9H00-17H30 AUDITÓRIO 7(30) (9394) DEPARTAMENTO DE CARDIOLOGIA DA MULHER

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "9H00-17H30 AUDITÓRIO 7(30) (9394) DEPARTAMENTO DE CARDIOLOGIA DA MULHER"

Transcrição

1 9H00-17H30 AUDITÓRIO 7(30) (9394) DEPARTAMENTO DE CARDIOLOGIA DA MULHER MESA REDONDA - A DOENÇA ARTERIAL CORONARIANA NA MULHER COORDENADOR : ORLANDO MEDEIROS (PE) 10H00 10H20: PANORAMA ATUAL DA DCV NA MULHER: O QUE ESTÁ SENDO FEITO PARA EVITÁ-LA. PALESTRANTE - ELIZABETH ALEXANDRE ( SP) 10H20 10H50: NURSES' HEALTH STUDY- 20 ANOS DEPOIS PALESTRANTE - ELIZABETH CAETANO (PA) 10H55 11H10: UPDATE 2011/ AHA PREVENÇÃO DA DOENÇA CARDIOVASCULAR NA MULHER PALESTRANTE - THEO FERNANDO BUB (SC) 11H10 11H30: E3N (ETUDE EPIDÉMIOLOGIQUE AUPRÈS DE FEMMES DE L'EDUCATION NATIONALE) COHORT STUDY/ KEEPS (THE KRONOS EARLY ESTROGEN PREVENTION STUDY) PALESTRANTE - ALAÍDE MENDONÇA (AL) DISCUSSÃO MESA REDONDA - A GESTANTE CARDIOPATA FATORES DE RISCO CARDIOVASCULAR EM GESTANTES EM SITUAÇÕES ESPECIAIS COORDENADORA : REGINA COELI M. DE CARVALHO (CE) 14H00 14H15: A OBESIDADE COM FATOR DE RISCO CARDIOVASCULAR NA GESTAÇÃO HIPERTENSÃO ARTERIAL/ RESISTÊNCIA A INSULINA. PALESTRANTE CLÁUDIA MARIA VILAS FREIRES (MG) 14H15 14H30: IDADE MATERNA AVANÇADA E OS RISCOS CARDIOVASCULARES NA GESTAÇÃO. PALESTRANTE CARLOS JAPHET DA MATIA ALBUQUERQUE (PE) 14H30 14H45: A HIPERTENSÃO CRÔNICA NA GESTAÇÃO RISCOS CARDIOVASCULARES. PALESTRANTE LEILA BELTRAMI MOREIRA (RGS)

2 DISCUSSÃO 5 MINUTOS COFFE- BREAK 10 MINUTOS MESA REDONDA A GESTANTE CARDIOPATA COORDENADORA: HEBE NÓBREGA (RN) 15H00 15H30: VALVULOPLASTIA AÓRTICA COM CATETER BALÃO EM EMERGÊNCIA DE RISCO MATERNO-FETAL EM ADOLESCENTES. PALESTRANTE - WALQUIRIA D AVILA (SP) 15H30 15H45:COMPLICAÇÕES CÁRDIO-CIRCULATÓRIAS NA FERTILIZAÇÃO IN VITRO. PALESTRANTE: ORLANDO MEDEIROS (PE) 15H45 16H00: HAP E GESTAÇÃO CONTRA-INDICAÇÕES PARA A CONTINUIDADE DA GESTAÇÃO/ SILDENAFIL NA GESTAÇÃO / PALESTRANTE REGINA COELI M. DE CARVALHO (CE) DISCUSSÃO 10 MINUTOS CONFERÊNCIA 16H10-16H40 0HS ATUALIZAÇÃO DIRETRIZ DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE CARDIOLOGIA PARA GRAVIDEZ NA MULHER PORTADORA DE CARDIOPATIA. NOVAS CONDUTAS A SEREM ADOTADAS PALESTRANTE- CITÂNIA TELDOTI DISCUSSÃO 10 MINUTOS 17H00 18H00: CONFRATERNIZAÇÃO 1- USO PROFILÁTICO DE ANTIBIÓTICOS PARA ENDOCARDITE NAS GESTANTES APÓS O NOVO GUIDELINE. 2- COMPLICAÇÕES CÁRDIO CIRCULATÓRIAS COM O USO DE FERTILIZAÇÃO IN VITRO 3- CUIDADOS CARDIO METABÓLICOS NA GESTANTE IDOSA EM BARRIGA DE ALUGUEL.

3 4- TERAPIA DE REPOSIÇÃO HORMONAL. O QUE PODEMOS DIZER NESTE MOM ENTO. 5- GESTANTES COM PRÓTESES VALVARES E USO DE ANTICOAGULANTES COMO FAZER CONTRACEPÇÃO? 6- INDICAÇÕES E CUIDADOS NA INTERRUPÇÃO DA GRAVIDEZ EM 1º E 2º TRIMESTRE. 7- PROFILAXIA DE TEP EM GRÁVIDAS. QUEM VAI SE BENEFICIAR? 8- QUANDO USAR DROGAS DE HAP NA GRÁVIDA. 9- CRITÉRIOS PARA INDICAR VALVULOPLASTIA PERCUTANEA NA GESTANTE COM EM: 10- PARADA CARDIO RESPIRATORIA NAS DIVERSAS FASES DA GRAVIDEZ. 11- RECOMENDAÇÕES E LIMITAÇÕES NAS GESTANTES QUANDO PRECISAR FAZER VIAGEM AÉREA. 12- CONSULTA PARA NOVA GRAVIDEZ NA CARDIOMIOPATIA PERI PARTO. QUE CRITÉRIIOS PARA DEFINIR SE HAVERÁ OU NÃO NOVA GRAVIDEZ. 13- CONDUTA NA CORONARIOPATA GRÁVIDA.RESTRIÇÃO DE ANTI ADESIVOS PLAQUETÁRIOS OU FIBRINOLÍTICOS? 14- QUAL O MELHOR BETA BLOQUEADOR PARA USO NA HAS DA GRAVIDEZ? 15- QUAL A MELHOR DROGA NA GRÁVIDA PARA URGENCIA HIPERTENSIVA? 16- RESTRIÇÕES E RECOMENDAÇÕES NA CARDIOPATA CONGÊNITA CORRIGIDA (COARCTAÇÃO DA AORTA, FALLOT, PCA, CIA, CIV ETC) 17- ARRITMIA NA GRAVIDEZ E MAIS SEGURO ARSENAL TERAPÊUTICO PARA COMBATÊ-LA QUANDO NECESSÁRIO.

4 18- ANESTESIA NA GRÁVIDA. QUAL A MAIS SEGURA? 19- USO DE SUPRESSORES DO TRABALHO DE PARTO NA GESTANTE CARDIOPATA.COMO USAR E QUAIS? 20- RISCOSX BENEFÍCIOS DO USO DE PÍLULA DO DIA SEGUINTE NA GESTANTE COM CARDIOPATIA COM REPERCUSSÃO HEMODINÂMICA.

5 09H00-17H30 AUDITÓRIO 13(160) (9142) SIMPOSIO DE IMAGEM CARDIOVASCULAR - DIC DOENÇA CORONÁRIA: NOVOS CONCEITOS E NOVAS ABORDAGENS COORDENAÇÃO: JOSÉ LUIZ BARROS PENA (MG) JEANE MIKE TSUTSUI (SP) 10H00 10H20: ECOCARDIOGRAFIA TRANSTORÁCICA EM REPOUSO QUE INFORMAÇÕES PODEMOS OBTER SOBRE DOENÇA CORONÁRIA? PALESTRANTE: RODRIGO BELLIO MATTOS BARRETTO (SP) 10H20 10H40: RESERVA CONTRÁTIL OBTENÇÃO E APLICAÇÕES. PALESTRANTE: GUSTAVO RESTREPPO (COLÔMBIA) 10H40 11H20: MEDICINA NUCLEAR O QUE HÁ DE NOVO NA ABORDAGEM DA DOENÇA CORONÁRIA? PALESTRANTE: JOÃO VICENTE VÍTOLA (PR) 11H20 11H40: PERFUSÃO E REALCE TARDIO PELA ANGIOTOMOGRAFIA O QUE HÁ DE NOVO? PALESTRANTE: IBRAIM MASCIARELLI FRANCISCO PINTO (SP) 11H40 12H20: RESSONÂNCIA MAGNÉTICA ESSENCIAL PARA O DIAGNÓSTICO DE DOENÇA CORONÁRIA? PALESTRANTE: LEONARDO SARA DA SILVA (SP) 12H20-12H40 : QUANTITATIVE STRESS ECHO. PALESTRANTE: JENS-UWE VOIGT (BELGICA) 12H40-13H00: DISCUSSÃO 13H00 14H00: ALMOÇO 2. DESAFIOS NA ABORDAGEM ECOCARDIOGRÁFICA QUANTITATIVA COORDENAÇÃO: JOSÉ LUIZ BARROS PENA (MG) MARCELO LUIZ CAMPOS VIEIRA (SP) 14H00 14H20: AVALIAÇÃO HEMODINÂMICA NÃO INVASIVA DE AMBOS OS VENTRÍCULOS. PALESTRANTE: CLAUDIO HENRIQUE FISHER (SP) 14H20 14H40: QUANTIFICAÇÃO DA ESTENOSE AÓRTICA NO PACIENTE COM DISFUNÇÃO VENTRICULAR.

6 PALESTRANTE: MARCELO LUIZ CAMPOS VIEIRA (SP) 14H40 15H00: HOW TO ANALYSE MYOCARDIAL FUNCTION IN CARDIAC RESSINCHRONIZATION THERAPY. PALESTRANTE: JENS-UWE VOIGT 15H00 15H20: SISTEMATIZACIÓN DEL ESTUDIO ECOCARDIOGRÁFICO TRANSESOFÁGICO 3D EM TEMPO REAL. PALESTRANTE: SAMUEL CÓRDOVA ALVESTEGUI (CHILE) 15H20 15H40: TORÇAO E TWIST HÁ BENEFÍCIO CALCULAR? CARLOS PALESTRANTE: EDUARDO SUAIDE SILVA (SP) 15H40 16H10: INTERVALO 16H10 16H30: COMO ANALISAR PRÓTESES VALVARES EM DIFERENTES SITUAÇÕES HEMODINÂMICAS. PALESTRANTE: ARNALDO RABISCHOFFSKY (RJ) 16H30 16H50: EVALUACIÓN 3D EN TIEMPO REAL DE LA INSUFICIENCIA MITRAL. PALESTRANTE: SAMUEL CÓRDOVA ALVESTEGUI (CHILE) 16H50-17H10: QUE MEDIDAS DEVEM SER FEITAS PARA O TRATAMENTO PERCUTANEO VALVAR AÓRTICO. PALESTRANTE: JORGE EDUARDO ASSEF (SP) 17H10 17H30 FLOW PATTERNS (VORTEX FORMATION) IN LV AND RV IN DIFFERENT DISEASES. PALESTRANTE: JENS-UWE VOIGT 17H30-18H00 DISCUSSÃO 18H00 - ENCERRAMENTO

NOVOS ANTICOAGULANTES NA PREVENÇAO DO ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL PALESTRANTE: GUILHERME FENELON (SP)

NOVOS ANTICOAGULANTES NA PREVENÇAO DO ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL PALESTRANTE: GUILHERME FENELON (SP) DIA 16/09/2011 SIMPÓSIO INTERNACIONAL 16/09/2011 09:00-17:30H AUDITÓRIO SALA 4(578) (9142) SIMPÓSIO INTERNACIONAL CONJUNTO: CONDUTAS ATUAIS EM CARDIOLOGIA - PATROCÍNIO: INSTITUTO DE CARDIOLOGIA DO RGS/

Leia mais

08h30-08h45 Analise das novas diretrizes de CRM da ESC 2014. Indicaçao e procedimento na CRM em pacientes com FE diminuída

08h30-08h45 Analise das novas diretrizes de CRM da ESC 2014. Indicaçao e procedimento na CRM em pacientes com FE diminuída PROGRAMA CIENTÍFICO Quinta-feira 13 de agosto de 2015 SALA A MESA REDONDA - DAC CRÔNICA Analise das novas diretrizes de CRM da ESC 2014 Indicaçao e procedimento na CRM em pacientes com FE diminuída Quando

Leia mais

PÔSTERES DIA 13/11/2015-08:00 ÀS 12:00 TÍTULO

PÔSTERES DIA 13/11/2015-08:00 ÀS 12:00 TÍTULO 1 PÔSTERES DIA 13/11/2015-08:00 ÀS 12:00 A CIRCULAÇÃO EXTRACORPOREA NA CIRURGIA CARDÍACA BRASILEIRA: HISTÓRICO, AVANÇOS E DESAFIOS. 2 A DISSECÇÃO AÓRTICA E O TRATAMENTO ENDOVASCULAR 3 A IMPORTÂNCIA DA

Leia mais

PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA 2014 Credenciado e reconhecido pela Sociedade Brasileira de Cardiologia

PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA 2014 Credenciado e reconhecido pela Sociedade Brasileira de Cardiologia HOSPITAL SÃO FRANCISCO RIBEIRÃO PRETO ESTADO DE SÃO PAULO PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA 2014 Credenciado e reconhecido pela Sociedade Brasileira de Cardiologia Início 28 de Fevereiro

Leia mais

COORDENADOR: PROF. LUIZ F. SALAZAR DISCIPLINA: SEMIOLOGIA CARDIOVASCULAR

COORDENADOR: PROF. LUIZ F. SALAZAR DISCIPLINA: SEMIOLOGIA CARDIOVASCULAR PROCAPE / - CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM CARDIOLOGIA ANO: 0 HORÁRIO: 07:30 HS. ( em ponto) COORNADOR: PROF. LUIZ F. SALAZAR DISCIPLINA: SEMIOLOGIA CARDIOVASCULAR 07.0 ª A ANAMNESE EM CARDIOLOGIA SINTOMAS Dr.Luiz

Leia mais

HOSPITAL SÃO FRANCISCO RIBEIRÃO PRETO ESTADO DE SÃO PAULO PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA EM 2016

HOSPITAL SÃO FRANCISCO RIBEIRÃO PRETO ESTADO DE SÃO PAULO PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA EM 2016 HOSPITAL SÃO FRANCISCO RIBEIRÃO PRETO ESTADO DE SÃO PAULO PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA EM 2016 Credenciado e reconhecido pela Sociedade Brasileira de Cardiologia Início 2 de Fevereiro

Leia mais

SERVIÇO DE CARDIOLOGIA - IRMANDADE SANTA CASA DE MISERICÓRDIA SÃO JOSÉ DO RIO PRETO - SP

SERVIÇO DE CARDIOLOGIA - IRMANDADE SANTA CASA DE MISERICÓRDIA SÃO JOSÉ DO RIO PRETO - SP SERVIÇO DE CARDIOLOGIA - IRMANDADE SANTA CASA DE MISERICÓRDIA SÃO JOSÉ DO RIO PRETO - SP EDITAL/ REGULAMENTO INTERNO ESTÁGIO MÉDICO EM CARDIOLOGIA CLÍNICA 1. CORPO CLÍNICO. A disciplina de Cardiologia

Leia mais

INTERVALO E VISITA À EXPOSIÇÃO PARALELA - TEMA LIVRE PÔSTER GRUPO I

INTERVALO E VISITA À EXPOSIÇÃO PARALELA - TEMA LIVRE PÔSTER GRUPO I XXII CONGRESSO NACIONAL DO DEPARTAMENTO DE ERGOMETRIA, EXERCÍCIO, REABILITAÇÃO CARDIOVASCULAR, CARDIOLOGIA NUCLEAR E CARDIOLOGIA DO ESPORTE. PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA QUINTA-FEIRA 29 DE OUTUBRO DE 2015 07:30H

Leia mais

PROGRAMA IV BRASIL PREVENT & II LATIN AMERICAN PREVENT DATA: 05 A 07 DEZEMBRO 2013 BAHIA OTHON PALACE HOTEL SALVADOR BAHIA

PROGRAMA IV BRASIL PREVENT & II LATIN AMERICAN PREVENT DATA: 05 A 07 DEZEMBRO 2013 BAHIA OTHON PALACE HOTEL SALVADOR BAHIA PROGRAMA IV BRASIL PREVENT & II LATIN AMERICAN PREVENT DATA: 05 A 07 DEZEMBRO 2013 BAHIA OTHON PALACE HOTEL SALVADOR BAHIA Sábado 07 de Dezembro de 2013 09:00 10:30 Sessão 4 Novas Estratégias Para Prevenção

Leia mais

07 e 08 de Maio de 2010 Centro de Eventos Hotel Deville Porto Alegre - RS

07 e 08 de Maio de 2010 Centro de Eventos Hotel Deville Porto Alegre - RS 07 e 08 de Maio de 2010 Centro de Eventos Hotel Deville Porto Alegre - RS 07h00 07h55 Credenciamento Programação Dia 7 de Maio de 2010 - sexta-feira Boas Vindas e Introdução Rogério Sarmento-Leite (RS),

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA DA UFMG DEPARTAMENTO DE CIRURGIA

FACULDADE DE MEDICINA DA UFMG DEPARTAMENTO DE CIRURGIA 1 FACULDADE DE MEDICINA DA UFMG DEPARTAMENTO DE CIRURGIA Av. Prof. Alfredo Balena 190-2 0 andar Caixa postal 340 - CEP 30130-100 031-3409-9759 e 3409-9760 cirurgia@medicina.ufmg.br CIR TÓPICOS CLÍNICA

Leia mais

www.sohcierj.org.br Prezados Colega,

www.sohcierj.org.br Prezados Colega, www.sohcierj.org.br Prezados Colega, Está se aproximando a data do 13º Simpósio de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista da Sociedade de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista do Estado do Rio

Leia mais

Programa Científico. ESC in Rio 2015

Programa Científico. ESC in Rio 2015 Programa Científico ESC in Rio 2015 8:30h - 9:30h 32º CONGRESSO DE CARDIOLOGIA DA SOCERJ COLÓQUIO: MANUSEIO DA DOR TORÁCICA NA SALA DE EMERGÊNCIA Em que ordem e quais os biomarcadores que devem ser empregados?

Leia mais

Dr. Fernando Ganem Doutor pela Faculdade de Medicina da USP Diretor do Serviço de Pronto-Atendimento do Hospital Sírio-Libanês

Dr. Fernando Ganem Doutor pela Faculdade de Medicina da USP Diretor do Serviço de Pronto-Atendimento do Hospital Sírio-Libanês Coordenação Dr. Fernando Ganem Doutor pela Faculdade de Medicina da USP Diretor do Serviço de Pronto-Atendimento do Hospital Sírio-Libanês Prof. Dr. Augusto Scalabrini Neto Professor Associado pela Faculdade

Leia mais

5ª feira - 7/07/2011

5ª feira - 7/07/2011 5ª feira - 7/07/2011 7h00 Credenciamento/Welcome Coffee 8h00 Abertura 8h30 Conferência Internacional Henrique Parsons/MD Anderson Center - Texas EUA Cuidado Paliativo e atualidade 9h15 Mesa Redonda Cuidados

Leia mais

Cardiologia Hemodinâmica

Cardiologia Hemodinâmica 1 Concurso Público 2011 Cardiologia Hemodinâmica Questão 1: Homem de 40 anos de idade, brasileiro (RJ), solteiro e comerciante, apresentou dor precordial intensa, acompanhada de palpitações e desencadeada

Leia mais

TES TE T S E ER GOMÉTRIC GOMÉTRIC (Te ( ste de esforço ç )

TES TE T S E ER GOMÉTRIC GOMÉTRIC (Te ( ste de esforço ç ) TESTE ERGOMÉTRICO (Teste de esforço) Definição - um dos exames mais importantes de diagnóstico, avaliação clínica e prognóstico dos pacientes com doença arterial coronariana (DAC). - método rápido, barato,

Leia mais

Simpósio de Inverno. Diagnóstico em Cardiologia. 21 e 22 de agosto de 2014

Simpósio de Inverno. Diagnóstico em Cardiologia. 21 e 22 de agosto de 2014 Simpósio de Inverno Diagnóstico em Cardiologia 21 e 22 de agosto de 2014 Instituto DANTE PAZZANESE de Cardiologia Auditório Cantídio de Moura Campos Filho Comissão Científica Amanda Sousa, Ibraim M. Pinto,

Leia mais

ASSOCIAÇÃO MÉDICA DA PARAÍBA RISCO CIRÚRGICO. 9/7/2003 Dr. José Mário Espínola - AMPB 1

ASSOCIAÇÃO MÉDICA DA PARAÍBA RISCO CIRÚRGICO. 9/7/2003 Dr. José Mário Espínola - AMPB 1 ASSOCIAÇÃO MÉDICA DA PARAÍBA 1 I- CONCEITO: avaliação realizada por cardiologista, com fortes bases epidemiológicas, objetivando determinar classificação funcional do paciente, e risco de complicações

Leia mais

PROGAMAÇÃO V CURSO TEÓRICO RESIDENTE CARDIOLOGIA SMC

PROGAMAÇÃO V CURSO TEÓRICO RESIDENTE CARDIOLOGIA SMC PROGAMAÇÃO V CURSO TEÓRICO RESIDENTE CARDIOLOGIA SMC MÓDULO AVANÇADO: 2º Semestre de 2013 LOCAL: ASSOCIAÇÃO MÉDICA DE MINAS GERAIS ESTRUTURA DAS AULAS: - Participantes: Um palestrante + Um debatedor +

Leia mais

Segunda-Feira, 21 de Setembro de 2015

Segunda-Feira, 21 de Setembro de 2015 Segunda-Feira, 21 de Setembro de 2015 (19200) Simpósio Insuficiência Cardíaca, Cardiomiopatia e Doenças do Pericárdio Auditório 1 (Capacidade 500) 08:30 10:00 O Desafio da Avaliação de Dispneia em Pacientes

Leia mais

Fóruns Científicos e Simpósio Multidisciplinar

Fóruns Científicos e Simpósio Multidisciplinar Fóruns Científicos e Simpósio Multidisciplinar Comissão dos Fóruns Científicos e do Simpósio Multidisciplinar Coordenação Geral Abdol Hakim Assef Fórum de Educação Física & Fisioterapia em Cardiologia

Leia mais

2. HIPERTENSÃO ARTERIAL

2. HIPERTENSÃO ARTERIAL TESTE ERGOMETRICO O teste ergométrico serve para a avaliação ampla do funcionamento cardiovascular, quando submetido a esforço físico gradualmente crescente, em esteira rolante. São observados os sintomas,

Leia mais

Fellowship em Ecocardiografia 2014. Grupo Fleury Hospital São Luiz

Fellowship em Ecocardiografia 2014. Grupo Fleury Hospital São Luiz Fellowship em Ecocardiografia 2014 Grupo Fleury Hospital São Luiz 1. OBJETIVOS Treinar habilidades Avançadas, Nível 3 em ecocardiografia transtorácica em Adultos Treinar e desenvolver corretamente a indicação,

Leia mais

Sala 1 - CONFERÊNCIA "Os Desafios da SBC para implantação do Programa Nacional de Prevenção Cardiovascular"

Sala 1 - CONFERÊNCIA Os Desafios da SBC para implantação do Programa Nacional de Prevenção Cardiovascular PROGRAMA CIENTÍFICO CONGRESSO SOCERJ 2013 Quinta-feira 04.04.2013 Hora: 08:00h - 08:30h Sala 1 - ABERTURA OFICIAL Hora: 08:30h - 09:45h Sala 1 - CONFERÊNCIA "Os Desafios da SBC para implantação do Programa

Leia mais

INSTITUTO DE DOENÇAS CARDIOLÓGICAS

INSTITUTO DE DOENÇAS CARDIOLÓGICAS Página: 1/7 1- CONSIDERAÇÕES GERAIS 1.1- As doenças cardiovasculares são, ainda hoje, as principais responsáveis pela mortalidade na população geral, no mundo ocidental. Dentre as inúmeras patologias que

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM RESSONÂNCIA E TOMOGRAFIA CARDIOVASCULAR

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM RESSONÂNCIA E TOMOGRAFIA CARDIOVASCULAR CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM RESSONÂNCIA E TOMOGRAFIA CARDIOVASCULAR Coordenadores: Drs. Clerio Azevedo e Marcelo Hadlich 1. Objetivos do Programa Proporcionar, aos pós-graduandos, formação especializada

Leia mais

São Paulo, 18 de Outubro de 2010.

São Paulo, 18 de Outubro de 2010. São Paulo, 18 de Outubro de 2010. Edital de Inscrições para Programa de Treinamento e Aperfeiçoamento 201 1 Curso: ESPECIALIZAÇÃO EM ECOCARDIOGRAFIA 1 - LEIA ATENTAMENTE ESTE EDITAL ATÉ O FIM, POIS TODAS

Leia mais

Editora Samira Morhy Borges Leal. Editores Associados José L. Andrade Valdir Ambrósio Moisés

Editora Samira Morhy Borges Leal. Editores Associados José L. Andrade Valdir Ambrósio Moisés Normatização dos Cursos, Pré-requisitos e Critérios para Obtenção do Certificado de Atuação na Área de Ecocardiografia Pediátrica da Sociedade Brasileira de Cardiologia Editora Samira Morhy Borges Leal

Leia mais

XI Encontro Nacional de Aleitamento Materno

XI Encontro Nacional de Aleitamento Materno XI Encontro Nacional de Aleitamento Materno O Amamentar para Mães com Necessidades Especiais O amamentar entre as mães cardiopatas Cirurgia Cardíaca Cardiologia Pediátrica Mudança no Prognóstico 60-70%

Leia mais

Terapêutica anticoagulante oral

Terapêutica anticoagulante oral Terapêutica anticoagulante oral Quando iniciar? Quando e como suspender? Quando parar definitivamente? Eugénia Cruz e Sara Morais Serviço de Hematologia Clínica, Hospital de Santo António 1º Encontro Proximidade

Leia mais

Programa de Residência Médica em Cardiologia

Programa de Residência Médica em Cardiologia Programa de Residência Médica em Cardiologia Hospital Barra D`OR Programa de Residência Médica em Cardiologia Corpo Clínico Coordenador do Programa de Residência Médica em Cardiologia : Dr. João Luiz Fernandes

Leia mais

INTERVALO ABERTURA OFICIAL 33º CONGRESSO DE CARDIOLOGIA. 8:30h - 9:30h SALA 1 SALA 2 SALA 3 SALA 2 SALA 4 SALA 3 SALA 5 SALA 4 SALA 8 SALA 5

INTERVALO ABERTURA OFICIAL 33º CONGRESSO DE CARDIOLOGIA. 8:30h - 9:30h SALA 1 SALA 2 SALA 3 SALA 2 SALA 4 SALA 3 SALA 5 SALA 4 SALA 8 SALA 5 33º CONGRESSO DE CARDIOLOGIA DA SOCERJ PROGRAMA CIENTÍFICO OFICIAL 8:30h - 9:30h 11:00h - 12:30h MESA REDONDA: ANALISE CRÍTICA DE TRIALS RECENTES EM INSUFICIÊNCIA CARDÍACA Benefit Paradigm - HF AATAC -

Leia mais

PROGRAMA CIENTÍFICO PRELIMINAR SEXTA-FEIRA 16 DE MARÇO DE 2012

PROGRAMA CIENTÍFICO PRELIMINAR SEXTA-FEIRA 16 DE MARÇO DE 2012 PROGRAMA CIENTÍFICO PRELIMINAR SEXTA-FEIRA 16 DE MARÇO DE 2012 SALÃO ALTAMIRANDO SANTANA (180) SALÃO DOMINGOS COUTINHO (60) 08h00-10h00 Sessão 1: Uso dos implantes hormonais em ginecologia Coordenadores:

Leia mais

CIRCULAÇÃO EXTRACORPÓREA

CIRCULAÇÃO EXTRACORPÓREA Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia CIRCULAÇÃO EXTRACORPÓREA e Assistência Circulatória Mecânica Organização: Diretor da Divisão de Cirurgia: Luiz Carlos Bento Souza Coordenação Médica: Magaly Arrais

Leia mais

INTERVALO ABERTURA OFICIAL 33º CONGRESSO DE CARDIOLOGIA. 8:30h - 9:30h SALA 1 SALA 2 SALA 3 SALA 2 SALA 4 SALA 3 SALA 5 SALA 4 SALA 8 SALA 5

INTERVALO ABERTURA OFICIAL 33º CONGRESSO DE CARDIOLOGIA. 8:30h - 9:30h SALA 1 SALA 2 SALA 3 SALA 2 SALA 4 SALA 3 SALA 5 SALA 4 SALA 8 SALA 5 33º CONGRESSO DE CARDIOLOGIA DA SOCERJ PROGRAMA CIENTÍFICO OFICIAL 8:30h - 9:30h 11:00h - 12:30h MESA REDONDA: ANALISE CRÍTICA DE TRIALS RECENTES EM INSUFICIÊNCIA CARDÍACA Benefit Paradigm - HF AATAC -

Leia mais

Protocolo de Dor Torácica / Doença Arterial Coronariana (DAC)

Protocolo de Dor Torácica / Doença Arterial Coronariana (DAC) Protocolo de Dor Torácica / Doença Arterial Coronariana (DAC) 1 - Epidemiologia No Brasil, as doenças cardiovasculares (DCV) representam a principal causa de mortalidade. Calcula-se que existam 900.000

Leia mais

TEMAS LIVRES APROVADOS - POSTER - DIA 05 de abril

TEMAS LIVRES APROVADOS - POSTER - DIA 05 de abril IDTEMASBC TITULO CATEGORIA NOMEAUTOR 30648 Oclusão endobrônquica de fístula broncopleural com prótese intracardíaca Correção de Defeitos Estruturais FRANCISCO JOSE ARAUJO CHAMIE DE QUEIROZ Seguimento a

Leia mais

Abordagens que não integraram a programação científica deste ano serão prioridade na edição de

Abordagens que não integraram a programação científica deste ano serão prioridade na edição de Diário do Congresso Brasília, 29.09.2014 Sucesso do 69º Congresso Brasileiro de Cardiologia é reconhecido por congressistas e diretores O 69º Congresso Brasileiro de Cardiologia recebeu cerca de 5.500

Leia mais

Índice Remissivo do Volume 89-2007

Índice Remissivo do Volume 89-2007 Por Assunto A Ablação por cateter Ácidos pteroilpoliglutâmicos Adiposidade - Associação entre Perfil lipídico e Adjuvantes imunológicos Adolescente Escolares...73 Teste Ergométrico em Crianças e Adulto

Leia mais

Dia 11 de setembro Serviço de Cirurgia - Reunião, um Dia um Tema: Reconstrução da Parede Abdominal: Do Caos ao Controlo

Dia 11 de setembro Serviço de Cirurgia - Reunião, um Dia um Tema: Reconstrução da Parede Abdominal: Do Caos ao Controlo Dia 11 de setembro Serviço de Cirurgia - Reunião, um Dia um Tema: Reconstrução da Parede Abdominal: Do Caos ao Controlo 9:30 09:40 Boas Vindas 9:40-10:00 Abdómen aberto: indicações e desafios (Laurentina

Leia mais

TEMAS LIVRES PÔSTERS APROVADOS DO XII CONGRESSO SERGIPANO DE CARDIOLOGIA. Observação:

TEMAS LIVRES PÔSTERS APROVADOS DO XII CONGRESSO SERGIPANO DE CARDIOLOGIA. Observação: TEMAS LIVRES PÔSTERS APROVADOS DO XII CONGRESSO SERGIPANO DE CARDIOLOGIA Observação: Exposição dos temas livres TL 01 a TL 21 sexta de 08h as 12h, com apresentação 09:45h Exposição dos temas livres TL

Leia mais

Indicações e Resultados do Tratamento Percutâneo de Obstruções à Via de Saída do VD

Indicações e Resultados do Tratamento Percutâneo de Obstruções à Via de Saída do VD Indicações e Resultados do Tratamento Percutâneo de Obstruções à Via de Saída do VD Carlo B Pilla e Cardiologia Intervencionista SBHCI 2012 Obstruções à VSVD Estenose subvalvar pulmonar* Estenose valvar

Leia mais

28 de setembro de 2010 terça-feira

28 de setembro de 2010 terça-feira 28 de setembro de 2010 terça-feira SESSÃO ESPECIAL Auditório 01(185) (8372) Avaliação do sistema nervoso autônomo cardiovascular 08:30-08:45h Regulação autonômica da função cardiovascular 08:45-09:00h

Leia mais

I CURSO INTERNACIONAL DE ARRITMIAS BIOCOR INSTITUTO:

I CURSO INTERNACIONAL DE ARRITMIAS BIOCOR INSTITUTO: I CURSO INTERNACIONAL DE ARRITMIAS BIOCOR INSTITUTO: Realidade e Tendencias Rua da Paisagem, bairro Vila da Serra, Nova Lima, 5 e 6 de novembro de 2010 DIRETOR DO CURSO DR EDUARDO BACK STERNICK BIOCOR

Leia mais

Programa. Sexta-Feira, dia 19/11/2010 - Sala 1

Programa. Sexta-Feira, dia 19/11/2010 - Sala 1 Reunião Conjunta da Sociedade Portuguesa de Cardiologia e Sociedade Portuguesa de Cuidados Intensivos O Coração no Doente Crítico Hotel dos Templários, Tomar 19 e 20 de Novembro de 2010 Programa 14:00

Leia mais

Intervenções percutâneas. Tratamento das obstruções da via de saída do Ventrículo Esquerdo

Intervenções percutâneas. Tratamento das obstruções da via de saída do Ventrículo Esquerdo Intervenções percutâneas Tratamento das obstruções da via de saída do Ventrículo Esquerdo Célia Maria C. Silva Declaro que não existe conflito de interesse nesta minha apresentação Estenose Valvar Aórtica

Leia mais

cateter de Swan-Ganz

cateter de Swan-Ganz cateter de Swan-Ganz Dr. William Ganz Dr. Jeremy Swan A introdução, por Swan e Ganz, de um cateter que permitia o registro de parâmetros hemodinâmicos na artéria pulmonar a partir de 1970 revolucionou

Leia mais

XXII CONGRESSO NACIONAL DO DEPARTAMENTO DE ERGOMETRIA, EXERCÍCIO, REABILITAÇÃO CARDIOVASCULAR, CARDIOLOGIA NUCLEAR E CARDIOLOGIA DO ESPORTE.

XXII CONGRESSO NACIONAL DO DEPARTAMENTO DE ERGOMETRIA, EXERCÍCIO, REABILITAÇÃO CARDIOVASCULAR, CARDIOLOGIA NUCLEAR E CARDIOLOGIA DO ESPORTE. PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA QUINTA-FEIRA 29 DE OUTUBRO DE 2015 CREDENCIAMENTO 07:30H MENSAGEM DA COMISSÃO ORGANIZADORA CURSO INTERATIVO E CONJUGADO DE ERGOMETRIA E TESTE CARDIOPULMONAR DE EXERCÍCIO. CURSO INTERATIVO

Leia mais

Atividades Pré-Congresso 06 de setembro, sábado

Atividades Pré-Congresso 06 de setembro, sábado Auditório 6 (350) II Simpósio do Grupo de Estudos em Coronariopatias, Emergências e Terapia Intensiva GECETI O II Simpósio do GECETI está voltado, basicamente, para a atualização do profissional da saúde

Leia mais

Cardiologia - Síndromes Coronarianas Agudas 1 / 17

Cardiologia - Síndromes Coronarianas Agudas 1 / 17 Cardiologia - Síndromes Coronarianas Agudas 1 / 17 Tabela 01 - Pacientes com Síndromes Coronarianas Agudas à Internação na Unidade - Principais Características Clinicas - Todos os Pacientes Egressos da

Leia mais

Cardiologia - Síndromes Coronarianas Agudas 1 / 17

Cardiologia - Síndromes Coronarianas Agudas 1 / 17 Cardiologia - Síndromes Coronarianas Agudas 1 / 17 Tabela 01 - Pacientes com Síndromes Coronarianas Agudas à Internação na Unidade - Principais Características Clinicas - Todos os Pacientes Egressos da

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CARDIOLOGIA 2012

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CARDIOLOGIA 2012 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CARDIOLOGIA 2012 Aprovado pelo Parecer 734/86 de 09/10/1986 Conselho Federal de Educação (Ministério da Educação) CREDENCIADO PELO MEC PARA CURSOS PRESENCIAIS E A DISTANCIA (24/05/2006

Leia mais

REVASCULARIZAÇÃO DO MIOCÁRDIO:COMPLICAÇÕES E CUIDADOS DE ENFERMAGEM NO PÓS-OPERATÓRIO IMEDIATO

REVASCULARIZAÇÃO DO MIOCÁRDIO:COMPLICAÇÕES E CUIDADOS DE ENFERMAGEM NO PÓS-OPERATÓRIO IMEDIATO REVASCULARIZAÇÃO DO MIOCÁRDIO:COMPLICAÇÕES E CUIDADOS DE ENFERMAGEM NO PÓS-OPERATÓRIO IMEDIATO Sara Priscila Constantino de Castro. UNIFACEX. E-mail: sarapryscyla@hotmail.com Ana Elza Oliveira de Mendonça.

Leia mais

Hipertensão Arterial Pulmonar Protocolos Por que e para que? Ricardo Fonseca Martins

Hipertensão Arterial Pulmonar Protocolos Por que e para que? Ricardo Fonseca Martins Hipertensão Arterial Pulmonar Protocolos Por que e para que? Ricardo Fonseca Martins HAP Definição Condição patológica caracterizada pela elevação da pressão arterial pulmonar média acima de 25mmHg com

Leia mais

Programação Científica Atividades Especiais

Programação Científica Atividades Especiais Programação Científica Atividades Especiais SBC/DERC Departamento de Ergometria, Exercício, Cardiologia Nuclear e Reabilitação Cardiovascular Auditório 01 (Capacidade 600) Simpósio Internacional do DERC

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA DA UFMG DEPARTAMENTO DE CIRURGIA CIR

FACULDADE DE MEDICINA DA UFMG DEPARTAMENTO DE CIRURGIA CIR 1 FACULDADE DE MEDICINA DA UFMG DEPARTAMENTO DE CIRURGIA Av. Prof. Alfredo Balena 190-2 0 andar Caixa postal 340 - CEP 30130-100 031-3409-9759 e 3409-9760 cirurgia@medicina.ufmg.br CIR Disciplina Optativa

Leia mais

Curso de Revisão para Enfermagem em Intervenção Cardiovascular 2012

Curso de Revisão para Enfermagem em Intervenção Cardiovascular 2012 Serviço de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista Hospital São Paulo Hospital do Rim e Hipertensão UNIFESP - EPM Curso de Revisão para Enfermagem em Intervenção Cardiovascular 2012 Eduardo Rodrigues

Leia mais

CARDIOLOGIA ORIENTAÇÃO P/ ENCAMINHAMENTO À ESPECIALIDADE

CARDIOLOGIA ORIENTAÇÃO P/ ENCAMINHAMENTO À ESPECIALIDADE CARDIOLOGIA ORIENTAÇÃO P/ ENCAMINHAMENTO À ESPECIALIDADE DOR TORÁCICA CARDÍACA LOCAL: Precordio c/ ou s/ irradiação Pescoço (face anterior) MSE (interno) FORMA: Opressão Queimação Mal Estar FATORES DESENCADEANTES:

Leia mais

CURSO DE HABILIDADES PRÁTICAS EM MEDICINA INTENSIVA 8 e 9 de agosto de 2014 03 e 04 de outubro de 2014

CURSO DE HABILIDADES PRÁTICAS EM MEDICINA INTENSIVA 8 e 9 de agosto de 2014 03 e 04 de outubro de 2014 CURSO DE HABILIDADES PRÁTICAS EM MEDICINA INTENSIVA 8 e 9 de agosto de 2014 03 e 04 de outubro de 2014 Coordenação Dr. Luciano Cesar Pontes Azevedo Doutor em medicina pela Universidade de São Paulo - USP

Leia mais

Índice Remissivo do Volume 91-2008

Índice Remissivo do Volume 91-2008 Por Assunto A Acidente cerebrovascular/complicações Acidente vascular na doença de Chagas, 306 Abscesso Opção para tratamento de abscesso aórtico, 72 Acesso radial Acesso ulnar Angioplastia primária pelo

Leia mais

RCC- Radiologia Clínica de Campinas A Imagem da sua Saúde RESSONÂNCIA MAGNÉTICA 3.0 TESLA

RCC- Radiologia Clínica de Campinas A Imagem da sua Saúde RESSONÂNCIA MAGNÉTICA 3.0 TESLA RCC- Radiologia Clínica de Campinas A Imagem da sua Saúde RESSONÂNCIA MAGNÉTICA 3.0 TESLA ABERTURA 70 CM + TIM SUPER ALTO CAMPO - ALTA RESOLUÇÃO MAIOR VELOCIDADE - MAIOR COMODIDADE PREZADO COLEGA Com grande

Leia mais

Sexta-Feira (13.03.2015)

Sexta-Feira (13.03.2015) Sexta-Feira (13.03.2015) 8:00 - Abertura - Dr. Ércio Ferreira Gomes (Presidente do Congresso) 8:30 - Conferência - rastreamento do cancer de mama após 40 anos: devemos fazer? Presidente: Dr. Luis Porto

Leia mais

I CURSO DE ODONTOLOGIA HOSPITALAR EM BETIM

I CURSO DE ODONTOLOGIA HOSPITALAR EM BETIM 2012 I CURSO DE ODONTOLOGIA HOSPITALAR EM BETIM REALIZAÇÃO: e Secretaria Municipal de Saúde de Betim Local: Auditório do Hospital Público Regional de Betim, Avenida Mattos Lazzarotti, 3800 Ingá Betim MG.

Leia mais

Fibrilação atrial Resumo de diretriz NHG M79 (segunda revisão parcial, agosto 2013)

Fibrilação atrial Resumo de diretriz NHG M79 (segunda revisão parcial, agosto 2013) Fibrilação atrial Resumo de diretriz NHG M79 (segunda revisão parcial, agosto 2013) grupo de estudos NHG-fibrilação atrial traduzido do original em holandês por Luiz F.G. Comazzetto 2014 autorização para

Leia mais

XXX Jornadas de Cardiologia, Hipertensão e Diabetes. 5ª Feira 15 de Janeiro de 2015

XXX Jornadas de Cardiologia, Hipertensão e Diabetes. 5ª Feira 15 de Janeiro de 2015 XXX Jornadas de Cardiologia, Hipertensão e Diabetes Hotel do Mar Sesimbra 5ª Feira 15 de Janeiro de 2015 I Sessão 08.30-09.30 Mini Curso de Hipertensão Arterial O que há nos novos estudos e recomendações

Leia mais

SERVIÇO DE CIRURGIA CARDIOVASCULAR HOSPITAL UNIVERSITÁRIO PRESIDENTE DUTRA PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA

SERVIÇO DE CIRURGIA CARDIOVASCULAR HOSPITAL UNIVERSITÁRIO PRESIDENTE DUTRA PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA HOSPITAL UNIVERSITÁRIO PRESIDENTE DUTRA PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA Coordenador: José Vinicius da Silva Nina INTRODUÇÃO O conceito de um novo Cirurgião Cardiovascular deve obrigatoriamente incorporar

Leia mais

DOS GAÚCHOS. www.cardiologia.org.br NO CORAÇÃO

DOS GAÚCHOS. www.cardiologia.org.br NO CORAÇÃO Instituto de Cardiologia do Rio Grande do Sul Fundação Universitária de Cardiologia Avenida Princesa Isabel, 395 Bairro Santana, Porto Alegre PABX: 51 3230-3600 Administração: 51 3230-3610 cardiologia@cardiologia.org.br

Leia mais

CURSO NACIONAL DE RECICLAGEM EM CARDIOLOGIA DA REGIÃO SUL ANGINA ESTÁVEL ABDOL HAKIM ASSEF

CURSO NACIONAL DE RECICLAGEM EM CARDIOLOGIA DA REGIÃO SUL ANGINA ESTÁVEL ABDOL HAKIM ASSEF CURSO NACIONAL DE RECICLAGEM EM CARDIOLOGIA DA REGIÃO SUL ANGINA ESTÁVEL ABDOL HAKIM ASSEF Maringá - Paraná ANGINA ESTÁVEL DEFINIÇÃO Síndrome clínica caracterizada por dor ou desconforto em tórax, epigástrio,

Leia mais

Conduta no paciente com. isquêmica

Conduta no paciente com. isquêmica Conduta no paciente com cardiopatia isquêmica Lucas Araujo PET - Medicina Primeira causa de morte nos países ricos e vem aumentando sua incidência nos países de média e baixa renda No coração em repouso

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Curso de Graduação em Enfermagem Liga de Enfermagem em Neurologia

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Curso de Graduação em Enfermagem Liga de Enfermagem em Neurologia UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Curso de Graduação em Enfermagem Liga de Enfermagem em Neurologia Acidente Vascular Cerebral Isquêmico em Crianças, as, Acidente Vascular Cerebral Hemorrágico na Criança

Leia mais

Renato Sanchez Antonio CATETERISMO CARDÍACO

Renato Sanchez Antonio CATETERISMO CARDÍACO Renato Sanchez Antonio CATETERISMO CARDÍACO Indicações Avaliar risco-benefício, recomendado para definir presença ou gravidade de lesão cardíaca que não seja passível de técnica não inavasiva Complicações

Leia mais

INSUFICIÊNCIA CARDÍACA CONGESTIVA. Prof. Fernando Ramos Gonçalves-Msc

INSUFICIÊNCIA CARDÍACA CONGESTIVA. Prof. Fernando Ramos Gonçalves-Msc INSUFICIÊNCIA CARDÍACA CONGESTIVA Prof. Fernando Ramos Gonçalves-Msc Insuficiência Cardíaca Conceito É a incapacidade do coração em adequar sua ejeção às necessidades metabólicas do organismo, ou fazê-la

Leia mais

ENDORECIFE 2013 GRADE PRELIMINAR

ENDORECIFE 2013 GRADE PRELIMINAR ENDORECIFE 2013 GRADE PRELIMINAR Hotel Summerville 27 a 29 de junho de 2013 27 de junho 5ª Feira HORÁRIO SALA 1 SALA 2 14h00 / 15h10 Mesa Redonda 1 E COMPLICAÇÕES CRONICAS: COMO EU TRATO Nefropatia Diabética

Leia mais

2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CARDIOLOGIA 21. Quando analisamos o fluxo coronariano, observamos que ele é relativamente constante em pressões entre 60 e 160 mmhg e que o fluxo é diretamente relacionado

Leia mais

INSUFICIÊNCIA CARDÍACA CONGESTIVA (ICC)

INSUFICIÊNCIA CARDÍACA CONGESTIVA (ICC) INSUFICIÊNCIA CARDÍACA CONGESTIVA (ICC) Categorias: - ICC aguda sem diagnóstico prévio - ICC crônica agudizada - ICC crônica refratária Apresentações clínicas: - Edema agudo de pulmão: rápido aumento da

Leia mais

15 de setembro de 2012 - sábado

15 de setembro de 2012 - sábado 15 de setembro de 2012 - sábado DOENÇA ARTERIAL CRONICA/SINDROMES CORONARIAS AGUDAS Auditório 01 (Térreo) 1º Andar(500) (11871) Doença Arterial Crônica: Diagnóstico e Estratégias de Revascularização 10:50-11:05h

Leia mais

O PAPEL DA ENFERMAGEM NA REABILITAÇÃO CARDIACA RAQUEL BOLAS

O PAPEL DA ENFERMAGEM NA REABILITAÇÃO CARDIACA RAQUEL BOLAS O PAPEL DA ENFERMAGEM NA REABILITAÇÃO CARDIACA RAQUEL BOLAS Ericeira, 11 de Fevereiro 2011 DEFINIÇÃO De acordo com a OMS (2003), a Reabilitação Cardíaca é um conjunto De acordo com a OMS (2003), a Reabilitação

Leia mais

CENTRO DE CONVENÇÕES DO HOSPITAL SÃO JULIÃO 22 E 23 DE OUTUBRO DE 2010 CAMPO GRANDE

CENTRO DE CONVENÇÕES DO HOSPITAL SÃO JULIÃO 22 E 23 DE OUTUBRO DE 2010 CAMPO GRANDE CENTRO DE CONVENÇÕES DO HOSPITAL SÃO JULIÃO 22 E 23 DE OUTUBRO DE 2010 CAMPO GRANDE RISCO CIRÚRGICO AVALIAÇÃO PERIOPERATÓRIA Maria Augusta Santos Rahe Pereira e-mail- mariarahe@gmail.com DEFINIÇÃO DO PROBLEMA

Leia mais

Resoluções, conquistas e desafios

Resoluções, conquistas e desafios Eventos pré-congresso Cuidados Paliativos Conselhos e Associações de Classe Demências - diagnóstico diferencial TNT Geriatria - Abbott GeriatRio2013 - Programação Preliminar Como responder às demandas

Leia mais

CHECKLIST PROTOCOLO GERENCIADO IAM COM SUPRA ST

CHECKLIST PROTOCOLO GERENCIADO IAM COM SUPRA ST Nome do paciente: Atendimento: Idade: Sexo: ( ) M ( ) F Peso: Altura: Chegada ao hospital: / / Hora: ALERGIAS: Início da dor anginosa Data: Hora: Marcar o que se aplica: ESCORE TIMI PARA IAM COM SST HISTÓRIA

Leia mais

http://www.theheart.org/article/1466345.do.

http://www.theheart.org/article/1466345.do. Resultados finais do estudo SYNTAX reafirmam a cirurgia de revascularização miocárdica como intervenção de escolha, em pacientes com doença coronária complexa. http://www.theheart.org/article/1466345.do.

Leia mais

Pós-trombólise. O que fazer? Dr. Salomón Soriano Ordinola Rojas Hospital Beneficência Portuguesa São Paulo Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP Fibrinolíticos menor tempo isquemia mioc aguda menor

Leia mais

PROTOCOLO DE TROMBOEMBOLISMO VENOSO (TEV) PACIENTES CIRÚRGICOS

PROTOCOLO DE TROMBOEMBOLISMO VENOSO (TEV) PACIENTES CIRÚRGICOS PROTOCOLO DE TROMBOEMBOLISMO VENOSO (TEV) PACIENTES CIRÚRGICOS Em pacientes cirúrgicos, a chance de desenvolvimento de tromboembolismo venoso (TEV) depende da idade do paciente, do tipo de cirurgia e da

Leia mais

XXI CONGRESSO TEÓRICO-PRÁTICO DE ULTRASSONOGRAFIA 27 A 29 DE MARÇO DE 2015 PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA

XXI CONGRESSO TEÓRICO-PRÁTICO DE ULTRASSONOGRAFIA 27 A 29 DE MARÇO DE 2015 PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA XXI CONGRESSO TEÓRICO-PRÁTICO DE ULTRASSONOGRAFIA 27 A 29 DE MARÇO DE 2015 PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA DIA 27/03/2015 (SEXTA-FEIRA) MEDICINA INTERNA E PEQUENAS PARTES AUDITÓRIO 2 08:00-12:00 HS - MINI-CONFERÊNCIAS:

Leia mais

Tudo Exige Preparo. Para a guerra. Para o sexo. Para o banho

Tudo Exige Preparo. Para a guerra. Para o sexo. Para o banho Dr. Gustavo Santos Tudo Exige Preparo Para a guerra Para o sexo Para o banho Falhar em se preparar é preparar-se para falhar Benjamin Franklin Preparo Pré-Operatório: Por Quê? Identificar problemas não-conhecidos

Leia mais

Protocolo de profilaxia de Tromboembolismo Venoso (TEV) em pacientes internados Índice

Protocolo de profilaxia de Tromboembolismo Venoso (TEV) em pacientes internados Índice Protocolo de profilaxia de Tromboembolismo Venoso (TEV) em pacientes internados Índice 1. Definição/ Avaliação/Profilaxia 1 1.1. Tromboembolismo Venoso 1 2. Descrição do método de avaliação 1 3. Profilaxia

Leia mais

PROJETO: AÇÃO DE SAÚDE

PROJETO: AÇÃO DE SAÚDE PROJETO: AÇÃO DE SAÚDE FEIRAS DE SAÚDE EM UBÁ MG Projeto realizado pela Prefeitura de Ubá MG, administração 2009-2012, em parceria com a Universidade Federal de Juiz de Fora. Coordenador Geral: Vereador

Leia mais

Programação provisória. Palestrantes: Dra: Ângela Marx (Hospital Pérola Bayton - SP) / Dra. Anke Bergmann (INCA - RJ)

Programação provisória. Palestrantes: Dra: Ângela Marx (Hospital Pérola Bayton - SP) / Dra. Anke Bergmann (INCA - RJ) Programação provisória Sala 1 Nóbile Hotel 8h30 às 12h30 e das 14h30 às 18h30 Curso teórico 1 - Mastologia Fisioterapia no Ca de Mama Atualidades e Novas Intervenções Palestrantes: Dra: Ângela Marx (Hospital

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE DEPARTAMENTO DE FISIOLOGIA DISCIPLINA: FISIOLOGIA HUMANA EXERCÍCIO FÍSICO PARA POPULAÇÕES ESPECIAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE DEPARTAMENTO DE FISIOLOGIA DISCIPLINA: FISIOLOGIA HUMANA EXERCÍCIO FÍSICO PARA POPULAÇÕES ESPECIAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE DEPARTAMENTO DE FISIOLOGIA DISCIPLINA: FISIOLOGIA HUMANA EXERCÍCIO FÍSICO PARA POPULAÇÕES ESPECIAIS Prof. Mestrando: Marcelo Mota São Cristóvão 2008 POPULAÇÕES ESPECIAIS

Leia mais

6/1/2014 DEFINIÇÃO CHOQUE CARDIOGÊNICO. Perfusão sanguínea

6/1/2014 DEFINIÇÃO CHOQUE CARDIOGÊNICO. Perfusão sanguínea DEFINIÇÃO CHOQUE CARDIOGÊNICO Lilian Caram Petrus, MV, Msc Equipe Pet Cor de Cardiologia Doutoranda FMVZ-USP Vice- Presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia Veterinária Estado de baixa perfusão

Leia mais

PROGRAMA CIENTÍFICO PRELIMINAR

PROGRAMA CIENTÍFICO PRELIMINAR PROGRAMA CIENTÍFICO PRELIMINAR 5ª Feira 21/08/2014 Doença Inflamatória Intestinal 08:00 10:00 Mesa-redonda: Retocolite Ulcerativa Moderador: 08:00 Diagnóstico Clínico, laboratorial e gravidade Eduardo

Leia mais

Abordagem da reestenosee. Renato Sanchez Antonio

Abordagem da reestenosee. Renato Sanchez Antonio Abordagem da reestenosee oclusões crônicas coronárias Renato Sanchez Antonio Estudos iniciais de seguimento clínico de pacientes com angina estável demonstraram que o percentual de mortalidade aumentou

Leia mais

FARMACOLOGIA APLICADA À ODONTOLOGIA EM ATENÇÃO PRIMÁRIA

FARMACOLOGIA APLICADA À ODONTOLOGIA EM ATENÇÃO PRIMÁRIA FARMACOLOGIA APLICADA À ODONTOLOGIA EM ATENÇÃO PRIMÁRIA Maria Beatriz Cardoso Ferreira Departamento de Farmacologia Instituto de Ciências Básicas da Saúde - UFRGS Paciente de 68 anos procura atendimento

Leia mais

DIABETES MELLITUS NO BRASIL

DIABETES MELLITUS NO BRASIL DIABETES MELLITUS NO BRASIL 17º Congresso Brasileiro Multidisciplinar em Diabetes PATRÍCIA SAMPAIO CHUEIRI Coordenadora d Geral de Áreas Técnicas DAB/MS Julho, 2012 DIABETES MELITTUS Diabetes é considerado

Leia mais

AVALIAÇÃO PERIOPERATÓRIA Cirurgia Não Cardíaca. Nome do paciente: Registro: Cirurgia a ser realizada: Data da avaliação: / / Sugestões: Sugestões:

AVALIAÇÃO PERIOPERATÓRIA Cirurgia Não Cardíaca. Nome do paciente: Registro: Cirurgia a ser realizada: Data da avaliação: / / Sugestões: Sugestões: AVALIAÇÃO PERIOPERATÓRIA Cirurgia Não Cardíaca Nome do paciente: Registro: Cirurgia a ser realizada: Data da avaliação: / / Risco intrínseco da cirurgia: ( ) Baixo ( ) Intermediário ( ) Alto Risco cardiológico:

Leia mais

FISIOPATOLOGIA DA INSUFICIÊNCIA CARDÍACA EM CÃES

FISIOPATOLOGIA DA INSUFICIÊNCIA CARDÍACA EM CÃES FISIOPATOLOGIA DA INSUFICIÊNCIA CARDÍACA EM CÃES BAZAN, Christovam Tabox MONTEIRO, Maria Eduarda Discentes da Faculdade de Medicina Veterinária De Garça - FAMED BISSOLI, Ednilse Galego Docente da Faculdade

Leia mais

Ivan da Costa Barros Pedro Gemal

Ivan da Costa Barros Pedro Gemal Semiologia Abordagem ao paciente cardiopata Ivan da Costa Barros Pedro Gemal DESAFIO!! 2011 Universidade Federal Fluminense 1. Paciente idoso procura PS à noite queixando- se de falta de ar, taquicárdico

Leia mais

Reunião Anual Hotel Sana Malhoa Lisboa, 29 e 30 de Outubro de 2010

Reunião Anual Hotel Sana Malhoa Lisboa, 29 e 30 de Outubro de 2010 Sexta-feira, 29 Outubro de 2010 Reunião Anual Hotel Sana Malhoa Lisboa, 29 e 30 de Outubro de 2010 9:30h - Abertura do Secretariado 10:30h - Mesa-redonda: Imagiologia na Insuficiência Cardíaca Cândida

Leia mais

Cardiologia - Global Consolidado 1 / 9

Cardiologia - Global Consolidado 1 / 9 Cardiologia - Global Consolidado 1 / 9 Tabela 01 - Principais Antecedentes e Fatores de Risco para Doença Cardiovascular à Internação na Unidade Todos os Pacientes Egressos da Unidade Hipertensão Arterial

Leia mais