE HEMATOLOGIA HEMATÓCRITO Profª.: Aline Félix HEMATÓCRITO Indica a porcentagem do volume de glóbulos vermelhos presente em uma certa quantidade de sangue. Faz parte de um exame chamado de Hemograma

Leia mais

Trocas Gasosas em Seres Multicelulares

Trocas Gasosas em Seres Multicelulares Trocas Gasosas em Seres Multicelulares -Trocas gasosas nas plantas -Trocas gasosas nos animais Prof. Ana Rita Rainho TROCAS GASOSAS NAS PLANTAS www.biogeolearning.com 1 Trocas gasosas nas plantas Nas plantas,

Leia mais

As funções de muitas proteínas envolvem a ligação reversível de outras moléculas - ligandos

As funções de muitas proteínas envolvem a ligação reversível de outras moléculas - ligandos Função de proteínas As funções de muitas proteínas envolvem a ligação reversível de outras moléculas - ligandos Um ligando liga-se ao local de ligação que lhe é complementar. A interacção é específica.

Leia mais

Sistema Circulatório. Sistema Circulatório Apresentação: Luciana Ramalho 2017

Sistema Circulatório. Sistema Circulatório Apresentação: Luciana Ramalho 2017 Sistema Circulatório Sistema Circulatório Apresentação: Luciana Ramalho 2017 Funções do sangue Transporte de gases respiratórios; Transporte de nutrientes; Remoção de produtos metabólicos (excretas); Distribuição

Leia mais

Sistema Respiratório. Simulação em Matlab

Sistema Respiratório. Simulação em Matlab Modelos dos Processos Fisiológicos no Home Sistema Respiratório Simulação em Matlab Licenciatura em Eng.ª Biomédica 2 Conteúdos Sistema Respiratório - Introdução Biofísica Pulmonar Simulação Computacional

Leia mais

Atividades de Sistema Respiratório

Atividades de Sistema Respiratório DISCIPLINA: Biologia II DATA: 27/09/2017 Atividades de Sistema Respiratório 01 - (Enem 2015) Hipóxia ou mal das alturas consiste na diminuição de oxigênio (O 2) no sangue arterial do organismo. Por essa

Leia mais

GASOMETRIA ph E GASES SANGUÍNEOS

GASOMETRIA ph E GASES SANGUÍNEOS GASOMETRIA ph E GASES SANGUÍNEOS CBHPM 4.03.0.01-6 AMB 8.01.096-5 CBHPM 4.14.01.16-6 Sinonímia: Gasometria de Siggaard-Andersen. Teste de exercício em ergômetro com realização de gasometria arterial. Gasometria

Leia mais

FUVEST Segunda Fase. Prova de Biologia

FUVEST Segunda Fase. Prova de Biologia FUVEST 2004 Segunda Fase Prova de Biologia 06/01/2004 Q.01 Uma enzima, extraída da secreção de um órgão abdominal de um cão, foi purificada, dissolvida em uma solução fisiológica com ph 8 e distribuída

Leia mais

Transporte de nutrientes e oxigénio até às células

Transporte de nutrientes e oxigénio até às células Transporte de nutrientes e oxigénio até às células Sistema Circulatório Apresentação feita por Prof. Mónica Moreira Conceito e função do sistema circulatório O sistema circulatório é responsável pela circulação

Leia mais

UM MODELO DO TRANSPORTE DE MONÓXIDO DE CARBONO NO SISTEMA RESPIRATÓRIO DO CORPO HUMANO

UM MODELO DO TRANSPORTE DE MONÓXIDO DE CARBONO NO SISTEMA RESPIRATÓRIO DO CORPO HUMANO CYRO ALBUQUERQUE NETO UM MODELO DO TRANSPORTE DE MONÓXIDO DE CARBONO NO SISTEMA RESPIRATÓRIO DO CORPO HUMANO Dissertação apresentada à Escola Politécnica da Universidade de São Paulo para obtenção do Título

Leia mais

Sistema Respiratório. Profª Talita Silva Pereira

Sistema Respiratório. Profª Talita Silva Pereira Sistema Respiratório Profª Talita Silva Pereira A respiração é fundamental para vida humana sendo responsável pela troca dos gases oxigênio(o2) e dióxido de carbono(co2) do organismo, com o meio ambiente.

Leia mais

Exercício Físico em altitudes. Prof a. Dr a. Bruna Oneda

Exercício Físico em altitudes. Prof a. Dr a. Bruna Oneda Exercício Físico em altitudes elevadas Prof a. Dr a. Bruna Oneda Altitude Elevada Menor disponibilidade de oxigênio; Alterações fisiológicas para garantir oxigênio em todos os tecidos Treinamento em altitude

Leia mais

Fisiologia do Sistema Cardiovascular. Profa. Deise Maria Furtado de Mendonça

Fisiologia do Sistema Cardiovascular. Profa. Deise Maria Furtado de Mendonça Fisiologia do Sistema Cardiovascular Profa. Deise Maria Furtado de Mendonça Introdução ao Sistema Cardiovascular Coração e sistema fechado de vasos. Sangue move-se continuamente por gradiente de pressão.

Leia mais

Fisiologia do Exercício

Fisiologia do Exercício Fisiologia do Exercício REAÇÕES QUÍMICAS Metabolismo inclui vias metabólicas que resultam na síntese de moléculas Metabolismo inclui vias metabólicas que resultam na degradação de moléculas Reações anabólicas

Leia mais

Aula 6: Sistema respiratório

Aula 6: Sistema respiratório Aula 6: Sistema respiratório Sistema respiratório Tem início no nariz e na boca e continua através das vias aéreas até os pulmões, onde ocorre a troca dos gases. Sistema respiratório - Funções Condução

Leia mais

Transporte através de membranas celulares. Tipos de transporte. Exemplos. Importância fisiológica

Transporte através de membranas celulares. Tipos de transporte. Exemplos. Importância fisiológica Transporte através de membranas celulares Tipos de transporte Exemplos Importância fisiológica Transporte através de membranas celulares (32 D) (44 D) Bicamada lipídica é permeável a gases e moléculas

Leia mais

Laringe : a laringe além de conduzir o ar que se dirige aos pulmões, é o local onde se localizam as cordas vocais fundamentais para a fala.

Laringe : a laringe além de conduzir o ar que se dirige aos pulmões, é o local onde se localizam as cordas vocais fundamentais para a fala. Colégio Ser! Biologia Profa. Deborah Del Grossi SISTEMA RESPIRATÓRIO REVISÃO 2º ano EM A respiração é fundamental para vida humana sendo responsável pela troca dos gases oxigênio (O2) e dióxido de carbono

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDOS 2017 Disciplina: Ciências Ano: 8º ano Ensino: FII Nome:

ROTEIRO DE ESTUDOS 2017 Disciplina: Ciências Ano: 8º ano Ensino: FII Nome: ROTEIRO DE ESTUDOS 2017 Disciplina: Ciências Ano: 8º ano Ensino: FII Nome: Orientações para estudo: Refazer as avaliações; Fazer exercícios dos capítulos sobre os sistemas digestório e respiratório. Entregar

Leia mais

Fisiologia Humana. Biologia Professor: Rubens Oda 6/5/2013. Material de apoio para Aula ao Vivo

Fisiologia Humana. Biologia Professor: Rubens Oda 6/5/2013. Material de apoio para Aula ao Vivo Fisiologia Humana 1. (ENEM) Para explicar a absorção de nutrientes, bem como a função das microvilosidades das membranas das células que revestem as paredes internas do intestino delgado, um estudante

Leia mais

1-15. Fisiologia de Sistemas II 7º Módulo

1-15. Fisiologia de Sistemas II 7º Módulo Módulo 7 Sistema Respiratório 14.07.03 Nota Prévia Esta não foi certamente a aula mais interessante que tivemos, pois é! E tão pouco a mais fácil e mais emocionante de desgravar. Mas a culpa não é nossa

Leia mais

Aula 5: Sistema circulatório

Aula 5: Sistema circulatório Aula 5: Sistema circulatório Sistema circulatório Sistema responsável pela circulação de sangue através de todo o organismo; Transporta oxigênio e todos os nutrientes necessários para a manutenção das

Leia mais

21/07/14. Processos metabólicos. Conceitos Básicos. Respiração. Catabolismo de proteínas e ácidos nucleicos. Catabolismo de glicídios

21/07/14. Processos metabólicos. Conceitos Básicos. Respiração. Catabolismo de proteínas e ácidos nucleicos. Catabolismo de glicídios Prof. Dr. Adriano Bonfim Carregaro Medicina Veterinária FZEA USP www.anestesia.vet.br Processos metabólicos Respiração Catabolismo de proteínas e ácidos nucleicos Ácidos acético, sulfúrico, fosfórico e

Leia mais

ANÁLISE COMPARADA DO SISTEMA RESPIRATÓRIO

ANÁLISE COMPARADA DO SISTEMA RESPIRATÓRIO ANÁLISE COMPARADA DO SISTEMA RESPIRATÓRIO Todos os animais necessitam de energia para realizar as mais diversas funções vitais. O processo comum a todos os animais é a respiração aeróbia, pelo qual, a

Leia mais

Ligações e Equilíbrio Químico

Ligações e Equilíbrio Químico Ligações e Equilíbrio Químico Ligações e Equilíbrio Químico 1. (FUVEST) A hemoglobina (Hb) é a proteína responsável pelo transporte de oxigênio. Nesse processo, a hemoglobina se transforma em oxi-hemoglobina

Leia mais

SISTEMA CARDIOVASCULAR. Elab.: Prof. Gilmar

SISTEMA CARDIOVASCULAR. Elab.: Prof. Gilmar 1 SISTEMA CARDIOVASCULAR 2 Funções Gerais: Transporte de gases respiratórios:o sangue carrega oxigênio dos pulmões para as células do corpo e dióxido de carbono das células para aos pulmões. Transporte

Leia mais

Sistema circulatório. Grupo 4 : Caio Rodriguez nº 05. Gabriel Carmona nº11. Giulia Giannotti nº 14. Arthur Telles nº 04. Fabiana Siqueira nº 10

Sistema circulatório. Grupo 4 : Caio Rodriguez nº 05. Gabriel Carmona nº11. Giulia Giannotti nº 14. Arthur Telles nº 04. Fabiana Siqueira nº 10 Sistema circulatório Grupo 4 : Arthur Telles nº 04 Caio Rodriguez nº 05 Fabiana Siqueira nº 10 Gabriel Carmona nº11 Gabriele de Andrade nº13 Giulia Giannotti nº 14 Gustavo Esteves nº 17 Gustavo Gomes nº

Leia mais

Trocas gasosas; Ajuda a regular o ph sanguíneo; Apresenta quimiorreceptores; Produz sons.

Trocas gasosas; Ajuda a regular o ph sanguíneo; Apresenta quimiorreceptores; Produz sons. Trocas gasosas; Ajuda a regular o ph sanguíneo; Apresenta quimiorreceptores; Produz sons. Cavidade nasal, faringe, laringe, traquéia, brônquios, bronquíolos, alvéolos pulmonares e pulmões. Cavidade nasal

Leia mais

Hemoglobina. Prof. Archangelo Fernandes Profa Alessandra Barone

Hemoglobina. Prof. Archangelo Fernandes Profa Alessandra Barone Hemoglobina Prof. Archangelo Fernandes Profa Alessandra Barone www.profbio.com.br Hemoglobina (Hb) Molécula formada por quadro cadeias polipeptídicas globínicas associadas a 4 anéis porfirínicos heme.

Leia mais

1Seção. Valores normais VALORES NORMAIS. 1.1 Valores normais / 16

1Seção. Valores normais VALORES NORMAIS. 1.1 Valores normais / 16 Valores normais 1Seção 1.1 Valores normais / 16 VALORES NORMAIS 1.1 Valores normais ASC Área de superfície corporal Metros quadrados (m 2 ) Valor obtido a partir de normograma baseado na altura e no peso

Leia mais

SISTEMA CARDIOVASCULAR DISCIPLINA: FISIOLOGIA I

SISTEMA CARDIOVASCULAR DISCIPLINA: FISIOLOGIA I SISTEMA CARDIOVASCULAR DISCIPLINA: FISIOLOGIA I PROFESSOR RESPONSÁVEL: FLÁVIA SANTOS Sistema Cardiovascular Função da circulação: 1. Transportar nutrientes 2. Transportar produtos de excreção 3. Transportar

Leia mais

FUVEST Prova A 10/janeiro/2012

FUVEST Prova A 10/janeiro/2012 Seu Pé Direito nas Melhores Faculdades FUVEST Prova A 10/janeiro/2012 BIOLOGIA 01. O sangue transporta o gás oxigênio (O 2 ) para os tecidos e remove deles o dióxido de carbono (CO 2 ), produto residual

Leia mais

São moléculas catalíticas protéicas (exceto algumas que são RNA) - Prefixo que designa a reação: lactato desidrogenase, catalase

São moléculas catalíticas protéicas (exceto algumas que são RNA) - Prefixo que designa a reação: lactato desidrogenase, catalase 1 5 Enzimas a) Conceito - O que são enzimas? São moléculas catalíticas protéicas (exceto algumas que são RNA) - Moléculas que aumentam a velocidade de reações sem se alterarem neste processo. - Catalisam

Leia mais

Unidade 6. Sistema circulatório. Planeta Terra 9.º ano. Adaptado por Ana Mafalda Torres

Unidade 6. Sistema circulatório. Planeta Terra 9.º ano. Adaptado por Ana Mafalda Torres Unidade 6 Sistema circulatório Adaptado por Ana Mafalda Torres O que é o sistema cardiorrespiratório? + Sistema circulatório Sistema respiratório O que é o sistema circulatório? O sistema circulatório

Leia mais

PRINCÍPIO FÍSICO E TRANSPORTE DOS GASES

PRINCÍPIO FÍSICO E TRANSPORTE DOS GASES PRINCÍPIO FÍSICO E TRANSPORTE DOS GASES Prof. Me Tatiane Quaresma O sangue tem várias funções, entre as quais o transporte de gases respiratórios essenciais ao funcionamento do nosso organismo. O2 das

Leia mais

PROVA DE BIOLOGIA 3 o TRIMESTRE DE 2015

PROVA DE BIOLOGIA 3 o TRIMESTRE DE 2015 PROVA DE BIOLOGIA 3 o TRIMESTRE DE 2015 PROFa. FLÁVIA CARLETE NOME Nº 8º ANO A prova deve ser feita com caneta azul ou preta. É terminantemente proibido o uso de corretor. Respostas com corretor serão

Leia mais

BIOQUÍMICA II SISTEMAS TAMPÃO NOS ORGANISMOS ANIMAIS 3/1/2012

BIOQUÍMICA II SISTEMAS TAMPÃO NOS ORGANISMOS ANIMAIS 3/1/2012 BIOQUÍMICA II Professora: Ms. Renata Fontes Medicina Veterinária 3º Período O conteúdo de Bioquímica II utiliza os conhecimentos adquiridos referentes ao estudo do metabolismo celular e fenômenos físicos

Leia mais