SEGURO MAIORISTA INCLUSÃO. Condições Gerais

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SEGURO MAIORISTA INCLUSÃO. Condições Gerais"

Transcrição

1 SEGURO MAIORISTA INCLUSÃO Condições Gerais

2 CONDIÇÕES PARTICULARES - SEGURO MAIORISTA INCLUSÃO Condições relativas à apólice com o número , na qual a Intermundial XXI, S.L. Sucursal em Portugal, com domicílio social na Taguspark- Parque de Ciência e Tecnologia Núcleo Central, Oeiras, inscrita no Registo Mercantil de Lisboa com o CIF actua como mediadora, celebrada entre a GREGAL VIAGENS, LDA (JOLIDEY) e a ARAG S.E., SUCURSAL EN PORTUGAL. SEGURADOS: Serão considerados Segurados as pessoas físicas clientes da agência de viagens vinculadas ao Tomador do seguro, comunicados por aquela e que figurem nos Certificados emitidos. ÂMBITO TERRITORIAL: LOCAL, CONTINENTAL, MUNDIAL Quando um segurado tenha a sua residência habitual em Portugal e possuir nacionalidade portuguesa, o âmbito territorial de cobertura da Responsabilidade Civil Privada será o mundo inteiro. Quando o segurado tiver a sua residência habitual no estrangeiro, ou possuir nacionalidade não português, a garantia de Responsabilidade Civil será válida exclusivamente para sinistros ocorridos em Portugal. VALIDADE TEMPORÁRIA: MODALIDADE TEMPORÁRIA: 34 DIAS GARANTIAS E LIMITES: São objeto do presente do seguro os artigos que figurem como contratados no seguinte quadro de garantias com os limites expressados. 1) GARANTIAS DE ASSISTÊNCIA 1) GARANTIAS DE ASSISTÊNCIA 1.1. ASSISTÊNCIA MÉDICA E SANITÁRIA DESPESAS ODONTOLÓGICAS REPATRIAÇÃO OU TRANSPORTE SANITÁRIO DE FERIDOS OU DOENTES % custo 1.4. DESLOCAÇÃO DE UM FAMILIAR EM CASO DE HOSPITALIZAÇÃO % custo DESPESAS DE ESTADIA DO ACOMPANHANTE DESLOCADO NO EXTERIOR (30 /dia) REPATRIAÇÃO OU TRANSPORTE DO SEGURADO FALECIDO % custo 1.7. REGRESSO ANTECIPADO POR FALECIMENTO DE UM FAMILIAR % custo 2) GARANTIAS DE BAGAGENS 2.1. ROUBO E DANOS MATERIAIS DA BAGAGEM SEGURO SUPLEMENTAR DE RESPONSABILIDADE CIVIL RESPONSABILIDADE CIVIL PRIVADA Quando o Segurado estiver a bordo de qualquer tipo de veículo terrestre, marítimo ou aéreo o Segurador não estará obrigado à prestação de nenhum tipo de serviço, o qual somente será prestado quando o Segurado estiver em terra firme. Fica expressamente declarado que as obrigações do Segurador derivadas da cobertura desta apólice, finalizam no instante em que o Segurado tenha retornado ao seu domicílio habitual, ou tenha entrado num centro de saúde situado na localidade do seu domicílio habitual). COMUNICAÇÃO DAS VIAGENS: O Tomador do seguro comunicará à ARAG todos os dados relacionados com os viajantes (nomes, destinos, duração das viagens) com antes do início da mesma. Além disso, o Tomador do seguro terá a disposição de ARAG todos os documentos relativos às pessoas Seguradas do presente contrato, com o objetivo de que o Segurador possa comprovar a exatidão dos dados dos viajantes comunicados pelo Tomador do Seguro. Para que os clientes do Tomador do seguro, que serão os Segurados pela presente apólice, tenham conhecimento das garantias que estão cobertas por este seguro, a ARAG entregará Apólices para distribuição por parte do Tomador do seguro aos seus clientes, as quais serão o único documento válido que certifica os mesmos como Segurados pela presente apólice. Os certificados emitidos através da Internet, também terão a consideração de Apólices. O Tomador do seguro incluirá a data de início e fim de cada viagem em todos as Apólices que distribuir. PAGAMENTO DE PRÉMIOS À ARAG: Mensalmente, a ARAG apresentará à cobrança o valor total do faturamento produzida pelas viagens comunicadas pelo Tomador do seguro, na conta corrente que esta disponha numa Entidade bancária, cujos dados nos deverão ser facultados anteriormente à entrada em vigor da presente apólice. DEVER DE INFORMAÇÃO AO SEGURADO Ao preencher a proposta de seguro, previamente à celebração do contrato, o Tomador de Seguro recebeu toda a informação legalmente exigível, em cumprimento das obrigações decorrentes do DL 72/2008, de 16 de Abril e demais legislação e regulamentação em vigor. Informação sobre proteção de dados O tomador declara autorizar a consulta dos seus dados, em regime de absoluta confidencialidade, pelas empresas do Grupo, desde que tal seja compativel com a finalidade da recolha dos mesmos. Autorizam ainda à Seguradora a proceder à recolha de dados complementares, sempre que estes sejam necessários à gestão da relação contratual. Departamento de atenção ao cliente Em cumprimento do disposto no artigo n.131 D do Decreto-lei 94-B/98, de 17 de Abril, informa se que a ARAG dispõe de um Departamento de Atenção ao Cliente (Rua Julieta Ferrão, 10,13.º-A, Lisboa, Telf.: Fax web:www.arag.pt), para atender e resolver as queixas ou reclamações que os seus segurados, tomadores de seguro ou outros beneficiários lhe apresentem, relacionadas com os seus interesses e direitos legalmente reconhecidos que serão atendidas e resolvidas num prazo máximo de trinta dias desde a sua apresentação. Em caso de desconformidade com a resolução tomada ou se tiver decorrido o prazo sem ter obtido resposta, o reclamante poderá dirigir-se aos serviços de Provedoria do Cliente (CIMPAS, Av. Fontes Pereira de Melo, n. 11, 9 Esq., Lisboa. Telefone , fax , Ficam excluídos das coberturas da presente apólice os países que durante a viagem ou deslocação do Segurado se encontrem em estado de guerra ou de sítio, insurreição ou num conflito bélico de qualquer índole ou natureza mesmo que não tenham sido declarados oficialmente, e aqueles que constem especificamente no recibo ou nas Condições Particulares. 2

3 CONDIÇÕES GERAIS INTRODUÇÃO O presente Contrato de Seguro é regido pelo estipulado nestas Condições Gerais e nas Particulares do contrato, em conformidade com o estabelecido pela Lei 50/1980, de 8 de outubro, de Contrato de Seguros, e no Real Decreto Legislativo 6/2004, de 29 de outubro, onde se aprova o texto revisto da Lei de Ordenação e Supervisão de Seguros Privados. DEFINIÇÕES Neste contrato entende-se por: SEGURADOR: A ARAG S.E., Sucursal em Portugal que assume o risco definido na apólice. TOMADOR DO SEGURO: Pessoa física ou coletiva que subscreve este contrato com o Segurador, e à qual correspondem as obrigações que do mesmo advêm, exceto aquelas que pela sua natureza devem ser cumpridas pelo Segurado. SEGURADO: A pessoa física que, por defeito do TOMADOR, assume as obrigações derivadas do contrato. APÓLICE: O documento contratual que contém as Condições Reguladoras do Seguro. São parte integrante do mesmo as Condições Gerais, os Particulares que individualizam o risco, e os suplementos ou anexos que sejam emitidos no mesmo para completá-lo ou alterá-lo. PRÉMIO: O preço do seguro que será diferente dependendo dos diferentes âmbitos da cobertura, determinados nas Condições Particulares da apólice. O recibo irá conter, também, as taxas e impostos em vigor. FAMILIARES: Serão considerados familiares do SEGURADO, o seu cônjuge ou união de facto, ou pessoa que como tal convivam permanentemente com o SEGURADO, assim como os familiares até segundo grau de parentesco: pais, filhos, avós, netos, irmãos, irmãs, sogros, sogras, genros, noras, cunhados e cunhadas. VIAGEM: Todo o tipo de deslocação fora da residência habitual do SEGURADO, desde a saída desta até ao regresso à mesma, ao terminar a deslocação. DOENÇA GRAVE: Alteração do estado de saúde, atestada por um profissional médico, que obrigue o doente a permanecer acamado e que implique o cessar de qualquer atividade, profissional e privada dentro dos trinta dias anteriores à viagem prevista. Quando a doença afetar alguma pessoa que não o SEGURADO, entender-se-á como grave quando implicar, após a contratação do seguro, a hospitalização ou necessidade de acamar e seja requerido, por determinação de um profissional médico, o atendimento e cuidados contínuos de pessoal de saúde ou das pessoas designadas para tal, com prescrição médica prévia dentro dos 12 dias anteriores ao início da viagem. ACIDENTE GRAVE: Qualquer lesão corporal derivada de uma causa violenta, súbita, externa e alheia à intencionalidade do acidentado, cujas consequências o impeçam de efetuar uma deslocação normal desde a sua residência habitual. Quando o acidente afetar alguma pessoa que não o SEGURADO, entender-se-á como grave quando implicar, após a contratação do seguro, a hospitalização ou necessidade de acamar e seja requerida, por determinação de um profissional médico, o atendimento e cuidados contínuos de pessoal de saúde ou das pessoas designadas para tal, com prescrição médica prévia dentro dos 12 dias anteriores ao início da viagem. SEQUESTRO: Ação de reter indevidamente uma pessoa, para exigir dinheiro pelo seu resgate, efetuar uma extorsão, ou para outros fins, políticos ou sociais, ameaçando a vida ou a saúde da vítima. 2. VALIDADE TERRITORIAL O seguro tem validade no âmbito territorial descrito nas CONDIÇÕES PARTICULARES. Considerando-se, com caráter geral: Âmbito Local: Viagens com origem e destino dentro do país de residência do Segurado. Âmbito Continental: Viagens com origem e destino dentro do continente de residência do Segurado. No caso de viagens com origem na Europa, são consideradas de âmbito continental quando o destino da viagem seja algum dos países costeiros do Mediterrâneo (Argélia, Chipre, Egito, Israel, Líbano, Líbia, Marrocos, Palestina, Síria, Tunísia, Turquia e Jordânia), sempre que isso apareça especificado nas condições particulares da apólice. Âmbito Mundial: Viagens com origem e/ou destino fora do continente de residência do Segurado. 3. VALIDADE TEMPORÁRIA Na modalidade temporária a duração máxima da cobertura do seguro será a especificada nas CONDIÇÕES PARTICULARES. Em qualquer caso, quando o SEGURADO possuir a sua residência habitual em Portugal, a duração da viagem não poderá exceder 365 dias consecutivos (366 dias para os anos bissextos). Se, no entanto, possuir residência habitual fora de Portugal, a duração da viagem segurada não poderá exceder em caso algum 120 dias consecutivos. Na modalidade anual não estão garantidas as viagens com durações superiores a 60 dias consecutivos fora da residência habitual do segurado. 3

4 4. PAGAMENTO DE PRÉMIOS O TOMADOR do seguro está obrigado a pagar o prémio no momento da formalização do contrato. Os sucessivos prémios deverão ser pagos nos vencimentos correspondentes. b) Exames médicos complementares. c) Hospitalizações, tratamentos e intervenções cirúrgicas. Se nas CONDIÇÕES PARTICULARES não for determinado outro local para o pagamento do prémio, este será pago no domicílio do Tomador do seguro. Em caso de falta de pagamento do prémio, se se tratar da primeira anuidade, não terão início os efeitos da cobertura e o Segurador poderá anular ou exigir o pagamento do prémio acordado. A falta de pagamento das anuidades sucessivas acarretará, após um mês do seu vencimento, a suspensão das garantias da apólice. Em qualquer caso, a cobertura terá efeito nas 24 horas do dia em que o Segurado pagar o prémio. 5. INFORMAÇÃO SOBRE O RISCO O TOMADOR do seguro tem o dever de declarar ao SEGURADOR, antes da formalização do contrato, todas as circunstâncias por ele conhecidas que possam influenciar na avaliação do risco, de acordo com o questionário que lhe for submetido. Ficará exonerado de tal dever caso o SEGURADOR não submeta o referido questionário ou quando, mesmo submetendo-o, se se tratarem de circunstâncias que possam influenciar a avaliação do risco e que não estejam abrangidas no mesmo. O SEGURADOR pode rescindir o contrato no prazo de um mês, a partir do momento em que tenha conhecimento da reserva ou inexatidão da declaração do TOMADOR. Durante a vigência do contrato, o SEGURADO deve comunicar ao SEGURADOR, quanto antes possível, todas as circunstâncias que alterem o risco. Tendo conhecimento de um agravamento do risco, o SEGURADOR pode, no prazo de um mês, propor a alteração do contrato ou proceder à sua rescisão. Se houver uma diminuição do risco, o SEGURADO tem direito, a partir da próxima anuidade, à redução do montante do prémio na proporção correspondente. 6. GARANTIAS COBERTAS No caso da ocorrência de um sinistro abrangido pela presente apólice, o SEGURADOR, assim que for notificado conforme o procedimento indicado no Artigo DECLARAÇÃO DE UM SINISTRO, garante a prestação dos serviços contratados. As garantias de possível contratação vêm descritas nos artigos seguintes e as efetivamente contratadas serão indicadas nas Condições Particulares da apólice. 1) GARANTIAS DE ASSISTÊNCIA 1.1 ASSISTÊNCIA MÉDICA E SANITÁRIA O SEGURADOR encarregar-se-á das despesas correspondentes à intervenção dos profissionais e estabelecimentos de saúde requeridos para o apoio ao SEGURADO, doente ou ferido. Ficam expressamente incluídos, sem que a enumeração possua caráter limitativo, os seguintes serviços: a) Atendimento por equipas médicas de emergência e especialistas. d) Fornecimento de remédios em internato, ou devolução do seu custo em lesões ou doenças que não requeiram hospitalização. e) Atendimento de problemas odontológicos agudos, entendendo-se como tais aqueles que por infeção, dor ou trauma, requeiram um tratamento de urgência. Em caso de urgência vital como consequência de uma complicação imprevisível de uma doença crónica ou pré-existente, o SEGURADOR encarregar-se-á unicamente das despesas da primeira assistência sanitária realizada com caráter de urgência e dentro das primeiras 24 horas a contar da entrada do SEGURADO no centro hospitalar. Salvo seja indicado um limite diferente nas CONDIÇÕES PARTICULARES da apólice, as despesas odontológicas limitam-se, em qualquer caso, a 120,00 Euros, ou seu equivalente em moeda local. O SEGURADOR encarregar-se-á das despesas correspondentes a estas prestações, até ao limite estabelecido nas CONDIÇÕES PARTICULARES da apólice. 1.2 REPATRIAÇÃO OU TRANSPORTE SANITÁRIO DE FERIDOS OU DOENTES Em caso de acidente ou doença surgida no SEGURADO que lhe impeça a continuação da viagem, segundo o critério de um profissional médico, o SEGURADOR encarregar-se-á: a) Das despesas de transporte em ambulância até à clínica ou hospital mais próximos. b) Do controlo, por parte da sua Equipa Médica, em contacto com o médico que atenda ao SEGURADO ferido ou doente, para determinar as medidas convenientes ao melhor tratamento a seguir e o meio mais correto para a sua eventual transferência até outro centro hospitalar mais adequado ou até ao seu domicílio. c) Das despesas de transporte do ferido ou doente, através do meio de transporte mais adequado, até ao centro hospitalar prescrito ou para a sua residência habitual. O meio de transporte utilizado em cada caso será decidido pela Equipa Médica do SEGURADOR em função da urgência e gravidade do caso. Na Europa, poderá inclusive ser utilizado um avião sanitário especialmente preparado. Se o SEGURADO der entrada num centro hospitalar longe do seu lugar de residência habitual, o SEGURADOR encarregar-se-á, no momento certo, da subsequente transferência até ao mesmo. 1.3 REPATRIAÇÃO OU TRANSPORTE DE ACOMPANHANTE Quando, em aplicação da garantia REPATRIAÇÃO Ou TRANSPORTE SANITÁRIO DE FERIDOS OU DOENTES, tenha sido repatriado ou transferido, por doença ou acidente um dos SEGURADOS, o SEGURADOR encarregar-se-á do transporte de um acompanhante, para que possa acompanhar o SEGURADO ferido ou doente até ao lugar de residência habitual do SEGURADO ou até ao lugar de hospitalização. 4

5 1.4 DESLOCAÇÃO DE UM FAMILIAR EM CASO DE HOSPITALIZAÇÃO Se o estado do SEGURADO doente ou ferido, requerer a sua hospitalização num período superior a cinco dias, o SEGURADOR colocará à disposição de um familiar do SEGURADO ou da pessoa que este designe, um bilhete de ida e volta, em avião (classe turista) ou comboio (1ª classe), para que o possa acompanhar. Além disso, o SEGURADOR suportará as despesas de estadia do acompanhante e contra a apresentação das faturas correspondentes, até ao limite diário estabelecido nas CONDIÇÕES PARTICULARES da apólice, e por um período máximo de 10 dias. 1.5 CONVALESCENÇA EM HOTEL Se o SEGURADO doente ou ferido não poder voltar ao seu lugar de residência habitual por prescrição médica, o SEGURADOR encarregar-se-á das despesas de hotel motivados pela prorrogação de estadia, até ao limite diário estabelecido nas CONDIÇÕES PARTICULARES da apólice, e por um período máximo de 10 dias. 1.6 REPATRIAÇÃO OU TRANSPORTE DO SEGURADO FALECIDO Em caso de falecimento do SEGURADO, o SEGURADOR organizará e encarregar-se-á das despesas da transferência do corpo até ao local de inumação. Nessas despesas entender-se-ão incluídos as despesas de acondicionamento postmortem de acordo com os requisitos legais. Não estarão incluídas as despesas de inumação e cerimónia. O SEGURADOR encarregar-se-á pelo regresso ao seu domicílio de um acompanhante do SEGURADO para que possa acompanhar o cadáver até ao lugar de inumação no seu lugar de residência habitual. bombeiros, roubo consumado e denunciado às autoridades policiais, ou inundação grave que torne imprescindível a sua presença, não podendo estas situações ser solucionadas por familiares diretos ou pessoas da sua confiança e sempre que o evento tenha ocorrido após a data de início da viagem. Além disso, o SEGURADOR encarregar-se-á da compra de um segundo bilhete para o transporte da pessoa que acompanhava na mesma viagem o SEGURADO que antecipou o seu regresso, sempre que esta segunda pessoa se encontre por sua vez segura por esta apólice. Para a prestação desta garantia, o SEGURADO deverá fornecer ao SEGURADOR os justificativos ou certificados do facto que tenha originado a interrupção da viagem (relatório original de bombeiros, denúncia na policial, relatório da companhia de seguros, ou documentação similar) TRANSMISSÃO DE MENSAGENS URGENTES O SEGURADOR encarregar-se-á de transmitir as mensagens urgentes que lhe encarreguem os SEGURADOS, em consequência dos sinistros cobertos pelas presentes garantias ENVIO DE MEDICAMENTOS NO ESTRANGEIRO No caso do SEGURADO, estando no estrangeiro, necessitar de um medicamento que não possa adquirir nesse lugar, o SEGURADOR encarregar-se-á de o localizar e de o enviar pelo meio mais rápido, sujeito às legislações locais. Estão excluídos os casos de descontinuação do fabrico do medicamento e a sua não disponibilidade por intermédio dos canais habituais de distribuição em Portugal. 1.7 REGRESSO ANTECIPADO POR FALECIMENTO DE UM FAMILIAR Se qualquer dos SEGURADOS tiver que interromper a sua viagem por causa do falecimento de um familiar, o SEGURADOR encarregar-se-á do transporte, em avião (classe turista) ou comboio (1ª classe), desde o lugar em que ele se encontre até ao lugar de inumação. Além disso, o SEGURADOR encarregar-se-á da compra de um segundo bilhete para o transporte da pessoa que acompanhava na mesma viagem o SEGURADO que antecipou o seu regresso, sempre que esta segunda pessoa se encontre segura por esta apólice. 1.8 REGRESSO ANTECIPADO POR HOSPITALIZAÇÃO DE UM FAMILIAR Se qualquer dos SEGURADOS tiver que interromper a sua viagem por causa da hospitalização de um familiar, como consequência de um acidente ou doença grave que exija o seu internamento por um período mínimo de 5 dias, e o mesmo tenha ocorrido depois da data de início da viagem, o SEGURADOR encarregar-se-á do seu transporte até à localidade onde tiver a sua residência habitual. Além disso, o SEGURADOR encarregar-se-á da compra de um segundo bilhete para o transporte da pessoa que acompanhava na mesma viagem o SEGURADO que antecipou o seu regresso, sempre que esta segunda pessoa se encontre segura por esta apólice. 1.9 REGRESSO ANTECIPADO POR SINISTRO GRAVE NO LAR OU LOCAL PROFISSIONAL DO SEGURADO O SEGURADOR porá a disposição do SEGURADO um bilhete de transporte para o regresso à sua residência habitual, caso este tenha que interromper a viagem por danos graves na sua residência principal ou em local profissional do SEGURADO sempre que seja este o explorador direto ou exerça uma profissão liberal na mesma, danos esses ocasionados por incêndio, sempre que este tenha dado lugar à intervenção dos O SEGURADO terá que reembolsar ao SEGURADOR o custo do medicamentoo, contra apresentação da fatura de compra do mencionado remédio SERVIÇO DE INTÉRPRETE Se, por qualquer das garantias assistenciais cobertas descritas nas CONDIÇÕES PARTICULARES da apólice, o SEGURADO necessitar a presença de um intérprete numa primeira intervenção, o SEGURADOR porá à disposição do SEGURADO uma pessoa que possibilite uma correta tradução das circunstâncias e situações ADIANTAMENTO DE FUNDOS MONETÁRIOS NO ESTRANGEIRO Caso o Segurado não possa obter fundos económicos pelos meios inicialmente previstos, tais como cheques de viagem, cartões de crédito, transferência bancária ou similar, e isto se tornar uma impossibilidade para prosseguir a sua viagem, o SEGURADOR adiantará, sempre que lhe seja feita entrega de um aval ou garantia que assegure a cobrança deste adiantamento, até ao valor estabelecido nas CONDIÇÕES PARTICULARES da apólice. Em qualquer caso as quantias deverão ser devolvidas num prazo máximo de trinta dias DESPESAS DE SEQUESTRO Em caso de sequestro do meio de transporte público onde viaja o SEGURADO, o SEGURADOR pagará o montante em conceito de despesas, com a prévia apresentação de justificativos, para a prosseguimento ou retorno da viagem, até ao limite máximo estabelecido nas CONDIÇÕES PARTICULARES BUSCA E RESGATE DO SEGURADO Em caso de perda ou desaparecimento do SEGURADO, ocorrido durante uma viagem organizada por um Operador de Viagens, o SEGURADOR organizará e porá à disposição todos os meios humanos de operadores 5

6 locais e técnicos para localizar e recuperar o SEGURADO, até ao limite máximo estabelecido nas CONDIÇÕES PARTICULARES. i) Suicídio ou doenças e lesões resultantes da sua tentativa ou causadas intencionalmente pelo segurado a si mesmo. Fica excluída desta garantia a busca e resgate em montanha, mar e/ou deserto ENVIO DE UM SUBSTITUTO DO SEGURADO EM CASO DE REPATRIAÇÃO Quando tenha ocorrido uma repatriação do Segurado, deslocado no estrangeiro, como consequência de doença, acidente ou morte, a ARAG colocará à disposição da empresa contratante ou da contratada pelo Segurado com a qual tenha efetuado a deslocação, um bilhete de transporte para a pessoa que deva substituir o Segurado repatriado PERDA DAS CHAVES DO DOMICÍLIO HABITUAL Se como consequência da perda, roubo ou simples extravio das chaves da residência habitual do Segurado, durante a viagem garantida pelo presente apólice, o mesmo tenha a necessidade de utilizar os serviços de um serralheiro para entrar na sua residência ao regresso dessa viagem, a ARAG encarregar-se-á das despesas ocasionadas, com a prévia apresentação de fatura, até ao limite máximo indicado nas CONDIÇÕES PARTICULARES. EXCLUSÕES APLICÁVEIS ÀS GARANTIAS DE ASSISTÊNCIA Não estão cobertas por esta garantia: a) As garantias e indemnizações que não tenham sido solicitadas ao SEGURADOR e que não tenham sido efetuadas por ou com o seu acordo, exceto em caso de força maior ou de impossibilidade material demonstrada. b) Os sinistros causados por dolo do SEGURADO, do TOMADOR DO SEGURO, dos BENEFICIÁRIOS ou das pessoas que viajem com o SEGURADO. c) Os sinistros ocorridos em caso de guerra, manifestações e movimentos populares, atos de terrorismo e sabotagem, greves, detenções por parte de qualquer autoridade por delito não derivado de acidente de círculação, restrições à livre círculação ou qualquer outro caso de força maior, a menos que o SEGURADO prove que o sinistro não tem relação com tais acontecimentos. d) Os acidentes que derivem da prática de competições desportivas, oficiais ou privadas, como também treinos, provas e apostas. e) Os sinistros causados pelas radiações procedentes da transmutação ou desintegração nuclear ou radioatividade, bem como os derivados de agentes biológicos ou químicos. f) O resgate em montanha, mar ou deserto. g) Salvo o indicado na garantia ASSISTÊNCIA MÉDICA E SANITÁRIA do presente CLAUSULADO GERAL, os factos, danos e doenças crónicas ou pré-existentes, assim como as suas consequências sofridas pelo segurado anteriormente ao efeito da apólice. h) As doenças e acidentes que derivem do exercício de uma profissão de caráter manual. j) Tratamento, doenças ou estados patológicos produzidos por uma ingestão intencional ou administração de tóxicos (drogas), álcool, narcóticos ou pela utilização de remédios sem prescrição médica. k) Os tratamentos estéticos e o fornecimento ou reposição de aparelhos acústicos, lentes de contacto, óculos, órteses e próteses em geral, assim como as despesas produzidas qualquer tipo de doença mental. l) Partos. m) Gravidezes. n) As revisões médicas periódicas, preventivas ou pediátricas. o) Qualquer tipo de despesa médica ou farmacêutica produzida como consequência de dolo por parte do SEGURADO, ou por abandono de tratamento que torne previsível a deterioração da saúde. p) O SEGURADOR não se encarregará das despesas médicas ou farmacêuticas cujo valor seja inferior a 9,00. Sob prévia autorização expressa do SEGURADOR e mediante prémio extra contratado, poderão eliminar-se as exclusões d) e h) o que será expecificado nas CONDIÇÕES PARTICULARES da apólice. 2) GARANTIAS DE BAGAGENS 2.1 ROUBO E DANOS MATERIAIS DA BAGAGEM É garantida a indemnização por danos e perdas materiais da bagagem ou efeitos pessoais do SEGURADO em caso de roubo, perda total ou parcial devida ao transportador ou danos em consequência de incêndio ou agressão devida ao transportador, ocorridos durante o percurso da viagem, até ao limite afixado nas CONDIÇÕES PARTICULARES da apólice. Como efeitos desta garantia entender-se-á por roubo unicamente a subtração cometida mediante violência ou intimidação às pessoas ou força nas coisas. As câmaras, complementos de fotografia, radiofonia, de registo de som ou de imagem, assim como os seus acessórios, ficam avaliados até 50% do valor seguro sobre o conjunto da bagagem. Esta indemnização será sempre por excesso das recebidas por parte da companhia de transporte e com caráter complementar, devendo ser apresentado, para se proceder à cobrança da mesma, o respetivo comprovativo de recebimento da indemnização correspondente por parte da empresa transportadora, bem como a relação detalhada da bagagem e o seu valor estimado. Esta indemnização será determinada sobre a base do valor de reposição no dia do sinistro, deduzida a depreciação por uso. 6

7 Para tornar efetiva a indemnização em caso de roubo, será necessária a apresentação prévia da denúncia perante as autoridades competentes. Ao Segurador é reservado o direito de solicitar ao Segurado a apresentação de provas ou documentos reais com o fim de tornar efetivo o pagamento desta prestação. viagem, coleções de selos, título de qualquer natureza, documentos de identidade e em geral todo documento e valores em papel, cartões de crédito, fitas e/ou discos com memória, documentos registados em bandas magnéticas ou filmadas; os objetos de valor entendendo-se como tal o conjunto de objetos de prata, quadros, obras de arte, e todo tipo de coleções de arte, assim como as peles finas; as próteses, óculos e lentes de contacto; o material desportivo; telemóveis; e o material informático, como computadores portáteis ou tablets. 2.2 ATRASO NA ENTREGA DA BAGAGEM DESPACHADA O SEGURADOR encarregar-se-á do reembolso, até ao limite estabelecido nas CONDIÇÕES PARTICULARES da apólice e com a prévia apresentação das faturas correspondentes, da compra de artigos de primeira necessidade, ocasionada por um atraso na entrega da bagagem despachada. Em nenhum caso esta indemnização poderá ser acumulada à indemnização pela garantia de ROUBO E DANOS MATERIAIS À BAGAGEM. Se o atraso ocorrer na viagem de regresso, a garantia apenas entra em vigor caso a entrega da bagagem se atrasar mais de 48 horas a partir do momento da chegada. Para a prestação desta garantia, o SEGURADO deverá fazer chegar ao SEGURADOR documento justificativo que especifique a ocorrência do atraso e a sua duração, emitido pela empresa transportadora. 2.3 PROCURA, LOCALIZAÇÃO E ENVIO DE BAGAGENS EXTRAVIADAS Em caso de perda de bagagens em vôo regular, o SEGURADOR tentará todos os meios ao seu alcance para possibilitar a sua localização, informar o SEGURADO das notícias que a este respeito aconteçam e, caso isso elas apareçam, fazê-las chegar às mãos do BENEFICIÁRIO sem qualquer encargo para este. 2.4 DESPESAS DE GESTÃO POR PERDA DE DOCUMENTOS DE VIAGEM Estão abrangidas as despesas de gestão e obtenção, devidamente justificadas, resultantes da substituição, que o Segurado precise efetuar pela perda ou roubo de cartões de crédito, cheques bancários, de viagem e gasolina, bilhetes de transporte, passaporte ou vistos, que ocorram durante a viagem e estadias, até ao limite estabelecido nas CONDIÇÕES PARTICULARES. Não são objeto desta cobertura, e, em sua consequência não serão indemnizados os prejuízos derivados da perda ou roubo dos objetos mencionados, ou da sua utilização indevida, por terceiras pessoas. 2.5 DESLOCAÇÃO DO SEGURADO EM CASO DE ROUBO DO PASSAPORTE Se o SEGURADO sofrer o roubo do seu passaporte, e na cidade onde se encontrar não se puder tratar da obtenção de um novo documento, o SEGURADOR encarregar-se-á das despesas de deslocação do SEGURADO até a embaixada mais próxima onde possa tratar da obtenção desse documento. O SEGURADOR, além disso, creditará as despesas de estadia e contra a apresentação das faturas correspondentes, até ao limite diário afixado nas CONDIÇÕES PARTICULARES da apólice, e por um período máximo de 10 dias Para tornar efetiva a indemnização em caso de roubo, será necessária a apresentação prévia da denúncia perante as autoridades competentes. EXCLUSÕES APLICÁVEIS ÀS GARANTIAS DE BAGAGENS Não estão cobertas por esta garantia: a) As mercadorias e o material de uso profissional, as jóias, entendendo-se como tal o conjunto de objetos de ouro, platina, pérolas ou pedras preciosas; a moeda, as notas de banco, bilhetes de b) O furto, entendendo-se como tal a subtração cometida por descuido, sem que exista violência nem intimidação nas pessoas nem força nas coisas. c) Os danos por desgaste normal ou natural, defeito próprio e embalagem inadequada ou insuficiente. Os produzidos pelo desgaste lento ao longo do tempo. d) As perdas resultantes de um objeto não confiado a um transportador, que tenha sido simplesmente extraviado ou esquecido. e) O roubo proveniente da prática do campismo ou caravanismo em acampamentos selvagens, estando totalmente excluídos os objetos de valor em qualquer modalidade de acampamento. f) Os danos, perdas ou roubos resultantes do facto dos bens e objetos pessoais terem sido deixados sem vigilância num local público ou num local à disposição de vários ocupantes. g) A quebra, a menos que tenha sido causada por um acidente do meio de transporte, por roubo simples ou com fratura, por agressão à mão armada, por incêndio ou extinção do mesmo. h) Os danos causados direta ou indiretamente por atos de guerra, desordens civis ou militares, motins populares, greves, terramotose radioatividade. i) Os danos causados intencionadamente pelo SEGURADO ou negligência grave deste e os ocasionados por derrame de líquidos que vão dentro da bagagem. j) Todos os veículos motorizados, bem como os seus complementos e acessórios. 3) GARANTIAS DE CANCELAMENTO DE VIAGEM E REEMBOLSO DE FÉRIAS 3.1 DESPESAS DE CANCELAMENTO DE VIAGEM O SEGURADOR garante, até ao limite estabelecido nas CONDIÇÕES PARTICULARES, o reembolso das despesas por cancelamento de viagem que sejam efetuadas pelo SEGURADO e que lhe sejam faturados por aplicação das condições gerais de venda da Agência de viagens ou de qualquer dos fornecedores da viagem, incluindo despesas de gestão, sempre que as mesmas sejam anuladas antes do início desta e por uma das causas seguintes, que afetem o SEGURADO, surgidas depois da contratação do seguro e que impeçam o SEGURADO de viajar nas datas contratadas: 1) Doença grave, acidente grave ou falecimento de: 7

8 O Segurado ou um Familiar. O acompanhante do SEGURADO, inscrito na mesma reserva e também segurado. O substituto profissional do SEGURADO, sempre e quando seja imprescindível que o cargo ou responsabilidade possa ser assumida pelo SEGURADO. 9) Atos de pirataria aérea, terrestre ou naval, que impossibilitem ao SEGURADO o início ou a continuação da sua viagem. Excluem-se atos terroristas. 10) Roubo de documentação ou bagagem que impossibilite o SEGURADO de iniciar a viagem. A pessoa responsável durante o período de viagem e/ou estadia, da custódia dos filhos menores ou deficientes. Para que esta garantia tenha validade é necessário fornecer, aquando da subscrição do seguro, o nome e apelidos dessa pessoa. O Segurado deverá informar imediatamente a data de ocorrência do sinistro reservando-se o Segurador no direito de efetuar uma visita médica ao Segurado para avaliar a cobertura do caso e determinar se realmente a causa impossibilita o início da viagem. Não obstante, se a doença não requerer hospitalização, o Segurado deverá informar do sinistro dentro das 72 horas seguintes ao facto que originou a causa, objeto de cancelamento da viagem. 2) Prejuízos graves como consequência de roubo, incêndios ou outros danos que afetem a: A residência habitual e/ou secundária do SEGURADO. O local profissional no qual o SEGURADO exerce uma profissão liberal ou seja o explorador direto (gerente). E que necessariamente exijam a presença do SEGURADO. 3) Despedimento laboral do SEGURADO, sempre que no início do seguro não exista comunicação verbal ou escrita. 4) Integração do SEGURADO num novo posto de trabalho em empresa diferente, com contrato de trabalho e sempre que essa integração se produza após a adesão ao seguro e da qual não se tenha conhecimento na data em que foi feita a reserva da estadia. 5) A convocação do Segurado como parte, testemunha ou jurado num Tribunal Civil, Penal, ou do Trabalho. Ficarão excluídos os casos em que o segurado seja citado como imputado por processos iniciados antes da contratação da viagem e do seguro. Para as retantes presenças a citação deverá ser posterior à contratação da viagem e do seguro. 11) Conhecimento, apos a contratação da reserva, da obrigação tributária de realizar uma declaração paralela de rendimentos, cujo valor a liquidar ultrapasse os ) A não concessão de vistos por causas injustificadas. Fica expressamente excluída a não concessão de vistos caso o segurado não tenha realizado os passos necessários dentro do prazo e forma para a sua concessão. 13) A mudança forçada de trabalho por um período superior a 3 meses. 14) Uma chamada inesperada para uma intervenção cirúrgica de: O Segurado ou um Familiar. O acompanhante do SEGURADO, inscrito na mesma reserva e também segurado. O substituto profissional do SEGURADO, sempre e quando seja imprescindível que o cargo ou responsabilidade deva então ser assumida pelo SEGURADO. A pessoa responsável durante o período de viagem e/ou estadia, da custódia dos filhos menores ou deficientes. Para que esta garantia tenha validade será necessário fornecer, aquando da subscrição do seguro, o nome e apelidos dessa pessoa. 15) As complicações da gravidez ou aborto espontâneo que, segundo prescrição de um profissional médico, necessitem repouso em cama. Estão excluídos partos e complicações de gravidez a partir do sétimo mês de gestação. 16) A declaração oficial de zona de catástrofe no local de residência do SEGURADO ou no lugar de destino da viagem. Também fica coberta por esta garantia a declaração oficial de zona de catástrofe do lugar de trânsito para o destino, sempre que este seja o único caminho pelo qual aceder ao mesmo. 6) Convocatória como membro de uma mesa eleitoral. É estabelecido um montante máximo de indemnização por sinistro de ) Apresentação a exames de concursos oficiais convocados por intermédio de um organismo público, posteriormente à subscrição do seguro. 17) A obtenção de uma viagem e/ou estadia similar à contratada, de forma gratuita, num sorteio público e perante Notário. 8) Cancelamento da pessoa que iria acompanhar o SEGURADO, inscrita na mesma viagem e segura nesta mesma apólice, sempre que o cancelamento tenha a sua origem numa das causas enumeradas nesta garantia e que, devido a isso, o SEGURADO tivesse que viajar só. 18) A detenção policial por causas não criminais. 19) Entrega de uma criança em adoção. 8

9 20) Convocatória para trâmites de divórcio. 21) Prorrogação de contrato de trabalho. 22) Concessão de bolsas de estudos oficiais que impeçam a realização da viagem. 23) Chamada inesperada para transplante de órgãos de: O SEGURADO ou um familiar O acompanhante do SEGURADO, inscrito na mesma reserva e também segurado. 24) Assinatura de documentos oficiais nas datas da viagem, exclusivamente perante a Administração Pública. 25) Qualquer doença de crianças menores de 48 meses que estejam seguras por esta apólice. 26) Declaração judicial de suspensão de pagamentos de uma empresa que impeça ao SEGURADO o desenvolvimento da sua atividade profissional. 27) Avaria no veículo propriedade do SEGURADO que impeça o início da viagem. A avaria deverá pressupor um arranjo superior a 8 horas ou um montante superior a 600, em ambos os casos conforme a tabela de preços do fabricante. 28) Despesas de cessação da viagem do SEGURADO a outra pessoa por alguma das causas garantidas. 29) Cancelamento da cerimónia de Casamento, sempre que a viagem segurada seja a Viagem de Recémcasados/Lua-de-mel. Em qualquer caso, esta garantia deve ser contratada no dia da confirmação da viagem ou durante as 24 horas seguintes. 3.2 REEMBOLSO DE FÉRIAS NÃO GOZADAS O SEGURADOR reembolsará até ao limite estabelecido nas CONDIÇÕES PARTICULARES e na reserva das exclusões, um valor por dia de férias não gozadas. Este valor será obtido dividindo o valor da viagem segurada pelo número de dias previstos para a viagem, e será feita a indemnização multiplicando-o pelo número de dias de férias não gozadas, com prévia justificação do custo das férias. a) Tratamentos estéticos, terapêutica, contra-indicações de viagem aérea, falta ou contraindicação de vacinação, a impossibilidade de obter em certos destinos o tratamento médico preventivo aconselhado, a interrupção voluntária de gravidezes, o alcoolismo, o consumo de drogas e estupefacientes, salvo se estes forem prescritos por um médico e sejam consumidos sob receita médica. b) Doenças psíquicas, mentais ou nervosas e depressões sem hospitalização, ou que justifiquem uma hospitalização inferior a sete dias. c) Doenças crónicas ou pré-existentes de todos os viajantes que tenham sofrido descompensações ou agravamantos dentro dos 30 dias anteriores à contratação da apólice, independentemente da sua idade. d) Doenças crónicas, pré-existentes ou degenerativas dos Familiares descritos nas CONDIÇÕES GERAIS, que não estando seguros não sofram alterações no seu estado que precisem de atendimento ambulatório em urgências de centro hospitalar ou baixa hospitalar, posteriormente à contratação do seguro. e) A participação em apostas, concursos, competições, duelos, crimes, rixas, salvo em casos de legítima defesa. f) Epidemias, pandemias, quarentena médica e poluição, tanto no país de origem como de destino da viagem. g) Guerra (Civil ou estrangeira), declarada ou não, motins, movimentos populares, atos de terrorismo, todos os efeitos de fontes de radioatividade, assim como a inobservância consciente das proibições oficiais. h) A não apresentação, por qualquer motivo, dos documentos indispensáveis em qualquer viagem, tais como passaporte, visto, bilhetes, cartão ou certificado de vacinação. i) Os atos dolosos, assim como as auto-lesões causadas intencionadamente, o suicídio ou a tentativa de suicídio. j) As situações que tenham origem, em forma direta ou indireta, de factos produzidos por energia nuclear, radiações radioativas, catástrofes naturais (exceto as especificamente cobertas na garantia de Declaração oficial de zona catastrófica ), ações bélicas, distúrbios ou atos terroristas. Esta garantia será aplicada exclusivamente quando o SEGURADO se vir na obrigação de interromper antecipadamente a sua viagem e tenha que retornar ao seu domicílio por qualquer das causas mencionadas na garantia de DESPESAS DE CANCELAMENTO DE VIAGEM, sucedidas após o início da viagem e não conhecidas previamente pelo Segurado. EXCLUSÕES ESPECÍFICAS DA GARANTIA DE DESPESAS DE CANCELAMENTO DE VIAGEM E REEMBOLSO DE FÉRIAS Não estão cobertas por esta garantia: 4) GARANTIAS DE ATRASOS E PERDAS DE SERVIÇOS 4.1 ATRASO NA PARTIDA DO MEIO DE TRANSPORTE Em caso de atraso, de pelo menos 6 horas, na partida do meio de transporte público escolhido pelo SEGURADO, o SEGURADOR reembolsará, até ao valor e limite temporário estabelecido nas CONDIÇÕES PARTICULARES, as despesas adicionais de hotel, manutenção e transporte que tenham ocorrido durante a espera. Em qualquer caso, é imprescindível a apresentação dos comprovativos e faturas correspondentes que justifiquem o atraso e as despesas ocasionadas pelo mesmo. 9

10 Ficam excluídos os supostos de conflitos sociais (tais como greves, lock-outs, manifestações, sabotagens, restrição da livre circulação, etc.) 4.2 RENÚNCIA DO SEGURADO À REALIZAÇÃO DA VIAGEM POR OVERBOOKING SUPERIOR A 24 HORAS Em caso de overbooking superior a 24 horas e ter que cancelar a viagem por deixar de ter sentido o objeto da mesma em consequência deste atraso, a ARAG creditará até ao limite estabelecido nas CONDIÇÕES PARTICULARES, as despesas de cancelamento da viagem que se produzam, à exceção dos valores creditados pela companhia transportadora. 4.6 PERDA DE SERVIÇOS CONTRATADOS Se o meio de transporte público escolhido pelo SEGURADO se atrasar devido a erro técnico, inclemências climatológicas ou desastres naturais, intervenção das autoridades ou de outras pessoas pela força ou qualquer causa de força maior, e como consequência deste atraso o SEGURADO perder parte dos serviços contratados, tais como excursões, visitas, noites de hotel ou refeições, o SEGURADOR reembolsará até ao limite estabelecido nas CONDIÇÕES PARTICULARES o valor desses serviços não utilizados. Esta circunstância deverá ser comprovada mediante a apresentação da documentação relativa à contratação da viagem. 4.3 PERDA DE LIGAÇÕES DO MEIO DE TRANSPORTE Se o meio de transporte público escolhido pelo SEGURADO se atrasar num mínimo de 2 horas, devido a erro técnico, inclemências climatológicas ou desastres naturais, intervenção das autoridades ou de outras pessoas pela força, ou qualquer causa de força maior, e comoconsequência deste atraso for impossibilitada a ligação com o seguinte meio de transporte público marcado e previsto no bilhete, o SEGURADOR pagará até ao limite estabelecido nas CONDIÇÕES PARTICULARES e apresentação prévia dos comprovativos e faturas oportunas, as despesas adicionais de hotel e manutenção e transporte que tenham ocorrido durante a espera. 4.4 PERDA DO MEIO DE TRANSPORTE POR ACIDENTE IN ITINERE Se em consequência de acidente do meio de transporte público ou privado escolhido pelo SEGURADO para se deslocar para o aeroporto, porto de mar ou estação de ferrovia ou de autocarros onde inicia a sua viagem, perder o meio de transporte público fechado e previsto no bilhete, o SEGURADOR indemnizará até ao limite estabelecido nas CONDIÇÕES PARTICULARES e com a prévia apresentação dos justificativos e faturas oportunas, as despesas adicionais de hotel, manutenção e transporte que tenham ocorrido durante a espera. até conseguir a ligação com o seguinte meio de transporte. 4.5 ALTERAÇÃO DE SERVIÇOS INICIALMENTE CONTRATADOS Em caso de overbooking ou cancelamento de última hora, tanto de vagas aéreas como hoteleiras e que resultem alheias ao organizador da viagem, o SEGURADOR encarregar-se-á, com apresentação prévia dos comprovativos e faturas oportunas, das seguintes situações: Pela saída de um transporte alternativo não previsto o SEGURADOR indemnizará até ao valor e o limite temporal estabelecido nas CONDIÇÕES PARTICULARES. Por alteração de hotéis/apartamentos o SEGURADOR indemnizará até ao montante e limite temporário estabelecido nas CONDIÇÕES PARTICULARES, sempre que esta alteração seja para um hotel de categoria inferior ao inicialmente previsto. Esta circunstância deverá ser comprovada mediante a apresentação da documentação relativa à contratação da viagem e a correspondente ao hotel definitivamente utilizado. As garantias anteriores não poderão ser acumuladas nem complementares entre si dado que, produzida a primeira causa de indemnização pelo conceito de demora ou atraso, ficam eliminadas as demais, sempre que tenham a sua origem numa mesma causa. As despesas cobertas por estas garantias referem-se, em todo caso, às ocorridas no lugar onde tenha sido originado atraso. Tratando-se de garantias de pagamento de indemnização, O segurador sub-roga as ações e direitos do SEGURADO, até ao limite da quantia satisfeita, para reclamar contra o responsável pelos atrasos ocasionados e pela alteração da categoria do hotel contratado. 4.7 EXTENSÃO FORÇADA DA VIAGEM Quando, por causas alheias ao organizador da viagem, o SEGURADO tiver de permanecer imobilizado no decurso da viagem, o SEGURADOR encarregar-se-á, com a apresentação prévia dos comprovativos e faturas respetivas, das despesas originadas por esta situação até ao limite estabelecido nas CONDIÇÕES PARTICULARES. 7. LIMITES O SEGURADOR assumirá as despesas descritas, dentro dos limites estabelecidos e até à quantia máxima contratada para cada caso. Tratando-se de factos que possuam a mesma causa e que tenham ocorrido no mesmo intervalo de tempo, serão considerados como um único sinistro. O SEGURADOR estará obrigado ao pagamento da indemnização, salvo se o sinistro for causado por má fé do SEGURADO. Nas garantias que suponham os pagamentos de uma quantidade líquida em dinheiro, o SEGURADOR está obrigado a satisfazer a indemnização no fim das investigações e perícias necessárias para estabelecer a existência do sinistro. Em qualquer hipótese, o SEGURADOR pagará, dentro dos 40 dias a partir da receção da declaração do sinistro, o valor mínimo do valor a pagar, segundo as circunstâncias por ele conhecidas. Se no prazo de três meses desde a produção do sinistro o SEGURADOR não tiver efetuado essa indemnização por causa não justificada ou que lhe for imputável, a mesma será aumentada em 20% ao ano. 8. DECLARAÇÃO DE SINISTRO Perante a ocorrência de um sinistro que possa dar lugar às indemnizações cobertas, o SEGURADO deverá, indispensavelmente, comunicar com o serviço telefónico de urgência estabelecido pelo SEGURADOR, indicando o nome do SEGURADO, número de apólice, lugar e número de telefone onde se encontra e tipo de assistência que precise. Esta chamada poderá ser efetuada com cobrança no destino. Será motivo de rejeição do sinistro, se o SEGURADO, de má fé, apresentar falsas declarações, exagerar a quantidade dos danos, pretender destruir ou fazer desaparecer objetos existentes antes do sinistro, dissimular ou subtrair toda ou parte dos objetos segurados, empregar como justificação documentos falsos ou utilizar meios fraudulentos, perderá assim todo direito à respetiva indemnização. 9. DISPOSIÇÕES ADICIONAIS O SEGURADOR não assumirá obrigação alguma em relação a serviços que não lhe tenham sido solicitados ou que não tenham sido efetuados com o seu acordo prévio, salvo em casos de força maior devidamente justificada. 10

11 Quando na prestação dos serviços não for possível a intervenção direta do SEGURADOR, este estará obrigado a reembolsar o SEGURADO pelo valor das despesas devidamente comprovadas que derivem desses serviços, dentro do prazo máximo de 40 dias a partir da apresentação dos mesmos. Em qualquer caso, o Segurador reserva o direito de solicitar ao Segurado a apresentação de documentos ou provas reais, com o objetivo de efetuar o pagamento da prestação solicitada. 10. SUB-ROGAÇÃO Até à quantia das somas desembolsadas em cumprimento das obrigações derivadas da presente apólice, o SEGURADOR ficará automaticamente sub-rogado nos direitos e ações que possam corresponder aos SEGURADOS ou aos seus herdeiros, assim como a outros BENEFICIÁRIOS, contra terceiras pessoas, físicas ou jurídicas, como consequência do sinistro causador da assistência prestada. De forma especial este direito poderá ser exercido pelo SEGURADOR em relação às empresas de transporte terrestre, fluvial, marítimo ou aéreo, no que se refere a restituição, total ou parcial, do custo dos bilhetes não utilizado pelos SEGURADOS. 11. PRESCRIÇÃO As ações derivadas do contrato de seguro prescrevem num prazo de dois anos, a partir do momento em que possam ser exercidas. 12. INDICAÇÃO Se o conteúdo da presente apólice diferir da proposta de seguro ou das cláusulas estipuladas, o TOMADOR do seguro poderá reclamar ao SEGURADOR, no prazo de um mês, a contar da entrega da apólice, a correção da divergência existente. Decorrido este prazo sem que se tenha efetuado a reclamação, ter-se-á em conta o disposto na apólice. SEGURO COMPLEMENTAR DE RESPONSABILIDADE CIVIL DEFINIÇÕES: SOMA SEGURA: As quantidades fixadas nas condições Particulares e Gerais, o limite máximo da indemnização a pagar pelo Segurador no caso de sinistro. OBRIGAÇÕES DO SEGURADO: No caso de sinistro de Responsabilidade Civil, o Tomador, o Segurado, ou as pessoas que lhe sucedam nos seus, não devem aceitar, negociar ou recusar nenhuma reclamação sem a autorização expressa do Segurador. PAGAMENTO DE INDEMNIZAÇÃO: a) O Segurador está obrigado a satisfazer a indemnização no termo das investigações e peritagens necessárias para estabelecer a existência do sinistro e, sendo o caso, o valor que resulte do mesmo. Em qualquer caso, o Segurador deverá efectuar, no prazo de 40 dias a partir da recepção da declaração do sinistro, o pagamento do valor mínimo que o Segurador possa dever, segundo as circunstâncias por ele conhecidas. b) Se no prazo de três meses desde a produção do sinistro o Segurador não tiver realizado a reparação do dano ou indemnizado o valor que lhe corresponde por causa não justificada ou que lhe seja imputável, a indemnização será incrementada numa percentagem equivalente ao interesse legal do dinheiro vigente no momento, incrementado por seu lado em 50%. SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PRIVADA 1 Responsabilidade civil privada O Segurador assume, até ao limite estabelecido nas Condições Particulares da Apólice, as indemnizações pecuniárias que, sem constituir sanção pessoal ou complementar da responsabilidade civil, se possam exigir ao Segurado, nos termos do artigo 483.º e seguintes do Código Civil ou disposições semelhantes previstas pelas legislações estrangeiras, vendo-se o Segurado obrigado a satisfazê-las enquanto pessoa civilmente responsável por danos corporais ou materiais causados involuntariamente a terceiros nas suas pessoas, animais ou coisas. Neste limite ficam compreendidos o pagamento dos custos e gastos judiciais, assim como a constituição das fianças judiciais exigidas ao Segurado. 2. EXCLUSÕES Não estão cobertas por esta garantia: a) Qualquer tipo de responsabilidade atribuída ao Segurado pela condução de veículos a motor, aeronaves e embarcações, assim como pelo uso de armas de fogo. b) a Responsabilidade Civil derivada de qualquer actividade profissional, sindical, política ou associativa. c) As multas ou sanções impostas por Tribunais ou autoridades de todas as classes. d) A Responsabilidade derivada da prática de desportos profissionais e das seguintes modalidades mesmo que seja como adepto: alpinismo, boxe, bobsleigh, espeleologia, judo, pára-quedismo, asa delta, voo sem motor, pólo, rugby, tiro, yachting, artes marciais e os praticados com veículos a motor. e) Os danos aos objectos confiados, por qualquer título, ao Segurado. f) Qualquer situação ocorrida fora do âmbito de realização de uma viagem ou estadia coberta pelo presente contrato. 11

12 Póliza número: Anulación Plus Condicionado general Póliza número: Anulación Plus Condicionado general 2

SEGURO CANCELAMENTO ONE. Condições Gerais

SEGURO CANCELAMENTO ONE. Condições Gerais SEGURO CANCELAMENTO ONE Condições Gerais CONDIÇÕES PARTICULARES SEGURO CANCELAMENTO ONE Condições relativas à apólice com o número 15-4013535, na qual a Intermundial XXI, S.L. Sucursal em Portugal, com

Leia mais

A pessoa singular referida nas Condições Especiais que, na ausência do Tomador, assume as obrigações derivadas do contrato.

A pessoa singular referida nas Condições Especiais que, na ausência do Tomador, assume as obrigações derivadas do contrato. SEGURO DE ASSISTÊNCIA EM VIAGEM PARA AS PESSOAS ESQUI BASIC Condições Gerais Introdução O presente Contrato de Seguro é regulado pelas presentes Condições Gerais e pelas Condições Especiais do contrato,

Leia mais

A pessoa singular referida nas Condições Especiais que, na ausência do Tomador, assume as obrigações derivadas do contrato.

A pessoa singular referida nas Condições Especiais que, na ausência do Tomador, assume as obrigações derivadas do contrato. SEGURO DE ASSISTÊNCIA EM VIAGEM PARA AS PESSOAS ESQUI COMPLET Condições Gerais Introdução O presente Contrato de Seguro é regulado pelas presentes Condições Gerais e pelas Condições Especiais do contrato,

Leia mais

Assistência Multiviagem - ANUAL

Assistência Multiviagem - ANUAL I. Resumo de Serviços Assistência Multiviagem - ANUAL Definição de Usuário Período de Vigência Entende-se por Usuário, o titular da apólice com até 70 anos, desde que tenha residência habitual no Brasil

Leia mais

CREDICARD - ASSISTENCIA VIAGEM FAMILIAR

CREDICARD - ASSISTENCIA VIAGEM FAMILIAR CREDICARD - ASSISTENCIA VIAGEM FAMILIAR 1. *REPATRIAMENTO DO CORPO (BRASIL E EXTERIOR) Em caso de falecimento do associado em viagem, a Central providenciará a repatriação funerária e arcará com as despesas

Leia mais

Mission Individual Travel. Plano Protecção Viagens

Mission Individual Travel. Plano Protecção Viagens Mission Individual Travel Plano Protecção Viagens Bring on tomorrow Para onde quer que a sua visão o leve, estaremos sempre consigo 2 Todas as viagens, em Portugal ou no estrangeiro, implicam uma tomada

Leia mais

ANEXO I CONDIÇÕES GERAIS DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA ÀS PESSOAS, SUAS BAGAGENS E OBJETOS PESSOAIS

ANEXO I CONDIÇÕES GERAIS DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA ÀS PESSOAS, SUAS BAGAGENS E OBJETOS PESSOAIS ANEXO I CONDIÇÕES GERAIS DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA ÀS PESSOAS, SUAS BAGAGENS E OBJETOS PESSOAIS ARTIGO 1 - DEFINIÇÕES A) Entende-se por USUÁRIO, o associado, proprietário do título do Clube

Leia mais

Manual de Procedimentos. AIG Mission. Mission

Manual de Procedimentos. AIG Mission. Mission Manual de Procedimentos AIG 1 Apólice Procedimentos em caso de Sinistro (Todo o mundo) Sempre que se torne necessário activar as garantias da apólice e, especialmente, em caso de emergência, as Pessoas

Leia mais

Cancelamento de Viagem

Cancelamento de Viagem Cancelamento de Viagem Caro (a) Segurado (a), Lamentamos o incidente ocorrido, mas ficamos satisfeitos por podermos oferecer-lhe a possibilidade de aceder on-line aos formulários de participação de sinistro.

Leia mais

MINUTA DE RESOLUÇÃO. Art.1º Dispor sobre as regras e os critérios para operação do seguro Viagem.

MINUTA DE RESOLUÇÃO. Art.1º Dispor sobre as regras e os critérios para operação do seguro Viagem. MINUTA DE RESOLUÇÃO A SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP, no uso da atribuição que lhe confere o art. 34, inciso XI, do Decreto nº 60.459, de 13 de março de l967, e considerando o inteiro teor

Leia mais

CONDIÇÕES ESPECIAIS - SEGURO BAGAGEM PLUS

CONDIÇÕES ESPECIAIS - SEGURO BAGAGEM PLUS CONDIÇÕES ESPECIAIS - SEGURO BAGAGEM PLUS Condições relativas à apólice com o número 55-0657539, na qual a INTERMUNDIAL Correduría de SEGUROS, com sede social em C/ Irún, 7, Madrid, inscrita no registo

Leia mais

CONDIÇÕES ESPECIAIS SEGUROS ASSOCIADOS AO CARTÃO DE DÉBITO PRESTIGE

CONDIÇÕES ESPECIAIS SEGUROS ASSOCIADOS AO CARTÃO DE DÉBITO PRESTIGE CONDIÇÕES ESPECIAIS SEGUROS ASSOCIADOS AO CARTÃO DE DÉBITO PRESTIGE 1.1. Seguros - Definições Validade A validade dos Seguros associados ao Cartão de Débito Prestige para cada Pessoa Segura, começa com

Leia mais

O Cartão de Crédito Millennium bim Visa oferece-lhe ainda um excelente pacote de seguros, concebido especialmente a pensar em si e na sua protecção.

O Cartão de Crédito Millennium bim Visa oferece-lhe ainda um excelente pacote de seguros, concebido especialmente a pensar em si e na sua protecção. Seguros O Cartão de Crédito Millennium bim Visa oferece-lhe ainda um excelente pacote de seguros, concebido especialmente a pensar em si e na sua protecção. CARTÃO GOLD CARTÃO CLASSIC LIMITE FRANQUIA LIMITE

Leia mais

SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS GRUPO ADVOGADOS E SOLICITADORES OFERTA CPAS

SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS GRUPO ADVOGADOS E SOLICITADORES OFERTA CPAS SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS GRUPO ADVOGADOS E SOLICITADORES OFERTA CPAS 1 - RISCOS E COBERTURAS a) Riscos Profissionais e Extra-Profissionais b) Morte ou Invalidez Permanente 2 - SEGURADO E PESSOAS SEGURAS

Leia mais

QUADRO PADRONIZADO PARA APRESENTAÇÃO DE SUGESTÕES E COMENTÁRIOS

QUADRO PADRONIZADO PARA APRESENTAÇÃO DE SUGESTÕES E COMENTÁRIOS MINUTA DE RESOLUÇÃO QUADRO PADRONIZADO PARA APRESENTAÇÃO DE SUGESTÕES E COMENTÁRIOS Remetente: Signatário: RESOLUÇÃO PROPOSTA SUGESTÃO DE ALTERAÇÃO JUSTIFICATIVA OU COMENTÁRIO A SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS

Leia mais

ASSISTÊNCIA SERVIÇOS EXECUTIVOS

ASSISTÊNCIA SERVIÇOS EXECUTIVOS ASSISTÊNCIA SERVIÇOS EXECUTIVOS O objeto da assistência serviços executivos é facilitar a vida do Segurado, em caso de mal súbito, doença ou acidente, com serviços domésticos provisórios, ambulância, Motorista

Leia mais

Protteja Seguros. Seguro Viagem

Protteja Seguros. Seguro Viagem Protteja Seguros Seguro Viagem Condições Gerais... 3 Definições... 3 Secção A: Assistência Pessoal... 3 1. Despesas médicas e hospitalização no estrangeiro... 3 2. Transporte ou repatriamento em caso de

Leia mais

Seguro Cancelamento e Interrupção de Viagem - RELOADED

Seguro Cancelamento e Interrupção de Viagem - RELOADED Seguro Cancelamento e Interrupção de Viagem - RELOADED Produto deve ser adquirido com no mínimo 15 dias de antecedência do início da vigência do cartão. D.4. GARANTIA DE CANCELAMENTO E INTERRUPÇÃO DA VIAGEM

Leia mais

Resolução CNSP Nº 315 DE 26/09/2014 Publicado no DO em 29 set 2014

Resolução CNSP Nº 315 DE 26/09/2014 Publicado no DO em 29 set 2014 Resolução CNSP Nº 315 DE 26/09/2014 Publicado no DO em 29 set 2014 Dispõe sobre as regras e os critérios para operação do seguro viagem. A Superintendência de Seguros Privados - SUSEP, no uso da atribuição

Leia mais

ASSISTÊNCIA ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO

ASSISTÊNCIA ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO ASSISTÊNCIA ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO O objeto da assistência animais é prestar atendimento aos cães e gatos de estimação do Segurado, em caso de doença ou acidente, conforme condições abaixo e abrangência

Leia mais

Bulgária. Sempre que brilha o sol

Bulgária. Sempre que brilha o sol Bulgária Sempre que brilha o sol 2007 Viaje ainda mais seguro... por apenas Quem viaja conhece as situações inesperadas, os imprevistos, os pequenos acidentes, a perda da carteira e documentos,

Leia mais

Seguro Moto. Condições Gerais, Especiais e Particulares

Seguro Moto. Condições Gerais, Especiais e Particulares Seguro Moto Condições Gerais, Especiais e Particulares ÍNDICE CONDIÇÕES GERAIS PARTE I TUDO SOBRE A COBERTURA DE RESPONSABILIDADE CIVIL OBRIGATÓRIA E, NOS CASOS EXPRESSAMENTE ASSINALADOS, ALGO SOBRE AS

Leia mais

PRODUTOS ADICIONAVEIS que na subscrição dão acesso gratuito a SEGUROS E SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA - CARTÕES DE CRÉDITO -

PRODUTOS ADICIONAVEIS que na subscrição dão acesso gratuito a SEGUROS E SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA - CARTÕES DE CRÉDITO - PRODUTOS ADICIONAVEIS que na subscrição dão acesso gratuito a SEGUROS E SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA - CARTÕES DE CRÉDITO - Informações Úteis 1. Cartões/família de Cartões Elegíveis e Serviço de Utilização

Leia mais

AMIL ASSISTÊNCIA MULTIVIAGEM NO EXTERIOR

AMIL ASSISTÊNCIA MULTIVIAGEM NO EXTERIOR AMIL ASSISTÊNCIA MULTIVIAGEM NO EXTERIOR Ciente do imenso transtorno que é ter um problema de saúde durante uma viagem ao exterior, a Amil elaborou este manual, que traz um resumo da cobertura de seu produto

Leia mais

REGULAMENTO DA ASSISTÊNCIA VIAGEM AEREA E TERRESTRE NACIONAL E INTERNACIONAL

REGULAMENTO DA ASSISTÊNCIA VIAGEM AEREA E TERRESTRE NACIONAL E INTERNACIONAL REGULAMENTO DA ASSISTÊNCIA VIAGEM AEREA E TERRESTRE NACIONAL E INTERNACIONAL 1. OBJETIVO 1.1. Disponibilizar ao participante/ segurado serviço ligado à assistência viagem em caso de sinistro, de acordo

Leia mais

MANUAL TÉCNICO ACIDENTES PESSOAIS

MANUAL TÉCNICO ACIDENTES PESSOAIS MANUAL TÉCNICO ACIDENTES PESSOAIS Introdução O seguro de Acidentes Pessoais tem por objectivo garantir as prestações contra os prejuízos, que possam advir em consequência de acidentes susceptíveis de ocorrer

Leia mais

SEGURO DE CARTÕES DE CRÉDITO CAIXA WOMAN DA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS CONDIÇÕES GERAIS - 221 APÓLICE N.º AG62635782. 808 29 39 49 fidelidade.

SEGURO DE CARTÕES DE CRÉDITO CAIXA WOMAN DA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS CONDIÇÕES GERAIS - 221 APÓLICE N.º AG62635782. 808 29 39 49 fidelidade. PROTEÇÃO PESSOAL E FAMILIAR SEGURO DE CARTÕES DE CRÉDITO CAIXA WOMAN DA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS CONDIÇÕES GERAIS - 221 APÓLICE N.º AG62635782 808 29 39 49 fidelidade.pt Fidelidade - Companhia de Seguros,

Leia mais

PROPOSTA ÉPOCA DESPORTIVA 2012 / 2013

PROPOSTA ÉPOCA DESPORTIVA 2012 / 2013 PROPOSTA ÉPOCA DESPORTIVA 2012 / 2013 Proponente: Federação Portuguesa de Rugby Pág. 1 SEGURO DESPORTIVO DE ACIDENTES PESSOAIS ( Decreto-Lei Nº. 10/2009 ) FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE RUGBY ÉPOCA DESPORTIVA

Leia mais

Condições Gerais.03 .03 .03 .03 .03 .03 .04 .04 .04 .04 .04 .04 .04 .05 .05 .05 .05 .05 .05 .05

Condições Gerais.03 .03 .03 .03 .03 .03 .04 .04 .04 .04 .04 .04 .04 .05 .05 .05 .05 .05 .05 .05 ÍNDICE Condições Gerais.03 Artigo 1º Definições.03 Artigo 2º Objecto do Contrato.03 Artigo 3º Garantias do Contrato.03 Artigo 4º Âmbito Territorial.03 Artigo 5º Exclusões.03 Artigo 6º Início e Duração

Leia mais

Regulamento do Seguro Escolar

Regulamento do Seguro Escolar Regulamento do Seguro Escolar O presente documento constitui o Regulamento do Seguro Escolar a estabelecer no Colégio de S. Pedro e tem por base a legislação em vigor, nomeadamente, a Portaria n.º413/99,

Leia mais

Seguro Escolar (Portaria n.º 413/99, de 8 de Junho)

Seguro Escolar (Portaria n.º 413/99, de 8 de Junho) Seguro Escolar (Portaria n.º 413/99, de 8 de Junho) O Seguro Escolar constitui um sistema de protecção destinado a garantir a cobertura dos danos resultantes do acidente escolar. É uma modalidade de apoio

Leia mais

MANUAL TÉCNICO F.P. AIKIDO

MANUAL TÉCNICO F.P. AIKIDO MANUAL TÉCNICO F.P. AIKIDO (Versão 1.2015) Modalidade: Tomador de Seguro: Acidentes Pessoais Grupo Federação Portuguesa de Aikido Apólice: 29019875 Companhia: Açoreana Seguros S.A Contactos: Av. Duque

Leia mais

Santander Consumer - Seguros de Protecção ao Crédito

Santander Consumer - Seguros de Protecção ao Crédito Santander Consumer - Seguros de Protecção ao Crédito 1. Auto - Prémio Único Morte 64 70 - Invalidez Absoluta e Definitiva 64 65 - + Doença Morte 64 70 - Invalidez Absoluta e Definitiva 64 65 - Enriquecida

Leia mais

REGULAMENTO DO SEGURO ESCOLAR

REGULAMENTO DO SEGURO ESCOLAR REGULAMENTO DO SEGURO ESCOLAR O presente documento constitui o regulamento do seguro escolar a estabelecer na Escola Secundária Soares Basto e tem por base a respectiva legislação, nomeadamente o Decreto-lei

Leia mais

O presente documento é vinculativo para a agência, operador e cliente, salvo alguma das presentes condições:

O presente documento é vinculativo para a agência, operador e cliente, salvo alguma das presentes condições: Condições gerais de venda de todos os programas e que constituem, na ausência de documento autónomo, o contrato de viagem, reserva de alojamento e/ou atividade. O presente documento é vinculativo para

Leia mais

Condições Contratuais Seguro Transporte Internacional Cobertura Básica Nº 21 Processo SUSEP nº 15414.901332/2014-22 Versão 1.0b 1

Condições Contratuais Seguro Transporte Internacional Cobertura Básica Nº 21 Processo SUSEP nº 15414.901332/2014-22 Versão 1.0b 1 Cobertura Básica Nº 21 PARA SEGUROS DE MERCADORIAS CONDUZIDAS POR PORTADORES Cláusula 1 Riscos Cobertos 1.1. A presente cobertura garante, ao Segurado, os prejuízos que venha a sofrer em conseqüência de

Leia mais

DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL DOS PERITOS AVALIADORES DE IMÓVEIS DOS FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO

DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL DOS PERITOS AVALIADORES DE IMÓVEIS DOS FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO PROTEÇÃO DA ATIVIDADE SEGURO OBRIGATÓRIO CONDIÇÕES GERAIS - 168 DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL DOS PERITOS AVALIADORES DE IMÓVEIS DOS FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO 808 29 39 49 fidelidade.pt

Leia mais

SOS LIGHT E BASE CONDIÇÃO ESPECIAL ASSISTÊNCIA EM VIAGEM. www.ipronto.pt

SOS LIGHT E BASE CONDIÇÃO ESPECIAL ASSISTÊNCIA EM VIAGEM. www.ipronto.pt www.ipronto.pt CLÁUSULA PRELIMINAR - DISPOSIÇÕES APLICÁVEIS Na parte não especificamente regulamentada, aplicam-se a esta Condição Especial as Condições Gerais do Seguro Automóvel Facultativo. CLÁUSULA

Leia mais

CONDIÇÕES ESPECIAIS ASSISTÊNCIA EM VIAGEM MOTOCICLOS SEGURO AUTOMÓVEL

CONDIÇÕES ESPECIAIS ASSISTÊNCIA EM VIAGEM MOTOCICLOS SEGURO AUTOMÓVEL INDICE ARTIGO 1º ARTIGO 2º ARTIGO 3º ARTIGO 4º ARTIGO 5º ARTIGO 6º ARTIGO 7º ARTIGO 8º ARTIGO 9º CONDIÇÕES PARTICULARES Definições Objeto da garantia Âmbito territorial Garantias de assistência às pessoas

Leia mais

Apólice N.º AG50001063 SEGURO DE CARTÕES DE DÉBITO PARA NÃO RESIDENTES DA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS CONDIÇÕES GERAIS - 205

Apólice N.º AG50001063 SEGURO DE CARTÕES DE DÉBITO PARA NÃO RESIDENTES DA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS CONDIÇÕES GERAIS - 205 ARTIGO PRELIMINAR Entre a FIDELIDADE - COMPANHIA DE SEGUROS, S.A., adiante designada por Segurador, e a Caixa Geral de Depósitos, S.A., adiante designada por Tomador do Seguro, estabelece-se o presente

Leia mais

MANUAL TÉCNICO. Global Companhia Seguros SA/ Companhia Seguros Açoreana SA

MANUAL TÉCNICO. Global Companhia Seguros SA/ Companhia Seguros Açoreana SA MANUAL TÉCNICO ACIDENTES PESSOAIS Tomador de Seguro: FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE AIKIDO Apólice: 209019875 Companhia: Global Companhia Seguros SA/ Companhia Seguros Açoreana SA Contactos: Av. Duque de Ávila,

Leia mais

SEGURO PLANO DE PROTECÇÃO FINANCEIRA

SEGURO PLANO DE PROTECÇÃO FINANCEIRA SEGURO PLANO DE PROTECÇÃO FINANCEIRA O seguro que paga a conta do seu cartão emitido pela Unicre nos momentos em que mais precisa, com todo o conforto e segurança. Quando se pergunta porquê ter um plano

Leia mais

(1) Inclui o capital de Responsabilidade Civil Obrigatória: 6.000.000 (Danos Materiais/Danos Corporais).

(1) Inclui o capital de Responsabilidade Civil Obrigatória: 6.000.000 (Danos Materiais/Danos Corporais). 1 FICHA DE PRODUTO Produtos Automóvel A N Seguros tem à sua disposição coberturas que são realmente indispensáveis para a segurança do seu Automóvel, construindo uma proteção à sua medida. Esta ficha de

Leia mais

PARTE II - CONDIÇÕES ESPECIAIS

PARTE II - CONDIÇÕES ESPECIAIS PARTE II - CONDIÇÕES ESPECIAIS Apresentamos a seguir as Condições Especiais que em conjunto com as Condições Gerais, regem este seguro e estabelecem suas normas de funcionamento. LEMBRAMOS QUE SERÃO APLICÁVEIS

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA

CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA O presente conjunto de Condições Gerais de Venda da GLUAL HIDRÁULICA se aplica a todas as entregas e a todos os serviços. ARTIGO 1. INFORMAÇÕES GERAIS ARTIGO 2. - OFERTAS E PEDIDOS ARTIGO 3. ESTUDOS, PLANTAS

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS SEGURO DE CANCELAMENTO E REEMBOLSO DE FÉRIAS NÃO DESFRUTADAS

CONDIÇÕES GERAIS SEGURO DE CANCELAMENTO E REEMBOLSO DE FÉRIAS NÃO DESFRUTADAS CONDIÇÕES GERAIS SEGURO DE CANCELAMENTO E REEMBOLSO DE FÉRIAS NÃO DESFRUTADAS ARTIGO PRELIMINAR Entre a empresa Europea de Seguros, S.A., adiante designada abreviadamente por Seguradora e a entidade mencionada

Leia mais

Assistência Pessoas em Viagem Nacional e Internacional

Assistência Pessoas em Viagem Nacional e Internacional ASSISTÊNCIA PESSOAS EM VIAGEM NACIONAL E INTERNACIONAL Serviços destinados a atender o associado/segurado em situações emergenciais decorrentes de acidente pessoal, como assistência médico-hospitalar,

Leia mais

Plano: cobertura de até R$ 5.000,00 para despesas médicas, cirúrgicas e hospitalares, para o associado/segurado em viagem nacional ou internacional.

Plano: cobertura de até R$ 5.000,00 para despesas médicas, cirúrgicas e hospitalares, para o associado/segurado em viagem nacional ou internacional. ASSISTÊNCIA PESSOAS EM VIAGEM NACIONAL E INTERNACIONAL Serviços destinados a atender o associado/segurado em situações emergenciais decorrentes de acidente pessoal, como assistência médico-hospitalar,

Leia mais

CLÁUSULA PARTICULAR ANEXA À APÓLICE Nº 02990002

CLÁUSULA PARTICULAR ANEXA À APÓLICE Nº 02990002 CLÁUSULA PARTICULAR ANEXA À APÓLICE Nº 02990002 1. DEFINIÇÕES a) PESSOA SEGURA: Entende-se por Pessoa Segura para efeito destas garantias o Titular de um Cartão UNIBANCO GOLD EXCLUSIVE, BUSINESS GOLD,

Leia mais

Proteção Viagem Condições Especiais da Apólice. www.ocidental.pt

Proteção Viagem Condições Especiais da Apólice. www.ocidental.pt Apoio ao Cliente: 210 042 490 / 226 089 290 Atendimento personalizado disponível todos os dias úteis das 8h30 às 18h00 ocidentalseguros.pt Ocidental Companhia Portuguesa de Seguros, SA. Sede: Avenida Dr.

Leia mais

DESCRIÇÃO DO PRODUTO ASSISTÊNCIA A ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO - PET

DESCRIÇÃO DO PRODUTO ASSISTÊNCIA A ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO - PET DESCRIÇÃO DO PRODUTO ASSISTÊNCIA A ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO - PET DEFINIÇÕES Usuário: é a pessoa física titular de plano de Assistência a Animais de Estimação - Pet, contratado junto à Contratante. Animal

Leia mais

CRUZEIRO EUROPA. Seguros. Morte Acidental em Transporte Público USD 50.000

CRUZEIRO EUROPA. Seguros. Morte Acidental em Transporte Público USD 50.000 A ASSIST-CARD é uma empresa líder na prestação de serviços de assistência a viagens, com mais de 40 anos de experiência e alta especialização no atendimento a pessoas, contando com as maiores redes de

Leia mais

RESOLUÇÃO CNSP N o 296, DE 2013.

RESOLUÇÃO CNSP N o 296, DE 2013. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS RESOLUÇÃO CNSP N o 296, DE 2013. Dispõe sobre as regras e os critérios para operação do seguro de garantia estendida, quando da aquisição de

Leia mais

Pessoa Segura os Clientes do Grupo EDP enquanto aderentes ao edp5d.

Pessoa Segura os Clientes do Grupo EDP enquanto aderentes ao edp5d. Seguro de Assistência edp5d Guia de benefícios DEFINIÇÕES Para efeitos do presente contrato, entende-se por: Segurador a entidade legalmente autorizada para a exploração do SEGURO ASSISTÊNCIA EDP5D que,

Leia mais

Condição Especial. Responsabilidade Civil Profissional. Farmacêuticos

Condição Especial. Responsabilidade Civil Profissional. Farmacêuticos Condição Especial Responsabilidade Civil Profissional Farmacêuticos 1. Objectivo Esta Condição Especial destina-se a acompanhar e a clarificar as coberturas e funcionamento dos Certificados de Seguro emitidos

Leia mais

SEGURO ESPECIAL VIAGEM

SEGURO ESPECIAL VIAGEM SEGURO ESPECIAL VIAGEM Sempre que viajar, deve fazê-lo com segurança! Mesmo que não possa adquirir a sua viagem com o Cartão Unibanco, o Especial Viagem permite-lhe subscrever um seguro sem burocracias,

Leia mais

CREDIT ASSISTÊNCIAS. DOMICÍLIO É o endereço habitual do BENEFICIÁRIO, no Brasil, constante no cadastro da CONTRATANTE.

CREDIT ASSISTÊNCIAS. DOMICÍLIO É o endereço habitual do BENEFICIÁRIO, no Brasil, constante no cadastro da CONTRATANTE. CREDIT ASSISTÊNCIAS 1. DEFINIÇÕES ESPECIAIS: BENEFICIÁRIO São BENEFICIÁRIOS aos serviços descritos neste Anexo, os associados dos Cartões de Crédito American Express Credit, Pessoa Física, titular e adicional,

Leia mais

Autoridade Bancária e de Pagamentos de Timor-Leste

Autoridade Bancária e de Pagamentos de Timor-Leste Autoridade Bancária e de Pagamentos de Timor-Leste Banking and Payments Authority of Timor-Leste Av a Bispo Medeiros, PO Box 59, Dili, Timor-Leste Tel. (670) 3 313 718, Fax. (670) 3 313 716 RESOLUÇÃO DO

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS. Protecção Vida Empresas RAMO VIDA GRUPO - TEMPORÁRIO ANUAL RENOVÁVEL

CONDIÇÕES GERAIS. Protecção Vida Empresas RAMO VIDA GRUPO - TEMPORÁRIO ANUAL RENOVÁVEL CONDIÇÕES GERAIS Protecção Vida Empresas RAMO VIDA GRUPO - TEMPORÁRIO ANUAL RENOVÁVEL CONDIÇÕES GERAIS Protecção Vida Empresas RAMO VIDA GRUPO - TEMPORÁRIO ANUAL RENOVÁVEL 3 DEFINIÇÕES DISPOSIÇÕES FUNDAMENTAIS

Leia mais

1.2 - São indenizáveis até o limite máximo indicado na especificação de seguro aeronáutico, os seguintes prejuízos:

1.2 - São indenizáveis até o limite máximo indicado na especificação de seguro aeronáutico, os seguintes prejuízos: CONDIÇÕES ESPECIAIS ADITIVO A GARANTIA CASCOS 1 - Objeto do seguro 1.1. Perda ou avaria da aeronave Respeitados os limites indicados na especificação de seguro aeronáutico a Seguradora, com base nas condições

Leia mais

RAMO RESPONSABILIDADE CIVIL GERAL CONDIÇÕES ESPECIAIS RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL MÉDICO SEGURO COLECTIVO DA ORDEM DOS MÉDICOS

RAMO RESPONSABILIDADE CIVIL GERAL CONDIÇÕES ESPECIAIS RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL MÉDICO SEGURO COLECTIVO DA ORDEM DOS MÉDICOS RAMO RESPONSABILIDADE CIVIL GERAL CONDIÇÕES ESPECIAIS RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL MÉDICO SEGURO COLECTIVO DA ORDEM DOS MÉDICOS ART 1 o OBJECTO DO SEGURO Pela presente Condição Especial fica garantida,

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS ORGANIZAÇÃO

CONDIÇÕES GERAIS ORGANIZAÇÃO CONDIÇÕES GERAIS O presente programa/ catálogo é o documento informativo no qual se inserem as presentes condições gerais, dele fazendo parte integrante e que constituem, na ausência de documento autónomo

Leia mais

Plano Proteção Vencimento. Condições Gerais e Especiais da Apólice

Plano Proteção Vencimento. Condições Gerais e Especiais da Apólice Ocidental - Companhia Portuguesa de Seguros, SA. Sede: Av. Dr. Mário Soares (Tagus Park), Edifício 10, Piso 1, 2744-002 Porto Salvo. Pessoa coletiva n.º-501_836_918, matriculada sob esse número na Conservatória

Leia mais

Manual de Procedimentos do Seguro Escolar

Manual de Procedimentos do Seguro Escolar Manual de Procedimentos do Seguro Escolar O Seguro Escolar constitui um sistema de protecção destinado a garantir a cobertura financeira da assistência, em caso de acidente escolar, complementarmente aos

Leia mais

SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL. ASF Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões

SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL. ASF Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL ASF Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões Responsabilidade Civil 1 SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL 2 Quais são os seguros de responsabilidade civil

Leia mais

SEGURO DOENÇA FAMILIARES GOLD

SEGURO DOENÇA FAMILIARES GOLD SEGURO DOENÇA FAMILIARES GOLD Este seguro foi desenvolvido para permitir estender ao seu agregado familiar as garantias de que já beneficia por ser titular do cartão Unibanco Gold. Assim, terá mais tranquilidade

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS ASSISTÊNCIA AUTOMÓVEL. Entende-se por Usuário, todo o condutor do veículo assistido, desde que tenham residência habitual no Brasil.

CONDIÇÕES GERAIS ASSISTÊNCIA AUTOMÓVEL. Entende-se por Usuário, todo o condutor do veículo assistido, desde que tenham residência habitual no Brasil. CONDIÇÕES GERAIS ASSISTÊNCIA AUTOMÓVEL ARTIGO 1 DEFINIÇÕES USUÁRIO: Entende-se por Usuário, todo o condutor do veículo assistido, desde que tenham residência habitual no Brasil. BENEFICIÁRIO: Entende-se

Leia mais

REGULAMENTO DO SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL

REGULAMENTO DO SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL REGULAMENTO DO SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL Artigo 1º Têm direito ao seguro de responsabilidade civil profissional contratado pela Ordem dos Contabilistas Certificados os profissionais neles inscritos

Leia mais

Proc. n.º 15/2012 - DP- Ajuste direto para prestação dos serviços de transporte da população escolar (circuitos 33 e 34) ano letivo 2012/2013

Proc. n.º 15/2012 - DP- Ajuste direto para prestação dos serviços de transporte da população escolar (circuitos 33 e 34) ano letivo 2012/2013 AJUSTE DIRETO PARA A Prestação de Serviços de Transporte da População Escolar (circuitos 33 e 34) Ano letivo 2012/2013 CADERNO DE ENCARGOS Câmara Municipal de Arouca agosto 2012 1 PARTE I CLÁUSULAS JURÍDICAS

Leia mais

PROPOSTA DE SEGURO SEGURO DE CAPITALIZAÇÃO POUPANÇA AUTO PREENCHER A CANETA PRETA

PROPOSTA DE SEGURO SEGURO DE CAPITALIZAÇÃO POUPANÇA AUTO PREENCHER A CANETA PRETA POUPANÇA E INVESTIMENTO PROPOSTA DE SEGURO SEGURO DE CAPITALIZAÇÃO PREENCHER A CANETA PRETA SEGURO DE CAPITALIZAÇÃO 3 0 ALTERAÇÃO À APÓLICE Nº (*) AGÊNCIA/AGENTE Nº FM IB CONTA COBRANÇA Nº (*) PREENCHER

Leia mais

Perguntas frequentes sobre o Seguro Acidentes de Trabalho

Perguntas frequentes sobre o Seguro Acidentes de Trabalho Perguntas frequentes sobre o Seguro Acidentes de Trabalho O que é um acidente de trabalho? Por acidente de trabalho, entende-se o acidente: a) Que se verifique no local de trabalho ou no local onde é prestado

Leia mais

1. OBJETIVO DO SERVIÇO O Pet Assistência tem por objetivo proporocionar o atendimento a um conjunto de assistência a seus animais domésticos.

1. OBJETIVO DO SERVIÇO O Pet Assistência tem por objetivo proporocionar o atendimento a um conjunto de assistência a seus animais domésticos. 1. OBJETIVO DO SERVIÇO O Pet Assistência tem por objetivo proporocionar o atendimento a um conjunto de assistência a seus animais domésticos. A quantidade de animais de estimação não será limitada, podendo

Leia mais

Síntese dos direitos dos passageiros do transporte em autocarro 1

Síntese dos direitos dos passageiros do transporte em autocarro 1 Síntese dos direitos dos passageiros do transporte em autocarro 1 O Regulamento (UE) n.º 181/2011 (a seguir designado por «Regulamento») é aplicável a partir de 1 de março de 2013. Estabelece um conjunto

Leia mais

Particularmente indicado para quem tem uma vida activa e efectua frequentes deslocações.

Particularmente indicado para quem tem uma vida activa e efectua frequentes deslocações. Ficha de Produto 1 - DEFINIÇÃO O Seguro de Acidentes Pessoais Valor Fixo garante o pagamento de indemnizações em caso de morte ou invalidez permanente da Pessoa Segura, em consequência de acidente. Garante,

Leia mais

ASSISTÊNCIA CONCIERGE

ASSISTÊNCIA CONCIERGE ASSISTÊNCIA CONCIERGE O objeto da assistência é o atendimento 24h ao Segurado para informações e indicação de prestadores de serviços, conforme condições abaixo e abrangência especificada no Quadro Resumo.

Leia mais

Garantia Assistência Médica Repatriamento

Garantia Assistência Médica Repatriamento Garantia Assistência Médica Repatriamento Caro (a) Segurado (a), Lamentamos o incidente ocorrido durante a sua viagem, mas ficamos satisfeitos por poder-lhe oferecer a possibilidade de aceder on-line aos

Leia mais

Índice Artigo 1.º Objecto... 3. Artigo 2.º Contrato... 3. Artigo 3.º Obrigações principais do adjudicatário... 4. Artigo 4.º Prazo...

Índice Artigo 1.º Objecto... 3. Artigo 2.º Contrato... 3. Artigo 3.º Obrigações principais do adjudicatário... 4. Artigo 4.º Prazo... Concurso Público para a elaboração do Inventário de Referência das Emissões de CO2 e elaboração do Plano de Acção para a Energia Sustentável do Município do Funchal CADERNO DE ENCARGOS Índice Artigo 1.º

Leia mais

SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS INDIVIDUAL. Condições Especiais

SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS INDIVIDUAL. Condições Especiais SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS INDIVIDUAL Condições Especiais Processo SUSEP Nº 15414.004703/2010-01 0 ÍNDICE CLÁUSULA ADICIONAL DE DIÁRIAS DE INTERNAÇÃO HOSPITALAR DECORRENTE DE ACIDENTE DIH Acidente 1.

Leia mais

Seguro Viagem Travel Guard Group Business Travel Traveller

Seguro Viagem Travel Guard Group Business Travel Traveller Seguro Viagem Travel Guard Group Business Travel Condições Particulares Condições Particulares 2/8 Apólice:PA14AH0423 Acta: Tipo: Novo Corretor MDS Corretor de Seguros, SA Período de Seguro Início: 06/11/2014

Leia mais

Apólice SEGURO ENSINO da ZURICH ESCOLA ALEMÃ DE LISBOA

Apólice SEGURO ENSINO da ZURICH ESCOLA ALEMÃ DE LISBOA Apólice SEGURO ENSINO da ZURICH ESCOLA ALEMÃ DE LISBOA Perguntas frequentes sobre sinistros na Escola: 1. Qual a discriminação das coberturas financeiras para o seguro de Acidentes Pessoais em termos de

Leia mais

Seguro Saúde Empresas

Seguro Saúde Empresas Manual do Produto Seguro Saúde Empresas Planos de Saúde Grupo GIANT A vida está cheia de surpresas. O Seguro de Saúde, não tem de ser uma delas Enganar algumas pessoas muito tempo, ou muitas durante algum

Leia mais

Conheça os seus direitos em caso de: Recusa de embarque Cancelamento de voo Atrasos prolongados Colocação em classe inferior Viagens organizadas

Conheça os seus direitos em caso de: Recusa de embarque Cancelamento de voo Atrasos prolongados Colocação em classe inferior Viagens organizadas OS DIREITOS DOS PASSAGEIROS DE TRANSPORTE AÉREO AS NOVAS REGRAS Dia 17 de Fevereiro entra em vigor o Regulamento (CE) n.º 261/2004, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 11 de Fevereiro de 2004, que

Leia mais

ASSUNTO: LEI N.º 144/2015 DE 8 DE SETEMBRO

ASSUNTO: LEI N.º 144/2015 DE 8 DE SETEMBRO CIRCULAR Nº 036/2016 (SF) RF/RC Lisboa, 09 de Março de 2016 ASSUNTO: LEI N.º 144/2015 DE 8 DE SETEMBRO Informação aos clientes quanto à existência de entidades de resolução alternativa de litígios de consumo

Leia mais

Luso-Atlântica, o Parceiro que se preocupa com a Sua Saúde e a da Sua Família. Boletim Informativo Nº 1 Junho 2015 SEGURO de SAÚDE

Luso-Atlântica, o Parceiro que se preocupa com a Sua Saúde e a da Sua Família. Boletim Informativo Nº 1 Junho 2015 SEGURO de SAÚDE Luso-Atlântica, o Parceiro que se preocupa com a Sua Saúde e a da Sua Família O Seguro de Saúde adquiriu ao longo dos tempos uma importância crescente no apoio aos cuidados de Saúde da Comunidade Farmacêutica,

Leia mais

MUNICÍPIO DE CONDEIXA-A-NOVA

MUNICÍPIO DE CONDEIXA-A-NOVA Página 1 de 10 3/2014 CP APROV CADERNO DE ENCARGOS Concurso Público para aquisição de uma desumidificadora para as Piscinas Municipais de Condeixa-a-Nova Página 2 de 10 CADERNO DE ENCARGOS Capítulo I Disposições

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS ITAUCARD ASSISTÊNCIA PET

CONDIÇÕES GERAIS ITAUCARD ASSISTÊNCIA PET CONDIÇÕES GERAIS ITAUCARD ASSISTÊNCIA PET 1.1. DEFINIÇÕES DEFINIÇÕES E OBJETO DO SERVIÇO 1.1.1 Associado: entende-se por Associado, a pessoa física residente no Brasil, Titular ou adicional que tenha contratado

Leia mais

Regulamento Seguro Escolar

Regulamento Seguro Escolar Regulamento Seguro Escolar O seguro escolar, enquanto sistema de apoio socioeconómico aos alunos, no âmbito da ASE, atua como complemento à assistência assegurada por outros sistemas públicos e privados

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS. Tomador do seguro A entidade que celebra o contrato de seguro com a VICTORIA e que assume a obrigação de pagamento do prémio.

CONDIÇÕES GERAIS. Tomador do seguro A entidade que celebra o contrato de seguro com a VICTORIA e que assume a obrigação de pagamento do prémio. CONDIÇÕES GERAIS 1 Definições Para efeitos deste Contrato, entende-se por: 1.1 Partes envolvidas no contrato Empresa de seguros VICTORIA - Seguros de Vida, S.A., entidade que emite a apólice e que, mediante

Leia mais

Seguro Automóvel. Condições Gerais, Especiais e Particulares

Seguro Automóvel. Condições Gerais, Especiais e Particulares Seguro Automóvel Condições Gerais, Especiais e Particulares ÍNDICE CONDIÇÕES GERAIS PARTE I TUDO SOBRE A COBERTURA DE RESPONSABILIDADE CIVIL OBRIGATÓRIA E, NOS CASOS EXPRESSAMENTE ASSINALADOS, ALGO SOBRE

Leia mais

Artigo Preliminar... 03. Capítulo I - Definições, Objecto e Garantias do Contrato, Âmbito Territorial e Exclusões

Artigo Preliminar... 03. Capítulo I - Definições, Objecto e Garantias do Contrato, Âmbito Territorial e Exclusões ÍNDICE CONDIÇÕES GERAIS Artigo Preliminar... 03 Capítulo I - Definições, Objecto e Garantias do Contrato, Âmbito Territorial e Exclusões Artigo 1.º - Definições... 03 Artigo 2.º - Objecto do contrato...

Leia mais