26/3/2010. Prof. Mst. Sandro de Souza. Quem criou o Futsal? FUTEBOL DE SALÃO. Quem criou o Futebol de Salão? Controvérsia Histórica...

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "26/3/2010. Prof. Mst. Sandro de Souza. Quem criou o Futsal? FUTEBOL DE SALÃO. Quem criou o Futebol de Salão? Controvérsia Histórica..."

Transcrição

1 Prof. Mst. Sandro de Souza Quem criou o Futsal? FUTEBOL DE SALÃO Quem criou o Futebol de Salão? Controvérsia Histórica... BRASIL X URUGUAI 1

2 Defende que o Futebol de Salão surgiu no Uruguai. As primeiras regras foram redigidas em 1933, pelo Prof. JUAN CARLOS CERIANI e foram fundamentadas em 4 esportes: Futebol (essênsia) Basquete (tempo de Jogo) Handebol (validade do gol) Pólo aquático (ações do goleiro) Fundamentação: A partir de um curso realizado na década de 30 na Associação Cristã de Moços, de Montevidéu, que contou com a presença de vários representantes das ACMs de toda a América Latina, entre eles alguns brasileiros, João Lotufo, Asdrúbal Monteiro e José Rothier. Cópias das regras foram distribuídas e trazidas posteriormente para o Brasil. 2

3 Fundamentação: Defendida por Luiz Gonzaga fernandes, que afirma que o Futebol de Salão surgiu no Brasil, na virada da década de 30 para a de 40, na Associação Cristã de Moços de São Paulo. Era praticado por jovens a título de recreação. Admite-se que jogava-se FUTEBOL em quadra também no Uruguai, mas não passava de pelada. Coube ao Brasil publicar as primeiras normas e regulamentações. O Brasil defende que autor é considerado aquele que primeiro organiza e regulamenta a modalidade esportiva de maneira a permitir a prática uniforme. 3

4 Em 1946, no Rio de Janeiro, Roger Grain publicou normas e regulamentações para a prática do Futebol de Salão, na revista de Educação Física, n 6. As primeiras regras surgira no Uruguai, cabendo aos brasileiros o crescimento, divulgação e ordenação do Futebol de Salão. Prática e divulgação do Futebol de Salão Através das ACMs do rio e São Paulo, o Futebol de Salão ganha popularidade, chegando aos clubes recreativos e as escolas regulares; Em 1942, a prática do Futebol de Salão por adultos é proibida em todas as ACMs Sul Americanas, pelo auto grau de indisciplina. A ACM de São Paulo foi a única a descumprir. Nessa década, a Comissão de Futebol de Salão da ACM (SP) realiza vários estudos e observações sobre as regras do esporte, com o objetivo de aperfeiçoa-las. 4

5 Regulamentação e reconhecimento. Nascimento das federações nacionais Em Abril de 1950 são redigidas pela Comissão de Futebol de Salão da ACM (SP) as novas regras; Em 1954, surge a Liga de Futebol de salão. Surgem as Federações: Carioca (54), Paulista (55), Gaúcha (56), Cearense (56) e Paranaense (56). Em 1956, Luiz Gonzaga de Oliveira Fernandes lançou a 1 regra Oficial de Futebol de Salão do mundo, adotado posteriormente pela FIFUSA. Expansão da modalidade pela América Latina O Futebol de Salão ganha o continente; Em 1969, surge a Confederação Sul Americana de Futebol de Salão. Ocorrem os primeiros campeonatos Sul Americanos de clubes e seleções; em, 1968, é promovida a 1 taça Brasil de Clubes. 5

6 Surgimento da FIFUSA e da CBFS O Futebol de Salão ganha o mundo; Em 1971, surge a Federação internacional de Futebol de Salão, fundada no Rio de Janeiro, tendo como primeiro presidente o Sr. João Havelange. O Futebol de Salão desperta o interesse da Federação Internacional de Futebol (FIFA); Extingue-se a Confederação Brasileira de Desportos (CBD) Em 1979, em Fortaleza (CE) surge a Confederação Brasileira de Futebol de Salão (CBFS), tendo como primeiro presidente, o Sr. Aécio de Borba Vasconcelos O Futebol de salão ganha cada vez mais força São promovidos os primeiros Pan-Americanos (1980) e Mundiais (1982) de clubes e de seleções; A FIFUSA organizou 03 campeonatos Mundiais: Brasil (1982), Espanha (1985) e Austrália (1988) Em 1983 a FIFUSA autoriza a prática do Futebol de Salão feminino; A FIFA promove, em janeiro de 1989, o primeiro campeonato Mundial (1 Copa do Mundo) de Futebol de Cinco, na Holanda. 6

7 Criação do Futsal Em 1989, em uma nova reunião entre FIFA e FIFUSA, entram em acordo e a modalidade passa a ser regida em nível mundial pela comissão permanente da FIFA, mudando o artigo 27 dos seus estatutos, passando a se chamar oficialmente a partir de 1990; FUTSAL, até então conhecido como Futebol de Cinco. Em 1990 o Brasil, principal representante da FIFUSA, se afasta oficialmente. A afirmação do Futsal A FIFA organiza o mundiais: Hong Kong, em 1992 Espanha, em 1996 Guatemala, em 2000 Em 1996, surge no Brasil, a Liga Nacional de Futsal O Futsal é considerado o esporte com maior número de praticantes no Brasil 7

8 A Década do Pan Rio 2007 Em 2001, reúne-se pela primeira vez, uma seleção brasileira de Fusal feminina A FIFA organiza o seu 5 campeonato Mundial. espanhola sagra-se Bi-campeã. A seleção O Futsal é incluído no Pan Rio 2007 O Brasil volta a ser campeão. 8

9 9

10 10

11 11

12 12

FUTSAL HISTÓRICO ORIGEM DO FUTSAL BRASIL URUGUAI 1940 ACM 1930 ACM

FUTSAL HISTÓRICO ORIGEM DO FUTSAL BRASIL URUGUAI 1940 ACM 1930 ACM A exemplo de vários outros esportes, - basquetebol, Handebol tentar entender a origem do futebol de salão, é um caminho muito difícil, devido aos escassos documentos que nos possam esclarecer a origem

Leia mais

História do Futsal no Brasil

História do Futsal no Brasil História do Futsal no Brasil O Futebol de Salão tem duas versões sobre o seu surgimento, como em outros esportes, há divergências quanto a sua invenção. Há uma versão que diz que o Futebol de Salão começou

Leia mais

História do Futsal no Brasil

História do Futsal no Brasil História do Futsal no Brasil O Futebol de Salão tem duas versões sobre o seu surgimento, como em outros esportes, há divergências quanto a sua invenção. Há uma versão que diz que o Futebol de Salão começou

Leia mais

A PESQUISA CIENTÍFICA NO FUTSAL: UMA REVISÃO DESCRITIVA

A PESQUISA CIENTÍFICA NO FUTSAL: UMA REVISÃO DESCRITIVA A PESQUISA CIENTÍFICA NO FUTSAL: UMA REVISÃO DESCRITIVA Ariel Martins Graduado em Educação Física Instituição Educacional São Judas Tadeu José Augusto Evangelho Hernandez Doutor em Psicologia Instituição

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA TRABALHO DE CONCUSÃO DE CURSO INICIAÇÃO DESPORTIVA, UMA ANÁLISE NAS ESCOLINHAS DE FUTSAL

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA TRABALHO DE CONCUSÃO DE CURSO INICIAÇÃO DESPORTIVA, UMA ANÁLISE NAS ESCOLINHAS DE FUTSAL PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA TRABALHO DE CONCUSÃO DE CURSO INICIAÇÃO DESPORTIVA, UMA ANÁLISE NAS ESCOLINHAS DE FUTSAL Autor: Augusto César Barbosa Ribeiro Orientador: Prof. Msc. Fabio

Leia mais

Educação Física: Futsal

Educação Física: Futsal FUTSAL Apresentação do Plano de Trabalho História e evolução do futebol de salão Regras Oficiais Métodos de Ensino Progressivo Repetitivo/Parcial Situacional/Global Fundamentos Técnicos Controle Proteção

Leia mais

HISTÓRICO DO FUTSAL PROF. ESP. RICARDO LUIZ PACE JR.

HISTÓRICO DO FUTSAL PROF. ESP. RICARDO LUIZ PACE JR. HISTÓRICO DO FUTSAL PROF. ESP. RICARDO LUIZ PACE JR. BRASILEIRO OU URUGUAIO? É com esta dúvida que se começa a explicar o nascimento do futsal, que surgiu com o nome de futebol de salão e em 1989, quando

Leia mais

XIV COPA SMEL DE FUTSAL 2016

XIV COPA SMEL DE FUTSAL 2016 XIV COPA SMEL DE FUTSAL 2016 Regulamento Geral XIV COPA SMEL DE FUTSAL CAPÍTULO I - DOS OBJETIVOS Art. 1º - A XIV COPA SMEL DE FUTSAL tem por objetivo principal o congraçamento geral dos participantes

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO GERAL DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO GERAL DISPOSIÇÕES PRELIMINARES ART. 1º A competição será para alunos devidamente matriculados na Instituição de Ensino - Univale. ART. 2º As pessoas físicas que participarem do evento consideradas

Leia mais

CERGS. Handebol. Vice-campeão 12 a 14 anos. 3º Colocação Masculino 12 a 14 anos 3º Colocação Feminino 12 a 14 anos Voleibol

CERGS. Handebol. Vice-campeão 12 a 14 anos. 3º Colocação Masculino 12 a 14 anos 3º Colocação Feminino 12 a 14 anos Voleibol DESTAQUES CERGS Handebol 3º Colocação Masculino 12 a 14 anos 3º Colocação Feminino 12 a 14 anos Voleibol Vice-campeão 12 a 14 anos CERGS Vôlei de praia Vice-campeão masculino 15 a 17 anos 3º lugar masculino

Leia mais

DESPESAS REALIZADAS PROJETO MACKENZIE FORMANDO ATLETAS OLÍMPICOS II

DESPESAS REALIZADAS PROJETO MACKENZIE FORMANDO ATLETAS OLÍMPICOS II DESPESAS REALIZADAS PROJETO MACKENZIE FORMANDO ATLETAS OLÍMPICOS II FONTE DOS RECURSOS: CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CLUBES CONVÊNIO Nº 28 DATA INÍCIO PROJETO: 14/08/2015 DATA TÉRMINO PROJETO: 13/03/2016

Leia mais

HISTÓRICO DE FILIAÇÃO UFLA

HISTÓRICO DE FILIAÇÃO UFLA Fundada em 03/05/1938, Oficializada pelo decreto 3617/945. Nomeada Entidade Pública Municipal e Estadual. Filiada a CBDU (Confederação Brasileira do Desporto Universitário). HISTÓRICO DE FILIAÇÃO UFLA

Leia mais

Textos para Leitura e Exploração

Textos para Leitura e Exploração COMPONENTE CURRICULAR DE EDUCAÇÃO FÍSICA. Textos para Leitura e Exploração Futsal 6º ano - Ensino Fundamental II Professora: Raísa Prado. 1º Bimestre / 2016. Página 1 Futsal O futebol de salão ou futsal

Leia mais

FEDERAÇÃO CEARENSE DE FUTEBOL

FEDERAÇÃO CEARENSE DE FUTEBOL Federação Cearense de Futebol Diretoria de Competições Regulamento Específico da Competição Taça Marcelo Vilar Sub/20 2016 1 SUMÁRIO CAPÍTULO I - DA DENOMINAÇÃO E PARTICIPAÇÃO... 3 CAPÍTULO II - DO TROFÉU

Leia mais

Em 2004, a TVCOM lançou ao mercado mais uma oportunidade às empresas que querem aliar sua marca ao marketing esportivo.

Em 2004, a TVCOM lançou ao mercado mais uma oportunidade às empresas que querem aliar sua marca ao marketing esportivo. A edição Esportes 2003 consolidou a TVCOM como um dos principais veículos de divulgação dos esportes praticados no Rio Grande do Sul, bem como nos cenários nacional e mundial. Em 2004, a TVCOM lançou ao

Leia mais

1º BIMESTRE. Série Turma (s) Turno 8º e 9º anos TODOS VESPERTINO Disciplina: EDUCAÇÃO FÍSICA Professor: ROGÉRIO TOSCANO Data: / / 2017 Aluno (a): Nº

1º BIMESTRE. Série Turma (s) Turno 8º e 9º anos TODOS VESPERTINO Disciplina: EDUCAÇÃO FÍSICA Professor: ROGÉRIO TOSCANO Data: / / 2017 Aluno (a): Nº 1º BIMESTRE Visto do Professor Nota Série Turma (s) Turno 8º e 9º anos TODOS VESPERTINO Disciplina: EDUCAÇÃO FÍSICA Professor: ROGÉRIO TOSCANO Data: / / 2017 Aluno (a): Nº APOSTILA DE FUTSAL PROFº ROGÉRIO

Leia mais

RELATÓRIO ESPORTIVO ANUAL 2013

RELATÓRIO ESPORTIVO ANUAL 2013 Federação Desportiva dos Surdos do Paraná FDSP Fundada em 10 de Agosto de 1991 RELATÓRIO ESPORTIVO ANUAL 2013 Curitiba PR ENTIDADES FILIADAS Associação Amigos do Triathlon (AAT) Associação dos Surdos de

Leia mais

FUTEBOL BRASILEIRO. Flávia Cristiane M. de Oliveira RA

FUTEBOL BRASILEIRO. Flávia Cristiane M. de Oliveira RA FUTEBOL BRASILEIRO Flávia Cristiane M. de Oliveira RA 11020366 INTRODUÇÃO O futebol é um dos esportes mais populares no mundo. Praticado em centenas de países, este esporte desperta tanto interesse em

Leia mais

A HISTÓRIA DA MODALIDADE EM INDAIATUBA

A HISTÓRIA DA MODALIDADE EM INDAIATUBA 1 A HISTÓRIA DA MODALIDADE EM INDAIATUBA O handebol é praticado em Indaiatuba há 20 anos. Nos primeiros anos sem um forte trabalho de base, os times foram montados com atletas migrados de outros esportes

Leia mais

Damas - História no Brasil Texto extraído do site

Damas - História no Brasil Texto extraído do site Damas - História no Brasil Texto extraído do site www.abjd.com.br Durante a época dos descobrimentos, o jogo de damas era muito popular em Portugal e na Espanha. Com a transferência da Corte Real, em 1806,

Leia mais

esportivas das aulas de Educação Física nas escolas de todo país.

esportivas das aulas de Educação Física nas escolas de todo país. O Futsal, também conhecido como Futebol de Salão, é uma modalidade esportiva que foi adaptada do futebolde campo para as quadras. O futsal é muito praticado no Brasil, fazendo parte de uma das principais

Leia mais

Sociedade Esportiva PALMEIRAS Basquete. Plano de Patrocínio Marketing Avançado Prof. João Henrique Areias

Sociedade Esportiva PALMEIRAS Basquete. Plano de Patrocínio Marketing Avançado Prof. João Henrique Areias Sociedade Esportiva PALMEIRAS Basquete Plano de Patrocínio Marketing Avançado Prof. João Henrique Areias O CLUBE O Palmeiras tem a 5ª maior torcida do Brasil com aproximadamente 5%. 2014 será o ano do

Leia mais

19/02/ h06- Atualizado em 19/02/ h06. Conheça um pouco sobre Corrida de Orientação, esporte 'novo' na Paraíba

19/02/ h06- Atualizado em 19/02/ h06. Conheça um pouco sobre Corrida de Orientação, esporte 'novo' na Paraíba 19/02/2012 19h06- Atualizado em 19/02/2012 19h06 Conheça um pouco sobre Corrida de Orientação, esporte 'novo' na Paraíba Esporte é praticado em contato direto com a natureza e seus principais equipamentos

Leia mais

Tabela de Jogos da Ginchamp 2017

Tabela de Jogos da Ginchamp 2017 Tabela de Jogos da Ginchamp 2017 Equipes: Equipe 1 (E1); Equipe 2 (E2); Equipe 3 (E3); Equipe 4 (E4) e Equipe 5 (E5). Tabela de Jogos de Mini Voleibol Quadra sintética 13h30 13h42 1 E1 x E2 Quadra sintética

Leia mais

REC - Regulamento Específico

REC - Regulamento Específico Fortaleza, 18 de junho de 2014 Ofício DCO/FCF 012/2014 Ilmos. Srs. Filiados, Ass.: Revisão, no prazo legal, do REC/Fares Lopes/2014 Prezados Senhores, Estamos publicando a revisão do 2º do artigo 7º do

Leia mais

REGULAMENTO COPA PHD GUINDASTES JUVENTUDE

REGULAMENTO COPA PHD GUINDASTES JUVENTUDE REGULAMENTO COPA PHD GUINDASTES JUVENTUDE O presente documento delimita as normas do regulamento a serem aplicadas ao torneio de futebol denominado COPA PHD GUINDASTES JUVENTUDE no ano de 2014. DA ORGANIZAÇÃO,

Leia mais

CELEIRO DE CAMPEÕES O Intercolegial já faz parte da programação das escolas do Rio. É o maior campeonato esportivo estudantil do Brasil.

CELEIRO DE CAMPEÕES O Intercolegial já faz parte da programação das escolas do Rio. É o maior campeonato esportivo estudantil do Brasil. CELEIRO DE CAMPEÕES O Intercolegial já faz parte da programação das escolas do Rio. É o maior campeonato esportivo estudantil do Brasil. Uma competição recheada de emoção e adrenalina, que contagia equipes,

Leia mais

COPA INTERESCOLAR DE FUTSAL UNOCHAPECÓ/FOLHA DE CHAPECÓ REGULAMENTO

COPA INTERESCOLAR DE FUTSAL UNOCHAPECÓ/FOLHA DE CHAPECÓ REGULAMENTO COPA INTERESCOLAR DE FUTSAL UNOCHAPECÓ/FOLHA DE CHAPECÓ REGULAMENTO REGULAMENTO GERAL DA COPA INTERESCOLAR DE FUTSAL UNOCHAPECÓ/FOLHA DE CHAPECÓ O Presidente da Associação de Arbitragem de Chapecó e Região

Leia mais

37º JOGOS OLÍMPICOS BOSCONIANOS JOB S

37º JOGOS OLÍMPICOS BOSCONIANOS JOB S BASQUETEBOL Art. 1º - A competição de Basquetebol dos 37º Jogos Olímpicos Bosconianos será regida pelo Regulamento Geral, pelas regras internacionais da FIBA, adotadas pela CBB e por este a) INFANTIL:

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO FUTSAL PARA CRIANÇAS DE 7 A 10 ANOS

A IMPORTÂNCIA DO FUTSAL PARA CRIANÇAS DE 7 A 10 ANOS A IMPORTÂNCIA DO FUTSAL PARA CRIANÇAS DE 7 A 10 ANOS MIQUELETI, Lucas Henrique da Costa1 SILVA, Edui Pereira2 1 Acadêmica do curso de Graduação em Educação Física da Faculdade de Ciências Sociais e Agrárias

Leia mais

Proposta de Patrocínio Seleção Brasileira Feminina de Futebol de Surdos

Proposta de Patrocínio Seleção Brasileira Feminina de Futebol de Surdos Proposta de Patrocínio Seleção Brasileira Feminina de Futebol de Surdos Apresentação A Seleção Brasileira Feminina de Futebol de Surdos pretende participar do 23º Summer Deaflympics (Surdolímpiada), na

Leia mais

XXVII TORNEIO SULBRASILEIRO DE FUTEBOL NÃO PROFISSIONAL REGULAMENTO ESPECÍFICO

XXVII TORNEIO SULBRASILEIRO DE FUTEBOL NÃO PROFISSIONAL REGULAMENTO ESPECÍFICO XXVII TORNEIO SULBRASILEIRO DE FUTEBOL NÃO PROFISSIONAL - 2014 DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO ESPECÍFICO Art. 1º - O Torneio Sul Brasileiro de Futebol não profissional é uma competição oficializada

Leia mais

Irapuan, Fiorentina, Marajoara, Hawai, Pinguim, Senff, Gaviões Cicuta, Canários e Demolidor.

Irapuan, Fiorentina, Marajoara, Hawai, Pinguim, Senff, Gaviões Cicuta, Canários e Demolidor. Nossa história O futebol de salão chegou ao Paraná em meados de 1955. Foi trazido pelas mãos do radialista Milton Camargo Amorim, que numa viagem ao Rio de Janeiro viu pela primeira vez um jogo da modalidade

Leia mais

MACAU ESPORTE CLUBE PROPOSTA DE PATROCÍNIO TEMPORADA 2016

MACAU ESPORTE CLUBE PROPOSTA DE PATROCÍNIO TEMPORADA 2016 MACAU ESPORTE CLUBE PROPOSTA DE PATROCÍNIO TEMPORADA 2016 SUMÁRIO I. INTRODUÇÃO...03 II. O CLUBE...04 III. HÓQUEI SOBRE GRAMA NO MUNDO...05 V. EQUIPES E CONQUISTAS...06 V. APOIO...08 VI. COMPROMISSO...08

Leia mais

DESPESAS REALIZADAS PROJETO MACKENZIE FORMANDO ATLETAS OLÍMPICOS II

DESPESAS REALIZADAS PROJETO MACKENZIE FORMANDO ATLETAS OLÍMPICOS II DESPESAS REALIZADAS PROJETO MACKENZIE FORMANDO ATLETAS OLÍMPICOS II FONTE DOS RECURSOS: CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CLUBES CONVÊNIO Nº 28 DATA INÍCIO PROJETO: 14/08/2015 DATA TÉRMINO PROJETO: 14/10/2016

Leia mais

FEDERAÇÃO DE DESPORTOS AQUÁTICOS DO DISTRITO FEDERAL FDA/DF

FEDERAÇÃO DE DESPORTOS AQUÁTICOS DO DISTRITO FEDERAL FDA/DF Critérios indicativos à Bolsa Atleta de Natação conforme Reunião da Diretoria da FDA/DF e técnicos filiados, realizada no dia 03 de fevereiro de 2016. I BOLSA ATLETA OLÍMPICA 1.1- O atleta de natação só

Leia mais

FORTALECENDO SABERES EDUCAÇÃO FÍSICA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA. AULA: 11.1 Conteúdo: A copa do Mundo de futebol

FORTALECENDO SABERES EDUCAÇÃO FÍSICA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA. AULA: 11.1 Conteúdo: A copa do Mundo de futebol 2 EDUCAÇÃO CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA AULA: 11.1 Conteúdo: A copa do Mundo de futebol 2 EDUCAÇÃO CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA AULA: 11.1 Habilidades:

Leia mais

FEDERAÇÃO CEARENSE DE FUTEBOL

FEDERAÇÃO CEARENSE DE FUTEBOL Federação Cearense de Futebol Diretoria de Competições Regulamento Específico da Competição Campeonato Cearense Feminino 2017 1 SUMÁRIO CAPÍTULO I - DA DENOMINAÇÃO E PARTICIPAÇÃO... 3 CAPÍTULO II - DO

Leia mais

Boletim 3 OLIENT 2016 : DESCLASSIFICAÇÃO DE EQUIPES:

Boletim 3 OLIENT 2016 : DESCLASSIFICAÇÃO DE EQUIPES: Boletim 3 OLIET 2016 : DESCLASSIFICAÇÃO DE EQUIPES: De acordo com o artigo 5 O das ormas Gerais do regulamento geral da competição, ficam desclassificadas as seguintes equipes da OLIET 2016: FUTSAL MASCULIO

Leia mais

FEDERAÇÃO CEARENSE DE FUTEBOL

FEDERAÇÃO CEARENSE DE FUTEBOL Federação Cearense de Futebol Diretoria de Competições Regulamento Específico da Competição Campeonato Cearense Feminino 2016 1 SUMÁRIO CAPÍTULO I - DA DENOMINAÇÃO E PARTICIPAÇÃO...3 CAPÍTULO II - DO TROFÉU

Leia mais

Revista Brasileira de Futsal e Futebol ISSN versão eletrônica

Revista Brasileira de Futsal e Futebol ISSN versão eletrônica 287 versão eletrônica A IMPORTÂNCIA DO FUTSAL PARA O DESENVOLVIMENTO COGNITIVO, AFETIVO E PSICOMOTOR Rubem Machado Filho 1 RESUMO O estudo teve como objetivo fazer uma abordagem sobre a importância do

Leia mais

XXVI TORNEIO SULBRASILEIRO DE FUTEBOL AMADOR REGULAMENTO

XXVI TORNEIO SULBRASILEIRO DE FUTEBOL AMADOR REGULAMENTO XXVI TORNEIO SULBRASILEIRO DE FUTEBOL AMADOR - 2013 REGULAMENTO DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - O Torneio Sulbrasileiro de Futebol Amador é uma competição oficializada pela Confederação Brasileira de

Leia mais

REGULAMENTO GERAL FUTEBOL TAÇA PAULO ROBERTO TRIVELLI 2017 FASE ESTADUAL

REGULAMENTO GERAL FUTEBOL TAÇA PAULO ROBERTO TRIVELLI 2017 FASE ESTADUAL REGULAMENTO GERAL FUTEBOL TAÇA PAULO ROBERTO TRIVELLI 2017 FASE ESTADUAL REGULAMENTO FUTEBOL TAÇA PAULO ROBERTO TRIVELLI 2017 TITULO I DAS FINALIDADES Artigo 1º - O CAMPEONATO PAULISTA UNIVERSITÁRIO de

Leia mais

O primeiro jogo de futebol no Brasil, aconteceu dia 14 de Abril de 1895, com duas equipes formadas por ingleses radicados em São Paulo.

O primeiro jogo de futebol no Brasil, aconteceu dia 14 de Abril de 1895, com duas equipes formadas por ingleses radicados em São Paulo. Podemos encontrar registros históricos de jogos que lembram o futebol a mais de 2000 anos atrás, na Grécia e China. Mas os primeiros indícios do jogo de futebol moderno se deram na Inglaterra, no continente

Leia mais

Beach Tennis herdou elementos do badminton, vôlei, frescobol e tênis

Beach Tennis herdou elementos do badminton, vôlei, frescobol e tênis Beach Tênis de areia? Frescobol com rede? Não, o jogo é Beach Tennis Como nasceu e quais as entidades que regem o tênis jogado na areia Por Marcela Evangelista DESDE 2008, QUANDO FOI TRAZIDO PARA O BRASIL,

Leia mais

SISTEMA DE DISPUTA LIGA PAULISTA FUTSAL 2012 DO SISTEMA DE DISPUTA 1ª FASE DE CLASSIFICAÇÃO

SISTEMA DE DISPUTA LIGA PAULISTA FUTSAL 2012 DO SISTEMA DE DISPUTA 1ª FASE DE CLASSIFICAÇÃO SISTEMA DE DISPUTA LIGA PAULISTA FUTSAL 2012 Prevalecem neste campeonato os dispositivos do Código Desportivo da Federação em vigor, bem como as Disposições Iniciais e Especiais de 2012 substanciadas pelas

Leia mais

Marcas de alto renome da FIFA

Marcas de alto renome da FIFA s de alto renome da FIFA Reconhecido o alto renome das marcas, nos termos do art. 125 da LPI, e de acordo com o disposto no artigo 3º da lei n.º 12.663 de 05/06/2012 (Lei da Copa). Os efeitos deste reconhecimento

Leia mais

FEDERAÇÃO CEARENSE DE FUTEBOL Diretoria de Competições

FEDERAÇÃO CEARENSE DE FUTEBOL Diretoria de Competições TAÇA FARES LOPES DE FUTEBOL 2012 REGULAMENTO ESPECÍFICO DA COMPETIÇÃO REC CAPÍTULO I Da Denominação e Participação Art. 1º - ATaça Fares Lopes de Futebol 2012, doravante denominadataça, será disputado

Leia mais

ATIVIDADES ESPORTIVAS DO SUEESSOR TORNEIO DE VERÃO

ATIVIDADES ESPORTIVAS DO SUEESSOR TORNEIO DE VERÃO ATIVIDADES ESPORTIVAS DO SUEESSOR TORNEIO DE VERÃO REGULAMENTO I Dos Objetivos (Art. 1º) Este modelo de regulamento é o conjunto das disposições que regem os Campeonatos da CNFS Confederação Nacional de

Leia mais

FEDERAÇÃO CEARENSE DE FUTEBOL

FEDERAÇÃO CEARENSE DE FUTEBOL Federação Cearense de Futebol Diretoria de Competições Regulamento Específico da Competição Copa Cearense de Futebol Master Quarentão 2017 1 SUMÁRIO CAPÍTULO I - DA DENOMINAÇÃO E PARTICIPAÇÃO... 3 CAPÍTULO

Leia mais

História da Futebol e Futsal. Profº Ms. Gil Oliveira

História da Futebol e Futsal. Profº Ms. Gil Oliveira História da Futebol e Futsal CONTEXTUALIZAÇÃO China 5000 a.c. até Inglaterra 1862 A origem do futebol possui diversas versões, mas sabe-se que ele é uma evolução de diversos jogos. Países Asiáticos - principalmente

Leia mais

FEDERAÇÃO CEARENSE DE FUTEBOL

FEDERAÇÃO CEARENSE DE FUTEBOL Federação Cearense de Futebol Diretoria de Competições Regulamento Específico da Competição Copa Cearense de Futebol Master 2016 1 SUMÁRIO CAPÍTULO I - DA DENOMINAÇÃO E PARTICIPAÇÃO...3 CAPÍTULO II - DO

Leia mais

Natação Principais Resultados da Base: No Estadual Junior, o clube conquistou um total de 8 ouros, 6 pratas e 5 bronzes.

Natação Principais Resultados da Base: No Estadual Junior, o clube conquistou um total de 8 ouros, 6 pratas e 5 bronzes. Resultados 2014 Natação 2014 Principais Resultados da Base: No Estadual Junior, o clube conquistou um total de 8 ouros, 6 pratas e 5 bronzes. Francisco Lobo nos jogos escolares conquistou 2 medalhas de

Leia mais

Federação de Esportes Estudantis de Minas Gerais

Federação de Esportes Estudantis de Minas Gerais Federação de Esportes Estudantis de Minas Gerais QUEM SOMOS A Federação de Esportes Estudantis de Minas Gerais, fundada em agosto de 2000, em Belo Horizonte, nasceu de uma proposta ousada de incentivar

Leia mais

Pelo 9 ano consecutivo, a RICTV Record em parceria com a Federação de Futebol Society do Paraná, promove a Copa RIC de Futebol , em Curitiba.

Pelo 9 ano consecutivo, a RICTV Record em parceria com a Federação de Futebol Society do Paraná, promove a Copa RIC de Futebol , em Curitiba. FUTEBOL 7 O FUTEBOL 7 O futebol Sete começou no ano de 1950, no Rio de Janeiro. Lá praticava-se o futebol de amigos nos quintais dos casarões da Tijuca, iniciando-se com o primeiro campo na Rua Uruguai,

Leia mais

Projeto Futsal Estadual

Projeto Futsal Estadual Equipe sub -20 anos Campeão Estadual 2011 Equipe Sub-20 Campeonato Estadual, jogo contra o Motivo (Vice Campeão). Ficha Técnica Apresentação Justificativa Objetivo Geral Avaliação Geral Atividades Anteriores

Leia mais

CFSB. Projeto 2014/2018 www.futsalolimpico.com.br CONFEDERAÇÃO DE FUTEBOL DE SALÃO DO BRASIL. cadastro ativo no Ministério do Esporte do Brasil

CFSB. Projeto 2014/2018 www.futsalolimpico.com.br CONFEDERAÇÃO DE FUTEBOL DE SALÃO DO BRASIL. cadastro ativo no Ministério do Esporte do Brasil CFSB CONFEDERAÇÃO DE FUTEBOL DE SALÃO DO BRASIL cadastro ativo no Ministério do Esporte do Brasil Projeto 2014/2018 www.futsalolimpico.com.br Apresentação Este projeto consiste na apresentação de um novo

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA DA ZONA LESTE

FACULDADE DE TECNOLOGIA DA ZONA LESTE FACULDADE DE TECNOLOGIA DA ZONA LESTE EDILTON JUNIOR SILVA JOÃO PEDRO MARQUES JULIANA NÓBREGA JATOBÁ JOGOS OLÍMPICOS 2016 Patrocínio e Lei de Incentivo ao Esporte Orientadora: Profª. Drª. Rosângela M.

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS BRASILEIROS

ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS BRASILEIROS ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS BRASILEIROS DEPARTAMENTO ESPORTIVO JOGOS NACIONAIS DA MAGISTRATURA REGULAMENTO DA FINALIDADE E REALIZAÇÃO Art. 1º - Os JOGOS NACIONAIS DA MAGISTRATURA, competição oficial da

Leia mais

EDITAL E REGULAMENTO DO INTER NEWTON 2017 LUEN Liga Universitária Esportiva da Newton

EDITAL E REGULAMENTO DO INTER NEWTON 2017 LUEN Liga Universitária Esportiva da Newton EDITAL E REGULAMENTO DO INTER NEWTON 2017 LUEN Liga Universitária Esportiva da Newton A Liga Universitária Esportiva da Newton, no uso de suas atribuições, estabelece os objetivos e as diretrizes que regerão

Leia mais

Federação Paulista de Futebol

Federação Paulista de Futebol Federação Paulista de Futebol XXIX TORNEIO SULBRASILEIRO DE FUTEBOL AMADOR - 2016 DA DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - O Torneio Sulbrasileiro de Futebol Amador é uma competição não profissional, oficializada

Leia mais

Possui sede própria localizada à Rua do Bosque, Barra Funda São Paulo/SP - Cep:

Possui sede própria localizada à Rua do Bosque, Barra Funda São Paulo/SP - Cep: Prezados senhores, Vimos esclarecer a relação entre o Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Sócio Esportivo IBRADESPOR e o Sindicato de Atletas Profissionais do Estado de São Paulo SAPESP, além de elucidar

Leia mais

FEDERAÇÃO CEARENSE DE FUTEBOL

FEDERAÇÃO CEARENSE DE FUTEBOL Federação Cearense de Futebol Diretoria de Competições Regulamento Específico da Competição Taça Fares Lopes 2017 1 SUMÁRIO CAPÍTULO I - DA DENOMINAÇÃO E PARTICIPAÇÃO... 3 CAPÍTULO II - DO TROFÉU E DOS

Leia mais

II COPA NIPPON DE FUTSAL INTERNIKKEIS REGULAMENTO

II COPA NIPPON DE FUTSAL INTERNIKKEIS REGULAMENTO 1. FINALIDADE: A II COPA NIPPON DE FUTSAL INTERNIKKEYS é um evento de caráter desportivo e social, tendo como objetivo proporcionar maior integração entre os clubes participantes. 2. ORGANIZACÃO: A organização

Leia mais

FICHA DE INSCRIÇÃO TORNEIO DE FUTEBOL 7 - MONTEIRO LOBATO 2016 NOME DA EQUIPE: REPRESENTANTE: CELULAR: 1. RG/MATRÍCULA 2.

FICHA DE INSCRIÇÃO TORNEIO DE FUTEBOL 7 - MONTEIRO LOBATO 2016 NOME DA EQUIPE: REPRESENTANTE: CELULAR:   1. RG/MATRÍCULA 2. FICHA DE INSCRIÇÃO TORNEIO DE FUTEBOL 7 - MONTEIRO LOBATO 2016 NOME DA EQUIPE: REPRESENTANTE: CELULAR: EMAIL: 1. RG/MATRÍCULA 2. RG/MATRÍCULA: 3. RG/MATRÍCULA: 4. RG/MATRÍCULA 5. RG/MATRÍCULA 6. RG/MATRÍCULA

Leia mais

FEDERAÇÃO CEARENSE DE FUTEBOL

FEDERAÇÃO CEARENSE DE FUTEBOL Federação Cearense de Futebol Diretoria de Competições Regulamento Específico da Competição Campeonato Cearense Categoria Sub/13 2016 1 SUMÁRIO CAPÍTULO I - DA DENOMINAÇÃO E PARTICIPAÇÃO...3 CAPÍTULO II

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS BRASILEIROS

ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS BRASILEIROS ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS BRASILEIROS DEPARTAMENTO ESPORTIVO JOGOS NACIONAIS DA MAGISTRATURA REGULAMENTO DA FINALIDADE E REALIZAÇÃO Art. 1º - Os JOGOS NACIONAIS DA MAGISTRATURA, competição oficial da

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DO RUGBY BRASILEIRO: panorama de 2009 a 2012

DESENVOLVIMENTO DO RUGBY BRASILEIRO: panorama de 2009 a 2012 DESENVOLVIMENTO DO RUGBY BRASILEIRO: panorama de 2009 a 2012 Eraldo dos Santos Pinheiro Mauricio Migliano Gabriel Gustavo Bergmann Adroaldo Gaya INTRODUÇÃO Praticantes e fãs de Rugby em algum momento já

Leia mais

REGULAMENTO FUTEBOL TAÇA PAULO ROBERTO TRIVELLI 2016 FASE ESTADUAL

REGULAMENTO FUTEBOL TAÇA PAULO ROBERTO TRIVELLI 2016 FASE ESTADUAL REGULAMENTO FUTEBOL TAÇA PAULO ROBERTO TRIVELLI 2016 FASE ESTADUAL REGULAMENTO FUTEBOL TAÇA PAULO ROBERTO TRIVELLI 2016 TITULO I DAS FINALIDADES Artigo 1º - O CAMPEONATO PAULISTA UNIVERSITÁRIO de FUTEBOL

Leia mais

15/11/2016. Atividade contra a resistência (água); Aula coletiva Geralmente utiliza música; Materiais para aumentar a resistência;

15/11/2016. Atividade contra a resistência (água); Aula coletiva Geralmente utiliza música; Materiais para aumentar a resistência; Atividade contra a resistência (água); Aula coletiva Geralmente utiliza música; Materiais para aumentar a resistência; 1 Sobre a aula: Circuito Coreografada Localizada por articulação Alternada por seguimento

Leia mais

1º RELATÓRIO TRIMESTRAL

1º RELATÓRIO TRIMESTRAL 1º RELATÓRIO TRIMESTRAL OUTUBRO A DEZEMBRO DE 2014 PATROCINADORES Patrocinador Oficial do Instituto TRILHAR PARCEIROS OFICIAIS APOIO REALIZAÇÃO ASSESSORIA RELATÓRIO DE ATIVIDADES PROJETO BASE CAMPEÃ PATROCÍNIO:

Leia mais

XIV Copa FUTEL de Futebol de Campo 2015 Regulamento

XIV Copa FUTEL de Futebol de Campo 2015 Regulamento XIV Copa FUTEL de Futebol de Campo Regulamento 1 CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1º - A XIV COPA FUTEL DE FUTEBOL DE CAMPO tem por objetivo principal o congraçamento geral dos participantes e criar alternativas

Leia mais

REGULAMENTO FUTSAL

REGULAMENTO FUTSAL REGULAMENTO 2017 - FUTSAL 1. MISSÃO Criar um ambiente adequado para a pratica esportiva, onde a competição entre equipes escolares se desenvolva de forma positiva, propiciando vivencias práticas de valores

Leia mais

2º maior evento esportivo interclubes da América Latina

2º maior evento esportivo interclubes da América Latina 2º maior evento esportivo interclubes da América Latina Fundada em 11 de outubro de 1975, na Cidade do México, a FIBA Américas (Confederação Pan-Americana de Basquete) é uma organização sem fins lucrativos

Leia mais

Gala do Desporto 2012

Gala do Desporto 2012 Gala do Desporto 2012 Reunião de Câmara 05-Nov-2012 Índice 1. Introdução... 3 2. Destinatários... 3 3. Processo e prazo de candidatura... 3 4. Processo de seleção... 3 5. Critérios de seleção... 4 7. Exceções...

Leia mais

FEDERAÇÃO CEARENSE DE FUTEBOL REC. Regulamento Específico Série A 2014 CEARENSE CHEVROLET 2014 SÉRIE A REGULAMENTO ESPECÍFICO DA COMPETIÇÃO REC

FEDERAÇÃO CEARENSE DE FUTEBOL REC. Regulamento Específico Série A 2014 CEARENSE CHEVROLET 2014 SÉRIE A REGULAMENTO ESPECÍFICO DA COMPETIÇÃO REC CEARENSE CHEVROLET SÉRIE A REGULAMENTO ESPECÍFICO DA COMPETIÇÃO CAPÍTULO I Da Denominação e Participação Art. 1º - O Campeonato Cearense de da Série A, doravante denominado Cearense Chevrolet, será disputado

Leia mais

ser um segundo Pelé Fonte: Federação Paulista de Futsal Fonte: Federação Paulista de Futebol depende d Fonte: Fonseca (2007) execução dos fundamentos, em virtude de suas características socioambientais.

Leia mais

Nota Oficial - NO nº 008/10

Nota Oficial - NO nº 008/10 São Paulo, 15 de março de 2010. Nota Oficial - NO nº 008/10 EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA Pelo presente edital, ficam convocadas as federações estaduais filiadas à Confederação Brasileira

Leia mais

O Voleibol nos Jogos Olímpicos

O Voleibol nos Jogos Olímpicos O Voleibol nos Jogos Olímpicos - Avaliação de Aprendizagem - Diretrizes do Ensino Geografia e Historia. - Leitura e Escrita do Ensino Fundamental Fernanda de Andrade Nascimento RA 11512572 O Voleibol nos

Leia mais

CAMPEONATO PAULISTA 2016 Futebol de 7 PC

CAMPEONATO PAULISTA 2016 Futebol de 7 PC CAMPEONATO PAULISTA 2016 Futebol de 7 PC REGULAMENTO GERAL I Objetivo Art.1º O Campeonato Paulista 2016 tem como objetivo fomentar o desporto em São Paulo e desenvolver o intercâmbio desportivo e social,

Leia mais

LIGA DE FUTEBOL DE NOVA ESPERANÇA

LIGA DE FUTEBOL DE NOVA ESPERANÇA LIGA DE FUTEBOL DE NOVA ESPERANÇA 54º CAMPEONATO AMADOR DE FUTEBOL 2017 Fone: (44) 9963-6168 3252-1172 75.472.746/0001-05 54º CAMPEONATO AMADOR DE FUTEBOL 2017 REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO

Leia mais

Centro Educacional Sesc Cidadania. Goiânia, / / º ano Turma: Nome do (a) Aluno (a): Professor (a): Valéria de Paula Silva Valor: 10,0 Nota

Centro Educacional Sesc Cidadania. Goiânia, / / º ano Turma: Nome do (a) Aluno (a): Professor (a): Valéria de Paula Silva Valor: 10,0 Nota Centro Educacional Sesc Cidadania Ensino Fundamental II Goiânia, / /2017. 6º ano Turma: Nome do (a) Aluno (a): Professor (a): Valéria de Paula Silva Valor: 10,0 Nota UInstruções 1- Utilize somente caneta

Leia mais

EC PINHEIROS PROJETO COLETIVOS

EC PINHEIROS PROJETO COLETIVOS EC PINHEIROS PROJETO COLETIVOS ESPORTE CLUBE PINHEIROS NÚMEROS QUE IMPRESSIONAM 113 ANOS de existência umas das instituições mais tradicionais do país, oferecendo atividades esportivas, sociais e culturais

Leia mais

LIGA DE FUTEBOL DE NOVA ESPERANÇA

LIGA DE FUTEBOL DE NOVA ESPERANÇA LIGA DE FUTEBOL DE NOVA ESPERANÇA 53º CAMPEONATO AMADOR DE FUTEBOL 2015 Fone: (44) 9963-6168 6168 3252-1172 75.472.746/0001-05 05 53º CAMPEONATO AMADOR DE FUTEBOL 2015 REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO CAPÍTULO

Leia mais

CAPÍTULO I DA EQUIPE DE ARBITRAGEM

CAPÍTULO I DA EQUIPE DE ARBITRAGEM V COPA Sinttelrs de Futsal 2013 REGULAMENTO CAPÍTULO I DA EQUIPE DE ARBITRAGEM Art. 01 - Os jogos do torneio serão regulamentados pelas Regras Oficiais de Futsal da Confederação Brasileira de Futebol de

Leia mais

Muito além do futebol Estudo sobre esportes no Brasil

Muito além do futebol Estudo sobre esportes no Brasil Muito além do futebol Estudo sobre esportes no Brasil Setembro de 2011 Agenda Contexto e metodologia da pesquisa Perfil dos respondentes Principais conclusões Panorama dos esportes no Brasil Percepções

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS SECRETARIA DE ESPORTES E LAZER MUSEU DE ESPORTES. Data de entrada Observação: Restaurado em março de 2013.

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS SECRETARIA DE ESPORTES E LAZER MUSEU DE ESPORTES. Data de entrada Observação: Restaurado em março de 2013. PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS SECRETARIA DE ESPORTES E LAZER CADASTRO DE DIPLOMAS 03_02 MUSEU DE ESPORTES Número: 1 Clube Recreativo Orion Data/Ano: 24/10/1964 Número: 2 Jerôncio Simões da

Leia mais

FEDERAÇÃO MINEIRA DE VOLEIBOL CAMPEONATO ESTADUAL SUB-14 E SUB-18 VOLEIBOL FEMININO RELATÓRIO FINAL DEZEMBRO/2015

FEDERAÇÃO MINEIRA DE VOLEIBOL CAMPEONATO ESTADUAL SUB-14 E SUB-18 VOLEIBOL FEMININO RELATÓRIO FINAL DEZEMBRO/2015 FEDERAÇÃO MINEIRA DE VOLEIBOL CAMPEONATO ESTADUAL SUB-14 E SUB-18 VOLEIBOL FEMININO RELATÓRIO FINAL DEZEMBRO/2015 SADA TRANSPORTES VÔLEI FEDERAÇÃO MINEIRA REDE INCENTIVE O ESPORTE EM FOCO Projeto Campeonato

Leia mais

NORMAS DO DEPARTAMENTO DE REGISTRO DE ATLETAS 2012

NORMAS DO DEPARTAMENTO DE REGISTRO DE ATLETAS 2012 Federação Paranaense de Futebol de Salão ====================================================================================== Rua Marechal Deodoro, 869-15º Andar - Conjs. 1505/06 - CEP.: 80.060-010 Fone/Fax:

Leia mais

Autêntica joia tricolor, Kaká foi lapidado desde criança pelas categorias de base do clube para ser uma verdadeira potência entre os atletas.

Autêntica joia tricolor, Kaká foi lapidado desde criança pelas categorias de base do clube para ser uma verdadeira potência entre os atletas. Autêntica joia tricolor, Kaká foi lapidado desde criança pelas categorias de base do clube para ser uma verdadeira potência entre os atletas. Bom caráter, inteligente, forte, ágil, veloz. Poucas são as

Leia mais

FUTSAL Art. 1º - As partidas obedecerão as regras oficiais da C.B.F.S.. Art. 2º - O tempo de cada partida será de 08 (oito) minutos. Inciso I - quando

FUTSAL Art. 1º - As partidas obedecerão as regras oficiais da C.B.F.S.. Art. 2º - O tempo de cada partida será de 08 (oito) minutos. Inciso I - quando VOLEIBOL Art. 1º - As partidas obedecerão às regras oficiais da FIVB, com as seguintes alterações: Inciso I - Os jogos serão realizados em 01 (um) set de 16 (dezesseis) pontos. Inciso II - Em caso de empate

Leia mais

REGULAMENTO DO XVI CAMPEONATO DE FUTEBOL - CETEC

REGULAMENTO DO XVI CAMPEONATO DE FUTEBOL - CETEC REGULAMENTO DO XVI CAMPEONATO DE FUTEBOL - CETEC 1. Jogos 1.1. O XVI Campeonato de Futebol será realizado no dia 01 de outubro de 2016, no turno da manhã, na modalidade esportiva e naipe: Futsal Masculino.

Leia mais

apresentação RUGBY UNESP RIO CLARO

apresentação RUGBY UNESP RIO CLARO apresentação o rugby é um esporte bastante popular em países da Europa e da Oceania, sobretudo naqueles que tiveram colonização inglesa. Atualmente, a Copa do Mundo de Rugby é o terceiro evento esportivo

Leia mais

CONQUISTAS SELEÇÃO CLUBES OURO NO PAN DE TORONTO

CONQUISTAS SELEÇÃO CLUBES OURO NO PAN DE TORONTO DESENVOLVIDO POR PERFIL Diogo Hubner é um dos grandes nomes do Handebol nacional. Desde cedo chamou a atenção de professores, treinadores e Seleção Brasileira por sua garra e determinação. Sua relação

Leia mais

REGULAMENTO 8º CAMPEONATO ASEPI

REGULAMENTO 8º CAMPEONATO ASEPI REGULAMENTO 8º CAMPEONATO ASEPI FUTSAL / VOLEI / BASQUETE/ FUT 7 / TRUCO 2017 REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES ART.1º - Este é o conjunto das disposições que regem as regras do

Leia mais

OLIENT 2016 CATEGORIA 8º E 9º ANOS FUTSAL MASCULINO

OLIENT 2016 CATEGORIA 8º E 9º ANOS FUTSAL MASCULINO OLIET 2016 CATEGORIA 8º E 9º AOS FUTSAL MASCULIO FORMA DE DISPUTA: POTOS CORRIDOS Equipes PT J V E D GP GC SG Itália 6 2 2 0 0 33 1 32 Grã Bretanha 3 1 1 0 0 15 3 12 Africa do Sul 0 1 0 0 1 1 7-6 Jamaica

Leia mais

CLIPAGEM IMPRESSO. Cliente: Colégio Santa Emília HAIM FERREIRA/FOLHA PE

CLIPAGEM IMPRESSO. Cliente: Colégio Santa Emília HAIM FERREIRA/FOLHA PE HAIM FERREIRA/FOLHA PE Visando fortalecer ainda mais o desporto olímpico em Pernambuco, o Colégio Santa Emília firmou uma importante parceria com a Federação Pernambucana de Basquete e a Confederação Brasileira

Leia mais

JISP - JOGOS INTER CAMPI DA UTFPR DO SUDOESTE DO PARANA

JISP - JOGOS INTER CAMPI DA UTFPR DO SUDOESTE DO PARANA Ministério da Educação REGULAMENTO GERAL JISP - JOGOS INTER CAMPI DA UTF DO SUDOESTE DO PARANA Pato Branco, abril de 2011. DAS DISPOSIÇÕES ELIMINARES Art 1º O regulamento geral é o conjunto das disposições

Leia mais

Como acontece em vários esportes, há divergências no que se refere à história de origem do futsal. Alguns acreditam que o mesmo tenha se originado na

Como acontece em vários esportes, há divergências no que se refere à história de origem do futsal. Alguns acreditam que o mesmo tenha se originado na FUTSAL O futebol de salão conhecido apenas como futsal é uma prática adaptada do futebol. Em uma quadra esportiva são formados times de cinco jogadores e assim como no futebol, o principal objetivo é colocar

Leia mais